Page 16

Tendo como exemplo as suas! Quero explicar o seu olhar, E falar como me sinto ao percebê-lo. Quero a perfeição das estrofes, Assim como se fosse o seu corpo perfeito. Quero escrever, o que você sempre quis ler. Porém tudo que escrevo, Não chega ser um milésimo do que quero. Não por ser impossível, mas sim complexo e confuso. Recito o amor, desacreditado nele, Resultado do amor que tanto sonho, mas não consigo ter. É certo amá-la, mas não ser correspondido? É por isto que escrevo na busca das palavras mágicas, Que por encanto trará você aos meus braços. É loucura insistir em utopia? Eis que são os “loucos” os lembrados: (Galileu, Da Vinci, Newton, Copérnico e outros). Mas nem as minhas loucuras amorosas, São lembradas por você. Por quê? Quais os paradigmas que dão base a seus pensamentos? Queria saber estas respostas, mesmo que sejam terríveis. E mesmo assim insisto em tê-la; Seja por fé ou por magia. Que atração é esta que você exerce sobre mim. Será sua beleza e formosura, Que se equivalem aos encantos da Mãe Natureza? Será que é seu olhar, que brilha quando me vê? Será seu ar de respeito, Comparado ao mesmo das rainhas e sacerdotisas? Ou será seu sorriso que contrasta com tudo isso mais a sua simpatia?

16

Amor descrito por um apaixonado pela vida!  

Livro de poesias, poemas, sonetos e acrósticos de contexto lirico.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you