Page 1


Amor descrito por um apaixonado pela vida! ISBN 275.849-497-9 Direitos reservado ao autor.

Antonio Ilson Kotoviski Filho Curitiba 2001

2


Dedicatória! “Uma grande parte das poesias que compõem esta obra é especialmente dedicada a musa inspiradora que me fez sonhar e viajar por lugares indescritíveis, que por efeito forjaram meu caminho que desfruto no presente!”

3


Apresentação A presente obra poética “Amor descrito por um apaixonado pela vida!” é uma coletânea de poesias, poemas, acrósticos, sonetos, trovas, baladas,... que foi lançado em 08 de dezembro de 2001 na cidade de Almirante Tamandaré – Paraná. Esta coletânea antes de virar um livro complementado por outras poesias foi em sua gênese uma manifestação de amor/paixão expressada em um singelo caderno no ano 2000, o qual foi elaborado com a intenção de tanger o coração de uma nobre dama em especial. Infelizmente a magia das palavras não lograram êxitos. Apesar do revés naquele momento histórico, o que ficou foi a eternização de sentimentos reais, puros e únicos. Contemporaneamente este livro representa mais que um simples devaneio adolescente, pois ele foi a primeira forma de reflexão que refletiram minha alma e com as primaveras que posteriormente vieram foi se aperfeiçoando. Apesar de ser um singelo livro de poesias com alguns sacrifícios fiz sua versão física chegar nas principais bibliotecas do mundo lusitano e fora dele em 2002, ou seja, nas principais bibliotecas públicas do território brasileiro e nas bibliotecas nacionais de Angola, Alemanha, Austrália, Cabo Verde, Espanha, Estados Unidos, França, Goa, Guiné Bissau, Itália, Macau, Moçambique, Polônia, Portugal, São Tomé e Príncipe, Reino Unido, Timor Leste e Ucrânia. No entanto, merece registro que no dia 31 de maio de 2013 as 22h:41min, ele em formato PDF ganha uma versão digital para transcender fronteiras e ir onde a versão física não chegou com o objetivo de ser uma ferramenta de inspiração do amor e da paz de espirito.

Antonio Ilson Kotoviski Filho kotovski@ig.com.br

4


Capitulo I

Exclusivamente ao meu amor, com todo carinho!

“É inútil responsabilizar uma pessoa pelo que possa ter dito enquanto loucamente apaixonado, bêbado ou em campanha eleitoral”. (Seleções, 02/1973)

5


Introdução

Escreverei sobre o amor; Escreverei sobre a vida; Escreverei sobre as emoções; Escreverei sobre os sonhos; Escreverei sobre você!

Nada de palavras ditadas, Pela razão. Mas sim! Ditadas pelo coração.

Tenho a convicção, De penetrar em seu coração, Mas para isso acontecer, Você vai ter que ler, Todos os versos; que insisto em escrever!

Dedicatória

As palavras emanam de meu coração, Transformam-se em estrofes, Tiveram como inspiração você! Você com esse jeito de pessoa fria, Mas que possui um coração ardente, De atitudes ternas, apaixonadas e românticas, Quando vive um amor sério e verdadeiro. Sua timidez parece um obstáculo, Porém ela é uma defesa que você possui, Para analisar com tempo e prudência os seus atos.

6


Eis que percebo que é sonhadora. Mas percebo também que sonhas pisando no chão, Por isso se torna rígida em suas decisões. Pois busca o equilíbrio ao lado de uma pessoa equilibrada, Busca um futuro promissor ao lado de alguém que a apóie nisso. Qualidades nobres como as suas características físicas: Beleza, perfeição a qualificam a ser chamada de Vossa Alteza! São muitos os elogios, mas todos verídicos. Como o meu amor que a você dedico! Se não o entende ou não quer, Não a culpo por isso. Eis que não age por pena, mas por consciência e coerência. Não engana para não se enganar, não magoa para não se arrepender. Caráter admirável para uma pessoa. Também admiro sua diplomacia. Porém sofro por não tê-la e por isso que te escrevo. Explicitando tudo que posso realizar ao seu lado. Sem fabular meus desejos. É por essa e outras, que dedico a você estas poesias; Como documento comprobatório de meu amor. Leia-as com o coração, não com a razão.

Correr ou ficar?

Imagine se dominássemos o tempo. Quantas coisas, faríamos, Quantos erros, concertaríamos, Quantos sonhos, realizaríamos.

Utopia das utopias, Nada ocorre por acaso,

7


Tudo tem uma razão, Que sempre visa o melhor para nós.

Aprendemos com os erros, Erramos com os acertos, E mesmo assim não desistimos. Pois a vida é um desafio a ser vencido.

Não tem como desistir, Não tem como escapar, Pois se você não for até o seu destino, Ele vem até você!

Ela

Existe uma mulher, Cujo encanto que em mim puseste, Nunca será quebrado. Pois não deixarei.

É gratificante sonhar com ela, Porém é triste a realidade sem ela. Criei um mundo por ela, Mas o governo sem ela.

Vi nela o complemento de minha felicidade, Mas ela não viu em mim o complemento de sua. Solitário fico e ficarei, até tê-la. Pois o homem que um dia sonhou com ela, Perde o direito de sonhar com outra mulher.

8


Alegre, bela, compreensiva, delicada, Educada, especial, exuberante, Irradiante, inteligente, magnífica, Misteriosa e dona do meu coração.

Seu nome é expresso em versos. Indeterminado o amor foi. Lembrarás de mim com carinho. Mas uma esperança restou. Amor surgirá, Rompendo barreiras. Amando quem sempre te amou.

Aproveitemos então o tempo! Para que este não seja tão cruel com nós. Eis que o tempo passou, Mas você, não!

Pedido do coração

Amor de minha vida. Queria estar do seu lado agora, Usufruindo os mais belos sentimentos. Amando-a intensamente, Revivendo em seus braços, Implorando seus beijos, Amenizando a dor da espera. Neutralizando todo o sofrimento e angústia. Adorando-te como uma deusa.

Exponha seus sentimentos.

9


Não hesitarei em compreendê-los, Compartilharei também os meus. Aproveite-se de minha boa vontade, Não tenha receio de me amar, Tenha compaixão de um coração aflito, Atenda meus pedidos, Deusa do amor. Amo-a muito!

Silêncio

Com ímpeto, expresso minha comoção a ti, Com desassombro pelos ares sanhudos de façanha. Luzidamente tento tanger sua altiva alma. Estou persuadido em conseguir sua benevolência. Não o fiz antes, Porque foi difícil depreender a ambigüidade, Dos sentimentos por ti. Porém os fatores aguilhoadores que refletem, A mitificação que tenho por ti, Não demarcam mais limites para o usufruto do amor. Redigi esta apologia romântica, Que se completa com a mensagem sem palavras e som, Da rosa branca que entrego a você; Para demonstrar o quanto é nobre meus sentimentos.

Promessas

Para expressar meu amor, Atribuo a você os sentimentos mais belos. Tenho muito a te falar.

10


Realidades amorosas a oferecer, Invocando o seu amor. Com você quero estar, Imortalizando a união de nossas almas, Amando-a eternamente.

Promessas?

Não quero te conquistar com promessas, Quero te conquistar com amor, Para não lhe causar dor.

Escreverei o que eu posso dar. Sei que vai aprovar. E eu adorar.

Dar-lhe-ei amor e lealdade, Com muita serenidade. Dar-lhe-ei a paixão, E se preciso for, o meu coração.

Terei a paciência e compreensão. Tentarei não te dizer não, Promoverei novas emoções. Que você nunca viu até então.

O dever

Ser leal, Companheiro, Grande amigo,

11


Não saber dizer não a pessoa amada.

Não tenho nada a esconder, Apenas a apresentá-los, Basta querer ver, sentir e escutar...

Sou digno, Tudo que tenho vem de meu esforço, Tudo que faço é para o bem de todos, De um jeito ou de outro, Faço com gosto.

Estou sendo iluminado, Estou imortalizando-me, Em sua memória. Como você se imortalizou na minha!

Equilíbrio universal

Quando procuramos o verdadeiro amor, Percebemos que ele não está apenas na pessoa amada. E sim, em tudo que nos cerca. Pessoas, plantas, animais e a própria Natureza.

Começa a compreender que não existe; Nem pouco, nem muito amor. Mas sim, um equilíbrio natural. Que é expresso pela tranqüilidade e o bem estar, Existente no ambiente que nos cerca.

Quando existe o amor demais.

12


O ciclo é quebrado. Havendo um desequilíbrio, Que gera a desarmonia, Entre as pessoas e o meio com quem convivem.

Não quero te doar todo o meu amor. Doarei apenas uma parte. Pois a outra; Virá de você!

Uma dúvida?

O sonho da maioria das mulheres, É ser cobiçada por um homem romântico. Do tipo saudosista.

Porém existem mulheres que preferem, Ser objeto de um homem qualquer. Intimamente se desvalorizando!

Existem aquelas que vivem o momento, Que apenas namoram na mentira; Porque temem o verdadeiro amor.

Poderia citar mais exemplos, Porém fico nesses três. Pois são os mais comuns.

Infelizmente serei indelicado agora. A que grupo de mulheres você pertence? Tenho esperança que sejam nas que procuram o amor verdadeiro.

13


Pois é isto que ofereço!

Amor!

Afeição profunda de uma pessoa por outra; Afeto a pessoa... Sentimentos de dedicação absoluta de um ser a outro ser. Conjunto de manifestações instintivas e afetivas, Que caracteriza o instinto sexual. Paixão, exaltação! Atração física e natural entre seres de sexo opostos. Amizade, carinho, ternura e zelo. Namoro; relações amorosas. E mais tudo que sinto por você.

Ciência da alma

Dos imortais poetas, Que fizeram á literatura mundial, Aos que seus caminhos seguem, E procuram á perfeição em seus versos, Em algo explicar, Sem a ternura e a magia perder. Pois a poesia, apesar de muitas vezes, Protagonizar célebres mensagens, Não é uma ciência, Que com frieza, quebra o encanto, Que transforma a magia em tecnologia. A poesia é simples, porém complexa. Um verso, vários sentidos, Várias conclusões,

14


Mas nunca com exatidão. Isto é porque ela não fala do que existe. Fala do abstrato; Do abstrato amor que sinto por você!

Meu jeito de explicar o amor

Carinhosamente redijo estas frases. Argumentando os motivos que me levaram a amá-la, Produzindo dessa maneira, uma história de amor. Respeitosamente atribuído a você. Impressionando-a com o tamanho de meu amor, Contando e recontando de várias maneiras. Obedecendo o ditado feito pelo coração, Resumindo meus sentimentos. Nem sempre decifrável. Interrogando-me sempre por não estar a seu lado. Apontando-me minhas qualidades e carinhos, Não utilizadas. Aquecendo meus desejos e sonhos.

Escrevo por amor

Busco expressar através de versos, O meu inexplicável amor. Mas a busca pelos versos corretos, São também indefinidos. Pois há muito para escrever, Para tão pouco expressar. Quero escrever versos tão belos como você. Quero escolher palavras doces e meigas,

15


Tendo como exemplo as suas! Quero explicar o seu olhar, E falar como me sinto ao percebê-lo. Quero a perfeição das estrofes, Assim como se fosse o seu corpo perfeito. Quero escrever, o que você sempre quis ler. Porém tudo que escrevo, Não chega ser um milésimo do que quero. Não por ser impossível, mas sim complexo e confuso. Recito o amor, desacreditado nele, Resultado do amor que tanto sonho, mas não consigo ter. É certo amá-la, mas não ser correspondido? É por isto que escrevo na busca das palavras mágicas, Que por encanto trará você aos meus braços. É loucura insistir em utopia? Eis que são os “loucos” os lembrados: (Galileu, Da Vinci, Newton, Copérnico e outros). Mas nem as minhas loucuras amorosas, São lembradas por você. Por quê? Quais os paradigmas que dão base a seus pensamentos? Queria saber estas respostas, mesmo que sejam terríveis. E mesmo assim insisto em tê-la; Seja por fé ou por magia. Que atração é esta que você exerce sobre mim. Será sua beleza e formosura, Que se equivalem aos encantos da Mãe Natureza? Será que é seu olhar, que brilha quando me vê? Será seu ar de respeito, Comparado ao mesmo das rainhas e sacerdotisas? Ou será seu sorriso que contrasta com tudo isso mais a sua simpatia?

16


Você também gostaria de saber, tanto quanto eu. E assim continuo escrevendo; Elogiando-a e enamorando-a, Esperando resultados, que eu mesmo idealizei. E mesmo faltando muitas coisas para escrever, Escrevo que te amo!

Meu jeito

Através da arte de escrever, Naveguei até você, Trazendo as minhas mensagens, Os mais sinceros votos românticos. Notificando-a do amor que sinto por você. Intuitivamente na busca da felicidade, Obedecendo meu destino.

Interrogativamente penso! Lembrando e relembrando nossa história, Sempre inesquecível, Onde o amor era o assunto principal, Num namoro eterno.

Keepsale! Ocorre quando fico longe de você, Testando o meu amor, Ocasionando assim uma sensação de horas eternas, Valorizando ainda mais os nossos encontros, Satisfazendo nossas tentações. Kindliness, Imortalizando qualquer amor.

17


Felicidade incontrolável, Intimamente ligada a você, Libertada pelos seus beijos, Harmoniosamente unidos á meus carinhos. Ostentam nossos desejos.

Meus sentimentos

Sensivelmente mostro o meu amor, Imortalizando você em meu coração, Liberando minhas ficções, Manipulado pela paixão, Atenuado pela razão, Raramente com coesão, Aleatoriamente sem definição.

Sei que é um sonho, Impossível? Nem tanto! Lendário? Talvez! Imortalizado em meu coração, Altruísta, benéfico, caprichoso. Nebuloso em breves períodos, E eterno acolhedor em longos períodos.

Sublime história, Teoria de amor verdadeiro, Escrito pelo destino, Descrito por mim, Inventado para você, Limitado a nós,

18


Eternamente ligado pelo amor.

Só seu amor

Este soneto que fiz, Pode ser um verso feliz. Dizendo tudo que quis.

Falar da beleza, De vossa alteza, Adorável princesa!

Seu amor, quero buscar, Para ao mundo mostrar, Em verso e prosa, Que vida maravilhosa.

O mundo que criei, Um espaço á ti reservei. Quando meu amor mostrei, E nesta conquista apostei.

Poema morno

Tento fazer versos que reflitam o que sinto, Alguns são sem brilho, Outros são breves, mas eternos na memória.

Possuo como fonte de inspiração: Você, o amor, a vida, o tempo, O destino, a esperança, o sonho.

19


Gostaria de ser perfeito em minhas palavras.

Fazer versos quentes, Que tentasse suas emoções, Porém possuo certos princípios. Que me impedem de escrevê-los, sem sua permissão.

Pois respeito muito, Não considero o prazer carnal, Como o elemento principal, Pois é uma conseqüência, De uma relação concreta e especial.

Observação

Gostaria de escrever, O que você quer ler. Gostaria de ser, O que você um dia sonhou.

Quem sabe eu esteja escrevendo, O que você quer ler, Quem sabe eu seja, O que você sonhou.

Se eu não escrevi o que você quis ler, Que valha a intenção, Se eu não for o que você sonha, Que eu fique na tua lembrança.

Pois nem sempre lemos,

20


O que nos é escrito. E nem sempre percebemos, Os nossos sonhos se realizarem.

Expressando meu amor

A você um buquê de flor. Com muito amor! Um verso de paixão. Que revelem o que eu quero então.

A ti vou revelar, Com um breve cantar. E uma serenata realizar.

Falarei da emoção, Observando sua expressão, Que será de espanto, Mas trará a tona à emoção.

A lua será testemunha, De minha loucura, Provocada pelo amor, Que meu destino procura.

Sentidos

Expresso meu amor. Através de palavras, Sempre com silencio!

21


O silencio resulta tranqüilidade, O ato de escutar, E perceber o impercebível.

É nobre a pessoa que escuta. É sabia a pessoa que escuta e reflete. É justa a que fala pouco e diz tudo. É apaixonada, a que fala tudo, mas não diz nada.

Existe ainda outra, Que não escreve, Não fala, Apenas demonstra seu amor com ações. Mas o que vale, é a intenção.

Letralogia do amor

Alteza; te saúdo! Bailarina encantada, Comovido estou, Deusa do amor, Estrela brilhante, Felina dourada, Gatinha arisca, Há alguém como você? Imagino que não! Junto de você gostaria de estar, Lembre de mim com carinho, Muito te quero, Nunca a esquecerei, O que escrever mais?

22


Palavras de amor? Quantas forem necessárias! Representando o que vem de meu coração, Simplesmente, vivo para você, Tenha certeza disso, Utopia de amor, Vitória da paixão, Xumbergar de desejos, Zumbaiar você!

Recomeçar

O fim pode ser o começo, Numa eterna contradição, Onde não existe previsão, Dos fatos que acontecerão.

O destino é caprichoso, Muitas vezes impiedoso, Mas tudo tem uma razão, De difícil compreensão.

Choramos para rir, Perdemos para ganhar, Erramos para aprender, Morremos para viver.

Eu quero!

Faço uma poesia, Talvez com melancolia,

23


Mas que não esconda a magia, Do amor que tanto queria.

Mas só você o irradia, Com alegria, Durante todo o dia.

Muito tempo passou, Mas a chama do amor, Não se apagou.

Estão nos meus versos, Em todo universo, Que neste momento confesso...

Jogo do amor

Estou envolvido em um jogo, O jogo de sedução. Neste jogo não há regras definidas, Nem um placar que mostre quem esta ganhando, Não permite desistência de seus participantes.

Neste jogo; a tática é estar preparado, Ser intuitivo ao ponto de acertar a jogada. O final do jogo, Não tem prazo definido de duração. Possui apenas perspectiva do que pode acontecer.

Não sei se estou ganhando, Não sei se estou perdendo,

24


Mas sei que a cada lance, O jogo muda de comando, Prorrogando o seu termino.

Não quis entrar no jogo, Mas fui arrebatada por ele. Quero sair, Mas para isso, Existe a necessidade de ganha-lo, E ter você como prêmio.

Seduziu-me!

Através da sedução, Você conquistou meu coração, Sem nada o que fazer, Procurei-a ter...

Segui o caminho da razão, Mas não foi suficiente então, Pois só pelo caminho do coração, É que terei sua aceitação.

Não se arrependerá. Pois tenho muito amor a dar! Não te farei chorar, Mas sonhar!

25


Quando tudo começou

Você me levou para um caminho, Que não posso mais voltar. Mostrou-me o que é sonhar, Tudo isto sem me tocar.

Só me restou a solidão. Este é o encanto da sedução, Um jogo de paixão, Sem uma coesão.

Pelo caminho a vi, Então comecei a te perseguir. Para o caminho encontrar, E de teu feitiço libertar-me!

Porém nós não paramos de nos cruzar, Como se eu tivesse algo para te falar. Não tive certeza do que fazer, Pois tinha medo do que podia acontecer.

Cinco elementos

O ar foi o começo. Da água veio o homem. Na terra aprendeu a viver, Do fogo nasceu o amor.

Pelo ar senti teu perfume, Pela terra te procuro,

26


No fogo do amor, me queimei. Em minhas lágrimas me afoguei.

Um vento forte soprou, Mas o fogo não apagou, Com a água reguei a flor, Que na terra plantei.

Na terra em que te procuro, O fogo vai continuar, Espero que o ar e a água, Não o apague!

O caminho

Para onde eu não sei, Vários são os caminhos. Mas todos cruzam com você!

É difícil prosseguir. Ficar ou continuar? Desistir ou voltar?

Estou sem saída, Estou perdido, Única referência. Você!

É difícil aceitar. Mas é você, Onde tenho que chegar,

27


E parar de caminhar.

A dúvida do segredo

As estrelas que do céu, Ditam nossos destinos, Nada me falara. Ocultaram as informações...

Implorei pelas informações, Recebi um conselho então: “Pergunte sobre o teu destino, a quem teu destino pertence”.

Nada a falar, Nem questionar, Pois a quem recorrer? Optei por você!

Longo percurso

Sigo um destino desconhecido, Não tenho uma previsão, Apenas sigo. Meu objetivo é você. Mas o destino, o que acha disso?

Trilhei o caminho do amor, Sigo a intuição, Sigo minha vontade, E até minha razão.

28


Tenho que enfrentar vários obstáculos, Entre eles, O implacável tempo, Percebo que a areia que escorre na ampulheta, Diminui rapidamente.

Tenho muito a fazer, Mas não fiz nada, Pois apenas andei, E na tua alma, ainda não toquei.

O obstáculo

A muralha protege o castelo, O muro protege a casa, A cerca protege o sítio, A onça protege seu filhote, O soldado protege sua pátria, A mãe protege o seu filho, O espinho protege a rosa, O batom protege seus lábios, E a razão protege você... Mas não do verdadeiro amor!

Em sua direção

Os passos que dei em sua direção, Talvez tenha sido uma ilusão, Destas feitas pelo coração. Que é responsável por tudo então.

29


Não me arrependi, Do caminho que segui. Pois a recompensa era a felicidade. Oriunda de sua fraternidade.

A vida continuará. Sei que meu caminho o amor cruzará, Quem sabe não seja você a passar. E uma história de amor. Realizar!

Uma nova esperança

Uma nova esperança surge, Mostrando-me um caminho novo. Agora, mais próximo a você.

Novos rumos; toma meu destino. Orientados agora pelos meus sentimentos. Valorizado por seu olhar e simpatia. Autorizando-me a realizar os meus sonhos adormecidos.

Esperançosamente busco satisfazer meus desejos, Simplesmente tendo você ao meu lado, Premiando dessa forma, meus esforços, Especialmente com um doce beijo seu. Renovando em mim, os sentimentos apagados com o tempo.

Ascendendo o fogo do amor. Em um gesto nobre de compartilhar meus sentimentos,

30


Sem ter obstáculos para atrapalhar. A história romântica que existe entre nós.

Seu brilho

A luz que ilumina, O meu caminho neste momento, Surgiu já faz muito tempo.

A escuridão é o obstáculo, Que tende a atrapalhar, O meu destino de tua luz alcançar.

A luz que ilumina, Vem da pureza de uma menina, Com olhos de cristal, Diferentes de todos os mortais.

Estou tão perto de chegar, Mas longe de alcançar, Aquela mulher, Que pretendo amar.

Uma voz

Escutando o coração, Se foi a razão. Por isso então, Vou expressar minha emoção.

Quero a você falar,

31


O quanto é importante amar. Tenho muito a dizer, Para não te perder.

Sinto-me culpado, De ainda não ter te dado, O que não pode ser comprado. O amor tão sonhado!

Escute-me por favor! Não quero mais a dor. Pois sou um sonhador, Que procura o seu amor.

Siga a imperatriz

Expressar com clareza, A minha intenção, Vencendo a dificuldade de comunicação.

Estou na direção, Para superar este obstáculo, Em uma luta de predestinação.

Não fique isolado em seu coração, Tire um momento para meditação, Haja com sabedoria, mas sem muita razão. E chegue a conclusão.

Difícil manter-se apaixonada, Adora relacionar-se com pessoas diferentes.

32


Seja oito ou oitenta, Mas tome uma decisão.

Sei que prevalecerá a razão, Mas não se envolva com a ambição. Pois os bens materiais, Não trazem satisfação.

Incompreensão profunda

Não compreendo o que diz. Receio em dizê-la o que o coração quer que eu diga. Sofro por isso, Pois quanto mais perto chego de você, Mais distante parece que você fica. Quero mudar isto, No entanto não vejo como. Talvez o caminho seja a abertura de meu coração, Mas se faço isto, o receio de prendê-la me corrompe. E entristeço por medo de chorar ou sorrir. Dizem que quem ama arrisca, Talvez eu não a ame de verdade, E o que eu sinto, seja uma paixão mal resolvida. É duro pensar assim, Mas como explicar o meu sentimento por você? Rezo que eu esteja enganado, Torço que seja o destino intervindo, Até ocorrer o momento certo. Espero ansioso para chegar o dia em que terei você, Mesmo que seja por pouco tempo. Pois um segundo com você,

33


É uma eternidade para mim.

Interpretação

Uma decisão a ser tomada, Seguindo o caminho da intuição, Um dever a cumprir, Sem cair em tentação. Mas com livre opinião.

O poder de decidir, A intuição seguir, Com inteligência analisar, Para o equilíbrio encontrar, E os limites ultrapassar.

Com a força de execução, O objetivo apontado pela intuição, A felicidade na expressão, Haverá uma boa resolução. Novos horizontes se abrirão.

Liberando a ação, Sem preocupação, Com prudência e educação, Segurança na futura ação, Receberá proteção.

Do imperador á lição, tomei. A papisa á ti comparei, Pro Papa me confessei.

34


A justiça se fez. E louco por teu amor me tornei.

O Papa me aconselha, Que à necessidade de prudência, Equilíbrio, dignidade e ser benevolente. Com a força de expressão, Em uma determinada ocasião, Arrombarão o seu coração.

Intuição

Com sabedoria e bom senso, Sei que vou conseguir os meus objetivos. Seja no amor, trabalho, competição... Porém é você o objetivo agora.

Vejo um nascimento, Não é indesejado. É aquele que um dia foi sonhado, Mas com o tempo apagado.

Hoje ele renasce, Da união do coração e da razão. Para juntos então, Iluminar a escuridão.

É preciso usar a percepção, Para realizar a missão, De amar eternamente, E completar a evolução.

35


O imperador

Há momentos na vida, Em que as decisões devem ser tomadas, Não importando suas conseqüências. Mas sempre respeitando as opiniões dos envolvidos.

Sempre fui exigente com minhas escolhas. Dedico em consegui-la. Coerente na maneira de agir. Isentando-se da culpa se houver.

Tenho comigo os princípios ativos do Universo. Amor, perseverança, estabilidade, certeza. Sou eu que decido o que é melhor para mim. Pois sou eu quem governa o meu mundo.

Neste instante. É você que procuro, Pois você faz bem para mim.

A histÓria do começo, mas sem o fim

Minha vida é compreender. O tempo que já passou. Dependo do que a vida realiza, Cujo, o tempo intermediou. Estudei o começo. O tempo em que o mundo era feito de fogo. Discuti a teoria da vida,

36


Em suas várias versões, De Adão a Eva, A seres alienígenas que a Terra um dia colonizaram. Ou a evolução do macaco ao homem, Tantas dúvidas... Poucas respostas, Este é o mistério da vida. Vida esta que surge em lugares inóspitos, Que á todo momento, Escrevem no livro do tempo. Neste livro de incontáveis páginas, Existem vários trechos em especial. Pois contam a história, Do amor que possuo por você. Talvez essas páginas, Sejam mais uma, Das muitas que passam despercebidas, Porém o destino, Em um de seus caprichos, Pode nos presentear, E o nosso amor eternizar. Estes são os mistérios do destino, Destino este que não pode ser previsto. Nem explicado, Apenas vivido. Da melhor maneira possível...

Durabilidade do amor

A persistência das palavras. Atos sem consciência,

37


O amor como conseqüência.

A arte de amar como ciência. Mas não quero apenas uma experiência, Apenas o amor em eterna existência.

Você é o elemento ativo. Eu sou o elemento passivo. Juntos para vencer o tempo, Que passa nesse momento.

O amor se fortalece com a união. Provocando tentação, Com a explicação, Que vem do coração.

Complexidade

Explicar um sentimento, Explicar uma cor, Explicar a evolução humana, Explicar o surgimento do Universo, Explicar a vida.

Toda resposta será complexa, Todo entendimento será abstrato, Toda conclusão será confusa.

Nada terá lógica. Nada terá princípios, Pois tudo será falado,

38


Mas nada será explicado.

Ainda sonho com você, Ainda penso em você, Ainda tento você, Por quê? Aceita meu amor como resposta?

Respostas Sinto-me um “gentio”, Pois idolatro você. Não consigo explicar, Este mistério, Pois existem muitos critérios.

Tenho várias convicções, Porém são meras interpretações, De algo incompreensível, Do sonho impossível.

Há algo a fazer, É procurar a resposta em você, Se ainda não o fiz. Foi por medo de ficar infeliz.

Tive medo de amar, Para não chorar. Tive medo de a ter, E depois te perder.

39


Revelação

Revelar sem receio de iludir, Que por você, Encontrei a inspiração para redigir.

Você é, Um ser como eu, Que também sente amor, Mas não sabe como o vai expressar.

Sigo o meu coração, Pois gostaria de estar contigo, Sentido a emoção, Oriunda da paixão.

Revelando todo meu amor, Desprezando a dor, Minha eterna flor.

Bem estar

A satisfação que é falar com você, Confunde-se com o prazer e o bem estar, Que se propaga de tal maneira em meu coração, Que os problemas mais difícil são diminuídos a pó.

Surge uma paz e um desejo incontrolável de revê-la, Contar á você minhas historias, Dizê-la que você é o remédio para minha doença: “Carência de paixão”.

40


É prazeroso olhar para seus olhos verdes, E observar que eles também olham os meus, É indescritível a sensação de bem estar, É a revitalização de meu corpo.

Gosto desta sensação, Vicie-me nela, Desta maneira desejo que esteja sempre de meu lado, Compartilhando esta sensação.

Ligado a você

A magia que me mantém ligado a você, Talvez explique os motivos de minha insistência, De buscar o seu amor.

Um amor que se perde no tempo, E renasce com a troca de olhares, Uma linguagem infinita...

É pertinente sua lembrança. Forçando-me a vê-la sempre, E admirar sua beleza de perto, Ressaltado pelos seus olhos verdes, Que contrasta com seu radiante sorriso.

És bela; isto não se pode negar. Como não se pode negar seu jeito carinhoso, Que me enfeitiça a cada encontro, Mostrando-me dessa maneira,

41


A importância de tê-la ao meu lado.

Almas gêmeas

Muito tempo se passou, Desde a primeira vez, Em que a gente se cruzou, E o amor entre nós brotou. Um amor impossível, Nunca compreendido, Sem nenhum sentido, Mas sempre com o ar de já vivido. Nunca terminado, Jamais finalizado, Sempre separado, Mas sempre recomeçado. Já a vi como princesa, sacerdotisa, Escrava, meretriz e camponesa. Quando fora homem, Foi guerreiro, marinheiro, artesão, Até foi para a prisão. Sempre a admirei. Não interessando por onde passei, Nem como vivia, Pois sempre houve magia. No Egito tudo começou, Em algum lugar da Escandinávia, o frio nos matou, Mas foi em uma das Cruzadas, Onde a vi mais apaixonada. Porém nunca dava certo, O amor se tornava incerto,

42


Pois o destino agia, E nosso amor se desfazia. Após uma longa reflexão, Cheguei a conclusão, Que minha missão, É quebrar uma maldição, Que prevê, a seguinte situação: “Caminharmos sempre juntos, porém, eternamente separados”. Terrível punição, Mas pode ser quebrada com nossa união. Com o poder que vem do coração, Para completar nossa evolução.

Bailarina da emoção

Bailava levemente, Como uma borboleta, No jardim.

A todos encantava. Sem palavras, Ela bailava.

Num ritmo envolvente, Quase que quente. A musica que tocava, Do destino desconhecido falava.

Não imaginava, apenas olhava, O termino da apresentação.

43


Nunca havia experimentado, Aquela emoção!

Para começar

Quando seu olhar, Novamente cruzar, Com o meu, É o amor que renasceu!

O sonho a se realizar, Duas pessoas a se amar. Sem com o destino se preocupar, E o tempo deixar de passar.

Haverá uma união, Sem muita razão, Mas que vem do coração, Vivendo uma intensa emoção.

Quando você olhou-me

Quando você olha para mim, Tu ficas mais bonita e graciosa. Sua face mais pura e mimosa; Mimosa como o jasmim. E seus belos cabelinhos, Lisos e douradinhos.

Quando você para de olhar-me, A tristeza fica em seu lugar,

44


Sem você não posso mais viver. Quero a ter sempre ao meu lado. Para viver bem sossegado. E junto de você, parar de sofrer.

Como é doce seu olhar, Inocente a vagar, Como duas esmeraldas a brilhar. Como as estrelas do sul, Que estão no céu azul, Com seus raios a cintilar.

O teu olhar

O teu olhar é nítido como uma flor, Tem o costume de andar pelas ruas, Observando para um lado e para outro, E de vez em quando olhando para trás... E que tu vê cada instante, É aquilo que nunca antes tenha visto. E tu sabes dar por isso muito bem... Sabe ter a admiração indispensável, Igual a de uma criança ao nascer, Que se reparasse que nascera... Sente-se nascida a cada momento, Para a infinidade do Universo...

Beijos

Chegará o dia, Em que sentirei o gosto de seus beijos.

45


Espero que sejam ótimos, Que viciem!

Que sejam tão bons, Quanto aos morangos cobertos com chantilly. Sejam tão doce quanto o mel.

Que me façam flutuar, Que me façam sonhar, Libertando-me da dor. Mas prisioneiro de seu amor!

A linguagem do amor

A mensagem de um olhar, Que perpetuá-se em minha lembrança, Carregando um enigma confuso, Indecifrável expressão, Que só pode ser compreendida, Com seu toque suave em meu corpo, Que atinge a alma, Fazendo floresceras sensações mais ardentes, Inexplicáveis, inarráveis, indescritíveis. Definida apenas pela sensação de paz, Que se propaga mesmo com o cessar de seus toques, Que faz viajarmos no nada sem percebemos. Este lugar, as horas são segundos, E gananciosamente queremos sentir esta sensação, Cada vez mais, sem nos preocuparmos com nada. O silêncio é a linguagem, que se compreende, Fluentemente sem erros ou duvidas.

46


E quando este momento se cessa por um breve instante, Percebesse a eternidade dos segundos, milésimos... E é ai que as palavras tentam confortar, Este período que transita entre o seu olhar, E minha resposta.

O beijo!

Quando a avistei, Então me preparei, Para te falar. O quanto te quero amar.

Comecei a dizer. O quanto é ruim sofrer, Por uma paixão, Presa ao coração.

Fiz o pedido, Fiquei sem sentido. Quando você falou, Que sempre me amou.

Então te beijei, Não mais parei, E o sonho realizei!

47


Beijo apaixonado

O fogo que arde dentro de meu ser, Esquenta e ilumina seu frio e escuro mundo. Meus lábios doce como mel, Adoçam sua boca, amargada com o tempo. O meu sensível toque em seu corpo, Aguça os seus desejos mais íntimos, O brilho de seu olhar reflete a paixão, Que nunca você viu antes. De repente um êxtase, uma paz! Uma sensação que até então, Você pensou nunca mais viver. E ela se prolonga, mas só que em um mundo diferente, Do qual vive. Tudo neste mundo é perfeito, Conforme um dia sonhaste. Eis que é o “céu”! Porém o tempo é implacável, E ele logo retoma o controle, Você então volta, implorando mais um beijo.

Um dia feliz

Hoje estou feliz, Vi a alvorada junto ao mar, Escutei os pássaros cantar, E vi você passar.

Vivi com alegria, Durante todo dia,

48


Tudo por causa da magia, Que você irradia.

Escrevi então esta poesia, Sonhando que você lia, E um sorriso surgia, E para meus braços corria.

Não sei

Ontem fiz você chorar. Mas hoje seu perdão ganhei. Ata cheguei sentir a terra tremer, E o céu escurecer, Em pensar que você vai sofrer. Por favor, não deixe suas mãos eu tocar. E nem seus olhos o meu fitar.

Pois sei que não te quero mais. E não tenho coragem de falar. Apenas faço você chorar. Mas tu sempre voltas a perdoar, Desse jeito não vou agüentar. E se eu ceder, Sei também que tua vida, Vai escurecer de tanto sofrer. Eu sei que muito mal fiz a ti.

Já falei, já briguei. Mas eu acabo voltando, E você me perdoando.

49


Pois nos seus braços parei. Nos seus ombros debrucei. Sei que é isso que não me deixa de ti, separar!

Decepção

Com lástima observo estes atos soberbos, Cujos veredictos são infames, Pois rejeitam com execução sumária, O meu benévolo amor.

Censurados são meus requerimentos, Eis que não há um consenso entre nós, Sua rigidez é ambígua, Conseqüência do assombro, Que possui pelo desconhecido.

Tenha ares sanhudos de façanha, Desafie o desafio... Deixe-me tanger sua alma! Flexibilize suas emoções.

Interesses

Amor forçado, Tem o mesmo efeito, Do amor comprado.

Não existem sentimentos, Apenas um contentamento, Gerando ressentimentos.

50


Um mundo de ilusão, Sem a chama da paixão, Uma precária união, Sem o amor como sustentação.

Esta é a realidade, De grande parte da humanidade, Escondida da verdade, Renegando a liberdade.

Interrogação

Será justo o que ocorreu? Da maneira como tudo aconteceu? Será que foi um sonho que morreu? Ou um sonho que adormeceu?

Foi um erro te amar? Querer te tocar? Por você chorar? Em você pensar?

Será justo sofrer? Sem não ter mais o que fazer? E em apenas em pensamento te ter?

Isto é o amor. Que não teme a dor. Que não possui uma razão. Orientada pela emoção.

51


Pensamentos

Não quero pensar, Que você anda atrás, De um novo amor. Mas o tempo passa. E meu pensamento, Esta se tornando uma realidade.

Não posso impedir sua atividade, Para salvar nossa amizade. Tenho de aceitar sua decisão, E procurar um novo coração. Porque não posso viver na solidão.

Mais um dia você vai ver, A velhice chegar. E outro amor, não encontrar. Você vai ter que ficar, A lamentar, esta situação.

Existência

Não existiria a luz, se não houvesse as trevas. Não haveria o calor, se não existisse o frio. Não existiria a paz, se não houvesse a guerra. Não haveria o sim, se não existisse o não. Não existiria a alegria, se não houvesse a tristeza. Não haveria o certo, se não existisse o errado. Não existiria a felicidade, se não houvesse a infelicidade.

52


Não haveria o homem, se não existisse a mulher. Não existiria o ganho, se não houvesse a perda. Não haveria o silencio, se não existisse o barulho. Não existiria o sonho, se não houvesse a realidade. Eu não teria me apaixonado por você, Se você não tivesse me rejeitado!

Liberdade

Libertando o meu coração, Do mundo da ilusão, Segui um novo caminho, Em busca de seu carinho.

Foi difícil a liberdade, Uma luta contra a saudade, Porém estava sem alternativa. Tinha que achar uma saída.

Então a avistei, E a ti implorei, Para o cárcere não voltar, E eternamente te amar.

Prisão

No cárcere de minha alma, Elaborei uma nova perspectiva, Persuadido pelas comoções, Que a ti, dedico!

53


Sem paradoxos, Externo minhas súplicas. Por uma perspectiva de benevolência, Que neste momento tanto necessito.

Não antagonize meus zelos, Pois estes são imaculados, Porém profanos. Ressaltados pela mitificação que tenho por ti.

Feitiço

Fala a lenda: Que a sereia quando cantava, Levava muitos marinheiros, A morrerem afogados.

Já Iara, a sereia dos rios, Era uma jovem índia, muito bela, Porém sua beleza, Cegava todos os homens que a vissem.

Já você não é uma sereia, Nem é Iara, Mas é mulher, Muito mais linda que elas.

Mas você também enfeitiça, Com seu jeito de andar. Você também cega, Assim como me cegou de amor.

54


As maravilhas da Natureza

Natureza tão caprichosa. Demonstra o amor, Através de suas criações: O nascente e o poente. As gigantescas cadeias montanhosas. A imponência das grandes quedas de água. As esculturas feitas pela água e o vento. Os conjuntos naturais, vegetais e animais. A Lua com suas faces e seu namoro com o Sol. O contraste da chuva com o Sol. A magia do amor. O colorido das flores. E a mais bela de todas, você!

Vida colorida?

Graças às cores, Que a vida é alegre. Imagine se não existisse às cores? Que tristeza seria! Um arco-íris, sem íris. Um mundo em branco, cinza e preto. Sem o verde dos seus olhos, Sem o amarelo do Sol, Sem o azul do céu, Sem o rosado de sua pele, Sem o dourado de seus cabelos, Sem o vermelho de seus lábios,

55


Sem a palavra cor. Tudo seria um parcial horror!

Neste momento.

Agora está chovendo, É noite, E aqui estou a pensar em você.

Tenho muito a escrever, Não sei como começar, Mas começo a imaginar.

Imagino você, Com seus olhos a brilhar. Com sorriso encantador. Lembro de uma flor.

Amanhã é um novo dia, Fica pairando no ar, sua magia. É uma lembrança que persiste, Ainda bem que você existe.

Elas

Mulheres maravilhosas, Intrigantes e misteriosas, Confundiram os meus sentimentos, Honraram-me com sua atenção, Escrevendo uma das mais lindas histórias, Lembradas com grande satisfação,

56


Eternizada na memória, Sublimes tempos.

Passarinho verde

Passarinho verde do meu quintal, Que pousa na janela do meu lar. Você faz-me chorar com o seu cantar, Agora não cante mais até meu amor voltar.

Meu amor já me deixou, E você ainda aqui ficou, A lembrar-me com o seu cantar. Os momentos tão felizes, Que com meu amor, passei no pomar.

Passarinho verde voe do ninho, E procure meu amorzinho, E diga que te guardo ainda um cantinho.

Passarinho verde, Tua pluma é uma esperança, Para quem espera, um dia alcançar, Meu amorzinho um dia voltar, Quando meu recadinho você levar.

Junto dela

Sento na grama, atrás de uma cabana, Só para ver o tempo passar. Junto dela,

57


Numa imaginação, a paisagem se espalha. A coragem de viver, Só para te ver sorrir. O Sol desaparece, e a sombra escurece. Junto dela. A sua imagem, de repente se apaga. O sereno chega na grama. E na água vejo o reflexo da Lua agitada. Junto dela. Do silêncio me levanto. Vou andando sem saber para onde. Vou vivendo nessa imaginação. Que não tem dó do coração. Até no sonho sua imagem aparece. Não sei fazer nenhuma prece a Deus. Nem sei como posso viver. Junto dela. Minha vida é um tormento. Já nem posso mais pensar, para não sofrer.

Saudades

Tenho saudade de ti, A falta de seus carinhos, Fizeram-me partir. E seu rostinho querido, Que fez os raios do Sol declinar. Tenho saudade do brilho dos seus olhos, Que se confunde com a luz das estrelas. Parece que foi ontem. Os seus lábios rubros como o Sol de tarde no horizonte.

58


Seus cabelos agitados pelo vento. A que saudade do seu modo de falar. Que adoçava meu paladar. Recordo hoje a aventura do passado. Sem tocar no futuro. Querida por Deus eu juro! Que jamais você terá amor tão puro. Não pensei que a saudade fosse um castigo. Pois gosto da saudade. Mais do que viver contigo!

O valor da lembrança

Em um oceano de lágrimas, Navego sem parar, Na busca de alguém para amar.

Uma infinita imensidão. Uma eterna escuridão, Contrastada com a solidão.

Começo a lembrar, Como é gratificante ter alguém para sonhar. E desejar compartilhar, O prazer de amar.

Mesmo que na lembrança, Há uma esperança, De ver acontecer, O que um dia sonhei em ter.

59


Inverno

Céu azul estrelado, Noites frias com geadas, Manhãs brancas e geladas, E o Sol no horizonte, Vai surgindo e o frio vai sumindo. A brisa sopra fazendo ruído dentro dos ouvidos, Os regatos vão ralando, E o vapor vai levantando. No pomar folhas secas pelo chão. Tudo isso faz padecer o coração, No inverno a planta padece, E também a Lua se esquece. O ano passa ausente. Mas o inverno se repete, Certas coisas que acontece. A gente não esquece; Inverno, tu me faz lembrar! Que eu também já fui feliz. Como eu posso viver, Comparando o passado. Sem reclamar e sofrer.

Meu império

Escutando uma musica romântica, Comecei a viajar em meu mundo, Passei pelo Reino da Lembrança. Nele via como tudo começou, Mas sem nada ter acontecido.

60


Apenas uma atração inexplicável por você. No Reino da imaginação, Via tudo acontecer, Sem me preocupar, Como fazer acontecer. Porém passei pela Realidade. Vi o que eu não queria ver, O presente sem você, Sem poder te esquecer!

Oito minutos

Vinte e duas horas e trinta e oito minutos. Não paro de pensar em você!

Sonho, Invento, Lamento não tê-la, Mais uma chance! Apague o passado. Recomece do zero. Amarei você eternamente.

Vinte e duas horas e quarenta e seis minutos, Termino esta poesia. Rezo! Agradeço a Deus por tudo! Deito para dormir. E com certeza sonharei com você!

61


Desistência

Quando redigi esta poesia derradeira, Refleti muito sobre o que iria expressar, Julguei o término de minhas aspirações, Abdiquei minhas comoções, Não tencionei mais a rosa champanhe. Pois fito uma nova via. Evadindo do encanto da vexação. Inexistirão epistolas de adscrição. Tudo que sobreveio, entrará em omissão. Haverão atos sociáveis. Conversas amistosas, mas sem o instinto afetivo, A felicitação dissertada hoje, Não leva mais o meu ato de apetecer seus zelos, E sim o momento terminal de uma história de afeto.

Uma aventura

Fico perto de ti, Nem sei por quê? Se eu nem te amo, Nem quero amar. Nem sei por que faço, Você chorar.

Mas agora eu te digo, A verdade; mulher! Eu não te amo, Só te engano, Vou embora.

62


Se você chorar e me odiar, Não ficarei a lamentar.

Não te quero mais; nunca mais! Não adianta você perguntar, O motivo de minha decisão, Porque nada farei, Para contrariar o meu coração. Vou embora, Para jamais voltar, A não ser, para uma nova aventura.

Altruísmo

Existem várias donzelas, Cujo meu amor, Pretendem conquistar, E suas emoções, Para mim, doar.

Tento corresponder. Porém tenho receio de fazê-las sofrer, Pois ainda vivo a sonhar, Com a mulher, A quem jurei amar.

Mas neste momento, Reflito sobre meus sentimentos, E começo a pensar. Em ceder a quem tanto quer me amar. Tudo para ver, um sonho realizar.

63


Novas paixões

Exaurido de tanto esperar, Outro amor irei procurar, Enfrentarei o labirinto da intuição, Para atingir um novo coração.

Estou persuadido, A enfrentar o desconhecido. As ciladas das tentações. Tudo para experimentar, novas emoções.

Busco também o amor, Conheço o risco da dor, Mas prefiro arriscar. Para novamente sonhar.

E sentir o prazer, De uma mulher em meus braços ter. E seus lábios beijar. E novamente me apaixonar.

Eu!

Sei que amar o desconhecido, Causa medo, Porém resulta a tentação da aventura.

Não sou desconhecido, Porém, sou algo complexo de se explicar.

64


Mas sou humano!

Erro, brinco, choro, sorrio, Amo, vivo, reflito, rezo, Respeito, ajudo, atrapalho, observo, Sofro, sou chato, mas todos sentem a minha falta.

Tenho defeitos que se equivalem, Com as qualidades. Entre os defeitos, cito a busca pela perfeição! Talvez seja por isso que te adoro.

O louco

Palavra chave: Oito ou oitenta. É inovador e criativo!

Inexistência de limites, Possui liberdade plena. Procura novos horizontes.

Porém é critico, Renegado, Intitulado, Invejado!

Ele é puro no pensar. Vive a procurar, Um novo caminho a percorrer, Que não seja o sofrer!

65


A justiça

Tenho a capacidade de evitar a tentação, Todo o mal que resulta dela então. Mas você não é tentação!

É alguém com integridade, Que irradia e fascina; Que arrombou meu coração.

Você é o espírito eterno, Que me sentenciou com seu amor, Porem é necessário uma decisão, Mas que venha de seu coração.

Coloque na balança da justiça, As boas e as más ações, Que posteriormente você percebeu em mim, Daí julgue e tome a decisão.

Um dia no Monte Olimpo narrado por Atena

Eos promoveu uma alvorada espetacular. Crônus cuidou para que o tempo passasse devagar. Cloris fez nascer as mais belas flores. Hemera cuidava para que o dia fosse perfeito. Moira elaborou o roteiro de duas pessoas em especial. Hélios e Urano colaboravam com o trabalho de Eos. Irene entrou em acordo com Ares.

66


Bia, Cratos, Deimos, Eósforo, Érebo, Erénias, Éris, Emênides, Fobos, Ftóno, Hades, Momo, Nêmesis, Pento, Tánatos, Pênia e Poiné, receberam folga ordenada por Zeus. Afrodite fez os preparativos, Potos observava para agir, Tique programou os acontecimentos. Resultado: Eros nos acertou com sua flecha!

Um pedido a Afrodite

Poderosa Afrodite. Deusa do amor, Seja benévola, E amenize minha dor.

Peço a sua atenção, Em minha questão, Pois não consigo esquecer, O amor que a flecha de Eros, Fez-me querer.

Lamento informar, Que Eros não conseguiu acertar, Quem era para eu amar, É por isso que Vossa Divindade tem que me ajudar, Para que eu possa parar de lamentar.

Peço que me abençoe. E com sua proteção, Quero enfrentar o caminho da paixão.

67


Com quem queira aceitar, Todo amor que tenho para doar.

Flecha do amor

Arqueiro do amor. Quando Vossa Alteza tu encontrar, Nela tente sua flecha acertar. Colocando-a o encanto, Do amor para eu buscar.

Cúpido! Atenda meu pedido. Não é um amor sem sentido, É um amor perdido, Que deixou meu coração partido.

Mas agora o encontrei. Relembrei tudo que sonhei, E por este sonho vou lutar. Para o amor não mais se apagar. E eternamente ela irei amar!

Lágrimas de uma rosa

As pétalas que da rosa caia, Aos poços o vento espalhava. Era uma princesa que chorava.

Uma ação impensada, De alguém que ela amava.

68


A ele o coração se fechava.

O tempo passou, O príncipe voltou, Pois no erro ele pensou, E uma providência tomou.

O coração da princesa, reconquistar. E as armas que irá utilizar. É o amor que ele pretende doar. Será que conseguirá?

Lady Crystal

Mestre; Amo o impossível, Pois quero o amor de uma princesa, Mas não é qualquer princesa. É a princesa do Reino de Cristal. Ela é linda! Quase uma deusa; Porém seu coração é duro como o diamante, E sua alma é fria como seu reino. O que fazer?

Para lapidar seu coração, Que tal o amor universal! Para esquentar sua alma, Existe o fogo da paixão. Mas se isto não adiantar, Olhe nos olhos dela;

69


Se brilharem, Tenha paciência e perseverança. Se não brilharem; Pare de sofrer! Parta para quem realmente necessite do amor!

Princesa

Como uma rosa sem defesa, Possui uma delicadeza, Irradiante beleza, Assim é vossa alteza.

Contrasta com os jardins, Vive dentro de mim. Em meus pensamentos, enfim. Parati, meus nobres sentimentos.

O meu reino está dominado, Por um mundo encantado, Que só pode ser libertado, Por um ato apaixonado.

Faça uma reflexão, Abra o seu coração, Queime de paixão, E seja minha salvação...

70


Coração de primavera

O inverno que persiste no mundo de Vossa Alteza, Vai enfraquecendo aos poucos, Os dias cinzentos são substituídos pelo céu azul. O branco que contrasta com o preto, Agora contrasta com o verde das plantas, Vermelhos das flores com a alegria de seus habitantes.

O ar quente que circula, Aquece a vida no seu reino, Renasce a alegria, Surge o sorriso espontâneo, A frieza de seus atos, São substituídos por suas ações de nobre sentimento.

Tudo isto acontece, Porque seu coração se aqueceu com a chama do amor, Amor este, que se compara a Primavera, Que se faz presente em quem o doa e a quem recebe. Eis que o doei, E você recebeu.

O exílio de Lady Crystal

Não há como conter a decepção, Que sinto em meu coração, Resultado de uma informação, Contada por um espião.

É com profunda tristeza,

71


Saber que Vossa Alteza, Andou pelo mundo da incerteza, Renegando sua pureza.

Negou sua liberdade, E se entregou a promiscuidade, Perdendo a fé na lealdade, Num ato de irresponsabilidade.

Porém o Reino que começou, Logo terminou, Pois não possuíam os alicerces do amor, Desabando e ocasionando a dor.

Agora você vive na prisão sem muro, Em uma estrada sem rumo, Em eterna tristeza, Como uma camponesa.

72


Capitulo II

Vida em análise!

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tini”. (I Coríntios cap. 13:1)

73


Enamorado

As loucuras de um apaixonado, São sempre reveladas, De uma forma inusitada, Como em uma estória encantada.

Seu mundo é a fantasia, De eterna magia, Repleto de alegria, De noite e de dia.

É nobre sua intenção, É ingênua sua ação, É rara a devoção, Inexplicável tentação.

Enfrenta o destino, Não teme o desconhecido. Nada é impossível, Apenas temporariamente inacessível.

Pessoa apaixonada

Não existem obstáculos, Os riscos nunca são calculados, O não é sempre sim, E o sim é sempre uma conseqüência. Não existe o revés, Mas sim, uma nova oportunidade que surge, Em tudo acredita,

74


Não mede esforços para alcançar os objetivos, Decepciona-se, porém logo acham um motivo para sorrir, Troca sua vida pela vida que tanto quer que esteja a seu lado, Joga sujo, joga limpo, Segue a risca a idéia de Maquiavel: “O fim justifica os meios”, É irresponsável, Troca um império de décadas, por uma sensação de minutos, Vive mais fora do corpo, Mas com o corpo sente as conseqüências disso. É cego e surdo, Tudo é possível, mesmo que provem o contrario, Vive intensamente, Mas morre quando a derrota é irreversível, Assim é a pessoa quando esta apaixonada.

Aprendizagem

Quando não aprendemos com nossos erros, Aprendemos com os erros de nossos amigos, Parentes e pessoas que convivemos.

Otimismo

De hora em hora, minha vida melhora... Dia a dia estou melhorando... Estou prosperando em todos os sentidos... Sou hoje, melhor que ontem... Serei amanhã, melhor que hoje... Vivo com entusiasmo e confiança, Buscando sempre um futuro melhor e mais risonho...

75


As células do meu organismo se renovam, Através de pensamentos de harmonia, amor, saúde e sucesso... Colho no presente, o que plantei no passado; Colherei no futuro o que plantei no presente momento... Sou otimista, sou alegre, sou jovial... Sou paciente, sou tolerante, sei perdoar... Adoro a vida... Acho o mundo maravilhoso... Cumpro meus deveres com prazer e alegria... Ganho honestamente o meu pão de cada dia... Resolvo meus problemas com calma e serenidade... Sou feliz... Nasci para amar e servir... Faço o bem sem olhar aquém... Minha norma de conduta se baseia no respeito mútuo... Amo a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a mim mesmo... Olho a minha volta antes de reclamar que o destino é injusto...

A vida

O universo inteiro é um cenário. Todos os seres humanos não passam de atores. São as evidências ou os esquecidos, E na existência, um homem representa muitos papéis. A vida é uma novela com vários capítulos; O bebe chorando e babando nos braços da mãe, Depois brigão com seus livros, E o seu alegre rosto matutino, vai-se rastejando como uma serpente, De preguiça de ir para a escola. E depois enamorado, suspirando como doente, com uma música romântica composta para o ouvido de sua amada.

76


Logo após vira soldado, repleto de estranhas implicações, Rugindo como um leão, cuidadoso da honra, viril e ágil na batalha. Depois vira doutor, com seu abdome redondo estufado por uma boa ceia. De olhos ríspidos e a barba bem aparada. A última fase se apresenta em vestes largas e sandálias, Com óculos de grau e a sacola a tira-colo, as suas bermudas da mocidade, Bem conservadas, exageradamente folgada para as suas pernas finas; E a vibrante voz varonil, novamente transformou-se em esganiçada infantil, O último ato de todos, que finda a esta esquisita narrativa, cheias de fato, É a segunda juventude e um simples esquecimento sem ouvidos, Sem visão, sem aroma, sem nada!

Perceba

Em tudo existe beleza, Basta quere ver, Em tudo existe amor, Basta identifica-lo.

Olhar além do que é visível, Escutar além do silêncio, Sentir a alma.

Parece estranho, Um indecifrável mistério, Mas não é impossível, Nem difícil.

Basta querer, E logo surge o poder, Um poder diferente,

77


Que nasce dentro da gente.

Pense

Tudo que é feito com amor, Tudo que é feito a procura do amor, Tudo que é visto com amor, Tudo que é dito pelo amor, Tem como gratidão, Sempre a verdadeira ação, Uma eterna união, Uma privilegiada visão, Uma bela canção... Pois o amor que é dado, É retornável, É admirável, É saudável... Se do amor é que nasce a vida: Por que o rejeita-lo? Por que não escuta-lo? Por que não senti-lo?

Alquimia da realização

Explore seu coração, Procure nele então, O que você um dia sonhou, E transforme isto em realidade, Perceberá que não será fácil, Mas não impossível, Pois a arte de transformar,

78


O nada em realidade, Esta em você. Não adianta em livros procurar. Encontrará no seu profundo interior, Na vontade de vencer, E no destino, que se apresentará, Você aprenderá, Os sonhos a realizar, Com magia, A magia da fé, compreensão... Dedução, dedicação e determinação. Não se preocupe com o tempo, Apenas faça a transformação!

Estações do amor

Com as estações, Modificam-se os corações, Não há uma constância, Só eterna alternância.

Influenciada pela esperança, Como os sonhos de criança, Conseqüentemente da lembrança, Do amor em aliança...

O período de reflexão, Resultado pelo frio do coração, Que é aquecido pelo calor da paixão. Do amor em renovação.

79


Sonhar para realizar

Em dias de indecisão, A nossa razão, Pode provocar uma grande confusão, Sem chegar a uma decisão.

Siga então, O seu coração, Sem cair em ficção, Mas com muita devoção.

Mas é necessário acreditar, Para o impossível realizar, Sem medo de enfrentar, Os obstáculos que tendem a atrapalhar, Pois o destino costuma nos testar, Para ver se mereceremos alcançar, O que vivemos a sonhar.

Acreditar no amor.

Sob o luar. Começo a imaginar; Mil motivos para amar, A garota com que vivo a sonhar.

Inspira-me em escrever, Algo que a faça me compreender, E em meu amor crer. Eis que não vai se arrepender.

80


Pois o amor verdadeiro, Não é derradeiro, É envolvente. Que dura eternamente.

Mas para o verdadeiro amor existir, É necessário o amor repartir. Este nobre sentimento, Á todo momento.

Sensibilidade

Admiro o silêncio, Pois causa mistério, De difícil interpretação, Com apenas uma única intenção.

É a palavra não escrita, É a fala sem som, Que só é interpretada, Pela voz do coração.

Não existe uma razão, Nessa interpretação, Que contrasta com a realidade, E revela nossa verdadeira identidade.

81


Recomeçar!

No passado, O que aconteceu, O amor com palavras escritas, Você não entendeu.

Se entendeu, Quem não percebeu, Fui eu!

Mas hoje tento expressar, E com palavras, Tento mostrar, Que pretendo te amar.

Mas para isso acontecer, Você tem que compreender, Que minha intenção, Vem do coração.

Viagem

Viajar nos caminhos, Traçados pelo coração, É observar o destino trabalhar, Tudo para o melhor nos dar. Nem sempre realizamos o que queremos, Pois não estávamos preparados para ele. Outros realizam, porém se arrependem. De tê-lo realizado.

82


Para estes o destino reservou, Uma experiência, que um dia, Utilizará, para a pessoa feliz ficar, E libertar. O que realmente quer realizar. Se houveram problemas, Foram para evitarem outros de difíceis resoluções, Mas nem por isso há de desistir, Ainda mais quando o nosso coração e intuição, Tendem a insistirem.

Sonhar

Nada nos impede de voar; Porém devemos sempre estar cientes, Da altura que estamos voando; Controlando-a sempre. Nunca deixando que à distância, Entre o céu e o chão, seja enorme! Ao ponto de que quando cairmos, Do chão não conseguir mais levantar!

O poder do sonho

Um sonho, Pode ser dividido, Compartilhado, Renovado.

Um sonho, Pode ser impossível,

83


Possível, Vivido.

Jamais! Criticado, Apagado, Destruído.

Pois tudo que é sonhado, É idealizado, E muitas vezes realizados.

Sonhar é amar de verdade!

Sonhar que pode amar e ser amado, É melhor que amar sem nunca ter sonhado. Pois quem sonha com um amor age com o coração. E quem nunca sonhou com o amor, Age com ambição. Não é loucura sonhar e persistir no sonho. Porém é absurdo estar com alguém, Sem amá-lo de verdade.

Amor universal

Se me perguntar se estou triste; Direi que não. Se me perguntar por quê? Direi que é por causa de você.

Sei que mereceria uma sorte melhor.

84


Porém como vê, não desisti. Pois que mal há em sonhar com quem ama.

Doei o meu amor, Não espero retorno, Pois este já retornou.

Na expressão da vida, amigos, parentes, Natureza e até em poucos inimigos. Acredite! É gratificante.

Paixão, amor...

Sentimento sempre atuante na vida das pessoas. Ninguém vive sem amar. Ama-se uma donzela a um homem, Um criador, a si mesmo. Ama-se ao filho, ao pai, a atividade, a carência, a flor, E ao anseio de amar. Muitos seres além de demonstrar na existência o seu amor, Demonstra em poesia o jeito de sua comoção.

As várias faces do amor

Um vazio que se preenche, A escuridão que desaparece, A vida que se renova, O silêncio que se propaga.

Definem em parte o amor,

85


Que não pode ser explicado, Apenas ser sentido, De forma única e intransferível.

Para cada pessoa um coquetel de sentimentos. Uma mistura explosiva de sensações. Que pode até causar o mau. Para aqueles que buscam o bem estar do amor.

Possui o lado bom. Mas faz surgir o lado ruim. Não porque deveria ser assim... Mas porque o fizemos e o fazemos assim.

É dele que surge a vida. Mas é por ele que muitos morrem. É um sentimento ingrato... Mas gratificante quando compreendido.

O amor é assim; De indefinidas explicações, Vividos por todos. É especial, quando o assunto é eu e você.

Apocalipse

Um eclipse, Será o apocalipse! Os momentos finais, De todos os mortais.

86


História derradeira, Vidas inteiras, Tudo começa acabar, Sem como se salvar.

Na hora do julgamento, São revelados todos os momentos, Todas as boas ações, E as más intenções.

Muitos são condenados. Por não terem se comportado, Dentro das diversas leis, Que regulam nossas vidas.

Esperando minha vez, Comecei a pensar, Como foi bom amar. Foi ai que percebi, A grande chance de me salvar!

Doze de julho

Para as pessoas enamoradas, Uma data encantada. Onde se comemora as proezas da paixão, E tudo de bom, que vem do coração.

É um dia especial, De amor universal, Onde se difundem os sentimentos,

87


Em eternos momentos.

Tudo é poesia, Numa louca alquimia, Protagonizada por seres apaixonados. Feliz dia dos namorados.

Brincando com o tempo

No tempo vou voltar. E com ele brincar, E meus sonhos realizar. Sem com nada me preocupar.

Um mundo a transformar, Da maneira que eu pintar, E se eu não gostar. Basta no tempo voltar.

Quem vai ligar? Se isto em realidade virar. Eis que nunca vai ninguém saber, Pois não deixarei isto acontecer.

Mas um dia vou enjoar, E com o tempo vou parar de brincar, E para o ponto de partida irei voltar. E novamente o destino irá mandar.

88


Banco da calçada

Sentei no banco da calçada, Lá longe vi um broto me acenar, Então quando a garotada por ali passou, Com ela falei, E logo seu endereço, perguntei; Ela logo respondeu; Com aquele jeitinho descarado: Eu moro na rua do lado do mercado!

Do meu bolso o caderninho tirei, E seu endereço anotei. Então no outro dia meu carro acionei, E para lá me mandei. Mas aquele broto não mais encontrei. Logo cismei que a garota, Para atrás me passou.

Agora vou sentar no banco da calçada, E quando um broto por ali passar, Não vou com ela mais me importar.

89


Capitulo III

O amor em expressão universal!

“Uma das mais antigas necessidades humanas é ter alguém que se preocupe e pense onde você está, quando não volta para dormir em casa”.(MEAD, Margaret)

90


Um acróstico para minha mãe

Minha mamãe, Inimaginável mulher; Nunca a esquecerei, Homenageio-te agora, Adoro você.

Mulher forte, Amorosa, Especial!

Mãe

Uma simples mulher, Age pela grandeza de seu amor, Tem um pouco de santa, Pela sua dedicação constante. Tem um pouco de anjo, Que sendo jovem pensa como uma idosa, Sendo anciã, Age com toda a energia da mocidade. Quando leiga, Melhor do que sábia, Descobre os mistérios da vida, Quando astuta, Apresenta a simplicidade das crianças; Quando pobre sabe se enriquecer, Para que seu coração, Não fique ferido pelos maus agradecidos;

91


Forte estremece ao planto de um bebe, frágil. Entre tantos se agiganta com a fúria dos leões; Morta, Daríamos tudo o que somos e temos para vela de novo, E dela receber um carinho, Um abraço, um estímulo, uma palavra de conforto.

Um acróstico para meu pai

Meu papai, Especialmente para você vai, Um verso que do coração sai.

Papai, Adoro você, Intensamente.

Meus avós.

Tenho muito a agradecer, Para as pessoas que me ensinaram a crescer, Que me deram a educação, E me amaram com o coração.

Apesar de minhas traquinagens, De minhas bobagens, Vocês tiveram paciência, E me ensinaram a ter consciência. Fico muito feliz, Em fazer o que fiz, Em homenageá-los,

92


E sempre ama-los.

Meus tios

Tenho muitos tios, Tenho muito a falar, Mas em poucos versos expressar.

Então irei criar, E começar a contar, E o passado relembrar.

Os momentos de alegria, E compreensão, E tudo vivido até então.

Time do coração

Compartilhar a emoção, Nas mais diversas condições, Amar universalmente, Tudo no mundo existente.

A partir dessa definição, É que irei explicar uma paixão, Cujo seu endereço é o Calderão, Seu apelido é Furacão.

É conhecido no mundo, Como Furacão das Américas, Que possui uma torcida histérica,

93


E uma coleção de títulos numérica.

Sua camisa é rubro-negra, Que só é vestida por quem tem destreza. É o time do coração. Que representa uma grande nação.

Clube Atlético Paranaense, De força imponente, De uma torcida por ti doente, Resultado da paixão, De sua trajetória de campeão.

Sensação do esportista

O perigo? Eu olho e rio! O medo? Ele me teme! Os obstáculos? São desafios pré-vencidos! A derrota? Meu caminho à vitória com perfeição! A desistência? É a incompetência dos fracos! O cansaço? É um reles figurante! A glória? Meu prêmio incompleto! A satisfação e o êxtase? Meu esporte,

94


Minha paix達o, Adoro praticar Mountain Bike!

95


Capitulo IV

Finalizando temporariamente!

“O jogo da vida é como um bumerangue: mais cedo ou mais tarde, os nossos pensamentos, as nossas atitudes e as palavras caem sobre nós com incrível precisão”. (SHINN, Florence Scovel)

96


Poesias perdidas

Incontáveis palavras. Mas nenhuma foi capaz de despertá-la. Incontáveis versos, Mas nenhum foi capaz de despertá-la; Incontáveis mensagens, Mas nenhuma foi capaz de despertá-la.

Meus esforços todos em vão, Palavras e mensagens que se perderam, Toda vez que as dedico a você! Por que tem que ser assim? Gostaria que me explicasse. E assim dar-me motivo para esquecê-la.

Conseguirá fazer isto que te peço? Ou esconderá o que te aflige atrás do silêncio? Permitirá que uma pessoa sofra para não sofrer? Se tem medo da verdade, Então nunca espere a verdade de ninguém!

Fui rude? Não, apenas realista. Eis que é raro alguém demonstrar amor, Como é raro alguém não dar satisfação mínima do que recebeu. Repense no que faz, pois a vida dá voltas!

97


Sem inspiração

Um longo silêncio... Um período vazio... Uma dúvida no ar, O que escrever?

Nada mais fazer, Nada mais para escrever, Tudo foi escrito. Mas nada foi explicado.

É difícil escreve o que queremos, Ainda mais para quem amamos. Procurar a perfeição, É criar a imperfeição.

Soneto final

Não existe um momento terminal. Pois o homem pode ser imortal. Mesmo tendo um destino fatal.

Pois sua história não é esquecida, E de geração a geração, é estendida. Isto é o ciclo da vida.

É difícil entender. Como isto pode ocorrer. Mas é só parar. Observar e analisar.

98


O ato de relembrar, É o mesmo que o de sonhar. Onde tudo pode recomeçar, Sem nunca terminar.

99


BIOGRAFIA DO AUTOR.

Antonio Ilson Kotoviski Filho, paranaense da cidade de Almirante Tamandaré, nascido no dia 10 de outubro de 1976, formado em História, Bacharel em Direito, Especialista em História do Brasil, Especialista em Geografia do Brasil e Mestre em Ciência da Educação pela Universidade Internacional (PORTUGAL). Professor de História e Geografia do Estado do Paraná onde leciona para alunos da Rede Publica Estadual do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Apesar de possuir uma vida corrida e agitada, ainda encontra tempo para desenvolver o seu hobby, predileto que é o Mountain Bike realizado no Estado.

Lançamento do livro “Amor descrito por um apaixonado pela vida!” em 08 de dezembro de 2001. Na foto o autor se encontra sentado ao lado de sua mãe autografando os livros. Ao fundo os alunos do projeto escolar “Pintando um verso bem diferente”, que produziram uma coletânea de poesias que também virou livro/Foto: Família Kotoviski, 2001.

100


DIVULGANDO!

Merece registro as seguintes obras de minha autoria para quem quiser conhecêlas: 1. AMOR DESCRITO POR UM APAIXONADO PELA VIDA! (Poesias); 2. SONHANDO ESCREVI SOBRE O AMOR, (Poesias); 3. VERSOS IMPERFEITOS. INTENÇÕES VERDADEIRAS, (Poesias); 4. VIAGEM VERSADA, (Poesias); 5. POESIAS: O REFUGIO DE UMA ALMA ROMÂNTICA, (Poesias); 6. INSPIRAÇÃO DERRADEIRA, (Poesias); 7. ESCRITURAS ROMÂNTICAS, (Poesias); 8. VOZ INTERIOR! (Poesias); 9. REFLEXOS DE MUITOS MOMENTOS, (Poesias); 10. A HISTÓRIA DA HUMANIDADE EM VERSOS, (Poesias); 11. A HISTÓRIA BRASILEIRA EM VERSOS, (Poesias); 12. OS PAÍSES DO PLANETA TERRA EM VERSOS, (Poesias); 13. LIVRO NEGRO. O LADO OPOSTO DO AMOR, (Poesias); 14. HORIZONTE TERMINAL. (Romance); 15. A INDISCIPLINA NO CONTEXTO ESCOLAR. (Dissertação); 16. O INTEGRALISMO NO BRASIL. (Monografia); 17. RELATOS DE UM TAMANDAREENSE. HISTÓRIA DO MUNICÍPIO DE ALMIRANTE TAMANDARÉ, (Histórico Científico).

101

Amor descrito por um apaixonado pela vida!  

Livro de poesias, poemas, sonetos e acrósticos de contexto lirico.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you