Issuu on Google+

PALAVRA DE RESPOSTA Levando a palavra de Deus até você!

Edição 001 Amados, assim como Deus teve um projeto maravilhoso de vida para João Batista ele tem para você também. João Batista foi um homem extraordinário e morreu defendendo a sua fé em Deus. Embora seu nome só apareça por 14 vezes em três evangelhos (Mt, Mc e Lc) sua vida teve uma relevância tremenda na Obra que o Senhor desejava realizar. Deus sempre tem um projeto de vida para nós. Observe o projeto de vida que Deus teve na vida do profeta Jeremias: Jeremias 1:5 "Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações". O profeta Jeremias ainda não tinha nem nascido e o Senhor já tinha um plano para sua vida, já o queria como profeta entre as nações. João Batista também ainda não tinha nem nascido e o Senhor também já tinha um plano para sua vida. Agora, você pode estar pensando assim: Ah! Pastor mas isso foi lá com João Batista e com o profeta Jeremias. O que isto tem haver comigo??? Hebreus 13:8 diz que o meu Deus, o meu Senhor foi o mesmo ontem, hoje e o será para todo o sempre. E se ele tinha plano e projetos de vida para os homens no passado ele tem para você hoje também. Amém??? Amado, o que o faz pensar que ELE teria um plano para vida desses homens e não teria para a sua!!! O que o faz pensar que para Deus João Batista e o profeta Jeremias são mais importantes que você!!! Se você se sente assim, meio incapaz por não ser um João Batista, por não ter um chamado parecido com o de João Batista. Veja o que o Senhor Jesus diz a seu respeito em (Mt 11:11): "Digo-lhes a verdade: Entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista; todavia, o menor no Reino dos céus é maior do que ele."

Janeiro 2014

E eu quero dizer-lhe algo esta noite que talvez você ainda não tenha se apercebido: VOCÊ NÃO PERTENCE MAIS A ESSE REINO TERRENO, VOCÊ PERTENCE AO REINO DOS CÉUS. AMÉM!!! Amados, assim como Deus teve um projeto de vida para João Batista, Ele também tem um projeto de vida para você. O Senhor deseja que sua vida seja cheia dos propósitos dele. Observe o que o Salmista Davi diz no Salmo 139:13 "Pois tu formaste o meu interior tu me teceste no seio de minha mãe."

Ah! Pastor o senhor está falando isso, porque não conhece a minha vida!!! A é... Tomé... Então eu vou lhe dar mais uma porção da palavra de Deus para acrescentar fé ao seu coração, verso esse, que muitos recitam somente até a metade, esquecendo o finalzinho que é o mais importante: Rm 8:28 "Sabemos pois, que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo seu PROPÓSITO"


Pag. 02

Palavra de Resposta

Edição 001

Janeiro 2014

Rua Jose do Patrocinio, Qd 12 Lt 01, Sala 03 - Centro


Pag. 03

Edição 001

TESTEMUNHO

Palavra de Resposta

Janeiro 2014

Testemunho – Cantora Bianca Toledo Eu nasci em Brasília, em 12 de junho de 1979 e desde pequena, a minha família se reunia para me ouvir cantar. Muito tímida, me negava a participar de apresentações públicas, mas estudava piano, violão e já escrevia canções para os amigos e para Jesus, que havia conhecido na igreja católica, no movimento carismático. Mudei para Araçatuba, interior de São Paulo, aos 16 anos onde tive na comunidade evangélica um encontro marcante e transformador com Deus. Decidi dedicar minha vida totalmente a Ele, mergulhei na Palavra de Deus e dediquei-me a busca do Espírito Santo com todas as minhas forças, pois, finalmente havia encontrado meu lugar. Fui para São Paulo com 18 anos estudar psicologia, mas acabei transferindo meu curso para a faculdade de música, já que meu ministério com louvor e adoração a cada dia estava mais presente. Comecei a participar de gravações e minhas canções começaram a ser gravadas. Na igreja, alem do ministério de louvor, dedicava-me à visão celular, apaixonada pela missão de ganhar vidas e formar líderes transformados pelo poder de Deus. Com 21 anos recebi o desafio de participar do programa “Raul Gil”, descobrindo que minha missão ultrapassava as paredes da igreja e que minha música seria ouvida por todos, alcançando também o público secular. Nunca havia cantado fora da igreja, e escolhia canções que pudessem cantar para Deus, marcando minhas interpretações com meu amor e devoção. Permaneci no programa por um ano, vencendo o concurso “Usina de Talentos” e gravando um CD. Divulgando o projeto Reina Brasil participei de muitos programas de TV e em 2007 cantei no encerramento do programa “Criança Esperança”, na rede Globo. No final de 2008 gravei meu primeiro álbum solo: “O Amor Prevalecerá”. Diferenciado pela brasilidade do som e o uso de uma poesia não religiosa esse trabalho expressa minha espiritualidade, e atrai pessoas de diversas religiões, promovendo um encontro suave com Deus através da música. Sempre tive o sonho de ser mãe… Porém na adolescência descobri uma endometriose, que, na época, foi tratada, mas ainda assim me impedia de engravidar. Mudei para o Rio de Janeiro no início de 2010 e descobri a maravilhosa surpresa: a maternidade, a maior emoção de minha vida. Finalmente meu sonho havia se realizado! Logo nos primeiros meses, soube que esperava

um menino e o gerava sabendo que seria um profeta para as nações. Por oito meses dediquei-me integralmente à saúde e aos preparativos para receber a minha herança. Na 36ª semana, 15 dias antes da data agendada para o parto, acordei com uma dor abdominal aguda, acreditando que chegara a hora de ter o bebê. Corremos para a maternidade, e, chegando lá, não eram sinais de parto, algo havia acontecido e ninguém sabia o que era. Fui transferida de hospital, e novamente aguardava um diagnóstico, piorando dia a dia. A Igreja Batista Central da Barra, minha igreja, levantou um clamor junto às igrejas de todo o Brasil através das redes sociais e toda minha família veio para o Rio de Janeiro para acompanhar tudo de perto. José Vittorio nasceu no dia 11 de outubro, mas eu já estava inconsciente no parto e não pude conhecer meu filho. Meu organismo entrou em choque logo após o parto e fui submetida imediatamente a uma cirurgia que confirmou: meu intestino havia se rompido e eu tinha uma sepcemia generalizada. Todo meu organismo havia sido infectado e a minha vida ficou por um fio. Meu filho foi para UTI Neonatal, e 10 dias depois para casa. Eu permaneci 52 dias em coma lutando diariamente pela vida, desenganada pelos olhos naturais, visto que já havia passado por 10 cirurgias no abdomem e no pulmão, feito mais de 300 transfusões de sangue, tido duas paradas cardíacas – uma de mais de 8 minutos – e contraído inúmeras bactérias hospitalares, inclusive a pior delas, a super bacteria multiresistente chamada KPC. Inúmeros antibióticos fortíssimos foram ministrados, me deixando desfigurada e com um quadro de edema generalizado. Os sistemas cardiovascular, respiratório e renal estavam falidos. A única esperança era um verdadeiro milagre. Os boletins médicos eram divulgados na internet diariamente e igrejas de todo o Brasil e de fora dele, se uniram em um clamor incessante pela minha vida. Havia um relógio de oração de 24 horas preenchido por muitas pessoas que não me conheciam, mas foram levantadas a orar por mim. Muitos pastores e ministros me visitavam no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e lutaram pela minha vida, crendo no poder da ressurreição. Minha pastora, Fernanda Brum, esteve presente em todo o tempo em contato com o Renato, pai do José Vittorio, e com a minha família levantando um clamor pela minha vida em todos os lugares por onde passava com seu ministério, Profetizando às Nações.

Eles, definitivamente, não abriram mão da minha vida. Graças a união das igrejas tivemos a maior campanha de doação de sangue do estado do Rio de Janeiro. Enquanto as pessoas oravam por mim, vidas eram transformadas e milagres aconteciam por todo o Brasil. No início de dezembro, sai do coma, mas minha respiração era mecânica e não havia mais movimentos em meu corpo. Eu somente mexia os olhos e tentava entender o que havia acontecido comigo. A luta pela vida continuava, mas agora eu estava consciente e, por esse motivo, a angústia de minha família era maior. Aos poucos comecei a entender o que havia acontecido, sabia que agora estava só, meu bebê não estava mais comigo. Estava presa em um leito, sem poder falar, sem me mexer, com muitas lembranças dos dias de coma, com febres terríveis, longe de todos e com poucas horas de visita familiar por dia. Na maior parte do tempo, observando o movimento do CTI, sem imaginar como um dia minha vida voltaria ao normal, já que nem respirar sozinha eu podia. As horas passavam os dias passavam e eu permanecia ali, na mesma posição. Todos que iam me visitar se impressionavam a me ver daquela forma e muitos não continham as lágrimas. Minha aparência e meu diagnóstico eram um desafio de fé para os mais fervorosos irmãos de oração. Passei o natal e o ano novo no leito, sem falar, sem me mexer, pensando que havia uma vida lá fora, meu filho estava em algum lugar e eu estava ali ha meses, a espera de um milagre. Eu pedia ao Espírito Santo que ficasse comigo, e foi Ele que me sustentou em todos os momentos, zelando cuidadosamente por mim. A pastora Fernanda havia deixado um MP4 que tocava louvores e ministrações da Palavra 24 horas ao dia. E eu era alimentada por isso. Havia uma guerra pela minha vida, isso é um fato. Mas Deus não desistiu de mim. O clamor não cessava e, no fim do ano, o desejo do coração de muitos era me ver curada e de volta a vida, com a oportunidade de conhecer meu filho e poder criá-lo. Fui transferida novamente de hospital em 31 de dezembro, quando suspenderam todos os medicamentos, meu organismo surpreendentemente reagiu. Dia a dia comecei a apresentar melhoras e ouvir os testemunhos de oração que chegavam até mim. Comecei a acompanhar o movimento pela internet, mas ainda não falava e nem tinha perspectiva de voltar a andar ou mesmo ficar em pé. Fazia seis horas de hemodiálise por dia, perdi meu cabelo e aos poucos ficava livre do respirador.

Havia grandes feridas abertas no meu abdome, sem perspectiva de fechar e todos os dias eram buscados métodos de drenagem e cicatrização. Fui para um CTI semi-intensivo onde minha família pode passar mais tempo e o Renato dormia comigo, o que me ajudou muito, muito mesmo. Eu me comunicava através de um quadro com letras, onde apontava e formava frases, que na maioria das vezes diziam: Tenho fome, tenho sede. Estava há meses sem um gole de água e sonhava com o dia em que voltaria a ingerir alguma coisa. Vivemos milagres diários, vencemos as bactérias e o respirador. Meu rim estava fadado à hemodiálise definitiva ou um transplante e voltou a funcionar na última semana, me fazendo vencer também a hemodiálise. Recebi alta no dia 18 de fevereiro conseguindo ficar em pé e dando poucos passos apoiada, mas com a maior expectativa de finalmente ver meu filho, que já tinha quase cinco meses. Quando cheguei em casa, olhei para ele e ele sorriu pra mim, talvez um dia eu consiga explicar o que senti naquele momento. Eu ainda não podia tocá-lo, e permaneci assim por mais 40 dias. Não podia ser tocada por ninguém, por causa da colonização das bactérias. Minha reabilitação foi intensa, porque ainda não caminhava, usava uma bolsa de colostomia, e era totalmente dependente. Minha voz era muito baixa e rouca, por tantos meses sem falar. Tive que vencer inúmeros conflitos diários. Reaprendi a vida nos mínimos detalhes. A perda dos cabelos, a perda da voz, as inúmeras marcas no meu corpo, a construção do vínculo com meu filho. Teremos muitas oportunidades de falar sobre tudo isso, porque são experiências muito preciosas que tive e tenho tido com Deus. Estou registrando tudo isso em um livro que lançarei ainda este ano. Hoje eu posso dizer que haverá dias sem respostas, noites longas também, mas o regente de todas as coisas compõe uma nova canção no silêncio. Devo muito ao clamor da igreja, às campanhas de doação de sangue: à união do povo de Deus. Sou a prova viva de que Deus ouve a oração do seu povo e tem poder pra ressuscitar os mortos, Ele é poderoso para dar, tirar e voltar a dar. Ele simplesmente É. Em cinco meses de reabilitação de forma surpreendente estou independente, voltando à vida normal. Que certamente nunca mais será a mesma. Preparando minha voz com uma fonoaudióloga e ainda seguindo com a fisioterapia. Existe um caminho ainda para a recuperação total, mas é um caminho glorioso e cheio de milagres. Por onde passo as pessoas são tocadas por esta historia terrivelmente transformadora. E hoje eu preciso dizer ao mundo que Deus existe, envergonha a incredulidade, surpreende a ciência e eu sou a prova viva do Seu poder.


Pag. 04

Edição 001

GIRO PELO MUNDO

Palavra de Resposta

Janeiro 2014

No México, evangélicos expulsos de suas casas por católicos comemoram acordo de paz e retorno ao lar.

Pastor Marco Feliciano afirma que o humor do Porta dos Fundos “ não agrega nada à família brasileira”


Pag. 05

Edição 001

PALAVRA DE RESPOSTA

QUANDO VEM A DOR, ANGUSTIA E A DÚVIDA Muitas pessoas se perguntam o porquê de passarem por tantos sofrimentos na sua vida, tantas desilusões e tristezas, decepções, injustiças, opressões, medo e isso são apenas alguns pequenos pontos das nossas lutas diárias. Todos passam por isso, mas nem todos sabem lidar com essas adversidades, cada pessoa reage de forma diferente a tudo isso e dependerá exclusivamente de onde você coloca sua confiança e sua fé. Sabemos que tudo isso ocorre por que lá no começo, na criação do homem, Deus deu uma ordem a adão, para que não comesse da árvore do conhecimento do bem e do mal em (Gn 2.16, 17), pois no dia em que comesse, certamente morreria. O homem tinha em suas mãos autoridade sobre todas as coisas, Deus lhe deu isso, porém quando pecou, o homem perdeu essa autoridade. Ela foi entregue á Satanás e esse diz a Jesus isso quanto o Senhor era tentado no deserto. Jesus é transportado a um alto monte e vê todos os reinos da terra e Satanás lhe diz: Tudo isso foi me dado (entregue) e dou a quem quiser. Nessa passagem de (Lc 4.6), Satanás mostra claramente que ele não roubou isso, mas o homem lhe entregou toda a autoridade da terra, visto isso, não é mistério haver tanto sofrimento sobre nosso mundo, sobre a vida do homem. O diabo é o príncipe deste século, ele governa todas as coisas aqui, a mídia, a justiça, os meios de comunicações, as leis, por isso sofre tanto o homem. Mas um dia Deus se fez homem, veio a essa terra para aniquilar as obras do diabo e por sua morte na cruz, ele reconciliou o homem com Deus novamente e restabeleceu a autoridade do homem novamente (Rm 8.2) – “Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte”. O homem não é mais escravo do pecado, tem a autoridade do Espírito para resistir esse mal, o mal que atinge a todos e traz o grande sofrimento para as pessoas, a dor, angustia, desilusões. Mediante o sacrifício de Jesus, foi restabelecida a paz com Deus e podemos confiar na sua proteção e misericórdia contra o mal. E como tinha já dito, cada um encara isso de uma forma, mas nós que conhecemos a Deus, devemos fazer como o Salmista: (Sl 121) – “LEVANTAREI os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita. O sol não te molestará de dia nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma. O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre. Mesmo nas piores situações devemos colocar nossa fé e confiança naquele que fez os céus e a terra, naquele que tem poder para frear o mal, aniquilar a iniquidade, nosso socorro é o Senhor. O mundo nos oprimirá, fará que tenhamos dores e lutas, sofrimentos e temores, mas se conhecemos mesmo a Deus, sabemos que dele temos o consolo, que Dele temos o socorro e o escape. Nada foge aos olhos do Altíssimo, tudo ele vê, tudo ele sabe e não desamparará seus servos, seus filhos. Temos que aprender a confiar no Senhor e saber que na hora exata de Deus receberemos o livramento. Apesar de acharmos tardio muitas promessas de Deus, devemos saber que sempre Ele virá no momento certo com suas bênçãos sobre nós, para Deus um dia é como se fosse mil anos e mil anos como um dia, para nós pode parecer uma eternidade, mas para o Senhor um eterno presente de misericórdia. Nessas horas devemos aprimorar nossa fé e saber que Ele é o Senhor de tudo, pode vir as aflições do mundo, mas de todas nos dará o livramento. Meditemos no Salmo 91, quer uma medida de quem é o Senhor na sua vida, veja como Deus age conosco, pois se nós habitarmos no esconderijo do Altíssimo, termos descanso nele nas lutas e batalhas da vida. Ele é nosso refúgio, nossa fortaleza e sobre essa fortaleza Satanás não tem poder, nele descansaremos. Ele quem nos livrará das astutas ciladas do diabo, dos seus laços e setas, nos dará sabedoria por sua Palavra. Teremos confiança no Senhor, na sua força e poder, nos apartará do medo e espanto, seremos fortalecidos e ousados pelo poder de sua Palavra. Pisaremos escorpiões e serpentes e nenhum mal nos sucederá. Mil cairão ao nosso lado e dez mil a nossa direita e nós não seremos atingidos, estaremos guardados no Senhor. Nenhum mal nos apanhará, e nossa casa será guardada pelo Senhor, pois aos seus anjos dará ordem para te guardarem. Veremos a glória do Senhor e sua misericórdia sem fim, teremos abundância de dias nessa terra se lhe obedecermos a Palavra, contemplaremos os bens do Senhor ainda nessa terra. Pode vir as lutas, pode vir o medo, a angustia irmão, irmã, mas se sua fé está no Senhor, se sua confiança está depositava no Altíssimo, Ele te livrará. Invoca-me e eu te responderei diz o Senhor. Não desfaleça guerreiro do Senhor, confia nele e verá a glória de Deus em sua vida.

Palavra de Resposta

Janeiro 2014

O PECADO Desde o princípio da criação do homem, Deus nos formou para que fossemos seus adoradores, tivéssemos o devido louvor e compromisso que passa por um amor de Pai e filho. Deus exige do homem o mais alto grau de compromisso e fidelidade e o grande mal que destruiu a comunhão no princípio foi algo chamado PECADO. Tão terrível e tão destrutivo para o homem que o afasta da maravilhosa graça de Deus. O Senhor é santo e deseja que seus filhos sejam santos, alias, sem a santidade ninguém poderá vê-lo. Pecado é a mudança de atitude e objetivo para qual o homem foi criado, é transgredir as leis para qual foi feita para o homem ter vida. E nesse mundo de pecado, o mais devastador é o pecado de não aceitar á Jesus como único e suficiente Salvador, se não o reconhecermos, já estamos condenados. Jo 3.18 “Quem crê em Jesus não é condenado, mas quem não crê já está condenado”. Não seremos, mas já estamos, pois foi grande o sacrifício que Deus fez por nós enviando Jesus para morrer por nossos pecados. Deus por sua grande santidade estabeleceu princípios para sua criação, desde a própria natureza, céus e o homem. Somos imagem e semelhança de Deus e outro grande pecado que dia a dia destrói o homem é o pecado contra o corpo - 1C0 3.16,17 - "Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo”. Satanás é conhecedor de todas as coisas, sabe das fraquezas dos homens, sabe de suas limitações e mais do que isso sabe profundamente a Palavra de Deus. Diante disso os homens são devastados por meios das drogas, álcool, prostituição, imoralidade sexual e homossexualismo. Somo o templo do Espírito e temos que tratar nosso corpo com santidade, dentro dos princípios santos de Deus. O mundo ensina tudo ao contrário, ensina a beber, fumar, usar drogas para se alegrar, enturmar, ensina que prostituição é bom, que casamento é apenas um detalhe e o que importa é satisfazer a carne. Há o rompimento da mais maravilhosa e agradável instituição que Deus criou que é a família. O mundo batalha contra a Palavra e o pecado torna-se agradável e normal a cada dia que se passa. Deus não pode compactuar com essas coisas, os homens são cada dia mais frios e crentes mais distantes do Senhor. Buscam em oração, mas não podem o achar, o céu está de bronze, as coisas dão errada, não conseguem mais ouvir a Deus e por que? Is 59.1 – “EIS que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir; Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça”. Nós, somente nós criamos a barreira com Deus, nossos pecados, nossas iniquidades, nossa imoralidade, nossa rebeldia em não obedecer ao evangelho da salvação. Deus nos deu o mandamento de amar o próximo e os homens desprezam seu semelhante, o agridem de todas as formas, extravasam suas maldades, seus egoísmos e avarezas, matam, roubam, humilham, oprimem e ainda dizem conhecer a Deus. 2Tm 2.19 Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo : O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade. Não poderá haver comunhão entre nós e Deus enquanto somos acolhedores do pecado, enquanto houver em nós a concupiscência carne, concupiscência dos olhos e a soberba da vida. O mundo direciona violentamente o homem para a decadência, para sua destruição, oprime para que nos moldemos a tudo que é contrário aos princípios e santidade de Deus, por isso devemos estar vigilantes, orando a todo o tempo contra as ardis setas, contra as ciladas do diabo, pois ele espera a quem possa tragar, brama como leão e quem se deixar levar pelos desejos e descuidos desse mundo maligno, será tragado, perderá sua herança eterna.


Pag. 06

Edição 001

Cultos

Palavra de Resposta

Janeiro 2014


Pag. 08

Edição 001

EVENTOS

Palavra de Resposta

Janeiro 2014


Palavra de Resposta