Page 1

histรณria da da AA histรณria

EXCELรŠNCIA

Resumoda daHistรณria Histรณriado doClube Clubede deDesbravadores Desbravadores Resumo paraInvestidura Investidura para


A história da

EXCELÊNCIA

Igreja Adventista do Sétimoº Dia

Khelven Klay de Azevedo Lemos Diretor do site Mundo das Especialidades Líder de Desbravadores na Missão Nordeste Natal/Rio Grande do Norte

Como líderes sabemos que a etapa em que o juvenil deixa de ser aspirante para, ser um desbravador, é imensamente marcante. Foi justamente pensando neste momento que um time de líderes dedicou-se a elaboração desta matéria. Que este guia possa ser útil em seu clube. Um material feito com todo carinho pra você. À equipe do Mundo das Especiali-

Ministério dos Desbravadores Resumo da História do Clube de Desbravadores para Investidura

Colaboradores neste estudo: Breno Mozart, Adilson Medeiros, Josy de Melo, Gardenia Vasconcelos, Kláucio Santos, Jeferson Braga

Todos os direitos reservados Fevereiro. 2013. www.mundodasespecialidades.com.br A distribuição deste material é de livre circulação. Porém não esqueça de referenciá-lo caso reproduza-o de forma total ou parcial.


História Mundial Foi por volta dos anos de 1879 que dois garotos, Harry Fenner, de 17 anos, e Luther Warren, de 14, decidiram formar um grupo com atividades direcionadas para jovens. Começaram organizando reuniões em Hazelton, Michigan, apenas para rapazes, em um pequeno cômodo da casa dos pais de Luther. O objetivo desse primeiro grupo de jovens era promover o trabalho missionário e o ensino da temperança. Um pouco mais tarde, as moças também foram convidadas a participar das reuniões que passaram a ser realizadas, então, em um grande salão, onde suas atividades eram monitoradas por adultos. Com o tempo, a igreja reconheceu as atividades dos garotos, com nome oficial de “Departamento dos Missionários Voluntários dos Jovens Adventistas do Sétimo Dia”. Através dos anos recebeu o nome de “Departamento MV” Ainda nesse tempo faltava um programa bem direcionado, as atividades eram mais de cunho espiritual e evangelístico. Para suprir esta necessidade as Classes Progressivas(hoje classes regulares) foram introduzidas no ano de 1922, com o objetivo de acrescentar outras atividades aos jovens da igreja.

PÁGINA 01

Líderes daquela época pediram autorizam aos escoteiros, para que utilizassem alguns de seus requisitos para serem utilizados dentro da igreja, claro que com uma dose de espiritualidade e de possíveis adaptações. Foi aí então que grupos começaram a ser formados com o objetivo de cumprir as atividades e ganhar um emblema representativo da sua classe, numa cerimônia que se chamava investidura, termo usado até hoje. Os mais tradicionais da igreja não gostavam muito da idéia do movimento dos Desbravadores, mas o movimento tinha sua popularidade entre os jovens da época. Que se tem noticiado as primeiras definições de “clube” foram feitas por Arthur Spalding, quando começou um Clube chamado os Escoteiros Missionários em seu lar em Madison, Tenesse, para seus dois filhos, Ronald e Winfred, e alguns de seus amigos, em resposta ao desejo de unirem-se aos escoteiros. Os fundamento estabelecidos por Spalding, serviram como base para o futuro Clube de Desbravadores que você conhece hoje. Perceba que existiu muito mais coisa antes dos anos de 1930 que você já conhecia.


Em 1930 outro clube para meninos, da Igreja de Santa Ana surgiu sob a liderança do Dr. Theron Johnston. Ele se encontrava com os juvenis no porão de sua casa em Santa Ana, ensinava para seu grupo técnicas de rádio e eletrônica. Acredita-se que foram nestas reuniões lideradas por Johnston que surgiu o nome DESBRAVADORES. Baseadas nas histórias de John Fremont, um explorador americano ao qual se referiu como desbravador, servindo de inspiração e de nome para um dos primeiros clubes fundados naquela época. A Associação do Sudeste da Califórnia continuou com a idéia em 1940 . Ela chamou o acampamento que estabeleceu a idéia, no ano de 1930 de “Acampamento do Desbravador MV”, uma homenagem aos Clubes de Desbravadores de Santa Ana. Lawrence Skinner, pastor adventista, continuou mais tarde a idéia de Desbravador quando ele organizou o primeiro clube permanente em Glendale em 1937. Sendo considerado o Primeiro Líder Mundial dos Desbravadores. Lawrence Paulson, logo após escreveu os primeiros manuais. Em uma de suas viagens Skinner decidiu chamar os novos clubes de "Trailblazer" (que abre caminho)ou Locomotiva. O Desenvolvimento da Idéia: aconteceu a partir de 1946, pelo Pr. John Hancock. Na época ele era o Secretário M.V. (Missionários Voluntários ) da Associação do Sudoeste da Califórnia, onde em 1930 fora plantada a semente pelo Dr. Theron. Não foi difícil escolher um nome. Uma vez que o acampamento

História Mundial

da Associação da Califórnia se chamava “Acampamento dos Desbravadores”, pareceu lógico chamar o nome do clube de “Clube dos Desbravadores Jovens Missionários Voluntários”. O Pr. Hancock sentiu que o programa dos Desbravadores experimentado no acampamento de verão, seria mais eficiente se fizesse parte do programa semanal das igrejas.

Ilustração de uma locomotiva na época de 1940

PÁGINA 02


Neste mesmo ano de 1946, Hancock acrescentou um novo item no clube, desenhando o emblema dos desbravadores. Os três lados do emblema representam o desenvolvimento físico, mental e espiritual dos jovens.Juntos eles indicavam que o Clube era uma organização espiritual, relacionada com a igreja. O ano de 1946 foi um ano chave na história de movimento dos desbravadores.

PÁGINA 03


PÁGINA 04


História no Brasil O Surgimento no Brasil: No Brasil, em 1959 foram dadas as primeiras orientações sobre o clube de Desbravadores, foram em Ribeirão Preto, o Pastor Wilson foi apresentado a um dos primeiros diretores de clube do Brasil, o jovem Luis Roberto Farias, que foi substituído logo depois por Edgard Turcílio. No sábado, todos aguardavam ansiosos pelas palavras do Pastor da Associação, que naquele dia pregaria sobre o Clube de Desbravadores Na cidade de Ribeirão Preto e no Bairro do Capão Redondo, na capital Paulista, foram formados dois dos primeiros clubes do Brasil, ambos com o nome de “Pioneiros”. Ao mesmo tempo, em Santa Catarina, em Lageado Baixo, também surgia outro dos clubes pioneiros, coordenado pelo Pr. Henry Fayrabend. O hino dos Desbravadores teve sua letra traduzida e adaptada para o português, em seguida, por Isolina Waldvogel.

PÁGINA 05


Ideais Voto

Propósito

Pela graça de Deus, serei puro, bondoso e leal; guardarei a lei do Desbravador, serei servo de Deus e amigo de todos.

Desbravadores pelos Desbravadores, desbravadores pela igreja, desbravadores pelos seus semelhantes

Lei

Objetivo A lei do Desbravador ordena-me:

Salvar do pecado e guiar no serviço

1. Observar a devoção matinal 2. Cumprir fielmente a parte que me corresponde 3. Cuidar de meu corpo 4. Manter a consciência limpa 5. Ser cortês e obediente 6. Andar com reverência na casa de Deus 7. Ter sempre um cântico no coração. 8. Ir aonde Deus mandar

Alvo A mensagem do advento a todo o mundo na minha geração

Lema

Voto de Fidelidade à Bíblia Prometo fidelidade à Bíblia, à sua mensagem, de um Salvador crucificado ressurreto e prestes a vir, doador de vida e liberdade à todos que nEle crêem.

Hino “Nós somos os Desbravadores Os servos do Rei dos reis Sempre avante assim marchamos Fies às suas Leis. Devemos ao mundo anunciar As novas da salvação Que Cristo virá em breve Dar o galardão.”

O amor de Cristo me motiva

PÁGINA 06

materia para estudo de lenço  

história do clube de desbravadores

Advertisement