Page 366

ainda dói em meu peito. Os olhos de Stephen se estreitaram ao ouvir aquilo, mas ele insistiu: —A proposta inclui uma casa… aliás, várias. —Eu já ouvi isso! —rebelou-se ela. —Não, não ouviu! —O tom dele se exaltara.— As casas serão acompanhadas por criados, todo o conforto, todo o dinheiro que você puder gastar, jóias, vestidos, peles… e por mim. —Eu não quero você!— foi o doloroso grito de Sheridan.— Você me usou como… como uma prostituta, agora fique longe de mim! —Meu Deus a voz dela quebrou-se, — sinto tanta vergonha! Uma história tão banal… a governanta que se apaixona pelo dono da casa. Só que nos livros os cavalheiros não fazem com as governantas o que você fez comigo na cama. Foi horrível, e… —Não diga isso! —O grito rouco doeu na garganta de Stephen. —Por favor, não diga isso. Não foi horrível. Foi… —Sórdido— gemeu ela. Com o rosto muito pálido, ele tentou falar com calma: —A nova proposta me inclui, juntamente com minha mão, meu nome e tudo o que possuo. —Eu não quero! —Sim, você quer! Ele a sacudiu, furioso, e Sheridan sentiu um começo de alegria, mas tratou de matar essa alegria dizendo a si mesma que Stephen estava tendo outro ataque de consciência, dessa vez por tê-la seduzido. —Vá para o inferno! —As palavras dela soaram baixas e frias. Não sou nenhuma coitadinha que você precise pedir em casamento cada vez que tem um ataque de consciência culpada. E na primeira vez que você agiu assim eu nem sequer era a mulher diante da qual deveria sentir-se culpado. —Culpado…— repetiu ele, com uma risada amarga.— Só posso sentir uma culpa em relação a você: foi querê-la para mim desde o momento em que você recuperou os sentidos. Pelo amor de Deus, olhe para mim e verá que estou dizendo a verdade! —Stephen segurou o queixo dela, que não resistiu, nem cooperou; apenas focou o olhar no peito dele.

Profile for Keyllane Guedes (Key)

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Profile for keyohkey