Page 30

com o marido. Ela aceitou essa explicação sem mais perguntas, não apenas porque sabia que o pai era muito cuidadoso com quem admitia como acompanhante de viagem, mas também porque preferia pensar bem de Rafael. Apesar de estar com apenas doze anos, tinha certeza que Rafael Benavente era o homem mais lindo e encantador da Terra com exceção de seu pai, é claro. O mexicano lhe contava histórias maravilhosas, brincava com ela por causa de seus modos quase masculinos e lhe garantia que ia ser numa mulher linda, algum dia. Dizia que os olhos dela eram como nuvens cinzentas e frias de tempestade, que Deus lhe dera para suavizar o fogo dos cabelos. Até então, Sheridan não se importara com sua aparência, mas esperava, no fundo do coração, que Rafael estivesse certo sobre seu aspecto futuro e que ele se encontrasse por perto quando isso acontecesse. Por enquanto, contentava-se em ter a companhia dele e ser tratada como criança. Ao contrário dos demais viajantes que encontravam, Rafe parecia ter muito dinheiro e nenhuma ideia do que fazer da vida. Ele jogava mais do que Patrick e passava o tempo como bem queria. Um dia, quando o carroção ultrapassou os limites de Savannah, na Georgia, desapareceu por quatro dias e quatro noites. Quando reapareceu, no quinto dia, cheirava a perfume e uísque. Por alguns trechos de conversa de um grupo de senhoras casadas que iam para o Missouri com os maridos, em pequena caravana, no ano anterior, Sheridan concluiu que o estado de Rafe indicava que ele estivera em companhia de uma ”meretriz”. Se bem que não tivesse a menor ideia do que era uma meretriz, pela mesma conversa sabia que não se tratava de uma mulher respeitável e que tinha uma espécie de poder diabólico para ”tirar um homem do bom caminho”. Sherry não sabia exatamente o que uma mulher fazia para não ser respeitável, porém sabia o bastante para reagir instintivamente. Quando Rafe voltou naquele dia, com a barba por fazer e cheirando a meretrizes, ela se ajoelhara, tentando fazer uma desajeitada prece pela salvação dele e se esforçando para não chorar, tal o medo que sentia. Por momentos, ela passava do medo para o ciúme e a indignação; manteve-se afastada dele, com raiva, o dia inteiro. Vendo que as tentativas de agradar-lhe não davam resultado, Rafe acabou por sacudir os ombros e fazer de conta que não ligava, mas na noite seguinte chegou ao acampamento com um sorriso travesso e um

Profile for Key G

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Profile for keyohkey
Advertisement