Page 202

duque de Hawthorne, e Jason Fielding, marquês de Wakefield. Uma vez que Stephen nada mais tinha a discutir com o irmão, convidou-os para ficar, e os quatro amigos entregaram-se à séria ocupação de jogar. Concentrar-se era muito difícil, no entanto, porque os pensamentos de Stephen voavam para Sherry e o futuro imediato de ambos. Apesar do modo brincalhão que dissera que ia usar para pedi-la em casamento, não tinha ideia de como o faria. Nem isso lhe parecia importante. Tudo que importava era que iam ficar juntos. Ela ia ser dele, e sem a pesada culpa que o fizera ter escrúpulos em se casar com a noiva do jovem Burleton. A morte do pai de Sherry tornava imperativo que alguém cuidasse dela, alguém de quem também ela pudesse cuidar, quando soubesse o que acontecera. O casamento deles iria se realizar de qualquer jeito, era nisso que Stephen acreditava. Em algum lugar de sua mente ele soubera disso desde o momento em que a vira com um roupão amarrado com o cordão da cortina e o cabelo coberto por uma toalha azul, lembrando-lhe uma Nossa Senhora descalça. Uma Nossa Senhora com um problema terrível: Meu cabelo… é vermelho! Não, corrigiu-se ele. Já sentira algo por ela antes disso… desde aquela primeira manhã em que acordara ao lado dela e Sherry lhe pedira que descrevesse seu rosto. Fitara aqueles olhos cinzentos deslumbrantes e vira neles uma incrível coragem e uma comovente meiguice. Começara aí e fora ficando mais forte, a cada coisa que ela dizia e fazia. Amava o jeito irreverente, a inteligência, o simples carinho que dava a todo mundo. Amava o modo como a sentia em seus braços e o gosto de sua boca. Amava seu espírito independente, seu ardor e sua doçura. Amava, principalmente, a honestidade dela. Depois de uma vida rodeado por mulheres que escondiam a avareza sob convidativos sorrisos e a ambição sob olhares lânguidos, que fingiam paixão por um homem quando só eram capazes de sentir paixão pela riqueza dele, Stephen Westmoreland afinal encontrara uma mulher que o queria apenas pelo que ele era. E isso o tornava tão feliz que não sabia o que comprar para ela primeiro. Jóias, decidiu, antes de parar de pensar para fazer sua aposta no jogo. Carruagens, cavalos, peles, mas primeiro jóias… Fabulosas jóias que combinassem com seu rosto e fizessem destacar seu luminoso cabelo. Vestidos adornados com…

Profile for Keyllane Guedes (Key)

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Profile for keyohkey
Advertisement