Page 135

Whitney riu da reação do marido, depois mergulhou de novo em pensamentos e, por fim, disse: — O que eu quero dizer é que notei nele uma suavidade que não via há anos.— Como Clayton nada dissesse, ela prosseguiu: — Quer me dizer uma coisa? Acha Miss Lancaster bastante atraente? — Posso lhe dizer qualquer coisa que a leve a me deixar fazer amor com você, ou então é melhor dormir… Ela inclinou-se e beijou-lhe de leve a boca, mas, quando o marido começou a voltar-se, colocou a mão no peito dele e disse, com uma risada: — Será que você pode me dizer se Miss Lancaster é tão atraente assim… de maneira não convencional? — Se eu responder que sim, você me deixa beijá-la? — brincou ele, segurando-lhe o queixo e erguendo-lhe o rosto para um beijo. Quando ele terminou, Whitney suspirou profundamente, mas determinou-se a dizer o que pensava antes de ser dominada pelo encanto sensual com que o marido sempre a envolvia. — Acha que Stephen pode sentir um afeto… especial por ela?—sussurrou, junto aos lábios dele. — Acho — provocou ele, deslizando a mão da nuca da esposa para um dos seios firmes — que você está querendo acreditar nessa possibilidade. Na minha opinião, DuVille parece mais inclinado a gostar dela do que Stephen, e eu bem que gostaria se isso acontecesse. — E por que você gostaria? — Porque — disse ele, apoiando-se em um cotovelo e forçando-a a deitar-se de costas se— DuVille tivesse sua própria mulher, deixaria de namorar a minha. —

Nicki não me ”namora”! Ele…— Whitney esqueceu o que ia dizer quando a boca do marido interrompeu suas palavras e pensamentos.

Profile for Keyllane Guedes (Key)

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Até Você Chegar - Judith McNaught  

Profile for keyohkey
Advertisement