Issuu on Google+

Bullying

2011 1


Vivemos num mundo onde nos escondemos para Enquanto

a

fazer

amor!

violĂŞncia

ĂŠ

praticada em plena luz do dia. John Lennon

2


Produção Alunos da E.E.F. Nossa Senhora de Fátima – 8º e 9º Anos Créditos LEI (Laboratório Educacional de Informática)  E.E.F. Nossa Senhora de Fátima /  Projeto: “A informática como instrumento de educação e cidadania na sociedade do conhecimento” Coordenadora: Kenia Diógenes CREDE 10 – Russas – CE NTE ( Núcleo de Tecnologia Educacional) Fátima Gonçalves Eliana Oliveira Monalisa Paula

3


Apresentação Os textos que compõem este Livro Virtual foram produzidos pelos alunos dos 8º e 9º anos da E.E.F. Nossa Senhora de Fátima da cidade de Tabuleiro do Norte – CE. A temática Bullying foi trabalhada pelas professoras de Língua Portuguesa (Ana Cristina Guimarães e Mazé Macedo) com múltiplos objetivos, dentre os principais a necessidade cada vez mais latente em discutir sobre um assunto tão presente na vida da escola, além do incentivo a verbalização das opiniões dos alunos e a produção textual.

4


Ádila Zainá Nunes Chaves de Lima 9º B Bullying Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou  físicas.  O  bullying  pode  trazer  muitas  consequências  como,  doenças  psicossomáticas,  pertubações  ou  lesões  psíquicas,  etc.  O  termo  bullying  é  um  termo  utilizado  para  descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos. Discussões ou brigas pontuais não são bullying. Conflito entre professor e aluno  ou gestor e aluno também não são considerados bullying. Agressões acontecem entre os  pais,  colegas  de  classe  ou  trabalho,  por  exemplo.  Todo  bullying  é  uma  agressão,  mas  nem toda agressão é classificada como bullying. O bullying sempre existiu, o autor que  pratica o bullying, faz para chamar a atenção, ser mais popular. O autor do bullying é uma pessoa que não aprendeu a transformar sua raiva em  diálogo, o alvo costuma ser uma criança com baixa autoestima e retraída tanto na escola  quanto no lar. As agressões podem ainda abordar aspectos culturais, étnicos e religiosos. Diga NÃO ao bullying e a violência.  Adriano Monteiro Barros 9º Ano Bullying É uma das formas de violência que mais cresce no mundo. A primeira vista pode  parecer um simples apelido e inofensivo, mas pode afetar emocionalmente e fisicamente  o alvo da ofensa. Bullying é usado para descrever atos de violência física ou psicológica, praticada  por indivíduos causando dor e sofrimento, a várias crianças do mundo. Caracteriza a agressão intencional verbal ou física, a verbal é provocada por um  ou mais, contra um ou mais, feito com a pressão do agredido e não liga com o estado,  que o ofendido está emocionalmente. Bullying é crime, e pode dar cadeia ou multa, o significado da palavra bullying é  valente. Alanna Richelly Ferreira dos Santos 8º Ano Existe bullying em sua escola? Sim, existe bullying na minha escola e acho que em várias outras, pois o bullying percorre o mundo inteiro, existem tais pessoas que gostam de fazer as pessoas se sentirem menores que si próprio e encontram algumas maneiras de agredir verbalmente, com apelidos, insultos ou com racismo, esse assunto deve ser visto como um assunto muito importante na sociedade, pois todas as pessoas são iguais, cada uma com sua importância, mais ninguém é melhor que o outro. Nas escolas o bullying é bastante visto, alunos apelidando os outros, por suas características físicas, ou por acontecimento e na maioria das vezes as pessoas se sentem ofendidas pelo o que foi dito. Para que o bullying seja prevenido todos devem se respeitar e respeitar todos em volta, debatendo bastante o assunto nas escolas e mostrando as consequências 5


futuramente, são boas formas de ajudar a prevenir o bullying. Sem o bullying a sociedade vive bem melhor pois todos se respeitam, para que esse problema seja solucionado todos devem fazer sua parte, pois todos são iguais, não importa sua cor, religião, aparência, o que importa é a importância de todos, qual era a graça se todas as pessoas fossem iguais aparentemente, então, cada pessoa deve ser valorizada pela sua aparência e por sua diferença, é isso que uma sociedade importante, as pessoas. Alessandra da Silva Pinto 9º Ano O que é bullying? Bullying é uma situação que se características por agressões intencionais verbais feitas de maneira repetitiva por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. É uma das formas de violência que mais cresce no mundo, além é possível a queda de rendimento escolar. Crianças e adolescentes que passa por essas humilhações podem adquirir doenças psicológicas e podem sofrer algum trauma que influencia um traço de personalidade em alguns traços extremos. Bullying chega a afetar o estado emocional do jeito de tal maneira, que ele opte por tradição como suicídio. O bullying ode acontecer de diferentes sistemas de relação, família, trabalho, clube, instituições, mais o que se destaca mais é a escola. O bullying poderá acarretar uma consequência psicológica, será tanto para agressores quanto a vitimas. Alex Alves de Oliveira 9º Ano Bullying Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou  físicas,  feitas  de  maneira  repetitiva,  por  um  ou  mais  alunos,  por  um  ou  mais  colegas.  Discussões  ou  brigas  pontuais  não  são  bullying,  conflitos  entre  professor  e  aluno,  ou  aluno  e  núcleo  gestor  também  não  são  considerados  bullying,  é  necessário  que  a  agressão ocorra entre pares de colegas de classe (ou escola) ou trabalho. O  bullying  sempre  existiu,  no  entanto,  o  primeiro  a  relacionar  a  palavra  a  um  fenômeno foi Dan Oliveus, professor da Universidade da Noruega, no fim da década de  1970.  Ao  estudar  os  fenômenos  de  suicídio  entre  os  adolescentes,  o  pesquisador  descobriu  que  a  maioria  desses  jovens  tinha  sofrido  algum  tipo  de  ameaça,  e  que,  portanto, o bullying era um mal a combater. Querer  ser  mais  popular,  sentir­se  poderoso  só  para  ter  uma  boa  imagem  de  si  mesmo, isso tudo leva o autor do bullying a atingir o colega com repetidas humilhações  ou depreciações. Alex Alves de Oliveira 9º Ano Bullying O bullying é um insulto verbal, com agressão, as pessoas. Tem muito preconceito  com os negros, homossexuais, principalmente com as pessoas nordestinas, por causa do  sotaque.  Essas   pessoas  que  sofrem  bullying  ficam  muito  trintes,  choram  muito.  Não  6


tem amigos. Nessa hora a família tem que dar muito apoio, carinho, solidariedade. Uns  dos  grupos  que  praticam  bullying  são  os  skinheads,  tem  vários  deles  espalhados  pelo  mundo,  eles  são  a  continuação  do  nazismo,  criado  por  Hitler.  É  mais  conhecido  na  escola  como  insultos  e  com  agressões  dos  colegas.  Quando  isso  ocorre  devemos  imediatamente falar com os professores, ou com os seus pais ou responsáveis.  Alexandre Gadelha Lima 8° Ano Como resolver o problema do Bullying  Bullying é um ato de violência na escola, os alunos é que fazem Bullying, eles  insultam os colegas, eles batem nos colegas, eles maltratam os colegas, então isso é ato  muito forte porque muitos alunos deixam de vim pra escola. Porque sofrem de Bullying, sofre ameaças, dos alunos por isso que o Bullying é  um  ato  muito  forte  e  violento,  então  nós  queremos  acabar  com  esse  Bullying,  nós  queremos que todos alunos e professores sejam respeitados, então para nós acabar com  Bullying, o que nós devemos fazer.  Devemos respeitar alunos e professores, não bater e nem xingar os alunos, nós  devemos  ser  um  bom  estudante,  nós  devemos  ser  inteligentes,  mas  não  esses   atos  de  violência que vemos e presenciamos, vamos acabar com o Bullying e ser uma escola de  muita aprendizagem, educação e respeito. Então não pratique Bullying.   Aline de Lima Sombra 8º Ano Bullying Bom,  existe  Bullying  em  todo  canto,  principalmente  nas  escolas  porque  as  pessoas  são  muito  preconceituosas,  muitas  vezes  são  apelidos  chatos,  zombamento,  coisas  desse  tipo,  Bullying  é  uma  coisa  muito  desnecessária  para  mim,  todo  mundo  é  igual  perante  a  Deus.  Que  pena  que  vivemos  no  país  que  o  que  realmente  conta  é  a  aparência. O Bullying é triste não há necessidade , feiura, esquisitices   é uma coisa tão  normal  ,  ninguém  é  igual  a  ninguém  para  viver  acoado  para  o  mundo,  com  medo  do  Bullying,  com  medo  do  preconceito,  quase  sempre  quem  tem  Bullying  são  pessoas  excluídas,  geralmente  com  pessoas  que  usam  óculos,  que  tem  a  cabeça  grande,  são  estranhas, se vestem mal. E pior que isso são os apelidos, como boca podre , capacete ,  quatro olho , cabeção e outros bem piores.  Mas eu fico indignada por que vivemos num mundo tão injusto , quem faz essas  coisas  são  pessoas  sem  caráter,  pessoas  ridículas,  que  merecem  sofrer  muito  muito  muito,  quase  sempre  as  pessoas  que  sofrem  Bullying  ficam  com  medo  da  vida,  ficam  doentes psicologicamente .  Alinny Noronha de Lima 9° Ano O Bullying O Bullying é um assunto muito discutido nas escolas públicas e particulares do  7


Brasil.  A  palavra  Bullying  significa  agressão  física  e  mental  e  geralmente  é  cometida  por agressores maiores. Geralmente as vítimas apanham e sofrem agressão verbal, para acabar com esse  problema,  as  escolas  fazem  palestras,  trabalhos,  atividade  com  os  alunos,  mas  com  muitos deles o assunto entra pelo ouvido e sai pelo o outro. E assim continua essas agressões acho que deveria ser tomada uma medida para  diminuir,  porque  acabar  é  muito  difícil.  É  complicado  mudar  o  pensamento  dessas  pessoas, por que isso não acontece só em escolas mas também em faculdades, cursinhos  e etc.  Álvaro Brindeiro Avelino 9º Ano Bullying O  Bullying  é  um  fenômeno  devastador,  podendo  vir  a  afetar  a  autoestima  e  a  saúde mental dos adolescentes. Geralmente  ocorre  quando  o  adolescente  é  mais  suscetível  ou  vulnerável  às  agressões  verbais  ou  morais  que  lhes  causam  angústia  e  dor,  principalmente  quando  ocorrido em ambiente escolar, traduzindo­se como uma forma de exclusão social. Pode  desencadear  alguns  problemas  de  saúde,  tais  como  a  anorexia,  bulimia,  depressão, ansiedade e até mesmo o suicídio. A  enfermagem,  pautada  com  princípios  de  prevenir  agravos  de  diversos  males,  preocupa­se  também  com  essa  intercorrência  traumática  na  adolescência.  O  objetivo  desse estudo foi identificar sentimentos que possam estar relacionados com Bullying em  adolescentes que estudam entre o 6º e 9º ano. Tratou­se  de  uma  pesquisa  descritiva,  de  abordagem  qualitativa,  realizada  em  uma escola de segmento religioso, conveniada com o estado. Os resultados mostraram  que os sentimentos relacionados ao fenômeno são múltiplos e variados. Ana Cristina do Amaral Monteiro 9º Ano Bullying O bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidas por individual ou grupo causando dor e angustia, sendo executados dentro de uma relação desigual de poder. Geralmente isso pode acontecer na escola ou nas ruas sem que ninguém perceba. Muitas vezes a pessoa esta sendo agredida, fica colado e não procura ajuda, pois tem medo do que pode acontecer. O causador do bullying, faz isso para chamar atenção das pessoas, se achar um valentão e a dona do pedaço, sabendo que ira machucar e fazer a pessoa agredida sofrer muito. O bullying é um dos causadores das doenças mentais, porque de tanto a pessoa ser agredida ela fica com distúrbios mentais. É a hora de dizer não ao bullying, fazer os agressores pararem com tais ameaças.  Ana Flávia Roque Lima 9º Ano 8


Bullying Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou  físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos, contra um ou mais colegas.  Discussões ou brigas pontuais não são bullying. A intenção do autor em ferir o alvo, a  repetição  da  agressão,  a  presença  de  um  público  espectador  e  a  concordância  do  alvo  com  relação  a  ofensa  caracterizam  bullying.  Todo  bullying  é  uma  agressão,  mas  nem  toda  agressão  é  classificada  como  bullying.  Em  20%  dos  casos  as  pessoas  são  simultaneamente vítimas e agressoras de bullying, ou seja, em determinados momentos  cometem agressões, porém também são vítimas de assédio na escola pela turma. Ana Sílvia Moreira Feitoza 9º Ano O bullying Bullying é uma situação que caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. Normalmente o que leva o outro do bullying a praticá-lo tem uma relação familiar, no qual tudo se resolve pela violência verbal ou física e ele reproduz isso no ambiente escolar, querendo ser mais popular, sentir-se poderoso e obter uma boa imagem de se mesmo. O aluno que é alvo de bullying sofre as seguintes consequências: enfrentar o medo e vergonha de ir a escola, pode querer abandonar os estudos, não se acha bom para integrar o grupo e apresentar baixo rendimento. O alvo do bullying costuma ser uma criança com baixa auto-estima e retraída tanto na escola quanto no lar também pode ocorrer com um novato ou com uma menina bonita, que acaba sendo perseguida pelos colegas. Andreza Souza da Silva 9º Ano Bullying O  bullying  é  caracterizado  por  agressões  verbais  ou  física.  Essa  é  uma  das  formas de violência que mais cresce no mundo, é nas escolas que acontecem mais casos  de bullying, isso ocorre por que as pessoas tem cor de pele diferente, belezas diferentes,  etc.  O  Bullying  sempre  existiu  e  vem  crescendo  cada  vez  mais,  principalmente  nas  escolas, que tem como vítimas também as pessoas tímidas, os novatos, etc. Nem sempre as pessoas se comunicam com outras para falarem que estão sendo  vítimas  de  bullying.  A  pessoa  que  sofre  bullying,  principalmente  quando  não  pede  ajuda, enfrenta medo, vergonha de ir para a escola, pois eles vão achar que sempre vai  ter aquelas pessoas que vão praticar alguma ofensa contra eles. Para mim são poucas as  pessoas  que  não  sofrem  com  algum  tipo  de  bullying,  pois  várias  têm  apelidos  que  machucam mais que qualquer outra agressão. Antônio Alexandre da Silva da Assunção 9


Bullying O bullying ocorre em vários lugares, como em escolas, nas ruas, no dia-a-dia, etc. A palavra bullying significa em inglês valente, as pessoas mais vitimas do bullying são as gordas, magras, que usam óculos e etc. Bullying é um tipo de violência verbal ou física. O bullying é praticado por pessoas valentes que gostam de briga, no dia-a-dia as pessoas recebem o bullying, elas podem se revoltar e querer se vingar. Matando pessoas que não tem nada ave com o caso, o bullying pode trazer depressão, e as vezes a pessoa chega ate a ficar doida.  Antônio Alisson da Silva Alves 9º Ano Bullying O bullying é toda situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais  ou físicas, feitas repetitivamente, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas da  escola. O bullying tem origem na palavra inglesa bully,  que quer dizer valentão, brigão.  Até mesmo sua denominação em português se entende como ameaça, tirania, opressão,  intimidação, humilhação e maltrato. Algumas  coisas  como  discussões  ou  brigas  pontuais  não  são  consideradas  atos  de bullying, conflitos entre professores e alunos, ou alunos e gestores, também não são  considerados bullying. Para que seja bullying é necessário que a agressão ocorra entre  colegas de classe ou de trabalho. O primeiro a relacionar a palavra a um fenômeno foi Dan Oliveur, professor da  Universidade da Noruega.  Ao  estudar as tendências  suicidas entre os adolescentes, ele  descobriu  que  a  maioria  desses  jovens  tinha  sofrido  algum  tipo  de  ameaça,  e  que,  portanto, o bullying era um mal a combater. Quem sofre bullying geralmente não pede ajuda, enfrenta medo e vergonha de ir  à  escola,  querem  abandonar  os  estudos,  não  se  acham  bons  para  integrar  em  algum  grupo e apresentam baixo rendimento. Uma pesquisa da Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância  e  a  Adolescência  mostra  que,  41,6%  das  vítimas  nunca  procuraram  ajuda  ou  falaram  sobre esse problema, nem mesmo com os colegas. Os  que  reagem  podem  alternar  momentos  de  ansiedade  e  agressividade.  Para  mostrar que não  são covardes os alvos escolhem outras pessoas mais indefesas e passam  a provoca­las, tornando­se alvo e agressor ao mesmo tempo.  Antônio Felipe dos Reis de Souza 9º Ano Bullying Na  minha  escola  existem  várias  pessoas  que  sofrem  Bullying,  como  por  exemplo: pessoas que tem a cabeça grande, pessoas que tem o nariz grande, pessoas que  são  deficientes,  pessoas feias, magras,  gordas e etc.  O  meu  caso é  um exemplo, meus  colegas dizem que eu tenho a cabeça grande, mas na verdade eu tenho apenas o cabelo  10


grande, por isso eles acham que eu tenho a cabeça enorme, mas eu não ligo pra isso. Já  houve  casos  que  os  professores  fizeram  campanhas  contra  o  Bullying,  mostrando episódios do seriado “Todo mundo odeia o Cris”, que é um negro que sofre  Bullying toda hora, que anda pelas ruas. Eu não me misturo com o tipo de pessoas que pratica Bullying pois eu tenha a  consciência de que isso é errado, por isso que não faço. Tem  vários  jeitos  de  combater  o  praticante  de  Bullying,  denunciando  os  que  praticam para que eles sejam punidos pelo que fizeram.

 Arlene da Silva Alves 9º Ano Bullying O  bullying  é  uma  violência  que  pode  afetar  a  saúde  mental  dos  adolescentes.  Geralmente  ocorre  quando  o  adolescente  é  mais  vulnerável  as  agressões  verbais  ou  morais  que  lhes  causam  angustia  e  dor,  principalmente  quando  é  ocorrido  na  escola,  trazendo  problemas  para  a  saúde   como  anorexia,  bulimia,  depressão  e  até  mesmo  suicídio.  O  bullying  é  muito  ocorrido  nas  escolas  com  pessoas  diferentes  dos  outros,  como pessoas que usam óculos, pessoas que são gordinhas, magras e etc. Os professores  devem passar aulas e mais aulas sobre bullying com os alunos. O bullying muitas vezes  ocorrem  nas  ruas,  nas  baladas  e  em  outros  locais  que  não  são  bem  recebidos  pelos  outros. Os games, os computadores ajudam muito os alunos a praticarem bullying. O  bullying  também  é  um  ato  de  violência  física  e  psicológica.  Intencional  ou  repetitiva normalmente praticada por pessoas.  Byanca Karolyne Chaves Maia 9º Ano Bullying O  bullying  é  uma  coisa  horrível  que  muitas  pessoas  enfrentam:  Adultos,  crianças, jovens e idosos sofrem agressões, físicas, emocionais, etc. Muitas  pessoas  sofrem  tanto  com  o  bullying  que  cometem  suicídio  para  não  sofrerem mais. Mas se você pensa que o bullying é recente está  enganado, ele sempre  existiu. O  bullying  pode  trazer  doenças  como  psicossomáticas  (perturbações  ou  lesões  psíquicas),  causar  trauma,  as  vítimas  ficam  com  medo  de  se  enturmar  com  outras  pessoas, etc. O bullying é um termo que descreve atos de violência física ou psicológica. Mas  o  alvo  do  bullying  sempre  costuma  ser  uma  criança  com  baixa  autoestima  que  sofre  tanto na escola como no lar. Por isso vamos acabar com a violência.  Carlos Eduardo Nobre da Silva 9º Ano Bullying 11


Bullying é todo tipo de violência verbal ou física. Ele é normalmente praticado  nas  escolas  por  ter  variedades  de  pessoas  (jovens)  de  todo  tipo,  que  seus  comportamentos  muitas  vezes  não  agradam  os  outros,  levando  estes  a  praticarem  o  bullying.  Quem  pratica  o  bullying  sempre  procura  as  pessoas  que  são  gordas,  feias,  muito  quietas  nas  aulas,  homossexuais,  etc.  Pode  ocorrer  não  só  nas  escolas,  mas  também  nas  ruas,  no  trabalho,  na  própria  família,  etc.  O  bullying  trás  muitas  consequências para quem sofre, podendo ficar com sequelas psicológicas ou até mesmo  doenças como depressão e doenças psicológicas. O bullying pode levar as pessoas que  sofrem agressão tanto verbal como física a ficarem com trauma, podendo matar todos os  praticantes e muitos que não tem nada a ver com o bullying. O bullying tem que acabar. Cinthia Lorruama Viera Bezerra 9º Ano Bullying Como posso começar a falar, fazer uma redação sobre um problema tão grande que existe no nosso mundo. Em primeiro lugar eu não sou vitima do bullying, mais conheço algumas pessoas que sofre esse preconceito tão grande. Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou física, feitas de maneira repetitiva, por uma ou mais pessoas, segundo a especialistas, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, família e locais de trabalho, que pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocionalmente e fisicamente o alvo da ofensa. O bullying não é brincadeira, se alguém te xingar, chamar você por algum apelidos bestas, não fique parado escutando, se defenda, não deixe que ele te intimide, mostre a ele quem você é; mais se caso não conseguir se defender, denuncie. Cecília Lorrane dos Santos da Silva 9º Ano Bullying Na  escola  em  que  eu  estudo  existe  Bullying  com  pessoas  que  tem  a  cabeça  grande, pessoas gordas, magras demais, altas demais, que usam óculos, que tem o nariz  grande.  Nós,  alunos  e  professores,  discutimos  esse  assunto  com  frequência,  fazemos  projetos,  assistimos  slides,  realizamos  atividades  sobre  esse  assunto  a  fim  de  que  se  acabe com esse tipo de discriminação. Eu acho que podem conversar, orientá­los sobre  esse  assunto,  e  explicar  que  Bullying  é  uma  grande  besteira  por  que  ninguém  é  igual,  ninguém é perfeito, e que existem defeitos e que devemos respeitá­los, por que Bullying  machuca,  faz  com  que  essas  pessoas  que  sofrem  Bullying  se  sintam  inferiores  aos  demais,  sintam  vergonha,  e  muitos deles não querem  nem  vir  mais  para  a  escola com  vergonha  ou medo. Eu posso conversar com meus amigos, dizer  que respeito é bom e  todo  mundo  quer,  se  acontecesse  o  contrário,  as  pessoas  que  discriminam  fossem  discriminadas, com certeza elas não achariam bom. Se todos querem respeito, primeiro  precisamos  respeitar,  se  eu  conversar  isso  com  meus  amigos,  eles  passariam  essas  12


informações para os amigos deles e, quem sabe, isso acabaria em nossa sociedade.  Cleudênia Gomes Ferreira 8º Ano BULLYING Na  minha  escola  existe  muito  bullying  ,meninos  insultando  meninas,meninas  insultam meninos.    O bullying   existe em todos os cantos e pode ser representado de várias formas,  apelidos, cor, forma de se vestir, de se expressar, mas vamos evitar o bullying. O Bullying, ele pode ser evitado fazendo os cidadãos entender que direitos são  iguais  e  que todos  nós somos humanos e que não merecemos   passar por esse tipo de  preconceito.  Vamos  nos  reunir  para  juntos  conseguirmos  acabar  de  uma  vez  com  o  bullying na escola.   Daniela Rodrigues Rosa 9º Ano Bullying Bullying é um ato muito utilizado nas escolas, nas ruas, nas casas etc., pois ele é  descrito na forma violenta física, verbal e moral. A palavra Bullying, vem do significado  valentão ou brigão, era para debater isso porque o Bullying é uma coisa séria, porque ela  pode  causar  muitas  doenças,  as  principais  as  depressões,  muitas  vezes  ela  é  denominada, ou seja, fala, como: ameaça intimidar, humilhar e maltratar. Pois então o Bullying é muito ofensivo não só pra mim, mas para que converse  com  você, para  um amigo  etc.  Mas tem  muitas situações  que  as  pessoas  acham  que  é  Bullying,  como:  discussões  ou  brigas  sem  ofensas  isso  não  é  Bullying,  no  caso  de  conflitos com os vizinhos, com os professores na escola, no trabalho etc. Mas  de  toda  forma  o  Bullying  é  agressão,  mas  nem  toda  agressão  é  Bullying,  toda  vez  que  ver  uma  pessoa  praticando  Bullying,  ou  então  esta  pessoa  pode  ser  até  você, é bom parar, ou você denunciar o praticante para alguém da família, ou então ir até  a delegacia denunciar, porque ninguém é obrigado a viver sofrendo Bullying, porque eu  sei que o Bullying não é fácil de combater, mais ninguém gosta de se sentir ofendido, e  às vezes pode causa até a morte de alguém que não tem nada a haver com o Bullying. Danrlei Guimarães da Silva 9° Ano Bullying Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou  físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. Além de uma possível queda no rendimento escolar, crianças e adolescentes que  passam  por  humilhações  racistas,  discriminatórios  ou  separatistas,  podem  apresentar  doenças  psicossomáticas  (perturbações  ou  lesões  psíquicas)  e  sofrer  algum  tipo  de  trauma que influencia traços da personalidade em alguns casos extremos. Quem  pratica  bullying  pode  se  sentir  mais  popular,  sentir­se  poderoso  e  obter  13


uma boa imagem de si mesmo. Isso tudo leva o autor do bullying a atingir os colegas,  com  repetidas  humilhações  ou  depreciações.  É  uma  pessoa  que  não  aprendeu  a  transformas sua raiva em diálogos. Quem  costuma  ser  alvo  de  bullying  é  uma  criança  com  baixa  autoestima  e  retraída tanto na escola quanto no lar. Então bullying é sério, vamos tratar. Dieyse Moreira Targino 9º Ano Bullying Bullying é uma nova expressão para um problema antigo. Trata­se de violências  sofridas  e  produzidas  geralmente  por  crianças  e  adolescentes,  em  locais  onde  esses  grupos  se  encontram,  como  na  escola.  Todos  nós  sabemos  o  quanto  ele  significa  para  quem sofre, mas poucos dão a importância para essa lamentável agressão grupal. Apesar de ser comum em quase todas as instituições de ensino, muitos não dão a  devida  importância  ao  bullying,  sabemos  que  deixa  suas  vítimas  com  autoestima  rebaixada, com ansiedade e depressão, que acarreta problemas na vida escolar da vítima  como mal desempenho, baixa frequência e evasão escolar, deixando uma grande cicatriz  em  quem  sofre  o  bullying.  Torna­se  um  problema  social  quando  se  repete  inúmeras  vezes,  em  todos  os  lugares,  atrapalhando  o  aprendizado  e  as  relações  sociais  do  indivíduo, portanto deve ser redobrada a atenção dos familiares e educadores, detectar a  violência é o primeiro passo, o segundo passo seria tratar a vítima para tentar minimizar  seus possíveis traumas. Ainda assim, a melhor forma de combater o bullying é se prevenindo, através da  conscientização de jovens que ser violento não é divertido, que pessoas são sensíveis a  brincadeiras,  entre  outras  coisas,  tudo  através  de  atividades  pedagogicamente  planejadas. Evitar o bullying é uma tarefa de todos os que convivem com os jovens, é  muito  importante  saber  a  gravidade  desta  violência,  mas  tudo  pode  ser  amenizado,  se  seguirmos  o  objetivo  trabalhando  unidos,  pais,  professores  e  os  próprios  jovens,  conscientizando a todos e buscando amenizar o problema coletivamente. Dórcas Gomes Dias 9ºAno Bullying O bullying é as agressões que acontecem nas escolas e não somente nas escolas; pessoas que querem ser populares, chamar mais atenção discussões ou brigas não são bullying e indiferenças com os professores também não são, o alvo costuma ser uma pessoa triste. Minha opinião deveria ser combatido o mais rápido possível, porque na escola é para ser o local que não aconteça violência e esta tendo com frequência, mas se fizerem muitas palestras, dinâmicas e cada vez mais discuti sobre esse assunto, eu acho que com certeza vai amenizar o bullying nas escolas e em outros lugares. Edlânia Oliveira Mendonça 9º Ano 14


Bullying Bullying é uma descriminação, que ocorre entre muitas pessoas ou ate com você mesmo, mas bullying não é uma coisa simples que se pode vencer da noite pro dia, não isso é muito difícil, bullying é quando uma pessoa não se sente bem com seu corpo ai começa a ficar insuportável, sua alta estima fica La em baixo. E fora os apelidos que a gente bota nos colegas porque eles não se enxergam ou são nerds. Isso pode desencadear alguns problemas de saúde, tais como a anorexia, bulimia, depressão, ansiedade e ate mesmo o suicídio. Mas mesmo assim agente às vezes praticamos o bullying com as pessoas que esta próxima da gente, com apelidos, palavras que machucam o amigo e etc. Parece que nunca devemos abaixar a cabeça porque para tudo existe uma solução, ate mesmo o bullying.

15


Eduardo Rodrigues Maia 8º Ano BULLYING O BULLYING é uma coisa muito séria e deve ser tratada como um crime que mexe com as pessoas . E o BULLING é muito comum com os alunos das escolas, com ofensas, palavras e golpes, não mexe só com o físico mas também com o psicológico. O BULLING não e só no BRASIL mas no mundo todo, é uma questão a ser tratada e requer muita atenção. Não sei como uma pessoa consegue fazer isso com outra, é uma coisa muito feia, por isso não façam BULLING em casa, na rua ou nas escolas. É muito mais fácil fazer do que receber por isso não façam BULLING NA SUA VIDA. Fabrícia de Morais Rodrigues 9º Ano Bullying O  Bullying  é  uma  situação  de  agressões  intencionais,  verbais  ou  físicas,  praticadas  por  um  ou  mais  individuo,  contra  uma  ou  mais  pessoas,  de  maneira  repetitiva. O bullying não é de hoje, ele existe já faz tempo, mais vem aumentando nos  dias de hoje, o bullying preocupa em todo os lugares, principalmente na escola, em uma  pesquisa cerca de 41,6% das vítimas de bullying nunca procuraram ajuda. Eu  não  sabia  que  só  um  apelido,  se  a  vítima  se  sentisse  triste,  ofendida  ou  humilhada é bullying, e as coisas só se complicam daí em diante, se a vítima se rebelar e  fizer  algo  inesperado,  algo  perigoso,  contra  ele  mesmo  ou  contra  a  pessoa  que  o  ofendeu, ou pode fazer um mal a uma pessoa inocente, hoje em dia nós podemos alertar  as  pessoas  que  sofrem  esse  problema,  como  um  tratamento  psicológico.  Bullying  é  crime, não colabore com um criminoso, dê um basta nisso, denuncie, procure ajuda. “Dê  um basta no Bullying”. Felipe de Moura Bezerra 8º Ano Bullying                          Existe  bullying  na  escola  porque  algumas  pessoas  não  aceitam  o  jeito  que  outras pessoas são. Porque algumas pessoas são altas, baixas, gordas, magras, brancas e  negras, elas dão um jeito de discriminar, ofender, bater neles e deixá­los envergonhados.    O  bullying  é  debatido  por  várias  pessoas  para  acabar  com  esse  preconceito,  pois  várias  pessoas  estão  sofrendo  por  causa  desse  preconceito.  Estão  debatendo  para  ajudar  as  pessoas  que  sofrem  com  o  bullying,  que  são  prejudicadas,  que  são  envergonhadas e não conseguem mais se comunicar com outras pessoas. As pessoas que  trabalham na escola como diretores, professores, coordenadores e outros, podem ajudar  as  pessoas  que  sofrem  com  o  bullying,  comunicando  os  pais  delas,  não  deixando  os  alunos  que  fazem  bullying  com  outros  alunos.  Nós  podemos  ajudar  não  praticando  bullying e ajudando outas pessoas que sofrem bullying. 16


17


Francielvys Pinheiro Martins 9° Ano Bullying O bullying hoje em dia é comum nas escolas, alunas e alunos sofrem preconceitos todos os dias até pelas professoras. Se a pessoa é magra é chamada de palito se a pessoa é gorda é chamada de baleia ,mais podemos evita isso não insultando nosso colegas ,para também não ser insultado. As vezes sofremos bullying sem nem ter feito nada com a outra pessoa , para se livrar do bullying é melhor nem escutar quando pessoas tiverem te xingando, isso pode ate evitar uma discussão ou briga , nunca perca seu tempo falando mal de ninguém, assim você vai evitar o bullying . Se lembre que pra você ter uma vida melhor e feliz sem violência não se meta na vida de ninguém. Francimária de Souza Paiva 9º Ano Bullying Na minha escola existe Bullying, mas é um pouco mais leve do que existe na TV,  e  sem  falar  que  é  bem  mais  fácil  de  resolver,  com  uma  conversa  ou  uma  advertência  logo se resolve. Eu,  pessoalmente,  acho  bem  melhor  prevenir  do  que  remediar,  até  porque  são  muitas as formas, como por exemplo, evitar apelidos, aprender a aceitar as diferenças,  etc. Eu  tento  ao  máximo  não  apelidar  nem  opinar  na  diferença  ou  no  defeito  de  alguém, pois não gosto que façam esse tipo de coisa comigo. Se todos se colocassem no  lugar da outra pessoa antes de julgar seu jeito de ser, sua cor ou seu defeito, o Bullying  não existiria. Francisca Alice de Oliveira de Lima 9º Ano Bullying Introdução O  bullying  acontece  em  situações  que  algumas  pessoas  recebem  regressões  intelectuais, verbais, morais e físicas, para um autor cometer o bullying é preciso que ele  encontre  uma  pessoa  mais  tímida  de  outro  lugar,  ou  então,  pode  ser  por  inveja  da  pessoas  ser  mais  bonita.  As  consequências  desse  bullying  são  que,  quem  está  sendo  agredido fica guardando a raiva e após um tempo pode fazer uma loucura de se matar,  ou então matar as pessoas que estão cometendo bullying com ela. Interpretação O debate que houve hoje me ensinou que nós devemos ajudar aqueles que sofrem  com o bullying, pois isso é um preconceito que pode causar sofrimento, depressões e até  18


morte,  pois  as  pessoas  mais  tímidas  podem  se  revoltar  e  ter  um  comportamento  bem  ruim. E isso pode acontecer com qualquer um de nós, então nós temos que lutar contra o  bullying. A turma me mostrou o que pode ser bullying e o que não é. Com isso eu aprendi  que nós temos que lutar contra isso. Se você ver alguém cometendo bullying, denuncie. Conclusões A  conclusão  que  eu  tive  foi  que  ainda  não  estou  pronta  para  passar  por  uma  situação dessas, então eu ainda tenho que aprender mais sobre esse assunto, mas se eu  souber que está acontecendo bullying, eu vou denunciar. Francisca Alice de Oliveira Lima 9º Ano Bullying O  bullying  é  um  termo  utilizado  para  descrever  atos  de  violência  física  ou  psicológica, isso acontece principalmente com pessoas tímidas, por que eles acham que  essas  pessoas  podem  sofrer  isso  e  ficarem  quietos,  mas  algumas  vezes  essa  timidez  acaba  em  atos  trágicos,  até  de  morte,  por  isso  temos  que  combater  o  bullying  principalmente entre os adolescentes. Os  idosos  também  sofrem  com  bullying,  pois  as  vezes,  as  pessoas  que  querem  ajudar acabam cometendo agressões e maus tratos.  As  vezes  isso  acontece  pois  ainda  existe  o  preconceito  de  raças  e  cores,  e  por  esse  motivo  algumas  pessoas  se  juntam  para  cometerem  violência,  maus  tratos  e  humilhações  contra  essas  pessoas.  O  bullying  é  um  problema  grave,  então  temos  que  combatê­lo. Denuncie. Francisca Reijane Gadelha de Alencar Bullying O  Bullying  é  conhecido  internacionalmente  como  agressões,  sendo  verbais,  morais  ou  físicas,  mesmo  não  tendo  significado  são  conhecidas  como  humilhação,  maltrato. As vítimas se sentem tão humilhadas que chagam até a se suicidar­se. O Bullying tem que ser combatido não só nas escolas, como também em casa, a  escola  pode  até tentar  consertar  mais não vai conseguir, tem que ter  a ajuda  de  todos,  inclusive  dos pais dos alunos, tanto dos  agressores, quanto os das vítimas.  Mas temos  que saber o que é e o que não é Bullying, todo Bullying é uma agressão, mas nem toda  agressão é Bullying, briga ou discussões com colegas ou professores de vez em quanto  não é Bullying. O  Bullying  tem  quer  ser  abatido  diariamente  e  quanto  antes,  as  vítimas  não  aguentam  muito  tempo,  e  não  podemos  perder  amigos  por  uma  coisa  que  podemos  combater. Francisco Benedito Maia 9° Ano  19


Bullying Eu  entendo  que  o  bullying  é  uma  das  formas  de  violência  que  mais  cresce  no  mundo, por causa das pessoas que não tem coragem de denunciar. A primeira vez pode  ser um simples apelido inofensivo, os alvos desse tipo de violência costumam apresentar  particularidades,  também  podem  ocorrer  com  um  novato  ou  com  uma  menina  bonita  que  acaba  sendo  perseguida  por  colegas  e  insultada,   o  aluno  que  sofre  bullying  principalmente  quando  não  pode  ajudar  enfrentar  o  medo  e  a  vergonha  de  ir  a  escola  pode querer abandonar os estudo , e apresentar baixo rendimento escola.

Francisco Lindomário de Melo de Oliveira 9 ° Ano Bullying O  bullying  está  presente  em  todas  as  escolas.  As  pessoas  que  sofrem  bullying  não  dizem  para  ninguém,  alguns  ficam  doentes  de  depressão  e  sentem  vontade  de  se  matar  ,  outras  se  vingam   com  agressões,  para  quem  pratica  o  bullying  é  só  por  uma  brincadeira,   mas  que  tem  graves  consequências,  principalmente  quando  não  pedem  ajuda e as pessoas sentem vergonha de ir a escola, podem querer abandonar os estudos ,  não  se  acham  bom  para  entrar  em  grupos  e  apresentam  baixo  desenvolvimento  na  escola. Francisco Matheus de Oliveira Maia 9° Ano Bullying O  bullying  é  uma  agressão  física  ou  verbal  que  pode  causar  depressão  ou  medidas drásticas  com quem  sofre. Várias  pessoas sofrem com  essa agressão, pessoas  negras, tímidas, nordestinos, são os mais discriminados. Os  grupos  que  mais  praticam  bullying,  é  os  SKIMRED  (nazistas),  isso  ocorre  não só no Brasil, e sim em todo o mundo, é cada vez mais o desastre vem aumentando, e  quem sofre bullying sofre tanto que não consegue nem disfarçar, existe vários tipos de  agressões, como bater, colocar apelidos, humilhar. No Brasil existe bullying, é praticado  mais pelos adolescentes e jovens, de todos os tipos de raça, cor, religião, por causa, as  escolas estão cada vez mais conscientizando os jovens, contra o bullying. Francisco Wellington Chaves Maia 9º Ano O bullying O bullying é um tipo de preconceito. O bullying é um tipo de agressão, intencional, verbal, físicos, apelidos. As  vítimas  do  bullying  se  sentem  humilhadas,  se  isolam,  tem  depressão,  problemas psicológicos. 20


Bullying significa valentão, brigão. Todo mundo que já sofreu bullying fica com  trauma. Todo agressor ameaça, intimida, oprime, humilha e maltrata. Exemplo de características de pessoas que sofrem bullying: negros, gordinhos,  que usam óculos, baixinhos, etc.         Gabriel Nogueira Bezerra 9º Ano Bullying Bullying  é  usado  para  descrever  atos  de  violência  física  ou  psicológica,  praticadas  por  indivíduos  geralmente  nas  escolas,  causando  dor  e  sofrimento  a  várias  pessoas  no  mundo.  O  bullying  se  caracteriza  por  agressão  verbal  ou  física  intencionalmente praticadas por uma ou mais pessoas. É  das  formas  de  violência  a  que  mais  cresce  no  mundo,  a  primeira  vista  pode  parecer  um  simples  apelido  inofensivo  mas  que  pode  afetar  emocionalmente  e  fisicamente o alvo das ofensas, discussões ou brigas não são bullying, sente­se satisfeito  com a pressão do agredido e não liga com o estado emocional da pessoa oprimida. Gledsa Mirielle Alves de Andrade 9º Ano O que é bullying? Bullying é um tipo de agressão física, verbal ou psicológica,  além  de  um  possível  isolamento  ou  queda  do  rendimento  escolar,  crianças  e  adolescentes que passam por humilhação, racismo. Quando  sofremos  bullying  podemos  apresentar  doenças  psicossomáticas  (perturbações  ou  lesões  psíquicas)  e  sofrer  de  algum  tipo  de  trauma  que  influencia  traços  da  personalidade.  Quem  sofre  o  bullying  apresenta  reações  extremas,  podem  chegar ao ponto de soluções trágicas como suicídio. O  bullying  é  ocorrido  principalmente  nas  escolas,  o  autor  do  bullying  sempre  procura fazer a agressão fora da escola, para que os funcionários da escola não possam  ver as agressões. Para os que fazem bullying o melhor lugar de praticá­lo é na escola. As  consequências  do  bullying.  O  aluno  que  sofre  bullying,  principalmente  quando não pode ajuda, enfrenta medo e vergonha de ir à escola. Pode querer abandonar  os estudos, não se acham bom para integrar o grupo e apresentam baixo rendimento. As  vítimas que tentam reagir se dão mal e tomam atitudes dramáticas como: não ir mais à  escola, não sair mais de casa, não se identificar com ninguém além de suas famílias. Guilherme Gondim 8º Ano O bullying existe em todos os lugares, públicos ou particulares, na minha escola também tem bullying. O bullying é um pouco debatido na minha escola, mais o mundo todo está contra o bullying, porque é um ato errado de racismo e preconceito, não fale pra ninguém porque isso é errado, porque sozinho não dá pra se defender de um grupo de racistas. Eu posso ajudar quando alguém mim conta, dando conselhos e defendendo, minha escola pode ajudar de vários jeitos, contando aos pais da vitima e a do acusado, vamos ajudar a combater o bullying, fazendo campanhas, dialogando com os alunos ou 21


jovens, e o mais importante não pratique o bullying. Iêsa Dara Moreira de Lima 9º Ano Bullying O bullying é um fenômeno devastador podendo vim a afetar a auto-estima e a saúde mental dos adolescentes geralmente ocorre quando o adolescente é mais sociável ou vulnerável os agressores verbais ou morais que lhes causam angustiam e dor principalmente quando ocorrido em um ambiente escolar traduzido como uma forma de inclusão social pode desencadear alguns problemas de saúde tais como anorexia, bulimia, depressão, ansiedade e até mesmo suicídio. A enfermagem pautada com princípios de prevenir agravos de diversos males preocupa-se também com estas intercorrência traumática na adolescência, o objetivo deste estudo foi identificar sentimentos que possam estar relacionados com bullying em adolescentes qualitativas, realizava em uma escola de segmentos religioso conveniada com o estudo. A coleta de dados ocorreu auxiliada por entrevistas graduadas, posteriormente transcrita e submetidas a analise temática. Os resultados mostram que os sentimentos relacionados ao fenômeno são múltiplos e variados, sendo categorizado de caráter negativo e aspectos de caracteres necessários. Igor de Lima de Oliveira 9º Ano Bullying Na  minha  escola  existe  Bullying,  muitas  pessoas  sofrem  com  esse  fato,  como  pessoas  que  tem  a  cabeça  grande,  apelidado  por  cabeção,  que  tem  nariz  comprido  ou  tucano, quem é magro ou espeto, o gordo é baleia, o baixo é anão, quem tem pé grande é  balsa. A escola trata esse assunto com muita responsabilidade por que Bullying não é  engraçado, é ter falta de respeito com os colegas, professores e os demais. Nesse tipo de  situação  a  escola  nos  passa  palestras  educativas,  vídeos  e  mais  orientações  sobre  o  Bullying. O Bullying é gerado por pessoas que tem preconceito pelas outras. Se nós todos  não tivéssemos preconceito o Bullying seria uma lenda. Igor Macedo de Oliveira 9° Ano Bullying O  bullying  é  uma  situação  em  que  os  alunos  fazem  uma  agressão  física  ou  verbal, com um colega ou mais, que ocorrem repetitivamente e intencionalmente. Os  alunos  que  sofrem  bullying  quase  sempre  estão  em  desvantagem,  ou  os  agressores estão em maior número ou as vítimas não tem o corpo hábil e forte para se  defender.  Geralmente  as  vítimas  ficam  envergonhadas  e  furiosas  e  não  querem  voltar  para a escola por estarem muito angustiadas. Muitas pessoas se confundem sobre o que  é  realmente  bullying,  por  exemplo,  discussão  com  os  professores  não  pode  ser  22


considerado bullying. As  pessoas  que  praticam  bullying,  muitas  vezes,  são  pessoas  que  quando  crianças sofreram com isso, e quando envelhecem usam isso contra pessoas mais novas  e  indefesas,  outras  vezes  são  acostumados  a  serem  desse  modo,  valentões,  serem  melhores do que os outros, mais fortes. E é por isso que o bullying é tão popular. Diga não ao bullying. Islânia Ancelmo de Almeida  9º Ano Bullying Sim,  eles  cometem,  que  é  pra  aprender  a  respeitar  as  pessoas.  Hoje  tem  muito  Bullying  nas  escolas.  Se  uma  pessoa  é  gorda,  eles  reclamam,  se  é  magra  chamam  a  menina de seca, se você gosta de uma coisa as pessoas não respeitam, mas eles nunca  olham as qualidades delas. Ninguém é perfeito, mas devemos aceitar as pessoas do jeito  que  elas  são,  não  importa  suas  diferenças.  Uma  vez  eu  escutei  uma  história,  era  uma  baleia e uma sereia, que no verão elas duas sofriam Bullying, mas a baleia tinha mais, só  que um dia uma pessoa chegou e observou que a baleia era gorda mas tinha amigos e  filhos, e a sereia, por medo de engordar, não tinha filhos e não tinha amigos pois ela não  queria ter filhos, essa história ensina a ter respeito pelas diferenças. A  vida,  ela  é  cheia  de  surpresas,  um  dia  vemos  pessoas  iguais  mas  com  características diferentes. Ítalo Diego Rocha de Almeida 9º Ano O que é bullying? Bullying  é  toda  agressão  verbal,  física,  etc.  Bullying  é  uma  coisa  que  está  acontecendo  no  mundo  inteiro  e  está  acontecendo  muito  nas  escolas  dos  países.  O  bullying acontece com as pessoas muito tímidas, pessoas que ficam muito caladas, não  tem amigos. Bullying  pode  acontecer  também  com  os  idosos  e  adultos.  As  pessoas  que  sofrem bullying podem entrar  em depressão  e  podem cometer  uma loucura. A palavra  bullying  tem  origem  inglesa,  ma  se  traduzir  para  o  português  pode  ser  valentão  ou  brigão.  O  bullying  pode  ocorrer  por  qualquer  motivo,  pela  sua  cor,  estatura,  etc.  O  bullying está crescendo a cada dia, uns acham muito engraçado, mas as pessoas que são  vítimas  ficam  muito  tristes  ao  ponto  de  chegarem  a  atitudes  extremas.  Quando  as  vítimas não são ajudadas elas não vão mais para a escola pois sentem muita vergonha.  Para  mim  o  bullying  é  muito  errado,  eu  gostaria  que  acabasse  mas  parece  que  só  aumenta no Brasil e no mundo. Ivanessa de Lima Nunes 9º Ano Bullying 23


Na escola onde eu estudo existe sim bullying com as pessoas que tem a cabeça  grande,  magras  e  muito  altas.  Esse  tipo  de  preconceito  não  era  para  existir  com  ninguém, era para ter uma punição para quem faz isso na escola, é muito difícil tratar  desse  assunto  só  quando  tem  algum  tipo  de  preconceito  contra  os  alunos  que  sofrem  com isso na escola, deveríamos trata essa situação, as vezes, como um problema para os  alunos  e  tem,  as  vezes,  que  tratar  com  o  psicológico  de  alta  formação,  e  tem  uns,  as  vezes,  que  não  querem  mais  nem  vim  para  a  escola  de  tanta  vergonha  e  medo  que  podem  sofrer  de  novo  com  isso.  A  prevenção  pode  ser  feita  de  muitas  formas  como:  orientá­los com conversas, filmes, vídeos e muito mais, isso era para ser trabalhado com  muito amor e carinho com as pessoas que sofrem com isso.  Jady Silva Santiago 9º Ano Bullying Bullying  é  um  termo  para  descrever  atos  de  violência  física  o  psicológica.  O  bullying é uma das formas de violência que mais cresce no mundo. O bullying não é um fenômeno recente, ele sempre existiu. O alvo de bullying sempre costuma ter baixa autoestima e ser retraído tanto na  escola quanto no lar. Também pode ocorrer com um novato ou com uma menina bonita  que acaba sendo perseguida pelos colegas. O  aluno  que  sofre  bullying,  principalmente  quando  não  pede  ajuda,  enfrenta  medo e vergonha de ir à escola. Aqueles  que  conseguem  reagir  para  mostrar  que  não  são  covardes,  ou  quando  percebem que seus agressores ficaram impunes, os alvos podem escolher outras pessoas  mais indefesas e passam a provocá­las. Todo  bullying  é  uma  agressão,  mas  nem  toda  agressão  é  classificada  como  bullying. Jane Kelvia de Andrade Maia 9º Ano Bullying É um caso muito sério que deve ser acabado, mais para acabar devemos fazer nossa parte também. O bullying é uma agressão que ocorre muito nas escolas e em muitos casos pode levar a morte, ou então podem ocorrer doenças graves. Quem é o alvo do bullying sofre muito; as feridas que ficaram por fora, com o tempo vão saindo e vai acabando as marcas, mais as feridas que ficaram por dentro, vão ficar para sempre na memória de todos e não tem remédio nesse mundo que apague o que eles sofrem. O bullying pode ocorrer também nas ruas, e também em vários outros lugares. Eu, você e todos nesse mundo podem acabar com o bullying, só basta a ajuda de cada um de nós. Denuncie faça a sua parte agora. Janiele Maia de Almeida 8º Ano

24


Bullying na escola O  Bullying  é  um  problema  muito  frequente  que  acontece  tanto  nas  escolas  públicas como particulares. Acontece frequentemente com a pessoas que têm a cor do  cabelo diferente, pela altura, por ser mais gordinha. Essas  pessoas  que  praticam  o  Bullying  pensam  que  são  donas  do  mundo,  que  podem sair ofendendo e magoando as pessoas, eles pensam que elas não têm coração,  pensam que não causam sofrimento. Tem pessoas que ficam com trauma pelo resto da  vida, não querem nem sair de casa, se sentem diferentes de todas as outras por causa do  Bullying. Mas  vamos  lutar  para  isso  acabar.  Na  escola,  como  podemos  solucionar  esse  problema? Com ajuda dos professores, com a diretoria fazendo palestras, incentivando a  não praticar com passeatas, manifestações, com a ajuda de todos. Não basta um só dia,  mas  todos  os  dias  debater  o  assunto,  principalmente  com  os  alunos,  que  são  os  principais interessados no problema. São eles que ofendem e que são vítimas. Mas não adianta revidar, ser iguais a eles, temos que ser melhores do que eles,  temos  bastante  dignidade.  Vamos  elogiar  as  pessoas  que  nos  xingam  por  que  já  fui  vítima de Bullying. É  muito  ruim  ser  apontada  pelos  outros,  vamos  ajudar  a  acabar  com  isso  que  destrói as pessoas. Jéssica de Oliveira de Sousa 8º Ano Como devemos combater o “bullying”, na escola? Os pais ou responsáveis por alguém devem comparecer mais nas escolas, devem  olhar  o  caderno  do  seu  filho  (a)  e  participar  mais  na  vida  deles,  saber  como  estão  se  comportando e etc. Os  pais  ou  responsáveis  devem  ensinar  a  respeitar  os  professores  e  colegas  da  escola  onde  estudam  ensinar  e  mostrar  a  todos  que  não  devemos  praticar  o  bullying  dentro e fora da escola com ninguém. Para as pessoas entenderem melhor, era bom agente fazer cartazes, caminhadas  pelas  ruas,  mostrando  os  cidadãos  que  não  devemos  praticar  o  bullying,  e  devemos  juntos combater o bullying, e que devemos tratar as pessoas melhor, com mais carinho,  com mais amor. Existem muitos casos de bullying, e principalmente em escolas... Devemos sim combater o bullying, pra gente viver de bem, em sociedade, com  todos. John Kelvyn de Oliveira 8º Ano Bullying É  um  tipo  de  abuso  cometido  contra  pessoas  com  o  objetivo  de  humilha­las  disfarçado  de  brincadeiras.  Na  maioria  das  vezes  o  Bullying  acontece  em  escolas,  universidades, nas ruas, e as vezes, em casa mesmo. 25


Exemplos  de  Bullying  nas escolas:  Insultos, apelidos  pejorativos  e  brigas  entre  crianças e adolescentes podem ser exemplo desse tipo de violência. Muitas crianças e adolescentes têm sofrido e praticado, nas escolas e faculdades,  o Bullying. Esse é um tipo de violência que assusta muitos pais e professores. O  termo  em  inglês  (sem  tradução  para  o  português)  é  usado  para  identificar  agressões físicas e psicológicas que provoca nas vítimas um sentimento de humilhação.  Entre  as  agressões  verbais,  são  comuns  os  comentários  negativos  sobre  a  aparência,  a  família  ou  o  lugar  em  que  a  vítima  mora.  Mas  nem  toda  forma  de  “ataque”  pode  ser  considerado Bullying. “Brigas  cotidianas,  apelidos  e  arengas  são  próprios  da  infância  e  não  caracterizam Bullying necessariamente, por que são ‘brincadeiras’ feitas com qualquer  pessoa. O Bullying começa quando a agressão acontece com frequência e é destinada a  um alvo específico”. Diz os especialistas. Apesar  de  ser  comum  na  escola  e  durante  a  juventude,  esse  tipo  de  violência  pode  acontecer  também  entre  adultos  e  em  outros  ambientes.  “Um  autor  de  Bullying  durante a infância (agressor), se não for cuidado, pode se tornar um adulto que tem essa  prática em outros espaços da sociedade, como a universidade e o trabalho”.  Para que a criança ou o adolescente não agrida outras pessoas é importante um  trabalho  coletivo.    “É  necessário  observar  o  autor  da  agressão,  e  se  for  necessário  encaminhar para um tratamento clínico, mas o trabalho não deve ser só do profissional,  mas um conjunto entre o terapeuta, a família e a escola”. Esse  cuidado  se  estende  igualmente  as  vítimas  de  Bullying.  Elas  podem  desenvolver problemas psicológicos que, em casos extremos, são irreversíveis. Por isso  as famílias devem estar atentas. “Os pais devem estar atentos para observar mudança de  comportamento nos seus filhos”. A vítima de Bullying geralmente apresenta o retraimento, tristeza, e dificuldade  de ir ao local onde sofre agressão ­ que normalmente é a escola. Ao primeiro sinal provável de Bullying a família deve procurar a escola para que  sejam tomadas providências. Não se deve esperar que a agressão aconteça novamente. O que fazer para evitar esse tipo de violência?  Pais e família: 1.  Mantenham  um  diálogo  aberto  e  constante  com  os  filhos.  Assim,  eles  se  sentem  à  vontade para contar que foram agredidos. 2. Estejam atentos a possíveis mudanças comportamentais da criança/adolescente, como  retraimento, tristeza ou agressividade. 3.  Observem  se  seu  filho  tem  resistência em ir para a escola.  Isso  pode  acontecer  por  que ele está sofrendo Bullying nesse local. O que a vítima deve fazer? Fale  das  agressões  com  algum  adulto  em  que  você  confia  (pais,  avós,  professores, vizinhos). Lembre­se que você não ficará sozinho. Ignore quem xinga você. Quem fala mal gosta é de ver que você fica nervoso e  chateado com isso. Se você não se irrita os agressores ficam entediados e param. Ande  acompanhado  com  um  ou  mais  amigos  nos  locais  em  que  os  agressores  normalmente  estão. Procure ficar próximo a um adulto, como um professor ou algum funcionário da  26


escola.  Envolva  a  maior  quantidade  possível  de  pessoas  na  discussão  sobre  agressões,  desde amigos, colegas de classe, até professores e o (a) diretor(a) da escola. John Leandro de Oliveira chaves 9º Ano Bullying O bullying hoje em dia afeta muitas pessoas, principalmente as crianças nas escolas, mais também em outros lugares como: universidades, faculdades e ate mesmo em casa se pratica o uso do bullying. O bullying não é muito recente ele é muito antigo, principalmente contra os negros em todos os lugares, deixando vitimas com problemas psicológicos e chegando ate ao ponto de assassinato ou suicídio. Pessoas se matam ou são assassinadas como: negros homossexuais, etc. muitos homossexuais são espancados, maltratados tratos em estabelecimentos comerciais, nas ruas, restaurantes entre outros. Mais principalmente são maltratados em entrevistas de emprego. Hoje em dia existem muitas praticas de bullying, descriminação em geral assim deixando muitas marcas na vida dessas pessoas vitima desse crime que é o bullying. José Edimar Lopes Marques 8º Ano Na escola que eu estudo existem vários tipos de bullying. O bullying é errado mais existem várias pessoas que praticam o bullying, gostam de apelidar, brigar, insultar e muitas outras formas de bullying. Na escola que eu estudo existem vários alunos que gostam de apelidar o outro por besteira, tipo “seu gordo, baleia, baixinho, burro e outros, esses apelidos são ruins e ninguém gosta de ser insultado, é muito errado. Em vários lugares existem pessoas que é contra o bullying e tenta acabar com o bullying fazendo manifestações contra o bullying, ou apenas diminuir um pouco, é mito difícil. Por que são poucas pessoas que querem acabar com esse crime, o bullying pra mim é um crime, mais só uma pessoa não consegue acabar, mais várias pessoas lutando contra ele, vamos acabar com essa dificuldade. O bullying é crime, e alguma pessoa que tenha passado por ele pode denunciar, para que alguém tome alguma decisão. José Renato oliveira 9º Ano Bullying É toda agressão feita com a intenção de machucar, humilhar, discriminar, intimidar outra pessoa ou até uma turma inteira. Ela pode ocorrer de forma verbal ou física e de maneira repetitiva. É uma das formas de violência que mais ocorre no mundo e pode ocorrer em qualquer contexto social. Geralmente ocorre fora da visão dos adultos e a maioria das vitimas ou fala sobre a agressão sofrida. As pessoas que sofrem bullying tende a se isolar, tem queda no rendimento escolar, pode apresentar doenças psicológicas e sofre alguns tipos de trauma que influenciará na sua personalidade. Para evitar o bullying é preciso que a turma não participe dessa atitude, pois ele só existe porque tem pessoas para rirem.

27


Josinelly Maria da Silva Bezerra 9º Ano Na  minha  escola  existe  Bullying  contra  os  magros,  gordos,  baixos  e  altos.  É  a  primeira vez que estamos discutindo sobre esse assunto. Quando acontece esse tipo de  situação,  envolvendo  socos,  a  primeira  coisa  que  fazem  é  conversar  e  depois  dão  a  suspensão.  E  para  prevenir  esse  tipo  de  situação,  podemos  começar  não  insultando  as  pessoas, chamando­as de baleia, quatro olho, anão, etc. E poara combater o Bullying a  escola poderia dar palestras, filmes, e discutir mais sobre este assunto. Por  que  eu  acho  que  o  Bullying  é  um  assunto  muito  sério,  que  as  pessoas  que  fazem esse tipo de coisa são que as pessoas que no futuro vão sofrer as consequências.  Pois essas pessoas têm que se preocupar com suas próprias vidas e não com a vida das  outras pessoas. E elas têm que ver seus próprios defeitos e qualidades para depois julgar  as outras pessoas. Joyce Maciel Guimarães 9º Ano Bullying O bullying é um tipo de preconceito que algumas pessoas têm com as pessoas gordas, feias, magras, etc. Esse tipo de preconceito vem aumentando a cada dia, e com isso essas pessoas eu são vitimas vão ficando cada vez mais machucadas, depressivas e etc. Portanto essas vitimas devem pedir ajuda para alguém e levantar a cabeça e seguir em frente, pois o que é importante não é a aparência física, e sim como pensamos e agimos com os outros, ou seja, o que importa é respeitar o próximo como ele é. E mostrar para essas pessoas que o bullying é para quem tem a cabeça vazia. Kaline Kelly Alves de Lima 8º Ano Bullying Bom, existir sim  bullying na minha escola  e não é pouco. O povo não  respeita  ninguém. Pessoas  chamando  uns  aos  outros  de  besta,  negra,  gordo  e  etc  .  Eu  mesma  cometo  bullying,  (rsrsrs)  só  que  é  o  apelido  amoroso  que  eu  coloquei  em  Valéria,  eu  chamo de Neguinha mas não é descriminando ela não, eu tenho ódio de quem chama ela  de neguinha, só pode chamar eu. Mas eu vou tentar parar com isso, é muito chato, eu  não gosto que faça bullying comigo porque eu vou fazer com Neguinha? Ops, Valéria,  mas tá tudo legal, ela deixar eu chamar. Mas tem um menino na escola que todo mundo  coloca apelido nele. Na minha escola é normal,  mas acho que minha escola devia punir  quem praticasse bullying, seria legal, ai acabava de vez com o bullying na escola. Mas o  mais  chato é os apelidos  exemplos:  boca  pode,  bola  ambulante,  cega,  nega,  pocota  do  cão, nega maluca, abestado, burro e muito mais . Acabou por aqui !!!                      Não cometam bullying, isso é feio e ninguém gosta.    Kessiane Amaral da Silva 9º Ano 28


Existe Bullying na minha escola. Mas é um assunto pouco discutido, os alunos  não  falam  nisso,  mas  praticam  o  Bullying  pondo  apelidos,  brigando,  xingando.  Todos  tem algum tipo de preconceito por, cor, etnia, tribo, etc. Poucos  sabem  como  a  pessoa  que  sofre  Bullying  se  sente,  você  fica  mal,  com  vontade  de  chorar  e  se  esconder,  sumir  do  mundo,  não  se  olhar  mais  no  espelho,  não  quer  mais  sair  de  casa,  se  isolar  do  mundo,  é  uma  dor  horrível.  Por  outro  lado,  as  pessoas que põem apelidos nem se importam pois pensam que pode ser só um apelido  bobo  mas  fere  tanto  quanto  armas,  e  é  com  armas  que  essas  pessoas  tentam  revidar  e  fazer as pessoas se sentirem tão mal quanto elas, mas isso sempre acaba em fatalidade. O Bullying deve ser combatido assim como qualquer outro crime. Eu  sempre  evito  pôr  apelidos  maldosos  nas  pessoas.  Andar  com  pessoas  que  fazem isso. Se você sofre Bullying não esconda, senão você vai acabar se prejudicando. Eu não faço ideia do que fazer para evitar o Bullying, a não ser a minha parte. Klysmann Lima de Melo 9º Ano Bullying Bullying é toda agressão feita com a intenção de machucar outra pessoa ou até  uma turma inteira, mas, para ser considerado bullying de verdade, também é preciso que  essa atitude agressiva se repita várias vezes. Essa agressão ocorre principalmente em escolas, entre jovens, entre jovens tanto  de sexo masculino quanto feminino. Esse comportamento é uma característica de quem  gosta  de  ofender,  humilhar,  intimidar,  discriminar,  enfim,  se  divertem  fazendo  alguém  sofrer. A maioria das pessoas que sofrem bullying tem medo de denunciar pois temem  represália,  mas  é  preciso  informa  a  direção  da  escola  para  que  tentem  solucionar  o  problema. Para evitar o bullying é preciso que as pessoas ignorem o máximo que puderem. Lavínia de Lima dos Reis e Lucas Lima Moreira  8º Ano BULLYING Na minha escola existe  muito bullying, as pessoas tem muito preconceito, com  tudo,  tão  zombando,  falando,  tirando  brincadeiras  pesadas  com  gente  que  é  magro,  gordo, alto, baixo, cabeça grande, nariz grande e outras. Na minha sala tem pouco, por  que tem pessoas bestas que deixam do jeito que tá,   não reclamam aos professores, aos  diretores e outros, para eles tomarem providências, e não acontecer mais bullying com  essas pessoas. Tem palestras, debates sobre este assunto, fazem o possível para isso não  acontecer mais, professores falam muito no assunto.  Eu  não  gosto  do  bullying,  também  não  tiro  brincadeiras  pesadas  para  evitar  o  bullying, eu evito muito o bullying, porque tem pessoas que fica muito triste e entra em  depressão,  não  quer  mais  ir  para  escola  por  causa  das  pessoas  que  fazem  o  bullying  ,  29


cada  um  tem  uma  reação  diferente  dos  outros,  tem  gente  que  leva  na  brincadeira  o  bullying, tem uns que entra até em depressão por conta do bullying. Era tão bom se não  existisse o bullying, as pessoas poderiam se vestir do jeito que quer, ser do jeito que é.  Enfim não existir preconceito com nada e nem ninguém. Leilane Santos Pereira 9º Ano Bullying Se  existe  Bullying  na  minha  escola?  Sinceramente  eu  não  sei,  pode  até  haver,  mas sem eu saber. Se falar mal de uma pessoa pelas costas, xingando­a de alguma forma  que possa constrange­la, se a mesma souber, existe sim. Mas, graças a Deus, pelo menos  durante a minha passagem por essa escola, não houve nenhuma briga por conta disso. Na  minha  escola  não  discutimos  muito  o  assunto  Bullying,  até  por  que,  pelo  menos eu acho, não tem necessidade, nas aulas, vez ou outra, tocamos no assunto, acho  que  todos  os  alunos  sabem  seus  direitos  e  deveres,  sabendo  disso,  todos  sabem  que  existem consequências. Eu  acho  que  a  diretoria  da  escola  nunca  precisou  aplicar  algo  mais  sério  a  alguém por causa de discriminação, mas se viesse a acontecer algo pior que conversas  paralelas,  a  diretoria  interferiria  e  culparia  as  pessoas  envolvidas,  acho  a  escola  justa  nesse aspecto. Para  combater  o  Bullying  nós  devíamos  nos  preocupar  com  nossas  vidas,  não  importa o que os outros fazem ou deixam de fazer, é a vida deles, eles fazem o que eles  querem até certo ponto. Devíamos começar não falando de ninguém, primeiro devíamos  ver  nossos  erros  e  defeitos  para  depois,  só  depois,  quando  tivermos  consciência  que  fizemos nossa parte, alertar aqueles cuja a vida ainda está no começo. Essa é aminha maneira de ver as coisas, tentando concertar os meus defeitos, não  apontando os dos outros.

Leonardo Alves Moura 8º Ano Como solucionar o problema de Bullying  na  escola Orientação   em  primeiro  lugar,  e  maior  vigilância.  Quanto   ao  aluno,  punições  como  suspensão,  só  entra  com  responsável  e  até  expulsão.   Deve­se  lembrar  que  sacos  graves  de  intimidação  tem  provocado  processos  judiciais  contra escolas, portanto  deve haver moral na escola. Também as soluções para a violência,  tradicionalmente utilizada pelo uso  da  força,  não  tem  alcançado  resultado  satisfatórios,  visto  que  a  violência  aumenta  cada  vez  mais.   Dessa  forma,  considera­se  que  a  melhor  maneira  de  minimizar esse problema é recorrer a prevenção, buscando eliminar  seus focos e  suas  causas,  dentre  as  quais  estão  apelidos  que  ofendem,  brincadeiras  de  mal  gosto, brigas, intrigas e etc. Assim, para acabar com o bullying, precisa de mais  segurança  nas  escolas,  como  vigias  em  locais  mais  movimentados,  professores  30


que castiguem da maneira certa, quando o aluno estiver fazendo mal feito, não  liberar objetos das cantinas, como   garfos, etc, e não permitir entrar com armas  ou qualquer objeto que possa causar algum dano. Francisco Lindomário de Melo de Oliveira 9º Ano E  Bullying O  bullying  está  presente  em  todas  as  escolas,  as  pessoas  que  sofrem  bullying  geralmente  não  diz  a  ninguém  que  sofre  bullying  e  tem  alguns  que  ficam  doentes  de  depressão e sentem vontade de se matar, outras se vingam. Para quem pratica o bullying  e  por  brincadeira,  mais  tem  graves  consequências,  principalmente  quando  não  pede  ajuda, pois sentem vergonha de ir a escola, as vezes abandonam os estudos, não se bom  para entregar o grupo, e apresentam baixo rendimento na escola. Luis Fernando Rodrigues da Silva 9° Ano Bullying O bullying é um causador de ofensas, ocorre em todos os lugares, nas ruas, nas  escolas, nas famílias em geral. O bullying é ofensas, apelidos, preconceito. O bullying pode ser evitado se todos respeitarem uns aos outros, com o bullying  alguns alunos podem deixar de estudar, pode entrar em depressão e matar o causador do  bullying,  que  ofendeu.   Assim  o  bullying  está  aumentando  cada  vez  mais  rápido,  bullying significa brigão ou valentão, discussões e palavrões ofensivos, não é bullying,  só se as pessoas se sentirem ofendidas, se você agir contra o bullying, podemos evitar. O  bullying sempre existiu desde 1970 até os dias de hoje. Márcia Mendes Medeiros  8° ano B Bullying Na minha  escola existe  bullying  ,  eu  acho isso  uma grande  injustiça, na minha  sala  2  ou  3  pessoas  que  sofrem  com  esse  preconceito  e  eu  acho  isso  uma  coisa  desnecessária, porque eu não sei qual é a graça de ficar xingando um colega pelo fato  dele  ter  a  cabeça  um  pouco  maior,  porque  o  pai  dessa  pessoa  tem  um  apelido  entre  amigos, ficar xingando o filho(a) por esse apelido. E é bastante constrangedora essa situação, queria saber de qual maneira a escola  pode  combater  isso,  só  que  é  difícil  acabar  com  isso  no  mundo  porque  acontece  em  quase  todo  lugar  na  rua,  em  algum  estabelecimento  publico  que  você  vá  e  até  em  estabelecimentos particulares e principalmente nas escolas. Na minha sala insultam uma  garota de cuscuz, um garoto de besouro do cão e eles ficam sem graça, sem saber o que  dizer. Enquanto só xingam é mais fácil de resolver, mais quando parte para a violência é  mais difícil. A escola está tentando solucionar o problema, tomara que consiga. A gente  pode tentar combater o bullying com palestras e reuniões com os alunos pra ver se pelo  menos ameniza isso. 31


Mardes Diógenes Campelo Malveira 9° Ano Bullying O  bullying  nada  mais é  do  que uma arma para as  pessoas  que se  acham  e  que  querem ser mais popular do que os outros. O bullying é uma situação que se caracteriza  por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneiras repetitivas, por uma ou  mais pessoas, contra uma ou mais pessoas. O que a primeira vista pode parecer um simples apelido inofensivo, pode afetar  emocionalmente  e  fisicamente  o  alvo  das  ofensas.  Discussões  ou  brigas  pontuais  não  bullying, para que seja bullying é necessário que a agressão aconteça entre pares. Dado  bullying é uma agressão, mas nem toda agressão é bullying. O  bullying  sempre  existiu,  no  entanto,  o  primeiro  a  relacionar  a  palavra  a  um  fenômeno foi Dan Olweus, professor da Universidade da Noruega, no fim da década de  1970. O que eu entendi sobre o bullying é que as pessoas julgam pela a aparência. Maria Alexia Silva de Souza 9º Ano Bullying” Na  escola  que  eu  estudo  existe  bullying,  na  sala  de  aula  os  professores  nos  incentivam  a  não  chamar  os  nossos  colegas  por  apelidos,  pois  nós  devemos  pensar  nessas  pessoas.  Muitas  vezes ela  ou  ele  pode  esta passando  por uma fase muito  ruim,  pois nós devemos nos colocar no lugar dessas pessoas. À medida que a escola toma decisões, e quando tem alunos brigando, o diretor  da escola leva os alunos até a secretaria, conversa e dá uma advertência para que esses  alunos não voltem a brigar, quando tem alguém chamando outra pessoa por apelido eles  pedem para chamá­lo pelo nome, ate chegar o ponto disso tudo acabar. Já eu tento ajudar muito as pessoas, por causa disso quando vejo alguém falando  que  uma  pessoa  é  negra,  eu  chego  e  falo  que  todos  devem  aceitar  as  diferenças  dos  outros, pois acho que essa pessoa que é diferente não é melhor e nem pior que ninguém. Maria Grioleide do Amaral de Souza 9º Ano Bullying O  Bullying  é  um  termo  utilizado  para  descrever  atos  de  violência  física  ou  psicológica,  intencionais  e  repetidas,  praticados  por  um  indivíduo  (do  inglês  bully,  valentão) que em português significa ameaça, humilhação, etc. O bullying se caracteriza  como  agressão  físicas  ou  verbais  por  várias  vezes,  que  acaba  por  causar  inúmeras  lesões,  como  por  exemplo:  isolamento,  queda  no  rendimento  escolar,  etc.  Também  causam doenças psicossomáticas (perturbação ou lesão psíquica) e sofrem de algum tipo  de trauma que influencia traços da personalidade. Em alguns casos extremos pode afetar  a  estrutura emocional do  jovem a  ponto de ele tentar  soluções  trágicas  como suicídio.  Mas  nem  toda  discussão  ou  briga  pontual  são  bullying.  Para  que  seja  bullying  é  32


necessário  que  a  agressão  ocorra  entre  pares  de  colegas  de  classe  ou  de  trabalho.  As  pessoas  que  assistem  as  agressões  são  pessoas  que  concordam  com  a  prática  do  bullying. Não pensem que essa prática é recente, mas a primeira pessoa a relacionar o  bullying  como  um  fenômeno  foi  Dan  Olweus,  um  professor  da  Universidade  da  Noruega,  no  final  da  década  de  1970,  daí  pra  cá  o  bullying  só  vem  crescendo.  As  pessoas  muitas  vezes  praticam  bullying  para  se  tornarem  popular  ou  para  se  sentirem  poderosos e para obter uma boa imagem de si. As pessoas que mais sofrem são crianças,  pessoas com baixa autoestima e retraídas tanto na escola quanto no lar, além de novatos  na  escola,  meninas  bonitas,  etc.  Já  as  consequências  para  o  aluno  que  sofre  bullying  podem  ser  terríveis,  como  não  pedir  ajuda,  ter  baixo  rendimento  escolar  e  tentar  suicídio. Maria Juliana Sousa Maia 9º Ano Bullying O  bullying  é  coisa  séria  que  muitas  pessoas  acham  graça,  e  que  devemos  combater não só nas escolas, mas em qualquer lugar que ele aconteça. Muitas pessoas  não enfrentem o bullying com medo de ameaças ou coisas piores. O  agressor  do  bullying  ataca  a  vítima  com  humilhações  e  intimidação,  muitas  vezes  o  bullying  começa  com  apenas  apelidos,  empurrões,  e  a  vítima  não  sabe  como  lidar  com  o  problema  ou  tem  vergonha  de  falar  com  alguém.  A  pessoa  que  sofre  o  bullying se isola ou pode até apresentar alguma doença, como a depressão que é a mais  conhecida entre os jovens e pode até levar a morte se não se cuidar. Discussões  e  brigas  pontuais  não  são  consideradas  bullying,  para  isso,  precisa  ser  entre  dois  colegas,  e  muitos  dos  agressores  são  populares  que  querem  atenção  de  quem está ao redor. As vezes, o agressor só para quando ele mesmo sofre o bullying. Bullying não é uma brincadeira para todos rirem sem saber o que a vítima está  sofrendo, para isso acabar precisamos que todos se conscientizem que ele existe e que  precisa diminuir cada vez mais. NÃO AO BULLYING Maria Sanmya Fernandes Pereira 9º Ano Bullying Na  minha  escola  existe  muito  Bullying,  esse  assunto  é  muito  difícil  de  ser  discutido  por  que  tem  alunos  que  não  respeitam  os  outros,  são  indisciplinados,  e  não  entendem o que realmente está acontecendo, pensam que é brincadeira, uma brincadeira  muito besta por sinal. A  escola  deveria  punir  as  pessoas  que  praticam  Bullying  com  suspensões,  conversando com os pais e, principalmente, com o aluno. Se ainda assim não der jeito, o  jeito é a punição. Para  combater  o  Bullying  é  só  não  praticar,  não  insultar  ninguém,  respeitar  os  colegas,  ajudar  quando  vir  alguém  sofrendo  Bullying,  ou  avisar  aos  professores  e  coordenação. 33


O Bullying é coisa muito séria, pode causar problemas nas pessoas que sofrem,  temos que tomar uma providência o mais rápido possível, antes que isso não tenha mais  solução. Diga NÃO AO BULLYING! Maria Sara do Amaral Viana 8º Ano BULLYING Nas escolas é frequente acontecer bullying   com os aluno, de xingar e bater até  na rua.  Esse assunto tem que ser debatido com os professores e alunos pois é um assunto  muito  legal,  é  bom  que  todos  saibam  que  bullying  é  crime.  As  vezes  as  palestas  não  sevem para nada, até na casa da gente sofremos bullying.  Eu  acho  que  todas  as  pessoa  devem  tentar  solucionar  esse  problema  com  palestas,  manifestação  nas  escolas,  punição,  castigo,  expulsão,  por  que  hoje  em  dia  o  bullying é preconceito com os negros, brancos, moreno, albino, gordos e magros, etc.          bullying é uma coisa muito ruim até para nós mesmo,  no futuro vai ficar  marcas  na  nossa consciência . Marcos Rodrigues Alves 9º Ano Bullying Bullying  é  toda  agressão  feita  por  uma  pessoa  ou  por  grupos  de  pessoas.  O  Bullying é mais praticado nas escolas. O bullying foi criado nos Estados Unidos e veio  até aqui no Brasil. O bullying é toda agressão física e também com palavras, apelidos.  Discussões  ou  brigas  pontuais  não  são  bullying.  Nas  escolas,  a  maioria  dos  atos  de  bullying ocorre fora da visão dos adultos e grande parte das vítimas não reage ou fala  sobre  a  agressão  sofrida.  O  alvo  costuma  ser  uma  criança  com  baixa  autoestima  e  retraída,  tanto  na  escola  como  no  lar.  Por  essas  características  é  difícil  esse  jovem  conseguir  reagir.  O  aluno  que  sofre  bullying,  principalmente  quando  não  pode  ajudar,  enfrenta medo e vergonha de ir à escola. Pode querer abandonar os estudos, não se achar  bom para integrar o grupo e apresentar baixo rendimento. O bullying sempre existiu, no  entanto,  o primeiro a relacionar essa palavra a um fenômeno   foi Dan Olivius. Vamos  combater o bullying, pois é algo terrível que pode piorar se nós não combatermos.

Aluno: Marina Maia 9º Ano Bullying O Bullying não são brigas pontuais, mas sim agressões físicas ou verbais, feita  por uma ou mais pessoas, contra uma pessoa ou mais de uma. Não  há  lugar  específico  para  ocorrer  o  bullying,  pode  acontecer  nas  escolas,  34


universidades, na própria família, na vizinhança, ou em até locais de trabalho. O  bullying  nem  sempre  atinge  o  psicológico  da  pessoa,  mas  em  briga  desnecessária  ou  algo  que  foi  falado  para  aquela  pessoa  atinge  muito  mais  do  que  o  próprio bullying. Mudando  um  pouco  o  rumo,  o  bullying  quando  é  praticado  por  uma  pessoa  contra outra, todos os dias, ou várias vezes no dia, pode fazer com que a última sinta­se  menos  importante  ou  infeliz,  podendo  assim,  deixa­la  com  depressão,  levando­a  até  o  suicídio. O  que  todos  querem  saber  é  oque  leva  uma  pessoa  a  praticar  bullying.  Na  maioria das vezes o praticante quer se sentir mais poderoso, quer ser autoritário, e com  isso ganhar popularidade. Mas há casos em que o praticante não faz isso por que gosta,  mas sim por que acha justo, pelo simples motivo que ele já foi uma vítima e que não é  só ele que tem que ser discriminado. Uma  vítima  de  bullying  costuma  ser  uma  pessoa  triste,  quieta,  na  maioria  das  vezes indefesa em relação ao agressor. E é discriminado não por ter falta de sorte, mas  sim por ter nascido em outro lugar, ser de outra cor, ou ter um estilo de vida diferente. Uma  pessoa  que  sofre  bullying  deve  procurar  ajuda,  falar  com  os  pais  ou  a  direção da escola, não o contrário. O agressor também precisa de ajuda. O bullying é um problema comum e que tem solução. Micaele Brena Damasceno Gadelha 9º Ano Bullying O bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas. Bullying é uma das formas de violência que mais cresce no mundo, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, família, vizinhos e ate mesmo em locais de trabalho. O bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como suicídio, discussões ou brigas pontuais não são bullying. Todo bullying é uma agressão, mas nem toda agressão é classificado bullying. o motivo que leva o autor do bullying a praticá-lo é querer ser popular, sentir-se poderoso e obter uma boa imagem de si mesmo. Nandyala Rodrigues Freire 9º Ano Bullying Bullying é um termo usado para descrever atos de violência, acontece mais em escolas e universidades. Nesses lugares que tem muitos jovens, isso acontece repetitivamente por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. Que isso fique claro que discussões ou brigas pontuais não são bullying, conflitos entre professores e alunos ou aluno e gestor também não são considerado bullying. O alvo costuma ser uma criança com baixa alta estima e retraída tanto na escola quanto no lar. 35


O aluno que sofre bullying, principalmente quando não pede ajuda, enfrenta medo e vergonha de ir à escola. Pode querer abandonar os estudos. Neudenira Ferreira Gondim 9º Ano Bullying O bullying é uma agressão que acontece geralmente nas escolas, entre colegas.  Com agressões físicas ou verbais. A palavra bullying é inglês, que significa ameaça ou  humilhação. O  bullying  de  forma  violenta  vem  crescendo  em  todo  o  mundo,  além  de  inúmeras lesões que o bullying causa, como: isolamento, queda de rendimento escolar e  separatista,  pode  causa  também  doenças  psicossomática,  perturbações  ou  lesões  psíquicas, e sofrer algum tipo de trauma que influencia traços de personalidade. O  bullying  não  é  um  fenômeno  recente,  no  entanto  o  primeiro  a  relacionar  a  palavra  um  fenômeno  foi  por  um  professor  de  universidade  da  Noruega,  no  fim  da  década de 1970, daí pra frente ente fenômeno só veio a crescer, as pessoas muitas das  vezes, ao praticar o bullying para ser popular ou se sentir poderoso e para obter uma boa  imagem  para  si,  geralmente  as  vitimas  do  bullying  são  crianças,  pessoas  baixas,  a  autoestima cai tanto na escola com em casa. Patrícia Brenda Freire 9º Ano Bullying Bullying  é  caracterizado  por  agressões  verbais  ou  físicas,  essa  é  a  forma  de  violência que mais cresce no mundo. É nas escolas que acontece o bullying com mais  frequência. O  bullying  sempre  existiu  e  vem  crescendo  cada  vez  mais,  principalmente  nas  escolas, lá acontece principalmente com pessoas tímidas, novatas, etc. Nem sempre essas pessoas se comunicam com as outras para relatarem que estão  sendo vítimas de bullying. As pessoas que sofrem bullying, principalmente quando não pede ajuda, enfrenta  medo, vergonha de ir para a escola, etc. Paulo Henrique Soares Bezerra  9º Ano Bullying O bullying é um insulto verbal com agressões. As pessoas têm muito preconceito  com os negros, homossexuais, principalmente com as pessoas nordestinas por causa do  sotaque. Essas pessoas que sofrem bullying ficam muito tristes, choram muito, não tem  amigos. Nessas horas a família tem que dar muito apoio, carinho e demonstrar amizade  com  alguns  dos  que  praticam  bullying,  são  os  skinheads,  tem  vários  deles  espalhados  pelo mundo, elas são a continuação do nazismo criado por Hitler. Mas  o  bullying  é  mais  praticado  nas  escolas,  com  agressões  e  insultos  dos  36


colegas,  quando  isso  ocorre  devemos  imediatamente  falar  com  o  professor  ou  com  os  seus pais ou responsáveis. Raiane de Souza Nobre 9º Ano Bullying O bullying é uma agressão física ou psicológica e é uma das formas de violência  que  mais  cresce  no  mundo.  É  na  escola  que  a  maioria  dos  atos  acontecem,  longe  da  visão dos adultos. Mas  também  existem  coisas  que  não  são  consideradas  bullying,  por  exemplo:  discussões ou brigas pontuais, discussões entre professor e aluno, e entre aluno e núcleo  gestor,  não  são  considerados  bullying.  Todo  bullying  é  uma  agressão,  mas  nem  toda  agressão é considerada bullying.  A maioria das pessoas praticam bullying só para aparecer, sentirem­se poderosas  e obter uma boa imagem a si mesmo. Regina Ribeiro de Almeida 9º Ano Bullying Bullying é uma situação que se caracteriza por discussões, brigas ou agressões,  etc.  É  uma  das  formas  de  violência  que  mais  cresce  no  mundo.  O  bullying  sempre  existiu,  pessoas  que  o  sofrem,  principalmente  quando  não  pedem  ajuda,  enfrentam  sempre medo e vergonha por estarem passando por aquilo, principalmente alunos, que  se sentem envergonhados por outros colegas.  Todo  bullying  é  uma  agressão,  mas  nem  toda  agressão  é  classificada  como  bullying. Além de um possível isolamento ou queda no rendimento escolar, crianças e  adolescentes  que  passam  por  humilhações  racistas,  essas  pessoas  que  sofrem  essas  humilhações, podem apresentar doenças, perturbações, e sofrer algum tipo de trauma. As  pessoas  que  sofrem  bullying  sempre  ficam  traumatizados,  envergonhados,  com raiva de serem alvo desse fato. As  pessoas  que  sofrem  por  ser  o  alvo  do  bullying  sempre  vão  se  sentir  machucados, tristes, ou seja, vão carregar esse trauma para sempre. Reginaldo Filho 8º Ano Bullying Eu entendo que o bullying é uma coisa muito infantil. Na minha escola há alguns  alunos  que  praticam  bullying,  como  chamar  apelidos.  O  bullying  atinge  pessoas  antissociais, gays , etc. O bullying pode ser acabado tratando todas as pessoas de forma  igual,  sem  nenhum  preconceito,  com  negros,  brancos,  ruivos.  Nós  podemos  debater  isso, como pode ser debatido? Como isso aconteceu? Porque existe esse tipo de coisa?  Eu  acho  que  essas  perguntas  podem  ajudar.  Observando  os  mais  inquietos,  olhar  os  demais.  Em casa você pode debater com seus filhos, se  eles chegarem em casa  tristes  conversem com ele, perguntem o que houve na escola, e mais. O bullying é uma coisa  37


muito  séria,  os  que  querem  aprender  ficam  com  medo  disso  tudo,  ficam  sendo  agredidos,  até  os  professores  são  agredidos  pelos  alunos.  Até  o  professores  agride  os  próprios alunos, ficam chamando palavrões. Isso que eu entendo.  Regislânia Rodrigues de Melo 9º Ano Bullying O bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência. O bullying é  um assunto muito polêmico. O bullying é uma agressão intencional, verbal ou física. E o bullying não é discussões ou brigas  pontuais e nem todas  as agressões são  classificadas  como  bullying.  A  pessoa  que  pratica  bullying  quer  chamar  atenção,  é  carente de amor. As consequências do bullying são doenças psicossomáticas, ou seja, pertubações  ou  lesões  psíquicas  e  até  traumas.  E  o  bullying  pode  levar  a  vítima  a  reagir  e  ficar  agressiva. O bullying ainda tem suas dúvidas. Roberlene Rodrigues do Amaral 9° Ano Bullying O bullying é uma agressão tanto verbalmente quanto fisicamente, e isso pode ser  feito por uma só pessoa e também por grupos. O bullying, na maioria dos casos, pode até ter tratamento psicológico, por que as  crianças teriam medo e vergonha de ir à escola, por causa, exatamente, de quem pratica  o bullying, os agressores. Esse problema se tornou um problema mundial, e isso não é  de agora, faz anos que o bullying se espalha pelo mundo inteiro, o bullying acontece em  toda ou qualquer escola. As pessoas que sofrem mais com esse problema são as pessoas  que usam óculos, gordas, magras, idosas, crianças, negras, isso, além de ser bullying é  também um grande preconceito. A criança que pratica o bullying contra as outras crianças, quando ficam adultas,  tem  o  mesmo  comportamento  antissocial,  tendo  atitudes  agressivas  com  amigas  e  familiares. O termo bullying tem o sentido e a origem de brigão, ou seja, agressão, por  isso que se chama “bullying”. Independentemente, o bullying é um problema grave. Rômulo Chaves 8° Ano Bullying Na minha escola existe bullying porque todos os dias eu vejo pessoas falando apelidos, falando com preconceitos e também porque tem pessoas altas, baixas, gente negra, sendo zoadas por causa de sua cor. É preciso fazer grupos para combater esse bullying, por que se não for evitado logo vai ficar cada vez pior. E para nossa cidadania é preciso que acabemos com esse preconceito, é preciso fazer um luta muito grande para evitar apelido, cor, o tamanho e os preconceitos . 38


Muitos pais que estão trabalhando que não podem sair para saber como está seu filho na escola, tem medo que os filhos estejam sendo vitimas de bullying ou até mesmo praticando com outras pessoas, por isso devem evitar grupos muitos grandes porque muitas gerações de pessoas vão nascer e se tiver o bullying eles vão se prejudica se você ajudar pode evitar . Sabrina Kelly de Brito Silva 9º Ano O bullying é um problema mundial, podendo ocorrer em praticamente qualquer  contexto em que as pessoas interajam, tais como escola, faculdade/universidade, família,  mas pode ocorrer também no local de trabalho e entre vizinhos. Há uma tendência das  escolas  não  admitirem  a  ocorrência  de  bullying  entre  seus  alunos,  mas  a  maioria  ou  desconhecem o problema, ou se negam a enfrentá­lo. Esse tipo de agressão geralmente  ocorre  em  áreas  onde  a  presença  ou  supervisão  de  pessoas  adultas  é  mínima  ou  inexistente. Estão inclusos no bullying os apelidos pejorativos criados para humilhar os  colegas. As  crianças  ou  adolescentes  que  sofrem  bullying  podem  se  tornar  adultos  com  sentimentos  negativos  e  baixa  autoestima.  Tendem  a  adquirir  sérios  problemas  de  relacionamento,  podendo,  inclusive,  contrair  comportamento  agressivo.  Em  casos  extremos, a vítima poderá tentar cometer suicídio. O bullying se divide em duas categorias: a) bullying direto, que é a forma mais  comum  entre  agressores  masculinos,  e  b)  bullying  indireto,  sendo  essa  a  forma  mais  comum  entre  mulheres  e  crianças,  tendo  como  característica  o  isolamento  social  da  vítima. Thayanne R. Freire 9° ano Bullying na escola Eu acho que em toda escola existe bullying, nem que seja só um pouco, na minha por exemplo existe de várias maneiras, vários tipos: com quem é gordo, quem é magro, se usar óculos, aparelho ou tiver algum outro tipo de problema, até porque na escola é onde mais acontece casos de bullying . Sofre preconceito de bullying até mesmo quem é inteligente, não está sendo fácil para as escolas combater esse problema, na escola é frequente acontecer casos de bullying por causa de raças e cor que se misturam em um só ambiente, na minha escola por exemplo quando isso acontece a direção trata de conversar com os alunos sobre o assunto. Na minha opinião, para o bullying ter um fim nas escolas a iniciativa tinha que partir principalmente dos próprios alunos, mas como o preconceito cresce a cada dia que passa, vai ser difícil. Thalita Sonara Silva Holanda 9ºAno O bullying O bullying é conhecido como violência que acontece em vários casos e modos, exemplo: crianças, adolescentes, idosos, pessoas conjugais e em trabalhos e escolas. 39


Mais muitas pessoas na verdade sofrem caladas com humilhações, racismo, agressões, ameaças. Com tudo isso pode apresentar doenças psicossomáticas. Mais tudo isso começa através de apelidos e brincadeiras ofensivas e o fato do bullying se tornou mais trágico como leva o individuo ao suicídio. Mas muitas vezes o bullying começa dentro de casa seja qual forem o alvo e o caso esses tipos de violência, apresentam particularidades físicas, culturais, religiões e etc. Algumas pessoas alvas do bullying não podem ajudar a acabar com o bullying se sentindo com vergonha e medo mesmo assim você tem que falar com alguém, que possa o ajudar com o seu problema não deixe de falar ou se não pode acontecer o pior com você, o bullying é crime. Hoje em dia as escolas criaram uma lei para quem pratica o bullying. Você que sofre de bullying não deixe de falar, quem pratica o bullying tem que ser punido. Tayná Oliveira Brilhante 9º Ano Bullying Bullying é uma situação que caracteriza por agressões internacionais, verbais ou físicas, feitas de maneiras repetitivas, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. Para que seja bullying, é necessário que a agressão ocorra entre pares de colegas de classes ou de trabalho. O aluno que sofre bullying, principalmente quando não pede ajuda, enfrenta medo e vergonha de ir a escola. Pode querer abandonar os estudos, não se achar bom para integrar o grupo e apresentar baixo rendimento. Tiago Feitosa Pereira 9º Ano Bullying Bullying é toda agressão feita com a intenção de machucar outra pessoa, ou até  uma  turma  inteira.  Mas,  para  ser  considerado  Bullying  de  verdade,  também  é  preciso  que essa atitude agressiva se repita algumas vezes. Esse  comportamento  é  uma  característica  de  quem  gosta  de  ofender,  humilhar,  discriminar, intimidar, enfim, de quem se diverte fazendo tudo que faça uma menina (ou  menino) sofrer. A prática do Bullying nem sempre é igual para meninos e meninas. É  comum  ver  meninos  tirando  sarro  de  alguém  na  frente  de  todo  mundo,  já  a  menina é mais educada para ser mais discreta. Uênio de Lima Maia 9º Ano Bullying Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou  físicas, vista de maneira repetitiva por um ou mais alunos, contra um ou mais colegas 40


Bullying  é  um  termo  utilizado  para  descrever  atos  de  violência  física  ou  psicológica,  intencionais  e  repetidas,  praticadas  por  um  indivíduo  (do  inglês  bully,  tirano ou valentão) ou grupo de indivíduos, causando dor e angústia, sendo executadas  dentro de uma relação desigual de poder. Discussões  ou  brigas  pontuais  não  são  bullying,  conflitos  entre  professor  e  aluno, ou aluno e gestor também não são considerados bullying. Valciclêrton Maia dos Santos 9º Ano Bullying Existe  Bullying  na  sua  escola?  Sim,  existe.  Tem  umas  pessoas  que  ainda  têm  raiva  de  pessoas  que  são  diferentes,  que  têm  deficiência  ou  são  inteligentes,  que  tem  partes do corpo que são grandes ou pequenas, etc. Na nossa escola nós discutimos muito sobre esse assunto, tem pessoas que não  discutem pois não ligam para a temática, são justamente os que praticam o Bullying. A  minha  escola  toma  muitas  medidas,  eles  falam  muito  para  nós  que  quem  praticar  o  Bullying vai ser suspenso por três dias, e se praticar mais duas vezes, vai ser expulso da  escola.  Eu  não  posso  praticar  o  byllying  em  nenhum  lugar,  nem  na  escola  e  nem  nas  ruas.  Eu  posso,  e  todos  nós  podemos,  parar  de  praticar  Bullying.  Eu  nunca  pratiquei  Bullying em nenhum lugar,  nem na  escola, nem nas ruas. Se nós todos pararmos  para  pensar  no  que  estamos  fazendo  batendo  nos  outros,  xingando  os  outros,  e  colocando  apelidos nos outros, nós não faríamos isso, por que quem é xingado, quem é espancado  e quem é apelidado não esquece, sempre lembram do dia que sofreram Bullying. Vanessa Cardoso 9° Ano Bullying O  bullying  são  agressões  intencionais,  verbais  ou  físicas,  feitas  de  maneira  repetitiva.  O  bullying  é  entendido  como  ameaça,  tirania,  opressão,  intimidação,  humilhação e maltrato. Muitas vezes a vítima pode apresentar doenças psicossomáticas  (perturbações ou lesões psíquicas) e podem até se matar. Mas nem tudo é bullying. Conflitos entre professor e alunos, ou alunos e núcleo  gestor  não  são  considerados  bullying.  Para  ser  considerado  bullying  deve  apresentar  quatro  características:  a  intenção  do  autor  em  ferir  o  alvo,  a  repetição  da  agressão,  a  presença  de  um público  espectador e a  concordância do  alvo  com relação à ofensa.  A  popularidade do bullying cresceu com a influência dos meios de comunicação, como a  internet e as reportagens na televisão. O aluno que sofre bullying, quando não pede ajuda, enfrenta medo e vergonha de  ir  à  escola. As vezes, para mostrar que não são covardes, o alvo pode se tornar alvo e  agressor ao mesmo tempo. Vanessa Costa da Silva Roque 9º Ano O bullying 41


Eu estou aqui para falar sobre um assunto que muita gente não leva a sério. Esse  assunto  é  o  Bullying  na  minha  escola,  por  exemplo,  qualquer  pessoa  diferente  é  uma  vitima de bullying, se você for roqueiro, se vestir roupas diferentes, agir diferente você  já  vai sofrer varias  críticas, apelidos muito chatos que as vezes a gente se sente  muito  mal. Quando você tem a pele mais escura também sofre vários apelidos bestas como  “chocolatinho queimado”, “feijão”, “café”, “breu”, e até os mais horríveis como “pneu”. Se você tem problemas e é muito gordo quer dizer que você é motivo de piada.  Se você for magro falam assim: “­ Cuidado, se segurem, está ventando, você pode voar”;  ou então, falam: “­ Ai, lá vem a vara de limpar mangueira”, ou então, “graveto de pau”.  E se a cabeça for grande é o “capacete ambulante”. Sabe, eu acho que o bullying acontece porque você não corre atrás do seu direito,  mas corra pois você é um cidadão. Eu acho que todos nós devemos levar o bullying mais a sério, pois isso é uma descriminação. Pois do jeito que vocês querem ser tratados, tratem seu próximo para que nas escolas, hospitais, ruas, praças, banco, lojas e etc. para que estando nesses lugares agente possa se sentir a vontade sem medo de sofrer preconceito racial. Valéria da Silva 8 ° Ano Bullying O bullying é muito comum, em todas as escola tem . Por exemplo, tem um gordinho na escola e tem aqueles meninos e meninas que começam a tirar brincadeiras bestas , como chamar ele de baleia fora D'água , bola de gordura e assim ninguém gosta, se isso fosse comigo eu não ia aguentar calada, mas essas pessoas que praticam o bullying gostam de implicar com os mais quietos tipo “nerds”, “cdf” e inteligentes . Na escola acontece muito na saída, principalmente por que os professores ficam dentro da escola ai essas pessoas aproveitam. Comigo a brincadeiras dos meninos é me chamar de Neguinha, mas eu já estou acostumada, por isso eu nem tenho raiva, tem pessoas que eu sei que dizem de forma carinhosa, que é brincadeira, mas tem outras que falam só para fazer raiva mesmo. Victor oliveira Penha 9º Ano Bullying O bullying é um ato de muita violência por que é quando alguém bate ou então  faz outra coisa muito ruim. As pessoas ficam com raiva umas das outras, ai faz coisas  ruins com as pessoas. Quando alguém dá um pontapé em outra pessoa, todos os dias, estamos perante  uma  situação  de  bullying  física.  Na  minha  opinião  o  bullying  é  um  ato  de  pura  imaturidade, mas o bullying não nasce do nada, os praticantes podem sofrer esse tipo de  agressão em saca ou na escola, pelos próprios pais ou pelos professores, mas os pais ou  professores precisam ser mais responsáveis pelos seus filhos e não deixar desrespeitar os  colegas e os professores. 42


Villeneuve Chaves Maia 8º Ano Bullying na escola A  historia  que  vou  contar  fala  sobre  o  menino  que  se  chamava  Marcos  e  ele  sofria bullying na escola. Marcos sofria muito por que alguns alunos xingavam ele como: baleia assassina,  bochechas de almôndegas, gordo, barrigudo e etc. Marcos chorava  muito, um dia ele ia  para a sala de aula só que no corredor que ele ia tinha quatro meninos xingando ele, ele  saiu correndo para o banheiro chorando muito, lá no banheiro ele conheceu um menino  chamado  Victor,  Victor  perguntou  porque  ele  estava  chorando,  ao  Marcos  disse:  ­  É  porque todo mundo ficam me  xingando  só porque sou gordo. E Victor disse: ­ Mas você não precisa chorar,  é só você ir na secretaria dizer a  diretora.  E  Marcos  foi  na  secretaria  dizer  quem  era  que  estava  xingando  ele,  e  foram  expulsos  quatro  meninos  durante  três  dias.  A  diretora  disse:  ­  Marcos,  isso  que  eles  estava fazendo se chama bullying, bullying significa xingamentos , agressões e etc. E  marcos  ficou  alegre  porque  além  de  conhecer  o  novo  amigo  ele  conseguiu  justiça. Pronto isso é o que entendo sobre bullying na escola. Vitor Moura Bezerra 8º Ano Bullying O Bullying é uma coisa muito feia, mas várias pessoas fazem isso, nas escolas é  o  principal  lugar  onde  isso  acontece.  A  vítima  não  tem  como  se  defender  pois  eles  atacam  as  pessoas  mais  indefesas  e  mais  fracas,  eles  acham  isso  engraçado,  ,  ficar  colocando apelidos nos outros, se afastando delas, batendo, assediando, e várias outras  coisas, só porque a pessoa é gorda, muito magra, tem uma cabeça um pouco grande, o  nariz, e vários outros defeitos que a pessoa tem ou acha que tem por causa da gozação  que sofre. Mas isso pode ser evitado com ajuda dos pais e dos professores, mas quando as  vítimas não têm essa ajuda eles se sentem muito tristes e sem condições de fazer nada. Vitória Oliveira Penha 9º Ano Bullying O bullying é um ato de violência física e psicológica, intencional ou repetitiva,  normalmente é praticada por pessoas mais velhas ou por pessoas que se sentem superior  as  outras.  Os  indivíduos  que  praticam  bullying  tem  como  objetivo  de  intimidar  ou  agredir o indivíduo incapaz de se defender. O  bullying  é  um  comportamento  agressivo  e  negativo,  é  executado  repetidamente, quando uma pessoa chama palavrões ou apelidos repetidamente trata­se  de bullying psicológico, o bullying é um ato de pura imaturidade, só as pessoas que se  acham as melhores fazem este ato de covardia, por isso estejam sempre atentos. 43


Bullying