Issuu on Google+

dicas E D I Ç Ã O 5 4 | R $ 1 4 ,9 5

RETOQUES

Elimine manchas e sombras e suavize rugas MONTAGENS

Combine elementos de várias fotos FILTROS

Efeitos prontos simplificam a edição TESTES

9 771807 924004

TIRE O MÁXIMO DO PROGRAMA GRÁFICO QUE VIROU SINÔNIMO DE EDIÇÃO DE IMAGENS

0 0 0 5 4>

Os recursos do CS3 Extended e do Lightroom

3D | EDIÇÃO NA WEB | FOTOS PANORÂMICAS capa_colecao54c-selo-OK.indd 3

5/29/08 6:42:09 PM


conteúdo

PHOTOSHOP CS3

TESTES

35

06 09

Na falta de uma grande-angular

37

De olhos bem abertos

38

NA WEB

Com a ajuda dos filtros

70

44

Combine, crie e reutilize

Edição e ajustes básicos

52

Filminhos mais bem-acabados

75 76 77

Controle total sobre as cores

54

Como um desenho animado

78

Aproveite só o necessário

60

Objetos em três dimensões

Show de slides é pouco

79

Trabalhe rápido no Photoshop

Sem dar um único clique

80

Em busca da imagem perfeita

O Photoshop é CS3 Edição expressa com o Lightroom

DICAS E TUTORIAIS

11 14 17 20 24 29 33

Ordem na fototeca

Junte os pedaços Cuidados com os detalhes Sem sombras e excessos

65

PROGRAMAS ECONÔMICOS

66

68 69

82

Chegou a vez do GIMP? É só baixar e usar

Ajuste de brilho é só o começo Memória coletiva Espaço reservado No tempo dos mashups

O papo é fotografia

Upgrade no Paint D I C AS I N FO I

Conteudo.indd 3

3

5/30/08 4:07:48 PM


recado da redação

A COLEÇÃO VIROU DICAS INFO H á seis anos, a Coleção INFO traz para você, todos os meses, dicas para a execução de tarefas, a solução de problemas e a melhor compra, além de apontar as tendências que vão fazer a diferença no seu dia-a-dia. Como você já deve ter notado, a revista que você folheia agora mudou de nome. Como Dicas INFO, acreditamos que a publicação passa a refletir melhor seu conteúdo. Concorda? Para provar que estamos certos, a edição sobre Photoshop CS3 está recheada de truques e tutoriais na medida para quem quer dominar o programa da Adobe e fazer o máximo na edição e no tratamento de fotografias. Nessas páginas, oferecemos um apanhado das ferramentas básicas e um mergulho nos recursos avançados que permitirão a você chegar mais rápido ao resultado desejado. Um dos tutoriais que preparamos mostra, por exemplo, como produzir uma ilustração a partir de três fotos diferentes, muita criatividade e o uso das ferramentas e dos artifícios corretos. Outro passoa-passo ensina a usar uma novidade da versão Extended do software, que é a manipulação de objetos 3D e a edição de texturas. As dicas não param aí. Na seção Na web há uma série de sugestões de serviços que representam bem a internet 2.0 quando o assunto é fotografia digital. Alguns substituem o Photoshop nas tarefas simples e outros complementam como nunca seu trabalho com imagens. MARIA ISABEL MOREIRA EDITORA DA DICAS INFO

DICAS INFO Uma publicação mensal da Editora Abril Para contatar a redação: atleitorinfo@abril.com.br Para assinar a Coleção: (11) 3347-2121 — Grande São Paulo 0800-701-2828 — Demais localidades abril.assinaturas@abril.com.br

4

I DIC A S IN FO

Recado.indd 4

EQUIPE

EDIÇÃO: Maria Isabel Moreira EDITOR DE ARTE: Maurício Medeiros CAPA: Crystian Cruz COLABORADORES: André Cardozo, Carlos Machado, Eric Costa e Lucia Reggiani (textos), Paulo Mansur (consultoria e ilustrações), Ulysses Borges de Lima (revisão)

NOTAS 10,0

IMPECÁVEL

9,0 a 9,9

ÓTIMO

8,0 a 8,9

MUITO BOM

7,0 a 7,9

BOM

6,0 a 6,9

MÉDIO

5,0 a 5,9

REGULAR

4,0 a 4,9

FRACO

3,0 a 3,9

MUITO FRACO

2,0 a 2,9

RUIM

1,0 a 1,9

BOMBA

0,0 a 0,9

LIXO

Veja os critérios de avaliação da INFO em detalhes na web em www.info.abril.com. br/sobre/infolab.shl. A lista das lojas onde os produtos testados podem ser encontrados está em www.info.abril.com. br/arquivo/onde.shl.

© FOTO MARCELO KURA

5/30/08 4:45:55 PM


VICTOR CIVITA (1907-1990) Presidente e Editor: Roberto Civita Vice-Presidente Executivo: Jairo Mendes Leal Conselho Editorial: Roberto Civita (Presidente), Thomaz Souto Corrêa (Vice-Presidente) e Jose Roberto Guzzo Diretor de Assinaturas: Fernando Costa Diretora-Geral de Publicidade: Thais Chede Soares Diretor-Geral de Publicidade Adjunto: Rogerio Gabriel Comprido Diretor de RH e Administração: Dimas Mietto Diretora de Mídia Digital: Fabiana Zanni Diretor de Planejamento e Controle: Auro Luís de Iasi Fundador:

Diretor Superintendente: Alexandre Caldini Diretora de Núcleo: Sandra Carvalho

Diretora de Redação: Débora Fortes Redator-chefe: Maurício Grego Diretor de Arte: Crystian Cruz Editor Sênior: Carlos Machado Editores: Airton Lopes, Juliano Barreto, Kátia Arima, Maria Isabel Moreira, Max Alberto Gonzales e Silvia Balieiro Estagiários: Bruno Ferrari e Marco Aurélio Zanni Editor de Arte: Jefferson Barbato Designers: Catia Herreiro e Wagner Rodrigues Colaboradores: Dagomir Marquezi e John C. Dvorak Infolab: Luiz Cruz (consultor de sistemas), Maximiano Neto e Vinícius Davanzo (estagiários) Gestor de Comunidades: Virgilio Sousa Info Online: Felipe Zmoginski (editor-assistente), Renata Verdasca e Renato Del Rio (webmasters) e Rodrigo Fonseca (estagiário) www.info.abril.com.br Apoio Editorial: Bia Mendes e Carlos Grassetti Depto. de Documentação e Abril Press: Grace de Souza

PUBLICIDADE CENTRALIZADA Diretores: Marcos Peregrina Gomez, Mariane Ortiz, Robson Monte, Sandra Sampaio Diretor de Publicidade Regional: Jacques Baisi Ricardo Diretor de Publicidade Rio de Janeiro: Paulo Renato Simões Executivos de Negócios: Ana Paula Teixeira, Daniela Serafim, Eliane Pinho, Emiliano Hansenn, Karine Thomaz, Luciano Almeida, Marcelo Cavalheiro, Marcelo Pezzato,

Marcio Bezerra, Maria Lucia Strotbek, Pedro Bonaldi, Renata Mioli, Rodrigo Toledo, Selma Costa, Sueli Fender, Susana Vieira PUBLICIDADE NÚCLEO TECNOLOGIA Gerente: Heraldo Neto Executivas de Negócio: Andrea Balsi, Débora Manzano, Lea Moreira Coordenadora: Christina Pessoa (RJ) PLANEJAMENTO, CONTROLE E OPERAÇÕES Gerente: Victor Zockun Consultora: Adriana Rossi Processos: Agnaldo Gama, Clélio Antonio, Wagner Cardoso MARKETING E CIRCULAÇÃO Gerente de Publicações: Silvana Reid Gerente de Marketing de Projetos Especiais: Antônia Costa Gerentes de Eventos: Regina Bernardi e Shirley Nakasone Coordenadora de Eventos: Carol Fioresi Defesa de Mídia: Maria Elena Nitschke Comunicação com o Mercado: Rafael Vívolo Gerente de Circulação - Avulsas: Simone Carreira Gerente de Circulação - Assinaturas: Viviane Ahrens ASSINATURAS Diretor de Atendimento e Relacionamento com o Cliente: Fabian S. Magalhães Operações de Atendimento ao Consumidor: Malvina Galatovic Em São Paulo: Redação e Correspondência: Av. das Nações Unidas, 7221, 15º andar, Pinheiros, CEP 05425-902, tel. (11) 3037-2000, fax (11) 3037-2355 Publicidade São Paulo www.publiabril.com.br, Classificados tel. 0800-7012066, Grande São Paulo tel. 3037-2700 ESCRITÓRIOS E REPRESENTANTES DE PUBLICIDADE NO BRASIL Central-SP. tel. (11) 3037-2302 Bauru Gnottos Mídia Representações Comerciais, tel. (14) 3227-0378, e-mail: gnottos@gnottosmidia.com.br Belém Midiasolution Belem, tel (91) 3222-2303, e-mail: simone.midiasolution@veloxmail.com.br Belo Horizonte Escritório tel. (31) 3282-0630, fax (31) 3282-0632 Representante Triângulo Mineiro: F&C Campos Consultoria e Assessoria Ltda. tel/fax: (16) 3620-2702, cel. (16) 8111-8159, e-mail: fmc.rep@netsite.com.br Blumenau M. Marchi Representações, tel. (47) 3329-3820, fax (47) 3329-6191, e-mail: mauro@ mmarchiabril.com.br Brasília Escritório: tels. (61) 3315-7554/55/56/57, fax (61) 3315-7558; Representante: Carvalhaw Marketing Ltda., tels. (61) 3426-7342/3223-0736/3225-2946/3223-7778, fax (61) 3321-1943, e-mail: starmkt@uol.com.br Campinas CZ Press Com. e Representações, telefax (19) 3251-2007, e-mail: czpress@czpress.com.br Campo Grande Josimar Promoções Artísticas Ltda., tel. (67) 3382-2139, e-mail: karenb@josimarpromocoes. com.br Cuiabá Agronegócios Comunic. Ltda., tels. (65) 9235-7446/9602-3419, e-mail: lucianooliveir@uol.com.br Curitiba Escritório: tel. (41) 3250-8000/8030/8040/8050/8080, fax (41) 3252-7110; Representante: Via Mídia Projetos Editoriais Mkt. e Repres. Ltda., telefax (41) 3234-1224, e-mail: viamidia@viamidiapr.com.br Florianópolis Interação Publicidade Ltda., tel. (48) 3232-1617, fax (48) 3232-1782, e-mail: fgorgonio@interacaoabril.com.br Fortaleza Midiasolution Repres. e Negoc. em Meios de Comunicação, telefax (85) 3264-3939, e-mail: simone.midiasolution@veloxmail.com.br Goiânia Middle West Representações Ltda., tels. (62) 3215-5158, fax (62) 3215-9007, e-mail: publicidade@middlewest.com.br Manaus Paper Comunicações, telefax (92) 3656-7588, e-mail: paper@internext.com.br Maringá Atitude de Comunicação e Representação, telefax (44) 3028-6969, e-mail: marlene@ atituderep.com.br Porto Alegre Escritório: tel. (51) 3327-2850, fax (51) 3327-2855; Representante: Print Sul Veículos de Comunicação Ltda., telefax (51) 3328-1344/3823/4954, e-mail: ricardo@printsul.com.br; Multimeios Representações Comerciais, tel. (51) 3328-1271, e-mail: multimeiosrepco@uol.com.br Recife MultiRevistas Publicidade Ltda., telefax (81) 3327-1597, e-mail: multirevistas@uol.com.br Ribeirão Preto Gnottos Mídia Representações Comerciais, tel (16) 3911-3025, e-mail: gnottos@gnottosmidia.com.br Rio de Janeiro pabx: (21) 2546-8282, fax (21) 2546-8253 Salvador AGMN Consultoria Public. e Representação, tel. (71) 3341-4992/1765/9824/9827, fax: (71) 3341-4996, e-mail: abrilagm@uol.com.br Vitória ZMR — Zambra Marketing Representações, tel. (27) 3315-6952, e-mail: samuel@zambramkt.com

PUBLICAÇÕES DA EDITORA ABRIL Veja: Veja, Veja São Paulo, Veja Rio, Vejas Regionais Núcleo Negócios: Exame, Exame PME, Você S/A Núcleo Tecnologia: Info, Info Corporate Núcleo Informação: Revista da Semana Núcleo Consumo: Boa Forma, Elle, Estilo, Manequim, Manequim Noiva, Revista A Núcleo Comportamento: Claudia, Gloss, Nova Núcleo Semanais de Comportamento: Ana Maria, Sou Mais Eu!, Viva Mais! Núcleo Bem-Estar: Bons Fluidos, Saúde!, Vida Simples Núcleo Jovem: Almanaque Abril, Aventuras na História, Bizz, Capricho, Guia do Estudante, Loveteen, Mundo Estranho, Superinteressante Núcleo Infantil: Atividades, Disney, Recreio Núcleo Homem: Men’s Health, Playboy, Vip Núcleo Casa e Construção: Arquitetura e Construção, Casa Claudia Núcleo Celebridades: Bravo!, Contigo!, Minha Novela, Tititi Núcleo Motor Esportes: Frota S/A, Placar, Quatro Rodas Núcleo Turismo: Guias Quatro Rodas, National Geographic, Viagem e Turismo Fundação Victor Civita: Nova Escola INTERNATIONAL ADVERTISING SALES REPRESENTATIVES Coordinator for International Advertising: Global Advertising, Inc., 218 Olive Hill Lane, Woodside, California 94062. UNITED STATES: CMP Worldwide Media Networks, 2800 Campus Drive, San Mateo, California 94403, tel. (650) 513-4200, fax (650) 513-4482. EUROPE: HZI International, Africa House, 64-78 Kingsway, London WC2B 6AH, tel. (20) 7242-6346, fax (20) 7404-4376. JAPAN: IMI Corporation, Matsuoka Bldg. 303, 18-25, Naka 1- chome, Kunitachi, Tokyo 186-0004, tel. (03) 3225-6866, fax (03) 3225-6877. TAIWAN: Lewis Int’l Media Services Co. Ltd., Floor 11-14 no 46, Sec 2, Tun Hua South Road, Taipei, tel. (02) 707-5519, fax (02) 709-8348 DICAS INFO PHOTOSHOP CS3, edição 54, (ISSN 18079245) é uma publicação da Editora Abril S.A. Distribuída em todo o país pela Dinap S.A.

Distribuidora Nacional de Publicações, São Paulo IMPRESSA NA DIVISÃO GRÁFICA DA EDITORA ABRIL S.A.

Av. Otaviano Alves de Lima, 4400, Freguesia do Ó, CEP 02909-900, São Paulo, SP

Vice-Presidentes:

Presidente do Conselho de Administração: Roberto Civita Presidente Executivo: Giancarlo Civita Arnaldo Tibyriçá, Douglas Duran, Márcio Ogliara, Mauro Calliari e Sidnei Basile www.abril.com.br

Expediente-05-2008.indd 3

5/30/08 3:05:58 PM


testes I CS3 extended

O PHOTOSHOP AGORA É CS3

2 NoBRIDGE início, o Bridge era apenas um gerenciador de imagens que acompanhava os aplicativos da Adobe. Nas suítes CS, o produto vem ganhando sucessivas promoções. Com o Photoshop CS3, o Bridge ganhou novas funções e interface mais sofisticada. Com ele, além de gerenciar os arquivos de imagem, pode-se extrair imagens diretamente da câmera fotográfica. Também é possível usar o Bridge para montar uma conferência via web e mostrar fotos e outros objetos. Para isso, os participantes da conferência precisam ter uma conta de acesso num servidor da Adobe.

O produto tem interface mais organizada, novas ferramentas e extensão para editar vídeo POR CARLOS MACHADO

Q

uem trabalha com tratamento de imagens e ainda não usou o Photoshop CS3 não sabe o que está perdendo. O produto não só é a ferramenta mais poderosa de sua categoria como traz, nessa versão, um respeitável volume de novidades que o mantêm folgadamente na dianteira. Parte da Creative Suite 3, CS3 — do qual também fazem parte o Illustrator, o InDesign e o Acrobat —, o atual Photoshop é oferecido em duas versões: CS3 e CS3 Extended.

Herdeira direta da edição CS2, a CS3 se destina a fotógrafos, designers gráficos, web designers e profissionais de impressão. Já a CS3 Extended visa a expandir o mercado do Photoshop entre profissionais de cinema, vídeo e multimídia, médicos, arquitetos, engenheiros e pesquisadores científicos. INFO analisou o Photoshop CS3 Extended e mostra, a seguir, algumas das principais características do produto.

3 UmFERRAMENTAS recurso que estréia no Photoshop CS3 é a ferramenta Seleção Rápida, que simplifica a escolha da região da imagem com que se deseja trabalhar. Basta passá-la sobre a imagem para selecionar áreas automaticamente. A seleção rápida é muito mais prática, por exemplo, que a ferramenta Laço Magnético, que já existia no produto. A Seleção Rápida, no entanto, ainda apresenta alguns senões. Às vezes, seleciona porções muito grandes da imagem. É possível desselecionar áreas, usando-a com a tecla Alt. Mesmo assim, seria desejável que houvesse um controle de sensibilidade da ferramenta. É novo também o ajuste Preto-e-branco, que permite converter fotos coloridas para preto-e-branco com base nas informações contidas nos valores RGB (vermelho, verde e azul) e CMY (ciano, magenta e amarelo) da imagem. Basta mexer em botões deslizantes para controlar cada um desses seis canais de cores e produzir um padrão de cinza personalizado. O ajuste também permite definir o matiz e a saturação para criar uma imagem monócrona, aplicando uma única cor ao padrão de cinza.

1 AINTERFACE interface do Photoshop mudou bastante. Mas não se trata de alterações que tornam o produto irreconhecível para quem usa a versão CS2. Agora, o programa baseia-se mais em painéis do que em paletas, e o usuário tem a chance de fechar as janelas menos utilizadas, transformando-as em botões, que ocupam pouco espaço na tela. Uma mudança sutil, mas importante: quando se desloca a janela principal do aplicativo, as partes secundárias também se movem com ela. Até a versão CS2, as janelas não se movimentavam de forma solidária, o que causava confusão. Do mesmo modo, a nova caixa de ferramentas exibe os botões numa coluna única, deixando mais espaço na área de trabalho. Mas basta um clique para mostrá-la em duas colunas, como na versão CS2. Outra novidade: para saber onde fica o arquivo com o qual se está trabalhando, basta passar o cursor do mouse sobre a barra de título da imagem. Surge um pop-up com o endereço do arquivo.

6

I D IC A S IN FO

Testes-CS3_Extend-Mat04.indd 6-7

DIC A S IN FO I

7

5/30/08 2:11:44 PM


testes I CS3 extended

O PHOTOSHOP AGORA É CS3

2 NoBRIDGE início, o Bridge era apenas um gerenciador de imagens que acompanhava os aplicativos da Adobe. Nas suítes CS, o produto vem ganhando sucessivas promoções. Com o Photoshop CS3, o Bridge ganhou novas funções e interface mais sofisticada. Com ele, além de gerenciar os arquivos de imagem, pode-se extrair imagens diretamente da câmera fotográfica. Também é possível usar o Bridge para montar uma conferência via web e mostrar fotos e outros objetos. Para isso, os participantes da conferência precisam ter uma conta de acesso num servidor da Adobe.

O produto tem interface mais organizada, novas ferramentas e extensão para editar vídeo POR CARLOS MACHADO

Q

uem trabalha com tratamento de imagens e ainda não usou o Photoshop CS3 não sabe o que está perdendo. O produto não só é a ferramenta mais poderosa de sua categoria como traz, nessa versão, um respeitável volume de novidades que o mantêm folgadamente na dianteira. Parte da Creative Suite 3, CS3 — do qual também fazem parte o Illustrator, o InDesign e o Acrobat —, o atual Photoshop é oferecido em duas versões: CS3 e CS3 Extended.

Herdeira direta da edição CS2, a CS3 se destina a fotógrafos, designers gráficos, web designers e profissionais de impressão. Já a CS3 Extended visa a expandir o mercado do Photoshop entre profissionais de cinema, vídeo e multimídia, médicos, arquitetos, engenheiros e pesquisadores científicos. INFO analisou o Photoshop CS3 Extended e mostra, a seguir, algumas das principais características do produto.

3 UmFERRAMENTAS recurso que estréia no Photoshop CS3 é a ferramenta Seleção Rápida, que simplifica a escolha da região da imagem com que se deseja trabalhar. Basta passá-la sobre a imagem para selecionar áreas automaticamente. A seleção rápida é muito mais prática, por exemplo, que a ferramenta Laço Magnético, que já existia no produto. A Seleção Rápida, no entanto, ainda apresenta alguns senões. Às vezes, seleciona porções muito grandes da imagem. É possível desselecionar áreas, usando-a com a tecla Alt. Mesmo assim, seria desejável que houvesse um controle de sensibilidade da ferramenta. É novo também o ajuste Preto-e-branco, que permite converter fotos coloridas para preto-e-branco com base nas informações contidas nos valores RGB (vermelho, verde e azul) e CMY (ciano, magenta e amarelo) da imagem. Basta mexer em botões deslizantes para controlar cada um desses seis canais de cores e produzir um padrão de cinza personalizado. O ajuste também permite definir o matiz e a saturação para criar uma imagem monócrona, aplicando uma única cor ao padrão de cinza.

1 AINTERFACE interface do Photoshop mudou bastante. Mas não se trata de alterações que tornam o produto irreconhecível para quem usa a versão CS2. Agora, o programa baseia-se mais em painéis do que em paletas, e o usuário tem a chance de fechar as janelas menos utilizadas, transformando-as em botões, que ocupam pouco espaço na tela. Uma mudança sutil, mas importante: quando se desloca a janela principal do aplicativo, as partes secundárias também se movem com ela. Até a versão CS2, as janelas não se movimentavam de forma solidária, o que causava confusão. Do mesmo modo, a nova caixa de ferramentas exibe os botões numa coluna única, deixando mais espaço na área de trabalho. Mas basta um clique para mostrá-la em duas colunas, como na versão CS2. Outra novidade: para saber onde fica o arquivo com o qual se está trabalhando, basta passar o cursor do mouse sobre a barra de título da imagem. Surge um pop-up com o endereço do arquivo.

6

I D IC A S IN FO

Testes-CS3_Extend-Mat04.indd 6-7

DIC A S IN FO I

7

5/30/08 2:11:44 PM


EXTENDED 4 OsCS3 recursos do Photoshop CS3 Extended para editar imagens de vídeo e animações representam uma decisão da Adobe de conquistar novos usuários para o produto, como profissionais de desenho industrial, médicos, arquitetos e pesquisadores científicos. O programa exporta para os formatos QuickTime, MPEG-4 e Flash Video. O CS3 Extended abre arquivos de vídeo e permite, por exemplo, alterar múltiplos quadros simultaneamente. Na área 3D, é possível abrir arquivos de CAD e organizar com eles uma animação. Na essência, as ferramentas do Extended procuram aproximar o Photoshop de profissionais que antes talvez não tivessem motivo para usá-lo. Para trabalhar com as ferramentas Extended, é preciso ter instalado o Apple QuickTime 7.1 ou posterior.

CAMERA RAW 5 Câmeras digitais de categoria profissional podem gerar imagens no formato RAW. Trata-se de arquivos com fotos não processadas pelo sensor da câmera e que representam originais de alta qualidade. O Photoshop CS3 traz o plug-in Camera Raw 4.0 para tratar imagens nesse formato, com suporte a mais de 150 modelos de câmeras. O Adobe Bridge é o local onde se faz esse tratamento. Com o Camera Raw, pode-se editar fotos e salvá-las em outro formato comum. Também se pode usar o Camera Raw para tratar imagens JPEG e TIFF.

PHOTOSHOP CS3 EXTENDED FABRICANTE

Adobe

O QUE É

Editor de imagens

PRÓ

É o software mais versátil e poderoso de sua categoria

CONTRA

A ferramenta Seleção Rápida ainda tem pequenos problemas

TRATAMENTO DE IMAGENS

9,0 Novas funções facilitam tarefas comuns de edição

FERRAMENTAS DE CRIAÇÃO

8,5 As muitas opções de configuração agradam ao usuário avançado

FILTROS E EFEITOS

9,0 A maioria dos filtros agora funciona de forma não destrutiva: só são aplicados quando a imagem é salva

INTERFACE E DOCUMENTAÇÃO

8,5 A interface tornou-se mais prática e mais organizada

PREÇO (R$)

3 099

ONDE ENCONTRAR

www.info.abril.com.br/download/4149.shtml

AVALIAÇÃO TÉCNICA(1) CUSTO/BENEFÍCIO

9,0 6,5

(1) MÉDIA PONDERADA CONSIDERANDO OS SEGUINTES ITENS E RESPECTIVOS PESOS: TRATAMENTO DE IMAGENS (30%), FERRAMENTAS DE CRIAÇÃO (30%), FILTROS E EFEITOS (20%) E INTERFACE E DOCUMENTAÇÃO (20%). HOUVE ACRÉSCIMO DE 0,2 PONTO NA AVALIAÇÃO TÉCNICA DEVIDO AO BOM DESEMPENHO DA ADOBE NA ÚLTIMA PESQUISA INFO DE MARCAS.

8

I DIC AS A S INFO IN FO

Testes-CS3_Extend-Mat04.indd 8

5/30/08 2:12:06 PM


testes I lightroom

EDIÇÃO EXPRESSA

O Photoshop Lightroom trata e organiza fotos com agilidade

T

radicionalmente, usuários que tratam fotos no computador se dividiam em dois perfis. Os amadores davam um retoque rápido nas fotos com um programa como o Picasa, do Google. Já os profissionais utilizavam um editor de imagens robusto, mas de uso mais trabalhoso, como o Photoshop CS3. O Photoshop Lightroom, da Adobe, procura unir a agilidade do Picasa à robustez do

Photoshop CS3. Ele não serve para colagens ou edição em camadas. Mas manda bem nos ajustes básicos e ajuda na organização das imagens. O INFOLAB avaliou a versão 1.3 do Lightroom, liberada em novembro de 2007. O aplicativo mostrouse capaz de aumentar a velocidade no tratamento das fotos, especialmente para quem fotografa em formato RAW. Leia a análise a seguir.

Lightroom: fácil de usar como o Picasa e quase tão robusto quanto o Photoshop CS3

D I C AS I NFO I

Testes-Lightroom-Mat05.indd 9

9

5/30/08 2:12:32 PM


INTERFACE A interface do Lightroom implementa um processo linear, que vai da importação das fotos até a exportação da imagem tratada. O programa faz isso por meio de cinco módulos: Library, Develop, Slideshow, Print e Web. A idéia é que o usuário importe e gerencie as fotos no Library, faça o tratamento no Develop e exporte o resultado num dos outros três módulos. Quando o módulo é trocado, também são alterados os painéis laterais. Eles possuem ferramentas específicas para cada etapa. Na prática, a interface define um fluxo de trabalho para o fotógrafo.

GERENCIAMENTO Um desafio de quem lida com uma grande quantidade de fotos é mantê-las em ordem. O Lightroom esbanja ferramentas para facilitar essa tarefa. A primeira delas é a utilização de palavras-chave. Logo na importação das fotos é possível aplicar rótulos de identificação aos arquivos. Em seguida, podem-se usar filtros para exibir somente imagens que tenham um determinado rótulo. O Lightroom também permite classificar as fotos com a ajuda de bandeiras (para fotos rejeitadas ou selecionadas), notas e cores.

AJUSTES EM LOTE Todos esses recursos estão no módulo Library, o primeiro a ser usado no Lightroom. Além de concentrar as tarefas de organização de arquivos, ele torna mais ágil algumas ações de edição. Depois de fazer uma série de ajustes numa foto, por exemplo, o usuário pode aplicar os mesmos efeitos a um grupo de imagens de uma só vez. Esse é um dos recursos mais poderosos para tornar rápido o tratamento de grandes quantidades de imagens.

METADADOS Outra ferramenta útil do módulo Library é o inspetor de metadados. Ele importa informações das fotos — como modelo da câmera, tipo de lente e sensibilidade ISO — e permite editar esses dados. Além disso, possibilita filtrar as imagens exibidas tendo os metadados como critério. Assim, fica fácil separar fotos feitas em câmeras diferentes, por exemplo.

EDIÇÃO INTELIGENTE O maior atrativo do Lightroom é a edição nãodestrutiva. O aplicativo usa um arquivo separado para gravar as operações de edição de foto, deixando a imagem original intacta. Por isso, pode-se mexer à vontade nas fotos sem temer a perda de qualidade. A edição não destrutiva é aplicada a arquivos RAW, JPEG e TIFF. O programa manda bem na facilidade de uso das ferramentas. Até mesmo o histograma serve como recurso de edição. Basta clicar nele e arrastá-lo para ajustar a tonalidade da imagem.

FERRAMENTAS O Lightroom traz também alguns recursos presentes em outros editores de imagem, como ferramentas de

recorte (Crop), clonagem de pixels e remoção de olhos vermelhos. Essas ferramentas são bastante eficazes, como é de se esperar de um aplicativo profissional. Mas exigem bastante conhecimento de teoria de cor e fotografia para que forneçam os resultados desejados.

EXPORTAÇÃO Depois de editar as imagens, o usuário pode acessar os módulos Slideshow, Print e Web para exportar as fotos para o formato desejado. Entre os três, o Print é o mais robusto. Ele traz boas opções para aproveitar o espaço no papel e permite incluir marca d’água e numeração nas páginas. Já os módulos Slideshow e Web vêm com opções básicas para montagem de slideshows, exportados em PDF, e galerias de imagem para a web, geradas em HTML ou Flash.

LIMITAÇÕES O Lightroom pode tornar mais ágil o fluxo de trabalho do profissional de fotografia. Mas ele não substitui por completo seu irmão mais famoso, o Photoshop CS3. Problemas? O Lightroom não trabalha com camadas nem possui ferramentas de pintura, desenho ou texto. Fora isso, também não suporta o modo de cores CMYK, empregado na indústria gráfica.

PHOTOSHOP LIGHTROOM FABRICANTE

Adobe

O QUE É

Aplicativo para organização e tratamento de fotos

PRÓ

Edição não-destrutiva e fluxo de trabalho ágil

CONTRA

Recursos de slideshow e exportação para a web são básicos

GERENCIAMENTO

7,5 Permite filtrar imagens por palavra-chave, nota e cor

TRATAMENTO

8,2 Trata todo um lote de fotos numa só operação

INTERFACE

8,5 Divisão em módulos agiliza as tarefas

COMPATIBILIDADE 6,5 Arquivos RAW, JPEG, TIFF e PSD. Só cores RGB PREÇO (R$)

887

ONDE ENCONTRAR

www.info.abril.com.br/ download/4918.shtml

AVALIAÇÃO TÉCNICA(1) CUSTO/BENEFÍCIO

7,9 7,1

(1) MÉDIA PONDERADA CONSIDERANDO OS SEGUINTES ITENS E RESPECTIVOS PESOS: EDIÇÃO (30%), GERENCIAMENTO (30%), INTERFACE (20%) E COMPATIBILIDADE (20%). HOUVE UM ACRÉSCIMO DE 0,2 PONTO NA AVALIAÇÃO TÉCNICA DEVIDO AO BOM DESEMPENHO DA ADOBE NA ÚLTIMA PESQUISA INFO DE MARCAS.

10 I DIC AS A S INFO IN FO

Testes-Lightroom-Mat05.indd 10

5/30/08 2:12:51 PM


dicas e tutoriais I organização

ORDEM NA FOTOTECA A

O Bridge se encarrega da captura e da organização das imagens

boa edição de fotos começa já na transferência das imagens da câmera para o computador. Há vários programas que permitem capturar, organizar a fazer pequenos ajustes nas fotos. O Photoshop CS3 inclui o gerenciador Bridge para cuidar dessas tarefas. Precisa tratar uma foto com o Photoshop? O Bridge aciona automaticamente o editor de imagens. Basta dar um duplo clique na imagem que precisa ser tratada.

INTERFACE

Bridge: gerenciador cuida da importação, da organização e de pequenos ajustes

PESQUISA POR PALAVRA Podemos atribuir à imagem uma palavrachave pela aba correspondente. Isso pode ser feito marcando uma das opções predefinidas ou criando uma nova. Abaixo da aba, um campo dá conta da busca por palavra-chave.

Do lado esquerdo da tela, o Bridge dá acesso às pastas favoritas e à árvore de diretórios do micro. Pela aba Filtrar, é possível classificar as imagens por nome, resolução e outros critérios. No centro, são exibidas as fotos contidas numa pasta, de acordo com o critério de classificação escolhido. Ao clicar em uma imagem, ela aparece ampliada na área de visualização. Abaixo, na aba Metadados, são exibidos os dados do arquivo e os registros feitos pela câmera.

D I C AS I NFO I 11

Dicas_Tuts-Organizac-Mat06.indd 11

5/30/08 2:13:23 PM


EMPILHAMENTO Para facilitar mais ainda o trabalho, podemos agrupar imagens relacionadas e gerenciá-las como se fossem uma só. Basta selecionar as imagens que serão amontoadas, acionar o menu Pilhas e escolher Agrupar como Pilha. Com isso, é possível abri-las, copiá-las, movê-las, renomeá-las etc. Tudo de uma única vez. Para desempilhar as fotos, abra novamente o menu e selecione a opção correspondente.

BARRA DE STATUS O rodapé da tela do Bridge fornece dados e ferramentas de exibição. Do lado esquerdo, diz quantos itens há na pasta e o tamanho do arquivo selecionado. Do lado direito, pode-se distanciar ou aproximar a imagem pelo botão deslizante, além de alternar modos de exibição, pelos quadradinhos.

IMPORTAÇÃO DE FOTOS Para extrair as imagens da câmera ou de um cartão de memória pelo Bridge, conectamos o dispositivo ao PC e acionamos o menu Arquivo > Obter Fotos da Câmera. Na caixa de diálogo, selecionamos o dispositivo. Rapidamente o programa o localiza e exibe informações, como número de arquivos e tamanho. Ainda na caixa de diálogo, definimos a pasta de destino das imagens. Também podemos renomear o lote todo de uma vez, escolhendo a forma no menu suspenso e clicando em Obter Fotos. Só esse recurso já significa um enorme ganho de tempo.

CÂMERA RAW O melhor de tudo é que as fotos capturadas nos formatos RAW, TIF e JPG podem ser ajustadas no próprio Bridge, individualmente ou em lotes. Selecione, por exemplo, uma pilha e acione o menu Arquivo > Abrir no Camera Raw. No plug-in Camera Raw, as miniaturas das fotos da pilha ficam do lado esquerdo. Podemos selecionar todas ou algumas para aplicar a mesma correção. No alto, ao centro, estão as ferramentas para recortar, retocar e girar a imagem. Ainda no Camera Raw, temos vários ajustes de cores, exposição e brilho, entre outros. Basta deslizar os botões para visualizar o efeito no centro da tela.

DETALHES Outro recurso que poupa tempo é a lupa. Com ela, podemos ver uma parte de uma imagem em detalhes, sem dar zoom e perder o contexto. É só clicar na imagem no painel Visualizar, à direita, para abrir a lupa e movê-la pela imagem com o mouse para avaliar os detalhes.

12 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Organizac-Mat06.indd 12-13

DIC A S IN FO I 13

5/30/08 2:13:48 PM


EMPILHAMENTO Para facilitar mais ainda o trabalho, podemos agrupar imagens relacionadas e gerenciá-las como se fossem uma só. Basta selecionar as imagens que serão amontoadas, acionar o menu Pilhas e escolher Agrupar como Pilha. Com isso, é possível abri-las, copiá-las, movê-las, renomeá-las etc. Tudo de uma única vez. Para desempilhar as fotos, abra novamente o menu e selecione a opção correspondente.

BARRA DE STATUS O rodapé da tela do Bridge fornece dados e ferramentas de exibição. Do lado esquerdo, diz quantos itens há na pasta e o tamanho do arquivo selecionado. Do lado direito, pode-se distanciar ou aproximar a imagem pelo botão deslizante, além de alternar modos de exibição, pelos quadradinhos.

IMPORTAÇÃO DE FOTOS Para extrair as imagens da câmera ou de um cartão de memória pelo Bridge, conectamos o dispositivo ao PC e acionamos o menu Arquivo > Obter Fotos da Câmera. Na caixa de diálogo, selecionamos o dispositivo. Rapidamente o programa o localiza e exibe informações, como número de arquivos e tamanho. Ainda na caixa de diálogo, definimos a pasta de destino das imagens. Também podemos renomear o lote todo de uma vez, escolhendo a forma no menu suspenso e clicando em Obter Fotos. Só esse recurso já significa um enorme ganho de tempo.

CÂMERA RAW O melhor de tudo é que as fotos capturadas nos formatos RAW, TIF e JPG podem ser ajustadas no próprio Bridge, individualmente ou em lotes. Selecione, por exemplo, uma pilha e acione o menu Arquivo > Abrir no Camera Raw. No plug-in Camera Raw, as miniaturas das fotos da pilha ficam do lado esquerdo. Podemos selecionar todas ou algumas para aplicar a mesma correção. No alto, ao centro, estão as ferramentas para recortar, retocar e girar a imagem. Ainda no Camera Raw, temos vários ajustes de cores, exposição e brilho, entre outros. Basta deslizar os botões para visualizar o efeito no centro da tela.

DETALHES Outro recurso que poupa tempo é a lupa. Com ela, podemos ver uma parte de uma imagem em detalhes, sem dar zoom e perder o contexto. É só clicar na imagem no painel Visualizar, à direita, para abrir a lupa e movê-la pela imagem com o mouse para avaliar os detalhes.

12 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Organizac-Mat06.indd 12-13

DIC A S IN FO I 13

5/30/08 2:13:48 PM


dicas e tutoriais I retoques

EDIÇÃO E AJUSTES BÁSICOS

INVERSÃO É comum as fotos verticais saírem deitadas da câmera ou do scanner. Para girar uma imagem, vá ao menu Imagem > Girar Tela de Pintura e defina os graus de rotação. É possível também inverter a imagem, usando os comandos Virar Tela de Pintura Horizontalmente e Virar Tela de Pintura Verticalmente.

Erros de enquadramento, brilho, contraste, foco e olhos vermelhos são solucionados em instantes

M

esmo fotógrafos mais experientes podem deparar com imagens aquém do que esperavam depois que transferem o conteúdo da câmera para o computador. São fotos com enquadramento infeliz, erro de exposição ou falta de foco. Mas a lixeira nem sempre é o destino certo para essas imagens. Quando não há oportunidade de refazê-las, o uso de alguns recursos simples do Photoshop pode fazer toda a diferença.

ENQUADRAMENTO Quando um elemento parece solitário no meio da foto, podemos mudar o enquadramento com o recorte da imagem. No Photoshop, a tarefa é feita com a ferramenta Corte Demarcado. Com esse recurso selecionado, desenhe um retângulo, delimitando a área desejada, e solte o mouse. É possível mover essa marca para analisar as possibilidades de corte. Também é possível alterar o tamanho da marca, arrastando as alças. Para concluir o recorte, tecle Enter.

REDIMENSIONAMENTO Se a intenção for apenas redimensionar a foto, no menu Imagem, clique em Tamanho da Imagem. Na caixa de diálogo que aparecerá, defina as medidas em pixels, que indicam o tamanho no monitor. Na parte inferior, aparece o tamanho que a imagem terá quando for impressa na resolução escolhida. Marcar o item Restringir Proporções mantém a relação entre largura e altura. Já a opção Restaurar Resolução da Imagem permite que alterações das dimensões em centímetros e da resolução afetem o tamanho em pixels. Quando desativada, o tamanho em pixels fica travado, e só a resolução muda.

14 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Retoques-Mat07.indd 14-15

OLHOS VERMELHOS O uso incorreto do flash costuma produzir olhos vermelhos nos retratos. Para retocá-los, use a opção Olhos Vermelhos da barra de ferramentas. Basta ativá-la e clicar na parte vermelha do olho para fazer a correção.

EXPOSIÇÃO O menu Imagem é rico em recursos para o tratamento de fotos. Um dos mais usados é o que equilibra brilho e contraste em imagens escuras. Para usá-lo, acione Imagem > Ajustes > Brilho/Contraste. Na caixa de diálogo, deslize os dois controles até chegar ao resultado desejado. Esse ajuste não compromete os detalhes de luz e sombra da imagem original. Essa característica de edição não-destrutiva é uma das melhorias introduzidas na versão CS3 do Photoshop.

DIC A S IN FO I 15

6/6/08 11:12:07 AM


dicas e tutoriais I retoques

EDIÇÃO E AJUSTES BÁSICOS

INVERSÃO É comum as fotos verticais saírem deitadas da câmera ou do scanner. Para girar uma imagem, vá ao menu Imagem > Girar Tela de Pintura e defina os graus de rotação. É possível também inverter a imagem, usando os comandos Virar Tela de Pintura Horizontalmente e Virar Tela de Pintura Verticalmente.

Erros de enquadramento, brilho, contraste, foco e olhos vermelhos são solucionados em instantes

M

esmo fotógrafos mais experientes podem deparar com imagens aquém do que esperavam depois que transferem o conteúdo da câmera para o computador. São fotos com enquadramento infeliz, erro de exposição ou falta de foco. Mas a lixeira nem sempre é o destino certo para essas imagens. Quando não há oportunidade de refazê-las, o uso de alguns recursos simples do Photoshop pode fazer toda a diferença.

ENQUADRAMENTO Quando um elemento parece solitário no meio da foto, podemos mudar o enquadramento com o recorte da imagem. No Photoshop, a tarefa é feita com a ferramenta Corte Demarcado. Com esse recurso selecionado, desenhe um retângulo, delimitando a área desejada, e solte o mouse. É possível mover essa marca para analisar as possibilidades de corte. Também é possível alterar o tamanho da marca, arrastando as alças. Para concluir o recorte, tecle Enter.

REDIMENSIONAMENTO Se a intenção for apenas redimensionar a foto, no menu Imagem, clique em Tamanho da Imagem. Na caixa de diálogo que aparecerá, defina as medidas em pixels, que indicam o tamanho no monitor. Na parte inferior, aparece o tamanho que a imagem terá quando for impressa na resolução escolhida. Marcar o item Restringir Proporções mantém a relação entre largura e altura. Já a opção Restaurar Resolução da Imagem permite que alterações das dimensões em centímetros e da resolução afetem o tamanho em pixels. Quando desativada, o tamanho em pixels fica travado, e só a resolução muda.

14 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Retoques-Mat07.indd 14-15

OLHOS VERMELHOS O uso incorreto do flash costuma produzir olhos vermelhos nos retratos. Para retocá-los, use a opção Olhos Vermelhos da barra de ferramentas. Basta ativá-la e clicar na parte vermelha do olho para fazer a correção.

EXPOSIÇÃO O menu Imagem é rico em recursos para o tratamento de fotos. Um dos mais usados é o que equilibra brilho e contraste em imagens escuras. Para usá-lo, acione Imagem > Ajustes > Brilho/Contraste. Na caixa de diálogo, deslize os dois controles até chegar ao resultado desejado. Esse ajuste não compromete os detalhes de luz e sombra da imagem original. Essa característica de edição não-destrutiva é uma das melhorias introduzidas na versão CS3 do Photoshop.

DIC A S IN FO I 15

6/6/08 11:12:07 AM


Enquadre sem erros

AJUSTES AUTOMÁTICOS Nas correções leves, os ajustes automáticos funcionam bem. Em fotos feitas em dias nublados, vale aplicar o Contraste Automático para destacar o assunto. Em imagens com uma cor predominante, o ajuste Níveis Automáticos é mais indicado. Ele corrige brilho, contraste e cores.

FOCO

Um jeito bom de melhorar o enquadramento ao fotografar é seguir a regra dos terços. Sobre o visor da câmera, imagine duas linhas verticais e duas horizontais, como no jogo-da-velha. Distribua os elementos nos pontos de interseção das linhas ou em cada terço da imagem delimitado por elas.

Fotos desfocadas podem melhorar com os filtros do grupo Tornar Nítido. O filtro Aplicação Inteligente de Nitidez, por exemplo, oferece controles avançados de ajuste. Escolha Remover Desfoque de Lente e marque a caixa Mais Preciso. Tenha em mente, no entanto, que esse truque ajuda, mas não faz milagres.

16 I DIC AS A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Retoques-Mat07.indd 16

5/30/08 2:14:47 PM


dicas e tutoriais I cores

CONTROLE TOTAL SOBRE AS CORES As ferramentas Nível e Curvas garantem ajustes mais precisos das tonalidades POR LUCIA REGGIANI

DEPOIS D

ANTES Nível: ajuste permite transformar foto escura (esquerda) em imagem aproveitável

F

otos boas mas com cores saturadas ou desbotadas pedem um ajuste refinado. No Photoshop, há várias ferramentas que corrigem tonalidades de cor. As mais completas e mais usadas pelos profissionais são Níveis e Curvas. Veja, a seguir, como tirar proveito desses dois recursos.

NÍVEIS O ajuste Níveis (Imagens > Ajustes > Níveis) é indicado para corrigir o intervalo de tons e o equilíbrio de cores. É a opção para reparar a intensidade das sombras, dos realces e também dos tons médios. Na caixa de diálogo correspondente, o histograma da foto mostra a distribuição de valores de pixels, de 0 a 255, do ponto mais escuro ao mais claro. O controle deslizante preto lida com as áreas mais escuras, que são as sombras da imagem. O branco, por sua vez, responde pelas partes mais claras, enquanto o controle cinza comanda os tons médios ou gama.

D I C AS I NFO I 17

Dicas_Tuts-Cores-Mat08.indd 17

5/30/08 2:15:07 PM


CURVAS AJUSTES Ao deslizar os controles, os pixels originais e os valores em Níveis de Entrada são alterados. Primeiro, mova os controles preto e branco em direção ao centro para aumentar o contraste. Depois, movimente ligeiramente o cinza para clarear ou escurecer os tons médios sem afetar os pontos extremos de claros e sombras.

SELETOR DE CANAIS Observe o seletor Canal. É possível escolher os canais Vermelho, Verde e Azul, e trabalhar com cada um deles separadamente. Assim, pode-se mudar não somente a área de predominância da cor como a tonalidade total da imagem. A calibragem deve ser feita primeiro pelo controle central.

O ajuste Curvas pode ser usado para acertar até 14 pontos diferentes no intervalo de tons de uma imagem. Na caixa de diálogo correspondente, a versão CS3 do Photoshop introduziu um histograma e a caixa Predefinição, recheada de ajustes automáticos. Eles produzem níveis diferentes de contraste e efeitos interessantes, como Negativo e Processo Cruzado. Abaixo das predefinições está o campo Canal, ajustado para o modo de cor RGB.

REGULAGEM Ao centro da caixa de diálogo Curvas, um quadriculado representa os níveis de luminosidade da imagem. Ele é cortado por uma linha diagonal, pela qual são feitos os ajustes. O eixo horizontal representa os valores de brilho originais dos pixels. O vertical representa os novos valores. A parte mais escura fica no canto inferior esquerdo, e a mais luminosa, no canto superior direito. Quando a curva é arrastada para cima, a imagem é clareada. Quando é levada para baixo, a imagem é escurecida.

PRETO-E-BRANCO

MATIZ/ SATURAÇÃO Para corrigir áreas específicas com cores carregadas, pode-se usar o comando Matiz/Saturação. Na caixa de diálogo, escolha o canal de cor. Ative o conta-gotas e clique com ele na cor que quer ajustar. Depois, mova os controles até o ponto desejado.

18 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Cores-Mat08.indd 18-19

Outra novidade do Photoshop CS3 é o ajuste Pretoe-branco (Imagens > Ajustes > Preto-e-branco), que converte fotos coloridas em tons de cinza, controlando cada cor individualmente. Na caixa de diálogo, basta deslizar os botões para controlar cada um dos seis canais de cores e produzir um padrão de cinza personalizado. Quando se marca a caixa Colorir, o ajuste permite definir o matiz e a saturação para aplicar uma única cor ao padrão de cinza. Na caixa Predefinição, há vários ajustes automáticos que funcionam como filtros de cor.

DIC A S IN FO I 19

5/30/08 2:15:26 PM


CURVAS AJUSTES Ao deslizar os controles, os pixels originais e os valores em Níveis de Entrada são alterados. Primeiro, mova os controles preto e branco em direção ao centro para aumentar o contraste. Depois, movimente ligeiramente o cinza para clarear ou escurecer os tons médios sem afetar os pontos extremos de claros e sombras.

SELETOR DE CANAIS Observe o seletor Canal. É possível escolher os canais Vermelho, Verde e Azul, e trabalhar com cada um deles separadamente. Assim, pode-se mudar não somente a área de predominância da cor como a tonalidade total da imagem. A calibragem deve ser feita primeiro pelo controle central.

O ajuste Curvas pode ser usado para acertar até 14 pontos diferentes no intervalo de tons de uma imagem. Na caixa de diálogo correspondente, a versão CS3 do Photoshop introduziu um histograma e a caixa Predefinição, recheada de ajustes automáticos. Eles produzem níveis diferentes de contraste e efeitos interessantes, como Negativo e Processo Cruzado. Abaixo das predefinições está o campo Canal, ajustado para o modo de cor RGB.

REGULAGEM Ao centro da caixa de diálogo Curvas, um quadriculado representa os níveis de luminosidade da imagem. Ele é cortado por uma linha diagonal, pela qual são feitos os ajustes. O eixo horizontal representa os valores de brilho originais dos pixels. O vertical representa os novos valores. A parte mais escura fica no canto inferior esquerdo, e a mais luminosa, no canto superior direito. Quando a curva é arrastada para cima, a imagem é clareada. Quando é levada para baixo, a imagem é escurecida.

PRETO-E-BRANCO

MATIZ/ SATURAÇÃO Para corrigir áreas específicas com cores carregadas, pode-se usar o comando Matiz/Saturação. Na caixa de diálogo, escolha o canal de cor. Ative o conta-gotas e clique com ele na cor que quer ajustar. Depois, mova os controles até o ponto desejado.

18 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Cores-Mat08.indd 18-19

Outra novidade do Photoshop CS3 é o ajuste Pretoe-branco (Imagens > Ajustes > Preto-e-branco), que converte fotos coloridas em tons de cinza, controlando cada cor individualmente. Na caixa de diálogo, basta deslizar os botões para controlar cada um dos seis canais de cores e produzir um padrão de cinza personalizado. Quando se marca a caixa Colorir, o ajuste permite definir o matiz e a saturação para aplicar uma única cor ao padrão de cinza. Na caixa Predefinição, há vários ajustes automáticos que funcionam como filtros de cor.

DIC A S IN FO I 19

5/30/08 2:15:26 PM


dicas e tutoriais I recortes

APROVEITE SÓ O NECESSÁRIO M

LAÇO O grupo de ferramentas Laço traz as opções de seleção manual, poligonal e magnético. A opção manual Laço permite o contorno à mão livre, mas requer habilidade com o mouse. Quando acionada, é necessário clicar na imagem e arrastar o cursor, definindo o traçado. O Laço Poligonal (tela abaixo) permite a criação de qualquer tipo de polígono. Basta clicar nos vértices para que o Photoshop trace as retas. O Laço Magnético, por sua vez, é apropriado para a demarcação de objetos com curvas, uma vez que adere automaticamente ao contorno.

Conheça as ferramentas de corte que permitem destacar partes das imagens uitas vezes, vemos elementos numa foto que gostaríamos de levar para um outro fundo. A combinação de imagens, que você verá mais à frente, no tutorial Junte os pedaços, é um processo de várias etapas. A primeira é o recorte das peças, uma tarefa que exige conhecimento das diversas ferramentas de seleção para que se use a mais adequada para cada situação.

REBARBAS

Recorte: R ecorte: t fferramentas erramentas t per permitem mitem it ext extrair trair i elementos ellementos t d das as fotos fottos

ESCOLHA RÁPIDA A Seleção Rápida, novidade na barra de ferramentas do Photoshop CS3, é fácil de usar. Selecione-a (é uma das opções disponíveis quando se clica no quarto botão da barra de ferramenta padrão, de cima para baixo). Em seguida, defina as propriedades do pincel na barra Opções e pinte-o para selecionar áreas automaticamente. Para reduzir a área selecionada, acione a opção Subtrair da Seleção e clique sobre o excesso. Para ampliar, ative Adicionar à Seleção.

20 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Recortes-Mat09.indd 20-21

Para eliminar as rebarbas quando a ferramenta Seleção Rápida é usada, clique em Refinar Aresta. Na caixa de diálogo correspondente, mova os controles deslizantes, como Suavização e Contrair/Expandir, até eliminar as sobras. Quando um controle é ativado, a caixa Descrição exibe informações sobre ele.

CÍRCULOS E QUADRADOS No grupo Letreiro estão as ferramentas que fazem contornos retangulares, circulares, de uma linha ou coluna. Para selecionar um elemento, como o relógio do exemplo abaixo, a melhor saída é ativar a ferramenta Letreiro Elíptico, clicar na imagem e arrastar o cursor. Quando o botão do mouse é solto, a seleção é feita. Pode-se mover a seleção e ajustá-la. Se for necessário removê-la, não adianta teclar Esc porque não funciona. É preciso acionar o menu Selecionar > Cancelar Seleção ou teclar Ctrl + D.

DIC A S IN FO I 21

5/30/08 2:15:58 PM


dicas e tutoriais I recortes

APROVEITE SÓ O NECESSÁRIO M

LAÇO O grupo de ferramentas Laço traz as opções de seleção manual, poligonal e magnético. A opção manual Laço permite o contorno à mão livre, mas requer habilidade com o mouse. Quando acionada, é necessário clicar na imagem e arrastar o cursor, definindo o traçado. O Laço Poligonal (tela abaixo) permite a criação de qualquer tipo de polígono. Basta clicar nos vértices para que o Photoshop trace as retas. O Laço Magnético, por sua vez, é apropriado para a demarcação de objetos com curvas, uma vez que adere automaticamente ao contorno.

Conheça as ferramentas de corte que permitem destacar partes das imagens uitas vezes, vemos elementos numa foto que gostaríamos de levar para um outro fundo. A combinação de imagens, que você verá mais à frente, no tutorial Junte os pedaços, é um processo de várias etapas. A primeira é o recorte das peças, uma tarefa que exige conhecimento das diversas ferramentas de seleção para que se use a mais adequada para cada situação.

REBARBAS

Recorte: R ecorte: t fferramentas erramentas t per permitem mitem it ext extrair trair i elementos ellementos t d das as fotos fottos

ESCOLHA RÁPIDA A Seleção Rápida, novidade na barra de ferramentas do Photoshop CS3, é fácil de usar. Selecione-a (é uma das opções disponíveis quando se clica no quarto botão da barra de ferramenta padrão, de cima para baixo). Em seguida, defina as propriedades do pincel na barra Opções e pinte-o para selecionar áreas automaticamente. Para reduzir a área selecionada, acione a opção Subtrair da Seleção e clique sobre o excesso. Para ampliar, ative Adicionar à Seleção.

20 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Recortes-Mat09.indd 20-21

Para eliminar as rebarbas quando a ferramenta Seleção Rápida é usada, clique em Refinar Aresta. Na caixa de diálogo correspondente, mova os controles deslizantes, como Suavização e Contrair/Expandir, até eliminar as sobras. Quando um controle é ativado, a caixa Descrição exibe informações sobre ele.

CÍRCULOS E QUADRADOS No grupo Letreiro estão as ferramentas que fazem contornos retangulares, circulares, de uma linha ou coluna. Para selecionar um elemento, como o relógio do exemplo abaixo, a melhor saída é ativar a ferramenta Letreiro Elíptico, clicar na imagem e arrastar o cursor. Quando o botão do mouse é solto, a seleção é feita. Pode-se mover a seleção e ajustá-la. Se for necessário removê-la, não adianta teclar Esc porque não funciona. É preciso acionar o menu Selecionar > Cancelar Seleção ou teclar Ctrl + D.

DIC A S IN FO I 21

5/30/08 2:15:58 PM


VARINHA A Varinha Mágica seleciona todos os pixels de cor semelhante à do local em que se clica. Assim, fica mais fácil selecionar áreas inteiras da mesma cor. Para selecionar várias áreas da imagem simultaneamente, pressione a tecla Shift enquanto usa a ferramenta. Na barra de opções da Varinha Mágica há o controle do nível de tolerância em relação às cores. Quanto maior o valor, mais diferentes da cor original são os pontos selecionados. Já a opção Adjacente, se desmarcada, faz a varinha selecionar pontos da mesma cor que estão separados na imagem.

INVERSÃO O comando de inversão da seleção ajuda a recortar imagens com fundo de uma cor predominante. No exemplo ao lado, primeiro a Seleção Rápida foi usada no fundo. Depois, o menu Selecionar > Inverter foi acionado. Como resultado, o primeiro plano foi selecionado.

CABELOS Cabelos são difíceis de recortar. Para facilitar a tarefa, um truque é selecionar primeiro a área da cabeça. Depois, acionar o menu Filtro > Extrair. Na janela Extrair, ajuste o pincel, clique no Realçador de Aresta e pinte o contorno do cabelo. Em seguida, ainda na caixa de diálogo Extrair, ative a lata de tinta e preencha a seleção. Clique em Visualizar para ver o resultado. Use as ferramentas Limpar e Retocar Aresta para o ajuste fino e clique em OK.

22 I DIC AS A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Recortes-Mat09.indd 22

5/30/08 2:16:20 PM


dicas e tutoriais I fotomontagem

JUNTE OS PEDAÇOS

REDIMENSIONAMENTO Produza montagens fotográficas com elementos retirados de diferentes fotos

N

o tutorial anterior (Aproveite só o necessário), abordamos as várias ferramentas de seleção disponíveis no Photoshop que permitem o recorte de elementos. Neste, vamos mostrar como fundir elementos de diferentes fotografias para criar uma nova imagem. Para exemplificar, pegaremos uma borboleta recortada de um fundo florido e a posicionaremos em outro jardim. De quebra, exploraremos alguns recursos de edição em camadas.

As camadas funcionam como folhas transparentes empilhadas. Em cada camada, é possível alterar ou eliminar partes de uma imagem sem afetar os outros elementos. No exemplo, clicamos na Camada 1 e acionamos o menu Editar > Transformação > Redimensionar para ajustar o tamanho da imagem recortada em relação ao fundo. Na barra de opções, clicamos na corrente para manter a proporção do objeto e arrastamos as alças para reduzir o tamanho como desejado. Voltamos, em seguida, ao menu Editar > Transformação, aplicamos o comando Girar e, em seguida, Inclinar. Faça outros ajustes que julgar convenientes. Quando concluir, tecle Enter.

GERENCIAMENTO DE CAMADAS Todas as camadas têm o desenho de um olho na frente no painel de camadas, indicando que estão visíveis. Para ocultar uma camada, basta clicar no olho correspondente. Há vários caminhos para criar uma nova camada. Um deles fica no menu Camada. É possível também clicar com o botão direito sobre a camada e ter acesso ao menu de contexto. No projeto que criamos como exemplo, selecionamos a opção Duplicar Camada e a renomeamos para Borboleta2. Na Camada 1, demos um clique duplo e a renomeamos para Borboleta1.

Novo cenário: a borboleta vai do fundo azul para o novo jardim

COLAGEM EM CAMADAS Comece abrindo as duas imagens. Com a foto que será recortada ativa, observe, na paleta Camadas, sua indicação como Plano de Fundo. Com o objeto que será recortado dessa imagem já selecionado, tecle Ctrl + C para copiá-lo. Clique na foto que servirá de fundo e tecle Ctrl + V para colar. Note, depois disso, que o Photoshop criou uma nova camada automaticamente.

Montagem simples Não é preciso, necessariamente, trabalhar com camadas para levar um objeto selecionado para um outro arquivo. Com a ferramenta Mover, clique sobre a seleção e arraste o recorte para o novo fundo. Feche a imagem original do objeto e passe a fazer os ajustes para adaptá-lo à nova cena. Ao salvar o arquivo, objeto e fundo se fundem.

24 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Fotomont-Mat10.indd 24-25

NOVO ELEMENTO Ativamos, em seguida, a camada Borboleta2, movemos o elemento de lugar, reduzimos seu tamanho e mudamos sua cor. Depois, usamos o mesmo procedimento para duplicar o Plano de Fundo, criando a camada Brilho, e acentuamos o brilho para dar maior destaque às borboletas.

DIC A S IN FO I 25

5/30/08 2:16:54 PM


dicas e tutoriais I fotomontagem

JUNTE OS PEDAÇOS

REDIMENSIONAMENTO Produza montagens fotográficas com elementos retirados de diferentes fotos

N

o tutorial anterior (Aproveite só o necessário), abordamos as várias ferramentas de seleção disponíveis no Photoshop que permitem o recorte de elementos. Neste, vamos mostrar como fundir elementos de diferentes fotografias para criar uma nova imagem. Para exemplificar, pegaremos uma borboleta recortada de um fundo florido e a posicionaremos em outro jardim. De quebra, exploraremos alguns recursos de edição em camadas.

As camadas funcionam como folhas transparentes empilhadas. Em cada camada, é possível alterar ou eliminar partes de uma imagem sem afetar os outros elementos. No exemplo, clicamos na Camada 1 e acionamos o menu Editar > Transformação > Redimensionar para ajustar o tamanho da imagem recortada em relação ao fundo. Na barra de opções, clicamos na corrente para manter a proporção do objeto e arrastamos as alças para reduzir o tamanho como desejado. Voltamos, em seguida, ao menu Editar > Transformação, aplicamos o comando Girar e, em seguida, Inclinar. Faça outros ajustes que julgar convenientes. Quando concluir, tecle Enter.

GERENCIAMENTO DE CAMADAS Todas as camadas têm o desenho de um olho na frente no painel de camadas, indicando que estão visíveis. Para ocultar uma camada, basta clicar no olho correspondente. Há vários caminhos para criar uma nova camada. Um deles fica no menu Camada. É possível também clicar com o botão direito sobre a camada e ter acesso ao menu de contexto. No projeto que criamos como exemplo, selecionamos a opção Duplicar Camada e a renomeamos para Borboleta2. Na Camada 1, demos um clique duplo e a renomeamos para Borboleta1.

Novo cenário: a borboleta vai do fundo azul para o novo jardim

COLAGEM EM CAMADAS Comece abrindo as duas imagens. Com a foto que será recortada ativa, observe, na paleta Camadas, sua indicação como Plano de Fundo. Com o objeto que será recortado dessa imagem já selecionado, tecle Ctrl + C para copiá-lo. Clique na foto que servirá de fundo e tecle Ctrl + V para colar. Note, depois disso, que o Photoshop criou uma nova camada automaticamente.

Montagem simples Não é preciso, necessariamente, trabalhar com camadas para levar um objeto selecionado para um outro arquivo. Com a ferramenta Mover, clique sobre a seleção e arraste o recorte para o novo fundo. Feche a imagem original do objeto e passe a fazer os ajustes para adaptá-lo à nova cena. Ao salvar o arquivo, objeto e fundo se fundem.

24 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Fotomont-Mat10.indd 24-25

NOVO ELEMENTO Ativamos, em seguida, a camada Borboleta2, movemos o elemento de lugar, reduzimos seu tamanho e mudamos sua cor. Depois, usamos o mesmo procedimento para duplicar o Plano de Fundo, criando a camada Brilho, e acentuamos o brilho para dar maior destaque às borboletas.

DIC A S IN FO I 25

5/30/08 2:16:54 PM


MESCLAS

OCULTAR OU EXIBIR Ao ocultar e exibir camadas, podemos obter diversas versões da imagem e salvá-las. Para isso, no menu Janela, ative a paleta Composições de Camadas e clique no botão Criar Nova Composição. Em seguida, damos um nome a ela e clicamos em OK. A nova composição aparece no painel Composições de Camadas. Se a configuração das camadas for desfeita, bastará clicar na composição salva para voltar a ela.

A ORDEM IMPORTA

Muitas vezes, é útil mesclar duas ou mais camadas numa só. No menu Camada, a opção Mesclar Para Baixo funde a camada à que está logo abaixo. A opção Mesclar Camadas Visíveis preserva as ocultas. Já o comando Achatar Imagem mescla as camadas visíveis e descarta as ocultas.

Mudanças na ordem das camadas alteram o resultado. Para trocar as camadas de lugar, arrastamos sua área na paleta correspondente. No exemplo, quando jogamos a camada Brilho para cima, o padrão de fundo se sobrepõe aos demais elementos.

CAMADAS DE AJUSTE As camadas de ajuste não têm conteúdo, mas aceitam correções. Para criar uma camada de ajuste sobre a Borboleta2, por exemplo, clicamos em Camada > Nova Camada de Ajuste e escolhemos Preto-e-Branco. Deslizamos os controles e damos OK. Com isso, a Borboleta2, acima do ajuste, continuou colorida.

TRANSPARÊNCIA Um ajuste freqüente em camadas é o de transparência. Ele é feito por meio do controle Opacidade, que tem valor-padrão de 100%. Ao reduzir esse valor, a camada fica transparente, permitindo ver imagens posicionadas atrás dela.

BLOQUEAMENTO É possível também travar uma camada para que ela não seja modificada acidentalmente. Para isso, basta selecioná-la e clicar no ícone em forma de cadeado no painel Camadas. Para eliminar uma camada, é só arrastá-la até a lixeira situada na parte inferior do painel.

26 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Fotomont-Mat10.indd 26-27

Uso de máscaras O conteúdo de uma camada pode ser escondido ou revelado por uma máscara. Para criar uma máscara que esconda a camada, acione o menu Camada > Máscara de Camada > Ocultar Todas.

DIC A S IN FO I 27

5/30/08 2:17:12 PM


MESCLAS

OCULTAR OU EXIBIR Ao ocultar e exibir camadas, podemos obter diversas versões da imagem e salvá-las. Para isso, no menu Janela, ative a paleta Composições de Camadas e clique no botão Criar Nova Composição. Em seguida, damos um nome a ela e clicamos em OK. A nova composição aparece no painel Composições de Camadas. Se a configuração das camadas for desfeita, bastará clicar na composição salva para voltar a ela.

A ORDEM IMPORTA

Muitas vezes, é útil mesclar duas ou mais camadas numa só. No menu Camada, a opção Mesclar Para Baixo funde a camada à que está logo abaixo. A opção Mesclar Camadas Visíveis preserva as ocultas. Já o comando Achatar Imagem mescla as camadas visíveis e descarta as ocultas.

Mudanças na ordem das camadas alteram o resultado. Para trocar as camadas de lugar, arrastamos sua área na paleta correspondente. No exemplo, quando jogamos a camada Brilho para cima, o padrão de fundo se sobrepõe aos demais elementos.

CAMADAS DE AJUSTE As camadas de ajuste não têm conteúdo, mas aceitam correções. Para criar uma camada de ajuste sobre a Borboleta2, por exemplo, clicamos em Camada > Nova Camada de Ajuste e escolhemos Preto-e-Branco. Deslizamos os controles e damos OK. Com isso, a Borboleta2, acima do ajuste, continuou colorida.

TRANSPARÊNCIA Um ajuste freqüente em camadas é o de transparência. Ele é feito por meio do controle Opacidade, que tem valor-padrão de 100%. Ao reduzir esse valor, a camada fica transparente, permitindo ver imagens posicionadas atrás dela.

BLOQUEAMENTO É possível também travar uma camada para que ela não seja modificada acidentalmente. Para isso, basta selecioná-la e clicar no ícone em forma de cadeado no painel Camadas. Para eliminar uma camada, é só arrastá-la até a lixeira situada na parte inferior do painel.

26 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Fotomont-Mat10.indd 26-27

Uso de máscaras O conteúdo de uma camada pode ser escondido ou revelado por uma máscara. Para criar uma máscara que esconda a camada, acione o menu Camada > Máscara de Camada > Ocultar Todas.

DIC A S IN FO I 27

5/30/08 2:17:12 PM


CAMADAS DE PREENCHIMENTO As camadas de preenchimento, por sua vez, aplicam cores, gradientes e texturas. Em nosso exemplo, clicamos na camada Brilho e selecionamos algumas das flores com a ferramenta Seleção Rápida. Acionamos o menu Camada > Nova Camada de Preenchimento e escolhemos Cor Sólida. Demos um nome à camada, ajustamos a opacidade para 75% e clicamos em OK. No Seletor de Cores, escolhemos um tom próximo do lilás e demos OK. Com isso, o jardim ganhou cor.

SALVE CERTO Ao salvar um arquivo com camadas, devemos usar um formato que suporte esse recurso, como o PSD. Além disso, é preciso manter assinalada a opção Salvar Camadas na caixa de diálogo Salvar Como.

ALÉM DO NORMAL A paleta Camadas traz mais alguns recursos úteis de ajuste. No projeto que executamos como exemplo, duplicamos a camada Borboleta1 e abrimos o menu Normal. Na lista de opções desse menu, escolhemos Superexposição de Cores. Caso a imagem escureça demais com esse comando, é possível calibrar a opacidade até ela chegar ao ponto desejado.

28 I DIC A S IN FO

Dicas_Tuts-Fotomont-Mat10.indd 28

5/30/08 2:17:36 PM


dicas e tutoriais I retoques avançados

CUIDADOS COM OS DETALHES R Manchas? Rugas? Fios rebeldes? O Photoshop dá um jeito

etocar rostos, uma área com tantas nuanças, é um desafio e tanto. É preciso saber equilibrar o uso de recursos para que as mudanças não resultem na perda da naturalidade. Neste tutorial, vamos usar várias técnicas de retoque para eliminar manchas, suavizar olheiras, remover pintas, eliminar fios e até aplicar uma maquiagem suave.

Antes t e depoi d depois: is: pequenos problemas probl blemas desaparecem desaparecem com poucos cliques li

NOVA CAMADA Para fazer retoques avançados, é mais indicado trabalhar com camadas. Com a ferramenta Seleção Rápida, contornamos a modelo. Em seguida, teclamos Ctrl + C e Ctrl + V e levamos a seleção para uma nova camada, que renomeamos para Modelo.

D I C AS I NFO I 29

Dicas_Tuts-Ret_Avs-Mat11.indd 29

5/30/08 2:18:00 PM


BRILHO E CONTRASTE Em seguida, fazemos um ajuste de brilho suave. Com a camada Modelo ativada, abrimos o menu Imagem > Ajustes e escolhemos Brilho/ Contraste. Movemos os controles deslizantes o suficiente para não comprometer detalhes. Demos OK.

PEQUENAS MANCHAS Com o Pincel de Recuperação para Manchas, eliminamos as pequenas manchas de pele na nova camada criada. Para aplicá-lo com precisão, aproximamos a mancha com o zoom. Depois, ativamos o pincel e ajustamos a pincelada. Calibramos o pincel para ocupar uma pequena área em torno da mancha e mantemos marcada a opção Correspondência por Proximidade. Assim, o pincel cobre a mancha com os pixels mais próximos. Depois, é só ir clicando e vendo o resultado. Quando não dá certo, teclamos Alt + Ctrl + Z para retroceder.

PINCEL DE RECUPERAÇÃO Em retoques extensos, é melhor usar o Pincel de Recuperação. Ele copia pixels e pinta com eles o local manchado. Para atenuar olheiras, por exemplo, podemos ativar essa ferramenta, pressionar Alt e, ao mesmo tempo, clicar na área boa. Depois, é só pintar a área manchada. Ao soltar o mouse, desaparecem as marcas.

SEM PINTAS Os retoques refinados são tarefa para o Carimbo. Uma vez ativada essa ferramenta, pressione Alt e clique sobre a parte a ser copiada. Depois, “carimbe” com um clique a área a ser coberta. Assim, é possível acabar facilmente com as pintas.

30 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Ret_Avs-Mat11.indd 30-31

DIC A S IN FO I 31

5/30/08 2:18:27 PM


BRILHO E CONTRASTE Em seguida, fazemos um ajuste de brilho suave. Com a camada Modelo ativada, abrimos o menu Imagem > Ajustes e escolhemos Brilho/ Contraste. Movemos os controles deslizantes o suficiente para não comprometer detalhes. Demos OK.

PEQUENAS MANCHAS Com o Pincel de Recuperação para Manchas, eliminamos as pequenas manchas de pele na nova camada criada. Para aplicá-lo com precisão, aproximamos a mancha com o zoom. Depois, ativamos o pincel e ajustamos a pincelada. Calibramos o pincel para ocupar uma pequena área em torno da mancha e mantemos marcada a opção Correspondência por Proximidade. Assim, o pincel cobre a mancha com os pixels mais próximos. Depois, é só ir clicando e vendo o resultado. Quando não dá certo, teclamos Alt + Ctrl + Z para retroceder.

PINCEL DE RECUPERAÇÃO Em retoques extensos, é melhor usar o Pincel de Recuperação. Ele copia pixels e pinta com eles o local manchado. Para atenuar olheiras, por exemplo, podemos ativar essa ferramenta, pressionar Alt e, ao mesmo tempo, clicar na área boa. Depois, é só pintar a área manchada. Ao soltar o mouse, desaparecem as marcas.

SEM PINTAS Os retoques refinados são tarefa para o Carimbo. Uma vez ativada essa ferramenta, pressione Alt e clique sobre a parte a ser copiada. Depois, “carimbe” com um clique a área a ser coberta. Assim, é possível acabar facilmente com as pintas.

30 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Ret_Avs-Mat11.indd 30-31

DIC A S IN FO I 31

5/30/08 2:18:27 PM


RETOQUE NA OLHEIRA Para correções delicadas, como na olheira da imagem acima, à esquerda na tela, usamos o Carimbo em pinceladas suaves e ajustamos a opacidade. Reduzimos o percentual e aumentamos a transparência da área clonada. Assim, podemos aplicá-la mais vezes até chegar ao efeito desejado.

SOBRANCELHA E OLHOS Usamos o Carimbo de novo para acertar a sobrancelha e eliminar um fio renitente. Depois, reforçamos a maquiagem dos olhos. Com um pincel fino e opacidade em torno de 60%, delineamos os cílios na pálpebra superior. Na pálpebra inferior, diminuímos a opacidade para 40% e delineamos. Repetimos o processo no outro olho.

BATOM E BLUSH VIRTUAIS Acentuamos a boca com um batom virtual. Para isso, capturamos com o conta-gotas um tom dos lábios, calibramos um pincel difuso com cerca de 30% de opacidade e pintamos. Para um efeito suave de blush nas maçãs do rosto, aplicamos a Esponja, no modo Saturar, com um pincel grande.

POR DENTRO DO CARIMBO A ferramenta Carimbo é muito útil na replicação de objetos. Para executar esse trabalho, ajustamos as opções, escolhendo o diâmetro do pincel adequado ao objeto e uma pincelada sólida. É importante também definir Dureza e Opacidade em 100%, assim a cópia fica bem definida. Os ajustes de fundo são feitos com o próprio Carimbo. O modo de mesclagem do Carimbo deve estar sempre na opção Normal quando queremos cópias exatas. Na lista de modos, temos uma grande variedade de efeitos. O Luz Direta, por exemplo, aviva as cores da área clonada. No Photoshop CS3, o Carimbo ganhou novos controles. Quando clicamos no botão Origem do Clone, no painel podemos controlar várias origens, além de girar e dimensionar cada uma. Também é possível visualizar a sobreposição da origem do clone enquanto carimbamos.

32 I DIC A S IN FO

Dicas_Tuts-Ret_Avs-Mat11.indd 32

5/30/08 2:18:46 PM


dicas e tutoriais I sombras

SEM SOMBRAS E EXCESSOS Confira como reduzir áreas escuras e tirar de cena elementos indesejados

A

s sombras e os elementos desnecessários são os campeões na lista de problemas nas fotografias amadoras. Ainda bem que há solução para essas falhas. A seguir, mostraremos como eliminar itens inoportunos das produções, utilizando as ferramentas Correção e Carimbo, e veremos como atenuar uma área de sombra muito acentuada.

REMOÇÃO EM VÁRIOS PASSOS Para coisas que sobram em locais com vários detalhes, a ferramenta ideal é o Carimbo. Na foto abaixo, começamos a eliminar a sacola pela parte superior. Com um pincel grande, pressionamos a tecla Alt e clicamos na grama para copiar. Em seguida, clicamos na sacola para colar. Repetimos a operação várias vezes. Apagamos a parte inferior da sacola com a Correção, na opção Origem. Selecionamos o objeto e o movemos para o lado de forma que a cópia do piso se encaixasse no lugar adequado. Cancelamos a seleção para concluir.

REMOÇÃO SIMPLES Em algumas fotos, como a bola de papel na imagem de exemplo, a maneira mais simples de eliminar um item que ficou a mais é usar a ferramenta Correção. Para editar a imagem, ativamos a ferramenta Correção e marcamos Origem na barra de opções. Feito isso, selecionamos a bola de papel. Ao movermos a seleção para o lado esquerdo (detalhe acima), a bola é coberta por uma cópia do piso. Ao soltarmos o mouse, o programa completa a correção. Clicamos Ctrl + D para cancelar a seleção.

D I C AS I NFO I 33

Dicas_Tuts-Sombras-Mat12.indd 33

5/30/08 2:23:14 PM


REDUÇÃO DE SOMBRAS 1 Dias de sol forte costumam provocar sombras terríveis, principalmente em pessoas com boné, como no exemplo abaixo. Nesse caso, podemos apenas atenuar o problema. Delimitamos a área sombreada com a ferramenta Seleção Rápida e aplicamos o ajuste Brilho/Contraste no limite para não haver distorção de cor. Melhora um pouco, como é possível verificar no detalhe.

NÃO SE ESQUEÇA DO FLASH O que funciona mesmo contra sombra dura é fotografar corretamente. Veja esta outra tomada do mesmo lugar que o da foto do exemplo Redução de Sombras 2 . A área sombreada está mais clara porque foi tirada com flash. Na próxima vez em que for tirar fotos na praia, lembre-se desse recurso.

REDUÇÃO DE SOMBRAS 2 Na imagem com sombra abaixo, no destaque, usamos um recurso melhor que o de brilho. Acionamos o menu Imagem > Ajustes > Sombra/ Realce. A caixa de controle já abre reduzindo as sombras em 50% e transformando a foto numa imagem aproveitável.

34 I DIC AS A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Sombras-Mat12.indd 34

5/30/08 2:23:27 PM


dicas e tutoriais I panorâmica

NA FALTA DE UMA GRANDE-ANGULAR Crie imagens panorâmicas combinando fotografias de várias partes de uma mesma paisagem ou cenário

U

m dos cartões postais de Roma, a Fontana di Trevi é difícil de fotografar. O monumento é enorme, está num espaço rodeado de prédios e vive lotado de turistas. Assim como essa atração turística italiana, outras construções e paisagens não podem ser fotografadas em sua totalidade sem uma grande-angular. O jeito é fotografá-la por partes e juntá-las depois. Unir as diversas partes de uma foto — no caso da Fontana di Trevi foram seis tomadas — numa imagem panorâmica parece complicado, mas não é. O Photoshop possui um recurso, o Photomerge, que junta um pedaço no outro praticamente sem deixar emendas visíveis e ainda corrige a perspectiva.

Panorâmicas: o Photomerge une diversas tomadas de um mesmo objeto ou paisagens sem deixar emendas

SELEÇÃO DAS IMAGENS Para aplicar o recurso, vá ao menu Arquivo > Automatizar > Photomerge. Na caixa de diálogo, marque a opção de layout Automático e a caixa Mesclar Imagens Juntas. Clique em Procurar, selecione as imagens e dê OK. Assim que o Photomerge exibe a lista de fotos, clique em OK.

D I C AS I NFO I 35

Dicas_Tuts-Panoram-Mat13.indd 35

5/30/08 2:32:59 PM


VISUALIZAÇÃO DAS EMENDAS Dependendo do tamanho dos arquivos de origem e da capacidade de memória do computador, o Photoshop pode levar vários minutos processando a costura das fotos. O resultado é ótimo e em camadas. Quando se oculta algumas delas, pode-se ver quais partes o programa emendou.

SEM SOBRAS Use a opção Corte Demarcado da barra de ferramentas para remover as rebarbas da fusão. Salve a panorâmica em formato PSD, para preservar as camadas, mas tenha em mente que o arquivo fica enorme (no projeto de exemplo, com 26 MB). Em JPEG, o arquivo encolheu para 2,3 MB.

COSTURA PERFEITA A costura do Photomerge só funciona com imagens que se sobreponham de 25% a 40%. Menos ou mais que isso, não dá certo. Se utilizar zoom ao tirar as fotos, não mude o valor de uma imagem para outra. De preferência, use um tripé para manter o alinhamento e o ponto de vista da câmera.

36 I DIC AS A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Panoram-Mat13.indd 36

5/30/08 2:33:20 PM


dicas e tutoriais I fusão

DE OLHOS BEM ABERTOS Recurso de mescla permite usar elementos de duas fotos quase iguais para eliminar problemas como olhos fechados

A

lém de construir fotografias panorâmicas com a fusão de várias tomadas, o Photoshop CS3 acrescentou ferramentas de alinhamento e mescla automática de camadas. Esses recursos permitem fundir duas ou mais fotos quase iguais, substituindo alguns itens, como os olhos fechados do rapaz na imagem de exemplo ao lado.

Mescla: os olhos fechados são substituídos pelos abertos

NOVO ARQUIVO

ACABAMENTO

O primeiro passo para fundir duas imagens é criar um novo arquivo com as mesmas dimensões das fotos e arrastá-las para ele. No painel Camadas, a camada que contém a foto que será corrigida deve ficar em cima da que está com o conteúdo correto. Caso não esteja, arraste-a para o local correto.

Para arrematar, clique na camada superior e acione o menu Camada > Máscara de Camada > Revelar Todas. Escolha preto para a cor do primeiro plano e selecione a camada superior. Clique na miniatura da máscara de camada e, com a ferramenta Pincel, pinte as áreas que quer substituir. Aos poucos, os olhos abertos do rapaz começam a aparecer. Feita a fusão, achate as camadas (Camada > Achatar Imagem).

FUSÃO Selecione as duas camadas e escolha Editar > Alinhar Camadas Automaticamente. Na caixa de diálogo correspondente, selecione Apenas Reposição e clique em OK. O Photoshop encontra as áreas comuns em cada camada e as alinha para que as áreas idênticas se sobreponham.

D I C AS I NFO I 37

Dicas_Tuts-Fusao-Mat13B.indd 37

5/30/08 2:33:41 PM


dicas e tutoriais I filtros

COM A AJUDA DOS FILTROS

Efeitos aplicados em imagens inteiras ou seleções são muito úteis na hora da edição POR ERIC COSTA, LUCIA REGGIANI E MARIA ISABEL MOREIRA

O

s filtros do Photoshop são efeitos que podem ser aplicados à imagem inteira ou a seleções tanto para dar um toque diferenciado quanto para corrigir um defeito. Com o uso de filtros é possível, por exemplo, conferir uma aparência de pintura impressionista a uma foto ou melhorar a nitidez de uma imagem um pouco desfocada. Há vários filtros disponíveis no menu correspondente do programa da Adobe. Conheça, a seguir, alguns deles.

DISTORÇÕES CORRIGIDAS No grupo Distorção do menu Filtro encontramos tanto filtros que distorcem a foto quanto opções que corrigem distorções. Um deles é o de Correção de Lente. Esse filtro conserta vários tipos de deformações causadas pelas lentes da câmera fotográfica. Em Correção de Lente, temos um controle deslizante (Remover Distorção) no alto para corrigir distorções em barril e em travesseiro. Abaixo, em Desvio Cromático e Vinheta, estão os ajustes para compensar aberrações cromáticas e para clarear ou escurecer os cantos. Mais embaixo, na área Transformação, estão os ajustes de perspectiva.

Filtros variados

PONTO DE FUGA O Ponto de Fuga foi atualizado no CS3. Agora, esse recurso pode ser usado em qualquer superfície, permitindo acrescentar imagens a formas complexas, incluindo objetos 3D. Para aplicá-lo, aciona-se o menu Filtro > Ponto de Fuga. Para aplicar a capa do CD na embalagem na imagem acima, na caixa de diálogo Ponto de Fuga, usamos a ferramenta Criar Plano para demarcar a superfície a ser trabalhada e demos OK. Abrimos, em seguida, a imagem que seria aplicada. Teclamos Ctrl + A para selecioná-la, e Ctrl + C para copiá-la. Voltamos ao Ponto de Fuga e teclamos Ctrl + V para colar. Arrastamos a imagem, buscando o centro da grade para colar em perspectiva, e clicamos em OK.

EDIÇÃO NÃO-DESTRUTIVA Outra novidade do CS3 é a edição não-destrutiva de filtros em objetos inteligentes. Com esse recurso, é possível aplicar facilmente mais de um filtro numa mesma imagem. Na camada em que o filtro será aplicado, clicamos com o botão direito e escolhemos Converter em Objeto Inteligente. Repare que a camada ganha uma marca depois dessa ação. Em seguida, na foto de exemplo, acionamos Filtro > Artístico > Aquarela. Fizemos os ajustes e demos OK. No painel de camadas, clicamos na miniatura de Filtros Inteligentes. Selecionamos a Borracha e calibramos o pincel de aplicação. Com a borracha, apagamos os efeitos do filtro das áreas desejadas.

Filtros desenvolvidos por outras empresas e desenvolvedores podem ser acrescentados ao Photoshop. Há opções de complementos para trabalhos em 3D, projetos de arquitetura, engenharia e manufatura, gerenciamento de cores, controle de recursos digitais, formatação de arquivos, retoques, efeitos especiais, vídeos e texturas, entre outras categorias. Para ver a lista de plug-ins recomendados pela Adobe, visite o endereço www.adobe. com/products/plugins/ photoshop/.

SEM RUÍDOS O filtro Reduzir Ruído atenua o ruído em imagens feitas com câmeras digitais. Com ele, é possível melhorar a qualidade das fotos em cenas escuras, que exigem exposições longas ou ajustes elevados de sensibilidade do sensor da câmera. Em Reduzir Ruído, podemos ajustar intensidade, cores, detalhes e nitidez. Também é possível fazer a redução de ruído por canal de cor.

38 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Filtros-Mat14.indd 38-39

PINTURA INSTANTÂNEA Um jeito rápido de obter um visual artístico é usar o recurso Traçado de Contorno. Abra a imagem e acesse o menu Filtro > Estilização > Traçado do Contorno. Acesse Editar > Atenuar Traçado do Contorno. Na janela que surge, escolha, em Modo, a opção Luminosidade. Depois, mexa nos valores de Opacidade até obter um visual mais estiloso. Clique em OK. O efeito também tem resultados legais se aplicado apenas ao fundo de uma imagem.

DIC A S IN FO I 39

5/30/08 2:34:14 PM


dicas e tutoriais I filtros

COM A AJUDA DOS FILTROS

Efeitos aplicados em imagens inteiras ou seleções são muito úteis na hora da edição POR ERIC COSTA, LUCIA REGGIANI E MARIA ISABEL MOREIRA

O

s filtros do Photoshop são efeitos que podem ser aplicados à imagem inteira ou a seleções tanto para dar um toque diferenciado quanto para corrigir um defeito. Com o uso de filtros é possível, por exemplo, conferir uma aparência de pintura impressionista a uma foto ou melhorar a nitidez de uma imagem um pouco desfocada. Há vários filtros disponíveis no menu correspondente do programa da Adobe. Conheça, a seguir, alguns deles.

DISTORÇÕES CORRIGIDAS No grupo Distorção do menu Filtro encontramos tanto filtros que distorcem a foto quanto opções que corrigem distorções. Um deles é o de Correção de Lente. Esse filtro conserta vários tipos de deformações causadas pelas lentes da câmera fotográfica. Em Correção de Lente, temos um controle deslizante (Remover Distorção) no alto para corrigir distorções em barril e em travesseiro. Abaixo, em Desvio Cromático e Vinheta, estão os ajustes para compensar aberrações cromáticas e para clarear ou escurecer os cantos. Mais embaixo, na área Transformação, estão os ajustes de perspectiva.

Filtros variados

PONTO DE FUGA O Ponto de Fuga foi atualizado no CS3. Agora, esse recurso pode ser usado em qualquer superfície, permitindo acrescentar imagens a formas complexas, incluindo objetos 3D. Para aplicá-lo, aciona-se o menu Filtro > Ponto de Fuga. Para aplicar a capa do CD na embalagem na imagem acima, na caixa de diálogo Ponto de Fuga, usamos a ferramenta Criar Plano para demarcar a superfície a ser trabalhada e demos OK. Abrimos, em seguida, a imagem que seria aplicada. Teclamos Ctrl + A para selecioná-la, e Ctrl + C para copiá-la. Voltamos ao Ponto de Fuga e teclamos Ctrl + V para colar. Arrastamos a imagem, buscando o centro da grade para colar em perspectiva, e clicamos em OK.

EDIÇÃO NÃO-DESTRUTIVA Outra novidade do CS3 é a edição não-destrutiva de filtros em objetos inteligentes. Com esse recurso, é possível aplicar facilmente mais de um filtro numa mesma imagem. Na camada em que o filtro será aplicado, clicamos com o botão direito e escolhemos Converter em Objeto Inteligente. Repare que a camada ganha uma marca depois dessa ação. Em seguida, na foto de exemplo, acionamos Filtro > Artístico > Aquarela. Fizemos os ajustes e demos OK. No painel de camadas, clicamos na miniatura de Filtros Inteligentes. Selecionamos a Borracha e calibramos o pincel de aplicação. Com a borracha, apagamos os efeitos do filtro das áreas desejadas.

Filtros desenvolvidos por outras empresas e desenvolvedores podem ser acrescentados ao Photoshop. Há opções de complementos para trabalhos em 3D, projetos de arquitetura, engenharia e manufatura, gerenciamento de cores, controle de recursos digitais, formatação de arquivos, retoques, efeitos especiais, vídeos e texturas, entre outras categorias. Para ver a lista de plug-ins recomendados pela Adobe, visite o endereço www.adobe. com/products/plugins/ photoshop/.

SEM RUÍDOS O filtro Reduzir Ruído atenua o ruído em imagens feitas com câmeras digitais. Com ele, é possível melhorar a qualidade das fotos em cenas escuras, que exigem exposições longas ou ajustes elevados de sensibilidade do sensor da câmera. Em Reduzir Ruído, podemos ajustar intensidade, cores, detalhes e nitidez. Também é possível fazer a redução de ruído por canal de cor.

38 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Filtros-Mat14.indd 38-39

PINTURA INSTANTÂNEA Um jeito rápido de obter um visual artístico é usar o recurso Traçado de Contorno. Abra a imagem e acesse o menu Filtro > Estilização > Traçado do Contorno. Acesse Editar > Atenuar Traçado do Contorno. Na janela que surge, escolha, em Modo, a opção Luminosidade. Depois, mexa nos valores de Opacidade até obter um visual mais estiloso. Clique em OK. O efeito também tem resultados legais se aplicado apenas ao fundo de uma imagem.

DIC A S IN FO I 39

5/30/08 2:34:14 PM


MARCA D’ÁGUA Publicar imagens em sites pode resultar em cópias sem autorização. Para diminuir esse risco, uma providência é aplicar uma marca d’água. Abra a imagem desejada, clique na Ferramenta Texto Horizontal e depois no ponto da imagem que receberá a marca d’água. Tecle o texto desejado e selecione-o com o mouse. Agora, acesse o menu Camada, depois Estilo de Camada e Opções de Mesclagem. Na janela que aparece, diminua o valor em Opacidade de Preenchimento até que o texto fique com a transparência desejada. Clique em OK e pronto.

Texto sobre foto

EFEITOS ESPECIAIS

DESTAQUE E FOCO Um efeito rápido e que dá um bom destaque em fotos é manter apenas um elemento em destaque. Abra a imagem e crie uma camada copiando a de fundo (com o atalho Ctrl+J). Depois, com a nova camada selecionada, acesse o menu Filtro, depois Desfoque e então Desfoque Gaussiano. Escolha Raio de 5,0 pixels para que os elementos em destaque diferenciem-se do fundo. Clique em OK. Acesse o menu Camada, depois Máscara de Camada e clique em Revelar Todas. Escolha a ferramenta Pincel e a cor preta. Pinte a área que terá destaque.

40 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Filtros-Mat14.indd 40-41

O Photoshop tem também muitos filtros de efeitos especiais na Galeria de Filtros (Filtro > Galeria de Filtros). Na coluna central dessa galeria estão listados os grupos de filtros (Artístico, Croqui, Distorção, Estilizar, Textura e Traçados de Pincel). Clique, por exemplo, na setinha para abrir o grupo Artístico. As opções dessa categoria são exibidas no painel da esquerda. O painel da direita oferece ajustes adicionais. No caso do efeito Arestas Posterizadas, pode-se ajustar espessura e intensidade das arestas e calibrar a posterização. Clicamos em OK para aplicar o efeito escolhido.

EFEITO DE EXPLOSÃO Para criar uma explosão, acesse o menu Filtro, o item Acabamento e, depois, Nuvens. Volte ao menu Filtro, escolha Pixelização e MeiaTinta. Escolha em Tipo o item Linhas Longas. Clique em OK. Acesse novamente o menu Filtro, depois Desfoque e Desfoque Radial. Em Método de Desfoque escolha Zoom e use o valor 100 para Intensidade. Clique em OK. Para mudar a cor, inicialmente tecle Ctrl+I. Depois, acesse o menu Imagem, depois Ajuste e, por fim, Matiz/Saturação. Marque a opção Colorir e altere a cor.

RAIOS NA HORA

Uma boa idéia para títulos de sites é colorir os textos com base em uma imagem. Abra a imagem que será usada como fundo do texto. Crie um novo documento, com fundo transparente. Tecle o texto em cor preta. Use a ferramenta de seleção retangular para escolher a área da imagem de fundo que será usada nas letras. Tecle Ctrl + C e, agora, clique na ferramenta Varinha Mágica. Mantendo a tecla Shift pressionada, clique em cada uma das letras do texto. Por fim, acesse o menu Editar e escolha Colar Em.

Quer gerar um efeito de raio para uma imagem? Tecle Ctrl + Shift + N e clique na ferramenta de gradiente (Degradê). Depois, clique no canto superior esquerdo da imagem e arraste o mouse até o canto inferior direito. Acesse o menu Filtro, escolha Acabamento e depois Nuvens por Diferença. Inverta a imagem teclando Ctrl + I. Depois, mexa nos canais de cores da imagem teclando Ctrl + L. Use os controles abaixo do gráfico para deixar o raio mais visível. É possível dar cor ao raio teclando Ctrl + U. Marque Colorir e mexa na cor do raio.

DIC A S IN FO I 41

5/30/08 2:34:27 PM


MARCA D’ÁGUA Publicar imagens em sites pode resultar em cópias sem autorização. Para diminuir esse risco, uma providência é aplicar uma marca d’água. Abra a imagem desejada, clique na Ferramenta Texto Horizontal e depois no ponto da imagem que receberá a marca d’água. Tecle o texto desejado e selecione-o com o mouse. Agora, acesse o menu Camada, depois Estilo de Camada e Opções de Mesclagem. Na janela que aparece, diminua o valor em Opacidade de Preenchimento até que o texto fique com a transparência desejada. Clique em OK e pronto.

Texto sobre foto

EFEITOS ESPECIAIS

DESTAQUE E FOCO Um efeito rápido e que dá um bom destaque em fotos é manter apenas um elemento em destaque. Abra a imagem e crie uma camada copiando a de fundo (com o atalho Ctrl+J). Depois, com a nova camada selecionada, acesse o menu Filtro, depois Desfoque e então Desfoque Gaussiano. Escolha Raio de 5,0 pixels para que os elementos em destaque diferenciem-se do fundo. Clique em OK. Acesse o menu Camada, depois Máscara de Camada e clique em Revelar Todas. Escolha a ferramenta Pincel e a cor preta. Pinte a área que terá destaque.

40 I D IC A S INFO IN FO

Dicas_Tuts-Filtros-Mat14.indd 40-41

O Photoshop tem também muitos filtros de efeitos especiais na Galeria de Filtros (Filtro > Galeria de Filtros). Na coluna central dessa galeria estão listados os grupos de filtros (Artístico, Croqui, Distorção, Estilizar, Textura e Traçados de Pincel). Clique, por exemplo, na setinha para abrir o grupo Artístico. As opções dessa categoria são exibidas no painel da esquerda. O painel da direita oferece ajustes adicionais. No caso do efeito Arestas Posterizadas, pode-se ajustar espessura e intensidade das arestas e calibrar a posterização. Clicamos em OK para aplicar o efeito escolhido.

EFEITO DE EXPLOSÃO Para criar uma explosão, acesse o menu Filtro, o item Acabamento e, depois, Nuvens. Volte ao menu Filtro, escolha Pixelização e MeiaTinta. Escolha em Tipo o item Linhas Longas. Clique em OK. Acesse novamente o menu Filtro, depois Desfoque e Desfoque Radial. Em Método de Desfoque escolha Zoom e use o valor 100 para Intensidade. Clique em OK. Para mudar a cor, inicialmente tecle Ctrl+I. Depois, acesse o menu Imagem, depois Ajuste e, por fim, Matiz/Saturação. Marque a opção Colorir e altere a cor.

RAIOS NA HORA

Uma boa idéia para títulos de sites é colorir os textos com base em uma imagem. Abra a imagem que será usada como fundo do texto. Crie um novo documento, com fundo transparente. Tecle o texto em cor preta. Use a ferramenta de seleção retangular para escolher a área da imagem de fundo que será usada nas letras. Tecle Ctrl + C e, agora, clique na ferramenta Varinha Mágica. Mantendo a tecla Shift pressionada, clique em cada uma das letras do texto. Por fim, acesse o menu Editar e escolha Colar Em.

Quer gerar um efeito de raio para uma imagem? Tecle Ctrl + Shift + N e clique na ferramenta de gradiente (Degradê). Depois, clique no canto superior esquerdo da imagem e arraste o mouse até o canto inferior direito. Acesse o menu Filtro, escolha Acabamento e depois Nuvens por Diferença. Inverta a imagem teclando Ctrl + I. Depois, mexa nos canais de cores da imagem teclando Ctrl + L. Use os controles abaixo do gráfico para deixar o raio mais visível. É possível dar cor ao raio teclando Ctrl + U. Marque Colorir e mexa na cor do raio.

DIC A S IN FO I 41

5/30/08 2:34:27 PM


ALUMÍNIO ESTILO MAC

CORES NO P&B

Para fazer o efeito, primeiro escolha uma cor cinza. Tecle, então, Alt + Backspace. Acesse o menu Filtro > Ruído > Adicionar Ruído. Marque o item Monocromático e também Gaussiana. Em Intensidade, escolha 10% e clique em OK. Feito isso, acesse o menu Filtro > Desfoque > Desfoque de Movimento. Use 30 pixels para Distância e clique em OK. Trace áreas na diagonal com a ferramenta Laço Poligonal, acesse o menu Camada > Nova Camada de Ajuste > Brilho/Contraste. Clique em OK e mexa nos controles Brilho e Contraste até obter o tom desejado.

LETRAS ESPELHADAS

DESENHO ESTILIZADO

Um efeito comum é usar letras com espelhamento. Tecle o texto em uma nova imagem. Tecle Ctrl + J e acesse o menu Editar, escolha Transformação e depois Virar Verticalmente. Clique com o botão direito na nova camada e escolha Rasterizar Camada. Clique na ferramenta de seleção e, mantendo Shift pressionado, arraste a cópia invertida do texto para baixo. Agora, clique na ferramenta de seleção retangular e, no topo da tela, digite 7 para o valor de Difusão. Selecione a metade inferior do texto invertido. Vá ao menu Editar e escolha Apagar.

NEVE INSTANTÂNEA Comece abrindo a foto e criando uma camada que a copia (teclando Ctrl + J). Acesse o menu Filtro > Pixelização > Pontilhar. Use, em Tamanho de Célula, o valor 6. Depois, no painel de controle de camadas, clique no botão com um círculo dividido em preto-e-branco (Criar Nova Camada de Preenchimento e Ajuste). Escolha o item Limiar. Ajuste o valor do controle para 100 ou outro valor que julgar mais interessante. Com a nova camada criada com o recurso Limiar selecionada, abra o menu Camada e selecione a opção Mesclar para Baixo. Para concluir, acesse o menu Filtro > Desfoque > Desfoque de Movimento. Use -45 graus em Ângulo e valor 15 em Distância.

Um modo bacana de destacar as cores de um elemento na fotografia é deixá-lo como único item colorido. Para isso, copie a camada de fundo em uma nova, usando o atalho Ctrl + J. Com essa camada selecionada, acesse o menu Imagem, e escolha Ajustes e Remover Saturação. Depois, acesse o menu Camada, depois Máscara de Camada e Revelar Todas. Agora, clique no Pincel e escolha a cor preta. Com o pincel, vá, então, marcando as áreas que ficarão coloridas e o efeito estará pronto.

Com a combinação de efeitos do Photoshop, é possível obter rapidamente o visual de desenho com base em uma foto. Comece abrindo a imagem e aplicando o filtro Arestas Posterizadas, acessando o menu Filtro > Artístico > Arestas Posterizadas. Use os valorespadrão do filtro. Depois, acesse o menu Imagem > Ajustes > Brilho/Contraste. Ajuste Brilho para 10 e Contraste para 30. Por fim, acesse o menu Filtro > Artístico > Recorte de Arestas. Não mexa novamente nos valores de ajuste do filtro.

NÉVOA NA FOTO Comece teclando Ctrl + Alt + Shift + N. Clique na ferramenta Pincel e, no topo da janela, mude os valores de Tamanho para 200. Em Modo, escolha Dissolver. Além disso, use 75% para Opacidade e 100% para Fluxo. Mude a cor principal para um cinza claro. Agora, clique na imagem, cobrindo-a com vários pontos. Acesse o menu Filtro > Desfoque > Desfoque Gaussiano. Use o valor 8 para Raio. A névoa está pronta. Caso o efeito não tenha ficado uniforme como desejado, desfaça o efeito Desfoque Gaussiano (teclando Ctrl + Z), clique em mais pontos da foto e repita o efeito.

42 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Filtros-Mat14.indd 42-43

DIC A S IN FO I 43

5/30/08 4:10:28 PM


ALUMÍNIO ESTILO MAC

CORES NO P&B

Para fazer o efeito, primeiro escolha uma cor cinza. Tecle, então, Alt + Backspace. Acesse o menu Filtro > Ruído > Adicionar Ruído. Marque o item Monocromático e também Gaussiana. Em Intensidade, escolha 10% e clique em OK. Feito isso, acesse o menu Filtro > Desfoque > Desfoque de Movimento. Use 30 pixels para Distância e clique em OK. Trace áreas na diagonal com a ferramenta Laço Poligonal, acesse o menu Camada > Nova Camada de Ajuste > Brilho/Contraste. Clique em OK e mexa nos controles Brilho e Contraste até obter o tom desejado.

LETRAS ESPELHADAS

DESENHO ESTILIZADO

Um efeito comum é usar letras com espelhamento. Tecle o texto em uma nova imagem. Tecle Ctrl + J e acesse o menu Editar, escolha Transformação e depois Virar Verticalmente. Clique com o botão direito na nova camada e escolha Rasterizar Camada. Clique na ferramenta de seleção e, mantendo Shift pressionado, arraste a cópia invertida do texto para baixo. Agora, clique na ferramenta de seleção retangular e, no topo da tela, digite 7 para o valor de Difusão. Selecione a metade inferior do texto invertido. Vá ao menu Editar e escolha Apagar.

NEVE INSTANTÂNEA Comece abrindo a foto e criando uma camada que a copia (teclando Ctrl + J). Acesse o menu Filtro > Pixelização > Pontilhar. Use, em Tamanho de Célula, o valor 6. Depois, no painel de controle de camadas, clique no botão com um círculo dividido em preto-e-branco (Criar Nova Camada de Preenchimento e Ajuste). Escolha o item Limiar. Ajuste o valor do controle para 100 ou outro valor que julgar mais interessante. Com a nova camada criada com o recurso Limiar selecionada, abra o menu Camada e selecione a opção Mesclar para Baixo. Para concluir, acesse o menu Filtro > Desfoque > Desfoque de Movimento. Use -45 graus em Ângulo e valor 15 em Distância.

Um modo bacana de destacar as cores de um elemento na fotografia é deixá-lo como único item colorido. Para isso, copie a camada de fundo em uma nova, usando o atalho Ctrl + J. Com essa camada selecionada, acesse o menu Imagem, e escolha Ajustes e Remover Saturação. Depois, acesse o menu Camada, depois Máscara de Camada e Revelar Todas. Agora, clique no Pincel e escolha a cor preta. Com o pincel, vá, então, marcando as áreas que ficarão coloridas e o efeito estará pronto.

Com a combinação de efeitos do Photoshop, é possível obter rapidamente o visual de desenho com base em uma foto. Comece abrindo a imagem e aplicando o filtro Arestas Posterizadas, acessando o menu Filtro > Artístico > Arestas Posterizadas. Use os valorespadrão do filtro. Depois, acesse o menu Imagem > Ajustes > Brilho/Contraste. Ajuste Brilho para 10 e Contraste para 30. Por fim, acesse o menu Filtro > Artístico > Recorte de Arestas. Não mexa novamente nos valores de ajuste do filtro.

NÉVOA NA FOTO Comece teclando Ctrl + Alt + Shift + N. Clique na ferramenta Pincel e, no topo da janela, mude os valores de Tamanho para 200. Em Modo, escolha Dissolver. Além disso, use 75% para Opacidade e 100% para Fluxo. Mude a cor principal para um cinza claro. Agora, clique na imagem, cobrindo-a com vários pontos. Acesse o menu Filtro > Desfoque > Desfoque Gaussiano. Use o valor 8 para Raio. A névoa está pronta. Caso o efeito não tenha ficado uniforme como desejado, desfaça o efeito Desfoque Gaussiano (teclando Ctrl + Z), clique em mais pontos da foto e repita o efeito.

42 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Filtros-Mat14.indd 42-43

DIC A S IN FO I 43

5/30/08 4:10:28 PM


dicas e tutoriais I criação

COMBINE, CRIE E REUTILIZE

ARESTAS 2 SEM Com a seleção concluída, pressionamos o botão Refinar Aresta. Na caixa de diálogo correspondente, escolhemos a opção de visualização em fundo branco (é o quarto ícone da esquerda para a direita). Se estiver sobrando alguma rebarba ou faltando alguma parte, cancelamos e continuamos o recorte. De volta ao Refinar Aresta, calibramos os controles deslizantes até conseguir o efeito desejado.

Crie uma ilustração com elementos de diferentes fotos, uso de recursos variados e muita imaginação

Criatividade: ilustração abaixo teve como base as três fotos ao lado

REMOÇÃO DO FUNDO 3

Em seguida, eliminamos o fundo. Para isso, demos um duplo clique na camada Plano de Fundo e a renomeamos para modelo. Depois, acionamos o menu Selecionar > Inverter e teclamos Delete para mandar o fundo para a lixeira. Cancelamos a seleção com o comando Ctrl + D e salvamos o trabalho no formato PSD para preservar as camadas.

A

mulher-morcego emerge das sombras da cidade, empunhando chicote e escudo de luz. A personagem estranha nasceu da reunião das fotos de uma jovem, de uma paisagem noturna e de um cavalete, combinadas com muita criatividade e truques do Photoshop. Acompanhe como a ilustração foi feita.

1 CORPO Primeiro, recortamos a moça. Para facilitar o trabalho, ampliamos a foto e, então, acionamos a ferramenta Seleção Rápida, clicamos em Nova Seleção na barra de opções e escolhemos um pincel fino, com diâmetro de 15 pixels. Contornamos a modelo com calma. Ajustamos o pincel e alternamos as opções Adicionar à Seleção e Subtrair da Seleção conforme a necessidade. Nesse processo, já deixamos de fora os pés-de-pato que a mulher carregava nas mãos.

44 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 44-45

4 ROUPAS Na seqüência, passamos para a roupa. Também com a Seleção Rápida, separamos as duas peças do maiô. Teclamos Ctrl + C para copiar e Ctrl+ V para colar o maiô numa nova camada e a renomeamos para maio.

DIC A S IN FO I 45

5/30/08 2:35:14 PM


dicas e tutoriais I criação

COMBINE, CRIE E REUTILIZE

ARESTAS 2 SEM Com a seleção concluída, pressionamos o botão Refinar Aresta. Na caixa de diálogo correspondente, escolhemos a opção de visualização em fundo branco (é o quarto ícone da esquerda para a direita). Se estiver sobrando alguma rebarba ou faltando alguma parte, cancelamos e continuamos o recorte. De volta ao Refinar Aresta, calibramos os controles deslizantes até conseguir o efeito desejado.

Crie uma ilustração com elementos de diferentes fotos, uso de recursos variados e muita imaginação

Criatividade: ilustração abaixo teve como base as três fotos ao lado

REMOÇÃO DO FUNDO 3

Em seguida, eliminamos o fundo. Para isso, demos um duplo clique na camada Plano de Fundo e a renomeamos para modelo. Depois, acionamos o menu Selecionar > Inverter e teclamos Delete para mandar o fundo para a lixeira. Cancelamos a seleção com o comando Ctrl + D e salvamos o trabalho no formato PSD para preservar as camadas.

A

mulher-morcego emerge das sombras da cidade, empunhando chicote e escudo de luz. A personagem estranha nasceu da reunião das fotos de uma jovem, de uma paisagem noturna e de um cavalete, combinadas com muita criatividade e truques do Photoshop. Acompanhe como a ilustração foi feita.

1 CORPO Primeiro, recortamos a moça. Para facilitar o trabalho, ampliamos a foto e, então, acionamos a ferramenta Seleção Rápida, clicamos em Nova Seleção na barra de opções e escolhemos um pincel fino, com diâmetro de 15 pixels. Contornamos a modelo com calma. Ajustamos o pincel e alternamos as opções Adicionar à Seleção e Subtrair da Seleção conforme a necessidade. Nesse processo, já deixamos de fora os pés-de-pato que a mulher carregava nas mãos.

44 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 44-45

4 ROUPAS Na seqüência, passamos para a roupa. Também com a Seleção Rápida, separamos as duas peças do maiô. Teclamos Ctrl + C para copiar e Ctrl+ V para colar o maiô numa nova camada e a renomeamos para maio.

DIC A S IN FO I 45

5/30/08 2:35:14 PM


E BOTAS 5 LUVAS Para as luvas e as botas, usamos o

ORELHAS 9

E as orelhas da mulher-morcego? Na camada do maiô, desenhamos as orelhas com o Laço Poligonal. Com o Conta-gotas, buscamos um tom escuro do capuz para dar o efeito de sombra na orelha da esquerda (usamos a ferramenta Lata de Tinta para aplicar a cor selecionada). Desenhamos a orelha da direita e, com o Carimbo, copiamos e aplicamos um amarelo mais claro.

Laço Poligonal na seleção de partes dos braços e das pernas. Ao selecionar uma parte, damos um clique duplo para finalizála e, com o Shift pressionado, começamos uma outra seleção. Ao final, teclamos Ctrl + C e Ctrl + V para levar a seleção para uma nova camada e a renomeamos.

10 ACESSÓRIOS Hora dos acessórios.

UNIFORMES 6 CORES Acionamos o menu Imagem

Buscamos o cabo do chicote na imagem do cavalete. Contornamos o pé com a Seleção Rápida e teclamos Ctrl + C e Ctrl + V para levá-lo para uma nova camada. Renomeamos a camada para chicote. Giramos e redimensionamos o objeto para adequá-lo à mão da modelo usando as ferramentas correspondentes do menu Editar > Transformação.

> Ajustes > Variações para mudar a cor da roupa. Clicamos várias vezes em Mais Amarelo para uniformizar a cor predominante. Clicamos em OK para concluir. Além de ser rápido, esse recurso preserva as sombras. Selecionamos, em seguida, a camada onde está o maiô e voltamos a Variações, desta vez para uniformizar o tom de amarelo.

7 CAPUZ Para criar o capuz da personagem,

EMPUNHADURA 11

voltamos à camada modelo e desenhamos o capuz sobre o rosto com a ferramenta Laço Poligonal. Invertemos a seleção (Selecionar > Inverter). Com a Borracha, apagamos as sobras de cabelo e dos óculos. Em seguida, pressionamos Shift e desenhamos os buracos para os olhos. Invertemos de novo a seleção como indicado anteriormente.

Em seguida, arrastamos a camada chicote para baixo da camada luvas e bota. Para aprimorar o detalhe da mão pegando o chicote, com o Laço, contornamos os dedos da mão da direita na camada luvas e botas, teclamos Ctrl + C e Ctrl + V para criar uma nova camada, que denominamos dedos, e os deslocamos para perto da mão esquerda. Pelo menu Editar > Transformação > Virar Horizontalmente invertemos a posição dos dedos.

8 TEXTURA Ainda com a seleção do capuz ativada, clicamos na camada do maiô. Acionamos o Carimbo, posicionamos o mouse sobre o maiô e teclamos Alt para copiar a textura. Em seguida, aplicamos a textura no capuz. Usamos o Carimbo também para copiar áreas de brilho.

46 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 46-47

DA MÃO 12 DETALHE Passamos à camada dos dedos para baixo da camada do chicote. Voltamos para a camada luvas e botas e, com a Borracha, apagamos parte da mão. De volta à camada dedos, copiamos mais dois para completar a mão. Juntamos as camadas de dedos, selecionando-as e acionando o menu Camada > Mesclar Camadas.

DIC A S IN FO I 47

5/30/08 2:35:40 PM


E BOTAS 5 LUVAS Para as luvas e as botas, usamos o

ORELHAS 9

E as orelhas da mulher-morcego? Na camada do maiô, desenhamos as orelhas com o Laço Poligonal. Com o Conta-gotas, buscamos um tom escuro do capuz para dar o efeito de sombra na orelha da esquerda (usamos a ferramenta Lata de Tinta para aplicar a cor selecionada). Desenhamos a orelha da direita e, com o Carimbo, copiamos e aplicamos um amarelo mais claro.

Laço Poligonal na seleção de partes dos braços e das pernas. Ao selecionar uma parte, damos um clique duplo para finalizála e, com o Shift pressionado, começamos uma outra seleção. Ao final, teclamos Ctrl + C e Ctrl + V para levar a seleção para uma nova camada e a renomeamos.

10 ACESSÓRIOS Hora dos acessórios.

UNIFORMES 6 CORES Acionamos o menu Imagem

Buscamos o cabo do chicote na imagem do cavalete. Contornamos o pé com a Seleção Rápida e teclamos Ctrl + C e Ctrl + V para levá-lo para uma nova camada. Renomeamos a camada para chicote. Giramos e redimensionamos o objeto para adequá-lo à mão da modelo usando as ferramentas correspondentes do menu Editar > Transformação.

> Ajustes > Variações para mudar a cor da roupa. Clicamos várias vezes em Mais Amarelo para uniformizar a cor predominante. Clicamos em OK para concluir. Além de ser rápido, esse recurso preserva as sombras. Selecionamos, em seguida, a camada onde está o maiô e voltamos a Variações, desta vez para uniformizar o tom de amarelo.

7 CAPUZ Para criar o capuz da personagem,

EMPUNHADURA 11

voltamos à camada modelo e desenhamos o capuz sobre o rosto com a ferramenta Laço Poligonal. Invertemos a seleção (Selecionar > Inverter). Com a Borracha, apagamos as sobras de cabelo e dos óculos. Em seguida, pressionamos Shift e desenhamos os buracos para os olhos. Invertemos de novo a seleção como indicado anteriormente.

Em seguida, arrastamos a camada chicote para baixo da camada luvas e bota. Para aprimorar o detalhe da mão pegando o chicote, com o Laço, contornamos os dedos da mão da direita na camada luvas e botas, teclamos Ctrl + C e Ctrl + V para criar uma nova camada, que denominamos dedos, e os deslocamos para perto da mão esquerda. Pelo menu Editar > Transformação > Virar Horizontalmente invertemos a posição dos dedos.

8 TEXTURA Ainda com a seleção do capuz ativada, clicamos na camada do maiô. Acionamos o Carimbo, posicionamos o mouse sobre o maiô e teclamos Alt para copiar a textura. Em seguida, aplicamos a textura no capuz. Usamos o Carimbo também para copiar áreas de brilho.

46 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 46-47

DA MÃO 12 DETALHE Passamos à camada dos dedos para baixo da camada do chicote. Voltamos para a camada luvas e botas e, com a Borracha, apagamos parte da mão. De volta à camada dedos, copiamos mais dois para completar a mão. Juntamos as camadas de dedos, selecionando-as e acionando o menu Camada > Mesclar Camadas.

DIC A S IN FO I 47

5/30/08 2:35:40 PM


TELA WIDESCREEN 13

Redimensionamos a área da ilustração pelo menu Imagem > Tamanho da Tela de Pintura. Na caixa de diálogo, escolhemos 39 de largura por 22 centímetros de altura, alinhando pelo canto inferior direito. Assim, criamos uma área na proporção de uma tela widescreen.

14 CHICHOTE Para traçar o chicote, criamos uma nova camada e, com a ferramenta Caneta, ajustada na opção Demarcadores, desenhamos o caminho do chicote. Ajustamos os pontos de ancoragem com a Seleção Direta. Clicamos em Definir Cor do Primeiro Plano e escolhemos um vermelho puro. Nas opções de Pincel, buscamos os caligráficos e escolhemos o 28, com 20 pixels de diâmetro. No menu da aba Demarcadores, ficamos com Traçar Demarcador. Na caixa de diálogo, escolhemos Pincel e marcamos Simular Pressão.

VEZ DAS ALÇAS 17 AO próximo passo é duplicar duas vezes a camada do cabo do chicote para criar as alças que prendem o escudo ao braço da modelo. Posicionamos os elementos no lugar apropriado, giramos com as ferramentas do menu Editar > Transformação e, em seguida, selecionamos as três camadas no painel correspondente, clicamos sobre a seleção com o botão direito do mouse e escolhemos a opção Mesclar Camadas. Em seguida, renomeamos a camada resultante para suporte. Com o Laço Poligonal, desenhamos as alças sobre o braço da modelo. Ativamos o Conta-gotas e escolhemos um tom de cinza. Criamos, em seguida, uma nova camada acima da que contém as luvas e as botas e pintamos as alças. Com um Pincel do tipo difuso e opacidade próxima a 60%, aplicamos brilho e sombra.

ESCUDO 15

Criamos uma nova camada para construir o escudo. Com a ferramenta Letreiro Elíptico, desenhamos uma forma oval em vermelho e a inclinamos com a opção correspondente do menu Editar > Transformação. Ajustamos a opacidade para 70%. Abrimos a aba Demarcadores, clicamos em Criar Demarcação de Tarefa a Partir da Seleção. Voltamos para a camada chicote. Na aba Demarcadores, clicamos em Traçar Demarcador.

DO CENÁRIO 18 COLOCAÇÃO Na etapa seguinte cuidamos da ambientação. Abrimos a imagem da cidade e a arrastamos para a ilustração, criando uma nova camada automaticamente. Alinhamos a cidade pelo canto inferior esquerdo e a redimensionamos.

20 SOMBRAS Para aplicar o tom sombrio que caiu bem no cenário, fomos ao menu Filtro > Acabamento > Efeitos de Iluminação. Na caixa de diálogo correspondente, escolhemos o efeito, ajustamos o eixo e demos OK. Esse efeito fez uma boa diferença.

DETALHE

16 DO ESCUDO Com o demarcador selecionado, abrimos o menu Editar > Transformação de Demarcador > Redimensionar. Na barra de opções, com o cadeado fechado, reduzimos a altura do oval em 50%. Em Demarcadores, clicamos em Traçar Demarcador com Pincel. Movemos a camada chicote para baixo da camada modelo.

48 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 48-49

DE 19 EFEITOS ILUMINAÇÃO Para aplicar certos efeitos de iluminação, precisamos mudar o modo de cores do arquivo de CMYK para RGB. Fizemos isso pelo menu Imagem > Modo > Cores RGB. Na caixa de diálogo de confirmação, que surge depois dessa ação, ficamos com a opção Não Mesclar.

DIC A S IN FO I 49

5/30/08 2:35:57 PM


TELA WIDESCREEN 13

Redimensionamos a área da ilustração pelo menu Imagem > Tamanho da Tela de Pintura. Na caixa de diálogo, escolhemos 39 de largura por 22 centímetros de altura, alinhando pelo canto inferior direito. Assim, criamos uma área na proporção de uma tela widescreen.

14 CHICHOTE Para traçar o chicote, criamos uma nova camada e, com a ferramenta Caneta, ajustada na opção Demarcadores, desenhamos o caminho do chicote. Ajustamos os pontos de ancoragem com a Seleção Direta. Clicamos em Definir Cor do Primeiro Plano e escolhemos um vermelho puro. Nas opções de Pincel, buscamos os caligráficos e escolhemos o 28, com 20 pixels de diâmetro. No menu da aba Demarcadores, ficamos com Traçar Demarcador. Na caixa de diálogo, escolhemos Pincel e marcamos Simular Pressão.

VEZ DAS ALÇAS 17 AO próximo passo é duplicar duas vezes a camada do cabo do chicote para criar as alças que prendem o escudo ao braço da modelo. Posicionamos os elementos no lugar apropriado, giramos com as ferramentas do menu Editar > Transformação e, em seguida, selecionamos as três camadas no painel correspondente, clicamos sobre a seleção com o botão direito do mouse e escolhemos a opção Mesclar Camadas. Em seguida, renomeamos a camada resultante para suporte. Com o Laço Poligonal, desenhamos as alças sobre o braço da modelo. Ativamos o Conta-gotas e escolhemos um tom de cinza. Criamos, em seguida, uma nova camada acima da que contém as luvas e as botas e pintamos as alças. Com um Pincel do tipo difuso e opacidade próxima a 60%, aplicamos brilho e sombra.

ESCUDO 15

Criamos uma nova camada para construir o escudo. Com a ferramenta Letreiro Elíptico, desenhamos uma forma oval em vermelho e a inclinamos com a opção correspondente do menu Editar > Transformação. Ajustamos a opacidade para 70%. Abrimos a aba Demarcadores, clicamos em Criar Demarcação de Tarefa a Partir da Seleção. Voltamos para a camada chicote. Na aba Demarcadores, clicamos em Traçar Demarcador.

DO CENÁRIO 18 COLOCAÇÃO Na etapa seguinte cuidamos da ambientação. Abrimos a imagem da cidade e a arrastamos para a ilustração, criando uma nova camada automaticamente. Alinhamos a cidade pelo canto inferior esquerdo e a redimensionamos.

20 SOMBRAS Para aplicar o tom sombrio que caiu bem no cenário, fomos ao menu Filtro > Acabamento > Efeitos de Iluminação. Na caixa de diálogo correspondente, escolhemos o efeito, ajustamos o eixo e demos OK. Esse efeito fez uma boa diferença.

DETALHE

16 DO ESCUDO Com o demarcador selecionado, abrimos o menu Editar > Transformação de Demarcador > Redimensionar. Na barra de opções, com o cadeado fechado, reduzimos a altura do oval em 50%. Em Demarcadores, clicamos em Traçar Demarcador com Pincel. Movemos a camada chicote para baixo da camada modelo.

48 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 48-49

DE 19 EFEITOS ILUMINAÇÃO Para aplicar certos efeitos de iluminação, precisamos mudar o modo de cores do arquivo de CMYK para RGB. Fizemos isso pelo menu Imagem > Modo > Cores RGB. Na caixa de diálogo de confirmação, que surge depois dessa ação, ficamos com a opção Não Mesclar.

DIC A S IN FO I 49

5/30/08 2:35:57 PM


CAMADA 24 BRILHO DE AMARELO 21 PARA AZUL

Na camada modelo, pegamos o fundo com a Varinha Mágica. Vamos à camada maio, acionamos Selecionar > Semelhante e, depois, Inverter, para pegar só a roupa. Ativamos Selecionar > Modificar > Contração e calibramos para 10 pixels. De novo em Selecionar > Modificar, ficamos com Difusão e ajustamos Raio de Difusão para 3 pixels. Toda essa preparação é para a aplicação de brilhos. Em seguida, criamos uma nova camada, que chamamos de brilho.

Antes de mudar a cor da roupa, selecionamos as camadas maio e luvas e botas e as mesclamos (Camadas > Mesclar Camadas). Acionamos o menu Imagem > Ajustes > Inverter para trocar o amarelo pelo azul. Em seguida, voltamos a Ajustes e escolhemos Cor Seletiva. Nessa caixa de diálogo, marcamos a opção Absoluto. No canal Azuis, movemos o controle de preto para 95%. Repetimos o processo na camada dos dedos.

DE REBARBAS 23 REMOÇÃO Em seguida, procedemos à exclusão

25 REFLEXOS Na camada dos brilhos,

das rebarbas, selecionando o fundo com a Varinha Mágica. No menu Selecionar, primeiro escolhemos Semelhante. Depois, no mesmo menu Selecionar, elegemos Modificar > Expansão e expandimos em 3 pixels. Voltamos, mais uma vez, ao menu Selecionar > Modificar e escolhemos Difusão. Aplicamos 2 pixels para suavizar o corte e teclamos Delete.

22 BRONZEADO Nossa personagem também precisava de um bronzeado. Na camada modelo, acionamos Imagem > Ajustes > Variações, marcamos a opção Tons Médios e clicamos nas várias opções até chegar num tom de pele mais moreno.

50 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 50-51

com um pincel difuso grande, de cerca de 200 pixels e opacidade de 85%, movemos o mouse do lado de fora do braço para pintar dentro. Se a marca de seleção estiver atrapalhando, esconda-a teclando Ctrl + H. Utilizamos o mesmo recurso nas demais áreas da roupa e da pele, alterando a cor e o tamanho do pincel de acordo com a necessidade. Selecionamos áreas da pele com o Laço e aplicamos brilhos e sombras em branco, vermelho e marrom.

TOQUE FINAL 26

Por fim, avivamos o chicote e o escudo. Nessas camadas, aplicamos o filtro Desfoque Gaussiano em 5 pixels (Filtro > Desfoque > Desfoque Gaussiano). Em seguida, acionamos Camada > Estilo de Camada > Brilho Externo. Na caixa de diálogo, escolhemos Modo de Mesclagem Normal, 100% de opacidade, cor magenta, 1% de expansão e tamanho de 45 pixels. Está pronta a ilustração.

DIC A S IN FO I 51

5/30/08 2:36:20 PM


CAMADA 24 BRILHO DE AMARELO 21 PARA AZUL

Na camada modelo, pegamos o fundo com a Varinha Mágica. Vamos à camada maio, acionamos Selecionar > Semelhante e, depois, Inverter, para pegar só a roupa. Ativamos Selecionar > Modificar > Contração e calibramos para 10 pixels. De novo em Selecionar > Modificar, ficamos com Difusão e ajustamos Raio de Difusão para 3 pixels. Toda essa preparação é para a aplicação de brilhos. Em seguida, criamos uma nova camada, que chamamos de brilho.

Antes de mudar a cor da roupa, selecionamos as camadas maio e luvas e botas e as mesclamos (Camadas > Mesclar Camadas). Acionamos o menu Imagem > Ajustes > Inverter para trocar o amarelo pelo azul. Em seguida, voltamos a Ajustes e escolhemos Cor Seletiva. Nessa caixa de diálogo, marcamos a opção Absoluto. No canal Azuis, movemos o controle de preto para 95%. Repetimos o processo na camada dos dedos.

DE REBARBAS 23 REMOÇÃO Em seguida, procedemos à exclusão

25 REFLEXOS Na camada dos brilhos,

das rebarbas, selecionando o fundo com a Varinha Mágica. No menu Selecionar, primeiro escolhemos Semelhante. Depois, no mesmo menu Selecionar, elegemos Modificar > Expansão e expandimos em 3 pixels. Voltamos, mais uma vez, ao menu Selecionar > Modificar e escolhemos Difusão. Aplicamos 2 pixels para suavizar o corte e teclamos Delete.

22 BRONZEADO Nossa personagem também precisava de um bronzeado. Na camada modelo, acionamos Imagem > Ajustes > Variações, marcamos a opção Tons Médios e clicamos nas várias opções até chegar num tom de pele mais moreno.

50 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Criacao-Mat15.indd 50-51

com um pincel difuso grande, de cerca de 200 pixels e opacidade de 85%, movemos o mouse do lado de fora do braço para pintar dentro. Se a marca de seleção estiver atrapalhando, esconda-a teclando Ctrl + H. Utilizamos o mesmo recurso nas demais áreas da roupa e da pele, alterando a cor e o tamanho do pincel de acordo com a necessidade. Selecionamos áreas da pele com o Laço e aplicamos brilhos e sombras em branco, vermelho e marrom.

TOQUE FINAL 26

Por fim, avivamos o chicote e o escudo. Nessas camadas, aplicamos o filtro Desfoque Gaussiano em 5 pixels (Filtro > Desfoque > Desfoque Gaussiano). Em seguida, acionamos Camada > Estilo de Camada > Brilho Externo. Na caixa de diálogo, escolhemos Modo de Mesclagem Normal, 100% de opacidade, cor magenta, 1% de expansão e tamanho de 45 pixels. Está pronta a ilustração.

DIC A S IN FO I 51

5/30/08 2:36:20 PM


dicas e tutoriais I vídeos

FILMINHOS MAIS BEM-ACABADOS O

A versão Extended do CS3 também edita vídeos quadro a quadro POR LUCIA REGGIANI

Photoshop CS3 dá conta apenas do tratamento de fotografias. Mas a versão Extended do produto possui também recursos de edição de imagens em filmes, característica que o torna uma opção atraente para profissionais de outras áreas, como cinema, vídeo, multimídia, medicina, ciências, engenharia e arquitetura. O programa trabalha com formatos de vídeo AVI, MOV e MPEG-4, em sintonia com o player Quick Time, da Apple. Veja como fazer a edição básica de um filme.

1 IMPORTAÇÃO Importamos um vídeo AVI numa camada de vídeo,

acionando Arquivo > Importar > Quadro de Vídeo para Camadas. Na caixa de diálogo, marcamos Somente Intervalo Selecionado parar selecionar um trecho (ou Do Início ao Fim para importar todo o vídeo). Caso tenho escolhido a primeira opção, defina o trecho em que quer trabalhar e clique OK.

D’ÁGUA 3 MARCA Neste exemplo, vamos incluir uma marca d’água. Para isso, criamos uma nova camada (Camada > Nova > Camada) e, com a ferramenta Texto, escrevemos uma palavra em um tom de cinza. Depois, ajustamos a opacidade da camada para dar transparência. Arrastamos a camada para o topo para que a marca ficasse visível em todos os quadros.

ESPECIALIZADA 2 PALETA Feito isso, observe, na paleta correspondente, que cada quadro do filme está numa camada, facilitando a edição individual. Vá ao menu Janela > Animação para trazer a linha do tempo. Por ela, selecionamos trechos do filme para aplicar os ajustes quadro a quadro.

52 I DIC A S IN FO

Dicas_Tuts-Videos-Mat16.indd 52

5/30/08 2:36:53 PM


dicas e tutoriais I animação

COMO UM DESENHO ANIMADO Crie animações com fotografias, efeitos e textos sem sair do Photoshop LUCIA REGGIANI

CÉU MAIS VIVO 2

Para dar um tom mais vivo ao céu, acionamos Imagem > Ajustes > Variações. Na caixa de diálogo, aplicamos Mais Azul. Como vamos animar os raios, criamos uma cópia da imagem, clicando com o botão direito e escolhendo Duplicar Camada. Na nova camada, apagamos os raios com o uso da ferramenta Carimbo.

O

Photoshop CS3 tem outro recurso bacana. É a possibilidade de criar animações com camadas de imagens, textos e ilustrações e alterando-as para que ganhem movimento. Na versão Extended, a paleta de animação pode ser exibida na forma de quadros ou linha do tempo, enquanto na versão básica encontra-se apenas a visualização frame a frame. Neste tutorial, criaremos uma animação para a web na qual um texto aparece em um fundo iluminado por raios.

DE VERMELHO 4 GRADIENTE Criamos uma camada acima da pasta CÉU que denominamos Tela. Com a ferramenta Letreiro Retangular, traçamos um retângulo nessa camada. Clicamos em Ferramenta Degradê. No quadradinho Definir Cor do Plano de Fundo na barra de ferramenta, aplicamos um tom vermelho. No quadradinho Definir Cor do Primeiro Plano, aplicamos branco. Na barra de opções do Degradê, escolhemos o padrão criado no Seletor de Degradê e a opção Degradê Diamante. Com isso, traçamos uma pequena diagonal no quadrado desenhado, criando um brilho.

Em ação: animação salva em MPEG-4 é exibida no QuickTime

3 ORGANIZAÇÃO DAS CAMADAS Para organizar o trabalho, renomeamos as camadas para Com raio e Sem raio. Criamos uma pasta denominada CÉU (Camada > Nova > Agrupar) e arrastamos as camadas com e sem raio para dentro dela.

POUCO 5 UM DE ESTILO

DA ANIMAÇÃO 1 INÍCIO Para fazer a animação, criamos um novo arquivo de 640 por 480 pixels. Pelo menu Janela, abrimos as paletas Camadas e Animação. Abrimos a imagem de fundo, um céu com raios, numa nova camada. Com a ferramenta Mover, arrastamos a imagem para o fundo e a ajustamos à tela. Fechamos a imagem original.

54 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Animac-Mat16B.indd 54-55

Na paleta Camadas, clicamos em Adicionar um Estilo de Camada (é o botão com o símbolo fx na parte inferior do painel) e escolhemos Chanfro e Entalhe. Na caixa de diálogo seguinte, ajustamos os parâmetros Tamanho e Ângulo. Marcamos Brilho Externo na lista à esquerda, acertamos o tamanho e demos OK. Salvamos o trabalho em formato PSD.

DIC A S IN FO I 55

5/30/08 2:37:32 PM


dicas e tutoriais I animação

COMO UM DESENHO ANIMADO Crie animações com fotografias, efeitos e textos sem sair do Photoshop LUCIA REGGIANI

CÉU MAIS VIVO 2

Para dar um tom mais vivo ao céu, acionamos Imagem > Ajustes > Variações. Na caixa de diálogo, aplicamos Mais Azul. Como vamos animar os raios, criamos uma cópia da imagem, clicando com o botão direito e escolhendo Duplicar Camada. Na nova camada, apagamos os raios com o uso da ferramenta Carimbo.

O

Photoshop CS3 tem outro recurso bacana. É a possibilidade de criar animações com camadas de imagens, textos e ilustrações e alterando-as para que ganhem movimento. Na versão Extended, a paleta de animação pode ser exibida na forma de quadros ou linha do tempo, enquanto na versão básica encontra-se apenas a visualização frame a frame. Neste tutorial, criaremos uma animação para a web na qual um texto aparece em um fundo iluminado por raios.

DE VERMELHO 4 GRADIENTE Criamos uma camada acima da pasta CÉU que denominamos Tela. Com a ferramenta Letreiro Retangular, traçamos um retângulo nessa camada. Clicamos em Ferramenta Degradê. No quadradinho Definir Cor do Plano de Fundo na barra de ferramenta, aplicamos um tom vermelho. No quadradinho Definir Cor do Primeiro Plano, aplicamos branco. Na barra de opções do Degradê, escolhemos o padrão criado no Seletor de Degradê e a opção Degradê Diamante. Com isso, traçamos uma pequena diagonal no quadrado desenhado, criando um brilho.

Em ação: animação salva em MPEG-4 é exibida no QuickTime

3 ORGANIZAÇÃO DAS CAMADAS Para organizar o trabalho, renomeamos as camadas para Com raio e Sem raio. Criamos uma pasta denominada CÉU (Camada > Nova > Agrupar) e arrastamos as camadas com e sem raio para dentro dela.

POUCO 5 UM DE ESTILO

DA ANIMAÇÃO 1 INÍCIO Para fazer a animação, criamos um novo arquivo de 640 por 480 pixels. Pelo menu Janela, abrimos as paletas Camadas e Animação. Abrimos a imagem de fundo, um céu com raios, numa nova camada. Com a ferramenta Mover, arrastamos a imagem para o fundo e a ajustamos à tela. Fechamos a imagem original.

54 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Animac-Mat16B.indd 54-55

Na paleta Camadas, clicamos em Adicionar um Estilo de Camada (é o botão com o símbolo fx na parte inferior do painel) e escolhemos Chanfro e Entalhe. Na caixa de diálogo seguinte, ajustamos os parâmetros Tamanho e Ângulo. Marcamos Brilho Externo na lista à esquerda, acertamos o tamanho e demos OK. Salvamos o trabalho em formato PSD.

DIC A S IN FO I 55

5/30/08 2:37:32 PM


9 PRIMEIROS QUADROS Nos quadros da animação, só aparecem as camadas que estão visíveis na paleta de camadas. Assim, deixamos visível apenas a do céu sem raios. Clicamos em Duplicar Quadro Selecionado na barra inferior da paleta de animação e, em seguida, tornamos visível a camada da tela. Nessa camada, ajustamos a opacidade para 5% para deixá-la bem transparente.

DO TEXTO 6 COMEÇO Em seguida, clicamos na ferramenta Texto e digitamos a palavra NA com uma fonte manuscrita grande em tom azul. Na paleta Camadas, clicamos em Adicionar um Estilo de Camada. Aplicamos Chanfro e Entalhe e, depois, marcamos a opção Sombra Projetada.

ADIÇÃO DE QUADROS 10

Duplicamos o quadro 2 e calibramos a opacidade da tela para 100%. Com o Shift pressionado, selecionamos os quadros 2 e 3 e clicamos no botão Transição (é o quinto na paleta Animação, da esquerda para a direita). Na caixa de diálogo, ajustamos para 20 os quadros a adicionar. Deixamos marcadas as demais opções-padrão para abranger todas as camadas visíveis.

PARTE DO TEXTO 7 SEGUNDA Escrevemos a palavra TV em um tom de cinza. Na paleta Caractere, ajustamos o Espaçamento Entre os Caracteres Selecionados para -100, escolhemos fonte de 200 pontos (opção Definir o Tamanho da Fonte) e a achatamos em 80% (opção Achatar Verticalmente). Clicamos na camada NA na paleta camada e acionamos o menu Camada > Estilo de Camada > Copiar Estilo de Camada. Selecionamos a camada TV e colamos o estilo (Camada > Estilo de Camada > Colar Estilo de Camada). Salvamos o trabalho.

DA ANIMAÇÃO 8 INÍCIO Nesse momento, podemos começar a animar. Observe que, na linha do

11 ANIMAÇÃO DO TEXTO O Photoshop criou os quadros que fazem a tela aparecer. No último quadro da seqüência, deixamos visível a camada NA e o duplicamos. Na cópia, demos visibilidade à camada TV. Duplicamos esse quadro. Voltamos um quadro (ao de número 24) e empurramos a palavra TV para fora da borda superior da cena.

tempo, todas as camadas e seus ajustes estão registrados. Na parte inferior, clicamos no ícone do filme para mudar para a visualização quadro a quadro.

56 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Animac-Mat16B.indd 56-57

DIC A S IN FO I 57

5/30/08 2:38:02 PM


9 PRIMEIROS QUADROS Nos quadros da animação, só aparecem as camadas que estão visíveis na paleta de camadas. Assim, deixamos visível apenas a do céu sem raios. Clicamos em Duplicar Quadro Selecionado na barra inferior da paleta de animação e, em seguida, tornamos visível a camada da tela. Nessa camada, ajustamos a opacidade para 5% para deixá-la bem transparente.

DO TEXTO 6 COMEÇO Em seguida, clicamos na ferramenta Texto e digitamos a palavra NA com uma fonte manuscrita grande em tom azul. Na paleta Camadas, clicamos em Adicionar um Estilo de Camada. Aplicamos Chanfro e Entalhe e, depois, marcamos a opção Sombra Projetada.

ADIÇÃO DE QUADROS 10

Duplicamos o quadro 2 e calibramos a opacidade da tela para 100%. Com o Shift pressionado, selecionamos os quadros 2 e 3 e clicamos no botão Transição (é o quinto na paleta Animação, da esquerda para a direita). Na caixa de diálogo, ajustamos para 20 os quadros a adicionar. Deixamos marcadas as demais opções-padrão para abranger todas as camadas visíveis.

PARTE DO TEXTO 7 SEGUNDA Escrevemos a palavra TV em um tom de cinza. Na paleta Caractere, ajustamos o Espaçamento Entre os Caracteres Selecionados para -100, escolhemos fonte de 200 pontos (opção Definir o Tamanho da Fonte) e a achatamos em 80% (opção Achatar Verticalmente). Clicamos na camada NA na paleta camada e acionamos o menu Camada > Estilo de Camada > Copiar Estilo de Camada. Selecionamos a camada TV e colamos o estilo (Camada > Estilo de Camada > Colar Estilo de Camada). Salvamos o trabalho.

DA ANIMAÇÃO 8 INÍCIO Nesse momento, podemos começar a animar. Observe que, na linha do

11 ANIMAÇÃO DO TEXTO O Photoshop criou os quadros que fazem a tela aparecer. No último quadro da seqüência, deixamos visível a camada NA e o duplicamos. Na cópia, demos visibilidade à camada TV. Duplicamos esse quadro. Voltamos um quadro (ao de número 24) e empurramos a palavra TV para fora da borda superior da cena.

tempo, todas as camadas e seus ajustes estão registrados. Na parte inferior, clicamos no ícone do filme para mudar para a visualização quadro a quadro.

56 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-Animac-Mat16B.indd 56-57

DIC A S IN FO I 57

5/30/08 2:38:02 PM


E SEM RAIOS 12 COM Selecionamos o quadro em que a palavra TV foi ocultada e o quadro seguinte e clicamos em Transição. Ajustamos o número de quadros para 10 e demos OK. No último quadro, abrimos a pasta CÉU e deixamos visível apenas a camada com raios. Duplicamos o quadro e, nesse novo quadro criado, ocultamos a camada com raio. Selecionamos os quadros 36 e 35 e os duplicamos.

DE TEMPO 13 AJUSTES Por padrão, cada quadro na animação do Photoshop fica com tempo de exposição de 10 segundos. É muito. Para ajustar o tempo, selecionamos todos os quadros, clicamos na seta ao lado do tempo e escolhemos 0,2 (segundo). Depois, calibramos o tempo mais detalhadamente. Ajustamos a duração do primeiro quadro para 1 (segundo) e a do quadro 23 para 2 (segundos). Do quadro 24 ao 34, estabelecemos 0,1 (segundo). Para cada raio, demos 0,5 (segundo). Salvamos.

HORA DO 14 ACABAMENTO Para concluir, acionamos o menu Arquivo > Exportar > Aplicar Acabamento em Vídeo. Na caixa de diálogo, selecionamos a pasta de gravação, escolhemos o formato MPEG-4 (você pode escolher outro, de sua preferência) e clicamos em Aplicar Acabamento. É o que basta para que o Photoshop crie a animação.

58 I DIC A S IN FO

Dicas_Tuts-Animac-Mat16B.indd 58

5/30/08 2:38:25 PM


dicas e tutoriais I 3D

OBJETOS EM TRÊS DIMENSÕES

2 POSICIONAMENTO O objeto é importado já com uma textura, e nosso objetivo é alterá-la. Acionamos o menu Camada > Camada 3D > Transformar Modelo 3D para acessar a barra de opções. Alternamos cliques nos ícones Girar, Rolar e Arrastar dessa barra para reposicionar o objeto em relação a seu eixo.

O Photoshop CS3 Extended abre e manipula objetos 3D e possibilita a edição de texturas POR LUCIA REGGIANI

FORMAS 3 NOVAS Clicando no botão Configurações de Seção Transversal, é possível explorar novas formas do objeto. Ao marcar a caixa Ativar Seção Transversal, podemos fatiar a imagem de acordo com o eixo e a orientação. Podemos experimentar os efeitos, deslizando os controles de Deslocamento e Inclinação. Feitas as alterações, clicamos em Confirmar Transformação na barra de opções.

Texturas: versão Extended se encarrega da edição de texturas em objetos 3D

M

anipular objetos 3D não é tarefa para o Photoshop? Ledo engano. Na edição CS3 Extended, o programa de tratamento de imagens abre e manipula objetos 3D e edita as texturas aplicadas no software em que foram criados. A solução da Adobe trabalha com os formatos 3DS, do 3D Studio MAX; DAE, do Collada; e KMZ, do Google Earth, entre outros.

ABERTO 1 ARQUIVO Para conhecer um pouco mais o recurso, neste tutorial vamos trabalhar numa embalagem. Abrimos o arquivo 3DS por meio do menu Arquivo > Abrir Como. Na caixa de diálogo, aceitamos as dimensões e demos OK. O Photoshop leva algum tempo lendo o modelo 3D.

60 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-3D-Mat17.indd 60-61

SELEÇÃO DA TEXTURA 4

Em seguida, começamos a edição da textura, dando um duplo clique no nome dela na paleta Camadas. Em seguida, clicamos no ícone Ir Para o Bridge na barra de opções (se ela não estiver aparente, clique em Visualizar > Opções). No Bridge, clicamos duas vezes sobre a nova textura para abri-la.

DIC A S IN FO I 61

5/30/08 2:39:42 PM


dicas e tutoriais I 3D

OBJETOS EM TRÊS DIMENSÕES

2 POSICIONAMENTO O objeto é importado já com uma textura, e nosso objetivo é alterá-la. Acionamos o menu Camada > Camada 3D > Transformar Modelo 3D para acessar a barra de opções. Alternamos cliques nos ícones Girar, Rolar e Arrastar dessa barra para reposicionar o objeto em relação a seu eixo.

O Photoshop CS3 Extended abre e manipula objetos 3D e possibilita a edição de texturas POR LUCIA REGGIANI

FORMAS 3 NOVAS Clicando no botão Configurações de Seção Transversal, é possível explorar novas formas do objeto. Ao marcar a caixa Ativar Seção Transversal, podemos fatiar a imagem de acordo com o eixo e a orientação. Podemos experimentar os efeitos, deslizando os controles de Deslocamento e Inclinação. Feitas as alterações, clicamos em Confirmar Transformação na barra de opções.

Texturas: versão Extended se encarrega da edição de texturas em objetos 3D

M

anipular objetos 3D não é tarefa para o Photoshop? Ledo engano. Na edição CS3 Extended, o programa de tratamento de imagens abre e manipula objetos 3D e edita as texturas aplicadas no software em que foram criados. A solução da Adobe trabalha com os formatos 3DS, do 3D Studio MAX; DAE, do Collada; e KMZ, do Google Earth, entre outros.

ABERTO 1 ARQUIVO Para conhecer um pouco mais o recurso, neste tutorial vamos trabalhar numa embalagem. Abrimos o arquivo 3DS por meio do menu Arquivo > Abrir Como. Na caixa de diálogo, aceitamos as dimensões e demos OK. O Photoshop leva algum tempo lendo o modelo 3D.

60 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-3D-Mat17.indd 60-61

SELEÇÃO DA TEXTURA 4

Em seguida, começamos a edição da textura, dando um duplo clique no nome dela na paleta Camadas. Em seguida, clicamos no ícone Ir Para o Bridge na barra de opções (se ela não estiver aparente, clique em Visualizar > Opções). No Bridge, clicamos duas vezes sobre a nova textura para abri-la.

DIC A S IN FO I 61

5/30/08 2:39:42 PM


5 APLICAÇÃO DA TEXTURA A textura é composta de uma camada e uma pasta. Selecionamos as duas e acionamos Mesclar Camadas. Teclamos Ctrl + A para selecionar e Ctrl + C para copiar a nova textura. Voltamos para a textura original, redimensionamos e colamos o conteúdo da nova. Fechamos e salvamos as texturas.

SELEÇÃO DO RÓTULO 8 Voltamos ao Bridge e buscamos o rótulo. Observe que o arquivo traz imagens para cada face da caixa. Aproximamos a imagem e, com a ferramenta Letreiro Retangular, selecionamos a frente. Clicamos em Editar > Copiar.

POUCO DE LUZ 6 UM Feito isso, o Photoshop aplica a nova textura, mas, no nosso caso, o objeto está escuro. Falta luz sobre ele. Para iluminá-lo, acionamos Camada > Camadas 3D > Transformar Modelo 3D. Clicamos em Configurações de Iluminação e Aparência. Ficamos com a opção Luzes Diretas e confirmamos.

APLICAÇÃO

9 DA FRENTE

Voltamos ao arquivo da caixa, criamos uma nova camada e a renomeamos como frente. Abrimos o menu Filtro > Ponto de Fuga e teclamos Ctrl + V para colar. Arrastamos a imagem para o centro da grade e, depois, para o canto. Assim, fica mais fácil redimensioná-la.

7 PREPARAÇÃO PARA O RÓTULO Passamos, em seguida, à edição do rótulo. Criamos uma nova camada e acionamos o menu Filtro > Ponto de Fuga. Com a ferramenta Criar Plano (é o segundo ícone na barra lateral), contornamos as arestas frontais da caixa, produzindo uma grade. Repetimos a operação na lateral e no topo do objeto.

62 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-3D-Mat17.indd 62-63

OUTRAS FACES 10 Mudamos o tamanho do rótulo, acionando o menu Editar > Transformação > Redimensionar. Com a tecla Shift pressionada, ajustamos o tamanho da textura à parte da frente do desenho da caixa. Voltamos ao arquivo do rótulo e repetimos os processos descritos nos passos 8 e 9 para copiar e colar os rótulos na lateral e no topo da caixa.

DIC A S IN FO I 63

5/30/08 2:39:56 PM


5 APLICAÇÃO DA TEXTURA A textura é composta de uma camada e uma pasta. Selecionamos as duas e acionamos Mesclar Camadas. Teclamos Ctrl + A para selecionar e Ctrl + C para copiar a nova textura. Voltamos para a textura original, redimensionamos e colamos o conteúdo da nova. Fechamos e salvamos as texturas.

SELEÇÃO DO RÓTULO 8 Voltamos ao Bridge e buscamos o rótulo. Observe que o arquivo traz imagens para cada face da caixa. Aproximamos a imagem e, com a ferramenta Letreiro Retangular, selecionamos a frente. Clicamos em Editar > Copiar.

POUCO DE LUZ 6 UM Feito isso, o Photoshop aplica a nova textura, mas, no nosso caso, o objeto está escuro. Falta luz sobre ele. Para iluminá-lo, acionamos Camada > Camadas 3D > Transformar Modelo 3D. Clicamos em Configurações de Iluminação e Aparência. Ficamos com a opção Luzes Diretas e confirmamos.

APLICAÇÃO

9 DA FRENTE

Voltamos ao arquivo da caixa, criamos uma nova camada e a renomeamos como frente. Abrimos o menu Filtro > Ponto de Fuga e teclamos Ctrl + V para colar. Arrastamos a imagem para o centro da grade e, depois, para o canto. Assim, fica mais fácil redimensioná-la.

7 PREPARAÇÃO PARA O RÓTULO Passamos, em seguida, à edição do rótulo. Criamos uma nova camada e acionamos o menu Filtro > Ponto de Fuga. Com a ferramenta Criar Plano (é o segundo ícone na barra lateral), contornamos as arestas frontais da caixa, produzindo uma grade. Repetimos a operação na lateral e no topo do objeto.

62 I D IC A S IN FO

Dicas_Tuts-3D-Mat17.indd 62-63

OUTRAS FACES 10 Mudamos o tamanho do rótulo, acionando o menu Editar > Transformação > Redimensionar. Com a tecla Shift pressionada, ajustamos o tamanho da textura à parte da frente do desenho da caixa. Voltamos ao arquivo do rótulo e repetimos os processos descritos nos passos 8 e 9 para copiar e colar os rótulos na lateral e no topo da caixa.

DIC A S IN FO I 63

5/30/08 2:39:56 PM


ESCOLHA

11 DO FUNDO Na seqüência, acrescentamos um fundo para valorizar o objeto. Criamos uma nova camada e a arrastamos para baixo do objeto 3D. Clicamos em Definir Cor do Primeiro Plano e escolhemos um azul-escuro. Para a cor do plano de fundo, prefirimos um azul-claro.

12 GRADIENTE DE CORES Acionamos a ferramenta Degradê e, para aplicar o gradiente, traçamos uma linha diagonal sobre a imagem. Colocamos nossa embalagem sob os holofotes, acionando Filtro > Acabamento > Efeitos de Iluminação. Na caixa de diálogo, ajustamos a incidência da luz.

DA SOMBRA 13 DESENHO Criamos uma nova camada e a arrastamos para a posição entre o objeto 3D e o fundo. Nela, montamos uma sombra. Com o Laço Poligonal, desenhamos uma área pouco maior do que a base da caixa. Pintamos essa área de preto e cancelamos a seleção teclando Ctrl + D.

NATURAL 14 TOQUE Com isso, o trabalho ganhou destaque, mas ainda falta um toque final. Vamos ao menu Filtro e escolhemos Desfoque Gaussiano com raio de 18 pixels. Calibramos a opacidade da camada para 75%, dando um ar mais natural ao sombreado. Salvamos o trabalho.

64 I DIC A S IN FO

Dicas_Tuts-3D-Mat17.indd 64

5/30/08 2:40:16 PM


dicas e tutoriais I produtividade

TRABALHE RÁPIDO NO PHOTOSHOP Truques para aumentar a produtividade no uso da ferramenta de edição de imagens da Adobe POR ERIC COSTA

N

o mundo da edição de imagem, o Photoshop é uma unanimidade, com interface e recursos copiados pelos concorrentes e uma legião de fãs entusiasmados. Na hora de automatizar tarefas chatas, o programa também não faz por menos. Confira, a seguir, três truques para ganhar tempo no trabalho de tratamento de fotografias.

REPETINDO EFEITOS Uma técnica simples, mas pouco usada no Photoshop, é a criação de ações para repetição de tarefas. Assim, quem vive redimensionando imagens, por exemplo, pode criar uma ação e associá-la a um atalho de teclado. Para isso, acesse o painel Ações (se ele não estiver visível, clique em Janela e selecione Ações). Clique no botão Criar Nova Ação (é o quinto botão na parte inferior do painel). Na tela que surge, dê um nome para a ação e escolha um atalho de teclado. Depois, clique em Gravar e repita o processo que será gravado. Quando concluir, clique no botão Interromper Execução/ Gravação do painel Ações.

OPERAÇÕES EM LOTE Com as ações, o Photoshop também pode fazer alterações em lote nas imagens, poupando ainda mais tempo. Para isso, antes de tudo você terá de criar uma ação para a operação que quer aplicar ao lote de imagens. Depois, acesse o menu Arquivo > Automatizar e, depois, Lote. Na janela que surge, escolha a ação que será aplicada às imagens, a pasta em que estão os arquivos que serão modificados e uma segunda pasta, caso não se queira sobrescrever as fotos originais. Clique em OK e pronto.

ROTAÇÃO AUTOMÁTICA Um problema clássico ao digitalizar uma foto é o resultado não ficar alinhado. Fazer a rotação é fácil, mas o Photoshop conta com uma técnica para descobrir o ângulo correto. Use a ferramenta Régua e crie uma linha rente à parte superior da imagem desalinhada. Depois, acesse o menu Imagem, a seguir Girar Tela de Pintura e, então, Arbitrário. O ângulo de rotação correto será preenchido com base no que foi estimado pela ferramenta Régua.

D I C AS I NFO I 65

Dicas_Tuts-Truques-Mat18.indd 65

5/30/08 2:41:00 PM


programas econômicos I paint.net

UPGRADE NO PAINT O Paint.Net é uma opção gratuita para editar imagens com recursos de primeira POR ERIC COSTA

O

Paint.Net combina ótimos recursos, interface bem bolada e boa velocidade, tudo em um download de apenas 1,6 MB. O programa começou como projeto de estudantes da Washington State University usando o pacote .Net Framework, da Microsoft, e suas boas bibliotecas de tratamento de imagens. A idéia era criar uma alternativa ao Paint do Windows. Depois de concluído o projeto, os desenvolvedores, já formados, continuaram a lançar novas versões do Paint.Net. Ele não substitui o Photoshop, claro, mas permite edição avançada de imagens sem gastar nada. O Paint.Net traz, por exemplo, edição em

PAINT.NET 3.31 FABRICANTE

Paint.Net Team

O QUE É

Editor de imagens

PRÓ

Interface amigável e funções típicas de programas profissionais

CONTRA

Não trabalha com cores CMYK e as funções para edição em camadas são muito primárias

RECURSOS

7,8 Edição básica em camadas, filtros e efeitos artísticos

COMPATIBILIDADE

6,5 Aceita os padrões mais comuns na web. Não abre nativamente arquivos PSD (Photoshop) ou CPT (Corel Photo Paint)

FACILIDADE DE USO 8,0 Visual simples, com ferramentas bem dispostas PREÇO (R$)

gratuito

ONDE ENCONTRAR

www.info.abril.com.br/download/4149.shtml

AVALIAÇÃO TÉCNICA(1) CUSTO/BENEFÍCIO

7,5

(1) MÉDIA PONDERADA CONSIDERANDO OS SEGUINTES ITENS E RESPECTIVOS PESOS: RECURSOS (50%), COMPATIBILIDADE (25%) E FACILIDADE DE USO (25%).

Paint.Net: suporte a camadas e efeitos artísticos

camadas, um dos itens que diferenciam um programa completo de um aplicativo simples para leigos. Também inclui níveis infinitos de desfazer e refazer, filtros prontos, ferramentas de pintura e efeitos artísticos.

O principal ponto forte do Paint.Net é sua interface. Desde a primeira versão, o visual do programa foi modificado, mesclando a facilidade de editores simples, como o Paint do Windows, com as ferramentas encontradas em programas como o Photo Paint, da Corel. O Paint.Net pode substituir o Paint como o software usado ao escolher a opção Editar, quando se clica com o botão direito do mouse em uma imagem. É uma troca praticamente sem perdas, pois o Paint.Net não é muito mais pesado que o utilitário do Windows e conta com muitos recursos extras. Um ponto fraco é que ele não abre nativamente arquivos em formatos como o PSD, do Photoshop, e o CPT, do Corel Photo Paint. Para continuar uma edição em camadas iniciada num desses programas, o usuário terá de salvar e carregar cada camada separadamente ou usar um plug-in que converte arquivos PSD com limitações. A edição em camadas é um tanto primitiva. Não é possível criar camadas de ajuste, por exemplo. E não há uma maneira de visualizar duas ou mais imagens ao mesmo tempo. Para quem quiser mais recursos, o programa tem suporte a plug-ins, com cerca de 140 opções disponíveis.

66 I DIC A S IN FO

Progrs_Ecs-Upgrade-Mat19.indd 66

5/30/08 2:41:25 PM


programas econômicos I GIMP

VAI DE GIMP? Reforma na interface deixa o editor de código aberto mais fácil de usar POR ANDRÉ CARDOZO

GIMP: nova interface permite o trabalho com menus e paletas

C

riado por dois estudantes da universidade de Berkeley, Estados Unidos, em 1996, o GIMP é o mais tradicional aplicativo gráfico para Linux, além de ter também versão para Windows. Durante muitos anos, o programa se saiu bem na variedade de recursos, mas pecou na interface pouco intuitiva. Mas as últimas versões avançaram nesse quesito. Fãs de longa data podem continuar a usar o botão direito do mouse para acessar a maioria das funções. Mas as versões mais recentes do GIMP trazem também a possibilidade de trabalhar por meio de menus e paletas semelhantes às de outros programas gráficos. Em termos de recursos, o programa não fica muito atrás de outros editores gráficos, como Photoshop ou Paint Shop. O GIMP trabalha com camadas, caminhos, filtros, canais e texturas, e traz as tradicionais ferramentas de edição e pintura. Um mérito do programa é possuir atalhos para as ferramentas mais usadas no dia-a-dia. Um bom exemplo disso é a ferramenta de inversão de eixo, que é acessada diretamente da barra de ferramentas. Além das boas funções para edição, o GIMP traz objetos gráficos prontos para uso. Esses elementos vêm a calhar, principalmente se a idéia for criar um website em poucos dias. O programa tem um gerador de botões que combina o texto digitado pelo usuário com fundos adequados para botões arredondados e com bordas. Há um assistente semelhante para criação de logotipos. Ele mescla mais de 20 tipos de textura com as palavras do logotipo desejado. O GIMP traz ainda mais de 60 tex-

turas que podem ser aplicadas às imagens editadas. As imagens podem ser exportadas nos formatos mais populares, como GIF, JPEG, BMP, TIFF e PNG. Um recurso importante que ainda não foi incorporado à interface do GIMP é o processamento de imagens em lote. Esse tipo de operação exige que o usuário abra a janela de comandos e crie um script na linguagem Script-Fu, usada para criar plug-ins para o GIMP. Outro ponto fraco do GIMP é a ausência de suporte ao modo CMYK. Isso inviabiliza o uso do programa para produção profissional de imagens que serão impressas em gráficas.

THE GIMP 2.4 FABRICANTE

GIMP Team

O QUE É

Editor de imagens

PRÓ

Faz uso eficiente do botão direito do mouse

CONTRA

Não trabalha com cores CMYK

RECURSOS

8,0 Suporta canais, filtros, camadas e paths

INTERFACE

7,5 Paletas podem ser agrupadas

EXTRAS

7,0 Capturador de telas e gerador de botões

PREÇO (R$)

gratuito

ONDE ENCONTRAR

www.info.abril.com.br/download/1825.shtml

AVALIAÇÃO TÉCNICA(1) CUSTO/BENEFÍCIO

7,7

(1) MÉDIA PONDERADA CONSIDERANDO OS SEGUINTES E RESPECTIVOS PESOS: RECURSOS (45%), INTERFACE (45%) E EXTRAS (10%).

68 I DIC A S IN FO

Progrs_Ecs-GIMP-Mat23.indd 68

5/30/08 4:17:24 PM


programas econômicos I variados

É SÓ BAIXAR E USAR Três outras opções para organizar, editar e até compartilhar fotos

OS EFEITOS DO PICASA2 A novidade mais recente do Picasa2 é a transferência de fotos para o serviço Picasa Álbum da Web. Para fazer isso, é só escolher a foto e clicar no botão de atalho na parte inferior da tela. O Picasa2 se encarrega de autenticar o usuário e fazer o upload do arquivo. Além das opções de edição básicas, o programa traz 12 efeitos especiais. Para facilitar a navegação, o usuário pode classificar as melhores fotos com uma estrela. Posteriormente, pode usar essa informação como um filtro para visualizar apenas as imagens marcadas. EM PORTUGUÊS www.info.abril.com.br/download/4046.shtml AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,0

CUSTO/BENEFÍCIO

O IRFANVIEW É RÁPIDO

OS DETALHES DA GALERIA Resposta da Microsoft ao Picasa, a Windows Live Photo Gallery é praticamente uma cópia do programa do Google. O aplicativo usa tags e estrelas para classificar as imagens e traz ferramentas de edição básicas. A maior diferença em relação à Galeria de Fotos do Vista, organizador de fotos nativo do sistema operacional, é a integração com serviços online. A Windows Live Photo Gallery agiliza a publicação de fotos no Spaces, plataforma de blogs e fotos da Microsoft, e no Flickr, serviço do Yahoo!. Na interface, o principal diferencial é a prévia das imagens, exibida assim que o mouse é posicionado sobre um item. Ela mostra uma versão maior da imagem selecionada e também informações como rótulos e tamanho do arquivo. EM INGLÊS

O freeware IrfanView fez sua fama como visualizador de imagens competente na época em que o Windows deixava a desejar nessa área. Depois, alguns dos seus recursos foram incorporados ao sistema operacional. Mas o IrfanView ganhou outras ferramentas e ainda é uma mão na roda para retoques simples e operações em lote. A versão atual conserva a rapidez característica do programa e é bem mais leve do que o Picasa e o Windows Live Photo Gallery. EM INGLÊS www.info.abril.com.br/download/800.shtml AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

www.info.abril.com.br/download/5032.shtml AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

D I C AS I NFO I 69

Progrs_Ecs-Variados-Mat34.indd 69

5/30/08 2:46:55 PM


na web I edição

AJUSTE DE BRILHO É SÓ O COMEÇO A nova geração de serviços de edição se encarrega até da execução de ajustes complexos nas imagens POR MARIA ISABEL MOREIRA

S

e você ainda acha que os programas de edição online de fotos não vão além dos acertos básicos de brilho e contraste e da remoção de olhos vermelhos é melhor rever seus conceitos. Os serviços mais recentes incluem ferramentas bem mais avançadas, capazes de fazer muita diferença no trabalho com as imagens. A maioria desses serviços ainda está em fase beta, mas não decepciona. Confira a avaliação de 14 soluções que dispensam a instalação de qualquer programa em seu computador.

INTEGRAÇÃO NOTA 10 O Picnik é o destino dos usuários do Flickr quando eles clicam na opção Editar. Mas o serviço também está à disposição de qualquer internauta e dispensa a necessidade de registro. As ferramentas de tratamento de imagem incluem recorte, redimensionamento, rotação, correção de olhos vermelhos, nitidez, cores e exposição. Mas não espere nada muito preciso. Os ajustes são para leigos, similares aos de programas como o Picasa. O interessante no Picnik são os recursos de criação, com efeitos, molduras, textos e formas. As correções de cor por curvas e nível são exclusivas dos usuários do serviço Premium, que custa 24,95 dólares por ano. O Picnik edita e salva fotos armazenadas no PC, em qualquer site da web ou nos serviços Webshots, Facebook, MySpace, Freewebs, Picasa Álbum da Web e Photobucket, além do Flickr. EM PORTUGUÊS www.picnik.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

EDIÇÃO COMPLETA Não é preciso nem se registrar para editar imagens com o FotoFlexer. A descomplicação estende-se ao uso. Todos os recursos do serviço estão reunidos em abas — Basic, Effects, Decorate, Animations, Beautify, Distort, Layers, Geek. É só selecionar uma delas e, em seguida, o recurso desejado. Há vários deles. A lista de efeitos, por exemplo, traz 23 opções customizáveis. Entre as ferramentas avançadas, reunidas na aba Geek, há opções para fusão, recorte, redimensionamento, alteração e ajustes de tonalidade em curvas. Quem se dispuser a fazer o cadastro conta com recursos extras, entre eles a possibilidade de usar a interface em português, o modo de imagem em alta resolução e a de salvar as fotos tratadas diretamente em alguns dos principais serviços de compartilhamento. EM INGLÊS E PORTUGUÊS http://fotoflexer.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,5

CUSTO/BENEFÍCIO

COMO NO PHOTOSHOP O design profissional e limpo do Splashup, no estilo Photoshop, é um conforto para quem está acostumado a trabalhar com programas de edição de imagens no computador. As paletas até podem ser movimentadas na tela como no programa da Adobe. Nos recursos, o Splashup também não faz feio, apesar de não ter a riqueza de funções de outras ferramentas concorrentes. O grande destaque é a possibilidade de trabalhar com camadas. O serviço busca e salva imagens no PC ou nos serviços Flickr, Facebook e Picasa, além do próprio Splashup. EM INGLÊS http://www.splashup.com

PARA PEQUENOS REPAROS O Snipshot é leve e quebra um bom galho na hora de editar uma foto armazenada no PC ou exibida em alguma página da web. O serviço faz operações básicas como redimensionamento, recorte, rotação e acertos de exposição, contraste, saturação, tonalidade e definição. Os efeitos restringem-se à conversão para tons de cinza. Para aplicar artifícios mais elaborados é necessário assinar o serviço Pro, que sai por 9 dólares mensais. A foto modificada pode ser salva no próprio computador nos formatos PNG, JPEG, GIF, TIFF, PDF e PSD e enviada por e-mail. O serviço também fornece link direto e códigos HTML. Registro? Para quê? EM INGLÊS http://snipshot.com

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,6

CUSTO/BENEFÍCIO

O PHOTOSHOP FOI PARA A WEB A Adobe também se rendeu à web. A versão online de sua ferramenta de edição de fotos tem o sugestivo nome Photoshop Express. É claro que ninguém vai encontrar na internet as sofisticadas ferramentas que fazem a fama do software usado por dez entre dez profissionais da fotografia, mas a solução online mais do que quebra o galho quando o objetivo é fazer pequenos retoques ou dar uma incrementada numa foto. Bem organizado, o Express separa as ferramentas por grupo (basics, tuning e effects). Na maioria dos casos, você altera a imagem selecionando uma das sugestões apresentadas pelo programa. O Photoshop Express conversa com o Facebook, o Flickr, o Photobucket e o Picasa. EM INGLÊS www.photoshop.com/express AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,9

CUSTO/BENEFÍCIO AVALIAÇÃO TÉCNICA

70 I D IC A S IN FO

Na_Web-Edicao-Mat25.indd 70-71

7,1

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S IN FO I 71

5/30/08 4:43:23 PM


na web I edição

AJUSTE DE BRILHO É SÓ O COMEÇO A nova geração de serviços de edição se encarrega até da execução de ajustes complexos nas imagens POR MARIA ISABEL MOREIRA

S

e você ainda acha que os programas de edição online de fotos não vão além dos acertos básicos de brilho e contraste e da remoção de olhos vermelhos é melhor rever seus conceitos. Os serviços mais recentes incluem ferramentas bem mais avançadas, capazes de fazer muita diferença no trabalho com as imagens. A maioria desses serviços ainda está em fase beta, mas não decepciona. Confira a avaliação de 14 soluções que dispensam a instalação de qualquer programa em seu computador.

INTEGRAÇÃO NOTA 10 O Picnik é o destino dos usuários do Flickr quando eles clicam na opção Editar. Mas o serviço também está à disposição de qualquer internauta e dispensa a necessidade de registro. As ferramentas de tratamento de imagem incluem recorte, redimensionamento, rotação, correção de olhos vermelhos, nitidez, cores e exposição. Mas não espere nada muito preciso. Os ajustes são para leigos, similares aos de programas como o Picasa. O interessante no Picnik são os recursos de criação, com efeitos, molduras, textos e formas. As correções de cor por curvas e nível são exclusivas dos usuários do serviço Premium, que custa 24,95 dólares por ano. O Picnik edita e salva fotos armazenadas no PC, em qualquer site da web ou nos serviços Webshots, Facebook, MySpace, Freewebs, Picasa Álbum da Web e Photobucket, além do Flickr. EM PORTUGUÊS www.picnik.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

EDIÇÃO COMPLETA Não é preciso nem se registrar para editar imagens com o FotoFlexer. A descomplicação estende-se ao uso. Todos os recursos do serviço estão reunidos em abas — Basic, Effects, Decorate, Animations, Beautify, Distort, Layers, Geek. É só selecionar uma delas e, em seguida, o recurso desejado. Há vários deles. A lista de efeitos, por exemplo, traz 23 opções customizáveis. Entre as ferramentas avançadas, reunidas na aba Geek, há opções para fusão, recorte, redimensionamento, alteração e ajustes de tonalidade em curvas. Quem se dispuser a fazer o cadastro conta com recursos extras, entre eles a possibilidade de usar a interface em português, o modo de imagem em alta resolução e a de salvar as fotos tratadas diretamente em alguns dos principais serviços de compartilhamento. EM INGLÊS E PORTUGUÊS http://fotoflexer.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,5

CUSTO/BENEFÍCIO

COMO NO PHOTOSHOP O design profissional e limpo do Splashup, no estilo Photoshop, é um conforto para quem está acostumado a trabalhar com programas de edição de imagens no computador. As paletas até podem ser movimentadas na tela como no programa da Adobe. Nos recursos, o Splashup também não faz feio, apesar de não ter a riqueza de funções de outras ferramentas concorrentes. O grande destaque é a possibilidade de trabalhar com camadas. O serviço busca e salva imagens no PC ou nos serviços Flickr, Facebook e Picasa, além do próprio Splashup. EM INGLÊS http://www.splashup.com

PARA PEQUENOS REPAROS O Snipshot é leve e quebra um bom galho na hora de editar uma foto armazenada no PC ou exibida em alguma página da web. O serviço faz operações básicas como redimensionamento, recorte, rotação e acertos de exposição, contraste, saturação, tonalidade e definição. Os efeitos restringem-se à conversão para tons de cinza. Para aplicar artifícios mais elaborados é necessário assinar o serviço Pro, que sai por 9 dólares mensais. A foto modificada pode ser salva no próprio computador nos formatos PNG, JPEG, GIF, TIFF, PDF e PSD e enviada por e-mail. O serviço também fornece link direto e códigos HTML. Registro? Para quê? EM INGLÊS http://snipshot.com

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,6

CUSTO/BENEFÍCIO

O PHOTOSHOP FOI PARA A WEB A Adobe também se rendeu à web. A versão online de sua ferramenta de edição de fotos tem o sugestivo nome Photoshop Express. É claro que ninguém vai encontrar na internet as sofisticadas ferramentas que fazem a fama do software usado por dez entre dez profissionais da fotografia, mas a solução online mais do que quebra o galho quando o objetivo é fazer pequenos retoques ou dar uma incrementada numa foto. Bem organizado, o Express separa as ferramentas por grupo (basics, tuning e effects). Na maioria dos casos, você altera a imagem selecionando uma das sugestões apresentadas pelo programa. O Photoshop Express conversa com o Facebook, o Flickr, o Photobucket e o Picasa. EM INGLÊS www.photoshop.com/express AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,9

CUSTO/BENEFÍCIO AVALIAÇÃO TÉCNICA

70 I D IC A S IN FO

Na_Web-Edicao-Mat25.indd 70-71

7,1

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S IN FO I 71

5/30/08 4:43:23 PM


Devotado ao Flickr

DIRETO PARA O COMPARTILHAMENTO Quer mandar a foto para o Flickr, mas precisa dar um trato antes? O Pixenate manipula imagens guardadas no PC ou armazenadas no Facebook e, depois de modificadas, elas podem ser salvas em disco ou enviadas diretamente para o Flickr. O serviço também trabalha com qualquer imagem da web. É só indicar sua URL completa. Mas o Pixenate tem alguns problemas: é lento e a janela de edição não é boa — dependendo do arquivo, é preciso lançar mão das barras de rolagem. Fora isso, o uso das ferramentas não é tão amigável como em soluções similares. O serviço não exige registro. EM ESPANHOL http://pixenate.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,0

CUSTO/BENEFÍCIO

Muitos serviços de tratamento de imagem integram-se ao Flickr. O Preloadr vai além e trabalha exclusivamente para o serviço de compartilhamento do Yahoo! Portanto, é condição básica ter uma conta do Flickr para usar seus recursos — entre eles, o uso de camadas e filtros. No próprio Preloadr é possível acrescentar ou editar título, tags e descrição, além de definir se a imagem será pública ou privada. Usuários da versão básica do Flickr enviam os arquivos modificados como novas imagens. Quem usa a versão Pro pode substituir as fotos originais pelas editadas. EM INGLÊS

http://preloadr.com

EFEITOS DE MONTÃO No Picture2Life, o upload pode ser feito também por e-mail. Dessa forma, fica fácil enviar fotos tiradas com a câmera integrada ao smartphone. A comodidade é complementada por uma oferta de recursos de edição e transformação surpreendente. Há uma coleção de ajustes rápidos e uma série de exemplos que podem ser aplicados às imagens. O interessante é que os ajustes e efeitos que mais agradam podem entrar para as galerias Favorites e My Effects. Mas o trabalho de edição é um pouco lento. O serviço permite a produção de coleções e a confecção de colagens e animações com fotos selecionadas. As imagens trabalhadas pelo Picture2Life podem ser salvas no próprio serviço, descarregadas para o PC ou compartilhadas em sites e serviços. Antes de exibi-las, você ainda pode gravar uma mensagem de voz. EM INGLÊS

AVALIAÇÃO TÉCNICA CUSTO/BENEFÍCIO

7,4

ARMAZENAMENTO COM EDIÇÃO FOTOS MENORES Apesar do nome, o pic resize faz mais do que simplesmente redimensionar imagens. Ele corrige brilho e contraste, faz recortes e rotações e aplica uma meia dúzia de efeitos. Na hora de salvar, você pode escolher o formato (JPG, GIF e PNG) e a qualidade da imagem. Mas se o que quer fazer mesmo é altera as dimensões das imagens, vá até o pé da página e clique no link Batch Resize. Essa ferramenta permite selecionar múltiplas fotografias e reduzi-las para 75%, 50% ou 25% de tamanho original. EM INGLÊS http://gui.picresize.com/picresize2 AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,2

CUSTO/BENEFÍCIO

O 72photos é, na verdade, um site de armazenamento, mas com alguns recursos a mais de edição. Mas vá com calma na aplicação dos efeitos. Nos testes, não descobrimos se existe uma opção para desfazer as ações. Ou seja, experimentou e não gostou, tem de apagar a foto e fazer novamente o upload. As fotos tratadas podem ser baixadas como arquivo ZIP para o computador ou compartilhadas em sites do gênero. Para alguns deles, o 72photos oferece integração automática. EM INGLÊS http://72photos.com

PERSONALIZAÇÃO É COM ELE

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,4

CUSTO/BENEFÍCIO

As ferramentas de correção não são o ponto forte do PIKIFX.com — elas restringem-se a recorte e redimensionamento. O atrativo desse serviço de tratamento são os efeitos e os elementos de decoração e personalização que permitem brincar com as imagens. As novas produções podem ser salvas em cinco formatos (BMP, GIF, JPEG, PNG e TIFF), enviadas por e-mail ou publicadas em blogs, sites e fóruns com o uso dos códigos fornecidos. EM INGLÊS www.pikifx.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

www.picture2life.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

72 I D IC A S IN FO

Na_Web-Edicao-Mat25.indd 72-73

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S IN FO I 73

5/30/08 4:43:37 PM


Devotado ao Flickr

DIRETO PARA O COMPARTILHAMENTO Quer mandar a foto para o Flickr, mas precisa dar um trato antes? O Pixenate manipula imagens guardadas no PC ou armazenadas no Facebook e, depois de modificadas, elas podem ser salvas em disco ou enviadas diretamente para o Flickr. O serviço também trabalha com qualquer imagem da web. É só indicar sua URL completa. Mas o Pixenate tem alguns problemas: é lento e a janela de edição não é boa — dependendo do arquivo, é preciso lançar mão das barras de rolagem. Fora isso, o uso das ferramentas não é tão amigável como em soluções similares. O serviço não exige registro. EM ESPANHOL http://pixenate.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,0

CUSTO/BENEFÍCIO

Muitos serviços de tratamento de imagem integram-se ao Flickr. O Preloadr vai além e trabalha exclusivamente para o serviço de compartilhamento do Yahoo! Portanto, é condição básica ter uma conta do Flickr para usar seus recursos — entre eles, o uso de camadas e filtros. No próprio Preloadr é possível acrescentar ou editar título, tags e descrição, além de definir se a imagem será pública ou privada. Usuários da versão básica do Flickr enviam os arquivos modificados como novas imagens. Quem usa a versão Pro pode substituir as fotos originais pelas editadas. EM INGLÊS

http://preloadr.com

EFEITOS DE MONTÃO No Picture2Life, o upload pode ser feito também por e-mail. Dessa forma, fica fácil enviar fotos tiradas com a câmera integrada ao smartphone. A comodidade é complementada por uma oferta de recursos de edição e transformação surpreendente. Há uma coleção de ajustes rápidos e uma série de exemplos que podem ser aplicados às imagens. O interessante é que os ajustes e efeitos que mais agradam podem entrar para as galerias Favorites e My Effects. Mas o trabalho de edição é um pouco lento. O serviço permite a produção de coleções e a confecção de colagens e animações com fotos selecionadas. As imagens trabalhadas pelo Picture2Life podem ser salvas no próprio serviço, descarregadas para o PC ou compartilhadas em sites e serviços. Antes de exibi-las, você ainda pode gravar uma mensagem de voz. EM INGLÊS

AVALIAÇÃO TÉCNICA CUSTO/BENEFÍCIO

7,4

ARMAZENAMENTO COM EDIÇÃO FOTOS MENORES Apesar do nome, o pic resize faz mais do que simplesmente redimensionar imagens. Ele corrige brilho e contraste, faz recortes e rotações e aplica uma meia dúzia de efeitos. Na hora de salvar, você pode escolher o formato (JPG, GIF e PNG) e a qualidade da imagem. Mas se o que quer fazer mesmo é altera as dimensões das imagens, vá até o pé da página e clique no link Batch Resize. Essa ferramenta permite selecionar múltiplas fotografias e reduzi-las para 75%, 50% ou 25% de tamanho original. EM INGLÊS http://gui.picresize.com/picresize2 AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,2

CUSTO/BENEFÍCIO

O 72photos é, na verdade, um site de armazenamento, mas com alguns recursos a mais de edição. Mas vá com calma na aplicação dos efeitos. Nos testes, não descobrimos se existe uma opção para desfazer as ações. Ou seja, experimentou e não gostou, tem de apagar a foto e fazer novamente o upload. As fotos tratadas podem ser baixadas como arquivo ZIP para o computador ou compartilhadas em sites do gênero. Para alguns deles, o 72photos oferece integração automática. EM INGLÊS http://72photos.com

PERSONALIZAÇÃO É COM ELE

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,4

CUSTO/BENEFÍCIO

As ferramentas de correção não são o ponto forte do PIKIFX.com — elas restringem-se a recorte e redimensionamento. O atrativo desse serviço de tratamento são os efeitos e os elementos de decoração e personalização que permitem brincar com as imagens. As novas produções podem ser salvas em cinco formatos (BMP, GIF, JPEG, PNG e TIFF), enviadas por e-mail ou publicadas em blogs, sites e fóruns com o uso dos códigos fornecidos. EM INGLÊS www.pikifx.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

www.picture2life.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

72 I D IC A S IN FO

Na_Web-Edicao-Mat25.indd 72-73

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S IN FO I 73

5/30/08 4:43:37 PM


Decore e compartilhe

RICO EM RECURSOS O visual do Cellsea é limpo e suas possibilidades de edição e transformação são muito superiores às de alguns outros serviços do gênero. A ferramenta de recorte, por exemplo, permite que se trace o corte diretamente na imagem ou que se selecione um tamanho predefinido antes da delimitação da área que será destacada. Para as correções de cor, exposição e iluminação há um conjunto de 15 ferramentas, reunidas na aba Colors. Isso sem contar as opções de efeito e distorção. EM INGLÊS http://www.cellsea.com/media AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,0

CUSTO/BENEFÍCIO

Se você precisa corrigir brilho, fazer recorte, mexer na saturação ou executar qualquer outra operação de aprimoramento nas suas fotos procure outro serviço. Mas se está interessado apenas em brincar com a imagem experimente o Graphita. O foco do site são os pincéis, as legendas e os adesivos diferenciados. O site funciona também como uma área de hospedagem, oferecendo integração com diversos serviços de compartilhamento e códigos para postagem em outros sites, blogs e fóruns com os quais não faz conexão direta. EM INGLÊS http://www.graphita.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,0

CUSTO/BENEFÍCIO

PDF COMO SAÍDA O Phixr é outra solução que segue a tendência da integração entre serviços. Nesse caso, a lista de sites “compatíveis” inclui Facebook, Flickr, Fotopic.net, Photobucket, Picasa, Smugsmug , Webshots, Buzznet, DropShots e LiveJournal. Apesar da interface um tanto antiguinha, o Phixr se sai bem na oferta de ferramentas de edição, tratamento e modificação. As fotos podem ser salvas em JPEG, GIF e PNG. Os formatos PDF e OCR também estão entre as opções de saída. EM INGLÊS, ESPANHOL E ALEMÃO http://www.phixr.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

74 I DIC A S IN FO

Na_Web-Edicao-Mat25.indd 74

5/30/08 4:44:01 PM


na web I compartilhamento

MEMÓRIA COLETIVA

Três serviços para quem gosta de compartilhar álbuns na web POR MARIA ISABEL MOREIRA

DIRETO PARA O MAPA Quando surgiu, o Zooomr foi apontado como um possível sucessor do Flickr. A previsão não aconteceu — o serviço do Yahoo! continua liderando as preferências dos internautas —, mas o Zooomr tem uma série de recursos bacanas que valem o uso. O serviço oferece, por exemplo, suporte direto a geotagging. Ou seja, você pode marcar em um mapa o ponto onde suas fotos foram tiradas. Outro atrativo é que as páginas do serviço estão traduzidas para vários idiomas, entre elas o português. As fotos podem ser comentadas e sua visualização restrita a amigos e familiares. Quem quiser colocar fotos em blogs e sites pode obter seu código html. EM PORTUGUÊS pt-br.zooomr.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,0

CUSTO/BENEFÍCIO

REI DA POPULARIDADE O Flickr, do Yahoo!, é disparado o serviço mais popular de publicação de fotos na web. A interface leve e sem firulas é um de seus destaques. Além dela, o serviço atrai pela possibilidade de colocar álbuns em sites e blogs e de posicionar as fotos geograficamente em um mapa. O serviço também traz ferramentas para adicionar comentários. Assim como acontece com o bookmarking social del.icio.us, a integração com o Flickr é praticamente onipresente nos serviços de web 2.0 que integram imagens. EM PORTUGUÊS www.flickr.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,4

CUSTO/BENEFÍCIO

PONTO PARA O VISUAL Visual limpo e sistema seguro. Se você está em busca de um serviço com essas características, experimente o DPhoto gratuitamente por 30 dias. Se gostar, pode assinar um dos planos Lite (3, 6, 12 ou 24 meses, com preços entre 10 dólares e 60 dólares) ou Pro (6, 12 ou 24 meses, entre 42 dólares e 154 dólares). O diferencial do serviço é o nível de controle sobre o uso das fotos. O serviço aceita uploads por e-mail e pode ser configurado para eliminar fotos duplicadas. As galerias podem ser protegidas por senha. EM INGLÊS www.dphoto.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,3

CUSTO/BENEFÍCIO

6,0 D I C AS I NFO I 75

Na_Web-Compart-Mat27.indd 75

5/30/08 2:47:27 PM


na web I armazenamento

ESPAÇO RESERVADO

Soluções de hospedagem de fotos para uso em sites, blogs e fóruns POR MARIA ISABEL MOREIRA

ESPAÇO E ALGO MAIS O popularíssimo Photobucket oferece aos usuários cadastrados em seu serviço gratuito 1 GB de espaço de armazenamento e 100 GB de tráfego mensal. Para cada imagem carregada, o serviço traz todos os links necessários para anexá-las onde quer que seja na web. Bem completo, o Photobucket oferece ainda ferramentas para edição básica de fotos. Para um tratamento mais detalhado, integra-se ao FotoFlexer. Slideshows? O serviço aciona o FleKtor para realizar o trabalho. Os usuários podem ainda combinar fotos, vídeos, textos, adesivos e músicas em uma produção. EM INGLÊS http://photobucket.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,0

CUSTO/BENEFÍCIO

COM LINKS CURTOS Não é preciso se cadastrar para fazer uploads no TinyPic. Basta entrar no site, selecionar o tipo de material a ser carregado (foto ou vídeo), inserir tags e, no caso das fotos, escolher um dos formatos. Quando conclui o trabalho, o site apresenta todos os links possíveis: HTML para uso em websites, código IMG para fóruns, URL para e-mails e mensagens instantâneas e um link direto. Detalhe: esse link é um endereço curto. Quem se registra pode fazer o upload de várias imagens ao mesmo tempo, criar álbuns e manter favoritos. EM INGLÊS http://tinypic.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

CUSTO/BENEFÍCIO

BOA INTEGRAÇÃO A opção gratuita do serviço Webshots garante o upload de 1 000 fotos e 100 vídeos, além de mais 100 fotos por mês de registro. As imagens podem ser organizadas em álbuns públicos ou privados, postadas diretamente em redes sociais e blogs populares e visualizadas no próprio Webshots. O serviço oferece ainda códigos e link direto tanto para álbuns inteiros como para fotos individuais. Quer exibi-las na forma de slideshow? É só acionar o link correspondente. Entre as vantagens do serviço pago (2,49 dólares por mês) estão o upload e compartilhamento de 5 000 fotos. EM INGLÊS http://www.webshots.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,2

CUSTO/BENEFÍCIO

76 I DIC A S IN FO

Na_Web-Armazen-Mat28.indd 76

5/30/08 2:48:07 PM


na web I mashups

NO TEMPO DOS MASHUPS Três serviços que tornam a experiência com o popular Flickr muito mais agradável POR MARIA ISABEL MOREIRA

FLICKR EM FLASH O visual do Flikr não deixa a desejar, mas a interface em Flash do Flappr torna a exploração das fotos públicas disponíveis no serviço muito melhor. A navegação pode ser por uma localidade (é só clicar na bandeira correspondente ao país de interesse), tag ou usuário. Durante o exame dos resultados da busca, etiquetas permitem que se confira outras fotos do mesmo autor e se chegue à página do Flickr em que está postada. EM INGLÊS http://bcdef.org/flappr AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,2

CUSTO/BENEFÍCIO

NA COR EXATA Quer ver uma imagem predominantemente amarela, azul ou vermelha? O Colr Pickr procura fotos no Flickr baseado no tom selecionado pelo internauta numa paleta — um controle deslizante permite aumentar ou reduzir o brilho das cores no seletor. Depois é só clicar numa das imagens para ser enviado para sua página no Flickr. A pesquisa padrão busca qualquer tipo de imagem na cor escolhida. Mas o Colr Pickr traz também opções de pesquisa temáticas — flores, texturas, grafites, portas e janelas, macros, decadência urbana etc. EM INGLÊS http://krazydad.com/colrpickr AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,0

CUSTO/BENEFÍCIO

NOVIDADES NO FLICKR Quer matar o tempo? Digite o endereço do FlickrVision no browser e pronto. O serviço mostra atualizações de postagens no Flickr nos quatro cantos do mundo numa interface do Google Maps. A página movimenta-se e as imagens pulam na tela poucos segundos depois que foram publicadas. Quem preferir pode acompanhar essa agitação numa visão 3D. EM INGLÊS http://flickrvision.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,7

CUSTO/BENEFÍCIO

D I C AS I NFO I 77

Na_Web-Mashups-Mat29.indd 77

5/30/08 3:36:00 PM


na web I apresentações

SHOW DE SLIDES E POUCO Serviços esbanjam recursos na hora de combinar e exibir fotos na internet POR MARIA ISABEL MOREIRA

DIFERENÇA NAS EXIBIÇÕES Dá para exercitar muito a criatividade na exibição das fotos com o Vuvox. Há dois modos de usar o serviço. No Express você escolhe a origem das fotos (suas imagens públicas no Picasa ou no Flick e feeds RSS de alguns sites), seleciona um estilo e uma variação. Quando conclui, recebe um link único e o código html. O modo Studio não é tão rápido, mas, em compensação, traz diversos recursos de personalização. O Vuvox ainda inclui um módulo para recortes e colagens. EM INGLÊS http://www.vuvox.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

8,0

CUSTO/BENEFÍCIO

COMBINE E CRIE Para criar apresentações no Slide você pode vasculhar fotos em seu PC, usar uma URL ou resgatar imagens publicadas em serviços, como Flickr, MySpace, Facebook e Photobucket. Até aí, tudo é rápido. Demorado é escolher entre a variedade de estilos, temas, peles, fundos, efeitos e musicais. Tudo pode ser combinado nas produções. Quer customizar uma foto com textos, adesivos e desenhos? O Slide também é um bom destino para essa tarefa. No final você recebe um código para expor seu trabalho onde quiser. EM INGLÊS http://www.slide.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

NÃO FALTAM OPÇÕES Outro bom serviço para a criação de apresentações é o Flektor. São quase 200 estilos à disposição dos interessados em mostrar seus cliques. Os slideshows divertidos podem incluir música e ser compartilhados facilmente em diferentes blogs e serviços. Se preferir, você pode obter os códigos para incluir os trabalhos em páginas web e enviá-los por e-mail ou mensagem instantânea. Quando exibidas no Flektor, as produções podem ser comentadas e classificadas. EM INGLÊS http://www.flektor.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

78 I DIC A S IN FO

Na_Web-Apresents-Mat30.indd 78

5/30/08 2:48:51 PM


na web I stock photos

SEM DAR UM ÚNICO CLIQUE A foto de que você precisa pode estar em um banco de imagens POR MARIA ISABEL MOREIRA

QUANTIDADE E VARIEDADE O stock.xchng — ou, simplesmente SXC — é um dos melhores pontos de parada para quem está em busca de uma imagem específica. Além de variado e bem servido, boa parte do conteúdo disponível pode ser baixada gratuitamente. Quando muito, você precisa dar crédito ou pedir a aprovação do autor. Mas as imagens que aparecem como Premium nas páginas de resultado precisam ser adquiridas. Se você quiser contribuir com o acervo do SXC é só se cadastrar e fazer o upload de suas produções. EM INGLÊS www.sxc.hu

POR UM PREÇO BAIXINHO Mais do que um simples banco de imagens, o iStockphoto é um repositório de fotos, vídeos, ilustrações vetoriais e arquivos Flash. Nada é de graça, mas é possível encontrar conteúdo por preço razoável. Para adquirir qualquer material é necessário comprar créditos. Os preços variam de 13 dólares (10 créditos) a 1 450 dólares (1 500 créditos). Para se ter uma idéia, 10 créditos equivalem a duas imagens de tamanho médio para impressão, um vídeo ou uma ilustração detalhada. EM INGLÊS www.istockphoto.com

REGISTRO DISPENSADO Se o orçamento está curto, uma vasculhada no morgueFile pode ser uma boa saída na hora de achar a melhor imagem para completar um layout. Esse banco de imagens traz conteúdo gratuito e de boa qualidade. As imagens estão divididas em categorias — animais, objetos, cenas, natureza morta, pessoas e texturas — e subcategorias. Fica até fácil encontrar o que se procura. Quando se chega à imagem adequada, o site traz várias informações úteis, como o tamanho da imagem, o total do arquivo e a data em que foi postada. Não é preciso ter registro no site para fazer o download. EM INGLÊS www.morguefile.com

D I C AS I NFO I 79

Na_Web-Stock-Mat31.indd 79

5/30/08 3:12:37 PM


na web I pesquisa

EM BUSCA DA IMAGEM PERFEITA Encontre sem dificuldades a fotografia certa para o que precisa POR MARIA ISABEL MOREIRA

COM O FORMATO CERTO Se você precisa de uma foto horizontal, vertical ou quadrada, com altura e largura mínimas e pela qual não tenha de pagar nada o everystockphotos é o endereço certo. O serviço indexava, no final de maio, mais de 3 milhões de imagens de sites como stock.xchng e Wikimedia Commons. Além de pesquisar por fonte, formato e tamanho, o serviço permite busca usando tags e algumas variações na pesquisa por palavras (todas, qualquer, frase exata ou início). A apresentação dos resultados também é bastante flexível (relevância, tamanho, classificação, popularidade e data da indexação). Usuários cadastrados podem avaliar as imagens e fazer comentários, além de criar e salvar coleções. EM INGLÊS

Q

http://www.everystockphoto.com

uando você sabe que terá de recorrer à web para encontrar a imagem certa, a dica para não perder tempo é contar com a ajuda dos mecanismos de busca especializados, como os cinco que comentamos a seguir. Alguns localizam imagens que podem ser usadas livremente, mas, na maioria dos casos, você terá de pedir autorização para o autor e/ou pagar pelo uso do conteúdo.

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

CUSTO/BENEFÍCIO

BANCOS PROFISSIONAIS O StockPhotoFinder faz o que seu nome diz — ou seja, procura materiais em bancos de fotos que podem ser licenciadas para diferentes usos, como revistas, propaganda, livros, decoração, ilustração etc. O serviço indexa fotos de quase 50 bancos de imagens. Entre os recursos da pesquisa avançada estão as buscas por data ou por década. O StockPhotoFinder pode ser usado sem a necessidade de registro, mas, nesse caso, as fotos selecionadas no lightbox só podem ser vistas do computador em que foram criadas (e desde que o cookie inserido pelo site não tenha sido apagado do PC). EM INGLÊS

COR OU P&B Se você quer procurar apenas fotos em preto-e-branco, é só marcar esse item. Se quer que o resultado da pesquisa traga somente imagens grandes, precisa apenas escolher o item correspondente no menu que se refere ao tamanho das fotos. Essas duas opções fazem parte da busca avançada do PicSearch. Quando se clica numa das imagens encontradas, o serviço traz um resumo de suas informações, a página em que a imagem é apresentada e um alerta de que a permissão de uso deve ser obtida com o autor. Nas preferências do mecanismo, é possível escolher também a língua da interface, e o nosso idioma é uma das opções. EM PORTUGUÊS (PORTUGAL)

http://www.stockphotofinder.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

http://www.picsearch.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,2

CUSTO/BENEFÍCIO

COM UMA MÃO DO GOOGLE O serviço Pesquisa de Imagens do Google é, de longe, o mais usado pelos internautas. Mas, com certeza, nem todo mundo explora os recursos de refinamento de pesquisa oferecidos pelo Google. Quando se clica no link Pesquisa Avançada de Imagens, pode-se filtrar os resultados por diversos critérios para se chegar mais facilmente ao conteúdo desejado. Exemplo? Se você está fazendo a busca por uma pessoa de nome Margarida pode pedir para o mecanismo concentrar-se nas pessoas, excluindo resultados relacionados à flor. Além disso, é possível escolher o tamanho do arquivo, sua extensão (JPEG, GIF, PNG ou BMP) e coloração, além de restringir o trabalho de localização a um determinado site ou domínio. EM PORTUGUÊS http://images.google.com.br/ AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

CUSTO/BENEFÍCIO

FONTES VARIADAS Atrás de uma foto ou de um vídeo? Independentemente da resposta, vale a pena procurar o material usando o Pixsy. O site mantém uma ampla gama de parceiros — para fotos, são dezenas de provedores de conteúdo — que devem atender suas exigências. Para peneirar os resultados, é possível filtrar as buscas por categoria e por fonte. Outro ponto positivo é a opção de salvar pesquisas para executá-las posteriormente. EM INGLÊS http://www.pixsy.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,4

80 I D IC A S IN FO

Na_Web-Pesquisa-Mat32.indd 80-81

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S IN FO I 81

5/30/08 2:49:33 PM


na web I pesquisa

EM BUSCA DA IMAGEM PERFEITA Encontre sem dificuldades a fotografia certa para o que precisa POR MARIA ISABEL MOREIRA

COM O FORMATO CERTO Se você precisa de uma foto horizontal, vertical ou quadrada, com altura e largura mínimas e pela qual não tenha de pagar nada o everystockphotos é o endereço certo. O serviço indexava, no final de maio, mais de 3 milhões de imagens de sites como stock.xchng e Wikimedia Commons. Além de pesquisar por fonte, formato e tamanho, o serviço permite busca usando tags e algumas variações na pesquisa por palavras (todas, qualquer, frase exata ou início). A apresentação dos resultados também é bastante flexível (relevância, tamanho, classificação, popularidade e data da indexação). Usuários cadastrados podem avaliar as imagens e fazer comentários, além de criar e salvar coleções. EM INGLÊS

Q

http://www.everystockphoto.com

uando você sabe que terá de recorrer à web para encontrar a imagem certa, a dica para não perder tempo é contar com a ajuda dos mecanismos de busca especializados, como os cinco que comentamos a seguir. Alguns localizam imagens que podem ser usadas livremente, mas, na maioria dos casos, você terá de pedir autorização para o autor e/ou pagar pelo uso do conteúdo.

AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

CUSTO/BENEFÍCIO

BANCOS PROFISSIONAIS O StockPhotoFinder faz o que seu nome diz — ou seja, procura materiais em bancos de fotos que podem ser licenciadas para diferentes usos, como revistas, propaganda, livros, decoração, ilustração etc. O serviço indexa fotos de quase 50 bancos de imagens. Entre os recursos da pesquisa avançada estão as buscas por data ou por década. O StockPhotoFinder pode ser usado sem a necessidade de registro, mas, nesse caso, as fotos selecionadas no lightbox só podem ser vistas do computador em que foram criadas (e desde que o cookie inserido pelo site não tenha sido apagado do PC). EM INGLÊS

COR OU P&B Se você quer procurar apenas fotos em preto-e-branco, é só marcar esse item. Se quer que o resultado da pesquisa traga somente imagens grandes, precisa apenas escolher o item correspondente no menu que se refere ao tamanho das fotos. Essas duas opções fazem parte da busca avançada do PicSearch. Quando se clica numa das imagens encontradas, o serviço traz um resumo de suas informações, a página em que a imagem é apresentada e um alerta de que a permissão de uso deve ser obtida com o autor. Nas preferências do mecanismo, é possível escolher também a língua da interface, e o nosso idioma é uma das opções. EM PORTUGUÊS (PORTUGAL)

http://www.stockphotofinder.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,5

CUSTO/BENEFÍCIO

http://www.picsearch.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,2

CUSTO/BENEFÍCIO

COM UMA MÃO DO GOOGLE O serviço Pesquisa de Imagens do Google é, de longe, o mais usado pelos internautas. Mas, com certeza, nem todo mundo explora os recursos de refinamento de pesquisa oferecidos pelo Google. Quando se clica no link Pesquisa Avançada de Imagens, pode-se filtrar os resultados por diversos critérios para se chegar mais facilmente ao conteúdo desejado. Exemplo? Se você está fazendo a busca por uma pessoa de nome Margarida pode pedir para o mecanismo concentrar-se nas pessoas, excluindo resultados relacionados à flor. Além disso, é possível escolher o tamanho do arquivo, sua extensão (JPEG, GIF, PNG ou BMP) e coloração, além de restringir o trabalho de localização a um determinado site ou domínio. EM PORTUGUÊS http://images.google.com.br/ AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,8

CUSTO/BENEFÍCIO

FONTES VARIADAS Atrás de uma foto ou de um vídeo? Independentemente da resposta, vale a pena procurar o material usando o Pixsy. O site mantém uma ampla gama de parceiros — para fotos, são dezenas de provedores de conteúdo — que devem atender suas exigências. Para peneirar os resultados, é possível filtrar as buscas por categoria e por fonte. Outro ponto positivo é a opção de salvar pesquisas para executá-las posteriormente. EM INGLÊS http://www.pixsy.com AVALIAÇÃO TÉCNICA

7,4

80 I D IC A S IN FO

Na_Web-Pesquisa-Mat32.indd 80-81

CUSTO/BENEFÍCIO

DIC A S IN FO I 81

5/30/08 2:49:33 PM


na web I blogs

O PAPO É FOTOGRAFIA Onde trocar experiências, procurar dicas e comentar sobre o trabalho com imagens na web POR MARIA ISABEL MOREIRA

PRETO NO BRANCO Apesar do título, nem todas as fotos apresentadas por David Beckerman no blog Black & White Photos são em preto-e-branco. O fotógrafo americano mostra também belas imagens coloridas, muitas acompanhadas de comentários sobre como foram produzidas ou tratadas. EM INGLÊS http://beckermanphoto.com

COLEÇÃO DE DICAS Como fotografar um cenário à luz de velas? Como trabalhar com camadas no Photoshop? Como produzir imagens 3D? As respostas a essas perguntas podem ser encontradas no Digital Photography School, blog do americano Darren Rowse que reúne uma série de dicas dedicadas aos proprietários de câmeras digitais. EM INGLÊS http://digital-photography-school.com/blog

DESASTRES NO PHOTOSHOP Nem tudo é perfeito no mundo da fotografia digital. Ao contrário, há fracassos estrondosos no trabalho com imagens ou pequenos deslizes que põem tudo a perder. O blog Photoshop Disasters tem a única missão de apontar, com muito humor, essas falhas na manipulação de fotos. É diversão pura. EM INGLÊS http://photoshopdisasters.blogspot.com

Pausa para o relaxamento Quando a intenção não é discutir, mas sim apreciar boas fotos, três endereços que valem a visita são o Shutterlog (www.i-gloo.org/shutterlog), o Chromasia (www.chromasia. com/iblog) e o Stuck in Customs (http://stuckincustoms.com). Nos dois primeiros não há nenhuma palavra, apenas fotos para apreciação. No Stuck in Customs, o fotógrafo Trey Ratcliff tece alguns comentários, normalmente nada técnicos, sobre as imagens HDR (High Dynamic Range) exibidas. 82 I DIC A S IN FO

Na_Web-Blogs-Mat33.indd 82

5/30/08 2:49:58 PM


Photoshop cs 3