Page 1

SATANÁS DESMASCARADO Vencendo o Espírito de Jezabel

Colin Dye 1


2


Título Original em Inglês: Satan Unmasked Copyright (c) 2000 by Colin Dye Todos os direitos estão reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, total ou parcial sob qualquer forma, meio ou idioma no Brasil ou Exterior, sem préviaautorização do autor. 1.Edição - 2000 Tiragem 5000 Tradução: Osnei Calazans Revisão de tradução: Willians Barbosa Coordenação de Produção: Willians Barbosa Todos os direitos em língua portuguesa reservados a Colin Dye. Impressão Promove Artes Gráficas Rua José Raimundo de Souza, 33 São Marcos - Tel./Fax: (31) 486-2696 e-mail: promoveartes@zipmail.com.br Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil

3


ÍNDICE 1. A Força do Mal...................................................................................................5 2. Por trás da Mascara.........................................................................................11 3. Satanás no Ataque...........................................................................................25 4. Jezabel Exposta...............................................................................................40 5. A Influência do Espírito de Jezabel na Cultura Brasileira (Este capítulo foi escrito com oauxilio do Bispo Willians Barbosa).....................48 6. O Caminho da Vitória.......................................................................................52 7. Confesse e Abandone......................................................................................61

4


1. A FORÇA DO MAL MUITAS PESSOAS NA EUROPA OCIDENTAL e na América do Norte não creem no diabo ou em demónios. Pensam que as descobertas da era 'científica' contemporânea de algum modo impossibilitam uma pessoa inteligente de crer na existência de espíritos malignos. Zombam da ideia popular de uma figura travessa com chifres, cascos e calda, sugerindo que este personagem de desenho animado é o que a Bíblia ensina sobre Satanás. Mas as Escrituras não descrevem o diabo e os demônios nessa maneira simplista. Em vez disso, alertam as pessoas quanto a uma força maligna que está por trás de todas as estruturas e acontecimentos pecaminosos do mundo, e por trás de todas as pressões tentadores quetodo homem, mulher e criança enfrenta. Todavia, embora muitas pessoas descrentes do ocidente possam agora rejeitar a ideia de um 'diabo', ainda identificam frequentemente um acontecimento ou uma pessoa em particular como sendo'mal'ou influenciada pelo‘mal'. Acontecimentos terríveis como uma bomba terrorista explodindo numa lanchonete lotada, ou um assassino matando pessoas em massa por prazer, ou um tirano louco pelo poder torturando seus oponentes, levam o descrente mais endurecido a reconhecer que uma grande força maligna deve existir de algum modo. Ela existe. E a Bíblia chama o líder dessa força de 'Satanás (a palavra hebraica) ou ‘o diabo’ (a palavra grega). OS ÚLTIMOS CEM ANOS têm produzido uma terrível lista de nomes e acontecimentos que dão testemunho instantâneo e poderoso dos efeitos repugnantes da força maligna que está operando em nosso mundo. O Somme, Verdun, Josef Stalin, Adolf Hitler, Pol Pot, Idi Amin, fascismo, comunismo, Apartheid, genocídio, purificação étnica, a Ku Klux Klan, Pearl Harbour, Auschwitz, Hiroshima, Nagasaki, Chernobyl, Bhopal, Lockerbie, e assim por diante. Esses são apenas alguns dos muitos nomes que são alcunhas internacionais do mal. Todo país tem sua própria lista nacional de pesadelos também, seu próprio catálogo de acontecimentos e pessoas cujos nomes gelam a espinha - como, na Grã-Betanha, por exemplo, Dr. Crippin, Fred West, Dunblane, Hungerford, Dr. Harold Shipman e o assassinato de James Bulger. Sempre que os incrédulos tentam explicar como estas coisas podem ter possivelmente ocorrido, quase sempre desembocam na palavra ‘mal'. É como se soubessem bem no fundo do seu ser que os participantes desses acontecimentos devem ter sido influenciados por uma força maligna, destrutiva do mal - por algo que está fora e à parte da humanidade, mas que busca governar o mundo e devastar seus habitantes. EMBORA A MAIORIA DAS PESSOAS RECONHEÇA que uma força do mal pode influenciar outros, elas têm dificuldade em admitir que podem também ser afetadas. A Verdade, contudo, é que todo homem, mulher e criança no mundo experimenta a tentação. Mas somente uns poucos sábios prosseguem na percepção de que isto tem de aludir à existência de um tentador. Todo ser humano, do mais alto ao mais baixo, do mais brilhante ao mais imbecil, do mais velho ao mais jovem, sente uma pressãode fazer o que sabe ser errado ou de não fazer o que sabe ser certo. Não há nada que você possa fazer, não há para onde fugir, a fim de escapar da pressão maligna e tentadora de fazer o que é errado.

5


Naturalmente, pode-se às vezes explicar esta pressão segundo os desejos humanos e influências sociais. Mas são raramente suficientes para explicar a força pura do fenómeno universal da tentação humana. Se você já tentou largar um vício que foi formado quando você cedeu à tentação, você descobriu que estava dominado por uma força que é maior que você, por uma força que está determinada em levá-lo a fazer algo que você não deseja fazer. As pessoas dão a essa força muitos nomes diferentes: mas aBíblia chama-a de 'Satanás' e seus demônios. OS CRISTÃOS QUE ESTÃO DETERMINADOS em fazer a vontadede Deus, e que estão enraizados na Palavra de Deus, enfrentamum dilema enigmático extra. Trata-se de um que pode serapropriadamente explicado somente pela existência de umaforça maligna que está ativa e terrivelmente opondo-se ao povode Deus. A maioria dos cristãos praticantes sabem que Deus quer quesejam 'frutíferos'-tanto individual como coletivamente na igreja.Todavia, também sabem que a maioria dos crentes e congregaçõesestão longe de serem frutíferos como Deus quer que sejam. Talvez você tenha lido as palavras de Jesus sobre a importânciade dar fruto 'cem vezes mais', e ansiou para que isso se tornassesua experiência pessoal. Se esse foi o caso, você provavelmentejá descobriu que há algo que está tentando impedi-lo de ir alémdo nível 'uma vez' e 'duas vezes'. Bem no fundo, você realmente quer fazer a vontade de Deus,falar as palavras de Deus, fazer as ações de Deus, trazer grandeglória ao Seu maravilhoso nome. Mas, às vezes, tudo parece tão terrivelmente difícil. Às vezesquando você começa a moverse na vontade de Deus, é comose você estivesse andando no melado, levando pesos de chumbonos pés e uma mordaça na boca. Por que é assim? É simples. É porque há uma força de grandemaldade que está tentando impedi-lo de orar, roubar sua alegria,silenciar seu testemunho e descarrilá-lo dos bons propósitosde Deus. Apesar de todas as suas boas intenções, e seu comprometimentogenuíno com Deus, você provavelmente descobriu queestava deparando com uma gama de lutas espirituais que nãoficaram mais fáceis com o passar do tempo. Você pensou que a vida cristã ficaria mais fácil à medida quevocê amadurecia na fé, mas em vez disso - você descobriuque ela ficou consideravelmente mais difícil! Por que é assim? A única explicação para estas lutas persistentes- que todo crente passa - é que há uma força tangível domal que está em profunda oposição aos propósitos e ao povode Deus. E esta força - liderada por Satanás - está sempre fazendoo máximo que pode para desviá-lo de Deus, da vontadede Deus e da Sua paz, amor e graça. DESDE OS DIAS DO NOVO TESTAMENTO, muitos crentes têm percebido que lutam com esforço particular contra três grandes tentações - contra o sexo, contra o dinheiro e contra o poder. (Talvez você tenha ouvido pregadores referirem-se a isso como 'garotas, gaita e glória'. Alguns dos líderes mais experientes e talentosos, que têm passado muitos anos ensinando as pessoas sobre a morte salvadora de Cristo, ajudando-as a 'viver em vitória' e a estar 'morto ao pecado', tenham por fim sucumbido a uma dessas tentações. A força do mal têm tido milhares de anos de prática em como infiltrar nas defesas de homens e mulheres que amam a Deus. Satanás e seus demônios tem afiado suas habilidades tão bem que ele agora conhece todas as nossas fraquezas e pontos vulneráveis, tendo grande experiência em persuadir os crentes de que os prazeres do sexo, dinheiro ou poder são mais preferidos que a vereda perfeita de pureza, simplicidade e serviço.

6


De fato, Satanás tem um domínio tão forte sobre o mundo que você agora vive numa sociedade que aceita as ideias falsas do diabo sobre sexo, dinheiro e poder, promovendo-as como boas eaceitáveis. Embora seja difícil ignorar a evidência maciça de vidas, lares, famílias e crianças destruídas por cederem à tentação sexual, um número crescente de crentes está sendo enganado pela mentira que 'não vai acontecer com eles' e estão totalmente aceitando os prazeres fugazes da carne promovidos pelo diabo. O mesmo ocorre com relação ao dinheiro e poder. Embora o ensino de Jesus sobre 'mamom'e 'serviço' estão estampados no Evangelho, mais e mais crentes estão dando ouvidos ao chamado materialístico do diabo para ter 'mais' e estão modelando-se segundo o estilo de liderança autoritário de Satanás. O diabo não se importa se você está emaranhado pelo sexo, dinheiro ou poder. Ele somente quer paralisá-lo espiritualmente, roubar sua alegria, deixá-lo infrutífero e miserável, transformá-lo num crente ineficaz. Se ele não puder te pegar através do sexo, ele tentará através do dinheiro. Se não conseguir através do dinheiro, ele tentará através do poder, e assim por diante. Com vários anos de experiênciacomo tentador, ele sabe que esses são seus pontos fracos principais - e ele vai se concentrar neles impiedosamente. VOCÊ PROVAVELMENTE JÁ SABE que o diabo foi decisivamente derrotado na cruz, mas que ele não será totalmente destruído antes do dia final de julgamento. Você vive no tempo entre sua derrota e sua destruição, e há duas atitudes iguais e opostas que combinam muito bem com ele. Primeiro, ele alegra-se quando as pessoas preocupam-se com de, quando culpam-no por tudo, vêm-no em toda parte, falam dele continuamente, e agem como se sua derrota decisiva na cruz nunca aconteceu. Segundo, o diabo vibra quando as pessoas encaram sua existência com ceticismo e subentendem que ele não tem poder algum. Se o diabo realmente existe, e seu alvo é o de rebelar-se contra Deus e envolver o mundo inteiro nisto, pouca coisa poderia satisfazê-lo mais do que o modo que ele é descartado e ridicularizado hoje! Quanto mais Satanás conseguir encorajar as pessoas a duvidar de sua existência, melhor será para ele. De fato, podemos dizer que a dúvida de sua existência é um grande sinal de sua atividade. Satanás fica especialmente satisfeito quando os crentes não levam-no a sério - quando não estão envolvidos no ministério de libertação, e não falam sobre o diabo e seus demônios na frente dos seus amigos incrédulos. Afinal, se mais crentes soubessem da verdade sobre Satanás, ele certamente seria mais odiado, mais resistido e mais derrotado. E este é o propósito deste livro - tirar a máscara de Satanás a fim de que você veja-o como ele é, a fim de que você entenda suas estratégias, odeie-o com a paixão justa de Deus, resista-o no nome precioso de Jesus e derrote-o na sua vida e sua família. SATANÁS REGOZIJA-SE QUANDO AS PESSOAS IGNORAM-NO, quando ridicularizam-no e descartam-no como uma figura apropriada aos mitos medievais, mas não para ao moderno século vinte e um. Isto deixa-o livre para operar no mundo com facilidade e eficiência máximas, confiante de que poucos levá-lo-ão a sério. Por causa disso, é importante que você seja capaz de explicar às pessoas por que a crença na existência do diabo é parte fundamental da fé cristã. Mas lembre-se, não cremos numa figura de desenho animado com chifres e rabo. Mas sim, cremos numa força que é extremamente horrível, totalmente ímpia e completamente oposta à humanidade. 7


Cremos numa força maligna que está por trás de todos os outros tipos de maldade - física, coletiva, moral e espiritual. Cremos na existência do diabo, e que ele é centro unificado e foco de todo mal. Há várias boas razões para crermos na existência do diabo, e você deveria procurar compreender essas razões a fim de podercomeçar a refutar o ceticismo corrente sobre Satanás nasociedade que o rodeia. NÃO HÁ NENHUM PODER SEM PERSONALIDADE neste mundo. Naturalmente, pode haver uma manifestação de poder sem uma personalidade óbvia, mas a personalidade está sempre ali no plano de fundo se você olhar com suficiente profundeza. Colocando simplesmente, não pode haver poder sem uma inteligência que originou-o planejando-o, estabelecendo-o e usando-o. Todos nós vivemos com a suposição de que possuímos razão e livre arbítrio, e que as pessoas interagem através de seu uso mútuo da razão e livre arbítrio. Os cristãos creem que faz pouco sentido rejeitar a Razão suprema em nome da razão, e então aceitar a racionalidade com base no acaso! Em vez disso, concluímos que uma inteligência suprema, uma Razão e Vontade supremas, está por trás de tudo que vemos no mundo que é bom - chamamos isto de Deus. Também quando vemos que todas as várias formas do mal no mundo, também concluímos que deve haver uma espírito inteligente e originador do mal por trás de tudo que é mal - e chamamos isto de Satanás. As marcas padrão no mundo, as qualidades morais da beleza, verdade e bondade, todas aludem a um Deus bom. Assim também, as marcas padrão das forças do mal - as quais ouvimos todos os dias - e a existência do oposto da beleza, verdade e bondade, todas aludem à uma personalidade originadora maligna que a Bíblia chama de diabo. De fato, sem o diabo, seria difícil concluir a partir de toda impiedade no mundo que Deus é um Pai amoroso. Os crentes que são céticos com relação a Satanás precisam perguntar a si mesmos como podem equilibrar a bondade de Deus e os horrores do mundo. Sem o diabo, deparamo-nos com um Deus que fez o mundo como ele é, que criou as pessoas como elas são e que tenciona todo o mal que ocorre. NEM TODAS AS PESSOAS SÃO CÉTICAS com relação ao diabo. Algumas adoram-no diretamente. E, nos últimos quarenta anos, tem havido um crescimento considerável em toda área do 'ocultismo'. Mais e mais pessoas têm começado a buscar os poderes ocultos, a contatar espíritos malignos, a tentar falar com os mortos, a aprender sobre as forças das trevas, a envolver-se com toda a área do mundo espiritual sem nenhuma referência a Cristo. Quando homens e mulheres deliberadamente buscam os poderes do ocultismo, logo descobrem que essas coisas são reais. Outros envolvem-se casualmente com coisas como tarô, tábuas de ouija, sessões espíritas, horóscopos e levitação - e ficam frequentemente surpresos com a realidade do que encontram e experimentam. Naturalmente, suas experiências não provam que um diabo pessoal existe, mas mostram, sim, que há um poder invisível e concentrado do mal que pode afetar as pessoas. Fora da Europa Ocidental e América do Norte, poucas pessoas questionam a realidade e o poder do diabo. Na África e América do Sul, por exemplo, até mesmo os homens e mulheres mais instruídos estão cientes do diabo. Religiões como islamismo e hinduísmo reconhecem que a humanidade tem um grande e terrível inimigo. E centenas de milhões de pessoas comuns vivem com medo dos demônios que temem e procuram aplacar. 8


Muitas pessoas do ocidente descartam a experiência de outras pessoas como muito trivial, mas não podem ignorar a realidade da sua experiência pessoal de tentação. Como vimos, até mesmo os ocidentais mais sofisticados e instruídos sentem o puxão da tentação - e você precisa gentilmenteencorajar as pessoas a reconhecer o tentador que está portrás dos seus pensamentos tentadores. Todos que procuram vencer suas fraquezas, vícios e fracassos logo descobrem que estão circundados por uma força sutil, sagaz e persistente. Esta experiência humana comum devia ser o bastante para ajudá-lo a mostrar as pessoas que Satanás é uma realidade. VOCÊ DEVE USAR o ensino bíblico sobre Satanás para ajudar os crentes céticos a notar sua realidade demoníaca. Satanás é um importante personagem bíblico. Ele aparece desde Gênesis até Apocalipse como a grande força maligna Anti-Deus. Ele está no Jardim do Éden no começo da história; ele está na cruz confrontando Cristo; e ele está no lago de fogo no final. No Velho Testamento, Satanás tenta Eva, Jó, Davi, Saul, Josué e os israelitas. Ele vem sobre as pessoas, possui-as e leva-as a agir contra a vontade de Deus. Ele é especialmente proeminente nos Evangelhos. De fato, há mais sobre Satanás nestes quatro livros do que no restante das Escrituras, pois o aparecimento de Cristo fez com que o diabo entrasse num frenesi de atividade desesperada. No restante do Novo Testamento, Satanás é claramente apresentado como o tentador de homens e mulheres, e o acusador dos irmãos. Ele é retratado como poderoso, mas não todopoderoso - uma força séria, contra a qual todo crente deve ajustar as contas. As Escrituras ensinam que uma força personalizada do mal existe, e chamam esta força de Satanás ou diabo. Esta não é uma ideia pequena que esconde-se em alguns versos aqui e ali. Ela é um tema proeminente que percorre toda a Bíblia. TALVEZ A RAZÃO MAIS IMPORTANTE para se crer na existência de Satanás é certamente que Jesus cria assim. Jesus conta-nos mais sobre Satanás do que qualquer outro na Bíblia, e Ele nunca duvidou de sua realidade. Satanás opôs-se a Jesus desde seu nascimento e repetidamente procurou destruí-Lo. Ele tentou Jesus no deserto, e continuou vindo contra ele com sugestões diabólicas ao longo de Seu ministério. Ele arrancou a mensagem das boas novas daqueles que ouviram sem atenção, e semeou joios no campo de trigo. Jesus ensinou seus seguidores a diariamente pedir ao Pai Celestial que os livrasse do mal. E ele comparou Satanás a um homem valente protegendo suas posses até que um homem mais valente chegasse e os expulsasse. Embora Jesus soubesse que ele era este homem mais valente, ele sabia que seria necessário a cruz para derrotá-lo. Ele teve de lutar com Satanás até o fim, sem se comprometer nenhum pouco ou enfraquecer sua resolução por um momento. Jesus sabia que o caminho da cruz significaria derrota para o diabo. Quando Ele pensou na cruz em João 12:31-32, Ele disse, ‘Agora é o tempo do juízo, deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo. Mas eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim.' E na noite antes de Sua morte, Jesus disse, em João 14:30-31, 'Se aproxima o príncipe deste mundo. Ele nada tem em mim, mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai, e que faço como o Pai me ordenou. Levantai-vos, vamo-nosdaqui.' Como essas palavras, travou-se a última grande batalha - uma luta de vida ou morte na qual nada a não ser a obediência ao Pai seria o suficiente para a vitória. Os Evangelhos deixam claro que Jesus não teve dúvidas sobre a existência de Satanás. Para Jesus, o diabo era Seu poderoso inimigo pessoal. Para Jesus, não havia questionamento, o diabo 9


era real, ele opunha-se totalmente contra o bem, contra Deus e o povo de Deus, e ele devia ser derrotado mesmo que isso custasse um terrível preço pessoal. ALGUNS MÊSES ANTES DESTE LIVRO SER ESCRITO, senti-me crescentemente cercado em todos os lados da minha vida. Era como se algum tipo de espírito de confinamento estivesse sobre mim. Quando refleti sobre meus anos anteriores, vi que desfrutara da bênção de Deus em quase todas as áreas da minha vida. Meu ministério tinha amadurecido e sido abençoado, levando-me ao redor do mundo e trazendo tremendo fruto. A igreja que liderava, uma das maiores da Grã-Bretanha, estava crescendo. Meu casamento era forte. Eu estava financeiramente encorajado. Mas sabia que alguma coisa estava faltando. O fruto, em praticamente toda área de minha vida, era menos do que eu esperava e menos que tinha certeza Deus intencionava. De fato, ele não era proporcional ao tempo, esforço e puro comprometimento que eu estava dando. A verdade é que eu ficara seriamente desencorajado. Tinha de lutar contra sentimentos de desistência, de querer deixar para trás visões não cumpridas que acompanhavam-me há muito tempo. Eu estava confuso, frustrado e esgotado. Assim, sendo eu, separei-me para buscar o Senhor durante várias semanas de oração e jejum. Neste período, eu estava buscando somente ao Senhor. Ainda que estivesse pensando em outras coisas relacionadas ao ministério e tivesse que interceder por assuntos importantes, meu alvo maior era o Senhor. Foi durante este tempo quando o Senhor começou a falar comigo sobre Satanás. O Senhor dramaticamente abriu meus olhos quanto à natureza do diabo, mostrando-me como ele havia me dominado e estava sutilmente apertando seu controle com o intuito de impedir-me de cumprir o plano total de Deus para minha vida. Finalmente, Deus disse que iria me dar autoridade sobre o diabo e começar a usar-me para trazer libertação à muitas pessoas. Deus mostrou-me particularmente que o modo que Satanás havia agido através da Rainha Jezabel nos dias do profetas Elias era de extrema importância à nossa situação hoje. Deus apressou-me a expor o modo que este 'espírito de Jezabel' estava operando dentro-econtra as vidas dos crentes hoje (é por isso que este livro chama-se 'Desmascarando Satanás' NT), e ajudar os crentes a começar a resistir o 'espírito de Jezabel'que está em suas vidas e nas igrejas. Quando voltei ao ministério depois deste tempo de oração e jejum, a primeira coisa que fiz foi organizar três noites de ministração na igreja sobre'o espírito de Jezabel'. Sem qualquer exagero, essas foram as reuniões mais notáveis, poderosas e que mais trouxeram libertação em todo meu ministério. Deus arrancou a máscara de Satanás, capacitando o povo a ver sua personalidade e propósitos malignos. Começaram a odiar Satanás pelo que ele tinha feito e estava fazendo em suas vidas. Começaram a entender suas estratégias diabólicas, a resisti-loem nome de Jesus, a experimentar liberação pessoal e a vê-lo derrotado em suas vidas e famílias. Este livro foi modelado a partir das anotações que produzi para aquelas três reuniões ungidas, a partir das fitas daquelas reuniões e de outros pensamentos e estudos que fiz sobre a vitória triunfante de Cristo sobre Satanás. O DIABO EXISTE. Não há dúvida alguma sobre isto; ele é real e te odeia. Ele quer impedi-lo de ir adiante. Ele quer destruir seu casamento, sua família, seu ministério, até mesmo sua própria vida. 10


Ele quer neutralizá-lo, deixando-o completamente ineficaz na batalha espiritual que você enfrenta. Se você anseia em fazer diferença no mundo, pode ter certeza que você está em rota de confronto com Satanás. Se você está pegando fogo por Deus, se você quer ser perigoso para o diabo - ganhar almas, ter uma vida santa, vencer suasobras malignas, e assim por diante - ele vai lançar o pior que tem contra você. Ele tentá-lo-á com sexo, com dinheiro, com poder, com o que quer que seja necessário para te fazer tropeçar. Mas quando o diabo vem com o pior que tem, Deus também se apresenta com o melhor que Ele tem. O tempo é curto. Quanto mais se aproxima o Dia do Senhor, mais furioso e desesperado são as medidas do diabo. Mais cedo ou mais tarde, todo crente que está cheio do Espírito se encontrará com o 'espírito de Jezabel'. E você deve estar pronto para vencê-lo. Este livro ajudá-loáno preparo para esse encontro e no triunfo quando ele ocorrer.

2. POR TRÁS DA MÁSCARA DEUS DEU SUA PALAVRA, a Bíblia, para atraí-lo a Ele, introduzi-lo a um relacionamento pessoal com Cristo, enchê-lo de esperança e levá-lo pelo caminho da vida eterna. A Palavra de Deus presta o mínimo de atenção possível ao inimigo de Deus, Satanás, assim, ela não oferece muita descrição detalhada do diabo, de sua força e sua obra. Em vez disso, ela meramente fornece tudo que você precisa saber para resistir ao diabo e suas estratégias. Lembre-se, você foi chamado para resistir ao diabo, e não para defini-lo; você foi chamado para renunciá-lo, e não para descrevê-lo; você foi chamado para pisar sobre ele, e não para inspecioná-lo de perto. Não estamos desmascarando Satanás neste livro a fim de que você possa conhecê-lo melhor, estamos desmascarando-o para que você possa vencê-lo em toda área de sua vida. Mesmo assim, é natural imaginar como algo tão mal como o diabo pôde ter saído da criação perfeita que Deus fez. Há somente três respostas possíveis. Primeiro, algumas pessoas insistem que o diabo é meramente um mito que foi incluído nas Escrituras para explicar a presença do mal - em vez de ser uma realidade ameaçadora que causa, de fato, o mal. Você viu na parte anterior que essa não é a resposta bíblica. Em segundo lugar, outros mantém que o diabo sempre existiu - é isso que muitas falsas religiões creem. Ensinam que há duas forças iguais e opostas no universo: uma encabeçada por Deus e a outra por Satanás. Isto, contudo, não é o ensino bíblico. As Escrituras declaram que há somente um ser infinito e eterno, e que até mesmo a doença, a morte, o pecado e o diabo estão debaixo do controle final de Deus. A terceira possibilidade é que o diabo foi criado por Deus, que ele foi um espírito importante com grande habilidade que de algum modo encheu-se de orgulho e ambição, querebelou-se, perdeu sua posição e então acampou-se na terra em oposição e ódio a Deus. Esse é um grosso esboço do entendimento bíblico. Satanás é um dos espírito criados por Deus, pois tudo veio à existência a partir de Deus. Você pode ver isso numa passagem como Isaías 45:6-7, mas o livro de Jó deixa isso especialmente claro. Segundo a Bíblia, nada acontece na criação sem a vontade permissiva de Deus. Ele permite até o que não deseja - confiante de que o padrão final será bonito, embora complexo. Satanás, embora seja poderoso, está limitado pelo seu status de espírito criado: isto significa que ele está essencialmente sujeito à autoridadedeDeus. 11


A BÍBLIA NÃO CONTA A HISTORIA COMPLETA de como este grande ser criado caiu, mas ela oferece, sim, alguns discernimentos importantes. Em Lucas 10:18, por exemplo, Jesus exclama, 'Eu vi Satanás, como raio, cair do céu'. Jesus tinha enviado setenta dos Seus discípulos adiante para anunciar o reino de Deus com palavras e ações, e eles tinham acabado de voltar em triunfo - trazendo as novas de que até mesmo os demônios sujeitavam-se a eles no seu nome. Não está claro o que Jesus quis dizer com estas palavras. Talvez Eleestava lembrando-se de uma grande batalha cósmica na aurora do tempo; ou antevendo a derrota final de Satanás no tempo final; ou vendo numa visão a pré-estreia da missão da igreja; ou mesmo um pouco de cada um desses. O que as palavras de Jesus mostram, entretanto, é que o lar original de Satanás era no céu com Deus, e que ele caiu da sua alta posição. Também lembram-nos que há uma guerra violenta em andamento, e que o povo de Deus tem poder em nome de Jesus sobre o inimigo. Você nunca deve se esquecer disso! O SEGUNDO DISCERNIMENTO com relação à origem de Satanás está em Apocalipse 12:7-9. Numa passagem profética sobre os crentes que estão sendo perseguidos nos Últimos Dias, o apóstolo João escreve: 'E houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, que engana a todo o mundo. Ele foi precipitadana terra, e os seus anjos foram lançados com ele'. João estava escrevendo principalmente para encorajá-lo quando você estiver enfrentando perseguição, mas ele também revela algo sobre a origem de Satanás. Mais uma vez, vemos que Satanás originalmente habitou no céu, que ele rebelou-se e foi forçosamente expelido juntamente com muitos outros seres espirituais que ficaram do seu lado contra Deus. Mais importante, o apóstolo João revela que a esfera de operações de Satanás é agora a terra, e que sua atividade principal é a de opor-se aos crentes cristãos de toda maneira possível. Fique alerta; atrás do seu desencorajamento, depressão e dificuldades, atrás da sua letargia, esterilidade e obstáculos, atrás de toda divisão da igreja e desapontamento evangelístico, esconde se uma figura sombria e seus cúmplices sinistros que intencionam causar dano a você e incapacitar a igreja. O PROFETA EZEQUIEL dá um outro vislumbre na origem de Satanás. Os primeiros dez versos de Ezequiel 28 descreve o governante humano de Tiro, contendo uma mensagem profética para ele. (Tiro era um reino ilha situado a noroeste de Israel, que pertencia aos fenícios. Era um dos reinos mais prósperos, poderosos e orgulhosos daquela época. Não é de surpreender que Jezabelerauma princesa em Tiro.) O tom do capítulo, contudo, muda a partir do verso 11. Ezequiel não faz mais referência ao príncipe de Tiro, mas agora menciona o rei de Tiro. Suas palavras nos versos 1-10 podem ser apropriadas a um governante humano, mas não suas palavras nos versos 12 e 13. Certamentepode-se aplicar essas palavras somente ao próprio Satanás: ‘Tu és o selo da perfeição, cheio de sabedoria, e perfeito em formosura. Estavas no Éden, jardim de Deus...' A profecia de Ezequiel sugere que, depois de sua criação, Satanás era íntimo de Deus. Ele vivia no monte santo de Deus. Ele era imaculado em todos os seus caminhos, esplêndido em sabedoria, habilidoso na operação e perfeito em beleza. O verso 15 afirma, 'Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniquidade em ti'. 12


Qual foi essa iniquidade? Ezequiel relata que ‘o rei de Tiro' era cheio de violência através da abundância do seu comércio, que ele ficou orgulhoso por causa da sua beleza, e que ele foi corrompido pelo seu conhecimento. Você pode ver alguns dos problemas que fez com que Satanás caísse? Ele ficou preocupado com sua beleza pessoal, e em adquirir mais e mais conhecimento para seus próprios propósitos e fama. Estas são exatamente as manobras que Satanás usou no reino terreno de Tiro, que dominaram a vida de Jezabel, que caracterizaram as forças inimigas em Apocalipse 18, e que ele ainda usa com êxito para neutralizar os crentes. Talvez ele esteja até mesmo tentando-o com alguma dessas manobras neste momento - se este for o caso, você agora sabe como ignorá-lo. ISAÍAS14 TRAZ O DISCERNIMENTO FINAL na origem de Satanás. Novamente, a primeira parte do capítulo é uma mensagem profética a um rei humano - desta vez, o rei da Babilónia. Mas, a partir do verso 10, pode-se discernir uma figura mais sinistra por trás do reino terreno. Certamente estas palavras podem ter sido escritas somente sobre Satanás, 'Já foi derrubada na cova a tua soberba, juntamente com o som dos teus alaúdes; os gusanos debaixo de ti se estendem, e os vermes te cobrem'. 'Como caíste do céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!' Como esta criatura veio a cair? O que ele fez que foi tão terrível? Qual foi o ato que manchou a perfeição? Qual foi o mal que foi o precedente a todo o mal futuro? Isaías 14:13-14 desvenda o pecado. 'Tu dizias no teu coração Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meutrono; no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte. Subirei acima das mais altas nuvens; serei semelhante ao Altíssimo'. Cinco vezes Satanás disse, 'eu farei', e esta declaração quíntupla de ambição e independência foi a mãe e o pai de todo mal. Satanás ficou insatisfeito com sua posição abaixo de Deus. Ele não estava contente em ser o número dois na hierarquia celestial. Ele quis se tornar Deus, governar sua própria vida, receber a aclamação pública, dominar outros, ser o número um no seu mundo. E assim, o diabo tentou destronar Deus. É por isso que Satanás caiu. E a causa de sua queda é sua arma principal na guerra de desgaste que ele tem combatido contra Deus e Seu povo - e que ele está combatendo neste momento contra você. A maioria dos crentes concentram-se em denunciar os efeitos do mal - o seu dano e destruição. Mas, se você quer ser um guerreiro eficaz no lado do bem, você também precisa concentrar-se se na essência do mal. São estas duas pequenas palavras 'eu farei'. É pensar ou agir Independente da vontade de Deus. Équando alguém supõe que é o número um em sua vida. É quando você quer fazer do seu jeito, fazer como você quer, ser seu próprio chefe, tomar suas próprias decisões sem nenhuma referência ao Senhor. É tirar o governo de Deus e substituílocom o governo do ego. A satânica declaração quíntupla de independência foi a razão principal pela qual ele foi expulso do céu, e este espírito independente está sempre na raiz de todo pecado, todo mal e toda tentação. Como resultado das incitações malignas de Satanás nesta área, homens e mulheres têm continuamente cedido ao orgulho, ambição e pensamento independente desde o Jardim do Éden até hoje. Está certo que você devia balançar a cabeça tristemente toda vez que mais um crente tropeça devido aos atrativos do sexo, dinheiro ou poder; mas por favor reconheça também a essência sinistra que está debaixo da forma superficial daquele pecado. 13


Embora fornicação, adultério, sedução e homossexualismo possam parecer diferentes da ganância, materialismo, falta de generosidade, ânsia por posição e poder,etc, sua essência é exatamente a mesma. É pensar, 'Eu quero isto, então farei isto'; é ignorar a vontade de Deus e usurpar seu papel e posição; é decidir você mesmo o que você quer sem qualquer referência a Ele. Essa essência é que é tão terrível, em vez de somente a própria forma da ação ou atitude pecaminosas. Os pensamentos e ações independentes e egoístas são o oposto exato da dependência total a Deus e do relacionamento íntimo com Ele, o qual toda a criação de Deus foi feita para desfrutar. Até mesmo Satanás foi criado para viver em perfeita companhia e harmonia com Deus. Ele foi feito sábio e bonito; ele foi criado como um 'querubim ungido' que tinha um papel importante no reino de Deus; mas tudo isto foi arruinado quando ele começou a pensar e agir independentemente de Deus. A iniquidade da ambição egoísta de Satanás levou-o a perder seu ministério e ser expulso da perfeição do céu. Então, quando ele caiu, ele levou consigo uma grande hoste de outros espíritos – e mais pessoas ainda estão juntando-se à sua rebelião de independência hoje. Certifique-se de não ter nada a ver com ele! É IMPORTANTE QUE VOCÊ PERCEBA que todos esses discernimentos na origem e queda de Satanás são colocados no contexto de uma confrontação profética com as forças das trevas. O apóstolo João refere-se à queda de Satanás enquanto está descrevendo a luta do final dos tempos entre as forças do mal e igreja de Deus. O profeta Ezequiel descreve a origem de Satanás enquanto está trazendo uma palavra forte do julgamento do Senhor sobre olíder humano de Tiro, o inimigo de Israel. O profeta Isaías dá seu relato da queda de Satanás no meio de um provérbio contra o rei da Babilónia, inimigo de Israel. EJesus, o ungido, anuncia a queda de Satanás no contexto da proclamação do reino de Deus com palavras e ações feitapor setenta dos seus discípulos. Já vimos que os quatro Evangelhos mencionam Satanás mais frequentemente do que qualquer outra parte da Bíblia - pois o aparecimento do santo Filho de Deus lançou o diabo num freneside atividade violenta. O contexto destes quatro discernimentos salientam isto: sempreque o povo de Deus fala as palavras de Deus no poder do Espírito, o diabo sempre entra em ação contra ele. Quando, sob a unção do Espírito Santo, você começa a ministrarprofeticamente a alguém que está preso pelo inimigo,você está destinado a incitar a fúria do diabo! Ele não vai retirar-se furtiva e silenciosamente, liberando seucativo sem lamuriar-se. Mas sim, ele te marcará. Você será seualvo de tentações sagazes. Ele enfocará sua ira em seus entesqueridos e familiares. Ele fará o máximo para persuadi-lo a pensar ou agir independentemente de Deus, tropeçar nos atrativos do sexo, dinheiro e poder, neutralizá-lo com orgulho e ambição - para que vocênão mais o perturbe. Não se desespere! Pois, quando o diabo vem com o pior, Deussempre vem com o melhor! ESTA CONFRONTAÇÃO PROFÉTICA com as forças do mal é especialmenteclara na história de Elias e Jezabel. Elias, o tisbita, foi um dos profetas mais poderosos do VelhoTestamento, e ele ministrou em Israel durante o reinado da RainhaJezabel e do Rei Acabe - o qual a Bíblia descreve como o rei maisímpio dentre todos os reis antes dele.

14


Deus chamou Elias profeticamente para declarar Seu nome, falarcontra o reino maligno de Jezabel e Acabe e afastar o povo deDeus da adoração a Baal voltando à adoração do Deus vivo everdadeiro. Isto não agradou o diabo! 1 Reis 16:31-34 descreve os três grandes pecados que Acabecometeu contra Deus e Seu povo. Primeiro, ele continuou nospecados do Rei Jeroboão, o qual havia estabelecido sua própriaordem de sacerdotes e misturado a adoração do Senhor com aadoração de deuses pagãos. Segundo, Acabe casou-se com Jezabel, uma princesa pagã deTiro que introduziu seus próprios falsos profetas e a adoração a Baal em Israel. E terceiro, ele deixou que Jericó fosse reconstruída em diretadesobediência à palavra revelada de Deus. O pior pecado de Acabe foi sua aliança com Jezabel. Ela logodominou-o e todo Israel. Jezabel é um dos exemplos bíblicosmais claros de alguém que está profundamente influenciado porSatanás, e seu nome tem se tornado sinônimo de sedução, manipulaçãoe poder tirânico e violento. Ninguém gosta de ser chamado de Jezabel! Até mesmo o espíritopor trás de Jezabel não suporta ser chamado de 'espírito deJezabel'! Do mesmo modo que Ezequiel endereçou um ser que estavapor trás do príncipe humano de Tiro, e Isaías denunciou o serespiritual por trás do rei humano da Babilônia, e também como o livro de Daniel refere-se ao príncipe espiritual da Pérsia e daGrécia, assim também havia um espírito por trás de Jezabel que se opunha ao povo de Deus. Semelhante ao ‘rei' de Tiro e o ‘rei' da Babilónia, o 'espírito deJezabel' é o mesmo espírito que foi expulso do céu por causa dasua pré-ocupação com sua beleza pessoal e comercialização violenta,e por causa da sua ambição impiedosa de fazer do seu jeito. Sob a influência do espírito de Jezabel, a Rainha destruiu todo traço visível de adoração ao Senhor e matou o maior número de verdadeiros profetas de Deus que conseguiu encontrar. O profeta Elias foi chamado e ungido por Deus para lidar comisso. No poder do Espírito, ele confrontou os falsos deuses e falsosprofetas dos seus dias, chamou o povo de volta a Deus equebrou o domínio de Jezabel sobre a nação. 1 Reis 18 conta a história da vitória que Deus obteve através deElias no Monte Carmelo. Primeiramente, ele consertou o altar doSenhor; depois, ele fez cair fogo do céu; e então toda a naçãoclamou em arrependimento. Que grande vitória! Que derrota para o inimigo! E que vespeiro de problemas ele mexeu para si mesmo! A atividade profética deElias incitou a fúria do espírito de Jezabel, e ele teve de enfrentar aforça plena da ira de Satanás. Palavras e ações ungidas, proféticas, são uma ameaça séria aodiabo, e ele sempre responde com fúria. Foi assim com Elias. Foiassim com Jesus e a igreja primitiva. E é assim com você. EMBORA A BÍBLIA às vezes fale diretamente sobre Satanás ou diabo, ele também faz referência a ele mais evasivamente – como a figura sinistra, sombria por trás do príncipe de Tiro e o rei da Babilónia. Satanás alegra-se em esconder-se em segundo plano, e isto muitas vezes significa que ele pode operar com maior eficácia. Por causa disso, a Bíblia usa um grande número de nomes, títulos e descrições para a força do mal chamada Satanás. É possível ficarmos um pouco confusos com todos estes nomes, pensando que cada um refere-se a um ser espiritual. Mas, embora os nomes nas Escrituras possam ser diferentes, as características diabólicas fundamentais são sempre as mesmas. Devemos perceber que Satanás é como um guerreiro mascarado e que ele usa o disfarce que for necessário para enganar seu alvo. Às vezes ele aparecerá a você como um leão rugindo, procurando assustá-lo e levá-lo à submissão. Em outras ocasiões, ele virá a você como uma serpente sinuosa, procurando enganá-lo 15


e conduzi-lo ao seu caminho. E muitas vezes ele virá a você como um anjo de luz e tentará arrastálo a uma de suas armadilhas. Uma vez que você aprende a reconhecer as máscaras superficialmente atraentes de Satanás, você será capaz de arrancá-las e encará-lo no nome poderoso de Jesus. SATANÁS É UMA PALAVRA HEBRAICA que significa 'adversário'. Étraduzida do grego daibolos, o que significa 'acusador', ou 'caluniador'. A Bíblianos mostra que a causa da força maligna é Satanás - o diabo - porque ele é o adversário de Deus,e ele acusa-nos diante de Deus e em nossos próprios ouvidos. No próximo capítulo você verá como Satanás opôs-se a Jesus, acusou Jó diante de Deus e acusou Josué e Davi em seus próprios corações. Apocalipse 12:17 descreve como ele entra em guerra contra os filhos obedientes de Deus e Apocalipse 12:10 relata que ele acusa os crentes do tempo final perante Deus 'dia e noite'. Você deve ter ouvido um cicio dizendo que você não serve para nada, que Deus não pode te amar, que Deus não te perdoará, que ninguém dará ouvidos a você, que nada acontecerá, que a visão não se cumprirá, que você é um pecador terrível, que aspessoas se afastariam se soubessem a verdade sobre você, que você nunca dará em nada. Este é o trabalho do acusador. Dia e noite, os cúmplices de Satanás fazem essa acusação (visto que Satanás não é onipresente, é improvável que você mesmo ouça-o diretamente). O alvo deles é simples: procuram paralisar os crentes, iludi-los à inatividade, neutralizá-los com autocondenação, acalentá-los a um torpor espiritual. O que as forças malignas disseram a você? O que ele te persuadiu a não crer e a não fazer? Por quais da suas mentiras acusadoras você caiu? Arranque sua máscara de acusação e diga-o para retirar-se! Creia no que Deus disse a você, e diga ao diabo que você vai viver segundo as palavras e graça de Deus - e não segundo suas falsas acusações. A BÍBLIA FREQUENTEMENTE CHAMA Satanás de 'tentador',porque esta é mais uma de suas atividades principais. Você já sabe o que isto significa: por meios lícitos ou ilícitos, o diabo está constantemente procurando envolver homens e mulheres na mesma alienação de Deus que ele voluntariamente escolheu. Ele começou a tentar a humanidade no Jardim do Éden, e tem feito isso desde então. Ele não se importa tanto quanto ao que ele o tenta para fazer, seu alvo é de simplesmente persuadi-lo a pensar e agir de maneira independente de Deus. A habilidade de Satanás como tentador é realçada pelas frequentes descrições bíblicas dele como uma serpente. Esta é a máscara que ele primeiro usou no Éden quando tentou com sucesso Adão e Eva a agir de maneira independente da palavra de Deus. Isto não significa que Satanás é uma cobra, ou que as cobras são inerentemente más; significa meramente que ele frequentemente age como uma cobra - quase 'hipnotizando' suas vítimas a cair na sua influência maligna. APOCALIPSE 12:9 DEIXA CLARO que Satanás, o diabo, a serpente e o dragão são nomes diferentes da mesma criatura espiritual enganosa. Esta referência a Satanás como dragão alude à sua natureza poderosa, destrutiva. Sugere que ele é uma fera monstruosa que provoca estrago e destruição na terra, buscando devorar homens e mulheres. A descrição profética que João faz de Satanás como um grande dragão vermelho, com sete cabeças, dez chifres e sete coroas mostra que seu inimigo é congenitamente destrutivo, com uma expressão multiforme, um poder imenso, mas limitado, e autoridade difundida. 16


Não deixe que esta descrição profética o assuste! Embora João relate que o dragão guerreia contra aqueles que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus, ele também deixa claro que eles o vencem pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho! No nome de Jesus, você é mais poderoso do que o dragão vermelho. Você não precisa fugir dele; se você está firme na armadura de Deus, você pode resistir o grande dragão e vê-lo fugir. O aspecto destrutivo, como de um dragão, do caráter do diabo é também enfatizado pelo título'Apollyon', em Apocalipse 9:11. Isto significa 'destruidor', sendo este o motivo pelo qual Jesus chama-o de 'homicida desde o princípio' em João 8:44. Isto não significa que Satanás está livre para matar as pessoas indiscriminadamente; pois ele somente pode fazer o que Deus permite. Mas sim, faz alusão à tirania que Satanás exercita sobre as pessoas através do medo da morte. Mesmo assim, você devia saber que os demónios especialmente Jezabel é um homicida por instinto e apetite - tendo um gosto especial por profetas ungidos de Deus. Primeiro ele deixa seus cativos espiritualmente mortos atravésde transgressões e pecados, e então ele gosta imensamente de selar seu destino com doença e morte física - que faz parte da maldição divina sobre o pecado. A morte é o último inimigo da humanidade, e a Bíblia promete que -juntamente com as outras obras do destruidor - ela será final e plenamente destruída por Cristo no último dia. Satanás já sabe o que vai acontecer. Ele sabe que seus dias estão contados - assim ele está determinado em causar a maior quantidade de destruição e estrago que conseguir antes daquele dia. Mas, uma vez mais, você não precisa temer. Aquelas pessoas que creem e confiam em Jesus já foram libertas do medo da morte, porque sabem que compartilharão da ressurreição de Cristo. Isto significa que a arma principal do destruidor não devia ter efeito algum sobre você. Ela foi reduzida ao poder de uma pena! Naturalmente, ele tentará convencê-lo que você tem tudo para temer, mas você sabe que ele está blefando! Ria na cara dele e regozije-se nas suas promessas de vida eterna. EM EFÉSIOS 2:2, o apóstolo Paulo chama Satanás de 'príncipe daspotestades do ar'. Isto não tem nada a ver com geografia ou meteorologia! Foi simplesmente o modo que Paulo usou para explicar a esfera de operações de Satanás. Satanás começou no céu. Ao fim, ele será banido ao abismo. E, por enquanto, ele está entre os dois. Ele é um espírito rebelde que foi expulso do céu, mas ele ainda é uma força poderosa, mais potente que o homem. Ele é um príncipe com um império servido por aqueles espíritos que caíram do céu com ele. Ele controla todos os poderes das trevas, e ditaas regras para os líderes mundiais - na área política, comercial, esportiva e artística. Ele governa as trevas deste mundo, e seu alvo principal é o de manter homens e mulheres em cativeiro dentro delas. Paulo também refere-se a Satanás como 'Belial' em 2 Coríntios 6:15 e os Evangelhos às vezes chamam-no de ‘Belzebu’. É difícil saber exatamente o que essas palavras significam, mas Belial provavelmente significa 'espírito do ar', enquanto que Belzebu provavelmente significa 'Senhor da habitação'. Assim que Satanás domina uma pessoa ele se torna o senhor do ar que ela respira e o senhor de sua habitação. Não importao quanto as pessoas zombem da ideia de sua existência, ele tem um controle terrível das suas vidas. Mintas passagens do Novo Testamento logram o mesmo intento.João 12:31; 14:30; 16:11; 2 Coríntios 4:4; Efésios 6:12 e 1João 5:19 todas mostram que Satanás tem um relacionamentoespecial com este mundo. 17


Este pode ser somente resultado de sua rebelião, mas pode também ser possível que a ele foi incumbido alguma forma desupervisão do mundo antes da queda. Ele pode até ter sido o 'Primeiro Ministro' de Deus na terra. Naturalmente, isto é somente especulação, mas explicaria as ligações muito fortes entre Satanás e nosso mundo, e seu ódio veemente daqueles que deleitam-se em restabelecer o reino de Deus na terra. EMBORA SATANÁS SEJA SOMENTE UM REBELDE, as Escrituras deixam claro que ele também é o espírito que está por trás do ‘Anticristo', a incorporação da oposição a Deus, que ele é o inimigo implacável da humanidade e a personificação de todo mal. Satanás, o adversário, o grande acusador dos irmãos, é tão sutil quanto uma serpente, tão violento quanto um dragão, tão mortal quanto um leão, tão enganoso quanto um anjo de luz. Ele é o destruidor, o inimigo, o maligno, o verdadeiro poder que age por trás de todo poder terreno. Ele é o príncipe usurpador de nosso mundo, cujo governo cobre toda a terra. Ele é o diabo. Embora Satanás nunca foi de fato chamado de 'espírito deJezabel' na Bíblia, está claro que não era ele o espírito sombriopor trás da Rainha Jezabel - como Satanás não é infinito ouonipresente, certamente ele deve ter enviado um de seus mais poderosos espíritos - um príncipe terrível que estava encarregado de instigar e agir contra o povo de Deus. Quando lemos a história de Jezabel no primeiro livro de Reis, podemos sentir sua forma sombria em segundo plano, controlando-a e dirigindo seus pensamentos sedutores e ações violentas. Poderíamos fazer referência ao diabo usando qualquer um dos nomes bíblicos, pois todos aludem a aspectos diferentes da sua natureza maligna. Parece, contudo, que, no momento, ele particularmenteopõe-se em ser identificado como 'o espírito de Jezabel' - porque isso mostra a maneira que eles operam contra o povo profético de Deus hoje Se você se referir a ele como o maligno, o inimigo, o diabo, Satanás, o príncipe do mundo, espíritos maus, principados, poderes e assim por diante, você não consegue muita reação dele. Mas observe o que acontece tão logo você começa a chamá-lo da espírito de Jezabel! Muitas pessoas vão dizê-lo que você devia usar uma expressão diferente, pois há algo neste nome que parece acertar em cheio no presente momento. Isto certamente sugere que 'o espírito de Jezabel'é o ser satânico o qual, embaixo da autoridade de Satanás é auxiliado por uma multidão ferozes de demônios e está atualmente dirigindo ataques contra a igreja, e que ele está querendo repetir a mesma estratégia e ações que executou tão efetivamente nos dias de Elias, Acabe e Jezabel. SEMPRE QUE VOCÊ LER SOBRE O DIABO e sua força nas Escrituras, você verá que ele está muito ocupado combatendo o povo de Deus. Se você quer ser o guerreiro de Deus que vence o espírito de Jezabel em sua vida, em seu lar e sua localidade, você precisa conhecer mais suas estratégias, características e intenções. Afinal, quando somos alertados com antecedência, nos armamos com antecedência. O fato mais importante que você deve se lembrar e que as forças do mal não tem nenhuma autoridade legítima sobre você. De fato, semelhante à própria Jezabel nos dias de Elias, ele não tem nenhuma autoridade legítima sobre nenhum homem ou mulher: ele é simplesmente um usurpador como o seu mestre. Nunca dê crédito às suas reivindicações falsas aos reinos e pessoas deste mundo - pois legitimamente pertencem a Cristo. Satanás tem estado sob julgamento de Deus desde o Jardim do Éden, e sua sentença foi executada mediante a vida e morte de Jesus. Ele desapossado e preso por Cristo, e seu poder foi radicalmente quebrado. Jesus amarrou Satanás e todas suas forças ao resistir suas tentações. Ele amarrou-o através de Suas curas compassivas. Ele amarrou-o através dos seu atos poderosos de libertação. Ele 18


amarrou-o pelo poder da cruz e da ressurreição. Ele amarrou-o ao enviar o Espírito Santo no Pentecoste. Ele amarrou-o através do ministério da igreja primitiva. Ele amarrou-o através de sua conversão. E ele amarra-o ainda mais fortemente toda vez que você obedece o seu Senhor e Salvador. Satanás pode ser poderoso, mas seu poder é limitado. Ele foi incapacitado por Cristo. Seu poder foi restringido, suas asas cortadas, seu fim certo está a vista, e não há nada que o diabo ou qualquer demônio possa fazer para frustrar o plano final de Deus. Naturalmente o espírito de Jezabel pode ainda ocultar a obra do Evangelho, do mesmo modo que Jezabel continuamente beliscava os calcanhares de Elias - mas ele não pode impedi-la do seu triunfo final. Ele pode levá-lo ao silêncio e apatia através do engano, do mesmo modo que as persistentes ameaças de Jezabel enganaram Elias, levando-o à depressão, mas Satanás não pode, de fato, impedi-lo de servir a Deus no poder do Espírito. Nunca superestime o poder do diabo e de seus auxiliares. Ele não é infinito. Ele não é eterno. Ele não onisciente. Ele não é todo poderoso. E ele não pode estar em toda parte ao mesmo tempo. Ele é meramente um inimigo derrotado que não pode, e não vai, prevalecer. Aleluia! SE SATANÁS FRACASSA NA SUA TENTATIVA de persuadi-lo a superestimar seu poder, ele imediatamente tentará levá-lo a menosprezar seu poder! Fique vigilante! A Bíblia deixa claro que, embora amarrado, Satanás, é ainda um inimigo perigoso e terrível. Mesmo depois da poderosa vitória de Deus no Monte Carmelo, Elias ainda teve de fugir para se salvar de Jezabel. Você já descobriu que espíritos malignos tem atacado sua mente com dúvidas e temores e falsa propaganda. E quanto mais você ama e serve a Deus, maiores serão esses ataques - e maior será sua força em Cristo para resisti-los! Você provavelmente descobrirá (se ainda não descobriu, logo descobrirá!) que espíritos malignos tem te atacado com pensamentos lascivos, com ambição egoísta, com desejos gananciosos por dinheiro, posição e poder, com desgosto, ódio, amargura e falta de perdão incapacitante. Eleataca as pessoas com doença, tortura, sofrimento, dívida, poluição, pobreza e o medo da morte. Ele até mesmo infiltra-se nas instituições humanas - corno empresas, câmaras de vereadores, governos, associações comerciais, e assim por diante - para causar estrago e destruição. Daniel 10 descreve como os poderosos príncipes satânicosestão manipulando nações, 1Tessalonicenses 2:18 mostra-o controlando governos municipais. João 8:44, 49 revela-o influenciando multidões revoltadas. E Marcos 4:39 relata que ele pode afetar até mesmo os elementos da natureza. O espírito de Jezabel é muito poderoso. Não menospreze-o. Você pode resisti-lo e vencê-lo no nome poderoso de Jesus, mas ele vai repelir qualquer outro nome com facilidade e menosprezo. A HISTÓRIA DA RAINHA JEZABEL está cheia de violência, ódio, amargura e vingança. Passagens bíblicas como Apocalipse 12 e Ezequiel 28 realçam a violência terrível de Satanás. Os relatos evangélicos de pessoas possuídas pelo demônio revelam que a violência destrutiva é urna característica comum, e Mateus 11:12 relata o inimigo assaltando as portas do reino de Deus. O espírito de Jezabel é um espírito violento, e a violência é um sinal óbvio da sua presença e atividade. Quando as pessoas começam a agir segundo as palavras e incitações de Satanás, a violência nunca está longe. Mas o espírito deJezabel não é um capanga desmiolado. Ele é um ser altamente inteligente, que também é astuto, sutil, trapaceiro e sagaz. Embora ele não seja um criador como 19


Deus ou tão poderosos como Satanás, ele tem uma capacidade fantástica para a corrupção -e ele continuamente torce e distorce as coisas de Deus para debilitar a Igreja. Pense na sua habilidade ao tentar Adão e Eva. Considere oconselho enganador de JezabelaAcabe no tocante à vinha deNabote. Rumine na esperteza que ele usou para atacar Jesus nodeserto. E então tome nota das palavras do apóstolo Paulo de que você precisa de toda armadura de Deus para suportar as artimanhas ao diabo. Empassagens como 2 Coríntios 2:11; 1 Timóteo 3:7 e 2 Timóteo 2:26, Paulo realça a habilidade de Satanás de apanhar os crentes e ter uma vantagem sobre eles. Você tem um inimigo muito esperto, que te estuda cuidadosamente a fim de poder identificar seu ponto mais fraco e atacá-lo impiedosamente. Você precisará de equipar-se com toda arma espiritual para resisti-lo. E de depender totalmente da unção e inspiração do Espírito para vencê-lo. Você tem uma batalha dura pela frente. Ele é um adversário violento e inteligente. Mas Aquele que é mais forte está contigo, eno Seu nome você, sim, tem a vitória. MENTIRAS E PROPAGANDA estão no coração do Reino das Trevas. Satanás mentiu no Jardim do Éden quando disse a Eva que ela não morreria. Ele mentiu quando Jezabel forjoudocumentos no nome do seu pai. E ele tem mentido tanto desde que Jesus chamou-o de 'pai da mentira'. Em muitas maneiras, Satanás tem de ser um mentiroso – pois toda sua estratégia de independência é construída sobre a mentira de que o pecado satisfaz quando ele, de fato, leva à morte. Tudo que o diabo faz e diz envolve algum tipo de mentira que procura mascarar a verdade. Ele mente sobre si mesmo, em um momento alegando que ele não existe e no outro que é mais poderoso do que realmente é. Ele mente sobre Deus, alegando que Deus não te ama, que Deus tem planos maus para você, que Deus não te perdoará, que o caminho de Deus leva à miséria e fracasso. E ele mente sobre você, alegando que você é um inútil, que nunca vai dar para nada, que você é destinado ao fracasso em tudo que tentar fazer para Deus. O diabo vem no seu ouvido esquerdo e sussurra um pensamento tentador, e então vai dançando até o seu ouvido direito condenando-o por ter tido tal pensamento! Como um mentiroso, um dos alvos principais do espírito de Jesabel é o de espalhar mentiras dentro e através da igreja. Do mesmo modo que a missão principal da vida de Jezabel foi de promover a adoração a Baal no povo de Israel, assim uma das missões do espírito de Jezabel é a de espalhar mexerico, falso ensino, falsos sacerdotes e falsos profetas através do povo de Deus. Passagens como Mateus 24:24; 2 Coríntios 11:13; Galatas 2:4 e 2 Pedro 2:1 severamente alertam-no a ficar de olhos abertos com relação ao falso ensino, falsos crentes, falsos milagres e falsos líderes. Fique alerta à figura sombria e sinistra que está por trás de toda pessoa ensinando uma mensagem que seja diferente da de Jesusno Novo Testamento. Seu inimigo é um mentiroso muito esperto,assim você precisa armar-se com a verdade dedicando tempo no estudo a Palavra de Deus. MÃO SABEMOS se a Rainha Jezabel foi de fato possuída por Satanás, mas sabemos com certeza que ele pode entrar num homem eu mulher. Lucas 22:3 e João13:27 relatam que foi isto que aconteceu com Judas. Espírito malignos não podem entrar numa pessoa sem seu livre arbítrio; mas o pecado persistente e deliberado sempre abre o caminho para sua entrada. Por exemplo, o diabo teve acesso a Judas através do seu amor ao dinheiro e sua determinação em trair Jesus. Atos 5:3 e 13:10 mostram que algumas pessoas podem atingir o ponto através do qual Satanás enche seu coração completamente e tornam-se seus filhos. Não conhecemos a extensão 20


do controle que o espírito de Jesabel tinha sobre Jezabel, mas ele foi claramente a força dominante na sua vida - e, através dela, na vida da nação naquele momento. Uma das coisas mais notáveis com relação à Jezabel foi sua persistência pura ao opor-se ao profeta Elias. Ele não desistiu quando seus falsos profetas foram derrotados e massacrados no Monte Carmelo; ela simplesmente duplicou seus esforços para destruí-lo. O diabo mostrou a mesma persistência nos seus ataques contra o Senhor Jesus. Ele tentou matar Jesus no seu nascimento através do Rei Herodes. Ele tentou matá-lo através das multidões e sacerdotes. E elecontinuou tentando Jesus ao longo do Seu ministério, mesmo Jesus frustrandoo toda vez. Até mesmo no Calvário, ele instigou um circunstante para tentar Jesus para 'salvar a si mesmo e descer da cruz'. AS FORÇAS MALIGNAS SÃO IGUALMENTE RESISTENTES nos seus ataques contra o povo de Deus. Apocalipse 12 deixa isto bem claro. Primeiro, o dragão tenta devorar a criança-homem quando a mulher dá a luz. Quando isso não dá certo, e a criança é levada a Deus e Seu trono, ele volta sua atenção à mulher e sua descendência - à igreja e crentes individualmente que são fiéis ao Senhor Jesus. Fique alerta, você está enfrentando uma luta que vai durar a vida inteira contra as forças do mal. Toda vez que você resisti-lo,toda vez que você vencê-lo em uma área, ele dará a volta ecomeçará a tentá-lo e atacá-lo em outra área. Ele é um oponente muito persistente. Você simplesmente precisa ser mais persistente ao resisti-lo do que ele é em atacá-lo. E, em Cristo, revestido de toda armadura de Deus, dependendo da unção e dons do Espírito, você pode ser. Lembre-se, por si só você não é páreo para qualquer demônio. Ele é mais sagaz que você. Ele é mais inteligente que você. Ele é mais poderoso que você. Ele pode enganá-lo. Ele pode seduzi-lo. Ele pode entrar em você. Ele pode enredá-lo. Ele pode vencê-lo. Ele pode matá-lo. Deixado com seus próprios recursos, você não teria esperança alguma. Graças a Deus que não é exigido que você confie em sua própria sabedoria e força! Graças a Deus que você tem a vitória de Cristo. Graças a Deus que Ele te deu Sua armadura pessoal para usar. Graças a Deus que Ele te equipou com todos os recursos espirituais que você precisa para vencer o inimigo. Agora depende de você ganharhabilidade no seu uso. VOCÊ JÁ APRENDEU QUE SATANÁS não foi o único ser espiritual que caiu do céu. Segundo as Escrituras, cerca de um terço dos vários seres angélicos foram expulsos juntamente com ele. Na maioria das vezes - de fato, provavelmente todas as vezes - você não lidará com o próprio Satanás ou mesmo com o espírito de Jezabel. Mas sim, ele enviará um dos seus cúmplices importuná-lo, Naturalmente, como mentiroso que é, o espírito maligno provavelmente fingirá que é Satanás somente para assustá-lo! Toda a área da esfera demoníaca invisível é um dos aliados principais do espírito maligno em sua guerra contra o povo de Deus. AsEscrituras ensinam que Deus é a única fonte de tudo. Ele fez o universo. Ele fez a terra. Ele fez os seres humanos. E Ele fez os seres celestiais também. Esses são geralmente chamados de'anjos' ou 'mensageiros'. Em Mateus 22:30, Jesus mostra que os anjos santos habitarão com o povo redimido de Deus no céu, e que seremos como eles em muitas coisas. Embora 'anjo' pareça ser a palavra geral usada para estes seres, está claro que há muitos tipos diferentes de seres celestiais. Judas 9, por exemplo, faia sobre o arcanjo Miguel. Génesis 3:24; Êxodo 25:20; Salmo 18:10 e Isaías 6:2 fazem referência a anjos, serafins equerubins. EEfésios 1:21; 3:10; Colossenses 1:16; 2:10 e 1 Pedro 3:22 mencionam principados, potestades, tronos e autoridades. 21


Nas Escrituras, vemos estes seres circundando o trono celestial em adoração, trazendo mensagens divinas de promessa e afeita a homens e mulheres, protegendo o povo de Deus em momentos de perigo, e aparecendo no nascimento, ressurreição e volta de Jesus. Judas 1:6 e 2 Pedro 2:4 descrevem como uma companhia desses seres angélicos foi influenciada por Satanás para rebelarem-se contra Deus. Assim, caíram do céu juntamente com ele e terão o mesmo julgamento que ele. Há tantos desses seres que juntos são chamados de 'reino das trevas' e o seu alvo é o de extinguir a luz de Deus e corromper todas as coisas boas que Ele fez. Por exemplo, Mateus 9:32; 12:22; Lucas 9:42 e 13:16 mostram que esses espíritos caídos afligem as pessoas com doenças e sofrimento - e que Jesus traz a cura perfeita! Daniel 10:13-21 e Apocalipse 2:10-13 mostram que influenciam lugares em particular e regimes políticos. E 2Coríntios 11:13-15; 1 Timóteo 4:1 e 1 João 4:1 mostram que estão profundamente envolvidos no engano da igreja e introdução de falso ensino. Estas potestades demoníacas estão por trás de todas as forças destrutivas do nosso mundo. Estão por trás de coisas óbvias como ocultismo, vício em drogas, gangues de criminosos e regimes corruptos. Mas estão também envolvidos nas artes, nos meios de comunicação e no mundo do entretenimento - de onde podem difundir sua mensagem anti-Deus com grande sutileza e artimanha. Envolvem-se também em todo nível de negócio – de onde podem arruinar vidas através da dívida, pobreza e ganância, enredar pessoas usando ‘mamom', e saciar o grande amor que Satanás tem pelo comércio. SATANÁS É O GRANDE FALSIFICADOR, e ele tem forjado uma Trindade maligna de aliados através dos quais ele visa estabelecer a independência espiritual nas vidas das pessoas e na vida da igreja. Esta trindade maligna é formada peio 'mundo', pela ‘carne' e pelo ‘demoníaco'. Os espíritos invisíveis malignos que caíram do céu formam a esfera do 'demoníaco', sendo sua missão martelar a mensagem 'Você fará'. Você fará isto. Você fará aquilo. Você não morrerá. Você usufruirá disto. Você se sentirá bem. Você será feliz. E assim por diante. Eles manterão uma barragem constante de propaganda e mentiras a fim de desviá-lo de fazer a ‘vontade de Deus'. O segundo alvo do diabo, 'o mundo', neste sentido não significa o planeta no qual vivemos. Significa a sociedade na qual vivemos,a sociedade que esquece e ignora a Deus. Todos nós somos grandemente tentados e influenciados pela sociedade. No nível menor, sentimos pressão das pessoas que estão ao nosso redor para que conformemo-nos com seu modo de pensar e agir. Somos todos influenciados pelas nossas famílias, colegas de trabalho, pelos programas que assistimos e revistas que lemos, pelos patrões e celebridades, e assim por diante. Muita da influência está em oposição à vontade de Deus, 1 João 2:15-17 declara, 'Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele'. 'Pois tudo o que há no mundo - a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida - não é do Pai, mas do mundo'. 'Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre'. O apóstolo João é muito severo no seu ensino sobre o mundo. Em 1João 5: 19 ele afirma que o mundo jaz no poder do espírito de Jezabel. Em 1 João 4:4 ele explica que o ensino anticristão provém do mundo. E em 1 João 3:1 ele insiste que devia haver uma clara distinção entre os filhos de Deus e os filhos do mundo. João escreveu estas palavras quase dois mil anos atrás, todavia ainda são notavelmente precisas. Vivemos numa sociedade que mantém uma mensagem constante de ‘Nós faremos'. Nós 22


faremos o que quisermos. Vestiremos isto. Assistiremos aquilo. Leremos isto. Riremos daquilo. Escarneceremos da igreja. Compraremos isto. Zombaremos daqueles que são diferentes. Juntaremos posses. Não teremos moral. É quase tudo, menos a ‘vontade de Deus'. Você sente uma pressão para conformar-se com o mundo? Você sente uma pressão para comportar-se como as pessoas ao seu redor?Você sente uma pressão para vestir-se de certo modo, assistir certos programas, concordar com seus amigos, gastar seu dinheiro em certas coisas? Naturalmente que sim! Agora você deve começar a reconhecer a figura sombria e sinistra que está por trás da máscara atraente do mundo. Efésios 2:2 diz que o diabo esforça-se em levá-lo a andar segundo o curso do mundo - afinai, ele é o deus deste mundo! Mas você pode resisti-lo. Você realmente pode resistir o mundo. Não é de surpreender que o apóstolo João explica como fazer isto. Em 1 João 4:4 e 5:4, ele mostra que sua fé, e o Espírito do Senhor que está dentro de você, é uma força muito maior do que o mundo - e que é forte o bastante para preservá-lo da influência do mundo. Não ouça aos'eu farei' do mundo. Ignore a influência da moda. Desligue-se dos comerciais. Não permita que sua mente seja poluída por livros, filmes e programas de televisão que são descaradamente sedutores, inspirando a ganância. Lembre-se, o mundo e os seus ‘eu farei'passarão, mas a vontade de Deus permanece para sempre. A ‘CARNE' é o terceiro membro da trindade falsificada deSatanás, o terceiro dos seus aliados na sua luta para persuadi-lo a rebelar-se contra a vontade de Deus. A carne não refere-se ao seu corpo físico; mas sim, é um termo técnico da humanidade caída em sua fragilidade e pecado. Em Gálatas5, o apóstolo Paulo ensina que a carne batalha contra o Espírito em sua vida - e você deve ter sentido as lutas titânicas que todos enfrentam entre os desejos carnais humanos e o caminho divino de santidade. A carne é a moradia das suas concupiscências. É o que pressiona-oa satisfazer seus apetites físicos. É o que impulsiona-o ao uso errado do sexo, dinheiro e poder. É o poder por trás as desordens alimentares, divisão conjugal, dívida e obsessão com um passatempo ou esporte. A carne é um grande poder dentro de você, sempre pressionando-o a cedera um impulso maligno ou desejo errado. Ela continuamente sussurra, ‘Eu farei isto. Eu farei aquilo. Eu usarei isto. Eu mostrarei aquilo. Eu assistirei isto. Eu farei o que quiser. Eu satisfarei a mim mesmo. Eu me farei feliz’. A carne nunca encoraja-o em direção à 'vontade de Deus'. O apóstolo Paulo experimentou esta batalha interior, escrevendo sobre esta luta em Romanos 7. Não há um crente sequer que não possa se identificar com suas palavras nos versos 18 e 25! É Paulo, deste modo, que explica a-partir de sua própria experiência, como você pode lidar com a carne. Em Gálatas5:24ele diz que você precisa crucificar a carne, pregar seus desejos e deixar que murchem. E, em Romanos 13:4, ele também exorta-oarevestir-se do Senhor Jesus e não satisfazer os desejos da carne. TUDO TEM AVER COM DISCIPLINA. Alguns crentes: parecem pensar que a liberdade é simplesmente uma questão de libertação. Eles têm um problema com uma fraqueza ou vício, assim vão nafrente em busca de oração, pedindo ao Pai que os liberte. Isto é bom, mas não é o bastante. A verdadeira liberdade envolve libertação e disciplina; ela envolve verdade e unção; ela envolve revelação e ação. As Escrituras encorajam-nos a orar todos os dias para que o Pai liberte-o do maligno; mas também instruem-nosa mortificar a carne, não satisfazendo os seus desejos. Ela é ambas as coisas, e não uma ou outra. 23


Libertação é a parte mais fácil. Disciplina é o que você faz quando há libertação. É o que você deve fazer quando fechar este livro. É o que você deve fazer entre uma reunião e outra. É o que você deve fazer quando acorda pela manhã com um pensamento que não presta para nada na cabeça. É o que você deve fazer quando sentir algo começando a se agitar dentro de você. É quando você diz, 'A vontade de Deus será feita', ao invés de 'Minha vontade será feita'. Muitos crentes estão cientes das estratégias do diabo, mas está tudo em suas mentes. Leem alguns livros, ouvem alguns sermões, e logo sabem de tudo que há para saber sobre o assunto. Mas a verdade por si só não liberta. Para que isso aconteça,, temos de pegar essa verdade e apropriá-la, apreciá-la, internalizá-la, experimentá-lae agir de acordo sob a unção do Espírito Santo de Deus. Ao terminar de ler este livro, você saberá tudo que precisa saber sobre o espírito de Jezabel. Mas este conhecimento não fará diferença alguma para você, a menos que você coloqueo bem dentro no seu espírito, confesse-o com sua boca, creia nele em seu coração e comece a colocá-lo em prática em sua vida todos os dias. Lembre-se, que o menor no reino das trevas sabe mais sobre Satanás do que você chegará a saber, mas ele está sentenciado porque ele nunca age de acordo com o que ele sabe acerca do julgamento vindouro de Deus. Não seja como ele. AO AVANÇARMOS NESTE LIVRO, concentrar-nos-emos no modo que o espírito de Jezabel ataca o povo profético de Deuse como você pode vencê-lo em toda área de sua vida. Antes de fazermos isto, no entanto, você precisa compreender que sua luta particular contra os espíritos malignos é somente uma pequena parte de uma guerra muito maior. Você está numa situação de guerra total, e seu inimigo está buscando a ruína de tudo queDeus criou. O alvo número um de Satanás é o próprio Deus, Satanás quer destronar Deus e tornar o seu lugar. Na sua ambição maligna e no seu ódio amargurado, o espírito de Jezabel ousou postarse contra Deus. Você pode ver isto nos seus esforços malignos de destruir Jesus - o qual é o próprio Deus. Satanás tentou levar Jesus a pensar e agir de forma independente da vontade de Deus; ele tentou separar o Filho do Pai através da dúvida, desobediência, desconfiança, deslealdade, descrédito e ambição egoísta. Nos seus ataques diabólicos contra Jesus, ele estava lançando um ataque total contra Deus, E em seus ataques malignos contra os crentes, ele está agora tentando partir o coração de Deus com o pecado e estupidez e desgraça dos Seus filhos redimidos. O ALVO NÚMERO DOIS DE SATANÁS É A CRIAÇÃO. Ele está determinado em estragar todo o mundo e tudo que Deus fez. O livro de Apocalipse revela algumas das maneiras terríveis que o inimigo ataca nosso mundo e todos que vivem aqui. Vemos uma guerra desenfreada, conquista e atividade militar. Vemos guerra civil e uma ausência completa de paz. Vemos praga e fome, pestilência e desnutrição, poluição e destruição, consumismo extravagante e lucros excessivos. Vemos terremotos, terrores nos céus, adoração demoníaca, assassinato, feitiçaria, perseguição em massa de crentes cristãos, e a maioria das pessoas comuns sem o desejo de se arrepender. Sem a esperança de Cristo e a certeza da Sua vinda triunfante, Apocalipse seria um livro verdadeiramente aterrorizante. O pensamento mais ponderado de todos, contudo, é que toda descrição é tão real. Podemos ver algo semelhante a isso no documentário na televisão ou na reportagem do jornal de 24


ontem. Isto mostra corno as forças das trevas, que são chamadas de ‘Babilônia' no livro de Apocalipse, estão fazendo tudo que podem para destruir o mundo de Deus. OS CRENTES ESTÃO EM TERCEIRO LUGAR NA SUA LISTA. Ele não se importa com pessoas que já estão seguramentesob seu controle e influência. Seus alvos principais são aqueleshomens e mulheres que foram resgatados das suas garras ecomprometeram-se com seu arqui-inimigo.É por isso que suas tentações e dificuldades aumentam quandovocê se torna um crente! Você foi transferido direto para a frentede batalha! Do mesmo modo que a Rainha Jezabel procurou eliminar os profetas de Deus nos seus dias, assim também o espírito de Jezabel procura neutralizá-lo hoje. E o livro de Apocalipse contém duas descrições dramáticas do modo que Satanás te ataca. Primeiro, no capítulo 12, há a imagem de um dragão sanguinário guerreando contra aqueles que guardam os mandamentos de Deus e testemunham de Jesus. Se você quer uma vida tranquila e confortável, sem nenhuma oposição desagradável, é fácil: apenas ignore os mandamentos de Deus, não testifique de Jesus, e o dragão não dará a mínima a você! Se, contudo, você quiser ser um guerreiro santo que obedece a Deus e leva as pessoas a Jesus, é melhor que você se apronte para sentir o bafo quente do dragão no seu pescoço. Segundo, no capítulo 17, há a imagem de uma prostituta sedutora, vestida em púrpura e escarlate, coberta de joias e pedras preciosas, segurando um cálice cheio de fornicação e abominações inomináveis. Ela chama-se Babilónia, mas é a cara de Jezabel, pois - como ela- ela bebeu o sangue dos santos e mártires de Jesus. Satanás não se importa muito se você é enganado pela máscara do destruidor parecido com um dragão ou com a máscara da sedutora sensual. O alvo da figura sombria e sinistra por trás de ambas as máscaras é o mesmo - a destruição total de todos os crentes. VAMOS DEIXAR DE LADO agora o modo que as forças malignas dominam nações e instituições, encorajam o envolvimento na religião demoníaca e falsificada, e buscam a corrupção da sociedade e destruição do mundo. De agora em diante, vamos nos concentrar no modo que o espírito de Jezabel dirige operações demoníacas atacando crentes ungidos - buscando arruinar seu ministério, sua família e sua vida. Você aprenderá suas estratégias principais. Você verá como Deus equipa-o para lidar com essas estratégias. E você compreenderá como pode viver na verdadeira liberdade e vitória - como um guerreiro que vence o diabo em toda área de sua vida.

3. SATANÁS NO ATAQUE O DIABO ODEIA AS PESSOAS PROFÉTICAS DE DEUS, e parece que ele tem dado a incumbência e responsabilidade a um de seus mais poderosos príncipes de organizar as forças das trevas contra este povo. Nós cremos que este espírito caído está por trás da Rainha Jezabelassim esses espíritos malignos tem a intenção particular de tentar impedi-lo de ser eficaz no seu papel profético na igreja e no mundo. Se você tem dificuldade em entender por que isto é assim, pense numa maneira um pouco diferente. O espírito maligno é o oposto completo do Espírito Santo, fundamentalmente opondose a tudo que se refere a Ele. 25


O espírito maligno odeia o Espírito Santo com uma intensidade doentia, fazendo tudo que pode para ferir, corromper, estragar e prejudicar Sua santidade. O espírito maligno sabe que não pode tocar o próprio Espírito Santo, assim ele concentra sua ira nas pessoas que estão em parceria com o Espírito Santo. Ele concentra seu ataque naqueles que são ungidos com o Espírito, naqueles que estão cheios de Espírito, naqueles que o Espírito está procurando usar no Seu poder e modelar em Sua santidade. Se o espírito maligno pode tentá-lo a tropeçar, assustá-lo para que você fique em silêncio ou seduzi-lo ao pecado, ele sabe que causou dor no Espírito Santo, fez retroceder Sua obra santa e prejudicou Sua reputação santa no mundo. É por isso que o profeta Elias enfrentou tantos ataques demoníacos, e é por isso que você deve cuidar para identificar o modo que o diabo está operando em sua vida com o alvo de neutralizar sua eficácia ungida e profética - através do seu pecado – ferindo a pessoa do Espírito Santo. Nesta altura, você já deve ter entendido que o diabo está na raiz do reino maligno das trevas, o qual está tentando destruir tudo que é de Deus nesta terra. Colocando simplesmente, ele quer controlar todo aspecto do mundo inteiro; ele quer tomar o lugar de Deus. As forças satânicas domina as artes. Ele domina o comércio. Ele domina a religião. E ele domina a política. Ele seduz e corrompe homens e mulheres em altos postos, capturando os que estão em posições mais baixas. Ele destrói casamentos e as vidas de pessoas inocentes. Ele é a figura sombria e sinistra por trás do aborto e do infanticídio, da pornografia e sedução, do homossexualismo e adultério, da promiscuidade e vício, da confusão genética e ganância desenfreada. Ele controla todos os exércitos do mundo e incita-os à guerra edestruição. Ele está por trás da concupiscência, da opressão, da doença, do racismo, do consumismo, do medo da morte e de toda forma de exploração. Em resumo, ele é o espírito imundo desta era maligna presente. NA BÍBLIA, UM NOME é mais do que um rótulo de identificação. Nomes significam alguma coisa, e geralmente revelam algo importante sobre o chamado ou natureza essencial do portador do nome. Elias, por exemplo, significa 'O Senhor é Deus'- e esta foi amensagem simples que ele foi chamado para anunciar no poder do Espírito. Jezabel é uma outra pessoa que teve um nome que combinava com sua natureza. Jezabel significa 'sem- marido' - e foi deste modo que ela viveu. Ela não convivia com ninguém porque ela tinha que ter o controle, ela não era dominada nem mesmo por seu marido, o rei. Jezabel foi o verdadeiro poder na casa, e não o seu marido Acabe. A Rainha mexia os pauzinhos no palácio, e não o Rei. Ela era dominada pelo espírito maligno que tentara usurpar a posição de Deus e tomar controle dos céus, assim ela usurpou a posição do seu marido e tomou controle da nação de Deus. Ela era controlada pelo espírito independente que caiu por causa dos seus cinco'eu farei', assim ela estava determinada em fazer tudo segundo sua própria vontade. Simplesmente, ela era ‘sem-marido', ela não se deixava ser controlada por ninguém. Ela era Jezabel. É por isso que muitos líderes hoje pensam que o espírito de Jezabel está operando no mundo novamente, e na verdade assim se encontram as forças malignas em operação. Embaixo da autoridade de satanás, o espírito de Jezabel está especialmente interessado em fomentar confusão genética entre os sexos. Isto não somente significa homossexualismo, pois o bruto cabeludo que chega emcasa bêbado, bate em sua mulher e então leva-a para cama está tão debaixo dos espíritos demoníacos quanto o cafetão homossexual nas ruas de nossas cidades. Mas sim, o espírito de Jezabel promove uma rebelde reversão de papéis dos sexos que incita as mulheres a dominar seus maridos, ser 'sem-marido', e que pressiona os homens a agir como Acabe, deixando que suas mulheres façam o que querem para poder ter uma vida tranquila. 26


O espírito de Jezabel sempre sopra as chamas da sua rebelião original contra Deus. Em particular, ele incita a mesma rebelião - contra a ordem que Deus deu aos sexos - que vemos no relacionamento de Jezabel e Acabe. PRECISAMOS VOLTAR AO PRINCÍPIO para vermos a ordem estabelecida por Deus. Génesis1:26-28 é a Parte Um do relato bíblico da criação divina da humanidade. Três frase nestes versos são especialmente importantes. Primeiro, Deus disse, 'façamos a humanidade à nossa imagem e que tenha domínio'. Segundo, o escritor comenta, 'Macho e fêmea os criou'. E terceiro, Deus ordenou, 'Frutificai e multiplicai-vos, enchei a terra, e sujeita-a. Dominai'. Essas frases dizem-no que a humanidade foi criada com um género e espécie. Isto pode não estar bem claro nas mais antigas versões da Bíblia que usam a palavra'homem' aqui. Muitos séculos atrás, 'homem' era a palavra usada para a humanidade, e a espécie da humanidade era divida entre'Cavalheiros'e'Mulheres'. Hoje, naturalmente, 'homem' significa homens, mas esta passagem está descrevendo a criação de toda humanidade, e não somente dos homens. Cavalheiros e mulheres foram criados juntos por Deus, e compartilham da mesma humanidade, um domínio em conjunto e são iguais em dignidade e valor. Essas três frases também lembram-no que a humanidade existe em duas formas distintas. Isto pode parecer óbvio, mas é surpreendente quão confuso se torna quando o espírito de Jezabelaparece. Essas frases também deixam claro que tanto os membros machocomo fêmea da humanidade carregam a imagem de Deus. Lembre-se, a imagem de Deus não foi dada somente para oshomens! Embora toda pessoa carregue a imagem de Deus, os homens e mulheres revelam a imagem de Deus numa maneira especial quando reúnem-se num relacionamento que exibe a interdependênciae ordem das pessoas de Deus dentro da Divindade. As três frases também mostram que homens e mulheres têmum papel igual no mandato da criação. Os mandamentos paradominar, frutificar e multiplicar foram dados a homens e mulheresjuntos. Enquanto homens e mulheres na igreja não terminarem a batalhados sexos, e começarem a trabalhar juntos na maneira que Deusintenciona, a igreja não experimentará o domínio, a frutificação ea multiplicação 'cem vezes mais' que Deus deseja. Maridos e esposas cristãos, homens e mulheres crentes, devemcomeçar a ficar juntos em unidade e igualdade, devem começara trabalhar juntos em parceria - mas isto pode somente acontecerquando seguem a ordem de Deus. Embora homens e mulheres igualmente carregam a imagem deDeus, igualmente compartilham a dignidade humana, não podemcumprir isto a menos que permaneçam fiéis à ordem que Deusdeu. Você encontra isto na Segunda Parte da história da criação,em Génesis 2. TEMOS DE COMBINAR as histórias em Génesis 1 e Génesis 2para ter o quadro completo da criação. Pois, embora ambos oscapítulos descrevam o mesmo acontecimento, enfatizam questõesbem diferentes. Génesis 2:18 revela muita coisa sobre homens e mulheres. Mostraque homens e mulheres são essencialmente incompletos umsem o outro. Deus fez homens e mulheres com uma necessidade de companhia, e Ele fê-los para satisfazer essa necessidade um com o outro através do casamento. Ele não fez as mulheres ou os homens com espíritos independentes,onde um precisa do outro não é recíproco. Deusfez homens e mulheres com uma necessidade igual um pelooutro, com uma necessidade igual de um relacionamentovital que desfrute algo do maravilhoso 27


companheirismo queexiste dentro da Divindade. Isto pode somente ser apropriadamentecumprido através do casamento. Deus planejou homens e mulheres para o casamento, equalquer coisa fora disto é uma perversão da ordem dacriação. Seu casamento começará a dar errado quando alguémou algo tomar o lugar de seu cônjuge - não importase é trabalho, ministério, um passatempo, filhos, ou outrapessoa de qualquer um dos dois sexos. São simplesmenteformas diferentes de adultério. E este é o plano de Jezabelpara sua vida. GÊNESIS 2:18 ENSINA QUE A MULHER foi feita para ser a'ajudadora' do homem e que o homem foi feito para ser a'cabeça' da mulher. 'Ajudador' é um dos nomes do Espírito Santo e do seu chamado principal, e Ele nunca está mais feliz do que quando está ao lado de um crente ajudando-o. Assim, também, na ordem de criação de Deus, as mulheres foram planejadas para realizarem-se quando estão ao ladodos seus maridos - ajudando no que quer que for necessário. O Espírito Santo é um ajudador submisso. Ele te ajuda ondevocê precisa de ajuda e nunca fica te intimidando; e as mulheresforam feitas para ajudar seus maridos numa maneira'desintimidadora' semelhante. Se 'ajudar' é o papel do Espírito, ‘ser o cabeça' é o papel deJesus, e Ele revela isso ao suprir uma liderança amorosa aos crentes. Igualmente, na ordem de criação de Deus, os homens foram feitos para tomar a iniciativa e suprir suas mulheres com uma liderança amorosa, como a de Cristo. Naturalmente, o espírito de Jezabel procura torcer isto, ao encorajar os maridos a dominar suas esposas. Mas a liderança amorosa sempre consulta, sempre considera, sempre sacrifica e sempre faz o que é melhor para a ajudadora. Você percebeu que há um papel para o Espírito Santo e um paraJesus Cristo na ordem da criação, mas não um papel para o Deus Todo-poderoso? Há uma ordem perfeita dentro da Divindade, e o Pai, o Filho e o Espírito são iguais em dignidade, valor, beleza e propósito. Contudo, eles também não têm os mesmos papéis e funções. Embora ambos sejam plenamente Deus, o Filho e o Espírito submetem-se à vontade do Pai na Divindade. É a mesma coisa na ordem de criação de Deus: o 'ajudador' e a 'cabeça' têm a intenção de ficar juntos e ambos obedecerem a vontade do Pai. O primeiro homem e a primeira mulher andaram no Jardim do Édeon com o Pai, e todo casamento desde então deve ter a intenção de desfrutar da mesma intimidade solidária com o Pai. A 'cabeça' não devia mandar e desmandar no 'ajudador', dizendo, 'Você fará isto e você fará aquilo'. Essa não é a liderança de Jesus. Mas sim, a 'cabeça' devia ouvir à voz do Pai e gentilmente transmitir a vontade do Pai, pois é o Pai que é o Número Um na ordem de criação de Deus para os sexos. Seu casamento deve ser um passeio no jardim com o Pai - tendo o marido exercendo a liderança amorosa de Jesus, a esposa suprindo a ajuda amorosa do Espírito, e os dois juntos submetendo-se igualmente ao Pai. A PERFEITA PARCERIA HUMANA de liderança e ajuda foi logo atacada pelo espírito de Jezabel. Génesis 3:6 parece sugerir que a mulher pecou primeiro porque ela tomou do fruto e o comeu, e então o deu ao seu marido para que ele comesse. Mas o restante da Bíblia – Romanos 5:12, por exemplo - mostra que Deus responsabilizou o homem somente. É isso que envolve ser a cabeça! Satanás sabia que a liderança pertencia ao primeiro homem, e percebeu que poderia corromper toda a raça humana se roubasse a liderança do homem. 28


O espírito de Jezabel não mudou! Ele ainda está atacando do mesmo modo. Ele ainda tem a determinação de torcer a ordem de Deus, roubando a liderança do homem. Fique de olhos abertos! Tome cuidado em seu casamento para não ceder à pressão do mundo presente de lançar fora a boa vontade de Deus para o seu relacionamento com seu cônjuge. Satanás atacou a ordem de criação de Deus abordando a mulher, ao invés do homem. Ele começou desafiando a Palavra de Deus e o caráter de Deus, e então tentou enganar a mulher no tocante à natureza da verdadeira felicidade humana. Satanás começou tentando Eva para que esta questionasse a Palavra de Deus, ‘Deus disse de fato?’ Ele perguntou, introduzindo um elemento de incerteza na mente de Eva quanto à vontade de Deus. Satanás começou levando Eva a questionar a Palavra de Deus porque ele sabia que há somente um passo pequeno entre duvidar da Palavra de Deus e desobedecer a vontade de Deus. Os enganos do diabo ainda seguem o mesmo modelo. Fique alerta! Primeiro ele leva-o a duvidar da Palavra de Deus, depois negar a Palavra de Deus, em seguida desacreditar na Palavra de Deus, e finalmente desobedecer a Palavra de Deus. Satanás aumentou a pressão do seu ataque ao sugerir que Eva devia duvidar da bondade de Deus. 'Deus realmente disse que você não devia comer de nenhuma árvore do jardim?'. O que ele quis subentender é que Deus deve ser uma pessoa muito cruel ao restringir tal prazer legítimo de provar do fruto de uma árvore que Ele mesmo supriu. Assim que Eva abriu os ouvidos a ele, Satanás começou a mentir - e disse a Eva que ela não morreria. A alusão astuta de Satanás foi que um Deus amoroso nunca seria rude a ponto de punir um dos Seus filhos. Tristemente, bilhões têm ido ao inferno ao serem enganados do mesmo modo. Então Satanás começou a amontoar as falsidades. 'Deus sabe’,ele disse, 'que seu olhos se abrirão no dia que você comer, e vocêserá como os deuses conhecendo o bem e o mal do mesmomodo que Ele'. Isso não é familiar? Quantas vezes você ouviu algo semelhante?'Deus está escondendo algo bom de você'. 'Você vai gostar disso se provar’. 'Isto não vai fazer nenhum mal' . Desde o Éden até os dias de hoje, o espírito de Jezabel continua apresentando coisasque parecessem boas do lado de fora, mas que provam terconsequências altamente danosas. Eva deixou-se enganar. Ela viu que o fruto era bom para secomer, era agradável aos olhos e a capacitaria a conhecer o beme o mal. E no dia que ela o comeu, ela morreu espiritualmente. Aperfeição foi arruinada. Sua vida foi abalada. E o diabo se deleitou. EM SEGUIDA FOI A VEZ DE ADÃO PECAR. Génesis 3:6 relataque Eva 'também o deu a seu marido que estava com ela’. Que coisa!Isto significa que Adão deve ter estado lá todo o tempo. Ele viutudo acontecer e não fez nada a respeito. Deus ordenara que Adão não comesse do fruto daquela árvore em Génesis 2:16-17. Ele era a cabeça. Era sua responsabilidade transmitir a vontade de Deus. Mas ele observara sua mulher ser enganada e não levantou a voz, lembrando-a da vontade de Deus. Você vê como Satanás conseguiu reverter o papel dos géneros? Quando Satanás veio à mulher, ele não consultou seu marido. Mas sim, ela agiu de maneira independente, usurpando sua liderança. A mulher assumiu a responsabilidade da decisão espiritual e disse 'Eu quero'. O marido não foi diferente, pois ele permaneceu passivo, não cumprindo seu papel, renunciando sua liderança e permitindo que Satanás arruinasse seu casamento. Não sabemos como Eva levou Adão a comer do fruto, mas ela provavelmente usou uma das artimanhas novas e sutis que agora estava a sua disposição - persuasão, sedução, manipulação, dominação, etc. Não importa o que seja. Ela estava no comando. Ela estava mexendo os pauzinhos. Ela era a cabeça. Ela disse a seu marido para comer e ele fez o que ela disse. 29


Você pode ver o espírito de Jezabel em segundo plano? Ele tem operado em sua vida do mesmo modo? O que você vai fazer no futuro? EM SUA JUSTIÇA SANTA, Deus não teve escolha senão punir o pecado de Adão e Eva. E é aí onde os problemas de gênero realmente começam. Em Génesis 3:16, Deus disse à mulher que Ele iria 'multiplicar grandemente a dor da tua gestação; em dor darás à luz filhos. O teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará'. O casamento deles era perfeitamente equilibrado alguns versos antes. Ela era a ajudadora, ele a cabeça, e andavam com o Pai. Agora, estava tudo torto. Três coisas aconteceram. Primeiro, foram expulsos do Jardim e perderam sua intimidade com o Pai. Em segundo lugar, o desejo da mulher passou agora para seu marido. Isto não tem nada a ver com desejo sexual. Trata-se do'desejo' mencionado em Génesis 4:7, um desejo de dominar e governar. Eva agora tinha um desejo pecaminoso de governar seu marido, brincar de ser Deus no lar - um desejo que ela passou adiante à toda sua descendência fêmea. Mas, em terceiro lugar, o marido agora governava 'sobre' a mulher. Ele tinha o desejo oposto de sua mulher - o de impedi-la de governar, e revidar e fazer-se valer. A batalha dos sexos havia verdadeiramente começado. Depois da maldição devido ao pecado, a mulher viu-se numa posição de fraqueza e dependência; ela ressentiu a posição do homem e desejou isto para si mesma. Ela procurou ter vantagem ao usurpara posição dele, dominando-o e manipulando-o. E, depois da maldição, o homem descobriu que tinha sido elevado a uma posição de governo, a qual era bem mais dominante do que antes da queda; e ele tinha uma tendência de exercer isto 'sobre' ela, em vez de ser um verdadeiro parceiro 'ao lado' dela. Por não ter mais intimidade com o Pai, ele fez valer sua vontade, ao invés de transmitir a vontade do Pai. Lembre-se, não foi isto que Deus quis e fez. Trata-se do resultado do pecado, e você não deve ceder a ele. Simplesmente não é bom o bastante dizer, 'Bem, é assim que a coisa é.' Você foi redimido em Cristo. Por causa da cruz, o caminho foi aberto para que você tenha um relacionamento íntimo com o Pai. Não há desculpas para um crente. Você deve crucificar este desejo carnal de governar em casa, e lutar contra esse pecadotanto quanto você luta contra qualquer outro pecado. Não permita que o espírito deJezabel destrua seu casamento. Não permita que ele torça a ordem de Deus em sua casa. Se você for solteiro, comprometa-se em seguir a ordem de Deus no futuro. Se você for uma esposa, seja uma ajudadora como o Espírito Santo. Se for um marido, seja uma cabeça como Jesus Cristo. Fique ao lado um do outro na parceria mutuamente interdependente que Deus planejou. Não lute pela posição dominante! Juntos, curvem os joelhos diante do Pai. NEM TUDO FOI IRREMEDIÁVEL NO ÉDEN. Em meio à maldição, há Génesis 3:15. O diabo usou a mulher para ganhar o controle sobre a raça humana. Assim Deus prometeu usar uma outramulher para trazer o segundo Adão ao mundo, o qual destruiria seu controle demoníaco. Aleluia! Você sabe que a promessa de Génesis 3:15cumpriu-se em Jesus. Ele é a Descendência da mulher. Ele feriu a cabeça da serpente na cruz. A liderança rebelde de Satanás foi decisivamente derrotada, e será final e plenamente destruída no último dia. HÁ UMA NOVA ORDEM EM CRISTO, a ordem da nova criação. Você é o redimido do Senhor, e deve entregar suas armas na batalha dos sexos e retornar ao plano original divino. Está na hora de você derrotar essa estratégia de Satanás. Está na hora de você entrar em parceria com seu cônjuge segundo a vontade perfeita de Deus - a fim de que você possa começar a ser espiritualmente frutífero e começar a multiplicar cem vezes mais. 30


Está na hora de redescobrir esses princípios básicos, edificar sobre eles em sua família e nos seus relacionamentos, derrotando o diabo e cumprindo seu chamado de domínio em Cristo. Nestes dias atuais, Satanás não usa mais a máscara da antiga serpente. Agora ele é uma figura sombriamente sinistra que esconde-se por trás dos meios de comunicação em massa, espalhando mentiras e meias-verdades, atacando as mentes de homens e mulheres, fomentando um desejo semelhante ao de Jezabel de dominação, e levando as pessoas a ignorar a vontade de Deus. O que você fará quando um demônio tentar em seguida seduzi-lodeste modo? Lembre-se, a libertação desta estratégia é soante pela palavra de Deus. Quando o tentador mentiu a Jesus no deserto, Jesus usou a arma da Palavra de Deus para precaver-se contra seu inimigo. Três vezes em Mateus 4, Cristo disse ao diabo 'Está escrito'. Se você não conhece a Palavra de Deus, você não será capaz de resisti-lo. Gênesis 3:3 mostra que Eva, de fato, usou essa arma para escapar do primeiro ataque, mas Satanás é um inimigo persistente. Eva deixou de usar essa arma novamente, cedeu à tentação e pecou. Fique sempre alerta. Sempre dedique tempo à Palavra de Deus. Adão e Eva não tiveram nenhuma experiência anterior de tal tentação, e é quando pensamos que tudo está sob controle que Satanás tentará nos enganar usando um disfarce novo e um truque novo e desonesto. A HISTÓRIA DA RAINHA JEZABEL é uma mistura de manipulação sagaz e violência terrível. Ela adulou, seduziu e mentiu para fazer a coisa do seu jeito; mas, se isto não foi o bastante, ele rapidamente recorreu à destruição sangrenta. Não pense que o espírito de Jezabel somente te atacará do mesmo modo que atacou Adão e Eva - silenciosa, sinuosa e furtivamente, oferecendo-o algo que é superficialmente atraente. Às vezes ele pode comportar-se violentamente contra sua família, tentando causar dano em suas vidas e deixar um rastro de sofrimento atrás de si em sua casa - do mesmo modo que ele fez ao homem da Bíblia chamado Jó. As Escrituras contam a história de 'um homem da terra de Uzchamado Jó', o qual teve de enfrentar o diabo mascarado dedestruidor violento. Ao invés de atacá-lo com as armas da mentira, o espírito de Jezabel veio diretamente á Jó com sofrimento. E, ao invés de atacar a mente de Jó, tentando-o a desobedecer a vontade de Deus e agir de forma independente, ele destroçouo corpo de Jó numa tentativa de fazê-lo questionar a vontade de Deus, pensar de forma independente e começar a sentir uma profunda autocomiseração. JÓ ERA UM HOMEM COMUM, o qual Deus apresentou a Satanás como um exemplo de um dos Seus servos virtuosos. Jó não era um profeta ou sacerdote. Ele não era um juiz ou governante. Ele era meramente um trabalhador comum que calhou de amar a Deus. Não cai na armadilha de achar que o espírito de Jezabel está somente interessado em pessoas'famosas'. Ele opõe-se a todos que amam a Deus. Não importa se você lava louça ou prega para milhares; se seu coração está do lado de Deus e de Sua santidade, você é um alvo para o espírito de Jezabel. Deus abençoara a Jó, e ele ficara bem próspero. Todavia, o acusador dos irmãosescarneceu que Jó servia a Deus e evitava o mal somente por causa da abundância das bênçãos materiais. Assim, Deus permitiu que Satanás testasse a Jó para ver se ele permaneceria fiel num período de infortúnio e dificuldade. Inicialmente, Satanás usou dois grupos de saqueadores para roubar todos os animais e servos de Jó. Depois, ele usou uma tempestade violenta para demolir a casa de Jó e matar seus dez filhos. 31


Diante de toda essa destruição, Jó rasgou suas vestes, raspou sua cabeça, prostrou-se no chão e adorou a Deus. O que você teria feito? Segundo Jó 1:21-22, ele disse, 'Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor o deu e o Senhor o tomou; bendito seja o nome do Senhor. Em tudo isso Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.' SATANÁS FICOU FURIOSO quando Deus salientou a contínua falta de mácula. Ele insistiu quea atitude piedosa e pensamento correto de Jó mudaria quando seu corpo fosse afetado. Assim Deus colocou Jó sob o poder de Satanás - com a única condição de que Satanás poupasse sua vida. O destruidor se foi e imediatamente atacou o corpo de Jó com uma enfermidade revoltante e dolorosa. Mas o santo Jó estava resignado a aceitar tanto a tristeza quanto a felicidade vinda de Deus. Quando sua esposa aconselhou-o a amaldiçoar a Deus, Jó recusou-se a fazer isto. Satanás não infligiu o sofrimento físico como um fim em si mesmo. Ele usou-o como um meio para fazer com que Jó questionasse a vontade de Deus, começasse a fazer perguntas como, 'Por que eu, Deus?' 'O que foi que fiz?' ‘Por que você não está mais aí?' 'Por que você não me ama mais?' ‘Por que você não está fazendo algo com relação a isso?' Depois de sete dias de silêncio, Jó finalmente não aguentou mais e amaldiçoou o dia em que nasceu. O capítulo 3 registra o grito de miséria desolado e autocomiseração de Jó. Quando lemos o livro de Jó, e consideramos o pobre conselho que ele recebeu dos seus'amigos'ou 'consoladores', percebemos que Jó e seus amigos cometeram um erro grave. Entenderam que a justiça de Deus deve sempre e automaticamente recompensar a virtude com bênção, com grande riqueza e boa saúde, e que qualquer forma de sofrimento deve inevitavelmente ser resultado do pecado. Este ainda é um erro comum. Deus abençoa, sim, Seu povo, mas os ímpios também prosperam. E o sofrimento pode ser resultado do pecado, mas - às vezes - é um ataque demoníaco permitido por Deus. Pense em Elias depois do Monte Carmelo. O que fizera de errado? Sob a unção do Espírito, ele havia confrontado os falsos profetas de Baal, chamou as pessoas de volta a Deus, viu fogo cair do céu e executou o julgamento de Deus. Não há nenhum pecado ali! Deus recompensou o ministério fiel de Elias com um período detranquilidade? Não, ele permitiu que o espírito de Jezabel viesse diretamente a ele com o único alvo de matá-lo. Se você não passou por um período de sofrimento diabólico, logo passará. Todo crente passa. E às vezes esse ataque de sofrimento dura muitos anos. Na verdade, temos enfrentado algo assim na minha família por mais de dez anos a medida que temos que cuidar de nossa filha mais nova, a qual sofreu lesões pelo inimigo, durante seu nascimento. O espírito de Jezabel é um inimigo violento. Ele fará tudo que puder para paralisar seu ministério e fazê-lo começar a duvidar do poder de Deus, questionando Sua bondade. Como você vai resisti-lo? É SIMPLES. LIBERTAÇÃO desta estratégia em particular do inimigo é pela graça de Deus fortalecendo sua perseverança, sua fé e sua paciência. Você se lembra ter aprendido que você tem de persistir mais que o diabo? O princípio é o mesmo. O livro de Jó é um relato poético da luta de Jó com um sofrimento satânico. Ainda que Jó foi tentado por sua esposa e amigos a pensar que ele mesmo provocara seu próprio sofrimento ao ter pecado, Jó todavia manteve sua integridade. Então ele quase culpou a Deus, acusando-O de ser injusto por ter permitido que tal coisa acontecesse. Mas Jó nunca negou a integridade divina. Você já se encontrou numa situação como esta? 32


Quando Deus finalmente falou, ele não repreendeu Jó pelo seu excesso de autocomiseração, e Ele não respondeu às questões de Jó sobre justiça; mas sim, Deus silenciosamente proclamou a imensidade da Sua própria grandeza divina. Você pode ler isto em Jó 38-42. Ao enfocar Sua grandeza, poder e glória divinas, Deus estava ajudando Jó a tirar os olhos dos seus próprios problemas e vê-los numa perspectiva apropriada - ter uma 'cosmovisão cósmica'. Assim que Jó começou a concentrar-se em Deus novamente, em vez de em si mesmo, ele descobriu que seus problemas e questionamentos tinham-se evaporado. 1 PEDRO 5:8-11 MOSTRA que Satanás ainda está a solta para destruí-lo através do sofrimento. E o verso 10 tem provado ser verdadeiro ao longo dos séculos, por um número incontável de cristãos: 'Sofrereis somente por pouco tempo; e o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá. A ele seja o poder para todo o sempre. Amém.' Deus nem sempre promete libertá-lo imediatamente de todo sofrimento em sua vida, mas Ele sempre estará contigo no sofrimento. Ele sempre segurará sua mão e te dará Sua força para ajudá-lo a suportar. Muitos crentes são provocados por um pouco de sofrimento diabólico e levantam o punho contra Deus, resmungando, 'O que eu fiz para merecer isto? Sou seu servo, Senhor, mereço algo bom!’ ‘Por que está fazendo isto comigo, Deus?' ‘Seria melhor se eu estivesse morto!' Jó não teve o benefício do Novo Testamento. Ele não pôde ler as palavras do apóstolo Paulo em Romanos 8:18, palavras que deviam ajudá-lo a acolher a graça de Deus e permanecer livre do pecado de questionar Sua vontade santa. 'Para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.' Você sabe como a batalha termina. Você sabe como ele será final e plenamente derrotado. Você sabe o que acontecerá com toda a dor e sofrimento no último dia. Você está do lado vencedor. Tudo estará bem! Está garantido na Palavra de Deus. O ALVO NÚMERO UM de todo espírito maligno é o de levá-lo a pensar de forma independente de Deus. Não importa se você éuma pessoa comum como Jó ou um profeta mundialmente famoso como Elias, os demônios estão decididos em usar todo truque do livro do diabo para persuadi-lo a junta-se à rebelião – sem você perceber, é claro, que é isso que você fez! Nenhum demônio fará algo tão óbvio como diretamente pedir para você deixar a Deus e juntar-se ao outro lado. São mais sutis que isso! Mas sim, tentarão seduzi-lo com algo que seja superficialmente atraente. Sugerirão que será algo agradável, desfrutável e inofensivo. Te lisonjearão, insistindo que você tem o direito de ser feliz, que você merece este conforto, que não há nada mais justo do que você ter o que você quer, e assim por diante. O que nenhum demônio chegará a fazer, naturalmente, é sugerir que você confira com Deus primeiro! E, se você voltar-se à Palavra de Deus em busca de direção, são treinados a rapidamente plantar dúvidas em sua mente, encorajando-o a duvidar da vontade de Deus. Perguntarão se você tem certeza que é isso que Deus quis dizer. Dirão que isso provavelmente não se aplica a você hoje! Sugerirão que Deus não se importará só mais uma vez - ora, talvez isso até seja uma maneira de Deus estar te abençoando! Tome cuidado! As forças do mal te contarão qualquer mentira, enviarão qualquer sofrimento, encherão sua mente com qualquer sedução ou lisonja, para persuadi-lo a pensar ou agir presunçosamente sem referir-se à vontade de Deus. 33


Resista a eles, no poderoso nome de Jesus, e você vê-los-á fugir. A HISTÓRIA DO REI DAVI contém dois exemplos tristes do modo que o diabo pode neutralizar o povo ungido de Deus. Davi foi uma pessoa comum que Deus levantou ao posto mais alto de liderança ungida. Ele devia sua posição na nação inteiramente a Deus. Davi não foi rei porque era o filho mais velho de um rei, ele foi rei porque Deus escolhera-o e ungira-o. Tudo que Davi tinha era devido à graça e generosidade de Deus. Os líderes não estão imunes aos ataques do diabo. De fato, o diabo visa os líderes especialmente porque ele sabe do dano que pode infligir ao povo de Deus através da queda deles. Se você é um líder estabelecido, nunca pense que a tentação é um estágio que você passou quando era mais jovem! A tentação está sempre adiante de você. As forças do diabo são oponentes persistentes que não desistem quando você vence um ataque. Simplesmente afastamse para planejar um ataque diferente! Se você é um líder novo, certifique-se de resistir à arma do inimigo de ambição egoísta. Esmague aqueles pensamentos que sugerem que você devia ser mais proeminente, que o ministério da igreja seria mais eficaz se você pregasse mais, se você dirigisse a adoração nas ocasiões especiais, se você estivesse no altar todas as semanas, etc. Lembre-se, o espírito de Jezabel é um usurpador 'sem-marido', e toda tendência em usurpar os líderes existentes vêm direto do abismo. Se você não é um líder, reconheça que seus líderes são alvos especiais de Satanás. Ore por eles. Encoraje-os. Apoie-os. Não fortaleça a arma satânica da depressão ao criticá-los e caluniá-los - não afie sua arma de orgulho ao lisonjeá-los e encher seus egos. O REI DAVI CAIU EM DOIS DOS TRUQUES MAIS ANTIGOS do livro do diabo: sexo e orgulho. Ele viu Bate-Seba banhando-se, e não fez nada para resistir os pensamentos carnais que encheram sua mente. Todo líder de igreja sabe que o adultério não é vontade de Deus. Nenhum líder ungido começa no ministério imaginando que ele ou ela chegará a cometer pecado tão terrível. Embora fosse experiente, ungido e bem sucedido, Davi sucumbiu a esta tentação sexual básica - como, tristemente, fazem alguns líderes ungidos hoje. Você tem um adversário poderoso, e o espírito de Jezabel está continuamente usando dois dos aliados do diabo - o mundo e a carne- para pressioná-lo a pensar e agir sexualmente em maneirasque não têm nada a ver com a vontade de Deus. Você sabeque sente essas pressões tentadoras, mas você provavelmente tem vergonha de admitir. Existem figuras sombrias e sinistras por trás das artes e dos meios de comunicação promovendo a mensagem que o caminho de pureza de Deus é limitador, repressivo, ultrapassado e psicologicamente prejudicial, que é bem mais saudável ser'liberado', satisfazer seus desejos, buscar a realização pessoal e a felicidade, etc. São aliados das figuras sombrias que estão por trás da indústria da moda, incessantemente promovendo a mensagem de que você devia vestir-se numa maneira que seja atraente aos outros - numa maneira sedutora que façam as pessoas virar o pescoço, distraindo-as e levando-as a ter pensamentos tentadores. Não dê ouvidos a essas vozes cheias de lisonja. Não conforme-secom o modo de pensar, agir, comprar e vestir-se do mundo. Ouse ser diferente; ouse pensar e agir segundo a boa vontade do Deus santo, ao invés da vontade diabólica do mundo. SATANÁS NÃO PAROU DE OPOR-SE ao rei Davi uma vez que ele caiu no pecado sexual. Depois que o rei se arrependeu e retornou ao Senhor, Satanás voltou e atacou-o com a arma do orgulho. 34


1 Crónicas 21 conta a história de como o diabo incitou Davi a contar o povo que ele governava, fazendo um censo dos israelitas. Apesar das objeções de Joabe, o conselheiro piedoso de Davi, isso foi levado adiante. Isto lhe parece que este pecado não é tão sério quanto o adultério de Davi com Bate-Seba? Se sim, isto mostra que você foi iludido pelas artimanhas do inimigo, pensando que existem pecados'aceitáveis'. Misericórdia! Satanás tinha um alvo simples: levar Davi a pensar ou agir de maneira independente da vontade de Deus - agira como um rebelde enquanto pensava que era um rei de Deus! Satanás ficou tão satisfeito quando Davi foi motivado pelo orgulho a contar seus súditos sem consultar a Deus, como quando Davi foi motivado pelo desejo de dormir com um dos seus súditos. Seja como for, ele persuadira Davi a usurpar a vontade de Deus, pensando e agindo 'eu farei', e tornando-se assim um rebelde. É com seriedade que lemos 1 Crónicas 21 e vemos a extensão da ira do Senhor com o rei pelo fato dele ter agido de forma independente da vontade de Deus nesta maneira 'aceitável'. A verdade é que Davi não tinha nada com que se orgulhar: o povo era do Senhor; o crescimento da nação devia-se ao Senhor; a prosperidade do povo devia-se ao Senhor; mesmo sua posição como líder devia-se ao Senhor. Seus pensamentos e ações orgulhosas não foram somente pecaminosos, foram também inteiramente inoportunos. Deus feriu toda a nação por causa do orgulho do seu líder. E o diabo e seus demônios pularam de alegria! Através do orgulho do líder ungido, conseguiram prejudicar todo o povo de Deus. Tome cuidado! Você pode levar pessoas ao Senhor às dúzias, e então ser enredado pelo diabo por ter orgulho das dúzias. Você pode manifestar dons espirituais poderosos, e então ser enganado orgulhando-se dos dons. De fato, os demônios quase não se importam se você os vence, desde que possam rapidamente persuadi-lo a ter orgulho de tê-los vencido! Eles gostam disso. Como lidamos com os pensamentos tentadores de orgulho que os demônios colocam em nossa mente? A libertação desta armadilha somente vem ao incessantemente abrirmo-nos ao modesto e discreto Espírito Santo de Deus. Lembre-se, o Espírito Santo nunca chama atenção a Si mesmo; Ele vive para enfocar toda a glória em Outro. Quando você estiver verdadeiramente cheio do Espírito, e conscientemente dependente dEle em tudo, você logo reconhecerá que mesmo a menor nesga de orgulho em sua vida é algo simplesmente ridículo. ESTE NÃO É O FIM DA QUESTÃO. Assim que você estiverconfiantemente lidando com os dardos do orgulho ao dizer ao diabo que você não tem com que se orgulhar, não vai demorar muito até você ouvir um demônio concordando com você! ‘Você está certo', ele dirá. 'Você realmente não tem nada para se gabar. Você é um terrível pecador, vejo o que você pensou ontem!Ora, você não serve para Deus. Ele nunca será capaz de usar alguém como você. Ninguém te ouvirá quando descobrirem como você realmente é.' Isso soa familiar? Este é apenas mais um dos truques antigos do diabo. Zacarias 3conta a história do ataque de Satanás em um sumo sacerdote chamado Josué. Ele mostra que o diabo tentou esse sacerdote a pensar que ele foi desqualificado do serviço por causa dos seus 'trajes sujos'. Satanás atacou a consciência de Josué com pensamentos tentadores de autocondenação numa tentativa desesperada de levá-lo a um senso errado de culpa paralisante ao ter falhado na vontade de Deus. Satanás não se importou em como ele impediu Josué de exercer seu ministério sacerdotal. Ele simplesmente quis impedi-lo. Seu ataque diabólico veio num momento crítico na história judaica. Depois de quarenta anos de exílio na Babilônia - uma fortaleza chave de Satanás - os judeus tinham começado seu retorno à Jerusalém. 35


Seraia, o avô de Josué, for a sumo sacerdote quando Jerusalém foi capturada, e fora executado por Nabucodonozor. Jeozadaque, for a então levado à Babilónia como escravo, e Josué nascera no exílio. Parece provável que alguns judeus anciãos, que lembravam daglória dos dias de outrora, haviam sugerido ao jovem Josué que ele não tinha condições de ser o sumo sacerdote, pois ele nascera escravo na Babilônia; teriam dito que o tempo que ele passou na Babilônia o tinha 'contaminado'. Parece que essa foi a oportunidade que Satanás aproveitou para atacar Josué com autocondenação, e é provavelmente o que ele quis dizer com sua zombaria diabólica 'trajes sujos'. Quantas vezes você foi atacado semelhantemente? Com que frequência um espírito maligno sugeriu que o seu passado de algum modo desqualifica-o de servir a Deus? Com que frequência você foi lembrado de um fracasso passado e um pecado há muito perdoado? As forças do mal tentam todo crente deste modo - nunca pense que você é o único! O que você fará quando um demônio em seguida enche-o com um senso de desqualificação, corrupção, inadequabilidade e incapacidade para a tarefa em questão? Você vai acreditar nele? Ou você terá aprendido a resistir suas táticas diabólicas? Seus adversários são altamente inteligentes. Eles não tentam enganá-lo somente com mentiras claras, eles também suam um saco de meias-verdades e faltas suposições. Eles dizem algo verdadeiro a fim de que você se sinta forçado a concordar com eles. Então, após tê-lo iludido a um falso sentido de segurança, eles esfaqueiam sua mente com uma conclusão falsa! Num certo sentido, os acusadores dos irmãos estão 100% certos de que você é um fracasso, um pecador, incapaz de levar a cabo a tarefa que Deus te deu. Mas estão 100% ao dizer que isto significa que você devia encher-se de autocondenação, deixando de executar a tarefa em questão. A verdade mais profunda é que o sangue de Cristo te libertou da condenação de Deus, e que o Espírito de Deus te equipou com todo recurso que você precisa. Nada mais importa. Você pode ver como Deus opera em Zacarias 3:4-5. Um anjo disse, 'Tirai-lhe estes trajes sujos.'Então ele virou-se para Josué e disse, 'Vê, tenho feito com que passe de ti a tua iniquidade, e te vestirei de trajes finos.' Deus não discordou da acusação demoníaca de que Josué haviase corrompido. Mas Ele discordou, sim, com a conclusão demoníacade autocondenação e inutilidade. A verdade mais profunda foi que Deus lidara com a corrupção de Josué, e estava suprindo o sumo sacerdote com tudo que precisava para seu serviço sacerdotal. Como a maioria dos crentes, você foi chamado para viver em tensão entre sua conscientização natural dos seus erros e seu entendimento espiritual de que você foi plenamente justificado As forças de Satanás sabem que vão ter uma vitória se podem de algum modo amortecer seu conhecimento de sua justificação, ou pode enganá-lo a pensar que de algum modo você pode perder sua salvação. Fica então fácil para eles ampliar seus erros, enfraquecê-lo com lembretes constantes desses erros, e paralisá-lo com autocondenação. Mesmo o cristão mais experiente pode tornar-se completamente condenado por um fracasso ou erro pessoal. Milhões de cristãos têm ouvido aqueles sussurros demoníacos, ‘Deus não pode usá-lo porque...'; 'A razão pela qual nada está acontecendo é porque...'; 'Suponha que todo mundo soubesse que...', e essas palavras ainda são as armas mais eficazes do diabo. Lembre-se, nenhum anjo, nenhum príncipe, nada que existe, nada que está por vir, nenhum poder, ou altura, ou profundeza, nenhum ser criado, nem mesmo o próprio diabo, pode separá-lo do amor de Deus. 36


Mas podem enganá-lo a pensar que você foi separado do amor de Deus. Você pode então agir como se foi separado. Você estará errado, naturalmente, mas os diabos não se importarão – estarão muito ocupados alegrando-se com seu pensamento independente. A PALAVRINHA'SE' é uma das palavras favoritas do diabo. 'Se Deus te ama', um demônio diz, 'isto certamente não teria acontecido'. 'Se você fosse realmente salvo,' ele escarnece, ‘você não pensaria em coisas assim’.‘Sevocê fosse genuinamente cheio do Espírito,', ele mente, ‘você veria muito mais coisas acontecendo.' Esta pequena palavra 'se' devia fazer com que alarmes soassem em seu espírito, pois é frequentemente um desafio demoníaco àPalavra de Deus e à vontade de Deus. Quando o diabo opôs-se a Jesus no deserto, ele visou aconscientização carnal de filiação que viera a Jesus no Seu batismo. O Pai acabara de falar no Jordão, anunciando, 'Tu és Meu Filho amado; em Ti me comprazo.' Nada poderia ser mais claro para Jesus. E nada poderia ser mais perigoso para o inimigo do que Jesus saber quem Ele era em Deus. Assim o diabo lançou um ataque imediato, 'Se tu és o filho de Deus,' ele disse, 'faça isto.' Foi um desafio direto á validade e autoridade da voz que anunciara a filiação de Jesus no Jordão. A primeira tentação de Satanás atacou então a obediência do Filho a esta Voz. Ele pressionou Jesus a usar Seu poder a fim de satisfazer Sua necessidade física de pão - em vez de obedecer aspalavras do Pai a Ele. Sua segunda tentação enfocou os desejos de Jesus: o diabo ofereceu a Jesus fama, aclamação, poder e glória, mas somente se Ele adorasse alguma coisa, qualquer coisa, qualquer pessoa antes de Deus. E sua terceira tentação visou aconfiança do Filho no que o Pai dissera a Ele no Jordão. Satanás tentou Jesus a provar Sua filiação - porque, ele deu a entender, não se poderia confiar na Voz. Ele sugeriu que um salto experimental suprisse a prova que o Filho precisava. A suposição demoníaca era que não era o bastante ouvir o Pai falar. É esperado que os filhos dependam de seus pais - com confiança obediente e obediência confiante. Assim, Satanás atacou Jesus diretamente neste ponto crítico. Ele confiaria na revelaçãoque recebera? Ele dependeria da Voz que ouvira? Ele resistiria ao desafio ao Seu conhecimento da Palavra de Deus? Ou Ele ignoraria a Voz e começaria a pensar e agir de maneira independente? Louvado seja Deus, Jesus desmascarou Satanás, expôs as tentações, e recusou-se a pensar e agir em Sua própria iniciativa. Jesus foi adiante no ministério certo de que era o Filho obediente que, sem hesitar, creu no que o Pai falara. Que promessas Deus tem falado a você? Que visão Ele derramou em sua vida? Qual direção ele te indicou? Que ato de serviçoou ministério Ele te incumbiu? É Sua palavra suficiente para você nessas questões? Você está indo adiante na dependência confiante? Ou você deu ouvido à palavrinha 'se' do diabo e começou a ficar paralisado? O ESPÍRITO DE JEZABEL está determinado em arrancá-lo de Deus, transformá-lo num usurpador rebelde, seduzi-lo a vagar dentro do campo do diabo, sem perceber o que você está fazendo. Isto significa que você deve constantemente impedir que o diabo tenha acesso à sua vida. Porque você foi justificado por Deus, nem mesmo Satanás pode tocar seu espírito redimido. É simplesmente impossível. Você pertence a Deus, e você pertence a Ele plenamente por toda eternidade! Um demônio pode, contudo, afetar seu corpo através do modo que você leva sua vida. O modo que você guerreia contra o mundo e a carne, e a extensão pela qual você busca a santidade 37


de Deus acima de tudo mais, determinará quanto acesso as forças do mal têm na sua vida e família. O fato simples é que abre sua vida a todo demônio uivante sempre que participa dos pecados de Jezabel e da Babilônia. Você se lembra de ter aprendido que liberdade envolve libertação e disciplina? Cristo pode ter-te libertado do alcoolismo, mas depende, então, de você ficar longe da 'marvada'. Cristo pode ter-te libertado dos pensamentos lascivos, mas isto não significa que você pode agora olhar certas revistas e coisas na Internet com impunidade. A partir do momento que você peca, em pensamento ou ação, você abre a porta às forças do mal e começa a saciar-se na atividade do diabo. Naturalmente, você ainda é um crente'nascido de novo'. Sua salvação eterna não está ameaçada. O sangue de Cristo não perdeu seu poder repentinamente. Mas os demônios podem começar a afetar sua vida, neutralizar sua utilidade espiritual, e - a menos que você se arrependa –totalmentearrasar sua vida. HISTÓRIA DE BALAÃO dramaticamente sublinha isso. Você pode lê-la em Números 22-25. Balaque, o rei pagão do inimigo de Israel, empregou Balaãopara amaldiçoar a nação de Israel a fim de conquistar o povo de Deus. Mas Balaão logo descobriu que era incapaz de amaldiçoá-los. Ele disse ao rei, 'Eis, recebi uma ordem para abençoar, Ele abençoou e eu não consigo reverter isto. Ele não viu iniquidade em Jacó nem viu maldade em Israel. O Senhor seu Deus está com ele, e o brado de um rei entre eles.' Toda vez que Balaão tentava colocar a maldição do diabo nopovo de Deus, ele percebia que estava falando palavras de bênção.Ele não conseguia amaldiçoar porque não havia nenhumpecado não havia nada que o diabo pudesse se apegar! Você percebe o que isto significa? Se você andar em justiça, e obrado do rei for ouvido em sua vida, todo ataque do inimigo setransformará em bênção da parte de Deus! Quando você andarem santidade, ouvindo a voz do Rei Jesus, nenhum espírito imundoserá capaz de lançar suas maldições em sua vida, sua casa e suafamília. A partir do momento, contudo, que você parar de ouvir a ReiJesus e começar a pensar 'Eu farei do meu jeito', você supriráuma alavanca para o inimigo agarrar - e não vai demorar muitopara o demônio de controlar. Balaão tentou sem êxito por três vezes amaldiçoar Israel. Entãoele foi ao rei pagão e deulhe um conselho que veio direito doespírito de Jezabel. De fato, Balaão deu a Balaque uma aula demestre em como prejudicar o povo de Deus. Este plano foi tãodiabolicamente perfeito, que as forças de Satanás tem-no usadocontra o povo de Deus desde então! Balaão disse a Balaque que amaldiçoar não funcionaria enquantoo povo de Deus dava ouvidos às palavras de Deus e as obedecia. Ele aconselhou o rei pagão a fazer uma pequena ação – ordenarque algumas mulheres sem moral de sua nação começassema se aproximar dos homens de Israel. Balaão sugeriu que, depois de um período, as mulheres deviamconvidar os homens piedosos a uma festa onde incenso seriaqueimado e comida disponível, a qual fora sacrificada a um ídolo.Então, quando todos estivessem relaxados e a festa correndosolta, as mulheres deviam começar a brincar um jogo inofensivoque envolve curvar-se só um pouco diante de Baal - só por diversão,é claro! Balaão aconselhou o rei a certificar-se que as mulheres pagãsficassem um pouco 'atrevidas' com os homens de Deus, e entãoele instruiu Balaque a sentar-se e observar os pecados sexuaisque inevitavelmente começariam a ocorrer nas semanas seguintes. Então, Balaão prometeu, 'o Senhor observará a iniquidade eretirar-se-á do seu povo, e o brado do rei seria silenciado entreeles, e o próprio Senhor levantar-se-á em fúria.' Apocalipse 2:14 e Números 25:1 mostram que o rei Balaqueseguiu o conselho de Balaão à risca. O povo de Deus entrou noterritório do diabo; comeu e curvou-se aos falsos deuses; 38


cometeupecados sexuais; e a ira do Senhor levantou-se contra Israel. Deusenviou uma praga que somente parou quando o povo searrependeu. Este foi o único meio que o diabo pode amaldiçoar aqueles queDeus abençoou. A partir do momento que você sai da proteçãode Jesus, e começa a envolver-se em alguma das atividades deJezabel, você fornece ao inimigo uma alavanca ou uma pista depouso. Por causa de Cristo, você é naturalmente vitorioso; mas você está em maus lençóis quando dá ao diabo acesso à sua vida. Por causa de Cristo, você tem poder real sobre o pecado, e suaposição perante Deus é inalterável; mas qualquer demônio podetratá-lo como um incrédulo quando você continua no pecado. Você ainda irá para o céu - nada pode mudar isto - mas vocêserá atormentado com uma miséria infernal aqui na terra. E vocênão receberá seu galardão eterno no céu. O DIABO ESTÁ DETERMINADO em levá-lo a pecar, pois istosignifica que seus demônios podem então começar a causar danoem sua vida. Não ligam que pecado você comete, qualquer pecadoserve, desde que você comece a pensar ou agir de maneiraindependente de Deus. Eva usurpou o papel do seu marido como cabeça, então duvidoue desobedeceu a palavra de Deus. Adão fugiu da responsabilidadedada por Deus, ficando quieto quando devia ter agido, eobedecendo sua mulher em vez de seu Deus. Jó arrebentou-se debaixo do peso do sofrimento e começou aquestionar o caráter de Deus. Ele amaldiçoou o dia em que nasceue levantou seu punho a Deus, quase culpando-o pelo seuinfortúnio. Davi não resistiu ao dardo do desejo, e acabou na cama com aesposa de outro homem. Então ele não resistiu a flecha doorgulho, e acabou orgulhosamente contando 'seus' súditos e 'suas'realizações. O rei devia ter-se tocado. Ele devia ter pisoteado seus desejoscarnais. Mas Satanás de algum modo conseguiu enganá-losuprindo uma brecha, que logo virou uma cratera, depois virouuma pista de pouso e o resto da história você já sabe. Josué ouviu duas vozes. Uma disse que ele devia servir comosumo sacerdote de Deus em Jerusalém; a outra disse que ele nãotinha condições de executar o trabalho, que ele era um escravoque passaram tempo demais na Babilônia, que ele não estava aaltura do seu pai e avô. Assim, que voz Josué creu? A errada, naturalmente - é por issoque ele ficou paralisado com um senso de autocondenação einutilidade. Graças a Deus, que ele ouviu a Deus no final. Foi muito semelhante a Elias. O poderoso profeta do Senhorexperimentou vitória após vitória, mas ainda acabou sentadodebaixo de uma árvore desejando a morte, pensando que era oúnico crente que sobrou na terra, profundamente deprimido e assustado. Se você passar um pente na Bíblia, você encontrará somenteuma pessoa que persistente e consistentemente sempre venceuo inimigo. Somente um homem que nunca deu a menor brechaao diabo. Somente uma pessoa que resistiu a todo ataque,esmagou toda tentação, e nunca pensou ou agiu segundo suaprópria iniciativa. O sofrimento nunca fez Jesus culpar a Deus. Insultos sobre ascircunstâncias do Seu nascimento nunca O silenciaram. Ameaçasde violência nunca O desanimaram. Rejeição e traição dos Seusamigos e família não lançaram-no à depressão. Falando simplesmente, Jesus é o vencedor triunfante. Ele é Aquele que está com você e dentro de você. Você nãoestá sendo guiado por alguém que caiu e fracassou, por alguémcomo Eva ou Elias, Davi ou Jó, Josué ou Balaão; você está sendoguiado por Jesus, o mais-que-vencedor. Se você ouvir a Ele somente, sua segurança é certa. Se vocêsomente fizer o que Ele diz, você está prestes a conhecer a bênçãode Deus. Se você for somente onde Ele te envia, você tem certezade viver na segurança da vontade de Deus. Se você somentefalar o que Ele te inspirar, você 39


tem garantia de conhecer aautoridade silenciosa de Deus. Se você pensar somente Seuspensamentos, a mente de Cristo estará em você e você provaráqual é a boa e aceitável e perfeita vontade de Deus. Naturalmente, Jesus te guiará pelo caminho da cruz, e o espíritode Jezabel incitará seus demónios para lançar tudo contra você,mas nada conseguirá te prejudicar. Fique perto de Jesus. Ouça a voz do Rei. Dependa inteiramenteda Sua força e capacidade. Quando você viver com libertação edisciplina, você será capaz de esmagar os pensamentos tentadoresde sexo e orgulho, apagará os dardos da dúvida e depressão, eignorará as atrações inexpressivas do dinheiro e poder. Em resumo,você será um verdadeiro guerreiro de Deus.

4. JEZABEL EXPOSTA A FORÇA MALIGNA QUE CAIU DO CÉU, que está implacavelmenteem oposição a Deus e Seu povo profético, é um perigoso bandido mascarado que opera em muitas maneiras diferentes. Você pode chamá-lo de Satanás ou diabo. Você pode chamá-lo de tentador, acusador ou destruidor. Você pode chamá-lo de príncipe das trevas ou espírito desta era maligna. Você pode chama-lo de Babilônia, Belial ou Belzebu. Ele é tudo isso e pior. Mas o único nome que ele parece odiar ser chamado é mais do que o resto é 'o espírito de Jezabel'. Pois isso chama atenção a um momento na história da Bíblia que claramente mostra como ele opera. Quando você usa esse nome, você desmascara o ser imundo que esteve em operação nos dias em que a Rainha Jezabelguerreava contra o profeta Elias. A maioria das pessoas ficammais à vontade falando sobre ‘o espírito do mundo' do que 'o espírito de Jezabel'. Isto deve-se ao fato de que o espírito de Jezabel não consegue suportar ser nomeado - pois o nome arranca sua máscara, revelando exatamente como ele é. Segundo 1 Reis 16, Acabe foi um rei de Israel particularmente ímpio. Ele continuou os pecados do Rei Jeroboão e prosseguiu tentando misturar adoração ao Senhor com adoração às divindades pagãs e a natureza. O rei Acabe também reconstruiu a cidade de Jericó, em direta desobediência à Palavra revelada de Deus, e casou-se com Jezabel'a sem-marido', uma princesa de Tiro que rapidamente introduziu a falsa religião de Baal ao povo de Deus. Em poucos anos, Jezabel usurpara o papel do seu marido e tornou-se o verdadeiro poder na terra. Ela pessoalmente financiou mais de 800 falsos profetas e ativamente promoveu a adoração aos falsos deuses Baal e Asteroteem todo Israel. Por trás das atividades malignas da rainha, escondia-se o espírito maligno que tem sempre a determinação de corromper e poluir o povo de Deus. 1 Reis 18 descreve como o profeta Elias foi levantado por Deus para destruir a obra deste espírito em seusdias. Os versos 36-49 relatam a confrontação dramática no Monte Carmelo. 'Quando chegou a hora da oferta de cereais, o profeta Elias aproximou-se, e disse: Ó Senhor, Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que sou teu servo, e que segundo a tua palavra fiz todas estas coisas.’ ‘Reponde-me, Senhor, responde-me para que este povo conheça que tu, Senhor, és Deus, e que fizeste voltar o seu coração.' ‘Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava ao redor dofogo.’ ‘O que vendo todo o povo, caíram de rosto em terra, e disseram: O Senhor é Deus! O Senhor é Deus! Disse-lhes Elias: Agarrai os profetas de Baal. Que nem um deles escape!' ‘Agarraram-nos, e Elias fez descer ao ribeiro de Quisom, e ali os matou.' 40


Você viu o que aconteceu? O fogo caiu enquanto os corações do povo de Deus voltavam-se ao Deus vivo. Se você voltar-se a Deus com um arrependimento bíblico verdadeiro, abandonando o pecado de tal modo que o diabo não conseguirá a mínima brecha em sua vida, o fogo de Deus cairá sobre você numa maneira espetacular semelhante. Você não saberá quem foi que o atingiu! JÁ VIMOS QUE o nome de Elias era seu ministério. Ele era o Senhor. O SenhoréDeus e foi isto que ele foi chamado para anunciar. Depois do fogo, quando o povo clamou, ‘O Senhor é Deus', ele não estava somente declarando o Senhorio de Deus, estava também reconhecendo o ministério de Elias. Elias não era profeta medíocre, ele era especialmente ungido de Deus para confrontar e derrotar o espírito de Jezabel em sua própria geração. Muitos anos depois, Deus levantou um segundo Elias – João Batista - o qual ministrou no poder e espírito de Elias, confrontando as forças das trevas e preparando o caminho da primeira vinda do Senhor. João ministrou numa época em que um outro rei maligno governava Israel, e desta vez o espírito de Jezabel conseguiu fazer com que a cabeça do profeta terminasse numa bandeja. Hoje, em um outro momento crítico da história, quando governantes ímpios povoam a terra, Deus está começando preparar o caminho para a segunda vinda do Senhor. Desta vez, Deus não está querendo levantar uma única figura de Elias para confrontar o espírito de Jezabel em um local limitado. Em vez disso, Ele quer levantar toda uma geração de Elias profética que derrotará o inimigo onde que quer que ele esteja operando na terra. Deus quer estabelecer uma geração completa de homens e mulheres cheios do Espírito que não temem a Jezabel, que foram transformados a ponto de até mesmo sua natureza declare, 'O Senhor é meu Deus'. Deus anseia em que você faça parte desta companhia Elias do fim dos tempos. Ele quer que você seja Seu Elias ungido em sua casa, sua igreja, seu trabalho, seu bairro. Ele está comissionando-o e equipando-o para chamar homens e mulheres para o arrependimento, convocaras pessoas de volta a Deus, confrontar o espírito de Jezabel, vencer o espírito de Jezabel, ver o fogo de Deus cair em sua vida e ministério. À medida que se aproxima a segunda vinda do Senhor, assim também parece que o espírito deJezabel fica mais frenético em sua obra diabólica de opor-se ao povo profético de Deus. Esse espírito maligno está aproximando sua manifestação final, do mesmo modo que o Reino de Deus está avançando em direção ao seu cumprimento, assim Deus está preparando um povo Elias para confrontá-lo - um povo com a mensagem ‘o Senhor é meu Deus' em seus lábios, em seus corações, tomando conta de todo aspecto de suas vidas. DEPOIS DE SUA PODEROSA VITÓRIA no Monte Carmelo, Elias permitiu-se ser intimidado pelas ameaças de Jezabel. O homem ungido que abrira e fechara os céus, que chamara fogo do céu,fugiu diante das palavras de uma mulher. As palavras de Jezabel não foram ameaças à toa, visto que Elias sabia que ela tinha massacrado centenas de profetas verdadeiros de Deus. Ela queria realmente matar Elias, pois ela estava sob o domínio do violento espírito de Jezabel que odeia o povo profético de Deus. Quanto mais alto você sobe no Espírito como Elias, mais você terá de enfrentar este nível de oposição. Muitos crentes não estão preparados para a grande intensidade da batalha espiritual, devido à pura ferocidade do espírito imundo que odeia o povo profético de Deus. Levantam suas cabeças acima das trincheiras, miram a esmo em direção ao campo inimigo, e então começam a desmoronar quando suas finanças são atingidas, seu casamento é pressionado, seus filhos são assaltados e são rejeitados e criticados. ‘Não vale a pena, Senhor', choramingam, embora possam ouvir o Espírito Santo impelindoos adiante, prometendo-os libertação quando avançarem no campo adversário. 41


Lembre-se, trata-se de uma guerra total. Se você quer ser um guerreiro eficaz do Senhor, você tem de aprender a ignorar o medo e a intimidação do inimigo, indo adiante seja qual for a tarefa que Deus te deu. Quando você realmente concentrar-se em Deus e Seu amor - em vez de no diabo e suas ameaças - dentro em breve você experimentará a verdade da promessa de que o amor perfeito de Deus lança fora todo medo. JEZABEL NÃO OPÔS-SE SOMENTE A ELIAS, ela foi uma perseguidora ativa de todos os profetas de Deus. Ela estava disposta a destruir qualquer um que for a ungido com o Espírito do Deus Todo-poderoso. 1 Reis 18 descreve como grupos pequenos de profetas piedosos tivera de esconder-se em cavernas para escapar da sua perseguição demoníaca. Ao longo da história, o espírito demoníaco por trás de Jezabetem repetidamente perseguido o povo de Deus como nos dias de Elias. Dificilmente exista alguma nação que não tenha sido influenciada por este ser em algum estágio em sua história, restringindo, opondo-se, aprisionando, torturando e matando aqueles que seguem a Cristo. Embora a igreja na Grã-Bretanha não esteja sofrendo deste modo no momento, há mais perseguição violenta ao redor do mundo hoje do que em qualquer outro momento da história. As zarabatanas do espírito de Jezabel - zombaria, materialismo, dúvida, sedução e ambição egoísta - têm paralisado grandes porções da igreja britânica há várias gerações, assim, ele não tem precisado recorrer aos seus mísseis exocet da perseguição há quase duzentos anos. Tudo isso mudará, todavia, quando levantarmo-nos como um povo profético santo, travar combate contra as forças inimigas e pregar a mensagem da salvação e arrependimento. Apocalipse 17 revela a extensão da perseguição que o povo de Deus terá de enfrentar nos tempos finais: ela será tão extrema que ‘a mulher se embebedará com o sangue dos santos e o sangue dos mártires de Jesus'. É uma passagem séria. Você precisa de resolver sua atitude agora, antes que o espírito de Jezabel se torne ativo novamente dessa maneira em sua localidade. Decida agora, você vivendo ou morrendo, Jesus terá a vitória. Se você viver, prometa viver para causar dano ao diabo. E se morrer, prometa morrer com um testemunho que o destrua quando você for para Jesus. Lembre-se, para nós viver é Cristo, mas morrer é lucro. A BÍBLIA MOSTRA QUE A RAINHA JEZABEL foi uma mulher muito manipuladora e dominadora. Não cometa o erro, contudo, de pensar que Jezabel foi manipuladora somente porque ela era uma mulher! Ela somente comportou-se deste modo porque era controlada pelo espírito de Jezabel. Este espírito manifesta-se tanto em homens como em mulheres, e a igreja tem uma porção idêntica de homens controladores e mulheres manipuladoras - ambos os grupos estão debaixo da influência direta do espírito de Jezabel. De fato, Acabe estava tão debaixo de sua influência como Jezabel.Ele cedeu à manipulação de sua mulher e entregou a liderança de sua casa e sua nação para esta princesa pagã. 1 Reis 21 descreve como Acabe quis a vinha de Nabote para si. Ele olhou pela janela do seu quarto e disse algo assim, 'Aquilo seria uma ótima horta para mim. É uma pena que pertença a outra pessoa. Já sei, vou até lá e negociarei com o dono. Tenho certeza que ele é uma pessoa decente e vai vendê-la por um preço razoável'. Assim, Acabe visitou Nabote e disse-lhe que gostaria de comprar sua vinha. Mas Nabote recusou-se a vender, dizendo, 'Não você não pode comprá-la. É minha herança. Você não vai tirar minha herança de mim'. O rei imaturo chegou furioso em casa, foi para cama, não quis se alimentar e ficou de cara fechada porque não conseguiu satisfazer sua vontade. 42


Assim que a rainha descobriu por que seu marido estava deste modo, ela disse-lhe que mostrá-lo-ia como ser um rei verdadeiro - e em breve preparou um plano. Ela disse, ‘Faça com que as pessoas acusem Nabote falsamente, depois mate-o numa festa e então a vinha será somente sua'. Foi um esquema típico vindo direto das profundezas do inferno, pois envolvia mentira, violência e uma concupiscência invejosa de possuir e possuir. O plano foi rapidamente executado. Nabote foi caluniado e assassinado. Jezabel deu a vinha para Acabe. E a Palavra do Senhor veio ao profeta Elias. Interessantemente, Deus não enviou o profeta para repreender Jezabel. Ele enviou-o, sim, para confrontar Acabe, culpando-o pela sua ação ímpia. Deus disse, ‘Dir-lhe-ás: Assim diz o Senhor: Não mataste e tomaste a herança? Então lhe dirás: Assim diz o Senhor: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote, lamberão o teu sangue, o teu mesmo'. Por que Acabe recebeu toda a culpa? Foi porque ele cedera à manipulação de sua mulher. Trata-se do princípio de Adão e Eva mais uma vez. Embora a mulher tenha sido o principal manipulador, o marido recebeu a culpa porque não executara suas responsabilidades como cabeça. TOME CUIDADO! O Espírito de Jezabel está atrás de sua herança também. Ele quer roubar tudo de você que é legalmente seu em Cristo. Ele oferecê-lo-á qualquer coisa que você quiser sexo, dinheiro, poder; pode pedir, ele te dará - se você renunciar sua herança espiritual. Fique firme. Não vacile diante de sua oferta. Você tem uma pérola sem valor. Não há nada que ele possa oferecer que compare com o amor, a graça e as bênçãos de Deus. Então, quando ficar firme, prepare-se para a violência - pois você terá suscitado fúria deste terrível espírito. Tome cuidado também, com as pessoas controladoras da igreja. Quando você estiver se sentindo lá embaixo e desapontado, talvez um pouco amuado, fique vigilante com relação àquela pessoa asfixiante que vem com um falso consolo e sugestões manipuladoras. Este espírito imundo também controla muitas congregações através da 'proteção maternal manipuladora'. Você sabe como é,você já viu isto em sua igreja. Somente porque as palavras são gentis e o sorriso é largo, isto não significa que o espírito de Jezabelnão está em segundo plano por trás da máscara maternal. A TRAGÉDIA É QUE NADA disto teria acontecido se Acabe tivesse cumprido seu papel da criação. Se ele tivesse sido o verdadeiro cabeça da sua casa, a Rainha Jezabel teria ficado na linha. Mas o rei abdicou da sua responsabilidade da criação e entregou sua posição e autoridade à sua esposa. Desde o Jardim do Éden até hoje, o espírito de Jezabel tem encorajado os homens a fugirem da liderança e pressionando as mulheres a usurparem a liderança. Os homens abdicam de sua liderança ao dizerem, 'Pode tomar todas as decisões, o problema é seu', ou ao tornarem-se tão agressivos e vigorosos que agem como um ditador tirânico em vez deum líder amoroso. O espírito de Jezabel não se importa se um homem é um maricas ou um tirano, pois ambos são igualmente danosos. Ele se importa, sim, quando um marido exercita a liderança amorosa, gentil e sacrificial de Cristo, e quando uma esposa ajuda com o amor e o cuidado e a habilidade do Espírito Santo. Ele odeia casamentos aprovados por Deus e famílias cristãs, e está determinado em destruir seu casamento com a arma que estiver à mão. Junto com seu cônjuge, guarde sua liderança e atribuições de ajuda. Juntos, curvem os joelhos perante o Pai e ande neste trio com Ele. Em nome de Cristo, resista aos ataques do inimigo sobre o seu casamento, e você verá esse espírito fugir. 43


A BÍBLIA REGISTRA QUE ACABE e Jezabel viviam em grande abundância e luxúria. Não se importavam com os pobres da terra e ignoravam os pobres à sua porta. De fato, exploravam os pobres visando sua própria vantagem egoísta. Apocalipse 17 mostra que, Babilônia, a força das trevas dos tempos finais, caracteriza-se pela mesma luxúria abundante, amor ao dinheiro e exploração desumana dos pobres. Apocalipse 17:4 diz que, 'a mulher estava vestida de púrpura e de escarlate, e adornada com ouro, pedras preciosas e pérolas. Tinha na mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição.' E Apocalipse 18:3 cita, 'Pois todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição. Os reis da terra se prostituíram com ela, e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância da sua luxúria.' Percebendo isto ou não, você está sob tremenda pressão do mundo, aquele aliado maligno do diabo, para amar o dinheiro, buscar riqueza, adquirir posses, pisotear os pobres do estrangeiro e prosperar às suas custas, ignorar os pobres de sua terra, etc. Infelizmente a pressão no mundo para servir a Mamon é tão grande que alguns pregadores temusado os ensinos bíblicos sobre prosperidade para cobrir suas próprias ganâncias. Você vive numa sociedade consumista que adora o falso deus Mamon com o mesmo fervor e devoção que Jezabel adorava BaaI. Seus falsos profetas usam a propaganda e as pressões sutísdos meios de comunicação para encorajar pensamentos e ações que estejam batendo de frente com a Palavra de Deus. Zombam ou ignoram o ensino claro de Jesus sobre dinheiro. As instruções da Bíblia sobre dízimo e ofertas livres são ridicularizadas pelo mundo ou até mesmo as vezes são mau administradas por algumas igrejas. Satirizam como um contrassenso utópico a ideia de que as dívidas deviam ser perdoadas. Você pode ver a figura sombria e sinistra por trás de tudo isso? Você reconhece a voz manipuladora de Jezabel, instigando-o em direção a querer 'mais para si mesmo?' Você pode ver suas impressões digitais em todas as companhias multinacionais e os meios de comunicação internacionais e até mesmo alguns ministérios cristãos? Tome cuidado! A Babilônia está sendo construída em seus dias bem debaixo do seu nariz. Jezabel está incubando seus complôs gananciosos ao seu redor. Fique firme contra eles. Não tenha nem uma participação com a ganância egoísta e consumista de Mamon. Dê ouvidos às palavras de Jesus de que ninguém pode servir dois senhores, que trata-se de uma escolha simples entre Deus e o Dinheiro. O espírito de Jezabel sussurrará em seu ouvido que esta palavra não se aplica a você. É uma mentira. Você é tão vulnerável a desejar a vinha de Nabote como qualquer outro homem ou mulher, e você precisa ficar firme contra ele todos os momentos. EMBORA O VELHO TESTAMENTO não ofereça um exemplo específico da imoralidade sexual de Jezabel, o Novo Testamento insiste que ele foi uma mulher sedutora. Toda a área de sedução, sensualidade, imoralidade e perversão é mais uma das armas principais deste Espírito de Jezabel, sendo tudo uma perversão repugnante da coisa boa que Deus fez. Este espírito não visa destruir os casamentos cristãos somente torcendo a liderança e as atribuições de ajuda, ele também tem o alvo de destruí-los através da sedução e do uso errado da sexualidade humana. Não pense que este espírito somente atua nos programas de fim de noite da televisão ou nas fotos sensuais de alguns jornais. Ele está em operação em igrejas e seminários bíblicos também. É assim que ele opera. Aqui temos um bom jovem de Deus com um destino e uma visão, então surge uma sedução vinda de Satanás. Uma mulher lança seu olhar a esse jovem - e, anos 44


depois, quando a sedução terminou, ela descobre que ele não é o grande homem de Deus que ela pensou quando copiava-o nas reuniões de oração. E ele descobre, também, que ela não é a moça bonita, submissa, com cílios brilhantes, que muito bem posicionou-se ao seu lado, que ele pensou que era! O oposto também acontece. O homem não é tão irritável quando a moça está por perto. Ele faz orações um pouco mais longas e mais altas. Seus olhos encontram-se com os dela quando ele está pregando. Ele pede para que ela ajude-o a orar por uma pessoa necessitada, então sugere que deem as mãos enquanto estão orando. Você já viu no que vai dar! Muitos homens e mulheres em nossas igrejas nunca se arrependeram deste espírito de sedução. Pode-se ver pelo modo que se vestem. Eles são os homens com calças apertadas, os quais claramente passaram mais tempo em frente do espelho do que de joelhos perante Deus. E elas são as mulheres que cuidadosamente deixam um espaço entre as vestes da parte de cima do corpo e as vestes da parte de baixo! Este é o espírito sedutor de Jezabel! Arrependa-se dele. Mude o modo que você se veste. Se você quer avivamento, pode começar mudando seu guarda-roupa, e você quase que certamente terá que fazer alguma coisa com relação ao que assiste na televisão. Não fique enrolando. Você sabe que muito do que aparece na televisão é deliberadamente sedutor e excitante - é o programa de ganância 'jezabelesca' às 8:00, o programa cheio de glamouràs 10:00 e o programa de menininhas às 11:00. Por que você assiste? O que isto está fazendo à sua mente e seu espírito? Por que você está permitindo que o espírito de Jezabelencha sua mente com pensamentos sedutores, turbulentos e perturbadores? Você está brincando com fogo. Você não precisa de um conjunto de regras legalistas para viver. Você não precisa jogar fora a parafernália da vida moderna. Você somente precisa usar um pouco de senso comum espiritual. Qual é o ponto em sujeitar-se à tentação desnecessária? Isso é insensatez pura. O que Jezabel fez quando Jeú veio para destruí-la? 2 Reis 9 relata que, tão logo ela ouviu falar dessa missão, ela pintou seus olhos, adornou sua cabeça e olhou pela janela! O que ela estava fazendo? Ele esperava que um pouco de sedução tirasse Jeú do seu curso de ação. Não é que a maquiagem e a loção após barba sejam erradas em si mesmas, é o modo que as usamos. Do mesmo modo, coisas como filme, música, televisão e roupas não estão erradas por si só, mas é o modo que são usadas e o modo que permitimos que elas nos afetem. Naturalmente, Deus quer que você aproveite o máximo a aparência que Ele te deu. Mas Ele não quer que você use sua aparência, ou suas roupas, ou suas palavras e gestos para ganhar um homem ou uma mulher através da sedução. Se você ganhar um homem ou uma mulher através de alguma forma de sedução, você está convidando o espírito de Jezabelpara controlar seu casamento daquele momento em diante. Arrependa-se disso agora. Lide com isso e Deus te libertará. 2 REIS 9:22 AFIRMA que Jezabel estava envolvida com feitiçaria, e Apocalipse 18:23 insiste que a feitiçaria faz parte da comunidadede negócios do fim dos tempos. A partir do momento que você cede até mesmo às mais insignificantes destas manifestações malignas, você está submetendo-se ao poder da feitiçaria. Do mesmo modo que o diabo não é um personagem de desenho animado com chifres e calda, assim também a feitiçaria e bruxaria não são cabos de vassoura e encantamentos. É algo muito mais perigoso do que isso! Os mercadores de nosso mundo estão tentando colocá-lo debaixo de um encantamento. Estão tentando fazê-lo comportar-se do modo que querem. Estão tentando fazê-lo comprar o que querem que você compre. Estão tentando fazê-lo vestir o que querem que você vista. Estão tentando fazê-lo pensar e agir do modo que querem que você pense e aja. 45


Simplesmente falando, estão tentando te controlar. Chamar isto de marketing e razão do lucro. A Bíblia chama isto de bruxaria e feitiçaria. Veja os outdoors ao seu redor. Ouça os comerciais de televisão. Você pode ver que trata-se do mesmo e velho espírito de enganoe sedução que estava operando nos dias de Elias - opondo-se ao povo de Deus e tentando colocar o mundo inteiro em cativeiro? Você pode ver como o diabo usa imagens controladoras, sedutoras e enganosas no mundo da mídia, esporte e arte? Para ele tanto faz o que as pessoas adoram, o que controla suas vidas, desde que não seja Deus. Para ele tanto faz se as pessoas adoram o Palmeiras ou as Spice Girls, ou se gastam todo seu dinheiro em produtos da Nike ou Nintendo —é tudo a mesma coisa para ele. Desde que sejam controladas por outra coisa afora Deus. Este espírito sedutor é muito ativo no mundo das artes, e qualquer crente que trabalha nesta área deve ter certeza de que lidou com esse espírito em sua própria vida. É a mesma coisa no mundo do negócio e comércio. Ele é controlado pelo espírito maligno Mamon, assim é melhor que você certifique-se de que não há nenhum espírito de Mamon em você antes de entrar nesta área da vida. Lembre-se que o diabo disse a Jesus, 'Você pode ter tudo isso desde que me sirva'. Ele prometerá algo menor para você? Claro que não. Se você quer ser um vencedor triunfante, não pode haver nenhum comprometimento com as forças das trevas. A NAÇÃO DE ISRAEL adorou o Deus verdadeiro, o Deus vivo que fez o céu e a terra, o Jeová todo-amoroso, todo-poderoso, todo-sarador, todo-sabedor. Jezabel adorou o falso deus Baal, e ela fez tudo que pôde para persuadir o povo de Deus a adorar Baal também. Você deve tomar muito cuidado neste momento. É fácil pensar que o diabo está primariamente preocupado em manter os incrédulos cativos através de falsas religiões como o islã e o hinduísmo. Esta é parte de sua missão, mas ele está mais ansioso em seduzir e enganar o povo de Deus, fazendo com que adorem falsos deuses. Lembre-se, o espírito de Jezabelodeia o povo profético de Deus, buscando envolvê-lo na adoração a algo semelhante a Baal. Ele quer arrumar uma brecha na igreja atual a fim de que alguma forma de falsa religião possa poluir e paralisar o povo de Deus. Este espírito opera em maneiras óbvias como a dúvida e o comprometimento, e em menos óbvias como o legalismo e exibicionismo carnal. Ele tenta fazer com que alguns do povo de Deus adorem um líder em particular, em vez de somente a Deus. Ele tenta fazer com que um outro grupo de crentes exagere uma faceta estreita da verdade de Deus, em vez de colocar toda a palavra de Deus em equilíbrio. Ele tenta soprar as chamas da divisão e desunião, pois ele sabe que isto faz mais para paralisar a missão da igreja do que qualquer outra coisa. Ele visa fazer com que um grupo adore uma versão particular das Escrituras, com que outro comprometa-se exclusivamente à sua própria congregação, e com que outro comece a criticar e denunciar todos os outros. São todos formas diferentes de falsa religião, e o espírito de Jezabel tem a determinação de estabelecê-los em sua igreja - através de você. Resista esse espírito imundo. Adore a Deus, e não ao homem. Ouça todo o conselho de Deus, e não uma pequena porção.Mantenha a unidade do Espírito. E encoraje os crentes e as congregações ao seu redor usando palavras frequentes de encorajamento. O ESPÍRITO DE JEZABEL É UM REBELDE E UM USURPADOR. Ele caiu do céu como parte da rebelião original contra a autoridade de Deus, e opõe-se implacavelmente contra a Palavra e a vontade de Deus. Você pode ver isto no Jardim do Éden, quando o diabo tentou Adão e Eva para que rejeitassem a Palavra de Deus e seguir seu próprio caminho. Você pode ver isto na vida da Rainha Jezabel, a qual implacavelmente opôs-se aos profetas que anunciavam a Palavra de Deus. 46


Você pode ver isto na violenta oposição deste espírito imundo a Jesus, o qual é, ele próprio, a Palavra, o Verbo, de Deus. E você pode ver isto em Apocalipse 17, onde a besta sobre a qual a 'mulher' está sentada está cheia de nomes de blasfémia - que são a antítese da Palavra de Deus. O espírito de Jezabel está diretamente contra a Palavra de Deus. É a figura sombria e sinistra por trás dos disparos sem fim contra a Palavra de Deus feitos pela mídia. É a força imunda que diz para você ler algo diferente, alargar seus horizontes, sentir-se embaraçado de ler sua Bíblia no trem ou ônibus, duvidar e questionar e desacreditar e desobedecer o que Deus escreveu para o seu bem. Resista-o. Entesoure a Palavra escrita de Deus. Leia-a regularmente. Confie nela completamente. Valorize a Palavra escrita de Deus. Zele pela profecia. Preste atenção aos mestres que Deus envia. Prove o que você ouve, mas obedeça o que você sabe o que Deus disse. O espírito de Jezabel sempre desejará que você rebele-se contra a Palavra de Deus. Não faça isso. Mas sim, procure conhecer a Palavra de Deus tão bem, como Jesus no deserto, que você poderá usá-la pra derrotar o diabo sempre que ele te atacar. 1 REIS 22 RELATA QUE ACAZIAS, o filho de Acabe e Jezabel, 'andou nos caminhos do seu pai e nos caminhos de sua mãe'. Tristemente, ele foi influenciado pelo espírito de Jezabel como pais foram antes dele. Como todo espírito de Jezabel é um espírito hereditário. Ele passa de uma geração a outra até que seja impedido pelo poder de Cristo através da renúncia e arrependimento. Depois que Acabe morreu, Acazias tornou-se rei e continuou fazendo o que era mal aos olhos do Senhor. Ele era hereditário; mas havia um elemento de esperança, por causa dos relatos de que o filho não foi além do que seus pais tinham feito. Isto mostra que o espírito pode ser impedido, que ele pode ser quebrado e pode ser derrotado. Aleluia! Semelhante a Acazias, você pode estar sob pressão porque seus pais ou avós foram profundamente influenciados por esse espírito. Todavia, não é preciso desesperar. Em Cristo, seu poder pode ser quebrado em sua vida. Existe libertação. Você pode ser livre, você pode ter a certeza de que seus filhos sejam livres também. HÁ MUITO NO MUNDO hoje que fala do espírito de Jezabel. É a figura sombria e sinistra por trás do infanticídio, do aborto e da eutanásia. Ele está por trás da máscara de problemas que dominam pela vida inteira: jogatina, dívida, alcoolismo e abuso de drogas. Ele está por trás da ganância, da cobiça e do consumismo; por trás da raiva, ira, ciúme, orgulho e ambição egoísta; por trás da amargura, falta de perdão, adultério e dissolução matrimonial. Ele está por trás de toda forma de oposição à igreja de Deus, e toda forma de oposição à profecia e unção de Deus. Não comprometa-se com nada. Não existem áreas cinzas naBíblia e na vida cristã. É certo ou errado. É Deus ou o diabo. A vida toda, de agora até a eternidade, devia envolver uma luta para descobrir a vontade de Deus numa situação. Demônios te circundaram com vozes que sugerem 'Eu farei' ou 'nós faremos' ou ‘você fará'. Sua obrigação é de simplesmente ouvir a Deus com atenção e estabelecer'Sua vontade' – fazendo isto sem comprometer-se com o inimigo. Os demônios ficaram furiosos, mas você estará seguro no centro da vontade de Deus. Não há lugar melhor para se estar!

47


5. A INFLUÊNCIA DO ESPIRITO DE JEZABEL NA CULTURA O Brasil reúne várias nações em si. Se fossemos analisar somentepela fisionomia, qualquer pessoa no mundo poderia se passarpor um brasileiro. Este pais acomoda dentro de sua cultura quasetodas as nações do mundo. Não nos surpreende encontrar umapessoa que parece ser um japonês, um alemão, um italiano, umfrancês, um africano, um norte americano, um indiano ou qualqueroutra nacionalidade que seja falando a língua portuguesafluentemente com um dos sotaques regionais do Brasil. Ao conversarmoscom tais pessoas veremos que os mesmos são descendentesde estrangeiros que nasceram no Brasil. Esta situação em si, tem suas vantagens, porém também trásalgumas complicações. Neste capítulo, não tenho intensão de analisar profundamenteas religiões de maior significância na cultura brasileira. Mostrarei, todavia, de como Satanás, através do espírito de Jezabel tem usadode outras culturas e introduzido suas maléficas influências nopovo brasileiro. É importante notar que quando o Brasil foi colonizado por Portugal,naquele período da História, estava acontecendo uma grandeperseguição religiosa no então mundo civilizado. Na Europa, aquelaépoca é hoje conhecida como "A Idade das Trevas". A IgrejaCatólica Romana estava em uma guerra constante. Na regiãoOriental eles estavam tentando recobrar o território perdido aosmuçulmanos, por outro lado dentro da própria Europa lutavamcontra a Reforma Protestante. A Inquisição Católica estava nosseus dias de auge, especialmente na Espanha. Naquela ocasião oscolonizadores do mundo eram em sua maioria espanhóis eportugueses e na África o comércio de escravos começava a crescer assustadoramente. Quando os portugueses chegaram ao Brasil eles se estabeleceramno que hoje conhecemos como o Estado da Bahia, e dalicomeçamos a ver uma influência enorme do espírito de Jezabel. Naquele período Portugal era considerado um dos maiores paísescatólicos do mundo, em todas as navegações que zarpavam dosportos de Portugal, eles levavam consigo a bênção papal e umgrande número de missionários da Igreja Católica, principalmenteos da ordem dos Jesuítas. Os Jesuítas, eram naquele tempo,homens de um alto nível cultural, eram sacerdotes dotados deuma educação acadêmica singular, eles sempre trabalhavam juntoaos nativos do país aos quais eram enviados. Eles anunciavam asboas novas do Evangelho, porém acomodavam no máximopossível esta mensagem à cultura do povo. A partir de 1500 quando do descobrimento do Brasil, a religião Católica Romana foi estabelecida como religião oficial do país.Todavia, junto à crendice dos Índios nativos da terra e a influênciarecebida dos escravos trazidos da África, especialmente os quevieram da tribo de Yoruba (Nigéria), o Brasil desenvolveu umacaracterística religiosa singular. Tanto os colonizadores como os sacerdotes católicos, natentativa de evitar confronto com estas culturas e também natentativa de acomodação da religião europeia nesta Nova partedo Mundo, promoveram o que hoje temos no Brasil como:Umbanda, Quimbanda, Candomblé e a mais variada forma deCatolicismo Romano do Mundo. Mais tarde, sob influência dos franceses e norte americanos, oBrasil também abraçou o que chamamos de Espiritismo Kardecista.,o qual tem também provado ser um dos meios mais influentes nanação do espírito de Jezabel. Como disse acima, não tenho intensão de discutir em profundezaestes cultos religiosos, mas como ficou claro nos capítulosanteriores, proponho-me a mostrar como o espírito de Jezabeltem usado desses meios religiosos para glorificar a Satanás e tentarroubar a glória que pertence somente ao verdadeiro Deus.

48


Umbanda A umbanda crê que existe um princípio comum o qual éencontrado em todos os credos e cultos, promovendo assim umaunidade religiosa e racista. Ela está baseada na religião dos ancestraisindígenas, os quais por natureza são animistas e também creemna influência dos espíritos de seus antecedentes no que concerneà vida do dia a dia. A umbanda foi fortemente influenciada pela chegada doseuropeus e dos africanos e nos dias atuais contém quase quetodos os princípios encontrados na Quimbanda e Candomblé. Oritual de batismos ou membresia é muito similar à estes, todaviaos sacrifícios e ofertas oferecidos aos seus deuses são em suamaioria baseados em bebidas alcoólicas e sangue de animais. Os deuses principais são chamados de "orixás”, todavia, apossessão dos espíritos acontece em sua maioria com o que elesconsideram "espíritos menores" ou "espíritos desencarnados"também chamados caboclos, preto velhos, erês e outros. Candomblé Definitivamente o candomblé tem sua origem entre os africanosda tribo de Yoruba na Nigéria. A adoração é basicamente baseadana influência do deus principal, conhecido como"Olorum", o qualjamais pode ser possuído, todavia existem muitos outros deusescomo Oxum, lemanjá, Ogum e outros. Estes deuses possuemcorporalmente seus sacerdotes, lideres e membros dos centros,os quais também são chamados como lyalorixas e babalorixás,tais posições só podem ser alcançadas após muitos anos demembresia e através do processo o qual é conhecido como"iniciação". O processo de "iniciação" ou "fazer a cabeça do santo" é umprocesso pelo qual o membro fica totalmente recluso quando entãoé apresentado aos deuses a fim de desenvolver seu próprio"santo". Durante este período, o qual em algumas ocasiões podelevar até seis meses de reclusão em um dos terreiros, o novo membropassa por várias sessões de sacrifício e ofertas. Tais sacrifícios, vãodesde um simples banho de ervas até o beber o sangue de animaisque foram sacrificados aos deuses. Este processo de iniciação ou batismo, como é chamado na umbanda, é muito similar no candomblé, umbanda e quimbanda. Quimbanda Quimbanda é considerada a pior parte das duas apresentadasacima. Ainda que muito similar em suas crendices e práticas, naquimbanda dá-se maior ênfase aos deuses maus da umbanda ecandomblé. Os deuses principais são chamados de Exu. Todas asofertas e sacrifícios são baseadas no sacrifício de sangue. Existe porém uma grande mistura de práticas cerimoniais esacrifícios nestes três cultos. Em todas as religiões acima mencionadas, por razões diferentes,especialmente a perseguição e acomodação da religião Católica Romana, fez com que as mesmas sofressem uma grande influênciasincretista, tornando-se assim muito similar uma com a outra. Muitos de seus deuses têm o mesmo nome e também sãochamados 'santos'na religião católica romana. Sua maioridentificação está na pessoa da Virgem Maria mãe de Jesus. Espiritismo Kadercista No Kadercismo, o qual é considerado a classe alta naincorporação de 'espíritos'. Não existe sacrifícios a serem apresentados. Evolução é alcançada através de boas obras,conhecimento. 49


O recebimento dos espíritos ou possessão acontece durante um período de concentração e de espíritos desenvolvidos. Eles creem em todos os santos da Igreja Católica Romanarecebem como espíritos os maiores profissionais, celebridades,doutores, artistas, poetas, descobridores da história, comotambém homens e mulheres que foram considerados santossábios de nosso tempo. O ponto principal do culto é quando acontece a incorporação do espírito de uma pessoa que já morreu. Reencarnação e salvação estão intrinsecamente ligadas e só éalcançadas através de boas obras e caridade. Experiência tem mostrado que todos aqueles que se envolvercom umbanda, quimbanda, candomblé e kardecismo tem sofrido todos os tipos de desilusões e misérias nesta vida presente, visto que em todas existe uma grande mistura onde a mesma pessoa recebe tanto um espírito bom, o qual dá bons conselhos e faz caridade, como também uma mau espírito, o qual atravéssolicitações de ofertas destrói vidas. Os espíritos uma vez incorporados, podem dar um bom conselho, como também,pedirão que sacrifícios sejam oferecidosem lugares diferentes, variando do pedido e do espírito queencontra incorporado. Tais sacrifícios são oferecidos em encruzilhadas, cachoeiras, ribanceiras de rio, praias, florestas etc. Todos os espíritos recebidos são pessoas que morreram porrazões diversas, e que agora voltam tanto para abençoar, maldizercomo também receber mais luz a fim de prosseguir sua jornadano mundo espiritual. Os sacrifícios são oferecidos com frutas, ervas e animais e emalguns casos extremos até mesmo seres humanos. O Que a Bíblia Nos Ensina Acerca Destas Práticas? Em toda a Bíblia vemos que Deus totalmente desaprova taispráticas, observe alguns versos bíblicos: Dt. 32:16‘Com deuses estranhos o provocaram a zelos; comabominações o irritaram.’ Dt. 32:17‘Sacrifícios ofereceram ao diabo, não a Deus; aosdeuses que não conheceram, novos deuses que vieram a pouco,dos quais não se estremeceram nossos pais.’ Dt. 32:18‘Esqueceste-te da rocha que te gerou, e emesquecimento puseste o Deus que te formou.’ 2Cro. 33:6 ‘Fez ele também passar os seus filhos pelo fogo novale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros e defeitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores; e fez muitíssimo mal aos olhos do Senhor, para provocar à ira.’ Meus amigos, como podemos ver claramente, satanás temmantido muitas almas cativas através da umbanda, candomblé,quimbanda e kardecismo. Deus sempre se opôs a tais práticas,ele sempre proibiu que seu povo consultasse espíritos de pessoasque já se encontravam mortas. Deus assim o fez, porque ele sabeque tais espíritos não existem. Tais espíritos, não são mais quedemônios, anjos caídos, operando através e sob a liderança do espírito de Jezabel. O espírito de um exu, nunca poderá expulsar de umapessoa outro espírito maligno. Jesus deixou claro que se assim o fosse, jamais o reino de satanás subsistiria lutandocontra si mesmo. Mat. 12:25‘Jesus, porém, conhecendo seus pensamentosdisse-lhes: todo o reino dividido contra si mesmo édevastado; e toda cidade, ou casa dividida contra si mesma,não subsistira.’ Mat. 12: 26 ‘E, se satanás expulsa a satanás, está divididocontra si mesmo; como subsistirá pois o seu reino?’ Mais uma vez você se encontra fisgado, e isto é paravida toda, a não ser que o poder de Jesus o liberte. Qual seria então a razão de Jesus nos enviar a expulsar demônios? Mc. 16:17‘E esses sinais seguirão aos que crerem: em meu nome expulsarão os demônios...’

50


Jesus nos ordenou a expulsar tais espíritos porque ele sabeque os mesmos não são mais do que espíritos malignos. Parede se deixar usar pelo espírito de Jezabel e ouça o anunciardo anjo quando ele diz: Ap. 18:4 ‘E ouvi outra voz do céu, que dizia: sai dela,povo meu para que não sejas participantes dos seus pecadose para que não incorras em suas pragas.’ O Brasil é um dos lugares mais bonitos do mundo,Infelizmente, Satanás como sempre, tenta destruir tudo queé perfeito. Apartir de sua colonização pelos portugueses, areligião católica romana, foi estabelecida como a religião oficialdo Brasil. Por outro lado, satanás, não perdeu a oportunidadede se introduzir através da idolatria, que é um dos maispoderosos espíritos sob a liderança do espírito de Jezabel.Mesmo quando lemos a Bíblia Católica Romana, podemosencontrar passagens que se opõem fortemente contra aidolatria. Vemos isto acontecendo quase que em todos os livrosda bíblia. Ex. 20:4 ‘Não farás para ti imagem de escultura, nem algumasemelhança do que há acima no céus, nem embaixo da terra,nem nas águas debaixo da terra.’ Ex. 20:5 ‘Não te encurvarás à elas, nem as servirás...’ Dt27:15‘Maldito o homem que fizer imagem deescultura, ou de fundição, abominação ao Senhor...’ É surpreendente ver como que é possível que tantas pessoasinteligentes e com alto níveis acadêmicos se encontram cegose enganados pelo espírito de Jezabel o qual os leva à adoraçãode ídolos. A Bíblia nos deixa claro que é o espírito de Jezabelque introduz o ensino falso levando as pessoas à adoração eveneração aos ídolos. Apocalipse 2:20. É realmente triste ver o Brasil, tão grande e poderoso, sendodominado por níveis diferentes por este espírito maligno. Na própria história do catolicismo romano do Brasil, vemos queem 1717, três homens acharam nas águas do rio Paraíba, umaimagem, feita de pedra, tendo sua cabeça separada do corpo.Após alguns anos, uma capela foi erigida em honra a esta imagem.Mais tarde com a 'bênção' do Papa Pio X e tendo sua finalconsagração com o Papa João Paulo II em 1980, esta imagem foiconsagrada como aquela que guarda, protege e abençoa a naçãobrasileira. Foi estabelecida pela Igreja Católica Romana como arepresentante da Virgem Maria, mãe de Jesus, ao povo brasileiro. Meus amigos não pensem, que eu não amo o Brasil e o povobrasileiro, todavia, o meu coração chora quando vejo este povosendo levado pelo engano. A Bíblia é muita clara quando afirmeque Deus jamais aprova tal maneira de adoração e veneração. Is. 42:8 ‘Eu sou o Senhor, este é o meu nome; a minha gloriapois a outrem não darei, nem o meu louvor a imagem de escultura.’ Nunca encontramos na Bíblia uma pequena ideia que seja que Deus venha dar permissão ou que o mesmo se agrade em compartilhar de sua glória com imagens de escultura, feitas porhomens. Deus não se associa com imagens ou ídolos 2 Cor. 6:16‘E que consenso tem o templo de Deus com osídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deusdisse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus eeles serão o meu povo.’ Portanto, amigos, parem de serem enganados por este espíritodestruidor de Jezabel, o qual tem levado o povo de Deus à idolatria,mas tomem os conselhos dos apóstolos João e Paulo, quandoeles escrevem: 1 João 5:21 ‘Filhinhos, guardai-vos dos ídolos’. 1 Cor. 10:14‘Portanto meus amados, fugi da idolatria’. Agora é o tempo para que os brasileiros digam: "Chega, assimjá é demais!"ao espírito de Jezabel. A medida que dizemos Não à'Corrupção', ao'Medo', à 'Intimidação', à 'Idolatria' e à Adoraçãode demônios. 51


Os dias de Satanás já estão contados e em muito breve ele serátotalmente destruído pelo sopro da boca do Filho de Deus.

6. O CAMINHO DA VITÓRIA OLIVRO DE APOCALIPSE GARANTE que um grande dia está seaproximando quando as forças do mal serão final e plenamentedestruídas. Ele promete que o dia está chegando em que o espíritoimundo que opõe-se ao povo profético de Deus, que manipulae controla todo aspecto de nossa sociedade, vai cair. Apocalipse chama este espírito de 'Babilônia', descrevendo comoele controla o mundo e persegue o que é de Deus no mundo. Entãoele promete que Deus agirá rapidamente em julgamento mediante aintervenção angélica, e que a Babilónia cairá numa única hora. O que essa promessa significa para você? Significa que todos osjulgamentos de Deus são justos e verdadeiros. Não há como escapardeles. São reais. Vão acontecer. Se Deus diz que o julgamentoestá vindo, ele está vindo. O julgamento de Deus vai cair sobre a Babilônia, e sobre todosque ficarem do lado de Babilónia e Jezabel. Embora todo crenteescapará do fogo eterno do inferno pela fé em Jesus Cristo, algunscrentes serão sujeitos a esse julgamento - mas somenteaqueles que ficaram de algum modo do lado das obras da Babilônia. Deus está agora falando contigo profeticamente, através deApocalipse 18:4, sobre a Babilónia, 'Sai dela, povo meu, para quenão sejas participante dos seus pecados, para que não incorras nas suas pragas.’ Você provavelmente sabe que creio no que a Bíblia ensina, 'umavez salvo sempre salvo'. Certifique-se, contudo, de que você nãoentenda que isso significa, 'uma vez salvo, então viva como quiser'! Em vez de te oferecer uma licença para pecar, a Palavra deDeus instrui, 'uma vez salvo, tema o nome do Senhor'; 'uma vezsalvo, o poder do pecado está quebrado em sua vida'; 'uma vezsalvo, afaste-se do seu pecado e siga a Jesus Cristo'; 'uma vezsalvo, apegue-se à sua herança espiritual'; 'uma vez salvo, saia domodo que o mundo pensa e vive.' É esperado que o povo redimido de Deus fique fora da vida depecado e rebelião de Jezabel. Não deve vagar de volta a isso algunsanos depois de sua conversão! Se assim ele faz, está participandodos pecados da Babilônia e as pragas apocalípticas de julgamentodivino virão sobre ele. Essa é a palavra severa do Senhor. Deus está suplicando que você nada tenha a ver com o modode vida de Jezabel. Ele está exortando-o a avançar em santidadeem sua vida. Ele está pleiteando para que você saia da Babilónia eafaste-se do seu pecado - pois esse é o caminho para a liberdadee vitória. O LIVRO DE APOCALIPSE LEMBRA-NOS de que há uma realidademais profunda do que o mundo que vemos com nossos olhosfísicos. O mundo não está rolando infinitamente numa maneira caótica;há forças espirituais em operação por trás de tudo que vocêvê, e tudo está movendo-se inexoravelmente em direção à umaconclusão colossal. Quanto mais perto você se aproxima da volta de Jesus Cristo,maior será a manifestação tanto do espírito de Jezabel como daunção de Elias. À medida que você move-se na unção de Elias, assim tambémvocê terá de aprender a como confrontar o espírito de Jezabel.Depois do fogo no Monte Carmelo, Elias fugiu porque não 52


sabiacomo vencer o medo e a intimidação de Jezabel. Ele teve de serguiado pelo Senhor de volta a Horebe, de volta ao monte daaliança, para aprender como lutar. Deus deu-lhe um assistente, Eliseu, e uma visão nova. Então,através destes dois ministérios ungidos, Jezabel foi finalmentedestruída naquela geração. O propósito de Deus para sua geração é o mesmo que o deoutrora. À medida que se aproxima a volta de Cristo, Deus estáderramando mais do Seu poder sobre o corpo de Cristo e espalhandoSeu ministério entre mais crentes. O propósito de Deus hoje é o de preparar toda uma geração deElias e Eliseus que ministrarão juntos para que os corações dospais voltem para seus filhos e os corações dos filhos voltem paraseus pais. Esta será uma geração que vê os casamentos restaurados sobo poder da unção de Elias do fim dos tempos; uma geração queouve a voz do Senhor ecoando de costa a costa em ciclos cadavez maiores de avivamento e renovação; umageração que observaas ondas do arrependimento varrer as nações à medidaque Deus prepara o caminho para a vinda do Senhor. Ao mesmo tempo, contudo, esta geração de Elias e Eliseus dos tempos modernos também verãouma face mais feia da revelação do fim dos tempos. Ela olhará com horror à medida que o reino de Satanás começar a florescer. Ela observará com apreensão o trigo e o joio crescerem lado a lado e desenvolverem no mesmo ambiente. Ela fitará chocada uma manifestação cada vez maior do espírito de Jezabel, até mesmo ao ponto do espírito de Babilónia em Apocalipse 17-18. E o grande clamor do Espírito Santo a esta geração profética é, 'Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, para que não incorras nas suas pragas.' Vá até o fim com Deus! Quando você cheirar Jezabel a cem metros de distância, vá cem quilómetros na direção oposta – a fim de que você não tenha nada a ver com o reino de Satanás. Seja totalmente comprometido a Cristo, sem mesmo uma mancha sequer de qualquer coisa com relação a este reino satânico. Você nasceu livre, então seja livre. A escravidão a Satanás de sua antiga existência já passou, assim viva livre de Satanás. Você foi liberto do poder das trevas, assim não habite nas trevas. A profunda realidade espiritual é que o poder de Satanás não tem domínio sobre o povo redimido de Deus. Você foi liberto de Satanás, e de toda escravidão hereditária. 1 Pedro 1:18-19 afirma, '...sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, a qual por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha.' Você foi redimido do modo de vida vazio que foi entregue a você pelos seus ancestrais. Você foi redimido da suas tradições religiosas, das suas ideias e cultura, das suas filosofias inúteis e hábitos negativos. Você foi liberto; você foi redimido pelo Sangue do Cordeiro. Por causa da vitória de Cristo na cruz, a verdade é que você compartilha da Sua vitória sobre Satanás. Você tem autoridade sobre o diabo e seus demônios - no precioso nome de Jesus. Você tem vitória sobre o pecado, a morte e a sepultura. Você até mesmo compartilha de Sua vitória sobre todo adversário do evangelho. Foi assim que você começou a vida cristã. Você começou em um lugar de vitória total, e você devia ter partido dali em direção a tornar-se mais que vencedor. A verdade mais profunda é que você tem a vitória de Cristo na cruz como primogenitura. Quando você nasceu no reino de Deus, você nasceu completamente livre. Quando você foi salvo, você foi liberto do poder do diabo. Você foi liberto do poder das trevas. Você foi liberto de todo pensamento maligno. Este é o seu direito de primogenitura.

53


Mesmo se você tem deslizado desde então, nada pode mudar o fato de que essa é sua primogenitura. Neste momento, enquanto você lê esta página, você pode pegar sua primogenitura e começara gozar do seu benefício. Nada pode impedi-lo de fazer isso! Nada! TEM MAIS! Junto com sua primogenitura de vitória, Deustambém te deu algumas armas de guerra espiritual muito eficazes. Ele não te deu essas armas poderosas para você colocá-las na parede e ficar admirando. Ele as deu para que você possa pegarSua vitória e impô-la; para que você possa exercer domínio sobre a esfera invisível. Você aprendeu muito neste livro sobre as armas e estratégias de inimigo. São armas cruéis e estratégias malignas, mas são café pequeno comparadas com as armas e sabedoria que Deus te deu. Você tem a arma eficaz da oração através da qual você é chamado a lutar contra Satanás e seus cúmplices. Não estamos falando de guerra à distância, só apertando botões; é uma luta corpo a corpo, face a face, com socos e gemidos. O diabo não tem alvo maior do que impedi-lo de orar, cortar sua comunicação com seu Comandante-chefe. Mas você tem o cinto da verdade protegendo-o de mentiras como, 'Deus não te curará'. Você tem a couraça da justiça poupando-o de desistir quando o inimigo sussurra,'Você não pode orar, lembre-se que você pensou ontem'. E você tem as botas da prontidão para espalhar o evangelho, através das quais você pisa sobre as tentações de não se importar em orar por direção e ousadia, ‘Faça isso amanhã', o demônio sempre diz. Você tem um enorme escudo da fé, quase do tamanho da porta de sua casa, embebido em água viva para extinguir todo dado inflamado da dúvida, 'Isto não vai dar certo. Não haverá nenhuma mudança. Você está perdendo seu tempo.' E você tem o capacete da segurança ajudando-o a continuar orando quando um soco debilitadorte acerta - enfermidade, acidente, desemprego, falecimento na família, e assim por diante. Essas armas poderosas não colocam-no numa zona livre de guerra - elas capacitam-no a sobreviver e conquistar num holocausto violento. O golpe nocauteador do diabo te trará uma dor de cabeça, e não um traumatismo craniano! Leia o Salmo 124 e veja a coisa como ela é. Se um demônio não consegue impedi-lo de orar, ele tentará distraí-lo com tentações. Use a espada da Palavra de Deus para lutar contra as tentações da ambição e imponência – como Cristo fez no deserto. Esta espada é o rhemadeDeus; ela não limita-se à Bíblia; ele pode incluir uma palavra falada ou uma declaração profética. Após ter feito isso e ficado firme, você deve orar todo tempo no Espírito. A intercessão que derrota Satanás não é uma oração ocasional, é uma luta custosa que envolve: ‘...orai em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito. Vigiai nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos'. VOCÊ TAMBÉM FOI EQUIPADO com o nome poderoso de Jesus. Quando você fala Seu nome, todo joelho invisível deve se curvar. Todo joelho! Todo demônio! Toda vez! Você não pode vencer o inimigo no seu próprio nome, atravésde sua própria força, ou por causa de sua própria experiência.Como Apocalipse 12:11 declara, você venceu, 'pelo sangue doCordeiro e pela palavra do seu testemunho, não amaram as suasvidas até à morte.' Não se esqueça da última parte deste verso! Jesus disse, 'Não tema aquele que pode matar o corpo. Háalguém que deves temer. Tema aquele que pode destruir tanto ocorpo como a alma no inferno.' Você devia ter um temor vivo, espantoso, amoroso de Deus, mas não deve temer as forças do diabo. Se você estiver dispôs a morrer por Jesus, não há absolutamente nada que o diabo pôs fazer a você. Mas se você tiver medo de morrer, ele em brevecolocará em cativeiro.

54


MAS A COISA NÃO PARA AÍ. As Escrituras também prometem que a unção do Espírito Santo destruirá o jugo da escravidão. Se você foi ungido com o Espírito de Deus, sua unção é mais umaarma que você pode usar contra as forças do mal. Em Marcos 11:23, Jesus revela a extensão da autoridade que você tem nele. ‘Se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-teao mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará o que diz, lhe será feito.' Não descuide de colocar isto em prática. O louvor faz parte da armadura também. Em Mateus 21:16, Jesus cita o Salmo 8:2, 'Da boca de crianças e dos que mamamtu suscitaste força, por causa dos seus adversários, para fazeres calar o inimigo e vingativo.' Então Mateus 18:18 mostra que o que quer que ligarmos na terra - se estivermos fazendo sob a direção do Espírito Santo - será ligado no céu, e que o que quer que desligarmos na terra será desligado no céu. Isso é coisa séria. As Escrituras não estão exagerando. Não estão tentando colocá-lo numa posição vulnerável onde você será esmagado pelo inimigo. Pelo contrário, estão catalogando as armas poderosas que você recebeu, mostrando-o como usá-las. Você acredita na Palavra de Deus? Você está pronto para usar suas armas? Você vai ser um guerreiro ou um maricas? Certamente está na hora de você juntar-se à companhia Elias e preparar-se para o serviço ativo. SE LIBERDADE E VITÓRIA SÃO A PRIMOGENITURA de todos os crentes redimidos, por que nem todos os crentes está vivendo na vitória e liberdade? Qual é o problema? Tristemente, muito poucos crentes sabem quem são em Cristo. Porque o diabo está aterrorizado com o que vai acontecer quando você sabe exatamente quem você é em Jesus, ele dá o máximo de si para manter a verdade longe de você. Um grande número de crentes passa muito tempo de sua vida cristã sendo amarrados por coisas que foram libertos no nascimento espiritual. Isso é trágico! Há uma pintura antiga e famosa de um crente. Ele está olhando de uma cela na prisão à noite, segurando as barras, e seus olhos mostram que ele anseia ficar livre. Atrás dele a porta da cela está aberta; mas o prisioneiro não sabe disso. Tudo que ele tem a fazer é virar-se e sair pela porta aberta - mas ele fica na prisão agarrando as barras. É um quadro profético poderoso de muitos na igreja hoje. Naturalmente, nesta altura, você já sabe que a porta está aberta e que o diabo não tem nenhum poder sobre você. Você sabe que está livre, e está determinado em viver na vitória. Não se esqueça, contudo, que o momento que você cede qualquer parte de sua vida ao pecado, você coloca-se novamente em escravidão. Mesmo em sua posição livre em Cristo, quando você dá espaço ao pecado não arrependido em sua vida, você está construindo uma pista de pouso para que demônio uivador venha e prenda-se nessa parte de sua vida. Enquanto que é completamente impossível conceber que sua liberdade eterna em Cristo chegará a ser completamente quebrada pelo diabo, você deve reconhecer que deu uma brecha temporária a um demônio quando engajou-se nas atividades de Jezabel. A partir do momento que você se envolve com a ganância, violência, amor ao dinheiro, pecado sexual, pensamentos impuros, orgulho, rejeição à Palavra de Deus, manipulação, adoração à coisas falsas, e assim por diante, você abre uma porta a um demônio. Ele somente precisa de uma brecha, então - se você não se arrepender - ela vai se tornar em um buraco, depois em uma cratera e por fim em um abismo. A coisa é simples assim. COMO VOCÊ LEU NESTE LIVRO, você terá de perceber que não está vivendo como Deus quer que você viva. Você não vai ser tão frutífero como Ele quer, você não está multiplicando'cem vezes mais', e você não estará resistindo ao espírito de Jezabel em toda área de sua vida. 55


Deus tem falado contigo durante a leitura deste livro. Ele está salientando aquelas coisas que precisam ser resolvidas, aquelas coisas que você precisa parar de pensar e fazer, aquelas coisas que você precisa começar a crer e agir. Está na hora de você avançar, pegar sua primogenitura, dar passos novos no caminho da liberdade e vitória. O PRIMEIRO PASSO É VOCÊ CONFESSAR SEU PECADO como Davi confessou pecado com Bate-Seba. Ele disse a Deus, 'Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mau diante de teus olhos, de modo que és justificado quando falas e puro quando julgas.' Confissão envolve um abandono convicto do pecado. Quando você peca, você peca com convicção. Quando você confessa seu pecado, você o abandona completamente. Tudo que você quer é estar bem com Deus, nada mais importa. Você quer afastar-se do seu pecado porque você está envergonhado dele e embaraçado por ele. Você quer sair das atividades do diabo. Você quer tirar sua mão de sua vida. Você não quer mais ter nenhuma comunhão com as obras infrutíferas das trevas. Você não quer participar das pragas da Babilónia. Em resumo, você tem mais é que sair desta situação! Confesse seus pecados! Faça isso agora. Não importa se você está lendo este livro no ônibus ou no trem. É mais importante que você conserte-se com Deus do que deixar uma boa impressão em alguém que talvez você nunca vai ver mais! CONFISSÃO É BOM MAS NÃO É O BASTANTE. É somente o primeiro passo no caminho da liberdade, e não o último. Quando você confessa, você está concordando com a santa atitude de Deus para com seu pecado. Você está alinhando-se ao Seu modo de pensar. Você está dizendo a mesma coisa que Deus diz sobre seu pecado. Você está reconhecendo seu pecado; está na hora de renunciar seu pecado. Preste atenção em Isaías 55:7, 'Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos. Converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e torne para o nosso Deus, pois grandioso é em perdoar.' Você pode ver que isto não é somente ir na frente numa reunião, confessar seus pecados, e depois voltar ao seu assento carregando seus pecados? Abandonar seus pecados significa deixá-los ao pé da cruz e sair andando com Jesus sem eles. Abandonar seus pecados significa voltar ao Senhor. Você não pode trazer seus pecados contigo quando vier ao Senhor. Você tem de liberar seus pecados por que o Jesus santo está aí. Você tem de lançar fora todo o modo que você vive - sete dias por semana, no trabalho, no repouso e no lazer. EM SEGUIDA, você deve perdoar todos aqueles que pecaram contra você. Foi isto que Jesus ensinou em Mateus 6:14-15: 'Se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós. Porém se não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial não perdoará as vossas.' Neste verso, Jesus não está falando sobre o perdão 'judicial' que você recebe no tribunal final onde Deus é o juiz de toda humanidade. Ele não está falando sobre ficar perante Deus, o juiz. Mas sim, Ele está falando sobre seu relacionamento com seu Pai sempre que há pecado em sua vida. Quando há um problema na família, os pais têm de resolver. Quando seu filho peca contra eles - como fazem normalmente -os pais precisam lidar com a questão. Mas não dizem, 'Porque você pecou contra nós, não seremos mais seus pais.' Isso é ridículo! 56


Jesus não está falando sobre você perder a salvação. Ele está falando sobre seu Pai celestial. Como qualquer pai terreno, Deus colocará seu pecado contra você até que você resolva a questão. Isto estragará o relacionamento, mas não vai cortá-la! Jesus explica que você conserta-se perante Deus ao perdoar as outras pessoas. Falando simplesmente, se você quiser vir e receber o perdão paterno do seu Pai celestial, e está deixando de perdoar alguém, você está expondo-se aos demônios. Se você não crê nisso, leia Mateus 18:34-35, 'Assim, encolerizado,o seu senhor o entregou aos verdugos, até que lhe pagasse tudo o que devia. Assim vos fará também meu Pai celeste, se de coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas.' Quem são os verdugos? Devem ser os demônios, que significa que a falta de perdão o expõe à tortura demoníaca. Fique alerta! Nada deixa uma pessoa mais endemoninhada com maior rapidez, mais permanentemente, mais severamente do que a falta de perdão. Simplesmente não vale a pena. Obedeça a Jesus, em vê disso. Perdoe aqueles que pecaram contra você. Faça isto agora. SEU PASSO SEGUINTE no caminho da liberdade é o de pedir que Deus o limpe profundamente e o perdoe. Quando Davi veio em confissão a Deus, o Salmo 51:7 relata que ele disse, 'Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve.' Se você já lavou antes, saberá que há uma grande diferença entre lavar e purificar. Você pode lavar algumas coisas, mas outras a única maneira é purificando. O pecado infiltra-se tão profundamente, é tão difícil de remover, e deixa uma mancha tão escura, que há a necessidade de uma cirurgia radical de purificação. Quando o profeta Isaías pegou a brasa viva e colocou-a em seus lábios, Deus anunciou, 'Teu pecado foi purificado, sua iniquidade foi tirada'. A purificação não é uma lavagem simbólica do pecado, é o queimar de toda natureza associada ao pecado. É uma transformação total para que a santidade da vida possa começar. Peça a Deus para te purificar agora. Peça que ele transmita a natureza da justiça pura e santidade de Cristo em sua vida. Comprometa-se em andar no seu novo estado purificado, em perfeita limpeza e santidade total. ENTÃO VOCÊ DEVE EXPELIR toda presença maligna de sua vida. A vida cristã é um relacionamento entre Deus e você. Há algumas coisas que somente Deus pode fazer, e há outras coisas que Ele espera que você faça. Um dos estratagemas favoritos do diabo é o de levá-lo a tentar fazer o que somente Deus pode fazer, e levá-lo a continuar pedindo a Deus para fazer o que você mesmo devia estar fazendo. Por exemplo, um demónio te pressionará a tentar purificar-se do pecado através da força de vontade e autodisciplina, e então levá-lo-á a pedir a Deus para resistir ao diabo por você! Tiago 4:7 mostra suas responsabilidades, 'Sujeitai-vos a Deus. Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.' Você não precisa que outra pessoa ore por você; mas sim, você mesmo precisa submeterse a Deus. Você não precisa que Deus lide com o diabo e seus demónios - Ele fez isso no Calvário você mesmo precisa resistir a ele. Resista a ele agora. Resista ao diabo. Resista ao espírito de Jezabel. Resista às forças de Mamon e da Babilônia. Resista ao mundo, acarne e aos demônios. Use suas armas. No nome poderoso de Jesus, expulse toda presença maligna de sua vida. Não fique enrolando mais. Comece a comportar-se como um guerreiro Elias.

57


POR FIM, VOCÊ DEVE BUSCAR UM ENCHIMENTO NOVO do Espírito Santo. Você deve pedir para que Deus encha todas as áreas que foram expurgadas e purificadas, todas as partes de sua vida de onde o inimigo foi expelido. Quando eu estava buscando a Deus alguns meses atrás, logo depois que Ele falou comigo sobre o espírito de Jezabel, recebi um enchimento novo em minha vida em duas áreas em particular. Não havia nenhum espaço para Deus antes, porque dois demônios estavam me amarrando no âmago do meu ser. Tinham a ver com coisas que Jezabel havia implantado no esforço de destruirminha vida. Então, depois que Deus maravilhosamente me libertou, havia espaço amplo para um novo enchimento e uma nova unção do Espírito de Deus. A mesma coisa ocorre contigo. Deus não quer deixá-lo vazio. Ele quer enchê-lo de Si mesmo, saturá-lo com o Seu Espírito, ungi-lo com sua graça e poder. O MUNDO PENSA QUE LIBERDADE significa você fazer o que quer, como quer, quando quer, onde quer. Deus chama isto de escravidão ao espírito rebelde de Jezabel. A verdadeira liberdade está em conhecer a vontade de Deus, fazer a vontade de Deus, pensar na vontade de Deus, seguir o caminho de Deus e viver a vontade de Deus. Trata-se de uma dependência total ao Senhor; é um constante ceder a Ele. Liberdade não é somente algo que Deus faz no começo de sua vida cristã, é também um estilo de vida que você deve manter continuamente. Gaiatas 5:1 diz, ‘... estai, pois, firmes e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da escravidão.' VOCÊ VIVE EM LIBERDADE ao ficar firme na realização de cristo, ao não afastar-se um centímetro da cruz. Você fica em liberdade ao seguir a Cristo até a cruz, e então seguir a Deus de todo coração - onde quer que Ele te guie. Você pode ter certeza de pelo menos uma coisa quando estiver seguindo a Deus - que você está viajando na direção certa! Se você está seguindo a Deus, isto quer dizer que você deve estar fugindo da imoralidade, das paixões da mocidade, da ganância, das atividades do diabo. Assim, se você quiser viver uma vida de liberdade e vitória, corra para Jesus. Se quiser ver Satanás sendo desmascarado, corra para Jesus. Se quiser vencer o espírito de Jezabel em sua vida, em seu lar e em sua família, corra para Jesus. O que sobra para você brincar no mundo? Por que você está perdendo seu tempo com coisas que não têm importância? Busque a Deus. Siga-o. Todo o resto é insignificante e irrelevante comparado com Sua beleza e amor. Algumas pessoas parecem pensar que a santidade envolve legalismo - todavia, se esse fosse o caso, ela não seria santidade. Buscar a Deus não é legalismo. É um deleite. É um prazer. É a maior alegria do mundo. Não buscamo-Lo porque somos covardes em espírito e estamos com medo ou relutância. Não. Somos como o salmista que diz: 'Uma coisa desejei do Senhor, e isto buscarei: que possa habitar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, contemplar a beleza do Senhor e inquirir no seu templo.' 'Como o cervo anseia pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus. Quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?' UM POETA FAMOSO ESCREVEU QUE ORAÇÃO é o fôlego do cristão. Devia ser tão natural você orar como é para respirar – e você devia orar com todo fôlego que tem. Algumas pessoas perguntaram a Smith Wigglesworth, um grande Apóstolo da Fé na primeira metade do século vinte, acerca da oração. Disseram, 'Smith Wigglesworth, você é um homem de fé e milagres, você ressuscitou um grande número de pessoas dentre os mortos. Você 58


expulsou mais demônios do que o número de vezes que temos almoçado. Diga, quanto tempo você ora todos os dias?' 'Bem,' o apóstolo respondeu, 'Não oro mais que quinze minutos'. 'Como?'seus questionadores exclamaram. Depois de uma pausa para efeito, Wigglesworth continuou, 'Sim, mas não passo quinze minutos sem orar’. O apóstolo estava tentando dizer que a oração não é algo que possa ser medido em minutos. Oração é um estilo de vida. Oração é uma constante comunicação recíproca com Deus. Oração é essencial à vida em liberdade. DEUS FALARÁ CONTIGO através da oração, e Ele também falará contigo através de Sua Palavra escrita. Do mesmo modo que a oração devia ser um hábito executado mais que duas vezes por dia, assim também a leitura da Palavra de Deus devia envolver mais que a leitura de alguns versos no fim de noite e no começo do dia. Em João 8:31, Jesus não te chama para ler algumas anotações a fim de prepará-lo para o dia; Ele diz, 'Se permanecerdes no meu ensino (na minha Palavra), verdadeiramente sereis meus discípulos.' Não somente leia a Palavra, permaneça na Palavra. Não somente passe os olhos nas suas passagens favoritas, estude toda a Palavra de Deus plenamente. Viva na Palavra e deixe que ela permaneça em ti ricamente. À medida que você ativamente ouve a Deus e lê Sua Palavra, você logo conhecerá Sua vontade e Seus caminhos. Você conhecerá as atitudes e desejos de Deus. Você entenderá o que Ele espera que você pense e faça na maioria das situações. Então chega a hora da decisão. Você vai ser um daqueles crentes que conhece tudo sobre Deus e Sua vontade em sua mente, ou um daqueles que de fato pratica Sua vontade em sua vida? Tiago 1:22 exorta-o a, 'Sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganandovos a vós mesmos.' Não é o bastante ter um conhecimento intelectual da vontade de Deus. Ande na obediência ativa ao Senhor. Deixe que Sua Palavra dirija e controle seus pensamentos e ações. Vá somente onde Ele te envia. Diga somente o que Ele te impele a dizer. Faça somente o que Ele te ordena. Não pode haver nenhuma presunção e desobediência no caminho da liberdade. Tudo é 'Sua vontade', e não 'Eu quero'. O CAMINHO DA LIBERDADE É VIDA E ALEGRIA. É um deleite, e não uma obrigação. É graça, e não lei. Aqueles que andam neste caminho logo começam a desenvolver um estilo de vida de adoração, louvor e ação de graça. Isto não somente é uma resposta natural à liberdade, é também um efeito negativo nos demônios. Eles não conseguem se aproximar num raio de dez quilômetros de um santo que louva, pois este som dá-lhes dor de cabeça! Algumas pessoas ficam sérias demais e muito introspectivas com relação à fé. Receiam tanto em fazer a coisa errada, que nem mesmo fazem a coisa certa! São tão cuidadosas que ficam ociosas, e o diabo logo encontra trabalho para mãos ociosas! Você não precisa de uma Palavra direta do Senhor para dizer-lhe que par de sapatos deve usar. Você não precisa pedir por direção em oração antes de escolher o que comer no McDonald's. E você não precisa de uma direção especial para fazer aquelas coisas que já estão claras nas Escrituras. Sempre é certo manter as boas obras e o serviço ativo. Não fique em casa lamentando e entediando-se e esperando por uma revelação especial, saia daí e ofereça sopa a algum mendigo na rua que precisa de Jesus. Visite alguma pessoa idosa que vive sozinha, ansiando por falar com alguém mais jovem. Faça compras para ela. Corte a grama de sua casa. Prepare uma refeição para ela. Convide alguém 59


que precisa ser encorajado. Faça algo bom! Habitue-se a fazer aquelas coisas que você sabe que agradam a Deus! BUSCAR A DEUS NO CAMINHO DA LIBERDADE não é uma atividade solitária. É algo que você devia fazer aos outros, e não sozinho. Uma coisa é ter uma consciência limpa perante Deus, outra é ter uma consciência boa perante as pessoas. Elas tendem a chatear-se com coisinhas que Deus não se importa - e não são tão rápidas em perdoá-lo! É difícil, mas você tem de dedicar-se nos seus relacionamentoscom outros crentes - visto que nada atrai as pessoa a Jesus mais rapidamente do que relacionamentos saudáveis, e nada afasta-asmais rapidamente do que desunião e briga entre irmãos e irmãs. Você precisa esmerar-se nisso em todos os níveis. Isso não somente envolve saber o nome das pessoas da sua congregação. Você também precisa dedicar-se em estabelecer um relacionamento positivo com todos os crentes de seu bairro – e não somente com aqueles de sua denominação. O mais importante de tudo, você precisa ser uma parte importante e ativa de um pequeno grupo de crentes, de uma célula. Se você não fizer parte de um pequeno grupo, você estará expondo-se ao perigo e fracasso. Nas reuniões e cultos da igreja, seu 'alimento' vem da frente, mas nos grupos celulares seu alimento vem de todos os lados. Nos cultos na igreja, não dão oportunidade de se fazer perguntas; numa célula, você pode interromper e perguntar como determinado ponto aplica-se em sua situação. As pessoas conhecem pouco de você numa congregação, mas vêm a conhecê-lo bem melhor numa célula. Conhecem suas preocupações e problemas, compartilham de suas alegrias e triunfos, ajudam-no a vencer suas fraquezas e limitações. As células são um parte vital para que você permaneça no caminho da liberdade. VOCÊ ESTÁ CHEGANDO NO FINAL DESTE LIVRO, e está na hora de você decidir que ação você irá tomar. Você vai juntar-se á ‘companhiade Elias’ de homens e mulheres que estão determinados em vencer o espírito de Jezabel em toda área de sua vida e região? Você vai resistir a todo dardo do inimigo, toda dúvida e tentação, todo desejo e ambição, todo pensamento e ação independente? Você vai reivindicar sua primogenitura e viver na liberdade e vitória que Cristo realizou por você com Seu sangue derramado no Calvário? Você vai viver em santidade radical, buscando a Deus, correndo de todo pecado do inimigo, vivendo na luz perante homens e mulheres? Você vai abandonar o pecado, acolher a pureza, ser um guerreiro de Deus que faz o bem no mundo e causa dano ao diabo? Venha diante de Deus agora e dê as costas a tudo que não agrade a Ele. Novamente fixe seu coração, sua vida, seu tudo nEle. Consagre-se novamente a andar em arrependimento e alegria. Afirme que Jesus é o Senhor do seu espírito, sua alma e seu corpo. Declare que nenhum outro espírito vai dominá-lo novamente. Anuncie que você não mais se sujeitará a nenhum outro espírito a não ser o Espírito Santo, que você lutará contra todo espírito maligno, que você nunca servirá um falso deus. Há um único Deus e um único caminho até Deus, e Seu nome é Jesus. Deus está te chamando mais perto dEle do que você já esteve antes. Corra para Ele agora, junte-se a geração Elias, e fique com Ele para todo o sempre. 60


7. CONFESSE E ABANDONE Como você leu neste livro, Deus terá falado contigo acerca de algumas coisas em sua vida que não O tem agradado, dando uma brecha a um demônio. Você sabe o que são. Se você quiser vencer o espírito de Jezabel em sua vida, você deve estar disposto a abandonar todo seu pecado, tendo uma vida de santidade e justiça perante Deus. Veja a lista nas próximas páginas, e acrescente o que o Espírito Santo te mostrar. Use-a para guiá-lo em sua confissão. Quando você confessar seu pecado a Deus, certifique-se de ser bem específico. Se, por exemplo, o orgulho é um dos seus problemas,não diga somente, 'Senhor, perdoe meu orgulho.' Diga-lhe como você tem sido orgulhoso. Confesse áreas específicas de orgulho em sua vida. Admita quais são, exatamente, as suas atitudes orgulhosas. Menciona pessoas e situações específicas em que você tende a cometer esse pecado em pensamento ou ação. Estes pecados não estão numa ordem em particular, sendo improvável que você tenha de lidar com todos eles. Você precisa que o Espírito Santo te mostre o que você precisa confessar e abandonar, realçando as áreas que são particularmente importantes. • Orgulho • Justiça própria • Abdicação de liderança • Usurpação de liderança • Ganância • Ambição egoísta • Amor ao prazer • Amor ao dinheiro • Mesquinhez • Entretenimento pecaminoso • Pensamentos imorais • Pornografia • Envolvimento no ocultismo • Fornicação • Adultério • Homossexualismo 61


• Comportamento sedutor • Comprometimento com o inimigo • Atividades questionáveis • Falta de perdão • Espírito de julgamento • Crítica • Raiva • Ira • Ressentimento • Falta de amor • Falta de misericórdia • Descaso com os pobres • Não praticar a hospitalidade • Dependência • Independência • Hábitos controladores • Abuso de drogas ou álcool • Idolatria • Mentira • Quebra da palavra • Incredulidade • Dúvida • Cinismo • Autocomiseração • Falta de oração 62


• Desunião • Inveja • Cobiça • Não honrar seus pais • Autocondenação • Medo • Impaciência • Intolerância • Presunção • Desobediência Uma oração de libertação: Pai, venho a Ti e confesso meu pecado em Tua presença. (Mencione e confesse todo pecado que o Espírito Santo tem revelado a você.) Renuncio, rejeito e abandono meu pecado em nome de Jesus. Perdoo todos aqueles que pecaram contra mim. (Cite o nome daqueles que te feriram.) Libero-os agora, e peço que abençoe-os ricamente em nome de Jesus. Tomo autoridade agora, em nome de Jesus, sobre toda atividade de Satanás em minha vida. Rejeito e renuncio todo espírito de 'Jezabel' e 'Babilônia', todo espírito maligno, perturbador, controlador e sedutor. Ordeno a todo espírito que teve acesso à minha vida que deixe-me agora. Desprendo-me de toda escravidão e influência demoníacas em minha vida, na minha família e em meu corpo. Pai, peço agora para encher-me com teu Espírito Santo. Toque minha vida com Seu amor, e envie-me para viver por Ti e servir Teu povo, agora e para todo o sempre. Amém.

UMA DECLARAÇÃO DELIBERTAÇÃO Confesso e declaro que conheço e desfruto da liberdade absoluta de Deus. Jesus Cristo me libertou da culpa e do poder do pecado. Sou realmente livre. 63


Fui crucificado com Cristo, e ressuscitado em Sua vida de ressurreição de liberdade perfeita. Sei que o Filho de Deus manifestou-se com o propósito de destruir todas as obras malignas do inimigo. E sei que Ele fez isso por mim. Ando na liberdade do Espírito, e fui liberado pela lei do amor. Fui liberto da maldição da lei, e não estou mais preso pelo pecado, pela carne, pelo mundo ou pelo diabo. Anuncio que sou livre para fazer o que é certo e obedecer avontade de Deus, servindo meu Senhor e Salvador com toda parte do meu ser. Sei que não pertenço a mim mesmo, pois fui comprado pelo grande preço manchado pelo sangue. Pertenço agora a Jesus, e estou ansioso em cumprir sua ordem. Renuncio ao pecado, Satanás e todas as suas obras malignas. Fico firme em minha liberdade,vivendo na vitória de Cristo para sempre. Se você quiser compartilhar seu testemunho pessoal na vitória sobre o espírito de Jezabel, ou gostaria de pedir uma oração, ou gostaria obter alguma informação sobre o KensingtonTemple e a London City Church network, por favor escreva para: Kensington Temple/London City Church Kensington Park Road London W11 3BY England VENHA ESTUDAR EM LONDRES Na Escola Bíblica do Pastor Colin Dye Desde que iniciamos o InternationalBibleInstituteofLondon (IBIOL) in 1985 e o InternationalSchoolofLanguages (ISOL) em 1995, milhares de pessoas estudaram conosco e centenas estão agora servindo ao Senhor, colocando em prática aquilo que aprenderam. Muitos deles são pastores em uma de nossas Igrejas impactando assim a capital da Inglaterra e o mundo. Deus nos mostrou um sistema de treinamento que tem sido efetivo, apresentando quatro etapas, sendo esta a base de nossa filosofia de treinamento. 1) Prioridade no Discipulado Pessoal; 2) Visão Mundial; 3) Paixão por Evangelismo; 4)Sede pelo Ministério do Espírito Santo e Poder. Com cursos especialmente preparados para cada nível de candidato o IBIOL e ISOL oferecem cursos de Inglês, do nível iniciante até o nível avançado, onde os alunos podem prestar exames para obter os Diplomas das Universidades de Cambridge e Oxford. Também oferecemos cursos teológicos que vão de 1 ano (Diploma em Ministério), 2 anos (Diploma Avançado em Ministério) a Diploma de Pós-Graduação em Missões (Curso este oferecido somente para obreiros e graduados em Teologia). Com uma cultura rica e diversa Londres é uma das maiores cidades do mundo onde se concentram povos de todas as nações e as maiores religiões mundiais com mais de 2 milhões de muçulmanos, 1 milhão de hindus, 1 milhão de Siks e mais de 500 mil judeus. OIBIOL e ISOL funcionam na maior igreja do Reino Unido encontrando-se estrategicamente no coração de Londres para alcançar o mundo. Estudando num ambiente onde há vida e um poderoso crescimento de uma Igreja ativa. Você se encontrará numa posição estratégica para ser treinado para o ministério da Igreja atual. 64


Nossa filosofia de trabalho dirige-se essencialmente à preparação Linguística, Teológica, Bíblica, Espiritual e Transcultural dos alunos e candidatos ao ministério Cristão. Para maiores informações e formulário de inscrição, escreva hoje mesmo para: International Bible Institute of London Kensington Temple Kensington Park Road London Wll 3BY Inglaterra Web Page http://www.ken-temp.org.ukE-mail: ibiol@dircon.co.uk

65

Satanás Desmascarado, Vencendo o Espírito de Jezabel - Colin Dye  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you