__MAIN_TEXT__

Page 1

Edição 1


Projeto

Minha Primeira Obra”

Partindo do conceito de que a obra é para se apreciar e também ser adquirida, a Kamara Kó lança o projeto “Minha Primeira Obra”, que incentiva a formação de novos colecionadores de arte, pesquisadores e público em geral amantes de arte. A ideia é reunir em cada edição quatro artistas, que terão três de suas obras, ofertadas ao público, com desconto a partir de 30%. A Edição 1 inicia com os trabalhos de Alexandre Sequeira, Keyla Sobral, Miguel Chikaoka e Pedro Cunha. A Galeria foi criada em 2011, com objetivo de ser um interlocutor na aquisição de obras artísticas, assessorando clientes interessados em desenvolver os conhecimentos para uma boa apreciação da arte fotográfica. A Kamara Kó reúne, hoje, em seu quadro, artistas premiados e renomados nacional e internacionalmente. Estes profissionais já participaram de salões de arte e mostras coletivas e têm obras em acervos importantes de museus de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Nova York, Paris etc. Com linguagens, técnicas e suportes distintos, a produção desses artistas oferece uma rica e peculiar diversidade. São imagens urbanas, documentais, abstratas, humanas, universais utilizando técnicas diversas como várias formas de expressão de artes visuais contemporânea.


Artistas Alexandre Sequeira Keyla Sobral Miguel Chikaoka Pedro Cunha


Alexandre Sequeira Alexandre Sequeira -1961 - Artista plástico, com um vasto currículo na área de Artes Visuais desenvolve trabalhos em fotografia e participou de exposições no Brasil e exterior, o qual se pode destacar “Une Certaine Amazonie” na França; Bienal Internacional de Fotografia de Liège/ Bélgica; “Quatro Artistas Brasileiros” Engrame/ Canadá e Projeto Portfólio em São Paulo/Brasil entre outros. Das obras do artista que compõe a exposição, encontram-se três imagens inéditas da série “O tempo das coisas” produzidas em 2015, todas em sua primeira tiragem sendo exibidas pela primeira vez, extraordinariamente, em “Minha Primeira Obra”.


Autor: Alexandre Sequeira Título: O tempo das coisas 01, 2015. Técnica: Fotografia Digital. Em papel Hannemuller fine-Art com impressão Ink-Jet Ultra Chrome HDR. Dimensão: 0,60 x 0,40 m Tiragem: 01/10


Autor: Alexandre Sequeira Título: O tempo das coisas 02, 2015. Técnica: Fotografia Digital. Em papel Hannemuller fine-Art com impressão Ink-Jet Ultra Chrome HDR. Dimensão: 0,60 x 0,40 m Tiragem: 01/10


Autor: Alexandre Sequeira Título: O tempo das coisas 03, 2015. Técnica: Fotografia Digital. Em papel Hannemuller fine-Art com impressão Ink-Jet Ultra Chrome HDR. Dimensão: 0,60 x 0,40 m Tiragem: 01/10


Keyla Sobral Keyla Sobral - Artista Visual, Mestranda em Artes pela UFPA, editora da revista eletrônica de arte e cultura Não lugar, (www.naolugar.com.br) além de ser colaboradora do Blog de arte e cultura contemporânea Novas Medias. Participa ativamente da vida cultural da cidade, em mostras coletivas e individuais, assim como em eventos fora de Belém. Entre as exposições destaca a individual Silencio Povoado, selecionada no programa de exposições do Centro Cultural São Paulo, 2013; Tripé Jambu no Sesc Pompéia – SP, 2011; O Triunfo do Contemporâneo em Porto Alegre, 2012; Entre Lugares,2012. Ganhou recentemente Prêmio Residência Artística do Centro Cultural São Paulo 2014; cumpriu residência artística na Kunsthaus- Alemanha 2006; Prêmio aquisição do Salão Pequenos Formatos – PA -2011; prêmio aquisição do salão ARTE PARÁ 2011; prêmio VIVO ARTE MOV de mídias locativas da eco região amazônica 2012; e foi convidada a participar do projeto Amazônia das Artes, onde fez exposição individual em cinco estados da região amazônica em 2013. .


Autor: Keyla Sobral Título: Eis Aqui o silêncio que me povoa, 2015 Luminoso em Led Tiragem: 2/5


Autor: Keyla Sobral S/titulo, 2014 Tamanho: 15x15 cm Desenho nanquim s/papel


Autor: Keyla Sobral S/titulo, 2015 Desenho nanquim s/papel Tamanho: 42x29,7 cm


Autor: Keyla Sobral TĂ­tulo: TerritĂłrios, 2016 Desenho nanquim s/papel Tamanho: 15x15 cm


Miguel Chikaoka Miguel Chikaoka – 1950, nasceu em Registro (SP), morou na França, iniciando sua atividade com a fotografia, mas assentou raízes em Belém (PA), onde há mais de 35 anos desenvolve um trabalho pedagógico que se tornou referencia no Brasil. Fundador da Agência Kamara Kó (1991) e Idealizador e Membro fundador da Associação FotoAtiva. Em 2012 recebe a comenda da Ordem do Mérito Cultural do MINC pela sua contribuição a fotografia brasileira. É também pesquisador persistente do campo da imagem e da luz, e sua atuação como professor está imersa em uma poética que se estende, de modo orgânico, à sua produção fotográfica. Mas, possivelmente por se dedicar integralmente à atividade pedagógica, Chikaoka pouco apresenta sua imensa produção autoral propriamente dita, aos cuidados da Kamara Kó Fotografias. Entre outros, tem obras nos acervos do Prêmio Brasil Fotografia – Centro Cultural Porto Seguro, Museu da Universidade Federal do Pará, Museo de Arte de las Américas, OEA,Washington, USA, Museu Casa das Onze Janelas , Acervo da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, Acervo do Museu de Arte de São Paulo - Coleção Pirelli Masp de Fotografias e coleções particulares . Em “Minha Primeira Obra”, Miguel apresenta obras em preto e branco de sobreposição em negativos, produzidas nos anos 90.


Autor: Miguel Chikaoka Sem Titulo , 1996 Sobreposição em negativo Tamanho: 50x 75 cm Tiragem: No. 1


Autor: Miguel Chikaoka Sem titulo, 1991 Sobreposição em negativo Tamanho: 40 x 60 cm Tiragem: No. 2


Autor: Miguel Chikaoka Sem titulo, 1991 Sobreposição em negativo Tamanho: 40 x 60 cm Tiragem: No.3


Pedro Cunha Pedro Cunha – 1970, nasceu em Fortaleza (CE), vive e trabalha em Belém (PA) desde 1995. Inquieto e andante, o artista executa outros movimentos, mistura-se à veloz multidão urbana, imprimindo a si mesmo o lento ritmo de quem, atento, percebe o passo quase inaudível daquele que caminha pelas ruas, centrado em si, habituado à paisagem, aos corriqueiros deslocamentos. Tais traços são percebidos em suas imagens, Estava lá em 2007 e Encontros da série “Continua na minha memória” e We are de “Urbana Íris”, produzidas entre 2007 e 2012. Tem participado de várias exposições, entre elas: Salão Unama Pequenos Formatos (Belém, 2006 e 2012); Salão Arte Pará (Fundação Romulo Maiorana, Belém, 2007); Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia (RBA, Belém, 2013 e 2015); Pará cartografias contemporâneas (SESC São Paulo, 2009); Exposição Indicial – SESC (Belém, 2010); 100MENOS10 O olhar que vem da terra (Galeria Virgílio, São Paulo, 2012); Além de um lugar (Caixa Cultural, Brasília, 2014), Silêncios e Vazios (Galeria CCBEU, Belém, 2014). Teve a primeira exposição individual Miragem urbana inaugurando a Galeria Kamara–Kó, em agosto de 2011. Possui obras no acervo do Banco da Amazônia e Centro Cultural Casa das 11 Janelas em Belém(PA).


Autor: Pedro Cunha Título: Estava Lá em 2007 Da série “...continua na minha memória”, 2007 Tamanho: 90 x 60 cm Tiragem 7 + 2PA


Autor: Pedro Cunha Título: Encontro Da série “...continua na minha memória”, 2012 Tamanho: 80 x 60 cm Tiragem: 7 + 2PA


Autor: Pedro Cunha Título: We Are Da série Urbana Íris,2012 Tamanho: 70x70cm Tiragem 7 + 2PA


Serviço Kamara Kó – Galeria – Travessa Frutuoso Guimarães, 611 – entre General Gurjão e Riachuelo. Bairro da Campina. Fone: Telefone: 3261-4809. Mais informações Site: http://www.kamarako.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/kamarakogaleria


Profile for Kamara Kó Galeria

1a ed. MINHA PRIMEIRA OBRA  

Catálogo de obras da Primeira edição do projeto MINHA PRIMEIRA OBRA, Kamara Kó Galeria, Belém/PA (2015)

1a ed. MINHA PRIMEIRA OBRA  

Catálogo de obras da Primeira edição do projeto MINHA PRIMEIRA OBRA, Kamara Kó Galeria, Belém/PA (2015)

Advertisement