Page 1

04 convenções

> Convenções Federativas no Algarve, Setúbal e Viseu

06 JS em acção

> JS Ribatejo lançou blogue oficial

JOVEM socıalista

NÚMERO 493 / 13 Abril 2010

Director Tiago Gonçalves

Directores-Adjuntos David Erlich, Luís Pereira e João Correia

Equipa Responsável Ana Catarina Aidos, Ana Nicolau, Bernardo Narciso, Gonçalo Oliveira, Guido Teles, Inês Mendes, Mariana Burguette, Marta Pereira, Orlando Videira, Rui Moreira, Susana Guimarães e Tânia Pires

ÓRGÃO OFICIAL DA JUVENTUDE SOCIALISTA

JS de Paredes inaugurou sede

própria

A inauguração contou com a presença do Secretário Nacional Pedro Delgado Alves, do Presidente da Federação da JS/Porto, João Torres e do deputado Nuno Araújo Pág. 2 Comissão Nacional da JS reuniu em Odemira onde participou também Mariano Gago Contra-Capa

JS em Acção Projecto de lei quer ver factura energética do Estado divulgada

Pág. 6

> cá por dentro Promoção do emprego jovem nos Açores motivou reunião entre JS e Associação de Municípios Pág. 3

Café-debate com Duarte Cordeiro em Sintra para debater arrendamento jovem Pág. 7


02

Termó metro Noventa por cento das empresas portuguesas prevêem manter ou aumentar pessoal até Junho O recente estudo da MRINetwork aumenta as perspectivas de incremento da procura de trabalhadores para ingressarem ou a manterem-se nos quadros das empresas. É fundamental a aposta nos trabalhadores e é este o momento de os trabalhadores que se encontram numa situação de desemprego demonstrarem aos empregadores o esforço de actualização e busca de conhecimentos que fizeram nesse interregno. Nos EUA, já se fala de retoma económica… Aguardemos!

JS contra o adiamento da tributação de mais-valias bolsistas Não é uma posição fácil de sustentar, económica ou politicamente, mas a JS manteve a sua posição sobre a necessidade de o PEC consagrar, já este ano, a tributação de maisvalias bolsistas em 20%. No entanto, diz-me a experiência quotidiana, que este assunto merece uma reflexão séria e cuidada, até porque, os impactos que pode ter, podem tornar a medida mais negativa que positiva.

Sinistralidade Rodoviária A operação Páscoa da GNR, registou menos acidentes e mortos nas estradas portuguesas nos quatro dias em que se desenvolveu. No entanto, há ainda muito trabalho a fazer… Quem anda na estrada sabe que as palavras “civismo” e “condução defensiva” ainda estão a demorar tempo a entrar na rotina dos condutores.

Pedofilia na Igreja Católica Os recentes escândalos de pedofilia na Igreja Católica são a marca visível de uma comunidade onde também há pecado, também há falhas graves e muito trabalho para fazer. Pior é que se tente esconder isso, se tente apagar tais actos, tudo para que eles não venham a público. Contudo, o efeito é semelhante ao de meter uma bola dentro de um tanque com água… Quando emerge vem com um impacto ainda maior!

por João Correia

joao.correia@juventudesocialista.org

Cápordentro JS Paredes inaugurou sede própria No passado dia 6 de Março, a Juventude Socialista de Paredes inaugurou, oficialmente, a sua nova sede, e teve a honra de contar com a presença de Nuno Araújo (Deputado da Assembleia da República), João Torres (Presidente da Federação Distrital JS Porto) e de Pedro Delgado Alves (Membro do Secretariado Nacional da JS). Nesta iniciativa ímpar a nível nacional também estiveram presentes outros coordenadores concelhios, militantes, amigos e simpatizantes da Juventude Socialista, assim como, representantes do Partido Socialista de Paredes. Nuno Araújo felicitou a Juventude Socialista de Paredes, na pessoa do seu coordenador, José Luís Sá, por todo o trabalho desempenhado até ao momento, assim como, pela iniciativa de criar núcleos de estudantes socialistas nas Escolas Secundárias e todo o dinamismo com que esse projecto é encarado. Referiu ainda a urgência na implementação prática do Conselho Municipal de Juventude por parte da Câmara Municipal de Paredes e a necessidade de a JS ser um motor de avanço dessa proposta. Por sua vez, João Torres referiu estar atento aos serviços de comunicação social locais, mostrando-se satisfeito pela forma positiva como é encarada a Juventude Socialista de Paredes. Para o presidente da Federação o objectivo da JS/Paredes tem sido o combate às desigualdades,

Espaço moderno e acolhedor para fomentar o debate político pelos jovens de Paredes

procurando uma sociedade mais justa e moderna, debatendo, sobretudo os interesses e necessidades dos jovens de Paredes. João Torres referiu Descerramento da placa de inauguração da Sede da JS de Paredes; js parede ainda que a colaboração do PS de Paredes com os jovens socialista do concelho é tremendamente necessária porque só na base dessa colaboração e na confiança nestes jovens é que será possível alcançar bons resultados. Já o Secretário Nacional da JS, Pedro Delgado Alves, reconheceu na Juventude Socialista de Paredes o carisma necessário para uma juventude partidária de sucesso, relembrando a sua presença numa iniciativa da JS Paredes, o”Espaço de Ideias”, aquando as eleições europeias afirmando: “é uma honra estar aqui presente!”. Pedro Delgado Alves afirmou ainda que a inauguração de uma sede pode parecer uma coisa simples, contudo, é mais um grande passo. Todos os intervientes foram unânimes no reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo coordenador da JS de Paredes, José Luís Sá, que assumiu a necessidade e a carência de um espaço onde a juventude possa debater as suas dificuldades. A iniciativa terminou com um porto d’honra. por Redacção com JS/Paredes

jovemsocialista@juventudesocialista.org

JS Alcântara e Belém organizaram conferência sobre políticas de juventude No passado dia 3 de Março realizou-se na sede da JS Ajuda uma conferência entitulada Politicas de Juventude: Uma visão de Futuro, organizada pelos núcleos da JS de Alcântara e Ajuda. Para debater este assunto estiveram presentes Duarte Cordeiro (Sec. Geral da JS e deputado do PS na AR) e Diogo Leão (Coordenador JS Lisboa e deputado AML) conseguindo assim, uma perspectiva nacional e outra municipal lisboeta, respectivamente. O primeiro orador a invervir foi Diogo Leão, que deixou bem clara a falta de sensibilidade dos partidos políticos na auscultação das soluções apresentadas pelas várias organizações formadas por jovens, mais precisamente, as juventudes partidárias, sendo esta uma das principais razões para a fraca eficácia de algumas políticas de juventude. Na sua intervenção, Diogo Leão deu vários exemplos que se passaram no municipio de Lisboa, sublinhando que com a Câmara PS liderada por António Costa existe uma relação completamente diferente. Quando Duarte Cordeiro tomou a palavra, começou por fazer um enquadramento legal das políticas de juventude referindo a protecção constitucional que usufruem os jovens portugueses, realçando que, para a JS qualquer medida tomada para os jovens deve, acima de tudo, lutar contra as desigualdades, seja na educação, no emprego ou na habitação. E foi nestas três áreas que o Secretário-Geral da JS centrou a sua intervenção. Duarte Cordeiro, sublinhou a importância da qualificação dos jovens para a entrada no mercado de trabalho, lembrando algumas medidas do PS neste sentido:

alargamento do ensino obrigatório até ao 12º ano, manuais escolares gratuitos para as famílias mais desfavorecidas, comparticipação do passe para os transportes públicos, mais apoios sociais para os estudantes no ensino superior. Ao terminar, mostrou a relevância dos incentivos à habitação e criticou duramente o programa de arrendamento Porta 65, revelando a pouca abrangência deste. Daí ter participado numa resolução que visa proceder a algumas modificações que contribuam para a sua reformulação a prazo. Posto isto, ambos os oradores concordaram na importância que as câmaras municipais assumem na complementaridade com as políticas da juventude do governo, tendo a JS elaborado um manual das boas práticas autárquicas com base em contributos de todos os municípios do país, este deve ser um exemplo para todos os presidentes de câmara portugueses. Esta estratégia aliada às reivindicações dos jovens portugueses poderá garantir um futuro melhor para as próximas gerações e proporcionará uma nova visão que influenciará os próximos governantes a agir por mais igualdade. por Ana Nicolau ana.nicolau@juventudesocialista.org


03

Promoção de emprego jovem nos Açores levou JS a reunir com Associação de Municípios A Juventude Socialista Açores reuniu com João Ponte, Presidente da Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, com o objectivo de apresentar um Dossier com várias propostas que visam a promoção do emprego jovem. Reconhecendo, muito embora, que esta matéria extravasa as competências legais dos municípios, a Juventude Socialista Açores entendeu inevitável que, nesta fase, todos os agentes políticos fossem chamados a contribuir para a promoção e facilitação do emprego jovem, de modo a minimizar os danos para a população, emergentes da conjunta macroeconómica que o mundo atravessa. A J.S. Açores marcou, assim, a diferença em relação aos partidos da oposição e respectivas estruturas políticas de juventude que se têm limitado a fazer diagnósticos, sem apresentar qualquer proposta concreta. Entre outras, constam do dossier entregue à Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores as seguintes medidas: - Redução, ou se possível, transitoriamente por um período de dois anos, isenção das taxas de loteamento, de licenciamento e de infra-estruturações para o fornecimento de água na construção de empresas que comprovem o seu impacto na economia local e a criação de postos de trabalho para jovens abaixo dos 35 anos; - Redução, ou se possível e transitoriamente por um período de dois anos, isenção das taxas de água e de recolha de resíduos às empresas detidas por jovens ou que empreguem jovens abaixo dos 35 anos, sendo essa redução aumentada tendo em conta o número de empregados jovens; - Redução, ou se possível e transitoriamente por um pe-

ríodo de dois anos, isenção das taxas de publicidade às empresas detidas por jovens ou que empreguem jovens abaixo dos 35 anos, sendo essa redução aumentada tendo em conta o número de empregados jovens; - Redução, ou se possível e transitoriamente por um período de dois anos, isenção das taxas de ocupação da via pública às empresas detidas por jovens ou que empreguem jovens abaixo dos 35 anos, sendo essa redução aumentada tendo em conta o número de empregados jovens; - A criação de incubadoras de ideias municipais que dêem os meios logísticos necessários para o desenvolvimento de ideias de negócio de jovens, com benefícios tendo em conta o número de postos de trabalho jovem criados. Estes espaços devem ter as condições administrativas necessárias ao seu funcionamento, de forma a permitir, igualmente, o aconselhamento jurídico-financeiro necessário aos potenciais jovens empresários. - Criação do Gabinete de Apoio ao Investidor que tenha um gestor de projecto que dê seguimento e resposta a todos os requisitos burocráticos para qualquer jovem que queira instalar uma empresa no concelho. Expectante relativamente à implementação destas medidas, a Juventude Socialista Açores entende ter contribuído de forma concreta para amenizar essa grave consequência da crise económica que é o desemprego. por Guido Teles guido.teles@juventudesocialista.org

Concelhia de Vila Nova de Famalicão da JS lança Campanha de Prevenção ao HPV Iniciou-se no dia 26 de Março, a Campanha de Informação e Prevenção do Vírus do Papiloma Humano levada a cabo pelo gabinete da saúde da concelhia de Vila Nova de Famalicão da Juventude Socialista, coordenado por Liliana Ferreira. Esta primeira Campanha de Prevenção ao HPV iniciou-se na Didaxis Cooperativa de Ensino de Riba D’ Ave, com a distribuição de mais de 500 panfletos informativos sobre este vírus que assombra centenas de jovens em Portugal. Este cancro do Colo do Útero é o segundo cancro mais comum a nível mundial, e transmite-se, não só por contacto sexual, mas este contacto é o que mais potencia a transmissão do HPV. A JS, com esta campanha pretende passar a mensagem aos jovens dos comportamentos de risco de transmissão deste vírus do HPV, com slogan “Protege-te prevenindo-te”, e realça a vacinação como um modo de combate

contra as infecções do vírus do Papiloma Humano. O Governo Socialista inseriu no Programa Nacional de Vacinação a vacina contra o HPV, e esta é efectuada gratuitamente, nos Centros de Saúde, a todas as raparigas que perfazem 13 anos. No início da próxima semana, o Gabinete de Saúde da JS, irá realizar campanhas de igual dimensão, em todas as Escolas do Concelho, nomeadamente D. Sancho I e Camilo Castelo Branco. por Redacção com JS/Vila Nova de Famalicão

jovemsocialista@juventudesocialista.org

JS Porto lança jornal na cidade A JS Porto lançou no dia 26 de Março o seu jornal oficial, «Um Porto de Mudança». É mais um marco no envolvimento da JS Porto com a cidade e do alargamento da sua influência, sendo distribuído gratuitamente em vários locais do Porto, em particular junto do público mais jovem. O jornal de oito páginas a cores terá periodicidade regular com tiragem de 10.000 exemplares e pretender reunir as principais notícias e posições da JS Porto, complementando a intervenção da estrutura. Para assinalar o lançamento do seu jornal, a JS Porto organizou uma festa com um porto d’honra numa das discotecas mais conhecidas da cidade, reunindo 250 jovens e onde esteve presente o Secretário-Geral Adjunto da JS, Pedro Vaz. por Redacção com JS/Porto

jovemsocialista@juventudesocialista.org

Editorial

Tiago Gonçalves

Director do Jovem Socialista

tiagogoncalves@juventudesocialista.org

Ventos de Abril Estamos prestes a comemorar mais um aniversário da Revolução dos Cravos. Com o 25 de Abril de 1974, além da devolução aos portugueses das suas liberdades, quer políticas, quer cívicas, conquistou-se um passo muito importante, o de dar a palavra ao povo no que toca à eleição dos órgãos das autarquias locais. E se esse vento de Abril hoje nos permite ter uma palavra a dizer sobre o destino das nossas terras, é importante que tenhamos também, um conjunto de propostas e de ideias, para cumprir uma das missões mais nobres que Abril nos deu e que foi a de representar o povo enquanto eleitos locais. Para cumprir essa missão da melhor forma, destaco a iniciativa que em boa hora o Secretário-Geral da JS, Duarte Cordeiro e o Secretariado Nacional da JS, em concreto, o pelouro das Autarquias Locais, levaram a cabo com a produção do Guia de Boas Práticas Autárquicas, um elemento fundamental para o tão necessário apoio aos autarcas da JS espalhados pelo país fora. Esta é mais uma acção positiva deste mandato. Na madrugada do dia 25 de Abril iremos lançar, às zero horas, dois novos projectos do Jovem Socialista. Com o seu lançamento estaremos assim, de novo, na vanguarda no que respeita à comunicação no plano das juventudes partidárias do nosso país. É com orgulho que vejo estes projectos a crescer com base num conjunto de camaradas da JS que integram a equipa do Jovem Socialista e que a estes projectos se entregam voluntariamente de corpo e alma. E esse orgulho ainda sai mais redobrado, quando se lê em lugares comuns da nossa praça, associações maldosas, críticas fáceis e insultos gratuítos a quem decide filiar-se numa juventude partidária, confundindo-se muitas vezes uma árvore com uma floresta inteira. É por isso que é bom saber que na JS há muitas florestas verdes e bem orgulhosas do trabalho que todos dias fazem, orientado sempre por um ideal: Avançar Portugal.

Um abraço amigo do

Jornal da Concelhia do Porto da JS será meio de comunicação e intervenção ada estrutura junto dos jovens da cidade


04

> JS EM ACÇÃO <

Algarve, Guarda, Setúbal e Viseu realizaram Convenções Federativas, elegendo novos órgãos FEDERAÇÃO REGIONAL DO ALGARVE Nos dias 20 e 21 de Março, em Portimão, no Auditório do Portimão Arena foram eleitos os novos órgãos regionais da Juventude Socialista do Algarve, na X Convenção Regional da JS Algarve.

Vista geral da X Convenção Regional do Algarve da Juventude Socialista realizada em Portimão

Márcio Viegas, é o novo Presidente da Federação Regional do Algarve da JS, sucedendo a André Gomes

Márcio Viegas foi eleito Presidente da Federação do Algarve da Juventude Socialista, sucedendo a André Gomes, para os próximos dois anos, tendo sido o primeiro subscritor da Moção Global de Estratégia “A Jota com Voz”. Estiverem presentes na Convenção o Presidente do PS Algarve e Deputado da Assembleia da República Miguel Freitas, a Governadora Civil do Distrito de Faro - Isilda Gomes, o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Portimão - Luís Carito e o Secretário Nacional da JS, Pedro Delgado Alves. Para a JS Algarve destacam-se como prioritárias as questões da Emancipação Jovem (educação, emprego e habitação), a defesa da Regionalização, do Desenvolvimento Sustentável (ambiente, energia e transportes), a concretização de uma Estratégia Regional para o Empreendedorismo e o compromisso de avançar com um Fórum Permanente de reflexão estratégica.

Pedro Rebelo considera que a sua vitória – venceu por 72% contra 28% de Luciano Ribeiro – “é um sinal de que a proximidade com todas as concelhias, o andar no terreno, é a melhor maneira para estar na JS” acrescentando que “foi esse o factor que permitiu conquistar uma vitória esmagadora”. “Tudo farei para preparar Pedro Rebelo é o novo presidente da Federação da JS da esta JS, com quadros Guarda, tendo sido eleito na Convenção Distrital que decorreu qualificados, no sentido em Vilar Formoso de integrarem as listas do Partido Socialista (PS) em 2013. Se tivermos uma JS forte, uma JS unida, tenho a certeza que vamos ser capazes de inverter esta tendência e conquistar algumas autarquias ao PSD”, afirmou o novo líder da JS. Por outro lado, o candidato derrotado nestas eleições, Luciano Ribeiro, demonstrou disponibilidade para “trabalhar com Pedro Rebelo”, considerando que “foi a Juventude Socialista que saiu a ganhar deste processo eleitoral”. “Acho que quem saiu a ganhar deste processo foi a JS, porque conseguimos debater a situação do Distrito e foi isso que me moveu para esta candidatura. Estou disponível para ajudar a agir “Mais pela Guarda”, sublinhou o presidente da Junta de Freguesia de São Romão. O membro da Comissão Política Nacional do PS, Santinho Pacheco, também marcou presença na Convenção Distrital da JS da Guarda, onde reconheceu que a falta de organização da JS sempre foi uma falha do Partido, acrescentando contudo que o cenário começa a alterar-se com os jovens que integram movimento. “Sempre foi uma pecha do PS não ter uma juventude organizada. Culpa nossa, dos autarcas do meu tempo. Mas, agora, assistimos a uma viragem. Ver que hoje estão aqui reunidos cerca de 70 militantes é um sinal de mudança dos tempos. Agir mais pela Guarda é a lição que devemos retirar desta convenção”, frisou Santinho Pacheco.

FEDERAÇÃO DISTRITAL DA GUARDA Pedro Rebelo venceu, no passado dia 27 de Março, as eleições para a liderança da Federação da Juventude Socialista da Guarda. O subscritor da moção “Mais JS! Mais Guarda” obtendo 50 votos, contra os 21 obtidos pelo presidente da Junta de Freguesia de São Romão, Luciano Ribeiro, numa convenção que marcou, ainda, a despedida de Nuno Silva da liderança dos jovens socialistas. A expectativa de mobilizar os jovens, para a participação na vida pública, e a criação de um Conselho Consultivo são os assuntos que vão marcar o mandato do novo líder da Federação da Juventude Socialista (JS) da Guarda, eleito no último dia 27 de Março, em Vilar Formoso. Foi essa mensagem que levou Pedro Rebelo à vitória e que obrigará ao esforço de “promover a proximidade entre a Federação da JS e os jovens do Distrito em torno de um partido ainda mais sólido”. “Há três eixos que, para mim, são fundamentais. Um deles será a comunicação entre as estruturas, nomeadamente com a criação de novas estruturas que não existem, como é o caso de Aguiar da Beira, Pinhel e Fornos de Algodres. Mas, acima de tudo, esta moção contará com um secretariado descentralizado, muito prudente nas concelhias, que vai promover planos de desenvolvimento para que tenhamos uma JS mais activa e interventiva ao nível distrital”, sustentou.

O Presidente da Federação de Setúbal do PS, Vitor Ramalho, esteve presente, a par de Pedro Delgado Alves, em representação do Secretário-Geral da JS, na sessão de encerramento da VII Convenção Federativa Distrital da JS de Setúbal, que elegeu Pedro Ruas, como presidente da Federação

FEDERAÇÃO DISTRITAL DE SETÚBAL Decorreu no passado dia 27 de Março, em Setúbal, no Auditório do Instituto Português da Juventude, a VII Convenção Federativa Distrital de Setúbal da Juventude


05

> JS EM ACÇÃO <

Rafael Guimarães, foi eleito presidente da Federação Distrital de Viseu da JS, na XII Convenção Distrital realizada no dia 13 de Março

Socialista, que elegeu Pedro Ruas, militante da concelhia de Grândola e presidente da Junta de Freguesia de Azinheira de Barros e São Mamede do Sádão, como Presidente da Federação, subscrevendo a moção “Unir o presente para ganhar o futuro”. Ivan Gonçalves, coordenador da JS de Almada foi eleito o Presidente da Mesa da Comissão Política da Federação. Nesta convenção foram apresentadas três moções sectoriais, vindas das concelhias de Almada, Barreiro e Setúbal, subordinadas a temas como o combate às desigualdades sociais no distrito, a organização interna e os conselhos municipais de juventude, respectivamente. No encerramento esteve presente, em representação do Secretário-Geral da JS, o Secretário Nacional, Pedro Delgado Alves, numa sessão que contou igualmente com a presença de Vitor Ramalho, presidente da Federação Distrital de Setúbal do PS.

Secretário Nacional da JS, Pedro Alves, e outros dirigentes locais e distritais do PS e da JS marcaram presença na sessão de encerramento deste conclave da JS de Viseu. por Susana Guimarães

susana.guimaraes@juventudesocialista.org

FEDERAÇÃO DISTRITAL DE VISEU Teve lugar em Moimenta da Beira, no passado dia 13 de Março, a XII Convenção Distrital da JS Viseu. Rafael Guimarães foi eleito como Presidente da Federação de Viseu tendo sido o primeiro subscritor da Moção Global de Estratégia “ Está na Hora!” em que há uma preocupação em relação a alguns pontos importantes para os jovens, sendo estes essencialmente: Educação, Emancipação Jovem, Emprego e Empreendedorismo, Políticas Sociais e Saúde, Associativismo e Cultura e Regionalização. Pedro Sengo, da concelhia de Lamego, foi eleito presidente da Mesa da Comissão Política Federativa da JS de Viseu. José Junqueiro, presidente da Federação Distrital do PS de Viseu, Miguel Ginestal, o presidente da Câmara de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira, eleito pelo PS, o

Vista da Mesa que dirigiu os trabalhos da XII Convenção Distrital de Viseu da Juventude Socialista, que decorreu em Moimenta da Beira


06

> JS EM ACÇÃO <

JS Ribatejo manifesta-se contra a obstrução pela CDU da criação do Conselho Municipal de Juventude de Constância Os Conselhos Municipais de Juventude (CMJ) são um instrumento importante para a maior participação dos jovens na democracia e na cidadania activa, obrigatórios após a aprovação da Lei n.º 8/2009, à altura proposta pelos deputados da Juventude Socialista e do então Secretário-Geral, Pedro Nuno Santos. Todavia, vários municípios têm vindo a inviabilizar a criação destes órgãos consultivos e promotores da participação dos jovens. A JS do Ribatejo vê nestas atitudes, no que concerne ao distrito de Santarém um “objectivo claro da não participação dos Jovens nas decisões locais”. Condenando a atitude de vários munícipios liderados pelo PSD e pela CDU e tendo como último caso o de Constância, cuja autarquia é liderada pela CDU, onde “motivos meramente economicistas” a formação comunista em maioria nos órgãos autárquicos impediu a criação do Conselho Municipal de Juventude. Quanto aos factos e às atitudes a JS Ribatejo mostra uma firme oposição, deixando o aviso de que não se resignará. por Redacção com JS/Federação do Ribatejo

jovemsocialista@juventudesocialista.org

...e lança blogue oficial

Federação Académica de Lisboa com novo rumo O Plenário da Federação Académica de Lisboa (FAL) da Organização Nacional de Estudantes Socialistas do Ensino Superior aprovou o seu novo Regimento e o Núcleo de Coordenação, sob proposta do Coordenador Académico, David Erlich. Reunido no dia 23 de Março, na sede do PS lich felicitou o Plenário pelas votações e de/ FAUL, o Plenário da FAL aprovou o seu bate, afirmando que liderará a FAL com um novo Regimento. Na apresentação do mesespírito dialogante, “pois é do diálogo que mo, David Erlich salientou o espírito dialonascem as melhores soluções”. Sublinhou gante que esteve na sua génese, o rigor de que, no próximo Plenário, marcado para procedimentos que o mesmo traz à estrudia 29 de Março, se levará a cabo a votação tura, a democraticidade que implementa do Plano de Actividades. Assim, “em Abril, e a eficácia que o Regimento traz à FAL, ao mês da liberdade, teremos uma FAL pronta prever a eleição de um órgão de apoio ao a trabalhar, com um novo Regimento, uma Coordenador, o Núcleo de Coordenação. nova Equipa e um novo Plano de ActividaDavid Erlich no Plenário que o elegeu como Depois do debate e da votação separada des. Um novo rumo.” Coordenador de uma alínea de um artigo, referente aos Recorde-se que a FAL é a estrutura moldes de revisão do Regimento, o restante documento federativa, na área urbana de Lisboa, dos Núcleos de foi aprovado por unanimidade. Seguidamente, proceEstudantes Socialistas (NES). O seu órgão executivo é deu-se à eleição do Núcleo de Coordenação, composto unipessoal, designando-se por Coordenador Académico pelos camaradas Christina Kronback, Saúl Pereira, Igor Federativo, cargo para o qual David Erlich foi eleito por Carvalho, Marcelo Sanches, Maria Begonha, Frederico unanimidade, no dia 1 de Março. O Plenário Académico Aleixo, Andreia Pito, Catarina Telinhos, Daniel Rebelo, Federativo, órgão deliberativo que elege o Coordenador, Jorge Oliveira, Débora Lereno e Pedro Saraiva. é composto pelo próprio Coordenador, pelos CoordenaJoão Rocha, em nome da JS / FAUL, felicitou o novo dores dos NES e por um representante da JS / FAUL. rumo da FAL, desejando bom trabalho a todos. David Erpor Luís Pereira luis.pereira@juventudesocialista.org

JS Felgueiras organizou jantar de tomada de posse A Juventude Socialista de Felgueiras organizou, no passado dia 26 de Março, um jantar de tomada de posse para assinalar a revitalização da estrutura. Neste jantar participaram cerca de 100 jovens felgueiEduardo Bragança, o secretário-geral adjunto da JS, renses, de diversas freguesias do concelho, Pedro Vaz, o presidente da Federação Distritendo comparecido ainda militantes de tal da JS Porto, João Torres, e o presidente outros concelhos do distrito. A recém-eleita da Federação Distrital do PS Porto, Renato coordenadora concelhia, Elisabete Ribeiro, Sampaio. Nas diferentes intervenções da apresentou publicamente os principais pronoite, os oradores mostraram-se confiantes jectos que pretende empreender durante no trabalho que a concelhia se propõe deo mandato, manifestando total disponibilisenvolver e sublinharam o papel activo que a dade para colaborar com o PS local e com Juventude Socialista deve desempenhar na as estruturas federativa e nacional da JS. construção de uma alternativa política para No jantar de tomada de posse marcaram o concelho. Elisabete Ribeiro, é a nova presença, para além do Presidente da Copor Redacção com JS/Felgueiras coordenadora concelhia missão Política Concelhia do PS Felgueiras, jovemsocialista@juventudesocialista.org da JS de Felgueiras

Socialistas querem tornar transparente consumo energético do Estado Já foi inaugurado o blogue oficial da Federação da Juventude Socialista do Ribatejo. Esta plataforma integra a estratégia de comunicação e de imagem para o mandato há pouco tempo iniciado na estrutura federativa com a eleição de Hugo Costa para a sua presidência. Outras medidas em curso são a criação e manutenção de perfis em redes sociais e o site institucional da estrutura. Pretendendo que esta seja uma “ferramenta útil de diálogo, debate, publicitação de tomadas de posição e de opiniões de militantes face a determinados assuntos que dizem respeito à Juventude”, a Federação da JS Ribatejo conta com a participação de todos para animar este espaço em http://js-ribatejo.blogspot.com. por Redacção com JS/Federação do Ribatejo

jovemsocialista@juventudesocialista.org

Em mais uma proposta onde a JS teve um papel absolutamente importante, confirmando as preocupações da Juventude Socialista quanto às matérias ambientais e energéticas. O grupo parlamentar do Partido Socialista vai apresentar no Parlamento uma recomendação legislativa para obrigar o Estado a divulgar quanto a administração pública gasta em energia e para facilitar a fiscalização desse consumo, disse no passado domingo em declarações à Lusa o deputado Duarte Cordeiro. A recomendação, assinada pelos deputados socialistas Duarte Cordeiro, Jorge Seguro Sanches, Francisco Assis e António José Seguro, visa fazer o Governo criar uma lei que obrigue os organismos de Estado a comunicar de forma pública as facturas energéticas e a definir medidas de redução do consumo. “O Estado é seguramente o maior consumidor energético em Portugal, e tem por isso de haver uma maior fiscalização sobre o seu consumo, para que tenha um comportamento exemplar”, disse Duarte Cordeiro em declarações à Lusa. “Acreditamos que a proposta terá efeitos positivos para sensibilizar os agentes públicos para a necessidade de maior transparência no consumo energético”, acrescentou o deputado. O texto da proposta recomenda ao Governo que - em acordo com a Associação Nacional de Municípios e com os Governos Regionais dos Açores e da Madeira - aprove legislação que obrigue à divulgação na Internet, para além dos consumos, planos de poupança energética definidos por ministério, por região autónoma e por município. por Redacção com Agência Lusa

jovemsocialista@juventudesocialista.org


07

> JS EM ACÇÃO <

JS / Penha de França debate “os desafios de um jovem autarca” Numa sala com mais de duas dezenas de militantes, a JS Penha de França desenvolveu no passado dia 24 de Março de 2009 uma conferência subordinada ao tema “Freguesias: os desafios de um jovem autarca” que teve como oradores: Hugo Xambre, Presidente da Junta de Freguesia do Beato; André Couto, Presidente da Junta de Freguesia de Campolide, Maria Begonha, membro da Assembleia de Freguesia da Lapa; e Manuel Lage, Presidente da Assembleia de Freguesia da Penha de França. A conferência foi moderada por Pedro Filipe, coordenador da JS / Penha de França. Pedro Filipe deu início aos trabalhos agradecendo a todos os presentes. Felicitou o trabalho de Elisa Madureira na Presidência da Junta de Freguesia da Penha de França. Destacou ainda o trabalho de David Erlich, vice-coordenador da JS / Penha

de França, na Assembleia de Freguesia. O coordenador da JS / Penha de França salientou ainda a inclusão, no Plano de Actividades da Junta para 2010, de duas propostas constantes no Manifesto Autárquico do Núcleo da JS. Uma dessas propostas é o Fórum Aposta Jovem, que consiste implementação de um órgão consultivo jovem do executivo da Junta, à semelhança do que ocorrerá, a nível dos concelhos, com o Conselho Municipal da Juventude. A aprendizagem constante que um autarca tem, a proximidade em relação aos cidadãos, a aposta nas novas tecnologias de comunicação, a promoção do convívio inter-geracional, a identificação dos vários públicos-alvo numa freguesia, a necessidade das acções sociais serem generalizadas, a necessidade de aliar a irreverência da juventude à experiência dos militantes históricos, o facto da geração actual ser a mais bem preparada em termos de qualificações, a integração de militantes da JS nas candidaturas, a sensação de dever cumprido por poder servir os cidadãos através da política autárquica, a necessidade de cumprir rigorosamente as regras de procedimentos nos trabalhos das Assembleias de Freguesia e o dinamismo da JS foram alguns dos temas abordados. De destacar que foi feito o acompanhamento desta iniciativa, em directo, na página de Facebook do Núcleo, à qual se pode aceder através do site: www.js-penhadefranca.com. por Luís Pereira luis.pereira@juventudesocialista.org

JS Cartaxo visitou a JS Sintra debate freguesia de Vale da Pinta “Arrendamento Jovem” com Duarte Cordeiro No passado dia 21 de Março a JS Cartaxo iniciou o seu projecto “Rumo às Freguesias - As marcas da tua identidade, o sentido da nossa responsabilidade”, em Vale da Pinta.

E

ste projecto tem o objectivo de levar a JS Cartaxo a percorrer o concelho do Cartaxo, reunindo autarcas, e jovens, para dialogar sobre o passado, o presente e o futuro das nossas oito freguesias. A JS Cartaxo, através da promoção destas reuniões informais, pretende ouvir, questionar, apreender e conhecer a realidade específica de cada freguesia. Na primeira de oito visitas, a JS Cartaxo foi recebida por Fernando Ramos, Presidente da Junta de Freguesia de Vale da Pinta, por Pedro Oliveira (Secretário) e Júlio Lourenço (Tesoureiro), por Paulo Vila, Presidente da Assembleia de Freguesia, e por outros elementos da Assembleia de Freguesia, como Estela Parente e André Henriques. Na freguesia de Vale da Pinta salientamos o incentivo à natalidade para fixação de jovens casais, a aposta forte no associativismo e a construção e manutenção de equipamentos sociais com vista ao aumento de qualidade de vida. Após a reunião informal, os camaradas da JS Cartaxo, que se deslocaram em bom número nesta primeira visita, tiveram oportunidade de assistir à inauguração da exposição que o Museu Escolar do Concelho do Cartaxo, situado na freguesia, vai ter patente de 21 de Março a 9 de Abril. por Redacção com JS/Cartaxo

jovemsocialista@juventudesocialista.org

A JS Sintra organizou, no passado dia 14 de Março, um Café-Debate com Duarte Cordeiro, subordinado ao tema “Arrendamento Jovem”.

N

este evento, que teve lugar na sede da Secção PS de Rio de Mouro, em Sintra, e que contou com a ampla participação de vários militantes da JS Sintra e do recém-eleito Presidente da JS FAUL João António, entre outros, o Secretário-geral da JS e Deputado à Assembleia da República, Duarte Cordeiro fez referência aos instrumentos de política de habitação do Governo destinados ao apoio dos jovens, designadamente o programa ‘Porta 65’, um mecanismo de incentivo ao arrendamento de habitações para residência dos jovens. Ilustrando as dificuldades dos jovens do Concelho de Sintra em matéria de arrendamento, a Coordenadora da JS Concelhia de Sintra e anfitriã deste evento Ana Luísa Martins destacou o acesso à habitação como uma das grandes preocupações dos jovens sintrenses, que dadas as enormes dificuldades adiam cada vez mais o início de uma vida independente. O debate participado que se seguiu reforçou a necessidade de promover o acesso a habitação a custos controlados para os jovens no Concelho, à semelhança do que acontece em concelhos 15 a 18 de Ab vizinhos como Lisboa e Qualific@ - ril Exponor Odivelas, sendo isto fundamental para a emanci16 a 18 de Ab pação e autonomia dos Semana Fe ril derativa de jovens e para a fixação Viseu Mais info em de jovens qualificados no www.juv concelho.

Vai acont ecer

por Redacção com JS/Sintra Vasco Casimiro, líder da JS/Cartaxo juntamente com os autarcas da freguesia de Vale da Pinta

jovemsocialista@juventudesocialista.org

entudesoc ialista.org


> JS EM ACÇÃO < Mariano Gago reuniu-se com a Comissão Nacional da JS, em Odemira Educação e Ciência foram temas de destaque na reunião realizada no dia 27 de Março O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, marcou presença na reunião da Comissão Nacional da Juventude Socialista, que decorreu no dia 27 de Março, em Odemira. Esta reunião debateu várias questões ligadas à educação e à ciência, tendo também estado presentes representantes da Confederação Nacional de Associações de Pais e da Associação de Planeamento da Família. “Portugal acumulou um défice de qualificação de pessoas gigantesco”, referiu Mariano Gago, na sua intervenção, assinalando que “cada vez que se defende a abertura social do ensino superior, somos imediatamente atacados: «querem privatizar o ensino superior»”. “Participação de estudantes nas actividades científicas, deve ser um elemento essencial da agenda política”, O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, questionado sobre a o regime de prescrições mostrou-se prudente face ao populismo de medidas que procedam a um alargamento do regime “o primeiro ataque contra qualquer abertura nesta matéria é: «o que eles querem é o facilitismo»”. “A acção social no ensino superior, relativamente a outras áreas, é muito mais generosa, pois permite algumas bonificações e acesso a bolsa a todos os estudantes que tenham 1,2% per capita do rendimento social de inserção”, declarou acerca dos apoios aos estudantes, considerando, contudo, a necessidade de avaliar a situação dos trabalhadores estudantes “essa questão tem que ser modelada”, disse. Sobre o sistema de empréstimos com garantia mútua referiu que “vem em primeiro lugar ajudar os estudantes que já tinham empréstimos”, considerando que a intervenção do estado tenciona “dar um sistema de juros baixos com garantias dadas pelo Estado”, limitando o montante para estes empréstimos, conduzindo a um “aumento da independência dos estudantes”, assinalou. “Esta questão foi utilizada como arma de arremesso pelo PCP contra o PS, dizendo «vocês estão a defender os empréstimos porque o que querem é substituir a acção social», o que era absolutamente falso pois a acção social estava a aumentar”, declarou. Foram vários os membros da Comissão Nacional que produziram intervenções questionando o titular da pasta do Ensino Superior, da Ciência e da Tecnologia. Já o Secretário-Geral da Juventude Socialista, Duarte Cordeiro, assinalou a importância do desenvolvimento de propostas como o programa de intercâmbio nacional e o aumento do número de vagas para horários pós-laborais.

Jovem Socialista 493  

13 de Abril de 2010