Issuu on Google+

IGREJA CRISTÃ PENT. INDEP. MARAVILHAS DE JESUS

ACONTECEU

PJC EM AÇÃO

CULTO DEBAIXO DE CHUVA

Os jovens cada vez mais tem se impenhado na obra do Senhor e tem trabalhado com amor, sempre em união.A mocidade não para.

Juname à convite, participa de cultos ao ar livre promovidos por outros ministérios. Deus se faz presente e o mal tempo não pôde impedir o trabalho.

Pag. 05

Pag. 06

TESTEMUNHO

UM DEUS QUE CUIDA

REFLEXÃO

HUMILDADE

Um testemunho de benção e vitória, onde vemos que Deus nunca desampara os seus. Enquanto nos preocupamos com sua obra ele cuida de nós.

Uma reflexão sobre o que é realmente humildade. Leia e reflita nessa importante mensagem.

Pag. 05

Pag. 02


JUNAME-MJ - Missão Vale do Paraíba

02

REFLEXÃO

HUMILDADE “Semelhantemente vós, mancebos, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revestí-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes”(I Pedro 5:5). Esse versículo fala de dois fatores de suma importância para uma verdadeira vida Cristã: “sujeição e humildade”. “Mancebos, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros”. Pedro nos fala aqui sobre a sujeição voluntária, e não sobre a sujeição obrigatória. A obrigatória acontece por força da lei ou a lei da força; exemplo: empregado e patrão, chefe e subordinado, militares e seus superiores e etc. Mas a voluntária está plantada em princípios mais nobres, na humildade e no amor. “Sem humildade, não haverá sujeição voluntária”. Atualmente conceitos de humildade tem sido vistos e apresentados de forma deturpada, ou seja, apresenta-se como humildade aquilo que não é. Exemplos: - Pobreza não é humildade. Normalmente quando alguém se refere a uma pessoa muito pobre, costuma-se dizer: “é uma pessoa muito humildezinha”. Porém nem todo pobre é humilde; e nem todo rico é soberbo. Há pobres que não se conformam em ser pobres, e até tem inveja dos ricos. “Humildade e inveja não podem morar juntos”. Ser pobre pode não ser bom, mas, ser pobre e orgulhoso é bem pior. “Então, pobreza não é sinônimo de humildade”. - Ignorância não é humildade. Costuma-se dizer: “aquela pessoa é humilde, nem ler ela sabe”. Para ser orgulhoso e altivo não precisa saber ler. Nem todo analfabeto é humilde, e nem todo letrado e sábio é altivo e orgulhoso. Hoje a falta de verdadeira humildade tem gerado um conflito de gerações dentro e fora da Igreja, entre filhos e pais, entre jovens obreiros e velhos pastores. Atualmente a facilidade para estudar é muito maior. Muitos filhos de pais pobres conseguem se formar, tornar-se doutores, ganhar dinheiro, adquirem lugar de destaque na sociedade, os que não conhecem a Palavra de Deus, costumam envergonhar-se de seus pais, escondendoos de seus novos amigos. Falta-lhes a verdadeira humildade. Se o jovem doutor for humilde, saberá honrar, respeitar e orgulhar-se de seus pais, mesmo sendo analfabetos. Qualquer que seja a situação, sem pais não haverá filhos doutores. Situação semelhante acontece hoje na Igreja. Muitos jovens pastores costumam ter até três diplomas de curso superior. Os anciãos ou velhos pastores muitos não tem nem o primeiro grau, mas são homens simples que foram usados pelo Senhor Jesus para construírem a grandeza da Igreja de hoje.

“Ignorância não é sinônimo de humildade e nem arrogância é sinônimo de cultura”. - Timidez não é humildade. Costuma-se dizer que uma pessoa tímida é muito humilde. Isso não é verdade, timidez é sinal de fraqueza, e humildade é sinal de força. O tímido é medroso, sempre procurando uma maneira de se esconder, se retrair, ao tímido falta autoconfiança, e assim ele se considera inferior aos outros. O humilde não se esconde, não foge, ele enfrenta sua situação. “Humildade não é sinônimo de timidez”. - Acomodação e falta de ideal não é humildade O acomodado não se preocupa quando está desempregado, a casa está caindo e para ele está tudo bem, não quer estudar, não se preocupa em aprender uma profissão, não tem sonhos. E alguém diz: “Ele é muito humilde”. Nós, porém, dizemos que ele é acomodado, uma pessoa sem ideal, talvez um doente. Um homem de Deus deve ser humilde, mas a humildade não anula o idealismo, o desejo de vencer, de passar a limpo o texto que recebeu no rascunho, de virar para o lado “direito” a roupa que estiver no “avesso”. “Humildade não é sinônimo de acomodação”. - Ser bobo não significa humildade. Alguém pode dizer: “aquela pessoa é muito humilde, é fácil de ser enganada, parece meio bobo”. Humildade não é deixar ser enganado, não é deixar as pessoas tomarem o que temos, não é trabalhar sem receber. Humildade não anula direitos. A pessoa humilde pode até abrir mão de um direito líquido e certo para não prejudicar o seu próximo ou para não se auto prejudicar, mas tem que ser uma atitude consciente, como exceção e não como regra. Às vezes é melhor perder e sofrer o prejuízo para não ser prejudicado na fé. Dizia Paulo: “Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns”. I Cor. 9:22. Isso é humildade, descer até onde o próximo se encontra. Paulo era meio bobo? “Humildade não é ser bobo de ninguém”. - Falta de autoridade não é humildade. Pais muito humildes, que deixam os filhos fazer o que querem, não mostram humildade, mas falta de autoridade. Professor que deixa os alunos fazer o que querem na sala de aula, não mostram humildade, mas falta de autoridade. Pastor que deixa o mundo e o pecado invadir a Igreja por não querer se indispor ou ofender ninguém demonstra não humildade, mas falta de autoridade espiritual. Jesus subindo para Jerusalém por ocasião da Páscoa encontrou o templo repleto de cambiadores e animais. Fez ele um azorrague de cordéis, lançou-os fora.

“Será que esse jovem chamado Jesus era humilde”? “Humildade não é sinônimo de falta de autoridade”. - Aparência exterior não é humildade Alguém diz “Ele é muito humilde, não liga para nada, não tem vaidade”. Humildade não é ter cara e nem jeito de coitado. Não é pela aparência exterior que identificamos uma pessoa humilde. Humildade não é desleixo, não é falta de higiene, não é mau gosto para se vestir e para comer, sendo que pode vestir-se e alimentar-se bem. Vestir-se de “humilde” é uma coisa, ser humilde é outra coisa. O Senhor Jesus, disse: “... aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” (Mt. 11:29), porém, não tinha cara e nem aparência de “coitado”. Ele não andava sujo, mal cheiroso e nem coberto de andrajos. Na noite em que foi preso, ele vestia uma túnica de alto preço. “... a túnica, porém, tecida de alto a baixo, não tinha costura” (Jo 19:23). Ele estava vestido com uma túnica digna de um príncipe, mas era humilde de coração. “Humildade é uma coisa, desleixo e mau gosto é outra coisa”. “O Senhor eleva os humildes, e abate os ímpios até a terra” Salmos 147:6. No capítulo 4 a partir do versículo 29 e 30 de Daniel, vemos o exemplo do rei Nabucodonosor, homem poderoso da sua época que por exaltação teve sua vida arruinada. “versículos 31 e 32”. A falta da verdadeira humildade pode arruinar a vida de uma pessoa. Reflita nisso!!! Extraído Apostila - Caped. Sand. _Pr. Wili Sérgio Cardoso_

CARTA DO LEITOR CARO LEITOR,

Sua opinião para nós é muito importante, e por isso convidamos você a escrever, dando sugestões, elogios, críticas, compartilhando conosco sua opinião, colaborando para que assim o nosso trabalho melhore a cada edição, sempre com sua participação. Esse espaço é reservado para você! Escreva para: Carta do Leitor - Juname MJ Rua Forte do Pontal,185 - Jardim Ricardo - S.Paulo - SP CEP 08340-030 Ou E-mail: missãojuname@yahoo.com.br missãovaledoparaiba@hotmail.com


JUNAME-MJ - Missão Vale do Paraíba

03

PODER JOVEM

JUNAMINHO

“Segui a paz com todos...” Hebreus 12:14a

VERDADEIROS ADORADORES “Deus é Espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade .” Jo 4:24

Olá, amiguinhos! No versículo acima, a bíblia nos ensina a termos paz com todos, ou seja, não devemos praticar a violência. Pinte bem bonito o lado em que o Junaminho abraça o amigo e rabisque o lado em que o Junaminho pratica violência.

Congresso na Sede Nacional.

CONGRESSO NACIONAL

Fiquem na paz! ...e até a próxima!

No dia 07 de Setembro, todas as mocidades PJC estiveram festejando com muita alegria na Sede em São Paulo, mais um aniversário onde além de muita adoração com louvores pode-se notar a grande presença de Deus. Realmente Deus tem se mostrado bem presente no meio destes jovens, como coluna de nuvem e coluna de fogo. Guiando, dirigindo, defendendo e protegendo por onde eles tem passado.

Escreva para mim! junaminho@yahoo.com.br _Claudete Caldeira_ _Mº de Fátima S. Bezerra _

JUNAMUSIC

CONHECER A DEUS Saudação Amados músicos! Que a graça e a paz do Senhor Jesus Cristo esteja em cada coração, não cessamos de dar graças a Deus por vós lembrando-nos em nossas orações, para que possam compreender perfeitamente o propósito divino em vossas vidas, para que conheçam a Deus como Único e Verdadeiro. Reflexão: Qual a motivação que sentes através deste tema, (Conhecer a Deus?), qual a razão de nós conhecermos a Suprema Divindade? Deus tem nos abençoado grandemente através dos louvores, pregações e nos trabalhos de missões, tem nos dado a capacidade e sensibilidade para louvá-Lo com nossos instrumentos e vozes, tem manifestado a Sua presença em nossos cultos devocionais e até mesmos nos

ensaios. Músico se você diz que conhece, adora e serve a Deus, então deve se portar como tal. Devemos ser verdadeiros na nossa adoração em louvor a Deus, para a nossa edificação e principalmente da Igreja. Deus quer que busquemos a profundidade em conhecê-Lo, quer que sejamos santos e puros na nossa adoração, para que a Sua presença mergulhe sobre a igreja. Nossos cultos devem ser de fortalecimento espiritual, exortação e crescimento na fé e amor. Amados vocês precisam conhecer a dimensão do amor de Cristo, prosseguir o seu conhecimento total em Deus (Ef. 3:19). Ser adorador, não é simplesmente pertencer a uma denominação, grupos e bandas, é algo mais do que isso, é compartilhar as necessidades, bênçãos e vitórias uns para com os outros. Músicos a nossa oração é para que Deus nos fortaleça no íntimo (consciência, alma, razão e sentimento) e nos transforme em bênçãos sobre a Igreja. Oremos para que Deus nos de sensibilidade para ouvir Sua voz. (Ef 3:20). Amém!!!!! _Débora Cristina de Melo _ _Carlos Alberto (Neno)_ Pindamonhangaba

48 jovens do ABCDM, adorarando ao Senhor.

CONGRESSO ABCDM No dia 16 de Setembro a mocidade ABCDM, realizou em Santo André o seu congresso regional, pedindo para Deus “Um novo fôlego de vida” e o que pode-se notar foi que independente de qualquer adversidade, onde há união, Deus ordena a benção. Contamos com a ajuda de muitos irmãos e também do Círculo de Oração de cada Igreja, que se colocaram como intercessores e colaboradores na realização do evento. O resultado alcançado foi muito gratificante, pois conseguimos alcançar todas as expectativas. Estes jovens tem se mostrado colunas em nossa geração, ministrando uma mensagem de amor, trazendo palavras de vida para libertar muitas almas do vil tentador. “Geração de Verdadeiros Adoradores.” _Vanessa de A. Fernandes_


JUNAME-MJ - Missão Vale do Paraíba

04

MISSÃO A BÍBLIA FONTE DE CONHECIMENTO

O vocábulo grego ekklesia (igreja) significa basicamente, os chamados para fora, dando a entender um grupo distinto selecionado e tirado para fora de algo. Analisando os últimos dias que a igreja está passando, podemos facilmente observar as suas atitudes concernentes ao Reino de Deus. Tem-se esperado muito de Deus, transferimos o que é de nossa inteira responsabilidade fazer, colocando nas mãos de Deus. Não obstante, parece loucura, mas é real, o que fazer? Necessário se faz uma avaliação metódica da igreja e do cristão, assim podemos esclarecer o momento que estamos passando. No tocante a igreja tem-se esperado ter uma igreja fervorosa, cheia de crentes, avivada e outros adjetivos, mas, no entanto, não se faz quase nada para alcançar tal objetivo. As igrejas estão passando por momentos difíceis, não sabendo lidar com os problemas do seu dia-a-dia, estamos vivendo em crise, o que fazer para propiciar mudanças? A igreja precisa ter um alvo, ou seja, cada igreja uma escola, cada cristão um missionário, e urgente que cada igreja adote para si no mínimo a escola bíblica dominical, visando fortalecer a fé dos irmãos, investindo também em homens e mulheres para o serviço cristão,

ACONTECEU

como: conselheiros, professores, etc. No passado não obstante, pregava-se que não devia ler a Bíblia inteira, pois a pessoa ficaria louca, quando não se afirmava que a letra mata. Não podemos, eu e você, deixar que isso continue, vamos ler a Bíblia, vamos conhecer mais a Deus, deixemos o engano. A palavra do Senhor afirma: "cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre. Amém. (II Pe 3:18). Existe atualmente uma grande carência por exegetas, ou seja, pessoas que extraem da Bíblia o seu real significado e faz uma correta aplicação. O cristão necessita mais e mais conhecer a Cristo o Seu Senhor. Parece que a história volta a se repetir, o povo de Israel pereceu, porque lhes faltou conhecimento, vivemos hoje esse panorama, muitos que outrora estavam na igreja, hoje estão no mundo, é hora de fazermos uma auto avaliação. Jesus nos chamou para vivermos uma nova vida ao seu lado, é imprescindível que deixemos o “eu acho”, para afirmação, “com certeza”. A busca por conhecimento deve ser incessante, pois a Bíblia é uma fonte inesgotável de conhecimento. Assim entenderemos que o IDE de Jesus, não se resume a uma ou a duas pessoas, mas a todos os seus filhos por adoção em Jesus Cristo, cada cristão é um missionário que Deus usará grandemente na sua rua, bairro, cidade, país, até os confins da terra. Deixemos que o Espírito Santo nos guie, para que assim a cada dia a obra do Senhor seja amplamente feita por nosso intermédio, e o Nome do Senhor Jesus seja glorificado, hoje e sempre. _Pb. Francimário de Sena Bezerra _

E-mail fsenabezerra@yahoo.com.br

JUNAME COLABORA COM IRMÃOS DE OUTROS MINISTÉRIOS

Culto ao ar livre no Jd. Santo André no Bairro de São Mateus.

Sobe calor escaldante ou frio intenso, a Juname continua propagando o evangelho de Cristo. Em junho a JUNAME colaborou com os irmãos da Assembléia de Deus ministério Refugio no Jardim Santo André em São Mateus, em um culto ao ar livre. A chuva e o frio parecia querer impedir nossa equipe de apresentar a peça o leilão de uma alma, mas o Senhor nos deu graça e sua obra foi realizada. Plantamos ali a semente do evangelho de Jesus, e temos certeza que o Senhor vai completar a obra naquele lugar. Também o nosso amado irmão Pastor José Paulo da Assembléia de Deus ministério Belém, convidou a equipe JUNAME a mais um culto ao ar livre em Itaquera, mais uma vez a chuva veio para impedir, mas o Senhor a fez cessar, e seu nome foi glorificado. A orquestra juntamente com todos presente louvou hinos da harpa crista, para depois todos nos sermos agraciados com a maravilhosa palavra de Deus. _Coop. Antônio A. Almeida_

TESTEMUNHO NADA NOS FALTARÁ

Cerimônia de Casamento de Wilson e Cassiana dia 29/10/2004

Mas buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mt 6: 33

Quantas vezes lemos a Palavra de Deus sem absorver tudo o que Ela nos prop orc i ona . Gost a ri a d e con t ar m eu testemunho para todos aqueles que tem se preocupado com o dia de amanhã. No ano de 2003 fui demitido da empresa na qual trabalhava há quatro anos, no momento me desesperei, pois estava me preparando para meu casamento e a data já estava marcada. Quando recebemos aquela notícia, a

primeira coisa que pensamos foi desmarcar a data, mas Deus nos confortava dizendo que iria cuidar de tudo e não iria nos desamparar, concretizaria nossos ideais, não faltaria nada, ganharíamos tudo o quanto desejávamos. Fiz várias entrevistas em diversas empresas e todas diziam para aguardar. Os meses foram se passando e nada acontecia, mas como diz a Palavra de Deus em Eclesiastes 3:1 - “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. Naquele ano estava sendo realizado um Congresso de Jovens em Cunha, no qual estivemos presentes e confesso para todos que nunca tinha visto a Glória de Deus se manifestar tão poderosamente como naquele dia, onde pela misericórdia de Deus estivemos dirigindo o culto juntamente com o presbítero Oswaldo. Contemplamos pessoas sendo batizadas com o Espírito Santo, jovem sendo liberto de drogas, casais que estavam se separando, naquele momento se reconciliaram, podemos dizer que a shekinah do Senhor estava presente. Encerrando aquele culto, Deus usou um profeta para me falar que em três dias iria

me conceder o que desejava o meu coração, e que eu continuasse a buscar em primeiro lugar à Sua vontade. Chegando em nossa cidade, contados exatamente três dias recebemos uma carta do Governo dizendo que havíamos sido contemplados com um apartamento da CDHU, que meus familiares há oito anos atrás tinham feito a inscrição, pude presenciar o trabalhar de Deus naquele momento, pois minha mãe disse para morarmos nesse apartamento, pois esse seria o nosso presente de casamento. E a promessa de Deus se cumpriu em nossas vidas, ganhamos toda a festa de nosso casamento, eletrodomésticos, viagem, e outras coisas. E tudo isso estando desempregado. O Senhor diz na Sua Palavra no Salmo 23:1 “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará”. Viva isso no seu casamento, nas suas finanças e em todas as áreas de sua vida. Pois Aquele que começou a boa obra é Fiel para aperfeiçoá-la a cada dia. “Deus é Fiel” Pb. Wilson Belonha


JUNAME-MJ - Missão Vale do Paraíba

05

ESTUDO BÍBLICO DOUTRINA DE DEUS OU TEOLOGIA PARTE III A Natureza de Deus Revelada por Seus Atributos Os atributos de Deus são aquelas características essenciais, permanentes e distintas que podem ser afirmados de Seu Ser. Seus atributos são Suas perfeições inseparáveis de Sua natureza e que condicionam Seu caráter. Dividem-se em atributos naturais e atributos morais. Nesta seção veremos os três primeiros atributos naturais de Deus, dos nove que estudaremos na seqüência das edições do Jornal Juname. I Atributos Naturais 1. A Vida de Deus (1) O Significado de “Vida” (Vida em Si Mesmo) Os dois fatores da vida em geral: força e condição, quando se trata de Deus, devem ser considerados como sendo por Ele possuídos em grau infinito (Jo 5:26; 14:6). (2) A Realidade Bíblica da Vida como Atributo Divino Deus tem vida. Ele ouve, vê, sente, age e, portanto é um Ser vivo. Jr 10:10-16; Hc 2:18-20. 2 A Espiritualidade de Deus Deus, sendo Espírito, é incorpóreo, invisível, sem substância material, sem partes ou paixões físicas e, portanto, é livre de todas as limitações temporais. ( Jo 4:24, Dt 4:15-20, 23. Is 40:25) O ensino do Antigo Testamento torna claro que Deus, em Seu Ser essencial, é espírito e, nessa qualidade, é imaterial e, portanto não pode ser visto pelo olho material nem pode ser representado por coisas materiais. (I Tm 1:17; Cl 1:15; At. 17:22-29). Porém existem termos na Bíblia aplicados a Deus como se Ele fosse homem, sendo que estas expressões antropomórficas (estudo das formas) devem ser compreendidas somente no sentido de serem termos humanos usados a fim de trazer o Infinito até a compreensão do finito, capacitando o homem a conhecer a Deus. (Sl 102:25; I Rs 8:24; Jó 34:21; I Pe 3:12). Mesmo Deus sendo Espírito invisível, Ele pode se manifestar miraculosamente e aparecer em forma visível, a isso os t e ó l o g o s c h a m a m d e Te o f a n i a (manifestações de Deus). Esse termo deriva-se de uma palavra grega composta, teos, que significa Deus, e faino, que significa aparecer de forma visível. (Gn 18:1; Ex. 24:10, 11; 33:17-23; Is 6:1-5). 3- A Personalidade de Deus

Essa é a verdade contrária ao panteísmo, c) Pelas características e que ensina que Deus é tudo e tudo é Deus; propriedades de personalidade que são que Deus é o universo e o universo é Deus; atribuídas a Deus que Ele não tem existência separada e Tristeza Gn 6:6; Ira I Rs 11:9; Zelo Dt distinta. 6:15; Amor Ap 3:19, Ódio Pv 6:16. Deus possui as características e (1) Seu significado propriedades da personalidade, sendo, Pode-se definir personalidade como portanto necessariamente uma pessoa. existência dotada de autoconsciência e do poder de autodeterminação. d) Pelas relações que Deus mantém A personalidade abrange as propriedades com o universo e com os homens e qualidades coletivas que caracterizam a - Como Criador de tudo - Gn 1:1; Gn existência pessoal e a distinguem da 1:26; Jo 1:1-3; Ap 4:11 e Is 45:18. existência impessoal e da vida animal, pois - Como Preservador de tudo - Hb 1:3; Cl encaramos os animais irracionais como 1:15-17. possuidores de natureza e não de - Como Benfeitor de todas as coisas - Mt personalidade. 10:29, 30; Sl 104:27-30. - Como Pai de Seus filhos - Hb 12:5-11; (2) A Realidade Bíblica da Personalidade Jo 1:11-13; I Jo 3; 1. de Deus é Estabelecida Continua na próxima edição com o a) Pelos Nomes dados a Deus e que término do Tema: Atributos Naturais de revelam personalidade Deus. Um dos nomes mais importantes pelos quais Deus se tem feito conhecer é o Dúvidas escreva para a redação do “Jeová”. Foi por esse nome e suas várias jornal ou para: combinações que Ele se revelou nas E-mail: adaogeraldo@superig.com.br diversas relações que sustenta com os __Pr. Adão Geraldo da Silva_ homens. Tudo que significa para nós o nome de Jesus significava “Jeová” para o antigo Israel.

ATOS 1.8 O ALVO

1-Eu Sou Ex. 3:14; Jo 8:58. Esse nome revela autoconsciência. 2-Jeová Jiré (o Senhor proverá) Gn 22:13-14; Rm 4:19-21. Esse nome revela providência pessoal. 3-Jeová Nissi (o Senhor é a nossa Bandeira) Ex. 17:15. Esse nome revela liderança pessoal. 4-Jeová Ropeca (o Senhor que sara) Ex. 15:26. Esse nome revela preservação pessoal. 5-Jeová Shalom (o Senhor nossa Paz) Jz 6:24. Esse nome revela Deus como Aquele que concede paz pessoal. 6-Jeová Raa (o Senhor é meu Pastor) Sl 23:1. Esse nome revela orientação, proteção e bondade pessoais. 7-Jeová Tisidequenu (o Senhor Justiça Nossa) Jr 23:6. Esse nome revela Deus como justiça imputada, assim satisfazendo nossas obrigações e necessidades pessoais para com Ele. 8-Jeová Sabaote (Senhor dos Exércitos) I Sm 1:3. Esse nome revela liderança e domínio pessoais. 9-Jeová Samá (o Senhor está presente) Ez. 48:35. Esse nome revela presença pessoal. 10-Jeová Elion (Senhor Altíssimo) Sl 97:9; Sl 7:17. Esse nome revela preeminência pessoal. 11-Jeová Micadiskim (o Senhor que vos santifica) Ex 31:13. Esse nome revela santidade pessoal. b) Pelos pronomes pessoais empregados para Deus Jo 17:3; Sl 116:1, 2. Os pronomes pessoais que são usados a respeito de Deus subentendem Sua personalidade.

Quando todos os nossos inimigos souberam disso, todos os povos que havia em redor de nos temeram, e abateram se muito em seu próprio conceito; pois perceberam que fizemos esta obra com o auxilio de nosso Deus. Neemias 6:16

Quando Neemias pediu autorização ao rei Artaxerxes para ir a Jerusalém para consertar os muros derrubados, a dor e tristeza por ver seu povo sofrer o impulsionou a tomar esta decisão. Ele tinha plena confiança que Deus estaria ao seu lado. A Neemias foi dada a permissão para retornar a Jerusalém onde reconstruiu os muros da cidade e foi nomeado governador. O povo inspirado por Neemias, deu grande quantidade de dízimos em dinheiro, materiais e mão-deobra, e apesar de muita oposição, o muro é completado em 52 dias. Neemias tinha um alvo “ reconstruir Jerusalém” e só seria satisfatória a obra completa. E o seu alvo, qual é? Cada um de nós devemos ter compaixão genuína daqueles que não tem a Jesus. Sentir compaixão e não fazer nada para ajudar não é bíblico. Às vezes nós temos de deixar de lado nossa comodidade a fim de ministrar a outros. Quando permitimos que Deus ministre através de nós, até os incrédulos saberão que a obra é de Deus. Continue orando e contribuindo por missões, você é fruto de uma obra missionária iniciada a dois mil anos atrás por Jesus Cristo, creia que Ele se alegrará ao ver sua obra crescer através de você. _Coop. Antônio A. Almeida_


JUNAME-MJ - Missão Vale do Paraíba

06

CAPA VIOLÊNCIA

Violência palavra que deriva do latim violentia que significa constrangimento físico ou moral; uso da força; coação. Para entendermos bem o que isso significa no contexto atual, vejamos a seguir um versículo da Bíblia Sagrada que expressa bem esta realidade: “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará”. Mt. 24:12 Você concorda com essa afirmação do Nosso Senhor Jesus Cristo? Se a sua resposta foi positiva, você realmente entendeu mais uma verdade expressa na Palavra de Deus e que se cumpre também nos dias atuais. Temos o sentimento que o caos está instalado e somente a força bruta prevalece numa sociedade dominada pelo medo e desespero. Quando saímos de casa, não sabemos se vamos voltar e se conseguimos voltar, mal podemos prever como estaremos. Quanta insegurança, quanta maldade, quanto desamor, quanta violência a que estamos expostos, não temos mais a liberdade de estarmos em paz nem mesmo em nossas casas, pois até aí clamamos por segurança, a qual também não temos. Os nossos olhares perplexos e aflitos tem visualizado tantas coisas terríveis que não acreditamos ser verdade por vermos tamanha falta de amor ao próximo como acontece em nossa sociedade, isso é resultado do pecado que tem esfriado o amor de muitas pessoas, as quais somente o Senhor Jesus pode transformar. O mundo clama por paz, o Brasil clama por paz, São Paulo clama por paz, nós clamamos por paz, mas na verdade todos deveriam clamar é por Jesus, pois somente Ele pode nos dar essa paz verdadeira e não momentânea como vivemos; hoje tranqüilidade, amanhã violência, depois de amanhã paz, depois violência e assim vamos, um dia tranqüilos e outros não. É possível viver feliz dessa maneira? É claro que não, por isso todos devem buscar a verdadeira paz que só encontramos no Mestre: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá”. Mt. 14:27/a. Apesar de tudo, o que mais é curioso no ser humano, é que quando as coisas acontecem somente com os outros, nos incomodamos pouco e baixamos a guarda, pois estamos vendo, ouvindo e conhecendo uma situação de violência e desespero somente através do rádio e televisão, mas quando a violência bate a nossa porta, aí as coisas mudam de figura, o problema se torna sério e então tomamos consciência da dimensão da situação a que estamos expostos.

Quem em nossa Cidade já não experimentou uma situação de violência, ou teve algum parente, amigo ou conhecido que já passou por isso. Isso prova a dura realidade que estamos vivendo, em cumprimento a Palavra de Deus. A violência está generalizada no mundo inteiro, conflito no Oriente Médio causado pelo ódio mortal entre israelenses e palestinos, fanáticos islâmicos explodindo bombas e matando centenas de pessoas, guerras civis em várias partes, violência urbana, será que isso é o fim? Veja o que diz a Palavra de Deus, cujo texto apesar de ser escatológico, já se aplica aos nossos dias: “E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que tudo isso aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos em vários lugares. Mas todas essas coisas são o princípio das dores”. Mt. 24:6-8. É muito duro ouvirmos isso, mais é a realidade expressa pela Palavra de Deus. Não obstante a tudo que temos falado sobre a violência, vamos nos ater a situação mais recente vivida por todos nós moradores da cidade de São Paulo, Grande São Paulo, litoral e interior do Estado, pois sentimos na pele tudo que aconteceu.Vejamos as Manchetes de alguns Jornais Onda de violência no Brasil em Maio de 2006 Iniciada, na noite de 12 de Maio, a maior onda de violência contra forças de segurança e alguns alvos civis que se tem notícia na história do Brasil, com origem no Estado de São Paulo. Já no dia 14, o ataque se espalhou por outros estados do País, como Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia. Os ataques tomaram uma repercussão gigantesca na mídia brasileira, que somados à falta de informações por parte do governo de São Paulo, acabaram por causar pânico geral e clima de terrorismo na população, principalmente na segundafeira. Os atentados foram destaque na mídia internacional durante os dias do ocorrido. Os policiais militares foram os principais alvos dos ataques. Saldo dos atos de violência até o dia 16/05/06 - 251 ataques registrados logo no início, incluindo rebeliões em 73 presídios, Centro de Detenção Provisória e 9 cadeias públicas na capital, Grande São Paulo , interior e litoral do estado. - 90 ônibus queimados, sendo 51 em São Paulo e os outros na região do ABC, Osasco e Campinas. - 115 suspeitos presos e 111 e armas de fogo apreendidas. - 23 policiais militares mortos e 22 feridos.

- 03 guardas municipais mortos e 08 feridos. - 08 agentes penitenciários mortos e 01 ferido. - 04 civis mortos e 16 feridos. - 71 suspeitos mortos e 06 feridos. - 13 presos mortos. Fora o prejuízo financeiro pela perda de bens móveis, o que há mais de se indignar são as 128 pessoas mortas nesses conflitos, incluindo bandidos, civis e policiais, não importando quem sejam, pois estamos falando de vidas humanas que são preciosas para o Senhor Jesus. Várias delas certamente não tiveram a oportunidade de conhecer ao Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e certamente amargarão uma vida eterna em fogo, choro e ranger de dentes. Situação terrível e que certamente deixou muitas marcas em nossas vidas, fazendo-nos compreender a real necessidade de termos o Senhor Jesus Cristo como nosso Único e Suficiente Salvador. Paulo escrevendo a Timóteo na sua Segunda Epístola provavelmente no ano 64 d.C. pouco antes de sua morte, deixou-nos este texto no capítulo 3 e versos 1 a 5 que em conexão com Mt. 24:12 expressam a essa dura e triste realidade: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te”. Mesmo com toda essa onda de violência desenfreada e sem controle liderada pelas facções criminosas que imperam absolutas, ignorando a lei impondo medo, desespero e terrorismo a toda população, cerceando o direito do cidadão de ir e vir livremente, diante de autoridades legais impotentes e sem extrutura para conter a violência, nós servos do Senhor não podemos perder o ânimo e principalmente a esperança, mas sim cumprir com nossa responsabilidade de anunciar o Senhor Jesus Cristo a essa Nação, a esse Estado, a essa cidade, para que se não todos, mas muitos possam proclamar ao uma só voz e de todo coração que: “Feliz a nação cujo Deus é o Senhor” Sl 33:12/a. Deus abençoe a todos!!

- 06 policiais civis mortos e 06 feridos. _Pastor Adão Geraldo da Silva_


JUNAME-MJ - Missão Vale do Paraíba

07

PALAVRA DO PASTOR ORIGEM DA VIOLÊNCIA NA TERRA À LUZ DA BÍBLIA SAGRADA A PALAVRA DE DEUS Encontramos a origem da violência na desobediência do homem aos mandamentos de Deus. “Deus criou o homem e a mulher conforme a sua imagem e semelhança com a finalidade de preservar suas próprias vidas e de seu semelhante, de cuidar da Terra, e não destruir a Terra” (Gn 1:26-30). “Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem” (Gn 9:6). A violência na Terra começou através de Caim, primogênito de Adão e Eva, que por inveja odiou e matou o seu irmão Abel. (Gen. 4:8). Em seguida, a Bíblia revela mais dois homicídios praticados por Lameque: “E disse Lameque a suas mulheres: Ada e Zilá, ouvi a minha voz; vós; mulheres de Lameque, escutai o meu dito: porque eu matei um varão por me ferir, e um jovem por me pisar” (Gen. 4:23). No livro de Gênesis, capítulo 6 vs. 2, diz: “...”Os homens tomaram para si mulheres. No mesmo capítulo está escrito: “A terra porém estava corrompida diante da face de Deus; e encheu-se a Terra de violência” (Gen. 6:11). “E viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu caminho sobre a terra” (Gen. 6:12). Estas foram às causas porque Deus mandou um dilúvio com a fim de desfazer e banir o homem da face da Terra. Imoralidade sexual e violência foram às causas dos Juízos de Deus enviando um dilúvio sobre a Terra quando apenas 8 (oito) almas se salvaram: Noé, sua mulher, seus três (3) filhos: Sem, Cão e Jafé, e suas três noras, a única família da Terra que não se corrompeu pelo

adultério e violência. Vale salientar, que as mesmas características de vida do povo que pereceu sem salvação nas águas do dilúvio, se repetiram no passado, no perpassar das eras e dos séculos até o presente século 21. A civilização e progresso tem a sua base na técnica da morte e da destruição em massa, guerras violentas e terrorismo por toda à parte, homicídios, assassinatos, abortos, estupros, latrocínios, seqüestros, imoralidade, prostituição, sodomia, lesbianismo, pornografia, idolatria, feitiçaria, corrupção, uso de bebidas alcoólicas, suicídios, ódio, sentimentos de vingança alimentadas pela Imprensa falada e escrita; TV seguida de programas imorais de sexo explícito, de estímulo à violência, a infidelidade, a atuação despudorada da mídia, provocando o consumismo desordenado, a cobiça, a inveja, a inversão de valores, violência em família, crimes passionais, irmãos matando irmãos, pais e mães matando filhos e filhos matando os pais. Tudo isso acontece por falta de temor de Deus e desobediência aos seus mandamentos. Jesus taxou esta geração de adúltera e pecaminosa. (S. Marcos 8:38). Também, Jesus advertiu, como foi nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem. (S. Mat. 24:38-39). Outrossim, não podemos olvidar as conseqüências das bebidas alcoólicas, das drogas e do terrorismo que infernizam a família brasileira e a nação. A impunidade, leis frouxas que estimulam a prática do crime por adultos e adolescentes, a ignorância, analfabetismo, o desemprego, falta de assistência à saúde, pobreza, a miséria, a fome, a má distribuição de renda, as injustiças sociais, a exploração do homem pelo homem, valendo salientar a intervenção maligna dos demônios chefiados por satanás, tornando os

homens mais violentos, incontroláveis e insensíveis. Destarte, o mundo vai de mal a pior. O apóstolo João afirma: O mundo inteiro jaz no maligno. (I João 5:19). OS JUÍZOS DE DEUS SOBRE A TERRA. A TERRA ESTÁ SOB MALDIÇÃO: CRISTO É A SOLUÇÃO! A Bíblia diz: “Pelas quais coisas vem à ira de Deus sobre os filhos da desobediência”.(Colos. 3:6). Deus virá em breve destruir os que destroem a terra. (Apoc. 11:18). “...Porque vindo é o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?” (Apoc. 6:17). O apóstolo S. Pedro profetizou da parte de Deus e de Cristo: “Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio” (II Pe. 3:6). “Mas os céus e a terra que agora existem, pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.” (II Pe. 3:7). Para aqueles que se arrependeram dos seus pecados e seguem a Cristo, sofrendo tribulações e para outros que não conhecem nem temem a Deus, a Bíblia diz: “E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu, com os anjos do seu poder, como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; os quais por castigo padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder, quando vier para ser glorificado nos seus santos, e para se fazer admirável naquele dia em todos os que crêem ( porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós)” (II Tess. 1:7 a 10). Oremos por um Brasil melhor, mais próspero e feliz. Que Deus abençoe esta nação pondo fim a toda violência e a todo mal. _Pastor Leonel Silva_

VOCÊ SABIA?

Que Moreira César distrito de Pindamonhangaba se chamava Nhambuí? Situado entre os bairros Barranco Alto e Nhambuí, originou-se da passagem por estas bandas dos primeiros viajantes, sertanistas e aventureiros, que desejavam encontrar um caminho para o leste, em direção ao Rio de Janeiro. No local onde está quase

todo o Distrito, existia uma plantação de mamona nativa a que os índios davam o nome de Nhambuí, que quer dizer: fruto que explode, arrebenta, referindo-se à mamona quando seca. Este nome permaneceu até 1877 quando a direção da Estrada de Ferro Central do Brasil atribuiu à Estação o nome de Moreira César, em homenagem

ao Cel. Antônio Moreira César, oficial do nosso exército, morto em um dos combates de Canudos, nos Sertões da Bahia. Em 1907 foi elevado a distrito policial, pertencente à Comarca de Pindamonhangaba e foi construída uma cadeia. Fonte: http://www.pindavale.com.br


Pastor José Bittencourt

Deputado Estadual

12133 “Um homem de Deus a serviço do povo” Gabinete Tels.: (11)3886-6676 / 3886-6677 www.josebittencourt.com.br

V CONFERÊNCIA MISSIONÁRIA Tema

A mesma visão, o mesmo chamado um coração renovado. (Ap 1.09)

Primeira Igreja Batista em

Cidade São Jorge - Santo André - SP Rua Queluz nº 126 - Jd. Sto. Antônio de Pádua Presença: Edison Queiroz Missão Sena Missão Servos Pr. Silvio (Agipi) e outros

30 de Setembro 2006 01,08,15,22,28 e 29/Outubro 2006 Tel George (11)4973-3879

10 ANOS DE VITÓRIAS FESTIVIDADE DO CÍRCULO DE ORAÇÃO ROSA DE SARON Camundá - Cunha

DIAS: 21/10 e 22/10

2006

Você é nosso convidado Especial Local: Igreja Maravilhas de Jesus END. Sítio - Bairro Camundá - Cunha - SP

Orando também juntamente por nós, para que Deus nos abra a porta da palavra. Colossenses 4:3A

IGREJA MARAVILHAS DE JESUS Cunha - Sítio


Jornal Juname MJ