Page 1

autos

18 a 21 de novembro de 2011 | ABCDMAIOR

177

Fiat relança Siena EL, palio Weekend e Strada e compensa as poucas alterações mecânicas com design renovado. Pág. 19

diVulgAlçãO

21 E 22 DE JUNHo DE 2012

Camaro é sucesso garantido Fonte de inspiração para diversos artistas, carro da Chevrolet vira tema de música sertaneja e volta a brilhar nas rádios. Pág. 18

Economia a qualquer preço Linha Atego 2426, da Mercedes-Benz, consome menos e ensina a cortar gastos durante a condução. pág. 20 ANdRiS BOVO


18 ABCDMAIOR | 21 e 22 de junho de 2012

autos

Kombi sustentável

A Volkswagen aproveitou a conferência ambiental internacional Rio+20 para apresentar uma versão sustentável e bastante renovada da Kombi. Chamado de e-Bulli, o modelo traz motor elétrico capaz de produzir 85 kW de potência (o que equivale a 115 cv) e tem autonomia para percorrer até 300 km. O protótipo, no entanto, não tem data para chegar à linha de produção.

Sucesso do Camaro vai além das ruas e chega às rádios do País Homenageado pela dupla sertaneja Munhoz & Mariano, carro já foi símbolo do rock Geisa D’avo geisa@abcdmaior.com.br

Depois do Calhambeque, do Fuscão preto e até da Brasília amarela, chegou a vez de o Camaro amarelo fazer sucesso nas rádios brasileiras. A dupla sertaneja Munhoz & Mariano lançou uma canção que homenageia o carro e, agora, colhe os frutos da empreitada. Publicado em uma rede social há menos de um mês, o clipe oficial da música já teve mais de quatro milhões de acessos e alcançou o primeiro lugar entre os vídeos mais assistidos no País. Em começo de carreira, os cantores contam que o carro, na realidade, ainda é um sonho de consumo. “Nunca tivemos um Camaro. Só agora estamos descobrindo como é um desses de pertinho”, disse a dupla. A decisão de usá-lo como tema veio graças ao impacto causado pelo modelo, que, de acordo com os artistas, “é famoso e marca presença nos lugares em que chega”. A ascensão meteórica da dupla parece ser proporcional ao desempenho do carro – na última versão apresentada pela Chevrolet no Brasil, o Camaro SS 2012 mostrou fôlego sufi-

fotos: divulgação

ciente para ir de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos. Equipado com motor 6.2L V8 16V, o automóvel traz potência de 406 cv e tem capacidade para desenvolver torque máximo de 56,7 kgmf a 4.600 rpm. Na versão de entrada, a 5ª e última geração não sai por menos de R$ 200 mil. REFERÊNCIA MUSICAL Não é de hoje que artistas dos quatro cantos do mundo recorrem ao universo automotivo para compor músicas e produzir clipes. Atualmente, o estilo popularizado no Brasil com o nome de sertanejo universitário’bebe dessa mesma fonte. Além do Camaro Amarelo de Munhoz & Mariano, veículos como a picape Dodge Ram e os populares Chevette e Fiorino também serviram de tema aos cantores desse estilo. Vale lembrar, no entanto, que outros gêneros musicais já flertaram com o Camaro ao longo do tempo. Sua primeira geração, apresentada em 1966, tornou-se emblemática para os roqueiros. Com o passar dos anos, o carro também inspirou artistas como Madonna e Ramones.

Carro da Chevrolet já serviu de inspiração para artistas de outros gêneros musicais, como Madonna e Ramones

O que é que o Camaro tem? Motor 6.2L V8 16V 406 cv de potência máxima 56,7 kgmf de torque máximo 4,8 segundos para ir de 0 a 100 km/h Preço superior a R$ 200 mil

Munhoz & Mariano alcançaram sucesso instantâneo com ‘Camaro Amarelo’

Kawasaki Versys 1000 traz autonomia sem perder a esportividade Veículo roda até 400 quilômetros com o tanque cheio; preço foi afixado em R$ 49.990

Nova aposta da Kawasaki no segmento de motos maxtrail, a Versys 1000 chegou ao Brasil na última semana para conquistar pilotos em busca de opções mais econômicas. O preço de venda sugerido, afixado em R$ 49.990, pode parecer salgado, mas a autonomia do modelo deve compensar o investimento, afinal, a moto tem capacidade para rodar até 400 km com o tanque de 21 litros cheio.

Para garantir a condução mais econômica sem comprometer a esportividade, a Kawasaki aplicou ao veículo transmissão manual de seis velocidades. As duas primeiras marchas, mais curtas, permitem rápido ganho de velocidade e oferecem boas arrancadas, enquanto as quatro últimas marchas trazem grande estabilidade durante a pilotagem. Além disso, no display eletrônico introduzido na moto, o piloto pode contro-

lar a entrega de potência, optando por utilizar 75% ou 100% da força máxima do motor, que vem equipado com quatro cilindros em linha e 16 válvulas. O propulsor é alimentado por injeção eletrônica que o ajuda a alcançar torque máximo de 10,4 kgfm a 7.700 rpm e 118 cv de potência a 9.000 rpm. Outro destaque é o sistema de freios ABS que reforça a segurança na pilotagem. (Geisa D’avo)


21 e 22 de junho de 2012 | ABCDMAIOR

Salão do automóvel

19

Astra da Europa

Já estão à venda os ingressos para o Salão do Automóvel de São Paulo, prevista para acontecer entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro de 2012. O tíquete individual, válido para um dia, custa R$ 40, mas também é possível adquirir pacotes a preços mais acessíveis para conferir o evento todos os dias ou apenas no fim de semana.

A gM acaba de apresentar o novo Astra, que quase não sofreu alterações externas, mas, internamente, ganhou incrível motorização bi-turbo 2.0 a diesel. A mudança, introduzida no continente europeu, deu ao veículo 195 cv de potência. Além disso, o hatch de cinco portas recebeu novas tecnologias que aumentam a segurança dos passageiros. fOtOS: diVulgAçãO

Airbags dianteiros e freios ABS são o grande destaque da linha palio Weekend

fiAt APRESENtA liNHA 2013 dE tRÊS MOdElOS Palio Weekend, Strada e Siena El têm designs mais modernos; motores vêm com pouca novidade Geisa D’Avo geisa@abcdmaior.com.br

A Fiat acaba de apresentar as versões 2013 dos modelos Palio Weekend, Strada e Siena EL. Embora não tenha realizado grandes mudanças na parte mecânica, a montadora investiu na reformulação do design interno e externo de cada um dos veículos para torná-los mais competitivos no segmento de compactos. Em comum, os três carros chegam, agora, com tecidos diferenciados nos bancos, além de novos faróis e volantes. O painel de instrumentos foi remodelado para facilitar a leitura das informações. Na parte externa, as grades frontais foram revistas e ganharam aparência mais moderna. Além dessas mudanças, a picape Strada traz outras novidades, como a motorização E-torQ 1.6 16V, que

se soma às Fire 1.4 e E-torQ 1.8 16V. Na Strada Working, versão de entrada do modelo, a Fiat incluiu mais itens de série, como computador de bordo, alertas de limite de velocidade e ganchos na cabine e na caçamba, o que proporciona mais segurança ao transporte de pequenas cargas. Já as versões Strada Trekking e Adventure trazem freios ABS e airbag frontal como novidades. Por sua vez, o Palio Weekend continua disponível nas versões Attractive, Trekking, Adventure e Adventure Dualogic, que podem vir equipadas com as mesmas três opções de motorização oferecidas anteriormente – Fire 1.4 Flex, E-torQ 1.6 16V e E-torQ 1.8 16V. O destaque da linha é a presença, de série em todas as versões, do conceito HSD - High Safety Drive - composto por airbags dianteiros

e freios ABS com EBD. Fora isso, as mudanças mais notáveis ocorreram na parte externa do modelo, que, entre outros itens, ganhou rodas de liga leve. Da mesma forma, as modificações mais importantes introduzidas no Fiat Siena EL aconteceram no design interno e externo. O modelo, que continua disponível nas versões 1.0 e 1.4, recebeu novo para-choque dianteiro e rodas de liga leve. No interior do veículo, o motorista ainda pode instalar um novo sistema de som, composto por rádio CD/MP3/Connect com porta USB e conexão para iPod e Bluetooth. Ao todo, a Fiat investiu R$ 400 milhões para renovar as 15 versões dos três modelos. Com os lançamentos, a montadora espera, agora, retomar o crescimento no segmento dos compactos.

Strada ganhou motorização e-torQ 1.6 16V e novos itens de série

Siena El ganhou novo para-choque dianteiro e rodas de liga leve


20 ABCDMAIOR | 21 e 22 de junho de 2012

autos

Sob medida

A Man Latin America realizará até o dia 23 de junho o “Feirão Sob Medida”. Portanto, quem comparecer a uma das concessionárias da marca terá a oportunidade de financiar a compra de caminhões VW Euro 5 com taxas de juros inferiores às praticadas no mercado. Além disso, todos os veículos comercializados durante a ação terão dois anos de garantia.

Caminhões da linha Atego ajudam motorista a dirigir com eficiência Novos veículos da Mercedez-Benz consomem até 6% menos combustível e gastam menos óleo fotos: andris bovo

Geisa D’avo geisa@abcdmaior.com.br

A linha Atego 2426 da Mercedes-Benz ficou mais potente e econômica. A mudança deve-se, essencialmente, ao novo motor que, agora, equipa os caminhões médios e semipesados da montadora alemã. Desenvolvido para atender às normas do Proconve P-7 (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores), equivalente ao Euro 5, o propulsor apresenta melhor combustão, o que possibilita redução de até 6% no consumo de diesel e, ainda, favorece o desempenho do veículo. Para chegar a esse resultado, a Mercedes-Benz reviu o funcionamento dos bicos de injeção de combustível e redesenhou a câmara de combustão. “Quando há melhor queima de diesel, eliminam-se as impurezas do motor. Isso gera um ganho ambiental incontestável, além de aumentar a eficiência do caminhão. Na linha Atego, por exemplo, a potência passou de 245 cv para 256 cv”, afirmou Wilson Baptistucci, engenheiro de marketing de produto da Mercedes-Benz. As mudanças introduzidas no motor trouxeram ainda outro benefício. Agora, os caminhões da linha Atego chegam a rodar 75 mil km até que se torne necessário realizar a troca de óleo – antes, os veículos passavam pelo procedimento a cada 45 mil km percorridos, em média. TESTE DE CONDUÇÃO A equipe de reportagem do ABCD MAIOR testou o Atego 2426 e encontrou outros componentes que merecem destaque. No painel do veículo, por exemplo, três diferentes indicadores foram inseridos para que os motoristas possam acompanhar de perto tudo o que se passa no

Novo motor foi adaptado ao P-7 e apresenta melhor combustão

Quando há melhor queima de diesel, eliminam-se as impurezas do motor. Isso gera um ganho ambiental incontestável, além de aumentar a eficiência do caminhão. Painel traz três indicadores que favorecem condução mais econômica

momento da condução. Além do tradicional contagiros, uma faixa verde variável, que recebeu o nome de Econômetro, permite verificar qual a melhor rotação de trabalho do motor em cada trecho do percurso, enquanto outro indicador aponta o consumo do caminhão em tempo real. “Dispostos de maneira simples no painel,

esses mecanismos favorecem a direção mais econômica e devem ajudar motoristas inexperientes a melhorar a própria condução”, explicou Baptistucci. O freio motor Top Brake também chama a atenção. Usado da maneira correta, o componente ajuda a reduzir o desgaste do freio de serviço, o que evita o aquecimento dos

Wilson Baptistucci, Engenheiro da Mercedes-Benz

pneus e impede o desgaste da lona. Dessa forma, cada um desses itens tem sua vida útil prolongada. Na parte interna, o veículo recebeu outras importantes mudanças. O novo volante de quatro raios oferece melhor empunhadura no momento da condução, enquanto as cortinas ganharam melhor tecido para aumentar o blo-

queio contra a luz externa. Vale destacar que a linha Atego possui quatro diferentes configurações para a cabine, que podem ser escolhidas de acordo com as necessidades do motorista. O modelo testado estava configurado com a cabine leito teto alto, que é bastante espaçosa, além de contar com opcionais como ar-condicionado e teto solar elétrico. Produzido na fábrica de São Bernardo, a nova linha Atego tem caído no gosto de transportadoras que percorrem longos trajetos rodoviários – tipo de percurso em que, de fato, o caminhão apresenta melhor desempenho. Para tentar vencer a concorrência contra o Volkswagen Constellation 24.280, o Ford Cargo 2423 e o Iveco Tector, a versão 6x2 do Atego chega ao mercado por pouco mais de R$ 237 mil.

ABCD Auto  

Jornal ABCD Maior