Issuu on Google+

A Simetria do Nãoc Lugar

Júlio César Rossi


Experiência - Artes Plásticas - Assistente do coletivo artístico Base V (2009/2010); - Montador de exposições no Estúdio Guaiamum (2009/2010); - Assistente do artista plástico Henrique Oliveira (2009); - Assistente do curador, Saulo di Tarso, na Casa do Olhar Luiz Sacilotto (2008); -Assistente do fotógrafo Enio Leite (2007).

Experiência - Jornalismo

Júlio César Rossi, nascido em 25 de março de 1982, está envolvido com fotografia desde 2000, quando iniciou no curso de Jornalismo, na Universidade Metodista de São Paulo. Já no começo do mesmo ano foi chamado como repórter e repórter-fotográfico em todos os veículos da instituição. Trabalhou como assessor dos metroviários de São Paulo. Por três anos fez o Jornal Vozes da Saúde Mental. Foi educador nas mais conceituadas escolas de fotografia do Estado, e hoje é diretor e professor da Escola Itinerante de Fotografia. Um projeto que inova na didática do ensino fotográfico. Também, foi assistente do curador da Casa do Olhar, Saulo di Tarso. Atualmente escreve para os jornais do ABC paulista e desenvolve seus trabalhos artísticos.

- Diretor e professor da Escola Itinerante de Fotografia (2000/2011); - Repórter e fotógrafo do Jornal e da Revista Livre Mercado (2009); - Repórter do Jornal ABCD Maior (2009); - Professor de fotografia na Escola Focus de Fotografia (2007); - Repórter e fotógrafo voluntário no Jornal Vozes da Saúde Mental (2006/2008); -Assessor de comunicação na Aeamesp (Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Metrô de São Paulo) (2005).

Exposições Individuais - A Simetria do Não Lugar. Casa ao Cubo (2011); - A Simetria do Não Lugar. Sesc Consolação (2011); - A Simetria do Não Lugar. Livraria Alpharrabio (2010).

Exposições Coletivas - Coleção Evoé. Livraria Alpharrabio (2010); - Tangências. Salão de Arte Contemporânea de Santo André (2008); - _________. Casa do Olhar Luiz Sacilotto (2008).


A Simetria do Não Lugar Além das pautas diárias para os jornais, Júlio César Rossi desenvolve o lado autoral dentro da linguagem do jornalismo. O ato de caminhar pelas ruas estimulou a descobrir novas formas, cores, luzes e belezas em lugares nada apreciados na paisagem urbana. Nesse caso, as marquises e pontes atraem seu olhar para desenvolver um ponto de vista analítico e crítico sobre o cotidiano. O “Não Lugar” está ali, escondendo a sujeira que nem percebemos existir. E a “Simetria” também. A partir daí é que se sustentam as construções das cidades. No processo criativo, as imagens capturadas reconstroem as formas arquitetônicas em um novo lugar abstrato. Apesar do formato final ser confortável ao primeiro olhar, pode causar vertigem, sugando o expectador para este novo mundo. As referências visuais são muitas, dentre elas os estudos psicológicos de Rorschach, os artistas concretistas e o modernismo foto-clubista de Thomaz Farkas e Geraldo de Barros. Cristina Suzuki Curadora

O “Não Lugar” A série teve origem a partir de uma pesquisa sobre luzes e sobras, sob pontes e marquizes, explorando a arquitetura urbana com um novo olhar. A estética das simetrias baseiase nos estudos do psiquiatra suíço, Hermann Rorschach, onde há uma análise das possíveis interpretações das pranchas com as manchas de tinta. E, como no teste psicológico, as imagens dessa série levam a discussão das possíveis interpretações de cada observador.


Simetria 001 2008 • exposição coletiva – Casa do Olhar Luiz Sacilotto (2008)


Simetria 006 2008 • exposição coletiva – Tangências – Salão de Arte Contemporânea de Santo André (2008)


Simetria 008 2008 • exposição coletiva – Casa do Olhar Luiz Sacilotto (2008)


Simetria 012 2008


Simetria 013 2008 • exposições individuais – Casa ao Cubo (2011); Sesc Consolação (2011); Livraria Alpharrabio (2010).


Simetria 014 2008 • exposições individuais – Casa ao Cubo (2011); Sesc Consolação (2011); • exposição coletiva – Casa do Olhar Luiz Sacilotto (2008).


Simetria 019 2008


Simetria 026 2009


Simetria 034 2008


Simetria 036 2008 • exposições individuais – Casa ao Cubo (2011); Sesc Consolação (2011); Livraria Alpharrabio (2010).


Simetria 039 2008 • exposição individual – Livraria Alpharrabio (2010).


Simetria 043 2008


Simetria 044 2008 • exposição coletiva – Coleção Evoé. Livraria Alpharrabio (2010);


Simetria 046 2008


Simetria 051 2008


Simetria 054 2008


Simetria 057 2008


Simetria 059 2008


Simetria 060 2008 • exposições individuais – Casa ao Cubo (2011); Sesc Consolação (2011); Livraria Alpharrabio (2010).


Simetria 062 2008 • exposições individuais – Casa ao Cubo (2011); Sesc Consolação (2011); Livraria Alpharrabio (2010).


Simetria 069 2010


Simetria 072 2010


Simetria 076 2010 • exposição individual – Casa ao Cubo (2011).


Simetria 089 2010


Simetria 091 2010


Simetria 100 2010 • exposição individual – Casa ao Cubo (2011).


Simetria 109 2010


Simetria 111 2010


Simetria 114 2010


Simetria 121 2010 • exposição individual – Casa ao Cubo (2011).


Simetria 122 2010


Simetria 125 2010


Simetria 129 2010


Simetria 135 2010


Simetria 139 2010


Simetria 144 2010


Simetria 146 2010


Simetria 149 2010


Simetria 152 2011


Simetria 155 2011


Simetria 157 2011


Simetria 166 2011 • exposição individual – Casa ao Cubo (2011).


Simetria 173 2011


Simetria 175 2011


Simetria 177 2011


Simetria 179 2011


Simetria 181 2011


A Simetria do Não Lugar

Júlio César Rossi

(55) (11) 7652-0077

julioc.jornalista@gmail.com juliocesarrossi.wordpress.com


Portfólio Simetrias