Issuu on Google+


Editorial Em meio a smartphones, tablets, computadores, redes sociais e milhares de fontes de informação e entretenimento fica difícil imaginar que um mundo sem nenhum desses itens já existiu, e mais, que era legal viver nele. Em 1980, além das publicações impressas e do rádio, a televisão era a única fonte de comunicação e entretenimento em massa. Mas nada comparado ao que temos hoje, com os inúmeros canais da TV fechada. Com o encerramento da Tv Tupi, as opções se resumiam na Globo, Manchete, Bandeirantes, Record e SBT. Novelas, desenhos animados, programas infantis, séries japonesas, programas humorísticos e de auditório marcaram toda uma geração, tornando as lembranças da década de 1980 inesquecíveis, até mesmo para quem não a viveu. A edição do Dip´nlik deste mês fez uma viagem no “tubo do tempo” e selecionou pra você

o que mais marcou a telinha brazuca na década dos cabelos exóticos e das roupas coloridas. Por isso aperte os cintos e tenha uma boa leitura. A viagem está apenas começando. A Redação

Por Juliny Barreto

Esta é uma publicação destinada ao Laboratório de Pequenos Meios, do curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, da UFPB. Sob a orientação da professora Cândida Nobre.

EXPEDIENTE PESQUISA E REDAÇÃO: Dandara Costa Ítalo Romany Juliny Barreto Marcelo Calabresi EDITORAÇÃO: Juliny Barreto PROJETO GRÁFICO: Juliny Barreto DIAGRAMAÇÃO: Juliny Barreto


Por Juliny Barreto

Desde que o mundo é mundo os barracos alheios sempre dispertaram interesse, seja pela já conhecida vergonha alheia ou simplesmente pela síndrome de espiar a vida do vizinho, através da fechadura. No universo da televisão não é diferente, pelo contrário, chega a ser bem pior. Nos anos 80 teve gente que desceu do salto e deixou bafos homéricos pra posteridade. Em 1983 estreava na Rede Bandeirantes a novela “Sabor de Mel”, de Jorge Andrade, protagonizada por Sandra Bréa e Raul Cortez. Na vanguarda da interatividade a telenovela tinha um diferencial: um concurso para quem desvendasse um enigma proposto nos primeiros capítulos. Porém a ideia foi “melada” quando o autor da novela se desentendeu com o diretor Roberto Talma e se demitiu da emissora, Dipn´Lik

4

nunca revelando a resposta do tal enigma. Pode isso produção? Em 1985 a eterna diva da televisão brasileira, Hebe Camargo, saiu do salto e protagonizou uma das cenas antológicas dos programas brasileiros de auditório. Durante a exibição do seu programa que ia ao ar nas noites de domingos, na Rede Bandeirantes, a apresentadora jogou o microfone no chão e - deu uma de Faustão - no meio da transmissão ao vivo, reclamando das péssimas condições de trabalho na emissora. No ano seguinte a phina assinou contrato com o SBT.


Por Dandara Costa

Dallas: apesar de ter surgido em 1978, Dallas é tida como uma das principais séries de TV dos anos 80. O seriado norte-americano foi criado por David Jacobs e durou até 1991 sendo exibido pela CBS, totalizando 13 temporadas. O enredo conta a história de duas famílias rivais, os Ewing e os Barnes, e suas intrigas que passaram por três gerações. Dallas foi televisionada em 130 países e, em 2012, deu origem ao seriado de mesmo nome.

Dallas está sendo reprisada pelo canal Viva, de segunda a sexta às 13h.

Baywatch: SOS Malibu como é conhecido no Brasil por se tratar de salva-vidas da costa de Malibu - foi criado em 1989 e entrou para o Livro Guinness de Recordes Mundiais como sériado mais visto de todos os tempos, com mais de 1,1 bilhão de telespectadores em 142 países no ano de 1996. Na décima temporada, em 1999, as gravações foi transferidas para o Havaí e o nome do programa mudou para Baywatch Hawaii. No ano de 2003 foi lançado o filme Baywatch: Casamento no Havaí, estrelando Pamela Anderson, Carmen Electra e David Hasselhoff. 5

Dipn´Lik


Full House: a comédia estreou nos Estados Unidos no ano de 1987 e durou 192 episódios divididos em 8 temporadas. Três é demais, título em português, ainda passa na TV brasileira transmitido pela rede SBT. O seriado é lembrado por ser o primeiro trabalho das gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen, que ao completarem seis anos de idade já não eram idênticas ao ponto de ser possível identificar suas atuções. Os produtores escolheram manter apenas Mary-Kate, mas os fãs protestaram e as duas continuaram até o fim da série, em maio de 1995. Os Simpsons: a animação da Fox surgiu no final dos anos 80 como uma paródia satírica do estilo de vida norte-americano. Vencedor de 27 prêmios Emmys, incluindo dez na categoria melhor animação, o desenho possui dois recordes, entrando no Guinness Book of World Records como programa de animação do horário nobre com maior tempo no ar e seriado de televisão com mais convidados especiais. Já são 25 temporadas e, apesar de tentativas de censura e múltiplas críticas negativas, o programa continua no ar. Os Simpsons: o Filme foi lançado em 2007. - A Super Máquina (1982) - Profissão Perigo | MacGyver (1985) - The A-Team | Esquadrão Classe A (1983) - Miame Vice (1984) - Punky, A Levada da Breca (1984) - Moonlighting | A Gata e o Rato (1985) - ALF (1986)

Dipn´Lik

6


Por Ítalo Romany

Dá uma bicota no meu nariz! O programa do palhaço Bozo, foi um ícone para a infância na década de 80. No Brasil o Bozo foi interpretado por vários atores, com André Luiz e Luis Ricardo. Quem é que não se lembra do número de telefone mais conhecido do Brasil? 2360873! Na época, praticamente toda criança sabia e a central da Telesp ficava congestionada. Era a primeira vez que isso acontecia com uma emissora de televisão. Silvio Santos teve que pagar uma multa enorme por causa disso. Bastava entrar na escola e alguém vinha logo dizendo: ”Puxa, ontem eu liguei para o Bozo e participei da corrida de cavalinhos!” Assim que o SBT surgiu em 1981 ele já trazia em sua programação inaugural uma atração voltada para o público infantil, a “Sessão Desenho” - além do Programa do Bozosegurava em frente à Tv as

crianças da geração anos 80. Na época os desenhos Picapau, Speed Racer, Pepe Legal e Zé Colméia eram os destaques da sua programação. Os desenhos eram exibidos espontaneamente sem o comando de um apresentador. Na época Tom & Jerry ainda era exibido na Globo, mas anos depois viria a se tornar um dos desenhos mais marcantes do “Sessão Desenho”. O Balão Mágico foi um programa infantil de muito sucesso na década de 80, entre 1983 e 1986. Chegou a vender mais de 10 milhões de discos na época. O programa foi inicialmente apresentado por Simony, Fofão (Orival Pessini) e Cascatinha (Castrinho), após entraram para equipe Tob (Vimerson Cavanillas), Jairzinho (Jair de Oliveira) e Mike (Michael Biggs). Ainda houveram outras formações, mas sem o mesmo sucesso desta formação clássica. 7

Dipn´Lik


Fofão, o ser alienígena oriundo do planeta “Fofolândia”, fez sua primeira aparição em 1983 no Balão Mágico. Inicialmente ele não falava, apenas emitia sons que eram interpretados por Simony. Em 1986, após o fim do Balão Mágico, Fofão ganhou seu programa diário, o TV Fofão, na Rede Bandeirantes, no qual apresentava quadros humorísticos e desenhos animados. O programa ficou no ar de 1986 a 1989, retornando ao ar em 1994 a 1995. O programa Clube da Criança estreou no dia 6 de junho de 1983 na Tv Manchete, com a modelo Xuxa à frente da atração. No início, Xuxa resistiu em aceitar o convite, feito a ela em 1983, e Maurício Sarman Gase estava de olho em sua segunda opção:

Glu Glu

Dipn´Lik

8

Monique Evans, mas por fim Xuxa acabou fechando contrato com a extinta emissora. Com a saída de Xuxa em 1986, para a Rede Globo, o Clube da Criança passou a ser uma simples sessão de desenhos animados e para não deixar a sua programação sem representantes para as crianças, a Manchete aproveitou o sucesso que Lucinha Lins e Cláudio Tovar vinham fazendo com espetáculos infantis e contratou o casal para apresentar uma atração vespertina na emissora, voltada para as crianças. “Lupu Limplim Clapá Topô” tratava-se de um infantil bastante diferente daquele apresentado por Xuxa, por não contar com auditório e números musicais. O formato baseava-se em teleteatro com agradáveis curiosidades e com a exibição de desenhos animados.


O Clube da Criança retornou ao seu formato original, um ano depois, com a chegada de Angélica, à epoca com apenas 13 anos, e o perqueno Ferrugem. Agora além dos desenhos, a atração também contava com gicanas e musicais. Antes disso Angélica já havia apresentado o Nave da Fantasia, na mesma emissora, também ao lado do menino Ferrugem e outros personagens. “Oradukapeta”, programa matinal apresentado pelo Serginho Mallandro no SBT, também foi um grande sucesso nos anos 80. A música de abertura, chamada “O Escândalo” (mas conhecida mais como “um capeta em forma de guri”) acabou virando um grande hit entre a molecada. O programa foi lançado em 1987 e ficou no ar por três anos consecutivos. O principal atrativo do programa era a brincadeira chamada “A Porta dos Desesperados”, uma sátira com a “Porta da Esperança” do programa Silvio Santos, onde crianças corriam o risco de ganhar brinquedos ou ter que sair correndo de monstros malvados! Apresentado pela baiana Mara Maravilha, de 1987 a 1994, 9

Dipn´Lik


primeiro às tardes e depois pelas manhãs, no SBT, o “Show Maravilha” trazia brincadeiras divertidas e desenhos animados, além de apresentações musicais de cantores e grupos famosos na época. O programa infantil era com auditório de crianças que participavam de gincanas para ganhar brinquedos. Mara por ser morena marcou uma diferença neste tipo de programa, geralmente apresentado por loiras. Em 13 de maio de 89, Mariane estreou no SBT, apresentando o programa “Dó, ré, mi, fá, sol, lá, si com Mariane”. A atração contava com a participação de um auditório formado por bambinos e bambinas (como ela chamava as crianças), além de um elenco fixo formado por outros artistas, eram eles: o Palhaço Gargalhada, Prof. Osório, Cordélia, Charlito e o Papagaio Alvarenga, que ganharam o carinho do público. Seu programa, além de divertir com brincadeiras, musicais e desenhos, despertava nas crianças, o amor à natureza e maneiras de preservá-la, além de enfatizar os dez direitos das crianças, que deveriam ser respeitados e cumpridos. Dipn´Lik

10

Na vitrola “Não faz mal, eu tô carente. Mas, eu tô legal...” Tô Carente - Mara Maravilha

“Se tudo o que é livre é super incrível. Tem cheiro de bala, capim e chulé...” Doce Mel - Xuxa

“Ás vezes uma palavrinha vira um palavrão. Já vi muita gatinha devorar um cachorrão...” Nem tudo que reluz é ouro - Mariane

“Co - nhe - ci um capeta em forma de guri.” Um capeta em forma de guri Sergio Malandro

“Eu falo com o vento e com os animais, eu nado com os peixes, nós somos iguais...” Curumim Iê Iê- Mara Maravilha

“Por Greyskull, She-Ra me apresenta pro He-Man. Teu irmãozinho é uma gracinha E eu sou todinha do bem...” She-ra - Xuxa

“Eu dou sim, eu dou sim. Se você quiser é só pedir pra mim...” Blue Jeans - Angêlica

“Sua Barbie me contou Que você quer namorar comigo. Seus Comandos em Ação Não dão conta do perigo...” Meninos e Meninas - Balão Mágico


Por Marcelo Calabresi

MAIS ESPORTES NA PLIM PLIM O Globo Esporte é exibido desde 1978. Mas foi na década de 80 que o programa se destacou e cresceu mostrando várias modalidades esportivas, deixando de falar apenas de futebol.

Léo Batista foi um dos fundadores da atração. Em atividade até hoje é considerado o mais antigo apresentador em atvidade na TV brasileira.

A ZEBRINHA DA SORTE Naquela época não existia mega-sena, loto, quina, etc. Somente a Loteria esportiva. E o resultada era mostrado no programa Fantástico, da Rede Globo. A zebrinha dizia coluna 1 ou coluna do meio ou coluna 2.

11

Dipn´Lik


ACELERA... A televisão brasileira também teve seu apogeu nas transmissões das corridas de fórmula 1 na década de 80. Os dois maiores pilotos brasileiros de todos os tempos competiram nessa época: Nelson Piquet e Ayrton Senna. ENTRE MEDALHAS E TROFÉUS Nos anos 80, o maiores eventos esportivos transmitidos eram a Copa do Mundo de Futebol (82, 86) e os Jogos Olímpicos ( 80, 84 e 88 ) Copa do Mundo de 82 - O Brasil foi eliminado pela Itália, na que é considerada a maior injustiça do futebol de todos os tempos. Mas a imagem marcante é a do menino que chora a derrota do Brasil, manchete do jornal da tarde. Copa do Mundo de 86 – Mostrou ao mundo o nascimento do segundo melhor jogador de todos os tempos, Diego Maradona. Ele levou a Argentina ao titulo dessa Copa. Dipn´Lik

12

Destaques dos Jogos Olímpicos – O corredor canadense Ben Johnson. Seus duelos contra o americano Carl Lewis, na prova dos 100m rasos paravam o mundo na década de oitenta. Mas ele se destacou negativamente, pois foi pego no exame antidoping e foi campeão olímpico por apenas 48 horas nos jogos de Seul em 1988, no que é considerado até hoje, o maior caso de doping na história dos esportes em geral.


Eles chegaram... As celebs nascidas na década de 80

Fernanda Souza

Atriz 18.06.84

Tiago Leifer Apresentador 22.05.80

Claudia Leitte Cantora 10.07.80

Tatá Werneck Atriz 11.08.83

Mateus Solano Ator 20.03.81

Luiza Possi Cantora 26.06.84

Caio Castro Ator 22.01.89 Por Juliny Barreto 15

Dipn´Lik


Eles se foram...

Os ícones que morreram nos anos 80

Bye Bye Lennon... Em 1980, aos 40 anos, o Beatle John Lennon foi morto a tiros, em Nova York. A notícia foi divulgada no Jornal Hoje do dia 09 de dezembro, pela jornalista Lucia Maria, com link ao vivo direto de Nova York, com o correspondente Lucas Mendes. Um triste reveillon... Pouco mais de um mês após interpretar Joana Flores, em Fera Radical de Walter Negrão, a atriz Yara Amaral morreu, em 1988, vítima de afogamento no naufrágio do Bateau Mouche. A tragédia deixou 50 mortos, aconteceu durante a festa de reveillon que brindava a chegada de 1989, na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

No woman no cry... Em 17 de abril de 1981 o Fantástico exibiu uma matéria especial, apresentada pelo ator Osmar Prado, noticiando a morte do mito do reggae Bob Marley, vítima de câncer aos 36 anos. Adeus Janete... “Eu Prometo” foi a última produção da autora Janete Clair, que faleceu de câncer no intestino, aos 58 anos, no dia 16 de novembro de 1983, deixando a drama escrita até o capítulo 60, que foi concluída por Glória Peres e Dias Gomes, viúvo de Janete. Por Juliny Barreto

Dipn´Lik

16


CURIOSIDADES Por Juliny Barreto e Ítalo Romany

Durante as gravações de Água Viva, exibida no ano de 1980, pela Rede Globo as atrizes Tônia Carrero, Glória Pires, Maria Zilda e Maria Padilha foram expulsas pelos banhistas da praia de Ipanema, quando simularam um topless usando adesivos para cobrir os seios. Depois do bafafá a cena teve que mudar de locação. Em 1980 chegou ao fim a primeira emissora de tevê do Brasil. Depois de conflituosas greves de funcionários e atrações interrompidas sem conclusão, por falta de quem as produzisse, a Rede Tupi deu seu último suspiro em 17 de julho de 1980, dois meses antes de completar 30 anos. Em 19.08.81, foi ao ar os primeiros sinais da TVS, do apresentador Silvio Santos. Um ano depois, a emissora que hoje recebe o nome de SBT, apostou na programação popular e conquistou o 2° lugar da audiência, perdendo apenas para a Globo.

Ainda recente nas nossas memórias o remeke com ares de continuação da novela Guerra do Sexo, exibida até abril deste ano no horário das 19h da Plim Plim, mostrou Tony Ramos na pele de dois personagens, o ilário Ótavio de Alcântara Rodrigues Silva (o Bimbinho) e Dominguinhos, um misterioso primo português que deixou Charlô (Irene Ravache) com a orelha em pé por vários capítulos. Na versão original, exibida em 1983, o personagem do primo português foi criado às pressas pelo autor Silvio de Abreu, para justificar a ausência de Paulo Autran que se recuperava de enfarte. A TV Record é a mais antiga emissora em atividade do país, fundada 1953 por Paulo Machado de Carvalho, a emissora que teve Silvio Santos como sócio, só passou para as as mãos de Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus em 1989. 17

Dipn´Lik


Em 1983 estreou a Rede Manchete, inovando com equipamentos de última geração e retransmitindo filmes e séries premiadas, a programação da emissora era declarademente voltada para as classes mais altas. Um ano depois, a Manchete estreou a transmissão do carnaval do Rio de Janeiro e inaugurou o Sambódromo, recém construído. Foi a Manchate, também que estreou a febre das séries japonesas, exibindo Jaspion, Changeman, Jiraiya, Flashman, Jiban, Lion Man, entre outros. O programa “Perdidos na noite”, que estreou em 1984, comandado por Faustão iria se chamar “Barrados no baile”. Mas na época Eduardo Dusek, compositor da música que tinha o mesmo título, quis cobrar 10 milhões de cruzeiros pelos direitos autorais e a produção não aceitou. MacGyver já deteve um vazamento de ácido sulfúrico com uma barra de chocolate, desarmou um míssil usando clipes de papel e sabotou um sinal de trânsito com cartões de crédito. Dipn´Lik

18

Cinco atores fizeram o Bozo, na TVS, nos 11 anos em que o programa foi exibido, entre 1980 e 1991. Alguns deles, simultaneamente, já que houve um período em que o palhaço entrava no ar, ao vivo, durante oito horas e meia, de segunda a sábado. Luís Ricardo, que mais tarde virou jurado do “Show de calouros”, foi o mais famoso deles. No terceiro disco da Xuxa, diziam que se girasse ao contrário a música “Ilariê” ouvia-se uma mensagem do demônio. Muita gente arrebentou a vitrola para conferir. “Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola e picles num pão com gergelim”. Em 1988, quem falasse o jingle do comercial do McDonalds em menos de 5 segundos numa das lanchonetes da rede ganhava uma Coca-Cola.


Por Dandara Costa

Não é porque saiu de moda que virou brega. As tendências atuais quase sempre carregam o DNA da moda de outrora. Nesta década, no vestuário femino em especial, encontramos inúmeros exemplos disso. O que as telenovelas influenciaram nossos pais, avós e até nós mesmos a usar lá atrás, voltaram, às vezes repaginados, mas sempre remetendo aos extravagantes anos 80. Aqui vão algumas referências da moda da televisão brasileira de 1980 que refletiu nas tendências de hoje. Começando a enumeração dos itens que nunca se foram totalmente, trazemos Sandra Fragonard, interpretada por Glória Pires, que em Água Viva (1980), escrita por Gilbeto

Braga, já usava bolsa de franja, além de um corte de cabelo super atual e ousado.

Maria Zilda Bethlem, que em Vereda Tropical (1984) deu vida à Verônica, fez uso de um colar

19

Dipn´Lik


dourado semelhante aos usados pelos egípicios séculos atrás. Atualmente temos várias releituras do acessório que podem ser encontrados sem dificuldade em qualquer loja de bijuterias.

Quanto aos brincos, vale fazer menção a duas personagens que “fizeram moda”. A primeira foi novamente Sandra Fragonard, mais conhecida com Sandy em Água Viva, que usava brincos diferentes. A segunda foi Rafaela Alvaray (Alfa I), protagonizada por Marília Pêra na novela Brega & Chique (1987) com brincos que sobem pela orelha ao invés de ficarem pendurados.

Dipn´Lik

20

A participação especial de Maitê Proença como Juliana Alcântara Pereira Barreto em Guerra dos Sexos (1984), mãe da novela homônoma gravada no ano passado, ficou na memória com uso das mangas bufantes. Ombros largos e ombreiras são sempre bastante elogiados na desconstrução da alta costura.

A clássica Roque Santeiro (1985), reprisada três vezes no Vale a Pena Ver de Novo, consagrou Regina Duarte e imortalizou a Viúva Porcina.


Mesmo com sua maquilagem chamativa e o uso abusivo de cores berrantes, Porcina da Silva já fazia referências a diversos itens desta década. Cropped, legging brilhosa, saia longa e turbante marcaram a indumentária da personagem.

Marcos Palmeira, que encarnou Mário Sérgio é lembrado por seus óculos de grau de armação transparente.

Betty Faria, a Tieta (1989), para representar o papel de uma jovem liberal, sensualizava com seu guarda-roupa cheio de cores e decotes. Ela já usaAs básicas t-shirts são usa- va uma das maiores tendências das por todos e nunca saem de de 2010, que são vistas nas moda. Em O Outro (1987), além passarelas até hoje: leather de aparecer vestindo uma sim- pants (calça de couro). ples camiseta, a jovem Zezinha, encenada por Cláudia Abreu, apresentou o protótipo do coque alto, febre das londrinas. No ano de 1988, em Vale Tudo, Lídia Bronde viveu a editora de moda Solange, que era caracterizadapor sua franja reta e curta. Na foto ela ainda aparece usando um terninho branco atemporal.

21

Dipn´Lik


Resumir uma década de televisão em pouco mais de 20 páginas é uma missão quase que impossível. São tantos ícones, tantas histórias, tantas curiosidades que essa viagem no tempo pode até ter um ponto de partida, mas certamente com caminhos e destinos imprevisíveis.

Por Juliny Barreto

Baú Anos 80

O blog criado pela jornalista carioca Fernanda Teixeira, deixou de ser atualizado há 3 anos, mas ainda mantém um arquivo com histórias super interessantes. bauanos80.blogspot.com.br

Queridos anos 80

Atualizadíssimo há 10 anos o blog “Dear 80s” resgata os ícones internacionais dos anos 80 e mata a nossa curiosidade de saber por onde eles andam. dear80s.blogspot.com.br

Dipn´Lik

22

Por isso selecionamos algumas dicas para que a sua viagem aos anos 80 não acabe por aqui. Teledramaturgia

Criado pelo pesquisador Nilson Xavier, autor do Almanaque da Telenovela Brasileira, o portal é uma ótima referência sobre novelas, séries e mini séries de todos os tempos. teledramaturgia.com.br

O melhor dos anos 80

Se você busca interação, certamente vai se divertir com essa fanpage que reúne cerca de 48 mil saudosos e apaixonados pelos anos 80. Facebook | O melhor dos anos 80


Por Juliny Barreto

TI TI TI – 1985 A briga entre Ariclenes Almeida e André Spina vem desde a infância. A rivalidade se acirra quando já adultos, Ariclenes resolve entrar no ramo profissional de André, um famoso costureiro da sociedade paulista, cujo nome artístico é Jacques Leclair. Ari se torna o espanhol Victor Valentim, cujos modelos são idealizados por Cecília – a mãe desaparecida de André/ Jacques – com a ajuda de pequenas bonecas.

Intrigas, mistérios, aventuras, amores, mocinhos e bandidos antológicos marcaram as produções da teledramaturgia brasileira nos anos 80... Confira nosso Top 10.

TOP MODEL – 1989 Conta a história de Duda, uma modelo de sucesso, contratada pela confecção Covery, de propriedade dos irmãos Alex e Gaspar, de estilos totalmente diferentes. Alex, o cérebro da empresa, tem problemas de relacionamento com a mãe e morre de ciúme do irmão. Já Gaspar é um surfista quarentão que mora em frente à praia com cinco filhos que teve com mulheres diferentes e a empregada Nana, que nutre uma paixão platônica por ele.

23

Dipn´Lik


TIETA – 1989 Baseada na obra de Jorge Amado, conta a história da jovem Antonieta, que é expulsa da pequena Santana do Agreste pelo pai, que não aceita o comportamento atirado da menina e influenciado pela irmã invejosa Perpétua. Após 25 anos em São Paulo, Tieta volta milionária à cidade para se vingar da família e aqueles que a condenaram quando jovem passam a corteja-la.

FERA RADICAL – 1988 Traumatizada com um incêndio que dizimou sua família – pai, mãe e irmãos – na infância, Cláudia volta para a cidade de Rio Novo 15 anos depois disposta a descobrir quem são os culpados pela tragédia e se vingar. Dipn´Lik

24

VALE TUDO – 1988 Raquel, honesta, batalhadora abandonada pelo marido e com uma filha para criar, trabalha como guia de turismo no Rio de Janeiro. Conhece Ivan, por quem se apaixona e se torna proprietária de uma rede de restaurantes. Maria de Fátima, ambiciosa e desonesta, vende a única propriedade da família, uma casa em Foz do Iguaçu, para se mudar para o Rio de Janeiro e tentar ganhar a vida como modelo. Conhece Afonso Roitman, com quem se casa após passar a perna na namorada do rapaz e mantém um caso amoroso com César, que também é amante de Odete Roitman, mãe de Afonso.


O SALVADOR DA PÁTRIA – 1989 Político mais influente da região de Olho Verde, o deputado federal Severo Blanco escolhe Salvador da Silva, o Sassá Mutema, um bóia-fria para se casar com sua amante Marlene, na intenção de desviar as atenções de seu adultério. O caso chega ao conhecimento do inescrupuloso radialista Juca Pirama que explora o fato no rádio. Marlene e Juca são encontrados mortos e Sassá é tido como o principal suspeito e preso. Após ser solto com a ajuda da professorinha Clotilde, por quem se apaixona, Sassá vira prefeito da cidade e se transforma.

A GATA COMEU – 1985 Jô Penteado já ficou noiva sete vezes sem ter se entregue a nenhum dos noivos, de quem fez gato e sapato. Sonâmbula, mimada e de gênio forte, embarca numa excursão a Angra dos Reis organizada pelo professor Fábio e seus alunos, mas um problema no barco fez com que ele se desviasse da rota chegando a uma ilha deserta. Dados como mortos, nasce um romance tempestuoso entre Jô e Fábio, que passam a viver feito gato e rato e que se estende pela novela inteira, sempre atrapalhado por Gláucia, a irmã invejosa de Jô e Paula, ex-noiva e apaixonada por Fábio.

25

Dipn´Lik


ROQUE SANTEIRO – 1985 A pequena Asa Branca sobrevive graças ao mito de Roque Santeiro, um coroinha que após um misterioso casamento com Porcina, morreu ao defender a cidade do bandido Navalhada e é santificado pelo povo.

Anos depois, Roque reaparece na cidade ameaçando acabar de vez com a lenda em torno de si, levando ao desespero o Padre Hipólito, o prefeito Florindo Abelha, o comerciante Zé das Medalhas, principal explorador do santo e principalmente Sinhozinho Malta, que vê ameaçado seu romance com Porcina. Dipn´Lik

26

QUE REI SOU EU? - 1989 Em 1786, três anos antes da Revolução Francesa, morre o rei de Avilan, Petrus II. JeanPiérre, líder dos rebeldes e filho bastardo do rei, é o legítimo herdeiro do trono, mas os conselheiros reais, com o apoio da rainha Valentine, coroam o mendigo Pichot como rei, influenciados pela armação do bruxo Ravengar, que ambiciona a coroa real.


GUERRA DOS SEXOS 1983 Otávio e Charlô são primos que foram namorados na infância, mas o romance não deu certo. Eles se odeiam. Enrico, tio dos dois, morre e deixa em testamento uma mansão e uma conceituada loja de departamentos. A única exigência do tio era que tanto a mansão quanto o comando da loja teriam que ser divididos igualmente entre Otávio e Charlô. Com a convivência insuportável, Charlô propõe a Otávio uma aposta de 100 dias, período em que ela e sua equipe teria para elevar o lucro da loja em uma porcentagem estipulada. Do contrário, ela perde tudo. Do outro lado, Otávio e Felipe, filho adotivo de Charlô, fazem todo tipo de trapaça para atrapalhá-la.

“Tô certo ou tô errado?” Sinhozinho Malta (Lima Duarte) Roque Santeiro - 1985

“Nhé- Nhé”

Miro (Miguel Falabella) Selva de Pedra - 1986

“Eu me tô dividinha” Tancinha (Cláudia Raia) Sassaricando - 1987

“Te mete!”

Raquel (Regina Duarte) Vale Tudo - 1988

“I-eu?”

Sassá Mutema (Lima Duarte) O Salvador da Pátria - 1989

“Mistéééério”

Dona Milu (Mirian Pires) Tiêta - 1989

“Nos trinques” Timótio (Paulo Betti) Tiêta - 1989

Dipn´Lik

27



Fanzine especial tv anos 80