Page 385

você quem eu tenho que proteger agora. Ela o olhou em silêncio. — Vai se unir a Ordem ou às novas amazonas? – ele perguntou. Sob o comando de Eunice, as amazonas se tornaram uma elite de guerreiras que cultuavam os valores humanos e respeitavam a vida. As jovens, que antes eram arrastadas à força para ingressar no exército, eram agora estimuladas pelos pais a se tornarem guerreiras a serviço dos Tronos. — Ainda não decidi. Deborah disse que me ajudaria a procurar minha família. Essa é minha prioridade no momento. Ele sorriu. — Está vendo como eu tenho razão? Vai precisar de proteção. — Então, pretende ir comigo? — Mesmo que eu vá rastreando os seus passos. Abinoão estava velho, mas sentia-se muito orgulhoso do filho. Barak beijou o rosto do pai, antes que este subisse na carruagem que o levaria de volta a Quedes. — Eu vou, mas meu coração está tranqüilo — ele disse. — Você encontrou o seu lugar no mundo, meu filho. Sua presença estará em toda a parte. — Cuide-se, meu pai. Sabe que o meu desejo era o de tê-lo aqui, junto a mim. — Eu não conseguiria me manter longe das árvores. A floresta é o meu lugar. Sangar aproximou-se. — Estamos prontos. Barak sorriu e abraçou o amigo. — O povo de Quedes conseguiu um novo líder de valor. — É bom ter um povo para cuidar. Barak ficou sério. — Fez o que lhe pedi? — Sim. O corpo de Eúde será levado e uma cerimônia irá se realizar em sua homenagem. Ele foi um grande líder. O povo de Quedes partiu em uma manhã de sol. Partiu sem medo por estradas retas e sem perigo. Nathan e Otoniel resolveram ir para Babilos. Eles expuseram seus motivos diante dos três Luminares. — Por que desejam ir para aquele local? - perguntou Jael, que ainda mantinha recordações sombrias daquele lugar. — Para reconstruí-lo, filha — Otoniel respondeu. — Lá está a origem da pedra do céu. A fonte de todo o poder do mal que no final tornou-se uma arma do

Saga Os Tronos da Luz : A Profecia de Hedhen - Cristina Aguiar  

A Profecia de Hedhen – Os Tronos eram forças que reinavam nos dias antigos com o título de “Luminares”, e através deles, a luz era derramada...

Advertisement