Page 353

— É como se ela não existisse mais. Sinto um vazio no peito. Jael estava desolada. Hulda a abraçou. — Não acho que já tenha acontecido. Um grande sacrifício está sendo anunciado para amanhã — ela tentava consolar a filha que lhe restara, embora não houvesse consolo. — Bem, isso não nos serve de muito consolo, não é? — Míriam falou. — De qualquer forma, ela morrerá amanhã. Jael olhou para a profetiza, pensando no que dizer. — A morte não é o fim, Míriam. — O que quer dizer? Jael ia responder, quando a tenda foi invadida. Finéias entrou investido de um anel sacerdotal, que o classificava como autoridade suprema. — Então, pelo que entendi, existe uma possibilidade de já ter acontecido? Deborah pode estar morta? Otoniel ergueu-se indignado. — Desde quando o maior entre os sacerdotes fica escutando por trás das portas? O velho sorriu. — Como eu deixei bem claro, a vigilância que designei foi bastante eficiente. Ele bateu palmas e três sacerdotes entraram. Um deles trazia uma corrente de Hazorah. Jael deu um pulo para trás, enraivecida. — Ninguém que lute do lado da Profecia vai usar isso em mim! — Nós a usaremos se não vier conosco de forma pacífica – Finéias olhava para ela como um caçador olha para a presa. Hulda tomou a frente da moça. — O prazo é até amanhã, Finéias. — O prazo expira se houver uma chance de já ter acontecido. — Não sabemos o que houve! — Nathan tentou explicar. Finéias estava impaciente. — Seja como for, eu pretendo levar Jael sob minha custódia, agora. Jael deu um passo vacilante à frente. — Guarde a corrente, e eu vou com você. Finéias deu o sinal e o sacerdote guardou a corrente dentro de um saco. Os quatro conselheiros cercaram Jael. — Nós a escoltaremos para você - disse Míriam. O velho suspirou, contrariado. — Que seja, então! No caminho para a tenda onde Jael ficaria confinada mais uma vez, um mensageiro chegou até Hulda e lhe entregou um pequeno rolo com o selo de

Saga Os Tronos da Luz : A Profecia de Hedhen - Cristina Aguiar  

A Profecia de Hedhen – Os Tronos eram forças que reinavam nos dias antigos com o título de “Luminares”, e através deles, a luz era derramada...

Advertisement