Page 301

— Jael? – era a voz de Sarah. Ela ergueu a cabeça e pensou estar delirando. A moça tinha um sorriso aliviado no rosto. Outras mulheres se aproximaram. A Ordem de Zelofeade estava ali. Seriam reais? Hogla e Sarah a ajudaram a ficar de pé, apoiando seus braços. Maalá seguia na frente. Milca e Tirza vigiavam a retaguarda. Elas entraram por uma porta que ia dar em outro corredor. Este era sujo, escuro e tinha um cheiro desagradável. — Deve ser aqui – disse Maalá. – Só precisamos encontrar a abertura. Tirza pegou um pedaço de madeira e fez uma tranca improvisada para a porta. Isso lhes faria ganhar tempo. — Você tem certeza de que sabe para onde está indo? – questionou Sarah. — Absoluta. Elas usavam um mapa mal feito daquela área, elaborado pelo chefe da caravana que eles haviam atacado. O homem estava bastante apavorado com o olhar furioso de Joakim, para mentir. — É aqui – Maalá parou diante de uma abertura de meio metro de altura na base da parede. — O piso é inclinado – disse Milca. — Podemos escorregar por ele. Elas se olharam por alguns segundos, indecisas, antes que a porta começasse a ser forçada. — Eu vou à frente – disse Maalá. – Não temos tempo para dúvidas. Ela entrou no buraco. — Mande Jael depois de mim – ela falou antes de sair escorregando. Rute e Rebeca estavam bem escondidas atrás dos arbustos, ouvindo com apreensão o som dos gritos que se espalhavam pela cidade e pelo palácio. O trabalho havia sido completo. De repente, elas viram Maalá caindo pela suja abertura na parede. A mulher mal teve tempo de se por de pé, quando Jael caiu ao lado dela. As meninas correram para ajudar a moça, enquanto as outras iam sendo despejadas uma a uma. — Vamos para os cavalos! – gritou Sarah. Mesmo que resolvessem persegui-las através daquela saída, a vantagem ainda seria delas por causa dos cavalos. Solaris relinchou feliz ao ver a dona. Jael abraçou o pescoço do cavalo. — Olá, amigo – ela falou carinhosamente. Todas montaram e saíram em disparada. Rute e Rebeca iam montadas no cavalo de Sarah, enquanto esta levava Jael na garupa de Solaris. A intenção era a de alcançar um lugar seguro antes do cair da noite. Joakim e Jafé, juntamente com os arqueiros quenitas voltariam para o norte com os midanitas.

Saga Os Tronos da Luz : A Profecia de Hedhen - Cristina Aguiar  
Saga Os Tronos da Luz : A Profecia de Hedhen - Cristina Aguiar  

A Profecia de Hedhen – Os Tronos eram forças que reinavam nos dias antigos com o título de “Luminares”, e através deles, a luz era derramada...

Advertisement