Page 229

— Pode nos levar até Sangar? O homem ainda parecia assustado quando olhou em volta. — Sim, eu posso. Ele acompanhou Héber até o cavalo. — Acha que podemos confiar nele? – perguntou Noa, desconfiada. — Se conseguirmos a amizade dos mercenários, o caminho se tornará mais tranqüilo, não acha? – respondeu Barak. Eles seguiram o homem através de uma trilha estreita que levava a uma clareira bastante ampla. Abrigos foram improvisados no meio das rochas e a água era abundante. Os cavalos ficaram para trás, em um local onde a trilha se estreitava a ponto de não permitir passagem. Quando chegaram ao acampamento, viram-se, de imediato, cercados por sombras que pareciam sair de dentro das rochas. — O que trouxe para nós, Hagai? Não esperava que houvesse movimento numa noite tão fria. Barak tentou ver de onde vinha a voz. Hagai deu um passo adiante e gritou. — Esse grupo invadiu o território e eu os abordei no caminho, senhor. Não lhes fiz nada, pois um deles disse que conhecia o seu nome. Barak e Noa suprimiram um riso ao pensar na abordagem de Hagai. — Até parece que ele dominou a todos nós – murmurou Hadassa, que se mantinha de cara fechada e manquejava um pouco da perna direita. — Acho que ele quer impressionar o chefe – disse Salum. Uma sombra mais alta do que a de Hagai pulou na frente deles. Os ombros largos e a postura reta lhe identificavam como o líder. — E quem de vocês poderia conhecer o meu nome? Só posso pensar em alguém enviado para me caçar. Estou errado? Héber deu um passo a frente. — Em sua caminhada você também fez amigos, Sangar. Ou será que já está se escondendo a tanto tempo, que esqueceu os aliados? — Conheço sua voz, senhor. Com quem estou falando? — Sou Héber, dos Queneus. Aquele que um dia salvou a sua vida. A sombra de Sangar vacilou e ele ergueu a mão. — Acendam as tochas! – ele ordenou. De repente, a luz encheu aquele lugar e as sombras tornaram-se pessoas. Sangar era um pouco mais baixo do que Héber e tinha cabelos ruivos. A barba era rala, mas trazia o mesmo tom do cabelo. Ele, ao ver o rosto de Héber, abriu um sorriso acolhedor e puxou o amigo para um abraço. — Vocês não são intrusos, são convidados! Pela manhã, Hulda chegou ao jardim e viu a mesa pronta debaixo de

Saga Os Tronos da Luz : A Profecia de Hedhen - Cristina Aguiar  

A Profecia de Hedhen – Os Tronos eram forças que reinavam nos dias antigos com o título de “Luminares”, e através deles, a luz era derramada...

Advertisement