Page 101

vida e da morte como você. Eu também vi a ponte. — Deborah, isso é incrível! Eu estou assustada com o rumo que as coisas estão tomando. Nós conseguimos chegar até aqui e vencemos uma grande batalha. A Profecia, pelo poder do Pai, tem nos dado sua cobertura, mas sinto que existe um mal muito maior prestes a ser liberado. — Você está certa, Jael. Ainda não é o fim. Apenas parte da Profecia foi cumprida. É necessário que a parte selada seja aberta para que haja a vitória completa. Jael respirou fundo e passou as mãos no rosto. Deborah passou o braço pelos seus ombros. — Não se aflija com a missão que tem pela frente, Jael. A ansiedade nos deixa muito sensíveis, mas você só tem que aprender a confiar no que já foi decretado. Além do mais, você amadureceu com a experiência. Acredito que esteja pronta para iniciar sua jornada a qualquer momento. Jael sorriu para a irmã. — Suas palavras me confortam, Deborah. Agora eu percebo o quanto elas me fizeram falta. A cura proporcionada por Nathan teve um efeito sobrenatural sobre Deborah. No dia seguinte, os Queneus levantaram acampamento a fim de seguirem para Hazorah. Na frente iam Deborah, Hulda e Jael, seguidas por Nathan e Héber. A Ordem de Zelofeade aguardava a comitiva no meio do caminho. Elas tocaram trombetas quando se uniram ao cortejo. As pessoas das aldeias próximas, ao saberem da derrota de Jabim, correram para ver a Herdeira passar. A multidão acenava e dava vivas por onde passavam. Deborah acenava e sorria para as pessoas. O rosto de cada uma expressava gratidão, esperança e uma genuína felicidade com a liberdade adquirida. Os portões do palácio estavam abertos e havia gente no pátio, nas muralhas, nas arcadas e nos portões. Barak, Salum e Otoniel aguardavam no alto da escadaria. Deborah, após subir, virou-se para o povo e disse: — Meus amigos, vocês fazem parte de um mundo novo. Aqui, o mal não encontrará morada novamente. Ele ainda existe no sul, mas não atingirá mais o norte. A justiça e a união dos povos são os dois alicerces, nos quais essa nova sociedade será formada. É tempo de paz. Ainda não é a paz completa, mas apenas um prenúncio dela. Vamos construir juntos, esse mundo que parece arruinado, e fazê-lo florescer em honra daquele que merece todos os méritos: Deus, o Grande Pai. Houve aplausos e muitos gritos de júbilo. — Agora, aproveitem esses dias de festa que lhes são oferecidos pela vitória, e vivam a alegria que transborda em seus corações. Ela entrou, seguida por Jael, pelos sacerdotes das Cavernas do Sal, pela

Saga Os Tronos da Luz : A Profecia de Hedhen - Cristina Aguiar  

A Profecia de Hedhen – Os Tronos eram forças que reinavam nos dias antigos com o título de “Luminares”, e através deles, a luz era derramada...