Issuu on Google+

jornal do

cliente

Jornal bimestral para clientes da Unimed Regional Maringá - ano VI - nº 42 - jul/ago | 2008 - distribuição dirigida

cuidado integral: Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá oferece diversos tipos de tratamento. conheça todos eles na página 04.

veja mais: grupo de aprendizagem planejamento familiar cursos e palestras

ANS - n.º 371254


cliente Unimed

palavra do presidente Prezado cliente Unimed, Julho é um mês muito importante para nós, da Unimed Maringá. É nesse mês que se comemora o Dia Internacional do Cooperativismo. A Unimed, como uma cooperativa atuante na comunidade da área da saúde, relembra os princípios que fazem dela uma organização forte, uma referência em todo o país. Nesta edição do Jornal do Cliente, você vai conhecer os serviços da Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá, além de um novo grupo na área de Fonoaudiologia e as atividades da Medicina Preventiva entre elas um grupo de Planejamento Familiar. Aproveite também as dicas de saúde, para garantir sempre a sua qualidade de vida. Um abraço, Dr. Durval Francisco dos Santos Filho Presidente da Unimed Regional Maringá

em dia com a saúde Confira as palestras que serão oferecidas aos clientes pela área de Medicina Preventiva da Unimed Maringá: Data: 11 de julho Horário: 16h Palestra: Qualidade de Vida Palestrante: educador físico Rogério Mendes

Data: 22 de agosto Horário: 16h Palestra: Sobre o Sentido da Vida... Palestrante: psicóloga Melck Kelly Piastrelli Mota da Silva

grupo de orientação a pais

Data: 25 de julho Horário: 16h Palestra: Estresse Palestrante: psicóloga Melck Kelly Piastrelli Mota da Silva

Data: 7 de julho Horário: 19h30 Palestra: Relacionamento pais e filhos / Adolescência Palestrante: psicóloga Melck Kelly Piastrelli Mota da Silva

Data: 8 de agosto Horário: 16h Palestra: Como utilizar bem o seu plano Palestrante: Anderson Silva

Data: 4 de agosto Horário: 19h30 Palestra: Atividade Física na Infância e adolescência Palestrante: educador físico Ronan de Oliveira

expediente Jornal do Cliente O “Jornal do Cliente Unimed” é uma publicação dirigida aos clientes da Unimed Regional Maringá. Ano VI | Nº 42 | julho/agosto de 2008 edição e coordenação: Departamento de Marketing Unimed Regional Maringá jornalista responsável: Juliana Lima reg. 4730 DRT-PR

jornal do cliente - jul/ago | 2008 | 02

endereço para correspondência: av. Tiradentes, 1008/sala 704/ 87013-260/Maringá-PR Tel: (44) 3221- 2727 e-mail: clienteunimed@unimedmaringa.com.br diretoria da Unimed Regional Maringá: presidente: Dr. Durval F. dos Santos Filho vice-presidente: Dr. Natal Domingos Gianotto diretor Administrativo: Dr. Airto Manzotti

diretor de Mercado: Dr. Maurício Chaves Júnior diretor Médico: Dr. Aldo Taguchi superintendente financeiro: Édison Ribeiro Júnior superintendente administrativo: Sylvio Leite Júnior


notícias Unimed

confraternização na Medicina Preventiva No último dia 30 de maio, os participantes dos grupos da Medicina Preventiva da Unimed Maringá foram convidados para um café da manhã de confraternização. Mais de 150 pessoas participaram do evento. Entre esses clientes, estavam Leonardo Ramos. Ele participa do grupo de atividade física e, recentemente, também iniciou a participação no grupo de reeducação alimentar. Aproveitando as atividades do filho, Jaqueline Ramos começou a participar também, e já sente os benefícios. “Para mim, foi ótimo, me sinto muito disposta”, conta ela. Outra participante assídua da programação é Clóris Manoel de Souza. Há mais de um ano, ela faz do grupo de atividade física uma forma de encontrar as amigas e manter-se ativa. “A Medicina Preventiva da Unimed Maringá só traz benefícios”, explicou ela, durante o animado café da manhã.

superando as dificuldades Muitas crianças têm dificuldades na hora de aprender a ler e escrever. A origem e a cura dos chamados distúrbios de linguagem, tanto oral quanto escrita, ainda desafiam os pais. Para prevenir, diagnosticar e tratar esses distúrbios, a forma ideal é consultar um fonoaudiólogo, que é o profissional habilitado e graduado para esse trabalho. A Unimed Maringá oferece, em sua exclusiva Clínica de Fonoaudiologia, acompanhamento profissional em três áreas principais: voz e disfagia, motricidade oral e linguagem (oral e escrita). É nessa última área de atuação que a Clínica vai oferecer, a partir de julho, uma nova modalidade de terapia: o Grupo de Apoio à Linguagem Escrita. Esse novo grupo tem como objetivo permitir que os distúrbios de aprendizagem de pacientes em idade escolar sejam trabalhados em grupo, para um melhor rendimento. Segundo Roseli de Paula Oliveira, fonoaudióloga da Clínica da Unimed que é responsável pela criação do grupo, esse tipo de trabalho é uma forma muito eficiente de facilitar a aprendizagem. “Em grupo, a dificuldade de uma criança pode ser a dificuldade de outras, e essa interação é que promove a aprendizagem”, explica.

A profissional também explica que esse trabalho promove um apoio para os profissionais ligados às práticas escolares (educadores, professores, psicólogos, neurologistas e pediatras), dando, assim, o apoio integral que a criança necessita.

Para mais informações sobre o Grupo de Apoio à Linguagem Escrita, entre em contato com a Clínica de Fonoaudiologia da Unimed Maringá, pelo telefone (44) 3028 8077.

jornal do cliente - jul/ago | 2008 | 03


reportagem

cuidado integral Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá oferece diversos tipos de tratamento. Mais do que oferecer um auxílio no tratamento médico, a fisioterapia permite uma mel hora na qualidade de vida. Pensando nisso, a Unimed Maringá mantém a sua Clínica de Fisioterapia, especialmente planejada para oferecer aos clientes o que há de mel hor no cuidado com o corpo. A clínica de fisioterapia pode atender mais de 30 clientes por dia, pois conta com uma equipe de oito fisioterapeutas. A estrutura da clínica é adaptada para receber pessoas com necessidades especiais. Além disso, atualmente, passa por mel horias na estrutura física, garant indo o ambiente ideal para cada tratamento. Podem ut ilizar os serviços da clínica os clientes que receberem indicação médica para a fisioterapia. Na clínica, todo tratamento é executado após a avaliação dos profissionais, que se baseiam no diagnóst ico do médico. São diversos os recursos disponíveis, que variam de acordo com a necessidade de cada cliente. Entre eles estão a eletroterapia, a termoterapia e a sinesioterapia, que são os exercícios específicos para cada caso.

jornal do cliente - jul/ago | 2008 | 04


reportagem

a clínica atua nas seguintes especialidades:

isostreching é a busca do equilíbrio do corpo por meio do trabal ho da coluna vertebral. Essa forma de exercício promove o alongamento, o fortalecimento e a cor reção postural. No isostretching, o abdômen é re forçado por

Ortopedia e reumatologia: uma variedade de doenças ortopédicas podem ser tratadas com a

meio da respiração. Bolas de bor racha, colchonetes e bastões são ut ilizados para a execução dos exercícios.

fisioterapia. Entre elas estão tendinites e bursites, que são as mais freqüentes. Além disso, a clínica dá assistência a clientes que passarão por cirurgias de joel hos e ombros, realizando os procedimentos pré e pós-operatórios. Fisioterapia respiratória: técnicas de desobstrução brônquica, higiene pulmonar, reexpansão pulmonar, cor reção de padrões respiratórios, pneumonias, bronquite, asma, bronquiolite, e fisema pulmonar e DPOC - Doença Pulmonar Obstrut iva Crônica. Realizase também o tratamento pré-operatório para pessoas que farão a gastroplast ia (cirurgia de redução de estômago). Neurologia: exercícios, como alongamentos e at ividades específicas, para a reabilitação de crianças com paralisia cerebral e pacientes com AVC, lesão medular, Park inson e esclerose múlt ipla.

gestantes preparadas Acostumar-se a todas as mudanças que ocor rem no seu corpo é um desafio para a mul her. Por isso, foi criado o Grupo de Gestantes da Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá. O intuito principal é o bem-estar da futura mamãe durante todo o período, assim como o est ímulo ao vínculo mamãe-bebê desde sua concepção. A part ir do terceiro mês de gestação, as futuras mamães que são clientes Unimed já podem part icipar do grupo. Afinal, sejam prat icantes ou não de at ividades físicas antes da gestação, é necessário cuidar da saúde integral nesse período. Para entrar no grupo, o ideal é que se tenha liberação para a prát ica de at ividade física pelo médico obstetra. As at ividades consistem de exercícios de

Uroginecologia: essa técnica é ut ilizada no tratamento da incont inência urinária, tanto em adultos quanto em crianças. Por meio de est ímulos, promove-se a reeducação da musculatura pélvica.

alongamento, postura e fortalecimento para todo o corpo, para evitar dores ou desconforto. Além disso, trabal ham-se os músculos dos braços, importantes para car regar o bebê e a musculatura abdominal, que auxilia no caso de parto natural.

Terapia manual: ut ilizada principalmente nos tratamentos de ortopedia, ut iliza técnicas manuais para tratamento e relaxamento. É um tratamento freqüente nos casos de cervicologia, hérnia de disco e dores

O grupo funciona às terças e quintas-feiras, das 18h15 às 19h, na Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá.

muito intensas, além do pré-operatório em alguns procedimentos. Isostretching: técnica indicada para quem sofre com dores nas costas e desvios de coluna, tanto adultos quanto crianças e pré-adolescentes. O princípio do

A Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá atende das 7 às 19 horas. Os agendamentos podem ser feitos pessoalmente ou pelo telefone. Clínica de Fisioterapia da Unimed Maringá Av. Dom Manoel da Silveira, 899 (Praça das Antenas) (44) 3028 8077

jornal do cliente - jul/ago | 2008 | 05


Unimed com você

planejamento familiar é tema de curso Tomar a decisão de não ter mais fil hos não é nada fácil. Para

A últ ima parte do processo envolve a at ividade de uma

auxiliar os clientes nesse momento tão importante, a Unimed

psicóloga clínica, que deve realizar uma sessão individual e uma

Maringá criou o Projeto de Planejamento Familiar.

sessão com o casal, caso o cliente seja casado. Estas sessões terão o objet ivo de finalizar o processo de conscient ização

O programa tem como objet ivo orientar e conscient izar indivíduos que desejam realizar a esterilização cirúrgica. Serão

necessária para o encaminhamento do processo cirúrgico de esterilização.

realizados encontros com profissionais da área da saúde, no sent ido de favorecer uma escol ha consciente e voluntária para o livre exercício do planejamento familiar. O trabal ho será realizado em seis encontros no caso de

novas regras As novas regulamentações da Agência Nacional de Saúde

pessoas casadas e cinco encontros quando forem solteiras,

Suplementar (ANS), em vigor desde o início de abril, trazem

divorciadas ou viúvas. Serão fornecidas informações re ferentes

alterações na cobertura de vários procedimentos. Entre essas

às áreas de ginecologia e urologia, com ênfase no planejamento

modificações, está a inclusão da esterilização cirúrgica feminina

familiar e métodos contracept ivos reversíveis e ir reversíveis.

e masculina, que seguem normas determinadas pela própria ANS. Os critérios incluem ter a idade mínima de 25 anos e, pelo

O projeto também inclui encontros realizados por

menos, dois fil hos vivos, além de observar o prazo mínimo de

psicólogas, com o intuito de informar e trabal har os aspectos

sessenta dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico

psicológicos que envolvem a tomada de decisão para o

para os devidos aconsel hamentos e informações.

processo cirúrgico de esterilização.

jornal do cliente - jul/ago | 2008 | 06


vida ativa

mocinho ou vilão? Controlar o colesterol faz parte dos cuidados com a saúde. Aproveitando a comemoração do Dia Nacional de Controle do Colesterol, no dia 08 de agosto, os profissionais da área de Medicina Preventiva da Unimed Maringá oferecem algumas dicas.

Presente nas gorduras animais, o colesterol é muitas vezes associado somente a aspectos negativos. No entanto, ele é muito importante para o bom funcionamento do organismo, influenciando a produção dos hormônios masculinos e femininos, que tornam possível a reprodução humana, a composição do ácido biliar, que regula a digestão dos alimentos e a síntese da vitamina D, responsável pela reconstituição dos ossos. A maior fração do colesterol que circula pelo corpo é produzida pelo próprio organismo, principalmente pelo fígado. Cerca de 70% do colesterol é fabricado pelo organismo e apenas 30% é fornecido pelos alimentos ingeridos. O colesterol está presente em moléculas de substâncias denominadas lipoproteínas, entre as quais duas famílias são mais conhecidas: LDL (lipoproteínas de baixa densidade) é conhecida como o mau colesterol. HDL (lipoproteína de alta densidade), como o colesterol bom, porque remove a gordura sangüínea. Quanto maior a concentração de colesterol e de LDL, maior o risco de doenças cardiovasculares. Controlar o colesterol é uma atitude importante na prevenção de problemas como a aterosclerose, que pode conduzir ao infarto. Especialistas recomendam que depois dos 20 anos as pessoas façam a medição dos níveis de colesterol no sangue pelo menos uma vez a cada 5 anos. O resultado perseguido vai depender do histórico do paciente, ou seja, da presença ou não de problemas coronarianos e diabetes e da existência de fatores de risco como: tabagismo, estresse, sedentarismo, obesidade, histórico familiar e idade (superior a 45 anos para os homens e 55 anos para as mulheres). Quanto mais fatores de risco, maior deve ser o esforço para diminuir os índices de colesterol.

alimentação É importante salientar que o colesterol é encontrado apenas em alimentos de origem animal. A seguir algumas dicas para controlar o colesterol proveniente da alimentação:

prefira: Alimentos ricos em fibras, como frutas, vegetais, leguminosas e alimentos integrais. Peixes pouco gordurosos, carnes magras. Alimentos assados e grelhados. Margarinas sem gorduras trans e óleos vegetais (soja, canola, girassol, milho e azeite de oliva). Leite desnatado.

evite: Leite integral e seus derivados (principalmente os queijos amarelos). Manteiga, maionese, óleo de coco e de dendê. Carnes vermelhas gordurosas. Pele de aves. Embutidos (salsicha, lingüiça, presunto, mortadela, copa, salame) Bacon e torresmos. Frutos do mar (camarão, lagosta, ostra, marisco) Frituras e empanados. Miúdos em geral. Biscoitos amanteigados, pães recheados, pães de queijo, folhados, sorvetes cremosos, tortas e bolos.

dicas: Observe os rótulos dos produtos alimentícios, não esquecendo de observar as gorduras saturas, gorduras trans e o colesterol. Mantenha seu peso dentro do ideal. Faça de 5 a 6 refeições por dia (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia). Beba de 8 a 10 copos de água por dia. Comece o dia incluindo flocos de aveia no café da manhã. A aveia contém fibras solúveis que auxiliam na diminuição do colesterol. Enfim, é imprescindível para a diminuição do colesterol sérico a diminuição da ingestão de colesterol e de gordura saturada, o aumento da prática de atividade física e do consumo de frutas, vegetais e alimentos integrais. Fonte: adaptado do Portal Unimed. Colaboração: Charlles Vermieiro, enfermeiro, e Ariana Ferrari, nutricionista. jornal do cliente - jul/ago | 2008 | 07


saúde para você

campanha incentiva o parto normal Um levantamento do Ministério da Saúde demonstra que a cesariana já representa 43% dos partos realizados no Brasil pelo setor público e privado. Entre as mul heres que ut ilizam planos de saúde, esse percentual é ainda maior, chega a 80%. E, entre as que ut ilizam o SUS, é mais baixo, cor responde a 26%. Os dados são de 2006.

agudos e, em conseqüência, acabam precisando de internação em unidades de cuidados intermediários ou mesmo UTI Neonatal. Além disso, no parto cirúrgico há uma separação abrupta e precoce entre mãe e fil ho, num momento primordial para o estabelecimento de vínculo.

O parto normal é apontado como mais seguro tanto para a mãe quanto para o bebê. De acordo com a recomendação da Organização Mundial da Saúde, as cirurgias deveriam cor responder a, no máximo, 15%. Para alterar o atual quadro, o Ministério da Saúde lançou, recentemente, uma Campanha de Incent ivo ao Parto Normal.

Para as mães, o parto cirúrgico apresenta mais chances de hemor ragia, infecção no pós-parto e uma recuperação mais difícil. A falta de informação entre as mul heres também seria outro agravante, pois faz com que elas não part icipem dessa escol ha e, mesmo que num primeiro momento expressem a vontade do parto normal (70%, segundo pesquisas recentes/MS), no decor rer do trabal ho de parto, são convencidas por um ou outro mot ivo a aceitar o parto cirúrgico.

A alta prevalência das cesáreas leva a uma série de prejuízos: para o bebê, para a mãe e para a gestão dos serviços de saúde. Estudos demonstram que fetos nascidos entre 36 e 38 semanas, antes do período normal de gestação (40 semanas), têm 120 vezes mais chances de desenvolver problemas respiratórios

Na campanha, o Ministério da Saúde também esclarece que cesáreas anteriores, gestação de gêmeos e fetos grandes não determinam, por si só, a indicação do parto cirúrgico. Fonte: Ministério da Saúde.


jornal do cliente julho 2008