Issuu on Google+

SALVADOR

SALVADOR DOMINGO 16/10/2011

REGIÃO METROPOLITANA

Fernando Vivas / Ag. A TARDE

TRAGÉDIA As vítimas participavam de uma festa alusiva ao Dia das Crianças

Um caminhão desgovernado invadiu, na manhã de ontem, uma festa em comemoração ao Dia das Crianças, em Gameleira, Vera Cruz, município da Região Metropolitana de Salvador, na Ilha de Itaparica. Uma mulher e três crianças morreram e cerca de 20 pessoas ficaram feridas. De acordo com Lenise Ferreira, presidente da Associação Comercial de Vera Cruz, a festa para a comunidade é realizada anualmente pela loja de materiais de construção Portal da Ilha. Após o acidente, as pessoas ficaram revoltadas e ameaçavam incendiar o estabelecimento, dando trabalho aos policiais militares deslocados ao local. As vítimas foram socorridas por equipes do Serviço

Quatro pessoas morreram, uma adulta e três crianças. Outras 16 já foram transferidas para Salvador Móvel de Urgência (Samu), com participação do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), e levadas para o Hospital Geral de Itaparica e também para o Hospital Geral do Estado e o Hospital do Subúrbio, em Salvador. O caminhão Mercedes Benz de placa JOM 2605 havia sido estacionado a 15 metros

VIOLÊNCIA

Chacina deixa três mortos e um ferido na Boca do Rio

Caminhão atropela e mata quatro pessoas na Ilha JULIANA BRITO E REDAÇÃO

SAMUEL LIMA

O garoto Lucas, uma das vitimas, sendo transferido para atendimento em Salvador

da loja no dia anterior. O motorista Carlos de Jesus Bahiense, de 29 anos, prestou depoimento na 24ª Delegacia de Vera Cruz, na tarde de ontem, e já foi liberado.

Indignação

“Isso é de Paulinha mesmo”, disse a dona de casa Ana Ruth da Conceição, com a voz em-

bargada, ao encontrar no local do acidente a sandália da vítima Paula Piedade Santos Silva, de seis anos, que morreu ainda em Itaparica. A dona de casa, assim como o militar aposentado Antonio Porciúncula, presenciaram o acidente. O aposentado só percebeu a tragédia quando viu a neta Ana Beatriz Costa,

de 6 anos, desfalecida no colo do tio. Porciúncula ajudou a prestar socorro a várias crianças feridas, pedindo aos donos de carros que as levassem ao hospital. Ele atribui a tragédia à escolha do local da festa. “É um absurdo! Para fazer esse tipo de evento, tem que ser num lugar seguro e não no meio da rua”.

A disputa pelo domínio do tráfico de drogas resultou em quatro assassinatos, cometidos na manhã de ontem, na Boca do Rio. A primeira vítima, um homem conhecido por Zoião, foi executada a tiros na Rua Verissimo de Freitas, na localidade do Cajueiro, por volta de 6h40. Segundo fontes policias, quatro horas depois, oito desconhecidos chegaram à Rua São Judas Tadeu, região do bairro conhecida como Barreiro, e abriram fogo contra quatro homens. A ação foi classificada pela polícia como retaliação ao homicídio cometido no início da manhã. Dos quatro baleados, três morreram no local – os primos Ricardo da Silva e Gideam da Silva e um homem ainda não identificado. O quarto homem, alvejado na boca, permanece internado no Hospital Geral do Estado (HGE), sem identificação. O delegado Jesus Pablo Barbosa, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse não descartar a hipótese de que Ricardo e Gideon seriam os únicos alvos dos assassinos.

APRIMORAMENTO

RELÓGIO ALTERADO

Evento debate higiene e cuidados no local de trabalho

Comerciantes na praia estão divididos sobre o novo horário Gildo Lima / Ag. A TARDE

Carlos Casaes / Ag. A TARDE

DA REDAÇÃO

RAÍZA TOURINHO

Um encontro, ontem pela manhã, dedicado a melhorar as condições de trabalho de profissionais que atuam na área de limpeza foi realizado na sede do Grupo A TARDE, tendo à frente a especialista Cynthia Garcia. Higiene Pública (em local de trabalho), Lixo e Reciclagem foi o tema do encontro, que também teve ênfase em higiene pessoal. O público-alvo foi formado por integrantes da equipe da empresa SSA, terceirizada que atua no Grupo A TARDE.

O ajuste de uma hora adiantada no relógio começou hoje para os baianos. E os ex-proprietários de barracas de praia, que continuam comercializando em estruturas improvisadas, estão divididos sobre as consequências do horário de verão. “Não ajuda a gente em nada. Só faz complicar”, opina o comerciante Adelmário dos Santos, que vende bebidas no Porto da Barra. “A gente sai mais cedo, chega mais tarde e o movimento vai ser a mesma coisa”, ele acredita. Comerciante há 27 anos em Piatã, Raimundo de Melo Leal concorda com a medida, embora também acredite que irá prejudicar o comércio. “Vou ter que chegar mais cedo, mas os clientes não irão mudar o horário”, afirma ele, que chega à praia às 6h30. No entanto, o diretor do conselho fiscal da Associação

Orientação

Cynthia Garcia, coordenadora do setor de enfermagem e medicina preventiva da Promedica, orientou os profissionais sobre formas de adotar práticas, no dia a dia profissional, para reduzir os riscos de contaminação, que podem gerar danos à saúde.

Especialista Cynthia Garcia fala para os profissionais

Reciclagem, manuseio, descarte de lixo e higiene foram temas do encontro

A7

Outros pontos destacados no encontro foram relacionados com a reciclagem de materiais, manuseio e descarte de lixo e a higiene pública nos locais de trabalho. A palestrante também dedicou tempo especial para passar dicas importantes sobre higiene pessoal, contando com boa participação dos presentes.

OBITUÁRIO

Praxedes, da associação de barraqueiros, está otimista

dos Comerciantes em Barracas de Praia da Orla Marítima de Salvador (Acepoms), José Praxedes, vê benefícios na alteração. “Para a gente é ótimo. De tarde vai ter uma hora a mais. Dia de semana, quem larga cedo do trabalho pode vir à praia”, enfatiza. Para Praxedes, o horário de verão pode compensar um

pouco as perdas com a retirada das barracas.

Aeroportos

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) recomenda aos viajantes atenção, por conta de possíveis alterações nas saídas e chegadas de voos causadas pelo novo horário.

CURTAS

BOSQUE DA PAZ Celia Alves de Souza, faleceu na residência, 64 anos, natural de Feira de Santana - BA. Carlos Augusto dos Santos, faleceu no Hospital Menandro de Farias, 44 anos, solteiro, natural de Salvador - BA. Ivanete Alves de Souza, faleceu no Hospital Santa

Izabel, 56 anos, natural de Jacobina - BA.

JARDIM DA SAUDADE Joana Batista Neri Rocha, faleceu no Hospital Salvador, 81 anos, natural de Santo Estévão - BA. Anna Maria de Souza Pedroza, faleceu na própria residência, 78 anos, natural de Salvador BA.

Regina Maria Coelho dos Santos Gouveia, faleceu na própria residência, 82 anos, casada, natural de Salvador - BA. Jaime Bispo da Silva, faleceu no Hospital Português, 84 anos, natural de Catu - BA. Bertoldo Braga Fontes Lima, faleceu no Hospital São Rafael, 88 anos, natural de Muritiba - BA.

OLGA MACEDO CAMPOS MISSA DE 01 ANO DE SAUDADE

Os filhos, netos, sobrinhos e irmãos de OLGA, convidam os amigos e demais parentes para a Missa de 01 ano do seu falecimento, a ser celebrada na Igreja Santa Terezinha, situada na Av. Centenário – Chame Chame, às 19:30h do dia 18/10/11 (na terça-feira próxima).

Caminhada da Primavera na Barra Acontece hoje, a partir das 8h, na Barra, a 4ª Caminhada da Primavera, reunindo instituições baianas que trabalham com pessoas com deficiência, em homenagem à passagem do Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. Trata-se de uma iniciativa da escola de educação especial Alcance, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a luta

pela acessibilidade e pelo respeito à diversidade. Este ano, a organização estima a participação de mil pessoas na caminhada, que seguirá do antigo Clube Espanhol até o Farol da Barra. Ao final do percurso, no largo do Farol da Barra, está prevista a apresentação de diversos grupos de capoeira das instituições participantes do evento.

Deam de Brotas completa 25 anos A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), no Engenho Velho de Brotas, vai completar 25 anos amanhã. Como parte das comemorações, a delegada titular, Marilda Marcela da Luz , realizará, às 14h, uma palestra sobre o tema Direito da Mulher, para alunos do curso de direito da faculdade FTC, no auditório da delegacia. Exibição de filmes, apresentações musicais e teatrais, seminários, oficinas de arte e culinária, além de ações itinerantes em escolas, shoppings e outros espaços comunitários fazem parte da programação comemorativa dos 25 anos, que se estenderá pelos próximos meses.


Caminhão atropela e mata quatro pessoas na Ilha