Issuu on Google+

Ano IV - Nº 48

DEFENDENDO OS DIREITOS DA COMUNIDADE

Distribuição Gratuita - 10.000 Exemplares

Edição Especial de Aniversário!!! Um brinde aos nossos colaboradores!!! Os Anunciantes São os Principais, ao Longo de Nossa Trajetória. A você Leitor, que faz parte desta caminhada, nosso reconhecimento. Em especial, agradecemos aos anunciantes pelo apoio Cultural, pois sem eles, seria impossível seguir em frente. Hoje mais do que nunca, compreendemos a existência de uma força maior, e sabemos que essa força nos ajudou a seguir por este caminho que chegou aos “Quatro Anos de Credibilidade”, sabemos também, que será essa mesma força que nos fará persistir e progredir cada vez mais em beneficio da coletividade. “Gratidão a todos que observam esse valor e acreditam em nosso trabalho”.

4

Anos Isis Brasil...

Que delícia é ser Saudável.

Compromisso Com a População “Se eleito for, eu vou fazer...”. Essa é a frase que estamos ouvindo com frequência nos últimos meses. Com isso entendemos que os candidatos

eleitos vão fazer muito pelo povo, tanto prefeito como vereadores, e as eleições estão aí, já neste domingo, dia 7 de outubro. A trilha sonora do momento são as promessas dos candidatos. Se levarmos em conta o que o dizem em seus discursos, em um passe de mágica observaremos melhorias em tudo, “uma cidade paraíso”. Isso nós vamos cobrar, seja ele quem for o candidato eleito. Na “educação, saúde, segurança, transporte público, Cultura, Lazer etc.”. “Sabemos também que, ele não está prometendo nada de mais, pois é dever de quem senta na cadeira de prefeito ou vereador, não está fazendo nem um favor” o que um político promete fazer pelas comunidades é dever dele e direito dos Cidadãos. Queremos e iremos cobrar todas essas promessas junto a População.

GALVÃO

Materiais para construção

homenagea todas as Crianças pelo seu dia

Homenagea todas a Cranças pelo seu dia.


Setembro/Outubro 2012- ANO II

Página 2

11 de Outubro dia do Deficiente Físico Será uma data que representa comemoração ou está mais para o lado da reivindicação? Mais do que uma data, este dia representa a possibilidade de reflexão de todos os setores da sociedade sobre o tema. As pessoas com deficiência ainda enfrentam inúmeras dificuldades desde a locomoção, educação e preconceito pela falta de informação. O preconceito infelizmente aparece em diferentes maneiras: em um olhar, uma palavra mal expressada, a falta de tolerância. As barreiras físicas também expressam preconceito no sentido de mostrar que a rua o transporte, as lojas em muitos casos não estão preparados para receber uma pessoa com deficiência. Isso pode resultar afastando ainda mais a pessoa do convívio social. Nesse sentido vale lembrar que: “Deficiente não é a pessoa que apresenta diferenças físicas, mentais ou sensoriais, deficiente é qualquer pessoa que não está apta para desempenhar função fora do seu conhecimento e de seu alcance”. A deficiência não modifica o ser em sua essência, apenas o limita em alguns aspectos. A ideia é sensibilizar a todos para que sejam promovidas mudanças no que diz respeito à acessibilidade, que ainda apresenta grandes níveis de dificuldades para as

25 de Setembro, dia Nacional do Trânsito Nossa Homenagem aos coordenadores de trânsito do nosso município e a todos aqueles que fazem um pouquinho por um mundo melhor.

pessoas com deficiência que se utilizam de cadeira de rodas. Cada pessoa é única em seu modo de pensar, querer e sentir. Portanto não se deve igualar as pessoas por suas características, mas respeitar seu direito de ser diferente.A sociedade geralmente esquece que as pessoas com Equipe Semutrans. Secretário José Messias. Silvio- Léo- Carlos Henriquedeficiência são consumidoras Mauro- Adilson- Eraldo- Fernando- Rogério -Alberto também e que necessitam de adaptação para entrar nos estabelecimentos. A luta pelos direitos Padroeira da cidade Embu Guaçu que deveriam ser cumpridos é contínua, sem fim, pois, acima de A vida da santa Teresa de Lisieux, ou santa Teresinha tudo, representa a luta de seres do Menino Jesus e da Sagrada Face, seu nome de humanos. Cidadãos que devem ter religiosa e como o povo carinhosamente a prefere seus direitos cumpridos e respeichamar, marca na história da Igreja uma nova forma tados. Muito se fala sobre inclusão, de entregar-se à religiosidade. mas na realidade pouco se vê o No lugar do medo do "Deus duro e vingador", ela interesse em realizá-la por meio coloca o amor puro e total a Jesus como um fim em si mesmo para toda a existência eterna. Sua vida foi de políticas públicas que resultem breve, mas plena de dedicação e entrega. em uma melhor infraestrutura e Francesinha, que nasceu em Aliçon 1873, e morreu qualidade de vida social, cultural no ano de 1897. com apenas 24 anos de idade. do cidadão deficiente. O texto foi Menina ainda, disse na manhã de sua morte: “eu baseado da apostila (como lidar não me arrependo de me ter abandonado ao amor. com pessoas) Santa Terezinha não só descobriu no coração da Igreja que sua vocação era o amor, mas sabia que o seu coração - e o de todos nós - foi feito para amar. Terezinha entrou com 15 anos no Mosteiro das Carmelitas, com a autorização do Papa e sua vida passou na humildade, simplicidade e confiança plena em Deus. Todos os gestos e sacrifícios, do menor ao maior, oferecia a Deus, pela salvação das almas, e na intenção da Igreja. Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face esteve como criança para o pai, livre igual a um brinquedo aos cuidados do Menino Jesus, e tomada pelo Espírito de amor, que a ensinou a pequena via da infância espiritual. O mais profundo desejo do coração de Terezinha era ter sido missionária “desde a criação do mundo, até a consumação dos séculos”. Sua vida nos deixou como proposta, selada na autobiografia “História de uma alma”, e como intercessora dos missionários sacerdotes e pecadores que não conheciam Jesus, continua ainda hoje, vivendo o Céu, fazendo o bem aos da terra. Proclamada principal padroeira das missões em 1927, padroeira secundária da França em 1944, e Doutora da Igreja, que nos ensina o caminho da santidade pela humildade em 1997, na data do seu centenário. ela mesma testemunha que a primeira palavra que leu sozinha foi: “ céus “; agora a última sua entrada nesta morada, pois exclamou : “ meu Deus, eu vos amo...eu vos amo “.

1º de outubro, dia de Santa Teresinha


Página 3

SETEMBRO/OUTUBRO 2012 - ANO II

RESGATANDO A CULTURA DE EMBU GUAÇU Conhecendo, resgatando e preservando nossa história

Rua Emilia Pires, centro de Embu Guaçu, José Simões Louro

Casa construída nos anos 40.“ Atualmente Casa do Norte”

Na área central de Embu Guaçu, o retrato de uma das construções mais antigas feita de tijolo e barro, situada na esquina da Rua Boa Vista com Rua Independência, ela não perdeu muito de sua característica original. A casa foi construída por José Simões Louro em (1943) de propriedade de Antonio Nunes, ele instalou nesta casa, um armazém de secos e molhados que se manteve por alguns anos e a partir daí, a casa também serviu de templo como mostra a imagem. Esta casa alem de ter abrigado o armazém e igreja, também serviu de abrigo para outros vários comércios como por exemplo: empório do Sr. Roque, armazém do Sr. José Pinto, casa de

ração, comitê, avícola e atualmente instalações da casa do Norte da Lorena que vende de tudo um pouco, de “Norte a Sul”, e faço questão de ressaltar que nessas idas e vindas de comércios a casa do Norte continua sendo um armazém, tem de tudo um pouco e continuamente a casa cultiva boas amizades e o diálogo entre os amigos que faz todo sentido. A casa ainda é de propriedade da Família Nunes e aqui registramos a saudade dos momentos e nosso eterno agradecimento a todos os leitores e famílias que compartilham conosco este mesmo sentimento. Afinal, menor que nossos sonhos não podemos ser. “Beto Lopes”

Centro de E. Guaçu nos anos 70, desfile escolar na praça Inácio Pires de Moraes”, aos fundos atualmente casa da esfiha, foto Tominaga e Banco do Brasil

A cidade constituiu administrativamente um município no dia 7 de março de 1965. Historicamente a cidade ficou independente de Itapecerica da Serra, sendo vitorioso na primeira eleição o partido Social progressista, (PSP), que elegeu o primeiro prefeito, José Simões Louro que obteve 414 votos e seu vice, Fioravante Francisco, 438 votos, ou seja, mais votado que o prefeito. “É que naquela época votava-se separadamente para prefeito e vice”. Embu Guaçu tem uma área de 171 km² e uma população que atualmente não se sabe muito bem, mas acreditamos em aproximadamente, 85.000 habitantes.

Em 1965, no mesmo ano de sua independência, o prefeito José Simões Louro sancionou a Lei nº 9/65, criando o Brasão da cidade. Desde o dia 6 de julho desse ano, Embu Guaçu tem o Brasão de armas, com a seguinte descrição: escudo mural tipo português, num campo com quatro alas e coroa de louros circulando o Brasão. No plano inferior, uma faixa com uma frase em latim “PER ASPERA AD ASTRA” que significa por caminhos ásperos chegaremos as estrelas. O mural justifica a descendência do povo brasileiro. A coroa de louros representa o augúrio de glórias para Embu Guaçu. O sol nascente semi-encoberto por montanhas anuncia uma nova autora para o povo desta terra e indica a fertilidades do solo do município, acusando o verdejar de nossas matas. Embarcação a volta representa um dos meios de transporte usados nos primórdio desta terra, sem que o progresso não estivesse evidenciado, sendo que os traços embaixo da embarcação representa o rio Embu Guaçu. A balança e espada, símbolo da justiça, destaca a justiça com que se cumpre e se faz cumprir as leis. A frase “PER ASPERA AD ASTRA” conserva a pureza da língua mãe e do propósito de não medir sacrifícios, para dar a Embu Guaçu, o futuro brilhante que é o desejo do seu povo. Em 1978, o prefeito Ademar João Estevam promulgou a lei de nº 361/78 criando a “Bandeira de Embu Guaçu”. Inspirada na constelação do Cruzeiro do Sul, a bandeira tem como ponto central e em destaque, o Brasão de Armas do município, que se mantém de acordo com a lei de 1965. Em sua composição estão três faixas desproporcionais por um circulo- ótico. Suas cores são: na faixa interceptada horizontal- azul. Na faixa vertical, verde bandeira e na diagonal, amarelo ouro. O simbolismo da bandeira representa: as três faixas em conjunto, a Constelação do Cruzeiro do Sul, a faixa horizontal representa as estrelas Delta e Beta e sua cor, nossas águas, a faixa diagonal retrata a estrela Épsilon e sua cor, nossas riquezas. A lei criando a bandeira da cidade foi publicada e registrada na Divisão de Administração da prefeitura, em 21 de março de 1978. Não se tem uma data oficial de quando foi criado o “Hino de Embu Guaçu” seu autor foi Dom Pedro Villas Boas de Souza.


Setembro/Outubro 2012- ANO II

Página 4

Caro Eleitor... Pense Bem Antes de ir às Urnas Política não é brincadeira Caro Eleitor: com este alerta, mais uma vez somos chamados a fazer nossas escolhas, destinados a colocarmos, prefeito e vereadores, portanto o seu titulo de eleitor é instrumento de defesa, seu voto é precioso, é a causa de tudo que poderá acontecer de bom em prol da população e do futuro do município. Seu voto poderá ser também uma bomba que destrói e arrasa seus sonhos, travando o progresso, castigando o povo, piorando tudo; talvez enriquecendo poucos, as custa de todos. Por isso, seu voto não pode ser trocado, por favor, algum. Não há recompensa que possa pagar o valor do seu voto. Pode até ser uma graninha que ajuda, mas quem vende o voto não tem moral, nem razões para chamar corruptos de corruptos.

Ponto de Vista

Agora vamos pensar que se alguém vender o voto por R$50 reais, esse dinheiro dividido por 1460 dias do mandato de vereador ou prefeito, por exemplo, “esse dinheiro que muitos chamam de graninha a mais”, é igual a 0,03 por dia, “isso mesmo três centavos por dia”.

Não há como ignorar o assunto O candidato que fizer uma estimativa de votos, levando em contas os comprados, não vai sentar em cadeira alguma. No máximo ele vai sentar em um banquinho de três pernas ou no banco da praça para refletir seu ato de desonestidade e aproveitador. O eleitor não é tolo.

Por outro lado

Quantas vezes você, já precisou ir até a prefeitura ou a Câmara de Vereadores, solicitar algo. Em muitas oportunidades já sem paciência, por que o assunto é grave, é um problema de atendimento na saúde, ou a rua que esta intransitável ou precisa de uma ambulância para transportar um amigo ou familiar. Ele pode reivindicar reclamar, ele paga impostos, mas especialmente porque ele é um integrante da comunidade que soube exercer o seu direito de cidadão na hora do

voto, ele não vendeu o seu voto. Mas aquele miserável que vendeu o voto vai chegar para reivindicar alguma coisa, junto a Câmara de Vereadores, junto à prefeitura e terá que baixar os olhos e pedir um penico, pois ele mesmo sabe que não tem direito a reclamar. Ele perdeu seu direito de cidadão quando abriu mão do seu dever cívico, vendendo o seu voto. Quem vende o voto sabe muito bem que não tem direito a reclamar, muito menos de esperar algo de digno, pois perdeu sua dignidade quando aceitou se vender.

Você tem em suas mãos o poder Você já notou, que esta ganhando tapinhas nas costas e abraços de quem jamais imaginou ganhar? De alguns candidatos que fora da época de eleição, nem se quer notavam você, nem olhava em sua direção. É assim mesmo, analise a postura de cada candidato, você tem alguns dias para pensar nisso, pois esta postura será a que ele vai adotar se eleito for. Se ele

nunca havia te notado como cidadão, mesmo você passando, ou convivendo na mesma sociedade e agora esta cheio de gentilezas, cuidado. Ele só esta de olho no seu voto e depois ele nem vai lembrar que te viu um dia Caro leitor, esses esclarecimentos não são novidade alguma, mas custam ser entendidos e assumidos por muitos Eleitores, grato pela atenção.

Um convite a uma reflexão profunda Infelizmente a cultura política de modo geral faz de alguns políticos verdadeiras instituições de caridade ambulantes. É muito bom quando prefeitos e vereadores têm vínculos com o bem comum, excluindo o assistencialismo em troca pelo desenvolvimento coletivo. O eleitor não merece ser enganado quando utiliza serviços públicos, como se fossem benefícios doados pelo vereador, A ou B. Quem ainda não entendeu que trocar voto por migalhas vai prejudicar o futuro dos próprios filhos não pode dizer que não sabia. Por isso, seu voto não pode ser trocado, por favor, algum. Não há recompensa que possa pagar o valor do voto, ele não tem preço. Digitando seu voto na urna, você estará, querendo ou não, abrindo um futuro feliz ou desastrado para você mesmo,

para sua família, para a sua cidade, para o seu Município. Também não se pode generalizar o eleitor e dizer que eles elegem alguém com os mesmos objetivos. Tem alguns que realmente acreditam na boa vontade e intenção dos políticos. Esse alerta é somente para os fracos eleitores que não percebem que o assistencialismo não beneficia a sociedade, mas somente a algumas pessoas que utilizam do mecanismo sujo para o benefício próprio. Um círculo vicioso que não acaba devido a falta de compromisso com sua cidade. O que esses querem na verdade é a compensação individual e não, a compensação coletiva! O seu bolso em primeiro lugar. Mas Existem muitas pessoas honestas, e nós não podemos ficar de braços cruzados só reclamando.

Anular o voto não seria uma boa ideia? Não. Anular o voto, em geral, além de não punir os maus políticos, costuma prejudicar os bons, tanto os que possuem mandato quanto os que colocam seu nome à disposição dos partidos para exercer com dignidade um mandato no Legislativo ou no Executivo, nos três

níveis de governo: união, estados e municípios. O que se pode perceber é que muitas pessoas não gostam de política, não acreditam nos políticos e no dia da eleição vão às urnas para simplesmente votar em branco ou anular o voto. Isso não é bom, não é solução.

Candidatos nas ruas e o que pensa o Eleitor Atualmente, temos escutado nas ruas que a forma pela qual os políticos escolheram para fazer suas campanhas eleitorais, está longe de atrair a simpatia dos eleitores. A maioria das pessoas entende que, ao ouvir as propagandas, é como se estivessem fazendo um favor para o cidadão se caso o mesmo for eleito. Mas pensando bem, se um candidato chega para você e fala que quando for eleito vai roubar o que puder dos cofres públicos, que vai aceitar propinas para aprovar projetos, que vai dar emprego somente para seus parentes, você vota nele? É claro que não vota. Nem você nem eu nem brasileiro nenhum. Se, no entanto, o candidato chega para você e diz que vai investir na educação construindo novas escolas, que não vai faltar emprego, que vai melhorar o transporte público, que vai priorizar a saúde pública,

melhorar a qualidade de vida da população, que vai asfaltar todas as ruas e estrada de todos os bairros e que vai lutar com todas as suas forças em prol de todos, você vota nele? Vota, e com toda a razão, porque o que ele está oferecendo é exatamente o que você quer para o seu município. Talvez não seja o brasileiro que não saiba votar, mas sim, candidatos que não sabem fazer política, ou não sabem o que fazer para ter mais respeito e confiança das pessoas. As eleições municipais estão aí. São quatro anos de alegrias ou de tristezas, saibamos, pois, escolher os nossos candidatos, pois ao votar estaremos assinando um cheque em branco ou dando uma procuração ao candidato para que ele faça o que quiser e o que desejar, sem ao menos nos dar satisfação.


Página 5

SETEMBRO/OUTUBRO 2012 - ANO II

1º de outubro, dia do Vereador Foi promulgada no dia 20 de julho de 1984, a Lei Federal 7.212/84, que instituiu o dia 1º de outubro como o Dia Nacional do Vereador. Obs. Cada município pode apresentar um número variado de vereadores, a quantidade de representantes vai depender da população deste município. O número mínimo, no entanto é de nove vereadores e o máximo de 55.

Cidade de Embu Guaçu A população já sabe que este ano é um ano eleitoral, sabe também que na eleição deste ano, 205 candidatos a vereadores concorrem a 10 vagas na câmara municipal. Serão escolhidos prefeitos e vereadores nesse importante evento democrático. A corrida eleitoral deste ano promete uma disputa bem mais acirrada entre os candidatos, tanto a prefeito, quanto a vereador. É importante conhecermos os deveres de um vereador pois só assim saberemos de fato se ele está cumprindo bem suas obrigações e se realmente merece ser homenageado no dia que lhe é dedicado. O vereador existe para fazer leis de interesse do município e para fiscalizar a administração municipal. Por exemplo: quando você

vai construir sua casa, abrir um negócio. Quando você vai pagar o imposto municipal. Quando você quer usar uma creche, com certeza houve participação dos vereadores para definir como isso vai acontecer como vai ser exercido o seu direito. Todas essas coisas de interesse e do âmbito municipal foram ou são legisladas pelos vereadores. O Plano Diretor Municipal, a Lei Orçamentária, a Lei de Uso e Ocupação do Solo, o Código Ambiental Municipal, etc. Portanto, o voto de cada eleitor pode significar um grãozinho no meio da terra, mas juntos somos uma montanha. O voto é o instrumento democrático a disposição da cidadania. Quando votamos estamos decidindo o futuro de nossa cidade

Não jogue seu voto no lixo, pois sua vida estará indo junto! Nosso objetivo é de conscientizar a importância do voto para quem vai votar pela primeira vez. Eles irão às urnas para escolher seus representantes no Legislativo e Executivo municipal. O que você jovem eleitor pode fazer é procurar informações sobre o que os vereadores, e candidatos a prefeito, andam fazendo na cidade. Procure pelos projetos deles. Consulte a proposta de novos candidatos, ou de candidatos antigos. Convém sempre levantar dados sobre a pessoa e descobrir o que ela provavelmente está verdadeiramente querendo com o cargo. Procure saber o porquê eles querem se candidatar, dificilmente alguém se candidata “pelo bem do povo”, há sempre interesses envolvidos, mas tem os que realmente querem trabalhar, em prol da população. Descubra ou tenha uma ideia de quais são seus interesses e veja se, o que o candidato promete fazer, será benéfico para a cidade. É claro que existe eleitor que são mais interessados no que é para si mesmo do que para todos, ou seja, buscam quais benefícios irão ganhar em troca do voto, isso não é vantajoso para a população, para saúde, educação, cultura, transporte, segurança, etc. E assim buscamos sempre contribuir, encorajar que os cidadãos Embuguaçuenses tomem parte no destino do município, que ao exerceres o teu voto estás a contribuir para o fortalecimento da cidade e de seus habitantes..

Qual o papel de um prefeito? Amplas são suas atribuições e grandes, portanto, suas responsabilidades, tanto do ponto de vista legal, como pelo fato de que é o principal depositário da confiança popular para a solução dos problemas do município. Como chefe do executivo, o prefeito é responsável pela administração dos serviços públicos do município. Uma de suas funções mais importantes é a de administrar a aplicação dos recursos do que o município recebe. O orçamento municipal, montante desses recursos que o município recebe, é aprovado pela Câmara municipal. Outra função dos prefeitos é cuidar para que os aspectos de responsabilidade pública da cidade, como

a limpeza de ruas, programas de assistência social, coleta do risco e outras, sejam executadas de forma eficiente. Para isso, ele nomeia secretários, que cuidam de aspectos específicos através das secretarias municipais. Também é função do prefeito sancionar e revogar leis, vetar projetos inconstitucionais ou que não sejam de interesse público, nomear ou demitir servidores, acompanhar a execução dos programas e fiscalização da aplicação dos recursos. O prefeito não é subordinado à outra autoridade, apenas à lei. Acatará a lei e os mandados judiciais, como qualquer autoridade e qualquer pessoa.

Eleitores desconfiam de promessas de candidatos

Infelizmente, a campanha eleitoral tem mostrado, com frequência, maior preocupação dos candidatos em “demolir” os adversários do que em apresentar aos eleitores propostas de governo dignas de fé e adequadas para o exercício do mandato pretendido. Os eleitores têm o direito de cobrar propostas dos candidatos e de esperar que eles estejam atentos às necessidades das comunidades locais. Enquanto isso tem outros com ideias mágicas e fantásticas, mas o eleitor já percebeu que só querem seu voto. É meu amigo, é meu companheiro, você pode

contar comigo e etc. e tal, mas logo após o término das eleições esta história muda e aquele que tanto parecia ser bom, passa por você, ora de vidro fechado em seu carro, ora com o celular no ouvido, e às vezes chega a ser debochado, você fala e recebe um “tchau” e ele simplesmente vai embora. É claro que não são todos que fazem isso, mas a grande maioria sim. A escolha de um candidato precisa passar por uma análise criteriosa que envolva o seu histórico de vida pessoal, sua capacidade técnica e moral. Esse é o voto consciente.

A decisão tá nas mãos do povo Eleições não são loterias ou jogos de acaso, embora muitas vezes até pareçam ser. Principalmente quando os eleitores votam por considerarem apenas aspectos como carisma, beleza ou estilo. Para as eleições deixarem de ser algo “mágico” é necessário que comecemos a despertar uma consciência sobre qual a real função dos políticos eleitos. O exercício da cidadania e o ato de votar são posturas que caminham lado a lado. É preciso que nos atentemos para todas essas questões, que nos passam despercebidas em momentos de decisão como o do dia 7 de outubro. Por isso, um favor que você faz não somente à população Embuguaçuense, como também a si próprio, é votar com consciência.


Setembro/Outubro 2012- ANO II

Página 6

Américo Cabeleireiro Feliz dia da Criança

Ser criança é se entreter entre brinquedos e sonhos é se alegrar, é viver...Agradeço ao Criador, razão de ser, de existir, de permanecer neste plano com a consciência de que é preciso amar ao próximo, sempre, com humildade, dedicação e respeito. A meus pais, pela inspiração, dedicação, amor incondicional, educação e formação íntegra. A meus irmãos, pelo companheirismo, amor sincero, voz que conforta e refúgio seguro. Aos amigos, pelo ombro que ampara palavras que alegram e lugar de confidência. Aos colegas de trabalho, pelos ensinamentos diários, troca de experiências, consideração e crescimento. Aos clientes, pelos anos de conhecimento compartilhados, pelo apoio, Incentivo e o pão de cada dia. E hoje como sempre, olhemos para o céu. Contemplemos a beleza da natureza e os detalhes da vida com os quais hoje a Divina Providência nos presenteará, o sorriso de uma criança, o nascer e o pôr do sol e tantas cenas lindas que alegrarão o nosso coração. Então Vivamos o presente: amando, perdoando as pessoas, contribuindo com o bem comum e à inteira disposição da vontade de Deus a nosso respeito sem desperdiçar nenhum momento.

Vem aí a 31ª Romaria de Embu Guaçu a Pirapora de Bom Jesus. homenagem aos romeiros falecido, por Américo Cabeleireiro Com licença meus amigos, para entrar em seu lar. Peço atenção de todos, pois tenho história pra contar. Vou falar de pessoas que a saudade faz lembrar. Dormindo ou acordado, sempre lembramos pessoas que estão do outro lado. Lado esse que sem entender, pelo pai maior foi chamado. Eu certo dia, não sabia se estava acordado ou se eu dormia. Ouvi vozes de pessoas que a tempo eu não ouvia. Foi quando de um clarão surgia aquele povão, e o primeiro da fila, era o tropeiro Chico Alemão, ouvi conversa do meu lado, quando olhei, era João Felipe e João Furtado, ouvi então o som do berrante e trotes de cavalos. Eram eles: Maurício, Marquinhos, Sr. Odócio, Silvano e dona Cristina, achavam que estavam atrasados. Zillig e Orelha já chegaram chamando atenção, empinando suas motos e acenava com as mãos, e veio logo dizendo. Tem gente ainda chegando que faz parte da comissão. Toco Luiz Cocaia, Bigode, Pescoço e Cidão Boiadeiro. Esses sim me faz lembrar a passagem que eram os culateiros, e no rosto estampado num sorriso vinha ele, Miro Bueno Montando no boi paraíso. Quando achei que estava completa a comissão, vinha chegando dona Dinda e dona Carolina com o rosário nas mãos, Pedro Carreiro e Paulo Barbudo também acompanhavam. Derrepente acordei assustado e avistei um bilhete que estava ao meu lado. O menino Hugo é quem escrevia, cheguei atrasado, mas faço parte da comissão, e no momento em que rezava na chegada, nós também fazíamos parte da tradição. Viva Nossa Senhora de Aparecida, Bom Jesus de Pirapora, Viva toda a comissão. “Não esqueçam”... Hoje estamos longe dos olhos, mas perto do coração, no sorriso de uma criança, e às vezes num aperto de mão. Autor da obra,“Américo Lopes dos Santos. Assista o video / www.avozembuguacu.com


Página 7

SETEMBRO/OUTUBRO 2012 - ANO II

1º MOTO FEST,... EM EMBU GUAÇU Fantástico!!

A equipe os Mamutes agradece todos que compareceram no 1º Moto fest. O evento aconteceu no domingo dia (09/09/2012), na Praça Yvan Braga de Oliveira, em Embu Guaçu, “1º Moto Fest”. Organizado pelo Moto Clube Mamutes, Jeskap Ponteiras Esportivas e Carbox Racing, o evento contou com show de bandas de rock e apresentação especial da equipe de wheeling Adrenalina Moto Show. O valor arrecadado com os vales sorteios vendidos foram destinados a instituições de caridades e à compra de brinquedos para crianças carentes da cidade. Na foto podemos observar dois dos organizadores: Roger da Carbox e Rodrigo da casa de ração. Contando ainda com, Nene da borracharia, Carlinhos Carbox, Mário Jescap, Hélio Portal do Sul, Luciano, Edson, Thais da GCM, Santana GCM, Luiz Carlos GCM, e Marcio. Obs.”Diogo foi o ganhador da moto”

Conseguiu atrair público de todas as idades.


Setembro/Outubro 2012- ANO II

Página 8

Para que serve a Faixa de Pedestre?

Democracia na Comunicação

“O Trânsito é Feito de Pessoas – Valorize a Vida”. Buscamos reafirmar a importância de valorizar a vida das pessoas, motorizadas ou não, no propósito comum de um trânsito seguro. Pessoas que diante da fragilidade da vida precisam se dispor a repensar suas ações, mudando hábitos e atitudes em favor da vida.

“Na Rua Somos Todos Pedestres”

Valorizando a vida Na Rua Somos Todos Pedestres. Portanto inclui cada cidadão como responsável pelo bem-estar dos seus semelhantes. Atravessar as ruas de Embu Guaçu não é mais como antes “exige muita atenção”. A cidade cresceu, cresce a cada dia e os carros aumentaram “Pé na Faixa quase ninguém respeita”, a maioria dos motoristas ainda ignora os pedestres. Nossa reportagem flagra diariamente nas ruas de Embu Guaçu. “Outro dia um casal disse a nossa reportagem que todas as vezes que precisa atravessar a rua estende a mão fazendo sinal, mas só alguns param”, isso é um risco para as pessoas, fala uma senhora, eles nem espera atravessar e já vai passando, tem uns que ainda xinga a gente. Outro fez questão de mencionar que, muitos condutores abusam da velocidade e, por isso ignoram os pedestres, principalmente

alguns motoqueiros. Obs. As três pessoas que estão atravessando na faixa faz parte da nossa equipe, “o rapaz e as duas moças”. Colhemos vários relatos enquanto nossa reportagem permanecia próxima a Praça Ivan Braga de Oliveira um cidadão se interessou pelo assunto e disse o seguinte: nosso transito é formado por motoristas motoqueiros, ciclistas e pedestres, a maioria mal educados. Motoristas e motoqueiros não respeitam sinais de transito e não há fiscalização. Os pedestres nas ruas pensam que estão andando dentro de casa, sem atenção sem cuidados, principalmente os que parecem ser donos da rua. Muitos pedestres atravessam a rua longe da faixa e ainda reclama. Esse é o ponto de vista de populares, são opiniões diversas e esse é nosso papel, conscientizar interagir e informar a população.

E necessário esclarecer que: quem precisava atravessar próximo ao Correio sentido velório ou vice versa, tinha muita dificuldade ao atravessar, hoje com a faixa de pedestre facilita muito. Porém com algumas observações, respeitando os comentários de pedestres e motoristas, eles tem a sensação que: a faixa fica bem na esquina, logo quando um carro tem que virar pra direita. O que acontece? Ele para em cima da faixa, ou para em cima da outra faixa de pedestre antes de virar à direita. Olhando por outro lado, o carro que vem subindo para virar a esquerda, poderá trancar a pista enquanto o pedestre atravessa, dificultando a passagem para o carro que desce. É confuso e fica difícil para ambas as partes. Isso faz com que o pedestre que tem direito de passagem deve ainda observar o devido cuidado, de saber se deve atravessar ou não, que todos os veículos que se aproximam, vão passar direto ou não, isso faz com que o pedestre se arrisca. Sob outro ponto de vista queremos também alertar as autoridades competentes, em relação à Saída de automóveis do Supermercado Ricoy, também próximo ao Correio, os clientes que saem do estacionamento do supermercado, não tem visão, devido ao ponto de taxi, próximo à entrada e a saída do mesmo, como mostra na foto. Isso pode causar um acidente. Outra observação é de quem precisa atravessar a Rua Santo Antonio, esquina com a Rua 7 de Setembro, corre risco de ser atropelado, devido a faixa ser muito próximo da esquina, o motorista que vem subindo não tem visão suficiente. Obs. As opiniões sobre este assunto são relatos de populares, de pessoas que não são especializadas sobre o tema, mas, que tem o direito e expor suas opiniões, são cidadãos, são pedestres e motoristas que tem certo conhecimento, de forma a contribuir respeitosamente manifestando suas ideias. Nosso trabalho tem como principal objetivo, conciliar, informar, valer-se, servir a população a alcançar a vitória de cada um. Só assim ela será de todos.

Todos Nós Somos Pedestres

Não é possível andar nas ruas sem se envolver com o próximo. Não é possível ver a ruína de alguém que cruza o mesmo caminho a pé, de bicicleta, motocicleta, automóvel, ônibus ou caminhão. Na vida, nós somos todos pedestres em trânsito, que um dia prestarão contas do uso dado a essa dádiva soprada por Deus.

Rua Santo Antonio, com Rua 7 de Setembro


Página 9

SETEMBRO/OUTUBRO 2012 - ANO II

SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE EMBU GUAÇU Venha conhecer a nossa coleção PRIMAVERA/VERÃO TAMANHO “44 ao 60”

Tel:. 4662-5440

Rua Santo Antonio nº 215, Centro de Embu Guaçu

No dia 11 de Setembro alunas dos cursos de Manicure, Cabeleireiro, Desing de Sobrancelhas e Maquiagem dos Pólos de Geração de Renda do Município participaram de excursão para a Feira Internacional de Beleza Profissional Beauty Fair. Momento importante para conhecer as tendências e as novidades nas áreas que após a conclusão do curso pretendem atuar e assim contribuir com a renda familiar.

O Fundo Social de Solidariedade de Embu Guaçu O Fundo Social de Solidariedade de Embu Guaçu - FUSSEG em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo- FUSSESP e a Prefeitura Municipal de Embu Guaçu iniciou no dia 05 de Setembro o Projeto “Padaria Artesanal” que tem como alvo a capacitação profissional, buscando a geração de renda e melhoria da qualidade de vida, bem como a autonomia dos participantes. O Curso de Padaria Artesanal está sendo realizado no Pólo de Geração de Renda Centro na Rua Arlete Aparecida de Moraes Lopes nº 210 no Centro. Informações: 4661-5360 ou 4661-8545.


Setembro/Outubro 2012- ANO II

Página 10

Página dos Amigos Populares Colunista esportivo: Toninho Souza

Aeroporto no Florida? Foi só sair noticiário nos jornais que seria construído aeroporto em Embu Guaçu que a população do Florida e região começaram movimento para que o mesmo fosse construído no bairro. Até ai normal este anseio do povo do bairro, mas é inaceitável a briga entre Toninho Careca e Burro Velho que são proprietários de empreiteiras, para a construção do aeroporto. Logo que passar as eleições vou estar mais folgado e pretendo fazer um plebiscito no bar do Zé Braz, onde será instalado uma urna eletrônica e o povo é quem vai decidir se ganha Toninho Careca ou Burro Velho. Já conversei com o Céia, Tonico, Tatu, Baixinho, Claudio da oficina, Rivaldo, Betão, João Rato e muitos outros do Florida que declaram o voto, mais não posso divulgar, pois o voto é secreto. Perdoem-me alguns nomes que não foram citados em tempo, dois irmãos declararam voto um para Burro Velho o outro para Toninho Careca são eles Buia, Joso, e uma família inteira também dividiu os votos, são conhecidos irmãos PT Silas, Sidnei, Daniel e Samuel, que vão dividir o restante só no plebiscito. Por: Toninho Souza.

Guerra das Placas

Estou no meu momento Raul Seixas, Vinicius de Moraes e Doutor Sócrates. Deu pra saber qual é esse momento, tenho visto uma briga que não e pelo voto do cidadão Embuguaçuense e sim pela colocação de placas. É triste ver algumas pessoas ou candidatos destruindo placas dos seus adversários, e deixando de mostrar ao eleitor alguma que tenha feito pelo seu bairro ou pela sua cidade, ou pretenda fazer. Estive conversando com meu amigo Antonio Korniski, e ele declarou que não é contra ninguém, mais zela pelo cumprimento da lei, portanto fotografa e denuncia inclusive candidatos da própria candidatura que ele apóia. Obs.: Vamos ser legalista. Por: Toninho Souza.

Terno sim cuéca não Um amigo nosso considerado como um dos maiores fofoqueiros da cidade, é muito esportista e gozador, mas para ir ao casamento da filha, alem de pegar emprestado um terno gravata e sapato, acabou apelando e pegando emprestado também, cueca e um par de meias assim não dá! Por:

Toninho Souza.

Caro Eleitor...Aqui o assunto é muito sério. Vamos Acordar, vamos refletir.

O Eleitor Embuguaçuense deve ficar atento para esses candidatos que vem de fora da cidade, que aparecem só em época de eleições para pedirem o voto, querendo se eleger aqui. “Temos que conhecer bem os candidatos”, O eleitor de Embu Guaçu tem que ficar de olhos bem abertos. O tal filia-se em partidos políticos da cidade e utiliza o poder financeiro para conquistar o seu voto. Vamos pensar seriamente em eleger candidatos da cidade e que conhecem os problemas do Município. pense, analise, reflita e vote em quem é daqui, se os que já residem na cidade e que conhecem os problemas dela, já deixam à desejar, então imagine você. “Por Beto Lopes e Toninho Souza”

Cidade da Música Maringá no Paraná é conhecida como cidade canção, Embu Guaçu deveria ser batizada como cidade da musica, pois além das fabricas de instrumentos musicais, temos uma quantidade enorme de compositores e músicos de todos os gêneros: Samba Sertanejo, MPB e musica clássica. Vamos pensar neste caso e criar até uma associação de músicos de varias tendências. Por: Toninho Souza.

O Rei do Xaximi Fiz uma pesquisa com alguns candidatos e todos foram unanimes em dizer que se vencerem a eleição vão contratar para a festa da vitoria o Rei do Xaximi de Tilápia de Embu Guaçu, o popular Zé Porvinha do bar do jardim Brasil. Eu Toninho Souza gostaria que você Zé Porvinha quando fizer o tal Xaximi me convide independente de festas. Por: Toninho Souza.

Comitiva de pescadores de Embu Guaçu haja Geladeira para tanto peixe.....

Observe a pose, a disposição, a elegância e o charme dos pescadores Embuguaçuenses, são extraordinários merecem uma homenagem.

Uma comitiva composta pelos melhores pescadores de Embu Guaçu fez uma viagem para Mato Grosso para pescarem. Na volta o grande problema para armazenar tudo que eles pescaram. Assim comenta João da Center Luz, que o total de peixes não foi pesado, mais foi calculado em (cem) ou sem. Edson da farmácia, João da Center Luz, Joel da casa de ração e Betão. Dizem que trouxe pintado, dourados, tambaqui, badejo e até bacalhau. Apesar de ninguém ter visto nenhum peixes, João da Center Luz afirma que nunca voltou sapateiro de uma pescaria e também não gosta de mostrar o que pescou, senão todo mundo vai querer peixe. Mesmo assim vamos acreditar nos pescadores da nossa cidade, todos estão de parabéns. Por Toninho Souza


Página 11

SETEMBRO/OUTUBRO 2012 - ANO II

Embu Guaçu e Suas Riquezas Uma Oportunidade Para Refletir ESTRADA DO BAITON É LINDO ESSE LUGAR. Mas para se preservar a natureza, toda essa beleza, é fundamental que a educação ambiental comece na família. Que a escola se empenhe em reforçar a necessidade de preservar o meio ambiente evitando jogar lixo nas ruas, encostas, rios e canais. Que as autoridades competentes estejam atentas e desempenhem o seu papel, de cumprir e fazer cumprir as leis de proteção ambiental e que dêem exemplos de ética e moral. É sem dúvida, direito de todos e essencial à qualidade de vida das presentes e futuras gerações, e cabe não somente ao Poder Público, mas também à coletividade zelar por sua preservação, como bem determina a Constituição de 1988, em seu artigo 225.

Ao Entardecer, Somos Presenteados Com um Fascinante Espetáculo de Luzes

Dia 4 de outubro, dia da natureza. Paramos por alguns segundos para apreciar o espetáculo que a natureza nos oferece todos os dias, é incrível, sejamos simples e calmos, como os rios ladeados por árvores. Assim podemos refletir que, a felicidade geralmente está na nossa casa, no nosso quintal, ela nos visita na nossa janela, como por exemplo um por do sol que, não é visto quando o tempo está nublado. É fantástico....Aqui recebemos a visita de muitos pássaros. Papagaios, araras, periquitos, canários, sabiás, esquilos, lagartos,saracura, jacu, etc..Amanhã ele ressurgirá intenso, majestoso, brilhante...E nos brindará novamente com sua luz e calor, neste fantástico ciclo da mãe Natureza.

Preservação da natureza é coisa séria O ser humano destrói a natureza por ignorância, pois, não sabe os riscos que corremos com a sua destruição, e também, por interesse. Pensam apenas em se dar bem de qualquer jeito, esquecendo-se das conseqüências disso para o futuro, e ainda, por descaso, achando que não acontecerá nada com ele e sua família, porque, quaisquer que sejam os resultados disso tudo, só acontecerão num futuro longínquo e seus descendentes não sofrerão as consequências

LIMPA FOSSA

DESENTUPIDORA EM GERAL

( 4661-2300

Rua Boa Vista, 780 - Centro - Embu Guaçu

JORNAL TRIBUNA POPULAR Visite nosso blog Seja bem vindo www.avozembuguacu.com


Setembro/Outubro 2012- ANO II

Página 12

Dia 10 de Outubro dia do Empresário:

Nossa Gratidão a Todos, Pelo Crescimento Economico Local, Empresários, Comerciantes e Lojistas. Embu Guaçu, nosso pedacinho do Céu aqui na terra. Acho que só mesmo uma palavra poderia explicar. (é o amor). Amor e respeito pelo lugar, pelas pessoas. Os que escolheram aqui para viver, “Embu Guaçu”, com amor e apreço aos primeiros moradores até o mais recente. Gratidão aos primeiros comércios até o último a ser inaugurado. Cidade onde fui criado, cidade onde também criei. Lembro-me de quando as ruas eram de terra, a pracinha um bosque e bancos de madeira, os primeiros moradores vão se lembrar do Torradinho vendedor de amendoim. Das barbearias, do Bastião barbeiro, Altivo, Esquerdinha. Lembro-me da primeira escola, da primeira professora, não da pra esquecer-se da feira livre a Rua Independência, que vendia secos e molhados. Com o

passar do tempo, muito trabalho e dedicação à cidade foi crescendo. Cresceu,... verifica-se que esse quadro mudou. Não só pela quantidade de carros nas ruas, como pela chegada das empresas, lojas de roupas, salões de beleza, imobiliárias, Pizzarias, bares, e restaurantes, buscando espaço e gerando mais empregos em nosso município. Parabéns a vocês, comerciantes e empresários que fazem história, que também tem o papel cívico, que servem para distribuir bens e serviços, que geram lucros e criam riquezas. Riqueza que é distribuída pelos proprietários, colaboradores, fornecedores e sociedade em geral. Parabéns a vocês que ao realizarem um sonho, contribuem também para que o sonho de muitos se realize. “Informativo Tribuna Popular”, comemorando 4 anos”

Cidadania e Assistência Social.

Secretaria Municipal de Ação Social e Relações do Trabalho

Melhor idade na cidade de Holambra

Dando continuidade ao calendário de passeios da Melhor Idade, no último dia 14/09, foi a vez do passeio para Expoflora – Holambra 2012, Exposição de Arranjos Florais – Mostra de Paisagismo e Jardinagem, este evento se transformou na maior manifestação cultural da imigração Holandesa e na maior festa de flores e plantas da América Latina. Durante a participação nesta grandiosa festa as senhoras e senhores da melhor idade do nosso municipio puderam desfrutar de diversas atrações, esse ano o tema da exposição de arranjos florais foi “O Amor em Cores e Flores!”. Entre as atrações fixas do evento estão a Chuva de Pétalas, Shopping das Flores, Jardim dos Apaixonados, o passeio turístico por Holambra, que inclui a visita a um campo de flores, as danças folclóricas a culinária tipica holandesa o artesanato holandês, a música entre outras e nosso intuito é proporcionar a melhor idade do nosso municipio momentos de lazer, diversão, interatividade e recreação.

Cidadãos da Melhor Idade do Nosso Convívio


Jornal Tribuna Popular 4 anos!