Issuu on Google+

REVISTA ESPECIALIZADA EM SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

Confiança Seguros completa 142 anos

O que acontece se a Copa no Brasil for cancelada? www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 1


2 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


EDITORIAL

Um breve panorama sobre essa crescente e preocupante estatística

T

TRÂNSITO odos os dias, em qualquer horário que você ligar a televisão, abrir o jornal ou acessar um site de notícias, ela está lá. Acabando com sonhos e destruindo famílias inteiras, a violência no trânsito está cada vez mais estampada em nossa sociedade. O pior de tudo é que estudos apontam que mais de 90% dos acidentes são causados por falhas humanas que poderiam ser evitadas.

Estudos promissores revelam que brevemente os “carros inteligentes”, ou da “próxima geração”, solucionarão o problema. Uma vez que os carros com sensores podem evitar acidentes, independentemente da ação do motorista. A tecnologia já está presente em carros de luxo, mas em um futuro próximo deverá ser mais acessível. Ainda assim, o Brasil aplica penas leves que dão sempre a sensação de impunidade. Motoristas podem dirigir embriagados e a fiscalização raramente flagra, quando isso acontece, basta pagar determinado valor e o carro é liberado. O mesmo acontece quando existem vítimas do trânsito, quando alegam que foi sem a intenção do dolo. A Revista do Grupo JRS Comunicação vai mostrar a relação do mercado de seguros com toda a crescente frota de veículos nesta edição. Dicas sobre como fugir dos chamados “atravessadores” e entrevistas com especialistas do mercado vão te deixar por dentro do assunto.

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK www.facebook.com/jrs.comunicacao

SIGA-NOS NO TWITTER www.twitter.com/jrscomunicacao

TEXTO: EQUIPE JRS COMUNICAÇÃO - FOTOS: DIVULGAÇÃO JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 3


Como proteger o patrimônio pessoal de riscos empresariais Uma das principais dicas é manter as finanças separadas

N

Dicas de como se precaver melhor

a teoria, a maioria dos empresários sabe dos riscos que existem em misturar o orçamento familiar e as finanças da empresa. Mas na prática, muitos sócios e proprietários de negócios se arriscam em vantajosos e promissores investimentos sem antes garantir a necessária proteção do patrimônio pessoal. Outros se comportam de forma passiva, esperando que por sorte o investimento que fizeram não venha sofrer danos por acidente ou mesmo por processos legais. A blindagem patrimonial é um mecanismo que permite proteger as finanças pessoais do empresário contra os riscos que todo negócio enfrenta. Funciona como uma prevenção para empresários que não tenham dívidas e querem assegurar que, no futuro, as incertezas do mercado não venham a ser danosos à qualidade de vida de suas famílias. Nesse sentido de proteger as finanças do empresário, há alguns passos importantes para tornar a

4 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

blindagem possível e evitar exposição excessiva ao risco. 1. Escolha uma sociedade correta para os negócios Mesmo que no começo a tendência seja trabalhar sozinho, sem parcerias, quando o negócio começa a expandir, o trabalho independente passa a ser uma forma de se expor a ataques judiciais eventuais.  Escolher uma sociedade limitada, por exemplo, evita que em uma possível ação judicial haja exposição pessoal do empresário. Na prática o empresário deixa de ser o proprietário e passa a ser sócio cotista, diluindo o impacto de tais eventos. 2. Mantenha as finanças pessoais em separado A mistura das duas áreas pode levar a confusões de papeis a desempenhar, drenar energia demasiadas nas ações e minimizar o potencial de crescimento. Evite também misturar vida familiar ao contratar pessoas ligadas por parentesco. Busque a competência e conquista meritória nas contratações.

TEXTO: EQUIPE - FOTOS: DIVULGAÇÃO JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


3. Prove ser idôneo nos negócios Além de manter maior grau de confiança, as pessoas entenderão os esforços para manter a regularidade em serviços e fornecimento de produtos, com transparência e disciplina Um bom nome no mercado é um excelente amparo para qualquer eventualidade. 4. Contrate o seguro adequado Certifique-se de obter a apólice de seguro correta em instituições confiáveis. Seja para imóveis, lojas, escritórios ou outros bens. É importante que o seguro tenha o formato que contemple cada especificidade, dando o amparo legal e

financeiro necessário em caso de imprevistos. 5. Contrate um bom advogado A contratação de advogados é fundamental, na medida em que a análise de toda a situação jurídica da empresa será feita por esses profissionais. Também é importante que se veja a autenticidade do pedido de blindagem, uma vez que não pode se constituir em um simples mecanismo ilegal de autopreservação, mantendo improbidade na condução da empresa. Dessa maneira, o advogado estabelecerá parâmetros e indicará a melhor forma de fazer essa proteção, indicando comportamentos adequados e usando as melhores ferramentas legais à disposição.

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 5


Na hora de fechar negócio, conte com o Especialista. Quem oferece os melhores produtos para os clientes merece as melhores soluções. Você pode contar com toda a experiência e a confiança da Icatu Seguros. Somos líderes entre as seguradoras independentes de Vida e Previdência. Preparamos produtos de qualidade, além de um suporte de vendas consistente para o corretor de seguros.

A Icatu Seguros oferece ferramentas que otimizam o seu tempo e melhoram o desempenho de suas vendas. Acesse nosso site e conheça os simuladores Target e Na Medida. www.casadocorretor.com.br Central de Relacionamento 0800 285 3002

TEXTO: JOTA CARVALHO - FOTOS: LUIS HENRIQUE DA LUZ

6 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


ESPECIALISTA NO QUE TEM VALOR PRA VOCĂŠ. icatuseguros.com.br

/icatuseguros

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 7


Confiança Seguros completa 142 anos Comemoração acontece com o lançamento de novo projeto

A

Novidades da seguradora de 142 anos de vida

Confiança Companhia de Seguros completou 142 anos no dia 22 de janeiro. Fundada ainda na época do Império, a empresa tem, desde então, acompanhado todas as fases e mudanças do Brasil, unindo sempre tradição e inovação. E para marcar o aniversário de 142 anos, a Confiança Seguros está lançando seu novo projeto, o CONFIAR – Confiança Atendimento Rápido. Para proporcionar aos seus clientes um atendimento personalizado e ainda mais rápido, a companhia está inaugurando uma nova unidade, localizada na Avenida Carlos Gomes, em Porto Alegre. No local, os clientes e parceiros poderão usufruir de uma estru-

8 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

tura diferenciada, pensada para simplificar processos e propiciar mais agilidade no atendimento. A unidade de Porto Alegre servirá como piloto do novo projeto, mas o plano é levar o CONFIAR para todas as principais praças em que a Confiança Seguros atua. A companhia é uma das mais antigas seguradoras do país, criada em 22 de janeiro de 1872, através do Decreto Imperial n° 4.920, assinado pelo Imperador do Brasil, Dom Pedro II. Em 24 de maio do ano de 1974, o controle acionário da Companhia passou a ser do GBOEX – Previdência Privada. Desde então, a Confiança tem assumido uma posição de destaque no ranking das empresas de seguros do Rio Grande do Sul, na comercialização de seguros de automóveis, vida e acidentes pessoais.

Rua General Câmara nº 236, conj. 601 (6º andar), Centro Histórico – POA/RS

TEXTO: WILLIAM ANTHONY [JRS COMUNICAÇÃO] - FOTOS: JRSCOMUNICAÇÃO JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 9


Empresa especialista em vistoria automotiva é destaque nacional MS Vistoria atua nas principais regiões do país

Mauro Schenekenberg Guedes, acompanhado do gestor para o Rio Grande do Sul, Hélio Dela Gatta, visitaram a redação da JRS Comunicação em Porto Alegre

A

MS Reguladora de Sinistro está gre no mês de dezembro. Na pauta, o anúncio de que entre as melhores e maiores a MS muito em breve inaugurará sua unidade gaúcha. empresas de vistorias e regulaCom mais de duas centenas de funcionários habilitação de sinistro do Brasil. Com 20 dos presentes nos principais estados brasileiros, a emanos de dedicação, compromepresa buscar ofertar o seus produtos para a região sul timento e parceria com clientes do Brasil. O Rio Grande do Sul foi definido como passo têm como objetivo melhorar inicial, pois já é projetada expansão para Santa Catasempre a prestação de serviços rina e Paraná. “Temos uma expertise de produção de como forma de retribuição pela confiança depositada mais de 12 mil vistorias mês, com sistema próprio de no trabalho desenvolvido. distribuição e controle de Temos uma expertise de A valorização dos funcionávistoria”, detalhou Guedes produção de mais de 12 mil rios é uma das prioridades ao jornalista Jota Carvalho. vistorias mês, com sistema da companhia, os dirigen Sobre a filial gaúcha, o próprio de distribuição e tes acreditam que este é o executivo regional destaca a controle de vistoria maior patrimônio da emprefacilidade que os processos sa, são realizados constantes pioneiros da empresa proporestudos e investimentos em cionam: “A MS Vistoria é a únitecnologia no sistema de controle e análise de vistoca do segmento que possui uma empresa própria de TI ria. O método único e exclusivo proporciona total concom processos atualizados, inovadores e com sistema trole sobre todos os serviços realizados. A MS Vistoria permanentemente controlados, oportunizando ainda está preparada para atender as maiores seguradoras relatórios específicos e vistoria com supervisão de siexistentes no mercado, dentre as quais já atende: nistros. Tudo isso será integrado na unidade gaúcha”, Azul Seguros, Bradesco Seguros, Generali Seguros, Lidestaca Hélio Dela Gatta. berty, Porto Seguro, Yasuda e outras. Os dirigentes da holding afirmam que as segu Mauro Schenekenberg Guedes, presidente da radores podem contar com a MS Vistoria para realizar MS Reguladora de Sinistros, acompanhado do gestor uma visitação e que esta parceria é sinal de bons negópara o Rio Grande do Sul, Hélio Dela Gatta, visitaram cios, pois reduz tempo, investimento e agiliza procesa redação do Grupo JRS Comunicação em Porto Alesos.

10 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

TEXTO: JÚLIA CARVALHO [JRS COMUNICAÇÃO] - FOTOS: WILLIAM ANTHONY JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


CONHEÇA OS

SEGUROS INOVADORES PARA SUA FROTA A CHAVE PARA UMA VIAGEM TRANQUILA Seguro

RC ÔNIBUS/APP

CASCO ÔNIBUS

Parceria

LIVONIUS e ESSOR

Antes de dar a partida em qualquer viagem, segurança é item fundamental. Pensando nisso, a Livonius em parceria com a Essor Seguros, traz ao mercado a solução definitiva em seguro para ônibus e micro-ônibus. Corretor, entre em contato com a Livonius e confira as muitas vantagens de um seguro inovador e de excelente custo-benefício. SEGURO RC ÔNIBUS/APP

SEGURO CASCO ÔNIBUS

Emissão de Apólice/Endossos (até 48 horas) Custos especiais para frotistas Descontos especiais (ônibus escolares) Carro reserva para terceiros (de 7 a 15 dias) Atendimento humanizado às vítimas (DPVAT/APP/RCO) Programa Preventivo para Motoristas

Cobertura completa (colisão, incêndio e roubo) Indenização integral (perda total) Assistência 24 horas (acidentes e pane)

Operadora

Custo-benefício (vantagens exclusivas para frotistas) Emissão de Apólice (a mais rápida do mercado)

Processos SUSEP: Seguro RCO/APP nºs 15414.901412/2013-05 e 15414.901413/2013-41; Seguro Casco Ônibus nº 15414.900673/2013-08.

Seguro

Seguradora

fundada em 1888

www.essor.com.br/livonius

fb.com/essorseguros

(51) 3224-8555

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 11 contato@livoniusparcerias.com.br


Especificações do seguro viagem Confira alguns itens exclusivos deste tipo de seguro e quais cuidados tomar para realizar uma viagem tranquila

P

Viajar tranquilo é bem melhor

ara aproveitar uma viagem com tranquilidade e proteção é recomendado o seguro de viagem, que proporciona coberturas e serviços para manter a segurança do passeio, bagagem e família. Com um simples telefonema, e inclusive com atendimento em português, é proporcionado todo o suporte necessário, de maneira rápida e sem complicações, com acompanhamento do início ao fim do processo. Nas viagens para alguns países da Europa — como França, Espanha, Itália e Portugal —, é obrigatório ter um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros. O Tratado de Schengen estabelece que este seguro deve cobrir assistência médica por doença ou acidente. Confira algumas especificações deste tipo de seguro: Contrato

Leia atentamente o contrato, verificando o limite da cobertura, os itens cobertos pelo seguro e, principalmente, as exceções de atendimento. Observe também de que forma você pode entrar em contato com

12 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

a empresa em caso de emergência durante a viagem. Seguro x Assistência Somente sociedades seguradoras autorizadas pela Susep, órgão regulador do setor, podem comercializar seguros. As empresas autorizadas podem ser consultadas no site da autarquia (www.susep.gov.br). Existem empresas que oferecem exclusivamente serviços de assistência à viagem. A atuação dessas empresas, no entanto, não é objeto de fiscalização da Susep. Os produtos vendidos por elas não podem ter características de seguro. Cartão de crédito Caso escolha o seguro viagem oferecido pelo cartão de crédito, verifique exatamente quais são as condições de utilização. Normalmente, o seguro desse tipo só vale se a passagem aérea for comprada com o cartão. Algumas administradoras oferecem seguros gratuitos, dependendo do tipo e da bandeira do cartão. Pagamento e reembolso Esclareça com a seguradora, antes de assinar o conFONTE: JORNAL O GLOBO - FOTOS: DIVULGAÇÃO INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


trato, o que será pago pelo seguro e quais os custos precisarão ser pagos por você para depois serem reembolsados pela companhia. Esportes de aventura Os planos de seguro viagem tradicionais não costumam oferecer cobertura de acidentes com esportes de aventura, como esqui, alpinismo e mergulho. Se sua viagem inclui atividades desse tipo na programação, o mais indicado é escolher um plano específico. Doenças preexistentes

costumam ser pagas pelo seguro. Em geral, em caso de emergência, apenas o primeiro atendimento é coberto pelo plano contratado. Nas viagens de navio, o atendimento costuma ser feito pelo médico de plantão a bordo. Confirme no contrato do seguro de viagem se este tipo de consulta é coberta pelo plano ou se a companhia fará o reembolso depois. Viajantes mais velhos As companhias seguradoras têm preços mais altos para viajantes com idade acima de 70 anos. Algumas, no entanto, não chegam nem a aceitar fazer seguro para o turista mais velho.

Despesas com doenças preexistentes não

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 13


*Doenças graves previstas na cobertura: câncer, infarto, acidente cerebrovascular, cirurgia coronariana, insuficiência renal e transplante de órgãos. SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor 24h: 0800 884 8844, Deficiente Auditivo ou de Fala: 0800 775 5045. Ouvidoria: 0800 775 1079, Ouvidoria para deficientes auditivos ou de fala: 0800 962 7373. Horário de atendimento: das 8h às 18h, de 2ª a 6ª feira, exceto feriados. A aceitação do seguro estará sujeita à análise do risco. Este seguro será por prazo determinado, estando a seguradora facultada a não renovar a apólice na data de vencimento, sem devolução de prêmios pagos nos termos da apólice. O segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros no site www.susep.gov.br pelo seu número de registro na SUSEP, nome completo, CNPJ ou CPF. Processo SUSEP nº 15414.004036/2008-33, 15414.004011/2008-30 e 15414.004162/2009-79 – Vida Seguradora S.A. – CNPJ: 02.238.239/0001-20 (empresa do Grupo MAPFRE). O registro deste plano na SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização. Os serviços de assistência são prestados pela Brasil Assistência S.A. – CNPJ: 68.181.221/0001-47 e em conformidade com o Manual de Assistência, não sendo admitido qualquer tipo de reembolso por serviço executado por terceiros. O benefício de Desconto em Medicamentos é prestado pela Orizon – www.orizon.com.br. Títulos de Capitalização emitidos pela MAPFRE Capitalização S.A. – CNPJ:09.382.998/0001-00 – Processo SUSEP nº 15414.000959/2008-16.

O MAPFRE Vida Você Multiflex é feito por pessoas que cuidam de pessoas. Por isso, ele oferece as melhores coberturas e serviços para você e sua família: • Possibilidade de contratação de cobertura que garante o pagamento do seguro em caso de diagnóstico de doenças graves*; • Desconto por perfil (5% a 10% sobre o valor da cobertura de morte); • Desconto em medicamentos; • Sorteio mensal de R$ 20 mil (bruto de IR); • E muito mais. Peça já sua proposta. Corretor MAPFRE é mais seguro.

PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PREVIDÊ PR RESIDENCIAL RESIDEN RESIDENCIAL RESIDEN AUTOMÓVEL AUTOMÓVEL AUTO VIDA VID VIDA RESIDENCIAL RESIDENCIAL R VIDA VIDA RESIDENCIAL RESIDENC RESIDENCIAL RESIDEN RESIDENCIAL RESIDEN AUTOMÓVEL AUTOMÓVEL A RESIDENCIAL RESIDEN CONSÓRCIO CONSÓRC TRANQUILIDADE ASSISTÊNCIA RESIDENCIAL RESIDENCIA VIDA VIDA VIDA V SEGUROS IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO PREVIDÊNCIA PR PREVIDÊNCIA VIDAVOCÊ MULHER VIDA RESIDENCIAL AUTOMÓVEL RESIDENCIAL RESIDENCIAL RE TRANQUILIDADE VIDA RESGATÁVEL RESPEITO SAÚDE AUTOMÓVEL AUTOMÓVEL AUTOM RESIDENCIAL PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PREVI RESIDENCIAL RESIDENCIAL RES RESIDENCIAL RESIDENCIAL PREVIDÊNCIA PREV SAÚDE RE CUIDADO VIDA EM GRUPO SEGUROS IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO IMOBI FAMÍLIA VIDA SAÚDE VIDA SAÚDE Pessoas que cuidam de pessoas. VIDA VIDA VIDAPRPR RESIDENCI RESIDENCIAL VIDA IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO TRANSPARÊNCIA PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA CONSÓRCIO CONSÓR RESIDENCIAL RESIDE VIDA PREVIDÊNCIA AUTOMÓVEL AUTOMÓVEL PREVIDÊNCIA PESSOAS PREVIDÊNCIA PREVIDÊN RESIDENCIAL RESIDE AUTOMÓVEL AU RESIDENCIAL RESIDE INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO IM RESIDENCIAL RESIDEN VIDAPREVIDÊNCIA VIDAPREVID RESIDENCIAL RESIDENCIAL VIDA VI VIDA AU AUTOMÓVEL AUTOMÓVEL PESSOAS VIDA RESGATÁVELPESSOAS AUTOMÓVEL RESIDENCIAL RESIDE RESIDENCIAL RESIDEN PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PR 14 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br FAMÍLIA FELICIDADETRANQUILIDADE

FUTURO TRANSPARÊNCIA PROTEÇÃO FAMÍLIA TRANQUILIDADE SEGUROS VIDA RESPEITO FUTURO

TRANSPARÊNCIA

FAMÍLIA

PROTEÇÃO

AERONÁUTICO PESSOAS IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO IMO SEGURANÇA AUTOMÓVEL AUTO TRANQUILIDADE TRANQUILIDADE PREVIDÊNC FUTURO TRANSPARÊNCIA FUNERALBENEFICIÁRIOS PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PR

CELULAR

AERONÁUTICO AERONÁUTICO AE AERONÁUTICO PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA PREV IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO CAPITALIZAÇÃO PROTEÇÃO VIDA IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO FUTURO ACIDENTES FUTURO PESSOAIS FUNERAL AMIGOS TRANSPARÊNCIA RESPEITO CAMINHÃO TRANQUILIDADE PROTEÇÃO VIDAMOTO VOCÊ MUTIFLEX SEGURANÇABENEFICIÁRIOS CAMINHÃO CAMINHÃO CAMIN AUTOMÓVEL CAMINHÃOVIDA AUTOMÓVEL AUTOMÓVEL FUTURO TRANQUILIDADE VIDA PESSOAS TRANQUILIDADE TRANQUILIDADE

CUIDADO ASSISTÊNCIA

VIDA PESSOAS FAMÍLIA FUTURO

PROTEÇÃO FUTURO

IMOBILIÁRIO

ACIDENTES PESSOAIS PREVIDÊNCIA SEGURANÇA TRANQUILIDADE

ASSISTÊNCIA

FELICIDADE

PROTEÇÃO TRANSPARÊNCIA FUTURO

FAMÍLIA PESSOAS

TRANSPARÊNCIA TRANQUILIDADE VIDA TRANQUILIDADE ASSISTÊNCIA

FUTURO

VIDA

PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA AGRÍCOLAS VIDA

IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO

AERONÁUTICO FUTURO TRANQUILIDADE FUTURO SEGURANCA PESSOASPESSOAS

TRANQUILIDADE CONSÓRCIOS

AMIGOS

PESSOAS

AERONÁUTICO

IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO

TRANSPARÊNCIA CONSÓRCIOS TRANSPARÊNCIA

IMOBILIÁRIO

IMOBILIÁRIO

AERONÁUTICO

AERONÁUTICO AERONÁUTICO AERONÁUTICO IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO AERONÁUTICO AERONÁUTICO AERONÁUTICO PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA IMOBILIÁRIO IMOBILIÁRIO AGRÍCOLAS AGRÍ IMOBILIÁRIO AERONÁUTICO IMOBILIÁR AERONÁUTICO AERONÁUTICO

www.mapfre.com.br


Incêndios aumentam 45% em 2013 Estudo divulgado pelo Instituto Sprinkler Brasil destaca crescimento de 93% nas ocorrências no Rio Grande do Sul

Números mostram um aumento assustador de incêndios no RS

O

número de incêndios estruturais registrados pelo monitoramento diário de notícias aumentou em todo o Brasil em 2013, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Sprinkler Brasil. Foram contabilizadas 1.095 ocorrências na imprensa brasileira – média de 91 por mês – contra 755 registros encontrados em 2012 – média de 62 por mês. O estado do Rio Grande do Sul foi o que teve o maior aumento de registros de incêndio do ano, com uma alta de 93%. No monitoramento, o ISB considera os incidentes que ocorreram em diversos tipos de prédios e que poderiam ter sido contornados com o uso de sprinklers, como é o caso de instalações industriais e comerciais, depósitos, bibliotecas, escolas, hospitais e hotéis. Dentre os incêndios estruturais, só não foram contabilizados os incidentes que ocorreram em residências. Os incêndios florestais também ficaram de fora dos registros. O Rio Grande do Sul superou o Rio de Janeiro nos registros noticiados em 2013 em comparação com 2012. O estado também teve uma diferença maior para o quarto lugar (Paraná em 2012, Rio de Janeiro em 2013), o que pode ser explicado pela ocorrência

da tragédia da boate Kiss, na cidade gaúcha de Santa Maria. “Esse grande incêndio pode ser considerado uma explicação para o aumento expressivo de notícias no Rio Grande do Sul em relação aos demais estados brasileiros, pois causou um grande impacto em todo o país, despertou mais atenção para o assunto e provocou engajamento por parte de autoridades e da sociedade civil”, afirma Marcelo Lima, diretor geral do Instituto Sprinkler Brasil. Em todos os estados foi encontrada ao menos uma reportagem sobre uma ocorrência local, o que não ocorreu em 2012, quando não foram registradas notícias sobre incêndios no Acre e no Amapá. A quantidade de incêndios reportados em São Paulo segue expressivamente maior do que nas demais unidades federativas, assim como notado no ano anterior. No entanto, deve-se destacar que essa diferença pode ser explicada pela forma como a imprensa de cada estado divulga o assunto. A disposição das unidades federativas com mais notícias sobre incêndios também mostrou mudanças. As alterações mais significativas foram Goiás subir da 14ª para a 9ª colocação e o Rio Grande do Sul superar consideravelmente o Rio de Janeiro em registros sobre esse tipo de incidente.

TEXTO: Instituto Sprinkler Brasil - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 15


Falta de estatísticas oficiais A iniciativa do Instituto Sprinkler Brasil de monitorar os incêndios noticiados pela imprensa é uma forma de entender minimamente o que ocorre no Brasil em relação a incêndios. “A falta de divulgação dos dados oficiais por parte dos Corpos de Bombeiros dos estados é um grave problema que impacta na formulação de políticas públicas sobre o assunto no país”, pondera Lima. Para o diretor, a falta de conhecimento desses dados não permite definir um parâmetro sobre as mortes ocorridas na boate Kiss, por exemplo. “É evidente que a perda de 242 vidas em um único evento é uma grande tragédia, mas ainda assim não conseguimos entender o que isso representa no número total de vítimas de incêndio no Brasil por ano”, explica. Avanço no Rio Grande do Sul Além de apresentar aumento de quase 100% nos re-

16 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

gistros de incêndio reportados, o Rio Grande do Sul também foi estado com mais engajamento e avanço na legislação em 2013. Em dezembro, uma nova lei contra incêndio foi sancionada, a medida proíbe licenças provisórias de funcionamento para locais que reúnem muitas pessoas e exige aumento no número de itens de segurança obrigatórios. Apesar do avanço, ainda é necessária uma regulamentação para a aplicação da nova lei, que depende da criação de um conselho estadual de prevenção e proteção contra incêndios. A legislação de incêndio no Brasil é de responsabilidade de cada estado e, por isso, há muitas diferenças entre elas. Há casos, como São Paulo, em que as leis contra incêndio estão mais avançadas em relação ao restante do país.


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 17


18 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Índices de sedentarismo são os mais críticos em estudo de saúde feito pela SulAmérica Doença é responsável pela morte de 3,2 milhões de pessoas por ano no mundo

Conscientização em prol da eliminação da doença do século

A

tradicional lista de metas, que costuma ser preparada para planejar os objetivos para o novo ano, é um estímulo a mais para dar início a realizações e mudanças de hábitos que podem melhorar a saúde. A prática de atividades físicas, por exemplo, é uma das promessas mais frequentes para combater o sedentarismo, considerado a doença do século pela medicina por favorecer o desenvolvimento de enfermidades como hipertensão, infarto, obesidade, depressão, diabetes e aumento do colesterol total. Recente estudo da SulAmérica, o IV Saúde Ativa – Ramos de Atividade Econômica, realizado com segurados de 10 setores profissionais, chegou a resultados preocupantes: todos os grupos pesquisados apresentaram elevados índices de sedentarismo, entre 49,8% e 63,4%. O levantamento também concluiu que mais de 50% das pessoas pesquisadas não praticam exercícios ou o fazem eventualmente, estatística vinte pontos percentuais superior à verificada para a população mundial.

No Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 80% dos brasileiros são sedentários e, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, a inatividade é responsável pela morte de 3,2 milhões de pessoas por ano no mundo. Para o futuro, a estimativa da OMS é calamitosa: em 2030, a doença será a causa de 23,3 milhões de óbitos, número 6 milhões de vezes superior ao do ano de 2008, quando doenças cardíacas desencadeadas pela falta de atividades físicas levaram 17,3 milhões de pessoas à morte. Para o superintendente de Gestão de Saúde da SulAmérica, Gentil Alves, a população pode procurar alternativas para fazer exercícios com regularidade. “A maioria dos casos de sedentarismo está ligado à falta de tempo das pessoas para a prática de atividades físicas, devido ao longo expediente de trabalho e também ao período gasto no deslocamento ‘casa-trabalho”, afirma. Diante dessa realidade, o transporte ativo por meio de bicicleta ou caminhada em horários de descanso pode ajudar”.

TEXTO: CDI - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 19


Itaú Unibanco confirma venda da divisão de seguros de alto risco Operação é estimada em R$ 1 bilhão

O

Itaú Unibanco confirmou, por meio de comunicado, informação veiculada na imprensa no final do mês de janeiro sobre a venda de sua operação de seguros de grandes riscos, estimada em mais de R$ 1 bilhão. O banco negou, que o processo já tenha iniciado. Segundo a empresa, a operação será competitiva e deve ocorrer ainda em fevereiro. O banco confirmou que, assim que as negociações forem imediatamente concluídas tornará o resultado público. A instituição recentemente deu mais um passo em sua expansão internacional e adquiriu o banco chileno CorpBanca. Com a aquisição, o Itaú passará da sétima para a quarta posição no ranking dos maiores bancos do Chile, considerando o volume de empréstimos. O banco já atua no país por meio de outra controlada, o BIC. O CorpBanca possui US$ 45 bilhões em ativos e US$ 34 bilhões em créditos concedidos. O negócio também vai permitir a entrada do Itaú na Colômbia, por meio da CorpBanca Colômbia, que está em processo de fusão com o Helm Bank. Assim que a fusão for concluída, essa subsidiária se tornará o quinto maior banco da Colômbia em termos de empréstimo. A compra da CorpBanca envolverá três etapas. A primeira é o aumento de capital do BIC em US$ 652

20 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

milhões, a ser feito pelo Itaú ou por uma de suas subsidiárias. A segunda é a incorporação do BIC pelo CorpBanca, com o cancelamento das ações do BIC e a emissão de novos papéis do banco chileno. Após essa emissão, o Itaú deterá 33,58% do CorpBanca. O atual controlador, o Corp Group, ficará com 32,92%. A última etapa é a integração do Itaú BBA Colômbia ao Itaú CorpBanca. O acordo de acionistas que será assinado com o Corp Group afirma que o controle das operações será do Itaú. O Itaú terá o direito de eleger a maioria dos membros do conselho de administração que representem o bloco de controle do banco chileno.   O Itaú será a marca usada nas agências do CorpBanca e de suas subsidiárias. O Itaú CorpBanca possui 217 agências no Chile e 172 na Colômbia. Ainda sobre a venda da seguradora de grandes riscos no Brasil a estimativa é de que a carteira, que fatura em torno de R$ 1,7 bilhão por ano, será alvo de disputa de seguradoras internacionais que operam no Brasil. Este tipo de seguro é feito sob medida para grandes empresas, e não inclui a carteira de seguros massificados, como veículos, vida e residencial. As ações preferenciais (PN) do banco operavam em queda de 0,60% às 13h11, com valor de R$ 30,07. Já as ações ordinárias (ON) também caíam. A desvalorização era de 1,01%, valendo R$ 27,40. O Ibovespa caía 0,70%, aos 49.294 pontos.

TEXTO: William Anthony | Original de Ig Economia e Agência Reuters - FOTOS: DIVULGAÇÃO INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 21


Os carros com o seguro mais barato Saiba quais os modelos são ideais para quem quer economizar e ficar protegido

A

O melhor momento para cotar e contratar um seguro de automóvel é antes da aquisição do veículo, sendo novo ou usado. Existem carros com seguro mais barato e para quem busca economia é fundamental estar atento aos modelos. Alguns carros têm o  seguro mais barato  que outros e isso acontece por diversos fatores. O primeiro deles é o próprio valor do carro, quanto mais valorizado carro maior será o custo do seu seguro. Essa regra é valida, mas não explica porque modelos da mesma categoria apresentam valores tão diferentes para o seguro. É ai que entra o índice de custo de reparo, um

documento publicado anualmente pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária. Esse relatório mostra os veículos com menor custo e tempo de reparo e é bastante usado pelas seguradoras para estabelecer o preço dos seguros de acordo com cada carro. Outro fator com grande peso na composição do valor do seguro é o índice de sinistralidade de cada modelo de carro. Ou seja, carros com grande incidência de roubo e registro de sinistros são identificados como mais “visados” pelos ladrões. Isso influencia também no valor, aumentando ele. O índice de sinistralidade também tem variação de região para região, de uma cidade para outra. Por isso carros iguais em regiões diferentes têm valores diferenciados. É analisado ainda o perfil do motorista, como a idade ou filhos adolescentes, por exemplo.

TEXTO: William Anthony | Original de Ig Economia e Agência Reuters - FOTOS: DIVULGAÇÃO INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


Os veículos com menor custo de reparo, menores índices de sinistralidade e seguro mais barato são: Citroën C3, Ford Ka, Volkswagen Fox, Renault Sandero Stepway, Chevrolet Corsa Classic, Fiat Bravo, Suzuki SX4, Volkswagen Saveiro, Chevrolet S10, Volkswagen Polo Seda. Vale ressaltar que o preço do seguro não depende exclusivamente do carro escolhido, mas também, de outros fatores como já citado anteriormente e como iremos explicar agora. Perfil do segurado Representa aproximadamente 20% do valor total do seguro. O perfil do segurado engloba sua idade, profissão, estado civil, seu histórico como motorista (se já possuiu um seguro antes, se têm registro de sinistros). O perfil do segurado envolve também a região onde está o segurado, se ele mora em casa ou apartamento com garagem própria e a que se destina o carro (lazer, trabalho, estudos). De acordo com o perfil o seguro será mais barato ou mais caro.  Características do seguro escolhido Quanto maior a abrangência do seguro mais caro ele será também. Seguros com muitas coberturas, assistências e benefícios são mais caros, pois oferecem maior segurança e conforto ao segurado. O valor da franquia e a vigência do seguro também influem no preço. Portanto, na hora de contratar, revise os detalhes do seguro e procure por opções dentro da própria apólice que possam tornar o seguro mais barato.

Equipamento de proteção antifurto Um alarme, rastreador GPS ou bloqueador de combustível podem reduzir em até 10% o preço do seguro. Esse tipo de equipamento é oferecido por muitas seguradoras como alternativa para reduzir o preço. O ideal é pesquisar em cada seguradora como o equipamento antifurto irá ajudar no preço do seguro. Algumas seguradoras só reduzem o preço se o equipamento for instalado por ela mesma, outras aceitam equipamentos instalados por outros. Analise o que compensa mais e quando houver vantagem contrate o equipamento antifurto. A melhor forma de  economizar no seguro auto  é avaliar sua real necessidade, estabelecer um bom preço para a franquia e as coberturas que realmente lhe interessam. Esteja atento a esses detalhes e contrate o melhor seguro pagando o preço mais justo, sempre contando com a presença de um corretor de seguros.

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 23


24 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Qual a utilidade dos seguros de perda e roubo? Normalmente seguro está embutido em cartões de crédito e população desconhece seus benefícios

Alguns cuidados na hora de transações com cartão de crédito

O

seguro perda e roubo protege o cidadão e sua conta bancária no caso de roubo ou perda do cartão. Hoje em dia  fraudes com o cartão  de crédito estão cada vez mais frequentes e todos correm o risco de passar por esse tipo de situação; seja ao usar o cartão em um caixa eletrônico, seja comprando através da internet. Para maior tranquilidade, e para assegurar que nesse tipo de eventualidades o usuário tenha o auxilio e suporte necessários, o seguro perda e roubo vem integrado à maioria dos cartões. O seguro é oferecido pelas operadoras de cartões, mas é garantido por uma seguradora e garante que, ao ter o cartão roubado ou perdido, você seja ressarcido dos prejuízos em transações realizadas indevidamente. Caso você seja vítima de um roubo de senha ou cartão clonado, o seguro irá cobrir o valor que os bandidos gastaram ou sacaram indevidamente com seu cartão. Inclusive quando o segurado é vítima de um assalto e os criminosos o obrigam a sacar dinheiro em um caixa eletrônico. O seguro perda e roubo cobre esse

tipo de ação também, desde que ela seja comprovada através de um boletim de ocorrência. Outra vantagem do seguro é a cobertura para compras feitas pela internet. Hoje em dia e para assegurar que nesse tipo de eventualidades o usuário tenha o auxÍlio e suporte necessários. Algumas operadoras incluem outras coberturas ao seguro perda e roubo. Como, por exemplo, cobertura de acidentes pessoais. Esse adicional geralmente está ligado a um seguro de vida, o que de amplia os benefícios do seguro. O seguro perda e roubo é um produto opcional e não deve ser cobrado do usuário caso ele não queira esse tipo de serviço. Portanto, não é obrigatório. Por lei, também, algumas das coberturas que o seguro garante (como o estorno de compras indevidas, por exemplo) devem ser realizadas mesmo que o usuário não tenha o serviço em seu cartão. Geralmente esse tipo de seguro custa em torno de R$ 3,50 ou R$8 reais. Caso você já esteja pagando o seguro sem saber existe a opção para cancelá-lo a qualquer momento que desejar.

TEXTO: WILLIAM ANTHONY [JRS COMUNICAÇÃO] - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 25


26 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Quando uma empresa pode alterar os benefícios do pacote de remuneração Saiba em quais situações uma companhia pode, ou não, limitar adicionais

M

uitas empresas proporcionam benefícios extras aos funcionários, além dos garantidos em lei. Se o adicional foi dado por mera liberalidade da empresa, que, em determinado momento, agregou um auxílio  de maneira habitual ao contrato de trabalho, ela não poderá retirar ou diminuir o benefício por decisão unilateral.  A vantagem, concedida ao empregado com constância, passa a integrar o contrato de trabalho para todos os fins, salvo observação em lei, ou negociação entre as partes, coletivamente.  É bom observar que tais benefícios são os oferecidos pela  companhia espontaneamente, como por exemplo: um carro para usufruto do empregado também em período fora do expediente, o pagamento de um curso de pós-graduação de interesse do empre-

gado ou um celular. Tudo isso faz parte do pacote de benefícios do contrato de trabalho e não pode ser retirado por via única da empresa.  Mas, por outro lado, se o benefício foi decorrente de convenção coletiva ou acordo coletivo, como normalmente são os planos de saúde e os tickets refeição, nesta situação, caso haja uma nova negociação coletiva, poderá haver redução de qualidade ou abstenção total do benefício.  A negociação coletiva, em determinada hipótese, tem o poder de reduzir parcelas que integraram o contrato de trabalho. Isso acontece com o acordo coletivo ou convenção coletiva porque eles têm data de validade estipulada em suas cláusulas ou na lei.  Expirada a data de validade, poderá haver nova negociação com a possibilidade de melhorar benefícios. Também com o poder de reduzir ou retirar, isto dependerá do intuito do sindicato dos trabalhadores na negociação.

TEXTO: Adaptado de Talita Abrantes/Revista Exame - FOTOS: DIVULGAÇÃO INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 27


28 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Make-UP inaugura unidade no litoral e contabiliza crescimento Companhia cresce 24% ao ano e entusiasma franqueados

Expansão continua forte

A

Make-UP Estética Automotiva Berger ainda afirma que realizou diversos inaugurou no dia 13 de Janeiestudos de viabilidade da implantação da comparo a 24º unidade da franquia nhia: “Com um ponto de partida, precisamos verifina cidade de Osório, a primeicar a real necessidade do município e dar inicio aos ra no litoral norte do Rio Granestudos. Tenho muita convicção que esta filial nasde do Sul. A companhia chega ceu vencedora, temos muitos pontos fortes como ao 20º ano de atuação também marca, parceiros e carência de prestadores. Meu no estado de Santa Catarina, próximo objetivo é uma unidade em Torres”, contou. a marca vem se destacando e é premiada por diver Desde 2004, a Make-UP cresceu 27% por ano. sos eventos do segmento de franchising no Brasil.  Em 2008 a holding somava 12 unidades e finalizou o A nova sede posano de 2012 com 17. Em sui espaço com 850 m² em 2013 a companhia foi agraTenho muita convicção que esta filial um terreno total estimado ciada com o selo de excelênnasceu vencedora, temos muitos pontos em 3.340 m² que possibilita cia em franquias, concedido fortes como marca, parceiros e carência atendimento diferenciado a pela Associação Brasileira de de prestadores. Meu próximo objetivo é um maior número de clienFranchising (ABF), mediante uma unidade em Torres tes. O franqueado já adminisum processo de avaliação tra uma unidade e acredita feito com o público interno. que este empreendimento A empresa conquistou o pritambém será um sucesso. “Ao ingressar na rede, eu meiro lugar na categoria plena entre 2.500 redes de já tinha como objetivo ampliar ainda mais unidades, franquias que participaram do processo. Além disso, assim que  fechamos um ano de atividade na unidaa franqueadora se consagrou mais uma vez na segunde Passo D´Areia (em Porto Alegre), dei início a novos da posição do prêmio “Melhor Franquias do Brasil” desafios para montar a segunda unidade. Para isto (categoria veículos), da revista Pequenas Empresas & fui em busca de informações com parceiros como Grandes Negócios (PEGN) da Editora Globo. A rede foi Mapfre e HDI, precisava saber qual o local que estas premiada também como destaque do Troféu JRS na cias tinham carência de oficinas e depois de várias concategoria Ação Inovadora, premiação feita pelo Grupo versas surgiu Osório”, afirma o executivo André Berger. JRS de Comunicação.

TEXTO: WILLIAM ANTHONY - FOTOS: JRSCOMUNIAÇÃO JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 29


Protestos aumentam risco do país em mapa anual sobre terrorismo e violência política Brasil foi o único país latino-americano a ter elevação de classificação de risco de médio a grave

A

motivo da elevação do índice é a generalizada e violenta onda de protestos contra o governo ao longo de 2013 e que se mantém no início de 2014, segundo o 11º Mapa Anual de Terrorismo e Violência Política, produzido anualmente pela AON em parceria com

a Risk Advisory. O mapa avalia os riscos para os negócios por região, mensurando a violência política e terrorismo em 200 países. De acordo com os dados, 34 países tiveram redução na classificação de risco país e quatro atingiram aumento na classificação: Brasil, Japão, Moçambique e Bangladesh. Em contraste com outras regiões, a Europa viu melhoria notável com 11 países tendo a pontuação de risco de comoção civil removidos. A análise indica que as comoções sociais provavelmente vão continuar em 2014, particularmente antes da Copa do Mundo e durante as eleições de outubro. No geral, apesar de algumas melhorias nas classificações de riscos, o estudo traz oito reduções de riscos e apenas um aumento entre os países analisados, sendo 22 com classificação de risco graves. O Oriente Médio é a região mais atingida pelo terrorismo no mundo, com uma quota de 28% de todos os ataques terroristas registrados em 2013. Ao

30 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

olhar para os ataques a empresas por setor, os setores de varejo e transporte foram afetados significativamente em 2013, com 33% dos ataques terroristas que afetam o setor de varejo, e 18% dos ataques que ocorrem no setor de transportes. O setor de varejo inclui locais como mercados públicos, que permanecem vulneráveis a ataques, como visto no ano passado, no Quênia. O terrorismo continua a ser uma ameaça variável na região da Eurásia, com a Rússia e a Turquia entre os mais afetados pela ameaça até 2013. Além disso, os Jogos Olímpicos de Inverno na Rússia, que envolvem movimentos de transporte de massa significativas, é visto como um potencial alvo terrorista. Além disso, o Japão, Moçambique e Bangladesh também têm visto um aumento na agitação civil, com mais de 70 dias de greves e protestos contra os baixos salários e más condições de trabalho na indústria de roupas, somando-se os problemas que afetam o setor de varejo. A classificação de risco país para a região Ásia-Pacífico e Oceania manteve-se globalmente estável, com apenas quatro mudanças: Coréia do Sul, Malásia e Samoa tiveram o rating reduzido em relação ao risco, enquanto o aumento dos gastos militares e as tensões geopolíticas no Japão ajudou a elevar a posição do país.

TEXTO: AON - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 31


Economia Digital

Novas possibilidades de negócios Rodrigo Matos – Administrador especialista em seguros e economia digital

O

O processo de consolidação dos reinventadas e garantem estar experimentando ótimo corretores de seguros já vem senretorno financeiro. Em 2013, os corretores da Rede ICP do anunciado há algum tempo. Seguros atenderam 240 mil novos clientes, que repreFatores como união e diferenciais sentaram um incremento médio superior de 25% nas garantem uma melhor posição no receitas das corretoras. mercado em relação à concorrên Os negócios desses corretores de seguros são cia. impulsionados com importantes vantagens para atuar Nesta tendência, existe um num mercado competitivo. Primeiro, eles intensificam movimento que apresenta para o mercado um modelo relacionamentos, já que a validação do documento inovador de negócios, que alia a dispersão geográfica eletrônico é feita presencialmente, e com isso obtêm de seus pontos com a exnovos clientes não apenas em pertise de atuar na econocertificação digital, mas em seCom o investimento neste mia digital. guros. Ao se tornar uma AR, a negócio, muitas empresas foram Trata-se da Rede corretora aumenta a sua credireinventadas e garantem estar ICP Seguros, uma cadeia bilidade perante os clientes, já experimentando ótimo retorno formada por corretoras de que se torna uma espécie de financeiro seguros voltadas à districartório de documentos eletrôbuição de varejo de servinicos. ços. As corretoras passam Credenciar a empresa por um processo de credenciamento como Autoridacomo AR pode ser uma boa opção, principalmente, des de Registro (AR’s) que as habilitam a emitir certifipara os corretores de seguros de cidades distantes das cados digitais e adquirem conhecimento para atuarem capitais do País, já que a corretora que atua localmencom documentos eletrônicos e vendas online. Com o te ganha uma marca com presença nacional. Também investimento neste negócio, muitas empresas foram recebe suporte técnico, operacional, comercial, mer-

32 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

TEXTO: RODRIGO MATOS - FOTOS: ICP JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


cadológico e de processos. Com mais de 90 pontos no Sudeste e Centro-Oeste, o plano de expansão tem o objetivo principal de ampliar a presença da rede nos três Estados da Região Sul. O intuito é ter uma corretora credenciada em cada cidade do país, com prioridade para os 200 municípios de maior PIB do Brasil, para atender à demanda governamental e de empresas pela utilização de certificados digitais. De acordo com o governo, até 2020 o Brasil chegará a ter 40 milhões de certificados ativos – quando a Receita Federal tornará obrigatório o uso desses documentos a todos seus contribuintes. Hoje são 8 milhões de certificados digitais ativos, o que garante ainda enorme campo para atuação dos corretores de seguros – que depois vão trabalhar no familiar processo de renovação. É interessante que todo este campo potencial seja ocupado por corretores de seguros, que são especialistas em entender as necessidades dos clientes e fornecer as soluções de proteção e segurança mais adequadas, com uma qualidade no atendimento diferenciada, além de requalificar as corretoras e inseri-las na economia digital.

Os critérios técnicos de expansão da Rede foram desenvolvidos baseados na premissa principal de fortalecer as corretoras já credenciadas. Quem já é membro pode credenciar uma nova unidade em qualquer cidade do País que ainda não possua um ponto de atendimento da Rede ICP Seguros. Se duas corretoras já credenciadas sinalizarem interesse em expandir suas atividades para a mesma localidade, o critério de desempate será por quem for mais antigo na rede. O fato de a Rede ICP Seguros manter parcerias com diversas Autoridades Certificadoras (AC’s) também garante aos membros que não irá surgir outra corretora concorrente ao lado de seu escritório. Atualmente, as AC’s que integram a Rede ICP Seguros são - AC BR RFB, AC Certisign RFB, AC Certisign Múltipla, AC Certisign JUS, AC OAB e ACs das entidades do setor, como a FENACOR e seus sindicatos. Tudo isso visa potencializar a atividade do corretor tanto na certificação digital quanto em seguros. Por se tratar de especialistas na distribuição do varejo de serviços, nada impede que agreguem novos produtos. Sempre de forma eletrônica, como tudo começou.

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 33


MATÉRIA PRINCIPAL

34 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 35


N

ão é preciso percorrer um caminho muito longo na capital gaúcha para perceber que a cidade não tem mais um horário de pico, e sim inúmeros momentos do dia em que o fluxo de veículos é grande. Antigamente, o trânsito de Porto Alegre tinha horários certos para parar: no início da manhã e no fim da tarde. Agora, é possível garantir que, em qualquer hora do dia, em algum ponto da cidade o trânsito está congestionado. Os números preocupam. Enquanto a população gaúcha cresce 0,4%, a frota de veículos chega a crescer 6,4% ao ano. Em 2013 o número de automóveis no Rio Grande do Sul atingiu 5,7 milhões e a população é de 11,1 milhões, se considerarmos estes índices, em 2025 teremos mais veículos automotores do que pessoas. A maior causa dos congestionamentos é a própria saúde econômica do Brasil, que viabiliza o crescimento incessante no número de automóveis. Para se

ter ideia, a cada dia, 947 novos automóveis são despejados nas ruas e avenidas do estado, são 39 novos veículos por hora. Com o crescimento da frota, elevam também os acidentes fatais e não fatais. Só entre janeiro e setembro do ano passado, 1.477 pessoas morreram em rodovias e estradas no estado. E o que o mercado segurador tem com tudo isso? É o que entenderemos a partir dos tópicos abaixo. Seguradoras estão preparadas Apesar do número alarmante de automóveis nas ruas do estado atualmente, as seguradoras se mostram preparadas para este fenômeno. Prova disso é que hoje, segundo o Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul, 50% dos veículos no Rio Grande do Sul são segurados. Desse percentual, 20% em média fazem os seguros nas concessionárias e 80% através dos seus corretores. As seguradoras estão cientes que terão na carteira de automóvel crescimento nas operações de

Texto: Júlia Senna Carvalho e William Anthony | Fontes: DAER-RS, G1, iDEC e Proteste [JRS COMUNICAÇÃO] - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET

36 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


seguros para os próximos 5 a 6 anos. O presidente do SindSeg-RS, Julio Rosa, vê isto com bastante otimismo: “é muito bom para o desenvolvimento da atividade no Brasil”. Para ele, o que preocupa é a preparação das companhias seguradoras junto às montadoras para construção de peças de substituição e junto às oficinas que precisam atender a grande demanda. “Também precisamos construir sistemas a fim de que seja possível aproveitar peças de reposição não originais”, completou Rosa. Aumenta irresponsabilidade no trânsito e o seguro se faz necessário De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o Julio Rosa Brasil é o 5º país mais violento no trânsito em todo o Presidente do SindSeg-RS mundo e, segundo pesquisa feita pela Universidade de Michigan, é o 42º em que o carro mais mata proporcionalmente. Números da Seguradora Líder apontam e lesões por acidentes de trânsito no país, através de para o impressionante número de 150 mortes por dia ações de fiscalização, educação, saúde infraestrutura em todo o país. Estudo realizado pelo Instituto Sangari e segurança veicular, a curto, aponta ainda que nosso país médio e longo prazo. O Plano Contribuir para a redução das é o segundo colocado em não deve ser entendido como taxas de mortalidade e lesões mortes decorridas de acidena Política Nacional de Trânsito por acidentes de trânsito no país, tes com motocicletas. do país, dado seu caráter resatravés de ações de fiscalização, Diversos são os trito a um conjunto de medieducação, saúde infraestrutura e exemplos de imprudência, das e ao tempo previsto para segurança veicular, a curto, médio estatísticas divulgadas pelo sua execução. Não obstante, e longo prazo Departamento Autônomo de poderá ser transformado em Estradas de Rodagem (DAERprograma de governo, através das políticas públicas -RS), apontam que o maior número de acidentes aconimplementadas por diversos ministérios, órgãos pútece no domingo. Em 2012 foram registrados mais de blicos e empresas estatais”, de acordo com trecho do 6100 acidentes apenas no final de semana. texto regulador da ação. Nos últimos anos a taxa de mortalidade au De acordo com a Proteste, existem diferenças mentou 846%, enquanto a de carros, registrou alta de no modo de agir em relação ao seguro quando existem 58%. A faixa etária com maior número de óbitos se convítimas. Quando uma colisão não registra vítimas o sicentra entre 41 e 60 anos, com um total de 31,5% das nistro pode ser encaminhado de uma forma quando mortes. Especialistas afirmam que 90% dos acidentes o motorista não é o culpado e sim um terceiro, e de são ocasionados pela imprudência de motoristas ou outra maneira quando o terceiro não quer assumir a pedestres. responsabilidade. O Plano Nacional de Redução de Acidentes Quando alguém se fere em uma colisão é e Segurança Viária para a década 2011-2020, foi elapreciso chamar o socorro e sinalizar o acidente com borado pelo Ministério das Cidades em parceria com um triângulo, evitando novos acidentes. Em seguida o o Denatran e no Rio Grande do Sul coordenado pelo motorista deve ligar para a polícia, que fará o Boletim Gabinete do vice-governador. O projeto tem objetivo de Registro de Acidente de Trânsito, conhecido como de: “contribuir para a redução das taxas de mortalidade

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 37


Sendo responsável por danos corporais ou BRAT. É recomendável ter duas testemunhas presentes. materiais causados a terceiros, trata-se de ResponsaDepois do registro, o condutor do veículo deve solicitar bilidade Civil Facultativa (RCF). Quando há vítimas, o uma cópia do documento autenticada, que conterá tocerto é ligar imediatamente para os bombeiros e chados os dados, inclusive sobre a condição do tempo e mar a autoridade local para realizar o BRAT. Depois a versão dos envolvidos. Com posse do documento, o entre em contato com a seguradora para informar os segurado deverá comunicar para seu corretor o pedido danos causados e os dados do terceiro, forneça ao corde sinistro. É aconselhável tirar uma foto do acidente e retor o número do sinistro e informe isso ao terceiro. do local, dando maiores detalhes que possam auxiliar A indenização de Danos Corporais a terceiros é comna resolução de eventuais problemas. plementar ao seguro obrigatório de Danos Pessoais Se o outro motorista for culpado, peça o Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre nome da seguradora, do corretor e telefone do conta(DPVAT). A indenização do to. Quando a companhia é DPVAT é de R$ 13.500,00 acionada, fique atento para O veículo pode ser por vítima de morte ou incumprir todas as exigências segurado ou não, identificado validez permanente total para evitar a não cobertura ou não, mas se a pessoa vier a ou parcial e de R$ 2.700,00 de reparação ou autorizaser vítima de um acidente de para reembolso de despeção de serviços para o veítrânsito ela será indenizada sas médico-hospitalares culo. (DAMS). Mesmo sendo Quando o terceiro pelo seguro DPVAT culpado, você ou seus beé o culpado, mas se recuneficiários podem requerer a indenização do DPVAT. sa a assumir, o motorista deve ligar para o corretor de seguros ou central de atendimento de sua companhia, Sobre o Seguro DPVAT que irá arcar com o valor do conserto. A vítima, porém, arcará com os custos de franquia e terá sua classe de Países desenvolvidos e em desenvolvimento bônus reduzida. Não é permitido realizar qualquer repossuem seguros de responsabilidade civil similares ao paro no veículo sem autorização da seguradora, pois DPVAT, mas não igual. O que o diferencia é sua abranisso ocasiona na perda do direito a receber a indenizagência, uma vez que cobre todo e qualquer cidadão ção. que venha a ser vítima de acidente de trânsito no território brasileiro. “O veículo pode ser segurado ou não, Como agir em caso de vítimas fatais ou danos identificado ou não, mas se a pessoa vier a ser vítima a terceiros de um acidente de trânsito ela será indenizada pelo

38 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


seguro DPVAT”, argumentou o diretor presidente da soais, causados pelo veículo a terceiros; Seguradora Líder DPVAT, Ricardo Xavier. - Indenização aos passageiros acidentados do Só em 2013, a Líder estima que mais de 608 veículo, ou seus beneficiários; - Assistência ao veículo e seus ocupantes, em mil indenizações foram pagas. Isso corresponde a 4 caso de acidentes ou pane. indenizações e meia a cada minuto, ou seja, duas mil   indenizações por dia útil. A grande maioria das indeniQuais são os seguros de veículos que existem no Brazações são aquelas envolvendo motocicletas e invalisil? dez permanente. “São volumes impressionantes, o que infelizmente é o retrato de uma situação que o país No Brasil, o seguro de automóveis se divide vive hoje com uma quantidade de acidentes crescente, em dois grupos: o seguro obrigatório conhecido como principalmente envolvendo motocicleta”, completou DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos AutomoXavier. tores de Vias Terrestres) e o seguro facultativo, mais A Seguradora Líder funciona como a líder de conhecido como seguro de automóveis. um consórcio de 75 seguradoras. Funciona assim para se ter maior capilaridade, para que qualquer pessoa O que é franquia? encontre os pontos de atendimento e solicite a sua indenização. São eles: seÉ a parte em dinheiro que guradoras, sindicatos dos Recomendamos que o consumidor vai pagar corretores, corretores paras pessoas não caiam para consertar os danos do ceiros e os correios. naquela conversa de que é carro em cada sinistro que Ricardo Xavier ocorrer. Na proposta e na ainda alertou sobre os atramuito difícil solicitar, pois é apólice do seguro do veícuvessadores. Qualquer pessimples lo está determinado o valor soa que tenha sido vítima da franquia. Caso o prejuízo de acidente de trânsito em causado por um acidente não supere esse valor, o  cliencaso de morte, invalidez permanente ou despesas méte será responsável pelo pagamento do conserto. dicas e hospitalares, dando entrada com a documentação correta, em até 30 dias recebe a indenização na sua O que é prêmio? Como esse valor é estipulado? conta corrente ou conta poupança sem nenhum custo e nenhuma burocracia. “Recomendamos que as pessoas não caiam naquela conversa de que é muito difícil soliciPrêmio é o valor que o consumidor paga para ter ditar, pois é simples”, reafirmou o executivo da seguradora. reito ao seguro. As seguradoras calculam o risco com base em dados estatísticos gerais, que lhes permitem Saiba mais em www.dpvatsegurodotransito.com.br saber, por exemplo, em que porcentagem as mulheres batem menos que os homens, em quais regiões os roubos são mais frequentes e quais modelos têm custos de reparos mais caros - quanto maior o risco, maior o prêmio.   Informações específicas de cada consumidor, Fonte: IDEC tais como histórico de sinistros e até mesmo acidentes ou roubos de veículos não segurados também são levaQuais são as garantias do seguro de automóveis? dos em consideração.   O serviço garante indenização por: A seguradora pode se recusar a segurar um veículo comprado no leilão? - Danos acidentais causados ao veículo, por roubo ou furto do mesmo; O simples fato de o veículo ser adquirido por - Ressarcimento de danos, materiais ou pes-

Questões para desmistificar o seguro de veículos

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 39


meio de leilão não justifica a recusa nem o preço abusivo do seguro. A recusa do serviço de seguro a veículo nestes casos se configura prática abusiva, com base no art. 39, IX, do CDC (Código de Defesa do Consumidor). A seguradora não pode cobrar valores desproporcionais ao consumidor somente porque o carro é proveniente de um leilão. Para uma seguradora se recusar a segurar um automóvel, ela precisa fazer primeiro uma vistoria técnica. Caso o seguro do veículo seja recusado, a empresa deverá apresentar justificativa plausível com os motivos que levaram à negativa.

Quais são os tipos de indenização que existem para danos a terceiros? Quando o veículo segurado for responsável por um acidente que cause danos a terceiros - pessoas os objetos - a seguradora reembolsará o segurado pelas despesas que ele for obrigado a pagar, tais como reparo dos danos materiais, despesas médico-hospitalares, inclusive em caso de morte.  O procedimento mais usual é que a seguradora indenize diretamente a pessoa, o proprietário do bem atingido ou a oficina que reparou o veículo. 

Quais os fatores influenciam o preço do seguro?

FATORES Marcas Ano de fabricação Garagem Região Motorista Coberturas Franquia

RAZÕES As marcas mais visadas pelos ladrões pagama mais caro, assim como as de manutenção mais cara. Veículos mais novos pagam mais caro, pois a reposição é mais cara. Mas em relação ao valor do veículo, o seguro fica mais caro para o mais velhos. Veículos em garagem têm seguros mais barato, pois ficam menos expostos a roubos e acidentes. Diferença nas condições de segurança e em acidentes, conforme as regiões, são levadas em conta pelas seguradoras. Sexo, idade e histórico de acidentes são considerados pelas seguradoras. Exemplo: Indivíduos jovens e do sexo masculino pagam mais caro. Quanto mais ampla a cobertura, maior o preço. Exemplo: uma cobertura exclusivamente de roubo e incêndio é mais barata do que uma colisão, incêndio e roubo. Quanto menor a franquia, maior o preço.

Projeto de lei visa desobrigar pagamento de sinistro em caso de motorista embriagado A Câmara dos Deputados analisa projeto de lei que isenta as companhias de seguros da obrigação de ressarcir danos materiais causados por acidente de carro conduzido por motorista alcoolizado ou sob efeito de outras substâncias que alterem as habilidades psicomotoras. Sandro Mabel (PMDB-GO), autor do projeto, acredita que a proposta induzirá os motoristas a um comportamento mais humano no trânsito, com a pu-

40 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

nição daqueles que provoquem acidentes. De acordo com o texto original, essa cláusula limitadora de responsabilidade será incluída nos contratos de seguro de veículos, mas não alcançará cobertura de danos a terceiros. Ou seja, pessoas atingidas por motoristas que tenham alteração de capacidades mediante imagem, vídeo, teste, exame clínico, ou qualquer outro procedimento disciplinado pelo Conselho Nacional de Trânsito, deverão ser indenizadas normalmente. A proposta tramita em caráter conclusivo e passará por análise pelas comissões de Finanças e Tributação; de Constituição e Justiça e de Cidadania.


NĂŁo deixe de apresentar a co t Seu cliente fica protegido atĂŠ


Cote com a HDI. Bom negócio para o cliente, melhor ainda para você, corretor. É de bate-pronto.

www.hdi.com.br TEXTO: GWA- FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET

Processo Susep: 15414.001197/2004-41. O registro deste plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização.

tação da HDI Seguros. do risco de pagar mais.

JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 43


44 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Seguro cobre o cancelamento da Copa do Mundo Fifa 2014 no Brasil Saiba o que acontece caso o evento seja adiado

A

resseguradora alemã Munich Re nich no seguro completo de cancelamento de evenfechou a cobertura para a FIFA to foi de US$ 350 milhões. O segundo mais caro é o junto com a da Copa da África do de responsabilidade civil, o que não é para menos, já Sul. Devido a cláusulas de confique esses eventos concentram muitas pessoas num dencialidade, porém, a compamesmo local e espaço de tempo. nhia não pode dar detalhes sobre Os seguros são contratados pelos agentes a apólice. organizadores e participantes dos eventos: organiza Também conhecido como ções esportivas globais, comitês organizadores locais, “no show”, essa apólice cobre os custos, despesas e a emissoras de TV, patrocinadores, contratantes de perda de lucro caso um evento seja cancelado ou adiamerchandising, companhias de viagens, hotéis, endo por conta de uma ocortre outros. A estimativa da rência que fuja do controle Munich é de que a última Conhecido como “no show”, essa dos organizadores, como imCopa demandou cobertuapólice cobre os custos, despesas previsibilidades climáticas ou ras de US$ 5 bilhões. e a perda de lucro caso um evento atentados terroristas. Segundo Tobias seja cancelado ou adiado por No programa de seHeister, diretor de riscos conta de uma ocorrência que fuja do guros de eventos como Copa diversos e transportes da controle dos organizadores... e Olimpíadas, inclusive, a Munich Re do Brasil, a apólice de cancelamento de maior receita de seguros evento é a mais cara, segundo Warren Harper, diretor vem das emissoras de TV. “A Copa da África do Sul gerente da Marsh Atlanta, especialista em riscos e seassegurou quase 100 horas de transmissão ao vivo de guros de eventos esportivos. futebol”, conta Heister. Para ter ideia da magnitude Isso porque o cancelamento ou adiamento disso, Heister comenta que em 2006, na Copa da Alede um jogo, por exemplo, gera um efeito cascata de manha, 374 emissoras de TV de 214 países transmigastos e custos desde a organizadora do evento até tiram 73 mil horas de futebol. “Só a final da Copa de as emissoras de televisão que compraram direitos de 2006 foi assistida por mais de 700 milhões de pessotransmissão. as, segundo a FIFA”, mensura Heister. Na Copa da África do Sul, a exposição da Mu-

Fonte: Brasil Econômico - FOTOS: Divulgação/Internet JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 45


Programa de seguros Além das coberturas de cancelamento e responsabilidade civil, são contratadas várias outras apólices, como de responsabilidade civil de administradores 46 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

(D&O), patrimonial, seguro de equipamentos e de transportes. “Essas são as coberturas de praxe”, comenta Mauro Leite, líder da Especialidade de Responsabilidade Civil e Ambiental da Marsh Brasil.


Há, porém, coberturas adicionais que podem ser contratadas de acordo com as necessidades locais do evento esportivo. Uma delas é a de sequestro. “É importante que o gerenciamento de riscos e o programa de seguros comecem a ser discu-

tidos quatro ou cinco anos antes do evento”, alerta Harper, da Marsh Atlanta, que participou do programa de gerenciamento de riscos das Olimpíadas de Atenas (2004), Torino (2006) e Beijing (2008).

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 47


48 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 49


50 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Seguro aluguel é nova alternativa para universitários Produto da Porto Seguro facilita a vida de estudantes

A

pesar da época de férias, para muitos rim, diretor de Aluguel e Ramos Elementares da Porto jovens o clima é de expectativa com a Seguro. possibilidade de mudança para outra O plano padrão inclui chaveiro, instalação de cidade, em razão do início das aulas chave tetra, troca de segredo das fechaduras e repade diversos cursos universitários no ros hidráulicos. O plano total conta com chaveiro, reprimeiro semestre. Assim, muitos esparos hidráulicos, caça-vazamentos, substituição de tudantes logo estarão em busca de telhas, reparos elétricos, desentupimento, serviço de um local para morar e um dos maiotelefonia, conserto de refrigerador, congelador (freeres desafios está em encontrar um imóvel adequado e zer), máquina de lavar roupa/tanquinho, máquina de fechar um contrato. Para substituir o fiador, algo que lavar louça, máquina de secar roupa, fogão a gás e pode ser difícil de encontrar, o Porto Seguro Aluguel é de forno micro-ondas; limpeza de caixa d’água de até a principal alternativa. 4.000 litros, instalação de Considerando as divaral, prateleira, olho mágiAlém disso, concedemos ficuldades encontradas co, pega-ladrão, persianas, aos jovens, geralmente por esses jovens, que trilho de cortina, varão e não muito acostumados ocupam parte significativentilador de teto, limpeaos problemas domésticos, va das moradias locadas, za de calha, reversão de atendimentos emergenciais o produto viabiliza a lofogão, caça-vazamentos, pelo Porto Seguro Serviços cação e oferece serviços vidraceiro, dedetização, que simplificam a vida. assistência em antenas e Uma das vantagens é o desconto de 15 a 25% no valor atendimento especializado em residência. As condidos serviços de mudanças. Para utilização dos beneções gerais deste serviço estão disponibilizadas no fícios, basta ligar para um dos parceiros do produto portal da seguradora (www.portoseguro.com.br). informar o número da apólice de seguro. O Porto Seguro Aluguel traz benefícios não Com o Porto Seguro Aluguel, a empresa ofesó para o locatário, mas também para o locador. Com rece facilidades para os estudantes, tornando o fechaessa alternativa, os proprietários podem se sentir mento do contrato mais ágil. “Além disso, concedemais seguros, além de, muitas vezes, deixar de recemos aos jovens, geralmente não muito acostumados ber reclamações por problemas pequenos, que poaos problemas domésticos, atendimentos emergendem ser sanados pelos serviços oferecidos pela Porto ciais pelo Porto Seguro Serviços”, explica Edson FrizzaSeguro.

FONTE: RAF - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br www.jrscomunicacao.com.br--Fevereiro Fevereiro2014 2014--51 51


Seguros diferenciados ganham o mercado Empresas vão além e oferecem apólices para partes do corpo ou para animais

E

Tem seguro pra quase tudo

m busca de novos clientes, o meracidente, não é o mesmo. Mas se torna uma alternacado de seguros no Brasil amplia tiva mais barata, já que leva em consideração o corpo sua abrangência. Além das mointeiro, atribuindo percentuais específicos para cada dalidades mais conhecidas, como membro”, enfatiza. os seguros de vida, residencial De acordo com o vice-presidente da Federae de automóveis, as empresas ção Nacional dos Corretores e das Empresas Corretoapostam também em seguros inras de Seguros, Carlos Valle, não são todas as empresas comuns. Hoje, já é possível fazer que oferecem as modalidades específicas. “Por isso, é uma apólice para uma parte do corpo, por exemplo. As essencial que o consumidor procure alguma seguraopções que existem por aí são inúmeras, mas é preciso dora séria. Muitos desses seguros ainda são recentes ficar atento antes de assino país”, orienta. Ele diz que Um cirurgião plástico, por nar os contratos. os seguros específicos ainda No caso de algunão são muito procurados exemplo, pode ser processado mas coberturas, como as por algum paciente insatisfeito principalmente pela falta de de partes do corpo, por com um procedimento realizado. conhecimento.  exemplo, as apólices pos O seguro de resCaso seja condenado, o seguro suem valores muito altos. ponsabilidade civil para procobre a indenização imposta “Se um cirurgião faz um fissionais está começando seguro da mão e por ala despontar, segundo Valle. pela Justiça gum acidente ele fica inA cobertura é indicada para capacitado de trabalhar, a perda é total. Nesses casos profissionais que, devido à atividade exercida, podem específicos, é difícil haver danos parciais, o que eleva ser alvo de processos judiciais. “Um cirurgião plástico, o custo da apólice”, explica. por exemplo, pode ser processado por algum paciente O especialista esclarece que as coberturas insatisfeito com um procedimento realizado. Caso seja para partes do corpo já são inclusas nos seguros de condenado, o seguro cobre a indenização imposta pela vida tradicionais. “O valor da indenização, em caso de Justiça”, afirma.

52 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

Fonte: William Anthony | Original de Sávio Gabriel/Diário de Pernambuco - FOTOS: DIVULGAÇÃO/INTERNET JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 53


Uso de salto alto requer atenção Calçado causou doença na apresentadora Xuxa

E

Os problemas do salto

specialistas confirmaram no úlsintomas do problema são dores na sola e na dianteitimo mês que a apresentadora ra do pé, além do surgimento de calos e inchaço na Xuxa precisará se afastar da TV área. A doença em fase avançada pode levar a morte para realizar tratamento da sesados ossos por falta de circulação sanguínea, isso pode moidite, doença que atinge seu ser revertido apenas previamente com tratamento que pé esquerdo. A recuperação levainclui a suspensão do salto alto, uso de botas ortopérá em média seis meses, e inclui dicas que imobilizem os pés ou de tipos específicos de repouso e interdição do calçado. palmilha. Caso o tratamento não seja o suficiente ou já O fato chama a atenção para os prejuízos do uso de salhaja o estado de necrose é recomendável a realização to alto para a saúde, o calçado altera o centro de equide cirurgia. líbrio do corpo e sobrecarEste não é o único mal prorega pés, joelhos e coluna. vocado pelo uso de salto Pode ocorrer ainda O peso de uma pessoa se alto, pode ocorrer ainda enencurtamento da musculatura concentra na parte de trás curtamento da musculatura posterior das pernas, quem dos pés sobre o sapato, o posterior das pernas, quem possui o problema sente dores dano à região pode causar possui o problema sente ao andar descalço desgaste da cartilagem em dores ao andar descalço ou ou quando utiliza regiões como joelhos e coquando utiliza sapatos baisapatos baixos luna. A escolha de meios xos, já que o músculo da mais confortáveis e manperna terá que se esticar ter bom alongamento são formas de evitar ou atenuar muito. Outro problema pode decorrer do uso de saproblemas sem deixar de usar o salto. patos com bico fino, que elevam o risco de joanetes e A doença da apresentadora global é uma indeformidade dos dedos. flamação nos sesamoides, dois ossos localizados na Nem todas as mulheres certamente terão sola dos pés, próximo ao dedão. Estes ossos trabalham problemas com o uso de salto, porém é sempre necom pressão muito maior quando se usa salto alto. Os cessário realizar a prevenção. Uma forma eficaz para

William Anthony | Original de Vivian Carrer Elias/Revista Veja - FOTOS: Divulgação JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 55 www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 55


amenizar o problema é utilizar saltos de até 3 centímetros, evitar o uso de salto finos e optar por modelos como plataformas e anabela. Outra recomendação é

fazer o alongamento constante das pernas e deixar os pés descalços sempre que possível.

PROBLEMAS DE CADA TIPO DE SALTO: Salto agulha: A área de apoio dos calcanhares é muito pequena e provoca desequilíbrio, pode levar à torção dos pés e queda. O peso do corpo, que deveria se concentrar na traseira dos pés, é transferida para frente, elevando o risco de sesamoidite e de lesões nos joelhos e na coluna.

Salto alto de bico fino Esse modelo pode apresentar lesão nos pés, joelhos e coluna e também outros problemas relacionados ao bico fino. Com os pés pressionados pelo calçado, uma pessoa pode ter joanetes e deformações nos dedos, que entortam.

Salto plataforma O salto está presente em todo o solado deste sapato, de modo que a inclinação dos pés não é tão grande e a sobrecarga na parte da frente do pé, pequena. Esse tipo de salto apresenta um menor risco de lesões, dores e problemas em alguma parte do corpo. Ele é mais estável e diminui, mas não elimina, chances de torção ou queda.

Salto anabela Assim como a plataforma, esse tipo de sapato também dá mais equilíbrio porque a área de apoio é maior, o que reduz o risco de torção ou de quedas. No entanto, a frente da planta do pé fica mais perto do chão, o que aumenta a sobrecarga nessa região e eleva o risco de lesões e problemas no joelho e na coluna.

Salto quadrado

Embora o salto não esteja presente em todo o solado, ele dá certa estabilidade, pois a área de apoio dos calcanhares é maior do que a de um salto fino. Isso diminui o risco de desequilíbrio, torção dos pés e queda.

Rasteirinhas

56 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

Os sapatos sem nenhum tipo de amortecimento também podem ser prejudiciais em alguns casos. Algumas pessoas apresentam um encurtamento da musculatura anterior das pernas, principalmente mulheres que usaram muito salto alto ou que cresceram rápido, fazendo com que o músculo não acompanhasse o crescimento dos ossos.


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 57


SUSEP multa entidades que vendiam

“seguro pirata” Valores somados chegam a R$ 331 milhões


E

Superintendência de Seguros Nacional dos Proprietários de Veículos Automotores Privados (Susep), em reunião (Union), cujo valor chegou a R$ 238,9 milhões. O valor do conselho direto, confirmou da multa é calculado tendo em vista o quantitativo de a representação contra 15 assoassociados, somado ao valor da média dos valores dos ciações e cooperativas que cobens segurados pela entidade. No caso da Union, que mercializavam seguros de forma se dedicava a proteção veicular, havia oito mil associairregular. Com esta decisão, a audos, sendo que o valor da IS média da frota do Espírito tarquia manteve as multas a estas Santo, estado de origem da associação, é de R$ 29,8 entidades que, somadas, chegam R$ 331 milhões. mil. A maioria dos processos abertos contras a Além da Union, também foram multadas a entidades atingidas pela Cooperativa Shopping Norrepresentação foi aberta te de Transporte, Portal do a o partir de 2011, quanTempus Assistência Familiar, A maior multa aplicada foi do a Susep iniciou efetivo Associação dos Servidores contra a União Nacional dos combate ao mercado mardo Corpo de Bombeiros e ginal de seguros. Luciano Policiais do Estado de Minas Proprietários de Veículos Portal Santanna, superinGerais (Ascobom), AssociaAutomotores (Union), cujo valor tendente da Susep, criou ção Brasileira de Proteção chegou a R$ 238,9 milhões no âmbito da Diretoria de e Amparo aos Proprietários Fiscalização, uma força-tade Veículos Leves, Pesados refa com fiscais dedicados e Motocicletas (Clube Braexclusivamente a este trasil), Associação Pentecostal balho. do Brasil (Aspem/Brasil), Total Flex Proteção Veicular, Desde então, a Susep identificou a existência Associação dos Proprietários de Veículos, Associação de 300 associações e cooperativas que atuam de forma Nacional de Proteção Veicular (Asprovel), Associação ilegal no Brasil. A maioria dessas entidades são oriunde Proteção das Empresas de Trasnporte de Carga, Asdas do Estado de Minas Gerais. Atuando conjuntamensociação de Proteção e Benefícios aos Transportadores te com a Polícia Federal e o Ministério Público, a Susep de Cargas (Asatruck), Cooperativa de Comunicação e vem conseguindo impedir que essas entidades contiApoio Social dos Condutores Autônomos da Grande nuem em atividade. Em 2012, durante a Operação PrêBelo Horizonte, Associação dos Amigos Proprietários mio, realizada em Pernambuco, foram fechadas 10 ende Veículos Automotores (Amive), Shalom Associação tidades desse tipo, resultando na prisão de 11 pessoas. de Proteção Veicular e Associação de Proteção ao Veí A maior multa aplicada foi contra a União culo Automotor de Minas Gerais (Apoio Car).

FONTE: SUSEP - ARTE: BRUNO CARVALHO [JRS Comunicação] JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

www.jrscomunicacao.com.br www.jrscomunicacao.com.br--Fevereiro Fevereiro2014 2014--59 59


Tokio Marine indeniza clientes atingidos por chuvas e registra crescimento de 38% no seguro automotivo

TEXTO: JÚLIA CARVALHO [JRS COMUNICAÇÃO] - FOTOS: CVG-PR JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR

60 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Principais ocorrências são provocadas por eventos como vendavais e alagamentos, comuns nesta época do ano www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 61


C

omo consequência dos probleseguro”, explica. mas ocasionados pelas chuvas de De acordo com o executivo, a equipe de sinisverão, que neste ano começaram tros vem monitorando os eventos mais críticos e aginmais cedo, já nos meses de oudo proativamente se colocando à disposição da área tubro, novembro e dezembro, a comercial e dos Corretores, que muitas vezes ajudam a Tokio Marine Seguradora identifiidentificar as áreas mais atingidas, o que permite ações cou um aumento significativo nas direcionadas, agilizando e muito o reparo dos danos.  ocorrências de sinistros. No total, Outra dica do executivo é sobre aparelhos a empresa devolveu aos segurados em forma de indeligados à energia elétrica e telefonia: “No período de nização algo em torno de R$ 1,7 milhão, num total de chuvas é importante instalar filtro de linha nos telefo516 ocorrências.  nes e conectá-los para evitar que queimem. Os apare  “Neste período, a população enfrenta diverlhos que não forem ligados no filtro de linha devem ser sos problemas e é agora desligados. Se possível evite que as grandes chuvas são manusear equipamentos Grandes chuvas são esperadas, esperadas, acarretando elétricos ou telefones duacarretando em enchentes nas regiões em enchentes nas regiões rante a ocorrência de raios e próximas aos grandes rios próximas aos grandes rios relâmpagos”, aconselha. que cortam as cidades, Veículos também que cortam as cidades como é o caso principalcarecem de proteção e demente das cidades da região Sul. Nas cidades do intevem ser estacionados em locais seguros: “Carros não rior de São Paulo, temos ocorrência de ventos fortes e devem ficar nas ruas ou em locais descobertos, mesmo chuva de granizo que também acompanham a estação durante o dia, para que não ocorram danos por granidas chuvas”, afirma o Diretor de Sinistros da Tokio Mazo ou alagamento. Mesmo que o seguro cubra danos rine Seguradora, Alexandre Vieira.  como esses, que é caso do seguro de automóvel da Os clientes atingidos com essas ocorrências Tokio Marine, é sempre bom evitar o transtorno. Antes acionam a Companhia com frequência. Por isso, a Sede sair de casa, informe-se sobre a situação do trânsiguradora oferece o melhor atendimento e rapidez, esto e a previsão do tempo e trace a rota mais segura. pecialmente no que diz respeito ao pagamento de inDurante o trajeto é bom também sempre sintonizar denizações e assistência 24 Horas. “Em situações como rádios de notícias, para evitar caminhos perigosos duessas, em momentos de perdas, limpeza e reconstrurante as chuvas mais fortes”, finaliza. ção, é que mostramos a importância e o papel social do

COMPANHIA CRESCE 38% NO RAMO DE AUTOMÓVEIS A Tokio Marine Seguradora ainda fechou o ano com expressivo crescimento no segmento de seguro de automóvel. A Companhia obteve desempenho 38% superior ao registrado no ano passado. O resultado se deve ao reconhecimento, por parte de Corretores e Assessorias, da grande evolução em produtos, serviços e operações da Seguradora. Para 2014, a expectativa da empresa é continuar crescendo bem acima da média de mercado. “Programamos diversas melhorias e novidades, o que contribuiu para que estivéssemos entre as companhias mais inovadoras. Nossa carteira de automóvel é a que mais cresce no mercado brasileiro e está entre as dez maiores seguradoras pelo segundo ano consecutivo”, afirma o Diretor Executivo de Massificados da Tokio Marine, Marcelo Goldman. Entre os destaques da carteira neste ano estão as melhorias no sistema de Vistoria Prévia, Renovação Protegida Auto (sistema que fornece mais autonomia ao Corretor) e o Projeto Cotação Real

Time, que permite que as tarifas sejam ajustadas de forma ágil, para que os Parceiros de Negócios ofereçam seguros da Tokio Marine com preços mais atrativos. “Além do crescimento no ramo auto, tivemos um aumento no número de novos Corretores cadastrados, o que é um excelente indicador da qualidade de nossos produtos e serviços e da satisfação de nossos parceiros de negócio e clientes”, informa Goldman. A Seguradora também oferece o Reparo de Para-choque, que está disponível para os clientes que optarem pelo serviço completo de vidros e que prevê a reparação do para-choque dianteiro ou traseiro, desde que a peça tenha sofrido danos decorrentes de colisão. Ainda em 2013, a Companhia lançou produtos específicos para Caminhões e Utilitários de Carga. Com foco nos caminhões leves, médios e pesados, pick-ups de carga e furgões, esses produtos são completos e oferecem vantagens exclusivas no mercado.

Fonte: PLANIN - FOTOS: MARCELO CAMARGO/Abr

62 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 63


PREVISUL amplia investimentos nas soluções em tecnologia Inovação na palma do corretor de seguros

P

resente em oito estados brasileisegunda via de faturas e boletos, verificar e exportar ros e com mais de 3 mil corretolistas de recibos pagos ou a pagar de comissões em res cadastrados em todo o país, a PDF ou Excel, além de monitorar todas as operações Previsul Seguradora desenvolveu de seus clientes na companhia, sabendo quais esuma plataforma de integração tão em dia, inadimplentes e cancelados. Pasqualim que permite o acompanhamenainda destaca que, após uma análise das necessidato em tempo real das operações des dos corretores, foi estabelecido um prazo médio dos clientes na companhia, sejam para acesso das informações por meio do Previcor. eles pessoas físicas ou jurídicas. A solução, conhecida “Determinamos por estudos que o armazecomo Previcor, foi desenvolvida na plataforma SQL namento seria de 90 dias, período adequado para ter da Microsoft, e permiacesso aos dados sempre te o acesso por meio de atualizados e com acesso Determinamos por estudos computadores, tablets ou rápido”, comenta o gerente. que o armazenamento smartphones. Desde que O Previcor também permiseria de 90 dias, período foi lançado, o Previcor já te aos gerentes de contas adequado para ter conquistou a fidelidade e sucursais acompanhar os acesso aos dados sempre de mais de 70% dos seus resultados individuais e gloatualizados e com usuários. “O objetivo desbais em relação às metas acesso rápido de o início foi integrar estabelecidas para cada um. todas as áreas, incluin “Com esta plataforma tedo o trabalho externo dos corretores. mos uniformidade de procedimentos e informações, E isto com uma navegação fácil em que os e quem acessa o sistema em Brasília ou Salvador, por usuários não precisam pensar na questão da tecnoexemplo, tem acesso instantâneo da mesma maneira logia, podem apenas aproveitar a facilidade para exeque aqueles que estão na matriz em Porto Alegre”, cutar várias atividades”, explica Antônio Pasqualim, destaca o gerente. A Seguradora aposta em portal para gerente de TI da Previsul Seguradora. Atualmente, compartilhar informações com os corretores em tempor meio do Previcor o corretor consegue emitir a po real

64 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br

Fonte: Literal Link- FOTOS: Previsul JRS@JRSCOMUNICACAO.COM.BR


www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 65


66 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Editor Chefe Jota Carvalho carvalho@jrscomunicacao.com.br Editoração Bruno Carvalho bruno@jrscomunicacao.com.br Diretora-executiva Ana Carvalho ana@jrscomunicacao.com.br Imagens Filipe Tedesco filipe@jrscomunicacao.com.br Júlia Carvalho julia@jrscomunicacao.com.br William Anthony william@jrscomunicacao.com.br Jornalista responsável Jota Carvalho - MTB 9916 Marcelo de Araújo - MTB 8096 Equipe de apoio Joana Carvalho Luis Henrique Cardoso da Luz Colaboradores Juelci R. Machado - Atuário e perito Valdir Brusch - Sindicalista e Securitário Cristiano Azevedo - Corretor de seguros Endereço Rua dos Andradas, 904/507 Cep: 90020-006 - Porto Alegre - RS 51 3286.2631 - 51 3072.2631 www.jrscomunicacao.com.br jrs@jrscomunicacao.com.br Tiragem Aproximadamente 30 mil leitores.

www.jrscomunicacao.com.br - Fevereiro 2014 - 67

Acesse: www.jrscomunicacao.com.br - Setembro, 2013 - 3


68 - Fevereiro 2014 - www.jrscomunicacao.com.br


Revista JRS - Fevereiro de 2014