Page 24

24 – Médiuns: Jorge Gonçalves de Farias e Rodrigo Felix da Cruz

10

Um depoimento Venho por meio destas poucas palavras compartilhar minha história. Fui uma pessoa muito preguiçosa e desligada das coisas de Deus. Vivia como a letra do samba: “Deixa a vida me levar, vida leva eu!”. Meus únicos interesses eram as farras entre amigos, carnaval, bebidas e mulheres. O tempo foi passando e minha saúde se esgotando. Abandonei minha família, deixei filhos aos quais não dei o necessário sustento. Deixei o corpo vítima do coração e quando cheguei deste lado, fiquei sem ação. Então, alguns espíritos levianos começaram a me convidar para “festinhas”, para a noite boêmia, acompanhando encarnados que gostavam das mesmas coisas que nós. De homem da farra passei a ser obsessor. Quantas pessoas eu ajudei a cair no vício, quantas mães choraram pelos seus filhos viciados no álcool, quantas esposas e filhos desamparados.

Semente na mente  

Coletânea de preces e poesias ditadas por diversos Espíritos ligados à Colônia Espiritual Recanto de Irmãos, pela mediunidade de Jorge Gonça...