Page 1

ANO.05. #17.DEZ.11.MAR.12

SAÚDE PEDIATRIA, CIRURGIA PLÁSTICA, MEDICINA ESPORTIVA, MUSCULAÇÃO NA TERCEIRA IDADE

BELEZA E MODA TENDÊNCIAS 2012

MINAS EM ARTE ANDRÉ BURIAN, ANGELO ISSA E JORGE DOS ANJOS

CRÔNICA UM POUCO MAIS DE GENTILEZA


12 LOJAS OUTLET (31) 3333 0071


liga em se e qu cê vo ra pa a it fe er P . LiderBH stência. performance, estética e resi

CAPTIVA 2011 3.0 V6 AWD 4x4

NOVO CHEVROLET CRUZE A CHEVROLET FAZENDO O NOVO, DE NOVO. O Chevrolet mais vendido no mundo, agora no Brasil.


• 6 airbags • Remote Start • Diversos porta-objetos • Painel com iluminação Ice Blue • Novo interior

Motor 3.0 V6 de 268 cv Botão de ƒreio de mão Câmera de estacionamento

3 36

anos de garantia. sem limite de quilometragem no SUV mais premiado da história do país. mil Captivas vendidas em menos de 3 anos.

Faça revisões em seu veículo regularmente.

TIMBIRAS COM AFONSO PENA WWW.LIDERBH.COM.BR

3218.2100

Imagens ilustrativas. Captiva V6 3L7FYB.


Índice

34

18

30

72 86

86

36

102

10 Editorial e Expediente

56 Minas em Arte

- Jorge dos Anjos

12 Comportamento

60 Minas em Arte

- Angelo Issa

14 Educação

70 Resorts & Hotéis

18 Beleza

72 Roteiro Cultural

21 Cila

- Salão Clean

78 Cultura

- Verão 2012

26 Cirurgia Plástica

80 Conto

28 Medicina do esporte

84 Dicas

30 Pediatria

86 Esporte

- Clínica Colo de Mãe

32 Personal

88 Canto do Livro Indica

34 Nutrição

90 Momento Gym

36 Gastronomia 44 Entrevista

- Tmak

- Mario Vrandecic

48 Techmedical 52 Minas em Arte

94 Superação 96 Responsabilidade Social 100 Fotos Alunos

- André Burian

102 Crônica


Editorial Expediente 10

Gentileza gera gentileza, certo? Então, para aproveitar a deixa, esta edição da Rio Sport quer contaminar você com esse comportamento nobre. A revista sempre apresenta um tema central e esse, em especial, surpreendeu muito toda a equipe, que entrou no clima e preparou muitas dicas para o leitor levar a correria do dia a dia de uma forma muito mais gentil.

Dr. Mario Vrandecic, que revela como o sonho de um cidadão transformou-se no conceituado Biocor Instituto.

E como nosso forte é a sua saúde, a matéria de pediatria mostra que não há nada melhor pras crianças do que Colo de Mãe! Praticar esporte faz bem pro corpo e pra alma, e pode fazer bem pro bolso também! Descubra o charme do Golfe e, em caso de contusões, naturalmente em esportes de maior contato ou velocidade, você pode contar com a Medicina Esportiva e seguir as importantes orientações desta edição. Momento Gym apresenta um cardápio de atividades e uma novidade! Musculação na terceira idade? PODE E DEVE! Respondi a algumas dúvidas na seção Personal. Em Nutrição, você vai descobrir como a alimentação pode ser importante para quem quer ganhar massa muscular. Para quem procura rejuvenescimento da pele, indica-se o laser de CO2 fracionado. E para completar esse time de cuidados com a saúde, uma Entrevista com o

Três é bom demais! Minas em Arte com Jorge dos Anjos, André Burian e Angelo Issa. A modernidade do tradicional Colégio Sagrado Coração de Jesus e a seção de Superação, que apresenta pessoas especiais que encontraram meios especiais para se comunicar. Tem também a Música do Zé da Guiomar, a Gastronomia do Tmak e o editorial de verão da Cila! O Salão Clean sai na frente e dá as dicas de Beleza para o outono/inverno 2012. Para o Natal, a Canto do Livro preparou boas indicações para presentear.

Diretor-Geral Marcelo Melo

Capa Maranna (Ford Models MG) | veste Cila

Editora-Chefe Bianca Casadei Melillo

Foto capa

Jornalistas Angelina Fontes, Bruna Braga, Clara Bello, Giselle Figueiredo, Luiza Glória, Rita Lopes

Styling Tête Vasconcelos e Júlia Nogueira

Colaboração Alexandre Costa, Bárbara Couto, Fernanda Mello Fotografia Fred Muzzi e Henrique Falci Projeto gráfico e diagramação JR Guimarães Design Emocional Revisão Rita Lopes Agradecimentos Andréa Silveira, Antonio João, Bruno Carneiro, Cristina Rocha, João Sampaio, Mariella Miranda, Marianna Vasconcelos, Miguel Gontijo, Soraia Bueri, Tânia Antunes, Thais Caputo, Virgínia Bonfante

Para quem pretende viajar, a seção de Resorts & Hotéis apresenta o Portobello Resort & Safari, no Rio de Janeiro. Para quem gosta de esquiar: surpreenda-se com nosso Roteiro Cultural.

E ainda: o conto de Bárbara Couto e a crônica de Fernanda Mello para encerrar esta edição. Boa leitura e seja bem-vindo a 2012! Marcelo Melo

Márcio Rodrigues | Assistente - Tiago Ribeiro

Beleza Ronan Pessim A Revista Rio Sport é uma publicação quadrimestral da Thorp Comunicação em parceria com a Academia Rio Sport. A Revista Rio Sport não se responsabiliza pelo conteúdo de anúncios e matérias pagas. Contato Revista Rio Sport diretor@revistariosport.com.br - (31) 8800.4555 Academia Rio Sport www.riosportcenter.com.br BH – (31) 3286.4106 | RJ – (21) 3325.6644


Camaleão

4 x = ,00 46 0 4,0 18 R$

w w m ra

a .p w et ro m .co 60

99

,5 7

de

22

18 19

da

1

Ci

ey 03

lR

70 30

1

pi

70

2 36

1) 3

(3

er

Sh

op

(3

It a ú

Po

w

61

ng

39

op

1) 3

Sh

32

pi

ng *

41 5

1) 3

(3

Bi

g

Sh

op

pi

ng

De

(3

1) 3

ng pi Sh

0 4,0 18 R$

op

27

o vã

(3

= ,00 46

r is

x

Av .C

4

1) 3

Co

m

bo

Sa va lo

5

ss i

r .b *Alguns produtos deste impresso podem não estar disponíveis na loja do Big Shopping. A Parâmetro deste shopping é destinada a produtos com ofertas especiais.


Comportamento

Você tem um minuto do seu tempo?

Não dá para falar sobre gentileza sem citar José Datrino. Não ligou o nome à pessoa? Então é melhor você ligar o nome ao profeta. José Datrino tornou-se conhecido na década de 80, quando fazia inscrições nas pilastras do viaduto do Caju, no Rio de Janeiro, com sua famosa frase “GENTILEZA GERA GENTILEZA”. A longa barba e a túnica branca renderam ao pregador o apelido de profeta Gentileza. Lembrou-se dele agora? Mas a grande dificuldade em falar sobre gentileza é, justamente, saber o que esse termo significa. É preciso tomar cuidado para não confundi-la com solidariedade ou educação. Na verdade, quem é solidário e educado, acaba sendo gentil. Capaz de gestos de atenção e respeito ao próximo. Independentemente se esse próximo é um conhecido ou um estranho.

“Palavras gentis podem ser curtas e fáceis de falar, mas os seus ecos são efetivamente infinitos.” Madre Teresa de Calcutá

12

Por Bianca Casadei :: Foto Acervo

A gentileza deve ser exercitada. Seguindo a lição do referido profeta, precisamos fazer gerar e, com isso, diminuir muitas azias e intolerâncias.


Como todo comportamento, ela deve começar

pedestre passar, esperar o

a ser incentivada na infância e praticada por

carro da frente estacionar

todos e para todos. A psicóloga Christiane

sem apelar para a buzina,

Fernandes da Silva alerta sobre a importância

coisas simples e que podem

desse comportamento na escola, com crianças

entrar em extinção. É preciso

especiais. Os educadores devem ser preparados

desacelerar”.

para lidar com as dificuldades e é necessário que eles incentivem a cordialidade entre os colegas para o desenvolvimento da tolerância e da solidariedade. Ajudar a encontrar o material ou a fazer as atividades e o simples gesto de atenção pode modificar o rendimento dessa criança e promover a diferença. “As crianças especiais precisam de muito apoio, acompanhamento, atenção especial e carinho. A escola é um dos primeiros lugares que elas frequentam fora de seu ambiente familiar e, por isso, a maneira como são tratadas no local será refletida em toda a sua vida. A aprendizagem está diretamente ligada à afetividade, portanto, os atos de gentileza podem estimular o aluno a progredir. Além de desenvolver suas habilidades sociais”, completa Christiane. O interessante é que para a prática da gentileza não se gastam tempo e nem dinheiro. E adulto também precisa (e deve) ser gentil. O blog “Quanta Gentileza” foi criado pela jornalista Tammy de Andrade, paulistana. Ela conta casos reais, a partir de experiências próprias e de quem quiser participar com seus relatos. “O blog nasceu de simples observações do

Considerando também a importância de sermos gentis e dedicarmos atenção aos nossos - e aos dos outros - idosos, que em alguns casos dependem de terceiros para terem suas necessidades atendidas. A ONG Valorizar, fundada em 2007 pelo belorizontino Luis Tibé, atende um público médio de 1300 pessoas por mês, por meio da oferta gratuita de mais de 48 cursos. O presidente da organização, Leandro Gusmão, faz uma observação importante: “Em algum momento de nossas vidas, passamos pela experiência de ser cuidados por alguém e muitos de nós passaremos pela experiência de cuidar de uma pessoa idosa. O curso de Cuidador de Idosos é ministrado por enfermeiras voluntárias, que capacitam pessoas a cuidar com gentileza, ajudá-los a realizar suas atividades básicas do dia a dia e, é claro, oferecendo-lhes muito carinho, compreensão e companheirismo, tornando seus dias mais alegres. O que acaba, consequentemente, afastando o risco de doenças, como por exemplo a depressão, que atinge tantos idosos.”

cotidiano que rendem histórias inusitadas. A

Grandes são os resultados que pequenos atos

gentileza (ou a falta dela) não está apenas

geram. Você pode doar um minuto do seu

no atendimento numa loja, num serviço no

tempo e descobrir que um bom começo para ser

restaurante, mas, principalmente, no cotidiano”.

gentil pode ser, simplesmente, sorrir!

Tammy afirma que “as pessoas têm se tornado muito intolerantes diante da correria do dia a dia, cada vez menos se colocando no lugar do outro, se esquecendo de pequenos gestos que podem ‘afetar’ positivamente o dia de um desconhecido. Bom-dia, boa-tarde, com licença, por favor, dar passagem para um

Gentileza: delicadeza, amabilidade, cortesia. Solidariedade: sentimento que leva os homens a se auxiliarem mutuamente. Educação: conhecimento e prática dos hábitos sociais; boas maneiras.

13


Educação 14

Sagrado Coração de Jesus: entre o novo e o antigo Espaços modernos de formação complementam a estrutura centenária da escola, referência em ensino em Minas Gerais

O Sagrado Coração de Jesus está de cara nova.

ao 5º ano, com atividades artísticas, esportivas e

Depois de uma intensiva revitalização de seus

acompanhamento escolar.

espaços interno e externo, acompanhada da

Como espaços de convivência, o colégio abriga

construção de salas para os projetos pedagógicos

um pátio interno, ginásio poliesportivo, quadras

exclusivos, a escola apresenta-se como a opção

de esportes, parque infantil, lanchonete e

mais completa de ensino em Belo Horizonte.

restaurante, que oferece aos alunos refeições

Em um prédio tombado pelo Patrimônio Histórico

nutritivas e balanceadas. Além de toda essa

Cultural, o Sagrado oferece aos seus alunos uma

estrutura, a escola possui um eficiente projeto

estrutura física que acompanha os mais modernos

de prevenção e combate a incêndios, projeto de

métodos de educação e os novos recursos

sustentabilidade que faz o aproveitamento da

tecnológicos. Conjugando tudo isso à equipe

água pluvial e da luz solar, enfermaria moderna

pedagógica de excelência, os alunos usufruem de

e banheiros para portadores de necessidades

diversos espaços de formação, como o Complexo

especiais.

Científico (com laboratório de física, laboratório

Externos à escola há ainda uma Capela, também

de biologia, laboratório de química), o Complexo

tombada, e o Teatro Coração de Jesus. Superando,

Artístico (laboratório de dança, laboratório

cada vez mais, as expectativas de seus estudantes

de artes plásticas, laboratório de música e

e dos pais para um futuro próximo, está sendo

laboratório de teatro) e a nova biblioteca. O

planejada a construção de um planetário no

Sagrado oferece aos seus alunos, além do Ensino

terraço do edifício principal, a reforma do prédio

Regular, o Curso Integral para as crianças da

infantil, a implantação de um espaço pluricultural

Educação Infantil e do Ensino Fundamental do 1º

e o novo foyer do Teatro e Memorial do Colégio.

Por Luiza Glória :: Fotos Acervo


EM CADA C A N T O , UM ENCAN T O .


BMC | BRUNO MARINHO FOTOS FeRNANdO TRANCOSO

Requinte em seus melhores momentos Rua Pernambuco 909 Savassi BH MG (31) 3228 1555 www.solarpresentes.com.br


Beleza Willian Ferreira | personal hair style

Coleção Paris Fatal Sofisticação é a palavra da tendência do próximo outono/inverno. Aproveite as dicas do Salão Clean para sair na frente em 2012

18

Por Bianca Casadei :: Fotos Schwarzkopf

É Isso mesmo. Você leu certo. Já se estão falando fronteiras afora, o que vai usar no próximo outono/ inverno. A Revista Rio Sport foi descobrir os lançamentos para a próxima estação em conceito de beleza. Willian Ferreira, do Salão Clean, revela essa tendência - com antecedência - pra você!


Cabelos em alta

Make me up!

O chique retrô da década de 60 volta com tudo: desde as franjas compridas e ligeiramente escaladas até o look inconfundível de Brigitte Bardot. Mas para quem procura praticidade, serão permitidos os cabelos curtos e cortes desestruturados, em substituição aos geométricos e puristas.

Olhos Um sutil esfumaçado fumê e as variações no castanho e nos vermelhos, em acabamento mate, prometem realçar o olhar.

No tom certo Curtos ou longos, a tendência continua nos loiros, castanhos e para as mais ousadas, o acobreado. Mas para um toque a mais de personalidade, deve-se evitar a monotonia e realçar o corte. O exercício do brilho é trabalhado a partir da base da cor natural, desde a raiz até as pontas. Vale consultar um profissional para arrasar no tom!

Penteados Assim como nos cortes e cores, os penteados seguem tendências e garantem looks incríveis que permitem contrastes. Mais uma vez, a personalidade mostra sua face e varia desde o atrevido despenteado até variadas tranças. O importante é saber ousar e arriscar entre o jovial e o minimalista, o convencional e o nada convencional.

Boca Provoque com tons naturais! Blush Para garantir um ar saudável com aquele aspecto de queimadinho de frio, os tons marrom, tomate e acobreados completam o make ideal para o próximo outono/inverno. Para acertar no tom, no brilho, no corte, no penteado e na maquiagem, é importante a consultoria de quem entende. E aí? Já decidiu com que cabelo você vai sair no próximo outono/inverno?

Salão Clean Hotel Mercure Av. do Contorno, n° 7315 – Santo Antônio Tel. (31) 3292-5522 BH Shopping Rod. BR 356, n° 3049 - lj MA 18/18 – Belvedere Tel. (31) 3286-4281 www.salaoclean.com.br

19


Ver達o 2012


Styling/Produção: Tetê Vasconcelos e Júlia Nogueira | Fotos: Márcio Rodrigues Modelos: Maranna, Ana Mezzomo, Luiz Rocha | Design e Direção de Arte: Rafael Maia

Coleção Verão 2012:


Cirurgia Plรกstica

Resurfacing de CO2 Fracionado A tecnologia a serviรงo do rejuvenescimento

26

Por Luiza Glรณria :: Fotos Dreamstime.com


A tecnologia, há alguns anos, vem lutando contra os desgastes do tempo. As mulheres que sofrem com o fantasma da velhice veem as técnicas de tratamento rejuvenescedoras como fortes aliadas. É o novo elixir da vida. Para melhorar a qualidade da pele, a cirurgia plástica desenvolveu o laser de CO2 que, já há algum tempo, tem mostrado os resultados mais efetivos nesses tratamentos. Trata-se de um procedimento não cirúrgico indicado para a pele prejudicada pela exposição crônica à luz solar, o chamado fotoenvelhecimento. A novidade no ramo é o aparelho laser de CO2 fracionado, que aprimora os benefícios da técnica, diminuindo os inconvenientes e deixando a pele com aspecto ainda mais jovial. O cirurgião plástico Múcio Leão Pessoa de Castro, titular especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, realiza o procedimento em sua clínica e explica que a aplicação do laser de CO2 fracionado estimula a formação de uma nova camada de colágeno, que dá à pele aparência jovial. As áreas mais indicadas para o tratamento são todas aquelas que sofrem o efeito da luz, ou seja, que apresentam os sinais do fotoenvelhecimemeto, como a face, pescoço, colo e mãos. Esses sinais são caracterizados pela pele sem brilho, diminuição do tônus, manchas e flacidez. O laser de CO2 fracionado reduz em até 30% a flacidez das áreas tratadas, clareia manchas e melhora o aspecto de estrias e cicatrizes, em especial da acne, deixando-as menos visíveis.

A aplicação O CO2 fracionado consiste em uma descarga de laser, separado em microfeixes, formando uma imagem similar a uma “ducha”. Esse laser aquece a pele, estimulando a produção do colágeno e contração, o que provoca uma diminuição da flacidez. Devido ao modelo “ducha” de aplicação, o laser atinge micropedaços da pele, deixando pequenas áreas intactas entre as frações atingidas. É essa pele não alcançada que facilitará a cicatrização do tecido afetado pelo laser. Essas pequenas pontes permitem a reestruturação da camada superfi cial da pele, a epiderme, de forma mais rápida, o que possibilita ao paciente um retorno às suas atividades normais num tempo mais curto.

Saiba mais sobre o Laser de CO2 Fracionado Dr. Múcio Leão Pessoa de Castro www.cirurgiaplastica.org.br

Saiba mais sobre aplicações de CO2 fracionado na página da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica: www.cirurgiaplastica.org.br .

27


Medicina do Esporte

Medicina do Esporte: prevenção e tratamento Especialidade, voltada com ênfase aos atletas profissionais, dedica-se também aos praticantes comuns de exercício físico consonância com os colegas: não há como vencer sem esse grupo multidisciplinar. Como você se iniciou na especialidade?

O especialista em Medicina do Esporte pela USP, Dr. Bernardo Albergaria, trata desde pentacampeões de Jiu-Jitsu até pacientes da terceira idade praticantes de Dança de Salão. Independentemente do tipo de atleta, seu objetivo principal é mantê-lo treinando, por meio da prevenção e, se necessário, do tratamento. Confira, na entrevista concedida à Revista Rio Sport pelo médico, mais detalhes sobre essa especialidade que vem crescendo no Brasil e no mundo. Qual é o papel do médico do Esporte? Manter o atleta treinando. Para isso, orgulhome de dizer que a Medicina do Esporte é a especialidade mais ligada a outras profissões relacionadas à atividade física. Impossível conceber nossa atividade sem a participação de uma equipe de profissionais envolvidos com os diversos aspectos da saúde do atleta: educadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, treinadores e outros. Como o médico do Esporte sempre lida com times e equipes, está acostumado a agir em

28

Por Rita Lopes :: Fotos Dreamstime | Divulgação

Eu realizava estágio como fellow na clínica do Dr. Ivo Pitanguy, no Rio, e comecei a fazer Jiu-Jitsu com o Royler Gracie, na Gracie Humaitá. Um dia, treinando com meu pai, quebrei o dedo dele, sem querer, e não sabia como tratar a fratura. Esse fato mudou minha vida: primeiro, decidi aprender a tratar os atletas corretamente, abandonando a Cirurgia Plástica; segundo, pude ter aulas particulares com o Royler, o que me fez ver a eficiência biomecânica da arte suave. Despedi-me do Dr. Pitanguy, tornei-me aluno da USP e nunca mais parei de tratar atletas. Foram muitos ombros deslocados, “apagadas” e contusões atendidas no tatame. Tive a sorte de ter os melhores mestres, em ambas as áreas, como o professor Vinícius “Draculino”, cuja técnica impecável e talento lendário para formar faixas pretas criaram uma verdadeira “fábrica de campeões” de Jiu-Jitsu em Belo Horizonte. Enfatizo que é muito importante o médico do Esporte conhecer bem a modalidade do atleta tratado, de preferência que já a tenha praticado. Além de facilitar a conversa com o paciente, há maior intimidade com a mecânica dos movimentos e o tipo de esforço físico. Você ainda pratica Jiu-Jitsu? Como sou médico da Equipe Barra Gracie BH, sob o comando do professor Marcelo “Uirapuru”, mantenho sempre contato com a


elite dos lutadores. Hoje faço aulas particulares e levanto pesos, na Rio Sport Center. Faço também algumas aulas coletivas lá. O dia em que a academia abrir de meia noite às seis da manhã, pode contar comigo! Você poderia resumir os objetivos da Medicina do Esporte? Prevenir e tratar as lesões e doenças relacionadas à atividade física e ao esporte; fazer a avaliação médica antes de se iniciar a atividade física ou desportiva, para detectar alterações que podem se manifestar ou piorar com a prática da atividade física. E ainda: evitar a todo custo condutas do tipo “Pare de malhar, tome um anti-inflamatório e volte em um mês se não melhorar!”. Como se divide a especialidade? Existem vários segmentos: a Traumatologia Desportiva, que trata das lesões ósseas, articulares e musculares associadas à atividade física; a Cardiologia do Esporte, que está relacionada à avaliação cardiovascular nos praticantes de atividade física, em nível competitivo ou não; e há médicos especializados em Antidoping e outros em Nutrologia do Esporte. Enfim, é uma especialidade com abrangência ampla, o que a torna bem interessante.

específica para se definir a prática desportiva adequada. Isso é essencial para a escolha correta da atividade ou do exercício, indicados pelo biótipo, personalidade ou condição associada, como artrose ou obesidade. Para os superatletas que competem em nível profissional, o médico do Esporte funciona como um mecânico de Fórmula 1, “consertando” a máquina até durante a prova. Eventualmente, nosso papel é o de proteger o atleta dele mesmo, quando seu limite for ultrapassado de forma perigosa para a saúde. Durante as provas não há limite que o atleta não queira superar, e ele pode tornar-se ameaça para si mesmo, o que já vi ocorrer em competições de Vale Tudo e esportes aeróbios de longa duração. É importante mencionar que, às vezes, o atleta amador treina mais intensamente do que o profissional. Tenho dois pacientes que participam na África do Sul de uma prova de Mountain Bike que dura cinco dias. Um é médico e o outro juiz de Direito, ambos com condicionamento físico de atletas de elite. Um recado final aos atlelas, profissionais e amadores. Ouçam seu treinador, respeitem seus limites e não parem de malhar!

Quem são seus pacientes? Na Medicina do Esporte lidamos especialmente com atletas, de diversos tipos. Mas no consultório há desde pentacampeões brasileiros de Jiu-Jitsu até pacientes de 85 anos, cujo esporte é fazer aulas de Dança de Salão duas vezes por semana. Há alguns bailarinos do Corpo de Baile do Palácio das Artes e, de alguns anos para cá, o número de corredores aumentou consideravelmente. Não há como não citar também as donas de casa, que praticam exercícios na academia de maneira não profissional, para relaxamento ou para manter a forma (da mente e do corpo!). Como quem inicia a prática de exercícios pode contar com a ajuda de um médico do Esporte? Para os adultos que querem iniciar um esporte e para os que já foram atletas e desejam voltar ao esporte, deve-se fazer a avaliação funcional

Medicina do Esporte Dr. Bernardo Albergaria

Consultórios: Rua do Ouro, nº 1717 – BH Telefone: (31) 3223-2210. Rua Domingos Vieira, nº 343, conj. 1202 – BH Telefones: (31) 3241-0954/3241-6352.

29


Pediatria 30

Você faz tudo pela saúde do seu filho. Acredite: nós também!

Por Rita Lopes :: Fotos Dreamstime.com


Com localização privilegiada, de fácil acesso e ambiente diferente de um consultório médico ou psicológico, a clínica Colo de Mãe oferece apoio às mamães e aos papais, desde a gestação de seu bem mais precioso. A competente equipe de pediatras e psicóloga pode atuar a partir da gravidez até o período da adolescência, acompanhando todo o desenvolvimento da criança e os processos de transformação da família. Para a escolha destes profissionais, os pais devem ficar atentos a requisitos essenciais: a confiança, o cuidado especializado, a disponibilidade e a experiência, sem esquecer a tranquilidade de um local apropriado, onde a criança sinta-se à vontade. Esse é o objetivo principal da clínica Colo de Mãe. Durante a gravidez, auxiliamos as futuras mamães por meio de apoio psicológico, informações e treinamento de técnicas importantes para a chegada do bebê. Os cursos orientam-nas sobre cuidados com o neném, amamentação, treinamento de babás e outros temas relevantes para uma maternidade saudável e feliz.

Afinal, toda mãe e o recém-nascido querem, na verdade, um pediatra para chamar de “seu”. E com a confiança criada entre eles, esse profissional torna-se quase um membro da nova família, com orgulho em contribuir para o seu crescimento e bem-estar. Será um prazer atendê-los! Equipe Colo de Mãe.

Já na sala de parto o Ministério da Saúde reconhece a importância da presença do pediatra/ neonatologista para recepcionar e auxiliar o bebê em qualquer dificuldade na sua chegada a este “novo mundo”. A presença desse profissional qualificado, assim como a de um bom obstetra e de um anestesista, deixam a família mais tranquila para curtir esse momento único. Passado o nascimento, mamães e papais enchem-se de inseguranças. Nessa fase, o pediatra torna-se fundamental para dar segurança, esclarecer as dúvidas e apoiar a amamentação. Na maioria dos casos, isso é feito no consultório. Mas algumas vezes as mães não têm condições de sair de casa. Assim, a clínica Colo de Mãe oferece o atendimento domiciliar.

Clínica Colo de Mãe

No caso do atendimento no consultório, os familiares que desejam acompanhar as consultas são sempre bem-vindos. O ambiente é amplo e aconchegante para todos, especialmente para mamães e papais, que vão se sentir visitando uma “pessoa íntima”. Já a criança vai ver esse ambiente como um local de brincadeiras.

Dra. Ana Elisa Ribeiro Fernandes CRM-MG 37.109 | Pediatra Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente

Av. do Contorno, 6777 | sala 614 | Lourdes Belo Horizonte, Minas Gerais Tel.: (31) 3293-7268 Dra. Alessia Leone CRP 04/24724 | Psicóloga Clínica Especialista Terapia de Casal e Família

Dra. Larissa Leite Henrique de Carvalho CRM-MG 36.841 | Pediatra e Neonatologista Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria

31


Personal 32

Musculação na 3ª idade

É importante manter a força do corpo conforme envelhecemos, porque ela é vital para a saúde, a capacidade funcional e a vida independente. Não importa a idade do praticante, ele sempre terá evoluções com o treinamento.

Atualmente, com o aumento dos cuidados com

consequentemente sua aprovação, a ficha de

o corpo e a saúde, é difícil definir fisicamente

anamnese, o levantamento dos fatores de risco

um idoso, não fosse pela classificação etária. Mas

e a realização de testes funcionais de exercício.

um dos sinais claros de envelhecimento humano

Existem algumas contraindicações absolutas:

é a perda da capacidade muscular, reflexo da

insuficiência cardíaca; infarto do miocárdio

vida sedentária - ou não - de cada um. Diante

recente; miocardite ativa; angina pectoris, que

disso, a musculação torna-se importante para

piora com o esforço; embolia recente (sistêmica

potencializar a qualidade de vida e proporcionar

ou pulmonar); aneurisma dissecante; doenças

mais segurança no caso de quedas e das doenças

infecciosas agudas; trombo-flebite; taquicardia

naturais provocadas pelo desgaste causado pelo

ventricular e outras arritmias graves; estenose

envelhecimento.

aórtica grave.

1 - Existe contraindicação para a musculação na

2 – Em que a musculação é benéfica na prevenção

terceira idade?

da osteopenia e osteoporose?

Considerando o elevado grau de sedentarismo

Conforme

que caracteriza grande parte dos indivíduos

tendência para a redução na massa muscular. Essa

da população, alguns cuidados especiais são

diminuição é a principal razão para a redução na

necessários, como a escolha da carga necessária

capacidade de produzirmos força. A osteopenia é

no início do programa, equipamento correto, o

a perda de mineral ósseo, geralmente resultante

planejamento de um programa de treinamento

do processo de envelhecimento que afeta

de força para idosos, a consulta ao médico e

tanto homens como mulheres. A ocorrência da

Da Redação :: Foto Fred Muzzi

envelhecemos,

observa-se

uma


osteopenia significa que a densidade do osso está mais baixa que o normal. É o início da perda de massa óssea e pode ser considerada como o estágio anterior à osteoporose, enfermidade que fragiliza os ossos alterando sua microarquitetura e aumentando o risco de fraturas, até mesmo, por esforços banais. Ambas as doenças estão associadas ao envelhecimento.

O principal

tratamento para a doença é a combinação de dieta rica em cálcio, com o uso de medicamentos específicos, mais a prática de atividade física, em especial a musculação. Os ossos são mantidos graças à força de sustentação do peso corporal (gravidade) e às forças laterais exercidas pelos músculos, durante as contrações musculares. Assim, as células ósseas são estimuladas a produzirem os componentes que formam os ossos. Por isso, os exercícios com suporte de pesos, como a musculação, são mais indicados à manutenção da densidade óssea. 3 - Em que a musculação pode ajudar na prevenção de quedas? A musculação ajuda a preservar e a aprimorar a

força,

aumentando

o

equilíbrio

e

a

coordenação motora, melhorando a mobilidade e contrabalanceando a fraqueza e a fragilidade muscular, o que por sua vez pode ajudar a prevenir as quedas. Esse fortalecimento pode tornar possível a realização das atividades da vida diária, com menos esforço, e prolongar a independência funcional por permitir ao indivíduo viver os últimos anos de maneira autossuficiente e dignificada.

Marcelo Melo - Personal Trainer Especialização em emagrecimento e diabetes Tel.: 31 8800-4555 marcelomelopersonal@hotmail.com

33


Nutrição

Alimentação para o desenho das curvas O aumento do volume de massa muscular é

Quem deseja ganhar massa muscular,

uma busca constante dos frequentadores de

provavelmente deverá aumentar o

academia. A prática de exercícios físicos pode

consumo diário de calorias mediante cálculo

ser o caminho mais eficiente para se alcançar

individualizado. Porém, ganho de massa não

esse resultado, mas quando aliada a uma

significa necessariamente aumento de peso. Se

alimentação balanceada, que fornece todos

uma pessoa ganhar massa muscular e perder o

os macronutrientes (carboidratos, proteínas

mesmo peso em gordura, seu peso será o mesmo

e gorduras) e micronutrientes (vitaminas e

na balança.

minerais) necessários para a construção da tão desejada massa muscular.

que ganharão massa muscular. “O mais comum

“Para ganhá-la sem adquirir gordura, é

é ingerir proteínas em excesso e carboidratos

necessário um ajuste da ingestão energética com

de forma deficiente. Também é comum

o gasto, assim como a distribuição adequada

existir uma preocupação apenas com

das refeições ao longo do dia. A recomendação

os macronutrientes, esquecendo os

para a ingestão de carboidratos varia de 55 a

micronutrientes, tão importantes para

60%, proteínas de 12 a 15% e gorduras de 20

as reações metabólicas”, completa.

a 25% do valor calórico da dieta”, explica a nutricionista e educadora física Liliane Lentz.

Antes do treino, a alimentação deve fornecer substrato energético para a

Segundo ela, a dieta deve ser individualizada,

prática da atividade física. Após o exercício,

levando-se em conta sexo, idade, metabolismo

a ideia é maximizar a recuperação e fornecer

de repouso, gasto energético diário, hábitos

substratos para o reparo muscular, com a

alimentares etc. No entanto, a distribuição dos

ingestão de carboidratos, como pães e cereais, e

macronutrientes na dieta pode ser semelhante.

proteínas, como carnes e ovo.

O uso de suplementos é indicado quando não é possível fazer uma refeição adequada ou quando a ingestão de alimentos já é muita e a ingestão de calorias necessita ser aumentada.

34

Muitos cometem erros na alimentação pensando

Por Clara Bello :: Foto www.sxc.hu

Confira a seguir um exemplo de dieta elaborado por Liliane Lentz, com as refeições para um dia, incluindo as refeições pré e pós-treino.


Desjejum Pão integral Queijo cottage Peito de peru Suco de frutas

Colação Iogurte Cereal Fruta

Almoço Arroz Feijão Carne Vegetais

Lanche Castanhas

Lanche pré-treino Torradas 0% gordura Geleia

Lanche pós-treino Whey protein Maltodextrina

Jantar Pão francês Frango desfiado Requeijão light Vegetais Suco de frutas

35


Gastronomia Original e contemporânea. O TMAK surpreende pela criatividade na culinária do país do sol nascente

O Tmak abriu suas portas em dezembro de 2007 com um conceito inovador, buscando a perfeita união entre a cozinha nipônica contemporânea e o conceito de healthy fast food. Em um cantinho da Rua Sergipe, na badalada Savassi, é sucesso absoluto entre os admiradores da culinária japonesa. No cardápio, muitas inovações e grande variedade de Temakis - são 56 opções -, sushi bar completo e promessa de entradas exclusivas a partir de dezembro. Uma das novidades que vem conquistando cada vez mais adeptos é o Tmak Salada. Leve, delicioso e balanceado, inclui alface-americana, rúcula, cenoura, queijo Minas frescal e molho de mostarda e mel. A indicação da casa é combinálo com peixe grelhado (atum ou salmão) e arroz

36

Por Bianca Casadei :: Foto Leonardo Duarte


integral japonês, exclusividade da casa. Perfeito para quem busca uma alimentação saudável. As novas entradas prometem também surpreender os clientes. Depois do sucesso do Hot Filadelfia Surpresa, composto por seis rolinhos de salmão com cream cheese empanados e fritos e finalizado com salmão cru batido e couve crocante adocicada, o restaurante vai lançar novas entradas exclusivas, como o Camarão Crocante com Molho Agridoce, o Cevicce de Atum com Maçã Verde, o Sashimi de Salmão Especial com Crocante de Alho Poró e Azeite de Limão Siciliano, além de três opções de Yakissoba. O local oferece serviço de buffet para qualquer tipo de evento, seja um pequeno aniversário na casa do cliente ou festas de grande porte. E para o “trivial”, a casa oferece condições especiais

O Tmak conta com três unidades:

para o almoço durante a semana.

• Rua Sergipe, 1423 - Savassi

A alta qualidade dos ingredientes e o perfeito treinamento da equipe de sushimen garantem o excelente padrão dos temakis e da alga crocante: mais uma marca registrada do Tmak.

• Avenida do Contorno, 6190 - Savassi • Alameda da Serra, 891 - Vila da Serra - Nova Lima (inauguração em dezembro). Telefone para contato e eventos: (31) 3324-7818 / (31) 9308-7211


FOTOS: GUSTAVO XAVIER

Projeto Hall dos Banheiros


CASA COR MG 2011

Fernanda Curi e Camila Ferreira

O Hall dos Banheiros foi projetado pelas arquitetas Camila Ferreira e Fernanda Curi para a Casa Cor Minas Gerais 2011. A idéia foi criar um ambiente que despertasse no visitante uma nova maneira de se experimentar um espaço de transição. “Ainda que seja um local de passagem, que interliga o café, o restaurante e os banheiros públicos, o que se busca é uma sensação de aconchego, proporcionada pela escolha de materiais, cores e iluminação em tons quentes”, explica as arquitetas.

ARQUITETURA E DECORAÇÃO DE INTERIORES

Av. Raja Gabáglia, 3.117 – Conj. 112 I São Bento – Belo Horizonte/MG I Fone: (31) 3267-2900 arquitetura@ferreiraecuri.com.br I www.ferreiraecuri.com.br


SERVIÇOS

EM MÁRMORES E GRANITOS

NACIONAIS E IMPORTADOS

POLIMENTO

DE PISOS COM TECNOLOGIA ITALIANA

Rua Bonfim 1106 - Bairro Bonfim BH - MG - (31) 3422-4463 • contato@marmorariaartesanato.com.br

www.marmorariaartesanato.com.br


INTEGRAMOS CONHECIMENTO E DESIGN, TECNOLOGIA E PRATICIDADE, ESTÉTICA E SEGURANÇA.

Rua Vereador Geraldo Pereira 477A | Bairro Padre Estáquio | Belo Horizonte - MG (31) 3412-5055 • contato@vidracariavitrine.com.br • www.vidracariavitrine.com.br


NO PONTEIO, ATÉ MESA DE NATAL TEM ESTILO. Concurso Mesas de Natal Ponteio. De 2 de dezembro a 6 de janeiro.

VENHA SE INSPIRAR E VOTE NA SUA MESA DE NATAL PREFERIDA PELO SITE DO PONTEIO. ponteiolarshopping.com.br ponteioup.com.br

Participantes Alberto Radespiel, Danielli Bellini, Christianne Taranto, Melissa Rezende, Luis Fábio, Cioli Stancioli, Sheila Mundim, Fernando Hermanny e Germana Gianneti, Ana Paula Paolinelli Diniz e Emília Pimentel.

CONSULTE REGULAMENTO NO SITE.


Entrevista

MARIO VRANDECIC Cirurgião Cardiovascular e Torácico, com especialização na América do Norte, atuou em renomadas instituições como a Cleveland Clinic and Saint Vicent Charity em Ohio, o Henry Ford Hospital em Detroit/Michigan, o Mount Sinai School of Medicine em New York, e o Boston Children´s Hospital da Harvard University em Massachusetts. Iniciou o magistério em Nova York e retornou à capital mineira, para atuar na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Esse é o dr. Mario Vrancedic, fundador e idealizador do Biocor Instituto, que pela sua excelência recebeu vários prêmios, como Banas Qualidade e Gestão (1998, 1999, 2004 e 2006); Qualidade Brasil (2000); Melhor Hospital pelo Ministério da Saúde (2000 e 2001); Qualidade em Assistência à Saúde Ciefas (2000) e Unidas (2002); Instituição de Alta Categoria Unimed BH (2000); Prêmio Top Hospitalar 2006, nas categorias Hospital do Ano e Administrador do Ano, entre outros. E você vai descobrir, nesta entrevista, como o sonho de fazer algo pela sociedade concretizou-se na vida desse médico.

44

Por Bianca Casadei :: Fotos Acervo Biocor Instituto | www.sxc.hu


Como descobriu que por meio do exercício da medicina realizaria seu objetivo de melhorar a qualidade de vida da sociedade? Desde a infância eu tinha a consciência firme de que era possível fazer algo para a sociedade e ser agente de melhorias, pois esse foi o exemplo de meus pais. Mantive esse foco e a certeza de que essa meta seria alcançada. Portanto, sempre tive a visão de que a educação era o caminho para a realização desse projeto de crescimento pessoal e de desenvolvimento humanista. Dessa forma, estabeleci meu próprio planejamento e preparei-me para realizar esse projeto. Assim, vim para Belo Horizonte e busquei minha formação em Medicina, área eleita pelo contato humano e pelo inesgotável potencial aberto para a busca do aprimoramento científico e aplicação da ciência em favor da saúde e da vida. Essa formação profissional, a capacitação obtida com os melhores mestres e a dedicação à pesquisa científica foram empregadas na realização do meu sonho que é o Biocor Instituto. A humanização no atendimento aos pacientes e familiares é um diferencial da sua rotina de trabalho. Qual a importância desse ritual na sua vida profissional e pessoal? Desde o início da minha carreira, busquei criar e liderar profissionais focados na assistência

à saúde com elevada técnica, competência e sensibilidade com o ser humano, atento à segurança e respeitando os direitos dos pacientes. No Biocor Instituto, desde o início das nossas atividades, o grande exemplo dessa humanização é a visita que faço a cada paciente e a cada setor do hospital, todos os dias do ano, inclusive aos sábados, domingos e feriados, estabelecendo um diálogo e estreitando a relação de confiança, buscando ser útil e interagir para o atendimento das necessidades dos nossos pacientes e familiares. A essa prática inovadora damos o nome de Busca Ativa, com a qual o nosso objetivo é, com carinho e proatividade, ter um canal aberto de comunicação direta com os pacientes e seus familiares, além de aferir vários itens da prestação assistencial como, por exemplo, segurança, estrutura e apoio. Servem, também, como um instrumento de avaliação da satisfação dos clientes. Nessas visitas, geramos dados e informações preciosas para o Corpo Clínico, as equipes de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e profissionais que participam da assistência à saúde. Cada contato e cada diálogo com os pacientes são muito importantes para mim, motivo de grande alegria e realização, pois sinto-me praticando a real função do profissional de saúde que é: gerar confiança no paciente, familiares e sociedade, com segurança e respeito.

45


Entrevista

“A capacitação de profissionais, o acolhimento humanizado e os bons resultados clínicos aliados à mais moderna tecnologia sempre foram destaque.”

O Biocor Instituto foi fundado com o objetivo principal em atendimentos cardiovasculares e o desenvolvimento de pesquisas nesse setor. Hoje é um hospital geral de referência em alta complexidade. Como aconteceu essa importante transformação? A capacitação de profissionais, o tratamento humanizado e os bons resultados clínicos aliados à mais moderna tecnologia sempre foram destaque no Biocor, desde o início, o que levou à boa aceitação e ao reconhecimento da sociedade nesses mais de 26 anos. Fundado em 1985, o Biocor Instituto é um hospital geral e um centro de excelência em ensino, desenvolvimento técnico-científico e procedimentos inovadores, sendo referência em alta complexidade em Minas Gerais, no Brasil e no exterior. Além das modernas instalações físicas, uma gestão competente,

46

Por Bianca Casadei :: Fotos Acervo Biocor Instituto

constantes investimentos tecnológicos, pessoal habilitado e um consistente sistema integrado de informação, proporcionando um ambiente adequado ao exercício da medicina, o Biocor destaca-se pela sensibilidade no acolhimento dos pacientes e familiares. Em constante evolução e em sintonia com as expectativas da sociedade, o Biocor Instituto construiu e mantém, em aprimoramento contínuo, um moderno Sistema Integrado de Gestão, com foco em riscos, agregando normas de gestão nacionais e internacionais. O Biocor Instituto é um hospital jovem e ao mesmo tempo pioneiro, com o objetivo principal de melhoria da qualidade de vida das pessoas. Para isso, seu alicerce fundamental é a aplicação de pesquisa e desenvolvimento que geram resultados clínicos semelhantes e até melhores que outros centros internacionalmente reconhecidos.


BIOCOR Devido à grande abrangência dos planos de saúde, qual a sua visão, como gestor dessa área, sobre o relacionamento entre hospitais, médicos e planos de saúde? Considera esse um modelo sustentável?

A qualidade da atenção dada ao paciente é um ponto crítico da assistência à saúde. Todavia, o diferencial fundamental para a sustentabilidade é o alinhamento entre a sociedade, os profissionais de saúde, os hospitais e demais partes interessadas, ou seja, saber qual a saúde que se quer. No Biocor, buscamos a melhoria contínua de nossos serviços e, concomitantemente, a interação e a integração entre as partes envolvidas na assistência à saúde para fortalecer, cada vez mais, o vínculo de confiança essencial entre pacientes, familiares, médicos, hospitais e operadoras (convênios). Nosso programa de educação continuada também promove a integração e a disseminação de boas práticas a todas as partes interessadas na assistência à saúde. São 27 eventos por ano, em média, tanto para o público interno quanto externo. De toda forma, é preciso estar atento à sustentabilidade, pois sem retorno não há como nenhuma organização cumprir sua missão. Continuamente, estamos buscando o diálogo com operadoras, públicas e privadas, a fim de mostrar que a melhor resolubilidade do Biocor Instituto representa uma economia para os convênios e agrega benefícios aos pacientes. Temos certeza que estamos construindo um melhor caminho em busca do contínuo aprimoramento do modelo da saúde no Brasil, tendo a sustentabilidade como meta! Está em tramitação, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, o Projeto de Lei 1692, de autoria do executivo, que estende aos hospitais os benefícios para construção e ampliação,

concedidos ao setor de hotelaria. O senhor acha que dessa forma a Copa deixará também essa mudança positiva para nosso Estado?

O sucesso e a consolidação de melhorias após eventos internacionais como Copa do Mundo e Olimpíadas estão diretamente vinculados à capacidade do país de catalisar investimentos, benefícios e visibilidade para agregar valor ao seu processo de desenvolvimento social e aprimoramento de sua infraestrutura. Assim, todos os investimentos para formação e melhoria da nossa estrutura de saúde, hoteleira, de transporte, aeroportos, turismo etc. sempre serão muito bem-vindos e poderão beneficiar, de forma sustentável, nossa sociedade por muitos anos. Por isso, acredito ser nosso dever, ou seja, dos Governos Federal, Estadual e Municipal, bem como da iniciativa privada, atuar para reverter em melhorias duradouras todas as medidas tomadas para construir uma memorável Copa do Mundo de 2014. Dr. Mario, esta edição da Revista Rio Sport é dedicada ao tema GENTILEZA. O senhor, como médico e cidadão, considera que a falta de cordialidade entre as pessoas é um mal que tem cura? Hoje em dia as pessoas não se comunicam tanto pessoalmente, mas sim por meio da internet, por e-mail, redes sociais, blogs etc. Muitos ramos de atividades investiram seus recursos e esforços em atendimento eletrônico, como o setor bancário. O próprio comércio busca alternativas de negócios on-line e virtual. Não obstante essas tendências irreversíveis, eu ainda acredito no contato e no diálogo, sendo que a tecnologia deve ser bem empregada para que o ser humano possa ter mais tempo para se socializar, pois essa é a sua natureza.

47


Techmedical

Pioneirismo na medicina esportiva O grande adversário de atletas profi ssionais e amadores é a famosa contusão, que além de provocar danos à saúde, impossibilita, temporariamente ou não, a prática do esporte. E, durante o diagnóstico, pode surgir um oponente ainda maior: o procedimento cirúrgico. Em todos os estágios desse processo, uma forte carga emocional acaba por atingir os pacientes. Apesar dos avanços da medicina em relação aos procedimentos cirúrgicos, entre outros aspectos, persiste uma lista de fobias relacionadas ao tema. Em sintonia com o que acontece nesse âmbito em todo o mundo, a medicina conquistou mais um importantíssimo aliado: a tecnologia. Uma dupla bastante eficiente para ajudar times de atletas contundidos a virar o jogo. Lidar com esse assunto hoje é bastante comum. Mas e há quase 20 anos? Foi com pensamento pioneiro que a Techmedical, fundada em 1994, acreditou que o caminho da cirurgia minimamente invasiva, com ênfase na ortopedia, seria o futuro e um avanço fundamental no tratamento de danos físicos aos atletas. A proposta era comercializar e distribuir materiais cirúrgicos desse gênero, focados na medicina esportiva. Por meio

48

Fotos www.sxc.hu

desses equipamentos, poderia ajudar a garantir, durante os procedimentos, a máxima preservação da anatomia, com a mínima agressão ao organismo, além do maior conforto físico do paciente. Entre os benefícios para o atleta que se submete a esse tipo de operação, estão a cicatriz cirúrgica reduzida, a recuperação mais rápida, a alta hospitalar precoce e o retorno mais rápido a suas atividades habituais. Tendo em vista que é fundamental também, para os pacientes, saber a procedência dos materiais utilizados em suas cirurgias, o primeiro passo da Techmedical foi trazer para Minas Gerais a tecnologia de vídeoartroscopia, técnica cirúrgica de minicortes com auxílio de vídeo. Assim veio para o Brasil a Arthrex Inc., empresa norte-americana líder mundial no segmento de medicina esportiva, especializada em equipamentos para lesões ortopédicas. Um dos recursos mais avançados da empresa atualmente, o sistema ACP de dupla seringa, chamou a atenção de muitos atletas no Brasil, que realizaram suas cirurgias por meio dos serviços da Techmedical e puderam voltar às suas atividades no menor tempo possível. O ACP AUTOLOGOUS CONDITIONED PLASMA, PLASMA AUTÓLOGO CONDICIONADO, é


um sistema de aplicação de um concentrado de plasma autólogo, ou seja, do próprio organismo do paciente. Ativa fatores de crescimento de sangue autólogo (sangue do próprio paciente), para uso imediato na cirurgia, eliminando a necessidade de transfusões e doações externas. A partir daí, a empresa consolidou-se como referência no Brasil e no mundo no comércio de equipamentos ortopédicos. Reconhecida por um trabalho que, pioneiramente, visa novas tecnologias, a Techmedical foi a primeira empresa a receber a Certificação de Boas Práticas de Armazenagem e Distribuição em Minas Gerais (RDC 59), certificação concedida pela ANVISA apenas às empresas que atendem aos padrões de qualidade por ela estabelecidos. Há seis anos, ela também tem a representação de marcas-referências no mercado, como a W.L. Gore (líder mundial em endopróteses de aorta) e a Wright, referência em próteses ortopédicas, empresas que estão no mercado há décadas, com seus produtos comercializados em todo o mundo. Neste ano, em mais um grande salto de inovação tecnológica, a Techmedical trouxe para Minas Gerais a NuVasive Inc., companhia norte-americana focada no design e

desenvolvimento de produtos para cirurgia de coluna, sempre um ponto delicado no que diz respeito a lesões. Por meio da Techmedical, o paciente hoje tem acesso à técnica XLIF (eXtreme Lateral Interbody Fusion), criada em 2002 e responsável por 7% de todas as cirurgias de coluna. Com ela, o cirurgião consegue realizar o procedimento por um pequeno acesso lateral, feito com neuromonitorização, proporcionando maior eficiência ao cirurgião, além de garantir segurança aos pacientes inclusive idosos e portadores de problemas de coração, por exemplo -, menor perda sanguínea e uma recuperação muito mais rápida. Sinônimo de qualidade e vanguarda no universo das cirurgias minimamente invasivas, a Techmedical segue firme rumo à terceira década de existência, investindo em novas tecnologias para proporcionar aos cirurgiões a possibilidade de utilizarem, em seus pacientes, a melhor tecnologia oferecida no mercado.

Techmedical Tel. (31) 3274-5166 techmedical@techmedical.com.br

49


4 OU 5

145 m

2

VAGAS DE GARAGEM

CORRETOR ON-LINE


Minas em Arte

André Burian

52

Por Luíza Glória :: Fotos André Burian


Com vocação natural para as artes visuais, o artista mineiro ganha o mundo “Encaro a arte como profissão, trabalho, paixão, obsessão, missão, mania, tragédia. Minha dedicação sem fim. Minha vocação e minha loucura”. Esse é André Burian, artista belorizontino que define seu trabalho com a fotografia e com a pintura. Sua sensibilidade para a arte vem desde que era pequeno, quando desenhava com os objetos de arquitetura de seu avô e desbravava o mundo com sua câmera, mostrando-se um fotógrafo nato. “Eu era uma criança que desenhava, mas que tinha melhor desempenho na fotografia”, lembra o artista. Com 20 anos de carreira e praticamente autodidata nas artes, André Burian formou-se na Comunicação Social e na paixão por fotografia e cinema. Rompendo com o realismo fotográfico, o artista cria imagens impressionistas, forjando cores à moda de Monet e Van Gogh. Parecem até pintura. Tais características, unidas à aversão pela fotografia documental em sua arte, levaram-no às telas de fato.

53


Minas em Arte Fotos AndrĂŠ Burian


Seu trabalho com as tintas também é bastante construído. São peças que exigem tempo para ganharem forma e que não são vítimas da inspiração. “O que é possível enxergar é a decomposição dos sentidos. Significados desaparecem, explicação é pretensão. Se o jovem distribuía verdades, o homem maduro prefere mostrar somente dúvidas”, comenta André sobre a evolução de suas pinturas. Com talento reconhecido internacionalmente, André Burian é, desde 1999, representado pela

Corbis, agência norte-americana que pertence a Bill Gates. Tem mais de 500 imagens editadas e vendidas em mais de 20 países, e em 2012 irá lançar a obra “André Burian in Holland”, o primeiro volume internacional da sua série de livros de imagens e texto. O primeiro, “André Burian em Belo Horizonte”, foi lançado em 2010, seguido de “André Burian em Ouro Preto”, de abril de 2011.

Contato www.andreburian.com.br

55


Minas em Arte

Jorge dos Anjos

56

Por Bianca Casadei :: Fotos Dimas Guedes | AndrĂŠ Burian


Das ladeiras de Ouro Preto para exposições na Bélgica, Espanha, Portugal, Holanda, França... Mas para admirar a arte de Jorge dos Anjos não é preciso atravessar o oceano. O “Portal da Memória”, instalado na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, protege Iemanjá e, em dimensões gigantescas (6 x 5 m) enobrece a paisagem de um dos complexos arquitetônicos mais famosos da capital mineira. Assim também acontece com o “Monumento Zumbi Liberdade e Resistência – 300 anos”, que pode ser admirado na Avenida Brasil, também em BH. A arte de Jorge dos Anjos está presente no nosso caminho de casa e do trabalho, em edifícios e praças públicas. No Rio de Janeiro, uma escultura de 5 x 2,50 x 2,50 m e com 2 polegadas em chapa de aço, virou referência de localização no Parque do Flamengo. As imponentes esculturas começam a surgir por meio de papel e tesoura, com pequenos recortes tomando forma e, então, são confeccionadas as maquetes. Maquetes que, pelo tamanho, já são por si só grandes esculturas, as quais Jorge dos Anjos mantém em seu ateliê como acervo. “Penso nelas para ser grande! Gosto de criar esculturas para serem expostas em lugares onde a pessoa possa ver e apreciar. A cidade pede grandes dimensões”, explica o artista. E se a cidade presenteia os moradores com obras de Jorge dos Anjos, sua terra natal não ficaria de fora. O artista, que iniciou seus estudos na

FAOP (Fundação de Arte de Ouro Preto), e teve como mestres Amilcar de Castro e Nello Nuno, criou uma obra de 12 metros de altura, em homenagem aos 300 anos de Ouro Preto. Mas o artista também tem esculturas que cabem perfeitamente em ambientes residenciais, tanto em interiores quanto em jardins. Sua arte já até virou papel. O livro “Risco, Recorte, Percurso”, escrito por Márcio Sampaio, conta a cronologia artística de um trabalho esculpido, pintado e rabiscado em 35 anos de carreira. E por que não dizer queimado? Uma “marca” interessante na obra de Jorge dos Anjos é a irreverência e ousadia em criar suas obras a partir de materiais não convencionais. Além das pinturas, que Jorge confessa serem um momento de relaxamento, ele leva a ferro e fogo sua paixão pela arte. Assim mesmo: sem trocadilho algum, peças de ferro, criadas pelo próprio artista, são aquecidas em fogo e viram arte em suas mãos. Para completar a lista de materiais diversos, o ferro é prensado no feltro que, a partir das combinações das chapas, vão criando forma e impressionam com o resultado. Impressionante também é a utilização de pólvora em performances que o artista faz para o público. A pólvora é espalhada em placas de lona plástica, e assim que Jorge a acende, após o susto seguido de encantamento, a obra está pronta. “Faço uma referência aos rituais de descarrego utilizados no candomblé, e assim também trago o público para participar da minha arte, fazer parte da concepção”.

57


Minas em Arte Fotos AndrĂŠ Burian | MarcĂ­lio Gazzinelli | Nelson Kon | Marco Rodrigues


E se pelo fogo ele encontra a forma, pelo frio, chuva e sereno também. Assim ele ‘tatua’ usando peças de ferro e deixa no tempo até a ferrugem passar para a lona. A religião, a africanidade e a natureza humana são as principais inspirações e referências na obra desse artista tão completo. Não somente pelo talento na escultura, pintura e gravuras, mas na maneira como encontra, nos materiais,

uma forma de registrar seu conceito. Tanto que o próprio artista corrige: “Minha obra não tem influência africana, porque influência é o que vem de fora, de um conhecimento que é passado e, no meu caso, a minha arte é visceral. Vem de dentro, de dentro do umbigo”. Assim como uma série de desenhos que ele pretende resgatar. “Quero registrar esse lado bicho, a ferocidade do instinto humano”. A nós, vale a pena esperar, apreciar, encantar-se. E com um nome desse, Jorge dos Anjos, dá para entender o porquê de sua arte ser nada menos que divina.

Contato www.jorgedosanjos.com.br

59


Minas em Arte 60

Por Giselle Figueiredo :: Fotos Júlio Hübner


Angelo Issa O que falar do talento de um artista que aos 8 anos já ilustrava uma revista criada pelo pai? Dom é isto, uma dádiva que, desde a tenra infância, faz-nos destacar dos demais. Angelo Issa é uma destas raras pessoas, que nascem predestinadas a brilhar. O mais interessante é que nem ele mesmo sabia

disso. Engenheiro, dedicou grande parte da vida a essa profissão. Sua primeira exposição aconteceu somente em 2007. Hoje, já não é mais apenas das “artes” exatas, mas também reconhecido como das artes plásticas. Como define Carlos Perktold (crítico de arte, membro da ABCA e AICA).

61


Minas em Arte “O espectador atento descobrirá que, inconscientemente, Angelo Issa trouxe grandes esperanças para as telas, representadas por portrait muito parecido com Nelson Mandela, Kennedy e Hemingway, homens exemplares do século passado. De qualquer modo que se vê seus quadros, tem-se a certeza de encontrar um pintor valorizando o desenho, a técnica da pintura e o humanismo que se espera de todo artista.”

62

caminho de dificuldades. E, assim, os sonhos ficaram para depois. Mas o sonho o continuava incomodando, chamando-o. Conseguiu progredir na profissão, mas continuava insatisfeito. Alguma coisa faltava nele. Como numa crise de asma, mal conseguia respirar”, declara.

Segundo seu pai, José Issa Filho, com 12 anos de idade ele já pintava pequenos quadros, sem técnica, sem conhecimento de mistura de tintas, sem nada; mas percebia-se nele a vocação para a pintura.

Mas respirar é preciso. Angelo Issa voltou a pintar. Estudou muito, fez diversos cursos no Brasil e na Alemanha. Morou em Düsseldorf por um ano, e pôde nesse período estudar desenho e pintura. Foi lá que ele, um admirador do Pós-Impressionismo e do Expressionismo, passou a ter contato, pela primeira vez, com o Neo-Expressionismo.

“Quando chegou a hora de se preparar para o vestibular, já sabíamos de sua inclinação para as artes, mas sabíamos, também, que seria um

“Fiquei fascinado com as obras de Kiefer, Kippenberger, NeoRauch, Immendorf, Baselitz, George Richter e outros”, relembra o artista.

Por Giselle Figueiredo :: Fotos Zeca Issa


Angelo Issa gosta de atuar a partir de temas que revelam expressões humanas. Sua exposição O GRITO foi o ponto de partida para uma série que registrou sentimentos como medo, dor, alegria e desespero, entre outras emoções. Já em RETRATOS IMAGINÁRIOS as telas buscavam reproduzir, não a falsa figura coberta de maquiagem e disfarçada em uma beleza inerte, mas as cicatrizes do tempo, marcas e desgostos impressos na alma das pessoas, como descreve o próprio autor. “Somos um povo que vive na ilusão, numa alegria irreal, festejando o imaginário, enquanto a criminalidade vai se alastrando, o desrespeito ao cidadão está em toda a parte, a educação pública está um verdadeiro caos, a saúde à deriva, as estradas sem segurança e a corrupção atingindo níveis insuportáveis. Mas, como em um sonho, vivemos como se estivesse tudo bem. Como se fôssemos um povo abençoado... Já é hora de abrir os olhos e acordar.” “Viver enganando a mim mesmo, com obras doces, lindas faces e vasos floridos como tampas de latas de biscoito, não faz parte do meu trabalho”, esclarece.

63


Minas em Arte

Em 2010, na exposição EU NÃO MATEI VAN GOGH, apresentou obras sob novas perspectivas, a partir da apropriação de obras de artistas consagrados transpostas para a atualidade. Foi uma releitura das obras que ele apreciava na juventude, associada ao desejo de se produzir algo mais alegre do que vinha produzindo. “As exposições ‘O Grito’ e ‘Retratos Imaginários’ apresentavam obras mais voltadas para o trágico. Já em ‘Eu não matei Van Gogh’, procurei fazer uma pintura com irreverência, mas humorada”, conta o artista. Atualmente, ele se dedica a um trabalho a partir da desconstrução de cercas de velhos currais de gado e a reconstrução dos limites da condição humana. “Esse projeto é uma tentativa de fazer valer um diálogo entre o suporte, suas marcas do tempo, a pintura e a imagem. É um processo de raspagem, pintura e fixação de pigmentos. Todos esses recursos procuram ter o mesmo equilíbrio e buscam sustentação em Baudrillard, que afirma: “...no domínio estético, não há mais Deus para reconhecer os seus.” Para saber mais sobre Angelo Issa, acesse o blog do artista.

Contato www.angeloissa.blogspot.com

64

Por Giselle Figueiredo :: Fotos Zeca Issa


W W W. M ENI M PO RT.CO M . B R Tel/Fax: 31 3286 8362


um documentário da obra de

F

oi lançado neste mês de novembro no Museu Inimá de Paula o documentário sobre o artista plástico JB Lazzarini, mineiro de Belo Horizonte, que mostra seu processo criativo e a relação das formas e emoções da natureza e da música em seu trabalho.

O documentário, dirigido por Luiz Diaz tem 23 minutos e acompanha o artista em seu trabalho e em lugares onde ele contempla as coisas que dão origem a seus impulsos criativos e conta ainda com a inestimável contribuição da música de Yamandú Costa como trilha sonora.

Criando suas cores a partir da mistura de pigmentos seguindo fórmula própria, sua paleta cromática é pessoal e belíssima, inconfundível. Sua linguagem simples, revela muito da personalidade do artista em suas telas, onde se misturam em harmonia o concreto e o orgânico proporcionado formas, cores e paisagens em composições admiráveis.

Vale a pena dizer que o filme foi feito com recursos independentes e um orçamento muito baixo, o que lhe deu uma forma leve, bela e simples, mas carregada de sentimento e emoção.

direção e roteiro Luiz Diaz • produção JB Lazzarini e Luiz Diaz • música Yamandú Costa • design gráfico Luiz Morais

Contatos: JB Lazzarini

www.jblazzarini.com.br

Luiz Diaz

www.studio880.com.br


Resorts & Hotéis

Portobello Resort & Safári Em harm o n ia co m a na tu reza Localizado em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio de Janeiro, o Portobello Resort & Safári é o único resort no Brasil que oferece estrutura e lazer de praia e montanha em um mesmo complexo. Construído em estilo polinésio, com decoração em perfeita harmonia com a natureza, dispõe de serviços e amplos espaços para o entretenimento e conforto de seus hóspedes. Com extensão de 25 milhões de metros quadrados, o complexo oferece vasta área verde, com destaque para o safári, que reúne cerca de 500 animais das faunas brasileira, europeia e africana, além de praia particular, piscinas, restaurantes, bares, creperia, pizzaria e 152 apartamentos voltados para o mar. A praia particular, de areias brancas e mar calmo, garante a privacidade e a segurança para a prática de esportes náuticos ou para aqueles que preferem simplesmente relaxar. Caiaques, jet ski, banana boat e windsurf são algumas opções para o lazer aquático. Quem prefere os esportes terrestres pode optar entre as quadras de tênis e vôlei, os campos de futebol oficiais, centro de fitness e passeios de bicicleta. As crianças podem brincar o dia inteiro no MiniClube Portobello, sob os cuidados da equipe de monitores que ministram atividades variadas para desenvolver a criatividade e a interação. O clube possui duas piscinas, mesas de totó, ping-pong e espaço aberto com gangorra, balanço, trepa-trepa e escorrega. À disposição dos clientes, os restaurantes Escuna, Mezanino e Pérgola oferecem buffet com grande variedade de pratos das cozinhas brasileira e internacional, e uma seção de comida light. O resort conta também com pizzaria e creperia.

70

Distâncias Rio de Janeiro São Paulo Paraty Angra Belo Horizonte

100 km 400 km 140 km 60 km 508 km

Aeroporto Internacional Tom Jobim e Aeroporto Santos Dumont (RJ) – aproximadamente 1 hora.

Pacote 4 noites: R$ 1.770,00 por pessoa em acomodação duplo standard Pacote 7 noites: R$ 2.655,00 por pessoa em acomodação duplo standard Inclui: - 4 noites de hospedagem com regime alimentar FAP (Café da manhã, almoço e jantar servidos no Restaurante); - Bebidas nas refeições (água, refrigerantes, sucos de frutas e cerveja nacional em lata); - Uma criança de até 12 anos no mesmo apto dos pais não será cobrada; - Atividades de lazer para adultos e crianças com os monitores do hotel; - 1 hora por dia e por pessoa de bicicleta, pônei e caiaque e 1 hora por apartamento de tênis, (não cumulativos); Observações: - Valores válidos de 02/01/2012 a 16/02/2012; - Consulte : condições de parcelamento; outras categorias de acomodação, outras datas de interesse; parte aérea. - Mencione a matéria da revista Rio Sport e será brindado com um UP GRADE para acomodação em categoria superior, sujeito a disponibilidade no momento da reserva. RESERVAS E INFORMAÇÕES supervisao@zenithe.tur.br Tel/Fax: +55 (31) 3225-7773 www.zenithetravelclub.blogspot.com/ Facebook | www.facebook.com/zenithetravelclub

Por Arteiras Comunicação :: Fotos Divulgação


Portobello Resort & Safári km 434 – Rodovia Rio-Santos - Mangaratiba Costa Verde – RJ – Brasil - CEP.: 23860 000 www.portobelloresort.com.br

71


Roteiro Cultural

Diversão abaixo de zero! A prática do esqui teve início na Pré-História,

estação, que fica a 3.100 metros de altitude, é de

quando as pranchas fabricadas com ossos

tirar o fôlego! E não é apenas pelo ar rarefeito,

de animais, amarradas com tiras de couro,

mas também pelo belíssimo cenário formado

possibilitavam ao homem locomover-se e caçar

pelos picos nevados dos Andes que cercam toda

na densa neve que cobria o norte da Europa e

a região. A estrada que leva ao local é conhecida

da Ásia. Um dos mais antigos esquis de que se

como a Estrada das 60 curvas, uma alusão ao

tem conhecimento possui cerca de 5 mil anos,

número de curvas do trajeto, o que exige o

foi fabricado em madeira e encontrado próximo

máximo de atenção dos motoristas, pois além

ao Lago Sindor, na Rússia. Se no passado era

de sinuosa, costuma ficar coberta por uma fina

praticada por uma questão de sobrevivência,

camada de gelo.

atualmente a atividade de esquiar está mais relacionada ao esporte e ao lazer. Inúmeras estações de esqui, espalhadas pelo mundo, atraem milhares de pessoas todos os anos em busca do mesmo objetivo: deslizar sobre a neve!

No topo dos Andes

72

A ótima infraestrutura do local impressiona: são 39 pistas com variedades de inclinação e níveis de dificuldade que atendem desde o esquiador iniciante até o mais experiente. Os 14 teleféricos garantem o acesso rápido a todas as pistas que, somadas, possuem quase 40 km

Uma das mais tradicionais estações de esqui da

de extensão. A estação possui três hotéis: o Três

América do Sul, Valle Nevado está localizada no

Puntas, o mais simples de todos, o Puerta del Sol,

Chile, a apenas 60 km de Santiago. A subida até a

de nível intermediário, e o Hotel Valle Nevado,

Por Alexandre Costa :: Foto www.sxc.hu / China Crisis / Mossy Egan


considerado o mais luxuoso. Valle Nevado conta

paisagens do planeta, que oferecem ótimas

também com alguns apartamentos, que podem

condições para a prática do esqui. Em uma dessas

ser alugados por temporada. O complexo oferece

montanhas, na região conhecida como a “Suíça

também opções de sofisticados restaurantes sob

Marroquina”, está localizada a Oukaimeden,

o comando de renomados chefs chilenos, bares,

principal estação de esqui do país, a 2.260 metros

discoteca, spa, salões de jogos, cinema e até uma

acima do nível do mar.

piscina aquecida ao ar livre. E caso o hóspede ainda não esteja satisfeito, uma alternativa é fazer um sobrevoo de helicóptero para conferir a belíssima paisagem da Cordilheira dos Andes.

A estação possui quatro hotéis, com opções que variam desde o Alpin Club, um albergue bastante simples, até o Club Louka, um hotel quatro estrelas. Além das oito pistas de esqui, duas delas destinadas apenas a esquiadores iniciantes, há uma grande área de trenós para diversão em família. O teleférico utilizado para o transporte até as pistas também conduz os visitantes ao topo da Jebel Toubkal, a montanha mais alta do Marrocos, cuja altitude de 3.273 metros permite

Pra lá de Marrakesh O Marrocos, um ensolarado reino no norte da África, surpreende os que o imaginam apenas com paisagens desérticas. A diversificada geografia da região apresenta também lagos, cachoeiras e as altas montanhas da Cordilheira do Atlas, uma das mais remotas e selvagens

uma visão deslumbrante de toda a região. Apesar da boa infraestrutura, existem poucas opções para a diversão noturna em Oukaimeden. Por isso, muitos turistas preferem hospedar-se em Marrakesh, a apenas 90 km de distância, para curtir a agitada noite da cidade marroquina e deslocar-se até a estação para esquiar durante o dia. Embora haja algo de surreal na cena, tal prática propicia a constante visão de pessoas vestidas com trajes apropriados para neve caminhando pelas ensolaradas ruas da cidade.


Roteiro Cultural

Esquiar até sem neve

presença de instrutores para dar as primeiras

Em São Roque, a 54 km da cidade de São Paulo,

possuem alguma experiência podem desfrutar

está localizado o Sky Mountain Park, a única

da pista profissional, com 400 metros de

estação de esqui brasileira. O cenário da região,

extensão e um nível de dificuldade mediano.

a 1.200 metros de altitude e totalmente cercada

Entre os meses de junho e julho, as pistas

pela Mata Atlântica, é bem diferente das

são cobertas com neve artificial para receber

montanhas geladas de países vizinhos, como a

competições de esqui e snowboard.

noções da prática do esqui. Aqueles que já

Argentina e o Chile, mas é uma boa opção para quem pretende sentir a emoção de esquiar sem sair do Brasil.

O Ski Mountain Park também possui atrações para quem não pretender esquiar. Além do teleférico, que permite o acesso ao mirante

A estação possui duas pistas cobertas por placas

com uma bela visão da cidade de São Carlos e

de plástico polietileno, material que funciona

arredores, atividades como passeio a cavalo,

como um carpete emborrachado e absorve o

arvorismo, rapel, paintball e arco e flecha

impacto das quedas. A pista de treino, com 100

garantem boas opções de diversão.

metros de comprimento e baixa inclinação, é a mais indicada aos iniciantes, contando com a

Então, seja no Chile, Marrrocos ou até mesmo no Brasil, sempre há um lugar especial para se divertir esquiando!

74

Por Alexandre Costa :: Foto www.sxc.hu / Mossy Egan


O

O D N U M LON DO

IL E V É R R MELHO

A R R A B E M I R P A C I R É M A S N A R T • Hospedagem com café da manhã incluso

Não deixe para a última hora.

• Espumante cortesia • Late check out free (conforme disponibilidade) • Estacionamento no local (valor não incluso na diária)

Diárias a partir de

Faça já a sua reserva!

R$ 630,00* * Tarifa referente ao apartamento superior, duplo ou single. Valores válidos para o mínimo de 3 diárias, no período de 30, 31/12/2011 e 01/01/2012. Acréscimo de 5% de ISS + taxa de turismo na diária.

Av. Gastão Senges, 395 - Barra da Tijuca • Rio de Janeiro/RJ

Reservas e Informações Tel.: (11) 5547 1166 TollFree: 0800 012 4400 www.transamericagroup.com.br

BARRA


Fotografia 76

Por Fred Muzzi


Move! Shake your legs and your brain.

www.jrguimaraes.art.br | 31 2552 7498


Cultura

Zé? Que Zé? O Zé da Guiomar! O “Zé” são cinco: Márcio da Cyrene, Valdênio da Terezinha, Renato Carvalho da Rosa, Totove do Jacaré e Analu da Lu. Todos eles mostram que, em terra de samba e pandeiro, Minas tem samba, bossa e choro no pé. Márcio Souza, vocal e violão da banda, contou pra revista Rio Sport como aconteceu esse sucesso que há 11 anos tem conquistado o público e que já se prepara para o lançamento do terceiro CD.

O INÍCIO No caso do Zé da Guiomar, podemos dizer que a ideia surgiu naturalmente. Eu e o Renato tocávamos de vez em quando, para não abandonar a música, pois estávamos voltados profissionalmente para outros rumos. E sempre apareciam outros músicos amigos para um reforço. Até que um dia fomos convidados para substituir músicos numa roda de samba no bar Pastel de Angu, e não paramos mais. Depois, no Reciclo, ficamos mais oito anos. Então conseguimos nos dedicar exclusivamente à musica.

O NOME Ficamos pensando por alguns meses e nada nos agradava completamente. E foi de uma maneira informal que o nome apareceu. Em uma de nossas rodas musicais e de prosas, o Renato, saxofonista, que é de Conceição do Mato Dentro, contou um “causo” de um tal de Zé da Guiomar, que viveu lá na região. Era uma pessoa ligada ao Congado e a outras manifestações culturais, com muitas histórias que viraram até livro. Pareceu uma boa ideia ter esse nome para o grupo. Não só pela homenagem, mas pelo que esse tipo de associação de nomes – fulano, filho de sicrana ou casado com fulana - representa na cultura do povo brasileiro. Vemos isso tanto no interior, Valdênio (cavaquinho e voz)

78

como também nos morros no Rio de Janeiro, onde o samba já foi forte e

Por Bianca Casadei :: Foto acervo


UM CASO

Capas dos dois primeiros CDs

Muitos casos aconteceram: engraçados, inusitados e até Analu (pandeiro / percussão)

pelo Brasil afora. Chico Buarque, para driblar a censura na ditadura, inventou o pseudônimo Julinho da Adelaide. E encontramos vários exemplos, inclusive de pessoas que conhecem outros “Zés da Guiomar” e vieram nos falar. Como nosso repertório basicamente é de samba, identidade mais forte musical brasileira, esse nome tem uma representatividade expressiva. Como sou o vocalista, muita gente me chama de Zé, mas o Zé da Guiomar, além de serem

complicados, principalmente porque colocamos o pé na estrada pelo interior de Minas e várias cidades do Brasil. Citando um caso desses, que foi muito engraçado: um locutor da rádio local, que apresentava o evento na praça da cidade, quando foi nos anunciar, disse: “Com vocês, ‘José da Guiomar’“. Avisado da gafe, ainda completou: “Me avisaram aqui que é ‘Zé

todos os integrantes, é também a própria música

da Guiomar’. Tudo bem, eu só

brasileira que fazemos.

queria caprichar!!”.

O ESTILO

O PÚBLICO

Como no início e também atualmente, todos os

Acho que em todo lugar que

integrantes admiram muito o samba, a bossa,

tocamos ou iremos tocar,

o choro e outros ritmos brasileiros ligados

o público é e vai ser muito

principalmente ao samba. Cada um, com suas

variado, pelo estilo, gosto e

influências de outros ritmos e conhecimento

regionalismo diferentes. Uma

musical, contribuiu para dar a forma e a cara do

característica mais marcante

Zé da Guiomar interpretar as músicas de grandes

do mineiro, talvez, seja a

compositores e também as autorais.

Renato Carvalho (sax e percussão)

observação exigente. Ou seja, é desconfiado, mas assim que começa a gostar vai se soltando aos poucos. Por já ter ouvido falar mais de uma vez que artistas renomados testam seu show aqui em Minas, antes de qualquer lugar, imagino que isso torna esse público um dos melhores. E o Zé da Guiomar não tem nada a queixar, pelo contrário, agradecemos muito.

Márcio Souza (vocal e violão)

Totove (surdo e percussão)

79


Conto

Um belo dia de trânsito Logo cedo, o senhor João para o táxi para o primeiro passageiro. Este entra e lhe diz o destino. Antes de dar a partida, o taxista ainda pergunta se o cliente deseja o ar-condicionado. - Claro, como quiser. – responde o passageiro. Senhor João tranca as portas, num suave som de “flop”, e afivela o cinto de segurança. É um belo dia de sol e calor. Com a mão ao volante, pisca a seta e olha o retrovisor. Começa a movimentar o táxi sutilmente. Liga o rádio para distrair o carona. Ao invés de notícias desastrosas, músicas serenas.

80

Da Bárbara Couto :: Fotos Fred Muzzi


O carro do senhor João está sempre bem limpo. A decoração de seu “escritório”, como costuma brincar com os amigos, é composta apenas de um crucifixo pendurado no espelho central. No banco traseiro, um jornal com as últimas manchetes, como cortesia aos clientes de passagem. No quarteirão da frente, o semáforo acende a luz amarela. Ele para com antecedência, causando uma leve irritabilidade no passageiro e no motorista do veículo traseiro. A buzina de desaprovação do companheiro de via pública não o atinge. Em vez de amarrar a cara, senhor João aguarda a luz verde com um belo sorriso no rosto. Acena para os pedestres e cumprimenta os colegas taxistas vizinhos. Alguns lhe retribuem com a mão. Outros fingem não ver. Nem bem a luz do sinal de pedestre começa a piscar, alguns motoristas apressados já aceleram, mas o senhor João aguarda até que o último vira-lata chegue a salvo do outro lado da calçada. O trajeto até o centro da cidade deveria durar 15 minutos. Contudo, a imprevisibilidade do trânsito faz o taxista demorar um pouco mais que o planejado.

Dois caminhões estacionados em fila dupla afunilam a pista. Senhor João continua tranquilo, mesmo quando um motoqueiro esbarra em seu retrovisor. O passageiro fica nervoso e ordena que o taxista buzine para a moto atrevida, que, em poucos instantes, já havia desaparecido. - Calma, isso não foi nada – responde, tentando acalmar o cliente, que bufa impaciente, contrastando com a serenidade do condutor. Muitos motoristas embicam seus veículos na frente do taxista, que deixa grande parte passar. Percebendo a ansiedade do passageiro, senhor João diz: - Se os motoristas obedecessem às leis de trânsito e fossem um pouco mais gentis, não teríamos tantos transtornos. Apenas faço a minha parte. Dois quarteirões à frente, senhor João chega ao destino, encosta o táxi e aguarda o passageiro efetuar o pagamento da “viagem”. O passageiro paga e sai do carro nervoso, batendo a porta. O taxista não se abala. Uma mulher pergunta se o táxi está livre. Ele acena afirmativamente com a cabeça para a próxima passageira, liga o carro e reinicia sua rotina. Mas, antes, deixa o pedestre passar.

81


Estilo: Ana Paola Martins e Gabriela Rochael Fotos: Wéber Pádua | Assistentes: Anna Lara e Robinho Direção de Arte e Design: Albino Papa Styling: Rodrigo Polack | Assistente: Daniel Mooney Modelo: Bárbara Zanco Beauty: Bruno Cândido Produção Executiva: Vander Martins

Rua Cuiabá 1118 . Prado Belo Horizonte . Minas Gerais . Cep: 30.411-238 Tel: 31 3372 4216 . www.skazi.com.br


Dicas

Para ser gentil É curioso e é também difícil de acreditar. Mas o comportamento gentil do ser humano pode ser resultado da ação de um hormônio peptídeo no cérebro: a oxitocina, que auxilia em nossa interação social por meio de atitudes positivas. Segundo os cientistas, além de desempenhar papéis fisiológicos essenciais durante o nascimento e a lactação, o hormônio pode influenciar nosso comportamento em quesitos como aproximação e cuidado com o outro. Mas a gentileza também é fruto - e como – de uma educação infantil fundamentada, da pedagogia voltada à cordialidade nas escolas e de uma severa pitada de boa vontade. A auxiliar técnico em Gestão da Informação e estudante de Jornalismo, Karla Policarpo, parece reunir todos esses fatores. Reconhecida na empresa onde trabalha por sua simpatia e solicitude, ela diz que ser gentil é escolher tornar simples atos em necessidades fundamentais à vida. “Sempre senti a vontade de transmitir ao outro tudo o que gostaria de receber. Dizer ‘bom-dia’, ‘muito obrigada’, ‘por favor’, tentar manter o ambiente agradável e receber a todos com um sorriso para mim, hoje, são hábitos naturais, mas que foram ensinados por minha mãe”, conta Karla. “Essa postura só nos traz benefícios: bons relacionamentos e paz. Todos ganhamos com boas atitudes”, completa a futura jornalista. Seja por efeito de hormônio, educação ou pura dedicação, o fato é que a gentileza é pedra rara e semente que deve ser plantada. Atitudes como as que seguem podem tornar as pessoas mais próximas, amenizar situações nervosas e colaborar para um cenário de muito mais calma.

84

Por Rita Lopes :: Foto Fred Muzzi / Kimbery Amorim


10 dicas para a prática da gentileza (*) 1. Tente colocar-se no lugar do outro. Isso o ajudará a entender melhor as pessoas, seu modo de pensar e agir. 2. Aprenda a escutar. Ouvir é muito importante para solucionar qualquer desavença ou problema. 3. Pratique a arte da paciência. Evite julgamentos e ações precipitadas. 4. Peça desculpas. Isso pode prevenir a violência e salvar relacionamentos. 5. Pense positivo. Procure valorizar o que a situação e o outro têm de bom e perceba que esse hábito pode promover milagres. 6. Respeite as pessoas quando elas pensarem e agirem de modo diferente de você. As diferenças são uma verdadeira riqueza. 7. Seja solidário e companheiro. Demonstre interesse pelo outro, por seus sentimentos e por sua realidade de vida. 8. Analise a situação. Alcançar soluções pacíficas depende de se descobrir a origem do problema. 9. Faça justiça. Esforce-se para compreender as diferenças e não para ganhar, como se as eventuais desavenças fossem jogos ou guerras. 10. Mude sua maneira de ver os conflitos. A gentileza nos mostra que o conflito pode ter resultados positivos e ainda tornar a convivência mais íntima e confiável. (*) Fonte: Portal O Dia.

85


Esporte

Pelos campos e Já passou pela sua cabeça jogar golfe? Pois

num buraco - onde a bolinha deve cair. O

especializar-se nessa modalidade pode ser o

objetivo é colocar a bola nesse buraco, com

caminho para se tornar um milionário. Para

o mínimo de tacadas possível. Para dificultar a

se ter uma ideia, eventos como a Copa do

tarefa, o trajeto pode incluir pequenos lagos, poços

Mundo rendem aos participantes US$ 7,5

de areia, árvores e locais com vegetação mais alta.

milhões em prêmios. Os torneios brasileiros

O campo de golfe oficial deve ter 18 percursos que,

chegam a distribuir R$ 250 mil aos primeiros

para fins práticos, são chamados mesmo de buracos.

colocados. Nada mal, não acha?

O número de tacadas de cada jogador é acumulado e

Quando se fala em golfe, o nome logo é associado ao jogador Tiger Woods. Ele não é apenas o maior nome da modalidade, como também é o mais bem

número de tacadas. Os jogadores caminham, ao ar livre, por pelo menos 4 km a cada jogo. Uma partida costuma durar em média quatro horas.

pago no mundo dos esportes. A revista

Considerado um esporte de elite pela maioria das

Forbes, que anualmente classifica as

pessoas, tem sua origem bastante discutida, sendo

pessoas mais ricas do mundo, sugere que

que a mais provável é sua criação pelos escoceses,

o golfista vai passar pela marca de US$ 1

que já o praticavam por volta de 1400. Alguns

bilhão em 2011.

historiadores tentam atribuir aos ingleses a criação

A publicação explica que, apesar de magnatas como Bill Gates acumularem mantendo

suas

riquezas

participações

em

empresas com elevados lucros, Woods

desse esporte. Outras origens são conhecidas, como um antigo jogo romano, chamado paganica - o jogo dos camponeses -, praticado com uma bola de pele ou couro cheia de penas e com uma vara curva, lembrando bastante o golfe.

é um bilionário único, porque sua enorme

No Brasil, a chegada da modalidade ocorreu de

fortuna foi obtida por meio do esporte,

forma curiosa. No final do século XIX, engenheiros

na maior parte, em patrocínios.

ingleses e escoceses, que construíam a Estrada

O jogo e sua história

86

vence quem completar os 18 buracos com um menor

de Ferro Santos - Jundiaí, convenceram monges beneditinos a ceder parte do terreno do Mosteiro

O golfe consiste em arremessar, com a

de São Bento para a construção do primeiro campo

ajuda de um taco, uma pequena bola

de golfe do país, na região atualmente situada

ao longo de um percurso que termina

entre a Estação da Luz e o rio Tietê.

Por Giselle Figueiredo :: Fotos www.scx.hu


fortunas do golfe A expansão da cidade em direção ao rio obrigou a transferência do campo, em 1901, para um local próximo à confluência das avenidas Paulista e Brigadeiro Luiz Antônio, local até hoje denominado “Morro dos Ingleses”, devido aos tais ingleses que jogavam seu golfe ali. Fundou-se então o “São Paulo Country Club”. Depois de nova transferência para o Jabaquara, o campo foi estabelecido definitivamente, em 1915, num terreno na região de Santo Amaro, com o nome de São Paulo Golf Club. No Rio de Janeiro, na década de 20, nasce o Gávea Golf & Country Club, encravado entre o mar e as montanhas, compondo um dos campos mais bonitos do mundo. O Brasil tem hoje cerca de 25 mil golfistas e passa por um período de expansão do esporte, graças ao desenvolvimento de novos projetos e ações de marketing que visam propagar o golfe em todo o país. Que tal juntar-se a eles? Como todos sabem, a prática de qualquer tipo de esporte faz muito bem para o corpo e para a mente. E o golfe, particularmente, pode fazer muito pelo bolso. Para saber mais, acesse www.cbg.com.br .

87


Canto do Livro Indica

As Melhores Viagens da Itália Dorling Kindersley Lançamento Toda a diversidade de paisagens da Itália está representada em belas fotos e textos informativos que mostram o que há de mais interessante no país, de acordo com a época - assim, fevereiro é ideal para visitar Agrigento e a Magna Grécia e setembro é indicado para percorrer as trilhas de Cortina D’Ampezzo. Há sugestões de roteiros culturais, eventos e festas, cidades e monumentos, belezas naturais, viagens românticas, itinerários de aventura e programas familiares. Inclui dicas sobre acesso, hospedagem e alimentação. 336 páginas ISBN: 978-85-7914-301-4 R$ 89,90

O Nascimento de Jesus Dorling Kindersley Lançamento Com rimas e perguntas divertidas que estimulam a curiosidade dos pequenos, este livro conta a história do nascimento do menino Jesus. Apresenta também sugestões de atividades para serem feitas a partir da leitura, incentivando a troca entre pais, filhos e educadores. As ilustrações cintilantes tornam a narrativa ainda mais atraente, conduzindo os pequenos a conhecer Jesus, Maria, José e os três Reis Magos de maneira lúdica e encantadora. 16 páginas ISBN-13: 978-85-7914-173-7 R$ 29,90

A parisiense – O guia de estilo de Ines de la Fressange Ines de la Fressange Quais são os segredos do bom gosto parisiense? Ines de la Fressange - ícone da elegância na França - conta o que aprendeu sobre estilo e beleza durante décadas de experiência na indústria da moda. Ela dá conselhos de como se vestir com o encanto das parisienses e sugere um guarda-roupa a partir de apenas sete itens básicos e bons acessórios, que garantem produções práticas e elegantes. Esse guia inclui endereços da Paris secreta da autora: hotéis, restaurantes, spas, lugares fora do circuito turístico oficial e uma seção feita sob medida para a diversão das crianças. Escrito com humor e verve, em colaboração com a jornalista de moda da Elle, Sophie Gachet, A Parisiense é o roteiro fundamental para conhecer os endereços mais charmosos da capital francesa. 240 páginas ISBN:978-85-8057-063-2 R$ 49,90

88

Fotos Henrique Falci


Conversas com Scorsese Autor:Richard Schickel | Tradução:José Rubens Siqueira Em Conversas com Scorsese, um dos grandes nomes do cinema norteamericano do século xx fala sobre sucessos como Taxi Driver, Touro indomável, Os infiltrados e Ilha do medo, sobre narrativa, filmagem e direção, atores, música e montagem. Mas não só: os longos anos de amizade com o autor Richard Schickel, importante crítico de cinema da atualidade, fazem com que surja das conversas um homem brilhante, profundo conhecedor da história do cinema, capaz de refletir sobre seus medos, obsessões e fracassos. No livro, Scorsese relembra sua infância em Little Italy, a convivência com os pais e com os mafiosos que mais tarde inspiraram alguns de seus filmes; fala sobre seus questionamentos religiosos (ele queria ser padre); revela a angústia e atribulações que enfrentou na realização de Gangues de Nova York e Ilha do medo; e dá detalhes preciosos sobre suas produções, confessando o quanto há de autobiográfico até mesmo em seus filmes mais improváveis. 528 páginas ISBN: 9788540500174. R$ 89,00

É tudo tão simples Danusa Leão O mundo deu muitas voltas desde que Danuza Leão escreveu seu primeiro livro: Na sala com Danuza. Agora, 20 anos depois, a colunista fala com aquele charme que lhe é peculiar sobre etiqueta pós-internet, romance pós-celular e outras pós-modernidades. Com dicas para as classes emergentes sobre o que levar na primeira viagem de avião, para o filho que quer contar para a família que é gay e para as mães que estão vivendo sua segunda juventude depois dos 40, Danuza aposta num mundo sem ostentação e regras rígidas de etiqueta, em que o chique é ser simples e de bem com a vida. 128 páginas ISBN: 9788522013500 R$ 34,90

Doces | Maison Ladurée Philipe Andrieu Dos biscoitos aos bolos, passando pelas tortas e doçuras, este livro de receitas desvela os grandes clássicos da Maison Ladurée. Até o famosíssimo macaron revela os seus segredos! Ao longo de suas páginas, uma gama de sabores refinados e as encantadoras cores Ladurée: rosaantigo, verde-pastel, lilás... Quando o belo e o saboroso se aliam para o prazer de todos os gourmets. Edição de luxo: uma caixinha de bombons que se transforma num livro para ter e dar de presente. 394 páginas ISBN: 9788573599978 R$ 99,90

CANTO DO LIVRO

www.cantodolivro.com.br faleconosco@cantodolivro.com.br

Ponteio Lar Shopping - BR 356, nº 2500, lojas 1, 2 e 3 - Piso do Estacionamento G1 Santa Lúcia - Belo Horizonte - MG - Tel.: (31) 3286-4039

89


Momento Gym

Programa Kids O esporte é uma das mais eficientes ferramentas de educação. Rio Sport Kids é um programa completo, de atividade física e recreação. Durante 3 horas, crianças de 3 a 10 anos (divididos por faixa etária) praticam esportes e desenvolvem valores imprescindíveis para sua formação como: Respeito, disciplina, cordialidade, superação entre outros. Todas as atividades da Rio Sport são desenvolvidas e coordenadas dentro do mais alto rigor educativo, seguido os critérios de qualidade da Rio Sport!

Running A aula de corrida na esteira (Running Class) é uma atividade aeróbica para quem deseja manter a forma, melhorar o condicionamento físico e cardiovascular ou perder peso. Dependendo do

Disponível na unidade Barra. Nas unidades

novel de esforço e do perfil da pessoa, são gastas

Recreio e BH possuímos o espaço Kids.

entre 300 e 700 calorias por aula. As aulas de Running Class devem ser feitas em média três vezes por semana e tem duração de 45 minutos. O treino possui periodização especialmente elaborada com a finalidade de proporcionar um treinamento adequado a cada semana e a cada indivíduo. Disponível nas unidades Barra e Recreio.

90

Da Redação :: Fotos Divulgação :: Confira o quadro de atividades da sua unidade


Power Plate Acelere seu treinamento. A tecnologia empregada na plataforma vibratória Power Plate permite a aplicação de estímulos

Pilates O Pilates é uma atividade física de baixo impacto, praticado há mais de 70 anos.

de alta intensidade com sessões de treinamento

Proporciona condicionamento físico e mental,

curtas, de 30 a 40 minutos, que proporcionam

exercita todos os músculos a partir da contração

resultados mais rápidos quando comparados a outros meios de treinamento de força tradicionais.

do abdômen.

• Baixo impacto nas articulações;

Equipe formada por fisioterapeutas.

• Baixo risco de lesões;

APRENDA A USAR SEU CORPO.

• Ganhos de força muscular e massa óssea; • Melhora da circulação sanguínea; • Resistência; • Flexibilidade;

CONHEÇA AGORA MESMO OS BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES Disponível nas unidades Barra e BH.

• Previne lesões. O espaço Power Plate da Rio Sport está aberto ao público externo e convida você a experimentar uma sessão gratuita de treinamento personalizado e saber quais vantagens e benefícios você teria ao incluir o treinamento vibratório na sua rotina de exercícios.

91


Momento Gym

Musculação Musculação é um meio de treinamento caracterizado pela utilização de pesos e máquinas desenvolvidas para oferecer carga mecânica para opor a força gerada pelo músculo. O treinamento na musculação permite uma adequação de diferentes programas de treinamento, com a grande vantagem de cada programa elaborado ser individualizado, ou seja, voltado para as necessidades específicas de cada indivíduo. Esta possibilidade de controle de diferentes variáveis torna a musculação altamente versátil e pode ser praticada por pessoas de diversas idades para diferentes objetivos como: ganho de massa magra, redução do percentual de gordura, correção postural, fortalecimento muscular, melhora do condicionamento físico geral, consequentemente, melhora do rendimento esportivo, além de garantir saúde e qualidade de vida. Disponível em todas as unidades do Grupo.

Ginástica Artística “ Ginástica Artística ou Olímpica como é chamada no Brasil, é uma modalidade oferecida pela Rio Sport onde crianças à partir de dois anos de idade começam a se familiarizar com os aparelhos trabalhando simultaneamente força, coordenação motora, flexibilidade, concentração, reconhecimento corporal, e, acima de tudo disciplina. A ginástica não se limita apenas aos atletas de competição e a crianças, atendendo a objetivos distintos, tais como aumento de força, resistência muscular, postura, equilíbrio, resultando em um corpo bonito e saudável. Disponível nas unidades Barra e Recreio.

92

Da Redação :: Fotos Divulgação :: Confira o quadro de atividades da sua unidade


Natação

Hidroginástica

• Pode ser praticada por todas as idades, sem riscos ou restrições; • Sobrevivência no meio líquido;

A Hidroginástica é conhecida como um

• Trabalha todos os grupamentos musculares;

exercício de baixo impacto que evita lesões.

• Atividade de baixo impacto;

Apesar de ser um exercício aparentemente

• Baixo risco de lesões;

leve, possui predominância aeróbia , ou seja,

• Redução da gordura corporal (praticada na

é executado de forma contínua, dinâmica

intensidade correta 400 a 600 kcal em 1 hora

e, na maioria das vezes, prolongada, o que

de atividade);

estimula os sistemas cardiorrespiratório e

• Alivia a tensões do dia a dia;

vascular e o metabolismo, ajudando também

• Melhora na qualidade do sono;

na queima de calorias.

• Melhora capacidade respiratória;

Os exercícios são divertidos, agradáveis, eficazes, estimulantes, cômodos e seguros. É uma excelente opção de atividade física, para chegar à boa forma e a um estilo de vida mais saudável.

• Melhora a coordenação motora; • Melhora ritmo cardíaco; • Aumento da resistência do organismo; • Melhora da postura, alongando e fortalecendo toda a musculatura.

A hidroginástica pode ser feita por atletas em treinamento, como para gestantes, pessoas que estão recuperando lesões, ou que estão acima ou abaixo do peso ou aquelas com algum tipo de deficiência.

93


Superação

“Sem papas na língua”

Deficiência e comunicação Não existe vida sem comunicação e não existe comunicação sem vida. Diversas são as formas para expressarmos nossos pensamentos. Mas se para muitas pessoas comunicar-se bem é uma “arte”, imagine para quem possui algum tipo de deficiência física? Por isso, há muitos anos cientistas e engenheiros de todo o mundo não têm medido esforços para descobrir novas possibilidades e assim facilitar a vida das pessoas com deficiência, inclusive no quesito comunicação. Com certeza, esta é uma das principais vias motoras da sociedade, permitindo falar o que se pensa, opinar, discutir, reclamar, conversar, desabafar, protestar... No mínimo, trata-se de uma forma de se adquirirem forças e conhecimento para as dificuldades do dia a dia. É como dizia o irreverente apresentador Chacrinha: “Quem não se comunica, se estrumbica”. Louis Braille, cego desde os três anos, foi um dos pioneiros na criação da comunicação inclusiva. O francês, ao conhecer um método inventado por um oficial para ler mensagens à noite sem luminosidade, por meio de pontos e buracos, criou em 1829 seu próprio método de leitura com pontos em alto relevo. O Braille possibilita que através do tato a pessoa cega possa identificar, a

94

Por Bruna Braga :: Foto Fred Muzzi / www.sxc.hu


partir dos 6 pontos relevantes, 63 combinações. O método é um alfabeto convencional que possui letras simples e acentuadas, números, sinais matemáticos, pontuações e notas musicais. Mais de um século depois, o sistema de leitura para cegos mantém-se como o mais popular método de comunicação e inclusão para os deficientes visuais. O avanço da tecnologia continua a facilitar a comunicação dos deficientes visuais. “Assistir” a um filme, por exemplo, tornou-se mais prazeroso com a audiodescrição. O recurso possibilita, por meio de uma narração, que o telespectador compreenda os detalhes das cenas do filme de forma bem mais clara e objetiva. Por exemplo, se a atriz está chorando, como é o ambiente, os figurinos, enfim, a audiodescrição permite que a pessoa consiga “viajar” durante o filme e compreender melhor o enredo da trama. A tecnologia inclusiva também chegou ao mundo da internet. Softwares e programas já possibilitam que o deficiente visual possa navegar na web e comunicar-se com pessoas de todo o mundo. Isso é possível por meio de uma ferramenta que lê os textos em voz alta. Além dessa ferramenta ser gratuita, o computador precisa somente de fones de ouvido ou altofalante para utilizá-la. Para os deficientes visuais também existem mouses e teclados adaptados.

Outro recurso que veio simplificar a vida desses deficientes é a tecla Closed Caption, também conhecida como CC. Essa tecla, encontrada nos televisores mais modernos, possibilita que uma legenda em tempo real descreva o conteúdo que o apresentador, narrador ou ator fala, além de explicar os sons transmitidos na tela. O recurso é opcional. Acidentes de carro, trabalho, erros médicos e doenças são alguns dos responsáveis por muitas deficiências não congênitas. Algumas pessoas tornam-se tetraplégicas. Neste caso, ou no de pessoas que não possuem os braços, navegar na internet já é possível. Software que utiliza uma câmera de vídeo na cabeça do usuário possibilita que ele navegue na web e use o computador por meio dos movimentos da cabeça e da digitação feita pelo piscar dos olhos. Outro programa de computador também possibilita que esses deficientes comuniquem-se na web por meio do rosto. E o mais importante é que muitos desses programas podem ser baixados gratuitamente na web. Gentileza digital.

Vertentes O silêncio na deficiência tem duas vertentes: a falta da audição ou da fala. Para possibilitar que surdos e mudos comuniquem-se foi criada a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Essa linguagem é reconhecida pela legislação brasileira e é composta de sinais que surgem da combinação de movimentos produzidos pelas mãos, em conjunto com os dedos e associações com outras partes do corpo, tais como bochechas e peitoral. Mas algumas pessoas com deficiência auditiva também praticam a leitura labial, ou seja, desenvolvem a capacidade por meio da fala, percebem nos movimentos da boca do locutor o que ele está dizendo.

95


Responsabilidade Social

Creche Tia Dolores Localizada no bairro Saudade, em Belo Horizonte, a Creche Tia Dolores é uma entidade sem fins lucrativos. Fundada há 16 anos, pela iniciativa de um grupo de quatro irmãs Maria Amália, Maria do Carmo, Maria Lídia e Ephygênia Costa -, tem o objetivo de cuidar de 15 crianças com paralisia cerebral em último grau, abandonadas pela família. A missão é “assistir gratuitamente, em regime de internato-residência, um grupo de crianças portadoras de paralisia cerebral e vindas de famílias carentes, dando a elas tratamento tal que proporcione uma alta qualidade de vida”. No ano passado, com a ajuda de colaboradores, a Creche deu um grande passo: a compra de um veículo para transportar as crianças para consultas médicas, exames etc. Mas como a missão da entidade é sempre buscar a melhor qualidade possível no atendimento, este ano pretende fazer a adaptação do veículo (elevador reforço no eixo, levantamento do teto), visando proporcionar mais conforto e segurança às crianças. Porém, essas adaptações têm um custo muito alto. Por isso, a Creche precisa da sua ajuda para atingir esse objetivo. As informações completas podem ser conferidas no site: www.tiadolores.org.br Telefone: (31) 3482-4510. A solidariedade é contagiosa. Contagie e deixe-se contagiar.

96

Fotos Divulgação


100

Belo Horizonte


101

Rio de Janeiro


Crônica

Mais gentileza, por favor! Outro dia – numa roda de amigos – surgiu um assunto que me fez pensar. Já repararam que nesses tempos modernos deixamos a gentileza de lado e nos desculpamos pelos maus modos, colocando a culpa no estresse? Pode ser uma resposta atravessada, por conta do trânsito caótico. Pode ser o prazo curto. A falta de dinheiro. A falta de tempo. A falta de saúde. A falta de graça na vida. Os motivos são muitos e não param. Mas será que – em nome das nossas “faltas” – temos o direito de ser MENOS humanos? Onde foram parar a delicadeza, a gentileza, a educação e o respeito? Onde foi parar o que nós SOMOS? Desculpem-me, mas é difícil responder. Estamos tão individualistas, que mal percebemos o outro. Eu, pessoalmente, acho uma falta de inteligência privilegiar apenas o SABER e não valorizar quem tem uma visão generosa do mundo. Para mim, a combinação dos dois – conhecimento e sensibilidade – são um prato cheio para vivermos melhor. E crescermos tanto pessoal, quanto profissionalmente. Infelizmente, não é isso que vemos por aí. O respeito parece ter saído de moda. Gentileza, então, virou gíria das nossas avós. Nada de “bom dia”, “boa tarde”, nem um olhar que te perceba como indivíduo. Importante esclarecer: não gosto de generalizar. Conheço pessoas que – no meio do “salve-se quem puder!” – continuam a ser PESSOAS. Enxergam, em seus olhos, o outro. Oferecem – sem o menor constrangimento – um abraço sincero. Uma ajuda inesperada. Um elogio. Um silêncio na hora certa. Isso, para mim, não é frescura. É apenas a boa e velha educação pedindo passagem... Implorando para não ser esquecida, dentro do carro, na hora do rush. Claro que não é preciso dizer “obrigada!” a cada minuto. Mas antes uma palavra doce do que deixar nosso lado brucutu (acredite, todo mundo tem um!) falar mais alto e acabar com a CORDIALIDADE que ainda nos resta. Você acha esse papo ultrapassado? Chegou, então, a hora de me desculpar. DE NOVO. Sei que pode parecer ingenuidade minha, mas eu continuo com fé no ser humano. (E em mim). Acho que a pessoa que desenvolve sua sensibilidade para perceber o outro (seja no trabalho, em casa, na rua ou na fazenda), só tem a ganhar. Uma promoção. Um trabalho melhor. Um amigo de verdade. Um dia mais feliz. Ou apenas um sorriso que – a meu entender – já vale pelo esforço. Por isso, escrevo esse texto para tirar meu nó da garganta e alertar os que ainda sabem ouvir: o mundo precisa de mais gentileza. E menos – muito menos! – de cara amarrada. Twitter: http://twitter.com/fernandacmello Blogs: http://fernandacmello.blogspot.com/ e o novo http://comqueletraeuvou.soubh.com.br/plus/modulos/noticias/ Página no facebook: http://www.facebook.com/pages/Fernanda-Mello/187090431328264

102

Por Fernanda Mello :: Foto Marinho Antunes


Viver bem será só mais um detalhe.

303,38 m2

280,75 m2

4 suítes

4 suítes

Suíte Master com 2 closets e 2 banheiros

Suíte Master com 1 closet

Sala de estar com lareira e adega

Sala de estar com lareira

• Lazer completo • Pista de caminhada • Port couchere • Vagas de visitantes • 5 vagas de garagem Rua Jacarandá - Vale do Sereno - Nova Lima - MG

Os Inconfidentes (31) 3503-1855 • phvengenharia.com.br


Profile for JR Guimarães

Revista Rio Sport #17  

Edição número 17 da revista Rio Sport | dez11 - mar12

Revista Rio Sport #17  

Edição número 17 da revista Rio Sport | dez11 - mar12

Advertisement