Page 1


Rotary Club de Torres Vedras

Índice

Fundado em 10 de Outubro de 1979 e inscrito em RI com o nº 11996

Mensagem do Presidente do Rotary Club de Torres Vedras Conselho Director 2011/12 Mensagem Rotary Internacional Programas da actividade Mensal Actividades do clube no Semestre Notícias no Badaladas

2011/2012 Presidente João Perdigão Presidente Eleito José António Santos Secretário João Pereira Tesoureiro Mário Rodrigues Protocolo Carlos Reis


Mensagem do Presidente do Rotary Club de Torres Vedras no início do ano Rotário

Caros Companheiros,

Ao iniciar as minhas funções como Presidente do Rotary Clube de Torres Vedras, um Clube de Excelência, que muito tem feito nos seus 32 anos de existência em prol dos princípios do movimento Rotário e da sociedade, parece-me fundamental começar o meu mandato com uma referência, um agradecimento mas também um apelo. Uma REFERÊNCIA muito elogiosa ao Conselho Director cessante, presidido pelo Companheiro João Pereira, pela exemplar eficiência demonstrada no exercício das funções e por todas as actividades desenvolvidas, o mais sincero obrigado. É igualmente de inteira justiça realçar o empenho e dedicação de tantos outros Companheiros, que sempre se mostraram disponíveis para estarem presentes nas reuniões e eventos, assim como a sugerirem, colaborarem e apoiarem as iniciativas do Conselho Director. E ainda à Comunicação Social, especialmente ao Jornal Badaladas, um muito obrigado, pela divulgação de muitas das nossas reuniões, de eventos culturais e das actividades e projectos de serviços à comunidade. Um AGRADECIMENTO a todos, que em mim depositaram confiança para me elegerem dandome a responsabilidade de presidir a este clube. Estendo especialmente o agradecimento aos membros do novo Conselho Director, que entrará em exercício, com a missão de administrar o Clube, no período de 2011/2012.


Finalmente um APELO que irá naturalmente no sentido de vir a ter, de todas as companheiras e companheiros, a ajuda para uma gestão participativa e colaborante. O movimento rotário gira em torno do ideal de serviço assente no lema “dar de si antes de pensar em si”. Somos todos voluntários na prestação de serviços destinados ao bem comum. Temos no Rotary dois pilares fundamentais, o companheirismo e a prestação de serviço. Assim sendo, permito-me pedir a cada um dos sócios, que participem em todos os actos do clube pois só assim seremos, de facto, solidários. Todos unidos seremos mais fortes, e capazes de realizar as actividades do nosso plano com especial atenção para a ampliação do n.º de sócios, e dos projectos de prestação de serviços. Estaremos sobretudo atentos à Comunidade local, especialmente às suas expectativas e necessidades, no sentido de podermos ser mais eficazes na dinamização de acções de carácter humanitário. Caros Companheiros, o nosso Clube será, sobretudo, aquilo que nós quisermos que seja. Quantos mais participarmos, mais ideias irão surgir, mais ricas serão as discussões e mais acertadas serão as decisões. Quero concluir com a certeza, de que continuaremos a dignificar e a fortalecer a nossa actividade rotária, engrandecendo cada vez mais o Rotary Club de Torres Vedras. Nesta certeza, estou a incluir as Novas Gerações, o Rotaract de Torres Vedras, que seguramente irá marcar, com o dinamismo de que já deu provas, uma presença activa e inovadora nos projectos desenvolvidos pelo clube, para além das suas próprias iniciativas. Neste ano que agora se inicia, vamos continuar a acreditar muito convictamente e com muita alegria e determinação que é possível tornar reais os nossos sonhos de Rotários neste fantástico clube Conto com todos... Contem comigo João Perdigão Presidente do Rotary Club de Torres Vedras Ano 2011/12


Conselho Director

Presidente Vice-Presidente Secretário e Director da Comissão de Administração do Clube Tesoureiro Director de Protocolo Director da Comissão de Relações Públicas Director da Comissão da Fundação Rotária Director da Comissão de Projectos de Prestação de Serviços Director da Comissão do Desenvolvimento do Quadro Social Director da Comissão de Novas Gerações Rotary Foundation Relações Externas

João Perdigão José António Santos João Pereira Mário Rodrigues Carlos Reis Ana Margarida Fernando Ramos Carlos Alberto Vítor Antunes Carlos Feliciano Boaventura Nogueira José Alfaro


Mensagem do Presidente do RI


Julho 2011 - Mensagem do Presidente do RI

Prezados irmãos e irmãs em Rotary! Todos nós estamos em Rotary para mudar o mundo – por que outro motivo seríamos rotários? Acreditamos que o mundo pode ser mais feliz, saudável, mais pacífico e que podemos criar um lugar melhor através do servir. Em 2011-12 pedirei aos rotários para que Conheçam a Si Mesmos para Envolver a Humanidade . Peço para buscarem dentro de vocês, para entender que todos nós, em qualquer lugar, temos os mesmos sonhos, esperanças, as mesmas aspirações e dilemas. Quando entendermos e verdadeiramente sentirmos que as necessidades dos outros são as mesmas que as nossas, começaremos a entender o quanto nosso trabalho é importante. No próximo ano teremos três ênfases no nosso serviço rotário. A primeira ênfase neste ano rotário será a família. A família e o lar formam a essência do nosso trabalho – o nosso serviço começa aqui. Através da família, aproximamos toda a nossa comunidade e toda a humanidade, formando uma grande família, onde todos se preocupam com o bem-estar uns dos outros. Em tempos de alegria e em tempos de necessidades, ninguém nunca está sozinho. A nossa segunda ênfase será a continuidade, para identificarmos o que fazemos de bom e fazermos ainda melhor. Devemos construir o nosso sucesso, expandi-lo e fazer ainda mais. Claro que a nossa maior obrigação é o Pólio Plus, e o sucesso dele está bem próximo! A terceira ênfase será a mudança. Devemos entender que a mudança para ser verdadeira precisa ser iniciada dentro de nós. Não podemos ajudar os outros se não nos ajudarmos primeiro. Não podemos ajudar o mundo sem primeiro ajudar os mais próximos de nós, como nossa família, clubes e comunidades. Mahatma Gandhi disse: “Você deve ser a mudança que deseja ver no mundo”. Em Rotary, vivemos de maneira ética e honesta, compartilhamos amizade e companheirismo, e vemos o valor de cada ser humano. Não estamos interessados no menor denominador comum, pois o Rotary certamente não é comum. Por isso, trabalhamos para nos elevar, elevar os outros e abraçar a humanidade. Juntos, iremos Conhecer a Nós Mesmos para Envolver a Humanidade. E em paz, harmonia e companheirismo, traremos mudanças e um mundo com mais alegria. Kalyan Banerjee Presidente, Rotary International


Agosto 2011 - Mensagem do Presidente do RI

Prezados irmãos e irmãs em Rotary Existe um velho ditado Indiano que diz: “Se você ajudar o barco do seu vizinho a cruzar o rio, você verá que também alcançou a outra margem”. Ao ajudar o próximo, muitas vezes acabamos ajudando-nos a nós mesmos. Cada um de nós filiou-se no Rotary para servir – e descobrimos a satisfação da amizade e do companheirismo. Em Agosto, mês dedicado ao desenvolvimento do quadro social, nós concentramo-nos em promover a mensagem do Rotary. Se servirmos com eficiência, sem esconder nossa luz rotária, vamos encontrarmo-nos mais perto de nossa meta: um Rotary mais forte e dinâmico para as gerações futuras. A imagem pública e o quadro associativo caminham de mãos dadas. Existem muitas pessoas inteligentes, estudadas e dedicadas que não têm nem ideia do que é o Rotary. E este é um problema que precisamos enfrentar. Em muitas comunidades onde os Rotary Clubs actuam ativamente, há pessoas que não sabem da existência desses clubes. Precisamos mudar isto. Servir bem é o primeiro passo – porém é apenas o começo. Precisamos divulgar os nossos trabalhos usando todas as ferramentas hoje disponíveis. Precisamos usar as médias sociais como Twiter e Facebook, e garantir que os nossos clubes tenham uma presença on-line. Simplesmente ter um website não é o suficiente. Ele deve estar actualizado, ser atraente, reflectir o nosso trabalho e oferecer a associados em potencial a oportunidade de nos conhecer e dar o próximo passo para se juntar a nós. O Rotary tem muito a oferecer. É nosso dever mostrar aos outros o valor da nossa organização e como podem integrar o Rotary nas suas vidas. Servir ao próximo leva tempo e aparentemente hoje em dia ninguém tem tempo disponível. Portanto, precisamos assegurar que cada momento com o Rotary vale a pena. Quando nos conhecermos a nós mesmos e aos nossos clubes, quando descobrirmos do que somos capazes e soubermos utilizar essa força, poderemos melhorar as nossas comunidades e levar o Rotary a novas alturas. Kalyan Banerjee Presidente, Rotary International


Setembro 2011 - Mensagem do Presidente do RI

Irmãos e irmãs em Rotary, Verde é a cor do ano 2011-12. Mas por quê verde? Porque é a cor da primavera, que traz a promessa de dias melhores. Verde é a cor que dá vida às plantas. Por analogia, não resta dúvida que o momento chegou para pintarmos o Rotary de verde, um verde radiante para colorir os cantos cinza da nossa organização. No geral em Rotary, só 11% dos rotários estão abaixo de 40 anos; já 68% estão acima de 50 e 39% acima dos 60! Não é preciso ser adivinho para saber o que acontecerá daqui a 10, 20 ou 30 anos se ficarmos sem fazer nada. Os novos associados que trouxermos têm que ser jovens, capazes de derramar vigor renovado na organização. Como então nos podemos tornar mais atraentes para os jovens, hoje em dia tão diferentes comparados aos jovens profissionais de uma ou duas gerações atrás? Temos que ir aonde eles estão, e isto significa usar a internet, estar no Facebook e Twitter, comunicar por e-mail e smartphones. O clube que não tem uma página na internet nos dias de hoje simplesmente não existe para os jovens. Precisamos resgatar a ideia da família rotária. Temos que ver todos os membros do Rotary como família, sejam eles rotários e seus familiares, como também rotaracts, interacts, intercambistas, alumni, entre outros. A retenção é algo que tem que ir além do Rotary Club e abranger toda a família rotária. Quando é para trazer novos associados costumamos olhar sempre para fora, e com isso falhamos ao ignorarmos os jovens que já temos conosco. Entre eles há um sem número que dariam excelentes presidentes de clube, governadores de distrito e líderes seniores da organização. Devemos isto a nossa família em Rotary: garantir que a nossa não seja uma das últimas gerações de rotários. Devemos, no sentido real do termo, Conhecer a Si Mesmos para Envolver a Nossa Família Rotária, para estarmos mais bem preparados para Envolver a Humanidade. Kalyan Banerjee Presidente, Rotary International


Outubro 2011 - Mensagem do Presidente do RI

Queridos irmãos e irmãs em Rotary, Na edição deste mês da revista vocês verão a maravilhosa Bangcoc, na Tailândia, que nos irá receber para a Convenção do RI em 2012. Tenho o prazer de vos convidar para um evento singular nesta que é uma das cidades mais fascinantes do mundo. Sem dúvida a Tailândia é a Terra dos Mil Sorrisos. Quem ainda não foi lá não pode perder a oportunidade de ir em 2012, ocasião em que veremos velhos amigos e faremos novas amizades. Bangcoc é uma excelente porta de entrada para o Sudeste Asiático, além de ser uma cidade bastante interessante por si só e não ser tão cara, com muitas lojas, restaurantes e atracções turísticas. Mas tudo isso seria apenas um detalhe não fosse pela razão principal que nos levará à capital tailandesa de 6 a 9 de Maio de 2012: A Nossa Convenção, o ápice do calendário rotário. No ano inteiro damos assistência aos menos privilegiados e durante a Convenção ouvimos as vozes dessas pessoas por meio dos tantos projectos que fazemos. Nada se compara à internacionalidade da nossa Convenção, onde somos inspirados a trabalhar ainda mais por um mundo melhor. Todo evento de Rotary deve ser um evento familiar, e por isso Binota e eu queremos levar para Bangcoc os nossos filhos e netos. Faça o mesmo e aproveite para tirar férias em família antes ou depois da Convenção. Entre tantas opções de lazer e cultura, é certo que todos voltarão para casa satisfeitos e também renovados em Rotary. Todo ano fico muito feliz em rever amigos, conhecer novas pessoas, celebrar nossas conquistas e trocar experiências. Todo ano também o meu orgulho pelo Rotary se renova, dando-me a energia para iniciar um novo ano de trabalhos rotários. Bangcoc promete ser a nossa melhor Convenção. Inscreva-se agora mesmo pelo site www.rotary.org/pt/convention e comece os seus preparativos para celebrar a 103ª Convenção Internacional! Kalyan Banerjee Presidente, Rotary International


Novembro 2011 - Mensagem do Presidente do RI

Queridos irmãos e irmãs no Rotary, Em 1885, o jornal Times de Londres publicou uma série de editoriais homenageando o 100° aniversário de Sir Moses Montefiore, o financeiro e filantropo britânico ordenado cavaleiro pela Rainha Victoria. Os editoriais mencionaram a sua honestidade, generosidade e desejo de ajudar o próximo, contando uma história inspiradora. Alguém perguntou a Sir Moses, um dos homens mais ricos de sua época, o valor de sua fortuna. Diante de uma pergunta tão rude, ele fez uma pequena pausa e respondeu com um número bem menor do que o que o esperado. Naturalmente, a pessoa que lhe fez a pergunta não se conformou, dizendo que ele deveria ter pelo menos 10 vezes mais do que aquilo! Sir Moses sorriu e disse: “Meu jovem, você não me perguntou o montante das minhas posses. Em vez disso, você perguntou o valor da minha fortuna. Portanto, eu calculei o total de minhas contribuições este ano a caridades e foi esta a quantia que lhe dei como resposta. A verdade é que o valor da nossa fortuna equivale àquilo que estamos dispostos a compartilhar com os outros”. Será que podemos avaliar a nossa vida com base nas nossas posses ou no bem que fazemos com o que temos? Quando dizemos que todos os seres humanos têm o mesmo valor, será que estamos colocando em prática o que pregamos? Para mim, ser rotário significa ter uma perspectiva diferente a respeito de tudo o que possuímos. Significa optar por usar os nossos recursos para fazer o bem e assim nos tornar ainda mais ricos. No Rotary, nós sabemos a respeito das grandes necessidades em muitas partes do mundo. E sabemos o quanto podemos ajudar através da nossa Fundação Rotária. Podemos mudar vidas, renovar esperanças, construir o futuro – se assim quisermos. Na vida, tudo é uma escolha. Se quisermos, podemos fechar os nossos olhos para as necessidades de outras pessoas, manter o que temos para nós mesmos e ignorar os problemas alheios. Ou, podemos olhar além da cor, idioma, vestimenta e cultura de cada um e reconhecer que, independentemente do lugar, as pessoas são como nós - e optar por ajudálas. Kalyan Banerjee Presidente, Rotary International


Dezembro 2011 - Mensagem do Presidente do RI

Queridos irmãos e irmãs em Rotary, No final de Agosto, eu e a Binota estávamos no Gana quando o vice-chairman do Conselho de Curadores da Fundação Rotária Sam Okudzeto e rotários locais nos levaram à cerimónia de inauguração de um projecto de água numa pequena vila chamada Abutia Teti, há aproximadamente 60 quilómetros de Acra. Chegamos lá por volta das 11 horas da manhã, e parecia que toda a comunidade estava à nossa espera desde cedo para nos dar as boas-vindas. No passado, as mulheres precisavam de caminhar cerca de 5 km carregando baldes de água que pegavam no rio. Agora, eles possuem uma fonte de água limpa e segura vinda do poço da vila. Este foi um projecto simples, porém eficaz, que o Rotary organizou em conjunto com a USAID. O que mais nos impressionou naquele dia foram as famílias: homens, mulheres e crianças, todos dançando, cantando e dando-nos as boas-vindas. Aquele momento fez-me pensar que em todo o mundo as comunidades são formadas por famílias. Fico muito feliz que a prioridade do Rotary este ano seja a família, onde a vida, o nosso dia e o serviço rotário devem começar. Porque é a família, não o indivíduo que é a base da comunidade e do Rotary. Uma das minhas principais prioridades é incentivar a participação da família nos serviços rotários. Tenho certeza que os rotários nunca devem ter que escolher entre o Rotary e suas famílias. O Rotary deve servir para unir ainda mais as famílias. Para mim, se eu não puder levar a Binota comigo a um evento, eu simplesmente não vou! O Rotary não é apenas para mim, mas sim para nós os dois. Quero encorajar os distritos a receber as famílias nas Conferências Distritais, envolver os cônjuges e crianças em projetos humanitários e planear reuniões levando em consideração as famílias dos rotários. Quanto mais as famílias participarem, mais a nossa organização crescerá. O que é o Rotary? Sem dúvida muitas coisas, porém podem resumir-se nesta frase: Ame ao próximo como a si mesmo. O Rotary é amor, e este amor começa conosco e com aqueles mais próximos de nós. Kalyan Banerjee Presidente, Rotary International


Torres Vedras

RI 11996

Rotary Club de

Admitido em Rotary em 10 de Outubro de 1979

Distrito Rotário: 1960 SEDE SOCIAL: Travessa Luís Cardoso, 1 - 2º Apartado 121 - 2564 910 Torres Vedras - Portugal

31 anos ao serviço da Comunidade Torriense - Presidente NOMEADO para ano Rotario 2013/2014

Ano Rotário:2011/2012

José António Santos - Presidente ELEITO para ano Rotario 2012/2013

Lema do ano

Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade

Tesoureiro -Mário Rodrigues (93 998 9085) Director do Protocolo - Carlos Reis (91 404 0698) Secretário - João Pereira (91 954 5265)

Presidente -João Perdigão (91 314 3977)

JANTAR e Assembleia Geral



19-Jul



ACONTECEU Emblemagem

Conselho Director e o momento da passagem do Colar

Compº Raul Patrocinio

da Presidência

Dália e Luisa, trocam ramo de flôres.

Entrega da Menção Presidencial, outorgada ao Rotary Club de Torres Vedras pelo Rotary International

Vasco Fernandes recebeu a distinção “companheiro Paul Harris”.

O Rotary Club de Torres Vedras na de 23 Junho a 3 Julho 2011

O stand recebeu centenas de visitantes e divulgou os projectos de Rotary. Realizou cerca de 400 rastreios visuais, em parceria com a Oculista Central Torreense.

AGENDA de Dia

5

Reunião nº

1.596

JULHO

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. Reunião do Conselho Director. 21h30 R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. 21h30 20h30

Dia

12

Reunião nº

1.597

Dia

19

Reunião nº

1.598

20h30

Dia

26

Reunião nº

1.599

20h30

Reunião de Jantar e Assembleia Geral. Apresentação do Plano de Actividades e Eleição do Presidente 2012-2013 . R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária.

*

- Reunião Regular de Trabalho.


Torres Vedras

RI 11996

Rotary Club de

Admitido em Rotary em 10 de Outubro de 1979

Distrito Rotário: 1960 SEDE SOCIAL: Travessa Luís Cardoso, 1 - 2º Apartado 121 - 2564 910 Torres Vedras - Portugal

31 anos ao serviço da Comunidade Torriense - Presidente NOMEADO para ano Rotario 2013/2014

Ano Rotário:2011/2012

José António Santos - Presidente ELEITO para ano Rotario 2012/2013

Lema do ano

Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade Presidente -João Perdigão (91 314 3977)

PASSEIO a TOMAR , dia 20 Agosto

Tesoureiro -Mário Rodrigues (93 998 9085) Director do Protocolo - Carlos Reis (91 404 0698) Secretário - João Pereira (91 954 5265) "Estilo TGV"

na IDA

Saida de Torres Vedras 09h30 Visita ao Convento de Cristo 11h00 Almoço 13h00 Visita a Tomar e arredores 15h00 Regresso a Torres Vedras 17h00

no regresso

PASSEIO a TOMAR , dia 20 Agosto ACONTECEU

Jantar e ASSEMBLEIA GERAL Na Assembleia Geral, do dia 19 de Julho, o Rotary Club de Torres Vedras, elegeu José António Santos, para Presidente do Clube, no ano Rotário de 2012/13.

Após o Jantar, foi dado início à apresentação dos temas em discussão na Assembleia Geral, tendo o Plano de Actividades para 2011/12 sido aprovado depois de apresentado pelo Presidente do Clube

Companheiro Manuel Santos na Saudação às Bandeiras

AGENDA de

Agosto - Desenvolvimento do Quadro Social -

Dia Dia Dia

2 9 16

Reunião nº 1.600 Reunião nº 1.601 Reunião nº 1.602

21h30

Dia

20 Companheirismo

09h30

Dia Dia

23 30

Reunião nº 1.603 Reunião nº 1.604

21h30

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. 21h30 R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. 21h30

18h30 21h30

Passeio a TOMAR, visita Convento de Cristo e outros (Programa detalhado em destaque) R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária.

*

- Reunião Regular de Trabalho.


Torres Vedras

RI 11996

Rotary Club de

Admitido em Rotary em 10 de Outubro de 1979

Distrito Rotário: 1960 SEDE SOCIAL: Travessa Luís Cardoso, 1 - 2º Apartado 121 - 2564 910 Torres Vedras - Portugal

31 anos ao serviço da Comunidade Torriense - Presidente NOMEADO para ano Rotario 2013/2014

Ano Rotário:2011/2012

José António Santos - Presidente ELEITO para ano Rotario 2012/2013

Lema do ano

Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade Presidente -João Perdigão (91 314 3977)

20 Setembro - HENRIQUE NETO -

Prêmio Nobel da Paz - Desmond Tutu

Tesoureiro -Mário Rodrigues (93 998 9085) Director do Protocolo - Carlos Reis (91 404 0698) Secretário - João Pereira (91 954 5265)

palestrante convidado do Clube

Campanha Falta Só Isto do Rotary

Nunca é cedo demais para começar a planear actividades para o Dia Mundial de Combate à Pólio, 24 de outubro -- uma óptima oportunidade para que clubes e distritos apoiem o esforço global para erradicar a doença. Algumas ideias: Crie seu próprio anúncio "Falta Só Isto" e o coloque como foto do perfil no Facebook. Realize uma caminhada, corrida de bicicleta ou maratona, e envie um comunicado à imprensa. Faça uma doação à erradicação da pólio. Divulgue um artigo sobre a pólio em um jornal local. Colabore no Desafio 200 Milhões de Dólares do Rotary, para eliminar a Pólio.

Polio

Falta Só Isto

6

Vitor Manuel Monteiro Antunes

José António dos Santos Carlos Alberto dos 20 Reis

14

O Programa emblemático de Rotary tem sido o esforço para proteger as crianças contra a poliomielite e erradicar a doença do mundo em parceria com a OMS - Organização Mundial de Saúde.

AGENDA de Dia

6

Reunião nº 1.605

Dia

13

Reunião nº 1.606

Reunião do Conselho Director - preparação do aniversário do clube. R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. 21h30 R.R.T.* e Preparação da reunião de Jantar. 20h30

21h30

20h30

Dia

20

Setembro - Mês das Novas Gerações

Reunião nº 1.607

Jantar com Palestra - Convidado, Henrique Neto, falará sobre as dificuldades e estrangulamentos actuais para o mundo empresarial, especialmente para as pequenas e médias

23h00 empresas, e também as dificuldades porque estão a passar a maioria dos trabalhadores.

Dia

27

Reunião nº 1.608

21h30

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária.

*

- Reunião Regular de Trabalho.


RI 11996

Torres Vedras

Rotary Club de

Admitido em Rotary em 10 de Outubro de 1979

Distrito Rotário: 1960 SEDE SOCIAL: Travessa Luís Cardoso, 1 - 2º Apartado 121 - 2564 910 Torres Vedras - Portugal

32 anos ao serviço da Comunidade Torriense - Presidente NOMEADO para ano Rotario 2013/2014

Ano Rotário:2011/2012

José António Santos - Presidente ELEITO para ano Rotario 2012/2013

Lema do ano

Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade

Tesoureiro -Mário Rodrigues (93 998 9085) Director do Protocolo - Carlos Reis (91 404 0698) Secretário - João Pereira (91 954 5265)

Presidente -João Perdigão (91 314 3977)

11 Outubro - 32º Aniversário e VOG - visita oficial do governador 20 Setembro Jantar Palestra, com

ACONTECEU

Henrique Neto

o Palestrante convidado, falou de uma Estratégia para Portugal, assente num sector produtivo moderno, virado para a exportação e que privilegie a inovação e a mudança. Tema que está tratado no livro de sua autoria a sair muito brevemente. Henrique Neto

Mesa da Presidência Compº João Elias, Henrique Neto (palestrante convidado), Presidente do Rotary-João Perdigão, Dr.Sérgio Galvão-Vereador da Câmara e Drª Helena-CAERO.

21 Setembro, visita à empresa

SILFESAN

O Rotary Club de Torres Vedras, visitou no passado dia 21 de Setembro, a SILFESAN, uma metalomecânica de excelência sediada no Concelho de Torres Vedras. Realizada no ambito do programa de actividades do Clube, teve como objectivo, conhecer e divulgar, o que melhor e de mais inovador se faz na indústria no nosso Concelho.

A visita contou com muitos Companheiros e a presença do Sr. Vereador da Camara Municipal Dr. Sérgio Galvão, responsável pelo Gabinete de Apoio às Empresas.

No ano passado o Clube atribuiu 3 bolsas de estudo, estando presentes no jantar os representantes das entidades patrocinadoras dessas bolsas,foi aproveitada a ocasião para entreguar os diplomas comprovativos do reconhecimento do movimento rotário pela prestimosa colaboração com o clube e com os jovens contemplados.

Polio

Falta Só Isto 2 Raul Patrocinio 15 Manuel Costa Santos 26 João Elias Veloso 31 Carlos Alberto

Prêmio Nobel da Paz - Desmond Tutu

AGENDA de Dia

4

Reunião nº 1.609

Outubro - Mês dos Serviços Profissionais

21h30

Dia Dia Dia

11

Reunião nº

1. 6 10

20h30

Reunião nº 1.611 Reunião nº 1.612 Data a divulgar.

18 25

R.R.T.* e Preparação do Aniversário, VOG e Profissional do Ano. - Sala da MISERICÓRDIA

Jantar do 32º Aniversário, VOG - Visita Oficial do Goverando - Compº José Coelho, Homenagem ao

Profissional do Ano - Professor Doutor Joaquim Ferreira e Prémio Dr. José Maria

23h00 Antunes. 21h30 21h30

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. Visita a uma empresa do Concelho.

*

- Reunião Regular de Trabalho.


Torres Vedras

RI 11996

Rotary Club de

Admitido em Rotary em 10 de Outubro de 1979

Distrito Rotário: 1960 SEDE SOCIAL: Travessa Luís Cardoso, 1 - 2º Apartado 121 - 2564 910 Torres Vedras - Portugal

32 anos ao serviço da Comunidade Torriense - Presidente NOMEADO para ano Rotario 2013/2014

Ano Rotário:2011/2012

José António Santos - Presidente ELEITO para ano Rotario 2012/2013

Lema do ano

Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade

Tesoureiro -Mário Rodrigues (93 998 9085) Director do Protocolo - Carlos Reis (91 404 0698) Secretário - João Pereira (91 954 5265)

Presidente -João Perdigão (91 314 3977)

15 Novembro - Dr. João Salgueiro - ex-ministro e economista. 19 Novembro

Palestra

Magusto de S. Martinho -

-

22 Novembro - Entrega da Carta Constitucional e Emblemagem do Rotaract

Club Torres Vedras - com a

presença do Governador D1960.

Sr. Renato Valente e Suzete Duarte, patrocinadores dos equipamentos, com o Administrador do Centro Hospital e o Presidente. O Rotary Club de Torres Vedras comemorou 32 anos de existência (10 Out), com a entrega ao Centro Hospitalar de Torres Vedras de uma SALA DE PEDOLOGIA.

ACONTECEU

VISITA de cumprimentos

do Conselho Director e Governador do D1960, ao Sr. Presidente da Câmara, Dr. Carlos Miguel Saudação às Bandeiras Compºs, B.Nogueira e Vasco Perdigão Compºs Governador D1960 e Marta Feliciano Dr.Carlos Miguel-Presidente da Câmara

Afonso Miao, aluno do 8º ano, atleta da Associação Física e Desportiva de T.Vedras, 1º lugar nas modalidades de tumbling, mini-trampolim e duplo-mini-trampolim a nível nacional. Prémio Dr. José Maria Antunes Jr. atribuido a AFONSO MIAO de 13 anos. Joaquim Ferreira, especialista em Neurologia e em Farmacologia Clínica, professor universitário na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e investigador da doença de Parkinson. Este torriense é um dos promotores do futuro Campus Neurológico Sénior que está a ser construído na cidade de Torres Vedras.

Bolo do 32º Aniversário, Companheiros, Vasco Perdigão e Germana

Governador D1960, Compº José Coelho a receber uma prenda, entregue pela Sócia Honorária, D. Elisa

Distinção do Profissional do Ano, Professor Doutor Joaquim Ferreira.

Aniversariante do Mês: AGENDA de Dia Dia

1 8

Dia

15

Dia

19

Reunião nº

1.613

Reunião nº

1.614

Reunião nº

1.615

Companheirismo

Dia

22

Reunião nº

1.616

Dia

29

Reunião nº

1.617

23 Vitor Alberto Santos

Novembro - Mês da Rotary Foundation NÃO SE REALIZA - FERIADO

21h30

R.R.T.*, preparação do Jantar Palestra e das actividades do mês.

Jantar com Palestra - Orador convidado: Dr. João Salgueiro, ex-ministro das Finanças e 23h00 Economista. Falará sobre o momento actual da Economia Portuguesa. 20h30

12h30 20h30

Magusto de S. Martinho. (local: edificio do CAERO em Torres Vedras) Entrega da Carta Constitucional e Emblemagem do Rotaract Club de Torres

23h00 Vedras, com a presença do Governador do D1960, Compº José Coelho. 21h30

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária.

*

- Reunião Regular de Trabalho.


Torres Vedras

RI 11996

Rotary Club de

Admitido em Rotary em 10 de Outubro de 1979

Distrito Rotário: 1960 SEDE SOCIAL: Travessa Luís Cardoso, 1 - 2º Apartado 121 - 2564 910 Torres Vedras - Portugal

32 anos ao serviço da Comunidade Torriense - Presidente NOMEADO para ano Rotario 2013/2014

Ano Rotário:2011/2012

José António Santos - Presidente ELEITO para ano Rotario 2012/2013

Lema do ano

Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade

Tesoureiro -Mário Rodrigues (93 998 9085) Director do Protocolo - Carlos Reis (91 404 0698) Secretário - João Pereira (91 954 5265)

Presidente -João Perdigão (91 314 3977)

20 - JANTAR da Familia Rotária

dia

VISITA A INSTITUIÇÂO em data a divulgar

ACONTECEU a 15

ACONTECEU

ACONTECEU a 22

a 19

Mesa: Compº João Elias, palestrante - Dr. João Salgueiro, Presidente do Rotary Club, Veradora Laura Rrodrigues e Sr. Henrique Neto

O economista João Salgueiro defendeu, que "isto já lá não vai apenas com sacrifícios".

Almoço que reuniu largas dezenas de companheiros e familiares, decorreu num animado espírito de companheirismo.

Na óptica do ex-ministro de Estado, das Finanças e do oitavo Governo constitucional "é preciso um novo paradigma de desenvolvimento", que passa obrigatoriamente por uma "atitude diferente de todos nós".

ACONTECEU no dia 23 Rotary Club de Torres Vedras, realizou uma visita ao Núcleo do CENFIM de Torres Vedras.

AGENDA de Dia Dia

6 13

Dia 20 Dia

27

Reunião nº

1.618

Reunião nº

1.619

Presidente do Rotary Club T.Vedras, Veradora Ana Umbelino, Fernando Martins (Gov.Indicado 2013/14) e Compº Carlos Feliciano

O Rotaract Club de Torres Vedras, ofereceu a sua Flâmula, durante o Jantar do dia 22 de Novembro, a todos os clubes que estiveram presentes na cerimónia de entrega da Carta Constitucional e emblemagem dos Sócios Fundadores.

Cerimónia de entrega da Carta Constitucional ao Rotaract Club de Torres Vedras e emblemagem dos sócios fundadores

Dezembro - Mês da Familia Rotária

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária. 21h30 R.R.T.*, preparação do Jantar e das actividades do mês. 21h30

Reunião nº 1.620

20h30

1.621

21h30

Reunião nº

Mesa: Marta Feliciano (Rotaract), Governador D1960,

VISITA a Instituição

Jantar de

PRENDINHA (até 5€)

R.R.T.* e Formação/Divulgação Rotária.

e Entrega de LEMBRANÇA (instituição, data e hora a divulgar). *

- Reunião Regular de Trabalho.


Actividades do Rotary Club de Torres


Almoço convívio nas comemorações do 25º ANIVERSÁRIO da Oestagric

No passado dia 2 de Julho realizou-se nas instalações da Oestagric, um almoço convívio, comemorativo dos 25 anos de vida da empresa. Com a presença de muitos amigos, colaboradores, clientes nacionais e internacionais, fornecedores e familiares, foi servido uma fantástica refeição de que vale a pena destacar o porco assado no espeto.


João Elias, o anfitrião e responsável máximo da Oestagric, acompanhou todos os convidados, tendo-lhes dirigido palavras de grande simpatia e apreço pela presença nesta comemoração de especial significado para a empresa.

O dono da casa, membro do Rotary de Torres Vedras, convidou todos os sócios do Clube a associarem-se com a sua presença a esta comemoração. Em representação dos muitos sócios presentes, o companheiro Carlos Reis entregou em nome do Rotary de Torres Vedras, uma placa alusiva ao 25 anos da empresa.


O almoço convívio terminou, com a apresentação de um lindíssimo e gostoso bolo de aniversário da empresa, cujas fatias foram cortadas pelos sócios.

Parabéns a todos aqueles que organizaram este excelente almoço de convívio, mas acima de tudo, umas merecidas felicitações pelos vinte cinco anos de sucessos da Oestagric.


Jantar Mensal e Assembleia Geral do Rotary Club de Torres Vedras

No passado dia 19 de Julho realizou-se no Hotel Império de Torres Vedras, o Jantar Mensal e Assembleia Geral do Clube, com dois temas em agenda:

1. Apresentação, discussão e aprovação do Plano de Actividades do Clube para o ano rotário 2011/12 2. Eleição do Presidente do Rotary Club de Torres Vedras para o ano rotário de 2012/13

A reunião iniciou-se com a habitual saudação à Bandeira Nacional, feita pelo Companheiro Manuel Santos


Após o Jantar, foi dado início à apresentação dos temas em discussão na Assembleia Geral, tendo o Plano de Actividades para 2011/12 sido aprovado depois de apresentado pelo Presidente do Clube, e no cumprimento do 2º ponto da agenda de trabalho, o Companheiro José António Santos foi eleito, Presidente do Rotary Club de Torres Vedras para o ano 2012/13.


Jantar Palestra organizado pelo Rotary Club de Torres Vedras, com a presença do Sr. Henrique Neto como orador convidado

No passado dia 20 de Setembro, o Rotary Club de Torres Vedras, organizou um Jantar Palestra, no Hotel Império, com a presença de quase uma centena de Companheiros Rotários e amigos, para ouvir orador convidado, Sr. Henrique Neto, falar de "Uma Estratégia para Portugal" a visão de um empresário para o futuro do País.

A reunião Rotária foi aberta como habitualmente pelo Presidente do Clube, Companheiro João Perdigão. À sua direita o Palestrante convidado, Sr. Henrique Neto um dos mais inovadores empresários portugueses contemporâneos, à direita do Palestrante o Companheiro João Elias. Do lado esquerdo o Sr. Vereador da Câmara Municipal de Torres Vedras, Sr. Sérgio Galvão, em representação do Sr. Presidente da Câmara, e no topo desse mesmo lado a Srª Drª Helena Santos, Directora do CAERO – Centro de Apoio ao Empresário.


De acordo com o Protocolo Rotário foi feita a saudação às Bandeiras.

Logo após o Jantar o Companheiro Mário Rodrigues falou dos desafios do movimento rotário especialmente no tema da Educação, enfatizando que só através da instrução dos povos e em especial as camadas jovens se conseguirá o clima de Paz, de Liberdade e de Prosperidade, que todos desejamos.


Por essa razão, todos os anos o Rotary Club de Torres Vedras tem feito um esforço no sentido de conseguir angariar patrocinadores para Bolsas de Estudo, que atribui em parceria com Empresas ou outras entidades do concelho e da Fundação Rotária Portuguesa a estudantes carenciados e com bom aproveitamento escolar.

No ano passado o Clube atribuiu 3 bolsas de estudo, estando presentes no jantar os representantes das entidades patrocinadoras dessas bolsas, foi aproveitada a ocasião para entreguar os diplomas comprovativos do reconhecimento do movimento rotário pela prestimosa colaboração com o clube e com os jovens contemplados.

Assim, em nome do Presidente do Clube o Companheiro Mário Rodrigues, pediu aos representantes das firmas JOPER e TOMIX, Sr Mário Pereira, que ao longo de vários anos tem estado com o clube nesta iniciativa e ao representante da CAERO, Drª Helena Santos, para se aproximarem das bandeiras a fim de receberem os respectivos diplomas.

Seguiu-se a Palestra do Sr. Henrique Neto, ouvida com muito interesse por toda a assistência. Com um enorme poder de comunicação o Palestrante falou de uma Estratégia para Portugal, assente num sector produtivo moderno, virado para a exportação e que privilegie a inovação e a mudança. Tema que está tratado no livro de sua autoria a sair muito brevemente.


O Presidente, Companheiro João Perdigão, agradeceu em nome de todos os presentes a palestra imensamente motivadora proferida pelo Sr. Henrique Neto e fez a entrega, como é tradição do Rotary Clube de Torres Vedras, de um saco com algumas lembranças típicas da Região.


Antes da reuniĂŁo terminar, o Presidente do Clube, anunciou o aniversĂĄrio nesse dia, do Companheiro Carlos Reis, tendo-lhe sido oferecido o Bolo de Anos e uma salva de palmas de parabĂŠns de todos os presentes.


O Rotary Club de Torres Vedras visita a SILFESAN

O Rotary Club de Torres Vedras, visitou no passado dia 21 de Setembro, a SILFESAN, uma metalomecânica de excelência sediada no Concelho de Torres Vedras, acompanhados pelo Sr. Vereador da Câmara Municipal Sr. Sérgio Galvão, pela Directora Dra. Raquel Luz, responsável pelo Gabinete de Apoio às Empresas e por um jornalista do Jornal Badaladas.

A visita, realizada no âmbito do programa de actividades do Clube Rotário, teve como objectivo, conhecer e divulgar, através da comunicação social, das redes sociais e de contacto, o que melhor e de mais inovador se faz na indústria no nosso Concelho.


O Sr. Silvino Feijão Santos, patrão da empresa, acompanhado da mulher e dos seus dois filhos e de alguns colaboradores mais próximos, deu a conhecer a história da empresa, a sua evolução, os produtos e principais equipamentos de produção. Da exposição ficou claro para os visitantes, a qualidade do fabrico e a preocupação constante pelas tecnologias inovadoras, assumidas com eficácia para elevar o nível de acabamentos de todos os produtos fabricados.

A SILFESAN dispõe de três pavilhões de produção, uma larga carteira de encomendas para satisfazer um conjunto de clientes minoritariamente estrangeiros. Nas palavras do Sr. Silvino, não tem a sido a crise que o nosso país vive, mas sim a falta de espaço para instalar mais pavilhões e aumentar a sua capacidade de produção que mais constrangimentos lhe têm provocado.

Como uma carteira de encomendas em crescimento, espera a SILFESAN, ver rapidamente ultrapassados os obstáculos que não têm permitido à empresa crescer ao ritmo que o mercado, sobretudo para exportação, lhe solicita continuadamente. A presença do Sr. Vereador e da Directora do Gabinete de Apoio às Empresas foi muito oportuna, para ajudar a sensibilizar as entidades competentes na procura de uma solução que permita o tão desejado e importante crescimento da empresa.

Seguiu-se uma visita aos pavilhões de produção aonde foi possível apreciar o forte investimento em maquinaria de alta tecnologia.


Sala de Podologia no Centro Hospitalar de Torres Vedras, equipada pelo Rotary Club da Cidade O aniversário do Rotary Club de Torres Vedras, ficou assinalado com a entrega no Centro Hospitalar da Cidade, de uma cadeira e um micro motor com aspiração, para a sala de Podologia.

Esta oferta ficou a dever-se aos valiosos patrocínios, de Valanálises e Farmácia Santa Cruz, representadas pelo seu Administrador e proprietário, Sr. Renato Valente e também pela Hortícola do Oeste, de Raul Patrocínio Duarte, Lda., representada pela sua esposa Srª. D. Suzete Duarte, presentes no acto de entrega. O agradecimento pela oferta dos equipamentos foi feito pelo Presidente do Centro Hospitalar de Torres Vedras, Sr. Dr. Gonçalo André, na presença dos técnicos do Centro e dos Rotários do Clube da Cidade.2


Visita Oficial do Governador Companheiro José Coelho ao Rotary Club de Torres Vedras

No dia 11 Outubro o Rotary Club de Torres Vedras recebeu a Visita Oficial do Governador do Distrito 1960, Companheiro José Coelho.

Do programa da visita constou a apresentação de cumprimentos ao Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Dr. Carlos Miguel. Foi um encontro muito simpático, no qual o autarca referiu aspectos muito interessantes da economia do Concelho e seu desenvolvimento, tendo palavras muito elogiosas sobre a actividade do Rotary. O Governador José Coelho agradeceu a reunião, tendo feita uma referência à Conferência Mundial do Rotary a realizar-se em Lisboa no mês de Maio de 2013, evidenciando a expectativa de reunir 35 mil participantes que se espalharão por uma área geográfica, quer em termos turistos, quer de alojamento que cobrirão seguramente o Concelho de Torres Vedras.

De acordo com o programa, seguiu-se a visita do Governador, acompanhado por alguns elementos do Conselho Director do Rotary de Torres Vedras, à estátua Dr. José Maria Antunes, ilustre Rotário, fundador e primeiro Presidente do Clube.


Pelas 18 horas realizou-se, no Salão Nobre da Misericórdia, a reunião do Conselho Director onde foi apresentada a actividade do Clube, debatendo-se assuntos de interesse para o movimento rotário. O Governador José Coelho teve a oportunidade de informar os presentes das orientações para o ano rotário, disponibilizando-se para ajudar o Clube nas actividades que tenciona levar a efeito.

A visita Oficial do Governador terminou com um jantar festivo, de comemoração do aniversário do clube no Hotel Império de Torres Vedras.


Jantar Festivo do 32º Aniversário do Rotary Club de Torres Vedras Com a honrosa presença do Governador do Distrito Rotário 1960, Companheiro José Coelho, o Rotary Club de Torres Vedras celebrou o seu 32º Aniversário, num jantar festivo no Hotel Império em Torres Vedras.

O jantar contou também com a presença do Exmo. Sr. Presidente da Câmara da Cidade, Dr. Carlos Miguel, representantes de 13 Clubes rotários (Setubal, Alcobaça, Lisboa, Peniche, Porto Mós, Amadora, Rio Maior, Sever do Vouga, Carnaxide, Caldas da Rainha, Lisboa Estrela e Lisboa Olivais), e ainda o Rotaractes de Torres e dos Olivais, para alem dos Rotários de Torres Vedras, seus familiares e amigos.

O jantar foi presidido pelo Presidente do Rotary de Torres Vedras, Companheiro João Perdigão, que estava acompanhado na mesa de honra à sua direita pelo Governador de Distrito, Companheiro José Coelho, pela Companheira Isabel Puga, presidente do Rotary Club das Caldas da Rainha, clube padrinho do Rotary de Torres Vedras e o Companheiro Boaventura Nogueira da equipa do Governador e sócio do Rotary de Torres Vedras. Do lado esquerdo do presidente do Clube sentaram-se, o Sr. Presidente da Câmara de Torres Vedras, Dr. Carlos Miguel, a Companheira Rotaractista Marta Feliciano e o Companheiro Presidente do Rotary Club de Sever do Vouga, Hermínio Martinho.


Como é habitual no protocolo Rotário após o Presidente ter dado início do jantar de aniversário, foram saudadas as bandeiras: Nacional pelo Governador José Coelho, a do Concelho pelo Sr. Presidente da Câmara, Dr. Carlos Miguel, a do Rotary, pelo Companheiro e Sócio Fundador do Clube Rotário de Torres Vedras, Vasco Perdigão, a bandeira do Rotaract pela Companheira Rotaractista Marta Feliciano e bandeira da Fundação Rotário pelo Companheiro Boaventura Nogueira.

O Rotary Clube de Torres Vedras decidiu, neste ano Rotário 2011/2012, atribuir o Prémio Dr. José Maria Antunes, a AFONSO CHEN MIAO de 13 anos, natural de Torres Vedras, no 8º ano, na Escola S. Gonçalo (QUADRO DE MÉRITO). Praticante de ginástica na Física. O curriculum foi lido pelo Companheiro Carlos Alberto:


O jovem AFONSO CHEN MIAO começou a carreira desportiva em 2007, e logo como vicecampeão Distrital e 9º no Campeonato Nacional em mini trampolim - Categoria Infantil.

Em 2008 – foi Vice-campeão Distrital e 7º no Campeonato Nacional em Tumbling - Categoria Iniciado. Foi ainda Campeão Distrital e 4º no Campeonato Nacional em mini trampolim Categoria Infantil. Em 2009 foi Vice-campeão Distrital e 4º no Campeonato Nacional em Tumbling - Categoria Iniciado. Campeão Distrital e 7º no Campeonato Nacional em mini trampolim - Categoria Infantil. Em 2010 – Campeão Nacional em duplo mini trampolim- Categoria de Iniciado.Campeão Distrital e Nacional em Tumbling - Categoria Iniciado. Vice-campeão Distrital e Nacional em mini trampolim – Categoria Iniciado. Vencedor da II Copa Galiza em Ourense (ESPANHA) em Duplo Mini Trampolim e Tumbling –Categoria Iniciado. Em 2011 – Campeão Distrital em Tumbling – Categoria Juvenil. Campeão Distrital e 3ºno Campeonato Nacional em Tumbling –Categoria Juvenil. Vencedor da TAÇA DE PORTUGAL (Esperanças) em Tumbling. Campeão Distrital e Nacional em mini trampolim – Categoria Juvenil.

O Prémio Dr. José Maria Antunes Jr. (Diploma e um Cheque) foi entregue pelo Governador do Distrito Rotário, Companheiro José Coelho, acompanhado pelo Sr. Presidente da Câmara e pelo Presidente do Clube.


Todos os anos em Outubro os Clubes Rotários comemoram o Mês dos Serviços Profissionais com várias iniciativas, talvez a mais importante, no Rotary Club de Torres Vedras seja, a homenagem a um membro da comunidade que tenha demonstrado excelência profissional e mantido altos padrões éticos. Foi esse o significado da cerimónia de entrega da Distinção de Profissional do Ano entregue pelo Sr. Presidente da Câmara, Dr. Carlos Miguel, acompanhado do Governador do Distrito e pelo Presidente do Clube ao Sr. Professor Doutor Joaquim Ferreira.


Professor Doutor Joaquim Ferreira, é médico no Hospital de Santa Maria, professor universitário na Faculdade de Medicina de Lisboa e investigador da doença de Parkinson, promotor do futuro Campus Neurológico Sénior (CNS), que está ser construído em Torres Vedras e que terá uma vocação relacionada com doenças neurológicas degenerativas, nomeadamente as doenças de Parkinson e de Alzheimer, e uma unidade de reabilitação que será também dedicada a vítimas de acidentes vasculares cerebrais. Um Curriculum mais detalhado, em que eram evidenciados os trabalhos de investigação e as publicações científicas realizadas, foi lido pelo Director do Protocolo, Companheiro Carlos Reis a uma assistência muito atenta, premiando a brilhante carreira do Sr. Professor Doutor Joaquim Ferreira com uma enorme ovação. O grandioso Campus Neurológico Sénior (CNS), já pode ser visto em fase adiantada de construção, na colina do Varatojo.

Seguiram-se umas palavras muito simpáticas de agradecimento ao Rotary Club de Torres, feitas pelo Professor Doutor Joaquim Ferreira.


Para celebrar o aniversário do Clube, foi servido um bolo alusivo aos 32 anos de existência do Rotary em Torres Vedras, tendo as velas sido apagadas pelo Companheiro Vasco Perdigão, sócio fundador do Clube, acompanhado pela Companheira Germana do Rotary Club de Setúbal, também aniversariante nesse dia. Seguiu-se o brinde ao Clube.


Seguiram-se umas palavras muito afectuosas de felicitação ao Rotary de Torres Vedras e a todos os presentes, proferidas pelo Sr. Presidente da Câmara, Dr. Carlos Miguel, tendo de seguida o Governador do Distrito Rotário, Companheiro José Coelho, proferido um discurso de agradecimento enriquecido com a apresentação das ênfases do Presidente do Rotary Internacional, bem como as actividades mais relevantes desta organização mundial.


Antes de ser encerrada a reunião festiva do jantar de aniversário do Rotary de Torres Vedras, foram trocadas lembranças, entre o Sr. Presidente da Câmara, o Governador do Distrito e o Clube. O Sr. Presidente da Câmara ofereceu ao Governador José Coelho, um saco com produtos afamados do Concelho, bem como um Livro sobre a Cidade.

O Governador retribuindo, fez a entrega ao Presidente da Câmara de uma estatueta com a inscrição do Lema Rotário do ano 2011/12: " Conheça a Si Mesmo para Envolver a Humanidade


O Rotary Club de Torres Vedras fez a entrega ao Governador de um cheque donativo, para a Fundação Rotária Portuguesa e de um trabalho em cerâmica realizado pela Sócia Honorária do Clube, a Escultora Srª D. Elisa


Jantar Palestra organizado pelo Rotary Club de Torres Vedras, com a presença do Sr. Dr. João Salgueiro como orador convidado

No passado dia 15 de Novembro, o Rotary Club de Torres Vedras, organizou um Jantar Palestra, no Hotel Império, com uma enorme presença de Companheiros Rotários, Empresários do Concelho e muitos amigos, para ouvir o orador convidado, Sr. Dr. João Salgueiro, proferir uma palestra muito interessante, sobre o estado actual da nossa economia.

A reunião Rotária foi aberta como habitualmente pelo Presidente do Clube, Companheiro João Perdigão. À sua direita o Palestrante convidado, Sr. Dr. João Salgueiro, distinto economista, membro do Conselho Económico e Social, vogal do Fundo de Garantia de Depósitos e colaborador da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, onde rege o Seminário de Economia Europeia, à direita do Palestrante o Companheiro João Elias e Presidente da Direcção do CAERO – Centro de Apoio ao Empresário. Do lado esquerdo a Srª. Vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras, Engª Laura Rodrigues, em representação do Sr. Presidente da Câmara, e no topo desse mesmo lado o Sr. Henrique Neto, um dos mais inovadores empresários portugueses contemporâneos.


De acordo com o Protocolo Rotário foi feita a saudação às Bandeiras.

Terminado o Jantar seguiu-se a Palestra do Sr. Dr. João Salgueiro, ouvida com muito interesse por toda a assistência. Com um enorme poder de comunicação, o Palestrante falou sobre a


situação actual da nossa economia, as correcções necessárias e as estratégias para o desenvolvimento do País.

O Dr. João Salgueiro começou por historiar os antecedentes da crise em que estamos mergulhados, referindo que a situação actual se ficou a dever muito mais às políticas locais durante a ultima década do que à conjuntura internacional. Comentou a inevitabilidade das medidas de austeridade, mas paralelamente enfatizou a necessidade de se ter uma estratégia objectiva para o crescimento da economia, sugerindo a realização de "benchmarks" com aqueles países que apresentam fortes índices de crescimento, para que aí possamos encontrar as medidas mais adequadas ao nosso desenvolvimento. Seguiu-se um animado debate, com variadas e interessantes perguntas, colocados por muito dos participantes deste jantar. O Presidente, Companheiro João Perdigão, agradeceu em nome de todos os presentes a palestra muito esclarecedora e imensamente motivadora proferida pelo Sr. Dr. João Salgueiro e fez a entrega, como é tradição do Rotary Clube de Torres Vedras, de um saco com algumas lembranças típicas da Região, tendo também a Srª Vereadora, Engª Laura Rodrigues oferecido um Livro sobre o Concelho.


A reunião festiva terminou pelas 23 horas e trinta minutos com manifestações de muito apreço por partes dos presentes.


Jantar Festivo do Rotary Club de Torres Vedras para entrega da Carta Constitucional ao Rotaract e Emblemagem dos Sócios Fundadores

No dia 22 de Novembro, o Rotary Club de Torres Vedras organizou um Jantar Festivo, nas instalações do CAERO - Centro de Apoio ao Empresário, para entrega da Carta Constitucional e emblemagem dos Sócios Fundadores do Rotaract Club de Torres Vedras. Jantar que reuniu quase uma centena de rotários, rotaracts e interacts de diversos clubes do Distrito 1960, familiares e muitos amigos que se associaram ao Rotary de Torres Vedras, para celebrarem o início da actividade do Rotaract.

A reunião Rotária foi aberta como habitualmente pelo Presidente do Clube, Companheiro João Perdigão. À sua direita sentou-se o Governador do Distrito 1960, Companheiro José Coelho, dando a sua direita à Representante Distrital do Rotaract/Interact, Companheira Cátia Tomé, e ainda a Companheira Marta Feliciano, Presidente do Rotaract Club de Torres Vedras. Do lado esquerdo do Presidente do Clube sentou-se a Srª. Vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras, Drª Ana Umbelino, em representação do Sr. Presidente da Câmara, e à sua esquerda o Companheiro Fernando Martins, Governador indicado para os anos 2013/14, e nesse mesmo lado o Companheiro Carlos Feliciano, Director da Avenida das Novas Gerações no Conselho Director do Rotary de Torres Vedras.


Após a saudação às Bandeiras foi servido jantar. No final da refeição, foram cantados os parabéns, pelo aniversário da esposa do Companheiro Raul Patrocínio, do Clube de Torres Vedras, que em boa hora decidiu estar com todos os Companheiros neste jantar especial.

Seguiu-se o discurso da Companheira Ana Margarida, fundadora e Presidente do Rotaract de Torres Vedras em 1987, que partilhou com toda os presentes esse percurso da sua vida, com palavras muito emotivas.


O Companheiro Boaventura Nogueira, um entusiasta do Rotaract, em breves palavras enalteceu o entusiasmo e o saber da sua Presidente Marta Feliciano, evidenciando o perfil de liderança, entusiasmo, responsabilidade e saber, assegurando que levará a bom porto todos os projectos e programas que começarão a abraçar a partir desta reunião tão especial.

Seguiram-se as palavras do Companheiro Carlos Feliciano, Director da Avenida das Novas Gerações no Conselho Director do Rotary de Torres Vedras e pai muito orgulhoso, pelo excelente trabalho desenvolvido, durante todos os meses de preparação do Rotaract pela Companheira Presidente Marta Feliciano.


Antes da cerimónia de entrega da carta Constitucional e emblemagem dos sócios do Rotaract, o Presidente do Rotary de Torres Vedras numas breves palavras chamou a atenção para o gratificante que é a organização de um Rotaract para os seus membros, para a comunidade aonde estão inseridos e para o Rotary Club de Torres Vedras.

Seguiu-se o momento mais importante de toda esta reunião, a entrega da Carta Constitucional e a emblemagem dos Sócios Fundadores do Rotaract Club de Torres Vedras, na presença do Governador do Distrito, Presidente do Rotary e dos padrinhos dos novos associados.


Após várias intervenções de companheiros de outros clubes presentes, a reunião entrou na sua fase final, com a intervenção da Companheira Marta Feliciano, Presidente do Rotaract Club de Torres Vedras.


Falando logo a seguir a Representante Distrital do Rotaract/Interact, Companheira Cátia Tomé.

Depois a Srª. Vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras, Drª Ana Umbelino, em representação do Sr. Presidente da Câmara, proferiu simpáticas palavras de apreço, pelos trabalhos desenvolvidos pelo movimento Rotário no Concelho.


A fechar a reunião, e chamando para junto de si, todos os recém emblemados do Rotaract de Torres Vedras, o Governador Companheiro José Coelho , enalteceu o trabalho realizado na preparação e formação do novo clube, proferindo palavras muito motivadores, para o Rotaract e seus associados.


Magusto, almoço de companheirismo do Rotary Club de Torres Vedras, 19 de Novembro

O Rotary Club de Torres Vedras organizou no sábado, dia 19 de Novembro, o MAGUSTO DE S. MARTINHO, nas instalações do CAERO- Centro de Apoio ao Empresário, em Torres Vedras. Almoço que reuniu largas dezenas de companheiros e familiares, decorreu num animado espírito de companheirismo. O repasto escolhido manteve a tradição, a que não faltou o caldo verde, grelhados, água-pé e boas castanhas.


O Rotary Club de Torres Vedras, visita o Núcleo do CENFIM de Torres Vedras

O Rotary Club de Torres Vedras, realizou uma visita ao Núcleo do CENFIM de Torres Vedras no dia 23 de Novembro, no âmbito de um programa do Clube, para conhecimento e divulgação do que de melhor se faz nas indústrias do Concelho e na formação dos recursos humanos para o seu desenvolvimento.

Nesta visita os Rotários do Clube de Torres Vedras, foram acompanhados pelo Sr. Vereador da Câmara Municipal, Sr. Sérgio Galvão e pela Srª Dra. Raquel Luz, responsável pelo Gabinete de Apoio às Empresas e recebidos pela Srª Drª Cristina Botas, Directora de Núcleo.

Após uma visita às salas de aula, a Drª Cristina fez uma apresentação do Núcleo do CENFIM de Torres Vedras historiando um pouco da sua actividade desde o início em Fevereiro de 1989, na Região do Oeste, zona com grande implantação de Micro e Pequenas e Médias Empresas, tendo o Núcleo desenvolvido actividade relevante na área das Construções Metálicas-


Serralharia Civil e Soldadura, Construções Mecânicas - Torneamento, Fresagem e Manutenção Mecânica, Desenho de Construções Mecânicas, Electromecânica Industrial, Electricidade de manutenção e mais recentemente nas áreas de CNC e agora das Energias Renováveis, respondendo assim positivamente às crescentes solicitações e necessidades dessas Empresas. O Núcleo de Torres Vedras ao longo dos anos da sua actividade tem apostado em dois vectores centrais, a Formação Contínua de Activos e a Formação Inicial de Jovens, tendo obtido particularmente nesta última modalidade resultados que muito prestigiam o Núcleo, assim como a Cidade de Torres Vedras, colocando Jovens formados e qualificados em quase todas as Empresas da Região, tendo a Responsável enfatizado, que a taxa de empregabilidade rondava os 90%. Foi tambem referida a participação do Núcleo de Torres Vedras, com reconhecido êxito, nos Campeonatos de Formação Profissional aonde obteve diversos prémios, em várias profissões.

Terminada a exposição sobre a actividade do CENFIM, a Drª Cristina acompanhou os visitantes pelas áreas oficinais, mostrando muitos dos trabalhos de excelência realizados pelos alunos.


O Vereador da Câmara Municipal, Sr. Sérgio Galvão, a Dra. Raquel Luz, responsável pelo Gabinete de Apoio às Empresas, bem como os membros do Rotary Club de Torres Vedras, recolheram desta visita, a certeza do papel absolutamente determinante, do Núcleo do CENFIM de Torres Vedras, na formação e valorização dos recursos humanos no Concelho, realizada através de um Grupo de Profissionais motivados, que continuadamente se relacionam com as Empresas da Região, a fim de encontrarem resposta para as necessidades de mão-de-obra altamente qualificada.


Os Rotários de Torres Vedras visitam o Museu Particular nos Campelos

O Rotary Club de Torres Vedras, realizou no dia 3 de Dezembro, sábado, uma deslocação aos Campelos, com almoço no restaurante o Pote, seguido de uma visita ao Museu Particular do Sr. Florentino Manuel Lopes.

Estiveram presentes para esta jornada cultural, um animado grupo de Companheiros e esposas que se prepararam para a visita ao Museu, começando com um belíssimo almoço de bacalhau c/ broa, batata a murro e migas no restaurante o Pote.


A visita ao museu, preencheu grande parte da tarde soalheira de um agradável dia de Outono. O grupo foi acompanhado pelo dono o Sr. Florentino Manuel Lopes que explicou detalhadamente todas as peças que compõem esta riquíssima colecção de alfaias agrícolas, utensílios caseiros, cerâmica de enorme valor patrimonial, charretes e outros veículos de deslocação puxados por cavalos, bem como diferentes recriações do ambiente escolar, até mesmo uma pequena habitação recheada de preciosidades da vida privada, das gentes das aldeias no sec XIX e XX.


O Sr Florentino Manuel Lopes, pelo gosto que tem por tudo o quanto é antigo começou há vários anos a adquirir objectos; criando assim o seu próprio museu etnográfico. O seu sonho está realizado, tem um património vastíssimo e de um valor incalculável. Falta agora o inventário, classificação e um espaço capaz de melhor acomodar tão importante espólio. Divulgar este património junto da população académica e/ou universidades, bem como fundações, a fim de procurar técnicos qualificados para este trabalho de investigação, é o mínimo que os Rotários de Torres Vedras, poderão fazer depois desta visita cultural tão interessante.


Jantar de Natal do Rotary Club de Torres Vedras

O Jantar de Natal do Rotary Club de Torres Vedras, do passado dia 20 de Dezembro, constituiu uma verdadeira festa da família rotária com a sala completamente cheia. Tratando-se essencialmente de um momento de convívio entre todos os presentes, a agenda protocolar foi dispensada para privilegiar a razão principal do encontro. Os votos de Boas Festas e de um Bom Ano de 2012, tornaram-se no denominador comum de todas as conversas, como é habitual dos nossos convívios com esta motivação. Todos os presentes ao Jantar de Natal, em resultado de uma louvável iniciativa do Rotaract de Torres Vedras, trouxeram para ser distribuídos no Concelho, géneros alimentícios, que irão concorrer para melhorar um pouco o natal de algumas famílias.


Procedeu-se também como é tradição nos nossos jantares natalícios, a uma troca de prendas trazidas pelas Senhoras presentes e que foram entregues pelos dois netos da nossa Companheira Manuela Branco.


Ainda em mais uma iniciativa do Rotaract de Torres Vedras, foram vendidas rifas aos participantes do Jantar, que ao serem sorteadas, atribuíram o 2º prémio ao nosso Companheiro Carlos Feliciano, que sugeriu realização de um leilão, concretizado de imediato o prémio foi arrematado pelo nosso Companheiro Ferreira Nunes. O 1º prémio saiu à nossa Companheira Sócia Honorária do Clube, Cilinha Perdigão que o devolveu ao Rotaract para numa próxima iniciativa ser de novo sorteado.


O Jantar terminou num elevado espírito natalício, tendo o Presidente do Clube desejado a todos os membros, respectivos familiares e amigos, um Santo Natal e um Novo Ano de 2012 pleno de realizações pessoais e profissionais.


O Rotary Club de Torres Vedras entregou uma prenda de natal ao Centro de Acolhimento Temporário RENASCER

Todos os anos pelo Natal o Rotary Club de Torres Vedras escolhe uma Instituição Particular de Solidariedade Social, para fazer a entrega de uma de natal. Este ano o Rotary escolheu a RENASCER, Centro de Acolhimento Temporário em Torres Vedras. Alguns Companheiros Rotários, no dia 30 de Dezembro, deslocaram-se ao Centro de Acolhimento Temporário, para fazer a entrega de um aspirador industrial, oferecido pelo Rotary de Torres Vedras a esta Instituição. Foram recebidos pelo Presidente da Direcção da Instituição, Vítor Canas e pelo responsável do projecto C.A.T. RESNASCER Renato Melícias, que tiveram a amabilidade de descrever a actividade do Centro e proporcionar uma visita às instalações.


NotĂ­cias do Rotary Club de Torres Vedras No Jornal Badaladas


O Jornal Badaladas, na sua edição de 1 de Julho, escreve sobre o Jantar de transferência de tarefas no Rotary Club de Torres Vedras

João Perdigão é o novo presidente do Rotary Club de Torres Vedras para o ano rotário 2011/2012, que tem por lema “Conheça a si mesmo para envolver a humanidade”.

A transmissão de tarefas do presidente cessante, João Pereira, para o novo líder dos rotários, João Perdigão, aconteceu no passado dia 21 de Junho, em mais um jantar festivo daquela organização no salão do hotel Império, como é habitual. Depois dos agradecimentos da praxe, João Perdigão iniciou o seu mandato com um apelo a todos os sócios para uma gestão participativa e colaborante. “Participem em todos os actos do clube, pois só assim seremos, de facto, solidários”, disse aquele responsável, lembrando que o movimento rotário gira em torno do ideal de serviço assente no lema “dar de si antes de pensar em si”, sendo o companheirismo e a prestação de serviço dois pilares fundamentais para os rotários. João Perdigão afirmou que é sua intenção contribuir para o prolongar da estabilidade adquirida na gestão do clube e comprometeu-se em dar continuidade aos projectos em curso. Traçou as prioridades do plano de acção do clube para o próximo ano rotário, nomeadamente a ampliação do número de sócios e aos projectos de prestação de serviços. “Estaremos atentos à comunidade local, especialmente às suas expectativas e necessidades, no sentido de podermos ser mais eficazes na dinamização de acções de carácter humanitário”, frisou João Perdigão.


O novo presidente deixou também uma palavra de incentivo aos elementos do recém-criado Rotaract, estrutura rotária de jovens “que seguramente irá marcar, com o dinamismo de que já deu provas, uma presença activa e inovadora nos projectos do clube, para além das suas próprias iniciativas”, concluiu. O novo conselho director ficou assim constituído: presidente, João Perdigão; vice-presidente, José António Santos; secretário e director da comissão de administração do clube, João Pereira; tesoureiro, Mário Rodrigues; director de protocolo Carlos Reis; director da comissão de relações públicas, Ana Margarida; director da comissão da fundação rotária, Fernando Ramos; director da comissão de projectos de prestação de serviços, Carlos Alberto; director da comissão de desenvolvimento do quadro social, Vítor Antunes; director da comissão de novas geraçõees, Carlos Feliciano; Rotary Foundation, Boaventura Nogueira; relações externas, José Alfaro. Raúl Patrocínio Duarte, responsável pelo Grupo Raúl Patrocínio Duarte SA e gerente dos Viveiros da Silveira, é o novo sócio do clube, tendo sido emblemado ainda por João Pereira, após o jantar. Entretanto, em representação do governador do Distrito Rotário 1960, Boaventura Nogueira entregou ao clube a menção presidencial, outorgada ao Rotary Club de Torres Vedras pelo Rotary International, por ter demonstrado, no ano 2010/11, compromisso com as actividades de companheirismo e de serviços humanitários. Entretanto, Vasco Fernandes, rotário e provedor da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, recebeu a distinção “companheiro Paul Harris” pela sua contribuição financeira com a Rotary Foundation, para o Fundo Anual para Programas. De seguida foram distinguidos com o diploma de mérito pela sua presença activa e sem faltas nas reuniões semanais do clube durante o ano 2010/11 os companheiros João Pereira, Boaventura Nogueira, Vasco Fernandes, Carlos Reis e João Perdigão. Por fim foram entregues distinções por serviços meritórios, pela disponiblidade, competência e dedicação à causa rotária no apoio contínuo ao objectivo do Rotary a João Perdigão e Carlos Feliciano. Não estando este último presente, recebeu o diploma a filha, Marta Feliciano, presidente do Rotaract. Por fim, o presidente cessante, João Pereira, recordou as acções realizadas durante a sua presidência, da qual fez um balanço positivo. Igual opinião tiveram os seus companheiros, que o distinguiram pelo trabalho de excelência realizado ao longo do ano rotário. A distinção foi entregue pelos sócios fundadores Vasco Perdigão e António Ferreira Nunes. “Há presidentes que fazem muito, mas há uns que fazem mais um pouquinho”, sublinhou Ferreira Nunes. Estiveram presentes vários clubes de outras zonas do país e a vereadora Ana Umbelino, em representação da Câmara Municipal, tendo reconhecido o “papel desta agremiação em prol do desenvolvimento da comunidade, na vertente social e cultura”. Fonte: Jornal Badaladas Autor: Eunice Francisco


O Jornal Badaladas, na sua edição de 7 de Outubro, escreve sobre o Jantar Palestra do Rotary Club de Torres Vedras

Henrique Neto foi o convidado do Rotary Club de Torres Vedras Uma estratégia para Portugal

No jantar com palestra do Rotary Club de Torres Vedras, no passado dia 20 de Setembro, o convidado foi o empresário Henrique Neto, da Marinha Grande. Na reunião do clube agora presidido por João Perdigão foram também entregues diplomas de reconhecimento a três empresas torrienses, que contribuiram para as bolsas de estudo anualmente atribuídas a alunos carenciados, com bom aproveitamento escolar, no ensino secundário ou no universitário: Joper, Tomix e CAERO. Para este ano já existem candidatos para a oferta desses patrocínios. Quanto a Henrique Neto, proprietário de várias empresas, entre as quais a Iberomoldes, uma das mais importantes do mundo no sector dos moldes para plástico, teve também uma intensa actividade política, que começou antes do 25 de Abril de 1974, quando foi candidato a deputado pelo distrito de Leiria pela Oposição Democrática, em 1969. Mais tarde foi deputado pelo PS na legislatura entre 1995 e 1999. A sua intervenção teve por base o seu novo livro, “Uma estratégia para Portugal”, que foi lançado a semana passada. A sua experiência como empresário tem-lhe servido para formar uma opinião acerca da actual situação económica de Portugal. No seu entender, “à medida que se caminha no erro mais difícil é corrigir esse erro”. Por isso defende que se fala demasiado da crise e que é necessário corrigir um erro, custe o que custar, porque caso contrário ele vai permanececer e vai originar outros. Na opinião de Henrique Neto, Portugal precisa de cinco condições para sair do erro em que se encontra. Em primeiro lugar a democratização dos partidos, que têm, na sua opinião, demasiado poder no topo do poder e tornaram-se oligarquias. Em segundo lugar, ter capacidade de previsão e debate aberto. Ou seja, para se concorrer com os outros é preciso


saber prever o futuro e a isso chama-se inovação. O orador defendeu que Portugal precisa de um aliado, que deverá ser os EUA, e um adversário, a Espanha. Defende ainda, em terceiro lugar, uma reforma da administração pública, sem permitir corporações nos campos da Justiça, da Saúde e da Educação. Em quarto lugar advoga o fim da promiscuidade entre poder económico e o poder político. Por último, entende que Portugal deve ter uma estratégia e é aqui que Henrique Neto insiste que devem ser tomadas medidas profundas no país. Nomeadamente, contribuir para ter cidadãos informados e cultos, recursos humanos motivados, bons sistemas de informação, boa logística e aposta nas relações com o exterior, como os países da CPLP. Na opinião do empresário, Portugal pode mudar rapidamente, desde que queira, mas alertou para a máxima: “se continuarmos sempre a fazer a mesma coisa não podemos esperar resultados diferentes”. Autor: Joaquim Ribeiro


O Jornal Badaladas, na sua edição de 28 de Outubro, escreve sobre a visita à SILFESAN realizada pelo Rotary Club de Torres Vedras

SILFESAN é uma serralharia que se destaca pela inovação Rotary visitou empresa da Bordinheira O Rotary Club de Torres Vedras gosta de mostrar exemplos positivos na sociedade, em particular no mundo empresarial. Por isso, uma delegação visitou uma empresa de serralharia civil e tornearia na Bordinheira, a Silfesan, que se tem destacado pela inovação e qualidade do seu trabalho.

Trata-se de uma empresa com 30 anos de existência, contando actualmente com instalações de sete mil metros quadrados, dos quais três mil são de área coberta em três pavilhões, equipados com pontes rolantes com capacidade para cinco toneladas. Labora em quatro linhas distintas: uma linha de maquinação CNC, voltada para a subcontratação de maquinação do mais variado tipo de peças, com pequenas e grandes séries, com rigor e precisão; a linha de torneamento e fresagem, com tornos de um a quatro metros entre pontos e um diâmetro de 1.200 e fresadoras convencionais; a linha de serralharia civil, preparada para dar suporte a todo o tipo de clientes na fabricação e montagem de estruturas metálicas, escadas, portões, gradeamentos e alguns produtos de cerâmica; e a linha de fabrico de diversos contentores para transporte de resíduos sólidos e líquidos. Quanto a equipamento, destacam-se os três centros de maquinação verticais, um outro centro de maquinação vertical de cinco eixos, dois centros de maquinação horizontal com sistema de


paletização, três tornos CNC, um torno CNC de ferramentas motorizadas e tornos e fresas convencionais. Na vertente de serralharia civil dispõe de quinadeira 4m 200t, quinadeira 3m 150t, guilhotina Guifil 10/30, oxi-corte plasma CNC, cinco serrotes e diversos aparelhos de soldar MIG, MAG e TIG. Tem ainda uma cabine de pintura. A produção desta empresa torriense passa pela construção de estruturas metálicas para pavilhões ou para o sector aeronáutico, reparação de silos, trituradores de cereal, contentores, entre outros. A Silfesan foi criada por Silvino Feijão dos Santos e é uma empresa familiar, dirigida por si, pela esposa e os dois filhos. Depois de ter frequentado o curso de montador electricista, trabalhou em várias empresas até se estabelecer por contra própria e em 1992 crisou a Silfesan. A partir do ano 2000 cresceu devido à oportunidade de trabalhar para uma empresa francesa. Hoje entre 70 a 80 por cento destina-se a exportação, graças à sua capacidade de oferta em máquinas que afirma ser única na região. Tem 43 funcionários e a tendência é para crescer, dado que já encontra dificuldade para dar resposta às encomendas. Para esse crescimento, que pode criar mais postos de trabalho, a Silfesan tem projectada uma reestruturação dos seus equipamentos, a criação de uma sala de controlo de qualidade, um túnel de decapagem, pintura e secagem e, sobretudo, a ampliação das instalações. Fonte: Jornal Badaladas Autor: Joaquim Ribeiro


O Jornal Badaladas, na sua edição de 21 de Outubro, escreve sobre a entrega do equipamento de podologia no Centro Hospitalar, no 32º aniversário do Rotary Club de Torres Vedras

Desde Julho que o Centro Hospitalar de Torres Vedras (CHTV) tem em funcionamento a consulta de Pé Diabético.

No passado dia 10, data em que o Rotary Club de Torres Vedras comemorou 32 anos de existência, a sala dedicada ao Pé Diabético recebeu uma cadeira de podologia e um micromotor com aspiração. No acto, oficial, de entrega os rotários fizeram-se acompanhar dos responsáveis pelas empresas Farmácia Santa Cruz e Valanálises, e tambem Raul Patrocínio Duarte, S.A, que patrocinaram a compra do equipamento de podologia. Segundo Filomena Rodrigues, a médica cirurgiã responsável por aquela consulta do CHTV, o equipamento permitirá diferenciar a especialidade de cirurgia geral na unidade hospitalar torriense. A cirurgiã afirmou que a consulta é multidisciplinar, ou seja, que se interliga com outras especialidades, como a medicina geral ou a ortopedia, dependendo da necessidade do utente. Mas acima de tudo esta é uma consulta para a qual os médicos do Centro de Saúde podem enviar os utentes diabéticos para um melhor acompanhamento, tornando-se uma consulta de referência. Filomena Rodrigues tenciona também promover acções de formação para os utentes e para médicos de clínica geral e familiar de maneira a que o trabalho em comum em prol da melhor qualidade de vida do utente possa ser optimizado. Em altura de discursos o administrador do CHTV, Gonçalves André, agradeceu ao Rotary Club de Torres Vedras a disponibilidade em angariar mecenas para ajudar a unidade hospitalar torriense a melhorar as suas condições de recepção aos utentes da região. Em nome dos rotários João Perdigão, presidente em exercício, agradeceu aos patrocinadores do equipamento de podologia e desejou ao CHTV a continuação de bom trabalho.


Tanto Renato Valente como Suzete Duarte, representantes da Farmácia Santa Cruz e Valanálises e do grupo Raúl Patrocínio Duarte, SA, respectivamente, retribuíram as palavras tanto dos rotários como do administrador hospitalar e mostraram-se sensibilizados pelo trabalho realizado pelo CHTV e desejaram que a infra-estrutura continue a ajudar os munícipes que dele precisem. Fonte: Jornal Badaladas Autor: Vanessa Lourenço


O Jornal Badaladas, na sua edição de 21 de Outubro, escreve sobre o Jantar festivo de comemoração do 32º aniversário do Rotary Club de Torres Vedras

Joaquim Ferreira distinguido pelos rotários

O professor-doutor Joaquim Ferreira foi distinguido pelo Rotary Club de Torres Vedras, no passado dia 11, como o profissional do ano. Já o jovem, de 13 anos, Afonso Miao recebeu o diploma e prémio monetário doutor José Maria Antunes Júnior. As distinções foram entregues em dia de comemoração do 32º aniversário de existência do clube rotário torriense, que contou com a presença do governador do distrito 1960, José Coelho, do presidente da Câmara Municipal, Carlos Miguel, e de mais de duas dezenas de representantes de outros clubes rotários de norte a sul do país, além de vários dezenas de associados torrienses, suas famílias e convidados. Tanto o autarca como o governador do distrito rotário elogiaram o trabalho desenvolvido pelo clube de Torres Vedras na forma como apoia e intervem na comunidade. José Coelho, que foi a primeira vez que visitou o clube torriense, informou que brevemente o clube Rotaract (integrado por jovens dos 18 aos 30 anos) será investido oficialmente: “mas sintam-se já empossados, porque são plenamente da nossa família”. O governador do distrito deixou ainda uma mensagem, que entronca na missiva mundial do movimento, através do lema «Conheça a si mesmo para envolver a humanidade» e que, nas palavras de José Coelho, convida à reflexão sobre a família (raiz da sociedade), a continuidade (para dar força ao movimento solidário) e mudança (para explorar novos pontos de vista, analisar para aperfeiçoar e acreditar que é possível fazer mais e melhor), tudo sem nunca se esquecer a ética e a solidariedade para com a comunidade, além do estímulo dos seus sócios à acção no trabalho de cariz humanitário. Por sua vez Carlos Miguel elogiou as escolhas feitas para entrega das distinções por ambos serem “ilustres torrienses, que simbolizam aquilo que é a vida do concelho”, e agradeceu o trabalho dos rotários em prol da comunidade torriense.


João Perdigão, presidente dos rotários torrienses, agradeceu a presença de todos e fez o brinde de aniversário, escusando-se a tecer palavras em relação aos distinguidos, uma vez que os currículos e acções dos galardoados, lidos pelo protocolo, diziam tudo. Os distinguidos Afonso Miao, de 13 anos, frequenta o oitavo ano na Escola São Gonçalo, onde é excelente aluno, é atleta da Associação Física e Desportiva de Torres Vedras, tendo ficado em primeiro lugar em várias competições nas modalidades de tumbling, mini-trampolim e duplomini-trampolim a nível nacional. Recebeu em 2010 a medalha de bronze do município, em Novembro receberá a medalha de prata por prestações já realizadas no decorrer deste ano. Joaquim Ferreira tem 43 anos, foi aluno de notas 20, é professor-doutor especialista em Neurologia e em Farmacologia Clínica, professor universitário na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e investigador da doença de Parkinson. É ainda membro de várias sociedades científicas nacionais e internacionais, além de ser coordenador ou membro de unidades de ensaios clínicos ou grupos de trabalho sobre tratamentos neuroprotectores. Este torriense ainda tem tempo para orientar projectos de dissertação e participar com textos em várias publicações e reuniões científicas, as suas áreas de interesse são as “Doenças do Movimento” e a Neurofarmacologia Clínica. É um dos promotores do futuro Campus Neurológico Sénior que está a ser construído na encosta do Varatojo. Fonte: Jornal Badaladas Autor: Vanessa Lourenço


O Jornal Badaladas, na sua edição de 2 de Dezembro, escreve sobre o Jantar Festivo para entrega da Carta Constitucional ao Rotaract de Torres Vedras

O auditório do Centro de Apoio ao Empresário da Região Oeste, em Torres Vedras, recebeu no passado dia 22 de Novembro o jantar comemorativo da entrega do certificado oficial de formação do Rotaract Club de Torres Vedras. Num serão repleto de significado participaram cerca de uma centena de convivas oriundos não só do Rotary Club torriense mas de outros clubes rotários do Distrito 1960 que compartilharam com os jovens rotaractistas de Torres Vedras o espírito de companheirismo que os caracteriza.

Com um trabalho de onze meses de formação, o Rotaract Club de Torres Vedras é presidido por Marta Feliciano que recebeu das mãos do governador rotário a carta constitucional. José Coelho não deixou passar a ocasião sem que sublinhasse a importância daquele dia não só para os jovens torrienses mas para todo o movimento rotário já que ali estava a ser dado mais um passo no rejuvenescimento do movimento. Aquele responsável deixou igualmente uma mensagem aos Rotary Club presentes ao afirmar que o contributo das novas gerações é fundamental e elas deverão ser parceiras nas acções de serviço e de amor ao próximo. Também o presidente do Rotary Club de Torres Vedras, João Perdigão, congratulou o grupo de jovens. O Rotaract é um programa do Rotary que consiste em clubes dedicados à prestação de serviços integrados por jovens entre os 18 e os 30 anos da comunidade em geral ou de uma universidade. O Rotaract é um dos programas mais bem-sucedidos do Rotary, um verdadeiro fenómeno com mais de oito mil clubes em 155 países e regiões geográficas. Todas as iniciativas de projecto surgem das próprias necessidades da comunidade e promovem a paz e a compreensão internacional através da amizade e do trabalho em cooperação. Por seu lado, Marta Feliciano mostrou-se feliz e ao mesmo tempo responsável por dinamizar


um grupo que se entregará para fazer mais e melhor em prol da comunidade onde se insere, consciente que aquele foi o primeiro dia de novos desafios. Refira-se que em Torres Vedras já tinha existido o Rotaract Club que lançou no espírito rotário muitos dos actuais membros do clube torriense. A última presidente foi Ana Margarida Santos que na noite do passado dia 22 deu o seu testemunho acerca da sua vivência rotaractista e de como isso a influenciou ao longo da sua vida, nomeadamente a ética e os ensinamentos dos mais velhos que contribuíram para que os jovens membros se tornassem mais homens e mais mulheres. O Rotaract Club de Torres Vedras é composto por Marta Feliciano (presidente), Vânia Bizarro (vice-presidente), Susana Silva (protocolo), Sandra Boaventura (secretária), David Nunes (tesoureiro) e pelos sócios Luís Franco, Gonçalo Bento e Inês Ferreira que no dia 22 também receberam os seus emblemas. Fonte: Jornal Badaladas Autor: Nuno de Almeida


O Jornal Badaladas, na sua edição de 25 de Novembro, escreve sobre o Jantar Palestra do Rotary Club de Torres Vedras

Em jantar debate do Rotary Club de Torres Vedras João Salgueiro defende uma atitude diferente para o país

O economista João Salgueiro defendeu na noite do passado dia 15 em Torres Vedras, durante a realização de mais um jantar debate do Rotary Clube torriense, que "isto já lá não vai apenas com sacrifícios". Na óptica do ex-ministro de Estado, das Finanças e do Plano do oitavo Governo constitucional "é preciso um novo paradigma de desenvolvimento", que passa obrigatoriamente por uma "atitude diferente de todos nós". Partindo do reconhecimento de que o Oeste é ainda uma região com "fortes potencialidades" no conjunto do país, o actual membro do Conselho Económico e Social mostrou-se no entanto "mais optimista hoje do que há um ano". Justificando que "a crise das dívidas soberanas marca um antes e um depois na forma de estar dos portugueses".


Taxativo, rematou então que "para vivermos como europeus, temos de nos organizar enquanto tal, ou seja, como europeus". Assumindo-se um "acérrimo crítico" em relação ã "cultura do pouco rigor, da improvisação e do incumprimento crónico" de Portugal, João Salgueiro acrescentou entretanto que "chega de adiar as reformas de que o país necessita". E alertou: "se queremos ter futuro, é preciso mudar urgentemente do paradigma da ostentação para o do desempenho". Ambição, auto-confiança, disciplina, coragem e determinação foram alguns dos desafios que deixou à assembleia que o escutava atentamente em mais um jantar debate promovido pelo Rotary Club de Torres Vedras. Antes de terminar, o também vogal do Fundo de Garantia de Depósitos e colaborador da Faculdade de Economia da Universidade de Lisboa disse que "tem de haver uma maior fiscalização por parte da Assembleia da República aos actos do Governo". Fonte: Jornal Badaladas Autor: Fernando Miguel

Seis Meses de Actividade  

Activividade do Primeiro semestre do Rotary Club de Torres Vedras

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you