Page 1

PANORAMA TAQUARA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016 • Nº 2307 • 16 PÁGINAS • WWW.JORNALPANORAMA.COM.BR • R$ 2,00

Daíse Carvalho

EXCLUSIVO

Adolescente que planejou matar a família continuará internada Página 11

TAQUARA

Promotor diz ter provas de fraude à fila do SUS Página 6

POLÍTICA

Novos projetos de ensino ganham força na região Em Taquara, a Escola Infantil Vovó Mina (foto acima), na localidade de Padilha, é um projeto piloto de parceria entre a Associação de Moradores e a Prefeitura de Taquara. Já em Igrejinha, foi instalada, na semana passada, a primeira Cooperativa Escolar, na Escola Municipal de Lajeadinho. A iniciativa busca incentivar alunos de escolas públicas a trabalharem em projetos elaborados e executados por eles próprios.

Página Central

Beto Lemos e Fabiano Matte avaliam derrota na eleição Página 5

ESPORTE

Jogador taquarense disputa final da Série C Página 12


2

ABERTURA

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

FOTOS DA SEMANA

Envie colaborações ao Panorama pelo Whatsapp. 9961.4400

EDITORIAL Fotos: Cristiano Vargas

A necessidade da transparência

Feriado de Finados, na quarta-feira, movimentou o Cemitério Municipal de Taquara com familiares e amigos que prestaram homenagens a entes que já partiram. O momento também foi de oração e agradecimento, como nas fotos registradas pelo repórter Cristiano Vargas.

A Prefeitura de Taquara remeteu à Câmara de Vereadores mais um projeto de lei tratando do funcionamento do Hospital Bom Jesus. No caso, a proposta, aprovada nesta semana, regula o convênio mantido pela administração municipal com o Instituto de Saúde e Educação Vida (ISEV), para que esta entidade faça a gestão e a manutenção da casa de saúde taquarense. Por mais seis meses, o Executivo terá o direito de efetuar repasses sem limitação financeira ao Bom Jesus, o que denota a necessidade de acentuar a transparência no funcionamento do hospital. Como se sabe, o Instituto Vida assumiu a gestão do Bom Jesus em abril deste ano, substituindo o Sistema de Saúde Mãe de Deus. Panorama pontuou, aqui neste editorial, em mais de uma ocasião, o quanto o antigo gestor do hospital tinha dificuldades em lidar com a divulgação de números relacionados à operação e funcionamento da casa de saúde. São dados que, a rigor, deveriam ser

públicos, mas que o Mãe de Deus, por orientação superior, evitava divulgá-los. E os dados devem ser públicos por uma questão simples: são oriundos dos impostos, em sua maioria, pois repassados pelo governo do Estado e a Prefeitura de Taquara. Trocada a gestão, a Prefeitura manteve, com o Instituto Vida, o compromisso de repassar R$ 130 mil por mês à operação do hospital. O grosso do dinheiro necessário à manutenção continua a cargo do governo gaúcho. Mas, nos primeiros seis meses, portanto, de abril a outubro, a própria administração colocou liberação no projeto de lei para efetuar repasses maiores, sem um limite fixado. A ideia foi aceita pelos vereadores em abril. Agora, a administração propôs aumentar esse prazo, ou seja, estendê-lo até abril do ano que vem. Portanto, pelo período de um ano, o Executivo de Taquara estará autorizado a efetuar todos os repasses que entender

necessários para a operação do Bom Jesus. Não se trata aqui de discutir a necessidade destes repasses. Provavelmente, todos são imprescindíveis à manutenção em funcionamento do hospital, uma vez que são conhecidos e notórios os atrasos que o governo gaúcho vem tendo com os pagamentos a seus credores, que o diga o funcionalismo público estadual. Entretanto, mais uma vez está acentuada a necessidade de transparência nas contas do Hospital Bom Jesus. Afinal, quanto o Estado deve? Qual o custo mensal da casa de saúde? Qual tem sido o déficit financeiro enfrentado? Qual será o cronograma financeiro que a prefeitura seguirá para os pagamentos ao hospital? Enfim, é preciso respostas às perguntas que já eram feitas ao Mãe de Deus e que, por enquanto, continuam não sendo melhor esclarecidas pela nova gestão do Bom Jesus e pela própria administração de Taquara. Fotos: Divulgação

CAIXA POSTAL 59 Contribua com seu artigo. Envie para editoria@jornalpanorama.com.br O texto deve conter no máximo 1500 caracteres

CEMITÉRIO DO INTERIOR

O verdadeiro tapa na cara “..Neste caso, o que a imprensa deve fazer é, com a cautela necessária ao assunto, fiscalizar as investigações e divulgar todos os dados que conseguir apurar. Somente com transparência a sociedade conseguirá corrigir eventuais falhas.” (Editorial, edição 2306, de 28/10/2016). Desta vez me senti muito ofendido. O editorial do Jornal Panorama traz esta frase que não me saiu da cabeça até agora. Imaginem a imprensa ter que fazer o papel de fiscal das investigações para apurar a fraude à fila do SUS em nossa cidade. Onde está o poder que fiscaliza o Executivo? Onde estão os Vereadores? Muito embora o Ministério Público já esteja investigando e que o prefeito tenha anunciado uma comissão de inquérito, o povo foi afastado de acompanhar estas duas providências porque foi decidido que não há necessidade disso. A maioria dos vereadores não quer fiscalizar nada. Como se nada tivesse acontecido. O povo que se exploda! No tempo da ditadura, os que concordavam em tudo com o governo eram chamados de pelegos! Acho que o prefeito está usando seus nove vereadores aliados e tirando do povo o que é de direito! Agora restou claro como serão estes próximos quatro anos, e que o objetivo dos nobres edis é passar no banco no dia 30 e pegar os oito mil reais, sem qualquer parcelamento! Ainda bem que nosso jornal está de olho nesta gente. Ainda bem que existe imprensa livre, senão, coitados de nós! Taquara não merece isto que os Vereadores estão fazendo. Foi um verdadeiro tapa na cara do povo, e logo depois da eleição! Tiago Blauth, eleitor e estudante de Direito, de Taquara

Nairioli Antunes Callegaro, presidente do MTG, prefeito Tito Livio Jaeger Filho, Valdomiro Salvador da Rosa, Leoveral Antônio Goulart da Encarnação e Leandro da Silva Pacheco

COMENDA JOÃO DE BARRO O prefeito de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, recebeu, no último sábado, a Comenda João de Barro, concedida pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), durante programação que celebrou os 50 anos da entidade. A premiação, entregue anualmente a três selecionados por cada Região Tradicionalista (RT), tem como objetivo homenagear as pessoas e entidades que promoveram ações em defesa, manutenção e promoção da causa cultural do gaúcho. Segundo Leandro da Silva Pacheco, coordenador da 22ª Região Tradicionalista – composta pelos seis municípios do Vale do Paranhana, o nome de Tito foi indicado em função das diversas ações e atividades organizadas pela 22ª RT, que foram apoiadas e prestigiadas pelo prefeito de Taquara. Neste ano, a 22ª Região Tradicionalista também indicou os nomes de Valdomiro Salvador da Rosa, fundador do CTG Passo dos Tropeiros, de Rolante, e de Leoveral Antônio Goulart da Encarnação, de Parobé. Durante a cerimônia, ocorrida no Centro Municipal de Eventos da Cultura Gaúcha Almir Azeredo Ramos (Casa do Gaúcho), no Parque Maurício Sirotski, em Porto Alegre, o prefeito Tito recebeu a Comenda João de Barro das mãos de Nairioli Antunes Callegaro, presidente do MTG.

PANORAMA

Fundado em 27/9/1975

Um trabalho que merece reconhecimento, em Taquara, é o de revitalização do Cemitério de Passo do Mundo Novo, no interior do município. Em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, a conselheira tutelar Laura Fagundes Prestes, que está à frente da iniciativa, destacou que se trata de um movimento da própria comunidade, que vem cuidando do espaço. Nos últimos dias, houve intensa revitalização para receber as pessoas que foram ao local durante o feriado de Finados.

CPI NA CÂMARA O vereador de Taquara Nelson José Martins (PMDB) anunciou, em seu pronunciamento na Câmara, nesta semana, que solicitará, na sessão da próxima terça-feira, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) em relação ao setor de saúde. Ao Panorama, Nelson disse que obteve novas documentações relacionadas a supostas irregularidades ocorridas em Taquara. Nelson acrescentou que já possui as assinaturas necessárias para que a CPI seja efetivamente criada pela Câmara. Contudo, a documentação a respeito, o vereador preferiu divulgar apenas na sessão da próxima semana do Legislativo.

NONO DÍGITO

A partir deste domingo, os números de celulares do Rio Grande do Sul passarão a ter um novo dígito. A medida começou a ser implementada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em 2012 e tem como objetivo aumentar a disponibilidade de linhas de telefonia celular. Com a mudança, os números de celulares passam de oito para nove dígitos e, com isso, para efetuar qualquer ligação, será necessário digitar o nove na frente dos oito números antigos. (9xxxx-xxxx).

Editado pela EMPRESA JORNALÍSTICA GAÚCHA LTDA. Inscrição Estadual: 141/0071666 - CNJP: 88.279385/0001-19 Rua Rio Branco, 1006 - Fone: 3542.2288 - Taquara/RS - CEP: 95.600-000

Jornalismo: editoria@jornalpanorama.com.br Publicidade: publicidade@jornalpanorama.com.br Direção: direcao@jornalpanorama.com.br Diretor: Olavo Carlos Wagner Editores: Inge Dienstmann | Vinicius Linden

Impressão: Gazeta do Sul (051) 3715.7800 / 3715.7887 Circulação às sextas-feiras em Taquara, Parobé, Igrejinha, Três Coroas, Rolante e Riozinho (Vale do Paranhana). Fechamento comercial quartas ao meio-dia.


TAQUARA

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

Prefeitura Mirim grava parte de projeto na Rádio Taquara

Matrículas e rematrículas a partir da próxima semana Cristiano Vargas

Integrantes da Prefeitura Mirim gravaram parte do projeto “Conhecendo Taquara através da Dança” na área externa da sede da Rádio Taquara e do Jornal Panorama, na tarde da última sextafeira. Os estudantes estão coletando imagens desde o dia 16 deste mês, e devem continuar até as próximas semanas. O objetivo do projeto é apresentar a cidade de uma forma descontraída. Os jovens da Prefeitura Mirim ensaiaram cinco coreografias, em parceria com o SESC, que serão filmadas nos principais pontos da cidade e depois publicadas em redes sociais. O vídeo concluído com os 25 pontos escolhidos de Taquara será apresentado no final de novembro, em uma sessão aberta ao público, no Centro Educacional Índio Brasileiro Cézar. Os cenários de gravação escolhidos são Faccat, Escola Calisto Eolálio Letti, Escola Emílio Leicht-

3

O período de matrículas e rematrículas na educação infantil, ensino fundamental e médio da rede municipal começa a partir da próxima semana. As datas variam conforme a etapa da educação, algumas encerrando em dezembro. Matrícula Educação Infantil: a atualização dos dados cadastrais das crianças em lista de espera será realizada no período de 3 a 9 de novembro, das 7 às 13 horas, na Secretaria de Educação, Esporte e Cultura. A seleção das crianças que frequentarão a educação infantil em 2017 acontecerá no período de 10 a 16 de novembro. As matrículas para as selecionadas serão no período de 5 a 15 de dezembro, das 6h30min às 18h30min, de segunda à sexta-feira, efetuadas pelos pais ou responsáveis legais do aluno, na secretaria da

escola. Rematrícula Educação Infantil: serão realizadas no período de 16 de novembro a 1º de dezembro, das 6h30min às 18h30min, na escola onde a criança está matriculada, pelos pais ou responsáveis legais do aluno matrícula. Rematrículas Ensino Fundamental e Ensino para Jovens e Adultos: serão realizadas no período de 21 a 25 de novembro, no horário das 8 às 11 horas e das 13h30min às 16h30min, e no dia 26 de novembro, no horário das 8 às 11 horas. Matrículas Ensino Fundamental e Ensino para Jovens e Adultos: a partir do dia 26 de novembro, no horário das 8 às 11 horas, e no período de 28 de novembro a 5 de dezembro, das 8 às 11 horas e das 13h30min às 16h30min.

A iniciativa busca apresentar pontos da cidade de forma descontraída

veis, Prefeitura, Praça Marechal Deodoro, Capela Santa Rosa (150 anos), Pinheiro mais antigo (esquina das ruas Auto João Muratore e Santa Rosa), CTG O Fogão Gaúcho, Par-

que do Trabalhador, Clube Comercial, CICS, Rádio Taquara, Jornal Taquara, Igrejas Católica e Evangélica, Colégio Santa Teresinha, Escola Rodolfo Von Ihering, IACS, Campo do

Feira de Inovação Tecnológica do Cimol começa na próxima terça-feira A abertura oficial da 9ª Feira de Inovação Tecnológica (Feintec) da Escola Técnica Monteiro Lobato (Cimol) será na terçafeira, às 13h30min, seguida das primeiras visitações e avaliações de projetos. A edição deste ano traz como tema “O começo pode ter muitas sensações”. Em paralelo, acontecerá a sexta Mostra de Profissões (MOP) A programação continua na quarta-feira, nos três turnos. O encerramento será na quinta-feira, com as premiações a partir das 15 horas. De acordo com a coordenadora do evento e também do Curso Técnico em Eletrônica, Priscila Kasper, os alunos foram instigados a desenvolver os projetos

“através da busca e análise de problemas comuns da rotina deles, onde a solução pudesse ser útil socialmente a outras pessoas”, explica. Nesta edição, 51 projetos participarão, desenvolvidos por 112 alunos dos cursos de Eletrônica, Design de Móveis, Mecânica, Móveis, Meio Ambiente, Química e Informática. Eles foram orientados por 27 professores e serão avaliados por 55 profissionais. As premiações são uma bolsa parcial de estudos na Faccat, dois cursos de extensão na Feevale e credenciais para feiras e mostras. Dentre elas está a ExpoIngenieria, na Costa Rica, e a Ciências do Campus, em Portugal.

Taquarense, Museu Histórico Adelmo Trott, Ponto Parque, Sociedade Rio da Ilha, Toca Santa, Casa Vidal, ONG Vida Breve – Hip Hop, Empresa Ambiente Verde.

DOE SANGUE A vida de alguém pode depender deste gesto.


4

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

TAQUARA Pixel Produções

Conselho Municipal de Cultura busca participação da comunidade

Participaram do evento alunos do educandário e convidados

Escola Breno Ritter realiza evento musical A Escola Estadual Doutor Breno Ritter, do bairro Empresa, realizou uma edição própria do programa The Voice na quinta-feira passada, no educandário. Participaram do evento musical os estudantes da educação infantil até o quinto ano, ex-alunos e convidados por professores e funcionários. A iniciativa contou com 11 concorrentes na modalidade aluno e seis na

de convidados. Os jurados foram a atual diretora Ana Lúcia Neves, a ex-diretora e vereadora Sirlei Silveira, a cantora e professora Natalia Teixeira e a artista Letícia Roennau, participante do The Voice Kids no time de Victor & Leo. O evento buscou valorizar os talentos do educandário, incentivar a cultura musical e aproximar a comunidade escolar.

OS VENCEDORES FORAM CATEGORIA ALUNO:

CATEGORIA CONVIDADOS:

1º lugar: Ester do Amaral Kaipper. 2º lugar: Douglas Guterres. 3º lugar: Stephani Pedrozo.

1º lugar: Bruno Pedrozo. 2º lugar: Aline Ribeiro. 3º lugar: Ana Cecília e Bruna.

APM do Santa realizará baile A Associação de Pais e Mestres (APM) do Colégio Santa Teresinha realizará, no próximo dia 19, o seu primeiro baile de casais. O evento acontecerá às 20 horas, com animação da Banda Esmeralda e sorteio de brindes. O convite custa R$ 100,00 por casal e pode ser adquirido na secretaria do Santa. O lucro do baile será revertido à construção de um quiosque no Parque do Santa. Também serão beneficiadas duas entidades de Taquara, a Apae, que receberá 2%, e o Lar Padilha, com 1%.

O melhor do flash back! Na Era do Vinil de segunda a sábado a partir das 13hs.

Prazer de ouvir

www.fm91.com.br

SCHAAN ADVOGADOS ASSOCIADOS S/S JOSÉ FERNANDO SCHAAN

OAB/RS nº 2.641

GAYSITA PAHL SCHAAN OAB/RS nº 6.094 GAYSITA SCHAAN RIBEIRO OAB/RS nº 31.724 LUCAS PAHL SCHAAN NÚÑEZ OAB/RS nº 88.998

ESCRITÓRIO: Rua Pinheiro Machado, nº 1287 Centro - Taquara Fone/fax: (51) 3542-1264

Mais de 400 artistas estão envolvidos diretamente no desenvolvimento cultural de Taquara, de maneira que a comemoração da aprovação da Lei do Sistema Municipal de Cultura, SMC, neste ano, pelo Departamento Municipal de Cultura, anima a todos os comprometidos na área. O próximo passo é a formação, em assembleia, do Conselho Municipal de Cultura - órgão consultivo que terá a missão de deliberar e controlar as ações (atividades) de cultura do município. O Conselho é paritário, formado, de um lado, por grupos da comunidade, entidades, associações, entre outros, e de outro, por representantes do governo. Juntos, os membros do conselho decidirão sobre as normas do Regimento Interno. Em seguida, passam a desenvolver todas as suas atividades. O diretor do departamento de cultura do município, Paulo Wagner, informou que atualmente contamos com 14 segmentos que formam a cultura atuante no mu-

nicípio, como música, teatro, artes visuais, dança, artesanato, colecionadores, artes plásticas, escolas de samba, hip hop, break, rap e cultura popular. Todos, com seus respectivos representantes, definirão as políticas determinadas no regimento, que será seguido pelo conjunto. Na opinião de Paulo, a adoção dessa prática acaba com o favoritismo, pois o apoio aos eventos futuros será feito somente mediante aprovação do projeto. “Se até março de 2017 nós conseguirmos fazer funcionar o regimento, podemos comemorar vitória, pois os mecanismos são novos, diferentes e ainda temos muito trabalho pela frente”, avaliou. O conselho que será formado também finalizará o “Mapa da Cultura de Taquara”, identificando os pontos de fomentação de cultura e a valorização estudada das atividades da cidade. “Todo o projeto precisará ter uma contrapartida social, um motivo para ser importante à comunidade. Será um órgão que permitirá a dis-

cussão democrática e transparente, tendo a garantia da participação popular”, considera o diretor. Na lei aprovada há parágrafos explicativos sobre frentes importantes relativas ao planejamento, a informação e a formação técnica inclusiva que possa auxiliar o proponente na elaboração de projetos e todas as partes do procedimento legal e transparente para participar. Com destaque para prestação de contas, pois a prefeitura precisa “fechar bem o caixa”. O diretor garantiu que somente receberá verba para promover atividade cultural aquele que apresentar projeto que estiver constituído legalmente dentro da lei municipal. De acordo com Paulo, a composição do conselho é determinada através da Lei Municipal Nº 5.889, de 22 de setembro de 2016. Na mesma, estão definidas as diretrizes para instituição do Plano Municipal de Cultura e a utilização do Fundo Municipal de Cultura (financiamento para projetos culturais).

Depois do Outubro Rosa, vem aí o Novembro Azul As cores desempenham um papel importante na nossa percepção visual, uma vez que influenciam reações. Há muito tempo nos comunicamos através delas, seja na moda, na alimentação, na arte e, por que não, na saúde? De acordo com a Organização Mundial de Saúde, OMS, as cores vêm sendo adotadas para mobilizar a população no mundo todo e alertar para prevenção de doenças. As mais divulgadas são: a cor vermelha, símbolo da luta contra a Aids; rosa, prevenção do câncer de mama e útero; amarelo, para prevenção do suicídio; azul para câncer de próstata e diabetes; laranja contra o câncer de pele, entre outras. Campanhas de saúde baseadas em cores transmitem de maneira simples a importância da precaução e do auto cuidado, ressaltando nas atividades preventivas o êxito na batalha contra doenças. Na cidade, a Secretaria de Saúde organizou atividades em todas as Unida-

des Básicas de Saúde do município, em alusão à Campanha Outubro Rosa. Durante as palestras, participaram em torno de 1.100 mulheres, foram realizadas cerca de 300 mamografias, 226 exames citopatológicos. “Contamos com muitos parceiros na campanha deste ano, como a Faccat com os alunos de enfermagem, Rotaract Clube, cabeleireiras, maquiadoras, atendendentes, entre outras pessoas envolvidas”, relatou Jorge Amaral, diretor técnico de enfermagem da Unidade Central de Saúde Darcy Ribeiro (Posto 24 Horas). A equipe avalia a Campanha Outubro Rosa de maneira positiva. Para o Novembro Azul revelam promover diversas atividades em todas as Unidades Básicas de Saúde. “Diante da dificuldade do homem aderir, precisamos encarar como desafio, pois estes recorrem menos aos serviços da atenção primária. Costumam procurar o sistema de saúde quando os quadros já se agravam.

Por isso, estaremos desenvolvendo um trabalho diferenciado através da busca ativa com os agentes de saúde nas residências, bem como realização de horários alternativos das ações”, explicou Jorge. O movimento Novembro Azul, é uma campanha internacional de conscientização da saúde do homem, visa a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer na próstata, uma glândula masculina localizada abaixo da bexiga. Na próxima quinta-feira, 17, é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. É o segundo tipo de câncer que mais mata homens no Brasil. A campanha coincide com o mês do “Dia Mundial do Diabetes”, dia definido pela Federação Internacional de Diabetes e OMS como 14 de novembro, desde 1991. A escolha da mesma cor, o azul, não ameaça, muito menos ofusca o alerta para o diabetes. A doença causa cinco milhões de mortes anuais, em parte porque metade das pessoas não

Depoimento de quem superou a doença “Sempre fui uma pessoa que faz os exames todo ano, mas só seis meses depois da existência do nódulo fui reconhecer no toque. Foi em 2002, há 14 anos, fiquei sabendo dias antes do aniversário da filha. No início parece uma sentença de morte, mas resolvi me manter forte. Passei pelo procedimento inteiro do tratamento, fiz quimioterapia, perdi cabelo, mas sempre pensei uma forma positiva. Em toda sessão de químio recebia a medicação de coração aberto. Acreditei na cura, os primeiros dois anos são de intensa observação. A partir

sabe que tem diabetes. É um problema sério de saúde, que traz complicações, mortes cardiovasculares, incapacitações e amputações, cegueira, entre outras. Os laços azuis ao lado dos mustaches (bigodes) já estão nas unidades de saúde da cidade. Além da ornamentação, nestes locais também ocorrerão palestras, distribuição de folders e realização de exames do nível de antígeno prostático específico (PSA) no sangue. É uma substância produzida pelas células da glândula prostática. No dia 27 de novembro, no Parque do Trabalhador, em Taquara, acontecerão atividades de prevenção do câncer de próstata e diabetes. O Programa Hiperdia, desenvolvido mensalmente em todas unidades de saúde, promove durante o ano todo palestras com nutricionistas, médicos, alunos de enfermagem da Faccat, acompanhamentos, informações aos pacientes diabéticos e outras atividades.

daí, se em cinco anos não manifestar nenhum sintoma, a medicina te considera curada. Passou! Hoje, continuo fazendo todos os exames todos os anos. As campanhas são importantes para a conscientização. As mulheres precisam se tocar, o câncer se esconde, precisamos estar atentas aos sinais do nosso corpo. Sou outra mulher, valorizo muito mais as pessoas que estão em volta de mim, me cuido mais e cuido mais dos meus.” Nádia Kirsch, 50 anos, publicitária, aposentada, proprietária da Brigaderia das Gurias


TAQUARA

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

5

Beto Lemos e Fabiano Matte dizem que Tito soube usar estrutura de campanha Os dois candidatos derrotados na disputa à Prefeitura de Taquara, nas eleições deste ano, participaram, nos últimos dias, de entrevistas ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara. Na ocasião, avaliaram o resultado das urnas, que confirmou a reeleição do prefeito Tito Lívio Jaeger Filho (PTB), com um somatório histórico, uma vez que o atual prefeito conseguiu a maior votação já obtida no município. Para Adalberto Lemos (PDT) e Fabiano Matte (PSDB), Tito soube montar uma estrutura de campanha muito forte, contando com as vantagens de estar exercendo a chefia do Executivo. Lemos concedeu entrevista no último dia 28. Disse que ficou muito orgulhoso pelo fato de ter sido escolhido pelo PDT para concorrer à Prefeitura, bem como pela coligação que foi montada, aliando-se ao PMDB e ao PCdoB. Para Beto Lemos, o atual prefeito soube usar

muito bem a máquina pública, no sentido de arregimentar o apoio de cargos de confiança e servidores contratados. Além disso, Lemos avaliou que os seus dois adversários eram mais conhecidos, uma vez que já concorreram na disputa majoritária em pleitos anteriores. Segundo Beto, também foi prejudicial o fato de que se lançou candidato faltando pouco tempo para o início da campanha eleitoral, uma vez que o PDT alimentava o sonho de contar com a ex-vice-prefeita Michelle Sápiras na disputa e, depois, trabalhou o nome do ex-vereador Ary Neves, que não pôde concorrer devido ao entendimento jurídico de que poderia ter a candidatura barrada pela Justiça Eleitoral. Beto disse que não saiu derrotado do pleito, e lembrou as dificuldades enfrentadas pela campanha, principalmente financeiras, para a confecção de mate-

Fotos: Arquivo/Panorama

Beto: lançamento tardio prejudicou campanha

Fabiano: campanha de 2016 teve tom de novidade

riais. Sobre o seu futuro político, disse que continua na presidência do PDT até maio do ano que vem. Afirmou que continuará atuando no meio político, mas ainda não tem nada em definitivo. Beto disse que pretende manter o diretório do partido aberto, para fortalecer o PDT de forma que a sigla volte a concorrer com força nos próximos pleitos. Fabiano Matte participou do programa Painel 1490 na terça-feira. Disse que a campanha eleitoral deste ano teve um tom de novidade, devido à redução do seu

tempo de duração, o que, na avaliação dele, prejudica candidatos com menos recursos e menor estrutura. Na avaliação de Matte, o atual prefeito teve uma estrutura muito forte. "Ele iniciou várias obras que não fez durante os quatro anos, mas iniciou durante esse ano de maneira estratégica. Influenciaram, também, os muitos cargos de confiança, contratos, estagiários. Nem o Délcio [Hugentobler, ex-prefeito e que concorreu à reeleição em 2012], na outra campanha tinha uma estrutura tão forte. Do ponto de vista

Estado corta doação de vacina contra a aftosa

Começou, na terça-feira, a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul. Devem ser imunizados bovinos e bubalinos (gado e bufálos) até o dia 30 deste mês. A campanha é obrigatória, mas, neste segundo semestre, terá uma novidade ruim para os produtores: será a primeira vez que os inscritos no Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) não receberão as doses gratuitamente, em doação do governo do Estado. A medida acontece devido à crise financeira vivenciada pela administração gaúcha. Em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, a fiscal agropecuária da Inspetoria Veterinária de Taquara, Cristine Dutra, explicou que a vacinação, em novembro, é obrigatória para todos os animais de até dois anos, machos e fêmeas. Quem não vacinar, entrará em uma condição de inadimplente, e poderá receber multa cujo valor inicia em R$ 920,00.

Quanto à orientação em relação ao procedimento, Cristine explicou que os produtores devem comprar as doses em uma agropecuária de sua preferência, realizar a imunização e apresentar nota fiscal na sede da Inspetoria, junto à Casa do Governo. Assim que a documentação for apresentada, o rebanho cadastrado em nome do produtor terá sua situação regularizada e não haverá risco de multa. A orientação é de que a vacina seja aplicada em no máximo cinco dias após a compra e que as notas fiscais sejam apresentadas o mais breve possível na Inspetoria, a fim de agilizar o cadastro. O atendimento da Inspetoria é em horário comercial. Sobre a decisão do governo em cortar as doses gratuitas, Cristine explicou que o Rio Grande do Sul era o único estado do país que ainda realiza a campanha contra a febre aftosa com distribuição gratuitas das doses, o que gerava um custo aproximado de R$ 20 milhões por ano.

Peça do Museu do Cimol em exposição

O Museu de História da Tecnologia Harald Alberto Bauer, que funciona junto à Escola Técnica Estadual Monteiro Lobato (Cimol), em Taquara, terá uma peça exposta na nona edição da Olimpíada do Conhecimento, realizada de 9 a 13 deste mês, em Brasília. A promoção é do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e e a peça integrará a exposição "Arte do Ofício", que contará a evolução da tecnologia do homem e seu des-

dobramento no modo de produção. Do museu taquarense foi levado um torno mecânico movido a pedal, de 1890, uma das peças mais raras. O equipamento foi completamente restaurado na empresa taquarense CBEIC Badermann, formada por Emílio Badermann, sócios e funcionários, que se dedicaram duas semanas para que o torno fosse à Olimpíada funcionando. Na foto, Emílio e a peça do museu durante a restauração.

Divulgação

político, temos que elogiar o prefeito, que acertou muito e tombamos em relação a isso", comentou Fabiano. O candidato disse, no entanto, que mesmo com as dificuldades, a sua mensagem e o plano de governo chegaram à população de Taquara, através do uso de redes sociais e das visitas realizadas. Comentando a postura do PSDB em relação à administração, disse que o partido trabalhará como oposição propositiva, fazendo as cobranças e fiscalizações, mas apoiando naquilo que for positivo para o município. "Não temos razão ou motivo para ter mágoa. Temos que ter um compromisso com a cidade, pois se amamos a cidade, queremos vê-la ir para frente", comentou Matte. Sobre seu futuro, Fabiano disse que continuará seu trabalho como professor e advogado, ajudando o partido e a comunidade taquarense naquilo que for preciso. Anunciou que o PSDB reali-

zará eventos para pensar o município e contribuir com o apontamento de soluções para os problemas. Vereador eleito e vice -presidente do PSDB, Luiz Felipe Luz Lehnen também participou da entrevista e disse que, nos últimos anos, faltou alguém mais técnico à administração de Taquara para pautar determinadas situações, e criticou "quantas porcarias" já aconteceram em Taquara após a eleição de 3 de outubro.

RESULTADOS Titinho - 19.958 votos 64,09% Fabiano - 6.594 votos 21,18% Beto Lemos - 4.587 votos 14,73%

NA INTERNET Ouça a íntegra das entrevistas no site do Panorama. Acesse www.jornalpanorama.com.br.


6

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

COMUNIDADE EVANGÉLICA Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

“.... viu Jesus uma grande multidão, compadeceu-se dela e curou os seus enfermos” (Mateus 14.14).

Amigos do Panorama! Se você tiver disposição, leia na sua Bíblia, o texto todo: Mateus 14.13-21. Muitas vezes, tendemos a fazer leitura equivocada dos fatos. Ao valorizarmos o fato de Jesus ter multiplicado os poucos recursos, normalmente ficamos debatendo detalhes. Multiplicar pães e peixes do modo como está relatado é milagre? Acredito que sim, mesmo que alguém queira apontar como crença ingênua. Mas quero ater-me no maravilhoso fato de Jesus ter-se compadecido da multidão e ter agido a favor dessa gente naquele momento. Essa é a diferença, o novo, o inusitado, o milagre que Jesus plantou em nossas vidas: a sua compaixão. Deveria ter outro nome para não ser confundido com o sentimento humano da compaixão. A compaixão limitada, às vezes é restrita, muitas vezes inoperante, e tantas vezes nada mais é que um sentimento frustrado. Jesus teve compaixão e fez o que a compaixão pedia. O pão e os peixes foram mais um detalhe, um gesto, de alguém que estava oferecendo a sua vida por nós. Confiando em Jesus, não nos limitemos a esperar dele somente o pão ao fim de um dia de trabalho ou de lazer. Ele é a própria compaixão de Deus que nos conforta no perdão, nos anima com a sua graça e nos fortalece na caminhada que está diante de nós. Amém. Pastor Valmor Haag PROGRAMAÇÕES Sábado, 5 de novembro: Culto no Lar OASE, às 15 horas; Domingo, 6: Culto na Igreja da Paz (centro) com celebração da Ceia do Senhor.

TAQUARA

Promotor diz que vereadora eleita movimentava sistema do SUS com "login próprio" O Ministério Público segue investigando a suspeita de fraude à fila do Sistema Único de Saúde (SUS) revelada na semana passada e que envolve os municípios de Taquara e Ivoti. No último dia 27, foi realizada a operação F5, que cumpriu mandados de busca e apreensão nos dois municípios. O promotor Flávio Duarte, que está à frente das investigações, concedeu entrevista à Rádio Taquara na sexta-feira passada e disse ter provas da inserção de dados falsos nos cadastros do SUS. Ainda não há prazo para conclusão da investigação, que envolve a vereadora eleita em Taquara Magali Vitorina da Silva (PTB). Na entrevista, o promotor disse que o material apreendido na Operação F5 será analisado de forma contextualizada, e não simplesmente catalogado. Os documentos serão avaliados no contexto das provas que já estavam na investigação. "De qualquer forma, já é possível vislumbrar que muito daquilo que já tínhamos quando postulamos as buscas se confirmou", disse Duarte, acrescentando que pediu os mandados em função de uma "série de casos já do-

CONTRAPONTOS • Panorama buscou contato com Magali da Silva, nesta semana, mas não obteve retorno. Na sextafeira passada, Magali contatou Panorama e disse que se manifestaria sobre o caso, mas somente após ter conhecimento do teor das investigações junto ao Ministério Público. • A Prefeitura de Taquara informou

cumentados de pessoas notoriamente residentes em Ivoti, que sequer conhecem ou têm qualquer tipo de vínculo com Taquara, mas que foram inseridas como se fossem residentes em Taquara". Em nota na semana passada, a Promotoria informou que as investigações mapearam 11 casos de pacientes moradores de Ivoti que conseguiram o agendamento de consultas em tempo recorde por meio de Taquara. Segundo o texto, um dos casos foi referente a cirurgias plásticas nas pálpebras e no nariz, outro de consulta oftalmológica agendada

que abriu sindicância para apurar eventuais irregularidades na marcação de consultas do Sistema Único de Saúde. • A prefeita eleita de Ivoti, Maria de Lourdes Bauermann (PP), negou, em texto nas redes sociais, qualquer irregularidade e disse que está à disposição para colaborar com as investigações.

para apenas 16 dias depois da marcação, quando a espera, em regra, é superior a um ano. Também foi constatada uma consulta com oncologista marcada para 15 dias depois da inserção no sistema. De acordo com Duarte, os cadastros destas pessoas eram feitos com numeração inexiste ou mantinham o nome da rua de Ivoti, apenas alterando o município. Quanto à ex-servidora responsável por efetuar os cadastros em Taquara, Magali da Silva, o promotor se referiu a ela na entrevista como "a pessoa residente em Taquara". Segundo Duarte, seria ela quem mo-

vimentava o sistema, com login próprio, em que aparece o nome dela. Além disso, o promotor afirmou que há vínculo de Magali com duas intermediárias de Ivoti, "indicando que essas três pessoas participavam dessa situação da inserção de dados no sistema, daí também a imputação ainda provisória de dois crimes, a inserção de dados falsos e associação criminosa". O promotor disse que as buscas objetivaram identificar elementos diretos, nos próprios locais em que os fatos, supostamente, eram praticados. Flávio Duarte ainda aguarda o recebimento de informações que foram solicitadas à Secretaria Estadual de Saúde para conseguir formular um prazo para a conclusão das investigações. Em relação à prefeita eleita de Ivoti, Maria de Lourdes Bauermann (PP), também suspeita de integrar o esquema, o promotor disse que ela "descobriu um canal em Taquara, que viabiliza que pessoas de Ivoti fossem cadastradas como moradoras ou domiciliadas em Taquara, e obtinha a marcação mais rápida do que se fosse pelas vias normais e adequadas, pela Secretaria de Saúde de Ivoti".

Prefeitura terá mais seis meses para repasses ilimitados ao Hospital A Prefeitura de Taquara obteve aval da Câmara de Vereadores para continuar repassando recursos sem limitação para a manutenção do Hospital Bom Jesus. A regra está prevista no convênio firmado em abril deste ano, mediante aprovação do Legislativo, com o Instituto de Saúde e Educação Vida (Isev). A ampliação do prazo de repasse sem limite financeiro foi aprovada nesta semana pelos vereadores de Taquara, com dois votos contrários, de Eduardo Kohlrausch e Adalberto Lemos, ambos do PDT. Os dois criticaram a gestão da casa de saúde e o Executivo. Pela lei municipal que regula a parceria entre a administração de Taquara e o Isev, foi firmada uma permissão de uso do prédio da casa de saúde, que pertence ao Executivo, para que o Instituto faça o gerenciamento e mantenha as atividades do Hospital. Diferentemente do contrato anterior, mantido com o Sistema de Saúde Mãe de Deus, todo e qualquer prejuízo decorrente da operação do Bom Jesus, pelo convênio, deve ser suportado pelo Isev. Tam-

bém ficou pactuado que a Prefeitura repassará ao Instituto, mensalmente, R$ 130 mil para o custeio da prestação de serviços médico-hospitalares. Este montante é o mesmo que, por contrato, a Prefeitura tinha que pagar ao Mãe de Deus. Mas, na lei que autorizou o convênio com o Instituto, aprovada em abril deste ano, a administração inseriu dispositivo prevendo que, nos seis primeiros meses de vigência, poderia repassar valores superiores aos R$ 130 mil, "objetivando compor as despesas de adequação para manutenção das atividades hospitalares pactuadas". Não foi estabelecido, no projeto, entretanto, um limite de repasse. Conforme o Portal da Transparência da Prefeitura, a administração já empenhou para pagamento, ou seja, se comprometeu a repassar, mais de R$ 2,2 milhões ao Isev, de abril até quarta-feira, quando a consulta foi realizada por Panorama. Foi exatamente este dispositivo que os vereadores alteraram nesta semana. O prazo de repasses sem limite financeiro ao Bom Jesus

venceu em outubro, mas o Executivo propôs ampliar até abril de 2017, o que foi aceito por 12 votos favoráveis e dois contrários. No projeto de lei, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho argumenta a necessidade da prorrogação: "considerando o notório atraso e débitos mantidos pelo Estado do Rio Grande do Sul para a manutenção do contrato de gestão com aquela instituição, sendo de imprescindível interesse público a necessidade de manter os serviços hospitalares, para atendimento de nossa população, o que somente ocorre com o auxílio através de recursos municipais". Na votação, o projeto foi criticado por vereadores da bancada do PDT, que alegaram a falta de transparência, uma vez que os números do Hospital Bom Jesus não têm sido apresentados publicamente. Já os vereadores que apoiam a atual administração de Taquara, ressaltaram o esforço feito pelo Executivo para manter a casa de saúde em funcionamento, mesmo com os atrasos de repasse do governo gaúcho.

SÍNTESE DOS PROJETOS EM TRAMITAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES DE TAQUARA Projetos de lei apresentados na sessão ordinária de 1º de novembro. - PROJETO DE LEI NÚMERO 110, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza a utilização de enfeites natalinos nas vias públicas do município com a indicação do nome dos respectivos doadores. - PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO NÚMERO 13, de autoria do vereador Adalberto Carlos Soares (PP): concede o título de cidadão taquarense para Alcides Davenir dos Santos Lima. Projetos de lei aprovados na sessão ordinária de 1º de novembro. - PROJETO DE LEI NÚMERO 96, de autoria da Prefeitura de Taquara: institui o calendário de pagamento do IPTU para o exercício de 2017 e autoriza o Executivo a firmar convênios com as instituições bancárias. - PROJETO DE LEI NÚMERO 106, de autoria da Prefeitura de Taquara: es-

tabelece requisitos para a obtenção de descontos no IPTU previstos em lei municipal. - PROJETO DE LEI NÚMERO 107, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações na lei municipal que regula o convênio do Executivo com o Instituto de Saúde e Educação Vida para a manutenção do Hospital Bom Jesus. - PROJETO DE LEI NÚMERO 108, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações em lei municipal sobre a regularização de obras em Taquara. - PROJETO DE LEI NÚMERO 109, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações na lei municipal que regula o convênio do Executivo com o Instituto de Saúde e Educação Vida para a manutenção do Hospital Bom Jesus. - PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO NÚMERO 109, de autoria do vereador Arleu Machado de Oliveira (PP): concede o título de benemérito cidadão taquarense para Auro Paulo Sander.


GERAL

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

Festival de Teatro chega à sua 20ª edição e terá mais de 30 espetáculos Três Coroas em Ação, um dos mais reconhecidos festivais de teatro do RS, preencherá de talento o Centro de Cultura e a Rua Coberta, nos dias 5 a 13 de novembro. O 20º Festival de Teatro Estudantil e o 7º Festival de Teatro Amador dividiram seus espetáculos entre os três turnos e a grande maioria tem entrada franca. Exceto as peças A MEGERA in DOMADA, dia 6, VALSA Nº 6, dia 7, e O AMOR NÃO É LINDO, dia 13, cujo ingresso será 1kg de alimento não perecível, que será doado para o Hospital Oswaldo Diesel. A garantia de espaço aberto para celebrar as artes cênicas em conjunto com outras artes, é uma das características do Três Coroas em Ação. A preparação começa cedo não só na cidade, pelos alunos que participam, mas em outras localidades que se inscreveram. “Nosso evento promove o aluno, a criança, o adolescente e o adulto. Ele mostra outras formas de compreender o tempo, de aceitar quem somos e de compreender o

Divulgação

O século XXI Pede Socorro, da Escola Infantil Pezinhos de Anjo

outro”, explicou a diretora do festival Carine Setti. Ela sublinha a dimensão do movimento teatral três-coroense como referência regional. Considera haver bons motivos para que o festival seja merecedor de políticas públicas que invistam na realização do evento. Há vinte anos o festival faz parte da programação cultural da cidade. Foram selecionados 39 grupos, dos mais de 60 inscritos no Três Coroas em Ação. Os participantes vêm custeando seus próprios

gastos com passagem, hospedagem e alimentação. Os grupos comprovam que há interesse em eventos como este, onde os artistas têm a oportunidade de mostrar seu trabalho. Estarão presentes grupos amadores de Capão da Canoa, Estância Velha, Guaíba, Rio Grande, São José do Sul, Osório, Porto Alegre, Estrela, Rolante, Uruguaiana, Sapiranga, Tupandi, São Leopoldo, Taquara, Novo Hamburgo e Três Coroas, e 12 grupos estudantis. Do dia 5 ao dia 9 de no-

Shows e provas campeiras e artísticas movimentarão Rolantchê ROLANTE – A 32ª edição do Rolantchê Internacional começa na próxima quartafeira, com a alvorada festiva, às 6 horas, e, em seguida, entrada dos animais no Parque Municipal Vitor Mateus Teixeira, às margens da ERS-239. À tarde, iniciam as primeiras provas. O evento segue até o domingo, com shows e disputas campeiras e artísticas. A promoção é da Associação Rolantense de Eventos (ARE), Piquete de Laçadores Três Estâncias e CTG Passo dos Tropeiros, com apoio da Prefeitura de Rolante e da Câmara de Vereadores. Os cinco dias de festa devem reunir cerca de 20 mil visitantes. Neste ano, um dos destaques será o show gratuito do Padre Alessandro Campos, na quinta-feira, às 20h. O tradicional Baile da Terceira Idade com o Grupo Coração Fandangueiro será na sexta-feira, às 13h30. À noite, será a vez da dupla Julian e Juliano, às 23h. A apresentação de Teixeirinha Filho e Neto acontecerá sábado, às 23h, segui-

do de fandango com Nativo Serrano. A Secretaria Municipal de Obras está trabalhando na infraestrutura do Parque. A ARE investiu na construção de um tablado novo para as apresentações artísticas no pavilhão do CTG e, também, na arquibancada no local. Outro atrativo é que, nesta edição, haverá o concurso de danças gaúchas de salão, e a campeira terá um galpão novo para servir almoços e receber os visitantes. Uma das provas do evento será o 8º Criolaço, classificatória para Esteio. Também haverá exposição de cavalos crioulos, da indústria e do comércio, feira de produtos coloniais e de artesanato, encontro de carreteiros, exposição de animais. A premiação da Campeira são um carroção, um carro e uma caminhonete zero quilômetro. Na artística, serão R$ 18 mil distribuídos em várias categorias. A entrada individual diária será de R$ 10 e para veículo, R$ 15. Divulgação/Edna Cardoso

Parque Vitor Mateus Teixeira recebeu últimos retoques nesta semana

vembro, ocorrerá a mostra dos espetáculos estudantis, ao todo serão 24, destes, 12 oriundos da cidade palco do festival. No domingo 6, atores e convidados farão um cortejo artístico pelas ruas de Três Coroas com o tema Rock and Roll. Ele partirá às 18 horas da Rua Coberta em direção ao Centro de Cultura. A comunidade está convidada a participar. Do dia 10 ao dia 12, os grupos amadores apresentam com intuito de levar os prêmios para as suas cidades. Somam 15 espetáculos concorrentes. O festival tem o objetivo de proporcionar o intercâmbio cultural entre os grupos de teatro amador e estudantil. Por isso, visando a formação de novos agentes culturais na área, haverá na segunda, dia 7, o Encontro dos Organizadores de Festivais de Teatro do Estado do RS, com o diretor do Instituto Estadual de Artes Cênicas – IEACen. Na terça, dia 8, acontecerá uma Oficina de Iluminação para os grupos de teatro, gratuita.

7

Três Coroas terá congresso de ecoturismo TRÊS COROAS - O fórum de debates que reunirá empresários, gestores públicos, dirigentes de entidades, acadêmicos, guias e profissionais do setor turístico acontecerá a partir de domingo e segue até a próxima quintafeira, em Três Coroas. O evento ABETA SUMMIT 216 - XIII Encontro Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura e I Encontro Latino Americano de Ecoturismo e Turismo de Aventura, tem como tema A força da cooperação #tamojunto! A organização preparou programação com oficinas, palestras, painéis, debates, grupos de trabalho, eventos culturais e sociais, atividades ao ar livre e outras ações.

RGE faz plantio de árvores nativas ROLANTE - A concessionária Rio Grande Energia (RGE informou que realizou em Rolante o seu projeto de Arborização Urbana, com o plantio de 200 mudas de árvores nativas, no mês passado, em áreas indicadas pela prefeitura. Cento e trinta mudas de Quaresmeira e 70 mudas de Manacá da Serra fo-

Separe o lixo.

ram colocadas nas ruas Bernardo Henrique Bolke Filho, Santos Dumont, Pedro Schneider e na avenida Borges de Medeiros. De acordo com o consultor ambiental da RGE, Fabrício Hoeltz Steffens, o projeto da concessionária auxilia as comunidades no trabalho de preservação ambiental.

O meio ambiente agradece!


8

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

MUNDO DOS

NEGÓCIOS negocios@jornalpanorama.com.br

FACCAT (Faculdades Integradas de Taquara) informou que, nos dias 12 e 26 deste mês, serão realizadas as provas de proficiência (Inglês e Espanhol) para os acadêmicos do curso de Mestrado em Desenvolvimento Regional. As inscrições estão abertas para qualquer pessoa interessada, inclusive de outros cursos e de outras instituições, e podem ser feitas no site www.faccat.br. Mais informações podem ser obtidas com o professor Mário Riedl ou com Andressa Soares, pelo telefone 3541.6600 (ramal 606). TIME DE FUTEBOL Society da rede de varejo Lebes participou do Samsung Galaxy Cup 2016, torneio disputado pelos melhores parceiros da Samsung em todo mundo, que aconteceu no primeiro semestre deste ano. A equipe da Lebes consagrou-se vice-campeã mundial e o prêmio de 10 mil dólares será doado para três entidades carentes do Estado. A APAE de São Jerônimo, a Casa de Passagem de Eldorado do Sul e o Instituto Evangélico de Amparo ao Menor (INEVAM) receberam o dinheiro nesta quinta-feira. Os atletas que jogaram o Galaxy Cup, representantes das Lojas Lebes e da Samsung nacional, entregarão o prêmio pessoalmente a cada entidade. ASSOCIADOS da Câmara de Dirigentes Lojistas de Parobé participaram, recentemente, de palestra sobre inovação com Cláudio Forner. O objetivo foi inspirar empreendedores a pensarem diferente e instigar o sucesso nos seus negócios. Na oportunidade, o consultor e palestrante abordou assuntos como a importância de empresários saírem do senso comum para aumentar as vendas; da análise sobre a necessidade do seu consumidor e de se reinventar para manter-se à frente no mercado. “Para que continuemos fazendo sucesso com os clientes, é preciso apresentar produtos novos todos os dias. Necessitamos estarmos menos imobilizados em grandes estoques, mas atentos às novas tendências”, contou Forner. O ex-conselheiro do Roberto Justus no Reality Show “O Aprendiz” ainda apontou cinco estratégias para ter um negócio bem sucedido, que são a simplicidade, a raridade, a densidade (capacidade de aumentar a produção); percepção do meio ambiente (estar atento ao público alvo); a padronização (que é o bom atendimento para todos os clientes, sem distinção) e a diferenciação (que é oferecer um produto diferenciado para o seu consumidor). Ainda durante a palestra, os patrocinadores sortearam brindes aos participantes. Entre eles, uma bicicleta foi entregue pela Madeireira Santo Antônio, ao associado Marcio Edinger Land. EM BUSCA de oferecer maior variedade de conteúdo e praticidade aos fãs de esportes, a ESPN lançou a plataforma WatchESPN para os assinantes do serviço de banda larga da TCA. O novo serviço já está disponível aos assinantes do provedor em seis cidades no Rio Grande do Sul: Gramado, Igrejinha, Nova Hartz, Parobé, Taquara e Três Coroas. A novidade permite aos fãs de esportes acompanhar o conteúdo da ESPN disponibilizado na plataforma online. Desta forma será possível assistir, a qualquer hora e lugar, através da internet, conteúdo sob demanda da ESPN, além de um rico catálogo de documentários, filmes, games e eventos esportivos. Para contar com a facilidade de assistir à programação disponibilizada na internet, os fãs de esportes devem entrar em contato com a TCA e solicitar a contratação da banda larga e do serviço WatchESPN. De acordo com Marcello Zeni, vice-presidente de Afiliadas da ESPN no Brasil, o novo produto chega ao mercado para atender à crescente demanda de usuários conectados. Além de todos os vídeos sob demanda, o lançamento do WatchESPN para banda larga na TCA trará conteúdos exclusivos para a plataforma e oferecerá aos fãs do esporte uma seleção dos conteúdos e eventos esportivos da ESPN, como transmissões de futebol, basquete, tênis, hóquei e ainda programas jornalísticos. A plataforma contará também com transmissões dos campeonatos universitários das principais conferências esportivas norte-americanas e campeonatos universitários da Conferência do Sudeste dos Estados Unidos, com partidas de futebol, futebol americano, basquete entre outras modalidades exibidas em mais de 74 milhões de lares nos Estados Unidos.

GERAL Igrejinha lança cooperativa escolar comandada por alunos

Conheça a pioneira Escola Comunitária Infantil Vovó Mina A cerca de 25 quilômetros e 40 minutos de Taquara fica o Distrito Padilha e lá está localizada a primeira escola infantil comunitária da região. Com estrutura para manter 40 crianças, de cinco meses até cinco anos. A escola foi criada em agosto de 2015, devido à necessidade da comunidade local. Os pais e mães precisam da instituição para deixar seus filhos enquanto trabalham nas fábricas locais do setor calçadista. O projeto resultou da parceria firmada entre a administração municipal e a Associação de Moradores de Padilha, através de convênio aprovado pela Câmara de Vereadores. “A manutenção e funcionamento do espaço é divida entre as famílias beneficiadas, que pagam 70 reais por mês por criança, e a prefeitura, que financia mensalmente 15 mil para cobrir gastos com prédio, folha de pagamento, estrutura e contas fixas. É a Associação que recebe o valor repassado e disponibiliza o relatório de gastos aos moradores locais, aos pais e mães, para que fiquem cientes dos custos”, explica Luana Fernandes da Silva, 27 anos, professora, formada em pedagogia, que atua como coordenadora pedagógica, e atualmente está na função de diretora do educandário. Na foto emoldurada no corredor da escola está Guilhermina Müller. A Vovó Mina, como era conhecida, levava sua crença muito a

Fotos: Daíse Carvalho

Momento de ouvir e contar histórias envolve os pequenos

sério, sendo procurada pelos moradores locais para ajudar quando tinham alguma enfermidade, como benzedeira. Ela nasceu em Taquara, no Distrito de Padilha, em 1902, veio a falecer com 104 anos, em 2006. A personalidade solícita e protetora é exemplo para a equipe pedagógica, formada por oito mulheres, todas moradoras da comunidade. Destas, seis são universitárias do curso de pedagogia. “Fazer parte deste modelo de funcionamento comunitário é diferente, nossos feriados e férias são conforme a realidade do trabalho dos pais e mães, nossa preocupação maior é dar a atenção necessária, é importante ouvir os pequenos. Além do momento da “Hora do Conto”, nós abrimos espaços para que eles também contem suas histórias, desenvolvendo a fala e a imaginação. Eles se

interessam e participam bastante”, conta Luana. A estrutura da escola infantil comunitária é simples e conta com três salas de aula, trocadores, secretaria, refeitório, cozinha, dois banheiros, lavanderia, sala de reunião, depósito e varanda. No berçário 1, ficam as crianças de cinco meses até um ano e meio. As atividades oferecidas aos pequenos se concentram em musicalidade, contação de histórias e iniciação à autonomia. No berçário 2 e maternal, de um ano e meio até três, o foco do ensino concentra na iniciação às atividades de desenvolvimento da coordenação motora (ampla e fina). O maternal dois e pré -escola funcionam na mesma sala, atendem crianças de três a cinco anos, são adicionadas brincadeiras e jogos pedagógicos. Uma das coisas que as

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

crianças mais gostam da Vovó Mina é a comida feita pela Tia Zeti. A comprovação é depois das refeições, há raras sobras nos pratos. Eles criaram o “Brincar de Tia Zeti”, quando a brincadeira envolvendo a temática cozinha se torna um momento divertido entre meninos e meninas A diretora conta que em outubro houve uma arrecadação de brinquedos requisitados através de ofícios, que gerou bons resultados. “Cada aluno ganhou um brinquedo novo no dia da criança, e todos se beneficiaram com as doações. Nosso projeto para o Natal da Vovó Mina é convidar o Papai Noel para fazer a entrega de presentes para todos”. Brinquedos, material escolar, livrinhos de leitura infantil são bem-vindos como doações para que em 2017 a Vovó Mina siga funcionando ainda melhor.

IGREJINHA – Uma iniciativa inovadora lançada pela administração de Igrejinha, na semana passada, busca incentivar alunos de escolas públicas do meio rural a trabalharem em projetos elaborados e executados por eles próprios. A primeira Cooperativa Escolar foi instalada na Escola Municipal de Lajeadinho (COOPELAJE). No dia 22 de novembro, será a vez das escolas Olavo Bilac, em Serro Grande, e Dom Pedro II, na Solitária Alta – ambas do interior. O educandário, que conta com 148 alunos de pré -escola a 9º ano, foi o pioneiro a receber a proposta de cooperativismo escolar. A coordenadora municipal do programa, Bianca Steigleder Bazzan, conta que a ideia nasceu a partir de um projeto de valorização do meio rural, realizado no ano passado pela administração municipal, através da Secretaria de Educação, com apoio da EMATER e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. O objetivo era controlar o êxodo rural nas localidades interioranas de Igrejinha.

Vários encontros foram realizados com educadores da cidade ao longo do ano passado, com temáticas relacionadas ao campo. O filósofo e educador Everaldo Marini, professor da Escola Técnica Bom Pastor, de Nova Petrópolis, trouxe alunos da cooperativa escolar de lá para falar sobre esta iniciativa. Em 2016, alguns estudantes de Igrejinha foram convidados a participar da formação, e depois replicaram as ideias aos colegas. A equipe diretiva da cooperativa é formada por alunos do 6º ao 8º ano, que se reunirão semanalmente para discutir objetos de estudos que desenvolverão a partir de 2017. Através dos encontros, farão pesquisas de mercado para saber qual produto ou serviço desenvolver, avaliação de preços, de viabilidade, de matéria prima. Os recursos arrecadados ficarão na cooperativa, e, através de assembleias com os associados, será decidido em que aplicar. “Pode ser um passeio com os alunos ou evento para a escola”, explica Bianca. Divulgação

Hora do protagonismo juvenil Equipe responsável pela cozinha e limpeza da escola

Vestibular da Faccat será no próximo dia 19 TAQUARA - O vestibular de verão das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) será realizado no próximo dia 19, às 13h30min, no campus, incluindo provas de Redação, Língua Portuguesa e conhecimentos gerais. As inscrições podem ser feitas até o dia 17, sendo o valor da taxa substituído por seis litros de leite em embalagem longa vida, que devem ser entregues no dia da prova. As vagas são para os cursos de Direito, Design, Jogos Digitais, Enfermagem, Turismo, Pedagogia, Gestão Comercial, Administração, Negócios Internacionais, Marketing, Engenharia de Produção, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Gestão da Qualidade, Ciências Contábeis, Matemática, Psicologia, Letras, Sistemas de Informação, Sistemas para Internet, História e para o novo curso de Fisioterapia. Conforme o diretor-geral da instituição, Delmar Backes, a prestação de atendimento à comunidade regional, no campus ou em outros locais que visam a prevenção, promoção e reabilitação da saúde, fizeram com que a Faccat trouxesse este novo curso de Fisioterapia para este vestibular.. “Te-

mos a convicção de que será um curso fundamental para qualificar cada vez mais a saúde da comunidade, que é a preocupação e a filosofia da Faccat”, enfatiza Delmar Backes. A Faccat oferece vários benefícios para os acadêmicos, como financiamento próprio (o aluno paga 50% da mensalidade durante o curso e o restante será quitado após a conclusão da faculdade); FIES, que é o financiamento oferecido pelo Ministério da Educação (o aluno pode financiar entre 50% e 100% do curso, começando a pagar um ano e meio após concluir a graduação); convênios com empresas e entidades; desconto de 40% para quem tiver mais de 45 anos de idade, exceto nos cursos diurnos; desconto de 50% para as licenciaturas aos sábados; estágios; Banco de Talentos (banco de dados com o perfil do estudante que busca por um emprego); e seguro desemprego (três meses de isenção das mensalidades, caso o acadêmico perca o emprego, desde que tenha no mínimo um ano de carteira assinada). Mais informações e inscrições pelo site www.faccat.br.

Faccat realizará Semana da Comunicação e do Design TAQUARA - A Semana da Comunicação Social e do Design das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) acontecerá de 8 a 10 deste mês, no campus. O projeto Lab 200 é uma promoção do curso de Comunicação e do curso de Design da Faccat. Segundo o coordenador dos cursos, professor Augusto Rodrigues Parada, o objetivo é aproximar os alunos do mercado de trabalho e estimular o pensamento criativo. Na próxima terça-feira, dia 8, haverá bate-papo sobre indústria criativa e economia colaborativa com os seguintes convidados: Gabriel Bastos (proprie-

tário da Vintax, gravatas sustentáveis); Paula Buela (designer), Martina Seibel e Rodrigo Cury (da Preza, marca de óculos feitos com madeira de descarte de diferentes empresas); Bruno Gonçalves (mestre em Administração e Marketing, empreendedor e criador da Humanus, uma marca de produtos de moda); Alessandra Becker (relações públicas, sócia fundadora da FALE Consultoria em Endomarketing, que trabalha com projetos de comunicação colaborativa); e Leonardo Theobald (diretor de criação da agência BRA). Já na quarta-feira, dia 9, serão ofe-

recidas várias oficinas aos acadêmicos com temas diversos, como Visual Merchandising; Advergames: Jogos Digitais e Publicidade; Fotografia com Smartphone; Economia Solidária, entre outros. Para o encerramento, quinta-feira, dia 10, às 20 horas, está agendado o desfile Pixel, que trará para a passarela (rampa de acesso aos blocos B e C), tendências cromáticas que marcam a evolução dos anos 80 até a atualidade, inspirado nas coleções verão 2017/18, com apoio da Loja Kamajo, de João Spalding, e Mostra de Projetos Experimentais de Relações Públicas.

Alunos do mestrado da Faccat fazem viagem de intercâmbio a Portugal

Alunos da diretoria da COOPELAJE

Cuidadoras e professoras da Vovó Mina estudam pedagogia no turno inverso ao trabalho

9

A cooperativa conta com 31 associados na Escola de Lajeadinho, que aderiram por livre escolha. O protagonismo dos jovens estudantes é uma das funções do cooperativismo escolar. “O professor surge como auxiliador e orientador, em razão de ser adulto, mas sem direito a voto”, ressalta Bianca, ao salientar que a ação buscará despertar a solidariedade, estimular o trabalho em equipe, estabelecer parcerias e fortalecer vínculos. A ideia da cooperativa foi bem recebida pelos alunos, conforme conta Bianca. Os nove integrantes da diretoria e os três conselheiros fiscais fizeram o curso de cooperativa escolar, e transmitiram a ideia para os demais. O logotipo e o nome foram propostos e escolhidos pelos estudantes. Para Jordana Renata Ricardo dos Santos, 12 anos, estudante do sexto ano, primeira secretária da cooperativa, a iniciativa é muito interessante, uma vez que estimula os alunos a atividades em conjunto. “Espero que possamos produzir bastante”, almeja. O grupo trabalha ideias para serem executadas no próximo ano, e Jordana lembra que todos podem indicar ações que beneficiem a cooperativa.

TAQUARA - Os alunos da turma de 2016 do Mestrado em Desenvolvimento Regional das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) embarcaram para Portugal, na sexta-feira passada, dia 28 de outubro, para uma viagem de estudos e intercâmbio. A comitiva com 12 mestrandos e 10 professores e funcionários inicia pela cidade de Lisboa uma intensa agenda acadêmica que segue para a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), na cidade de Vila Real, onde serão recebidos pelo diretor do Departamento de Economia, Sociologia e Gestão, professor Manuel Luís Tibério, organizador da agenda para intercâmbio de conhecimentos, aulas e apresentações no campus da UTAD. A região do Alto Douro exerce extrema importância no desenvolvimento de Portugal por ser polo na produção do tradicional Vinho do Porto, além do Turismo Rural e Práticas de Engajamento de grupos para o Desenvolvimento

Divulgação

Experiência da comitiva da Faccat coloca em prática relação de parceria entre instituição de Taquara e Portugal

Regional. A experiência coloca em prática uma relação de parceria entre as instituições de Taquara, no Brasil, e Vila Real, em Portugal, de compartilhamento de conhecimentos e aprimoramento para a produção científica. Os alunos do mestrado são oriundos de

várias regiões do Rio Grande do Sul, como Vale do Sinos, do Paranhana, Serra e Litoral Norte. O grupo ainda passa pela cidade do Porto, de onde retornará na próxima segunda-feira, dia 7, trazendo na bagagem, além de conheci-

mento, práticas e pesquisas para o programa e a região. A comitiva será conduzida pelo coordenador do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional, professor Mário Riedl, e pelo vice-diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Roberto Morais.

Prefeito de Igrejinha busca verba no Ministério do Turismo IGREJINHA - O prefeito Joel Wilhelm teve, na semana passada, duas agendas no Ministério do Turismo. O chefe do Executivo conversou com Wagner Cavalcante, assistente técnico, e com Frederico Almeida, assessor parlamentar. Na ocasião, tratou da liberação da última parcela de recursos referente à

obra dos deques, que foi concluída, e da liberação de mais uma parcela para o Centro de Cultura. Para o prefeito, a construção deste espaço será mais um marco para Igrejinha, que contará com um local para 450 pessoas, onde poderão ser apresentadas as mais diversas manifestações artísticas e culturais.


10

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

REGIONAL Vinicius Linden

Getúlio, Jeferson e Rafael divulgaram opções de cursos disponíveis em entrevista à Rádio Taquara

Últimos dias de inscrições para seleção do Instituto Federal ROLANTE - Estão abertas até a próxima terça-feira, dia 8, as inscrições para o processo seletivo do campus Rolante do Instituto Federal de Educação (IFRS). Estão sendo oferecidas vagas em quatro cursos, e a taxa de inscrição custa R$ 35,00, com cadastro no site http://ingresso.ifrs.edu.br. A prova de seleção será realizada em 4 de dezembro e as aulas iniciam em 2017. Na terça-feira, os professores Getúlio Reale, Jeferson Dariva e Rafael Aguiar participaram do programa Painel 1490, da Rádio Taquara, divulgando a oportunidade à comunidade regional. Segundo eles, são dois cursos realizados de forma integrada ao ensino médio: agropecuária e informática. Ambos têm duração de oito semestres e oferecem 35 vagas. O primeiro curso terá aulas à tarde e o de informática pela manhã. Nestes dois cursos, o aluno cursa o ensino médio no próprio Instituto Federal. Já o curso de técnico em administração, com duração de três semestres, aulas à noite e 40 vagas, acontece de forma concomitante ou subsequente ao ensino médio. Neste caso, o ensino médio pode já ter sido cursado ou o estudante pode realizá-lo em outro educandário que não o Instituto Federal. Também está sendo oferecido o curso técnico em comércio. Os professores informaram que segue em construção o campus de Rolante do Instituto, às margens da ERS239, com expectativa de que comece a ser utilizado em março. Por enquanto, mais informações sobre os cursos podem ser obtidas na sede do Sindicato dos Sapateiros de Rolante, na rua Alfredo Wust, no Centro. O telefone de contato é 9123-6890.

Câmara devolve mais de R$ 600 mil PAROBÉ – A Câmara de Vereadores de Parobé economizou, desde o início do ano, aproximadamente R$ 607 mil em recursos públicos. O dinheiro foi devolvido à prefeitura, para investimento na cidade. O presidente do Legislativo Municipal, vereador Jair Bagestão (PT), ressalta que as economias são oriundas da redução de gastos feitos na Câmara. “Queríamos que a comunidade retomasse a credibilidade quanto ao poder público. Hoje temos orgulho de nosso trabalho e

faremos ainda mais”, salientou. Os pagamentos de diárias, por exemplo, foram reduzidos, totalizando, neste ano, o valor de R$ 2,8 mil, que custearam apenas qualificação de servidores de cargos efetivos e comissionados. Além disso, Bagestão reforça que houve um enxugamento de funcionários na Câmara, que hoje conta com 27 servidores, sendo seis destes efetivos. A assessoria parlamentar também foi reduzida e eliminados os cargos de chefe de gabinete.

Bairro Contestado recebe pavimentação ROLANTE - A Prefeitura informou que a obra de pavimentação do bairro Contestado terá um investimento de R$ 1.555.361,03, contemplando as ruas Carlos Ostjen, 20 de Setembro, Santo Antônio, Reinaldo Schenkel, 21 de Abril, 31 de Outubro e Oscar Alcindo Ritter. As obras somam 16.587,15 metros quadrados e serão realizadas com bloquetos, incluindo, também, as calçadas.

IGREJINHA – Os artistas e voluntários Os Doutores Coloridos de Igrejinha está trabalhando pra se tornar associação, a fim de expandir as atividades oferecidas pela trupe, que atualmente realiza cantorias, encenações e brincadeiras por onde passa. “Nossa idéia é ampliar as ações e atendimentos, levando a cada vez mais entidades, e assim beneficiar mais e mais pessoas”, conta a fundadora do grupo, Adriana Moreno. Adriana lembra que iniciou Os Doutores somente com duas pessoas, ela e um amigo, e juntos faziam visitas alegrando internos do hospital de Igrejinha e também em alguns lares para crianças. Com o passar do tempo, outros foram aderindo à idéia espontaneamente. Hoje, são cerca de dez integrantes que participam. “Surgiu, então, a vontade de replicar a iniciativa em outros lugares, como casas geriátricas, postos de saúde e muitos outros”, explica.

Divulgação

Grupo voluntário quer criar associação para ampliar atividades

Grupo espalha humor e descontração por onde passa

A voluntária conta existir uma carência de contato humano. “Falta doação de tempo e amor, e nós estamos dispostos a levar nosso trabalho e carinho a quem precisa”, defende. A associação buscará desenvolver projetos sociais, para, assim, contemplar um público maior com a alegria e a arte d’Os Doutores Coloridos. “Precisamos de apoio e patrocínio de empresas, particulares e entidades para assim colocarmos em

prática nossos planos, sonhos e projetos”, salienta. Dentre os projetos a desenvolver, estão oficinas de dança, música, teatro e

brinquedotecas. “Estamos abertos a convites privados e contratações, bem como visitações voluntarias”, informa. Os últimos passos para o registro da associação já estão sendo caminhados. “Feito isso, teremos os canais e meios legais e transparentes para captação dos recursos necessários, em que todos poderão colaborar com qualquer quantia”, explica Adriana. Os contatos para mais informações são os emails: focanaarteteatro@gmail. com e doutorescoloridosrs@gmail.com, e também pelo telefone ou whatsapp 9873.5350.

OFICINA GRATUITA DE INICIAÇÃO AO MUNDO DA PALHAÇARIA O grupo promove, neste final de semana, o workshop Iniciação ao Mundo da Palhaçaria. O horário será das 9h às 11h e das 13h às 16h, no Espaço cultural Dancin Days, Rua da Indústria, 39, em Três Coroas. Na programação estão comunicação e expressão corporal, construção de personagem e o palhaço de hospital. A inscrição é gratuita.

Sindicato dos Sapateiros confirma o Palco Aberto para dezembro PAROBÉ - O Sindicato dos Sapateiros de Parobé confirmou a realização da 23ª edição do Palco Aberto. A promoção acontecerá nos dias 10 e 11 de dezembro, marcando a comemoração de final de ano dos associados à entidade. Em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, o presidente do Sindicato, João Pires, disse que, mesmo com o cenário de dificuldades vivenciado no Brasil atualmente, com os governos ameaçando retirar direitos dos trabalhadores, a entidade não poderia deixar de realizar a festa de final de ano para a comunidade. O evento acontecerá no barracão da comunidade católica. No primeiro dia, sábado (10 de dezembro), a programação começará às 14 horas, com os músicos inscritos no concurso de cantores. Cada grupo apresentará uma música para o júri, que escolherá o vencedor. Neste ano, haverá novidade nas premiações e as inscrições poderão ser feitas na sede do Sindicato. Durante todo o sábado, haverá prestação de diversos serviços gratuitos e sorteios de brindes. No domingo, dia 11 de dezembro, acontecerá o concurso da Mais Bela Calçadista. As candidatas são avaliadas, por um júri técnico, em diversos quesitos, como beleza, simpatia e desembaraço. As vencedoras serão contempla-

Divulgação

Quatorze candidatas estão concorrendo ao título de Mais Bela Calçadista

das com diversos prêmios, classificados de acordo com cada categoria. Podem participar do concurso candidatas a partir de 14 anos, que trabalhem nas indústrias ou que tenham vínculo familiar com algum trabalhador. As inscrições, assim como mais informações do concurso, podem ser consultadas no Sindicato dos Sapateiros. Após a escolha, haverá baile com a banda San Marino. Quem comprar ingressos antecipados estará concorrendo a diversos prêmios, entre eles um Fiat Mobi zero quilômetro. Nesta semana, o Sindicato informou que 14 candidatas já estão disputando o concurso. "É com muita alegria que realizamos mais uma edição deste tão

importante evento para os trabalhadores. Essa é uma forma de celebrar o quanto é importante o trabalho desenvolvido pela classe industriária. Teremos dois dias intensos de festividades, que estão sendo preparados com muito carinho para que todos aproveitem o máximo da festa", comentou João Pires. O dirigente sindical participou, na semana passada, do Congresso de 70 anos da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria, em Luziânia (GO). Na ocasião, coordenou grupo de trabalho que avaliou a situação do setor coureiro-calçadista, com base em dados coletados pelo Sindicato de Parobé através de estudos feitos junto com o Dieese.

Alunos da Escola Getúlio Vargas na Mostratec Júnior PAROBÉ – A turma 143 do quarto ano da Escola Municipal Getúlio Dornelles Vargas, sob orientação da professora Izabel Cristina Ludwig, foi selecionada e participou da Mostratec Júnior 2016. A feira internacional de ciência e tecnologia envolveu mais de 14 mil estudantes e 2,3 mil professores, entre os dias 24 e 28 de outubro, em Novo Hamburgo. O projeto “Por uma cultura da cidadania” teve o objeti-

vo de possibilitar aos estudantes uma reflexão sobre ser um cidadão ético e responsável, consciente dos direitos e deveres. As atividades relativas a este projeto iniciaram em março desse ano, envolvendo todas as turmas da escola e a comunidade. Objetivo foi analisar as próprias atitudes, propor e auxiliar a equipe diretiva a sanar problemas no educandário.


POLÍCIA Preso por tentativa de assalto PAROBÉ - Um homem foi preso por tentativa de assalto no Centro de Parobé. Segundo as informações da polícia, o crime aconteceu por volta de 20h40min desta sexta-feira, na rua Alberto Mossmann. Os policiais tiveram sua atenção despertada ao flagrar uma luta entre dois indivíduos. Segundo o relato, o criminoso tentou assaltar um homem, mas a vítima percebeu que o bandido não estava armado e entrou em luta com o suspeito. Neste momento, os policiais foram até o local e prenderam o rapaz de 18 anos, que admitiu a tentativa de assalto. O acusado foi autuado em flagrante na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento de Taquara.

Carro com placa clonada TAQUARA - Um carro foi apreendido com placa clonada por volta de 16h30min da última sextafeira, dia 28, na Estrada Integração, na localidade de Morro da Pedra, no interior de Taquara. Os policiais da Brigada Militar encontraram um automóvel Renault Sandero com placas clonadas. O motorista que estava com o veículo disse que comprou o carro pela internet, mas depois mudou sua versão. O fato será investigado em inquérito policial a ser instaurado pela Polícia Civil.

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

Adolescente acusada de planejar morte dos pais e irmão continuará internada TRÊS COROAS - O Tribunal de Justiça (TJ) analisou, no último dia 26, recurso da adolescente de 16 anos acusada de planejar a morte dos pais e irmão, no final do ano passado, em Três Coroas. Os desembargadores decidiram manter a sentença de primeiro grau emitida para o caso, em que a adolescente foi condenada à internação na Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase), sem atividade externa. Esta é a pena máxima prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Em sua defesa, a adolescente, por meio dos seus advogados, disse que se arrependeu da tentativa de matar os pais e irmão, alegando que foi influenciada por seu namorado e também por um ex. Acrescentou que os fatos decorreram de seu temperamento difícil, pressão social, conflitos e carga hormonal, em atos de dese-

quilíbrio psicológico e excesso momentâneos. O relator do caso, desembargador Jorge Luis Dall'Agnol, discordou dos argumentos da defesa da menor. Segundo ele, não há a menor dúvida de que a garota, em conluio com outras três pessoas, pretendia matar os pais e o irmão, uma vez que a família não concordava com o namoro dela. "Assim, na data do fato, durante a madrugada, enquanto as vítimas dormiam, a menor (nome omitido por conta de vedação contida no ECA) franqueou a entrada dos outros dois, deixandolhes uma chave escondida, para que atacassem as vítimas de surpresa, o que foi levado a cabo com o emprego de um machado, um martelo e uma faca. Em decorrência das lesões sofridas, pai, mãe e o irmão da ora apelante foram hospitalizados, sendo que o irmão, em decorrência das agressões,

acabou tendo que amputar uma perna", explicou o magistrado. Para o desembargador, foi possível concluir que a menor agiu de maneira voluntária e consciente, participando dos atos infracionais, ao facilitar a entrada dos demais acusados em sua casa, sendo esta situação suficiente para responsabilizá-la pelos atos cometidos. Por este motivo, o magistrado manteve a pena de internação determinada em virtude da condenação pela prática de três tentativas de homicídio. Também foi mantida a internação para outro adolescente, de 17 anos, envolvido no caso. Os dois maiores de idade acusados do crime estão presos preventivamente e respondem a processo de tentativa de homicídio na Justiça de Três Coroas. Por conta do crime, os maiores de idade poderão ser levados a júri popular.

Motociclista morre em acidente na ERS-239 PAROBÉ - Um motociclista morreu em acidente de trânsito registrado por volta de 19h55min no quilômetro 48 da ERS-239, em Parobé. O fato aconteceu defronte à revenda Lifan Veículos, envolvendo a colisão entre uma caminhonete Fiat Fiorino e uma motocicleta Honda Titan. A vítima fatal foi identificada como Delmar Gonçalves Lima, 54 anos. Segundo o registro policial, o Corpo de Bombeiros chegou ao local e socorreu a vítima para o Hospital de Parobé, mas Delmar não resistiu aos ferimentos e faleceu. Ainda conforme a ocorrência, os veículos trafegavam no sentido Parobé-Taquara e a colisão ocorreu no momento em que a caminhonete tentou fazer a conversão à esquer-

Fotos: Divulgação

Colisão de moto com micro-ônibus, em Taquara, deixou jovem de 18 anos ferido

da, para acessar o retorno do centro da via. O motorista da caminhonete fez o teste do bafômetro, que teve resultado negativo. Segundo a ocorrência, os veículos foram recolhidos e serão encaminhados à perícia, para me-

TRÁFICO - A Brigada Militar informou que prendeu em flagante, na terça-feira, dois homens por tráfico de drogas, na rua Lothar Rheinheimer, em Taquara. Segundo as informações da corporação, na revisa pessoal, foram encontrados com os acusados quantidades de maconha. Os dois foram presos e

EDITAL DE INSCRIÇÃO O Esporte Clube Atlético Palmeiras, do bairro Empresa, nesta cidade, vem por meio deste, na pessoa de seu presidente Sr. Nelson Pereira da Rosa, tornar público a todos os interessados que a partir desta estão aberta as inscrições para a Presidência do Clube, para o biênio 2017 / 2018. As inscrições poderão ser efetuadas na sede do clube, sito à rua Rockfeller, 975, bairro Empresa. Somente poderão ser aceitas chapas de candidatos que residem no bairro há mais de 6 (seis) meses. As inscrições serão efetuadas até o dia 19/11/2016. A eleição será realizada no dia 26/11/2016. Publique-se. Taquara, 30 de Outubro de 2016. Nelson Pereira da Rosa - Presidente

lhor esclarecer o acidente. O condutor da caminhonete não possuía carteira de habilitação. Já por volta de 12h20min da última sexta-feira, dia 28, um jovem ficou ferido no quilômetro 48 da ERS020, em Taquara. Segundo

durante as buscas na residência foram localizadas mais algumas porções de maconha, uma balança de precisão e a quantia de R$ 172,00, totalizando 26 gramas de maconha apreendidas. A prisão foi formalizada na Delegacia de Taquara. Os nomes dos acusados não foram divulgados.

o registro policial, a colisão aconteceu entre um micro-ônibus Marcopolo e uma motocicleta Honda Titan. Segundo o registro policial, o choque ocorreu quando o coletiva acessava a 020 após deixar a rua Princesa Isabel, vindo a colidir com a moto. O motociclista, identificado como Eduardo Maciel Gomes da Rocha, sofreu ferimentos e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Hospital Bom Jesus, mas teve que ser removido ao Pronto-Socorro de Canoas. Segundo as informações de familiares, ainda nesta quinta-feira Eduardo continuava internado na casa de saúde de Canoas, devido à recuperação dos ferimentos, mas sem risco de morte.

Adolescente apreendido com drogas IGREJINHA - A Policia Civil de Igrejinha, com apoio da Brigada Militar, realizou uma operação no bairro Sossego, no início da semana, ocasião em que apreenderam um adolescente por tráfico de drogas. O jovem estava na rua com mais de 90 pedras de crack, uma porção com 25 gramas da mesma droga, capaz de produzir 100 frações, e onze tabletes de maconha. Conforme informou o delegado Ivanir Luiz Moschen Caliari, responsável pelas investigações, o adolescente efetuava a guarda do entorpecente para traficantes adultos daquele bairro, os quais serão responsabilizados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e corrupção de menores. O adolescente foi encaminhado à Delegaia de Igrejinha, para o registro dos fatos, e posteriormente à presença da Promotoria de Justiça da cidade.

FURTADA - Um motorista foi preso com motocicleta furtada durante patrulhamento realizado pela Brigada Militar, na área central de Três Coroas, no último sábado. A motocicleta Honda CG125 Fan, que tem placa de Capela Santana, estava em atitude suspeita. Em conferência no sistema, foi constatado que a mesma estava em ocorrência de furto, ocorrido em Sapiranga no dia 14 deste mês. O condutor, de 18 anos, alegou ter comprado o veículo de um indivíduo não presente no local. Ele acabou preso em flagrante por receptação. A motocicleta foi apreendida.

BUSCANDO + INFORMAÇÕES? Estas e mais notícias, na íntegra, enviadas pelas assessorias de comunicação das Prefeituras do Vale do Paranhana e de outros organismos públicos regionais são disponibilizadas diariamente no site

11

OBITUÁRIO Falecimentos comunicados pela Rádio Taquara de 27/10/2016 a 03/11/2016

28/10 – Armindo de Azevedo (Mindo), 78 anos. Cemitério Municipal de Taquara. 01/11 – Sérgio Dailor Mergener, 66 anos. Cemitério de Rio da Ilha.


12

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

GERAL / ESPORTES

Taquarense na briga por título da Série C MINAS GERAIS - A cidade de Varginha-MG está mobilizada para receber a final da Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, Boa Esporte e Guarani decidem o título após empatarem em 1 a 1 no jogo de ida em Campinas. Se o Bugre vem embalado com a histórica virada sobre o ABC na semifinal, a equipe mineira se apega na invencibilidade de 15 jogos com apenas quatro gols sofridos nesse período. Quem vencer o confronto leva a taça. Empate por 2 ou mais gols dá o título ao Guarani, enquanto o placar em branco favorece o Boa. Se o resultado for o mesmo do primeiro jogo, a decisão será nos pênaltis. Um dos nomes de destaque da equipe Boveta, o jogador taquarense Romano afirma que as expectativas para a final são as melhores possíveis. “Sempre esperamos o melhor resultado em todos os nossos compromissos desde o início da competição, mas sabemos que será novamente um jogo difícil. A equipe do Guarani tem qualidade e mostrou isso no decorrer do campeonato. O clima é muito bom, algo que sempre queremos passar. Momentos assim são difíceis de repetir, ficará marcada na história essa final”, ressalta o lateral-esquerdo que deu a assistência para o gol de empate no primeiro confronto. Romano chegou ao Boa Esporte no meio da temporada depois de ser indicado o melhor da posição no Campeonato Gaúcho pelo São Paulo-RS. Segundo o jogador, as condições de trabalho e a estrutura que o clube oferece fizeram por merecer o retorno a segunda divisão do Brasileiro. “O Boa Esporte me surpreendeu positivamente pela sua estrutura. Possui condições de trabalho muito boas. Temos um CT com campo perfeito, academia, setor de fisioterapia e fisiologia, aparelhagens que nos monitoram e previnem lesões, e o principal, que é um estádio com excelente gramado para exercemos o nosso trabalho da melhor maneira possível”, afirma. Neste fim de semana, Romano espera ao lado de seus companheiros dar o primeiro título nacional ao Boa. Por isso, reforça o pedido de casa cheia. “Que a torcida Boveta compareça em peso ao estádio Melão. Venho pedir o apoio de todos nessa grande final. Que possamos lotar as arquibancadas e fazer história juntos”, finaliza o taquarense.

Municipais de Futebol entram em suas fases finais PAROBÉ – Dois campeonatos de futebol da região estão em etapas decisivas para suas equipes. Em Parobé, o Campeonato Municipal realizou, no domingo passado, a primeira etapa das partidas finais. No veterano, o Guarani/Giltec venceu o Ouro Verde/ Prezzi por 2 a 1. No segundo quadro, o Esportivo levou a melhor sobre o Ouro Verde/Prezzi, também por 2 a 1. Já no primeiro quadro, o Ouro Verde/ Prezzi bateu o Atlético/Costelão/Porcão por 3 a 1. A final ocorrerá neste

sábado, dia 5, a partir das 13h45min, no campo do Grêmio Esportivo Parobé. O primeiro jogo será na categoria segundo quadro, seguido da veterano e, por fim, às 18 horas, ocorrerá a final do primeiro quadro. Em Taquara, o Campeonato Municipal de Futebol de Campo teve sua terceira rodada no domingo passado. Os resultados foram os seguintes: Riograndense 1 x 0 Divertour; União Sporting 2 x 1 Viracopos; Padilhano 1 x 2 Mercado Petrópolis/Becus City;

Padilhano B 2 x 0 Suat; Palmeiras 0 x 2 Vila Nova; Atacado Leia/Força Jovem 4 x 0 Juventude. Na quarta-feira, aconteceu a quarta rodada, com Palmeiras X Juventude e Bitruka/Rede Müller x Vila Nova. A quinta e última rodada classificatória será neste domingo, com os seguintes confrontos: Vila Nova x Juventude (às 14 horas, no campo do Palmeiras) e Bitruka/ Rede Müller x Atacado Leia/Força Jovem (às 15h45min, no campo do Santos).

Três-coroense é campeão brasileiro de canoagem FOZ DO IGUAÇU - Terminou, no último domingo, o Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom 2016 realizado no Canal Itaipu em Foz do Iguaçu, Paraná. As provas finais tiveram a participação de 110 atletas, de oito associações. Da região, o destaque ficou com Gustavo Selbach Júnior, que conquistou o lugar mais alto do pódio em uma disputa apertada pelo primeiro lugar na categoria C1 Masculino Júnior. Ele terminou a descida com 100.95 segundos, apenas dois de diferença em relação ao segundo colocado. "Gosto muito de competir aqui no Canal Itaipu, já é a terceira competição que eu participo. É sempre bom remar aqui em Foz", contou o três-coroense, que aproveitou a energia da torcida que compareceu em peso para conquistar a vitória. “O pessoal estava bem animado! É a primeira vez que levo um brasileiro na Categoria Júnior mas fiz uma boa prova, com poucas faltas. Daqui para frente é treinar bastante para conseguir mais medalhas”.

Divulgação

Gustavo Selbach Júnior e o pai Gustavo Selbach com a medalha obtida na competição em Foz do Iguaçu

Divulgação/Diego Land

Três-coroense vence no Kickboxing

Divulgação

TRÊS COROAS - O atleta Ederson Duarte consagrou-se campeão pela categoria Full Contact Faixa Preta, para lutadores de até 75kg. A Competição ocorreu na última semana de outubro, em Cancún, no México. Nesta semana o lutador esteve na Prefeitura de Três Coroas para agradecer o apoio que recebeu e mostrar o cinturão conquistado. Na foto, com o secretário Carlos Macarini.

Lateral Romano (à esquerda), nascido em Taquara, defende o Boa Esporte, de Minas Gerais

Rua Coberta finalizada para a Festa das Etnias RIOZINHO - Obras em ritmo intenso aconteceram durante a semana, inclusive no feriado, para poder entregar a primeira fase da Rua Coberta em tempo da abertura da Festa das Etnias, programada para hoje, 4 de novembro. "Finalizamos a colocação da cobertura acrílica, o mau tempo dos últimos dias atrapalhou o cronograma da obra", considera o prefeito Airton Trevizani. A Festa das Etnias acontecerá neste final de sema-

na e Riozinho mantém realização de festas populares gratuitas em mais uma edição em comemorativa aos 28 anos da cidade. Os três dias de evento celebram os povos que ajudaram a construir a cidade caçula do Vale do Paranhana. A programação começa nesta sexta-feira e segue até o domingo, no Largo Municipal. Serão várias bandas de baile e a entrada é gratuita. Todas as atividades estão publicadas no site do Panorama. (DC)

Etapa do Campeonato de Xadrez reúne 146 competidores

Atletas da Essence Jiu-jitsu têm novas vitórias

ROLANTE – A etapa de Rolante do 8º Campeonato de Xadrez do Vale do Paranhana, realizada no último sábado, na Escola Estadual Albino Souza Cruz, reuniu 146 enxadristas. A iniciativa é da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Paranhana. O evento de encerramento será no dia 23 de novembro, em Três Coroas, com os melhores colocados.

TAQUARA - No último dia 23, os atletas da Essence Jiu Jitsu, mantida pelo Instituto Vitória, de Taquara, participaram da sexta etapa da Copa Prime, disputada na PUCRS, em Porto Alegre. Murilo Soares foi o vice-campeão infantil e Maria Luiza Santos, campeã no peso juvenil. Dulce Rosenthal foi campeã no peso e vice-campeã na categoria absoluta. Adilson Rodrigues venceu no peso e no absoluto e foi campeão na GI Faixa Azul Master. Também conquistou medalhas Alexandre Cândido, que venceu no peso e absoluto.

Força Jovem está na final do regional TAQUARA - O Força Jovem, de Taquara, disputará a final da categoria sub-13 do Campeonato Regional de Futsal. A partida será na noite desta sexta-feira, em Rolante, a partir das 19h30min. Na sub-15, o Força Jovem também está buscando a classificação à final, mas perdeu a primeira partida por 1 a 0. Contudo, segundo a direção do Força Jovem, o adversário estava com jogador inscrito irregularmente, o que motivou recurso à organização da competição, ainda sem julgamento até o fechamento desta edição.

Divulgação


esporte

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

13

Associação Parobeense de Futsal empata com ACBF e decide vaga para a final da Série Bronze em casa PAROBÉ – O Campeonato Estadual de Futsal Série Bronze está chegando à reta final, com apenas quatro times na disputa pelo título. A Associação Parobeense de Futsal (APF) jogou sábado, em Cerro Branco, na primeira partida da semifinal, contra a Associação Cerro Branco de Futsal (ACBF). O placar ficou empatado em três a três. Agora, precisa vencer em casa, amanhã, para seguir à final do torneio. Foi o quinto confronto entre as equipes e o terceiro que

terminou empatado – os outros dois registraram uma vitória para cada time. A ACBF começou dona do jogo, pressionando a APF e abrindo o placar faltando 12 minutos para terminar o primeiro tempo. A energia elétrica do Ginásio Municipal de Cerro Branco ficou interrompida por 20 minutos, o que obrigou uma parada no jogo. Na volta, a equipe da casa marcou novamente, e a APF descontou antes de ir para os vestiários, em um gol contra de Moskito. Os adversários marcaram o terceiro na volta para o se-

gundo tempo, mas Signori descontou para a APF, e Gian empatou. Parobé podia ter voltado com a vitória, mas pecava nas finalizações. Com o resultado de três a três, o time precisa da vitória para conseguir uma vaga na final e o acesso à Série Prata, jogando amanhã, às 20 horas, no Ginásio Décio Francisco da Costa. Caso empatem novamente, o jogo vai para a prorrogação. Os atletas parobeenses mantêm o melhor aproveitamento no campeonato, com 15 vitórias, seis empates e duas derrotas.

PANORAMA

CLASSIFICADOS Compra - Venda - Locação Administração de Imóveis

EDITAL DE CASAMENTOS

Júlio de Castilhos, 2572 - Taquara 3542.1674 FILIAL: Ernesto Alves, 2331 - Taquara - 3541.3003

VIACAVA IMÓVEIS

Quem souber de algum impedimento, que oponha-o na forma da lei. DADA e PASSADO nesta cidade de Taquara-RS. Ao primeiro (1) dia do mês de novembro (11) de dois mil e dezesseis (2016). Rua Rio Branco, nº 1145 - Sala 104. Panorama, 4 de novembro de 2016.

EXCELENTES TERRENOS PARA COMÉRCIO OU RESIDÊNCIA VENDAS:

CRECI 21775

ELIZABETH MARTINI, registradora do Registro Civil das Pessoas Naturais e Especial de Taquara-RS. Faz saber que pretendem se casar: 1) RÔNE RODRIGUES PARCHEN e SÔNIA DÉBORA FERNANDES, 2) ISMAEL MACHADO DE BORBA e NATIELY DA SILVA ESCHAVIÃO, 3) CÁSSIO LUÍS GONZAGA e ANA CLAUDIA BRIZOLA DE AZEVEDO.

estamos também no facebook: www.facebook.com/viacava.imoveis

www.viacavaimoveis.com.br | beatriz@viacavaimoveis.com.br

Imóvel em GRAMADO, para moradia ou para aluguel de temporada. Dentro de um parque, no centro da cidade. Casa toda mobiliada, 3 quartos, 1 é suíte, lavabo, banheiro, cozinha, sala e varanda, lareira, de frente para o lago. Cond. R$ 150,00. Quando alugado fatura até R$ 10.000,00 por mês.

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE TAQUARA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES

RESUMO DO EDITAL Nº 003/2016

Matrículas e Rematrículas para a Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio para o ano de 2017: EDUCAÇÃO INFANTIL: REMATRÍCULAS: 3 a 17/11/2016 MATRÍCULAS: 1º a 14/12/2016

ALUGUEL: CÓD 1349 - Apartamento, 1 dormitório, sala de estar, cozinha, banheiro social, garagem, pátio fechado, posição: lateral, Bairro N. de Fátima. R$ 500,00 + encargos.

ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO: REMATRÍCULAS: 16 a 30/11/2016 MATRÍCULAS: 1° a 9/12/2016. Maiores informações poderão ser obtidas na secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes. Taquara, 17 de outubro de 2016. Antônio Edmar Teixeira de Holanda Secretário Municipal de Educação, Cultura e Esportes

CÓD 1347 - Casa de Alvenaria, 2 dormitórios, sala de estar, cozinha, lavanderia, garagem, pátio fechado, posição: frente, Bairro Jardim do Prado. R$ 1.000,00 + encargos.

Tito Livio Jaeger Filho Prefeito Municipal

CÓD 1350 - Prédio Comercial, banheiro social, posição frente, bairro Santa Rosa. R$ 1.320,00 + encargos.

É BOM NEGÓCIO! É CANDEMIL! Preços imperdíveis, venha conferir! Taquara - (51) 3541.0000 Canela - (54) 3909.1000 O momento pede uma Honda! TODOS JUNTOS FAZEM UM TRÂNSITO MELHOR!

QUEM COMPRA HONDA VIRA FÃ!

CONVENIADA

CG FAN 125i 16/17 A partir de R$ 7.390,00 à vista

HONDA CG FAN 125i 16/17. Valor a partir de R$ 7.390,00 à vista ou 48 x R$ 318,28. Taxa (2,72% a.m. e 38,07% a.a.). Licenciamento e capacete não inclusos. Condições sujeitas a aprovação pelo Bradesco. Foto meramente ilustrativa. Valores sujeitos a alteração sem prévio aviso.

ALICE imóveis

CRECI 20.749-j

PAROBÉ: TAQUARA: J. de Castilhos, 2663 J. Mosmann, 265 Fone: 3541.0400 Fone: 3543.6588 E-mail: aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

VENDAS EXCLUSIVIDADE! Casa de alvenaria com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro social, garagem com churrasqueira e amplo pátio fechado. R$ 230.000,00. Cód. 4879. - Apto. com 1 dorm., no bairro Centro. R$ 110.000,00. Cód 4879. - Ótimas opções de terrenos para o plano MCMV. Venha conferir!

LOCAÇÕES - Apto. no bairro Centro, Res. Attuale, com 2 dorm., sala, cozinha, banh. social, área de serviço, garagem. R$ 850,00 + enc. Cód. 6492. - Apto. térreo no bairro Santa Rosa, 1 dormitório, sala, banheiro social, cozinha, área de serviço. R$ 440,00 + encargos Cód. 6583. Casas em cond. no bairro Santa Terezinha, 2 dorm., sala, coz., banheiro social, área de serviço, churrasqueira e gar. R$ 560,00 + encargos Cód. 6610 Traga seu IMÓVEL para LOCAR e VENDER na Alice Imóveis!

AQUI

Imobiliária Conveniada


14

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

Diet

Divulgação/Bernadete Dalosto

Rótulo Zero no Sarau com Café MINISTÉRIO PÚBLICO Estado do Rio Grande do Sul

MARIA LUISA A história de Maria Luisa é breve como sua existência. Na inocência de seu um aninho e pouco, com a boca ainda vermelha dos comprimidos de sulfato ferroso que ingerira pensando que fossem balinhas, disse sorrindo para a mamãe “papei tudo”. A mãe de Maria Luiza, inexperiente em seus vinte anos, perguntou para a avó da menina se fazia mal que ela tivesse tomado, pelos seus cálculos, quase meio vidro dos comprimidos, e a avó, apavorada, aconselhou que a levasse ao hospital. Por fim, a mãe-menina levou a filha no posto de saúde mais próximo, para fazer mais rápido. A enfermeira vestida de branco passou-se por médica aos olhos da incipiente mãe, que sequer questionou quando aquela, sem nem examinar a menina, mandou-a de volta para casa, recomendando que desse suco de gelatina para a criança, que esta apenas teria uma dorzinha de barriga, nada demais. De fato, a pequena começou a queixar-se de dor de barriga, passada uma hora da ingestão, dor essa que foi aumentando a ponto de fazer a menina se contorcer e chorar muito. Decidiram levá-la ao pronto socorro da cidade, onde no caminho a menina desmaiou de dor, o que se revelou, ao chegar ao hospital, que, na verdade, entrara em coma. A correria foi grande para tentar salvar Maria Luisa, pois a medicação já tinha sido absorvida pelo organismo. Chegou a ser removida a Porto Alegre, porém não resistiu à gravidade de seu quadro, vindo a falecer no dia seguinte. A história de Maria Luisa chegou até mim por meio de um processo criminal contra a enfermeira. À dor da mãe juntou-se a minha e quase não consegui fazer as perguntas na audiência, pelas lágrimas que me caiam dos olhos e o nó que eu tinha na garganta. Errou a mãe que não percebeu a filha tomando a medicação, enquanto fazia o almoço. E se poderia julgar uma mãe iniciante, multitarefas no revezamento do cuidado da casa e de uma criança pequena? Mais, poderíamos dizer que errou ao confiar na pessoa de avental branco que a atendeu? Seria correto exigir-lhe que não confiasse? Errou a enfermeira que não encaminhou o caso com urgência ao médico plantonista, subestimando os efeitos de uma intoxicação por sulfato ferroso. Estaria ela com excesso de trabalho? Queria provar conhecimento? Tentava cobrir o furo da falta de médicos no local ou era conivente com algum médico que não queria atender? A resposta para essa sucessão de erros é que Maria Luisa pagou com a vida. Com a sua e com um pedaço da de sua mãe, pai, avó, familiares. Até de mim, que nem a conhecia, arrancou-me um naco dolorido, eu que estou acostumada com essas coisas, depois de tantos anos atuando no crime, mas depois que virei mãe, as dores do mundo me pesam demais. A natureza devia ter permitido sete vidas às crianças, como garantia de protegê-las de sua curiosidade e inocência, mas, acima de tudo, dos erros e omissões dos adultos, seus descuidos e falta de atenção pelo excesso de tarefas ou seja lá por que motivo for. Deus, ou o ser superior em que você acredita, deve ter as suas razões para ter levado esse anjo tão cedo. Se foi para nos ensinar, que façamos todos a lição de casa: tirar os remédios, produtos e utensílios perigosos do alcance das crianças; ainda assim, não pregar o olho delas quando estiverem sob nossos cuidados; pais negligentes, abusadores, que maltratam e colocam os filhos em risco devem ser delatados; se você não é médico, não se meta a receitar ou medicar quando não está preparado para tal, chame quem estudou e tem diploma para isso. Se desconfiou, busque uma segunda opinião. Fiscalize o atendimento prestado nos postos e hospitais, denuncie, exercício ilegal da profissão continua sendo contravenção penal e sujeita a outras sanções administrativas sérias, cabíveis também a médicos pagos com dinheiro público que não trabalham. Algumas atitudes preventivas podem ser a diferença entre preservar uma criança viva ou não. Maria Luisa, pelo menos para mim e para todos que conhecerem sua história, tenho certeza, não terá sido em vão. Angela Dal Pos, promotora de Justiça em Porto Alegre

TAQUARA - A banda Rótulo Zero (foto) agitou o Sarau com Café, no último dia 27, à noite, no Café Bistrô Doce &Delícia. O evento, organizado Roseli Santos, Januário Marques de Souza, Rafael Tourinho Raymundo, Ilana Lehn e Gustavo Linden Albert, reuniu um grande público que foi prestigiar o grupo convidado para um bate-papo descontraído e muito animado. Criada há aproximadamente um ano, a partir de encontros entre amigos, a banda apresentou um repertório eclético, e sem rótulos, para todos os gostos. O grupo é formado por Paulo Jaeger (violão e viola), Paulo Luz (percussão), Lucas Jaeger (viola, guitarra e baixo), José Ferreira (violão, baixo e voz), Nathan Wallauer (bateria, baixo e voz) e André Beck (violão e voz). O sarau, que intercalou blocos de leitura com as canções do grupo, encerrou em alto astral com interpretações de Jota Quest, Raul Seixas e de outros cantores renomados.

Roseli Santos

NOVOS ARES Eu tenho observado, com muita alegria e não sem uma certa surpresa, o movimento de uma galera bem jovem aqui de Taquara que tem ocupado o Parque do Trabalhador, especialmente aos finais de semana, para fazer o que nós, os “mais velhos” (digamos assim), fazíamos na nossa adolescência: sentar com os amigos, conversar, ouvir música, tomar chimarrão, andar de skate, pegar sol, rir ou namorar. No “nosso tempo”, como costumamos dizer, embora o meu tempo continue sempre sendo o presente, nos reuníamos na praça Marechal Deodoro, na piscina do Clube Comercial ou na pista de skate do GEU. Eram esses os principais locais de socialização que agregavam todos os jovens, numa época em que computador, celular e internet eram inimagináveis, coisa de filme de ficção científica, daqueles que só assistíamos no Cine Cruzeiro, isso se fosse exibido em Taquara, ou no desenho animado mais futurista que havia na TV em preto e branco, Os Jetsons. Fora isso, tinha a lomba do GEU (ou do Santa), onde íamos namorar dentro do carro (se o namorado tivesse carro, claro, porque a maioria não tinha) ou subir o Morro da Cruz para ver a cidade do alto, ou ficar nas boates do clube e do GEU (porque frequentávamos as duas numa mesma noite) dançando. Sim, dançando, porque naquela época era assim que tudo começava: dançando ao som dos Embalos de Sábado à Noite para fazer bonito na pista iluminada. Hoje, cercada de tecnologia por todos os lados, com múltiplas opções para todas

as idades, assisto à crescente ocupação e às atividades que essa gurizada está buscando ao ar livre, num parque que nem sempre foi um local tranquilo de se frequentar, mas que agora se transforma numa espécie de clube ou de praça, de ponto de encontro para eventos culturais e de uma diversidade que é motivo de orgulho, especialmente para uma cidade como Taquara, com raras opções de lazer para os jovens, e que pouco oferece para contemplar esse público que não tem medo de sair à rua e, ao que parece, também não quer mais ficar só em frente ao computador. Um sopro de esperança, talvez, ao ver ali no parque tanta gente desligando seu celular para cantar, fazer um piquenique, vender e comprar roupas de brechó, apresentar uma peça teatral, promover feiras, trocar livros e, acima de tudo, compartilhar ideias e experiências de vida. Assim crescemos nós, os “mais velhos”, os da geração intermediária entre a boate do clube e o celular, a piscina e o chuveiro, a praça e o quarto escuro, a máquina de escrever e o computador. Sobrevivemos ao processo de transição, não sem algum ranço, tentando acompanhar tudo e nos comunicar do jeito que dá, em tempo real, com filhos, netos, sobrinhos, enfim, essa turminha toda que já nasce dialogando pelo teclado no WhatsApp, mas que, pelo que observo neste único parque da minha cidade, também está despertando mais cedo para pegar sol, jogar bola, ficar sob as árvores, contemplar o céu e os pássaros e, se sobrar tempo, quem sabe até postar alguma selfie no Instagram.

Grupo musical taquarense e os organizadores do tradicional evento cultural

Nesta sexta-feira, dia 4, às 19 horas, o Sarau com Café estará pelo sétimo ano consecutivo na Feira do Livro de Porto Alegre. O evento acontecerá na Biblioteca Moacyr Scliar, junto ao memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega, com a participação dos organizadores do sarau, do músico Chico Paz, da patrona da feira Cíntia Moscovich e dos escritores infanto-juvenis Dilan Camargo e Léia Cassol.

Plínio Zíngano Do meu tuíter @Plinio_Zingano – Eterno mau aluno, já não aguentava mais as insuportáveis “lições de vida” passadas na televisão. Haja paciência!

SOFISMA TAMBÉM É FILOSOFIA O Facebook está cheio de frases pseudofilosóficas, e isso não deixa de ser uma filosofia: é o sofisma. Por exemplo, leio: “perdoe os outros, não porque eles merecem perdão…, mas porque você merece paz”. Neste sofisma, fala-se da concessão de perdão, como uma estratégia para aplacar a nossa própria falta de paz. Ou seja, ao conceder o perdão, não por um ato de desprendimento, mas, ao contrário, por egoísmo, ficaremos em paz com a nossa consciência. A frase deixa explícita a possibilidade de o recebedor do tal perdão não o merecer. E por qual razão alguém não o mereceria? Provavelmente, por ter feito (“cometido” seria melhor, pois dá ideia de erro) algo que, no julgamento do perdoador, tenha transposto as barreiras do ilegal ou imoral. Se, apesar disso, o transgressor receber o perdão, significa que, mesmo tendo cometido a “falta”, não vai ser punido. Porém, neste caso, não vai ser punido apenas porque o ofendido não quer ter problemas de consciência. Lembre-se, todos os sistemas jurídicos do mundo são baseados na punição por alguma transgressão. Qualquer outro pensamento é falho. A Justiça só existe para o restabelecimento da igualdade entre ofensor e ofendido. Se isso não é necessário, não há necessidade de todo o aparato jurídico existente no mundo. E, vamos lá, você há de concordar, muitas vezes já lamentou alguma “injustiça” na sua vida. Pois é, as coisas começam lá no seu íntimo, quando, para uma suposta tranquilidade de consciência, você perdoa uma ofensa. Entretanto, cuidado, o não perdão de natureza íntima não lhe dá o direito de cobrar o dente e o olho do ofensor. Para isso existe o arcabouço jurídico. Fora deste raciocínio, viva a impunidade! Cá entre nós, ter consciência significa ter coragem para enfrentar as situações incômodas criadas pela vida, procurando fazer julgamentos corretos, segundo a nossa (a consciência, claro!). Não compreendo, pois, como, alguém tendo cometido um ato passível de suscitar reprovação por ter causado sofrimento em outra pessoa, receba dessa pessoa um sorriso e… tudo bem, não precisa se preocupar. E, olhe, não estou falando daqueles atos descritos nas leis e rejeitados pela sociedade como reprováveis. Estou analisando as ações particulares, aquelas ao nosso alcance no tangente à cobrança. Admitir a ideia de perdão, embora pareça muito bonitinho, vai contra todo o senso de justiça. O fato é que, moralmente, não devemos cometer infrações. Se cometidas as faltas, há um preço a pagar, mesmo sendo, apenas, de ordem relacional: sabemos das punições morais e éticas vigentes. Quem é perdoado pelo ofendido se sente liberado para continuar cometendo atos infringentes. Não – penso – não se deve perdoar as transgressões. A não ser que não tenha havido qualquer transgressão e tudo não tenha passado de um julgamento apressado do suposto ofendido. Aí, então, entraremos no terreno da calúnia, o que, também, é um ato imperdoável.


SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016

Por Vanessa Wagner

15

CARIBE LENDÁRIO CRUZEIRO MONARCH

Perfil PATRICK LEISER DE MOURA DJ e Produtor Cultural, idealizador do evento Cultura Solidária. Tem 22 anos, é filho de Vladimir Eusébio de Moura e Elsa Adriana Leiser.

All Inclusive Saída 2/12/16

3541.3127

Conte um pouco mais sobre sua história: Sou filho do Vale do Paranhana. Morei 14 anos em Taquara, depois fui morar três anos em Igrejinha e em Três Coroas residi dois anos. Retornei a Taquara com meus pais, depois fui morar na Armação Florianópolis, onde estava até uns meses atrás.

TAQUARA – Registro do baile em comemoração aos 85 anos da Escola Dorothea Schäfke, na Sociedade Carlos Gomes de Tucanos. Na foto, a diretora Simone Weber, juntamente com a equipe organizadora do evento - professora Juliana Bergmann Kohn, professora Jeanine Müller Hammes, assessora de imprensa Marilisa Passos e auxiliar administrativa Rosana Kohlrausch.

Elizabeth Silva Sauer apreciando a decoração do ambiente

TAQUARA - As lojas Sense/Criare receberam clientes, arquitetos e amigos para comemorar mais um aniversário. A noite temática foi inspirada no México, teve degustação de comidas típicas e oficinas de arrajnos florais e de drinques.

Conte-nos de sua relação com Taquara: Taquara é minha cidade natal, onde nasci e cresci. Precisamente no bairro Petrópolis. Infelizmente, nossa cidade, em termos culturais para os jovens, é muito carente. Principalmente no que se refere a eventos abertos, intervenções culturais, espaço dentro de eventos artísticos da cidade. Foi a partir desse pensamento que, eu e mais três amigos, o Lucas Blumm, o Fernando Spok e o Júlio Padilha resolvemos criar o “Domingo Solidário”, em 2011. Depois, com mais apoio, transformamos no Cultura Solidária. Hoje em dia, eu e o Lucas ainda estamos fazendo e desenvolvendo. Por ser natural daqui, acreditar que todo cidadão pode fazer a cidade melhor, sinto uma obrigação interna minha de fazer e ajudar o próximo, apesar de nossos apoios serem bem carentes. Mas isso é um detalhe, ao poucos estamos conquistando o reconhecimento desse trabalho. A sua atividade profissional é para você: A oportunidade de trabalhar com música e produção cultural permite ajudar o próximo, seja através de doações, ou mesmo espaço para expor um som próprio e fomentar a intervenção entre os jovens. Favorece a questão de poder se reunir com outras pessoas, receber as ideias delas, assim saímos da zona de conforto e de dentro dessa ‘bolha’ que nos foi colocada. E, claro, para mim tem uma soma interior linda, me sinto muito bem em ver que todo trabalho deu resultado positivo, seja em um amigo, uma criança ou uma família que receba a doação.

Maria Arzilda Broilo, Janaína Müller, Cintia Costa, Isabel Kollet, Izabel Neves Müller, Neuza Brussius, Claudia Aline dos Santos e Tita Eckert

O que eles falam sobre o jovem não é sério? Infelizmente, não somos levados muito a sério. Ainda. Uns dizem que é porque não temos experiências de “vida” para poder fazer algo ou desenvolver, acredito que isso vem de um padrão muito antes de nós. Mas que atrapalha, em pleno século 21, ver gente que pensa pequeno assim, é triste. Somos nós que faremos o futuro, as crianças são o futuro. Falam que as gerações estão perdidas, mas quantos da geração anterior se preocuparam em melhorar para as próximas? O que gosta de fazer no tempo livre? Escutar música, sair com minha namorada, fazer artesanato, ir às cachoeiras e ver os amigos. Uma frustração: a política brasileira. Livros: Xamã Urbano e Fortaleza Digital. Filme: O Segredo do Ego, Matrix e As aventuras de PI. Uma personalidade: Eduardo Marinho O que você gosta de ouvir: RAP, Reggae e psytrance

Antonio Schaeffer, Geraldo Angeli, o anfitrião Roger Koetz (Sense/Criare) e Luiz Carlos Sauer Elisa Santos/Foto Thomas

Bárbara Angeli, da Sense/Criare, com integrantes da equipe que serviu coquetéis e aperitivos inspirados no México

Churrascaria

VITÓRIA II

Quem você tem como exemplo? Meus pais, minha avó e os índios. Seu maior sonho: Ver um mundo melhor para todos, sem desigualdade social e nem racial. E viver de projetos e da música. Deixe uma mensagem aos leitores do Panorama: Busque seus sonhos, mesmo se falarem que vai ser difícil. Nada é fácil no mundo de hoje, mas se acreditarmos e lutarmos, sem vaidade e sem ego, conseguiremos qualquer coisa.

Parobé

Venha desfrutar da nossa tradição em bem servir! TAQUARA – Marina da Silva Andrade recebeu convidados para comemorar seu aniversário de 80 anos, dia 22 de outubro, no espaço Líria Eventos.

Fone:

3523.4357

Marechal Floriano, 1248 Taquara 3541.2302


PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 4 DE NOVEMBRO DE 2016 | WWW.JORNALPANORAMA.COM.BR

Divulgação/Dienifer Gomes

Faccat Urban Trail tem inscrições até o dia 11 TAQUARA - As Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) estão com inscrições abertas até a próxima sexta-feira, dia 11, para a 5ª Faccat Urban Trail, que acontecerá no dia 27 deste mês, às 8h30min, no campus. O evento terá corrida nas modalidades de 15 e 6 quilômetros, além de caminhada e corrida infantil. Em sua quinta edição, o evento tem um novo formato e um novo nome. Além do percurso em circuito urbano, a competição de 2016 terá, agora, trechos de trilhas rurais, proporcionando aos atletas a oportunidade de aliar a atividade esportiva ao contato com a natureza. Como evento de extensão, o diretor-geral da Faccat, Delmar Backes, reforça que a Faccat Urban Trail é muito mais abrangente do que uma simples corrida. Destaca a importância desta prova como motivação para a mudança do estilo de vida, oportunizando aos participantes mais saúde, além de aliar esporte, trabalho solidário e o desenvolvimento regional, através da integração dos municípios do Vale do Paranhana, Vale do Sinos e outras regiões, o que também fortalece o Turismo. “Taquara tem que ser descoberta. Além da Urban Trail, temos também o Rallye da Faccat, que percorre vários locais e mostra as belezas da nossa região”, declara o diretor.

De nível médio para fácil, a competição terá assessoria técnica, patrocinadores e apoiadores que garantirão, de várias maneiras, todo o suporte aos atletas. Em sua proposta repaginada, a 5ª Faccat Urban Trail mantém-se atualizada às novas tendências do atletismo, sem deixar de lado algumas marcas peculiares que garantiram o seu sucesso desde a primeira edição, como, por exemplo, o convívio de atletas, familiares e público em geral no campus da Faccat. Neste ano, a prova ainda contará com um padrinho especial, o atleta de Ultramaratonas Trail Run, Manuel Lago, graduado em Educação Física e com pós-graduação em Biomecânica e Marketing. Manuel também é especialista em Treinamento Físico para Forças Especiais e em Corridas de Montanha de Longa Distância, com larga experiência em provas trail run de longa duração (nacional e internacional), sendo uma das principais referências do esporte no Brasil. Para os inscritos na 5ª Faccat Urban Trail, Manuel Lago também ministrará no sábado, dia 26, pela manhã, um workshop e um treino sobre trail run (off-road, trilhas e montanhas), a partir das 9 horas, no campus. O evento tem patrocínio de Construarte, Citral e Copicenter. Para mais informações, inscrições e obter o regulamento da prova acesse www. faccat.br.

Trabalho contou com apoio de estudantes do ensino fundamental da praia de Quintão

Acadêmicos da Faccat lideram mutirão de limpeza em praia gaúcha TAQUARA - Alunos do Curso de Turismo da Faccat reprisaram neste semestre uma ação ambiental iniciada em 2015. Durante um sábado, no final de setembro, eles arregaçaram as mangas e ajudaram a recolher o lixo jogado na beira da praia de Quintão, no município de Palmares do Sul, Litoral Norte do Rio Grande do Sul. A atividade, realizada no dia 24 daquele mês, contou com a participação de 45 alunos do ensino fundamental da Escola Bento Gonçalves, de Quintão, acompanhados de pais, diretora e professoras. Antes do trabalho de campo, os acadêmicos da Faccat fizeram uma breve exposição aos estudantes e demais participantes sobre a importância da reciclagem do lixo e da

consciência ambiental. Em seguida, todos se lançaram ao trabalho, cobrindo uma extensão de 850 metros de praia, incluindo a beira-mar e dunas. Foram reunidos aproximadamente 430 quilos de lixo, principalmente garrafas pet, latas de cerveja, tampinhas de garrafa, bitucas de cigarro, pedaços de madeira, plásticos em geral, redes de pesca e rejeitos não recicláveis. Ao final, os alunos participantes receberam lanches e foram premiados com bolas. Segundo o acadêmico Almir da Rosa Pereira, criador e desenvolvedor do projeto intitulado “Praia do Quintão 100% Limpa”, novas ações deverão ser realizadas daqui para a frente. Paralelamente, ele pretende criar uma ONG no Litoral Norte gaú-

RUA DO LAZER – As atividades do projeto Rua do Lazer, em Três Coroas, acontecerão neste domingo, do meio-dia às 19 horas, nos decks da cidade, entre as duas pontes do Centro. O evento será ao ar livre e contará com shows musicais, exercícios físicos, escalada, tirolesa, demonstração de canoagem, rafting e outros esportes de aventura. Além disso, vários food trucks estarão no local comercializando lanches exclusivos e cerveja artesanal. A programação é uma realização da Prefeitura de Três Coroas.

cho, com enfoque na assistência a jovens em situação de vulnerabilidade. Almir destacou o apoio dos colegas Daniel Ribas, Ismael Vitor Hehn e Rafael Franco, que auxiliaram na coordenação da atividade realizada em setembro. A Faccat garantiu transporte aos seis acadêmicos de Turismo que integraram o mutirão de limpeza e forneceu águas aos participantes. A ação também contou com o patrocínio de Asun Supermercados (camisetas, alimentos, protetores solares e brindes), Vonpar S/A (camisetas) e da fotógrafa Dienifer Gomes, que fez a cobertura fotográfica do evento. Os resíduos recolhidos foram encaminhados pela sub -prefeitura de Quintão a um aterro sanitário.

CORDAS - O grupo Quartetto de Cordas fará apresentação neste domingo, a partir das 14 horas, na igreja do Centro de Conveniências Alles Blau, às margens da ERS-115, em Igrejinha. O espetáculo é gratuito. Você pode assistir a algumas apresentações do grupo no YouTube, pelo link: http://migre. me/ui9Cz.

2307  
2307  
Advertisement