Issuu on Google+

PANORAMA Segundos que fazem a diferença para salvar vidas

Matéria especial mostra a estrutura e o funcionamento dos bombeiros voluntários de Igrejinha | Página 3

TAQUARA, 28 DE MARÇO DE 2014 | Nº 2178| 38 ANOS | 20 PÁGINAS | R$ 1,50

Polícia desarticula quadrilha do tráfico de drogas e armas Página 16

Lousas eletrônicas nas escolas de Três Coroas

Acidentes na ERS-239 deixam dois mortos

Professora Gilmara Pezzi foi atingida por carro que invadiu pista contrária em Sapiranga

Jean Carlo de Lima se deslocava para Rolante, quando foi atingido por dois veículos

Filho encontra no lixão corpo do pai desaparecido Nove escolas têm à disposição 23 lousas eletrônicas, que deixam as aulas mais interativas e estão empolgando os estudantes.

Igrejinha Abusos sexuais preocupam Conselho Tutelar

Parobé Passarela aguarda Tarso para inauguração

Página 10

Página 11

Página Central

Taquara Oktoberfest Falta conserto Conheça as 12 nos buracos na candidatas a Tristão Monteiro soberanas Página 6

REVISTAPANORAMADE ABRIL AINDA DÁ TEMPO DE PARTICIPAR Contato comercial até segunda, 31/03 Mães e noivas em destaque na editoria LIGUE 3542.2288 ou contate revista@jornalpanorama.com.br

Contracapa

Agricultor Raul Fernandes sumiu na sexta-feira passada, sendo localizado pelo filho no lixão do bairro Empresa, em Taquara Páginas 15 e 16


2

EXPEDIENTE

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

ABERTURA Diariamente, o trânsito impacta a sociedade produzindo notícias negativas. Não foi diferente nesta semana, em Taquara, em que pelo menos duas pessoas conhecidas na cidade foram vitimadas de forma trágica, na ERS-239, uma rodovia que está exigindo atenção mais forte dos órgãos públicos. Mesmo assim, não há uma saída para a questão trânsito se não focarmos, cada vez mais, em educação e repressão. É certo que as condições das rodovias de todo o Brasil deixam a desejar, em várias ocasiões. Aqui mesmo, na região, não raro se vê os representantes políticos, em especial os vereadores, liderando as movimentações para reivindicar investimentos em mais segurança nas estradas. As solicitações giram em torno de um arsenal de dispositivos que está ao alcance das autoridades gaúchas, mas

PANORAMA Fundado em 27/9/1975

Editado pela EMPRESA JORNALÍSTICA GAÚCHA LTDA. Inscrição Estadual: 141/0071666 - CNJP: 88.279385/0001-19 Rua Rio Branco, 1006 - Fone: 3542.2288 - Taquara/RS - CEP: 95.600-000

www.jornalpanorama.com.br

Jornalismo: editoria@jornalpanorama.com.br Publicidade: publicidade@jornalpanorama.com.br Direção: direcao@jornalpanorama.com.br Diretor: Olavo Carlos Wagner Editores: Inge Dienstmann / Vinicius Linden

Circulação às sextas-feiras em Taquara, Parobé, Igrejinha, Três Coroas, Rolante e Riozinho (Vale do Paranhana). Fechamento comercial quartas ao meio-dia.

Impressão: Gazeta do Sul (051) 3715.7800 / 3715.7887

As tragédias do trânsito que é ignorado no planejamento das rodovias. Inegável, por exemplo, que é preciso pôr um freio na alta velocidade dos motoristas, seja na ERS-239, rodovia que ceifou duas vidas nesta semana, ou em outras, como a ERS-115 e a ERS-020. Portanto, dispositivos como controladores eletrônicos são essenciais. Mesmo assim, o que dizer quando, a cada final de semana, diversos motoristas são flagrados embriagados e dirigindo. Embora o recrudescimento da repressão, não dá para negar que muitos condutores não vêm

respeitando a regra elementar de que álcool não combina com direção. Situações assim devem ser combatidas, cada vez mais, com policiais nas ruas e a diminuição da impunidade. Mas também devem passar por ações voltadas à educação. Neste ponto, é importante destacar que ainda falta no Brasil um debate mais sério relacionado à educação para o trânsito. Nossas escolas, muitas vezes atreladas a um currículo antigo, não evoluem para incluir conteúdos atuais na base de estudos. Acontece que noções básicas de trânsito continuam sendo negligenciadas das salas de aula, num trabalho de conscientização que deveria começar desde muito cedo. Afinal, as crianças, mesmo que não sejam motoristas, se envolvem no dia a dia das estradas, nem que seja para atravessar a rua e chegar à escola.

Divulgação

MARIZETE FALA SOBRE PROCESSO

A ex-vereadora de Parobé Marizete Pinheiro (PP) se manifestou, nesta semana, sobre a ação revelada com exclusividade pelo Jornal Panorama, na sexta-feira passada. O processo, movido pelo Ministério Público, acusa nove políticos de Parobé de irregularidades na aprovação de uma lei em plena sexta-feira santa. A Promotoria contesta a previsão de pagamento por sessões extraordinárias, possível pagamento de salário maior ao suplente do que ao titular e possibilidade da antecipação dos salários aos parlamentares. No programa Painel 1490, da Rádio Taquara, Marizete disse que levará à Justiça as provas de que nenhum vereador foi ilegalmente beneficiado pela lei aprovada, e ressaltou estar tranquila quanto a todas as acusações feitas.

MÁ FÉ NA DENÚNCIA

Debora Abeling e Anderson Peters com Raposinha, cão envenenado no domingo passado

ENVENENAMENTO NO INTERIOR

Três cães, de diferentes donos, foram envenenados na localidade de Padilha, no interior de Taquara. No domingo passado, por volta de 3h30min, moradores da rua Aparício Antunes Fernandes flagraram dois cães com vômitos e convulsões. Logo em seguida, ambos morreram. O terceiro animal foi encontrado na manhã seguinte, em frente ao posto de saúde de Padilha. Conforme alguns moradores, o motivo do crime seria o barulho que os animais faziam durante a noite, o que poderia estar perturbando os vizinhos. Segundo Anderson Peters, dono de um dos cães, este tipo de crime é comum na localidade. “Nasci e fui criado em Padilha. Quatro cachorros da minha família já foram envenenados nesta rua, sem contar os dos vizinhos. É triste demais, pois para nós esses animais são parte da família. Há alguém muito ruim e covarde morando aqui. Estamos nos unindo para descobrir quem é esse criminoso e denunciá-lo”, relatou o jovem.

Membro da

A ex-vereadora Marizete Pinheiro disse, em sua entrevista à Rádio Taquara, entender que houve má fé na denúncia encaminhada ao Ministério Público. Na avaliação dela, mesmo com a sessão que aprovou o projeto tendo sido realizada numa sexta-feira santa, o encontro não foi “às escondidas”. Marizete não soube explicar, porém, por qual motivo a sessão não teve o registro em áudio, como costuma ocorrer. Ela disse que os vereadores apenas atenderam a uma convocação para sessão, e que quando o parlamentar é solicitado ele deve estar à disposição da comunidade. Marizete acrescentou que, se o projeto aprovado deixou alguma brecha legal, deve ser corrigido pelos atuais parlamentares, que têm o poder de fazer as alterações. OUÇA A ENTREVISTA EM http://vai.la/4lF7

MELHORES ESTRADAS

Divulgação/Samuel Motta

Na segunda-feira pela manhã, caminhoneiros e moradores de Morro da Pedra bloquearam a estrada da Integração, reivindicando melhores condições às prefeituras de Parobé e Taquara. Em função do bloqueio, os prefeitos de Parobé, Cláudio Silva, e de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, foram até a localidade (foto). O chefe do Executivo parobeense disse que a Prefeitura já havia, nos últimos dias, firmado parceria com a administração de Taquara para solucionar o problema, destacando que as obras deveriam ter iniciado na semana passada, mas sofreram atraso devido à chuva. O prefeito se comprometeu a concluir os trabalhos e a disponibilizar um caminhão caçamba e uma motoniveladora (patrola) para a Secretaria Distrital de Santa Cristina do Pinhal. Já o prefeito Tito informou que o atraso no conserto das estradas se deu por conta das dificuldades com maquinário e de pessoal da Secretaria de Obras de Taquara.

A PONTE SEM SOLUÇÃO

O problema na ponte sobre o Rio dos Sinos, na ERS-020, em Taquara, gerou intensas reclamações na sessão de segunda-feira do Legislativo. O debate foi desencadeado a partir de mais um assalto registrado na ponte, com uma pessoa conhecida em Taquara, o técnico de som Álvaro Luiz Urnauer (Plets). Ele foi atacado no domingo à noite por bandidos e teve seu carro, um Fiat Uno, e equipamentos de som roubados. Consultado nesta semana, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) confirmou ao Panorama que recebeu da empresa EPT Engenharia o relatório contendo o diagnóstico do problema da ponte. Segundo o Daer, o relatório encontra-se em análise por seus engenheiros, e não será divulgado antes de qualquer conclusão por parte dos profissionais.

MORRE FUNDADOR DA BIBI

Arquivo

Morreu, na terça-feira, o fundador da Calçados Bibi, de Parobé, Albino Eloy Schweitzer (foto), aos 90 anos. Ele também é um dos sócios fundadores e ex-presidente do Lions Clube de Parobé. No domingo passado, tinha recebido homenagem do clube de serviços por seu trabalho comunitário.

59

Contribua com seu artigo. Envie para editoria@jornalpanorama.com.br O texto deve conter no máximo 1500 caracteres

Expocampo Já foi dito, repetidas vezes, que nosso povo sofre de baixa autoestima. Que algumas ações aqui não vingam e que outras são sempre muito contestadas antes que possam mostrar seu significativo valor. É preciso, desde já, reconhecermos o esforço sobre-humano que a atual administração vem tendo para resgatar alguns eventos. Cito por ora a EXPOCAMPO. Talvez mais um evento que esteja fadado a ficar apenas nos registros dos anais históricos de nossa cidade, como foi a Ciranda da Canção, mas, que se está tentando resgatar. Executar um evento como este não é fácil, especialmente quando registramos um índice absurdo de homens e mulheres que migraram do campo para a cidade. Ademais, a matriz leiteira da região não é mais a mesma que era nos anos 80 e 90 do século passado. O mundo mudou e, por incrível que pareça, Taquara, também mudou e a nossa realidade hoje é bem distinta. Quem sabe, EXPOCAMPO seja um nome realmente que deva ser preservado, e que outro nome seja dado a uma Feira Municipal, que possa atender e respeitar a diversidade existente em nosso município, agora no século XXI, que possa ser planejada como um evento autossustentável, se não rentável. Que possa mesclar o antigo com o moderno, o novo com o velho, o gaúcho com o funk, sem que crie constrangimento e/ou celeuma na hora de apresentar os shows do evento, por exemplo. É sabido que eventos desta natureza têm sido bancados, na maioria das vezes, pela bilheteria proveniente da venda de ingressos dos shows e/ou entrada no parque de eventos (algo que sempre foi rejeitado por nossa comunidade). Não há mágica para divulgar, montar estrutura, trazer artistas e fazer algo grandioso como o que se pretende, sem que haja dispendiosos gastos, que serão cobertos pela participação popular ou pelos cofres públicos. Se os shows não são genuinamente gauchescos, nativistas, bairristas como alguns gostariam que fosse, para tão somente combinar com o nome EXPOCAMPO, ao menos são ou foram pensados para obterem público que poderá, e espera-se, bancar a estrutura projetada. Já fiz algumas observações em rede social, apontei, por exemplo, a falta de um show gospel, que pudesse contemplar a imensa comunidade evangélica do Vale do Paranhana. Um evento de tamanha envergadura certamente mereceria um show destes. Talvez no próximo ano as reclamações surjam justamente porque o prefeito resolveu atender esta demanda, assim como acontece este ano com o chamado FUNK Ostentação. E então continuaremos discutindo a autoestima ou satisfação de nosso povo, que parece ter aprendido a reclamar, seja lá do que for, de quem faz e/ ou de quem não faz. Maurício Souza Rosa Radialista, bacharel em teologia e tecnológico em marketing, de Taquara


► Na próxima edição, matéria especial mostrará as condições dos bombeiros voluntários de Rolante.

ESPECIAL BOMBEIROS

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

3

Texto e fotos: Guilherme Augusto

Para salvar vidas, segundos fazem toda a diferença

Voluntários têm como nova meta adquirir caminhão e ambulância IGREJINHA – Atualmente, o Corpo de Bombeiros Voluntários do município mantém sete viaturas disponíveis para uso de seus 32 membros. São duas ambulâncias, dois caminhões de combate a incêndios, um veículo de resgate (Ford F-250), um administrativo (GM Corsa) e uma moto. A frota tem de dar conta das cerca de 180 ocorrências mensais (média de seis por dia), porém, a família deve aumentar. A corporação pretende adquirir um caminhão de combate ao fogo e trocar sua ambulância 2003 por outra mais atual. Para isso, a positiva experiência de 2013 será empregada como molde. No ano passado, a corporação arrecadou R$ 90 mil em doações da comunidade e de empresas locais para a compra de uma

ambulância. Além do veículo, o montante financiou o equipamento do mesmo, como material de pré-atendimento hospitalar. Agora, será necessária mais interação da sociedade, uma vez que o valor do caminhão gira em torno de R$ 400 mil. “Queremos adquirir um veículo plenamente equipado e polivalente, que não irá apenas ‘dispensar água’. Atualmente, em algumas ocorrências de incêndio, por exemplo, temos de deslocar três veículos: nosso caminhão leve (com capacidade de mil litros d’água) que chegará primeiro no local e iniciará o combate ao fogo; o maior, de seis mil litros, que dará apoio ao pequeno; e o veículo de resgate, que levará muitos equipamentos necessários para a ocorrência. Com

o caminhão polivalente, dispensaremos a F-250, gerando economia de tempo e de recursos”, explicou o comandante Joni Feltes. Conforme relatou Joni, o novo caminhão atenderá diversas ocorrências, além de incêndios. “Ele terá capacidade de levar todo o material necessário para atendimento em casos de resgate, acidentes, desastres naturais. Com grande capacidade de dispensar água e levar materiais que estão em outros veículos, será adequado para todas as ocorrências”, salientou o comandante. Sobre o valor, Joni afirmou que apenas o chassi do caminhão custa mais de R$ 100 mil. O novo caminhão previsto à corporação armazena cinco mil litros. Apesar de ser menor que o veículo atual, Joni

Custos e equipamentos Diferente de corporações militares, que são mantidas por repasses do governo estadual, as voluntárias sobrevivem graças a repasses das prefeituras e doações da comunidade. No caso de Igrejinha, a Prefeitura repassa mensalmente R$ 25 mil aos bombeiros. Porém, o custo para manter a corporação operando em perfeitas condições é alto. Segundo o comandante, “o equipamento de um bombeiro para combater o fogo custa muito. O EPR (que permite a respiração através de um cilindro de oxigênio) custa cerca de R$ 4 mil, aproximadamente o mesmo valor da roupa, sem contar os R$ 1.700,00 do capacete. Outro custo

que pesa no bolso é o da manutenção dos veículos, pois são gastos R$ 1.700,00 só em combustível, sem falar em mecânica preventiva, como troca de pneus. Os equipamentos da ambulância também têm valores consideráveis, como

a maca de imobilização infantil, que custa R$ 700,00 e o oxímetro (equipamento que mede oxigenação sanguínea e batimentos cardíacos), R$ 400,00. Por isso, a parceria com a comunidade se faz ainda mais necessária”, frisou o bombeiro.

Oferecemos Treinamento de Prevenção e Combate a Incêndio Informações e inscrições

3541.3838 / 9804.4374

Aulas teóricas e práticas Emissão de certificado cfo. exigência da RT n° 014

Recarga e manutenção de extintores • Instalação de extintores Testes em equipamentos de combate a incêndio • Análise técnica de equipamentos Assessoria de segurança em projetos de engenharia • Teste Hidrostático Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) Av. Sebastião Amoretti, 1183 - Taquara - 3541.3838 - www.saftextintores.com.br

explicou que “ele é muito mais eficaz em decorrência da pressão da água. Nosso caminhão de mil litros tem capacidade de demandar 500 gpm (galões por minutos) enquanto o de oito tem de apenas 250 gpm. O novo caminhão terá potência variando entre 700 e 1.000 gpm, facilitando atendimento em locais de difícil acesso, como em prédios altos e grandes indústrias”, explicou Joni. A ambulância, por sua vez, irá substituir a atual Fiat Ducato, ano 2003, e com mais de 320 mil quilômetros rodados.

A corporação adota medidas para economizar tempo desde o atender a chamada do 193. Há sirenes específicas que distinguem qual a ocorrência, se é um acidente veicular ou incêndio, por exemplo, para que os bombeiros ganhem tempo em se posicionar e partir. Durante a entrevista, a reportagem participou de uma simulação de ocorrência de incêndio. O repórter ligou para o 193, que foi atendido por Joni, e passou a hipotética localização de uma residência em chamas. Imediatamente o comandante soou a sirene e em

cerca de 40 segundos uma equipe de cinco bombeiros (pegos de surpresa, pois não sabiam que se tratava de uma simulação) já estava partindo em direção ao fogo. “A saída daqui é muito rápida. O que vai nos dar o tempo resposta é, apenas, a distância da ocorrência. Para prevenir problemas adotamos medidas como, por exemplo, checar os veículos rigorosamente todos os dias no início da manhã”, salientou Joni. Há treinamentos e simulações, também, para outros atendimentos, como imobilizações (foto abaixo).


4

TAQUARA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Divulgação/Magda Rabie

Lar Padilha recebe material em doação de grupo evangélico O grupo da Congregação Comunhão Familiar, da igreja Assembleia de Deus, de Igrejinha, visitou, na terça-feira, o Lar Padilha. A intenção, segundo a líder da congregação, Márcia Resser, foi auxiliar a entidade com a doação de produtos de higiene feminina, como shampoos e condicionadores de cabelo. “Promovemos um evento especial no mês da mulher e arrecadamos estes produtos direcionados às mulheres”, salientou Márcia. Na foto acima, o momento da entrega dos produtos no Lar Padilha. CÂMERAS - Foi realizada, na terça-feira, uma nova reunião entre a Prefeitura de Taquara e o governo do Estado para discutir a implantação definitiva das câmeras de vigilância na cidade. Segundo material divulgado pela Prefeitura, ficou definida a necessidade de levar a sala de gestão para dentro do quartel da Brigada Militar, em função do sigilo previsto para as imagens. Será formalizado um convênio com a corporação policial, que ainda depende de ajustes jurídicos. Segundo a Prefeitura, uma nova reunião deverá ser agendada, com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, a fim de viabilizar este convênio.

Oficinas gratuitas incentivam sustentabilidade e uso de fitoterápicos Idealizada a partir das experiências de uma professora das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, em 1992, no Rio de Janeiro, a Escola Ambiente atua há quase vinte anos com o lema de sustentabilidade e desenvolvimento. Para o primeiro semestre deste ano, ela está com cursos abertos, todos gratuitos e voltados a qualquer pessoa da comunidade. As atividades desenvolvem, entre outras coisas, práticas de sustentabilidade, como oficinas de papel reciclável e trabalhos com jornais velhos. A Escola Ambiente também realiza palestras e encontros, com visitas a educandários, além de ensinar o cultivo e uso correto de plantas medicinais – os fitoterápicos. “Cuidar do meio

Cristiano Vargas

Augusto mostra o canteiro onde são cultivadas as plantas medicinais

ambiente não é apenas um capricho. É uma necessidade para nossa sobrevivência”, destaca o coordenador do espaço, Augusto Luiz Ebling. Os cursos são variados, podendo durar de um dia a seis meses, e buscam atender às demandas propostas pela comunidade. “As escolas podem agendar visitas que montamos oficinas sobre

assuntos trabalhados em sala de aula. Tentamos mostrar a possibilidade de fazer coisas com materiais da natureza que dispomos em casa, para transformarmos em móveis e utensílios”, explicou. Mais de 2,8 mil pessoas participaram de atividades somente no ano passado, como aponta um relatório elaborado pela própria es-

Encontro em maio completa o ciclo de palestras A Escola Ambiente vem desenvolvendo, desde 2012, um ciclo de palestras sobre temas vitais à vida e sustentabilidade. Os encontros fazem parte de um projeto lançado durante o II Fórum Mundial de Educação Pro-

fissional e Tecnológica, em Santa Catarina, e ocorrem semestralmente. Para cada palestra, um tema específico foi definido e é abordado por diferentes palestrantes. O primeiro encontro foi sobre alimentação,

depois veio a moradia e educação. No dia 28 de maio, no auditório das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), haverá o quarto evento, que tratará de produção de energias alternativas, como as eólicas e solares.

ACONTECEU

NO

Um mês de aulas em 2014... O tempo não dá tréguas e as atividades são muitas... De 10 a 14 de março, os alunos vivenciaram a Semana de Hábitos de Estudo. Muitos conselhos, muitas experiências, focando o tema: Aula dada, aula estudada, HOJE! Foram, também, entregues medalhas aos alunos que se destacaram nos estudos durante o ano de 2013. Para quem recebeu, foi uma festa! A par das atividades acadêmicas, das aulas bem planejadas e bem assistidas, o IACS também se preocupa com a parte artística e social. Assim, a tradicional festa de recepção aos calouros não poderia faltar. Ela ocorreu no dia 15 de março. Muita animação, muito carinho para com os novatos e o “decreto” do diretor geral de que, a partir de agora, não há mais calouros no Colégio. Todos são donos da casa! Na recepção, fez-se presente o CTG da cidade de Lomba Grande. Uma recepção bem gaúcha para os nossos novatos. O CAMTA (Escola de Música) também já está em pleno funcionamento. Os ensaios dos Corais já começaram, a Camerata (conjunto de violões) vem ensaiando a todo vapor, e as famosa “Terças Musicais” já fizeram sua primeira apresentação no dia 18 de março. O Coral dos Adolescentes se apresentou com os cantores veteranos no Congresso da Associação Sulriograndense, realizado aqui no IACS, no sábado, dia 22. É isto, pessoal! A Escola do Vale sempre avançando para o bem de suas joias preciosas: os alunos! Venha fazer-nos uma visita. Conheça as instalações do IACS e as propostas pedagógicas. Você vai perceber que o Colégio tem compromisso com o futuro de seu filho e da sua família.

Site: www.iacs.org.br | Face: www.iacsinternato | Twiter: @iacsoficial | Fone 3542. 6800

cola. Foram realizados 17 eventos, como visitas, oficinas, palestras, exposição. O “Kit Saúde” é um dos trabalhos idealizados e executados pela Escola. “São plantas medicinais reconhecidas pela tradição e certificadas pela ciência. Criamos a relação de dez plantas mais comuns na região e a relacionamos a 60 males”, revela. A Escola Ambiente atualmente fica localizada dentro do campus da Faccat. O coordenador lembra que sete anos atrás ela ficava na rua Tristão Monteiro, onde os trabalhos eram voltados a crianças carentes, que desenvolviam atividades relativas às questões ambientais no turno inverso às aulas. “Aqui, a nossa atividade é diferenciada, pois oferecemos oficinas abertas a qualquer pessoa da comunidade”, disse.

CONFIRA NO SITE DO PANORAMA A RELAÇÃO DE OFICINAS DA ESCOLA AMBIENTE Acesse o endereço:

http://vai.la/4nBU


PANORAMA REDAÇÃO

TAQUARA

Todos os sábados, às 14h, na Rádio Taquara

A base de Taquara do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) recebeu, nesta semana, uma nova unidade de resgate. Segundo a Prefeitura, o veículo, entregue pelo Ministério da Saúde, estava na cidade desde 12 de dezembro, mas ficou parado aguardando a reposição de uma peça (giroflex) que estava com defeito. Segundo o médico Fábio Strauss, coordenador do Samu, este é o segundo veículo novo colocado à disposição da base de Taquara desde o ano passado. Na foto, momento da entrega, com o funcionário do Samu, Anderson Porto, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho, os médicos Fábio Strauss e José Karam. Divulgação/Eduardo Vaz

Brigada Militar recebeu duas novas viaturas e busca o aumento do efetivo

Ocorreu, na tarde da terça-feira, na Praça Marechal Deodoro, a entrega oficial de duas viaturas para a Brigada Militar. As chaves dos veículos Fiat Palio Adventure, adquiridos através da Consulta Popular e Cidadã, foram entregues pelo prefeito Tito Lívio Jaeger Filho aos representantes da Brigada Militar, major Adriano Zanini e o tenente Hércules Costa. Também estiveram presentes o secretário de Segurança e Trânsito, Paulo Möller, o coordenador da Consulta Popular, Alexandre Haag, além do secretário de Captação de Recursos, Lorival da Rosa, e do vereador Luiz Carlos Balbino. Segundo o major Zanini, neste ano a Brigada Militar, através da Consulta Popular, estará pedindo mais duas ou três viaturas. De acordo com o comandante, o pedido se deve ao fato de levar aproximadamente dois anos até que os veículos sejam entregues à corporação. O major observou que, após o recebimento dos veículos nesta semana, a Brigada Militar de Taquara soluciona em parte um dos principais problemas da corporação, que era a falta de viaturas em condições de realizar o patrulhamento no município. Zanini informou que a conservação de viaturas com mais de três anos de uso acaba trazendo prejuízos para a corporação, devido ao alto valor da manutenção. O

Fotos: Marcio Renck

Samu ganha uma nova unidade

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Autoridades realizaram entrega de veículos obtidos pela Consulta Popular

jogo de pneus de cada uma das viaturas, segundo o major, dura apenas três meses. O comandante disse que a manutenção de algumas viaturas mais antigas chega a custar duas vezes o valor do veículo. A falta de efetivo na corporação também foi abordada pelo major Zanini em entrevista ao Panorama, na sexta-feira passada. Segundo ele, faltam soldados, por exemplo, para a implantação de uma Patrulha Escolar, que atuaria nos horários de chegada e saída das escolas. Segundo Zanini, a Brigada Militar recebe um grande número de chamadas das escolas, relatando brigas e até mesmo venda de drogas no

entorno dos educandários. “Para que o projeto saia do papel é preciso um aumento do nosso efetivo”, contou. Zanini disse que foi realizada uma campanha, em parceria através da Ampara e da Faccat, para incentivar o pessoal da região a participar do concurso da Brigada Militar, cujo curso preparatório iniciou na sexta-feira passada. “Foram colocadas faixas pelas cidades da região, buscando atrair um número maior de inscritos, para que os aprovados possam permanecer atuando no Vale do Paranhana. Também estaremos buscando recursos através do poder público para obtermos novos computadores e outros equipamentos”, finalizou.

Curso para soldados da Brigada e Bombeiros até a próxima semana Vereadora quer ação contra o analfabetismo Por meio de indicação encaminhada à Prefeitura de Taquara, a vereadora Sirlei Silveira (PTB) sugeriu, nesta semana, a adoção de programas voltados à erradicação do analfabetismo na cidade. No documento, dirigido à Secretaria Municipal de Educação, Sirlei sugere a criação de núcleos de alfabetização, espalhados pelos bairros de Taquara, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Transferido evento da Alípio Sperb A Escola Alípio Sperb realizaria, na próxima segunda-feira, evento de comemoração aos 90 anos de atividades. Contudo, em virtude do falecimento da professora Gilmara Pezzi Pereira, que atuava no educandário, a direção escolar informou nesta quinta-feira a tranferência do evento. A promoção acontecerá, agora, no dia 30 de abril.

DOE SANGUE

A vida de alguém pode depender deste gesto.

O curso preparatório dos candidatos ao concurso da Brigada Militar para formação de soldados do policiamento ostensivo e do Corpo de Bombeiros iniciou na última semana. Em sua terceira edição, a capacitação está sendo ministrada pelas Faculdades Integradas de Taquara (Faccat). A aula inaugural, realizada no auditório do campus, reuniu cerca de 200 candidatos. Conforme o diretor-geral da Faccat, Delmar Backes, o curso busca a mobilização de jovens da região para se inscrever no concurso da Faccat recebeu grande número de inscritos para capacitação visando a concurso Brigada. Delmar ressaltou municípios do estado. Para às 12h e das 13h30min às o dia 6 de abril, domingo. A que, quanto mais pessoas do ele, o grande número de ins- 16h30min), no domingo (8h promoção é da Faccat, BrigaParanhana estiverem partici- critos no curso se deu devido às 12h) e no dia 5 de  abril da Militar e Ampara. pando, maiores são as chan- à mobilização feita entre os (8h às 12h e das 13h às 17h), ces de aumentar o efetivo da munícipes da região. no campus. Ministradas por Brigada Militar e do Corpo Devido à mudança de data profissionais da Brigada Mide Bombeiros. “Aqueles que, da prova, as aulas, que ocor- litar e professores da Faccat, por ventura passarem na pro- reram nesta semana, ainda as aulas encerrarão no dia 5 va e são de outras regiões, serão realizadas amanhã (8h e a prova está marcada para acabarão retornando para elas. Por isso a importância da participação de pessoas do Vale do Paranhana, que será beneficiado como um todo. O curso busca qualificar nossos inscritos para a prova”, observou. O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho participou na condição de presidente da Associação dos Municípios do Vale do Paranhana (Ampara). Ele disse que, assim que saiu o edital do governo estadual, entrou em contato com a Faccat para viabilizar a realização do concurso. Titinho ressaltou que a questão envolvendo o baixo efetivo das corporações policiais não é um problema só de Taquara, mas de todos os

5

Associação do Petrópolis terá assembleia

A recém criada Associação de Moradores do Bairro Petrópolis (Amope) informou que realizará assembleia geral extraordinária neste sábado, dia 29, a partir das 14 horas. O encontro acontecerá no Colégio Theóphilo Sauer. Na pauta, os problemas do bairro e suas possíveis soluções. “A luta por mais qualidade de vida é uma tarefa coletiva e junto somos mais fortes”, destacou Sérgio Amorim, membro do Conselho Gestor da entidade.

Dia para conscientizar sobre trânsito A Secretaria Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana realizará, na próxima segunda-feira, dia 31, ações educativas voltadas à conscientização sobre o trânsito. Das 11h30min até as 12 horas, será realizada uma blitz no semáforo que cruza a ERS-239 e a ERS-020, com a participação da Polícia Rodoviária e do Corpo de Bombeiros. Durante a tarde, a mobilização ocorrerá em pontos da rua Júlio de Castilhos. A partir das 19h30min, serão realizadas palestras no Colégio Municipal Theóphilo Sauer, para cerca de 300 estudantes. Ministrarão a atividade o soldado Diogo Weide (Polícia Rodoviária), sargento Waldemar David Pereira Dias (Corpo de Bombeiros) e o soldado Fábio da Silva Mathias (Brigada Militar). As palestras abordarão penalidades, habilitação, ingestão de bebidas alcoólicas, instalação de radar móvel, acidentes na região, além de dúvidas e esclarecimentos sobre o trânsito.


Quer vídeos, fotos e enquetes?

6

TAQUARA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Acesse o PanoramaNET!

www.jornalpanorama.com.br Fotos: Cristiano Vargas

Comunidade Evangélica IECLB Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

“Saia da tua terra e... vá para uma terra que eu lhe mostrarei” (Gênesis 12.1). Amigos do Panorama! Abrão estava acomodado e muito tranquilo em sua terra. Por que, então, Deus quer que ele abandone tudo e saia da sua terra e do meio de sua gente? Deus quer que Abrão seja uma bênção, não só para a sua família, mas para todas as famílias da terra. O Senhor não se satisfaz com uma família feliz e abençoada, ele quer um povo feliz e abençoado. Por isso, dá a ordem para que Abrão vá a um lugar que ele lhe mostrará. Para onde Deus envia a nós, hoje? Não podemos interpretar a ordem dada ao pé da letra. Mesmo que muitos jovens gostariam de ouvi-la de seus pais. Gostariam de sair da terra, da casa, do interior, da pequena cidade, em busca de um lugar de futuro, de melhores perspectivas de vida. Sair da terra, da casa, significa abrir mão do comodismo e abandonar o individualismo e o egoísmo. Deus quer que nós sejamos uma bênção para outras pessoas. Não podemos ficar preocupados apenas conosco mesmos, com o nosso bem-estar, mas devemos preocupar-nos também com o bem-estar dos outros. Claro, a nossa pergunta será: como? É preciso vencer barreiras, criar condições de vida digna e ajudá-los em suas necessidades. Isso é difícil? Sim! Muitos obstáculos nos impedem para esta ação. Como Abrão, também nós somos designados para sermos uma bênção. Como e para quem? Pensemos nisto neste tempo da Quaresma! Amém. P. Valmor Haag PROGRAMAÇÕES: Sábado, 29: Retiro de Confirmandos, na Casa de Retiros Monte Sinai em Ivoti; Culto no Lar OASE, às 15 horas, com ceia; Encontro de Jovens, às 19 horas. Bênção Matrimonial de Felipe Volkart e Fernanda Cruz, na Igreja da Paz, às 19h30min. Domingo, 30: Culto na Igreja da Paz (centro), às 9 horas.

Carros entram na pista contrária para poder desviar de buraco

É possível ver buracos como este em grande parte da Tristão

Cratera em um dos pontos da principal rua de acesso à cidade

Buracos da Tristão: por enquanto, só medidas paliativas para tapá-los

Desviar de buracos tem sido um trabalho incômodo para motoristas que trafegam diariamente pela rua Tristão Monteiro, no Centro de Ta­ quara. Crateras e rachaduras no asfal­ to podem ser vistas por quase toda a extensão da via. Contatado pelo Jornal Panorama, o secretário de Segu­ rança e Trânsito de Taquara, Paulo Möller, explicou o que está sendo feito para solucionar problemas. O secretário afirma que a parte mais danificada já foi consertada, e ficava logo após a entrada do acesso da ERS-020. “Era tanto buraco que se tornou um só. Fizemos uma man­ ta para tapar todos”, conta. Outras medidas também foram aplicadas

no pórtico de entrada pela ERS-115 e na rotatória, no início do ano. Ele garante que a intenção era investir na recuperação de outros trechos da rua, mas que a verba destinada para este serviço acabou não sendo suficiente. Somente para a Tristão, Möller estima que seria necessário cerca de um milhão de reais em asfalto novo. Com a verba apertada, ele disse que a medida para o momento seria con­ centrar os trabalhos em casos neces­ sários, como conserto dos buracos. “O asfalto é um material caro. Por isso, precisamos fazer estas inter­ venções emergenciais. Enquanto não temos recursos para fazer uma nova pavimentação, vamos tomando me­

didas paliativas”, disse. Ontem pela manhã, Moller con­ firmou ao Panorama que a empresa licitada para o tapa-buracos iria reali­ zar intervenções asfálticas na via até o dia de hoje. Um dos principais problemas destacados por Möller é o tráfego intenso na Tristão Monteiro, princi­ palmente de caminhões que usam a rua como desvio entre a ERS-020 e 115. A infiltração, segundo o secretá­ rio, também contribui para diminuir a durabilidade da pavimentação. “Se tiver água por baixo, o asfalto irá sol­ tar, vibrar e estourar. A pavimentação tem vida útil, e depende do fluxo”, argumenta.

Segundo secretário, operação consertou a parte mais danificada

Entre o posto de combustíveis ALE e o Supermercado Müller, dois buracos chamam a atenção pelo ta­ manho e proximidade. Por cerca de 20 minutos, a reportagem do Jornal Panorama flagrou motoristas obri­ gando-se a entrar na contramão para desviar das crateras, enquanto outros, para não sofrer com o impacto na hora da passagem, diminuíam a velo­ cidade. “Ainda não sei como nenhum acidente aconteceu aqui. Os motoris­ tas freiam em cima do buraco. Se houver outro atrás dele, dirigindo um pouco mais rápido, já é o suficiente para bater”, relata comerciante em frente a um dos buracos. Ele não quis se identificar.

Prefeitura assina contrato para investir R$ 571 mil em asfalto A administração municipal de Taquara anunciou, nesta semana, a pavimen­ tação de novos trechos de ruas, com previsão de início em maio deste ano. Na terça-feira, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho assinou contrato com a Caixa Eco­ nômica Federal, visando a um investimento de R$ 571 mil. Serão contempladas as ruas Coronel Diniz (da Sebastião Amoretti até a rua Santa Catarina), Santa Catarina (da Coronel Diniz até a rua Farrapos) e a rua Paraná (da Sebastião Amoretti até a Santa Catarina). Todas as vias ficam no bairro Santa Teresinha. Segundo a Prefeitura, o contrato foi assinado entre o Executivo e o Minis­ tério das Cidades, por meio de emenda parlamentar do deputado federal Luiz Carlos Busatto (PTB). O montante destinado pelo governo federal é de R$ 500 mil, enquanto a contrapartida da administração municipal será de R$ 71 mil. A Caixa Econômica Federal será a gestora dos repasses e fiscalizará a execução da obra. A Prefeitura informou que a análise do projeto já foi efetuada pela Caixa, que encaminhou a autorização para a realização da licitação, que acontecerá em abril. A entrega das obras ocorrerá dois meses após o seu início. O prefeito Titinho pondera que problemas referentes à pavimentação inade­ quada estenderam-se por diversas administrações municipais. “Produtos asfálti­ cos de má qualidade não possuem a durabilidade esperada pela comunidade. Por isso, estamos vivendo este momento no município, de vias difíceis de transitar. Peço paciência a todos, pois estamos trabalhando diariamente para fazer de Ta­ quara uma cidade ainda melhor de viver”, destacou o prefeito. Participaram da assinatura do contrato, o gerente da Caixa em Taquara, Mau­

Divulgação/Magda Rabie

Autoridades assinaram contrato para asfaltar diversas vias no bairro Santa Teresinha

rício Zandona, o gerente regional de Negócios da Caixa, Roque Arno Schneider, o secretário de Planejamento, José Inácio Wagner, e o secretário de Orçamento e Finanças, João Carlos de Moura.

SÍNTESE DOS PROJETOS EM TRAMITAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES DE TAQUARA * Projetos apresentados na sessão de segunda-feira, dia 24 de março. - PROJETO DE RESOLUÇÃO NÚMERO 2, de autoria da Mesa Diretora: altera resolução da Câmara de Vereadores que fixa os valores de bolsa-auxílio pagos aos estagiários do Legislativo. - PROJETO DE LEI NÚMERO 60, de autoria do vereador Telmo Vieira (PTB): institui o Dia do Gari e o inclui no calendário de eventos de Taquara. - PROJETO DE LEI NÚMERO 61, de autoria do vereador Guido Mário Prass Filho (PP): isenta os produtores rurais cadastrados no município do pagamento de “preço público para serviços de enterro de animais de grande porte”. - PROJETO DE LEI NÚMERO 63, de autoria da Mesa Diretora: autoriza o Legislativo a doar móveis para o Esporte Clube Atlético Palmeiras. - PROJETO DE LEI NÚMERO 64, de autoria da Mesa Diretora: autoriza o Legislativo a doar móveis para a Associação Beneficente Evangélica Floresta Imperial, entidade mantenedora do Lar Padilha. - PROJETO DE LEI NÚMERO 65, de autoria da Mesa Diretora: estabelece tabela de valores para os cargos em comissão, funções gratificadas e cargos de provimento efetivo da Câmara de Vereadores. - PROJETO DE LEI NÚMERO 66, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a firmar convênio com a Apae –

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. - PROJETO DE LEI NÚMERO 67, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a destinar a quantia de até R$ 170 mil ao CTG O Fogão Gaúcho para a realização da Expocampo. * Projetos aprovados na sessão ordinária de segunda-feira, 24 de março. - PROJETO DE LEI NÚMERO 53, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a contratar, emergencialmente, um servidor para o cargo de assistente social para atuação na Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação. - PROJETO DE LEI NÚMERO 54, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a contratar, emergencialmente, até 15 operários para atuação na Secretaria de Obras. - PROJETO DE LEI NÚMERO 55, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a repassar recursos pecuniários aos médicos participantes do programa Mais Médicos para o Brasil. - PROJETO DE LEI NÚMERO 56, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a abrir crédito especial no orçamento de 2014. - PROJETO DE LEI NÚMERO 57, de autoria da Prefeitura de Taquara: institui a taxa por ações básicas de vigilância sanitária de competência da Direção Municipal do Sistema Único de Saúde (SUS).

Atenção para a ciclovia

Em um prazo de duas semanas, o secretário de Segurança e Trânsito de Ta­ quara, Paulo Möller, disse que terá medidas pontuais para os problemas da ciclo­ via. Uma das melhorias é em relação ao piso, que de­ verá ser feito com um mate­ rial um pouco melhor, como o usado no Parque do Tra­ balhador. Outro pedido da comunidade lembrado por ele são as demarcações de metragem nos cerca de qua­ tro quilômetros da ciclovia. Ele ainda não pôde precisar quando essas intervenções começariam e terminariam. Os trechos que mais preci­ sam de cuidados ficam na Sebastião Amoretti.


TAQUARA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Frente Feminina Por Uma Cidade Melhor teve primeiro encontro na sexta, dia 21 Uma ação despretensiosa, surgida às vésperas do último Dia Internacional da Mulher, brotou da ideia de lançar em Taquara alguma proposta positiva, que contivesse um desejo importante para as mulheres. Foi assim que nasceu o movimento que busca conscientizar os taquarenses proprietários de imóveis para a necessidade urgente de serem melhoradas as condições de uso das calçadas nas ruas da cidade. Foi através de alguns poucos telefonemas e de uma postagem no

Facebook, que a Frente Feminina Por Uma Cidade Melhor veio a público, com o objetivo inicial de trabalhar nesta conscientização dos cidadãos pela melhoria das calçadas, buscando também o apoio da administração municipal, indispensável para que a intenção frutifique em resultados efetivos. No encontro do dia 21, realizado no final da tarde na cafeteria Di Trento, estiveram presentes as vereadoras Sandra Café e Sirlei Bernardes da Silveira, as jornalistas

Inge Dienstmann e Roseli Santos, a presidente do Sindicato dos Comerciários, Silvana da Silva, e a artista plástica Luci Diefenbach. O objetivo era destinar uma hora de encontro para uma avaliação da proposta e para estabelecer as primeiras ações concretas. O encontro serviu para reafirmar a total crença de que a causa adotada é importante, urgente e que atende a um desejo latente entre a população taquarense – ter melhores calçadas para transitar. Considerando que o assunto

FOCO ATUAL: melhores calçadas já!

construção e manutenção de calçadas é regulado por lei municipal, ficou definido que, como primeiro passo, as vereadoras Sandra e Sirlei solicitarão encontro com o prefeito Tito Livio Jaeger Filho, para propor que seja analisada a fundo a lei vigente e apontadas eventuais correções necessárias, com trâmite pela Câmara de Vereadores, para que se torne viável, possa ser levada a efeito, e sua aplicação fiscalizada.

Prefeitura fará campanha sobre as calçadas Observando como extremamente positivo o apoio de grupos comunitários à causa da manutenção das calçadas, o secretário de Planejamento de Taquara, José Inácio Wagner, anuncia campanha de conscientização por parte da administração municipal. Segundo ele, ainda não há nada formatado em relação à mobilização, mas a expectativa é de colocar as ações na rua em meados de abril. Paralelamente, algumas notificações estão sendo enviadas para casos mais graves. O secretário comentou as questões envolvendo calçadas numa entrevista ao Panorama, na terça-feira. Na ocasião, disse que, no início deste ano, foram identificados alguns casos que merecem atenção de forma mais urgente. Os proprietários dos imóveis receberam notificações preliminares para a realização dos consertos, adequando as calçadas à lei municipal aprovada ainda em 2010. A matéria regula toda a construção e o uso dos passeios públicos em Taquara, mas, desde a sua aprovação, ainda não está sendo devidamente aplicada. Segundo Inácio, a ideia é realizar, a partir de abril, ações de cons-

Construir e manter as calçadas é responsabilidade do proprietário Inge Dienstmann – jornalista, integrante da Frente Feminina por Uma Cidade Melhor Onde termina a obrigação da administração pública e onde começa o dever do cidadão proprietário de imóvel é um assunto que suscita dúvidas entre muitas pessoas. Por isto é importante esclarecer que manter as ruas em boas condições cabe à Prefeitura, mas as calçadas devem ser construídas pelos proprietários dos terrenos e mantidas em boas condições de serem usadas pelos pedestres, inclusive com acessibilidade para cadeirantes, carrinhos de bebês e, como dispõe a nossa lei municipal, com indicação tátil para deficientes visuais. No entanto, fazer cumprir a legislação volta a ser papel importante da Prefeitura. Segundo informou recentemente o prefeito Tito Livio Jaeger Filho, no momento Taquara enfrenta um entrave referente a concurso público para contratar e manter fiscais. É um problema e, por isto mesmo, precisa ser encarado e resolvido, para que Taquara não se afirme como uma cidade onde cada um faz o que bem entende, normalmente atendendo às próprias necessidades, sem observar o coletivo. A questão das calçadas é complexa, mas plenamente enfrentável, pois já há um clamor público neste sentido. Se alguém se sentir incomodado, num primeiro momento, por ter que cumprir a lei, mais adiante estará feliz e orgulhoso de sua própria cidade. É preciso deixar a lei das calçadas viável (se carecer de algum ajuste), fazer com que não seja dado habite-se a novas construções que já não entreguem junto a respectiva calçada dentro da lei. Intimar, num prazo razoável, os proprietários de terrenos com as piores calçadas a se adequarem. Conceder, aos proprietários de terrenos com calçadas em estado bom e regular, que tenham feito obra recente e/ou mantido as calçadas em ordem, um prazo maior para substituir os passeios para o padrão da lei – cinco anos, talvez. É um bom tempo para alguém se organizar com os recursos necessários. Haverá casos, sob razões diversas e justificáveis, em que o(s) proprietário(s) não irão dispor de recursos, por se encontrarem im-

cientização mais fortes a respeito do tema. “Nosso plano é mostrar à comunidade a importância de termos calçadas em condições satisfatórias”, externou o secretário. Após a conscientização, Inácio não descarta a emissão de notificações para conserto aos proprietários de imóveis que não atenderem às solicitações. Inácio comentou que já realizou um estudo prévio sobre a lei municipal, destacando que, a princípio, não viu necessidade de mudanças substanciais nas regras. Uma das previsões contidas na legislação é de que a Prefeitura assuma a realização do serviço caso o proprietário não faça as adequações, e depois cobre em dívida ativa. Mas o secretário vê com receio esta hipótese, uma vez que a administração municipal não teria verbas para dar conta da demanda, e acabaria com dificuldades na cobrança posterior. Uma alternativa, conforme Inácio, seria uma ação judicial de obrigação de fazer, em que se exigiria, por meio da Justiça, o cumprimento dos deveres previstos na lei. O secretário reforçou, porém, que esta seria uma das últimas medidas a serem tomadas contra quem não mantém as calçadas em ordem. pedidos momentaneamente (litígios, por exemplo). Se comprovada esta situação, há meios do município captar recursos, executar a obra e se ressarcir no futuro. Em contato recente sobre o assunto, o prefeito Tito lembrou a situação de incontáveis famílias carentes, em bairros pobres, que não poderão fazer frente à lei, e que nem a Prefeitura terá condições de arcar com estas obras, buscando cobrar futuramente. É compreensível, mas há de se começar pela área central da cidade, onde os contribuintes têm melhores condições, porque, nos bairros, muitos moradores menos aquinhoados ainda não têm sequer esgoto canalizado em suas ruas, de forma que não seria viável exigir-lhes a construção de calçadas, nem que a Prefeitura as construa sem antes priorizar o saneamento básico. No entanto, estas mesmas pessoas que moram onde ainda não há as condições ideais também transitam no centro da nossa cidade, e se sentiriam muito mais acolhidas se, pelo menos no centro, o cenário fosse mais bonito, seguro e, principalmente, transitável. Se você leu este texto até aqui, certamente já formou uma opinião, a favor ou contrária ao esforço por melhores calçadas. Se você entende que não tem condições de investir numa calçada totalmente nova neste momento, e enquanto a própria lei das calçadas não recebe uma abordagem clara e executável, que tal retirar o mato que está crescendo na calçada e na sarjeta em frente ao seu imóvel? Que tal, por enquanto, cimentar aquela pedra solta (nivelando o passeio), cobrir provisoriamente os buracos, se não puder ser feito algo mais adequado no curto prazo. E que tal, durante as reformas, não invadir a calçada toda, obrigando as pessoas a transitarem pela rua? Enfim: que tal acompanhar o movimento em prol de “Melhores Calçadas Já”, reunir a família para um mutirão, ou contratar uma mão de obra; incentivar o vizinho, desencadear uma ação de melhoria na sua rua toda, abordar o tema nas redes sociais, para que nossas autoridades vejam que o assunto nos interessa como comunidade, e que o governo municipal, como já começa a sinalizar, venha urgente ao encontro deste propósito há tanto protelado. Animador é ver que há um outro esforço que caminha no mesmo sentido, mais abrangente, pois envolve todo o Vale do Paranhana. Proposto pela Agenda 2020, trata-se do “Adote a Frente de Sua Casa”. Fazendo por nossas calçadas, em Taquara, ou caminhando junto com o Paranhana, no mesmo sentido, o importante é que comecemos já. Vamos fazer uma cidade melhor começando pela nossa própria casa, que inclui a calçada defronte ao nosso imóvel.

7

INSS responde por fraude em consignado Pessoas que são beneficiárias do INSS que sofreram descontos indevidos em sua conta bancária em relação à empréstimo consignado têm uma boa notícia. De acordo com a decisão da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais (TNU), o órgão também será responsabilizado em casos em que o segurado é prejudicado com parcelas debitadas a mais ou, até mesmo, quando ele for vítima de fraude – e, embora não tenha solicitado o crédito à instituição financeira, pague por isso. A determinação partiu da ação que um segurado moveu contra o INSS e o banco depois de ter tido descontos indevidos no benefício por conta de um empréstimo consignado que alegou não ter feito. O pedido do órgão para não ser configurado como responsável pela ação foi negado. Segundo um juiz federal relator da ação, o INSS é responsável por pagar benefícios a milhões de trabalhadores e seus dependentes, e não pode permitir o desvio de recursos, em favor de quem somente alega ser o credor. “Se a autarquia federal frustra o pagamento do segurado, desviando parcelas dos recursos devidos a pretexto de satisfazer um direito de terceiro, que sequer apresentou provas de que este direito existe, não há dúvidas de que deve responder pelos seus pagamentos”, declara. Conforme explica a vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário, a decisão é de extrema importância, pois, em caso de fraudes, haverá dois responsáveis. “O INSS estava querendo se isentar dizendo que não tem nada a ver com esse processo. Mas, sim, ele tem, porque é dele a responsabilidade do desconto no benefício. Ou seja, o instituto tem que verificar se, de fato, o segurado fez mesmo esse empréstimo, afinal, ele é a ponte entre o credor e o segurado”, diz. Segundo o presidente da Comissão de Direito Previdenciário da OABSP (Ordem dos Advogados do Brasil), o INSS foi responsabilizado por falta de cuidado. “Ele concedeu esse desconto, sem certificar-se de que era de fato legítimo. Faltou o zelo, a verificação de uma assinatura, por exemplo, por isso está sendo responsabilizado”, afirma. O INSS ainda pode recorrer da decisão no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Para a vicepresidente do IBDP, no entanto, mesmo assim o caso gera um entendimento entre os juízes. “É uma jurisprudência, que vai nortear todos esses tipos de casos”. Conforme afirmam os especialistas, não são raros os casos de fraudes em consignado. Para evitar este tipo de problema, o aposentado precisa ficar atento. “É importante não passar nenhum tipo de dado pessoal pelo telefone, já que isso pode possibilitar que alguém mal-intencionado solicite o empréstimo em nome dele”, disse ela. Ao sacar o benefício, se o segurado verificar que o valor está menor, é importante que ele se dirija à agência da Previdência Social em que ele recebe o benefício para esclarecer o assunto. “Se o INSS identificar o desconto como consignado, e o segurado não tiver realizado nenhum empréstimo, é importante fazer, na hora, um requerimento para impedir que os descontos continuem. Isso não é para a devolução do valor debitado, que só vai acontecer após o ganho da ação na Justiça, mas é importante notificar o INSS para que ele esteja ciente de que se trata de uma fraude”, orientou o presidente da Comissão de Direito Previdenciário da OAB-SP.

MAYSA ADVOGADOS OAB/RS 21.393

Especialista em Direito Previdenciário, Direito Cível, Direito Tributário e Direito Trabalhista Taquara - Pinheiro Machado, 1148 - 3541.1022 Rolante - Av. Getúlio Vargas, 196 9288.2928 | 9847.4554 Novo Hamburgo: Rua Gal. Daltro Filho, 2054, Hamburgo Velho - 3524.2810 Canoas - Av. Victor Barreto, 2896, Centro - 9989.7632 Gravatai - Av. Antônio G. Corrêa, 115, Sl. 6, Gal. Parque dos Anjos - 9989.7632 www.maysaadvogados.com.br maysa@maysaadvogados.com.br


PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

negocios@jornalpanorama.com.br

POSTO XV DE NOVEMBRO recebeu um prêmio, semana passada na Bahia, do Instituto Ayrton Senna, como posto de combustíveis que mais vendeu gasolina V-Power da região sul do Brasil. Parte da renda arrecadada através deste produto foi doada para o Instituto, colaborando com o desenvolvimento da educação de 18.000 crianças brasileiras. Na foto, Carlos Ferreira recebendo o prêmio das mãos da gerente de território da Shell, Sandra Spadetto.

DR. JOÃO GUILHERME HACKMANN estará transferindo, neste final de semana, seu consultório de ortopedia em Taquara para o novo endereço onde passará a atender a partir de segunda-feira, dia 31: rua Emílio Lucio Esteves, 1175, em frente ao edifício Fleming, onde o consultório funcionou até esta sexta. ACUPUNTURA aplicada à saúde tem obtido bons resultados no atendimento que é oferecido em Taquara pela Secretaria Municipal da área, em espaço próprio junto ao Posto 24 Horas. O serviço, executado por médicos, está caminhando para completar um ano, em agosto próximo, e até o momento já atendeu mais de 110 pessoas. As sessões acontecem três vezes por semana e o tratamento dura, em média, seis sessões, que acontecem semanalmente. UNIDADE MÓVEL DO SEBRAE fez atendimentos em Igrejinha, nos dias 19 e 20 deste mês, numa promoção da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Segundo a responsável pelo atendimento, Márcia Regina de Lima Peixoto, a maioria das consultas foi de informações e esclarecimentos relacionados à abertura de empresas na categoria Micro Empreendedor Individual (MEI). O escritório também prestou consultoria gratuita para empresários e futuros empreendedores. SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL (Senar) está oferecendo curso de capacitação para melhorar a renda dos piscicultores de Rolante. A iniciativa, em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, oferece quatro horas/aula práticas na propriedade de cada produtor, abordando vários temas ligados à produção. O curso, que terá duração de 12 meses, visa a aumentar a produtividade. RIO GRANDE ENERGIA (RGE) informou término de obra de melhoria na rede de distribuição de energia nos bairros Mundo Novo e Medianeira, em Taquara. O investimento, segundo a companhia, foi de R$ 29 mil, destinado à instalação de um transformador com complementação de rede. A ação promoveu o fornecimento de energia ao novo posto de saúde dos bairros.

Prazer de ouvir

TAQUARA

www.fm91.com.br

Skatistas criam associação para unir adeptos e fortalecer o esporte Com o objetivo de obter melhores condições para a prática do skate na cidade, adeptos do esporte estão criando uma nova associação. Segundo o skatista Maurício Meneghel, o objetivo é estar com tudo legalizado o mais rápido possível, para buscar atrair o maior número de associados para debater os rumos do Skate em Taquara. Ainda sem nome definido, a organização deverá ser presidida por Maurício, que, além de skatista, atua ainda como empresário e também como tatuador. De acordo com Maurício, o skate é hoje um dos esportes mais praticados no Brasil, ficando atrás apenas do futebol. Pensando nisso, surgiu a ideia de formar uma nova associação para facilitar a obtenção de verbas, visando a futura construção de uma no-

Marcio Renck

8

Maurício: associação espera reunir cerca de 100 integrantes

va pista no Parque do Trabalhador. “Quem ganhará com isso será o município, pois estando com tudo legaliza-

do, será possível viabilizar a organização de campeonatos para Taquara. A pista do GEU era conhecida em to-

do o país e lembrada até hoje por skatistas pioneiros. Precisamos colocar o município novamente no mapa”, disse. Sobre a atual pista do Parque do Trabalhador, Maurício observou que as reformas providenciadas recentemente no local não foram feitas corretamente. Ele informou que a obra não foi realizada conforme indicações dos skatistas, prejudicando ainda mais a prática do esporte. “Mostramos os pequenos detalhes que fariam a diferença, mas nem isso foi feita. Colocar um cimento e falar que foi feito uma reforma é muito fácil. Mas, na prática, a realidade é muito diferente. Infelizmente, a pista que tenho em casa é melhor que aquela do Parque. Só porque tenho um local para andar não posso deixar de pensar no restante dos skatistas”, desabafou.

Legislativo realizou curso de qualificação

Divulgação

A Câmara de Vereadores realizou, no último dia 14, um curso de capacitação (foto) funcional para os servidores e vereadores. Segundo o Legislativo, as aulas abordaram temática direcionada ao desenvolvimento das habilidades pessoais de cada um dos participantes, bem como o trabalho em equipe, visando a qualificação do serviço público.

Sindicato Rural promoverá dez cursos no mês de abril

O Sindicato Rural do Vale do Paranhana confirmou a realização de um total de dez cursos de qualificação no mês de abril. As aulas serão ministradas por instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), através da parceria do sindicato com a entidade e a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), beneficiando produtores rurais e outros interessados em seis municípios. Taquara será beneficiado com três cursos do Senar, dois deles no Presídio Estadual. O instrutor Osmar Taffarel ministrará, nos dias 31 de março e 1° de

abril, o curso de Irrigação Sistema por Gotejamento e Fertirrigação, e nos dias 2 e 3 de abril o curso de Irrigação Sistema por Aspersão, ambos na casa prisional. Entre os dias 22 e 25 acontece o curso de Operadores de Tratores Agrícolas, com o instrutor Darci, na propriedade rural de Geraldo Maciel. O curso de Artesanato Pintura em Tecido, ministrado pela instrutora Cleci, no CEMEAM, ocorre em Sapiranga, entre os dias 7 e 11 de abril. Na Casa dos Artesões, em Campo Bom, ocorre de 8 a 11 o curso de Vestuário Feminino, com a instrutora Rita. Também em

Câmara fará sua sessão no interior

Campo Bom serão realizados os cursos de Operador e Manutenção de Motosserra, entre os dias 15 e 18, e de Bonecos de Pano, nos dias 22 a 25 de abril. Entre os dias 14 e 17 ocorrerá o curso de Retroescavadeira, com o instrutor Marcelo Schmidt, na Secretaria da Agricultura e Obras de Nova Hartz. Em Araricá, entre os dias 18 e 23, acontece o curso de Retroescavadeira Coxilha, com a instrutor Marcelo Schmidt. O município de Rolante receberá, entre os dias 22 e 25, o curso de Material Reciclável, com a instrutora Marluza, na Casa do Colono. Divulgação/Eduardo Vaz

A Câmara de Vereadores realizará, na próxima segundafeira, a primeira sessão do projeto de interiorização anunciado no início deste ano pelo presidente do Legislativo, Arleu Oliveira (PP). A reunião ordinária semanal acontecerá a partir das 19 horas, na localidade de Padilha. Após o encontro, os vereadores farão, também, uma sessão solene em homenagem ao Esporte Clube Padilhano. CHÁ COMERCIAL - A Escola Calisto Eolálio Letti, do bairro Fogão Gaúcho, em Taquara, promoverá, no dia 4 de abril, o seu sexto Chá Comercial, a partir das 14 horas. Os cartões

estão à venda por R$ 12,00 e podem ser adquiridos na sede da escola - rua Carolina Brodbeck, 1440, ou pelo telefone 3541-7176. Todos os colaboradores concorrem a uma torta.

CATEQUESE - As inscrições para a catequese da Paróquia Senhor Bom Jesus, de Taquara, podem ser realizadas somente até este sábado, dia 29. Após a data, não serão mais permitidas inscrições. Sobre a idade mínima, interessados em participar da primeira eucaristia devem completar 10 anos em 2014, e para a crisma, 12. A secretaria paroquial disponibiliza as inscrições e, também, mais informações.

Lançado selo de aniversário

A agência dos Correios de Taquara lançou selo personalizado em alusão ao aniversário de 128 anos do município. Conforme a gerente da agência, Naira Breyer, esta é uma prática normal utilizada por algumas prefeituras e empresas da região. Ela lembrou que a estampa será utilizada na expedição de correspondências oficiais emitidas pela Prefeitura. O selo foi apresentado (foto) por Naira ao prefeito Tito Lívio Jaeger Filho na quarta-feira.


Receba em casa, com toda a comodidade, nas Sextas-Feiras!

GERAL

Ligue e assine: 3542.2288

TAQUARA - Dados apresentados durante o “Desafios do Paranhana” apontaram números alarmantes com relação à educação na região, o que poderia ser responsável por outros indicadores negativos, como segurança pública e desenvolvimento econômico. O evento aconteceu na manhã de quarta-feira, no plenário da Câmara de Vereadores de Taquara, e faz parte de um movimento da Agenda 2020, em parceria com a Agenda Paranhana 2020. Estiveram presentes representantes de entidades, dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, além de alunos de escolas taquarenses. O objetivo do evento foi reunir as lideranças locais para apresentar um panorama socioeconômico da região e do Rio Grande do Sul e, a partir disso, discu-

Cristiano Vargas

Educação é apontada como primordial para o desenvolvimento da região

Krummenauer: seria necessária a construção de dois hospitais para atender à demanda de leitos da região

tir soluções para o futuro. De acordo com os dados levantados e analisados pela Agenda 2020, cerca de 195 mil pessoas residem nos seis municípios do Vale do Paranhana. Destes, 80% da população acima de dez anos não possui o ensino médio completo. “A educação é a base de tudo!”, enfatiza o presidente do Conselho de Administração da Agenda

2020, Humberto Busnello. Conforme os dados do Ministério do Trabalho apresentados durante o evento, o Paranhana supera a média do estado em empregos formais, compreendendo 58% de sua população economicamente ativa. No entanto, a renda per capita da região (R$ 730) fica abaixo da média do Rio Grande do Sul (R$ 960), segundo dados do

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). O principal fator que puxaria este indicador para baixo é a educação. Outro reflexo da desestruturação do ensino básico diz respeito ao crescente índice de criminalidade. Nos últimos dez anos, as ocorrências de prisões por tráfico de drogas cresceram 465% no Paranhana. A taxa de homicídios, neste mesmo período, teve um crescimento de 93%. A área da saúde também foi destacada. De acordo com o diretor executivo da Agenda 2020, Ronald Krummenauer, há atualmente 2,3 leitos para cada mil habitantes, quando o ideal deveria ser três. “Para suprir a demanda, seria necessária a construção de dois hospitais, devendo oferecer juntos 200 leitos”, exemplificou.

Cinco prioridades da Agenda Paranhana 2020 para a região Cinco medidas foram elencadas durante o “Desafios do Paranhana” como prioridades para o desenvolvimento da região. Todas fazem parte de um conjunto de objetivos da Agenda Paranhana 2020 para transformar o Vale em referência de qualidade de vida, educação, saúde, segurança pública. Uma delas diz respeito ao projeto “Adote a frente da sua casa”, cujo objetivo é incentivar os moradores a cuidarem de suas calçadas. A ideia ganhará força a partir da aprovação, por meio das Câmaras de Vereadores do Paranhana, de uma lei para esta finalidade. “Algumas pessoas não tomam a frente das suas casas como suas de fato, e deixam o mato crescer e os buracos permanecerem. Com a lei, se ninguém fizer nada para melhorar, haverá a multa”, destacou um dos o coordenadores da Agenda Paranhana 2020, Marcos Kayser. Também esteve presente o presidente da CICS-VP, Roger Ritter.

OS OBJETIVOS DA AGENDA 1º Criação do Hospital Regional de Referência em Alta Complexidade: possibilitaria que moradores do Vale não precisariam ir até Porto Alegre ou outras cidade para atendimento. 2º Unificação da Brigada Militar num único comando (CRPO) 3º Criação de uma incubadora de base tecnológica: a iniciativa permitiria o surgimento de empresas de tecnologia e inovação. 4º Projeto “Adote a frente de sua casa”: cuidados das calçadas particulares, públicas e de empresas. 5º Planejamento estratégico municipal nas prefeituras: priorizar a ordem de necessidades a partir de um planejamento conjunto com a sociedade.

Faccat tem programa de iniciação à docência TAQUARA - As Faculdades Integradas de Taquara realizaram, no último dia 19, solenidade no auditório do campus para o lançamento do Programa Institucional de Iniciação à Docência (Pibid). A iniciativa, segundo a Faccat, integra acadêmicos da instituição, professores e diretores das escolas municipais e estaduais com o objetivo de conciliar a teoria e a prática pedagógica em sala de aula. Participaram o diretor-geral da Faccat, Delmar Backes, além da coordenadora do programa, Marlene Ressler. Também marcaram presença o secretário de Educação de Taquara, Antônio Edmar Teixeira de Holanda, a representante da Secretaria de Educação de Parobé, Vera Pires Cerveira, e o representante da Secretaria de Educação de Igrejinha, Israel Lucas. Conforme Marlene, a primeira edição do projeto, realizada em 2012, con-

O ponto G do seu rádio

prazer de ouvir

www.fm91.com.br

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

9

Parte do IR ainda pode ser destinado a causas sociais Para aqueles que ainda não realizaram a declaração do Imposto de Renda, uma das possibilidades é a destinação de parte do valor devido a uma entidade beneficente da cidade. Os contribuintes têm até o dia 30 de abril para doar até 3% do imposto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Ado­ lescente (Comdica). Pessoas com rendimentos tributáveis em 2013 acima de R$ 25.661,70 devem declarar o IR. Serão aceitas apenas as declarações no modelo completo para a destinação de parte do IR, des­cartando possibilidade na forma simplificada. “Se você possui mil reais calculados na declaração de Imposto de Renda, podes destinar até R$ 30,00”, explica o professor e coordenador do curso de Ciências Contábeis das Fa­ culdades Integradas de Taquara (Faccat), Sérgio Nikolay. Até dezembro do ano passado, as destinações poderiam chegar a 6% do imposto devido. Sérgio destaca que, caso o contribuinte tenha destinado um valor inferior a esta porcentagem no final do ano passado, ele terá a possibilidade de doar, até mês que vem, o restante sobre o máximo possível naquela época. “Se ele destinou 5% em dezembro, agora ele poderá destinar mais 1%”, explica. Para aqueles que fizeram a des-

tinação e terão valores a restituir, Nikolay garante que os contribuintes receberão o valor de volta, desta vez corrigido pelo Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), que é maior que a poupança. As entidades beneficiadas em Taquara por esta iniciativa são o Lar Padilha, a APAE e a Associação Amigos dos Livros. Anualmente, no dia 25 de abril, dia do contabilista, é realizada a prestação de con­ tas. “A importância desta arrecadação é termos a preocupação com as crianças da nossa região, direcionando a elas esses recursos que estão em nossas mãos”, completa. Ele assegura que o sistema da Receita Federal faz o cálculo automaticamente, gerando o Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf). Todas as segundas-feiras, os alunos de Ciências Contábeis da Faccat fazem trabalho de assessoramente gratuitamente. O serviço é fornecido a pessoas com baixa instrução, não valendo para empresas. “Não estamos concorrendo com escritórios. O intuito é instruirmos uma camada da sociedade com pouco esclarecimento. Qualquer escritório de contabilidade está capacitado para fazer este serviço também”, esclarece. A atividade acontece das 19h30min às 22h15min, na sala C205.

No site do Panorama, confira os valores repassados a entidades por meio do Comdica em Taquara. Acesse: http://vai.la/4nzl

Divulgação/Roseli Santos

Techparty acontecerá na próxima semana

Iniciativa da instituição de ensino oferecerá 94 bolsas

tou com 64 alunos bolsistas, seis escolas e nove supervisores. “O PIBID da Faccat para 2014 concederá 94 bolsas para alunos dos cursos de licenciatura e terá 15 supervisores de escolas públicas supervisionadas por cinco coordenadores da Faccat. Foram contempla-

ACADEMIA – Por meio de indicação legislativa, a vereadora Sandra Schaeffer (PSDB) solicitou à Prefeitura de Taquara a instalação de uma academia ao ar livre no bairro Tucanos. “Moradores relatam as dificuldades de virem até o Parque do Trabalhador e a Praça da Bandeira para conseguirem realizar uma atividade física”, ponderou a vereadora.

das escolas municipais e estaduais de Taquara, Igrejinha e Parobé”, explica a coordenadora. O programa tem por finalidade fomentar a iniciação à docência, contribuindo para a formação de professores em nível superior e para a melhoria da qualidade da educação.

ILUMINAÇÃO - A Secretaria de Obras de Taquara divulgou um relatório contendo dados do trabalho dos profissionais de iluminação pública. As informações referem-se ao mês de fevereiro. Segundo o secretário João Luiz Ferreira, foram consertadas 244 lâmpadas na área urbana. Além disso, outras 34 foram consertadas em Fazenda Fialho; 24 em Rio da Ilha; 27 em Entrepelado; 14 em Padilha; e 31 em Santa Cruz da Concórdia. A Secretaria de Obras também fez a instalação de 17 lâmpadas de vapor de sódio.

TAQUARA - A coordenação do Curso de Sistemas de Informação das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) realizará mais uma edição da TechParty, de 31 de março e 4 de abril. O evento é gratuito e terá uma programação intensa de palestras (“talks”). Serão duas por noite, a partir das 19h45min, no auditório do campus, totalizando 10 palestrantes (acadêmicos, professores e convidados). Segundo o coordenador Marcelo Azambuja, todas as turmas específicas dos cursos desta área serão liberadas durante toda a semana para assistirem às palestras. A TechParty Faccat 2014 objetiva promover a tecnologia (Tech) durante um encontro informal e de congregação (Party) com “talks” sobre o assunto compartilhado com profis-

sionais experientes. “A TechParty traz assuntos interessantes para leigos e usuários avançados de computação. As atividades serão ministradas por profissionais da Faccat e de fora da instituição, neste evento que foi totalmente programado por alunos dos cursos da área de Tecnologia da Informação (Bacharelado em Sistemas de Informação e Tecnólogo em Sistemas para Internet)”, informa o coordenador. Os palestrantes do encontro são: Giovani Facchini, Fernando Porazzi, Rafael Kellermann Streit, Mauricio Baum Jr., Juliano Selli, Leonardo Dalmina, Maiko Gabriel Kinzel Engelke, Cícero Raupp Rolim, Rodrigo Nascimento e Lauro Becker. Mais informações e inscrições pelo site www.faccat.br.


10

REGIONAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Ocorrências de abuso sexual têm alarmado conselheiros tutelares

IGREJINHA – Somente nos dois primeiros meses deste ano, foram registrados 20 casos de abuso sexual a crianças e adolescente da cidade. O número representa pouco mais de um quarto dos 73 contabilizados durante todo o ano passado. Em entrevista ao Jornal Panorama, os conselheiros tutelares de Igrejinha Mara Adelaide Marka e Luciano Scheffer abordaram o assunto. Um dos fatores destacados por Mara e Luciano diz respeito às resoluções que o Conselho tem tido com algumas denúncias de abuso, culminando, inclusive, com a apreensão do acusado. Mensalmente, eles contam que é realizado levantamento das ocorrências registradas pelo Conselho. Além dos atendimentos desta natureza, também foram registrados, entre janeiro e fevereiro, quatro casos de prostituição infanto-juvenil, seis de maus tratos, nove de agressão física, quatro de trabalho infantil e dois de

Cristiano Vargas

Luciano e Mara: maioria dos abusadores mora na mesma rua da vítima

abandono de incapaz. Eles informaram que a média das ligações mensais nunca baixa de 260. O aumento vem sendo percebido pelos conselheiros desde o início de 2013. Em anos anteriores, Mara revela que a média anual girava em torno de 15 casos, o que, atualmente, pode ser registrado em um único mês. Ela frisa, também, que muitos relatos não são de fatos recentes, mas que foram co-

metidos há dois ou três anos, e só agora revelados. “Ainda há resistência às denúncias quando o autor é alguém da família da vítima. Para não acusar um familiar, todos preferem não acreditar”, lamenta Mara. Outro problema destacado pela conselheira é o crescente número de casos envolvendo adolescentes em furtos, consumo de drogas, brigas nas escolas. Somente em 2013, foram registradas

mais de 600 fichas de jovens infrequentes nas escolas do município. “Isso é um reflexo da falta de investimento na área humana, e nos mostra que precisamos de políticas públicas para essa faixa etária”, argumentou. A maioria dos abusadores, de acordo com Luciano, mora na mesma rua da vítima. “São pessoas próximas, inclusive vizinhos e familiares, que conhecem a criança, e por isso têm a confiança dos pequenos”, falou. As denúncias contra o abuso sexual e quaisquer outros crimes que envolvam a violação dos direitos de menores podem ser feitas anonimamente pelo Disque 100, ou através do Conselho, pelos telefones 3545-2599 ou 9763-7986 (plantões). “É preciso que a denúncia seja feita o mais breve possível. Não é apenas o dano físico. O prejuízo emocional é muito grande e implica em outras coisas, como rendimento na escola, comportamento em casa e em grupos”, destaca Mara.

Trabalho da Rede de Proteção vem contribuindo para solucionar casos Através da articulação entre entidades de amparo, setores da administração municipal e órgãos de justiça e segurança, os integrantes do Conselho Tutelar de Igrejinha garantem que o número de casos atendidos e resolvidos tem aumentado. A chamada Rede de Proteção trabalha na solução e encaminhamento de crianças e adolescentes que tenham passado por violações de seus direitos ou maus tratos. A conselheira Mara Adelaide Marka conta que, nos casos de abuso sexual, os menores são encaminhados para o Centro de Referência no Atendimento Infanto-Juvenil (CRAI), que fica no Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas, em Porto Alegre. “Lá, há uma equipe capacitada, com peritos, psiquiatra infantil, assistentes sociais. A partir disso, encaminhamos as crianças e jovens para realizar os demais procedimentos”, explica. Ela conta que os casos correm em segredo de justiça, passando por todos os procedimentos jurídicos. A Rede de Proteção vem

se consolidando nos últimos anos, conforme conta Mara. “Contamos com a atuação de profissionais do CRAI, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), da Assistência Social, do Judiciário, da Delegacia de Polícia Civil, da Brigada Militar. Estamos buscando dialogar todos juntos, para construir um bom relacionamento”, afirma. A conselheira conta que está em estudo a aplicação de uma prática em que todos os casos passarão por todos os órgãos de proteção. Como forma de combate à exploração sexual, Mara relata que, para este ano, estão previstas duas ações. A primeira ocorrerá em 18 de maio, Dia Nacional de Luta contra o Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes. “Estamos nos organizando com a Secretaria da Educação de Igrejinha, sindicatos, para, juntos, fazermos algo impactante dentro das comunidades”, revela. Em julho haverá a Semaneca, com ações de esclarecimentos sobre o tema, como palestras em escolas e bairros.

Prefeitura autoriza obra da UPA PAROBÉ - O prefeito Cláudio Silva assinou, na quarta-feira à noite, a autorização para o início das obras da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 Horas. A obra será executada no bairro Integração e consumirá um investimento de R$ 2,6 milhões, com previsão para estar pronta em oito meses. A unidade parobeense é de porte um, que tem capacidade para atender cidades de 50 a 100 mil habitantes. De acordo com o secretário de Planejamento e Captação de Recursos, Fernando Menezes, a UPA funcionará como um mini-hospital.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Lousas eletrônicas deixam aulas interativas e empolgam alunos TRÊS COROAS – As aulas da rede municipal de ensino de Três Coroas receberam um ingrediente a mais há três anos: a interatividade. Desde 2011, nove escolas têm à disposição 23 lousas eletrônicas. Cada uma custou ao município R$ 7 mil. Para o secretário da Educação e Cultura da cidade, Roque Werner, a partir desta tecnologia os professores tiveram a possibilidade de aplicar o conteúdo desenvolvido em sala de uma forma mais dinâmica e divertida. Através de um “canetão” especial, o professor toca na tela projetada em um quadro branco. Com o toque, ele pode escrever, desenhar, fazer contas, criar gráficos. “As crianças ficam muito mais interessadas. O mundo delas é mais tecnológico. Este tipo de equipamento nos permite ter muitas ferramentas à disposição, além de empolgar os alunos, o que contribui no aprendizado deles”, explica a educadora do segundo ano da Escola Balduíno Robinson, Luciana Fogaça. Nesse educandário, o professor de informática Filipe Nava auxilia nas atividades. No material estão aplicativos que possibilitam ao educador ter acesso a mapas geográficos, imagens, e à internet.

Acompanha o material didático, um tablet, o qual permite que funções do quadro sejam executadas à distância, como das mesas dos alunos. “O objetivo foi trazer para os estudantes uma tecnologia que existe em escolas particulares, e que poderia tornar a qualidade d|o ensino melhor”, destaca Roque. Apesar de os equipamentos estarem há três anos nas escolas, o secretário conta que o uso deles ainda está na fase inicial. Roque afirma que ainda há certa resistência de alguns professores, que têm tido medo de usar os quadros. Este, de acordo com ele, foi o motivo de a Secretaria não ter investido mais na tecnologia.

Foto: Cristiano Vargas

Atenção total: pequenos se empolgam na hora das atividades

“Os equipamentos exigem do professor um preparo, acompanhamento. Dá trabalho para o profissional. É mais fácil

pegar um livro, escolher um questionário e pedir para os alunos responderem”, desabafa.

ELES APROVARAM

Isadora Machado de Souza, sete anos: eu gosto quando fazemos as contas com os quadradinhos. Fica mais legal a aula, porque podemos brincar.

IGREJINHA – Recentemente, a prefeitura confirmou a alteração de sentido em algumas ruas do município. As obras iniciam em 30 dias, tendo outros 45 para sua conclusão, e compreenderão diversas ruas envolvendo pontos como o CFC, Supermercado Lanz e FCP Informática. A rua 7 de Julho ganhará sentido único no trecho que compreende a confluência com a 7 de Setembro até a Imigração. Além disso, terá estacionamento oblíquo. Também será alterado o tráfego na Imigração, em seu trecho entre a 7 de Julho e a 9 de Fevereiro, tornando-a igualmente mão única. Na Getúlio Vargas, haverá mão única no trecho entre as ruas Arlindo Geis até a esquina

Maria Eduarda, sete anos: eu gosto do quadro, porque posso escrever nele. As aulas são bem legais, dá mais vontade de participar.

Juan Pereira Costa, sete anos: eu acho legal o quadro. O que eu mais gosto de fazer nele é desenhar.

com 7 de Setembro. Segundo o Departamento de Trânsito, as mudanças irão proporcionar maior mobilidade, principalmente desafogando a 7 de Setembro, e também, irão reduzir acidentes em cruzamentos.

CONFIRA O MAPA COM AS MUDANÇAS NO SITE Acesse o endereço:

http://vai.la/4nEq

Daer assinará convênio sobre a rua Plínio Salgado

Na maioria das ocorrências, as crianças estão na faixa etária entre a infância e início da puberdade. A coordenadora do Conselho Tutelar, Mara Adelaide Marka, conta que alguns casos os abusos aconteceram também com a mãe das vítimas, quando estas eram crianças. “Quem não é protegido não aprende a proteger”, destaca.

Corsan fará construção de rede

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) garantiu, no último dia 19, a construção de um novo sistema de esgotamento sanitário em Parobé. Em visita ao prefeito Cláudio Silva, o então presidente da companhia, Tarcísio Zimmermann, assegurou investimento de R$ 42,6 milhões por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. Segundo ele, serão executados 61 quilômetros de redes coletoras, com a construção de estações de bombeamento e de uma estação de tratamento de esgoto.

Obras finalizadas, passarela aguarda agenda de Tarso para ser inaugurada PAROBÉ – Iniciadas em novembro do ano passado, as obras na passarela do quilômetro 47 da ERS-239, junto à Sinaleira do Rubinho, estão finalizadas. Nesta semana, o presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (ERG), Luiz Carlos Bertotto, concedeu entrevista por telefone ao Jornal Panorama, quando falou sobre a inauguração da estrutura. Bertotto revelou que a companhia está aguardando um espaço na agenda do governador do Estado, Tarso Genro (PT), para a solenidade que marcará o início da operacionalização da passarela. “Precisaremos de mais alguns dias para estabelecermos a data”, ressaltou. O presidente da estatal definiu esta

Foto: Cristiano Vargas

Inauguração da estrutura deve acontecer em breve, de acordo com Bertotto

obra como importante para os moradores locais, e disse que a EGR está priorizando melhorias nas rodovias, como iluminação pública, tapa-buracos e roçadas nos acostamentos. Em relação ao projeto para dar continuidade à duplicação da 239, entre Taquara e Rolante, Bertotto disse

que está esperando retorno do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER). “Ainda não temos conhecimentos mais profundos sobre valores, para depois discutir como faremos com este trecho”, completou. Sobre obras futuras para a região, Bertotto afirmou estudar os trabalhos neces-

sários, como novas passarelas e duplicação de pontes, além de atender aos pedidos de ciclovia, faixa lateral. “Estas questões definiremos na próxima reunião com os integrantes do Conselho Comunitário das Regiões das Rodovias Pedagiadas (COREPE) do trecho dois”, destaca.

Município discute implantação de estacionamento rotativo

Ruas de Igrejinha terão trechos em mão única

PERFIL DAS CRIANÇAS ABUSADAS

11

IGREJINHA – Questionado pela reportagem sobre a situação da rua Plínio Salgado, o Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem) afirmou que nos próximos dias será formalizado um convênio com a Prefeitura. “A intenção é de que ele seja assinado num prazo máximo de 30 dias. Esse convênio prevê que o Daer repasse os recursos e a prefeitura seja a responsável por executar a obra. A cada etapa

Legislativo estuda repasse para projeto social

PAROBÉ - O presidente da Câmara de Vereadores, Diego Picucha, se reuniu, na semana passada, com o diretor do Instituto Nossa Canção. Na ocasião, anunciou que estuda junto à mesa diretora do Legislativo a realização de um repasse de verba, dentro das economias da Câmara, para o projeto social desenvolvido pela instituição, o qual trabalha com mais de 60 crianças parobeenses. O diretor do Instituto, pastor Waschington, da Igreja Ministério Fogo na Seara, explicou ao verea-

executada, o Daer repassa o valor conforme o cronograma físico-financeiro da prefeitura”, explicou via assessoria de imprensa. A rua, também chamada de Estrada para Lajeadinho, está danificada desde agosto do ano passado, há cerca de sete meses, quando foi usada como desvio da ERS-020 para a 115, pois a primeira estava bloqueada em virtude de um deslizamento.

dor todas as ações realizadas com as crianças, que são atendidas no turno inverso ao escolar. “Nosso foco é a música. Queremos ensinar para elas que existem caminhos na vida longe das drogas e outras coisas ruins”, comentou o pastor. Segundo ele, cinco professores atendem as crianças, que praticam instrumentos como teclado, bateria, violão e recebem aulas de canto. Picucha destacou que a ideia da Câmara é devolver R$ 10 mil à Prefeitura visando o repasse para o instituto.

Eduarda Rocha

PAROBÉ – Com aproximadamente 53 mil habitantes, o município está discutindo a implantação de uma zona de estacionamento pago em sua área central. Na semana passada, uma audiência pública abordou o projeto de lei número 222, de novembro de 2013, que “Autoriza o Poder Executivo a instituir, nas vias e logradouros públicos, áreas especiais para estacionamento por tempo delimitado, denominada “Área Azul”. No encontro, reivindicações e dúvidas da comunidade foram anotadas e, posteriormente, transformadas em emendas ao projeto. Agora, o mesmo foi entregue ao Executivo, segundo o vereador Altair Machado (PROS). Conforme relatou Ika, “a Comissão de Justiça e Redação Final da Câmara entregou o documento ao prefeito e ele disse que o mais rápido possível,

Brigada e Bombeiros ganham novas viaturas

PAROBÉ – Em solenidade realizada na Rua Coberta da Praça 1º de Maio, ocorrida na tarde da quarta-feira, foram entregues duas novas viaturas para a Brigada Militar e uma para o Corpo de Bombeiros, que também recebeu um veículo de resgate. As viaturas foram entregues através de votação da Consulta Popular e Cidadã. Para o comandante dos Bombeiros, Jurandir Santos de Lima, os novos veículos auxiliarão no atendimento da corporação à comunidade, totalizando cinco viaturas e um caminhão. O comandante lembrou que, neste ano, o Corpo de Bombeiros reivindicará a aquisição de mais um caminhão para auxiliar no combate ao fogo. Com 11 soldados em seu efetivo, o Corpo de Bombeiros contará, em breve, com a colaboração de voluntários que estão se organizando para criar uma associação no município, visando a contribuir nos atendimentos. Segundo Jurandir, quem ganhará com o auxílio dos voluntários e a obtenção dos novos veículos é a comunidade parobeense.

Brigada Militar recebeu dois novos veiculos esta semana

Viatura e leve e veiculo de resgate foram entregues ao Corpo de Bombeiros

SÍNTESE DOS PROJETOS EM TRAMITAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES DE PAROBÉ Na terça-feira, a Câmara de Vereadores de Parobé realizou mais uma sessão ordinária. Os projetos aprovados, conforme material divulgado pela assessoria de imprensa da Casa, foram os seguintes: - Projeto número 2018/2013, de autoria da Prefeitura de Parobé, que institui o Programa de Prorrogação da Licença Maternidade. - Projeto número 018/2014, de autoria da Prefeitura de Parobé, que autoriza repasse no valor de R$ 5,4 mil para o Grêmio Esportivo Parobé, através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Condicap) e do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. - Projeto número 019/2014, de autoria da Prefeitura de Parobé, que autoriza o Executivo a repassar o valor de R$ 2,7 mil para a Liga Parobeense de Taekwondo.

Pastor Waschington e Diego Picucha

assim que os trâmites legais estivessem concluídos, irá remeter ao Legislativo para aprovação dos vereadores”, explicou. Além de Ika na presidência, a Comissão tem Aldir Fabris (PTB) como vice e Moacir Jagucheski (PPS) na condição de membro. A Área Azul compreenderá ruas centrais da cidade, totalizando aproximadamente 600 vagas. “Previamente e em parceria com o Detran, foi realizado um mapeamento do fluxo de veículos em nossa cidade, para identificar quais os locais de maior movimento”, afirmou Ika. Seguindo o projeto inicial, uma hora de estacionamento custará R$ 1,50 e o rotativo operará de segundas a sextas-feiras, das 9 às 18 horas, e em sábados, das 9 às 12 horas. A tolerância seria de dez minutos. A implantação da Área Azul ficará sob responsabilidade da prefeitura.

O presidente da Câmara de Vereadores de Parobé, Diego Picucha (PDT), aproveitou a sessão para convidar a comunidade a partici-

par de reunião pública que será realizada nesta sexta-feira, a partir das 19 horas, na sede da Associação de Moradores do bairro 3L. Picucha informou que, junto com seus colegas, fará uma explanação a respeito da reforma no campo de futebol da escola Getúlio Dornelles Vargas. “Com as economias da Câmara, nós vamos reformar aquele local, que precisa urgentemente de investimentos para que as crianças e adolescentes pratiquem esportes em um lugar apropriado”, anunciou o presidente. A CÂMARA TERÁ NOVA SESSÃO ORDINÁRIA NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA, DIA 1º DE ABRIL, A PARTIR DAS 19 HORAS. CORREÇÃO: na semana passada, Panorama cometeu equívoco ao informar que a homenagem aos pastores da Igreja Assembleia de Deus teve como propositora a vereadora Andreia Rosenau (Solidariedade). Na verdade, a sessão solene foi realizada através de um requerimento de autoria do presidente da Câmara, Diego Picucha, juntamente com a vereadora Andréia.


12

DIET

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Guilherme Augusto

PATROCÍNIO

Fone: 3542.3211

FESTA DE INTERIOR

ESPECIAL SOCIEDADES DE CANTO

Produtos agropecuários, itens para sítios de lazer e para residências urbanas

Sociedade de Canto Eia Alegre mantém peculiaridades dos antigos colonizadores

Séries de Luci Diefenbach já viajaram por diversos países TAQUARA – No final dos anos 70, a então professora Luci Diefenbach começou a pintar com a única finalidade de se divertir. Em 93, decidiu levar a arte mais a sério e, seis anos mais tarde, iniciou sua série “Taquareiras – variações sobre o tema”. Através desta e de outras séries, a artista plástica já exportou a arte taquarense para vários países. Anualmente, Luci participa de aproximadamente três exposições individuais e coletivas. No ano passado, suas obras participaram de duas mostras internacionais e uma delas levou um quadro da taquarense para o México. Foi a 19ª edição do Intercâmbio Internacional de Miniarte OMAI México. Por aqui, suas obras já percorreram diversos locais do Estado, como Porto Alegre, e também da cidade, através de exposições em pontos como o Clube Comercial e na antiga Casa de Cultura. Sobre as Taquareiras, como o nome sugere, Luci afirmou que buscou “homenagear a cidade. Mas também fui levada pela plasticidade do vegetal. As taquareiras são lindas”, afirmou. Retratando a planta, a artista emprega muitos frisos, caracterizando seu traço. Além disso, também gosta de fazer uma linha que atravessa a pintura de ponta a ponta através de um objeto, como com uma folha, por

exemplo. Atualmente, a série tem aproximadamente 40 quadros. Os mesmos traços são observados em outras de suas séries, como “Vegetações”, “Os Tropeiros” e “Pré -Históricos”, que também participam de exposições. “Iniciei o trabalho retratando os tropeiros por meados de 2001 e ele acabou dando origem às pinturas pré-históricas. Em ambas, os cavalos aparecem constantemente. Outro fator comum, também presente nas vegetações e taquareiras, é a variação de quadros, exibindo o tema de diferentes proximidades e tanto de modo figurativo como em meios mais abstratos”, explicou a artista. Formada em Sociologia e Filosofia pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Luci lecionou em escolas, inclusive taquarenses. Mais tarde, passou a dar aulas de pintura e realizou exposições de seus trabalhos e de seus alunos. Em seus trabalhos, aposta nos detalhes e acredita que, “como diria Martha Medeiros, nossas obras devem dormir em casa. Ou seja, passar um dia, dois ou mais antes de serem publicadas, divulgadas. Elas devem amadurecer”, contou a artista que já chegou a trabalhar dois anos em um mesmo quadro.

BOMERICH – A Família Bomerich realiza, no domingo, o seu tradicional encontro anual, desta vez em Taquara. O evento acontecerá no barracão de Morro Pelado, no interior do município. A programação terá início pela manhã, com confraternização, seguida de almoço.

Fotos: Márcio Renck

Prédio da Sociedade, fundada em 22 de maio de 1922, é todo construído em madeira

Enedir Hoffmeister é o atual presidente

Antigo casarão sediava festividades antes mesmo de ser criada a associação

Estando à frente da Sociedade por cerca de 20 anos, seu Enedir conta com a colaboração de sua esposa Neldi Marlene Hoffmeister. Ele disse que a associação possui um coral com 15 integrantes e realiza apenas um evento anual, a Festa de Coral. O

evento ocorrerá no dia 25 de maio e contará com apresentação de corais a partir das 10 horas, seguida de almoço e festejos populares à tarde. O presidente contou que está cada vez mais difícil para as famílias do interior se dedicar exclusivamente

à tarefa de ficar à frente das associações. Como colabora com o projeto Merenda Escolar, através da agricultura familiar, o trabalho no campo impede uma maior atenção ao seu trabalho na Sociedade. Para ele, seria necessário um incentivo da administração municipal às famílias que colaboram na preservação da cultura dos colonizadores da região.

Bubchen e Mädchen da Oktoberfest receberá inscrições IGREJINHA - A Associação de Amigos da Oktoberfest de Igrejinha (Amifest) informou, nesta semana, que estão abertas as inscrições para a escolha dos dois representantes mirins da festa. O cadastro será feito nos dias 3 e 4 de abril, na sede da Amifest, que fica dentro do Parque Almiro Grings. Para participar do concurso, as crianças precisam ter nascido nos anos de 2003, 2004 ou 2005 e serem residentes em Igrejinha. No momento da inscri-

ção, os candidatos devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável e apresentar cópia da certidão de nascimento e do comprovante de residência. Ao todo, serão inscritos 15 meninas e 15 meninos. A escolha acontecerá durante a programação da Feira do Livro e o casal vencedor ganhará um traje típico alemão e uma câmera fotográfica. Na foto, o atual Bubchen da festa, Cauê Altenhofen, e a Mädchen, Ana Clara Rheinheimer Flesch. Divulgação

Maurício Saraiva (segundo à direita) recebeu músicos no programa do último sábado

Divulgação

Frisos caracterizam traços de Luci, que mantém seu ateliê na própria casa

TAQUARA – Com a colonização germânica, os imigrantes trouxeram na bagagem uma herança cultural e algumas peculiaridades de sua terra natal. Na sociedade de Canto Eia Alegre, situada na localidade de Ilha Nova, no interior do município, uma das características do interior do prédio é o cercado que separa a pista de dança do restante do salão. Segundo o presidente Enedir Hoffmeister, antigamente não se pagava para entrar no baile, porém, aqueles que gostavam de dançar desembolsavam um valor simbólico. A divisão que separa a pista, que marcou aquele período, está lá até os dias de hoje. O acesso à Sociedade se dá através de caminhos sinuosos que conduzem até o alto do morro, através da estrada de Passo da Ilha. A deslumbrante visão das montanhas vizinhas compensa os visitantes. O prédio da sociedade, fundada em 22 de maio de 1922, todo construído em madeira, fica ao lado de um antigo casarão. Segundo relatos da atual moradora, à sombra de uma imponente Figueira, o casarão abrigava as festividades da localidade, antes mesmo de ser criada a associação.

Chico Paz participou de programa na RBS TV TAQUARA - O cantor Chico Paz, acompanhado dos músicos Thiago Heinrich e Daniel Seimetz, participou do quadro Botequim do Maurício, que foi ao ar no último sábado, dentro do programa Globo Esporte, transmitido pela RBS TV. Além de Chico Paz, ainda participaram das gravações, que ocorreram no dia 20, o músico Hermes Aquino, a cantora Ana Clara e o grupo Reconciliação. Além de falar sobre futebol, Chico apresentou a música “Pra ti Dominar”.


13

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Feira de Saldos do Comércio movimentou Rua Coberta PAROBÉ – O domingo foi reservado para a comercialização de produtos com descontos de até 80%, na Rua Coberta da Praça Primeiro de Maio, em Parobé. Organizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, a “Feira de Saldos e Estoques” chegou à sua 11ª edição e contou com a participação de 40 lojas da cidade. Calçados, confecção, relojoaria, acessórios de bazar e festa foram vendidos a preços bem baixos, de acordo com a gerente-executiva da CDL de Parobé, Ivonete Brandão. “Todos os artigos são de qualidade. Esta é uma das grandes vantagens para o consumidor. Os lojisMarli Wagner, Loja MW, participa há seis edições do evento: “A feira é importante para “desovarmos” os produtos que estavam em estoque, com preços abaixo de custo. Hoje, estou vendendo peças do inverno passado, principalmente casacos, e de verão. Os valores variam entre R$ 2 e R$ 29”. Iara Cristina, Loja Tok no Pé Calçados, participa pela primeira vez do evento: “Viemos para queimar o estoque, e pôr para fora o que sobrou de pares do verão. Como reúne vários lojistas, atrai muitos consumidores, e isso é bom. Aproveitamos para divulgar no nome da loja a quem ainda não a conhece”.

tas puderam queimar seus estoques, que estavam parados na empresa, além de divulgar seu nome para os consumidores e fidelizar os clientes, oferecendo para eles preços especiais”, destacou. Estima-se que cerca de duas mil pessoas passaram pela feira, número considerado bom por Ivenote. “O público nos surpreendeu. Em função da época, acreditávamos que não teríamos um resultado tão positivo, já que muitos ainda estão pagando as contas de final de ano. Esta edição foi excelente, tanto em público quanto em vendas”, comentou.

inge@tca.com.br

PARALELAS Inge Dienstmann

Ter um cachorro, eu? Nunca mais!

Pinceis

mágicos

Curioso que este seja meu terceiro artigo recente tratando de mudança de conceitos. Quer me parecer que isto é uma espécie de licença poética que nos permitimos com o avançar dos anos, pois, na juventude, me lembro de que, igual à maioria dos jovens, eu me achava dona de verdades imutáveis. Desde minhas primeiras lembranças da vida, animais fizeram parte do meu dia a dia. Tive até um porquinho de estimação, que deve ter caído de alguma carreta das que passavam na frente de nossa casa interiorana. Como não descobrimos o dono nas vizinhanças, lá fui eu criar o danado a mamadeira. Era lindo o bichinho! Cor de rosinha... Ficava na garagem nos primeiros tempos, mas invadia a nossa casa, me perseguindo em busca de alimento e carinho. Porcos são muito afetivos e nós, humanos, normalmente, também. Imaginem a relação que se estabeleceu e o problema que foi quando aquele leitãozinho virou um enorme porcão precisando ser abatido. Eu que costumava transformar em balões as bexigas dos porcos carneados pelo meu avô, precisei tirar umas férias forçadas na casa de parentes, para poder fazer de conta que eu acreditei que o meu porquinho morreu e que aqueles assados e linguiças que eu via na mesa não me doíam na alma. Coisas da vida! E da morte. Minha mãe tinha um papagaio que só ela podia tocar, e que morria de ciúmes de mim. O “Rico” sumiu da gaiola numa certa tarde, e ficou desaparecido por dias. Já tínhamos desistido de achá-lo quando minha mãe saiu para a rua comigo no colo e, passando por baixo de nossa parreira, o danado surgiu me atacando em voo rasante. Já antes, e principalmente depois deste fato, tratei de me manter longe dele até que, já velho e doente, o bicho morreu enquanto minha mãe trabalhava na fábrica. Providenciei de enterrá-lo para poupar a mãe do sofrimento, mas cuidei também de deixar a cabeça de fora, para que não entrasse terra em seus olhos que me vigiaram a vida inteira. Chegamos ao ponto. Os bichos morrem e nos impõem sofrimento. Por isto mesmo, depois de nossa última cachorrinha, a Lady, uma pintcher mal humorada, que teve falência renal anos 13 anos, decidi que “ter um cachorro, eu, nunca mais!” Além do sofrimento, contava o fato de que disponho de pouco tempo em casa, e apartamento não é o melhor ambiente para cães. Assunto encerrado! Mas aí vieram os netos, e o que a gente não faz pela alegria deles? Porém, me mantive firme! Um cachorro (apenas), nunca mais! Então adotei duas vira-latas purinhas que sobraram lá pelas proximidades da casa de minha mãe. E eis que a Preta e a Marrom ganharam na loteria, com direito a canil amplo e confortável, visitas ao meu apartamento quando recém-banhadas e bucólicas aventuras no sítio. E eu? Ganho a alegria desmedida dos meus netos, cujas risadas incontidas as vira-latas despertam com suas maluquices faceiras. Mudar de ideia tem suas vantagens.

O

lá, queridas amigas Hoje me dirijo em especial às meninas, por conta deste assunto familiar ao nosso universo, o make up. A dança dos pinceis de maquiagem é importante nas nossas vidas. Não só pinceis, mas as ferramentas da beleza em geral. A maquiagem é mágica por excelência. Com traços, nuances e esfumados podemos ir de um simples upgrade no visual a uma transformação total. E o que mais me impressiona é no resultado emocional desta pintura. Sorrisos abrem-se diante do espelho, olhares incrédulos sobre a própria aparência, e instantaneamente o corpo fica mais ereto, os ombros abertos e o passo firme. Não é à toa que a indústria dos cosméticos é tão forte, com tanta visibilidade e crescimento, pois vende “poder”. Sim, nos sentimos poderosas quando nos percebemos mais bonitas, saimos em instantes de uma anônima a uma celebridade, em sensação, é claro! Como se trocássemos de cena do núcleo pobre para o núcleo rico da novela da rede Globo. Gosto de dizer que existem três categorias de maquiagem: a social, para festas e comemorações, geralmente feita por profissionais; a natural para o dia a dia; e a terapêutica, que é necessária para melhorar o visual e o astral. Maquiar-se deixou de ser eventual e, assim como escovar os dentes e pentear os cabelos, deve ser feito todos os dias. Ainda tem muita resistência aos pinceis, especialmente por conta da falta de informação mesmo: o quê? como? e onde? Maquiagem é simples, te faz sentir muito melhor e ainda te valoriza! Por que resistir? Rende-te e sentirás na hora os efeitos especiais. É, sem dúvida, mágico.

Iraci Flores, Loja Duda Modas, participa há três edições do evento: “Às vezes, temos que vender as peças por preços muito baixos, quase dadas. A maioria dos descontos gira em torno de 70%. Nada é vendido pela metade do preço que custa. Acho que em outras edições as vendas foram melhores”. Gabriel Jost (foto ao lado), Loja Aline Modas, participa há quatro edições do evento: “Poder oferecer os produtos é sempre bom, principalmente para fazermos novos clientes. A cada ano que participamos, temos aumentado nossas vendas. Viemos para cá com calças, bermudas e casacos. Os descontos ficaram entre 50 e 60%”.

13ª Festa

- Exposição de peixe vivo - Venda de produtos coloniais - Música

da

Carpa 6

de

abril

TAQUARA - Olhos D´Água Pavilhão Católico Acesse o:

PANORAMANET www.

JornalPanorama

.com.br

CARDÁPIO: Carpa grelhada Carpa frita Linguiça de carpa Pirão Arroz branco Saladas diversas Sobremesa

Almoço será servido a partir das 11h30min. Valor: R$ 25,00 Realização:

Associação Taquarense dos Piscicultores

9712.3022 9976.9884


14

ESPORTES

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Gabriel participará de categoria mais rápida do País

LIONS e LEO CLUBES DE TAQUARA

Facebook.com/lions.taquara Blog: lionstaquara.blogspot.com, e-mail: lions.taquara@yahoo.com.br

“ Fazer o bem faz bem”

Alessandra Heller Reis

“A UNIÃO FAZ A FORÇA!” Unindo esforços em favor dos menos favorecidos, o Lions e Leo Clubes de Taquara realizam seu trabalho de forma voluntária, contando sempre com o apoio e incentivo dos seus patrocinadores.

“Somos parceiros do Lions porque acreditamos nos seus projetos, na sua credibilidade e na sua capacidade em tornar possível o sonho de muitas pessoas carentes, que é apenas ‘enxergar’. Isso é feito por meio da distribuição gratuita de óculos e pelas consultas em lugares especializados para a visão.” Fabricio Comasseto, diretor da empresa patrocinadora do Lions Taquara, F.H. Comasseto materiais de Construção.

IGREJINHA – Com um protótipo de chassis alemão e aerodinâmica totalmente produzida em sua cidade, Gabriel Matzenbacher irá correr o Campeonato Endurance 2014 em Tarumã. O autódromo sediará a competição amanhã, recebendo cerca de 50 carros em sete categorias, unindo protótipos, Ferrari’s e carros de passeio nacionais, como Gols. Segundo o piloto, esta “é considerada a categoria mais rápida do Brasil, em que a velocidade máxima pode chegar a 260 quilômetros por hora”. Para participar da corrida de três horas de duração, Gabriel está se preparando de diversas formas. “As equipes podem usar até três pilotos e eu correrei sozinho, sem revezamentos. Por isso, estou treinando forte. Além de usar um simulador de protótipo que tenho em casa, me dedico a exercícios físicos diários.

De noite, corro de cinco a 10 quilômetros, ou pedalo de 30 a 40. Conto, ainda, com o slackline – uma fita para caminhar e obter equilíbrio. Com ele, treino principalmente a concentração”, afirmou. “Quem sabe traremos uma vitória para nossa região? Somos capazes e estamos confiantes!”, declarou. O piloto correrá na categoria três, denominada Protótipos Aspirados oito válvulas, com seu Spyder numeral 199. Ao todo, são sete categorias, envolvendo protótipos turbo, aspirados, carros GT (em que correm Lamborghinis, Ferraris e similares), veículos turismo turbo (como Golfs e Líneas), nacionais até 2.0 (Gols, Corsas e similares), e de motor 1.6, composta por Gols, Chevettes e afins. Gabriel correrá pela equipe chefiada por Maiko Dientsmann, o Cebola, que tem o pai do jovem, Duarte Matzenbacher, como diretor.

Murilo Carvalho/Divulgação

Piloto participará na categoria protótipos aspirados oito válvulas

Clube tem campanha para conquistar novos sócios

“A Faccat tem como filosofia dar apoio às pessoas que, por intermédio das mais diferentes entidades, prestam algum serviço comunitário. Não poderia ser diferente para uma instituição de ensino que também é comunitária e está profundamente inserida no contexto regional.” Professor Delmar Henrique Backes, diretor da Faccat, empresa patrocinadora do Lions Clube Taquara. Sempre em busca de aprimoramento para suas ações, os companheiros Leão estão atentos ao que acontece em outras comunidades e encontram, nas reuniões distritais, a oportunidade de trocar experiências com os clubes vizinhos.

IGRJEINHA – O Esporte Clube Igrejinha está com uma campanha para ampliar seu número de sócios. Atualmente, o tricolor do Paranhana possui 50 sócios e, em 2014, quer elevar este número para 300. Segundo o vice-presidente do time, Juliano Mello, esta é uma forma da comunidade ajudar o Igrejinha a ir mais longe. “Com 300 sócios, arrecadaríamos mensalmente R$ 6 mil, uma vez que cada membro paga R$ 20,00 por mês. Isso ajudaria muito nosso time a almejar conquistas cada vez

maiores”, comentou. A principal vantagem em ser um associado é ter entrada gratuita nos jogos do clube, que podem chegar a três por mês. Quem quiser se inscrever pode procurar algum integrante da diretoria, bem como preencher uma ficha de inscrição disponível na entrada dos jogos. Estreando no Gauchão Júnior 2014, o clube venceu o Veranópolis no último sábado e também disputará outras competições neste ano, como o Estadual Juvenil B e as copas RS Sub 19 e Sub 17.

Mundo Novo aposta nas categorias Sub 17 e Sub 15

TRÊS COROAS – Em 2014, o Esporte Clube Mundo Novo buscará ampliar a formação de atletas através de suas categorias de base. Para isso, aposta em competições nas categorias Sub 17 e Sub 15. “Vamos disputar nas duas modalidades e, a médio

prazo, queremos aumentar o número de categorias através de escolinhas”, afirmou o diretor de futebol do clube, Carlos Macarini. Abrindo o calendário do ano, o clube irá para Vacaria enfrentar o Glória, no próximo dia 13, pelo Gauchão Sub-17. Na compe-

tição, o Mundo Novo ainda terá pela frente os clubes Gramadense, Garibaldi, Nova Prata e Encantado. Ainda em abril, iniciará a Sulicamp, que envolverá as duas categorias. Atualmente, o time do Paranhana possui 40 atletas. Divulgação

Realizado o encontro de bikes

PAROBÉ - Com o lema “Preservar a Saúde e Socializar com a Natureza”, ocorreu, no sábado passado, o primeiro Encontro de Bikes do Vale do Paranhana (foto) deste ano. Com saída na Praça 1º de Maio, em Parobé, 17 ciclistas percorreram aproximadamente 45 quilômetros. No

roteiro, os ciclistas passaram por Igrejinha e Três Coroas. Em Sander, houve uma parada para café colonial. O próximo encontro está marcado para 26 de abril. Interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone 39531016 ou e-mail esportes@ parobe.rs.gov.br.

Santa Ad Movere participou de prova com 55 alunos Divulgação

Companheiros de Taquara em recente Reunião Distrital na cidade de Dois Irmãos.

Estas empresas estão comprometidas com os projetos em benefício de nossa comunidade

SiStema de Saúde mãe de deuS

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

TAQUARA – No último final de semana, o grupo de corrida Santa Ad Movere/Ritter Construtora/Faccat participou da terceira edição da Volta ao Lago Negro, em Gramado (foto). Com 55 alunos, que percorreram um circuito de 2,5 quilômetros de muitas subidas e descidas, a equipe foi premiada pela segunda vez como a maior da competição. O grupo conquistou, também, o segundo lugar na prova com a dupla Mônica Dalmina e Eliane Fischer. Os atletas Diba Brodbeck, Enira Jost, Janete Fries, Michele Biason, Luciana Utz, Beti Seefeld, Celso Sander, Pedro Lima, Valmor Biason, Carlos Zimmermann, e Volnei Ferreira também se destacaram, chegando entre os primeiros colocados em suas categorias. O grupo esteve composto por atletas de 10 anos, até adultos com mais de 60.

Prefeitura anuncia novo passeio ciclístico para abril

a casa da sua família GEssO FOrrO

L A M divisórias

TAQUARA - O Departamento de Esportes da Prefeitura organiza o segundo passeio ciclístico em alusão ao aniversário de Taquara, desta vez comemorando os 128 anos da cidade. O evento acontecerá no dia 12 de abril, a partir das 15 horas, com concentração na Praça Marechal Deodoro. Serão sorteadas quatro bicicletas para os participantes nas

categorias até 10 anos, bicicleta melhor decorada, escola com maior número de alunos e outra para a comunidade em geral. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail esporte@ taquara.rs.gov.br e no próprio Departamento de Esportes, junto ao Parque do Trabalhador. Todos os inscritos ganharão uma squeeze.


A cobertura diária do plantão policial no Vale do Paranhana você pode acompanhar pela Rádio Taquara e através do site do Jornal Panorama (www.jornalpanorama.com.br).

Identificada vítima de homicídio

TAQUARA - Foi registrada, na segunda-feira, na Delegacia de Polícia de Taquara, ocorrência de reconhecimento de cadáver. Pelo documento, foi confirmada a identificação da vítima de um homicídio ocorrido no dia 28 de fevereiro deste ano, no Balneário João Martins Nunes (Prainha), em Taquara. A vítima é Leandro Siqueira Lourenço, 21 anos. Ele foi atingido por cerca de 10 tiros e teve o corpo abandonado na Prainha.

Farmácia do centro é assaltada

TAQUARA - Uma farmácia da área central de Taquara foi alvo de assalto, no último dia 21, em plena tarde. O fato aconteceu por volta de 15h10min, na Farmácia Panvel, situada na rua Júlio de Castilhos. Segundo o registro de ocorrência, um bandido armado chegou ao estabelecimento, anunciou o ataque e roubou uma quantia em dinheiro do caixa. Acionada, a Brigada Militar fez buscas e conseguiu prender o suspeito, nas proximidades do Supermercado Rissul. O acusado foi reconhecido por funcionárias da farmácia. Por este motivo, o homem de 23 anos, identificado como Felipe Doarte de Vargas, foi autuado em flagrante por roubo na Delegacia de Polícia de Taquara.

Mais um assalto na ponte

TAQUARA - A ponte com interdição parcial, sobre o Rio dos Sinos, na ERS-020, em Taquara, segue gerando riscos à comunidade. No domingo passado, mais um assalto foi registrado no local, por volta de 21h20min. Alvaro Luiz Urnauer, o Plets, contou que trafegava com o Fiat Uno, placas ITG9761, no sentido Porto Alegre-Taquara e, ao parar no semáforo da ponte, foi abordado por uma dupla, armada com revólver. Os bandidos mandaram sair do carro e pegaram o veículo, fugindo em direção a Taquara. Também roubaram equipamentos de som que estavam no carro de Plets.

POLÍCIA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Professora taquarense é vítima de brutal acidente na ERS-239

TAQUARA - As palavras do padre José Roberto Corrêa, no enterro de Gilmara Pezzi Pereira, 33 anos, traduziram o quanto ela era bemquista pela comunidade. Segundo a avaliação dele, a quantidade de pessoas que participou da cerimônia fúnebre só demonstra o plantio feito no dia a dia pela professora taquarense. O enterro foi um dos mais prestigiados de Taquara, com participação de milhares de pessoas. Gilmara foi vítima de um trágico acidente, ocorrido na segunda-feira à noite, em Sapiranga. Estudante de Direito na Universidade Feevale, Gil, como era conhecida, se deslocava para os estudos, quando sofreu o acidente, por volta de 18h55min. A colisão foi no quilômetro 32 da ERS239, no bairro Amaral Ribeiro, em Sapiranga, defronte à Chácara das Rosas. Segundo a ocorrência policial,

Especial/Jornal Repercussão

Uno de Gilmara Pezzi (à esquerda) foi atingido por Ecosport que invadiu pista contrária

qual Panorama teve acesso, a taquarense conduzia o automóvel Fiat Uno, placas IRC-0993 com destino a Novo Hamburgo. No sentido contrário, vinha o automóvel Ford Ecosport, placas INT8215, conduzido por Paula Beatriz Soares da Rocha, 37 anos. No registro, a Polícia informa que Paula perdeu o

controle do Ecosport, chocou-se contra o canteiro divisor, invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente contra o Uno dirigido por Gilmara. A professora taquarense, que era esposa do ex-vereador Fabiano Tacachi Matte, chegou a ser socorrida pelo Samu, mas morreu no Hospital de Sapiranga. A con-

dutora do Ecosport também sofreu ferimentos, junto com a caroneira Marizete Cardoso, 19 anos. Ambas foram socorridas e permaneceram internadas na noite de segunda-feira. A Polícia Civil de Sapiranga informou ao Panorama que está investigando a motivação para o acidente, não tendo confirmação ainda do que pode ter provocado a colisão. Foram solicitadas perícias de engenharia nos dois carros, e serão colhidos os depoimentos de todos os envolvidos. Para a família de Gilmara Pezzi, fica o sentimento de que justiça terá que ser feita, com uma apuração rigorosa por parte da polícia. É o que cobraram, nesta quinta-feira pela manhã, em entrevista ao Panorama, a mãe da professora, Maria Carlota Pezzi Pereira, o esposo Fabiano Matte e a filha de Gil, Júlia Pereira da Silva, de 17 anos.

“Era o nosso tesouro, um orgulho para toda a família”

Nesta quinta-feira, a reportagem do Panorama conversou com a mãe de Gilmara Pezzi, com o viúvo Fabiano Matte e com a filha da professora, Júlia. O sentimento de dor ainda é profundo. “Parece que arrancaram um pedaço do meu peito”, disse a mãe, Maria Carlota. “Um trator passou por cima de nós”, acrescentou Fabiano. “Tenho fé em Deus que ainda nos encontraremos, muito felizes”, complementou Carlota. Segundo eles, Gilmara era uma pessoa alegre, que contagiava a todos e muito motivadora. Além disso, sempre defendia as coisas pelo certo, tanto que, por isso, escolheu estudar Direito. “Ela tinha o sonho de atuar na advocacia, de trabalhar na luta pelo cer-

to”, comentou Fabiano, que é advogado, revelando que sua esposa há três anos também chegou a cogitar estudar arquitetura. Os dois estavam juntos há cinco anos. De acordo com os familiares, Gilmara tinha dedicação especial por sua atuação como educadora, que desenvolvia há 14 anos. Em Taquara, ela deu aulas nas escolas Vovó Domênica, Alice Maciel (da qual foi uma das professoras fundadoras), Dorothéa Schäfke e Alípio Sperb. Nesta última escola, do bairro Santa Maria, Gilmara estava trabalhando atualmente, dando aulas para a educação infantil. “Ela sempre deu muita atenção para os seus alunos. À noite, em casa, ficava preparando o material para as aulas.

Sempre quis o melhor para a escola”, disse a filha Júlia. “Na rotina diária, ela acordava às 6h30min para me levar ao colégio, e depois buscava as colegas dela, levando no mesmo Uno do acidente as professoras para escola. A mãe sempre teve essa atuação comunitária”, acrescentou Júlia. A atuação voluntária da taquarense também foi lembrada pelos familiares, que destacaram a participação de Gil nos grupos de casais das igrejas Católica e Adventista. Além disso, era voluntária de diversos projetos sociais de Taquara, e sempre que podia ajudava em causas comunitárias, principalmente as lideradas por entidades não governamentais. Os familiares comenta-

ram, ainda, a demora na liberação do corpo por parte do Instituto Geral de Perícias (IGP), que está em greve. Segundo Fabiano, isso se deve à incompetência dos governos. O corpo foi encaminhado a Porto Alegre às 22h15min de segunda-feira, mas só foi liberado no começo da tarde de terça-feira. Isso fez com que o velório de Gilmara começasse apenas às 16 horas. Ao final de tudo isso, segundo os três familiares, fica o sentimento de um vazio muito grande.

15

Homem é amarrado em assalto

TAQUARA - Um homem acabou amarrado por bandidos durante um assalto no interior do município. O fato aconteceu por volta de 17h30min do sábado, na localidade de Batingueira. A vítima, identificada como Leonildo Adolfo Dreher Alves, 42 anos, contou que estava realizando roçada num sítio, quando foi abordada por um trio armado com pistolas. Os bandidos anunciaram o assalto, mandaram a vítima deitar no chão, e amarraram suas mãos para trás, levando-a para dentro da casa do sítio. Os assaltantes roubaram a caminhonete MMC Sport, placas IMX7715, e uma quantia em dinheiro. GOLPE - Estelionatários seguem fazendo vítimas na região. Uma vítima de 31 anos contou na Delegacia de Polícia que, no sábado, recebeu uma mensagem em seu telefone celular dizendo para ligar para um número, pois tinha ganho um Gol Flex e mais R$ 30 mil por conta da recarga premiada. A mulher, moradora de Parobé, fez as ligações e recebeu instruções de que deveria ir até a agência da Caixa Econômica Federal (CEF) e realizar procedimentos no terminal eletrônico para ganhar o prêmio. A vítima foi até o local, mas quando inseriu os códigos no caixa bancário, saiu o comprovante de transferência de valores, no montante de R$ 999,98.

Arquivo pessoal

OBITUÁRIO Falecimentos comunicados pela Rádio Taquara de 20/03/2014 a 27/03/2014

Gilmara, Júlia e Fabiano durante os costumeiros passeios de diversão em família

- 24/03 - Dário Marin, 64 anos. Crematório Metropolitano Cristi Rei em São Leopoldo. - 24/03 - Gilmara Pezzi Pereira (Prof. Gilmara), 33 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 25/03 - Albino Eloy Schweitzer, 90 anos. Cemitério Evangélico de Parobé. - 26/03 - Norma Alzira Haag Robinson, 89 anos. Cemitério Evagélico de Igrejinha. - 26/03 - Jean Carlo Lima (Gino), 28 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 26/03 - Delci Hadlich, 55 anos. Cemitério Municipal de Taquara


16

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Jogador é acusado de confusão TAQUARA - Um jogador de futebol taquarense, que hoje atua no Veranópolis, foi acusado de provocar uma confusão no interior da cidade. O fato aconteceu por volta de 3 horas do domingo, na estrada para Vila Teresa, na localidade de Rio da Ilha. Romano Rodrigues, 26 anos, perdeu o controle do seu carro, um Hyundai, e bateu contra a cerca de uma residência. O proprietário do imóvel saiu de sua casa para falar com o motorista e acabou sendo agredido com chutes e socos. Acionada, a Brigada Militar foi até o local, mas o motorista, bastante alterado, se recusou a fazer o teste do bafômetro. Contudo, no posto 24 horas, o homem acabou aceitando fazer o teste, tendo sido confirmada a embriaguez. Por este motivo, ele foi autuado em flagrante e pagou fiança de R$ 1,4 mil para responder em liberdade. POSTO - Bandidos atacaram um posto de combustíveis situado na ERS-239, no bairro Planalto, por volta de 22h30min do último dia 21. A vítima contou que estava trabalhando como caixa no posto de gasolina, quando um bandido chegou de moto com um capacete vermelho e arma em punho. O assaltante exigiu dinheiro do caixa e fugiu levando uma quantia e quatro carteiras de cigarro.

VOCÊ LEU ESTE ANÚNCIO...

POLÍCIA

PANORAMA

...e milhares de outras pessoas também. Aqui, seu produto ou serviço aparece muito mais! Para anunciar, ligue 3542-2288.

Polícia desarticula quadrilha de tráfico de drogas e armas PAROBÉ - Uma investigação capitaneada pela Polícia Civil de Parobé resultou, nesta quinta-feira, na Operação Mampituba. A ação envolveu, também, o município de São João Batista, em Santa Catarina. Segundo a Polícia, a operação teve início há aproximadamente seis meses, investigando uma parte de quadrilha que atuava nos vales do Paranhana e Sinos. Outro grupo do bando desenvolvia atividades, conforme as investigações, em Santa Catarina. Os crimes envolvem o tráfico de drogas e armas de Parobé para São João Batista. Ontem, a Polícia Civil informou

que um dos integrantes da quadrilha foi preso no final de 2013, em Parobé. Já nesta quinta-feira, às 6 horas, policiais deflagraram a operação simultaneamente nos dois estados. Em Taquara, foi preso Adilson Severo Franco. Com ele, foram apreendidos R$ 12 mil em dinheiro e um automóvel Ford Focus sem documentos. Já em Parobé, os policiais informaram a prisão de Ildomar Tavares e Deivid Silva de Andrade, enquanto em São Leopoldo foi presa Evelin Tawana Jacinto Filho. Segundo a Polícia Civil, todos os presos tinham mandados expedidos

pela Justiça de Santa Catarina, ratificados pelas comarcas judiciais de São Leopoldo, Parobé e Taquara. Participaram da ação de ontem, policiais de Parobé, Nova Hartz, Rolante, Igrejinha e Três Coroas, empregando seis viaturas e 18 agentes. Ainda conforme a polícia, a mulher presa em São Leopoldo também está sendo autuada por tráfico de drogas. Em Santa Catarina, três pessoas foram presas pela Polícia Civil. A ação foi coordenada pelo delegado Moacir Fermino Bernardo, que está respondendo pela Delegacia de Polícia de Parobé.

Filho encontra no lixão o corpo do pai desaparecido TAQUARA – A busca incessante de um filho terminou de forma trágica, na segunda-feira, em Taquara. Desde sexta-feira, Fábio Fernandes, 31 anos, procurava o corpo do seu pai, com informações de que ele tinha sido assassinado. Na segunda-feira, o próprio filho localizou o corpo de seu pai, Raul Jesus Fernandes, (foto) 59 anos, abandonado no lixão do bairro Empresa.

No final de semana, Fábio registrou ocorrência na

Delegacia de Polícia, informando o desaparecimento do seu pai. Disse que já tinha informado à Brigada Militar sobre as suspeitas de que seu pai poderia ter sido assassinado. Mas acrescentou que não estava localizando o corpo da vítima. Na segunda-feira, durante a manhã, a Brigada Militar recebeu várias ligações dando conta de que o corpo

estaria no lixão do bairro Empresa, nos fundos da rua Orlando Krummenauer. O próprio Fábio acabou encontrando seu pai, dentro de um buraco, com uma pilha de sacos com resíduos de calçados por cima. O local foi isolado para perícia, até a retirada do corpo, no final da tarde de segunda-feira. Raul Fernandes era agricultor e criador de gado e porcos.

Parentes e amigos fazem protesto por morte de motociclista IGREJINHA - A morte do industriário Anderson de Andrade, de 22 anos, foi lembrada no sábado passado com um protesto organizado por amigos e familiares. Seguindo um caminhão do Corpo de Bombeiros Voluntários de Igrejinha, os motociclistas partiram

em direção ao Centro. Depois, houve concentração na praça central de Igrejinha. Os parentes e amigos estavam com camisetas brancas tendo a foto da vítima. Anderson de Andrade foi atropelado por uma viatura da Brigada Militar. Segundo a ocorrência, ele

fugiu após receber a ordem para parar e acabou caindo da moto após bater contra um carro sofrendo então o atropelamento. A Brigada Militar apura o incidente por meio de um inquérito. O fato também é investigado pela Polícia Civil.

Classificados PANORAMA

Cleusa Silva/TCA

Acidente foi próximo ao parque do Rolantchê

Motociclista morre em colisão na 239 ROLANTE - Um motociclista foi vítima de acidente de trânsito no quilômetro 63 da ERS-239, na quarta-feira. A ocorrência foi por volta de 11h20min. Segundo a Polícia Rodoviária, Jean Carlo Lima, 28 anos, trafegava em direção a Rolante. Testemunhas disseram que ele foi atingido por um automóvel Peugeot 307 preto, vindo a cair. Já no chão, Jean ainda foi atropelado por outro carro, este não identificado. Ambos os motoristas fugiram do local do acidente, próximo ao Parque do Rolantchê, sem prestar socorro à vítima. Jean morreu no local e seu corpo ficou até por volta do meio da tarde estendido na rodovia, uma vez que a perícia demorou para chegar. A vítima trabalhava na Bley Tintas e seu velório e enterro aconteceram nesta quinta-feira. Era filho do corretor de seguros Luiz Lima, que chegou a concorrer a vereador em Taquara em 2012. Segundo as informações de familiares, deixa uma filha.

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

VENDO

VENDO

Strada Working 1.4, 2013, cabine dupla, ar cond., direção, roda, 5.000km.

Corolla XEI 2.0, 2012, Automático, couro, preto, kit multimídia.

206 SW, Escapade, 1.6, 16V, completo, ano 2007, IPVA 2014 pago,

Tratar : 51-9666.7276

Tratar : 51-9666.7276

Tratar 9245.5369

VENDO PEUGEOT valor R$ 23.000,00.

BARBADA: Vendo direto apto. em Taquara, na R. Rodolfo Dietsch, com 2 dorm., elevador, com 98m² + garagem. Valor: R$ 200.000,00 Marcar hora pelo fone: (51) 8504.9320. AGÊNCIA DE PORTO ALEGRE - Seleciona moças, 3 a 28 anos, p/participar de concurso de beleza estadual. Seletiva gratuita em Taqua-

ra. Premiação final: books, viagens a Beto Carrero e Moto zero Km. Inf: 3019.0336 / 9233.1123 / 9925.6505. Facebook: Critério Eventos

VENDE-SE – Apto. 2 quartos, sala, cozinha, área de serviço, bairro Santa Teresinha. Tratar 8437.8002 BARBADA: Vendo apartamento novo, com 107,43m2, no Residencial Eucaliptos, com dois dormitórios,

sendo uma suíte, elevador, cozinha, sala, área de serviço. R$ 260.000,00. Contato: 51. 3542.2297

EDITAL DE CASAMENTOS “ PROMOÇÃO VEM QUE TEM” * Visite nossas lojas, utilize nossos serviços, compre motos, ganhe cupons e concorra semanalmente a

ELIZABETH MARTINI, registradora do Registro Civil das Pessoas Naturais e Especial de Taquara-RS. Faz saber que pretendem se casar: 01) CLAÚDIO ADRIANO DUARTE SODRÉ e MIRIAM CLEONICE DE BRITO DOS SANTOS.

Quem leva moto a sério, leva Honda. Honda CB 300R 13/14 a partir de R$ 12.490,00 à vista. Ou consulte financiamento com vendedores. Foto meramente ilustrativa.

• 12 Honda CG 150 EX, • 48 Honda CB 300R C-ABS, • 1 Moto dos sonhos e... • 20 viagens para assistir o Super Bike Séries. * de 8/3 à 31/5

Quem souber de algum impedimento, que oponha-o na forma da lei. DADA e PASSADO, nesta cidade de Taquara-RS. Aos vinte e seis (26) dias do mês de março (03) de dois mil e quatorze (2014). Rua Rio Branco, nº 1145 - Sala 104. Panorama, 28 de março de 2014.

Jean Carlo não teve socorro de dois motoristas envolvidos no acidente


DOE SANGUE

A vida de alguém pode depender deste gesto.

GERAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

17

Meninas do interior receberão vacina Faccat terá palestra contra o HPV na próxima semana sobre golpe militar

TAQUARA - A vacinação contra o HPV aconteceu durante o dia de ontem, no ginásio do Parque do Trabalhador, e cerca de 90% das meninas da cidade com idade entre 11 e 13 anos receberam primeira dose do medicamento. A segunda aplicação está prevista para acontecer em novembro e a terceira será cinco anos após isso. As adolescentes que moram no interior serão vacinadas no decorrer da próxima semana. O secretário da Saúde, Carlos Alberto Pimentel,

Cristiano Vargas

Na cidade, a primeira dose foi aplicada ontem, no ginásio do Parque do Trabalhador

destacou que foi criado um cronograma para a chegada a e saídas dos ônibus que traziam as escolas, para que não houvesse congestionamento. Para a segunda-feira, Pimentel garantiu que a equipe de vacinadores irá aos educandários próximos à localidade de Fazenda Fialho. Já as que moram e estudam na região de Rio da Ilha serão vacinadas no decorrer da próxima semana. “Com isso, evitamos fazer com que as crianças precisem vir até a cidade”, argumentou.

O governo do Estado informou, na semana passada, aumento de repasse para o custeio da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) que está sendo construída em Taquara. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, para colocar em funcionamento a UPA de porte dois, Taquara receberá aumento no repasse previsto, de R$ 337,5 mil para R$ 525 mil nos primeiros seis meses de funcionamento. Além disso, o governo informou que as maternidades de Igrejinha (Hospital Bom Pastor), Parobé (Hospital São Francisco de Assis) e Três Coroas (Hospital Dr. Oswaldo Diesel) receberão, da Secretaria Estadual da Justiça e Direitos Humanos, novos computadores, scanners e impressoras. A medida visa a auxiliar no processo de registro de nascimentos.

Classificados

22.734-J

Governo do RS anuncia verbas para a saúde Natália Zmuda - CRECI - 16018 Angelo Tissiani - CRECI - 19528

Vendas

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

CRÉDITO R$ 50.000,00 R$ 110.000,00 CONSÓRCIOS Um negócio de futuro R$ 220.000,00

Representante autorizado

Sinosserra

9231.6585 e 8041.0729 Rua 3 de Outubro, 980 - Novo Hamburgo

ALICE

imóveis CRECI 20.749-j

NORMAL REDUZIDA R$ 417,93 R$ 208,96 R$ 919,44 R$ 459,72 R$ 1.861,59 R$ 930,79 Use seu FGTS e saia já do aluguel

AQUI

Imobiliária Conveniada

TAQUARA: Júlio de Castilhos, 2663 - 3541.0400 PAROBÉ: Dr. Legendre, 37 - 3543.6588 E-mail: aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

VENDAS: CASA COM 3 DORM., SENDO UMA SUÍTE, SALA DE ESTAR, SALA DE JANTAR, COZINHA, GAR. PARA 2 CARROS NO B. NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. CÓD. 3701 - Terreno com 300m², em excelente localização, na Rua Olinda Muller, no bairro Nossa Sra. de Fátima. Consulte nossos corretores de imóveis.

- Casa nova, 2 dormitórios, pergolado, pátio fechado. Tucanos. R$ 125.000,00 - Casa nova, esquina, pátio fechado, independente, 11m x 12,5m, 2 dorm. R$ 112.000,00

CASA EM COND. HORIZONTAL, 2 DORM., SENDO 1 SUÍTE, SALA, COZ., ÁREA DE SERVIÇO, BANH. SOCIAL, CHURR., GAR. R$ 850,00 + ENC. – RUA TRISTÃO MONTEIRO, 1838, CASA 02. CÓDIGO 4053

- Apto. térreo em cond. (PARADISO) 2 dorm., sala, coz., banh. social, área de serviço, gar., piscina e salão de festas. R$ 900,00 + enc. – Rua Pinheiro Machado, 1039 AP 512. Código 3601 - Sala Comercial – 45 m2. R$ 1.000,00 + encargos - Rua Federação, 2518 SL 2. Código 5071

► TERRENO DE ESQUINA, BAIRRO CIDADE NOVA, 522M². VALOR R$ 190 MIL. ►TERRENO, CIDADE NOVA, 412 M². VALOR R$ 150 MIL.

► INCRÍVEL SÍTIO, com 9,5 hectares, na ERS-020, com 3 casas de alvenaria, localizado na divisa com Três Coroas, uma visão privilegiada da cidade.

Casa nova, com 70m², dois dormitórios, garagem, churrasqueira, terreno fechado e independente. R$ 148.000,00

INFORMAÇÕES SOMENTE NA IMOBILIÁRIA R. Júlio de Castilhos, 2579/121 - Gal. Comassetto Taquara - aconceito@brturbo.com.br Fones: 3541.5787 | 8488.3782 | 9972.5147 Visite nosso site: www.conceitoimoveisrs.com

► CASA, 50m2, ótimo acabamento, 2 dormitórios, banheiro, sala, cozinha, churrasqueira, área serv., pergolado e pátio. Bairro Tucanos. Apenas R$ 125 mil. ► CASA RESIDENCIAL, em terreno 475m², bairro Empresa, semimobiliada, apenas R$ 160 mil.

NA PROJETA VOCÊ ENCONTRA TERRENO MCMV A PARTIR DE 45 MIL - CONSULTE TERRENOS DE ESQUINA POR APENAS R$ 85 MIL - CONSULTE

- Compra - Venda - Locação de imóveis - Administração de condomínios

AQUI

ATENÇÃO

TO ESTACIONAMEN CLIENTES. PRÓPRIO PARA OFERTAS AS MELHORES UI! ESTÃO AQ

CURSO DE PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO

Rua General Frota, 2524 - Taquara - 3541.0200

Hidrante – Para-raio – PPCI

ALUGUEL

Tudo em um só lugar

EXTINTORES DO

- Casa nova, com 2 dorm., sala e cozinha integradas, banheiro social, área de serviço, cercada. Aceita o financiamento Minha Casa Minha Vida. Código 3924.

LOCAÇÕES:

CRECI 233331-J | www.projeta.imb.br Rua Júlio de Castilhos 2689 Sala B - Centro Taquara – Fone 3541.5900

- Apto., 2 dorm., com elevador, gar., salão festas, gás, sacada, novo. R$ 190.000,00

PANORAMA

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

TAQUARA - O curso de História das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) organizou o ciclo de palestras “50 anos do Golpe Militar no Brasil: Visões e Revisões da Ditadura”. Os convidados são o jornalista André Machado, que falará sobre o tema “Os Filhos da Revolução: a geração nascida depois do golpe”. A palestra dele acontecerá na próxima segunda-feira, dia 31, a partir das 19h30min, no auditório do campus. O outro encontro está previsto para o dia 15 de maio, no mesmo local e horário, com o historiador e jornalista Juremir Machado. Ele abordará o tema “Jango: A vida no exílio”. Os eventos são gratuitos e têm inscrições pelo site www.faccat.br.

Agende sua visita! Fale com quem está há 20 anos no mercado, a pioneira, Paula, da antiga Extintores Taquarense. Av. Sebastião Amoretti, 2672 – Taquara 3542.3922 – 3542.2908

/alternativa.taquara

- Apto., bairro J. Prado, 2 dorm., sala, cozinha, banh., sacada, churr., box............... R$ 750,00 - Apto. bairro J. Prado, 3 dorm., sala, cozinha, banheiro, sacada, churr., box.......... R$ 750,00 - Apto., bairro Sagrada Família, 2 dorm., sala, cozinha, banheiro, sacada, box....... R$ 800,00

TUDO NO NOSSO SITE Veja fotos e informações completas sobre estes imóveis, e muitos outros, para venda e locação!

www.alternativaimoveis.com


18

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Por Vanessa Wagner

Animado e muito esclarecedor, o encontro que a Ótica Taquarense promoveu em homenagem às mulheres, oferecendo curso de automaquiagem para quem usa óculos, aconteceu nesta quarta-feira à noite. A consultora de estilo e maquiadora Érica Ostrowski apresentou as informações, apoiada por completa linha de produtos da loja O Boticário de Taquara. Carine Walker, gerente da ótica, organizou impecável evento, onde atuou como anfitriã, ao lado de Stelamaris Azevedo, esposa do proprietário Volnei Azevedo, e da filha do casal, Vanessa. Além de dicas muito úteis e mostradas na prática, a noite teve um toque especial por conta do serviço gourmet comandado pela consultora de marketing Suzana Neves, que, apaixonada por culinária, tem agregado um toque diferenciado aos eventos que organiza para os clientes corporativos (e também para alguns privilegiados amigos). Bruna Fontoura Machado, consultora do Boticário de Taquara, completou o workshop com dicas para o uso adequado e melhor desempenho dos produtos utilizados para maquiagem.

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

Danúbia Schein, Lidiani Lehnen, Nélia Isabel Lehnen da Silva, a anfitriã Diana Isabel da Silva e Camila Conrado atuaram em parceria para a realização do evento.

NOITE DAS MULHERES INFORMADAS Evento beneficente, iniciativa da relações públicas Diana Silva, alusivo ao Dia Internacional da Mulher, tem crescido em prestígio. Nesta semana, a Casa Silva, gerenciada por Diana, lotou para a tradicional confraternização, que teve coquetel, desfile da loja JG&Cia e palestras de profissionais convidadas, além de um animado brinde de despedida, no final da noite.

Carla Gelinger, da Estética Sandra e Carla, nutricionista Beatriz Moser, Sandra Lauck (também da Estética), psicóloga Laura Ostrowski e a personal trainer Bia Bauer foram palestrantes convidadas.

Carine Walker recebeu convidadas na Ótica Taquarense para workshop com Érica Ostrowski

A Garota Verão 2014, Marina Streit Seolino, desfilou para loja JG&Cia

ABAIXO: A personal stilyst Ingrid Sauer falou sobre moda, a convite de Izabel Neves Müller, proprietária da loja JG& Cia.


19

PANORAMA

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

Por Vanessa Wagner

Programe-se!

por Guilherme Augusto

Compras em NY em Maio!

Jussiê é diretor de Habitação de Taquara, sua cidade natal. Aos 28 anos, é casado com Michelle Teixeira e pai de Amoah, de dois anos, e de Noah, que tem oito meses de vida. Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com pós em Gestão Empresarial, é filho de Pedro Teixeira e Ana Silveira Teixeira.

TAQUARA - João Godinho Spalding (ao centro) aniversaria neste domingo, 30 de março, convocando amigos para celebrar a vida. Na foto, também em momento de confraternização, com a família Preto: César, Jane, Bruna e Babi, na reinaguração da Kamajo Parobé.

Jussiê Alberto Teixeira

CONTE UM POUCO SOBRE SEU TRABALHO, QUAIS SÃO AS ATRIBUIÇÕES DE UM DIRETOR DE HABITAÇÃO: Nosso trabalho é acabar com o déficit de habitação no município. Atualmente, Taquara tem cerca de 2.500 pessoas cadastradas para conquistar uma moradia e nós temos de encontrar algum modo de viabilizar áreas e parcerias com empresas e cooperativas para desenvolver a construção das mesmas. Nossa prioridade é casas para famílias com renda mensal de até três salários mínimos. E SEU ENVOLVIMENTO COM A POLÍTICA, COMO SE DEU? Desde os meus três anos de idade, me envolvo com a política. Meu pai foi um dos fundadores do PT (Partido dos Trabalhadores) na cidade e já se candidatou à vereança algumas vezes. Houve uma ocasião em que ele não pode concorrer e minha mãe o substituiu. Por isso, desde pequeno, quando entregava panfletos, estou nesse meio, participando, aprendendo. Nas eleições de 2012 concorri a vereador pela primeira vez, quando fiz 421 votos, sendo o mais votado de meu partido. Na próxima oportunidade, em 2016, irei concorrer novamente.

TAQUARA - Gisela Seolino Bitelo, Bárbara Angeli, Flávia Camargo da Fonseca e Luciá Ferreira, no primeiro plano da foto, conferindo evento do Restaurante Casa Silva.

TAQUARA - Juliana Steill e Manuela Candemil na Noite das Mulheres Informadas.

FALE UM POUCO SOBRE SUA PASSAGEM PELO EXÉRCITO: Meu pai e meu avô foram militares e eu também optei pela carreira no Exército. Aos 18 anos me alistei e entrei para o quartel. Fiz quase todos os cursos possíveis e saí de lá como terceiro sargento. Foi uma grande experiência. Lá são ensinados valores que fazem a diferença em nossas vidas. A disciplina e a hierarquia do Exército nos ensinam muito. CONTE SOBRE SEU ENVOLVIMENTO COM O EVANGELHO: Minha família sempre foi evangélica, menos eu. Há uns três anos, em que houve um toque de Deus em um determinado momento da minha vida, que me levou à conversão. Desde então passei a congregar na Igreja Madureira e hoje sou dirigente da congregação do bairro Santa Maria. COMO VOCÊ SE DEFINE? Aguerrido e amigo. O QUE LHE TIRA DO SÉRIO? Falsidade. UM SONHO: Um mundo mais justo e igualitário.

TAQUARA - Jéssica Rosa, Gabriela Laux e Rafaela Eduarda na recente palestra do escritor Fabrício Carpinejar.

TAQUARA - Duda Rocha e Tiago Heinrich se apresentaram na promoção do Casa Silva. TAQUARA – Janda Rosa (à direita), atualmente radicada com o marido na Inglaterra, aproveitou temporada no Brasil para rever amigos taquarenses. Na foto, acompanhada por Vitória de Brito e Nádia Kirsch, em evento no Clube Comercial.

O QUE GOSTA DE LER? Livros que passem ensinamentos, como obras de Augusto Cury e a Bíblia, claro. UMA MÚSICA: Gosto de “Tua graça me basta”, do Toque no Altar, pela mensagem de humildade que ela passa. QUEM VOCÊ TEM COMO EXEMPLO? Meus pais, por sempre lutarem para que eu e meu irmão, Jussimar, pudéssemos estudar e sermos o que somos hoje. Eles aprenderam sozinhos, sem seus pais, e tiveram a capacidade de ensinar tudo para seus filhos. Para mim, não há nada mais lindo. UM LUGAR: Minha casa, onde gosto de receber os amigos e familiares.

Acesse o:

PANORAMANET www.

JornalPanorama

.com.br

• DEIXE UMA MENSAGEM AOS LEITORES DO JORNAL:

“ “O homem que despreza seu próximo carece de entendimento, mas o homem entendido se mantém calado”; Provérbios 11, versículo 12.”

Marechal Floriano, 1248 Taquara 3542.6320


SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014

|

www.jornalpanorama.com.br

PREVISÃO DO TEMPO

PANORAMA

QR CODE

PARA VOCÊ FICAR LIGADO NAS NOTÍCIAS DO VALE DO PARANHANA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

máx: 31°min: 18°

máx: 30°min: 19°

máx: 27°min: 22°

Divulgação/Edna Cardoso

Divulgação/Juliano Arnold

Camila, Bruna, Luciana, Lidiane, Natália, Clarissa, Tamires, Juliane, Fernanda, Alana, Tatiana e Marilene Sete meninas representarão a Kuchenfest em 2015

KUCHENFEST - A edição deste ano da Kuchenfest, de Rolante, marcou uma mudança em relação aos eventos regionais, terminando com a escolha da corte que representará a festa em 2015. E outra novidade da escolha das soberanas foi a inovação, com a instituição da função de embaixatrizes. Segundo os organizadores, em função da grande integração que houve entre as sete candidatas, que se empenharam para conquistar o título, a Associação Rolantense de Eventos convidou todas para fazerem parte da corte. Com isso, Ana Paula Ostjen é a rainha, tendo como primeira princesa Jeniffer Nicole Dörr e, como segunda princesa, Kelly Tainá do Amaral. As embaixatrizes são: Ingrid Vieira Wulff, Letícia Beatriz Silveira, Paloma Jaíne da Silva e Talita Bohrer. FESTEJANDO PAROBÉ - Será realizada nesta sexta-feira a escolha da nova corte do 15º Festejando Parobé. O evento acontecerá na Praça 1º de Maio, às 21 horas. Segundo a Diretoria de Cultura e Eventos Turísticos, as inscrições para candidatas se encerraram na terça-feira, e 12 meninas estão concorrendo. Para a programação do Festejando Parobé, estão previstas exposições, oficinas, feiras, atrações artísticas e shows, com nomes ainda não confirmados. O evento de aniversário da cidade acontecerá de 16 a 25 de maio.

Definidas as candidatas a soberanas da Oktoberfest IGREJINHA - Doze candidatas estão concorrendo no concurso que elegerá as soberanas da 27ª edição da Oktoberfest de Igrejinha. Elas passarão por um workshop de preparação, até o dia 24 de maio, quando acontecerá o Kerb das Soberanas, momento em que serão escolhidas a rainha e duas princesas da festa. Depois de eleitas, terão como principal função a divulgação da Oktoberfest, que é considerada a maior festa comunitária do Brasil.

“As soberanas são as primeiras voluntárias da festa. Elas têm um papel muito importante, que é o de divulgar a Oktoberfest por onde passam. São o nosso ‘cartão postal’. Com seus sorrisos, simpatia e olhos brilhantes, encantam as pessoas e convidam para festejar conosco, além de despertar nas meninas mais jovens o sonho de também serem candidatas e, assim, mantermos vivas nossas tradições. As soberanas são a graça e a beleza da festa”, lembra Tatiana Kunst, es-

posa do presidente da 27ª Oktoberfest de Igrejinha, Leandro Kunst. Desde 22 de março, as 12 igrejinhenses participam de diversos encontros e oficinas, dentro de um workshop comandado por Érica Ostrowski. A programação inclui atividades como ensaio fotográfico, recepção e prova de trajes, passeio cultural, comunicação com a imprensa, visita a redações de jornais e rádios locais, carreata das candidatas, entre outras ações.

AS CANDIDATAS

- Alana Ramos Machado, 24 anos - Bruna Ludwig Matzenbacher, 18 anos - Camila Diana Zeni, 20 anos - Clarissa Fernanda da Silva Barboza, 18 anos - Fernanda Ruana Fetter Hoerlle, 20 anos - Juliane Gabriela Mergener, 20 anos - Lidiane Eli Bischoff, 24 anos - Luciana Andreia Schmidt, 19 anos - Marilene Costa da Silva, 25 anos - Nathália Baum Wilbert, 22 anos - Tamires de Azevedo Velho, 22 anos - Tatiana Dege, 19 anos No site do Panorama, confira a resposta que cada candidata deu à pergunta sobre porque quer ser soberana. Acesse: http://vai.la/4nIF


2178