Page 1

PANORAMA Graziela Aparecida Oliveira, 19 anos, estudante, de Taquara, é a eleita da semana na promoção Garota Panorama de Verão.

Saiba como participar em: www.jornalpanorama.com.br

PREMIAÇÃO FINAL: R$ 1.500,00 para a primeira colocada; R$ 600,00 para a segunda; e R$ 400,00 para a terceira. Valores em vale-compras/serviços nos parceiros patrocinadores. E mais um calçado da coleção inverno 2014 Via Marte para cada uma das 14 finalistas.

Salão de

Beleza Taq ua

0 ra 3541.203

Taquara óculos de sol | relógios semi-joias | prata | perfumes

V

/viamarte

/viamarte

Parabéns, Graziela! Você ganhou um vale-refeição de R$ 150,00 na Casa Silva. Compareça à sede do Jornal para receber seu prêmio.

Taquara 3541.4134

Parobé 3523.1118

I

D

A

beleza e saúde Taquara 3541.2453

3542.1826

moda feminina, masculina e acessórios

Taquara 3541.2502

TAQUARA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 | Nº 2171 | 38 ANOS | 20 PÁGINAS | R$ 1,50 Skyphoto

#fica beirario Incêndio, no domingo, destruiu unidade de Taquara da Calçados Beira Rio. Cidade ainda está apreensiva com relação ao futuro da fábrica no bairro Santa Teresinha. Página Central Arquivo/Panorama

Região

Parobé

Rolante

Taquara

Como a polícia age para prender motoristas bêbados

Hospital São Francisco ganhará verba do Estado

Inter apoiará projeto Copa nas Escolas

Loteamento Olaria receberá dique para conter enchentes

Taquara se despede de Maria Eunice Kauztmann

Página 14

Página 9

Página 12

Página 6

Página 4


2

EXPEDIENTE

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

PANORAMA Fundado em 27/9/1975

ABERTURA Há muito tempo, este jornal vem trabalhando para que o Vale do Paranhana caminhe de forma unida, divulgando e defendendo todas as causas que beneficiem a sociedade regional. Ao longo de sua história, Panorama, certamente, contribuiu para a consolidação da região, junto com o trabalho de várias outras entidades. Porém, ao mesmo tempo em que divulgamos iniciativas que visam a solidificar o conceito de região integrada, não é possível deixar de mostrar atitudes que não seguem estes preceitos. Nesta semana, a comunidade de Taquara foi atingida por um duro golpe, que pode trazer consequências ainda não tão claras para a sociedade. A fábrica da Calçados Beira Rio, no bairro Santa Teresinha, acabou consumida por um incêndio no domingo, sendo totalmente destruída. Por enquanto, não há ainda qualquer previsão sobre qual será o futuro da unidade, visto que a empresa está analisando as providências que tomará a respeito do caso. Compreensível, por enquanto, que a Beira Rio, no calor do momento, não tenha uma resposta definitiva.

Editado pela EMPRESA JORNALÍSTICA GAÚCHA LTDA. Inscrição Estadual: 141/0071666 - CNJP: 88.279385/0001-19 Rua Rio Branco, 1006 - Fone: 3542.2288 - Taquara/RS - CEP: 95.600-000

www.jornalpanorama.com.br

Integração difícil Mas, no entanto, é preciso destacar toda uma mobilização, ao que parece, acertada até então. A Prefeitura de Taquara, prontamente após o incêndio, se reuniu com a direção da Beira Rio e ofereceu a possibilidade de bancar o aluguel de prédios para a empresa. Também ofereceu terrenos para que a fábrica continue em Taquara. Em entrevista a este jornal, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho anunciou que “não mediria esforços para que a Beira Rio continuasse na cidade”. É imprescindível destacar que o Executivo de Taquara agiu rapidamente no caso, seja no atendimento durante o domingo, em que garantiu hospedagem e apoio ao trabalho dos bombeiros, ou na mobilização para a continuidade da fábrica. Uma atuação que tem sido conjunta, também, com autoridades do Legislativo taquarense. Os resultados destas

BOMBEIROS NO CENTRO

Contribuinte em dia com os impostos tem mais vantagem em Taquara

atitudes, ainda não conhecidos, não poderão deixar de considerar que a administração fez o que pôde para segurar a fábrica em território taquarense. Na quarta-feira, porém, a região foi surpreendida com uma reunião na Prefeitura de Parobé. Do material divulgado pela assessoria do Executivo, saiu uma nota com o título “Parobé está de portas abertas para Calçados Beira Rio”. O texto informa que o prefeito Cláudio Silva “manifestou o interesse do Executivo em disponibilizar áreas de terra e até mesmo prédios para a implantação da empresa na cidade”. Sem fazer qualquer menção de solidariedade ao município vizinho, Parobé acabou numa intromissão completamente indevida à negociação conduzida por Taquara. Mesmo que tenha 73 funcionários parobeenses na fábrica de Taquara, a ação de Parobé só se justificaria se a administração taquarense não tivesse tomado qualquer atitude para que a Beira Rio continuasse na cidade. Nestas horas, é impossível não questionar como fica a causa da integração regional, defendida pelos prefeitos ainda no começo do mandato.

NÃO VAI ALIVIAR

O comandante da Brigada Militar de Parobé, capitão Aparício Renner da Silva, concedeu entrevista, na semana passada, ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara. Na ocasião, explicou que a corporação não diminuirá o ritmo das barreiras realizadas rotineiramente nas duas cidades. Segundo ele, este mecanismo é importante no combate à criminalidade. Para tanto, Renner lembrou a frase de um ex-comandante-geral da Brigada Militar, o qual dizia “que o crime anda sobre rodas”. Por isso, segundo ele, as barreiras, mesmo que gerem algum tipo de incômodo, continuarão a ser feitas. Além disso, Renner prometeu divulgar, nos próximos dias, um relatório mostrando o alto número de condutores sem habilitação que dirigem pelas ruas de Parobé. O próprio comandante se disse impressionado com os dados obtidos nas mais recentes estatísticas da Brigada Militar.

PAROBÉ X TAQUARA

Com a experiência de ter passado por dois anos à frente da Brigada Militar de Taquara, e estar hoje no comando em Parobé, mas respondendo interinamente pelo quartel taquarense, o capitão Aparício Renner traçou um diagnóstico da segurança pública nos dois municípios. Segundo ele, Taquara e Parobé são relativamente parecidas nos índices de criminalidade e problemas do setor. Mesmo assim, o capitão lembrou que Taquara possui um complicador na questão de policiamento ostensivo, pois tem uma extensão territorial muito grande na área rural. Isso dificulta com que a Brigada Militar consiga dar conta de todo o policiamento com as patrulhas rurais.

CALORÃO

O calorão vem fazendo Taquara figurar nos recordes do Estado. Segundo a Metsul, a cidade liderou o ranking em pelo menos três dias desta semana, na segunda, terça e quarta-feira. Os termômetros marcaram mais de 43ºC na semana. A Defesa Civil recomenda evitar a exposição ao sol no período da tarde e, claro, consumo de muita água.

POSTO FIXO

O comandante da Brigada Militar ainda comentou a instalação de postos fixos da corporação em alguns locais das duas cidades. Segundo o capitão Renner, o posto existente no bairro Empresa, em Taquara, por exemplo, recebe viaturas sempre que disponíveis. No entanto, o próprio comandante disse que não há como destinar uma viatura fixa à unidade, pois os veículos e policiais precisam ser destinados ao atendimento de ocorrências e ao policiamento ostensivo. Por isso, o capitão Renner defendeu o policiamento comunitário, implantado nesta semana em Parobé. Por meio deste programa, segundo ele, os policiais criam um vínculo com a comunidade dos bairros, estabelecendo uma relação de confiança entre a população e os soldados. Quanto a Taquara, Renner disse que as câmeras de vigilância, quando estiverem em funcionamento, também serão aliadas no combate à criminalidade. Mas fez questão de ressaltar que, embora ainda não funcione o monitoramento 24 horas, as câmeras já ajudaram na elucidação de crimes, com a gravação de imagens.

IPTU Carnês do 2 a partir 10/0

Organize-se para pagar seu IPTU até 10 de março com

15% DE DESCONTO na cota única, para contribuintes em dia com seus impostos. Pagamentos parcelados iniciam na mesma data, 10 de março, em 10 parcelas, de março a dezembro. Contribuintes em débito terão 5% de desconto para pagamento à vista do IPTU 2014.

Membro da

Circulação às sextas-feiras em Taquara, Parobé, Igrejinha, Três Coroas, Rolante e Riozinho (Vale do Paranhana). Fechamento comercial quartas ao meio-dia.

Impressão: Gazeta do Sul (051) 3715.7800 / 3715.7887

A propósito do incêndio que atingiu a unidade da Calçados Beira Rio em Taquara, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho comentou ao Panorama, nesta semana, que seguem as tratativas para que a cidade volte a ter um quartel do Corpo de Bombeiros na área central. Segundo Titinho, uma das áreas negociadas é um terreno ao lado do local destinado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 Horas. Contudo, o prefeito informou que ainda não foi fechada a questão de valores com o proprietário do imóvel. Titinho disse que, caso a negociação acabe não vingando, há uma opção por terreno na entrada do bairro Empresa, que seria de propriedade do governo do Estado. De acordo com Tito, este terreno também ofereceria facilidade de acesso aos vários pontos da cidade, um requisito essencial para a atividade dos bombeiros.

Jornalismo: editoria@jornalpanorama.com.br Publicidade: publicidade@jornalpanorama.com.br Direção: direcao@jornalpanorama.com.br Diretor: Olavo Carlos Wagner Editores: Inge Dienstmann / Vinicius Linden

59

Contribua com seu artigo. Envie para editoria@jornalpanorama.com.br O texto deve conter no máximo 1500 caracteres

Taquara, um lugar pra ficar... Não sei bem, mas acho que já fiz uso deste título em um dos meus textos e olha que não são palavras minhas. Isto está registrado por outra pessoa, mas, mesmo assim, faço uso porque as palavras dizem muito. Por que será que estou trazendo novamente o tema? Pois digo logo, a cidade continua um caos, algo pra deixar qualquer conterrâneo triste. Mas somos teimosos, continuamos aqui, essa é nossa casa, nosso chão. Para aonde formos, vamos encontrar problemas em outros lugares também, com certeza. Mas não é bem assim! O que eu e toda a população taquarense queremos é uma cidade organizada, limpa, com ruas e calçadas consertadas. Ah! Certamente dirão que trazer esses assuntos à tona novamente é “chover no molhado”. Será? Pois olha que diariamente faço uso de um trajeto da rua Federação, entre as ruas Guilherme Lahm e Marechal Floriano. É um trecho do qual fiz vários pedidos para arrumar calçadas, árvores que atrapalham o passeio público, o esgoto (ou a água que corre sarjeta a fora, deixando um cheiro horrível, a qual sai de um estabelecimento comercial de grande porte) que corre a céu aberto. Será que por ali não cruza ninguém da administração municipal? Soube, por um vizinho do estabelecimento, que foi acionada a Secretaria do Meio Ambiente, mas o aguaceiro está ali para quem quiser ver, além do lixo exposto. Às vezes ele fica ali um dia inteiro, sujeito à ação por parte dos animais soltos na rua. Ah! Algo que já é mais velho que as pedras: a calçada nos fundos do Fogão Gaúcho e suas imediações têm buracos que podem causar sérios acidentes se alguma pessoa passar por ali à noite, podendo quebrar uma perna ou coisa pior e, além disso, tem algumas árvores ali existentes que estão impedindo a passagem dos transeuntes. Tem prioridades, tem sim. Tenho discernimento para saber disso, só que há coisas que precisam de braços dispostos a resolver na prática o que precisa ser feito. A lista de necessidades é grande, mas vou parar por aqui e esperar que pelo menos chequem os problemas aqui relacionados e, em outra oportunidade, darei continuidade à minha obrigação de cidadã taquarense, ou seja, reivindicar por direitos que sei que tenho (a rua Guilherme Lahm, eu deixo para o próximo texto). Clair Wilhelms Professora, de Taquara

/jornalpanorama


Agradecemos a todos que fazem parte destes resultados. Rua Amazonas, 218 - Taquara - Fone: 3541.5292

Inesperado assim como o calor que há muito não fazia. O que aqueceu mesmo foi a Quarta da Feira Maluca do Super Zambelli. 9/01/14, 2 ia d o im lt ú te s e Reinaugurado n elli tem b m a Z r e p u S o d o o hortifrutigranjeir dutor ro p o d to e ir d s o h produtos fresquin nsumidor. o c o d a s e m a ra a p

o ã s o l p x e a Foi um !!! de sucesso - Agora todas as quartas-feiras teremos a 4ª da Feira Maluca no Super Zambelli. - Todos os finais de semana você tem + e + ofertas. - De sexta a segunda, FIQUE BEM LIGADO. 4ª da Feira Maluca

em memória...

“Na arte da guerra aprendemos a lutar pela sobrevivência.”

“Em honra, continuamos a lutar.” Família Zambelli - 04/02/2014 - 2 anos


4

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

TAQUARA Arquivo/Panorama

Novo padre assume a Paróquia Santa Teresinha O padre Fábio Luis Galle tomou posse como novo pároco da Paróquia Santa Teresinha. À frente dos trabalhos da Paróquia desde o último domingo, Fábio substitui o padre Francisco Buttenbender, que atuou no município por 14 anos. Natural de Gramado, padre Fábio, de 46 anos, cursa jornalismo e esteve no último ano em Parobé, na Paróquia São João

Batista. Padre Galle, que ainda está se inteirando sobre sua nova Paróquia, atuou por cinco anos em Três Coroas, onde implantou um projeto que pretende resgatar em Taquara, que é uma missa anual em homenagem a Santo Expedito. Na ocasião, a celebração contava com a participação de soldados da Brigada Militar, Polícia Civil e

do Corpo de Bombeiros, que eram convidados a participar do evento com o objetivo de aproximá-los da comunidade, explicou o religioso. Uma maior aproximação com a Paróquia Senhor Bom Jesus também é um dos objetivos do padre Galle. “Vamos tentar trabalhar mais em conjunto, aproximando as paróquias na medida do possível. A procissão de Corpus

Christi, por exemplo, pode ser realizada em conjunto entre as duas paróquias. As festividades promovidas pelas paróquias não devem ocorrer no mesmo dia, para que seus integrantes possam participar de ambas, interagindo mais entre si”, explicou. Atrair um número maior de jovens para a Igreja é outro propósito de novo pároco do bairro Santa Teresinha. Padre Galle disse que, atualmente, a sociedade apresenta diversas formas de entretenimento direcionadas exclusivamente ao público jovem. “Antigamente, uma das poucas formas de diversão eram as festas das paróquias, que funcionavam como ponto de encontro da juventude. Hoje, o shopping center se tornou o “templo” para os jovens. Temos que buscar novas formas de atrair o jovem para a Igreja, com projetos que apresentem algum tipo de desafio para eles. Todos os sábados, a Rádio Taquara transmite a missa da Paróquia Santa Teresinha, com início às 19 horas. A transmissão conta com o patrocínio de Ademacro, Ditaq, Posto Ipiranga e Salsichão Santo André.

nidade de Taquara, ao Corpo de Bombeiros de Taquara e toda a região, voluntários e comunidade em geral,

Marcio Renck

A Calçados Beira Rio S.A. agradece a toda a comu-

pelas manifestações de solidariedade, compreensão e apoio prestados ao ocorrido na nossa unidade da cidade de Taquara, no dia 02.02.14. Estamos tomando todas as providências necessárias para que tudo se resolva da melhor maneira possível. Padre Galle: é preciso buscar formas de atrair o jovem para a Igreja

Professora e poeta faleceu na quarta-feira, em Taquara

Morre Maria Eunice Müller Kauztmann

Faleceu, na quarta-feira, a historiadora Maria Eunice Müller Kauztmann, aos 89 anos. O legado deixado por Maria Eunice vai muito além de um rico acervo com documentos históricos sobre o município. Professora, poeta, historiadora, com diversos livros publicados, Maria Eunice integrou e presidiu várias entidades culturais e literárias. Nascida em Taquara, a escritora escreveu certa vez que tinha uma “leva” de dezessete irmãos, sendo criada por sua irmã mais velha, Adi. Em 1945, Maria Eunice dava aula no bairro Empresa, episódio que relatou no livro Raízes de Taquara. “O bairro Empresa era o único em que havia pobreza na época. Mas não havia roubo e mortes. Eram todos funcionários da Prefeitura que moravam lá, em cinco ou seis casinhas. Pela manhã eu lecionava no Colégio Santa Teresinha e à tarde ia de charrete ao bairro Empresa”, escreveu. Em 1950, Maria Eunice casou com Aristeu Cláudio Kauztmann. Na época, quando duas pessoas casavam e eram de religiões diferentes, era chamado de casamento misto. A escritora relatou, no mesmo livro, que o pároco católico realizava a cerimô-

nia com a mesma roupa que era usada nos enterros, para denotar um casamento misto. A escritora pediu ao padre da época, que, se possível, realizasse seu casamento com roupas enfeitadas, e teve seu pedido atendido, para a sua felicidade. Maria Eunice residiu em Montenegro por 38 anos. Em 1997 retornou para Taquara. Na ocasião de sua partida, em 1961, a escritora deixou um relato escrito. “Eu lecionava no colégio Rodolpho Dietschi, e havia plantado uma árvore em frente à escola. Quando ia saindo, vi aquela mudinha e pensei: será que vai vingar? Não sou de chorar, mas no caminho até Montenegro fui chorando”. A árvore, localizada à direita de quem entra na escola, está lá até hoje. Ao longo dos anos, Maria Eunice escreveu diversos textos publicados por Panorama, em que a escritora buscava homenagear pessoas do município através de seus poemas e crônicas. Recentemente, Maria Eunice planejava doar seu acervo para a prefeitura, que, em sua homenagem, criará o Arquivo Histórico Maria Eunice Müller Kauztmann. A escritora foi enterrada na quinta-feira, no cemitério municipal.


imóveis CRECI 20.749-j

TAQUARA: 3541.0400 PAROBÉ: 3543.6588 aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

Embaixada segue com Cartão Bom Amigo

Assim que a Embaixada Feminina de Amor ao Hospital de Caridade iniciar oficialmente suas atividades para este ano, será dada continuidade à adesão ao Cartão Bom Amigo. Ele garante benefícios no Hospital Bom Jesus e em consultórios privados da cidade. A mensalidade do Cartão terá valor mínimo fixado em R$ 15,00, garantindo, por exemplo, descontos de 15% em internações e 20% em alguns exames realizados no próprio Bom Jesus. Interessados em adquirir seu cartão poderão entrar em contato pelo telefone 3541-8700 a partir do dia 17 deste mês. As embaixatrizes realizarão, também, um baile de casais no dia 22 de março em benefício ao Hospital, no Liria Eventos, ao custo de R$ 150,00. Interessados podem adquirir seus cartões com as integrantes do grupo. REPASSES - O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho participou, na terça-feira, da primeira reunião da Comissão Intergestora Regional (CIR) da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde. O encontro aconteceu em Porto Alegre. Na ocasião, Tito solicitou aumento do auxílio financeiro destinado ao Hospital Bom Jesus, visando à continuidade na implementação de melhorias na casa de saúde. “Desde o início de nossa administração, temos trabalhado incansavelmente para promovermos a melhoria de nosso sistema de saúde e o Hospital Bom Jesus é peça fundamental dentro deste contexto. Buscar recursos que aprimorem o atendimento à saúde para proporcionar à nossa comunidade mais qualidade faz parte de nossas ações”, enfatizou Tito. PARADAS – Por meio de indicação legislativa, o vereador Adalberto Lemos (PDT, foto) pediu à Prefeitura de Taquara a construção de dois abrigos para ônibus na rua Montevideo, no bairro Empresa. Segundo ele, havia duas paradas na via, mas, sem um motivo aparente, foram desmanchadas, deixando a comunidade desprotegida. Arquivo/Panorama

AQUI

TAQUARA

Imobiliária Conveniada

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Falta de separação do lixo prejudica os trabalhos na Usina de Moquém

Após passar por diversas melhorias nos últimos meses, a Usina de Lixo de Moquém conta atualmente com 37 trabalhadores atuando no local. Os cooperativados, porém, têm sua atuação prejudicada pela falta de hábito da maioria dos taquarenses em não separar o lixo doméstico. Restos de vidros misturados aos detritos são um dos principais problemas na hora de separar os resíduos. Mesmo com a coleta seletiva sendo realizada semanalmente no município, a comunidade ainda não se conscientizou sobre a importância de separar o material seco do molhado, segundo o presidente da Cooperativa, Adílson Rodrigues. Atuando frente aos cooperativados desde maio do último ano, Adílson explicou que a separação evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis, aumentando o valor agregado dos mesmos, além de diminuir os custos da reciclagem. O presidente explicou que todo o tipo de material reutilizável, como papéis e plásticos, são contaminados com restos de comida e, até mesmo, com erva-mate. Adílson disse que as pessoas devem ter consciência que o simples ato de separar os materiais para a coleta seletiva facilita a triagem e contribui para a recuperação do meio-ambiente. Cerca de 60 toneladas de material são reciclados

Fotos: Marcio Renck

ALICE

37 cooperativados atuam na triagem dos resíduos

Baiano: responsabilidade com meio-ambiente

Adílson: restos de vidro misturados

mensalmente na usina, que recebe uma média de 11 caminhões de lixo diariamente, informou Adílson. Ao final de cada dia, o material não reutilizado é encaminhado para um aterro, em Minas do Leão. O presidente confirmou que, a partir deste ano, parte dos resíduos que são destinados a Minas do Leão deverão ser reaproveitados na própria usina. “Após a construção de dois novos

pavilhões, o material passará por um processo de decomposição e reciclagem, transformando os detritos em adubo orgânico”, explicou. De acordo com o administrador Fábio Renato Carvalho

Obras na Avenida Faccat seguem sem prazos

Leitores do Panorama procuraram a redação, nesta semana, para questionar a respeito das obras da Avenida Faccat, que estão paralisadas. Na quarta-feira, a reportagem ouviu o secretário de Planejamento, José Inácio Wagner, o qual explicou que pendências já foram resolvidas, mas ainda não há previsão para a retomada das obras. O secretário explicou que, inicialmente, havia uma série de irregularidades apontadas pela Caixa Econômica Federal, responsável pela liberação dos recursos da União, na pavimentação da avenida. Agora, os empecilhos foram resolvidos e o banco aprovou a obra, porém, “o governo federal ainda não repassou o dinheiro à Caixa. Feito isso, será repassado o valor à empreiteira e as obras serão retomadas. Não podemos dar um prazo de quando isso vai acontecer, afinal, precisamos aguardar o governo federal”, afirmou Inácio. A obra, que prevê pavimentação da via, ligando a Faccat à ERS-115, está orçada em mais de R$ 1,2 milhão. A licitação ocorreu ainda na administração passada e a Construmamp, de Esteio, é a empreiteira responsável por sua execução.

FABIANO TACACHI MATTE Advogado OAB/RS 67.432

Direito Previdenciário:

• Aposentadorias urbana e rural, • Pensão, • Auxílio-reclusão, • Desaposentação, • Tempo especial, • Benefício assistencial para o idoso e o deficiente, • Revisão de benefícios.

Direitos do Consumidor / Direito Administrativo Rua Guilherme Lahm, 1230/02 - Centro - Taquara/RS CEP: 95600-000 - Fone: 3542.4464

(Baiano), uma das principais mudanças sofridas na Usina nos últimos meses foi em relação à limpeza e higiene do local. “Quando assumimos em 2013, os cooperativados, além de desmotivados, estavam receosos, pois havia muita desconfiança entre eles. Os catadores não contavam com água, transporte e alimentação, além do fato de trabalharem sem equipamentos de segurança. Hoje, a realidade dos cooperativados é outra, tanto que o número de trabalhadores dobrou em menos de um ano”, relatou. O trabalho realizado na Usina, segundo Baiano, é muito importante, pois reduz o problema de acúmulo de resíduos no perímetro urbano, além da vantagem de não contaminar o solo. “No início, quando assumimos a Usina, procuramos conscientizar os cooperativados sobre a importância do trabalho realizado com este tipo de material. O lixo, hoje, é visto de outra forma. Embora ainda exista muito preconceito com esta atividade, que é como outra qualquer. A diferença é que somos responsáveis pela colaboração de proteger o meio-ambiente”, finalizou.

5

Inscrições abertas para o TchêQualifica Interessados em participar do TchêQualifica já podem fazer suas inscrições, devendo comparecer na Diretoria de Turismo – anexo ao Palácio Municipal – das 8 às 14 horas, de segunda a sexta-feira. O programa de qualificação profissional, ação que conta com um investimento de R$ 668 mil do Estado, é oferecido pela Secretaria de Turismo (Setur/RS) gratuitamente. As aulas serão ministradas por professores do SENAC local, das 8 às 12 horas, de segunda a sexta feira, tendo como público alvo taxistas, comerciários, frentistas, motoristas, cobradores e guias de turismo. Mais informações podem ser obtidas pelo 3541-9200. LIMPEZA - A Secretaria de Obras de Taquara informou que foi finalizada a limpeza da rua Cristóvão Colombo, no bairro Santa Rosa. Foi efetuada capina e pintura de meio-fio em toda a via.


Comunidade Evangélica IECLB Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

Amigos do Panorama! Quero compartilhar um poema, conforme antiga oração irlandesa traduzido pelo P. Dr. Osmar Zizemer, extraído do Anuário Evangélico 2014.

TIRE UM TEMPO PARA..... “Tire um tempo...para trabalhar; Este é o preço para o sucesso. Tire um tempo ... para pensar; Esta é a fonte de energia. Tire um tempo... para brincar; Este é o segredo da eterna juventude. Tire um tempo... para rir; Esta é a música da alma. Tire um tempo... para ler; Este é o poço da sabedoria. Tire um tempo...para ser gentil; Este é o caminho para a felicidade. Tire um tempo... para sonhar; Este é o caminho para chegar às estrelas. Tire um tempo... para orar; Esta é a maior força que existe na terra. Tire um tempo.. para dormir; O sono renova as forças do corpo e da alma. Tire um tempo..., para viver, para encontrar Deus; Pois sem Deus, todo o tempo é tempo perdido”. Você concorda com isto? Pense nisto! Amém.

P. Valmor Haag PROGRAMAÇÕES: Sábado, 8 de fevereiro: Culto no Lar OASE, às 15 horas; Culto na Casa Knevitz, às 15 horas, com Ceia; Culto na Santa Rosa, às 16 horas, com Ceia. Domingo, 9: Culto na Igreja da Paz (centro), às 9 horas. Ouça todos os domingos, às 12 horas, na Rádio Taquara, o programa Hora Evangélica.

PANORAMA REDAÇÃO

TAQUARA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Todos os sábados, às 14h, na Rádio Taquara

Empresa assume compromisso de construir dique no Loteamento Olaria

A enchente do final de agosto de 2013 trouxe à tona, novamente, a discussão sobre a construção de um dique para conter as cheias no bairro Empresa. O assunto é alvo de um inquérito civil que tramita no Ministério Público de Taquara desde 2007 e apura a construção das casas na área alagadiça. Em dezembro, a loteadora responsável pela área em Taquara assumiu o compromisso de construir um dique para impedir as cheias no loteamento. As últimas definições tomadas no inquérito tocado pela Promotoria aconteceram em 17 de dezembro. Panorama teve acesso ao termo de declarações firmado na reunião coordenada pela promotora de Justiça Ximena Cardozo Ferreira. Participaram do encontro o procurador da Prefeitura, Gilberto Bittencourt, representando a administração municipal, e os diretores da Loteadora Tabaí, Antônio

Arquivo/Panorama

6

PANORAMA

Estrutura objetiva evitar enchentes como a registrada no final de agosto do ano passado

Porfírio de Araújo Costa e João Carlos Rocha de Menezes Costa. Também esteve presente o gestor ambiental Luiz Augusto Müller. Na reunião, o advogado da Prefeitura informou que o Executivo pretendia contratar uma empresa a fim de analisar o projeto de construção do dique. Contudo, a Prefeitura não informou, segundo o termo, as ações previstas para este projeto. A Loteadora Tabaí reafirmou a disposição de executar a obra do chama-

do “dique pequeno”, o qual resolveria o problema de alagamentos no Loteamento Olaria. A empresa lembrou que o projeto desta estrutura tinha sido apresentado e aprovado pela Prefeitura de Taquara. Recentemente, segundo a Loteadora, o projeto foi redimensionado e novamente protocolado na Prefeitura. Com isso, segundo as informações constantes do termo de declarações, diante da falta de interesse da administração de Taquara

na execução do chamado “dique grande”, que solucionaria o problema de alagamento de todo o bairro, foi definido que a Loteadora Tabaí executará a obra do dique somente para o loteamento. O Ministério Público concedeu prazo à Prefeitura para que promova o licenciamento ambiental da obra, em no máximo 30 dias. Segundo informações divulgadas pelo sistema de gestão ambiental no site da Prefeitura, a Loteadora Tabaí pediu a licença ambiental no dia 14 de janeiro. Os documentos encontram-se em análise junto à administração municipal. O projeto do dique, também protocolado na Promotoria, prevê uma estrutura com 688 metros de extensão. Afirma ainda que haverá sistema de canalização para a drenagem das águas e serão instalados, também, sistemas de bombeamento. Ao todo, a obra custaria R$ 512.863,47.

Titinho: empresa assumiu o que tinha que ser feito Nesta semana, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho se manifestou a respeito do acordo fechado para a construção de um dique para evitar alagamentos no Loteamento Olaria. Segundo ele, a empresa fez o que se imaginava que deveria ser feito desde o início, destacando a disposição da Loteadora Tabaí em construir a estrutura. O prefeito entende que a construção do dique é de responsabilidade da empresa, uma vez que foi ela quem loteou a área no bairro Empresa e teve resultados com o loteamento. Segundo Titinho, a sua administração sempre se mostrou parceira nas discussões a respeito do dique, desde que girassem no sentido de a loteadora assumir a responsabilidade pela obra, o que aconteceu no último encontro no

Ministério Público. Agora, conforme o prefeito, a empresa já apresentou à Prefeitura o pedido de licenciamento ambiental, que aguarda análises por parte dos técnicos do Executivo. Depois de finalizado o licenciamento ambiental e a análise pelo setor de planejamento, as obras terão autorização para iniciar. Na reunião no Ministério Público, a Prefeitura ganhou 30 dias para providenciar a autorização das obras. O prefeito manifestou contentamento pelo fato de se resolver um assunto antigo de Taquara, que ainda assola muitos moradores do bairro Empresa. Além disso, Tito disse que sempre foi claro de que a loteadora teria que arcar com os custos desta obra.

SÍNTESE DOS PROJETOS EM TRAMITAÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES * Projetos apresentados na sessão ordinária de segunda-feira, dia 3, mas que ainda aguardam votação. - PROJETO NÚMERO 7, de autoria do vereador Guido Mário Prass Filho (PP): autoriza o Poder Executivo a denominar de rua da Liberdade Nelson Mandela uma via pública de Taquara a partir de 5 de dezembro de 2014. - PROJETO NÚMERO 12, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a conceder auxílio financeiro de R$ 5 mil para a empresa Ademir de Jesus Kaipser a título de incentivo para a instalação, com exigência da manutenção de 10 empregos e faturamento mínimo anual de R$ 300 mil. - PROJETO NÚMERO 13, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações na lei municipal que reestrutura o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos servidores públicos, instituindo a unidade gestora do fundo. - PROJETO NÚMERO 14, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações no valor do jeton pago aos membros do Comitê de Investimentos do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) dos servidores públicos. - PROJETO NÚMERO 15, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a instituir o programa Aluguel Social. - PROJETO NÚMERO 16, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações no plano plurianual para adequar a matéria à estrutura administrativa do Executivo. - PROJETO NÚMERO 17, de autoria da Prefeitura de Ta-

quara: faz alterações na lei de diretrizes orçamentárias para adequar a matéria à estrutura administrativa do Executivo. - PROJETO NÚMERO 18, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz alterações na lei orçamentária anual para adequar a matéria à estrutura administrativa do Executivo. - PROJETO NÚMERO 19, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a firmar convênio com a Comunidade Terapêutica Criar Vitória para a contratação dos serviços de capina e limpeza de ruas e pintura de cordões das calçadas, no montante de R$ 36 mil mensais. - PROJETO NÚMERO 20, de autoria da Prefeitura de Taquara: autoriza o Executivo a repassar R$ 2,5 mil para a empresa Michelly Francine Bohnen a título de incentivo para a execução do evento Garota Verão 2014, que ocorrerá no Parque do Trabalhador, no domingo. - PROJETO NÚMERO 21, de autoria do vereador Roberto Timóteo Rodrigues dos Santos (PP): estabelece aos mercados e aos hipermercados prazos máximos para atendimento de seus usuários junto aos caixas de pagamento. - PROJETO NÚMERO 22, de autoria da Prefeitura de Taquara: faz adequações nas gratificações pagas a servidores municipais. Acompanhe na íntegra as sessões da Câmara de Vereadores pela Rádio Taquara, todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas. O áudio da emissora está disponível no site do Jornal Panorama (www.jornalpanorama.com.br).

Prefeitura quer asfaltar a rua Mundo Novo Numa entrevista concedida ao programa Painel 1490 da Rádio Taquara, recentemente, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho comentou a situação da rua Mundo Novo, no bairro de mesmo nome. Segundo ele, a ideia é asfaltar a via, o que está sendo buscado através de recursos federais. O prefeito disse que, em 2012, obras feitas pela administração anterior deixaram muitos problemas na rua e a ideia é resolvê-los através da colocação de asfalto. Para tanto, a Prefeitura contava com uma emenda do deputado federal Eliseu Padilha, que não se confirmou, mas agora buscará verba através de outros canais no governo federal. O prefeito também comentou que a pavimentação da rua Santa Rosa segue em andamento e destacou investimentos na infraestrutura de 2013, como o asfalto colocado nas ruas Picada Gravatá, 13 de Maio, Federação e Rockfeller. BEBEDOUROS – Por meio de indicação legislativa, a vereadora Sandra Schaeffer (PSDB, foto) solicitou à Prefeitura de Taquara a colocação de bebedouros para cavalos nas ruas da cidade. “Devido às altas temperaturas, se faz necessário dar um tratamento mais digno para os cavalos que são utilizados pelos carroceiros na coleta do lixo reciclável pelas ruas do município. Estes animais saem cedo do dia de locais distantes da zona central, percorrem muitos quilômetros ao longo do dia, até retornarem, ao anoitecer, cansados, suados e exaustos, para os locais onde seus donos residem”, lembrou a vereadora.

Arquivo/Panorama

PATROLAMENTO - A Secretaria de Obras de Taquara realizou patrolamento na rua São Francisco de Paula, no bairro Medianeira. De acordo com o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho, o trabalho vem sendo feito em todas as vias de Taquara. “Uma das intenções da nossa administração é deixar as ruas da cidade e do interior trafegáveis”, destacou Titinho.


VOCÊ LEU ESTE ANÚNCIO...

TAQUARA

...e milhares de outras pessoas também. Aqui, seu produto ou serviço aparece muito mais! Para anunciar, ligue 3542-2288.

Vinte e oito conselhos municipais ajudam na administração de Taquara OS CONSELHOS

Fotos: Cristiano Vargas

Os 28 conselhos municipais existentes em Taquara unem trabalhos entre comuni­ dade e administração há quase uma década e meia. Eles são responsáveis por decidir e orientar investimentos em áreas da cidade, como educação, saúde, obras. Entre os mais conhecidos e ativos estão o Conselho Municipal de Planejamento (Co­ nacplan), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude) e Conselho Municipal de Saúde. Eles trabalham entre si e são subdivididos por áreas. “Todos são formados por lei e com estatuto próprio. Eles contam com par­ ticipação de representantes governamentais e não governamentais. Estes últimos são es­ colhidos pelas entidades, por indicação das mesmas”, explica a coordenadora geral dos conselhos municipais de Taquara, Patrícia Rodrigues Fauth. Todos os conselheiros são voluntários. Os representantes do governo, dependendo da área de atuação, são escolhidos pelos secre­ tários e prefeito, enquanto os da sociedade civil são decididos pela comunidade. “Eles se encontram através de reuniões ordiná­ rias e extraordinárias”, salienta Patrícia. Ela falou que até o início de fevereiro de cada ano todos os encontros são definidos e que é necessário ter quórum mínimo de 50% dos integrantes para acontecer votações. Os poderes dos conselhos dependem de

Patrícia diz que objetivo dos conselhos municipais é beneficiar a comunidade

cada caso. Eles podem ser fiscalizadores, controlando as contas públicas, delibera­ tivos, quando decidem onde será aplicada uma verba, ou consultivos, quando apenas dão ideias de como trabalhar com os recur­ sos. O objetivo deles, segundo Patrícia, é be­ neficiar a comunidade, não deixando todas as decisões nas mãos dos poderes Executivo e Legislativo. “Os conselhos são a melhor forma de trabalho representado pela própria comunidade juntamente com a administra­ ção. Acredito que a comunidade de Taqua­ ra é muito ativa e participativa, quando se fala da cidade e que onde a administração e comunidade trabalham juntos tudo anda me­ lhor, sendo que não podemos esquecer que lá estamos (na administração) para servir à comunidade sempre, esse é o nosso dever”, garante.

- Conselho Municipal de Cultura - Conselho Municipal de Desportos (CMD) - Conselho Municipal de Defesa Civil - Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA) - Conselho Municipal dos Direitos da Mulher - Conselho Municipal de Defesa do Consumidor - Conselho Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (COMMADES) - Conselho Municipal de Educação - Conselho Municipal de Saúde - Conselho Municipal de Trânsito - Conselho Municipal de Habitação - Conselho Municipal de Desenvolvimento (COMUDE) - Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário (COMAGRO) - Conselho Municipal dos Direitos do Idoso - Conselho Municipal de Assistência Social (COMAS) - Conselho Municipal dos Deficientes Físicos (PPD’S) - Conselho Municipal da Bolsa Escola - Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (COMSANS) - Conselho Municipal de Previdência (CMP) - Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle do Plano Diretor (CONACPLAN) - Conselho Municipal dos Direitos Humanos - Conselho Municipal de Saneamento Básico - Conselho de Alimentação Escolar (CAE) - Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e De senvolvimento da Educação Básica e de Valori zação dos Profissionais da Educação (FUNDEB) - Conselho Municipal Antidrogas (COMAD) - Conselho Municipal do Gabinete de Gestão Integrada da Segurança Pública (GGIM)

Comude trabalha na aplicação da participação cidadã O Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude) é um dos grupos de trabalho mais expressivos. Ele é res­ ponsável por realizar anu­ almente as edições da Par­ ticipação Cidadã (Consulta Popular), que recebe valores vindos do orçamento do Es­ tado e que servirão para am­ parar entidades. Além disso, também analisa a documen­

tação de empresas que este­ jam querendo se instalar na cidade. Os órgãos contemplados com os recursos são obri­ gados a realizar prestação de contas, de acordo com a presidente do Comude, Marilene Wagner. “Marca­ mos reuniões e convidamos membros de entidades e órgãos da cidade para in­

dicarem necessidades que queiram solicitar. No ano passado, 717 pessoas vieram à assembleia da Participação Cidadã. Vinte e quatro dele­ gados discutiram as deman­ das e decidiram quem iria ser contemplado”, destaca. As reuniões começam a par­ tir de março, e são usados critérios para escolher quais metas serão escolhidas.

Marilene preside o Conselho Municipal de Desenvolvimento

Segue sem solução o monitoramento das câmeras Na manhã da última sexta­ -feira, Marcelo Luis de Azevedo, representando a Secretaria de Se­ gurança Pública Estadual, esteve em Taquara para tratar do im­ passe envolvendo as câmeras de vigilância. Integrando o Depar­ tamento de Gestão da Estatística Operacional, Marcelo se reuniu com o secretário de Seguran­ ça e Trânsito, Paulo Möller, e o comandante da Brigada Militar,

major Adriano Zanini. Também estiveram presentes o vereador Valdecir de Almeida e o coorde­ nador regional da Participação Popular, Alexandre Haag. Segundo Paulo Möller, forma­ lidades jurídicas e outras tramita­ ções estão impedindo a mudança do atual local em que se encon­ tram os equipamentos de vigi­ lância para o quartel da Brigada Militar. O secretário relatou que,

somente mudar a sede de moni­ toramento das câmeras de local, não contando com efetivo para realizar o acompanhamento das imagens e intervir quando neces­ sário, será apenas uma solução ilusória. “Não podemos criar fal­ sas expectativas para a comuni­ dade”, disse. O vereador Valdecir de Almei­ da afirmou estar preocupado com a possível migração de crimino­

sos de outras cidades para Taqua­ ra, que não está contando com o monitoramento em suas câmeras de vigilância. O secretário de Se­ gurança informou que Taquara está tentando remanejar soldados taquarenses que atuam em outros municípios para que possa ser feito o monitoramento junto às câmeras. Möller ressaltou que é preciso resolver as pendências para que o projeto saia do papel.

Distribuição dos carnês do IPTU começará na próxima semana A Prefeitura de Taquara informou que a distribuição dos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) terá início na semana que vem. O contribuinte que optar por pagar em cota única terá vencimento até 10 de março. Quem estiver em dia com suas contribuições fiscais, terá 15% de desconto. Para quem possuir dívida pendente, o desconto nesta modalidade será de 5%. O IPTU também poderá ser parcelado em até dez vezes, com parcela final para dezembro. A estimativa é de que 27 mil carnês sejam enviados a partir de 10 de fevereiro, mas eles também poderão ser retirados na Casa do Contribuin­ te, que fica na rua Tristão Monteiro, 2840, ou pela internet, através do site www.taquara.com.br. O valor estimado desta receita é de R$ 9 mi­

lhões, o que representa 9,47% do orçamento previsto para o município. Ao Panorama, nesta semana, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho disse que a concessão de um prazo maior, para o início de março, foi uma medida adotada pela administração visando a ajudar os contribuintes, em função das contas de começo de ano, que costumam ser altas. Titinho enfatizou que os recursos do IPTU serão aplicados em obras como a construção de salas de aula para a educação infantil, além de in­ vestimentos em canalização, que têm sido rotineiros, segundo o prefeito. Além disso, Tito destacou as obras de pavimentação previstas e a compra de remédios para o setor de saúde, com o objetivo de manter sempre em dias os estoques da Farmácia Municipal.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

7

O INSTITUTO BRASILEIRO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO COMENTA A LEI DA APOSENTADORIA ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, QUANTO A SUA AVALIAÇÃO: Aposentadoria especial para pessoas com deficiência já tem meios de avaliação para perícia médica. Nesta quinta-feira foi publicada no Diário Oficial a Portaria Interministerial que regulamenta os meios de avaliação do segurado com deficiência. Este instrumento é destinado à avaliação do segurado da Previdência Social para avaliar os graus de deficiência (grave, moderada ou leve), quando se iniciou essa deficiência, e se houve alteração desse grau ao longo dos últimos anos. Portador de necessidades especiais - pne, deficiência / cadeirante / cadeira-de-rodasaposentadoria especial. Em maio de 2013, a Lei Complementar 142 foi sancionada e, em dezembro do mesmo ano, saiu o Decreto 8.145/2013, regulamentando a matéria. Entretanto, a concessão do benefício dependia de avaliação médico-pericial para avaliar o grau de deficiência do segurado e a data de início da deficiência. Não havia esse instrumento até então. Essa Portaria Interministerial n.° 01, de 27 de janeiro de 2014, aprova o instrumento destinado à avaliação do segurado, com objetivo de identificar os graus de deficiência, bem como define impedimento de longo prazo. Para o Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), esta portaria é de extrema importância, pois determina como o perito médico do INSS deve avaliar o deficiente que for pedir esta aposentadoria específica. “Com esta regulamentação, a previdência poderá operar de forma mais eficaz, e quem ganha com isto é o segurado deficiente, que poderá dar andamento à solicitação do seu benefício”, explica a advogada Adriane Bramante, vice-presidente do IBDP. A avaliação médica e funcional para efeito de concessão de aposentadoria da pessoa com deficiência deverá examinar o segurado e fixar a data provável do início da deficiência e o respectivo grau (grave, moderada ou leve), assim como identificar a ocorrência de variação no grau de deficiência e os respectivos períodos em cada grau. Nos casos de deficiência grave, a aposentadoria será concedida após 25 anos de tempo de contribuição para homens e 20 anos para mulheres. O tempo de contribuição passa para 29 anos para homens e 24 anos para mulheres no caso de deficiência moderada. E portadores de deficiência leve podem se aposentar com 33 anos de contribuição/homem e 28 anos/mulher. “São 10, 6 e 2 anos a menos de tempo de contribuição em comparação à aposentadoria comum", lembra Bramante. Havendo diferentes graus de deficiência, o segurado poderá converter os diferentes períodos de tempo para torná-los iguais. Esse documento também estabelece o prazo de 2 anos para identificar e avaliar os deficientes para efeito de aposentadoria, podendo ser prorrogado, se houver necessidade. Segundo a advogada, “esse prazo fixado é fundamental, pois permitirá que o segurado já tenha uma previsão de quando poderá se aposentar, e, não concordando com a avaliação da perícia médica, haverá possibilidade de discutir na justiça”. Fonte: IBDP – Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário. Maysa Garcia – Diretora Jurídica.

MAYSA ADVOGADOS OAB/RS 21.393

Especialista em Direito Previdenciário, Direito Cível, Direito Tributário e Direito Trabalhista Taquara - Pinheiro Machado, 1148 - 3541.1022 Rolante - Av. Getúlio Vargas, 196 9288.2928 | 9847.4554 Novo Hamburgo: Rua Gal. Daltro Filho, 2054, Hamburgo Velho - 3524.2810 Canoas - Av. Victor Barreto, 2896, Centro - 9989.7632 Gravatai - Av. Antônio G. Corrêa, 115, Sl. 6, Gal. Parque dos Anjos - 9989.7632 www.maysaadvogados.com.br maysa@maysaadvogados.com.br


8

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

ALICE

GERAL

imóveis CRECI 20.749-j

TAQUARA: 3541.0400 PAROBÉ: 3543.6588 aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

AQUI

Imobiliária Conveniada

Bombeiros voluntários terão reunião com direção da EGR no próximo dia 21 negocios@jornalpanorama.com.br

KAMAJO está mudando o endereço de sua loja em Parobé. A reinauguração está marcada para a próxima segunda-feira, dia 10, com evento das 15 às 21 horas. Segundo João Kamajo, haverá surpresa e descontos inéditos. A nova loja funciona na rua João Mossman, número 161, no Centro. SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE CALÇADOS DE IGREJINHA (Sindigrejinha) está estimulando a participação de empresas da região na 40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios que será realizada em Natal, no Rio Grande do Norte. “Essa é uma boa oportunidade para que as fabricantes de calçados de Igrejinha ampliem suas vendas para as regiões Norte e Nordeste do Brasil. A 40 Graus é uma feira que tem crescido a cada ano e será uma porta de entrada importante para as marcas locais”, afirma o presidente do Sindigrejinha, Renato Klein. Além da parceria com a Merkator, o Sindigrejinha ainda busca outras formas de apoiar as marcas que pretendem participar do evento. Um dos pleitos do sindicato é para que a prefeitura de Igrejinha conceda um auxílio financeiro para cada empresa que for para Natal. “Também estamos buscando com o Ecocredi uma linha de crédito para auxiliar na compra do espaço e na montagem dos estandes”, reforça Klein. A 40 Graus será realizada nos dias 11, 12 e 13 de março, das 10 às 18 horas, no Centro de Convenções de Natal, no Rio Grande do Norte. Divulgação

SUBWAY, rede de fast food especializada em sanduíches, terá franquia em Taquara. A unidade se instalará na rua Marechal Floriano, esquina com Bento Gonçalves, no antigo endereço da Multiloja. CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS (CDL) de Igrejinha e Três Coroas realizará, no próximo dia 25, o coquetel de apresentação do curso Gestão de Desenvolvimento para a Excelência (GDE). O curso objetiva preparar os participantes para administrar seu negócio, com base em fatos e dados, utilizando as metodologias e ferramentas de qualidade. O evento será realizado na sede da CDL. Segundo a entidade, o curso iniciará no dia 18 de março, das 19h30min às 22h30min, com aulas todas as terças-feiras. Com abordagem teórica e exemplos práticos em aula, o curso tem carga de 93 horas aula, sendo 15 dessas horas de atividades práticas na empresa. Para mais informações e inscrições, é possível entrar em contato pelos telefones 3545-1327 ou 3546-6280 ou via e-mail para treinamentos@cdligretc.com.br. UNIVERSIDADE FEEVALE oferecerá, em fevereiro, seis cursos de extensão à distância. Os cursos ocorrem por meio da internet, no ambiente virtual de aprendizagem Moodle, que, segundo a instituição, permite o uso de várias ferramentas de interação entre estudantes e tutores. Os cursos ocorrerão de 17 de fevereiro a 10 de março, e as inscrições podem ser realizadas pelo site www.feevale.br/cursoseeventos até 15 de fevereiro. Mais informações pelo telefone 3586-8822.

VOCÊ LEU ESTE ANÚNCIO. . .

...e milhares de outras pessoas também. Aqui, seu produto ou serviço aparece muito mais! Para anunciar, ligue 3542-2288.

Atendendo a um pedido dos Bombeiros Voluntário da região, o Conselho Comunitário das Rodovias Pedagiadas (COREPE) Trecho 6 conseguiu definir uma reunião entre as entidades e representantes da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). O encontro acontecerá às 10 horas do próximo dia 21, na sede da estatal, em Porto Alegre. O Corepe é um órgão instituído pela EGR em cada trecho pedagiado, o qual definirá as prioridades de investimentos da estatal. Na condição de suplente dos moradores civis do trecho 6, Aurélio Müller visitou os voluntários, antes mesmo deles virem em a público, para solicitar relatório

Cristiano Vargas

Aurélio: voluntários serão reconhecidos pelos seus trabalhos

dos atendimentos realizados pelas corporações e ouvir as reivindicações. Ele afirmou que, diferentemente do que foi publicado na edição passada do Jornal Panorama, em que as entidades informavam que não haviam recebido visitas ou orienta-

ções, ele esteve presente nos Bombeiros Voluntários representando o Conselho local. “A EGR não irá procurá-los. Quem deve fazer isso primeiramente é o Corepe, que receberá as demandas de cada entidade. Eu estive visitando os bombeiros voluntários”, garantiu. Durante a manhã de quarta-feira, Aurélio e membros do COREPE reuniram-se em Canela para tratar deste e de outros assuntos. Ele ressaltou que todas as demandas da comunidade ou entidades devem ser encaminhadas ao Conselho, que intermediará soluções com a nova estatal. O membro afirma que o trabalho dos bombeiros será reconhecido atra-

vés de cursos, viaturas, equipamentos. “Eles são voluntários. O voluntariado não pode pensar em fazer algum serviço para receber um valor”, ponderou. O próximo encontro do Conselho está previsto para o dia 9 de abril, quando serão tratados os acessos aos bairros que margeiam as rodovias. Aurélio salientou, porém, que a reunião abrangerá as corporações que integram o trecho seis, de Igrejinha, Três Coroas, São Francisco de Paula e Nova Petrópolis. Quanto aos bombeiros de Rolante, pertencem, segundo Aurélio, ao trecho dois e devem procurar o Corepe desta região para encaminhar o assunto.

Daer repassará R$ 303 mil para conserto da Plínio Salgado IGREJINHA – Em reunião realizada na sede do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem), em Porto Alegre, o órgão afirmou que repassará R$ 303 mil para o conserto da rua Plínio Salgado. O valor é fruto de um estudo realizado pelo Departamento e abaixo do estimado pela Prefeitura inicialmente, que girava em torno de R$ 1 milhão. O encontro aconteceu na última sexta-feira. Segundo sua assessoria de imprensa, a Prefeitura esperava que o Daer financiasse a recuperação de toda a via, também conhecida por Estrada para Lajeadinho. Entretanto, o estudo elaborado pelo Departamento ao longo dos últimos meses apontou que será necessária a reestruturação apenas dos pontos mais danificados, por isso, a diferença no valor. Agora, serão entregues documentos atualizados da Prefeitura ao Daer para que em breve seja assinado o convênio e, então, aberto o período de licitações. “Inicialmente, o Daer havia se comprometido em auxiliar o

município e pediu que apresentássemos os projetos que julgássemos melhores para restaurar a via. Diferente de nós, o órgão entendeu que seria necessário reparar apenas os pontos mais críticos. É importante lembrar que não será uma simples operação tapa-buraco, uma vez que a obra será realizada no mesmo padrão adotado pelo Departamento nas rodovias”, esclareceu o secretário de Planejamento do município, Jeferson Corá.

RELEMBRANDO O CASO

Em agosto do ano passado, a ERS-020 esteve bloqueada em virtude de um deslizamento e a Prefeitura de Igrejinha permitiu que a rua Plínio Salgado fosse utilizada como desvio para a 115, desde que o Estado se comprometesse em financiar o conserto da via. A 020 foi liberada em 60 dias e seu trânsito voltou ao normal. Entretanto, a rua igrejinhense ficou comprometida em diversos pontos em virtude do trânsito de caminhões pesados e bi-trens.

Presidente da OAB-RS visitou subseções da região O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio Grande do Sul, Marcelo Bertolucci, visitou as subseções da entidade em Taquara e Igrejinha no último dia 30 de janeiro. Ele ouviu as demandas dos profissionais e prometeu buscar soluções para os problemas levantados. Também foi apresentado um relatório de atividades realizadas em prol dos advogados. Bertolucci ressaltou o empenho da Ordem para debater questões referentes à implantação do processo eletrônico, pelo qual os advogados realizam atos processuais, como petições, por meio digital. “Nenhum profissional do Estado será prejudicado pelo processo eletrônico”, afirmou. Outra colocação do presidente foi referente à necessidade de aumentar o número de advogados com a certificação digital. Uma das questões levantadas pelos presentes foi em relação à propaganda ostensiva e informativa de alguns colegas. “Qualquer tipo de propaganda abusiva deve ser comunicada à OAB”, orientou o presidente.

Cristiano Vargas

Bertoluci (de terno, ao centro) ouviu demandas de seus colegas advogados


ALICE imóveis CRECI 20.749-j

TAQUARA: 3541.0400 PAROBÉ: 3543.6588 aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

AQUI

Imobiliária Conveniada

REGIONAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Divulgação/Edna Cardoso

Hospital São Francisco receberá R$ 1,3 milhão em recursos do Estado

PAROBÉ – A equipe diretiva do Hospital São Francisco de Assis realizou reunião, no último dia 30, no Lar Dona Olga Lauck. No encontro, que contou com médicos e autoridades locais, foi divulgado que o governo do Estado está repassando R$ 1,3 milhão à instituição para ser investido em equipamentos. Na ocasião, também foi apresentado o planejamento estratégico do Hospital para este ano, organização que realizou mais de 152 mil atendimentos em 2013. O São Francisco já recebeu cerca de R$ 500 mil do Estado, fruto de projetos encaminhados pelo município e que foram empregados no aparelhamento de diversos setores, como no raio x e em atendimentos de emergência. Em breve, o governo repassará mais de R$ 800 mil, provenientes da participação popular. “Estamos triplicando nossos investimentos em saúde e, por isso, estamos aqui. Buscamos a certeza que os recursos são bem investidos e que seus benefícios realmente chegam à comunidade. Parobé é um exemplo disso, onde há planejamento”, afirmou o representante do Estado, Alexandre Rodrigo Haag, durante seu pronunciamento. Uma nova ambulância também irá equipar o município em breve. O veículo, orçado em R$ 300 mil, deve chegar em março. Falando sobre os novos ares da saúde na cidade, o prefeito Cláudio

9

Fotos: Guilherme Augusto

Convênio foi assinado no gabinete do prefeito Prefeito de Parobé aproveitou apresentação de melhorias no hospital para divulgar conquistas do setor de saúde

Hospital busca qualificação com novos equipamentos

Silva afirmou que “estamos trabalhando em muitos projetos novos, assim como na captação de recursos. Antes de junho, teremos cinco novas UBS’s (Unidades Básica de Saúde) nos bairros, sendo que a de menor investimento custa cerca de R$ 690 mil. Também reformaremos a unidade de pronto atendimento, duas UBS’s e iremos construir nossa UPA (Unidade de Pronto Atendimento). O principal desafio é dar conta da estrutura atual com qualidade e continuar avançando”, frisou o prefeito. O chefe do Executivo

afirmou, também, que a partir deste mês não faltará mais médicos à comunidade, pois a grade de profissionais está completa. “Em todos os turnos há médicos prontos para atender a população. Neste sentido, em março iremos contar com mais um médico através do Programa Mais Médicos, um jovem daqui que se formou em Cuba. Além disso, em 2013 repassamos R$ 3 milhões para o Hospital. Não é necessário qualquer esforço para ver que a saúde de nosso município está melhorando muito”, concluiu Cláudio.

Sobre o planejamento estratégico, o diretor-administrativo do São Francisco, João Schmitt, exibiu um levantamento total da instituição, falando sobre seus pontos fortes e fracos. Em seguida, afirmou que a equipe busca explorar as potencialidades da casa, como a implantação da filantropia, parceria com empresas privadas e investimentos em planos de saúde. Segundo João, a missão do São Francisco visa a qualidade de vida da comunidade e tem como princípio elementos como a credibilidade, o comprometimento, a honestidade e a transparência. Citando relatórios, o diretor afirmou que o número de leitos foi ampliado de 70 para 100 no ano passado e que, em breve, todos os quartos terão ar condicionado. Além disso, a meta para 2015 é tornar o hospital parobeense uma referência regional, reconhecido pela qualidade de seu atendimento e tecnologia dos equipamentos.

Igrejinha receberá casal de médicos cubanos IGREJINHA – A cidade da Oktoberfest foi contemplada com a vinda de dois médicos através do programa do governo federal Mais Médicos. Os profissionais desembarcaram na segunda-feira, em Porto Alegre, onde foram recebidos pela Secretaria Estadual da Saúde. Igrejinha é a terceira cidade do Vale do Paranhana a ser beneficiada com o projeto. Os médicos são naturais de Cuba, mas possuem cidadania brasileira. Ricardo Esquivel Santiusti e Ekaterine Puente Roque são casados e já trabalharam em unidades de saúde da cidade. De acordo com a diretora municipal da Saúde, Simone Amaral, ainda não está definido em quais postos os

EDITAL DE CASAMENTOS ELIZABETH MARTINI, registradora do Registro Civil das Pessoas Naturais e Especial de Taquara-RS. Faz saber que pretendem se casar: 01) GILBERTO LUÍS JUSTEN HENDGES e CRISTINA ALEXANDRA DA SILVA, 02) ROGER DE SOUZA LUGINSKI e LUANA DE OLIVEIRA NUNES e 03) ADRIANO LEONEL BRAUN e PALOMA KARINE DE MATTOS MÜLLER. Quem souber de algum impedimento, que oponha-o na forma da lei. DADA e PASSADO, nesta cidade de Taquara-RS. Aos cinco (5) dias do mês de fevereiro (2) de dois mil e quatorze (2014). Rua Rio Branco, nº 1145 - Sala 104. Panorama, 7 de fevereiro de 2014.

profissionais irão trabalhar e nem quando começarão. A diretora da Saúde falou que, com a chegada deles, fica suprida a demanda de profissionais na cidade. Conforme previsto em lei, os médicos são selecionados para atuar no programa durante três anos.

Unimed Encosta da Serra/RS Sociedade Cooperativa de Serviços de Saúde Ltda.

CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Presidente da UNIMED ENCOSTA DA SERRA/RS – Sociedade Cooperativa de Serviços de Saúde Ltda., no uso de suas atribuições, convoca, nos termos do Estatuto Social, os seus associados, para se reunirem em Assembléia Geral Extraordinária, a realizar-se na cidade de Taquara, em conformidade com os indicativos a seguir: DATA: 26 de março de 2014. HORÁRIO: 18h em primeira convocação, com 137 sócios, ou, 19h em segunda convocação, com 104 sócios, ou, 20h em terceira convocação, com a presença de, pelo menos, 21 sócios. LOCAL: Unimed Encosta da Serra (sede) – 5º andar. Rua Federação, Nº. 2799 – Taquara/RS. ORDEM DO DIA: 1 – Apresentação e Destinação da UTMR; 2 - Assuntos Gerais, sem caráter deliberativo. De acordo com o inciso V do artigo 40 do Estatuto Social, o número de associados habilitados a voto nesta data é de 205 cooperados (duzentos e cinco). Taquara, 07 de fevereiro de 2014. Dr. Hendley Reschke Presidente

Prefeitura assina contrato de R$ 4,4 milhões com a Caixa ROLANTE - O prefeito Ademir Gonçalves (Dirão) assinou dez convênios com a Caixa Econômica Federal. Totalizando R$ 4.456.290,00, os convênios contam com recursos oriundos do Ministério das Cidades, Ministério do Esporte e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A assinatura dos contratos ocorreu na manhã da terça-feira. Estiveram, além do prefeito, presentes o gerente geral da agência da Caixa Econômica Federal de Rolante, Paulo Augusto Jardim Pereira, e o vice-prefeito Régis Zimmer. Dirão salientou, na oportunidade, que os recursos foram apontados através de

emendas parlamentares de vários deputados que têm ligação com o município. “Desenvolvemos um trabalho em parceria com os vereadores em busca destas verbas, que são de extrema importância para a comunidade. Com estes recursos será possível realizar obras de pavimentação, construção de quadras de esportes e a aquisição de tratores para a patrulha mecanizada da Secretaria Municipal da Agricultura”, disse. Também participaram do encontro os vereadores José Renato Wesz, José Sehnem (Seninha) e Elton Arnhold, além dos secretários municipais José Alveri Alves Pedroso (Administração) e Jair Fleck (Agricultura).

DOE SANGUE A vida de alguém pode depender deste gesto.

Unimed Encosta da Serra/RS Sociedade Cooperativa de Serviços de Saúde Ltda.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA O Presidente da UNIMED ENCOSTA DA SERRA – Sociedade Cooperativa de Serviços de Saúde Ltda., no uso de suas atribuições, convoca, nos termos do Estatuto Social, os seus associados, para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária, a realizar-se na cidade de Taquara, em conformidade com os indicativos a seguir: DATA: 26 de março de 2014. HORÁRIO: 18h e 15min em primeira convocação, com 137 sócios, ou, 19h e 15min em segunda convocação, com 104 sócios, ou, 20h e 15min em terceira convocação, com a presença de, pelo menos, 21 sócios. LOCAL: Unimed Encosta da Serra (sede) – 5º andar. Rua Federação, Nº. 2799 – Taquara/RS. ORDEM DO DIA: 1 – Prestação de Contas do exercício social de 2013: a) Relatório de Gestão. b) Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis. c) Parecer da Auditoria Externa. d) Parecer do Conselho Fiscal. 2 – Destinação de Resultado. 3 – Fixação do pró-labore do Presidente, do Vice-Presidente e das horas técnicas para atividades de interesse comum da Cooperativa. 4 – Deliberação e aprovação do montante dos recursos disponíveis ao Conselho de Administração para o próximo exercício. 5 – Eleição do Conselho Fiscal. Obs: data limite para inscrições de chapas – dia 14 de março de 2014. 6 – Eleição do Conselho Técnico Disciplinar. Obs: data limite para inscrições de chapas – dia 25 de fevereiro de 2014. 7 – Eleição do Conselho de Administração. Obs: data limite para inscrições de chapas – dia 25 de fevereiro de 2014. 8 - Assuntos Gerais, sem caráter deliberativo. De acordo com o inciso V do artigo 41 do Estatuto Social, o número de associados habilitados a voto nesta data é de 205 (duzentos e cinco). Taquara, 7 de fevereiro de 2014.

Dr. Hendley Reschke Presidente


10

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Cobertura com fotos de Diego Cândido/Fernando Maciel/ Inge Dienstmann/Marcio Renck/Vinicius Linden

INCÊNDIO DA BEIRA-RIO

Incêndio, destruição e incerteza: Taquara fica sem definição sobre futuro da Beira Rio Naquele que pode ser considerado o maior incêndio dos últimos anos de Taquara, senão o maior da história da cidade, a fábrica da Calçados Beira Rio foi completamente destruída no domingo passado. A unidade do bairro Santa Teresinha foi consumida pelo fogo, que ainda tem origem desconhecida. Após a ocorrência, ficou na comunidade a tristeza, com a perda da mais importante fábrica em atividade atualmente na cidade. Além disso, fica o sentimento de apreensão, com a falta de definição sobre o futuro da Beira Rio. O fogo na unidade irrompeu por volta de 12h30min do domingo. A coluna espessa de fumaça assustou os taquarenses, muitos deles recorrendo às redes sociais para saber o que estava acontecendo. Panorama apurou que apenas um guarda estava na fábrica, mas na parte da frente do imóvel, e ele só viu o incêndio após o fogo ter tomado conta de todo o prédio. Vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros de Taquara às 12h39min. Comandante da unidade de Taquara dos bombeiros, o

capitão André Lima da Silva está atuando na operação Golfinho, no litoral. Mesmo assim, ele retornou a Taquara, no domingo, para ajudar no combate ao incêndio da Beira Rio. Ao Panorama, o capitão disse que, dos últimos anos, este foi o mais grave incêndio em que trabalhou na região. De maior proporção, somente participou dos trabalhos numa ocorrência em Novo Hamburgo, mas faz algum tempo que o sinistro foi registrado. O capitão dos bombeiros lembrou que a principal preocupação da corporação foi com o isolamento das residências vizinhas, numa ação articulada que deu resultado, pois nenhum imóvel foi atingido pelas chamas. Isso não evitou, porém, que vizinhos retirassem às pressas móveis de dentro das casas, tentando evitar que fossem incendiados. Outra preocupação dos bombeiros, segundo o capitão André, foi com possíveis vítimas. “Os êxitos desta operação foram, sem dúvida, o fato de não termos vítimas e de conseguirmos ter preservado as casas vizinhas”, comentou André.

Parte dos fundos do prédio teve que ser derrubada no combate ao fogo

Skyphoto (contato@skyphoto.com.br)

Coluna espessa de fumaça chamou a atenção de moradores em toda a cidade, no domingo

Segundo ele, o combate ao fogo na Beira Rio foi muito difícil em função de que o material existente dentro da empresa possui combustão muito fácil, sem falar no fato de ser tóxico. A carga de calor e a fumaça espessa também prejudicaram a atuação dos bombeiros. “Outro entrave foi o prolongamento da tarefa. O combate ao fogo no domingo só terminou às 21h30min, mas ainda tivemos que ter ações de rescaldo que se estenderam durante a madrugada, a segunda e toda a terça-feira”, ressaltou o comandante. Na quarta-feira, bombeiros ainda fa-

ziam verificações na fábrica, para o combate a pequenos focos que surgiam. André Lima da Silva fez questão de destacar o trabalho das corporações vizinhas, de Rolante, Três Coroas, Parobé, Igrejinha, São Leopoldo e até Novo Hamburgo. Além disso, segundo ele, um destaque para os bombeiros de Taquara, entre eles os que estavam de folga, mas deixaram seus lares e foram ajudar no combate ao fogo. O capitão ainda pontuou o auxílio obtido de outras entidades, como a Prefeitura de Taquara, que ajudou com a cedência de uma

Moradores se apressaram para retirar móveis de dentro das casas. Imóveis foram preservados pelos bombeiros

retroescavadeira, equipamento considerado essencial para quebrar as paredes da fábrica. Além disso, o Executivo ajudou no isolamento da área e no fornecimento de água e lanche para vizinhos, bombeiros e comunidade. A Prefeitura também enviou ao local uma ambulância do Samu para ajudar no caso de alguma pessoa ferida. Três profissionais dos bombeiros chegaram a ser atendidos em função da fumaça tóxica, além de algumas pessoas da comunidade. Destacando que a Beira Rio ajudou no que pôde no combate às chamas, forne-

cendo todos os materiais que estiveram ao seu alcance para os bombeiros, o capitão André lembrou que o Plano de Prevenção e Combate a Incêndio (PPCI) da fábrica estava em dia. Além disso, o capitão explicou a situação envolvendo os hidrantes. Ele disse que até há hidrantes próximos à fábrica, mas os bombeiros optaram por utilizar, no domingo, os equipamentos que possuem maior vazão e conseguem encher o caminhão num tempo menor. O capitão ressaltou que este é o procedimento padrão em casos como estes.

Centenas de pessoas se aglomeraram nas proximidades para acompanhar o combate ao incêndio

Prefeitura oferece dois prédios para a fábrica Prontamente na segunda-feira, a Prefeitura de Taquara mostrou preocupação com o destino da Calçados Beira Rio após o incêndio. Logo nas primeiras horas da manhã, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho e o secretário de Desenvolvimento, Idalci Renato Lamperti, foram até Novo Hamburgo, na sede da empresa. Na ocasião, se reuniram com o diretor-presidente da companhia, Roberto Argenta, e discutiram com a Beira Rio a manutenção da fábrica em Taquara. Segundo Titinho, inicialmente a empresa queria 30 dias para dar uma resposta definitiva, mas a atuação do prefeito conseguiu diminuir este prazo para 10. Comentando o assunto ao Panorama, Titinho destacou que a Prefeitura fará de tudo para manter a companhia em Taquara, acrescentando que a principal preocupação é com o emprego das pessoas e a manutenção dos serviços dos ateliers. Mas, segundo Tito, uma eventual saída da Beira Rio da cidade acarretaria prejuízos econômicos aos cofres ao Executivo, à medida que a empresa gera cerca de R$ 1 milhão por ano em arrecadação de impostos. Titinho fez duas propostas à direção da empresa. Uma delas prevê o aluguel do prédio em que funcionou, anteriormente, a Calçados Glauben (terceirizada da Crysalis), na avenida Sebastião Amoretti, atrás da antiga Delegacia de Polícia. Este prédio, segundo o prefeito, tem 1,6 mil metros quadrados e a ideia é de que o Executivo banque o aluguel. Mas, outra opção para a Bei-

ra Rio é o prédio onde anteriormente funcionou o Supermercado Asun, ao lado da estação rodoviária, também na avenida Amoretti. Neste caso, a Prefeitura também bancaria o aluguel para a Beira Rio. Titinho disse que outra opção sugerida pelo Executivo à calçadista foi a compra de uma área de terras visando à construção de uma nova fábrica. Por enquanto, o prefeito disse que a única medida a ser feita é aguardar uma posição oficial da empresa, respeitando que o fato ainda é muito recente e demanda planejamento por parte da Beira Rio. “Mesmo assim, deixamos claro que vamos fazer de tudo para que a empresa continue atuando em Taquara”, comentou Tito. O prefeito fez questão de dizer, no entanto, que a administração municipal “não está dormindo no ponto”. Por isso, segundo ele, contatos estão sendo feitos com várias empresas, e nomes de indústrias que serão atraídas para Taquara deverão ser divulgados nos próximos dias. Titinho ressaltou que algumas indústrias têm demonstrado interesse em se instalar na cidade a fim de absorver a mão de obra qualificada que possuía a Calçados Beira Rio. “Somos favoráveis a qualquer investimento que tenha que ser feita para a manutenção da Beira Rio e estamos abertos a negociações com qualquer indústria interessada em se instalar na cidade”, finalizou Tito.

Prédio que sediou fábrica na Amoretti é opção...

... assim como a antiga sede do Supermercado Asun

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

11

Sindicato tem mais de 400 rescisões para fazer na próxima semana

Na segunda-feira pela manhã, o clima entre os funcionários defronte à fábrica da Calçados Beira Rio era de desolação. A empresa organizou o atendimento com o setor de Recursos Humanos oferecendo duas opções aos trabalhadores. Uma delas era a transferência para as unidades de Igrejinha ou Sapiranga, enquanto a outra era a rescisão do contrato de trabalho. Os funcionários se mostraram reticentes quanto à proposta de transferência. No decorrer da semana, se confirmou a notícia de que muitos trabalhadores não querem se transferir de unidade. O presidente do Sindicato dos Sapateiros de Taquara, Silvio Kirsch, confirmou ao Panorama que 440 rescisões estão marcadas para a próxima semana. Os documentos deverão ser formalizados de segunda até a quarta-feira, e o número ainda pode crescer, à medida que novas rescisões estão sendo agendadas. Kirsch considerou estas notícias péssimas para o setor calçadista de Taquara. Segundo ele, a resistência dos funcionários em se transferir de unidade tem a ver com as condições oferecidas. Silvio explicou que a Beira Rio ofertou ônibus para o transporte, mas a saída teria de ser defronte à fábrica, no bairro Santa Teresinha, às 6h30min. O dirigente sindical mostrou contrariedade ao fato de a empresa não ter oferecido um tempo maior aos funcionários, nem que fossem os 10 dias concedidos à Prefeitura, para que eles pudessem ter mais tempo em pensar no seu futuro. Com pouco tempo, segundo Kirsch, a maioria dos funcionários decidiu pela rescisão do contrato de trabalho.

- Para as funcionárias da Calçados Beira Rio, não há explicação para o incêndio ocorrido na fábrica. Na segunda-feira, Luci Teresinha Alves, Alzira Pereira da Silva, Ana Cláudia Pelegrin, Josiane da Luz, Maria Kleinkauf, Gilmara Santos e Fernanda Goulart aguardavam, defronte ao prédio incendiado da empresa, o momento de serem chamadas para a definição do futuro na calçadista. Todas trabalhavam no setor de costura e lembraram que os funcionários formavam uma família. “Nossa equipe aqui na fábrica de Taquara era muito unida”, comentou Luci.

- Nilton Santos Almeida, Marlei Borges Almeida, Janaína dos Santos Leiser, Marilei Fátima Blanz, Deise de Souza, Vera Regina de Paula Borges e Leonardo Ferreira aguardavam, na segunda-feira, o momento de serem chamados para definição do futuro na Beira Rio. “Viemos na hora do incêndio para cá e foi muito triste”, comentou Marilei. Segundo eles, todos os funcionários ainda estavam muito perdidos em relação ao que acontecerá nos próximos dias. Lamentaram, por exemplo, as dificuldades com transporte para se adaptar à nova unidade em que poderiam trabalhar. Destacaram o caráter familiar da equipe, uma vez que, às vezes, passavam mais tempo dentro da fábrica do que nas próprias casas, elogiando o pagamento em dia e os benefícios aos funcionários, como ranchos, pagos pela Beira Rio. - Geovana Martins (foto acima) viveu o drama de morar numa residência vizinha à fábrica da Calçados Beira Rio. Foi na casa dela que bombeiros acabaram sendo atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Numa entrevista à Rádio Taquara, na segunda-feira, ela contou que não precisou deixar sua casa em função do incêndio, mas passou durante toda a tarde e noite do domingo, além da segunda-feira, sem luz. O fornecimento de energia foi cortado pela empresa distribuidora. Além disso, Geovana contou que foi uma mobilização muito intensa dos bombeiros. “Fomos os primeiros a perceber o incêndio e o fogo foi muito forte. Queimou durante toda a noite do domingo”, comentou, lembrando que os focos persistiam na manhã da segunda-feira. Moradora da rua Piauí, Geovana defendeu a atuação dos bombeiros. “Foram incansáveis”, ressaltou. HOTEL – Em função do incêndio na Calçados Beira Rio, e a fumaça tóxica que atingiu o entorno da unidade, a Prefeitura de Taquara providenciou hospedagem para cerca de 20 pessoas junto a um hotel. A medida foi preventiva em função da possível inalação da fumaça. “A preservação da saúde e da integridade física destas famílias fez com que a administração municipal providenciasse a remoção das mesmas até que o local atingido não representasse mais risco à comunidade”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Idalci Renato Lamperti. Segundo ele, a Prefeitura ainda ajudou de todas as formas possíveis o trabalho do Corpo de Bombeiros junto à unidade da Beira Rio. POSIÇÃO DA FÁBRICA – Procurada pelo Jornal Panorama nesta semana, a direção da Calçados Beira Rio optou por não se manifestar. Nesta edição, a fábrica publica uma nota oficial agradecendo ao trabalho do Corpo de Bombeiros, da Prefeitura e ao auxílio da própria comunidade. No texto, a Beira Rio diz que está tomando todas as providências sobre a fábrica.

Fumaça preta e tóxica causou problemas aos bombeiros

Soldados tiveram trabalho para apagar o incêndio

Prefeitura cedeu retroescavadeira para ajudar bombeiros

- Joceli de Oliveira, Luana Fideles e Ivone Lúcia Boes, profissionais do setor de corte e costura da Beira Rio, estavam muito tristes com a situação na empresa. Joceli e Ivone têm mais de uma décadas de atuação na fábrica e estavam optando pela rescisão, devido à dificuldade da transferência a uma nova unidade. “Trabalhamos na sexta-feira normalmente e é muito difícil chegar na segunda-feira e ver a fábrica totalmente destruída”, comentou Joceli, emocionada. - Carlos Roberto Quadros contou que, quando chegou à fábrica no domingo, percebeu tudo queimado, sem nada mais para fazer. Funcionário da montagem, disse que é muito complicada a situação de hoje, uma vez que não há garantia de emprego. “É mais uma fábrica de Taquara que estamos vendo indo embora”, lamentou. Ele elogiou o trabalho do Corpo de Bombeiros, ressaltando que muito pouco poderia ser feito para evitar a queima da fábrica, mas que a operação teve sucesso ao impedir a destruição de casas vizinhas.

Prédio da Beira Rio foi completamente comprometido

De longe, telhado destruído mostrava a extensão do fogo


12

DIET

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Nas últimas semanas do PROJETO BRINCANDO NAS FÉRIAS DE VERÃO, as crianças prepararam e saborearam um delicioso bolo de fada “Cupcake”. Segue a receita para quem quiser fazer em casa: Ingredientes: - 125g de margarina sem sal; - 1 xícara de açúcar; - 2 ovos; - ½ xícara de leite; - 1 xícara de achocolatado em pó; - 1 xícara de farinha de trigo; - 1 colher de chá de fermento. Modo de fazer: Bater os ingredientes na batedeira de acordo com a ordem citada acima, um de cada vez. Levar ao forno pré -aquecido a 180º por aproximadamente 20min.

MANUTENÇÃO,

ESTUDOS E EXPECTATIVA Nas semanas que antecedem a volta às aulas, funcionários, professores e irmãs do Colégio Santa Teresinha participaram de palestras e reuniões em uma programação de Formação Continuada. Entre reformas e manutenções, as melhorias estão “aceleradas”. O empenho dos funcionários para preparar a casa é diário e incansável. Queridos professores e estudantes, sejam bem-vindos. Dia 17 de fevereiro os alunos novos do Turno da Manhã serão recepcionados às 8 horas. E todos os alunos do Turno da Tarde serão recebidos às 13h10min. Alunos do Turno Integral iniciarão suas atividades também no dia 17/02. “O trabalho é o prolongamento de mim, pelo trabalho que hoje eu faço eu continuo a criação do mundo.” (Cf. Santa Julia Billiart)

Doralino participa ativamente de concursos e dá vida ao sonho de ser escritor

infanto-juvenil, que em sua história envolverá bullying, internet e a relação com os pais, como o adulto, que terá contos abordando conflitos familiares, dramas, violência”, explicou o escritor influenciado por autores como Rubem Fonseca, Daniel Galera, Patrícia Mello e Charles Bukowski.

Em 2013, o autor venceu o XXXVI Concurso Literário Felippe D’Oliveira de Santa Maria, na categoria conto, e obteve o segundo lugar no XII Concurso Literário Faccat-Jornal Panorama, com o conto “A última casa no final da rua”. No concurso do Panorama e da Faccat, venceu, também, o prêmio especial concedido pelo jornal a autores radicados no Vale do Paranhana. Além disso, tem seu conto “Uivos” publicado no livro “Assombros Juvenis Vol. III”, lançado em dezembro pela Confraria Reinações. Sobre seu início tardio na literatura, dado apenas depois dos 40 anos – assim como Bukowski, que começou a escrever aos 49 - o ex-conselheiro afirmou que sempre escreveu, desde pequeno, mas que o cotidiano empurrou seu sonho de ser escritor para o fim da lista de prioridades. “Quando pequeno, lia histórias em quadrinhos e acabava criando as minhas próprias. Então, ao longo de toda a vida, escrevi, mas nunca levei isso adiante, por falta de tempo, por ter outras prioridades. Ano passado decidi fazer diferente, dar mais ouvidos para meu antigo desejo de ser escritor e participei de uma oficina literária com Caio Ritter, em Porto Alegre, além de me dedicar a concursos e mais, claro, à escrita”, concluiu Doralino.

Projeto Copa nas Escolas recebe apoio do Sport Club Internacional ROLANTE - O projeto Copa nas Escolas, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação e Esportes, foi apresentado pelo vice-prefeito Régis Zimmer (Geada), juntamente com a secretária municipal de Educação e Esportes, Eunice Salim Silveira, ao secretário geral do Sport Club Internacional, Gelson Pires, e ao assessor de comunicação, José Antônio Vidal. A atividade aconteceu no último dia 28, na sede do clube, em Porto Alegre. “Fomos buscar o apoio do clube neste projeto que envolverá todo o município e que já conquistou a parceria dos nossos vereadores e dos empresários rolantenses, tendo em vista que o estádio Beira-Rio sediará jogos da Copa do Mundo no Rio Grande do Sul”, salientou Eunice. Durante a reunião, Pires disse que o Internacional ajudará o município no que for possível neste projeto e já ofereceu material de divulgação do clube, como banners e uma maquete do estádio Beira-Rio para ser exposta na cidade. Além disso, Pires garantiu a liberação da visita ao estádio e a entrada de estudantes com o time do Internacional durante um jogo (com data a combinar) e disponibilizou o ônibus do clube para vir ao município durante a

Divulgação/Edna Cardoso

CULINÁRIA NO PROJETO BRINCANDO NAS FÉRIAS DE VERÃO!

IGREJINHA – Doralino Souza-Rosa começou a escrever no ano passado e, mesmo com pouco tempo de estrada, já ganhou prêmios em dois concursos literários e tem um conto publicado em livro. Para 2014, o jornalista de 44 anos planeja apresentar duas novas publicações, sendo uma infanto-juvenil e outra para o público adulto, se tratando de uma coletânea de contos. Segundo o escritor, que é natural da Serra Gaúcha, mas vive há décadas em Igrejinha, “o livro adulto está participando do XX Prêmio Sesc de Literatura. O concurso teve 243 inscritos e agora já está selecionando as 40 melhores obras, sendo que o vencedor terá seu livro publicado. Sinto-me feliz por ter passado pelas eliminatórias até aqui, e se eu não vencer o Prêmio, irei lançar o livro de modo independente, assim como publicarei o juvenil, com previsão de lançamento para a metade do ano”, explicou Doralino. Em comum, as temáticas de seus contos costumam abordar conflitos existentes na vida de crianças e jovens. “Por três vezes, fui conselheiro tutelar em Igrejinha. Essa vivência acaba sendo canalizada como inspiração para aquilo que escrevo, são adaptações da vida real para a literatura”, afirmou Doralino. “Os novos livros seguirão esta linha. Tanto o

Guilherme Augusto

Novo no mundo literário, escritor já planeja lançar outros livros

Autoridades municipais conquistaram apoio do clube esportivo nas ações que serão realizadas junto às escolas

cerimônia de abertura da Copa em Rolante, que está prevista para o dia 12 de abril, e falou sobre a possibilidade de, neste dia, algum jogador do Internacional participar do evento. “Quando falamos neste projeto, muitas pessoas perguntam se é uma iniciativa federal ou do governo do Estado e o que conquista a todos é o envolvimento de toda a cidade e o

fato de ser algo criado por nós. Uma ideia que surgiu na Secretaria de Educação e Esportes”, explica Zimmer. Participaram da apresentação do projeto, também, a assessora da Secretaria de Educação e Esportes e que atua na coordenação do Projeto, Carolina Fagundes, e Roberto Santos Araújo, que também é um dos apoiadores do Copa nas Escolas.

Soberanas acompanham criação de vestidos para Festa das Etnias RIOZINHO – Recentemente, as soberanas da sexta Festa das Etnias foram à Nova Hartz, onde serão confeccionados os vestidos para a próxima edição do evento. Na ocasião, a rainha Maiara Trevizani esteve acompanhada das princesas Tainá Perola e Isabel Pola. A previsão aponta que até a metade deste mês os vestidos estejam prontos, a fim de que corte possa começar o trabalho de divulgação da festa de abril na região e no Estado. “Sabemos que será preciso muita doação, disponibilidade e dedicação neste período que antecede o evento. É cansativo para todos, mas é recompensador e uma grande honra poder representar o município”, disse a rainha Maiara. Paralelo à confecção, a Administração está definindo as atrações da festa. “Certo é que teremos atrações para toda a família. Confiamos na comissão organizadora, que já está em contato com bandas para definir a programação o quanto antes”, disse o prefeito Airton Trevizani da Rosa, o Alemão. Na foto, as soberanas com o prefeito e o vice e a secretária de Assistência Social.

Divulgação

Indústria do Conhecimento conquista 250 associados em dois meses

Rua Júlio de Castilhos, 2150 Taquara - 3542-1328 santa@santateresinha.com.br www.santateresinha.com.br

PAROBÉ – Na última semana, a Biblioteca Indústria do Conhecimento comemorou a conquista de 250 associados e 1.100 atendimentos em menos de dois meses de funcionamento. Localizado em frente à

Caixa Econômica Federal, o espaço é mantido pela Secretaria Municipal de Cultura e Eventos Turísticos e proveniente de uma parceria entre Prefeitura e SESI. A Indústria oferece acesso a espaços como labora-

tório de informática, biblioteca – com acervo de 1,3 mil exemplares, além de um amplo lugar para pesquisa. Seu horário de atendimento é das oito às 20 horas de segunda a sexta-feira, e aos sábados das nove

horas ao meio dia. Para se associar e usufruir gratuitamente do espaço e seus recursos, interessados devem se apresentar no local com documento de identidade e comprovante de residência.


PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

13

PARALELAS por Roseli Santos rose@faccat.br

Pro dia nascer feliz!

N

ão se fala em outra coisa, e nem poderia ser diferente, com esta sucursal do inferno que se transformou o Rio Grande do Sul e outras capitais brasileiras. Calor, muito calor, é o que se ouve até debaixo d’água, à beira mar, na piscina, com split, cerveja gelada, de biquíni ou pelado. É calorão de assar na sombra, torrar no sol e suar até quase derreter. Ainda assim, corro o risco de ser linchada por afirmar que amo o verão e reverencio o sol como minha fonte de energia. Tá certo que ultimamente me rendi ao chapéu, reforcei o protetor solar e, quem me conhece vai estranhar, tenho tomado muitos banhos de mar nestas férias. Logo eu, rata de praia, capaz de ficar horas caminhando ou me espreguiçando na areia sob o sol, apenas contemplando as ondas da orla. Se bobear, passo 30 dias sem molhar os pés. Desta vez, em praias daqui e de Florianópolis, em Santa Catarina, mudei a minha rotina e já me atrevo a molhar a cabeça na água, mas não abro mão do sol. Para quem acorda com as galinhas, como faço regularmente até nas férias, ele é um aliado que me motiva a sair da cama, a praticar esportes, a sorrir, a saudar a vida. Na semana passada, acompanhada de uma grande amiga que me acolheu para uns dias de descanso na praia do Campeche, em Florianópolis, decidimos ver o sol nascer, acordando mais cedo do que o habitual. Sentadas na areia, sorvendo um chimarrão às seis da manhã, juntamente com outros madrugadores, silenciamos diante do espetáculo que dispensa qualquer comentário. No horizonte, por detrás da ilha do Campeche, a grande bola de fogo surgiu, alaranjada, colorindo o mar e nossos olhos, encantados de emoção. Suave nas primeiras horas da manhã, o sol já se mostrava inclemente poucas horas depois, aquecendo a terra, o mar e a nossa pele. “Hoje vai ser mais um dia daqueles”, foi o que comentamos, sabendo que o astro rei não daria trégua por lá também, mas gratas por tê-lo como companhia e por podermos ter o privilégio de assistir a um dos espetáculos mais lindos do planeta. Pensei no tempo que desperdiçamos dormindo além da conta, correndo para ganhar mais e mais dinheiro, se estressando por bobagens, reclamando da vida, do calor, de tudo, e dedicando tão pouca energia na contemplação pura e simples do astro sol, por exemplo, que, mesmo em tempos de calor extremo, nasce e se põe todos os dias nos presenteando com luz e vida. Amanhece suave para seguir imponente até o entardecer, e morre entre montanhas, ressuscitando no outro dia e recomeçando novamente o seu ritual, para a felicidade de quem, como eu, ama esse afago da mãe natureza (embora causticante nos últimos dias). Ainda em férias na praia, sei que o final de semana promete! E, a não ser que chova hoje ou amanhã, prepare-se para mais dias de calorão. Não é fácil, mas tem coisa bem pior, como o inverno, por exemplo. (Para a minha amiga Adriana Schein pelos momentos de contemplação e amizade, antes e depois do sol).

Do meu tuíter @Plinio_Zingano - É, totalmente, a favor da intervenção estatal para eliminar as injustiças sociais, mas faz de tudo para não pagar o Imposto de Renda.

M

IMPONDERÁVEL

inha carta de motorista perdeu a validade no fim de janeiro. Dirijo automóvel há 45 anos. Quando comecei, tinha quase 25. Com isto, dá para calcular minha idade. Este licenciamento, que terminou agora, já foi de três anos, contra os anteriores, que eram de cinco. Sei que a diminuição do intervalo entre as permissões para continuar dirigindo está levando em conta um fato incontestável: envelheci! Logo não sou mais confiável para sentar no comando de um automóvel, notoriamente, uma arma de alto poder letal. Aliás, deve ser este o mesmo raciocínio que permeou os constituintes da “Cidadã”, em 1988, quando limitaram a vida profissional dos funcionários públicos, atrelando-a aos 70 anos de idade. Talvez o Ulisses Guimarães, o promulgador da Constituição, se sentisse um imprestável e, por isso, tenha permitido a fixação do tal limite (naquele ano, ele tinha 72). Aos 70, vem a aposentadoria compulsória ou, como diziam no Exército, a “expulsória”. Significa que, ao atingi-la, chegamos ao umbral da senilidade, não importa o quanto tenham mudado as condições de vida do século XX para cá. As pessoas nesta idade, segundo os documentos oficiais, quase perderam as condições de dirigir, seja veículo, seja profissão. Mas a gente continua, e não é bem disto que quero falar. Foi só uma divagação diante da necessidade de renovar a carteira de motorista a cada três anos contra o intervalo anterior. Assim, estava eu, ali,

no Detran, preenchendo, novamente, o cadastro pessoal, como se fora a primeira vez. O órgão responsável pelo trânsito me tratava como um novato! Imagino que, após o vencimento de cada permissão, nossos dados sejam eliminados. Oxalá houvesse uma justificativa para aquela atitude burocrática. Óbvio, alguns dados podem mudar. Por exemplo, o endereço; o telefone; o... o que mais? O número da identidade? O CPF? A data de nascimento? O nome de nossa querida mãezinha? Mas, em atenção à educada atendente, continuei escrevendo. A burocracia, entretanto, é uma hidra. A cada cabeça cortada, lhe renascem duas. Perto do fim do formulário, me deparei com a pergunta (se as palavras não forem bem estas; o sentido é): “Na sua opinião, a que você atribui tantos acidentes no trânsito?”. E, entre parênteses, a advertência: “resposta obrigatória”. Parei! O que teria a resposta a ver com a renovação da carteira? De quem teria sido a ideia tão absurda de fazer aquele levantamento e qual seu objetivo? Não imagino alguém tabulando o resultado, pois a formulação da pergunta não se enquadra no tipo de levantamento estatístico. Ou seja, papo furado! Como era obrigatória a resposta, cuidadosamente, respondi: “Ao imponderável humano construto”. Agora estou imaginando a grande ajuda que dei ao trânsito brasileiro. Pelo menos, de ordem lexical. Alguém, se ler, vai ao dicionário!

CREME DE ABACAXI INGREDIENTES - 1 lata de abacaxi em calda - 1 lata de creme de leite sem soro - 1 lata de leite condensado - 1 lata de leite (aproveitar a lata vazia de creme de leite como medida) - 2 colheres de amido de milho - 1 pacote de coco ralado grosso COMO FAZER - Escorrer o abacaxi, cortar em cubos e colocar em uma travessa. - Levar ao fogo o leite condensado, o creme de leite e meia lata de leite. - Quando levantar a fervura, colocar o leite restante com o amido dissolvido. Mexer bem e cozinhar por três minutos. - Deixar esfriar, mexendo de vez em quando e colocar o creme sobre o abacaxi. - Cobrir com coco ralado. - Servir bem gelado.

PÃO DE IOGURTE INGREDIENTES - No liquidificador: - 2 colheres de sopa de fermento para pão (seco) - 2 xícaras de chá de água morna - 1 colher de sopa de açúcar - 1 copo de iogurte natural Bata tudo e deixe fermentar por 15 minutos. Acrescente: - 1 ovo - 1 colher de sopa de sal - ¼ de xícara de chá de óleo PREPARO: - Bata tudo novamente, despeje em uma vasilha e acrescente farinha de trigo para uma massa mais dura do que mole (mexa com colher de pau). - Aguarde até dobrar de volume. - Unte duas formas pequenas de pão e coloque a massa dentro. - Espere crescer novamente e asse.


14

DOE SANGUE

POLÍCIA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

A vida de alguém pode depender deste gesto.

Aumentam em 220% as prisões por embriaguez Os casos de motoristas apreendidos por dirigir embriagados durante o ano passado foram 220% a mais do que o constatado em 2012 no Vale do Paranhana (veja tabela). Os dados foram revelados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, atendendo pedido do Jornal Panorama via lei de acesso à informação. De acordo com o primeiro sargento do Comando do Grupo Rodoviário de Taquara, Daniel Lino dos Santos, o crescente número de registros se justifica pela fiscalização mais intensa e o aumento de carros nas estradas. Os locais com histórico

de acidentes de trânsito são os mais escolhidos para a realização das abordagens, conforme relatou o sargento Santos. “Durante os feriados, a fiscalização ocorre onde há fluxo intenso de veículos. Aos finais de semana e em dias específicos, é realizado policiamento nas proximidades de casas noturnas próximas à rodovia”, salienta. Em caso de suspeita de embriaguez, o motorista é convidado a realizar o teste do etilômetro (bafômetro). Caso o teste aponte teor alcoólico acima do permitido (0,34 mg/l de álcool expelido pelos pulmões) ou o condutor manifeste sinais de embriaguez, é aplica-

da infração de trânsito de R$ 1.915,40. “O DETRAN abrirá processo de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação por período de doze meses e o condutor será obrigado a frequentar aulas teóricas. O valor da multa dobra se o motorista for reincidente em menos de um ano. Neste caso, terá sua carteira cassada e deverá refazer todo o processo de obtenção da CNH”, afirma. Apesar dos índices apontarem um crescimento nas prisões, Santos diz perceber que os motoristas estão se tornando mais conscientes. A maioria dos condutores flagrados dirigindo alcoolizados, segundo Santos, ha-

via saído de boates, eventos sociais, festas particulares e em postos de combustíveis. “Percebe-se que há necessidade de agravar consideravelmente a punição para condutores que fogem da abordagem. Temos muito que aprender com países de primeiro mundo, onde o motorista que foge e oferece riscos iminentes à sociedade passa a ter sua pena agravada pela justiça”, destaca. Uma dificuldade revelada pelo sargento é a documentação necessária quando uma infração ou crime é constatada durante a barreira, sendo necessária a repetição de informações em documentos diversos.

PM’s da região intensificam fiscalização O capitão da Brigada Militar de Parobé, Aparício Renner, contou à reportagem do Panorama que a corporação tem intensificado a fiscalização. “Nos finais de semana, realizamos operações para coibir as pessoas de beberem e dirigirem veículos. Aqui em Parobé, fazemos operações na sexta, sábado e domingo. Não temos nada contra quem beba, mas não admitimos que pessoas inocentes sejam vítimas da imprudência”, destaca. Com relação ao número de registros de crimes desta natureza, Renner diz ser pequeno se for levado em consideração o tamanho populacional da cidade. Ele diz que a aplicação do etilômetro é essencial, mas que o teste deveria ser obrigatório para todos os casos. A Brigada Militar de Três Coroas tem contado com o apoio do Pelotão de Operações Especiais (POE) de Gramado nas barreiras de policiamento. De acordo com o comandante da corporação, Jair Olindo Marini, os horários, locais e dias das ações são alternados, mas ocorrem principalmente nos finais de tarde de sábado e domingo. “Temos

atuado bastante na rota de saída dos campings e na avenida Santa Maria”, destaca. Ele conta que nos casos em que a pessoa se recusa a realizar o teste do bafômetro, o suspeito é encaminhado ao hospital, onde é realizado o exame clínico para a comprovação da embriaguez. Marini disse que cerca de 80% dos autuados são moradores do município. Em Rolante, na opinião do comandante da Brigada Militar, sargento Marcos Paulo Zanatta, o aumento no índice de presos por dirigir sob efeito de álcool é relacionado à imprudência e crescimento de veículos nas vias. “Eu penso que o teste deveria ser obrigatório. O procedimento administrativo será o mesmo, com a aplicação da multa”, afirma. Ele disse que aproximadamente 70% dos presos são moradores da cidade. “Nossas barreiras são itinerantes. Algumas acontecem à tarde, pela manhã, à noite. Alguns motoristas são parados pela forma como estão conduzindo o veículo, e depois do teste verifica-se que estão alcoolizados”, completa.

Arquivo / Panorama

Sargento Santos: comandante da Polícia Rodoviária defende penas mais graves a motoristas alcoolizados

PRISÕES POR 2012 2013 EMBRIAGUEZ

TOTAL DOIS ANOS

PAROBÉ

12

23

35

IGREJINHA

8

34

42

RIOZINHO

0

0

0

ROLANTE

3

14

17

TAQUARA

18

44

62

TRÊS COROAS

3

29

32

Total/Ano

44

144

188

Mantida a condenação Assaltos e homicídios diminuem, de menores no Caso Shell mas furto de carros cresce na região

Dados estatísticos divulgados na sexta-feira passada pela Secretaria Estadual de Segurança Pública revelaram uma queda nos principais índices de violência no Vale do Paranhana. Com relação aos homicídios, foram 33 em 2012, contra 27 no ano passado. Houve redução nos índices em Igrejinha, Riozinho, Rolante e Três Coroas, com aumento em Parobé. Taquara manteve o mesmo número de assassinatos de 2012. Outro índice que teve queda foi o de assaltos, mas a região continua tendo mais de um roubo por dia, segundo os números.

As estatísticas da violência preocupam, sobretudo, em municípios como Taquara e Parobé, que respondem sozinhos por 69% dos assaltos registrados no Vale do Paranhana. Ao todo, foram 494 roubos nos seis municípios em 2013, contra 505 do ano retrasado. Taquara lidera, com 194 casos, enquanto Parobé teve 147 roubos. Os números contabilizam, juntos, os roubos cometidos contra pessoas ou residências e os casos em que os bandidos levam os veículos das vítimas. Estes últimos casos são contabilizados separados pela Secretaria de Segurança Pública.

Com estes dados, o Paranhana diminui uma hora na estatística de assaltos. Em 2012, foi registrado um caso a cada 17 horas, média que caiu para um assalto a cada 18 horas no ano passado. Na contramão dos índices que caíram, os furtos de veículos cresceram 29% em 2013 na região. Foram 239 casos, contra 171 de 2012. Neste índice, Parobé lidera, com 100 furtos, seguido de Taquara, que registrou 78 casos. Os dados do governo mostram, ainda, queda no número de estelionatos (golpes) e aumento nas prisões por posse e tráfico de drogas.

TAQUARA – Um dos casos policiais de maior repercussão na cidade, em 2013, teve nova decisão judicial tomada no último dia 30. Por unanimidade, três desembargadores do Tribunal de Justiça rejeitaram recurso dos sete adolescentes acusados no caso Shell. Segundo a denúncia, os menores invadiram a loja de conveniências do posto situado na rua Marechal Floriano, com o objetivo de cometer um assalto. Contudo, diante da reação de um dos clientes, acabaram matando Ederson Willian Valentini, 31 anos. No ano passado, após os sete adolescentes terem sido reconhecidos por testemunhas no curso do processo por ato infracional, a Justiça de Taquara condenou todos eles por latrocínio, que é roubo seguido de morte. Como são todos menores, foram internados no Centro de Atendimento Sócio-Educativo (Case), de Novo Hamburgo. A pena definida pela Justiça foi a máxima prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ou seja, a internação sem atividade externa, com reavaliação do caso a cada seis meses. Panorama teve acesso, nesta semana, ao documento que resume as decisões tomadas pelo Tribunal de Justiça. Na decisão, o relator do processo, desembargador Luiz Felipe Brasil Santos, afastou as alegações da defesa de que não foi produzido laudo interdisciplinar dos adolescentes. Além disso, afirmou que a ausência de exame residuográfico no menor acusado de ser o autor dos tiros “não prejudica a apreciação do ato infracional narrado na representação, para fins de aplicação de medica socioeducativa”. “O envolvimento dos adolescentes restou evidenciado, ainda que de formas diversas. O conjunto probatório é uníssono. De fato, tem-se que todos, de uma maneira ou de outra, agiram para que o assalto se efetivasse. Embora alguns tentem justificar suas condutas como de menor importância, ou mesmo de não participação, suas teses não encontram eco na prova dos autos”, destacou o relator, mantendo a internação sem atividade externa. Ele foi acompanhado pelo voto dos seus dois colegas participantes do julgamento.


A cobertura diária do plantão policial no Vale do Paranhana você pode acompanhar pela Rádio Taquara e através do site do Jornal Panorama (www.jornalpanorama.com.br).

Pai e filho são baleados no Vila Nova

TRÊS COROAS - A Polícia Civil investiga caso de tentativa de homicídio registrado por volta de 10 horas do sábado, no bairro Vila Nova. Uma das vítimas, de 22 anos, relatou à polícia que estava capinando num terreno pertencente à família dele, quando um homem se aproximou e efetuou um disparo, que o atingiu de raspão na cabeça. Em seguida, o acusado teria disparado contra o pai da vítima, de 46 anos. De acordo com a ocorrência policial, o suspeito tem 28 anos e já teria tentado matar as vítimas em outras três ocasiões por motivos de desentendimento entre as partes.

Praça central teve tentativa de homicídio TAQUARA - A Praça Marechal Deodoro, no centro da cidade, foi palco de uma tentativa de homicídio por volta de 1h30min do sábado. Um grupo de amigos estava reunido na praça defronte à Prefeitura quando um indivíduo se aproximou e efetuou três disparos. Um homem de 24 anos, vítima, foi atingido na virilha, no pé e no braço esquerdo. Ele foi encaminhado para atendimento no Hospital Bom Jesus, sem risco de vida. Segundo o relato de testemunhas, o criminoso usava uma touca ninja, o que impossibilitou que ele fosse identificado. A Polícia Civil tenta descobrir a autoria do crime.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Vinicius Linden

Encontrado morto em um açude TAQUARA - O corpo de um homem desaparecido foi encontrado dentro de um açude, no meio desta semana, em Olhos D'Água, no interior de Taquara. De acordo com ocorrência registrada na Delegacia de Polícia de Taquara, Aguilau Garcia Pereira, 50 anos, havia desaparecido no domingo. Por volta de 1 hora da quarta-feira, o cachorro da vítima latia em direção ao açude que era de propriedade dele. Ao verificar sobre o que se tratavam os latidos, a mulher de Aguilau avistou o marido sem vida. O corpo foi encaminhado à necropsia para verificar se ele estava sob efeito de alguma substância, ou se sofreu um mal súbito.

POLÍCIA

Na ERS-239, dois caminhões bateram em acidente que deixou um dos motoristas ferido

Diego Cândido

Corsa ficou destruído em colisão na avenida Sebastião Amoretti, em Taquara

Acidentes de trânsito deixam um morto e várias pessoas feridas Vanessa Wagner

A semana foi marcada por vários acidentes de trânsito no Vale do Paranhana. Pelo menos uma pessoa morreu, enquanto vários outros ficaram feridos nas ocorrências, a maioria delas registradas nas rodovias. O caso fatal foi registrado por volta de 6h20min de segunda-feira, no quilômetro 17 da ERS-115, em Três Coroas. Segundo o Corpo de Bombeiros, houve uma colisão entre uma motocicleta Honda Bros e um automóvel Mégane. Morreu na hora o motociclista Claudioniro Moreira, de 39 anos. Ainda na sexta-feira passada, uma colisão envolvendo dois caminhões deixou o motorista de um deles ferido. O acidente aconteceu no semáforo do entroncamento da ERS-239 com a avenida Sebastião Amoretti, em Taquara. Os caminhões tentavam acessar a avenida, mas, quando o primeiro, um Mercedes Benz azul, parou na sinaleira, foi atingido na traseira pelo outro veículo, um caminhão Mercedes Benz caçamba. O motorista deste segundo veículo foi levado para atendimento junto ao Hospital Bom Jesus pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com ferimentos leves. No domingo, um acidente registrado na avenida Sebastião Amoretti envolveu dois veículos. O fato aconteceu no retorno para o acesso ao bairro Santa Teresinha, em Taquara. Um automóvel Corsa, com placas de São

Condutora de caminhonete sofreu ferimentos em colisão no bairro Recreio, em Taquara

Marcos, bateu contra uma caminhonete Toyota, de Criciúma. Os três ocupantes da caminhonete sofreram ferimentos e foram socorridos pelo Samu até o Hospital Bom Jesus. O condutor do Corsa não ficou ferido. Já na segunda-feira, por volta de 13h30min, foi registrado acidente no quilômetro 32 da ERS-020, em Fazenda Fialho, no interior de Taquara. Segundo a ocorrência, bateram o automóvel Fiat Uno Mille, placas IUK6591, conduzido por Adelcio Jacob Adam, 54 anos, e o Monza, placas HQP-0780, conduzido por Olívio Farias Trindade, 45 anos. Além dos motoristas, ficaram feridos Vanilda Correa, 32 anos, e Miguel Batista da Cruz, 68 anos, ambos passageiros do Uno. Também sofreram ferimentos Iris Delfina Lauffer Correa, 73 anos, e Eliton Kohlhoff, 13 anos, passageiros do Monza. Todos foram socorridos até os hospitais de Taquara e Três Coroas. No dia seguinte, a terça-

-feira, uma mulher sofreu ferimentos em colisão na área urbana de Taquara. O acidente aconteceu na esquina da rua Henrique Bauermann com a Miguel Bauer, no bairro Recreio. Segundo a Brigada Militar, a colisão envolveu três veículos, um Focus, um Gol e uma Strada. Ficou ferida a condutora da Strada, Ilce Maria Müller, 57 anos. Ela foi socorrida pelo Samu até o Hospital Bom Jesus, onde ficou internada durante a tarde. Já na noite de terça-feira, uma colisão deixou duas pessoas feridas na rua José Martins Raymundo, no bairro Jardim, em Parobé. Segundo registro da Brigada Militar, bateram uma motocicleta Yamaha e uma bicicleta. Ambos os condutores dos veículos sofreram ferimentos e foram atendidos no Hospital de Parobé. A condutora da bicicleta era menor de idade, com 8 anos. Na quarta-feira, um motorista ficou ferido na colisão entre um automóvel Corsa e um Fiat Punto. O Diego Cândido

Caminhão carregado de madeiras tombou às margens da ERS-020, em Taquara

acidente aconteceu por volta de 12h30min, no semáforo situado junto ao entroncamento da ERS-115 com a rua Tristão Monteiro, em Taquara. Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista do Punto sofreu ferimentos leves e foi socorrido pelo Samu até o Hospital Bom Jesus. No mesmo dia, por volta de 14h30min, um caminhão tombou no quilômetro 63 da ERS-020, em Taquara. De acordo com informações dos policias que atenderam a ocorrência, o motorista do caminhão, de 33 anos, perdeu o controle do veículo e tombou às margens da rodovia, sofrendo apenas ferimentos leves. O condutor relatou que outro caminhão invadiu sua pista, forçando-o a tirar seu veículo para o acostamento, quando o mesmo tombou e espalhou a carga de madeiras pela via.

15

Trio preso por tentativa de assalto

PAROBÉ - Três homens foram presos após tentar roubar um caminhão. O fato aconteceu por volta de 14h20min de segunda-feira, quando o trio foi interceptado pela Brigada Militar em Parobé, no quilômetro 49 da ERS-239, no Loteamento Nova Esperança. Segundo o registro da Brigada, os três tentaram roubar um caminhão que estava no estacionamento do Supermercado Nacional, em Taquara. Sem sucesso, eles fugiram num Fiat Brava azul, com placas de Sapucaia do Sul e que estava em situação de roubo. Eles foram acompanhados pela Brigada Militar desde Taquara e, próximo a uma floricultura da ERS-239, abandonaram o veículo e fugiram num Monza, sendo abordados no loteamento. Neste local, todos foram detidos e apresentados na delegacia de Parobé, onde foram reconhecidos por uma testemunha. Foram presos em flagrante Elias de Lima Kaipper, 22 anos, Amilton de Lima Kaipper, 24 anos, e Luis Marciano Brizola Ribeiro, 28 anos.

Quer vídeos, fotos

e enquetes? Acesse o PanoramaNET!

www.jornalpanorama.com.br

OBITUÁRIO Falecimentos comunicados pela Rádio Taquara de 30/01/2013 a 06/02/2013

- 30/01 - Maria da Graça Monteiro, 55 anos. Cemitério São João Batista de Parobé. - 30/01 - Rosa Teresinha de Vargas, 57 anos. Cemitério dos Müller em Fazenda Fialho. - 30/01 - Valdemar Arnaldo Schirmer, 92 anos. Cemitério do Bairro Santa Maria em Taquara. - 31/01 - João Carlos Möller, 77 anos. Cemitério de Santa Cruz da Concórdia. - 31/01 - Alcindo Herrmann de Souza, 83 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 31/01 - Onésio de Oliveira, 71 anos. Cemitério Municiapl de Taquara. - 31/01 - Maria Ivone Maciel, 63 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 01/02 - Antonio Narciso de Moura, 67 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 03/02 - João Fernando Rodrigues da Silva, 56 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 03/02 - Teresa Lúcia Grisa da Silva, 67 anos. Cemitério São João Batista de Parobé. - 03/02 - Flávio Batista Wagner, 49 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 04/02 - Arnildo Remy Matte, 75 anos. Cemitério Luterano de Igrejinha. - 05/02 - Saturna Rodrigues dos Santos Pimel, 96 anos. Cemitério Católico de Igrejinha. - 05/02 - Maria Eunice Müller Kauztmann, 89 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 06/02 - Rolena da Silveira (Lorena), 58 anos. Cemitério Municipal de Taquara.


16

Os fatos que foram notícia ao longo da história deste jornal

REGIONAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Divulgação

Escola em ampliação recebe vistoria IGREJINHA - Representantes do Executivo e do Legislativo da cidade visitaram as obras de ampliação da Escola de Educação Infantil Igrejinhense, no bairro Bom Pastor. Estiveram presentes na vistoria o prefeito Joel Wilhelm, o vice-prefeito Dalciso Oliveira, além de vereadores. A obra, que tem prazo de entrega previsto para abril, está estimada em aproximadamente R$ 150 mil. Divulgação/Vinicio Wallauer

Bombeiros pedem auxilio à Câmara

PAROBÉ – Na semana passada, os vereadores Diego Picucha e Antônio Carlos dos Santos, ambos do PDT, receberam a visita do comandante interino do Corpo de Bombeiros do município, Jurandir Santos de Lima, e do bombeiro Alceni da Silva. Na ocasião, os representantes da corporação trataram sobre diversos assuntos, entre eles, o pedido de que o Legislativo viabilize um convênio entre a Prefeitura e

o Estado, formalizando reivindicação para que os bombeiros civis que trabalham junto à corporação possam dirigir as viaturas de atendimento. Segundo Jurandir, mesmo com pouco efetivo seria mais fácil atender a população, principalmente em casos de emergência. Picucha, presidente da Câmara, se dispôs a se reunir com o Executivo para verificar as possibilidades de levar esta matéria para o plenário.

Municípios terão recursos no Prodetur IGREJINHA - O município está entre as 11 cidades gaúchas beneficiados pelo Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), com recursos obtidos através do governo do Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O programa visa à realização de ações para desenvolver o turismo na área chamada de Corredor Turístico Grande Porto Alegre – Serra Gaúcha. Além de Igrejinha, os municípios de Porto Alegre, Viamão, Gramado, Ca-

nela, São Francisco de Paula, Nova Petrópolis, Três Coroas, Taquara, Cambará do Sul e São José dos Ausentes receberão recursos. Na segunda-feira, a assessora da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Igrejinha, Kássia Ramona Gonçalves, fez a entrega (foto) da documentação para o projeto ao técnico da Secretaria Estadual de Turismo, Moreno Brasil Barrios. Segundo ele, esta é a primeira vez que o Estado tem carta-consulta aprovada para o Prodetur.

OFTALMOLOGIA - Em conjunto com a Secretaria de Saúde de Igrejinha, o Instituto de Oftalmologia está disponibilizando consultas através de agendamento prévio pelo Sistema Público de Saúde (SUS), reduzindo o tempo de espera para o atendimento. Para agendar uma consulta, o paciente deve procurar o posto de saúde mais próximo de sua residência. Em 2013, o Instituto atendeu mais de 2.800 consultas e reconsultas entre os meses de maio e dezembro. Entre exames de diagnósticos e exames de consultório foram realizados mais de 8.000 procedimentos, além de 136 cirurgias de catarata.

Comunidade deve receber 60 casas

ROLANTE - A Prefeitura prevê a entrega de 60 casas populares (foto), no bairro Piccadilly, até o final de maio. Segundo o secretário de Habitação, Claudiomiro Maria da Silva, a obra tem um investimento de R$ 3.839.844,14 através do governo federal. As casas estão sendo construídas utilizando concreto leve, o que,

segundo a Prefeitura, permite um elevado conforto técnico e acústico, além de garantir agilidade no processo construtivo. As famílias ribeirinhas do arroio Alto Rolantinho, Loteamento Farias e Vila Esperança serão beneficiadas pelas moradias. Haverá captação de energia solar para os chuveiros e as ruas serão calçadas. Divulgação/Edna Cardoso

RESERVATÓRIO - A Prefeitura de Igrejinha realizou, no final de janeiro, a instalação de um novo reservatório de água na localidade de Lajeadinho. A nova estrutura, com capacidade para 70 mil litros, substituiu o atual reservatório, que comporta apenas 10 mil litros, quantidade insuficiente para garantir o abastecimento, sobretudo nos meses de verão. A Prefeitura informou que, dentro de 30 dias, o sistema deverá estar funcionando. Além do Lajeadinho, o reservatório atenderá a localidade de Morro do Mico. A estrutura foi instalada dentro da propriedade de Luis Pomié, que autorizou a utilização do espaço sem ônus para a Prefeitura.

Classificados PANORAMA

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

GRUPO DE ORAÇÕES Com

Fabiano Guerreiro INFORMAÇÕES: 3541.1682 www.tocadognomo.com.br Patrocínio:

Criativa Loja e Atelier Guilherme Lahm, 947 Fone: 3541.7221

www.

robsonproducoes

.com.br Pacote com 100 fotos 15x21 + CD das Fotos + filmagem com 3 DVDs + pôster R$ 1.490.00 Fone: (51)3037.4888

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses. Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

SUPLEMENTOS WHEY Whey Gold Standard 100% Optimum Nutration 5LB..............R$ 295,00 Whey Gold Standard 100% Optimum Nutration 2LB..............R$ 185,00 Whey Elite Dymatize 5.75LB...........................................R$ 285,00 Whey Elite Dymatize 2.36LB...........................................R$ 175,00 Maltodextrina Granel Kg.....................................................R$ 9,00

SELECIONA PARA INÍCIO IMEDIATO: - SUPERVISOR, sexo masculino, com características de liderança e experiência na função; - COSTUREIRO(A), com ou sem experiência, acima de 18 anos; - SERVIÇOS GERAIS, com ou sem experiência, acima de 18 anos, ambos os sexos. A EMPRESA OFERECE:

- Salário de R$ 4,25/h; - Transporte (fretado); - Cartão alimentação; - Bônus produção; - Treinamento.

Interessados comparecer com currículos, Segunda a sexta-feira das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas Rua Pernambuco, 494, tel. (51) 3542.4148, Bairro Santa Terezinha, Taquara - RS

Federação, 2607 - Taquara

COMUNICADO DE EXTRAVIO Produtor Rural DELMAR BROCKER, CPF 187.258.560-49, IE nº 146/1008643, comunica EXTRAVIO de blocos de produtor rural, série P, da seguinte numeração: nº 296861 a 296870 (liberadas em 09/10/01), e nº 719541 a 719550 (liberadas em 20/12/01).

3542.2962

A moto que você sempre sonhou... CHEGOU! FAN 125 KS 5.690,00 à vista ou 48x de R$ 231,14.

a partir de R$

Quem leva moto a sério, leva Honda.

Taquara - (51) 3541.0000 Parobé - (51) 3953-1300 Canela - (54) 3909-1000

Honda FAN 125 KS 13/14 a partir de R$ 5.690,00 à vista ou 48x de R$ 231,14. Sujeito a aprovação Banco Renner. Licenciamento e capacete não incluso. Taxa (2,62% a.m.)e Taxa (45,06% a.a.). Foto meramente ilustrativa. Sujeito a alteração sem aviso prévio.


VOCÊ LEU ESTE ANÚNCIO...

ESPORTES

Para anunciar, ligue 3542-2288.

Muitos gols marcaram a segunda rodada do Campeonato Praiano seguintes resultados: Criar Vitória 4 x 0 Madureira, Lavagem do Nelson 3 x 0 Fênix, Atacado Léia 3 x 0 Vira Copos, Black Tiger 1 x 1 Bordô, Sete de Setembro 2 x 0 Xis do Vane e Aguifaz 3 x 0 Olimpyakos. Neste sábado, o campo

da Prainha sediará a terceira rodada do Praiano, que contará com mais seis disputas, a partir de 13h45min, que serão as seguintes: Sete de Setembro x Olimpyakos, Aguifaz x Mercado Petrópolis, Madureira x Fênix, Lavagem do Nelson x

Fruteira Ideal, Viracopos x Bordô e Black Tiger x Vila Nova. A fase classificatória do Praiano prossegue até o próximo dia 22, quando serão definidos os times que se confrontarão nas quartas de final, que ocorrem no dia primeiro de março. Guilherme Augusto

Fabiel Port assume presidência do Igrejinha

IGREJINHA – Pela terceira vez, Fabiel Port foi empossado como presidente do Esporte Clube Igrejinha. A cerimônia aconteceu em janeiro no ginásio do próprio clube e também definiu Juliano Batista de Mello como vice-presidente; Elias Marcelo Gewehr como tesoureiro e Roberto Leandro

Sander de vice; além de Loraine Dutra Lima Herold de secretária e Cáudio Weber como vice. Já o conselho fiscal é formado por Luiz Carlos Reinheimmer, Juliano Konzen, Roger Fernando Ritter, Ademir Stein e Milton Schuler. Algumas das metas para o grupo que irá dirigir o time em 2014

Mãe Ernestina, esposa Rose, filho Leandro, nora Elenara, neta Sofia, enteada Tábata, irmãos, cunhados, sobrinhos do sempre querido e amado

JOÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVA (NANDO DA ROSE)

Classificados

Vendas

- Apartamento de 2 dormitórios + garagem, área de lazer, churrasqueira, quisoque, bairro Petrópolis. R$ 155.000,00.

- Sala coml. reformada no Centro, com elevador, alugada, Gal. Comasseto. R$ 48.000,00. - Casa c/ 160m², 3 quartos, 2 banh., terr. 12 x45m, Bairro N. Sra. de Fátima. R$ 160.000,00.

O melhor do flash back!

(51) 3542.2000/

9704.7979

www.jobiimoveis.com

Na Era do Vinil

- Casa nova, 2 dorm., sala estar, cozinha, lavanderia, garagem. B. Sta. Teresinha. Ótima localização. R$ 150.000,00. - Casa nova, 2 dorm., sala estar, cozinha, banheiro, lavanderia. B. Santa Rosa. R$ 140.000,00. - Casa nova, 3 dorm., sala estar, cozinha, banheiro, garagem. R$ 142.000,00.

de segunda a sábado a partir das 13hs.

DE VERÃO

Participe!

Natália Zmuda - CRECI - 16018 Angelo Tissiani - CRECI - 19528

- Casa com 2 dormitórios, 1 banheiro, terreno 15mx30m , terreno todo murado, excelente vista próximo à Faccat . Aceita imóvel de maior valor, bem localizado.

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

www.jornalpanorama.com.br

“Meu amor, sei que foste para um mundo bem melhor, mas vou continuar por aqui aguardando a hora de te encontrar. Para sempre, tua de coração, Rose.”

- Casa com 2 dorm., 2 banheiros, garagem, terreno 880m². R$ 280.000,00.

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses. Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

PANORAMA

Agradecem pelas presenças e pelas demonstrações de pesar recebidas por ocasião do seu falecimento, em 3/2/2014, aos 56 anos de idade. Convidam para missa de 7º dia, que será celebrada em 8/2/2014, às 19 horas, na Igreja Matriz Santa Teresinha, de Taquara.

- Apto. novo no Centro, 2 dormitórios, com elevador, salão festas. R$ 180.000,00.

PANORAMA

GAROTA

R. Júlio de Castilhos, 2579 - Gal. Comasetto - sl. 102 - Taquara

- Casa com 68m2, 2 dormitórios, acabamento em gesso, murada, terreno 411m2. Aceita apartamento de menor valor. R$ 160.000,00.

INFORMAÇÕES SOMENTE NA IMOBILIÁRIA R. Júlio de Castilhos, 2579/121 - Gal. Comassetto Taquara - aconceito@brturbo.com.br Fones: 3541.5787 | 8488.3782 | 9972.5147 Visite nosso site: www.conceitoimoveisrs.com

Creci: 22.207 J

facilitta

Imóveis

Júlio de Castilhos, 2408 Taquara. Fone 3541.4783 atendimento@facillitaimoveis.com www.facillitaimoveis.com

- Casa Alv. Nova, 2 dorm., sala/cozinha, banho social, garagem. B. Cruzeiro do Sul. R$ 115.000,00. - Apartamento, 2 dorm., sala de estar, coz., lavanderia, banho social. Ótima Localização. R$ 140.000,00 - Terreno, 11x30m. Ótima Localização. B. NS de Fátima. - Terreno, medindo 11x25m². - Terreno, medindo 11x25m², apto para financiamento pela Caixa. B. Cruzeiro do Sul.

.: Aluguel

- Sala Comercial, Centro, vitrine ampla. R$ 2.200,00 + enc. - Sala Comercial, Centro, aproximadamente 80 m2, R$ 280,00 + enc. - Casa-fundo, 1 dormitório, sala, cozinha, banheiro, B. Petrópolis. R$ 280,00 + enc. - Apto, Centro, 2 dorm, demais dependências, sacada, churrasqueira. R$ 750,00 + enc. “Caro proprietário, se você tem o imóvel, nós temos o inquilino certo para você! Venha tomar um café conosco e conhecer nosso trabalho!”

VIACAVA IMÓVEIS

Júlio de Castilhos, 2572 - Taquara 3542.1674

FILIAL: Ernesto Alves, 2331 - Taquara - 3541.3003

www.viacavaimoveis.com.br | beatriz@viacavaimoveis.com.br

.: Venda

ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

AQUI

Compra - Venda - Locação Administração de Imóveis

Prazer de ouvir

www.fm91.com.br

a classificação para a fase eliminatória ao longo de 15 jogos. A equipe do Igrejinha estreia na competição no dia 19 de março, em Osório, quando enfrentará o Osoriense. A primeira partida em casa ocorrerá no dia 22 de março, contra a equipe do Veranópolis.

AGRADECIMENTO E CONVITE PARA MISSA DE 7º DIA

TRAVESSIA - Os atletas (foto) Lucas Radtke, de Igrejinha, e Carolina Schneider, de Gramado, formaram dupla para participar da 10ª Travessia Torres Tramandaí, realizada há duas semanas. Foram mais de 80 quilômetros de maratona promovida pelo Sesc. A dupla concorreu na categoria mista, ficando em quinto lugar na classificação geral. Lucas representou a equipe Sportcenter/TOP Runnner e Carolina o time da Lagartixa.

ROLANTE – Desde o início desta semana, está aberto o período de inscrições para os diversos campeonatos desenvolvidos no município. Interessados em participar devem entrar em contato pelo 3547-1042 ou pelo email maxxtkd@yahoo.com.br. Organizados pela Prefeitura com apoio do Conselho Municipal do Desporto e realização da Secretaria de Educação e Esportes, serão desenvolvidos os seguintes campeonatos: Taça de Areia; Municipal de Futsal; Terceira Copa Rolantense de Futebol de Campo; Municipal de Canastra e Municipal de Bochas.

GAUCHÃO JÚNIOR – Estão definidas as equipes participantes do Campeonato Estadual Júnior 2014. O Esporte Clube Igrejinha será novamente o representante da região. A equipe integra a Chave B, ao lado de Grêmio e Novo Hamburgo, e buscará

V

e 2015 são buscar certificação de clube formador CBF, melhorar a estrutura das escolinhas e preparar a equipe infantil para Copa Cidade Verde e Campeonato Gaúcho, formalizar novas parcerias e redes de apoio para melhorar a estrutura de futebol já existente, entre outras.

Inscrições abertas para cinco competições municipais

17

FUTSAL – Encerram hoje as inscrições para o Campeonato Municipal de Futsal de Parobé. Desta forma, interessados devem comparecer na Secretaria de Esporte e Lazer. O início da competição está previsto para 14 de março e se dividirá nas categorias adulto masculino, veterano masculino, máster masculino, e adulto feminino. Mais informações podem ser obtidas pelo 3953-1016.

CRECI 21775

TAQUARA – O Campeonato Praiano de Futebol 2014 teve sua segunda rodada realizada no último sábado, no Balneário João Martins Nunes (Prainha). As seis partidas contaram com 17 gols marcados e apenas um empate, com os

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

22.734-J

...e milhares de outras pessoas também. Aqui, seu produto ou serviço aparece muito mais!

CONVENIADA

EXCELENTES TERRENOS PARA COMÉRCIO OU RESIDÊNCIA Lançamento no centro de Taquara. Aptos. de 2 dorm., gar., baixo custo condominial, ótimo investimento. Elevador, água e gás individual. Confira! 497 - MCMV: Casa Geminada na Santa Terezinha, 2 dormitórios, sala, cozinha, pátio individual, garagem, banheiro, área de serviço. 807 - MCMV: Casa no bairro Santa Terezinha, 2 dormitórios, sala, cozinha, pátio individual garagem, banheiro e área de serviço. Consulte. 946 - MCMV: Casas de alvenaria, 2 dormitórios, sala de jantar, cozinha, área de serviço: a partir de R$ 115.000,00.

Aluguel:

• Casa em cond. NOVA, alv., 2 dorm., entrada p/ carro, b. Cruzeiro. R$ 620,00 + enc. • Casa, alvenaria NOVA, 2 dorm, entrada p/ carro, semimob., bairro Nossa Senhora de Fátima. R$ 750,00 + enc. • Apto, 1 dorm, gar., elevador, salão de festas, churr., ótima loc. R$ 580,00 + enc. • Prédio Comercial, 300m², 2 banheiros, 2 salas p/escritório. R$ 4.200,00 + enc. • Sala Comercial, 140m², 2 banheiros, ótima localização R$ 2,000,00 + enc.


18

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Por Vanessa Wagner

GAROTA PANORAMA DE VERÃO O concurso segue selecionando as meninas da capa até março. Para participar a candidata deve ter de 13 a 25 anos e residir no Vale do Paranhana. Basta enviar até 3 fotos de corpo inteiro, com produção de verão (não precisa ser biquíni) e sem óculos de sol. Só serão aceitas imagens com alta resolução e sem efeitos de cor. Regulamento completo e premiação no site www.jornalpanorama.com.br Envie as fotos para

garota@jornalpanorama.com.br

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

Jade Matarazzo

Melissa Machado

MIAMI – Casamento à vista: Os noivos Fernanda Cruz e Felipe Volkart fotografaram durante viagem à Flórida, tendo como locação a paradisíaca Miami Beach. O ensaio aconteceu em novembro, antecipando preparativos da boda marcada para 29 de março, em Taquara.

NOVO HAMBURGO – Daniela Heinz Haack (ao centro) colou grau em Design pela Feevale, conquista comemorada em recepção no Decora Festas, em Novo Hamburgo. Na foto, a formanda acompanhada da mãe Susana Heinz Haack com a neta Eduarda Haack de Lucca no colo e a irmã Carolina Heinz Haack. Letícia Wolff

EUA – Alexandre Boff e Alex Marciano aproveitam férias do trabalho (e do calor) com roteiro por Boston e Nova Iorque. Os proprietários da escola de idiomas Wizard de Taquara têm experimentando temperaturas de 16 graus negativos, com passeios realizados sob muita neve. Na foto, registrando a paisagem gélida do Central Park.

LIQUIDA MODA FASHION DE VERÃO

moda feminina, masculina e acessórios

50% de

desconto à vista na moda fashion no dinheiro ou Ou 30% de desconto para no débito. 30 dias no crédito.

Promoção válida enquanto durar o estoque. Rua Júlio de Castilhos, 2400 - Loja 1 | Fone 3541.2502 - Taquara

TAQUARA – Lindiery Lopes registrou a fase dos 15 anos com ensaio fotográfico assinado por Letícia Wolff. O presente de aniversário, ocorrido em agosto passado, foi uma viagem à Disney. Lindi aproveitou as recentes férias para realizar a esperada viagem.


SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

Por Vanessa Wagner

Carnaval em Punta Cana

Douglas Márcio Kaiser

Saindo de POA - 27/2 e 28/2

Formado em Administração de Empresas pela Faccat, é assessor de planejamento estratégico na Prefeitura de Rolante. Natural do mesmo município, é exsecretário de Saúde e, aos 44 anos, é casado com a designer de interiores Lisiane Gabriela Fleck.

Confira!

TAQUARA – Rômulo Campana comemorou seu aniversário, dia 3 de fevereiro, na companhia das sobrinhas Duda e Biki Campana, a irmã Lisiane Campana, Adriani Meller e Eclair Melo Filho, a namorada Suélin Bithencourt, o pai Ademir Campana, a irmã Gabriela Campana com André Wichmann e Diego Berlitz.

REINAUGURAÇÃO KAMAJO PAROBÉ EM NOVO ENDEREÇO TAQUARA – Nosso colega Cleber Bender, da Rádio Taquara, recebeu muitos abraços no último domingo, dia 2 de fevereiro, quando o eterno molecão, acreditem, chegou aos 50 aninhos. Recebe, por aqui, o carinho dos amigos aqui da casa.

19

PANORAMA

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

QUAIS SUAS PRINCIPAIS FUNÇÕES COMO ASSESSOR? O convite para assumir o cargo surgiu para que, junto com a administração, se construa um modelo de gestão baseado em organização, transparência, monitoramento e planejamento, baseando-se em conceitos de administração conhecidos mundialmente. Na área pública ainda existe muito a ser feito, mas Rolante assumiu alguns compromissos, como o ingresso no Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade e na Agenda 2020 do Vale do Paranhana, sendo que sou o responsável direto por estas iniciativas no município. FALE SOBRE COMO FOI PRA VOCÊ A EXPERIÊNCIA DE SER SECRETÁRIO DE SAÚDE: Assumir o cargo de secretário foi, sem sombra de dúvida, o maior desafio profissional de minha vida. Exigiu muito de mim e da equipe que estava comigo, mas foi também gratificante pelas muitas conquistas. O maior legado foi ter iniciado a implementação da modalidade de atendimento conhecida como "Acolhimento com Classificação de Risco e Vulnerabilidade", baseado no Protocolo de Manchester. Ter assumido a Secretaria provou que uma saúde melhor para a população é possível, desde que se trabalhe com gestão, monitoramento e planejamento. Mas reitero que tive pessoas na equipe que foram fundamentais para o sucesso, especialmente pelo conhecimento e comprometimento.

NOVIDADES E DESCONTOS INÉDITOS!

10.02.14 segunda-feira das 15h às 21h

Rua João Mosmann, 161

PERU – Carlinhos Köetz Flesch viajou acompanhado da esposa Potira Lopes e do filho Emanuel, para surfar na praia de Mâncora, no Peru.

CONTE UM POUCO SOBRE SEU HISTÓRICO PROFISSIONAL: Minha primeira atividade foi como estagiário da Caixa Econômica Federal. Desde então, tive diferentes experiências profissionais, tanto na área comercial quanto na industrial. Muito importante foi atuar como gestor administrativo na Biason Advocacia e Assessoria Empresarial, entre 2009 e 2012. Porém, o maior desafio foi assumir a Secretaria de Saúde de Rolante, no início de 2013 e, posteriormente, o cargo de assessor de planejamento estratégico.

DISNEY - Laura Franck retornou de férias inesquecíveis em Orlando. A foto registra passeio no Parque Epcot.

E SEU GOSTO POR ESCREVER, COMO E QUANDO O DESCOBRIU? Desde o primeiro grau eu gostava de escrever, talvez influenciado pela leitura, outro de meus hábitos. O primeiro concurso foi da Prefeitura de Rolante, e depois disto não parei mais. Agora, participo de diferentes concursos culturais, especialmente de frases. Destaco um da Ford, outro da Petrobras e, mais recentemente, o concurso literário Faccat/Jornal Panorama. COMO VOCÊ SE DEFINE? Sou alegre, extrovertido, dedicado e criativo. O QUE TE TIRA DO SÉRIO? Falta de humildade, arrogância e falsidade. TEM ALGUM HOBBY? Escrever e participar de atividades voluntárias, pois é algo que me traz satisfação. UM LUGAR: Praia. Mas se estiver junto de pessoas queridas, como minha esposa ou amigos, diferentes lugares se tornam especiais. UMA LIÇÃO DE VIDA: Meu maior exemplo é meu bisavô Levino Morschel, com quem tive a oportunidade de conviver. Viveu por 101 anos, era um homem íntegro, honesto, que agia com convicção e era extremamente generoso, além de ter sido um impulsionador da comunidade de Alto Rolante.

TAQUARA – Escolha da Garota Verão Taquara acontece neste sábado, no Parque do Trabalhador, às 17 horas. Dez candidatas disputam a vaga do concurso promovido pela RBS. A eleita participará da eliminatória regional, dia 13 de fevereiro, às 21 horas, em Igrejinha. Abaixo, Jheniffer Ev, já eleita para representar Rolante na próxima fase.

CHILE – Marat Vágner e Jade Fagundes em viagem a Viña Del Mar.

QUEM VOCÊ TEM COMO EXEMPLO? Três pessoas: minha esposa, pela dedicação e lealdade; Dr. Velmi Biason, pela competência, e o empresário Tibúrcio Grings, pela capacidade de liderança frente aos seus negócios. • DEIXE UMA MENSAGEM AOS LEITORES DO JORNAL:

“Os únicos limites das nossas realizações de amanhã são nossas dúvidas e hesitações de hoje.” Franklin D. Roosevelt, ex-presidente dos EUA.

Marechal Floriano, 1248 Taquara 3542.6320


PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014

|

Divulgação

QR CODE

PARA VOCÊ FICAR LIGADO NAS NOTÍCIAS DO VALE DO PARANHANA

www.jornalpanorama.com.br

Primeira sessão do ano contou com telão para comunidade acompanhar os projetos PAROBÉ – Retornando aos trabalhos após um mês e meio de recesso, os vereadores municipais realizaram, na terça-feira, a primeira sessão ordinária do ano. A abertura contou com apresentação do Grupo de Cordas do Instituto Pró-Criança e Adolescente (IPCA). Os membros da Casa Legislativa votaram a partir de um novo programa, a ser utilizado até março, quando será substituído pelo Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), oferecido pelo InterLegis, órgão que pertence ao Senado Federal. Um telão instalado no plenário

Divulgação/Eduarda Rocha

Campus receberá candidatos para provas na próxima terça-feira, a partir das 19 horas

Últimos dias para inscrições ao vestibular da Faccat

TAQUARA - Seguem abertas até a próxima segunda-feira, dia 10, as inscrições para o vestibular especial das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat). A taxa é de R$ 20,00 e o cadastro pode ser feito no campus da instituição de ensino ou no site da Faccat (www.faccat.br). Conforme o diretor-geral da instituição, Delmar Backes, anualmente há três oportunidades de ingresso via concurso vestibular na Faccat: em novembro, fevereiro e junho. “Para cada edição há um número de vagas determinado para todos os cursos”, diz o diretor. As provas do vestibular especial ocorrerão na próxima terça-feira, dia 11, a partir das 19 horas, no campus. Serão exigidos conhecimentos apenas de redação e de português. Coral do Instituto Pró-Criança fez apresentação na abertura do ano legislativo de Parobé

permitiu que a população presente ao encontro pu-

desse acompanhar a apresentação dos projetos de lei

e requerimentos. Dos projetos apresentado, apenas o que tratava de um repasse de R$ 24.300,00 pela Prefeitura ao Instituto Pró-Criança e Adolescente (IPCA) foi votado. O recurso financeiro será utilizado para pagamento de parte da folha salarial dos funcionários do Instituto. Os demais projetos foram encaminhados às comissões competentes.

Jornal Zinho Os pais Alberto Coronel e Elena Maria Schoenardie Coronel parabenizam com muito amor e carinho o filhão Guilherme Schoenardie Coronel, que completou seus 3 anos no dia 25 de janeiro de 2014.

2171  
2171  
Advertisement