Page 1

PANORAMA Saiba como participar em www.jornalpanorama.com.br

óculos de sol | relógios semi-joias | prata | perfumes

Rafaela Mariane Pretto, 14 anos, de Riozinho, estudante, é a eleita da semana na promoção Garota Panorama de Verão.

Parobé 3523.1118 Taquara

3542.1826

moda feminina, masculina e acessórios

Taquara 3541.2502

Parabéns, Rafaela! Você ganhou um vale-compras de R$ 150,00 na Regra Básica. Compareça à sede do Jornal para receber seu prêmio.

Salão de

Beleza

Taquara 3541.2030

Taquara 3541.4134

Premiação final: R$ 1.500,00 para a primeira colocada; R$ 600,00 para a segunda; e R$ 400,00 para a terceira. Valores em vale-compras/serviços nos parceiros patrocinadores. E mais um calçado da coleção inverno Via Marte para cada uma das 14 finalistas.

/viamarte

/viamarte

V

I

D

A

beleza e saúde

Taquara 3541.2453 TAQUARA, 10 DE JANEIRO DE 2014 | Nº 2167| 38 ANOS | 16 PÁGINAS | R$ 1,50 Cristiano Vargas

Vivendo à margem da angústia Panorama abre, nesta edição, série de matérias enfocando o Rio Paranhana, os problemas e as intervenções realizadas no leito. Na primeira reportagem, o drama de quem mora no bairro Santa Maria, em Taquara, local em que a erosão está ameaçando várias casas.

Divulgação/Polícia Civil

Página Central

Virada de ano trágica no Paranhana Homicídios, afogamento e acidentes de trânsito provocaram 10 mortes no final de 2013 e nos primeiros dias do novo ano. Na foto ao lado, o que sobrou da motocicleta de um taquarense que morreu em acidente na ERS-239. Ocorrência ainda deixou outras cinco pessoas feridas, entre eles o filho da vítima, de 16 anos, que segue internado.

Páginas 11 e 12

Revista

PANORAMA Nº 2 A companhia ideal no seu lazer!


2

EXPEDIENTE

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

ABERTURA O Rio Paranhana, talvez o nosso bem natural mais antigo, nos agrada e assusta. São por suas águas que moradores da região e turistas costumam se divertir nos dias quentes. Mas, também são pelas águas do rio que chegam as enchentes, alagamentos de casas ribeirinhas, assoreamento, erosão de barrancas. E esses problemas são antigos. Tanto que, anualmente, tornam-se pauta dos veículos de comunicação. Mas, se as adversidades são tão conhecidas, por que iniciativas dificilmente são tomadas? Como explica uma série de matérias que Panorama começa a publicar a partir desta edição, uma das barreiras é a burocracia. Para qualquer ação no leito, necessita-se de autorização da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM), órgão responsável por licenciamentos ambientais em nível estadual. Mas a questão não se resume a isso. Melhorias no rio são

PANORAMA Fundado em 27/9/1975 Impressão: Gazeta do Sul (051) 3715.7800 / 3715.7887

Editado pela EMPRESA JORNALÍSTICA GAÚCHA LTDA. Inscrição Estadual: 141/0071666 - CNJP: 88.279385/0001-19 Rua Rio Branco, 1006 - Fone: 3542.2288 - Taquara/RS - CEP: 95.600-000

www.jornalpanorama.com.br

Jornalismo: editoria@jornalpanorama.com.br Publicidade: publicidade@jornalpanorama.com.br Direção: direcao@jornalpanorama.com.br Diretor: Olavo Carlos Wagner Editores: Inge Dienstmann / Vinicius Linden

Circulação às sextas-feiras em Taquara, Parobé, Igrejinha, Três Coroas, Rolante e Riozinho (Vale do Paranhana). Fechamento comercial quartas ao meio-dia.

O rio precisa de nossa atenção sempre usadas como promessas de campanha por políticos que, ao constatarem as dificuldades em fazer a máquina pública funcionar, protelam soluções para uma situação que clama urgência: as inundações. Durante o último mês de 2013, a reportagem do Jornal Panorama esteve em contato com representantes de Defesas Civis, Secretarias do Meio Ambiente, moradores ribeirinhos do Paranhana. Deste trabalho, apresentado a partir de hoje, busca-se mostrar o que de eficiente e eficaz tem sido feito e o que está pendente de solução e necessita de um amparo urgente. Algumas intervenções no leito do Paranhana já foram realizadas e modificaram

a realidade de muitas famílias, que agora passam a ter uma nova fase de relação com o rio depois de viverem anos preocupadas com o resultado de dias de chuvas intensas. Mas, é inegável que muito ainda precisa ser feito, principalmente no que diz respeito a Parobé e Taquara. É inadmissível que as duas cidades não dialoguem para uma tomada de decisão, assim como também não é mais aceitável assistir ano após ano famílias perdendo o pouco que possuem. Realocação de moradias, desassoreamento, retificação no leito do rio, replantio da mata ciliar, rigor na liberação de terrenos ribeirinhos e, principalmente, fiscalização. São tarefas a serem cumpridas para solucionar os problemas e garantir que eles não tornem a se instalar. Boa parte das medidas é conhecida, agora é preciso que os governos garantam que elas sejam executadas.

Marcio Renck

ASFALTO A SANTA CRISTINA

O prefeito de Parobé, Cláudio Silva, trabalha com a meta de construir, ainda no seu mandato, a pavimentação asfáltica até o distrito de Santa Cristina do Pinhal. O assunto foi abordado numa entrevista concedida no último dia 2 ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara. Na ocasião, Silva disse que a obra, porém, ainda não tem prazo para sair do papel, visto que aguarda a busca de verba junto ao governo federal. Como a União prioriza a destinação de recursos para áreas com maior concentração habitacional, a ideia é construir um lote de casas populares no local, a fim de propiciar o recurso para o asfaltamento. O investimento em habitação, segundo Cláudio Silva, integra, também, outra prioridade do governo, de construir mil casas populares até o final do mandato. Pelo menos um lote deverá ter obras autorizadas neste ano. O prefeito ainda quer iniciar, em 2014, a construção do distrito industrial parobeense, destacado por Silva como outra promessa feita na campanha.

CIGANOS NO PRAINHA

Repetindo o fato ocorrido em outros anos, novamente ciganos estão acampados (foto) no Balneário João Martins Nunes (Prainha), em Taquara, gerando insatisfação nos residentes do local. Segundo informações prestadas por alguns moradores, os ciganos provocam desconforto aos visitantes pelo acúmulo de lixo jogado de qualquer forma, provocando mau cheiro e proliferação de mosquitos. Com a aproximação da realização do tradicional Campeonato Praiano, está criado um impasse, uma vez que o local precisará passar por melhorias, o que não ocorrerá com a permanência dos ciganos.

AVALIAÇÃO DO DIRÃO

No último dia 23, em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, o prefeito de Rolante, Ademir Gonçalves (Dirão), traçou uma avaliação sobre o seu primeiro ano de mandato, destacando que o foco, até então, esteve nos investimentos em saúde e educação. Para 2014, o prefeito citou a meta de zerar o déficit de vagas na educação infantil e aumentar o turno escolar para crianças entre seis e 11 anos. Além disso, Dirão quer construir três novas escolas até o final do seu mandato. Para o prefeito, educação é o setor mais importante do seu governo.

Membro da

ACORDO POLÍTICO

Na entrevista que concedeu à Rádio Taquara, o prefeito de Parobé, Cláudio Silva, também comentou a polêmica eleição da mesa diretora do Legislativo para 2014. De última hora, houve surpresa com a montagem de duas chapas. Acabou prevalecendo, porém, o acordo anteriormente firmado, com a eleição de Diego Picucha, do PDT, para a presidência. Silva disse que o acordo político firmado anteriormente pelos partidos parobeenses previa o PMDB na presidência, no primeiro ano, o que foi cumprido, com Lindemar Hartz. No segundo ano, a vaga ficaria com o PDT, o que também acabou cumprido, apesar da dissonância de última hora. Já no ano que vem, o PPS deverá ter a presidência da Câmara, enquanto no último ano do mandato a vaga ficará com o PT. O prefeito evitou polemizar sobre o assunto, desejando sucesso à administração de Picucha e pregando o trabalho em harmonia do Executivo com o Legislativo.

RODEIO FOI ACERTO

Bastante criticado no ano passado, o apoio da Prefeitura de Parobé à realização de um rodeio, no final do ano, foi avaliado como um dos acertos de 2013 pelo prefeito Cláudio Silva, que concedeu entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara. Segundo ele, o incentivo foi para a realização de um evento que teve apenas 14 etapas no Estado, tendo Parobé sido escolhida para sediar uma delas. Além disso, Silva destacou que a Copa Gaúcha de Montarias, realizada na Vila Olímpica, ainda conseguiu ter um resultado positivo, pois atraiu as famílias. “Em geral, a comunidade agradeceu muito pelo evento, principalmente quem esteve participando”, destacou o prefeito. Ao todo, a Prefeitura contribuiu com R$ 40 mil para a realização do rodeio.

COMBATE AO BORRACHUDO

A Prefeitura de Riozinho informou que está investindo cerca de R$ 30 mil por ano no combate ao mosquito borrachudo, com a compra do produto BTI, um larvicida biológico que mata somente as larvas e quebra o ciclo de vida do mosquito. O trabalho de aplicação do produto iniciou na última quinzena de dezembro. No final do ano, uma reunião entre a municipalidade e os produtores definiu que os agricultores irão auxiliar na aplicação do larvicida, auxiliando a administração nessa tarefa. Durante o processo, o inseticida é diluído em água na proporção adequada e espalhado pelo riacho ou córrego. Em segundos, forma-se uma espuma. Segundo estudos da Embrapa, o inseticida não faz mal à saúde humana, de peixes e de outros animais. O órgão já catalogou 170 espécies desse mosquito, que podem transmitir uma doença chamada oncocercose, provocando caroços na pele – efeito mais comum da ação do borrachudo.

INVESTIMENTOS EM TRÊS COROAS

O prefeito Rogério Grade anunciou que, no final de dezembro, foi obtida a liberação de aproximadamente R$ 1 milhão para a primeira etapa de pavimentação asfáltica da Estrada Geral de Águas Brancas, que dá acesso ao Templo Budista. O recurso foi obtido no Ministério do Turismo, com confirmação no dia 30 de dezembro, através de articulação do deputado federal Eliseu Padilha e apoio do vice-presidente da República, Michel Temer. Além disso, o deputado também confirmou a liberação de R$ 341.250,00, via emenda parlamentar, para a compra de uma motoniveladora.

FEIRA DA UVA

A Prefeitura de Igrejinha confirmou a realização da Feira da Uva. O evento acontecerá a partir deste sábado, na Rua Coberta. A promoção se repetirá sempre as terças e quintas-feiras, das 12 às 19 horas, e aos sábados, das 7 horas ao meio-dia.

59

Contribua com seu artigo. Envie para editoria@jornalpanorama.com.br O texto deve conter no máximo 1500 caracteres

A

A EGR e os Pedágios

estrada é, assim como o porto e a ferrovia, instrumento de desenvolvimento de uma sociedade. Para que cumpra essa função com eficiência e segurança, precisa estar sempre bem conservada. Para isso, é necessária a arrecadação de recursos suficientes para tanto, aplicando-os com transparência e economicidade. A forma mais justa e transparente de arrecadar verbas para essa conservação é o pedágio. É justa, pois arrecada diretamente daquele que a usa e a desgasta, proporcionalmente ao uso. Quem mais usa, mais paga, porque mais a desgasta. E é transparente, pois a medição do fluxo anual, e o montante auditado do investimento anual para sua manutenção, geram uma estimativa simples e precisa do que é necessário arrecadar, o que resulta no preço justo e transparente da tarifa do pedágio. Mas a forma de instituir um trecho a ser pedagiado pode ser benéfica, popular, transparente, justa e econômica. Ou pode ser mera forma de transferir responsabilidade estatal para a iniciativa privada, mediante possibilidade de pomposa lucratividade para seus sócios. O RS errou feio com Britto (PMDB), quando admitiu pedagiar as estradas. Não no conteúdo, mas na forma. Transformamos nossas estradas numa mina de ouro para as concessionárias, com pedágios caríssimos e serviços aquém das necessidades da população. Mas muito lucro para alguns amigos do poder. O governo Tarso (PT) se elegeu com a promessa de mudar essa realidade. E está cumprindo. Com a criação da Empresa Gaúcha de Rodovias, a EGR, a mais justa e eficiente forma de arrecadar os recursos para a manutenção das estradas estará sincronizada com a melhor forma de gerenciar e aplicar esses recursos. Agora temos uma concessionária pública (de propriedade do povo gaúcho), gerenciada pelo governo que este povo eleger, com a fiscalização do Legislativo eleito também pela população, com assessoria técnica competente do Tribunal de Contas e da Controladoria Geral do Estado. Com concurso público obrigatório para compor seus quadros. E temos um sistema de conselhos populares, os Corepes, que debaterão e indicarão a política de operação de cada pólo rodoviário concedido e administrado pela EGR. Enfim, a população no comando dos pedágios. Mas a EGR é uma construção popular, que necessita que a população escolha com consciência o gestor estadual, e principalmente que os cidadãos e cidadãs exerçam seu direito/dever de fiscalização, acompanhando os debates nos Corepes e as políticas públicas para o setor. E exigindo, como se deve exigir de todo serviço público, qualidade e economicidade na manutenção de nossas estradas. Sérgio Amorim Contador e especialista em gestão pública e servidor público federal, de Taquara


imóveis CRECI 20.749-j

TAQUARA: 3541.0400 PAROBÉ: 3543.6588 aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

AQUI

TAQUARA

Imobiliária Conveniada

Divulgação/Mateus Portal

Grupo Galera do Bem organizou ação pelo seu quinto ano consecutivo

Festa de Natal reuniu famílias no Presídio Estadual de Taquara “Nesta casa ressocializar, reintegrar e respeitar não são somente meras palavras”. Em uma das paredes do pátio do regime fechado do Presídio Estadual de Taquara, esta inscrição recebia quem chegava para comemorar com os detentos e suas famílias a Festa de Natal. Promovida no último dia 22, pelo quinto ano consecutivo, o evento contou com uma intensa programação pela manhã e tarde, organizada pelo grupo Galera do Bem. Cerca de 150 crianças participaram da ação responsável por distribuir mais de 300 brinquedos. A festa iniciou pela manhã com a programação direcionada somente aos detentos, tendo a apresentação da cantora Mariane Oliveira. Um dos detentos também se dispôs a

participar e tocou duas canções sendo aplaudido por todos. Felix Hoffmann, que veio da Alemanha para fazer intercâmbio como educador no Lar Padilha, também prestigiou o evento, que teve ainda apresentação do Grupo Aprendizes de Dança Hip-hop. O encerramento da manhã foi feito pelo palestrante Laerte Santos, que, com palavras de aconchego, conforto e compaixão, fez muitas pessoas relembrarem seus atos e pensarem em suas ações. A reunião das famílias ocorreu na parte da tarde. Na entrada, cada criança ganhou um ticket para trocar o seu presente com o Papai Noel. As crianças brincaram na cama elástica e na piscina de bolinhas, cedidos pelo Serviço Social do Comércio (Sesc).

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

3

Começa a construção de nova academia ao ar livre do parque Desde o último dia 18 de dezembro, está sendo construída uma nova academia esportiva no Parque do Trabalhador, através de verba federal do Ministério da Saúde. A academia, que foi cedida pela Secretaria de Saúde, será similar a já existente no Parque. A nova estrutura contará com um espaço de 10 metros quadrados, além de possuir uma área coberta de oito metros. De acordo com o diretor de Esportes Alexandre Lencione, o parque está sempre passando por melhorias, com o objetivo de dar comodidade aos seus usuários, e a nova academia, que deverá estar pronta em três meses, vem ao encontro desta ne-

Marcio Renck

ALICE

Nova academia deve ficar pronta em até três meses e contará com área coberta

cessidade. Segundo Alexandre, o novo espaço contará com um depósito para mate-

riais esportivos e uma caixa de areia para recreação infantil.

Prefeitura está organizando o seu arquivo

A Prefeitura de Taquara informou que está em processo de organização do Arquivo Municipal. O trabalho está sendo feito pelas servidoras Ana Paula Andolhe e Eliana Patrício Tomazi. De acordo com o secretário de Administração, João Luiz Ferreira, os documentos estavam em estado precário e em péssimas condições de armazenamento, dentro de sacos de lixos. “A administração estava com muitas dificuldades em localizar documentos dos funcionários, principalmente tratando-se da aposentadoria. O que preci-

sava ser ágil levava meses até que um documento fosse encontrado”, comentou Ferreira. Toda a documentação estava armazenada no prédio cedido à empresa Ambiente Verde, às margens da ERS-115. Agora, o material foi alocado junto ao Museu Municipal Adelmo Trott, na ERS-020, para que a organização fosse facilitada. Todos os documentos estão sendo limpos e relacionados por ano e serão transferidos ao prédio da antiga empresa Mineoro, na rua Rio Branco. No local ficará sediado o Arquivo Municipal.


4

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

NOTÍCIA DO MP - O Ministério Público orienta os cidadãos da Comarca de Taquara que, ao buscarem intervenção da Instituição em defesa de direitos coletivos, protocolem junto à Secretaria da Promotoria de Justiça de Taquara abaixo-assinado contendo, junto à exposição do problema e das providências pretendidas, no mínimo nomes completos, CPF e endereços dos subscritores, de forma a viabilizar a análise da caracterização do interesse envolvido.

V

CONVITE PARA MISSA DE 1 ANO DE FALECIMENTO Esposo Délcio O. Schoenardie, filhos Lara, Mara, Roberto, Sara, Nara e Liara, genros, netos, demais parentes e amigos de sua querida e sempre lembrada

IVONE BECKER SCHOENARDIE

falecida no dia 7/1/2013, na idade de 60 anos, convidam para missa de 1 ano, que será realizada no dia 12 de janeiro, às 9 horas, na Igreja Evangélica do centro de Taquara. “Quando nasceste, Deus disse: Eu te coloquei no mundo dos homens para cumprir uma missão. Vai e cumpra com muito amor, carinho e dedicação. Mas, quando a tiveres cumprido, eu a chamarei para outro reino, que é o meu reino, o Reino dos Céus.”

Saudades eternas dos familiares.

TAQUARA

CFC contará com simuladores na preparação de motoristas Regra que começou a valer no começo deste ano no processo de formação de motoristas de automóveis será cumprida pelo Centro de Formação de Condutores (CFC) de Taquara. O estabelecimento confirmou, nesta semana, que comprou dois simuladores de direção para carros, que deverão estar em funcionamento até o mês de fevereiro. A exigência passou a valer por regras do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) desde o dia 1º de janeiro. Em entrevista ao Jornal Panorama, o diretor do CFC, Henrique Hermann, disse

que foram comprados dois equipamentos para Taquara, e mais dois para Parobé, uma vez que a empresa opera nos dois municípios. O representante do órgão disse que as aulas no simulador são obrigatórias para todos os candidatos cujo processo para carteira de motorista teve início em janeiro deste ano. Mesmo assim, ele disse que o prazo de entrega, em fevereiro, não comprometerá a habilitação destes condutores, uma vez que ainda precisam passar pelas aulas teóricas antes de serem submetidos aos novos equipamentos.

Segundo Henrique, serão exigidas cinco aulas nos simuladores, que valem, por enquanto, somente para a habilitação destinada aos carros. Nos demais veículos, num primeiro momento, não há simuladores. O novo serviço terá custo de R$ 235,00, que será agregado ao valor da carteira de habilitação (CNH). Henrique acrescentou que não haverá nenhuma alteração no restante do processo de obtenção da CNH, uma vez que continuarão a serem exigidas 20 aulas práticas, além dos demais testes anteriormente previstos.

Para o diretor do CFC, a inserção das aulas com simuladores é uma iniciativa válida, pois ajudará a agregar conceitos e valores nos candidatos à habilitação, preparando melhor os motoristas para o cenário de um trânsito conturbado. O diretor do CFC explicou que o simulador faz testes com todas as situações que o motorista poderá enfrentar, desde os dias com temporais, até rodovias tumultuadas. “Sempre são iniciativas que ajudam no conhecimento dos problemas e dificuldades do trânsito hoje em dia”, comentou Henrique.

Corsan diz não haver risco de racionamento na cidade

Problemas relacionados à distribuição de água na Região Metropolitana do Estado, no final de ano, acenderam o alerta para possíveis dificuldades de abastecimento em municípios como Taquara. Contatado nesta semana pelo Jornal Panorama, o gaerente da unidade taquarense da Companhia

Riograndense de Saneamento (Corsan), Aurélio Pereira, informou que a situação está tranquila em Taquara, sem qualquer risco de racionamento no momento. Medição desta semana apontava o nível do Rio dos Sinos com 69 centímetros, quando o ponto crítico seria 35 centímetros. Nos dias

VAGAS NO IBGE - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prorrogou até o próximo dia 20 as inscrições para vagas temporárias em todo o Brasil. Para Taquara, estão sendo oferecidas dez vagas para agente de pesquisa e mapeamento. As inscrições para o processo seletivo estão abertas no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.

com mais calor, Aurélio reconheceu que aconteceram alguns problemas pontuais, mas ocasionados por falhas no motor de bombeamento, já corrigidas. O gerente da Corsan ressaltou que, mesmo sem um indicativo de racionamento, a comunidade deve colaborar com o uso racional da água.

org.br). No mesmo endereço, também está disponível o edital completo. Haverá apenas prova objetiva, com aplicação prevista para o dia 23 de março. A retribuição mensal do cargo é de R$ 1.020,00, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. A escolaridade mínima exigida é o ensino médio concluído.


PANORAMA REDAÇÃO

TAQUARA

Todos os sábados, às 14h, na Rádio Taquara

Na última sessão realizada pela Câmara de Vereadores em 2013, na noite do dia 20 de dezembro, o vereador Arleu Machado de Oliveira (PP) assumiu a presidência do Legislativo para este ano. No mesmo momento, também foi empossado o vereador Luis Carlos Balbino (PTB) como vice-presidente, enquanto Régis Souza (PMDB) assumiu como novo secretário. Após a reunião, a Câmara entrou em recesso, devendo retomar as sessões semanais a partir de fevereiro. O novo presidente ressaltou que seguirá a mesma cartilha de seu predecessor. Arleu disse que pretende dar continuidade ao trabalho realizado pelo vereador Nelson Martins (PMDB). O presidente ressaltou que a Câmara de Vereadores pode fazer economia para colaborar com o Executivo, sem comprometer, porém, os trabalhos dos servidores do Legislativo. Arleu

Marcio Renck

Última sessão de 2013 empossou nova mesa diretora do Legislativo

Empossados acompanhados do prefeito Titinho: Régis (secretário), Arleu (presidente) e Balbino (vice-presidente)

destacou que pretende pedir um orçamento para avaliar a possibilidade de retirada dos pilares do plenário. Um dos objetivos, segundo o presidente, é para que o espaço possa ser usado pela comunidade em apresentações artísticas e culturais. Arleu destacou que o trabalho da nova mesa diretora, juntamente com os demais vereadores, será o de conti-

nuar contribuindo com o município através de economias do Legislativo. Ele observou que, com as economias de verbas feitas no ano passado, foi possível devolver ao Executivo cerca de R$ 800 mil, colaborando com diversas entidades e, principalmente, na área da saúde. Sobre as diárias dos funcionários da Câmara, o presidente lembrou que são váli-

das, desde que se justifiquem. “Estamos vivendo um momento de transição com esta parceria feita com o Executivo, que deve perdurar pelos próximos anos, revertendo em melhorias para a comunidade”, enfatizou. O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho, presente na solenidade, destacou que, na história recente de Taquara, não recorda de uma Câmara de Vereadores que tenha atuado tão em sintonia com o Executivo. “Pelo menos nos últimos 20 anos não me lembro de ter visto algo nesse sentido. Em outros anos, ocorria uma farra de diárias e um inchaço no quadro de funcionários no Legislativo. Os vereadores atuais entenderam que estes procedimentos não poderiam perdurar e optaram por economizar e colaborar com o Executivo. É importante manter esta parceria, pois a população está sendo beneficiada”, reforçou.

Nelson Martins avaliou resultados obtidos em sua gestão Para o vereador Nelson Martins, que está cumprindo seu sétimo mandato na Câmara de Vereadores, sua gestão na presidência em 2013 pode ser avaliada como boa. O que comprometeu alguns resultados, segundo Nelson, foram as dívidas assumidas no início de 2013, contraídas ainda na legislatura passada. Nelson destacou que a situação era esperada por ele quando assumiu a presidência. “Tivemos que responder por atitudes da presidência passada e, devido a isso, não conseguimos realizar tudo o que havia sido planejado, pois tivemos que pagar mais de R$ 100 mil em dívidas. Apesar deste imprevisto, obtivemos um bom resultado com as economias em diárias, mesmo com o aumento para 15 vereadores”, avaliou. Com o número maior de vereadores, Nelson observou que é natural o aumento de discussões. O vereador disse já saber o que lhe esperava, por ter sido presidente em outra legislatura, quando, na ocasião, também realizou economias para com-

prar o terreno em que está localizada atualmente a Câmara de Vereadores. “É salutar haver debates em qualquer democracia. Cada vereador tem sua posição. Sendo presidente em outra oportunidade, eu sabia que não seria muito fácil no início. Mesmo com mais partidos integrando o Legislativo, conseguimos encontrar a harmonia para economizar um total de R$ 1,3 milhão. O caminho a ser seguido pelos próximos presidentes do Legislativo deve ser esse mesmo”, pontuou.

Alagamentos foram registrados no dia 31 Vinicius Linden

O último dia do ano teve tarde marcada por alagamentos em Taquara. A chuva forte que caiu por volta de 14 horas provocou problemas em ruas como a Júlio de Castilhos (foto), Marechal Floriano, Guilherme Lahm, Rio Branco, entre outras da área central. O problema só não foi maior, no centro de Taquara, em função de que muitas lojas estavam fechadas por conta do feriadão, e o movimento era fraco na área central. Mesmo assim, carros e motos ficaram estacionados em meio ao aguaceiro. Novamente, a reportagem do Panorama flagrou o problema do lixo jogado de qualquer maneira, que dificultou o escoamento das águas, entupindo bocas de lobo.

RECURSOS - A Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano (Metroplan) informou a liberação de recursos para a Prefeitura de Taquara na ordem de R$ 239.365,11. O dinheiro foi depositado no último dia 20. Segundo o órgão, a verba é para o asfaltamento das ruas Picada Gravatá, Rockfeller, Federação e 13 de Maio. Ao todo, o convênio é de R$ 690 mil.

FABIANO TACACHI MATTE Advogado OAB/RS 67.432

Direito Previdenciário:

• Aposentadorias urbana e rural, • Pensão, • Auxílio-reclusão, • Desaposentação, • Tempo especial, • Benefício assistencial para o idoso e o deficiente, • Revisão de benefícios.

Direitos do Consumidor / Direito Administrativo Rua Guilherme Lahm, 1230/02 - Centro - Taquara/RS CEP: 95600-000 - Fone: 3542.4464

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

5

Daer estima mais 60 dias para terminar estudo de ponte Há quatro meses, motoristas que trafegam pela ERS020, em Taquara, são surpreendidos por um semáforo em meio a uma ponte. O problema verificado na estrutura sobre o Rio dos Sinos começou com a enchente do final de agosto do ano passado e entra em 2014 sem qualquer previsão de solução. Por enquanto, estão começando apenas estudos técnicos para verificar quais serão as medidas necessárias para a ponte. A problemática do semáforo instalado junto à estrutura vem sendo alvo de uma série de reclamações de usuários encaminhadas ao Panorama. Também na Câmara de Vereadores, os parlamentares taquarenses reclamaram bastante da situação nas últimas sessões ordinárias de 2013, assim como o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho, que chegou a pedir audiências com o Ministério Público a fim de encaminhar uma solução para o assunto. A Promotoria abriu um inquérito civil que apura o caso e fez várias reuniões com representantes do governo do Estado, a quem cabe à gestão da rodovia. Consultado nesta semana por Panorama, o Departamento Autônomo de Estradas

de Rodagem (Daer) enviou nota oficial à reportagem. No documento, o Daer lembra a última resposta dada ao Panorama sobre o assunto, em 17 de dezembro do ano passado. Na ocasião, o órgão informou que os estudos técnicos ainda não tinham sido realizados, pois o contrato com a empresa EPT Engenharia e Pesquisas Tecnológicas não estava assinado. Nesta semana, o Daer explicou que a empresa retornou na segunda-feira de férias coletivas, data em que a documentação foi assinada. Agora, segundo o Daer, o contrato será publicado no Diário Oficial do Estado, via Corag, e depois o processo retornará ao Daer, para que seja dada a ordem de início do levantamento. “O trabalho consiste em um estudo e laudo técnico sobre a situação da ponte e deve durar em torno de 60 dias. Só depois dele será possível definir que tipo de obra será realizada no local. Também não é possível informar a data de início nem a duração das obras sem saber o que será necessário fazer no local”, acrescentou a assessoria do Daer, finalizando que só após as obras estiverem prontas o trânsito voltará ao normal na ponte.


6

Comunidade Evangélica IECLB Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

“A sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor e ficou ouvindo o que ele ensinava” (Lucas 10.39).

A

migos do Panorama! Observe as imagens da TV. Elas mudam rapidamente. Pessoas se agitam do mesmo jeito. Há pressa e falta de tempo para as muitas ocupações. Sentar-se para ouvir os ensinamentos de Jesus, como Maria, parece coisa de outro tempo. Só que a gente arranja tempo para tudo que se considera importante. Levar ao médico alguém que passa mal, assistir um programa que nos interessa... Marta achou importante ocupar-se com o trabalho da casa, quando Jesus estava de visita. Queria servir seu amigo. Sua irmã Maria julgou mais importante sentarse e ouvir os ensinamentos de Jesus. Quem fez a escolha certa? Falta tempo e tranquilidade para fazermos a escolha certa em nosso tempo? Jesus promete abençoar o sentar-se e o ouvir dos seus ensinamentos. Ele, no entanto, também abençoará o nosso trabalho. Isto é, devemos ter tempo para ambas as coisas. Pelo trabalho garantimos o sustento da nossa família. E, pelo ouvir da palavra de Jesus, Deus garante o seu amor por nós. Pelo ouvir da palavra fortalecemos a confiança no Salvador Jesus. Pelo ouvir de sua Palavra, Deus aponta a direção nas encruzilhadas da vida. Que em 2014 possamos trabalhar muito. E, ao mesmo tempo, ouvir muito a palavra de Deus para nos orientar. Amém. P. Valmor Haag PROGRAMAÇÕES: Sábado, 11 de janeiro: Culto no Lar OASE, às 15 horas. Domingo, 12 de janeiro: Culto na Igreja da Paz (centro), às 9 horas.

O ponto G do seu rádio

prazer de ouvir

www.fm91.com.br

DOE SANGUE

GERAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

A vida de alguém pode depender deste gesto.

EGR assume dois pedágios e promete investir 80% da arrecadação nas rodovias

TRÊS COROAS / SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA - Com o fim do Programa Estadual de Concessões de Rodovias (PECR), desde terça-feira duas praças de pedágio que têm ligação com o Vale do Paranhana estão sob nova administração. A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) assumiu o comando da praça da ERS-115, em Três Coroas, e do posto da ERS-474, em Santo Antônio da Patrulha. Este último ponto fica na rodovia que serve como principal ligação da região com o litoral norte, portanto, muito movimentado neste período de verão. Os preços caíram em relação ao que vinha sendo praticado, mas também foram dispensados alguns serviços das rodovias. Ainda antes desta semana, os motoristas puderam aproveitar sete dias de cancelas levantadas nas duas rodovias. A situação aconteceu porque as concessões às empresas privadas terminaram no dia 30 de dezembro, mas a EGR só assumiu as rodovias no dia 7. O primeiro dia de cobrança, segundo a nova estatal do governo gaúcho, foi tranquilo nas duas praças da região, com apenas alguns percalços relacionados ao sistema de cartões. Consultada pelo Jornal Panorama, a EGR enviou nota oficial à

reportagem explicando que o atendimento de guinchos e ambulâncias está funcionando nas rodovias que administra, mas com sistema distinto do que vinha sendo mantido pela iniciativa privada. Quem necessitar de guincho, segundo a estatal, deve ligar para o número 198, da Polícia Rodoviária, que será socorrido até o local mais próximo em que possa obter socorro mecânico particular. Em caso de acidentes, a EGR informou que o resgate das vítimas ficará a cargo do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). De acordo com material de divulgação da companhia, o acesso ao serviço de guincho vale para os casos de pane mecânica, quebra de veículo e acidentes. Como a estatal não tem caminhões próprios, assinou um convênio com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e usará os guinchos credenciados a este órgão. Já no socorro aos acidentes, o Corpo de Bombeiros será responsável e a EGR se comprometeu a repassar viaturas para a corporação. Contudo, segundo a estatal, a compra dos veículos ainda está em licitação. Bases novas do Samu também estão sendo implementadas no Estado, mas ainda sem

Marcio Renck

Construção de passarela foi uma das primeiras obras iniciadas pela EGR no Rio Grande do Sul

data para início das atividades. Quanto às isenções, a EGR informou que, tanto para Santo Antônio da Patrulha como para Três Coroas, estão mantidos todos os cartões concedidos pela iniciativa privada até que seja feito um novo cadastramento. Este procedimento, porém, ainda não tem data para ocorrer e será feito em parceria com as prefeituras das duas cidades. Os veículos oficiais também são isentos do pagamento de tarifa de pedágio.

Em nota divulgada ainda no começo deste ano, a nova companhia do governo gaúcho informou que pretende investir 80% do arrecadado nas próprias rodovias. Os investimentos, porém, passarão por decisões das comunidades atendidas pelas rodovias, através de conselhos comunitários instituídos pela EGR. Uma das obras em andamento na região é a construção de uma passarela, na ERS-239, em Parobé, cujo término está previsto para 15 de fevereiro.

Tratamento de esgoto receberá investimentos de R$ 124 milhões TAQUARA / PAROBÉ – Dois municípios do Vale do Paranhana foram contemplados com recursos para ampliar o tratamento de esgoto. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) assinou, no último dia 26, convênio com o governo federal para o recebimento de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). No Estado, o montante a ser aplicado supera R$ 1 bilhão, mas, na região, os investimentos em Taquara e Parobé serão de R$ 124 milhões. O convênio foi assinado pelo governador Tarso Genro, em solenidade no Palácio Piratini. Os prefeitos de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, e de Parobé, Cláudio

Silva, participaram dos eventos, destacando a importância dos investimentos a serem realizados nas duas cidades. O presidente da Corsan, Tarcísio Zimmermann, ex-prefeito de Novo Hamburgo, também participou da solenidade. No mesmo dia pela manhã, Tarcísio concedeu entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara. Na ocasião, destacou que, do total contratado pela Corsan com o governo federal, cerca de R$ 825 milhões serão destinados às bacias dos rios dos Sinos e Gravataí, e praticamente todo o recurso será aplicado no tratamento de esgoto. Para Taquara, anunciou, o montante a ser investido ficará em R$ 82,3 milhões,

enquanto Parobé receberá R$ 42 milhões. Tarcísio reconheceu que os projetos já tinham sido apresentados pela Corsan ao governo federal. Na verdade, a proposta de aumentar o tratamento de esgoto em Taquara vem sendo discutida desde 2007. Agora, segundo o dirigente da Corsan, os contratos foram assinados, o que possibilita o encaminhamento das obras para o processo de licitação. Tarcísio Zimmermann disse à Rádio Taquara que sua meta é terminar a licitação dos investimentos até abril, com o início das obras, se possível, ainda no primeiro semestre deste ano. Quanto ao investimento em Taquara, explicou que será construída

uma estação de tratamento de esgoto, além de uma estrutura com redes coletoras, que envolverá, inclusive, o trabalho de abertura de ruas para a instalação de canos. Também haverá a construção de estações de bombeamento, no projeto conhecidas como “elevatórias”. “A maior parte do investimento, cerca de R$ 65 milhões, ficará apenas na construção de toda esta rede de canos”, explicou Tarcísio, que fez questão de dizer que as ruas abertas pela Corsan serão, posteriormente, fechadas pela própria companhia. A ideia, segundo ele, é que, depois de o sistema pronto, Taquara passe a tratar cerca de 80% do esgoto produzido na cidade.

No tocante à tarifa, o presidente da Corsan explicou que o valor cobrado pelo tratamento de esgoto é 70% do consumo de água. Ou seja: o consumidor que quiser simular o custo que terá a mais com o serviço de tratamento de esgoto pode pegar sua conta em casa e fazer o cálculo, usando como parâmetro o consumo atual de água. “A tarifa de esgoto não incide, porém, sobre o valor básico, cobrado de todos os clientes da companhia”, explicou Tarcísio. O dirigente ainda acrescentou que as obras não exigirão contrapartida das prefeituras da região, que ainda serão beneficiadas com arrecadação de impostos decorrentes dos investimentos.

Cidades da região se preparam para lançar o calendário do IPTU O início do ano sempre vem acompanhado do pagamento de alguns tributos. Este é o período em que as prefeituras começam a fazer a cobrança do Imposto sobre Propriedade Territorial Urbana (IPTU) de seus habitantes. Panorama contatou as administrações da região para saber o calendário de cobrança das guias de pagamentos. Por meio de sua assessoria, a Prefeitura de Igrejinha informou que o setor de cadastro imobiliário está trabalhando no geoprocessamento, que é a medição e a caracterização de terrenos. Essa

etapa está prevista para ser concluída até o dia 15 de janeiro. Até lá, não há previsão de lançamento das guias para pagamento do IPTU na cidade. A Prefeitura de Riozinho ainda não tem data definida para o calendário do IPTU. Em Taquara, o contribuinte que quiser pagar o imposto em cota única terá prazo até 10 de março. Quem estiver em dia, terá 15% de desconto, enquanto os que possuírem dívidas terão apenas 5%. O IPTU também poderá ser parcelado em até dez vezes, com parcela final para dezembro. A Pre-

CONCURSO DE PAROBÉ - Serão realizadas, neste domingo, as provas do concurso público da Prefeitura de Parobé, que tem organização da Fundatec Concursos. São oferecidas 516 vagas para 41 cargos da administração municipal, com destaque para a educação, que concentra a maior parte das oportunidades. Ao todo, 8.927 candidatos se inscreveram para o concurso, uma média de 17 por vaga. As provas serão realizadas em várias escolas de Parobé e no campus da Faccat. Os candidatos podem consultar o local e horário das provas no site www.fundatec.org.br.

feitura de Três Coroas informou que manteve o vencimento do imposto para junho. Já em Parobé, o vencimento da cota única também será em março, no dia 13, com 30% de desconto. As outras condições de pagamento são de três parcelas iguais, com desconto de 17,5%, seis parcelas, com 12,5% de desconto, e dez parcelas com abatimento de 7,5% do total. A Prefeitura de Rolante programou para 31 de março o vencimento do imposto na cidade, com 20% de desconto na parcela única.

NOVO PRESIDENTE - Em uma votação direta e nominal, os vereadores rolantenses elegeram, no último dia 20, a nova mesa diretora, que assumiu os trabalhos da Câmara desde 1º de janeiro. Renato José Wesz (PP) é o novo presidente do Legislativo, tendo Daniel Marcos Torres dos Reis (PDT) como vice. Ilário Von Muhlen (PSB) é o primeiro secretário. No segundo mandato como vereador, Renato defendeu, nesta semana, o trabalho em união com a Prefeitura de Rolante para atender às expectativas da comunidade.


ALICE imóveis CRECI 20.749-j

TAQUARA: 3541.0400 PAROBÉ: 3543.6588 aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

AQUI

PAROBÉ

Imobiliária Conveniada

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Tribunal suspende pagamentos da Prefeitura por uniformes escolares PAROBÉ – Ainda antes do final de 2013, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu uma decisão liminar suspendendo os pagamentos da Prefeitura à empresa fornecedora de uniformes escolares. Segundo o TCE, há evidências de sobrepreço na aquisição dos bens. Nesta semana, a Prefeitura se manifestou, por meio de sua assessoria jurídica, dizendo que acatou a decisão do TCE, mas alegando que a contratação foi legal. Segundo nota oficial divulgada pelo TCE, a medida cautelar decorre de análise numa inspeção especial instaurada na Prefeitura de Parobé. O Tribunal acrescentou que a medida tem como objetivo verificar eventuais irregularidades na aquisição dos produtos. “Os pagamentos ficarão suspensos até que o Tribunal analise o mérito das falhas apontadas”, acrescentou o TCE. Em entrevista ao Panorama, nesta semana, o procurador da Prefeitura de Parobé, Gilmar Mello, esclareceu a contratação da

empresa Nilcatex Têxtil Ltda, que tem sede em Blumenau (SC), para o fornecimento dos uniformes escolares. Segundo ele, a decisão liminar do TCE foi acatada tão logo informada à administração municipal, no dia 20 de dezembro. Na mesma data, o prefeito Cláudio Silva determinou à Secretaria da Fazenda que suspendesse os pagamentos à empresa, medida que ficará válida até uma decisão do TCE. A Prefeitura, segundo Gilmar, também encaminhará ao Tribunal de Contas uma manifestação, defendendo a legalidade da contratação. Segundo o advogado, a compra dos uniformes foi feita via adesão a um pregão presencial do ano de 2011 de Dourados, no Mato Grosso do Sul. “É um procedimento completamente legal, pois podemos fazer adesão a uma licitação de qualquer município do País”, explicou Mello. Segundo o procurador, todos os uniformes comprados foram entregues pela empresa à Prefeitura, com qualidade boa. O advogado

acrescentou que a adesão da Prefeitura parobeense à licitação de Dourados foi o mesmo procedimento adotado pelo Executivo de Canoas, recentemente, para a compra de uniformes escolares. Além disso, Mello explicou que a administração de Parobé fez pesquisa de preços, antes da contratação, constatando que os valores ofertados estariam dentro dos preços de mercado. Conforme um memorando da Secretaria da Fazenda de Parobé, a compra dos uniformes custou R$ 1.456.812,87, tendo sigo pagos à empresa R$ 256.812,87 ainda em agosto passado. O restante do contrato ainda não foi pago. De acordo com o documento, os valores referem-se à aquisição de 8.436 bermudas, 8.162 calças, 32.648 camisas manga curta, 8.162 jaquetas, 16.324 meias e 8.162 pares de tênis. O documento da Secretaria da Fazenda informa que o preço médio dos conjuntos distribuídos aos alunos da rede municipal de ensino foi de R$ 178.49.

Parque na Praça 1º de Maio gera incômodo a comerciantes e moradores

PAROBÉ – Um parque de diversões instalado na Praça 1º de Maio está incomodando moradores e comerciantes do Centro da cidade. Os brinquedos foram montados por conta da Feira da Melancia e ficarão à disposição do público no período do evento, que começa hoje e segue até a próxima semana. Comerciantes do centro reclamaram que a estrutura não dará segurança à população que estará circulando pelo local, já que o espaço, na opinião deles, não é adequado para o funcionamento deste tipo de entretenimento. “Teria que haver outro local, como é o caso do espaço destinado ao Festejando Parobé, para instalarem este parque. A praça é um dos poucos lugares bonitos na cidade. Com certeza, estes caminhões pesados irão danificar a calçada e a grama”, destaca a comerciante Márcia Leling. Outra reclamação é referente à poda e retirada de uma árvore para colocação dos brinquedos. Há dois deles dentro de uma quadra de areia utilizada pela população para jogar voleibol. Uma parte do cercado de arame desta quadra foi retirada para montar a estrutura. Tam-

Brinquedo invadiu espaço para esportes

bém há brinquedos sobre as calçadas, impossibilitando o tráfego de pedestres. Para a professora aposentada Mariza Elaine Brenner Mattes, o parque representa um perigo, uma vez que o terreno da praça foi terraplanado e poderia sofrer danos pelo peso dos brinquedos. “Sempre trabalhei em sala de aula que as pessoas devem cuidar do meio ambiente. Agora eles vêm, pisam na grama, cortam árvores. Estou indignada com esta situação”, desabafou. Procurada por Panorama, a diretora da Secretaria do Desenvolvimento Rural e coordenadora da Feira da Melancia, Adriana Pereira, disse que o evento será realizado na praça por uma questão estratégica, já que fica localizada na região central da cidade. “Como não sabemos se haverá o Festejando Parobé este ano, queríamos fazer com que a feira fosse maior. Pensou-se em trazer um parque de diversões com o intuito de atrair mais público para o evento e, consequentemente, aumentar o número de produtos vendidos”, ressaltou. Ela informou que o município projeta a criação de mais um parque de eventos.

Passeios interrompidos na praça central

Fotos: Cristiano Vargas

Equipamentos exigiram podas de árvores

CDL sorteará carro da campanha de final de ano

PAROBÉ – Será realizado na terça-feira, na Rua Coberta da Praça 1º de Maio, às 19 horas, o sorteio do Gol G4 zero quilômetro da campanha “Não Ande a Pé, Compre em Parobé”, realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade. Esta é a terceira edição da promoção e o veículo a ser sorteado está avaliado em cerca de R$ 25 mil.

Além do carro, outros 31 prêmios e R$ 10 mil em dinheiro serão sorteados. Segundo a CDL, 180 empresas participaram da campanha. Elas foram responsáveis por distribuir mais de 400 mil cupons para clientes que gastassem mais de R$ 50,00 em compras. Para a gerente executiva da CDL de Parobé, Ivonete Brandão, a campanha foi bem

Diego Picucha tomou posse à frente da Câmara

PAROBÉ - Foi realizada, no último dia 30, a solenidade de posse da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores. Na ocasião, o vereador Lindemar Hartz (PMDB) entregou o cargo de presidente para Diego Picucha (PDT), eleito ainda no mês passado. Entre as prioridades, Picucha anunciou que pretende instalar um elevador para acessibilidade mais fácil ao plenário, além de adesão completa ao sistema oferecido pelo Senado, conhecido como Portal Modelo. O projeto possibilita o acompanhamento, pela comunidade, de to-

aceita tanto por lojistas quanto por consumidores. Ela disse que a campanha fomentou as vendas de final de ano, e foi responsável por 17% do crescimento nas compras. “O consumidor, para participar da campanha e ganhar mais cupons, adquire mais coisas, o que vem a acrescentar nas vendas”, ressaltou. Divulgação/Eduarda Rocha

das as matérias em tramitação no Legislativo municipal. Além disso, Picucha pretende intensificar a qualificação dos funcionários da Câmara e oferecer melhores condições de trabalho. Também fazem parte da mesa diretora a vereadora Maria Eliane Nunes (PMDB), como vice-presidente, Moacir Jagucheski (PPS), na função de segundo vice-presidente, Antônio Carlos dos Santos (PDT), como pri- Altair, Maria Eliane, Picucha, meiro secretário, e Altair Machado (Pros), Antônio Carlos e Moacir integram a atuando como segundo secretário. mesa diretora

7

LEI 9.032/95 E TEMPUS REGIT ACTUM (ALTERAÇÃO DE COEFICIENTES): Modificou a redação do PBPS, alterando as alíquotas de alguns benefícios previdenciários, a saber: a) a pensão por morte deixou de ser 80% do valor da aposentadoria que o segurado recebia ou a que teria direito se estivesse aposentado na data do seu falecimento, mais tantas parcelas de 10% por dependente, até o máximo de 2, e passou a ser de 100% do salário-de-benefício e, com a redação da Lei 9.528/97, passou a ser 100% da aposentadoria que o segurado recebia ou daquela a que teria direito se estivesse aposentado por invalidez na data de seu falecimento (art. 75 do PBPS); b) o auxílio-doença deixou de ser 80% do salário-de-benefício, mais 1% deste, por grupo de contribuições, não podendo ultrapassar 92% do saláriode-benefício (ou 92% do salário-debenefício ou do salário-de-contribuição vigente no dia do acidente, o que for mais vantajoso, em caso o benefício acidentário) e passou a ser 91% do salário-de-benefício em todos os casos (art. 61 do PBPS); c) a aposentadoria especial deixou de ser 85% do salário-de-benefício, mais 1% deste, por grupo de 12 contribuições (até o máximo de 100%), e passou a ser de 100% o salário-debenefício (art. 57, 1º, do PBPS); d) auxílio-acidente deixou de ter coeficientes condicionados ao grau de sequela gerada pelo acidente (30, 40 ou 60%) e passou a ter um coeficiente de 50% do salário-de-benefício (art. 86, 1º). Assim, a tese revisional cinge-se em aplicar os novo coeficientes, mais benefícios ao segurado ou dependente, a partir da vigência da lei alteradora.

APLICABILIDADE: a tese revisional em tela ganhou força a um primeiro momento chegando a TNU a editar a Súmula 15: “O valor mensal da pensão por morte concedida antes da Lei 9.032, de 28.04.1995, deve ser revisado de acordo com a nova redação dada ao art. 75 da Lei 8.213, de 24 de julho de 1991” (cancelada em 26.03.2007).

MAYSA ADVOGADOS OAB/RS 21.393

Especialista em Direito Previdenciário, Direito Cível, Direito Tributário e Direito Trabalhista Taquara - Pinheiro Machado, 1148 - 3541.1022 Rolante - Av. Getúlio Vargas, 196 9288.2928 | 9847.4554 Novo Hamburgo: Rua Gal. Daltro Filho, 2054, Hamburgo Velho - 3524.2810 Canoas - Av. Victor Barreto, 2896, Centro - 9989.7632 Gravatai - Av. Antônio G. Corrêa, 115, Sl. 6, Gal. Parque dos Anjos - 9989.7632 www.maysaadvogados.com.br maysa@maysaadvogados.com.br


ALICE imóveis CRECI 20.749-j

TAQUARA: 3541.0400 PAROBÉ: 3543.6588 aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

AQUI

8

GERAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Imobiliária Conveniada

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Textos e fotos: Cristiano Vargas

negocios@jornalpanorama.com.br

SINDILOJAS VALE DO PARANHANA realizará, na próxima semana, dois encontros de divulgação das novas bases do acordo coletivo de trabalho. O primeiro deles acontecerá na quarta-feira, dia 15, às 19 horas, no Senac de Taquara, destinado aos contadores taquarenses. Segundo a presidente do Sindilojas, Mônica Heidrich, na ocasião serão divulgados aos contadores todas as bases do acordo judicial para o comércio de Taquara, num trabalho de revisão da convenção realizado durante todo o ano passado. Já na quinta-feira, dia 16, às 19 horas, acontecerá encontro na CDL de Igrejinha, com a divulgação do acordo para o comércio de Parobé, Igrejinha e Três Coroas. EMPRESÁRIO LUCIANO HERZOG é o candidato em chapa única para assumir a presidência do Sindicato do Comércio Varejista do Vale do Paranhana (Sindilojas-VP). A eleição acontecerá na próxima quarta-feira, com votação a partir das 8 horas, na própria sede do Sindicato, em Taquara. A entidade pede a participação de todos os associados no pleito. GOVERNO DO ESTADO prorrogou, por prazo indeterminado, a utilização da desoneração tributária através do crédito presumido para as vendas interestaduais dos calçadistas gaúchos. Por outro lado, segundo a Abicalçados, a desoneração que era de 17% no imposto, agora passará a ser de 8,5%. O decreto publicado retroage seus efeitos a 1º de dezembro, período em que cessava a prorrogação anterior. O presidente da Abicalçados, Heitor Klein, disse que o setor comemora a prorrogação, apesar da diminuição do percentual, destacando que o benefício terá vigência nos meses de dezembro de 2013 e janeiro de 2014, o que não estava previsto anteriormente. SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE CALÇADOS DE IGREJINHA comemorou os resultados de 2013 do programa Caminho Sustentável - A Opção Consciente. Segundo o presidente da entidade, Renato Klein (foto), no ano passado a iniciativa alcançou maturidade e conseguiu ampliar sua base de atuação. Uma das principais conquistas do ano foi a distribuição da cartilha “Meio Ambiente e Sustentabilidade”, com orientações sobre preservação e conscientização ambiental. Com tiragem de 15 mil exemplares, o material começou a ser distribuído em eventos do setor calçadista, entre os trabalhadores da indústria de calçados, entidades e sindicatos que representam o setor. O programa também aumentou para 75 seu número de associados. No final do ano, o Caminho Sustentável entregou ao grupo de mães da Comunidade Católica doação de 400 quilos de roupas, calçados e alimentos, arrecadados em campanhas. COUROMODA, maior feira do setor de calçados da América Latina, acontecerá na próxima semana no Anhembi, em São Paulo. Segundo os organizadores, o evento oferecerá ao varejo a oportunidade de conhecer, em apenas quatro dias, o lançamento de duas mil coleções. A maior parte das indústrias calçadistas do Vale do Paranhana estará presente na feira. ASSOCIAÇÃO DOS CONTABILISTAS DO VALE DO PARANHANA (ACON) sediará, no próximo dia 15, curso com o tema sobre rotinas do departamento de pessoal. O objetivo, segundo a entidade, é proporcionar aos participantes conhecimentos práticos e teóricos sobre legislação trabalhista, contribuindo para um melhor desempenho nas atividades diárias da empresa. O curso terá um dia inteiro de duração e inscrições podem ser feitas pelo telefone 33730019, com a empresa Lefisc, que ministrará a capacitação. Investimento de R$ 150,00 para assinantes Lefisc ou associados da Acon, subindo para R$ 200,00 no caso de demais interessados. ASSESSORIA IMOBILIÁRIA

Rua Júlio de Castilhos, 2689 - Sala B - Fone: 3541.5900 - Taquara www.projeta.imb.br

Pilares da ponte férrea estão escondidos atrás da vegetação

Sacolas plásticas se acumulam em galhos de árvores

Paranhana: o rio que corre em nossas vidas Apesar de nascer na Serra Gaúcha, o Rio Paranhana é, sem dúvida, um dos nossos maiores patrimônios naturais. E, em seus cerca de 50 quilômetros dentro do Vale do Paranhana, desde o Parque das Laranjeiras, em Três Coroas, até sua foz, quando deságua no Rio dos

Sinos em Taquara, percorre nossas cidades, marcando o caminho com belas paisagens e fenômenos assustadores, como a erosão de barrancos e alagamentos ocorridos em épocas de cheias. Durante um mês, o Jornal Panorama visitou os muni-

cípios da região e constatou os principais problemas encontrados pelas populações ribeirinhas e as medidas que estão sendo tomadas pelos poderes públicos municipais para driblar as diversidades que o rio tem apresentado. Foram realizadas entrevistas com secretários do Meio

Ambiente de Taquara, Parobé, Três Coroas e Igrejinha, geólogos e biólogos municipais, coordenadores de Defesa Civil, entidades, além de moradores. Além disso, a reportagem realizou uma descida pelo Paranhana, desde o Centro de Igrejinha até o balneário

João Martins Nunes (Prainha), em Taquara, através do apoio do grupo voluntário Amigos do Rio. Todo material levantado e apurado será apresentado em uma série de matérias especiais, a contar a partir desta edição, abordando as quatro cidades banhadas pelo rio.

Moradores do Santa Maria querem mais atenção da Prefeitura Com casas a menos de um metro da barranca do Rio Paranhana, moradores do bairro Santa Maria, próximo à ponte da estrada velha, em Taquara, estão angustiados com a situação em que suas famílias se encontram hoje. Eles reclamam que o atual prefeito, Tito Lívio Jaeger Filho, havia prometido, durante a campanha eleitoral passada, soluções imediatas para conter a erosão que vem acontecendo intensamente no local, mas que o compromisso foi esquecido durante o primeiro ano de mandato. Às margens do rio, 21 pessoas vivem desoladas pelo medo de perderem suas casas. Na primeira das quatro moradias, onde habitam cinco adultos, cinco crianças e uma menina com necessidades especiais, a margem do Paranhana está a um metro de distância. “Se continuar assim, futuramente ele vai passar pela minha casa”, comenta a proprietária de uma fruteira no local, Rosane Maria Gevehr, 57 anos. Ela vive há mais de duas décadas ali e pede que seja tomada uma medida imediata, antes que algo grave aconteça às vidas dos moradores. Todos garantem possuir escritura pública de compra e venda sobre seus imóveis. “Eles dizem que somos invasores, mas eu tenho escritura passada no tabelionato aqui de Taquara. Se eu fosse invasora, não precisaria pagar estes impostos altos como eu pago”, pro-

Erosão das barrancas do Paranhana assusta moradores ribeirinhos em Taquara

testa Rosane, lembrando que há cerca de cinco anos tem notado a queda de solo para dentro do rio e a formação de uma ilha do lado posterior à margem que mora. “Nunca foi tomada nenhuma providência. Mas eu acho que tudo tem solução. A Prefeitura poderia largar pelo menos alguns caminhões de pedra na beirada, para parar de desbarrancar”, propõe. Os ribeirinhos afirmam não receber visitas de nenhum órgão municipal para tratar sobre o seu problema, a não ser a Defesa Civil, isso em períodos de cheias, e que uma reunião havia sido marcada com o Executivo no ano passado, mas foi cancelada e não mais

remarcada. “Na época da campanha, o Titinho esteve aqui e falou para nós que o nosso caso teria prioridade em Taquara, que ficaríamos em primeiro lugar. Só que não. Eles têm medo de vir falar conosco. A única pessoa que é solidária é o Paulo Mello (coordenador municipal da Defesa Civil). É o único que se preocupa com os moradores”, desabafa Rejane Cardoso, 46 anos, que vive no local desde os sete de idade. Com o leito cada vez mais perto das casas, os moradores temem que as próximas enchentes arrastem suas moradias para dentro do rio. “Eu deito e acordo pensando nas crianças que moram aqui. A sensação é de pavor quando

chove muito. Sabemos que com fogo e água não se brinca. Antigamente, o rio era uma natureza muito linda. Hoje em dia, virou uma imundice. Agora, ele não representa mais nada, a não ser um perigo”, lastima Rosane. Os moradores esperam poder continuar morando onde estão, já que alguns vivem ali desde a infância e estão acostumados com o lugar. “Eu gostaria que o prefeito viesse até a ponte, para podermos falar sobre a nossa situação e saber dele o que pode ser feito por nós”, pede Rosane. Panorama solicitou entrevista ao prefeito Tito, não respondida até o fechamento desta edição.

Paulo Mello: situação é conhecida há muitos anos No início de 2010, o então vereador taquarense Paulo Mello (foto) organizou uma expedição para percorrer o Rio Paranhana de Igrejinha à sua foz, no Rio dos Sinos. Participaram representantes do poder público municipal e imprensa que, durante o percurso, depararam-se com cenas alarmantes, como o desvio do curso do rio e despejo de esgotos sanitários. Mello, que atualmente coordena a Defesa Civil de Taquara, lamenta não ter recebido o apoio da comunidade e nem de qualquer

governo para a realização da expedição. “Eu fico aborrecido, porque dá para ver que o Paranhana está morrendo. E nós somos responsáveis por isso. As pessoas cobram muito, mas não participam de nada”, desabafa. Na época da caravana, ele revela ter alertado as autoridades sobre o que estava acontecendo com o leito do rio. “Todos os prefeitos sabiam que aquilo iria acontecer”, afirma, fazendo referência à erosão no bairro Santa Maria, em Taquara. Durante o percurso, ele diz ter visto litros de garrafa pet,

sacolas plásticas, sofás, árvores secas trancando o fluxo do rio, formação de ilhas pelo processo de assoreamento. “Outra coisa que me espantei foi com o Arroio Taquara, que forma uma nuvem preta quando deságua no Paranhana”, lembra. Como solução paliativa, Mello diz que deveria ser iniciada uma dragagem das ilhas, para amenizar um dos problemas mais graves em épocas de chuvas: os alagamentos. “Nós vemos pessoas jogando lixo no leito do rio, agredindo o meio ambiente.

Ninguém pode com a natureza. Então nós precisamos ser parceiros dela. Contra ela, jamais”, disse.

Divulgação/Vinicio Wallauer

Problemas na ponte seriam consequência de ações no leito de cidades vizinhas Uma das alterações mais perceptíveis no Paranhana vem acontecendo intensamente há pelo menos cinco anos. Para o fundador e presidente do grupo Amigos do Rio, Romeu Bischoff (foto), 55 anos, a erosão no paredão de terra próximo à ponte no bairro Santa Maria, em Taquara, é resultado de intervenções no curso do rio realizadas em Três Coroas e Igrejinha. Ele afirma que as águas têm ganhado mais força e vazão nos últimos tempos. Romeu lembra que foram feitas alterações no leito do rio, como dragagens, retirada de algumas curvas e cachoeiras, para que o Paranhana ganhasse mais velocidade. “Quando arrumamos os problemas de um lugar, os transferimos para outros. Três Coroas deu um jeito de mandar a água do rio embora. Igreji-

nha fez o mesmo, e transferiu o problema para Parobé e Taquara”, comenta. De acordo com Romeu, a cada intervenção realizada, o rio pega mais ritmo, fazendo com que as águas cavem os barrancos, provocando erosões, e levem este material, juntamente com o cascalho, para o meio do rio. “Na verdade, é melhor não mexer. Por que se tirar uma ilha, terá um reflexo em outro lugar”, comenta. Em 2010, após a realização de uma expedição pelo rio, Romeu afirma ter alertado representantes de Parobé e Taquara sobre a possibilidade de mudanças no percurso do Paranhana nas duas cidades, mas que o problema nunca teve a consideração que merecia. “Vai chegar o dia em que a água vai cortar a frente da ponte e correrá

Contrato para a nova unidade foi assinado por autoridades no mês passado

reto, porque ela está vindo com mais força. O rio está cavoucando, procurando um outro caminho. A força dele é para aquele lugar”, alerta. Ele argumenta que apenas descarregar pedras no leito não resolverá o problema, pois as famílias continuarão sofrendo com os alagamentos das cheias.

Burocracia cria barreiras para liberação de intervenções no rio O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Taquara, Laoni Diedrich, explicou, em entrevista ao Panorama, as dificuldades que o município vem enfrentando para conseguir fazer intervenções no leito do Paranhana. Segundo ele, como se trata de um rio intermunicipal, que serve de divisa territorial entre Taquara e Parobé, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) exige que seja feito licenciamento em nível estadual. Se o rio cortasse apenas a cidade, como nos municípios vizinhos, essa dificuldade não existiria. De acordo com o secretário, Taquara, em conjunto com Parobé, está montando um projeto, com base em estudos técnicos, para apontar que tipo de intervenção emergencial será necessária. “O rio, na realidade, mudou o curso. Há alguns anos, ele fazia uma volta e passava por baixo da antiga ponte férrea, e aí vinha para a ponte nova. Agora, faz um trajeto reto e segue seu percurso. Ele praticamente bate na encosta do morro onde há as casas no bairro Santa Maria”, explica. A bióloga municipal Maria Alice Tedesco esclarece que a formação de uma ilha na margem de Parobé está forçando uma pressão no lado oposto, que fica em Taquara. “Isso está causando uma erosão acentuada, que se soma ao fato de os moradores daquela margem estarem ocupando uma área de preservação permanente”, destaca. Ela explica que este tipo de fenômeno é natural, mas que se acentua pela falta de mata ciliar. Maria diz que todo rio tem uma dinâmica, decorrente de processos naturais. Mas as atividades de intervenção na natureza, como perda

ESTRADA DO LAJEADINHO - A rua Plínio Salgado, conhecida como Estrada do Lajeadinho, entra em 2014 sem prazo definido para conserto de problemas. No ano passado, um bloqueio na ERS-020, em decorrência da enchente do final de agosto, tornou a via igrejinhense a principal ligação da Serra com a Região Metropolitana. Com isso, o intenso tráfego de caminhões provocou deterioração na rua. O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) se comprometeu com a Prefeitura de Igrejinha a consertar a Plínio Salgado. Nesta semana, consultado pela reportagem do Panorama, o Daer enviou nota via assessoria de imprensa. O texto informa que “o laboratório do Daer já fez um relatório técnico que mediu o tráfego da Plínio a fim de buscar a solução técnica mais adequada ao local. Esse relatório está sendo analisado atualmente na Diretoria de Gestão e Projetos do Daer e após seguirá os trâmites necessários ao conserto”. Na nota oficial, o Daer afirma que precisa seguir todos os procedimentos legais, para não incorrer em ilegalidades. Com isso, o órgao ainda não confirmou prazos para os consertos.

Laoni e Maria Alice: trabalho técnico sobre as intervenções no rio

de mata ciliar, contribuem para aceleração do processo. “É uma situação que vai somando etapas. Ou seja, com o acúmulo de sedimentos, o rio começa a fazer seus em tornos, até o momento que procura outros caminhos. Ele não é um canal concretado”, exemplificou. Um dos principais problemas apontados pela bióloga é a irregularidade das casas à margem do Paranhana. “Nenhuma daquelas moradias deveria estar ali. Mesmo que contenhamos a erosão, em uma chuva muito grande, aquelas casas ficarão embaixo da água”, destaca. Ela afirma que grande parte do rio tem a sua mata ciliar reduzida. Para repor estes locais, será necessário fazer mapeamento da Área de Preservação Permanente (APP), e realizar a reposição da mata, além de conter a construção de moradias e implantação de culturas agrícolas ou pecuárias nesses locais.

DIRETORIA DA PARÓQUIA - A Paróquia Evangélica de Igrejinha tem nova diretoria para o próximo biênio, eleita em dezembro passado. Ex-presidente da Oktoberfest, Luiz Fernando Sohne (Lux) assumiu o comando da entidade, tendo Leandro Horlle como vice. O secretário é Sandro Dailor Klein, enquanto Carlos Haubert ocupa a função de vice-secretário. Farnei Renato Koetz é o tesoureiro, tendo Fernando Bohrer como vice. Integram o conselho fiscal da paróquia Márcio Fernando Feller, Nelba Becker, Sulaika Utz e Evan Carlo Pioly.

9

AMBULÂNCIA - A Prefeitura de Igrejinha adquiriu, no final de dezembro, uma nova ambulância para auxiliar nos translados e nas remoções de urgência da Secretaria de Saúde. O novo veículo foi comprado com recursos da Consulta Popular. De acordo com o prefeito Joel Wilhelm, a ambulância terá importância na renovação da frota. “Temos uma grande preocupação com a saúde. Além desta ambulância, já chegaram outros veículos que irão melhorar muito o serviço da Secretaria de Saúde”, observou Joel.

Anunciada construção de novo residencial IGREJINHA - A Prefeitura assinou, no final de dezembro, parceria para a construção de um residencial na localidade de Serra Grande. O prédio levará o nome de Erna Grings e contará com 244 apartamentos do programa Minha Casa, Minha Vida. A obra, que está orçada em R$ 15,6 milhões, é considerada pela administração como a maior já realizada pelo Executivo na cidade. O prédio contemplará famílias inscritas no cadastro único da Assistência Social, um programa do governo federal que contém informações, principalmente, de beneficiários do Bolsa Família. Segundo a Prefeitura, as obras terão início em fevereiro e deverão estar conclu-

ídas em 20 meses, ocupando uma área de 13 mil metros quadrados. O terreno foi doado à Prefeitura pela empresa A.Grings. A assinatura da parceria para a construção ocorreu durante reunião, em dezembro, na agência de Representação de Desenvolvimento Urbano da Caixa Econômica Federal, em Novo Hamburgo, com a participação de autoridades de Igrejinha e da Caixa. O prefeito Joel Wilhelm avaliou o momento como histórico para Igrejinha, pois a administração, com esta obra, cumpriu, segundo ele, uma promessa de campanha. O prefeito informou que, além do residencial Erna Grings, a administração está construindo o Loteamento Jasmin.


10

DIET

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Feira da Melancia começa hoje com exposições e atrações artísticas PAROBÉ - A Feira da Melancia chega neste ano à sua oitava edição com apresentações artísticas e 12 estandes de produtores rurais que estarão vendendo as frutas além de outros cinco que comercializarão produtos coloniais, como pão, queijo, compotas, peixes, milho. O evento segue até o dia 19, na Rua Coberta da Praça 1º de Maio, das dez da manhã às 19 horas da noite. Uma das novidades gastronômicas deste ano é o pastel de geléia de melancia com queijo. A iguaria será oferecida juntamente com sorvete, suco, torta, cuca e milk shake da fruta. Todos os expositores são de Parobé e foram selecionados através de edital. Eles se inscreveram na Secretaria do Desen-

volvimento Rural. A estiagem no último mês do ano passado prejudicou um pouco o desenvolvimento da melancia na cidade, mas, de acordo com a diretora da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Adriana Pereira, isso não afetará a qualidade do produto. “Tivemos a ajuda da Emater e de técnicos para melhorar o plantio e a colheita. Desde a metade do ano, estamos proporcionando cursos aos agricultores para aperfeiçoar os cuidados com a fruta”, disse. Na visão de Adriana, o evento é importante para fomentar a economia de pequenos agricultores da cidade, e também contribuir para a diminuição do êxodo rural. “Se os produtores não

PROGRAMAÇÃO HOJE: • 19 horas, abertura oficial • 20h30min, show com Q’Momento Nativo

tiverem um local onde vender seus produtos, eles não conseguirão se manter. Através da feira, o agricultor vai para casa com um dinheiro que o possibilitará investir em novas produções. Por isso, temos jovens que não querem sair do campo, por verem na agricultura uma forma de vida”, lembrou. Ontem à tarde, uma carreata com o mascote da feira, acompanhado de uma banda típica alemã, passou pelas ruas da cidade, convidando a população a prestigiar o evento. Hoje à noite, a partir das 19 horas, acontece a cerimônia de abertura da feira. Estão previstos shows musicais, além de apresentações artísticas (confira ao lado) abertas ao público.

AMANHÃ: • 18 horas, apresentação do CTG Sangue Nativo • 20h30min, show com Gilson e Sérgio Gabriel DOMINGO: • 14 horas, Verno Cia Show • 18 horas, Super Banda Imigrante • 20h30min, show com Grupo Záhra DIA 14, TERÇA-FEIRA: • 19 horas, sorteio da campanha do CDL parobeense “Não Ande a Pé, Compre em Parobé” • 20h30min, Banda Veneza DIA 15, QUARTA-FEIRA: • 17 horas, Super Banda Imigrante • 19 horas, apresentação do grupo de dança Relicário Flamenco DIA 16, QUINTA-FEIRA: • 19 horas, Academia Corpo Ativo • 19h30min, Academia Premium • 20 horas, Academia Ritmo Corpo • 20h30min, show com Grupo Atitude 100%

PARALELAS

Cidade sediou evento internacional de escoterismo

por Roseli Santos

Q

A TURMA 11F

uando o ano letivo de 2013 já terminara, o jornal Zero Hora trouxe a lume, no domingo, dia 22 de dezembro, uma reportagem que caiu como uma bomba no gabinete do Secretário de Educação do estado, José Clóvis de Azevedo. O interessante é que, para quem está envolvido no processo escolar, a bomba foi estranha apenas para o secretário e seu grupo. Nós, professores de todas as redes e de todas as disciplinas, não importando o nível, não identificamos qualquer novidade nos fatos relatados. Apenas vimos a confirmação de acontecimentos com os quais nos envolvemos diariamente em nosso trabalho. As escolas estão fora da realidade e os alunos reagem da maneira mais indesejada possível: não querem estar em aula e não estudam. O texto foi fruto do acompanhamento, ao longo de 2013, a uma turma de 1º Ano do Ensino Médio, a 11F, numa das maiores escolas do estado, o Colégio Estadual Júlio de Castilhos, em Porto Alegre. O trabalho começou no dia 27 de fevereiro, o primeiro das atividades escolares, e foi até o último, dando conta do péssimo desempenho dos alunos durante o ano. Aquelas autoridades tentaram, nos dias subsequentes, através do seu chefe, o secretário, minimizar os fatos narrados, insinuando que eram pontuais, responsabilizando a direção do Julinho. Para ele, tudo vai bem no ensino público estadual, com uma ou outra dissonância. Casualmente, o jornal encontrara uma dessas dissonâncias. A bem da aleatoriedade, se a intenção do jornal era mostrar problemas (e veículos de comunicação sempre fazem

isso, com o escopo de ajudar na solução, mostrando a existência de tais dificuldades) deveríamos saudar a Zero Hora por ter acertado em cheio na escolha da turma retratada. Ou, contrariando o chefe da educação gaúcha, em qualquer turma, em qualquer escola do estado, a história seria a mesma. Eu opto pela segunda via. Penso que o professor José Clóvis, Doutor em Educação, não deveria zangar-se. Ou, por outra, zangar-se, vá lá, mas deveria tratar a informação com fleuma. Sua zanga será melhor compreendida se for canalizada para o objetivo de solucionar os problemas de evasão e enrolação de alunos, desatualização de currículos, inadequação do próprio sistema escolar. O secretário tenha certeza, essas reportagens não são frutos de campanha partidária. O governo anterior, contra o qual ele próprio fazia as mesmas observações, também tentou dar um jeito na coisa. Basta recordar o “Lições do Rio Grande”, da governadora Yeda Crusius, aliás, sabiamente eliminado na gestão dele. A verdade é que, depois de tantas gerações cantando “é proibido proibir”, e de a escola ter sido transformada em “centro de cidadania”, nenhum doutorado em Educação conhece a solução para manter um aluno tranquilo em sala de aula (quase escrevi “preso”). A resposta mais fácil é, sempre, argumentar com a incompetência dos professores. Insisto numa tese: os planos e programas escolares são criados e geridos por quem não está na sala olhando os alunos. Não funcionam!

N

TRÊS COROAS - A segunda edição do Moot Scout Interamericano, que ocorreu na última semana de 2013, contou com a participação de escoteiros vindos de diferentes países da América Latina. O evento, que teve como tema “América Sem Fronteiras”, foi realizado pela primeira vez no País, tendo Três Coroas como uma das cidades base para as delegações, juntamente com os municípios de Caxias do Sul, Cachoeirinha e Porto Alegre. Um dos objetivos da atividade foi integrar os participantes através de ações sociais e trabalhos comunitários, junto a entidades carentes. Durante os três dias em

Menos

a contramão das ditas resoluções de Ano Novo, quando todos desejam e anseiam por mais e mais, como se já não tivessem o suficiente (e muitos realmente não têm), me flagro a cada ano indiferente e alheia às convenções que nos impõem gestos e ações comercialmente obrigatórios, em datas que se transformam em milionárias campanhas publicitárias. E, diga-se de passagem, só com gente linda , feliz e cheia de filhos hiperativos. Alguma coisa só pode estar fora da ordem mundial, tenho cada vez mais certeza disso. Papai Noel por si só já é uma figura que não tem nada a ver conosco nessa terra senegalesca onde o pobre velhinho desidrata com aquele traje de dar dó, em pleno mês de dezembro. Os comerciais de TV, especialmente no Natal e início do novo ano, mais parecem filmes de ficção com gente surreal que habita talvez alguma cidade distante lá na Dinamarca ou na Suécia, menos o nosso bairro. Nada contra o espírito de união e fraternidade que, também, me parece algo ressuscitado apenas nesta época por algumas pessoas que se esquecem de ajudar ao próximo nos demais meses do ano (e muitos realmente ajudam, mas uma grande maioria só é possuída pelo espírito de Madre Tereza de Calcutá no Natal e..bye, bye, povo. Mais ou menos como políticos antes da eleição.) Nos últimos anos, diante desse quadro caótico e caricaturado de uma sociedade consumista e eufórica por novidades a cada segundo (e inclua aí todos os celulares, tablets e aquela parafernália eletrônica que você trocou a cada três meses para não frustrar o seu filho), me restou a única opção e atitude que podia tomar para ser coerente com uma vida mais sustentável, que eu prego e tento praticar: desejar cada vez menos!!! Menos carros nas ruas e mais bicicletas; menos shoppings e mais artesanato; menos roupas e mais criatividade; menos gente no planeta e mais qualidade de vida; menos consumo e mais paz; menos arrogância e mais gentileza; menos estresse e mais lazer; menos poluição e mais árvores; menos barulho e mais música; menos luxo e mais simplicidade; menos medo e mais solidariedade; menos redes sociais e mais namoro na praça; menos farmácia e mais amigos; menos tudo o que quiser e mais daquilo que nos falta todos os dias, amor e compaixão. No mais, meu amigo, esqueça aquele comercial de margarina, o presente que não pode comprar, o carro que nunca terá, o corpo perfeito e, principalmente, a culpa gerada por um sistema que só serve para te endividar. Sem culpa, é mais fácil ser o que se é e assumir a real possibilidade de que podemos comemorar o quê e quando quisermos, desde que seja um desejo sincero e não comprado em 12 vezes, com o vencimento da última parcela já agendado para o próximo Natal, às vésperas de mais um ano que virá.

Feliz 2015, ops ...2014!!..

Fotos: Marcio Renck

Do meu tuíter @Plinio_Zingano - Windows 8? Como?, se eu ainda não entendi o XP!

que permaneceram em Três Coroas, os participantes, com idades entre 18 e 21 anos, estiveram acampados em barracas na sede do Grêmio Esportivo Sandense. Segundo Ederson Nunes, coordenador do evento, a influência do Grupo Escoteiro do Paranhana, fundado há 34 anos, contribuiu na escolha de Três Coroas como uma das anfitriãs do Moot Scout. “Com cerca de 150 integrantes, o grupo três-coroense é o terceiro maior do Estado. Certamente nossa atuação, juntamente com as atrações turísticas e o contato com a natureza que a cidade oferece, ajudou na escolha de Três Coroas”, disse. O participante carioca Paulo César Pinto colaborou como intérprete e esteve surpreso com o calor da região que, segundo ele, rivaliza com o verão do Rio de Janeiro. Para ele, a troca de experiências entre jovens de diferentes nações é o maior saldo do evento.

O peruano Cristian Geldres, vindo da cidade de Trujillo, esteve visitando o País pela primeira vez e elogiou a organização do evento. Ele disse que veio para conhecer e também aprender sobre a cultura brasileira, através de novas amizades.

Carlos Martinez, que veio de Caracas, na Venezuela, apreciou as belezas naturais do município, que, segundo ele, foi uma experiência única. Carlos disse que além, de praticar ações comunitárias, ainda teve tempo de praticar rafting com seus colegas.


Acompanhe diariamente os principais fatos da cobertura policial no site do Panorama (www.jornalpanorama.com.br).

POLÍCIA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

11

Mortes marcam a virada do ano na região A mudança de ano de 2013 para 2014 foi uma das mais trágicas dos últimos tempos na região. Pelo menos 10 pessoas morreram em diversos casos ocorridos no Vale do Paranhana, desde acidentes de trânsito, passando por homicídios e até um afogamento.

Corpo foi encontrado no Rio Rolante

A Polícia Civil ainda investiga a morte de um taquarense cujo corpo foi encontrado no Rio Rolante. O cadáver de Darlei Figueiró Teixeira (foto), 49 anos, foi localizado por volta de 13 horas do dia 27 de dezembro, próximo à estrada velha, junto ao rio, em Rolante. Segundo a ocorrência policial, a vítima estava desaparecida desde a noite do dia 26. O corpo foi encontrado com marcas de dois disparos. Em depoimento à Polícia Civil, a esposa da vítima contou que, na noite do desaparecimento, dois homens chegaram à sua casa pilotando uma motocicleta do marido dela. Em seguida, os três teriam entrado em um carro do casal e Darlei teria

informado que largaria os dois indivíduos na casa deles e retornaria em seguida. Contudo, Darlei não voltou mais para casa e o carro foi encontrado abandonado na última rua do bairro Empresa, também na sexta-feira.

Homem morre ao receber choque elétrico O interior de Taquara foi palco de uma morte por acidente de trabalho. O fato aconteceu por volta do meio-dia do domingo, na Estrada de Fazenda Fialho. João Ari Rodrigues da Silva (foto), 58 anos, trabalhava perfurando um poço artesiano quando tentou ajustar a aparelhagem da estrutura, formada por tubos de ferro. Neste momento, ele acabou tocando uma haste do equipamento em um dos fios de alta tensão que passam sobre o local, ocasionando uma descarga elétrica que o matou na hora. Ao lado da vítima, estava sua esposa,

Motociclista morre após Homem perde a vida acidente na ERS-239 com golpe de tesoura Um acidente de trânsito tirou a vida de motociclista no sábado passado, em Parobé. O fato aconteceu por volta de 17h30min, na ERS239, próximo ao Restaurante Paladar. Segundo a ocorrência policial, Leonildo Mariano (foto), 50 anos, conduzia a moto Honda CBX Strada, placa IKL-5480, quando, segundo seu relato a parentes, teve a frente cortada por um automóvel, que fugiu do local. O motociclista caiu no canteiro da via pública, mas conseguiu se levantar e conduzir sua moto até a casa da ex-mulher. Nesta residência, Leonildo reclamou

de dor no peito, e foi levado até o Hospital São Francisco de Assis. Na casa de saúde, logo após dar entrada, Leonildo acabou não resistindo aos ferimentos e morreu por volta de 20h30min do sábado.

Briga acaba em morte duas horas antes da virada

Uma briga antes da virada de 2013 para 2014 acabou numa morte, em Igrejinha. O crime aconteceu por volta de 22h30min do dia 31 de dezembro, na rua Theobaldo Deunner, no bairro Viaduto. Segundo o registro policial, um dos envolvidos na confusão teria desferido facadas em duas pessoas no momento da briga. Luis Elon Borges Kilpp, 24 anos, acabou morrendo no Hospital de Igrejinha. A outra vítima, de 31 anos, ficou ferida, mas sem risco de morte. O indiciado pelo crime tem 21 anos. Conforme as informações apuradas pela Polícia Civil, todos estavam se preparando para comemorar a passagem do ano, quando começaram as discussões. Ao ser abordado pelos policiais, o acusado tentou esconder a faca usada no crime, mas o objeto acabou sendo encontrado. Ele foi preso em flagrante por homicídio.

PARA ANUNCIAR,

LIGUE 3542.2288

Urgência (Samu). De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia, pouco depois do crime, uma sobrinha da vítima teria confessado à mãe dela que deu uma tesourada no tio e fugiu assim que viu o sangue. A Polícia Civil ainda tenta esclarecer o caso.

Vítima morre após cair Parobeense vítima de acidente no Vale dos Sinos em cima de uma faca

Um acidente no quilômetro 31 da ERS-239, em Sapiranga, provocou a morte de um parobeense. O fato aconteceu por volta de 6h30min do dia 30 de dezembro. Caciano Schunk (foto), 33 anos, conduzia um Corsa no sentido Taquara-Novo Hamburgo quando bateu contra um veículo Montana. Outras duas pessoas ficaram feridas, uma do Corsa e outra do Montana, e foram encaminhadas aos hospitais da região, porém sem risco de morte. Caciano era proprietário de uma empresa de instalações elétricas

de Parobé e estava indo com a namorada, de 36 anos, para Porto Alegre a fim de buscar equipamentos para seu estabelecimento.

Acidente deixa um morto e cinco feridos na ERS-239

também atingida pelo choque elétrico, mas que sofreu ferimentos apenas nos pés. A Polícia Civil solicitou a realização de perícia no local para apurar mais detalhes do caso.

Um dia antes da virada do ano, um homicídio foi registrado em Taquara, por volta das 16h30min do dia 30 de dezembro. O fato aconteceu na rua Flores da Cunha, no bairro Mundo Novo. Célio Amaral Viveiro (foto), 47 anos, foi assassinado com uma tesoura de metal de aproximadamente 25 centímetros. O filho da vítima estava dormindo no momento do crime. Em depoimento à Polícia Civil, ele contou que em cima da cama havia um rolo de gase. Célio estava sem vida quando foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de

Um jovem ainda continuava internado, nesta semana, em função de acidente ocorrido no quilômetro 59 da ERS-239. O fato aconteceu por volta de 22h30min do dia 29 de dezembro, próximo ao Parque do Rolantchê. André Osvino Flesch (foto), 34 anos, conhecido como Boca, conduzia uma motocicleta Honda CG 125 Fan quando, segundo a ocorrência policial, teria tentado ultrapassar um Corsa e bateu de frente contra um Fiat Uno. Flesch morreu no local. Na carona da moto estava seu filho, de 16 anos, que continuava internado nesta semana no HPS de Canoas

A Polícia Civil investiga uma morte ocorrida pouco antes da virada do ano, no dia 31 de dezembro, às 21 horas, em Parobé. O fato aconteceu numa residência da rua Jabuticaba, no bairro Colina do Leão. De acordo com o boletim de ocorrência da Brigada Militar, Osni Sérgio de Freitas (foto), 50 anos, caiu em cima de uma faca ao se levantar da cadeira em que estava sentado. Em depoimento, a mulher dele revelou que o marido consumiu muita bebida alcoólica durante a noite e que teria se desequilibrado, vindo a se ferir com a faca. Osni não resistiu aos ferimentos e faleceu

nos braços de seu filho antes de ser atendido pelos socorristas. A chamada de atendimento dizia que se tratava de uma denúncia de discussão entre pai e filho. A faca foi deixada em uma mesa a cinco metros do corpo.

OBITUÁRIO Falecimentos comunicados pela Rádio Taquara de 19/12/2013 a 09/01/2014

se recuperando do acidente. No momento da colisão, o motorista do Uno perdeu o controle e bateu de frente contra o Corsa. Ficaram feridas na ocorrência cinco pessoas, socorridas no Pronto-Atendimento da Unimed e no Hospital Bom Jesus, em Taquara.

Jovem morre afogado em arroio de Igrejinha Um jovem morreu afogado na tarde do dia 27 de dezembro. Segundo ocorrência policial, Cristopher Theodoro Werb (foto), 20 anos, foi tomar banho num arroio da localidade de Estrada Kampf, em Igrejinha, quando desapareceu. Segundo relato de sua mãe, o corpo dele foi encontrado pelo pai por volta de 18 horas.

- 19/12 - Maria Cândida da Rosa Coelho, 85 anos. Cemitério de Fazenda Fialho. - 19/12 - Rubem Behs, 81 anos. Crematório.Metropolitano Cristo Rei, em São Leopoldo. - 21/12 - Eliana Gonzaga, 64 anos. Cemitério do Passo do Mundo Novo. - 23/12 - Moisés Antonio dos Santos, 68 anos. Cemitério São João Batista de Parobé. - 24/12 - Arlindo Erno Sinsem Cemitério Evangélico de Parobé. - 24/12 - Alvina Camargo Vicente, 79 anos. Cemitério Bom Pastor de Taquara. - 27/12 - Darlei Figueiró Teixeira, 49 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 28/12 - Eduardo Adriano Thiesem, 48 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 29/12 - André Luis Zwetsch, 15 anos. Cemitério de Tucanos. - 29/12 - André Flesch (Boca), 34 anos. Cemitério da Picada Francesa. - 30/12 - Cassiano Adelir Schunck, 33 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 30/12 - Lorena Milady Böess da Silva, 89 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 31/12 - Célio Amaral Viveiro (Maninho), 47 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 31/12 - Assis de Assis, 83 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 01/01 - Antonio Ignácio Pescheron, 77 anos. Crematório Metropolitano Cristo Rei em São Leopoldo. - 02/01- Angela Maria Silva de Lima, 45 anos. Cemitério de Olhos D’Agua. - 04/01 - Antônio Fontoura, 73 anos. Cemitério São João Batista de Parobé. - 04/01 - Tanara Regina Reinheimer (Nana), 20 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 06/01 - Anildo Armindo Michel (Michel), 78 anos. Cemitério do bairro Santa Maria, em Taquara. - 08/01 - Macedônio Germano Benkenstein, 71 anos. Cemitério do Passo do Mundo Novo.


12

POLÍCIA

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Pedestre morre em atropelamento na ERS-239

PAROBÉ - A travessia da Sinaleira do Rubinho, na ERS-239, voltou a provocar vítima fatal. O acidente aconteceu na madrugada desta quinta-feira, próximo ao quilômetro 47 da rodovia, no bairro Cohab. Segundo o motorista do Fiat Palio, placas IMS-9366, ele estava trafegando no sentido Paro-

bé-Taquara quando surgiu uma pessoa à sua frente. O condutor disse que, mesmo acionando o freio do carro, não foi possível desviar do pedestre. O próprio condutor acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A vítima foi identificada como Darci Quintilhano da Silva, 28 anos.

PARA ANUNCIAR,

LIGUE 3542.2288 V PARTICIPAÇÃO DE FALECIMENTO Esposa, filhos, noras, genro e netos comunicam com pesar o falecimento do nosso sempre querido

ASSIS DE ASSIS,

aos 83 anos de idade, ocorrido em 31/12/2013. Grande é a dor da sua ausência, mas Deus nos dará consolo. “Pois tudo posso naquele que me fortalece.” Taquara, 10/01/2014.

Operação Serrano apreendeu veículos, armas e drogas TAQUARA - Ainda antes do final de 2013, a Polícia Civil realizou operação policial na cidade. Três agentes da seção de investigações, com apoio da Brigada Militar, desencadearam, por volta de 6h30min do dia 27 de dezembro, a operação Serrano. Foram presos um homem e duas mulheres na ação, que resultou na apreensão de veículos, armas e drogas. Segundo as informações da Polícia, foram cumpridos mandados de busca e apreensão no bairro Santa Maria, em Taquara, um deles numa residência na rua Osvaldo Brandão. No local, foi localizado um revólver calibre 38 com registro de furto em Sapiranga. Também foram apreendidos três cartuchos do

mesmo calibre, 34 buchas de cocaína, uma balança digital portátil, um notebook, um telefone celular e R$ 2,4 mil em dinheiro. A Polícia Civil ainda apreendeu duas motocicletas Honda Hornet, uma branca e outra verde (foto), um automóvel Honda Civic e um reboque para transporte de motos. Na mesma operação, outro suspeito foi detido na rua Helberto Sander, no bairro Alexandria, em Parobé. Na ocasião, foi apreendido um revólver calibre 38, com ocorrência de furto em Taquara, e cinco cartuchos. Segundo informações da Polícia Civil, a operação foi iniciada com base em denúncias anônimas.

Marcio Renck

Polícia realizou a operação Parobé Tranquila

PAROBÉ - Após quatro meses de investigações, a Polícia Civil realizou, no dia 25 de dezembro, a prisão de um homem acusado de quatro homicídios. Foragido do regime semiaberto, ele foi localizado no bairro Alexandria, em Parobé. No momento da prisão, o homem possuía uma pistola calibre 380 municiada e com numeração raspada. Segundo a Polícia, o homem é investigado como autor de um homicídio

em Parobé e outro em Tramandaí, além de duas tentativas de homicídio em Igrejinha. As informações policiais dão conta de que o acusado seria o elo de uma facção criminosa do tráfico de drogas em Parobé e Igrejinha. O nome da operação se deu em função de que o homem seria muito violento e aterrorizava os vizinhos, por isso o título "Operação Parobé Tranquila".

Classificados LIGUE 3542.2288 para anunciar!

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

ELIZABETH MARTINI, registradora do Registro Civil das Pessoas Naturais e Especial de Taquara-RS. Faz saber que pretendem se casar: 01) LUCAS GABRIEL TASSO DA SILVA e ALINE BORBA DA SILVA, 02) MAURÍCIO PIMENTEL MELLO e TATIANA CARNEIRO DE OLIVEIRA, 03) HENRIQUE RODRIGUES PAES e LEILA FERNANDA ELTZ, 04) FABIANO COSTA ROLANTE e NILSA DE MOURA, 05) JULIANO BELIZÁRIO DA SILVA e JANAMA DE ANDRADE DONDÉ, 06) EDY DE CASTILHOS SANTOS e ROSA MACHADO GULARTE. Quem souber de algum impedimento, que oponha-o na forma da lei. DADA e PASSADO, nesta cidade de Taquara-RS. Aos oito (08) dias do mês de janeiro (01) de dois mil e quatorze (2014). Rua Rio Branco, nº 1145 - Sala 104.

Maiores de 18 anos com 2º grau completo

BANRISUL

Cargo: Escriturário - Salário Médio: R$ 2.000,00

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

GRATIFICA-SE! Informações: 8235.8888

Cargo: Técnico Bancário - Salário Médio: R$ 2.700,00

TRIBUNAL DE JUSTIÇA/RS

Site: www.evolucaoconcursos.com.br Telefone: (51) 3013.0982 – 8523.1463 E-mail: evolucaoeducacional@gmail.com Facebook: www.facebook.com/evolucaoconcursos

CONTRATA Estudante de Direito, a partir do 6º. Semestre.

MATRÍCULAS:

Admissão imediata Currículos com foto para a caixa postal nº 59

Segundas, terças, quartas e quintas-feiras, das 17h às 19h, na ACI (Associação Comercial e Industrial de Novo Hamburgo). Rua Joaquim Pedro Soares, nº 540 - Novo Hamburgo (próximo à Praça XX e ao Banco do Brasil).

Nova linha Honda CG A partir de

CONTRATA FISIOTERAPEUTA

Interessados marcar entrevista pelo telefone: (51) 3542.3422 e levar currículo.

Rua José Avelino Ostermann, 2475 Bairro Jardim do Prado - Taquara

AUTOMÓVEL CLUBE

DOE SANGUE

A vida de alguém pode depender deste gesto.

VENDO – Casa de material com chapa, no condomínio Santa Taquara (51) 3541.0000 eleição para que uma nova diretoria dê Rosa, valor R$ 120.000,00. Aceito Parobé - (51) 3953-1300 no negócio sítio e carro. Tratar com continuidade aos eventos que serão realizados neste ano.3909-1000 Canela - (54) Luiz 9735.5154 A partir de R$ 7.190,00 à vista

Comunica que,nova! no dia 16/01/2014, realizará Sua paixão de cara

você sai com uma

FAN 1550 ESDI 13/14

Helfen - Reabilitação Integrada Ltda.

Faça como o Papai Noel, TAC abandone - TAQUARA o trenó e vá com a nova linha Honda CG

R$ 7.190,00 à vista

Quem leva a moto a sério, leva Honda.

FISIOTERAPEUTA

CURSO PREPARATÓRIO - INFORMAÇÕES:

ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA

O veículo mais vendido do Brasil

Desapareceu uma cadelinha da raça Shitzu, branca com caramelo, no bairro Fogão Gaúcho, próximo à Faccat, em Taquara. Pertence a uma criança.

CONCURSOS COM EDITAIS EM BREVE

Cargo: Oficial de Justiça - Salário Médio: R$ 7.000,00

Panorama, 10 de janeiro de 2014.

SUA PAIXÃO DE CARA NOVA

Cão Desaparecido

EMPREGO PÚBLICO

EDITAL DE CASAMENTOS

Taquara - (51) 3541.0000 Parobé - (51) 3953-1300 Canela - (54) 3909-1000

A diretoria atual convida a todos interessados em constituir Honda FAN 150 ESDI 2013/2014 uma chapa você para concorrer nesta eleição que participem do à vistaALUGA-SE a partir de R$ 7.190,00 ou CASA - Próximo ao sai com uma de R$ 470,00 + 48x R$ Centrinho, em Nova Tramandaí, 2 pleito, o qual acontecerá na quinta-feira, diaentrada 16/01/2014, a 260,32. Taxa (2,46% a.m.) e taxa 150naESDI 13/14 qtos + suíte, máquina de lavar, antea.a.).situado Não incluso capacete partir deFAN 20 horas, sede do Santos Futebol(33,80% Clube, na Sky (sem animais de estimação). nem licenciamento. Sujeito no bairro Santa Teresinha, em Taquara. alteração sem prévio aviso. Quem Janeiro, fevereiro e Carnaval. Valor

Honda FAN 150 ESDI 2013/2014 a partir de R$ 7.190,00 à vista ou entrada R$ 470,00 + 48x R$ 260,32. Taxa (2,46% a.m.) e taxa (33,80% a.a.). Não incluso capacete nem durar o estoque licenciamento. Sujeito a aprovação Promoção pelo Bancoenquanto Finasa. Foto meramente ilustrativa. Sujeito a alteração sem prévio aviso.

O veículo maisJoão vendido Brasil CarlosdoSchuk

Presidente

leva uma moto a sério, leva Honda.

conforme número de dias. Contatos 9972-5238.


Quer vídeos, fotos e enquetes?

ESPORTES

Acesse o PanoramaNET!

www.jornalpanorama.com.br

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Divulgação

Copa Cidade Verde inicia amanhã com a participação de 150 equipes estádio do Esporte Clube Mundo Novo. A partida de abertura será entre as equipes do Lajeadense e Mundo Novo, com início às 21 horas. Segundo o diretor de esportes de Três Coroas, Carlos Maccarini, ao todo o campeonato reunirá sete categorias masculinas, totalizando mais de 150 equipes nas categorias Sub-10 (nas-

cidos em 2003) até o Sub-17 (nascidos em 1996 e 1997). No total, serão realizadas 306 partidas em oito dias de competição, todas com entrada franca. Maccarini informou que o diferencial do evento, neste ano, será a transmissão ao vivo das sete finais da competição, através do site Travinha Esportes, no endereço www. travinha.com.br.

As equipes ficarão hospedadas em 16 alojamentos, sendo servidas 20 mil refeições diárias. Entre as equipes gaúchas que estarão participando da competição estão Grêmio, Internacional, Juventude, Caxias, Brasil de Pelotas e 15 de Novembro, além de times de outros estados, como o Vasco da Gama (Rio de Janeiro), Criciúma e Avaí (Santa Catarina).

Estão abertas as inscrições para o Praiano 2014 TAQUARA - O Campeonato Praiano está com inscrições abertas até a próxima sexta-feira. A competição contará com 12 equipes que entregarem os carnes até o dia 17 de janeiro. A disputa pelo título e contará com três rodadas de classificação, que definirão os confron-

tos da semifinal. A rodada de abertura está programada para acontecer no dia 25 de janeiro. Segundo o diretor de Esportes, Alexandre Lencioni, cada equipe inscrita poderá contar somente com dois atletas de fora do município. As partidas serão

disputadas no balneário João Martins Nunes, sempre aos sábados, a partir das 13h30min. A final da competição está marcada para o dia 22 de fevereiro. A Prefeitura, através da Secretaria de Obras, realizará uma série de melhorias no balneário para a realização do evento.

Eleição definirá a nova diretoria do TAC TAQUARA – Na próxima quinta-feira, ocorrerá a eleição da nova diretoria do Taquara Automóvel Clube (TAC), na sede da Sociedade Esportiva e Recreativa Santos, no bairro Santa Teresinha. A partir das 20 horas, serão apresentadas as chapas

que concorrerão no pleito. Segundo o presidente João Schuh, que está à frente do TAC há quatro anos, chegou a hora de ceder lugar para uma nova diretoria. João destacou que sempre estará presente nas competições, participando como piloto.

Grêmio terá academia para formação de novos atletas PAROBÉ - O Grêmio Esportivo Parobé formalizou, no final de dezembro, um convênio com a Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (Fundergs). Pela parceria, o clube parobeense receberá R$ 15 mil para a implantação de uma academia de formação de atletas que deverá estar pronta em 60 dias. A elaboração do projeto teve o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer e setor de projetos e captação da Prefeitura de Parobé. Na foto, autoridadades de Parobé e do Estado formalizam a parceria.

Classificados PANORAMA

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

Creci: 22.207 J

facilitta 22.734-J

Natália Zmuda - CRECI - 16018 Angelo Tissiani - CRECI - 19528

Vendas

DESTAQUE

Imóveis

- Terreno de esquina, com 1018m2 e 36m de frente, bairro Cruzeiro, rua calçada, ônibus. R$ 220.000,00. - Casa, bairro Sta. Teresinha, com 66m2, terreno 411m2, pátio todo murado, próximo escola, rua calçada, ônibus. R$ 170.000,00 (aceita apartamento). - Sala comercial térrea, centro R$ 230.000,00.

APTO COM 86,54M², CENTRAL, COM 2 DORMITÓRIOS, SENDO 1 SUÍTE + BOX. PRÉDIO COM ELEVADOR, GÁS CENTRAL E BAIXO CUSTO DE CONDOMÍNIO. PRONTO PARA MORAR! A PARTIR DE R$ 199.000,00 (ACEITA FINANCIAMENTO CAIXA)

.: Aluguel

Casa mista, bairro Santa Rosa, 160m2, terreno 12x30m, 1 suíte + 2 dormitórios, pátio fechado. R$ 190.000,00 INFORMAÇÕES SOMENTE NA IMOBILIÁRIA R. Júlio de Castilhos, 2579/121 - Gal. Comassetto Taquara - aconceito@brturbo.com.br Fones: 3541.5787 | 8488.3782 | 9972.5147 Visite nosso site: www.conceitoimoveisrs.com

Júlio de Castilhos, 2408 Taquara. Fone 3541.4783 facillitaimoveis@tca.com.br www.facillitaimoveis.com

AQUI

- CHALÉ/FUNDOS, 2 dormitórios, demais dependências, abrigo p/carro, Bairro Sagrada Família. R$ 350,00 + encargos. - CASA ALVENARIA, 1 suíte, 2 dormitórios, churrasqueira, garagem, Bairro Jardim do Prado. R$ 650,00 + encargos. - APTO, 2 dorm, demais dependências, lavabo, sacada b. Centro. R$ 450,00 + enc. - SALA COMERCIAL, b. Centro, c/ vitrine ampla, c/ box. R$ 1.800,00 + encargos. “Caro proprietário, se você tem o imóvel, nós temos o inquilino certo para você! Venha tomar um café conosco e conhecer nosso trabalho!”

ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

Chico obteve conquista no aquathlon no final de 2013 TAQUARA - O nadador taquarense Silvio Chico Holderbaum (foto acima) participou, no final de dezembro, de sua primeira prova de aquathlon (natação e corrida), que foi disputada em São Leopoldo. A prova teve 100 metros de natação e 5400 metros de corrida, em um circuito com muita subidas. Chico conquistou o primeiro lugar na categoria 55/59 anos. “Foi um grande desafio, pois nunca tinha participado de uma prova com dois esportes. Primeiro os mil metros de natação e, logo em seguida, os 5,4 mil metros de corrida, em que o desafio é muito grande”, comentou Chico. Ele ainda destacou que vinha se preparando a mais de seis meses para parti-

cipar de outros esportes, ressaltando que sua meta é competir em triathlon em 2014. “Meu desafio no momento para participar desta modalidade é conseguir uma bicicleta para estas provas. Tenho feito vários contatos para ver a possibilidade de um patrocínio para a compra”, comentou. Chico espera que ainda em janeiro consiga um apoio para a aquisição. Neste ano, o atleta disse que continuará participando de provas de natação, e as outras modalidades serão disputadas desde que não interfiram no calendário do primeiro esporte. Chico também aproveitou para agradecer o apoio de Banda Imóveis, da Prefeitura e Câmara de Vereadores de Taquara.

(51) 3542.2000/

9704.7979

www.jobiimoveis.com

- Terrenos, no bairro Petrópolis - a partir de R$ 45.000,00. - Terrenos, no bairro Santa Rosa - a partir de R$ 45.000,00. - Sobrados (novo), b. Santa Teresinha. R$ 135.000,00. - Ótima oportunidade, casa em condomínio, b. Santa Teresinha. R$ 106.000,00. R. Júlio de Castilhos, 2579 - Gal. Comasetto - sl. 102 - Taquara

Compra - Venda - Locação Administração de Imóveis CRECI 21775

TRÊS COROAS – Neste sábado, terá início a nona edição da Copa de Futebol Cidade Verde, reunindo 150 equipes de base de 76 times de todo o País. O evento, que prossegue até o dia 18 de janeiro, contará com a abertura oficial às 19 horas, mantendo a tradicional realização de um desfile das delegações, que partirá da Prefeitura em direção ao

13

VIACAVA IMÓVEIS

Júlio de Castilhos, 2572 - Taquara 3542.1674

FILIAL: Ernesto Alves, 2331 - Taquara - 3541.3003

www.viacavaimoveis.com.br | beatriz@viacavaimoveis.com.br

CONVENIADA

EXCELENTES TERRENOS PARA COMÉRCIO OU RESIDÊNCIA

Cod. 1047 - Excelente condomínio com casas de 2 dormitórios, sala, cozinha, garagem, banheiro. Consulte valores. Confira MCMV

• Cod. 238 - lançamento na rua Arnaldo da Costa Bard, apartamentos de 1 e 2 dormitórios, elevador, gás central, churrasqueira, medidor de água individual e box. Consulte valores e disponibilidades. • Cod. 531 - Terreno no b. Cruzeiro do Sul, com 1550m2. Valor à vista: R$ 215,000.00.

Aluguel:

• CASA DE ALVENARIA, 1 dorm. e pátio fechado, em ótima localização. R$ 360,00 + seguro. • APTO, 2 dormitórios, sacada, churrasqueira, garagem, gás. R$ 750,00 + encargos. • SALA COMERCIAL, térrea, 100m², na Av. Sebastião Amoretti. R$ 900,00 + encargos. • LOJA nas proximidades do hospital, NOVA, térrea, vitrine de vidro, aprox. 90m2. R$ 1.300,00 + encargos. • APTO, 3 dormitórios, com garagem, no bairro Jardim do Prado. R$ 600,00 + encargos.


14

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Por Vanessa Wagner

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

Alessandra Passos

TAQUARA - Gustavo Lauck Schäfer e Carla Pinto (à direita) receberam familiares e amigos para brindar o novo ano, em comemoração ambientada na residência do casal. Na foto, os anfitriões acompanhados de Carlos Wilhems e Natália Soares.

TAQUARA – Larissa Mathias teve seus 15 anos comemorados com festa no Clube Comercial. Ela é filha de Ronaldo e Patrícia Mathias.

TAQUARA – Tania Elizabete Flores Pires em tarde de passeio e cinema durante as férias das netas Valentina e Catharina. Márcio Renck

DISNEY – Família Santos escolheu Orlando como um dos destinos para a viagem de férias. Na foto, registro do passeio ao parque Magic Kingdom: Leandro e Maria Eugênia com a filha Catharina, Ênio Stein com o filho Rafael e a esposa Cassiana (à direita), Flávia e Jairo.

TAQUARA – Roseli Santos, Ronaldo Siebel e Márcia Debon, colaboradores do grupo Panorama de Comunicação, confraternizando no final de ano.

Ju Werb Querida Filha! Com a graça e a dedicação divina, teus sonhos vão se tornando realidade. Nada pode impedir nosso brilho quando temos a mão de Deus para acender a luz da nossa vitória. Tuas conquistas são os frutos das tuas atitudes. Que no exercício da tua função, todas as pessoas que te procurarem possam receber, através das tuas mãos, as bênçãos que recebes dos céus! Parabéns pela tua formatura em Medicina/FURG.

Miriã

BAHIA – Adiléa e Ronaldo Wagner com Tania e Guto Schein na Pousada Bahia Bacana, empreendimento recém inaugurado em Morro de São Paulo, sob o comando do casal Carlos Sautchuck e Marleti da Silva.


E-mail: social@jornalpanorama.com.br

15

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Por Vanessa Wagner

Carnaval em Punta Cana

Leonardo Masiero Gil,

Saindo de POA - 27/2 e 28/2

15 anos, solteiro, filho de Raul Gil Barros e Maxemina Masiero, estudante do terceiro ano do ensino médio da Escola Estadual Monteiro Lobato (Cimol), onde também realiza o curso técnico de informática. Desde julho é o presidente do Interact de Taquara.

Confira!

TAQUARA – Rotary Club segue arrecadando lacres de latinhas para campanha que objetiva a aquisição de cadeiras de rodas. Através do resultado obtido nos diversos postos de coleta no município, o recebimento da primeira cadeira deve ser anunciado em breve. TAQUARA – Registro da confraternização dos moradores do Edifício Santa Clara, dia 17 de dezembro. O momento foi organizado pela síndica Elisa Dietrich Cruz, que contou com o talento do chef de cozinha Felipe Krummenauer. GAROTA PANORAMA DE VERÃO Concurso recebe inscrições de candidatas do Vale do Paranhana, com idade entre 13 e 25 anos. Basta mandar até três fotos de corpo inteiro, com produção de verão e sem óculos de sol, para o e-mail garota@jornalpanorama.com.br. Premiação de R$ 1,5 mil para a primeira colocada; R$ 600,00 para a segunda colocada; e R$ 400,00 para a terceira colocada. Todas as finalistas também ganharão um calçado da coleção Via Marte. TAQUARA – Moradores do Residencial Imara também realizaram jantar para comemorar o encerramento de 2013, o salão de festas do edifício foi o ambiente da integração.

• COMO É SER PRESIDENTE DE UM GRUPO DE SERVIÇOS VOLUNTÁRIOS? É muito bom, pois como presidente tu aprendes muitas coisas, já que precisa estar envolvido com muitos assuntos e pessoas. E, como se trata de um clube que faz serviços para ajudar a comunidade, então o aprendizado é melhor ainda, e isso é muito bom. • O QUE VOCÊ DESTACA COMO APRENDIZADO DOS TRABALHOS QUE TÊM REALIZADO NO INTERACT? A compaixão eu acho que é o maior aprendizado. Como nós temos que sempre estar preocupados com o outro, e, por isso, acabamos por ver que temos tudo. Há pessoas a quem ajudamos que percebemos a felicidade em ganhar um quilo de arroz, por exemplo. Então, a compaixão que aprendemos a ter pelos outros é uma coisa que levarei para a vida toda. • DE ONDE SURGIU A INTENÇÃO EM FAZER PARTE DO INTERACT? Meu irmão (Augusto Masiero Gil) participou do Interact antes de mim. Ele foi presidente também. Quando eu tinha dez anos, já estava diretamente ligado com o clube e desejava entrar, mas há restrições de idade. Então, há cerca de dois anos, comecei a fazer parte do clube e, depois de um tempo, fui nomeado vice-presidente. Em julho do ano passado fui empossado como presidente do Interact. • ERA UM SONHO SER NOMEADO PRESIDENTE? Era um objetivo meu e veio bem rápido. Eu fiquei muito feliz por ter sido o escolhido. É muito bom saber que as pessoas gostam do teu trabalho e te escolhem por isso. Eu tento ser muito organizado e pontual, sempre focando nos meus objetivos. Talvez tenham sido esses os motivos por que me escolheram. • TU PRETENDES CONTINUAR NO CLUBE DEPOIS DE ACABAR O PERÍODO DA PRESIDÊNCIA? Eu pretendo continuar no Interact até a idade máxima (18 anos) e depois passar para o Rotaract e após o Rotary. Seria bom ser presidente desses clubes também. • O QUE PRETENDE FAZER DEPOIS DE FORMADO NO ENSINO MÉDIO? Eu estou pensando em tentar ingressar na UFRGS no próximo ano. Ainda não sei o curso. E também pretendo trabalhar. • UM SONHO PARA O MUNDO: Eu sonho com o dia em que todos pensarão no próximo. Acho que seria muito legal. Hoje em dia, vemos muitas pessoas que não estão pensando no próximo, e há muita gente que precisa de ajuda, assim como há pessoas que tem possibilidades de ajudar, mas não o fazem. • O QUE REPRESENTA FAZER A DIFERENÇA NA VIDA DO OUTRO? Fazer a diferença é fazer da minha felicidade a felicidade na vida do outro. Saber que eu estou fazendo uma boa ação e ajudando os outros me deixa em uma paz comigo mesmo, quando vejo o sorriso das pessoas que estão sendo beneficiadas. • DEIXE UMA MENSAGEM AOS LEITORES DO JORNAL:

“Há uma frase que eu gosto muito e que sempre penso quando estou passando por momentos difíceis que diz o seguinte: “Você nunca sabe o quanto é forte até precisar ser forte”.

CLÍNICA DA COLUNA www.dornacoluna.com.br

Dr. Fernando Schmidt - neurocirurgião

TAQUARA – Tanna Brack manteve a tradição de abrir sua casa para os amigos. A reunião aconteceu em dezembro, no clima das festas de final de ano.

- Cirurgia videoendoscópica e microcirurgica para hérnia de disco; - Vertebroplastia para fraturas de coluna por osteoporose; - Bloqueios e radiofrequência para dor na coluna; - Radiofrequência para nevralgia de trigêmeo. Centro Clínico do Hospital Regina - Maurício Cardoso, 833/310 Novo Hamburgo - 3595.4623 - 3593.4746 - 9987.3939

Marechal Floriano, 1248 - Centro - Taquara 3542.6320


PANORAMA SEXTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2014

Sindicato Rural divulgou metas para o novo ano TAQUARA – No final do mês passado, o Sindicato Rural do Vale do Paranhana organizou uma coletiva de imprensa, em sua sede, para agradecer aos parceiros da instituição ao longo do ano e divulgar projetos para os próximos meses. Sérgio Coelho Luce, presidente do Sindicato, destacou o apoio de organizações como a Faccat, a Citral, a imprensa local e diversas prefeituras, e avaliou 2013 como sendo um período com saldo muito positivo. Arquivo/Panorama

Sérgio Luce: novos cursos em janeiro

Para o ano que está começando, o presidente ressaltou cursos que serão realizados em várias cidades da região. O Presídio Estadual de Taquara, por exemplo, receberá três capacitações neste início de trimestre. Em janeiro haverá o curso de “Hortaliças” e, em fevereiro, o de “Estufas” e “Hortaliças em Estufas”. Além disso, reflorestamento, bonecos de pano, doma racional, processamento de frutas e pintura em tecido também serão temas de cursos. O presidente se mostrou animado com a construção da Escola Técnica Federal, que está sendo erguida em Rolante e irá oferecer cursos voltados ao meio rural. Segundo Sérgio, o Sindicato buscará parcerias com novas instituições para ampliar a gama de cursos oferecidos e essas iniciativas têm como objetivo levar os jovens de volta ao campo.

CONTRIBUIÇÃO - O Hospital Bom Pastor, de Igrejinha, informou que está disponível, no comércio igrejinhense, o carnê Vida e Saúde. Por meio do sistema, as constribuições podem ser feitas mensalmente ou em cota única com desconto, até o dia 15 de fevereiro. Os contribuintes usufruem uma série de serviços e de descontos, além de concorrerem a prêmios mensais. Em dezembro, a premiação será em dinheiro. Segundo o hospital, as contribuições podem ser individuais ou familiares.

2167  
2167  
Advertisement