Page 1

3542.3720

3541.3880

Michele Haas,

3545-1317

22 anos, de Taquara, trabalha na Empresa Amor à Vida Produtos Naturais e é a eleita da semana na promoção Garota

Salão de

Beleza

3542-1826

3542-4242

3541.2030

3542-6188

3545.1031

GAROTA

A grande vencedora ganhará um smartphone Nokia com serviços VIVO, além de R$ 1.000,00 em vale-presentes; R$ 500,00 em presentes para a 2ª colocada e R$ 400,00 para a terceira.

PANORAMA

de Verão.

PANORAMA www.jornalpanorama.com.br

Faltam 2 semanas para encerrar!

Parabéns, Michele!

Você ganhou um vale-compras de R$ 150,00 da loja Dispa. Seu jeito de vestir

Compareça ao Jornal para receber seu prêmio.

TAQUARA, 1º DE MARÇO DE 2013 | Nº 2124 | 37 ANOS | 24 PÁGINAS | R$ 1,50

Rolante, 58 anos

Volta às aulas com novidades Situação e novidades nas escolas estuduais do Paranhana

Guilherme Augusto

Especial/Foto Both

Caderno especial nesta ediçao

Soberanas da Kuchenfest, Camila Schacker, Franciele Grings e Karina Rodrigues da Silva, convidam para a programação de aniversário, que começou ontem e segue até o dia 10.

Estudantes do Instituto Olívia Lahm Hirt, de Igrejinha, chegam para novo ano letivo encontrando salas de aula com condicionadores de ar. PANORAMA ouviu todas as escolas da rede estadual na região sobre as novidades e dificuldades para o ano letivo que começou na quarta-feira

Página 6, 7, 8 e 9

Paranhana teve um assalto por dia em 2012 Dados da Secretaria de Segurança Pública revelam crescimento de indicadores como roubos e assassinatos na região. Página 23

Igrejinha Divulgado balanço da Oktoberfest

Parobé Ministro quer inovação no calçado

Taquara Lar das Meninas pode fechar

Página 21

Página 20

Página 4

V

Convite para Missa de 7º Dia Sueli Alvez Fernandes, Zeli Benedetto seus filhos e netos, participam com pesar o falecimento do sempre querido e amado

RUBERVAL JUAREZ ALVES FERNANDES Agradecem as presenças e demonstrações de carinho recebidas por ocasião de seu falecimento ocorrido em 22/02/2013. Convidam para missa de 7º dia, que será celebrada em 02/03/2013, às 17 horas, na Igreja Matriz Senhor Bom Jesus, de Taquara. “Não é possível ficar um único dia sem lembrar de ti. A saudade e as lembranças são constantes. Obrigado por tudo que fizeste por nós! Pois aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós. Nunca te esqueceremos.”


2

Sua casa é como seu rosto. A calçada é seu sorriso para quem passa.

PANORAMA SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

ABERTURA

Ou prefere mostrar cara feia? ROÇADAS E FAIXAS

O exemplo da deseducação O gesto desesperado de uma ouvinte da Rádio Taquara motivou uma pauta do PANORAMA, publicada na página ao lado. Trata-se da ação de Nelci de Fátima Soares, que, na sexta-feira passada, ligou e chegou a chorar no ar quando pedia ajuda da comunidade para os cães e gatos que abriga em sua casa. No sábado, a reportagem esteve na casa de Nelci, e constatou que a situação é grave e, realmente, ela precisa de ajuda. O que dá para esperar do caso é que a comunidade auxilie a moradora do bairro Tucanos, não só com doações, mas com o que ela mais precisa atualmente. Que a deseducação e o aproveitamento do trabalho comunitário dos outros não continue se sobrepondo. Nelci revelou, nas entrevistas que concedeu, que muitas pessoas simplesmente chegam até sua residência, muitas vezes no período da madrugada, abandonando gatos para que ela cuide. Sem nem perguntar se a dona de casa tem condições de abrigar mais animais, completamente no anonimato. Para dizer o mínimo, é uma falta de educação absurda que estas pessoas demonstram, mas chama a atenção para um deficiente sistema de atendimento a animais de rua vigorando em Taquara, há muitos anos. Faz tempo que o poder público não assume sua obrigação de cuidar dos animais, simplesmente transferindo parcos recursos a uma entidade voluntária, que tem dificuldade para fazer este serviço. Mais absurdo ainda foi o rompimento do único convênio para este serviço, ainda na gestão passada, sem que algo tenha sido resolvido até agora. Taquara precisa controlar a superpopulação de animais com eficiência e planejamento, mas este trabalho é do poder público. A própria Apata, que atende os animais atualmente e com sérias dificuldades financeiras, ressalta que não tem forças para dar conta de tantos casos. Por isso, a Prefeitura precisa atender este serviço, sob pena de que os animais de rua continuem sendo maltratados e não tão bem acolhidos. Certamente, poderá contar com o apoio comunitário, se fizer a sua parte bem feita. Sem falar que o caso também se reveste como de saúde pública, uma vez que os animais com doenças circulando pelas ruas do município podem transmitir enfermidades.

Olá, amigos! Os próximos dias serão de céu parcialmente nublado, com poucas chances de chuva. O calor permanece durante o final de semana. Um abraço!

O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho informou nesta semana ao PANORAMA que o serviço de roçadas dos matos que tomam conta das ruas de Taquara deverá iniciar na semana que vem. Segundo ele, foi necessária uma medição para que os serviços sejam executados por uma empresa contratada pela Prefeitura. Também será feita a varrição e pintura dos cordões. Titinho anunciou ainda que a Prefeitura fará a pintura das faixas de segurança, que estava concentrada defronte às escolas, e agora se estenderá por outros locais.

UPA DE PORTE UM

A Prefeitura de Taquara se decidiu na questão da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 Horas. O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho informou ao PANORAMA que dará encaminhamento, junto ao Conselho Estadual de Saúde, à documentação que muda o porte da UPA para nível um. Com isso, segundo ele, o atendimento ficará restrito aos taquarenses. Tito disse também que, depois deste procedimento, encaminhará ao Ministério da Saúde os documentos necessários à readequação do porte da UPA. O prefeito afirmou que Taquara não perdeu os recursos destinados à unidade.

QUARTEL DOS BOMBEIROS

Os três vereadores que integram a bancada do Partido Progressista (PP) em Taquara, Adalberto Soares, Arleu Oliveira e Roberto Timóteo, enviaram, nesta semana, requerimento ao deputado estadual João Fischer. Pediram que a Assembleia Legislativa realize uma audiência pública em Taquara reunindo representantes do governo do Estado, prefeitura, vereadores e comunidade para a discussão da implantação de um novo quartel do Corpo de Bombeiros na avenida Sebastião Amoretti, junto à esquina com a rua Coronel Diniz. Segundo os vereadores, existe o interesse comunitário na construção do quartel.

MOEDAS NÃO, POR FAVOR

Moradora de Parobé enviou e-mail à redação do PANORAMA relatando fato ocorrido na agência do Banco do Brasil. Ela contou que foi até a agência pagar um boleto, do próprio banco. Para quitar o valor, levou R$ 50,00 em moedas de cinco e dez centavos, sendo que todas estavam separadas em quantias de R$ 1,00. Para sua surpresa, porém, o atendente disse que não poderia aceitar as moedas, pois teriam que ser contadas e este procedimento levaria tempo. A cliente foi orientada a voltar à agência com o valor em cédulas. A leitora foi até uma loja central de Parobé e trocou as moedas, mas ficou revoltada com o fato de uma agência bancária não aceitar o pagamento em moedas. “Ora, então elas não deveriam estar circulando no mercado”, comentou.

PEDIDO POR VAGAS

Na quarta-feira, a Escola Técnica Monteiro Lobato (Cimol), de Taquara, preencheu, por ordem de chegada, oito novas vagas que surgiram no final do ano passado, devido a repetência de alunos da oitava série. Por este motivo, sete adolescentes fizeram, desde a semana passada, um plantão na frente da escola, em revezamento com os pais. A ideia era assegurar as vagas para os cursos técnicos oferecidos pelo Cimol. O grupo de estudantes justificou o plantão pelo desejo de estudar em uma escola que oferece ensino técnico de qualidade. O diretor do Cimol, Silvio Quintino de Mello, destaca que o educandário possui grande procura por vagas, mas não consegue atender a todos, sendo necessário sorteio, como o realizado no final do ano passado.

30ºC ▼14ºC

SÁBADO

32ºC ▼17ºC ▲

DOMINGO

30ºC ▼20ºC ▲

acesse

SEXTA

CALÇADAS OCUPADAS

Leitor entrou em contato, por meio do Facebook do jornal, relatando dificuldade com os estabelecimentos comerciais que utilizam a calçada para estacionamento de clientes. Foram anexadas fotos à manifestação, comprovando que os carros estão bloqueando a passagem de pedestres. PANORAMA não está publicando as imagens pois são vários os casos relatados em Taquara, demonstrando que os comerciantes precisam ter atenção para a regulamentação que trata das calçadas, a qual impede que carros atrapalhem a passagem dos pedestres. Além disso, o fato chama a atenção para a deficiente fiscalização que a Prefeitura de Taquara tem, há vários anos, sobre a questão da lei das calçadas.

www.jornalpanorama.com.br e opine sobre as matérias desta edição EXPEDIENTE

PANORAMA Fundado em 27/9/1975 Impressão: Gazeta do Sul (051) 3715.7800 / 3715.7887

MULTAS NA ERS-115

Por meio da lei de acesso à informação, PANORAMA obteve o número total de multas aplicadas nas lombadas eletrônicas da ERS-115 em Igrejinha e Três Coroas. Segundo o governo do Estado, foram 15.828 infrações contabilizadas desde 2009. O ano com o maior número de autuações foi em 2012, com 5.550, seguido de 2011, que registrou 4.480. Depois, foram 3.398 multas aplicadas em 2009 e 2.391 em 2010. A lombada que aplica o maior número de multas é a situada no primeiro acesso a Igrejinha, com 6.200 infrações nos últimos quatro anos. O governo do Estado disse que, como o Daer não contabiliza a arrecadação por equipamentos, não poderia informar o total cobrado em valores nos últimos anos.

SECRETÁRIOS NA CÂMARA

Em reunião na segunda-feira com o prefeito Ademir Gonçalves e o vice Régis Zimmer, os vereadores de Rolante combinaram um método para dar andamento às reinvindicações que recebem da comunidade. Pediram que os secretários municipais compareçam à Câmara, quinzenalmente, para, durante a sessão, fazer uma explanação sobre o trabalho em andamento. As visitas deveriam ser feitas com agendamento prévio, de forma a permitir que os vereadores preparem as perguntas que recebem da comunidade.

AM 1490

Parobé em foco

59

Contribua com seu artigo. Envie para editoria@jornalpanorama.com.br O texto deve conter no máximo 1500 caracteres

A renúncia

Segundo o Dicionário de Aurélio, renunciar significa rejeitar, recusar, não aceitar, desistir de... Em resumo, é discordar de uma situação onde o principal ator passa a ser o renunciante. Pois, essa palavra, talvez em tempo algum foi tão divulgada como agora na recente renúncia do Bispo de Roma. E, para milhares de pessoas no mundo, causou um espanto incrível, parecendo até que o Papa, com toda a sua onipotência, não poderia ser acometido por um sentimento tão comum. Analisando as renúncias de um modo geral, observamos os seguintes exemplos: a) Renúncia de um casamento motivado pela discordância de comportamento, de pensamento, de um ou de ambos os cônjuges, independente do tempo anterior que conviveram em paz; b) Renúncia de um emprego por divergir da filosofia sugerida pela empresa ou entre colegas, mesmo que ele tenha passado um bom tempo nesse emprego; c) Renúncia de um cargo político por discordar das determinações do Partido, ou por achar que o povo que o elegeu não aprova mais os seus atos públicos; d) Renúncia de um ator ou atriz para desempenhar um papel na TV, no cinema, no teatro, etc, por discordar do texto ou do enredo o qual estão querendo que ele ou ela desempenhe; e) Renúncia de uma carreira profissional depois de muito tempo, porque ele ou ela descobre que está na profissão errada, e que só aceitou aquela carreira porque foi incentivado ou “forçado” pelos seus pais; Ora, poderíamos discorrer sobre uma infinidade de exemplos, e quase todos seriam originados por um sentimento comum: a discordância! E não importa o tempo anterior que tenha convivido com determinada situação, importa é a sua decisão em certo momento, que ele ou ela não concordam mais em continuar aceitando o que a vida lhes está impondo. Em alguns casos extremos, o espírito está tão enfraquecido, que o levam ao suicídio. Vide o caso do presidente Getúlio Vargas. Finalizando este comentário, não acredito que o Papa tenha renunciado por achar que ele não tem mais forças físicas para comandar a Igreja. O que penso é que as forças políticas do Vaticano divergiram tanto nestes oito anos com o eminente cardeal Josef Ratzinger, que ao mesmo não restou senão a atitude corajosa de renunciar. Um ato comum de qualquer ser humano. Jorge Bento de Souza Professor, de Taquara

segundas a sextas-feiras, às 10h30min, na Rádio Taquara

Editado pela EMPRESA JORNALÍSTICA GAÚCHA LTDA. Inscrição Estadual: 141/0071666 - CNJP: 88.279385/0001-19 Rua Rio Branco, 1006 - Fone: 3542.2288 - Taquara/RS - CEP: 95.600-000

www.jornalpanorama.com.br

Jornalismo: editoria@jornalpanorama.com.br Publicidade: publicidade@jornalpanorama.com.br Direção: direcao@jornalpanorama.com.br Diretor: Olavo Carlos Wagner Editores: Inge Dienstmann / Vinicius Linden

Circulação às sextas-feiras em Taquara, Parobé, Igrejinha, Três Coroas, Rolante e Riozinho (Vale do Paranhana). Fechamento comercial quartas ao meio-dia.

Membro da


LOCAL

Mulher que acolhe gatos e cães precisa de ajuda da comunidade

Há 20 anos realizando um trabalho que muitos deixam de lado, uma moradora do bairro Tucanos, em Taquara, está precisando do auxílio comunitário. A dona de casa Nelci de Fátima Soares quer, principalmente, que as pessoas deixem de levar animais para abrigo em sua residência. Mas também precisa do auxílio de doações. Atualmente, Nelci acolhe 70 gatos e 13 cachorros, todos recolhidos das ruas. O trabalho da moradora de Taquara começou há cerca de 20 anos, quando ela ainda residia no bairro Cruzeiro do Sul. Depois mudou-se para o bairro Santa Teresinha e há sete anos está residindo no bairro Tucanos. Segundo Nelci, os primeiros animais abrigados foram largados em sua residência por outras pessoas. Depois vieram outros e como Nelci os abrigava, criou-se uma rotina: as pessoas passaram a deixar os animais para que ela cuidasse. Mas Nelci alerta que a situação está ficando insustentável, principalmente porque não conta com o apoio de nenhum órgão público. A dona de casa, que vive com o marido Roberto Edolir Soares, conta que gosta dos animais, mas que não tem condições de continuar cuidando deles. Primeiro por uma questão de saúde. Sofrendo com algumas doenças repassadas pelos próprios bichos, ela precisa comprar remédios

I

niciando o ano letivo de 2013, o IACS reitera o propósito de ter como foco principal o projeto interdisciplinar “Educação + Saúde”. Este visa a formar no educando hábitos saudáveis, explorando de maneira intensa os recursos naturais que nos foram ofertados de maneira gratuita pelo Pai celestial, como a luz solar, a água, o ar puro, o repouso

Nelsi dando comida para alguns dos gatos que abriga: ao todo são 70

para o seu tratamento, mas não está tendo condições, por conta da necessidade de alimentar bem os cães e gatos. De acordo com Nelci, até hoje a Associação Protetora dos Animais de Taquara (Apata) não ofereceu nenhum suporte ao cuidado com os bichos, além da Prefeitura. Segundo ela, recebeu doação de ração há alguns meses atrás de um rapaz. No ano passado, ganhou a promessa de apoio do prefeito Tito Lívio Jaeger Filho, durante

e também a alimentação equilibrada e nutritiva. Na semana de ambientação, os alunos saborearam frutas diversas, uma deliciosa salada de frutas, barra de cereal e tiveram muita descontração. Muitos são os motivos que o Colégio tem para agradecer a Deus, aos pais, aos professores e funcionários que deram o seu melhor em 2012.

a campanha eleitoral, mas ainda não conseguiu agendar uma reunião com o novo chefe do Executivo para tratar do assunto. Só para dar conta da demanda com os animais, atualmente Nelsi gasta cerca de 100 quilos de carne por semana. Menos mal que seu marido, funcionário de um frigorífico, consegue comprar os alimentos com preços mais baratos. Na casa de Nelsi, os gatos estão por todos os cantos: em cima da geladeira, do aparelho de som, da televisão, dos sofás, nas camas. Do desrespeito da comunidade, a moradora do bairro Tucanos conta episódios impressionantes. Como o abandono de sacolas com gatos que pessoas deixam penduradas nas suas árvores. “O principal horário em que abandonam é na madrugada, quando não conseguimos cuidar”, diz Nelsi, referindo, também, problemas que está tendo com os vizinhos, alguns deles desgostosos com o alto número de animais que circula ao lado de suas casas. Dos principais pedidos, Nelsi quer que a comunidade pare de levar animais para ela. “Não tenho mais condições de cuidá-los”, comentou. Além disso, pede doações de ração, remédios e jornais, para dar o cuidado adequado aos animais que já abriga.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

3

Feira de Chocolates em sindicato

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Calçado, Componentes e Vestuário de Taquara está promovendo, desde o dia 18 de fevereiro, em sua sede, a Feira de Chocolates. O evento se estende até 28 de março. A iniciativa, que está em sua segunda edição, acontece em parceria com uma empresa de chocolates de Gramado. O presidente do sindicato, Sílvio Antônio Kirsch, diz que o convênio foi firmado para beneficiar a categoria de associados, uma vez que o produto com mais saída é a caixinha de ferramentas, com preço médio de R$ 11,00. Além disso, mesmo que o consumidor não seja ligado à área de atuação da entidade, poderá efetuar suas compras dirigindo-se à sede do sindicato, que também disponibiliza cestas básicas. Os preços variam entre R$ 90,00 e R$ 110,00.

Agora oferecendo também

Aparelhos Auditivos

• Avaliação sem compromisso com fonoaudióloga • Manutenção do aparelho direto na loja Ligue e agende seu horário

3542.1062 9397.5388 (plantão) Fonoaudióloga Daiani Lago Machado - CRFA 9238/RS

Turma Simpatia 2013 - Tarde

Turma Simpatia 2013 - Manhã

Barra de Cereal

Estúdio Fotográfico

Estúdio Fotográfico

Turma do Nosso Amiguinho

Eis alguns resultados: a 90% dos alunos que prestaram vestibular em Universidades foram aprovados; a Iniciamos 2013 com um total de 1442 alunos, sendo que, destes, 425 são novos que estão chegando para sonhar conosco, quer externos, quer internos. a O Polo Universitário de Ensino à Distância Anhaguera Uniderp conta com 550 estudantes nos diversos cursos que são oferecidos. Estes não fazem parte do cômputo geral dos alunos.

O IACS, mais uma vez, agradece aos pais pela confiança e parceria. Vocês podem ter certeza de que realmente temos “compromisso com o futuro de seus filhos”.


4

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Comunidade Evangélica IECLB Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil

“Com alegria tirareis água das fontes da salvação” (Isaías 12.3).

A

migos do Panorama! “Fontes de salvação” – qualquer fonte significava salvação da morte durante o tempo de migração do povo de Deus pelo deserto. Agora imagine uma fonte forte, jorrando água em abundância. Nossa! Nós aqui no Vale do Paranhana nem podemos imaginar o que significava uma fonte de água para aquela gente. Temos água em abundância na maior parte do ano. Talvez os nordestinos poderiam entender melhor estas palavras: fontes de salvação. O que seria para nós em Taquara e região uma fonte de salvação, onde chove regularmente? Quem sabe, se diremos: cura da morte ou coisa semelhante. Então o nosso versículo ficaria assim: “Com alegria tirareis água das fontes que salvam da morte”. O que você acha? No livro de Apocalipse 21.6 lemos: “Disse-me ainda aquele que está assentado no trono: Tudo está feito. Eu sou o princípio e o fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida”. Ela está a jorrar de forma abundante, a “fonte da salvação”, a fonte que cura da morte. É só ir lá e beber – se é que você tem sede desta fonte. Pode ser que tenha sede de outras fontes... E se você tiver sede dessa fonte e for lá e beber, então você mesmo se transformará em fonte rica e abundante, que jorra água para as pessoas a seu redor, porque bebeu da fonte da vida: Jesus Cristo. Amém. P. Valmor Haag PROGRAMAÇÕES: SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO: Culto do Dia Mundial de Oração, na Igreja da Paz às 20h. SÁBADO, 2: Culto no Lar OASE às 15h; Encontro de Jovens às 19h30min no Dorothea. DOMINGO, 3: Culto na Igreja da Paz (centro) às 9h com Ceia do Senhor. - Lembramos que durante a Quaresma teremos culto às quartas às 20h. - Crianças nascidas em 2001 podem inscrever-se para o Ensino Confirmatório.

O presidente da Câmara, Nelson Martins, pediu, nesta semana, que a Prefeitura faça operação tapa-buracos no bairro Eldorado. Segundo ele, as ruas do local encontram-se em más condições de tráfego. (VL)

LOCAL

PANORAMA

Direção da entidade mantenedora decide fechar o Lar das Meninas

Depois de acompanhar há dois anos o encerramento das atividades da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (Apromin), Taquara começa 2013 vendo fechar o Lar das Meninas. A decisão foi tornada pública nesta semana pela direção do Educriança, uma entidade paulista que é a atual mantenedora do lar em Taquara. A administração municipal ainda estuda alternativas, seja para manter o lar em funcionamento ou de como será feito para que as meninas que estavam no local sejam abrigadas em outro lar. A decisão foi confirmada à reportagem do PANORAMA pelo próprio presidente do Educriança, professor Jorge Fabbro, em entrevista por telefone, na segunda-feira. Na ocasião, comentou que o Lar funciona em Taquara há mais de 30 anos, e que sempre foi mantido com o apoio de empresas, que trocaram de administração nos últimos anos. Com isso, segundo Fabbro, o Lar das Meninas perdeu sua principal fonte de receita, uma vez que as empresas deixaram de fazer doações em dinheiro para a manutenção do abrigo. O presidente do Educriança diz que, diante deste quadro, verificado ainda no ano passado, o Lar das Meninas buscou a parceria das prefeituras, a fim de verificar de que forma as administrações poderiam contribuir. Foram fechados convênios com as prefeituras de Taquara e a Arroio dos Ratos para manutenção de cinco e duas meninas abrigadas, respectivamente. Contudo, segundo o professor, o valor pago pelas duas administrações fica em cerca de 25% a 30% do custo

Arquivo Panorama

Lar que funciona há mais de 30 anos vai fechar por dificuldades financeiras

com o abrigo das crianças. O descompasso entre o valor arrecadado e o gasto na manutenção do Lar tornou insustentável a situação financeira, obrigando a decisão do Educriança de encerrar as atividades do Lar das Meninas. Para completar, segundo Jorge Fabbro, o repasse da Prefeitura de Taquara sempre ocorreu com atraso. Atualmente, de acordo com o presidente, a administração municipal estava em débito com quatro meses, alguns deles ainda do governo de Délcio Hugentobler, que entregou o governo com os valores pendentes. Quanto aos repasses de Arroio dos Ratos, estavam em dia, segundo o professor. O presidente do Educriança explicou que o custo de operação do Lar gira em cerca de R$ 28 mil por mês. Ele disse que o que encarece o custeio é a contratação de funcionários exigidos pela legislação que regula o funcionamento dos abrigos, entre os quais equipes 24 horas, além

de psicólogos, assistentes sociais, entre outros. Fabrro disse que a decisão foi comunicada às autoridades taquarenses, e, na sexta-feira passada, conversou por telefone com a promotora de Justiça, Natália Cagliari, e com o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho. Na ocasião, o chefe do Executivo pediu um orçamento sobre a manutenção do Lar, que foi enviado por e-mail ainda no final de semana passado. Fabbro sugeriu alternativas para que o Lar continue funcionando, ressaltando, porém, que deverão passar por um maior compromisso das administrações municipais. Entre as ideias aventadas está a formação de um consórcio de prefeituras. Caso nenhuma alternativa seja encaminhada, o Lar das Meninas para de funcionar no dia 8 de março. Segundo o presidente do Educriança, o Lar inclusive conta com os repasses em atraso da Prefeitura para quitar as rescisões com os funcionários.

Titinho diz que custo de operação é elevado para a Prefeitura

Contatado pela reportagem do Panorama, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho comentou, na terça-feira, a decisão da direção do Educriança de encerrar as atividades do Lar das Meninas. Ele lamentou a posição da entidade, considerando a notícia ruim para Taquara.

Mesmo assim, disse que o valor de R$ 28 mil por mês para o custeio da unidade seria inviável de a Prefeitura assumir. Titinho se mostrou disposto a negociar elevação nos repasses, mas disse que não poderá chegar a este montante. O prefeito disse que foi

Edital de Convocação de Assembléia Geral de constituição do Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranhana Na condição de membro organizador designado representante dos demais gestores públicos municipais para constituição do Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranhana, convoco os md. prefeitos municipais dos municípios de Igrejinha, senhor Joel Leandro Wilhelm, de Parobé, senhor Cláudio Roberto Ramos da Silva, de Riozinho, senhor Airton Trevizani da Rosa, de Rolante, senhor Ademir Gomes Gonçalves, de Taquara, senhor Tito Lívio Jaeger Filho, e de Três Coroas, senhor Rogério Grade, para participar de uma assembléia geral de constituição de um consórcio intermunicipal, no dia 12 de março de 2013, às 19:30 horas em primeira e/ou às 20:30 horas em segunda e última convocação, na sala de reuniões do prédio principal da Faccat, na Avenida Oscar Martins Rangel, 4500, bairro Fogão Gaúcho, em Taquara/ RS, para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: 1. análise e deliberação sobre o interesse da criação e implan tação imediata de um consórcio intermunicipal, ou não; 2. em caso positivo, análise por leitura, discussão e aprovação do estatuto social da nova entidade representativa; 3. em caso positivo, eleição e posse dos dirigentes e conselho fiscal, titulares e suplentes; 4. em caso positivo, autorização para registro imediato da nova entidade representativa e 5. assuntos gerais. Taquara(RS), 22 de fevereiro de 2013. Airton Trevizani da Rosa Prefeito Municipal de Riozinho e membro organizador

pego de surpresa pela informação de que o Lar vai fechar, uma vez que em nenhum momento a direção do Educriança foi conversar com ele para expor as dificuldades. Afirmou que, desde que ficou sabendo do assunto, fez um esforço para que as contas em atraso por parte da Prefeitura fossem colocadas em dia. Destacou que os débitos existiam desde quando assumiu o governo. O valor, segundo o prefeito, está à disposição da entidade, que ainda não tinha

ido receber. Titinho afirmou que está estudando alternativas, junto com os outros municípios, sobre formas de ajudar no custeio do Lar. Também está em estudo, porém, a maneira de como seriam transferidas as crianças atualmente abrigadas na entidade. Titinho disse que o principal problema, neste primeiro momento, seria o abrigamento de bebês, serviço feito pelo Lar das Meninas e não realizado no Lar Padilha, outra instituição conveniada à Prefeitura.

Conselho Tutelar vê como perda o fechamento do Lar Também contatado por PANORAMA, o Conselho Tutelar de Taquara se manifestou através da conselheira Sílvia Prass a respeito da decisão de encerramento das atividades do Lar das Meninas. Segundo ela, o Conselho está acompanhando a situação com bastante preocupação, até mesmo por conta da dificuldade das internações de bebês. Na terça-feira, o Conselho estava gerenciando um caso de dificuldade com recém nascido ainda em busca de local para atendimento. Segundo Sílvia, tão logo o Conselho Tutelar ficou sabendo da notícia comunicou o Ministério Público, através da Promotoria da Infância e da Juventude. O Conselho vem acompanhando as negociações do Educriança com a Prefeitura, mas sem a intervenção, até porque isso compete ao próprio poder público. Segundo Sílvia, sabe-se, porém, até mesmo de uma resistência à manutenção do Lar das Meninas por parte da direção do Educriança, por conta das recorrentes dificuldades financeiras. A conselheira tutelar disse que Taquara terá uma grande perda por conta do encerramento das atividades do Lar, até mesmo porque muitas crianças vão ficar abrigadas longe do local onde moram. “Quando fechou a Apromin já foi uma situação difícil de gerenciar”, finalizou Sílvia Prass.

Calendário de eventos em elaboração

O Departamento de Turismo de Taquara informou que está elaborando o calendário oficial de eventos de 2013. A ferramenta serve como divulgação e organização das manifestações culturais e sociais. Grupos, entidades e associações devem informar sua programação para este ano mediante a entrega de material junto ao protocolo geral da Prefeitura, localizado na rua Júlio de Castilhos, 2840, contendo as seguintes informações: entidade promotora, telefone, e-mail e endereço eletrônico (se possuir). Também deverá ser informado o nome do evento, data de realização, local, endereço e horário. O prazo final para a entrega do material é 28 de março. Mais informações pelo telefone 35429200, ramal 205, ou e-mail turismo@taquara.rs.gov.br.

Casa do artesão segue no Centro

O diretor de Turismo, Ricardo Maciel, confirmou na tarde de terça-feira que a nova administração municipal de Taquara manterá a Casa do Artesão no mesmo endereço, na rua Coronel João Pinto. A definição ocorreu após reunião realizada com o vice-prefeito e secretário de Saúde, Carlos Alberto Pimentel, e com o diretor de Cultura, Paulo Silva. No encontro, foi ressaltado que o local será mantido em função da necessidade de manter a tradição, e também por se tratar de um ponto central, beneficiando a comercialização dos produtos confeccionados pelos artesões. “A administração municipal proporcionará toda a assistência logística e jurídica para o perfeito funcionamento da Casa do Artesão”, garantiu Ricardo Maciel. “A ideia é agregar mais pessoas ligadas à área, principalmente quem reside nos bairros e no interiro do município, com a finalidade de aumentar o leque de produtos ofertados”, completou o diretor de Turismo. Será marcada uma reunião para março, no gabinete do prefeito Tito Lívio Jaeger Filho, com a presença dos integrantes da associação dos artesões, para a apresentação dos seus trabalhos. O ponto G do seu rádio

prazer de ouvir

www.fm91.com.br


O vereador Luiz Carlos Balbino pediu à Prefeitura que instale redutor de velocidade defronte à escola João Martins Nunes, no bairro Medianeira. Segundo ele, a medida daria mais segurança aos estudantes.

Uma aposentada de 80 anos, moradora de Taquara, ganhou indenização de uma distribuidora de colchão magnético que não comprovou as propriedades medicinais do produto. A venda foi efetuada mediante desconto do valor da compra do benefício previdenciário da idosa. O Tribunal de Justiça determinou a rescisão do contrato e a devolução dos valores já pagos, mediante a devolução do produto. Também foi concedida a indenização por danos morais, no valor de R$ 2 mil. A aposentada afirmou que recebeu constantes visitas do vendedor em sua residência para que adquirisse de um colchão magnético por R$ 1 mil. Após muita insistência, a idosa comprou o produto por causa das propriedades medicinais que foram propaladas pelo vendedor. Segundo o TJ, não ficaram comprovadas as divulgadas propriedades medicinais do colchão magnético, configurando a publicidade enganosa. SEMÁFORO - O vereador Adalberto Lemos pediu ao Daer, nesta semana, que estude a viabilidade de instalar uma sinaleira na ERS020, próximo ao principal acesso ao bairro Empresa. Segundo o vereador, o fluxo de pedestres e veículos é intenso no local, causando vários acidentes, alguns deles com vítimas fatais. MORADIA PARA PM’S - O vereador Eduardo Kohlrausch sugeriu à Prefeitura, nesta semana, que disponibilize área de moradia junto às escolas municipais. A ideia seria abrigar as famílias de policiais militares, seguindo sugestão do novo comandante da Brigada Militar, capitão Adriani Zanini, feita aos vereadores na semana passada. QUADRA - O vereador Moisés Rangel solicitou à Prefeitura que desenvolva projeto para a cobertura da quadra de esportes da escola Rosa Elsa Mertins, no bairro Santa Rosa. Segundo ele, em dias de chuva e calor forte as aulas de educação física ficam prejudicadas. DOCENTES - A Câmara de Vereadores de Taquara aprovou, nesta semana, em segunda votação, projeto que autoriza a Prefeitura a contratar 18 professores. Os docentes atuarão no ensino fundamental.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Associação Três de Março comemora cinquentenário com baile de casais

Fundada há cinco décadas, a Associação Três de Março, localizada no Quilômetro Quatro, da ERS-020, comemora 50 anos com festividades. Amanhã à noite acontece o baile de casais e no domingo almoço seguido de reunião dançante. Segundo o ex-presidente da Associação, Darci Flesh, o baile anual de kerb, realizado nas décadas de 60 e 70, reunia sempre um grande público juntamente com as tradicionais festas de canto, que contava com a presença de cantores de outras associações. “Infelizmente, os corais foram acabando, e não se formaram novos grupos. Os mais novos não se interessaram em manter esta tradição. Para nós, que vivemos aquele tempo, só nós restam as lembranças”, desabafou. De acordo com Delmar Backes, no início dos anos 80 a associação foi homenageada pela Ciranda Musical Teuto-Riograndense, que era presidi-

da pelo diretor da Faccat. Enquanto a Ciranda ocorria no ginásio do Colégio Santa Teresinha, atrações paralelas aconteciam nas dependências do Museu Arqueológico, e também na Associação, quando foi encenada uma reprodução da chegada dos colonizadores alemães, como forma de homenagear a Associação e valorizar a área do Museu Arqueológico. Presidindo a Associação Três de Março há dez anos, Aírton Aguiar foi reeleito para ficar mais dois anos à frente da entidade. O presidente espera um grande público para as festividades do cinquentenário, que acontecem neste final de semana. Neste sábado haverá um jantar seguido de um baile de casais, tendo animação da banda Pop Star, de Nova Petrópolis. No domingo acontece um almoço colonial seguido de uma reunião dançante, prevista para iniciar às 14 horas, com as bandas Pop Star e Rainha

Musical. Questionado sobre o motivo que o levou a ficar tantos anos na presidência da Associação, Aírton disse que aceitou o desafio após perceber que ninguém mostrava interesse em assumir o cargo. De acordo com ele, o início foi de muitos percalços, mas com a ajuda de apoiadores diversas melhorias já foram feitas. “Instalamos um poço para a captação de água, trocamos toda a parte elétrica e investimos cerca de R$ 30 mil na parte nova da Associação, podendo servir almoço para 500 pessoas”, afirmou. Segundo Aírton, o tradicional baile anual de kerb segue sendo o principal evento da entidade. Neste ano o evento está previsto para acontecer no dia 31 de agosto. O presidente explicou que diversos eventos terceirizados são realizados na Associação, como forma de manter a entidade, que hoje não possui quadro social.

No início da década e 80 as festas da Associação reuniu grupo de atiradores de toda a região

Taquara terá cursos de qualificação profissional Uma parceria entre a iniciativa privada e o poder público vai possibilitar a oferta de novos cursos de qualificação profissional em Taquara. O acordo foi fechado entre as instituições que gerenciam o Programa Nacional do Ensino Técnico (Pronatec) e a Citral. O objetivo é a formação de novos profissionais nas áreas de mecânica de motores a diesel, mecânica de ar-condicionado automotivo e eletricista de veículos de carga e passageiros. O assunto foi tratado em reunião na segunda-feira, entre o diretor da Citral, Ricardo Neumann, e os demais representantes do programa. Segundo o empresário, existe uma carência de profissionais capacitados para atuarem nestas áreas em Taquara. A falta de mão de obra fez com que a empresa se coloque à disposição para a oferta dos cursos

profissionalizantes, cujo início está previsto para abril. A Citral disponibilizará duas salas para os cursos teóricos e toda sua estrutura física e ferramental para a realização das aulas práticas. Para a inscrição no curso de eletricista, que terá duração de 160 horas/aula, o candidato deve ter ensino fundamental completo. Nos demais cursos, os candidatos devem ter a quinta série do ensino fundamental. É possível que o estudante participe de mais de um curso, desde que não sejam concomitantes. As inscrições podem ser feitas junto à Secretaria de Assistência Social e Habitação, na rua Ernesto Alves. Os candidatos também devem ter mais de 16 anos, estarem inscritos no cadastro único do governo federal e a renda familiar não poderá ser maior do que R$ 1,6 mil.

IDIOMAS - A unidade de Taquara do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está com inscrições abertas para cursos de espanhol, com aulas iniciando neste mês. As inscrições podem ser feitas diretamen-

Reunião definiu parceria para cursos do Pronatec

Para Ricardo Neumann, a qualificação do colaborador, em qualquer função na empresa, é fundamental para a satisfação do cliente. O diretor-geral da Assistência Social, Jussiê Teixeira, ponderou que, no ano passado, além do limite de idade, os cursos eram direcionados somente às pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família. “Hoje os únicos

te na escola, que fica na rua General Frota. Os interessados podem optar pelo curso de espanhol básico um. Para participar é preciso ter 14 anos e estar cursando o ensino fundamental. Mais informações pelo telefone 3541-5370.

que têm prioridade são as pessoas com deficiência”, observou.

5

Apata fará Feira na Praça da Bandeira

A Associação Protetora dos Animais de Taquara (Apata) realizou, no último dia 16, feira de animais na rua Júlio de Castilhos, no centro do município. O evento começou na parte da manhã e se estendeu até o meio da tarde, resultando na adoção de seis gatos e quatro cães. As voluntárias da Apata também receberam doações de ração e de uma casinha. O evento ocorreu defronte à agência do Banrisul. Neste sábado, a Apata estará na Praça da Bandeira, das 9 horas ao meio-dia, realizando uma feira de adoção de filhotes de cães e gatos. Segundo a associação, os animais disponíveis para adoção estão com a primeira dose das vacinas em dia. Os adotantes deverão assumir a responsabilidade de continuar com as vacinas obrigatórias e castrar os animais aos seis meses de idade, ajudando a evitar a superpopulação de animais em Taquara. No evento, os voluntários também estarão informando a população sobre os princípios da posse responsável.

HOSPITAL REGIONAL - O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho participou, no último dia 20, de audiência em Gravataí tratando do projeto de construção de um hospital regional. O encontro foi liderado pelo prefeito de Gravataí, Marco Alba, depois da informação de que Alvorada seria o município escolhido para sediar a casa de saúde. Desde o ano passado, as lideranças de Gravataí se mobilizam para receber o hospital regional. Ficou decidido que será solicitada uma audiência para tratar do assunto com o governador Tarso Genro. O prefeito Titinho disse que a administração taquarense aguardará a audiência com Tarso para só então emitir posição sobre o assunto.

Gehrke Assessoria Previdenciária Ielva Suzana Gehrke Advogada - OAB/65.432

INSS

Colchão não medicinal gera indenização

LOCAL

Perícia Negada Contagem de Tempo para aposentadoria Aposentadoria por invalidez lte-nos Consu promissos Aposentadorias em geral m o c sem Revisões Benefício Assistêncial (Deficiente e Idoso)

TAQUARA Júlio de Castilhos, 2579/118 Galeria Comassetto | Fone: 3541-2887 Segunda a sexta-feira: 8h30min à 11h30 min - 13h30min às 17h30min

IGREJINHA Idependência, 384 | Fone: 3549-1275 Segunda, quarta e sexta-feira 14horas às 18horas Sábado: 8h30min as 12horas


6

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

ESCOLAS ESTADUAIS

Especialista em PAPEL Material Escolar Textos: Guilherme Augusto

Um retrato da rede estadual de educação

negocios@jornalpanorama.com.br

Na quarta-feira, a rede estadual de educação voltou às aulas para o ano letivo de 2013. Nesta semana, PANORAMA fez conta-

to com todos os educandários estaduais da região, para apresentar um diagnóstico dos projetos a serem desenvolvidos para o

Cimol busca cursos novos

• SALPIQUE - Cozinha Moderna é o nome do restaurante que o chef Eduardo Leling está dirigindo em Gramado, na Avenida das Hortênsias (direção centro/Nova Petrópolis – antigo Moscerino). Eduardo, que anteriormente se dedicava à Du Leling Acessórios, em Parobé, formouse em Gastronomia pela Feevale, e montou seu próprio negócio na cidade serrana. • CONSTRUARTE Engenharia & Construção entregou dois empreendimentos nos últimos dias. Foram 26 apartamentos e duas lojas no Edifício Solar dos Ipês, em Nova Hartz, e mais 20 apartamentos no Edifício Dona Lucinda, em Igrejinha. Segundo o diretor técnico da empresa, engenheiro Leandro Roberto Kunst, os projetos destes empreendimentos foram desenvolvidos pensando na praticidade de se morar no centro da cidade, perto de tudo e ainda por um custo e condições de pagamento extremamente acessíveis. Lançado em meados de outubro de 2010, o Edifício Solar dos Ipês (foto) foi o primeiro empreendimento da Construarte em Nova Hartz. Oferece apartamentos de dois dormitórios com churrasqueira, preparação para água quente e para TV via satélite, garagem coberta, medidores de água e gás individuais, entre outros recursos modernos. As últimas unidades deste empreendimento seguem em vendas com as imobiliárias da região. Com seis pavimentos e 20 apartamentos, o Residencial Dona Lucinda foi um grande sucesso de vendas. Lançado em dezembro do mesmo ano, teve todas as unidades comercializadas em menos de 90 dias. A Construarte ainda possui outros empreendimentos em execução e vendas nas cidades de Sapiranga (Residencial Júlio Alfredo), Taquara (Vivaz) e Igrejinha (Residencial Dom Aloísio, Edifício Orlando e Edifício Flor de Lótus). • CALÇADOS BIBI lançou linha de sapatilhas Mãe e Filha na nova coleção outono-inverno. Com aplicações de tachas, laços, brilhos e poás, a marca retoma a moda das décadas de 50, 60 e 70 para traduzir o mundo fashion atual. Delicados e em cores que podem ser combinadas com qualquer proposta de look, os sapatos vão do número 18 ao 27, 25 a 32, e 28 a 39, conforme o modelo. Todas as peças são feitas com a exclusiva tecnologia Fisioflex Bibi, que oferece a sensação de andar descalço e estimula as funções neurológicas. As palmilhas também possuem a nanotecnologia para manter a temperatura dos pés e absorver a umidade, com o objetivo de reduzir a proliferação de bactérias que causam odor.

A Escola Técnica Estadual Monteiro Lobato (Cimol) está buscando no Conselho Estadual de Educação (CEE) a autorização para dois cursos novos, Técnico em Química e Técnico em Meio Ambiente. Se aceitos, eles se somarão aos outros oito cursos técnicos oferecidos pela instituição e seus alunos se unirão aos mais de dois mil que o Cimol atende anualmente. Segundo a direção da escola, outro foco da instituição para este ano é investir na formação continuada dos professores. “Antes do início das aulas nossos professores passaram por dois dias de capacitação, e em outros momentos isso vai voltar a acontecer para que o aprendizado seja aprimorado”, comentou o diretor que está há 34 anos na instituição, Silvio Quintino de Mello. Com essas ações, segundo a direção, o Cimol pretende continuar ocupando um lugar de destaque em feiras, exposições e concursos vestibulares. “Muitos dos nossos alunos passaram em inúmeras universidades, até em federais, sem terem feito cursinho. Por isso, temos que prepará-los para os desafios futuros”, enfatizou o diretor.

Polivalente quer combater a evasão Segundo o diretor da escola taquarense Felipe Marx, Marcelo Bischoff, o abandono escolar é o problema que mais atinge a instituição. Principalmente no período noturno, todos os anos um número considerável de alunos deixa as salas de aula. Combater a situação através de ações planejadas é um dos grandes desafios à coordenação do Poli para este ano. A principal delas é a criação de um conselho composto por pais, professores e alunos, para visitar as famílias, mesmo as do interior, conhecendo suas realidades e fazendo um acompanhamento destes alunos. Enquanto isso, outra medida está sendo estudada para ser executada junto a empresas, “visto que a maioria dos alunos que abando-

na os estudos faz isso para aumentar sua carga horária onde trabalha”, esclareceu o diretor. Outros desafios para a escola, conforme contou Marcelo, são as implantações do ensino médio politécnico, que busca aplicar os conceitos de sala de aula no cotidiano, e da avaliação emancipatória. Este método avalia o aluno de modo individual, conforme suas próprias aptidões e necessidades. Além disso, a direção da escola planeja executar vários projetos ao longo do ano. “O Poli está virando uma escola de educação integral”, comentou Bischoff ao relatar as atividades que serão executadas no contraturno escolar, como projetos de leitura. Atualmente o Felipe Marx atende cerca de 850 alunos.

ano, e também as principais preocupações das direções escolares. Somente não foi possível obter as informações das esco-

Dirceu Martins reivindica ginásio A Escola Dirceu Martins conquistou, através da Consulta Popular de 2012, o capital para a construção de um ginásio esportivo, e agora busca junto ao Estado o repasse. “Este é um sonho antigo da comunidade, por isso estamos envolvendo um grande número de pessoas na causa”, comentou a diretora, Marelise Prass Cardoso. Segundo ela, a escola também almeja outras conquistas para este ano, como a implantação de uma oficina de grafite, a ser realizada no programa que a escola tem em sábados pela manhã. O Escola Aberta abriga aulas de reforço escolar, bem como oficinas de informática e taekwondo. Além disso, a diretora salientou outro ponto for-

te da escola: o comprometimento com a qualidade do ensino. “Estamos engajados na qualidade da educação para que isso seja refletido em avaliações como o Ideb”, comentou. Em outro aspecto, devido ao baixo número de matriculados, a escola, que abriga cerca de 500 alunos dos ensinos fundamental e médio, busca novos alunos para sua turma de primeiro ano do ensino fundamental para que ele não corra o risco de ser fechada. Por se tratar de apenas uma turma, restam poucas vagas, mas os representantes de crianças que completam seis anos até 31 de março podem procurar a instituição para manifestar seu desejo de preencher uma vaga.

EJA no interior de Taquara: Hermínia Marques

A Escola Hermínia Marques, situada em Taquara, inicia o ano celebrando uma conquista: sua aprovação para realizar o EJA (Educação de Jovens e Adultos). A partir de março a instituição receberá estudantes vindos de várias cidades da região para cursar a modalidade, em um total de aproximadamente 60 pessoas. Fora do curso, a instituição acolhe cerca de 300 alunos nos ensinos fundamental e politécnico. “Somos a única escola da Encosta da Serra situada em uma zona rural que tem ensino politécnico e isso é motivo de alegria para nós. Agora queremos investir em qualidade para que isso reflita, também, nas avaliações”, comentou a diretora Verlane Catarina da Silva. Enquanto o corpo docente busca maior capacitação, os alunos irão se envolver em projetos voltados principalmente à leitura e à conscientização alimentar, através de ações específicas. “Temos um projeto que será coordenado pela vice diretora, onde a alimentação será focada como geradora de qualidade de vida. Além disso, trabalhamos a leitura de um modo dinâmico e individual e depois temos a Feira do Livro e o Sarau”, explicou Verlane. Custeado pelo CPM (Círculo de Pais e Mestres), a escola possui, também, um coral. O Coral Cem Vozes, composto por alunos do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental, ensaia semanalmente com um maestro e faz apresentações na comunidade e na própria escola.

Aulas só na próxima semana na Tristão Monteiro

Devido à reforma realizada em sua estrutura, as aulas da Escola Tristão Monteiro, em Taquara, retornarão só em 4 de março. Segundo a diretora Rosangela Maria Fleck Haag, a medida de adiar o início do ano letivo foi tomada para garantir a segurança dos alunos. “Fizemos uma grande reforma, mudamos toda a parte elétrica, colocamos forro nas salas e iremos ter uma área coberta”, destacou. Agora, de casa nova, a escola se prepara para receber cerca de 220 alunos que se dividem entre a educação infantil e até o quinto ano do ensino fundamental.

las Rodolpho von Ihering, de Taquara, e José Augusto Henemann, de Parobé, por dificuldades dos próprios educandários.

Para eles será montado um calendário de atividades extracurriculares, destacando as que englobam o aniversário de 50 anos da instituição. “Vamos comemorar o cinquentenário da escola com uma série de atividades e homenagens a pessoas que fizeram e fazem parte da Tristão Monteiro. As ações iniciarão em agosto e irão até o ano que vem, quando a escola completar cinco décadas”, explicou a diretora. Em paralelo, a escola desenvolve com seus alunos, no decorrer do ano, projetos relacionados à leitura e à conscientização ambiental.


Ciep enfrenta falta de professores A Escola Estadual Willybaldo Samrsla (Ciep), no bairro Empresa, em Taquara, enfrenta problemas no seu quadro de professores neste início de ano letivo. Ao todo cinco professores de quatro disciplinas desfalcam a equipe, deixando aulas de educação artística, educação física, língua inglesa e português em branco. Segundo a direção, outro problema que preocupa a escola está ligado à infraestrutura. “Nosso prédio tem 19 anos de atividades e nunca passou por reformas. Agora estamos em fase de licitação para a realização das obras de restauração”, contou a diretora, Emmanuelle Cunha da Luz. Mesmo com as adversidades, o corpo diretivo da instituição traça um calendário de atividades a serem desenvolvidas com os alunos, principalmente marcando datas comemorativas, como dia dos pais, o dia da árvore, o aniversário da escola e o dia das mães. Com cerca de mil alunos, a instituição abre suas porta nos finais de semana para receber oficinas de futsal, violão e xadrez.

Breno Ritter trabalha pacto de alfabetização e projetos

A adaptação ao Pacto pela Alfabetização Nacional, que vai englobar as três séries iniciais (bloco pedagógico), está na lista de prioridades da direção da escola Breno Ritter, de Taquara. Além dele, a instituição, que atende cerca de 430 estudantes dos ensinos fundamental e infantil, busca dar continuidade a projetos de qualificação do currículo de seus alunos. A exemplo do Mais Educação, que oferece oficinas de canto coral, taekwondo, teatro, letramento,

matemática e dança no turno inverso às aulas. Projetos de leitura, conscientização ambiental, separação do lixo e um novo projeto de valorização do folclore nacional, que será executado no intervalo entre as aulas, também serão desenvolvidos ao longo do ano. “O auxílio dos pais é essencial para conseguirmos alcançar aquilo tudo que estamos projetando para este ano. Contamos com o apoio da comunidade”, concluiu a diretora da instituição, Cristiane da Silva Simões.

Educação para mudar realidade A Escola Nilo Carlito Koetz, de Parobé, quer oferecer condições para que seus alunos vençam as adversidades locais da comunidade. Acreditando na educação como canal de transformação, a instituição se propõe a “melhorar as condições de aprendizagem dos alunos, para que eles tenham uma visão de mundo diferente. A motivação que leva a uma transformação de vida pode começar na escola”, comentou a diretora, Elenita Lyra. A instituição de ensino fundamental que atende cerca de 200 jovens irá trabalhar principalmente dois projetos ao longo do ano, um voltado ao meio ambiente, ressaltando a importância da vegetação, o plantio, a valorização dos recursos naturais, e outro à leitura. O Aprendendo a Ler o Mundo irá abordar o estudo de contos, palestras, atividades recreativas e tem como objetivo despertar o aluno para a escrita e à leitura.

Ano regrado por projetos na Adelino Três projetos darão ritmo aos trabalhos da Escola Adelina da Cunha, de Parobé, em 2013. Desenvolvidos sob temáticas específicas, cada programa aplicará suas atividades em um trimestre diferente. Segundo a direção da escola, ao longo dos três primeiros meses do ano letivo, o Tempo de Ler o Mundo irá trabalhar com os alunos a capacidade de interpretação relacionada ao executar o ato da leitura, exercitando a capacidade de assimilar ideias. Ao longo do segundo semestre, o tema abordado será Princesas, Guerreiros e Sexualidade, que irá, dentre outras atividades, trazer médicos, especialistas e convidados especiais para realizarem palestras com os alunos.

Finalizando as atividades, o Nosso Olhar Sobre o Mundo, projeto a ser desenvolvido durante o terceiro trimestre, irá tratar de diversos assuntos, estabelecendo novas ópticas sobre o mundo que cerca os estudantes. Em paralelo, a escola desenvolve os sábados letivos, totalizando 10 dias de atividade ao longo do ano. Em cada oportunidade será trabalhado um tema diferente e de relevância no calendário, como, por exemplo, o dia das mães, a semana farroupilha e, em agosto, uma confraternização que levará pais e filhos para dentro da escola. “Nosso compromisso maior é com os alunos e seu aprendizado”, concluiu Cinara da Silva, vice diretora do turno da manhã.

Turmas lotadas na João Alfredo

Seguindo determinações da Coordenadoria Regional de Educação (CRE), a Escola João Alfredo, de Riozinho, não pode abrir turmas com um número baixo de alunos. “Essa ordem foi ruim para nós, pois acabamos tendo que formar um número pequeno de turmas, com uma quantia maior de alunos em cada uma delas, fato que pode acabar prejudicando o aprendizado de alguns”, comentou a diretora, Angelita Geib. Ao todo, a escola atende aproximadamente 410 alunos do ensino fundamental. Outro desafio para a escola, segundo a direção, é combater a evasão e a repetência. Para isso medidas já vêm sendo tomadas desde o ano passado, como o acompanhamento de perto de famílias, e outras estão sendo estudadas, como a organização de uma turma de reforço escolar no contraturno. No decorrer do ano os alunos se envolvem em uma série de atividades, principalmente em alusão a datas comemorativas, como a semana da pátria, aniversário do município e dia dos pais.

ESCOLAS ESTADUAIS Albino reativa seu CPM

Passados mais de 12 anos, a Escola Comendador Albino Souza Cruz, de Rolante, inicia um ano letivo com seu CPM (Conselho de Pais e Mestres) em funcionamento. O grupo, que junto da diretoria estuda políticas para a escola de mais de mil alunos, já está se envolvendo e planejando ações visando a alcançar um dos principais objetivos da instituição em 2013: investir em climatização de ar. Além disso, uma série de atividades move a comunidade escolar ao longo do ano, como a campanha que busca doadores de sangue, a multifeira interdisciplinar, o seminário integrado dos dois primeiros anos do ensino médio e a mostra de artes. Angela Cristina Reinheimer, diretora da escola, que ressaltou outras metas para o ano. “Vamos trabalhar ações para diminuir a evasão, principalmente no período noturno. Além de investir no trabalho em equipe, contando com a união da comunidade, pais e professores, para melhorar a qualidade da educação da nossa escola”, concluiu a diretora.

Em busca do Mais Educação

A Escola 27 de Maio, de Taquara, conhecida por prezar com seus alunos a disciplina e regras no processo de aprendizagem e no relacionamento interpessoal, passa por dificuldades na implantação do programa Mais Educação. Para adotá-lo, a instituição precisa de um novo espaço nas proximidades de suas instalações, uma vez que não há salas disponíveis para as oficinas na escola. “É complicado, pois a escola não tem recursos para alugar um espaço, precisaríamos que ele nos fosse cedido gratuitamente. Mas essa questão será uma luta nossa, afinal, acredito que seja uma boa maneira de tirarmos crianças da rua”, destacou a diretora

da escola, Carmem Luiza Wichmann Kaufmann. O projeto oferece oficinas em diversas áreas, como taekwondo, dança, música, leitura, reforço escolar e capoeira - todas no contraturno escolar. Enquanto isso, a escola também busca, conforme contou a diretora, a reforma de ampliação da estrutura prometida pelo governo do Estado no ano passado, e está organizando reuniões para discutir quais as atividades que serão executadas ao longo do ano letivo, sempre priorizando a alfabetização. Em 2013 a escola atenderá cerca de 220 alunos, divididos no ensino infantil, especial e cinco primeiros anos do fundamental.

Figueiras busca qualidade de vida

Criar um espaço de ensino agradável aos alunos para refletir em qualidade de vida, de educação e em avaliações é o principal desafio do ano à Escola Figueiras, em Igrejinha. “Esperamos que todos juntos assumam o desafio de construir uma escola de qualidade”, comentou a diretora, Nilza Monteiro Raymundo. Segundo a direção, a escola, que atende aproximadamente 300 alunos do ensino fundamental, tem como principal desafio a busca pelo sucesso de todos e a “coerência entre o dizer e o fazer. Queremos um espaço agradável, com um bom processo de ensino e resultados positivos”, disse a diretora. Dentre os assuntos dos projetos a serem desenvolvidos nas salas de aula ao longo do ano letivo, destacam-se a solidariedade e a consciência social, trabalhando o preconceito racial, a importância dos recursos naturais e do meio ambiente, a defesa da vida e, por fim, apresentado seus trabalhos a toda comunidade escolar. A escola inicia o ano com falta de professores nas disciplinas de inglês, português e educação física.

Adversidades na 19 de Abril

Situada no interior de Rolante e modesta em número de alunos, com cerca de 60 matriculados, a Escola 19 de Abril está enfrentando dificuldades neste início de ano letivo. Devido à falta de pessoal, foi montada uma turma multiseriada, o que “é ruim, pois acaba sobrecarregando o professor e, por vezes, o atendimento aos alunos fica comprometido”, comentou a diretora da escola, Márcia Eloísa Dall’Aqua. Além disso, a escola conta só com uma pessoa para exercer todas as funções de cozinha e limpeza, dificuldade que será sanada assim que sair o resultado do último concurso. Também na fila de espera, está a construção do refeitório. O capital

para a obra foi conquistado através da Consulta Popular em 2012 e agora a escola aguarda um pronunciamento oficial do governo do Estado quanto aos repasses e início das atividades de execução. Apesar dos contratempos, a 19 de Maio se mantém orgulhosa dos resultados que alcança, bem como dos bons níveis de aprovação e dos projetos que são desenvolvidos na escola. Dentre eles, destacam-se o Sorrindo para o Futuro, trabalhado em parceria com o posto de saúde, o projeto da Horta Escolar, que envolve pais e alunos, e o novo projeto de leitura, que resulta na criação de um livro pelos próprios estudantes, incluindo os textos e gravuras.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

7

João Mossmann se adapta ao politécnico Uma das maiores escolas de Parobé, a João Mossmann inicia 2013 focando na adaptação às novidades do ensino médio. “Estamos passando por uma grande mudança, que vai muito além do nome. Antes o ensino médio dividia-se em matérias individuais, e agora, com o politécnico, trabalhamos por áreas do conhecimento, integrando uma série de conteúdos. Essa mudança rápida exige um novo modo de agir e até uma nova maneira de pensarmos a educação”, explicou o diretor, Marcos de Souza. Além deste desafio, a escola, que atende cerca de 1,2 mil alunos, dedicará seu tempo ao desenvolvimento de projetos para, segundo a direção, torná-la mais humana. “Nossa escola é muito grande, agora trabalhamos uma proposta pedagógica e queremos que os

alunos se integrem em projetos internos, sugerindo ações a serem executadas aqui dentro, para termos uma escola cada vez melhor”, esclareceu Marcos. Nesse âmbito, os professores também sugerem novas ações e acabam por gerar projetos. Foi o caso de um professor de matemática que, há dois anos, aplicando conceitos da sua disciplina, começou a trabalhar a construção de maquetes em sala de aula. A culminância é o momento em que todas as réplicas são unidas na quadra da escola, formando uma cidade. Outro projeto desenvolvido na escola é voltado para a sustentabilidade. A partir de material reciclado ocorre a customização e criação de roupas e acessórios, que gera assunto a ser debatido em sala de aula e ganha espaço em um desfile escolar.

Projeto trabalha leitura com todos

Alunos, professores, equipe administrativa e até os que estiverem envolvidos com atividades de limpeza param um momento num dia por semana para se dedicar exclusivamente à leitura. Assim trabalha o projeto de leitura da escola Promorar, em Igrejinha. “Uma vez por semana, no primeiro período de aula, dedicamos um tempo apenas para a leitura e, então, fazemos uma discussão e atividades relacionadas àquilo que acabamos de ler, aumentando nossa compreensão e memorização do assunto”, explicou a diretora, Franciele Sey. A escola atende cerca de 390 alunos, todos do ensino fundamental, e os envolve em oficinas extraclasses de vários temas, como dança, futsal, pingue-pongue, robótica, percussão e matemática. Além disso, ao longo do ano a responsabilidade ambiental é abordada através de um trabalho executado na própria escola, envolvendo cuidados com canteiros e plantio de árvores. Contudo, a instituição enfrenta a falta de dois professores nas séries iniciais e alguns problemas de infraestrutura, como fiação e pintura, mas que já estão em fase de licitação.

Pais se engajam em reciclagem

Na escola Professor Augusto Roennau, em Três Coroas, os pais estão engajados em um projeto ambiental ao lado dos alunos. Através desta iniciativa eles estão transformando materiais que seriam descartados em recursos utilizados para a própria escola. “Para conseguirmos o material, pegamos o que é produzido na escola e trazemos coisa de fora semanalmente, e, uma vez ao ano, fazemos uso de uma gincana para isso. Recolhemos plástico, papel, latas, vidro e papelão, separamos tudo, vendemos e depois utilizamos esse dinheiro na compra

de necessidades da escola, como material para prática de esportes e jogos de mesa e tabuleiro”, explicou a diretora da escola, Angela Rosane Duarte. Em contrapartida, a escola, que atende aproximadamente 200 alunos do ensino fundamental, enfrenta problemas de falta de pessoal. “Faltam professores e funcionários da limpeza e cozinha. Com isso, temos que deslocar pessoal de outras funções para preencher essa necessidade. E o pior é que não temos datas de quando o problema será sanado. Estamos sendo prejudicados pela burocracia”, disse a diretora.

Frei Miguelino quer melhorar índices

Único educandário de Rolante que oferece ensino fundamental à noite, a escola Frei Miguelino inicia seu ano letivo com o desejo de diminuir o índice de reprovação e aumentar suas notas em avaliações como o Ideb. A escola também dispõe do EJA (Educação de Jovens e Adultos), que voltou a ser como era antes de 2012. Agora, em seis meses os alunos concluem uma série inteira. Mas nem tudo é novidade. A instituição enfrenta problemas relacionados à segurança desde o ano passado. “Precisamos de alguém para ajudar na segurança da escola e, como o governo do Estado não fornece uma pessoa para isso, nós vamos buscar uma alternativa junto à Prefeitura”, comentou a diretora da escola, Arlete Rosane da Rosa, sobre a audiência que a instituição tem marcada para o dia 11 de março. A escola atende aproximadamente 290 alunos no ensino fundamental e 80 no EJA.


8

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

ESPECIAL: ESCOLAS ESTADUAIS Na busca por apoio de entidades Em função do transporte escolar ser fornecido também para a rede municipal de ensino, as aulas no Colégio Doze de Maio já retornaram no dia 20, respeitando o calendário de Três Coroas. Agora, segundo a direção, a escola pretende firmar uma parceria com a comunidade escolar e com diversas entidades para desenvolver projetos aos alunos e elevar os índices em avaliações. A escola já estuda uma parceria com a Brigada Militar para desenvolver o Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) em suas instalações. A instituição também procura um grupo de escoteiros para desenvolver atividades educativas e socioambientais junto dos alunos. Visando a arrecadar fundos para essas e outras ações, a direção da também está planejando medidas como a organização de rifas e outras promoções. A escola atende cerca de 850 alunos do ensino fundamental e médio.

Olívia Lahm Hirt irá inaugurar reforma

O Instituto Estadual de Educação Olívia Lahm Hirt, a maior escola de Igrejinha em número de alunos, com aproximadamente 1,2 mil matriculados, prevê a inauguração da reforma feita em sua estrutura para ocorrer no início de abril, junto das atividades de seu aniversário de 74 anos. Em obras por sete meses ao longo de 2012, as melhorias contemplam a instalação de condicionadores de ar, a colocação de forro novo em todas as salas, a criação de um projeto de luz e o emprego de um transformador de energia exclusivo para a escola. A comunidade escolar se en-

Classificados PANORAMA

gaja em atividades artísticas e de responsabilidade social na região, como o Canto da Colmeia, o Sarau Literário organizado na própria escola e a gincana 24 Horas. Merece destaque, também, o Jogo da Solidariedade, partida de futebol disputada entre o Olívia e o Berthalina Kirsch, as duas maiores escolas da cidade, que arrecada alimentos e depois os repassa ao Lar Padilha e ao Lar Moreira. Iniciando um ano composto por diversas atividades, “o Instituto Olívia espera contar novamente com o apoio de toda a comunidade”, comentou a diretora Claudete Medeiros.

EXCELENTE IMÓVEL EM TAQUARA DATAS: 06/03/13 e 19/03/13, ambos às 14 horas. LOCAL: Átrio do Fórum de Taquara/RS. ACESSE: www.benedettoleiloes.com.br Jeferson Benedetto, Leiloeiro Oficial, devidamente autorizado pela Exma. Sra. Juíza de Direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Taquara, processo número 070/1.03.0005938-3, venderá, em dia, hora e local acima citado, o bem a seguir relacionado: Um terreno urbano, com área de 363m², compreendendo uma casa em alvenaria, com 87,50m², sob o número 904, situada nesta cidade, na rua Rio Branco, lado par, distante 22.60m da esquina com a rua Dr. Adelino E. Barth. ÔNUS HIPOTECA EM FAVOR DA CAIXA ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL. Avaliado em R$ 130.000,00 (cento e trinta mil reais). Maiores informações e editais completos pelo site www.benedettoleiloes.com.br e pelo telefone 51-93577183.

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

VENDO DE BARBADA – Cama hospitalar semi-luxo, marca Delcio, modelo D. 685-B, dois meses de uso. Acompanham dois colchões. Mais informações, tratar (51) 9278-4789 – (51) 9700-5469.

EXCELENTE IMÓVEL EM TAQUARA DATAS: 06/03/13 e 19/03/13, ambos às 14 h. LOCAL: Átrio do Fórum de Taquara/RS. ACESSE: www.benedettoleiloes.com.br Jeferson Benedetto, Leiloeiro Oficial, devidamente autorizado pelo Exmo. Sr. Juiz de Direito da 1ª Vara Cível da Comarca de Taquara, processo número 070/1.05.00039181, venderá em dia, hora e local acima citado, o bem a seguir relacionado: Um terreno urbano, com a área de 6.485,88m², situado na Rua Santa Rosa, a 310,60m ao norte da Rua Professora Pascoalina Faedrich, lado par, nesta cidade. Objeto da matrícula 9.846 do Ofício de Registro de Imóveis de Taquara-RS. ÔNUS NADA CONSTA. Avaliado em R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). Maiores informações e editais completos pelo site www.benedettoleiloes.com.br e pelo telefone 51-93577183.

2ª Vara – Comarca de Taquara. Prazo de: 20 dias. Natureza: Reconhecimento de Paternidade. Processo: 070/109.00053807 (CNJ:. 005380138.2009.821.0070). Autor: Jesus Afonso Cardoso da Silva. Réu: E.A.L., representado por sua genitora Paula Ludwig. Objeto: CITAÇÃO de E.A.L., na pessoa de sua representante legal, Paula Ludwig, atualmente em lugar incerto e não sabido, para, no PRAZO de QUINZE (15) dias, a contar do término do presente edital (art.232, IV, CPC), contestar, querendo, e, não o fazendo, serão tidos como verdadeiros os fatos articulados pelo autor na inicial. Servidor: Gerson Antonio Ermel, Oficial Escrevente. Taquara, 30 de novembro de 2012. Angela Martini Juíza

EDITAL DE CASAMENTOS ELIZABETH MARTINI, registradora do Registro Civil das Pessoas Naturais e Especial de Taquara-RS. Faz saber que pretendem se casar: 01) DANIEL SANTOS e VIVIANE VIEIRA FERREIRA, 02) CLÁITON RIBEIRO DA SILVA e CINTIA GOULART NORBERTO, 03) MARCO AURÉLIO DA SILVA e CARINA FABIANA DIAS, 04) ADELIBIO AMARAL e SANDRA MARGARETE DA ROSA BUSSMANN. Quem souber de algum impedimento, que oponha-o na forma da lei. DADO e PASSADO, nesta cidade de Taquara-RS. Aos vinte e sete (27) dias do mês de fevereiro (2) de dois mil e treze (2.013). Rua Rio Branco, nº 1145 - Sala 104. Panorama, 1º de março de 2013.

SELECIONAMOS:

O sucesso da Candemil Motos é o reflexo do desempenho e qualificação de nossos talentos, por isso trabalhar conosco é tão especial e gratificante. Se sua experiência pode vir somar com a equipe da Candemil Motos, estamos aguardando o seu currículo.

PROCURO CASA PARA ALUGAR – Em Taquara, direto com o proprietário, com pátio fechado, tenho fiador e mês de caução. Falar com Haide pelo fone 9737-5042. CRÉDITO LIBERADO – Transfiro crédito liberado R$ 25mil, entrada R$ 3.900, assume R$ 300,/ mês. Direto particular. (51) 86144292 / 9507-1018.

Ganhe R$ 5.000,00 trabalhando em casa! Abra sua TELEPIZZA! Fornecemos forno à lenha p/ tele-entrega de pizza. Baixo investimento. Orientamos toda a instalação. fornoiglu.com.br 51 3556.4206

Desejável experiência no segmento hoteleiro e com gestão de equipes. Interessados enviar cv para: servicosgeraistaquara@gmail.com EMPRESA DE MÉDIO PORTE BUSCA PROFISSIONAL RESPONSÁVEL PELA ÁREA DE ATENDIMENTO. Deve ter experiência com atendimento ao público e liderança de pessoas. Encaminhar cv para: atendimento0050@gmail.com

Edital de Citação – Cível

SUPERVISOR(A) FINANCEIRO(A) Experiência na função em rotinas financeiras como: planejamento financeiro; fluxo de caixa; contas a pagar e a receber; faturamento e rotinas administrativas.

VENDO – Astra Sedan Advantage, 2008/2009, vermelha, placas IPE 8628. Tratar 8437-8002.

TAQUARA: EMPRESA DE SERVIÇOS CONTRATA GESTOR PARA A ÁREA DE SERVIÇOS GERAIS.

Estado do Rio Grande do Sul PODER JUDICIÁRIO

Venha fazer parte da nossa equipe!

ALUGA-SE: Taquara, rua do hospital, esquina Sebastião Amoretti (RS-020). LOJA, 360m² R$ 4.800,00 + taxas Apartamentos, 1 dorm., sala, cozinha, wc, sacada. R$360,00 + taxas. Atendimento no local, segunda a sábado, 8h20min às 12h, ou ivolupa@terra.com.br

ATENÇÃO: Anúncios com ofertas exageradas podem ser lesivos aos seus interesses Na dúvida, consulte o PROCON da sua cidade.

Interessados enviar currículo: Rua Guilherme Lahm, 1055 centro Taquara/RS ou por e-mail adm.vendas@candemil.com.br – com Adriana.

A Candemil Motos, uma das mais tradicionais concessionárias Honda do RS, com mais de 35 anos, seleciona Gestor para área comercial.

CONVOCAÇÃO PARA RETORNAR AO TRABALHO Na qualidade de empregada de nossa empresa desde 22/02/2012, convocamos Vossa Senhoria, Sra. NORMA IGARCABA DA SILVA, brasileira, solteira, industriária, residente e domiciliada na Rua Rosane Elenir Grahl, n° 96, Garibaldi, em Igrejinha, RS, inscrita no PIS sob o n° 120.24320.63.7 e no CPF sob o n° 359.025.820-91, portadora da CIRG n° 2011859051 e da CTPS de n° 009390942, Série 0030, para RETORNAR IMEDIATAMENTE AO TRABALHO ou JUSTIFICAR A SUA AUSÊNCIA no período de 07/01/2013 até a presente data. Tudo sob pena de caracterização de abandono de emprego, e, conseqüentemente, demissão por justa causa, de acordo com o art. 482, i da CLT. CALÇADOS BEBECÊ LTDA. CNPJ n° 90.445.206/0001-18 Três Coroas, 26 de fevereiro de 2013.

Empresa conceituada no ramo de combustíveis, seleciona:

VENDEDOR EXTERNO Área de atuação: - Região Serrana, Vale do Paranhana e Litoral do RS; Requisitos mínimos: - Sexo masculino; - Acima de 25 anos; - Experiência comercial mínima de 3 anos; - Ensino médio completo; - Conhecimentos em Informática; - Preferencialmente residir nestas localidades; - CNH categoria B; Empresa oferece: - Salário compatível com função; - Veículo da empresa; - Seguro de vida; - Plano de saúde; - Vale alimentação; OBRIGATÓRIO ENVIAR CURRÍCULO COM FOTO

para rhcontatovaga@gmail.com

Gerente Comercial / Vendas Assumir gestão geral da Equipe de Vendas Matriz Taquara e Pavs Parobé e Canela.

Venha atuar com a marca que representa mais de 80% do mercado nacional de motocicletas! • Experiência em gestão de equipes • Nível Universitário completo de vendas internas e externas ou cursando • Ter habilitação AB • Conhecimento na região Interessados enviar currículo até dia 08/03/2013, por e-mail para adm.vendas@candemil.com.br com Adriana.


Classificados

ESCOLAS ESTADUAIS

PANORAMA

LIGUE 3542.2288 para anunciar!

Sítio para lazer 7.200,00m2 Com salão de festas de 60,00m2, quiosque com 35,00m2, açude com ilha, árvores frutíferas, arvoredo, campo de futebol 7 com grama bermuda, cercado com telas e redes, com refletores, vestiários completos para 2 times, mesinhas de granito, pressurizador e aspersores para irrigação, cerca viva com ciprestes, 3 canis, área toda cercada com telas e muro, portão eletrônico. Localização: A 4 km do Centro de Taquara, próximo ao Paraíso das Águas, Bairro Santa Rosa, Taquara-RS.

Com cerca de 900 alunos, divididos nos ensinos fundamental e médio, a Escola Berthalina Kirsch, em Igrejinha, está indo além dos conteúdos normalmente abordados em sala de aula.

Neste ano a professora Miriel Scherer comandará um projeto de sustentabilidade ambiental com os alunos da instituição. Paralelamente, o potencial turístico da cidade e de toda a região

Rua Ernesto Alves, 2331 | Taquara Fones 3541.3003 | 3541.1556 vendas@viacavaepinha.com.br www.viacavaepinha.com.br

- Terreno, bairro Centro, 12mX28m. R$ 75.000,00

ALICE

imóveis CRECI 20.749-j

AQUI

Imobiliária Conveniada

TAQUARA: Júlio de Castilhos, 2663 - 3541.0400 PAROBÉ: Dr. Legendre, 37 - 3543.6588 E-mail: aliceimoveis@aliceimoveis.com.br

LOCAÇÃO: TAQUARA - (4500) SALA COMERCIAL C/ ÓTIMA LOCALIZAÇÃO, C/ 1 BANH. SOCIAL E MEZANINO, COM METRAGEM APROXIMADA DE 300M². PRÓXIMO À TABERNA DA NETY.

- (4619) Casa de alvenaria em ótimas condições, com 2 dormitórios, sala de estar, cozinha, banheiro social, área de serviço, garagem. Bairro Santa Terezinha. Residencial Rio de Janeiro. - (3213) Excelente apartamento, com 2 dormitórios, sala de estar, cozinha, banheiro social, área de serviço, garagem. Res. Itapema.

- Lançamentos Residenciais, projetos na planta, venha conferir, consulte nossa equipe de corretores. - Apto. Tramandaí, à beira mar, próximo ao GRÊMIO GERALDO SANTANA, no 14º andar, 3 dorm. (sendo 1 suíte), 2 banheiros, sala estar, TV, jantar, cozinha, área de serviço, sacada fechada com churrasqueira, ficam móveis sob medida em todo apto., 1 box, prédio construído há 3 anos, 2 elevadores, ótima infraestrutura. Aceita per muta de menor valor na negociação. R$ 370.000,00 - Sala Comercial, Edifício Carlos Chagas, 4º andar, com 91,83 m2, mais box coberto. Prédio com elevador. R$ 280.000,00

será explorado por meio de um projeto coordenado pela professora Clarice Lampert. No sentindo inverso, da sala para fora, os alunos do segundo ano do ensino médio desenvolverão a já tradicional mostra de cinema, em produções totalmente independentes. “Através dessa iniciativa, além de descontração entre os alunos, delegamos responsabilidades aos nossos estudantes. Os roteiros e as filmagens trazem problemas e desafios que eles têm de resolvê-los dentro dos prazos sem comprometer a qualidade final”, comentou a diretora da escola, Dirlei Fernandes da Silva. Já os alunos do terceiro ano do

VOCÊ LEU ESTE ANÚNCIO... e milhares de outras pessoas também. Aqui, seu produto ou serviço aparece muito mais!

Para anunciar, ligue 3542-2288.

EMPRÉSTIMOS

- (4338) Apartamento com 1 dormitório e banheiro. Bairro Centro - (4603) Sala Comercial com +/- 40 m², Sala, Banheiro e depósito. Bairro Centro

ensino médio produzem uma revista com assuntos relacionados à escola e ao universo jovem. Iniciativa que deu a Dirlei o Troféu de Professor Inovador no Vale do Paranhana em 2011. Mas a escola enfrenta um problema há dois anos. Uma forte chuva deixou o muro ao lado do colégio em condições frágeis, de possível deslizamento, fato que mantém três salas interditadas desde o ocorrido. “Ainda não recebemos uma informação oficial de quando vamos ter a situação resolvida. Enquanto isso, perdemos um ótimo espaço que seria muito útil na distribuição de turmas”, concluiu a diretora.

Se você foi pego embriagado e teve sua CNH recolhida, não se apavore. Seu direito de defesa é assegurado por Lei. Entre em Contato

Cobrimos qualquer oferta da concorrência Aposentados e pensionistas do INSS

3541.5958 ou 9951.7091 Cred7 Soluções financeiras.

Fone: (51) 3541- 2907 (51) 9943- 2123

LOCAÇÃO: PAROBÉ - (4643) Casa em Alvenaria com 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. Bairro Nova Parobé

9

Turismo e sustentabilidade no Berthalina

- Casa de Alv. com 212 m2, 2 pavimentos, 3 dormitórios, 2 banheiros, 1 lavabo, sala TV, jantar e estar, coz., lav., churr. gar. para 2 carros, pátio frente e fundos, sacadas, murada, portão eletrônico, piso frio, forro: chapa. B. Petrópolis. R$ 370.000,00

Fone p/contato: 8401-2364 ou 8406-2364

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Está negativado? Está sem margem? A Crefisa empresta assim mesmo e libera seu crédito em 24h sem consulta ao SPC ou Serasa

R. Guilherme Lahm, 1277 - sala 4 - Taquara (em frente ao Mário Relojoeiro)

Rua Ernesto Alves, 2292. Sala 7 - Taquara


ESPECIAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Legislativo de Rolante renovado tem sessões semanais

No dia 7 de outubro do ano passado, os eleitores de Rolante escolheram seus representantes. No Legislativo, as nove vagas foram disputadas por 61 candidatos. Hoje a cidade tem uma Câmara de Vereadores renovada, Jair Silva tem 42 anos, é industriário, natural de Rolante. É casado e pai de Luis Inácio. Filiado há muitos anos ao Partido dos Trabalhadores, participa ativamente da política desde 1988. Em 1992 concorreu pela primeira vez a uma vaga na Câmara de Vereadores. Nas eleições de 1994, 1998, 2002, 2004 novamente concorreu a vereador, mas não se elegeu. Em 2008, na quinta tentativa, foi eleito vereador com 832 votos. Nesta gestão, foi vice-presidente da Câmara por dois anos (2009 e 2012) e por um ano (2011) presidente da Comissão de Educação, Saúde e Assistência Social. Trabalhou nas áreas de educação, infraestrutura e saúde, atuando, também, no processo de instalação da Escola Técnica Federal do Vale do Paranhana em Rolante. Em outubro de 2012 foi reeleito com 652 votos e no dia 2 de janeiro escolhido pelos demais vereadores o presidente da Câmara para o ano de

Ilário Emílio Von Muhlen (PSB)

Natural da Mascarada, o vereador Ilário tem 55 anos, é casado e tem três filhos. Passou boa parte de sua juventude e vida O vereador Nico tem 35 anos, é casado e tem um filho. Natural de Rolante, é filho de Delmar Puia Altneter, vereador por quatro mandatos em Rolante. Concorreu pela primeira vez em 2008, pelo PDT, conquistando 480 votos. Em 2009, foi relator da Comissão de Obras Públicas e membro da Comissão de Finanças e Orçamentos. Em 2010, presidiu as Comissões de Justiça e Redação e Educação, Saúde e Assistência Social e foi relator das Comissões de Finanças e Orçamentos, Obras Públicas e Agricultura e Meio Ambiente. Em 2011 foi secretário da Mesa Diretora e no ano passado atuou como presidente. Entre os principais trabalhos desenvolvidos, requerimentos e projetos aprovados, o vereador Nico destaca a criação do Dia do Portador de

Jair Rodrigues da Silva (PT) - Presidente

2013, sendo o primeiro petista a ocupar esta vaga em Rolante. Como presidente e parlamentar, anunciou que vai continuar trabalhando fortemente em defesa da educação de qualidade para o município, da infraestrutura, do turismo e da cultura, articulando com os governos petistas estadual e federal recursos para obras necessárias em Rolante. Também quer trabalhar pela aproximação do Legislativo com a população e a aprovação de projetos de interesse da comunidade.

adulta dedicado à agricultura. Por 12 anos, teve uma fábrica de calçados em Novo Hamburgo. Há quatro anos retornou para Rolante. Concorreu pela primeira vez nas eleições de 2012, pelo PSB, e foi escolhido com 317 votos. No dia 2 de janeiro, foi escolhido segundo secretário da Mesa Diretora. Como parlamentar e integrante da mesa, quer trabalhar pela agricultura, dando maior atenção às necessidades dos agricultores. Também pretende atuar na melhoria do saneamento básico em todos os bairros.

repleta de nomes novos e rostos conhecidos pela comunidade. Confira abaixo um perfil dos atuais vereadores de Rolante que realizam suas sessões sempre nàs segundas-feiras. Seninha, como é conhecido, tem 36 anos, é natural de Rolante (Areia), casado e tem dois filhos. Ingressou na política há 16 anos, assessorando o primo e vereador suplente José Francisco Hahner (Shuquia), do PMDB, nas campanhas de 1996 e 2000. Em 2003, Seninha mudou para o PDT e em 2008 concorreu pela primeira vez a uma vaga no Legislativo, se elegendo com 602 votos. Em 2009, foi presidente das comissões de Justiça e Redação, e de Obras Públicas. Em 2010, presidiu a Comissão de Agricultura e Meio Ambiente, foi relator da Comissão de Justiça e Redação e membro das demais comissões da Casa. Em 2011, foi eleito pelos demais vereadores para presidente da Mesa Diretora e em 2012 presidiu a Comissão de Educação, Saúde e Assistência Social e atuou como relator das Comissões de Justiça e Redação, Obras Públicas e Finanças e Orçamentos. Trabalhou sempre com foco na saúde e educação do município. Em defesa e apoio à comunidade da Areia, tem tra-

Carlos Roberto Teixeira (Carlos La Vida, PMDB)

La Vida, como é popularmente conhecido, é natural de Rio Grande e chegou a Rolante em 2001 para trabalhar no rádio. Tem 65 anos, dos quais 34 dedicados ao rádio. Casado, pai de dois

Luciano Altneter (Nico, PDT)

Deficiência, e o projeto de lei 15/2012, que denominou de “Passo de Rio” o antigo Passo das Tropas, um marco da história do tropeirismo, por onde, em meados dos séculos XVII e XVIII, os tropeiros cruzavam o Rio Rolante, antes mesmo da existência formal do Estado. Em outubro de 2012, o vereador Nico concorreu novamente e foi reeleito com 749 votos.

Natural de Rolante, Elton Dürr tem 45 anos, é casado e tem dois filhos. É agricultor, sindicalista e vice-presidente do Sindicato Rural de Rolante. Concorreu a vereador pela primeira vez em 2008, pelo PP, conquistando 875 votos, sendo o terceiro vereador mais votado. No primeiro ano como vereador, foi eleito pelos demais para presidente da Câmara (2009). Sempre batalhou pela transparência e para fortalecer a agricultura no município. Em 2012, concorreu novamente, pela sigla do PPS, e conquistou 717

José Sehnem (PDT)

balhado pelo impedimento da construção da barragem, que, segundo ele, prejudicaria a moradia de muitas famílias e comprometeria a história da localidade. Nas últimas eleições, concorreu novamente e foi reeleito com 497 votos. No dia 2 de janeiro, foi eleito pelos colegas como vice-presidente da Mesa Diretora para o ano de 2013. Neste ano, pretende continuar trabalhando em defesa da comunidade da Areia, pela saúde e educação de qualidade em Rolante e pela concretização de todos os projetos elencados no plano de governo do prefeito Ademir Gonçalves e do vice Régis Zimmer. filhos. Em 2004, concorreu a vereador pela 1ª vez, pelo PTB e conquistou 89 votos. Em 2008, concorreu de novo, pelo PMDB, e conquistou 423 votos, faltando apenas um para se eleger. Como suplente, atuou como vereador por uma semana. Em 2012, novamente concorreu pelo PMDB e conquistou 632 votos, sendo o primeiro negro eleito para a Câmara de Vereadores de Rolante. No dia 2 de janeiro foi eleito pelos colegas para primeiro secretário da Mesa Diretora. Como vereador e radialista, quer atuar especialmente na área social, no serviço comunitário, ajudando as pessoas e famílias mais carentes do município.

Elton André Dürr (PPS)

votos. Neste mandato, pretende continuar trabalhando para melhorar a saúde e a agricultura do município.

Colaboração: Cássia Souza Assessora de Imprensa da Câmara de Rolante

Renatinho tem 55 anos e é natural de Caibaté. Casado, tem dois filhos. Veio para Rolante em 1994. Em 1996, entrou na vida política, concorrendo a vereador pelo PP, mas não se elegeu. Em 2000 concorreu novamente, pela sigla do PDT, e mais uma vez não se elegeu. Em 2008, foi eleito vereador pela primeira vez, pelo Partido Progressita (PP), com 855 votos. Neste período, trabalhou com foco na saúde, na melhoria do atendimento em postos e ajudando a comunidade, especialmente os mais carentes. Em outubro de 2012 foi reeleito, sendo o vereador mais votado, conquistando 1.046 votos, especialmente

Elton Pedro Arnhold (PMDB)

Elton Arnhold é natural do quarto distrito de Santo Antônio da Patrulha, tem 46 anos, é casado e tem dois filhos. Concorreu e se elegeu pela primeira vez em 2008, pelo seu partido, o PMDB, conquistando 740 votos. Trabalhou principalmente Daniel Torres é natural de Santo Antônio da Patrulha, tem 47 anos, é casado e tem dois filhos. Concorreu há uma vaga na Câmara de Vereadores pela primeira vez em 1996, pelo seu partido, o PDT, quando conquistou 328 votos, e novamente em 2000 (372 votos), mas nas duas oportunidades não se elegeu. Em sua terceira tentativa, em 2004, foi eleito com 728 votos. No ano seguinte, foi escolhido presidente da Câmara de Vereadores. Em 2008, foi reeleito com 497 votos e nas últimas eleições os rolantenses mais uma vez o elegeram vereador, com 460 votos. Em oito anos como parlamentar, participou de todas as Comissões da Câmara. É autor do projeto que originou o Câmara.com, iniciativa que garante aos cidadãos rolantenses acesso gratuito à internet, através de computadores instalados na

Renato José Wesz (Renatinho, PP)

dos eleitores do bairro onde mora, o Rio Branco. Neste mandato, pretende continuar trabalhando pela saúde, pela agricultura e em projetos nas escolas dos bairros para combate e prevenção às drogas. auxiliando as pessoas da comunidade no atendimento e encaminhamento de saúde. Em 2009, foi vice-presidente da Câmara e, em 2010, segundo secretário da Mesa Diretora. De 2010 a 2012 presidiu a Comissão de Obras Públicas, acumulando ainda, em 2010, a presidência da Comissão de Finanças e Orçamentos, sendo também relator e membro de todas as comissões nos últimos quatro anos. Em outubro de 2012 foi reeleito vereador pelo PMDB, sendo o segundo mais votado, com 940 votos. Neste mandato, quer continuar atuando nas comissões da Câmara, valorizando a saúde, os pequenos agricultores e as condições de acessibilidade das estradas rurais.

Daniel Marcos Torres dos Reis (PDT)

Câmara. Foi idealizador das programações da Semana da Mulher e da Medalha Teixeirinha, criada para homenagear pessoas que prestam serviços relevantes para a comunidade. Também é autor da lei que proíbe concursos públicos municipais aos sábados, oportunizando que os adventistas participem. Ele diz que trabalha com atenção especial à educação, à agricultura, às obras e aos interesses das entidades do município.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Administração municipal mira em saúde e diversificação econômica feitura fazer mais investimentos no município, no desenvolvimento de obras aguardadas pela população. Entre os principais projetos, Régis Zimmer comentou o foco no setor de saúde, uma das preocupações do novo governo. A administração, segundo o vice, está fazendo uma reestruturação dos postos de saúde, a fim de que possam atender mais especialidades médicas. O trabalho em conjunto também envolve o Hospital de Rolante, e o plantão 24 horas. “Saúde sempre é uma das principais metas de qualquer governo”, comentou Zimmer, que está começando na vida pública, depois de vários anos atuando fortemente em trabalhos sociais. O vice-prefeito destacou que, no setor de obras, são vários os projetos específicos de asfaltamento em localidades do interior, e também nos bairros Areia e Grassmann. Também

Envolvido nos diversos compromissos que tem como prefeito de Rolante, Ademir Gomes Gonçalves despacha diariamente em vários locais. Na quarta-feira, concedeu a missão de falar sobre o novo governo que assumiu Rolante em 1º de janeiro ao seu vice, Régis Zimmer, que atendeu a reportagem do PANORAMA para uma breve entrevista. Na ocasião, o vice-prefeito anunciou foco em questões relacionadas à saúde e à diversificação econômica. O vice-prefeito disse que, neste primeiro momento, foram traçadas metas junto com os secretários, além de definidas as linhas da nova gestão. O trabalho de reestruturação envolveu, por exemplo, o corte de diárias e de 20% no salário dos ocupantes de cargos em comissão. O vice-prefeito disse que o enxugamento no tamanho da máquina pública permitirá à Pre-

está previsto um projeto de pavimentação turística na ligação à Boa Esperança, incentivando o Caminho das Pipas, tradicional roteiro turístico que explora a produção vinícola rolantense. Régis Zimmer cita ainda a mobilização da Prefeitura de Rolante para tentar conseguir, junto ao Daer, a construção da ciclovia na ERS239, no bairro Rio Branco.

“Rolante está crescendo e não tem tido desemprego” O vice-prefeito Régis Zimmer destaca que a economia rolantense está vivendo um bom momento nos últimos anos. Segundo ele, o município não tem tido desemprego, o que comprova os bons números do setor econômico, que

Instituto Federal aguarda orçamento para licitar campus

Estão em compasso de espera as definições para a licitação do campus de Rolante do Instituto Federal de Educação (IFRS). Segundo a diretoria do órgão, o último entrave é a falta de aprovação do Orçamento-Geral da União para este ano. A peça orçamentária está trancada no Congresso por conta de disputas entre governo e oposição, marcadas, principalmente, por conta da controvérsia envolvendo a prioridade de votação dos vetos presidenciais. As revelações do IFRS foram feitas numa reunião do novo pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Osvaldo Casares Pinto, com o prefeito Ademir Gonçalves e o vice Régis Zimmer, na sexta-feira. Também participaram o diretor do campus de Rolante, Jorge Portela, e o ex-pró-reitor Augusto Horiguti, além de vereadores. Durante a reunião, o prefeito reiterou o compromisso do município em fazer tudo o que for necessário para o início da construção do campus da Escola Técnica Federal do Vale do Paranhana em Rolante. Segundo Portela, 2012 se constituiu num ano de muita ação. “Foi um privilégio conhecer e trabalhar com toda a equipe da Prefeitura. Este é um projeto grande e estratégico para todo o país, que inicia com a construção de

Divulgação/Edna Cardoso

12

Reunião na última sexta-feira revelou pendência para lançamento de edital

dois prédios, sendo um administrativo e outro didático. Se o orçamento for votado na primeira semana de março, a expectativa é de que o edital seja lançado no mesmo mês, com um investimento inicial de cerca de R$ 7 milhões, alémda parte de equipamentos”, comentou Portela. O Instituto solicitou, ainda, um prédio para instalar uma espécie de posto avançado em Rolante, para oferecer cursos de capacitação ainda neste ano, provavelmente a partir do segundo semestre. De acordo com Portela, o diferencial do campus Rolante é a área agrária e a parceria com a administração municipal. “A Prefeitura sempre será

uma parceira do Instituto Federal. Faremos a adequação necessária do espaço escolhido para a instalação deste posto avançado. A comunidade de Rolante é muito grata ao Instituto e a todos que se envolveram para que o município fosse escolhido para sediar o campus”, salientou o prefeito. O campus terá capacidade para 1,2 mil estudantes, com 60 docentes e 60 técnicos administrativos. Terá, também, cerca de seis a sete mil metros quadrados de área construída, onde serão oferecidos cursos de capacitação e cursos técnicos nas áreas de administração, informática, calçados e agropecuária.

ainda tem como principal base a produção calçadista. Preocupado com esta questão, Zimmer disse que a administração está buscando alternativas visando à diversificação econômica. Segundo o vice, a Prefeitura está procurando dar o apoio necessário às empresas locais, mas também vai buscar a instalação de novas indústrias. Zimmer vislumbra, por exemplo, um cenário positivo no setor moveleiro, que já atua em Rolante e que tem crescido bastante nos últimos anos. Para que o município continue sendo atrativo às indústrias, a questão da qualificação profissional é essencial, na opinião do vice-prefeito. Por isso, ele entende que a instalação do campus da Escola Técnica Federal dará um salto de qualidade à educação rolantense, contribuindo, também, na capacitação dos trabalhadores do município e oferecendo mão de obra qualificada às empresas.

13

Programação do aniversário segue até a próxima semana Começou nesta quinta-feira a programação de aniversário, com um desfile típico pela avenida Borges de Medeiros, no final da tarde, e abertura oficial no Parque Municipal de Eventos, onde será realizada a Kuchenfest. Também houve um baile com a Banda Choppão. Mantendo uma tradição dos últimos anos, Rolante realizará uma semana de programação de aniversário, culminando com a Festa da Cuca. CRONOGRAMA DE ANIVERSÁRIO 1º de março - Sexta-feira 19h - Show com a banda Fluxo Central (Praça da Matriz) 21h - Baile com a banda Arte 10 (Praça da Matriz) 2 de março - Sábado 20h - 6º Celebrai Abertura com a banda local Redenção e show gospel especial com a banda Livres Para Adorar, de São Paulo, no Parque de Eventos. 3 de março - Domingo 18h - Show com a banda Bad Wolf (Praça da Matriz) 20h - Show com Made In Rô (Praça da Matriz) 4 de março - Segunda-feira 19h - Baile com Miguel Fernandes e Grupo Espora (Praça da Matriz) 21h - Baile com Índio Taura e Marilene (Praça da Matriz) 5 de março - Terça-feira 19h - Show com Fábio e Felipe (Praça da Matriz) 21h - Baile com a banda Novo Sonho (Praça da Matriz) 6 de março - Quarta-feira 19h - Baile com Tales e Taylson (Praça da Matriz) 21h - Show com banda The Cursed (Praça da Matriz) 7 de março - Quinta-feira 19h - Baile com Dirceu e Eliseu (Praça da Matriz) 21h - Show com a banda Nica Mudes (Praça da Matriz)


10

Faccat recebe verba para novo projeto O governo do Estado informou a liberação de R$ 295.561,96 para a Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste (Feein), mantenedora das Faculdades Integradas de Taquara. Os recursos foram liberados no último dia 14. Segundo o governo, a verba foi aprovada em edital da Secretaria de Ciência e Tecnologia, destinado ao projeto “Desenvolvimento de Absorvedor Piramidal de Radiações Eletromagnéticas para Câmaras Anecóicas com a Utilização de Resíduos das Indústrias Alimentícias e Moveleiras”.

Faccat tem inscrições para pós Com o objetivo de incentivar o aperfeiçoamento constante através de cursos que contemplem diversas áreas do conhecimento, as Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) estão com inscrições abertas para novos cursos de pós-graduação em 2013. Os interessados devem se inscrever até o dia 19 de março. Os cursos oferecidos são os seguintes: Avaliação Psicológica, Educação Infantil, Gestão de Riscos e Prevenção de Passivos Fiscais, MBA em Comportamento Humano nas Organizações, MBA em Controladoria e Finanças, MBA em Gestão de Processos, MBA em Gestão Empresarial, Metodologia de Ensino e Práticas Inovadoras: ênfase em Gestão Educacional - Supervisão e Orientação, Metodologia de Ensino e Práticas Inovadoras: ênfase em História, Metodologia de Ensino e Práticas Inovadoras: ênfase em Letras, Metodologia de Ensino e Práticas Inovadoras: ênfase em Matemática, Psicopedagogia Institucional e Clínica e Revisão e Avaliação de Textos. Mais informações podem ser obtidas na vice-direção de pós-graduação e pesquisa pelo telefone 3541-6600, no ramal 657, ou no site www.faccat.br.

Quer vídeos, fotos

e enquetes? Acesse o PanoramaNET!

www.jornalpanorama.com.br

Especialista em PAPEL Material Escolar

GERAL

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Unipacs retoma atividades com ensino à distância e cursos de pós-graduação Desde a segunda-feira, a Escola Técnica Unipacs retomou os cursos técnicos aos seus 250 alunos rematriculados. Na noite de hoje será a vez de receber os 300 novos inscritos, totalizando 550 estudantes. De acordo com a vice-diretora Liselotte Welmer, as matrículas ainda podem ser realizadas até o dia 15 de março. Entre as novidades da escola previstas para este ano, está a implantação do EJA à distância, através da escola Don, de Erechim, que, segundo a vice-diretora, está com matrículas abertas de modo permanente. Novos cursos de pós-graduação es-

tão disponíveis através da Unopar, de Curitiba. A vicediretora ressaltou que está sendo feito um estudo para avaliar a implantação do curso de Técnico em Química. Climatizadores também foram instalados em todas as salas e laboratórios da escola. Para este ano, Liselotte disse que novas medidas foram tomadas para desafogar o trânsito em frente à Unipacs, principalmente no horário que antecede às aulas, quando um número excessivo de veículos trafega pela rua Guilherme Lahm, causando congestionamentos. “Construímos um estacionamento com 25 vagas

para os professores, em um terreno localizado próximo à escola, na esquina com a avenida Sebastião Amoretti. Também passamos a receber os veículos que transportam os alunos pela rua Rio Branco, na parte de trás da escola.”, explicou. As faltas não justificadas preocupam a vice-diretora, informando que costumam ficar em torno de 25% ao ano para cada aluno. “Sabemos que alguns justificam suas faltas, pois têm compromisso com criança pequena, ou devido ao trabalho. Mas sabemos que outros faltam para tomar um chopinho com os amigos”, questionou.

Vice-diretora diz ser mãe de sete cursos técnicos da escola

Encontro marcou o início do ano letivo em Taquara Cerca de 600 profissionais da educação municipal de Taquara foram recepcionados na última sexta-feira, dia 22, na Escola Profissional Unipacs. O evento promovido pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, marcou o início do ano letivo 2013, contando com a apresentação do espetáculo de dança “Meu País”, da Cia. de Dança Cadica Borghetti, mostrando a fusão entre os ritmos gaúchos e o flamenco. Após um café da manhã, que foi oferecido aos professores, diretores e demais profissionais ligados à área da educação, o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Antônio Edmar Teixeira de Holanda, ressaltou a importância das escolas elaborarem seus próprios projetos. “Após a capacitação dos professores, supervisores e orientadores pedagógicos, para delinear as metas para 2013, nossos professores estão aptos para prestar um serviço de qualidade. O educador democratiza o acesso ao conhecimento. Seu papel é fundamental na formação do cidadão”, observou. Durante a sua manifestação, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho aproveitou a oportunidade para informar o pagamento de cerca de 100 pedidos de prêmios assiduidade em aberto desde janeiro de 2012. Em torno de R$ 120 mil reais serão

Cia. de Dança Cadica Borghetti apresentou a fusão dos ritmos gaúcho e flamenco no final do evento

pagos nos próximos dias. Outra notícia dada pelo prefeito refere-se às férias dos professores no período do recesso das aulas. “Vamos estudar, junto ao Departamento Jurídico, a possibilidade de oportunizar que a educação infantil também tenha direito a dois meses de férias durante o recesso”, destacou.

Taquara adere ao Pacto Nacional de Alfabetização A administração municipal, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, aderiu ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. O lançamento aconteceu no último dia 21, no Centro Educacional Índio Brasileiro Cézar. O projeto foi apresentado aos profissionais ligados à educação que conheceram algumas diretrizes do plano, cujo principal objetivo é alfabetizar todas as crianças até o final do terceiro ano do ensino fundamental. De acordo com Simone Tomazini da Cruz, coordenadora municipal do Pacto, o projeto foi implantado no início deste ano para garantir a alfabetização

de todas as crianças até os oito anos de idade. O governo federal apoiará com incentivos financeiros e assistência técnica e pedagógica, visando a formação de 360 mil professores alfabetizadores até 2015. Para isso, serão feitas avaliações anuais junto às crianças. Simone se mostrou satisfeita com o número de profissionais que compareceram ao evento, lotando o auditório do Centro Educacional. “Para uma proposta nova, a aceitação dos profissionais nos causou surpresa. Cerca de 99% dos professores que participaram do lançamento realizaram inscrições no mesmo dia. O próximo passo é ins-

crevê-los no site do Ministério da Educação para que passem a receber uma bolsa auxílio de R$ 200,00”, explicou. Uma das primeiras ações do Pacto é a formação continuada de professores alfabetizadores. O município possui três docentes orientadores, número determinado pelo MEC. Fernanda de Souza Freiberguer, Josenei Duarte da Silva e Débora Ribeiro da Silva são os orientadores, que, coordenados por Simone, passarão a ministrar um curso presencial de dois anos para professores alfabetizadores, com carga horária de 120 horas por ano, baseado no Programa Pró-Letramento.

Brita não aumenta pedágio Mesmo tendo recebido no último dia 21 autorização para aumentar as tarifas das praças de pedágio que integram o polo de Gramado, entre as quais a da ERS-115, em Três Coroas, a concessionária Brita Rodovias divulgou nota, na sexta-feira passada, afirmando que não vai elevar a tarifa. A autorização havia sido emitida pelo Conselho Superior da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Agergs), que liberou o aumento da atarifa para R$ 8,30. Segundo a Brita, existem alternativas para evitar o aumento tarifário. A concessionária entende que tem direito ao reequilíbrio econômico-financeiro pela reconstrução da estrutura de sustentação que caiu em 2011, mas que esta compensação poderá ser feita mediante a prorrogação do contrato de concessão, que expira em 25 de maio. Na quarta-feira, a Brita Rodovias perdeu na Justiça processo em que pedia a prorrogação do contrato até o final deste ano, como medida compensatória aos alegados desequilíbrios financeiros ocorridos durante a concessão. A íntegra da nota oficial da concessionária está publicada no site do PANORAMA.

Deputado faz visita a Titinho

O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho recebeu, no último dia 21, a visita (foto) do deputado estadual Daniel Bordignon (PT). O parlamentar colocou seu gabinete à disposição de Taquara para o encaminhamento de projetos que tramitam na Assembleia Legislativa. O deputado também disse que ajudará o prefeito a marcar uma audiência com o diretor-presidente da Corsan, Arnaldo Dutra, para dar sequência às solicitações da administração municipal. Divulgação/Eduardo Vaz

Reintegração de posse de no bairro Empresa A juíza Luciana Barcellos Tegiacchi emitiu novo despacho, no último dia 22, sobre o processo de reintegração de posse das casas populares invadidas no começo do ano, no bairro Empresa, em Taquara. A magistrada, ponderando que alguns dos invasores ainda não desocuparam os imóveis, determinou a edição de mandado para cumprimento imediato da reintegração. Pediu, ainda, que o Conselho Tutelar acompanhe e zele pelo interesse das crianças. A juíza determinou, também, que a Prefeitura faça o transporte dos objetos maiores que estejam no inte-

rior das casas e coloque em local indicado pelas famílias, desde que em Taquara. Caso as famílias não apontem local, a Prefeitura deverá recolher os bens a depósito para posterior devolução. A magistrada determinou ainda que a ação de reintegração de posse deverá ser acompanhada por assistente social da Prefeitura, com forma de a desocupação ocorrer da forma mais pacífica possível. O prefeito Tito Lívio Jaeger Filho informou que a administração municipal estava se organizando, nesta semana, para cumprir a determinação da juíza.

Tito e Bordignon


1º de março de 2013

Especial

Rolante

No coração de Rolante, um pulmão verde convida ao relaxamento, enquanto Deus espreita à esquerda, de sua casa erguida pelos homens, os mesmos que interferiram naquela natureza, plantando árvores para o descanso dos forasteiros e, com cuidado e propriedade, introduzindo parque para as crianças, bancos para os trabalhadores, academia para os rolantenses cultivarem bons hábitos, traduzidos

A Matriz de tudo também pelas lixeiras multicoloridas que convidam a reciclar. Nos fins de tarde e finais de semana, quando a luz faz crescer o chafariz, eles chegam portanto suas cuias, comentando a festa havida no salão paroquial, que se impõe à direita, demarcando com a Igreja Matriz um espaço abençoado, onde se une a força do Criador com o melhor da natureza humana.

Um lugar inspirador, como foi a vida do ilustre conterrâneo eternizado em praça pública. No centro da Praça da Matriz, Teixeirinha canta e encanta Rolante, guarnecido de perto pelo solene pavilhão das bandeiras. Observei, em plena tarde de segunda, quando desvendava os encantos da Praça: Não há polícia! Deve ser desnecessário - o povo tomou conta e vigia. Flagrei um cão

Seu sonho na medida certa.

Nossa marca é de fabricação rolantense e vem sendo montada nos ambientes mais criativos e aconchegantes em todo o Vale do Paranhana, Vale do Sinos, Serra e Região Metropolitana.

Parabéns, Rolante, pelos 58 anos! ROLANTE | 35471039 | www.katiele.com.br

Parabéns, Rolante!

58 anos! Recém saída do forno, mas com um sabor sem comparação.

RUA ALFREDO WÜST, 974 | ROLANTE | 3547.1160

58

anos

Fotos e texto Inge Dienstmann

trazendo consigo a sede das tardes de fevereiro, que veio saciar-se nas águas do lugar, afastando o pássaro que se banhava, e que refugiou-se nas copas das frondosas árvores - lugar assegurado e seguro. Já nesta semana, a Praça da Matriz vestia gala, debruçando-se sobre a Rua Coberta, pronta para receber a gente em busca dos aromas da cuca. O palco está montado para a festa que se anuncia.


14

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

ESPECIAL ROLANTE

CDL de Rolante e Riozinho trabalha em projetos de capacitação dos associados Com a experiência de ter comandado a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rolante e Riozinho em dois mandatos, Luiz Henrique da Silva está de volta à presidência da entidade desde novembro. Gerente da loja de Rolante da Colombo, onde trabalha há 14 anos, ele quer que a CDL atue na capacitação dos associados, através de palestras e cursos. Atualmente, a entidade tem 160 associados. Segundo Luiz Henrique, são vários os convênios mantidos pela entidade, mas os associados buscam principalmente o serviço de consulta ao crédito, através do SPC e Serasa. A entidade possui, também, convênios de telefonia móvel e com a Faccat, oferecendo desconto nas mensalidades. Atua ainda na área médica, tendo parcerias com laboratórios e dentistas. O presidente da CDL destacou que a entidade também desenvolve atividades na representação do comércio, com reuniões envolvendo a Prefeitura e a Câmara de Vereadores. Para ele, o setor está bem diversificado no município, com a oferta de todos os produtos essenciais ao consumidor rolantense. Mesmo assim, ele destaca que, neste ano, a movimentação ainda está um pouco fraca. Luiz Henrique diz que a questão do trânsito é uma das principais preocupações, tendo em vista a falta de locais para estacionamento no centro do município. Para o comando da entidade lojista, Silva quer focar na realização de cursos de aperfeiçoamento dos diretores de lojas e também dos funcionários. Para tanto, a CDL está dando início, neste ano, a uma nova turma do GDE,

Luiz Henrique voltou ao comando da CDL em novembro

curso de gestão que também acontece em outros municípios da região. No ano passado, a entidade rolantense formou uma turma com 30 estudantes neste curso. Ainda serão realizadas palestras e pequenos cursos voltados ao conhecimento de técnicas de venda, além de rotinas administrativas. Para o presidente, voltar ao comando da CDL é um desafio, pois a entidade cresceu muito nos últimos anos, principalmente no número de associados, acompanhando um crescimento verificado por todo o município de Rolante. Ele disse que uma de suas preocupações diárias é receber as reivindicações dos comerciantes e trabalhar na elaboração de um plano de ação para dar solução a estas metas.

Garota

PANORAMA de Verão

Acesse www.jornalpanorama.com.br

Casa da Colônia oferece produtos diretamente do campo todos os dias Mantida pela Secretaria Municipal de Agricultura desde 2005, a Casa da Colônia é um dos atrativos do centro de Rolante. Situada defronte à Prefeitura, ao lado do ginásio municipal e da Praça da Matriz, oferece produtos coloniais diariamente, além de contar com a realização de feiras todas as sextas-feiras. Neste dia, também é oferecida a tradicional cuca rolantense, produzida nos fornos instalados na própria Casa da Colônia. O espaço é coordenado por Rosane Linden Spindler, funcionária da Prefeitura. Segundo ela, todos os produtores de Rolante podem vender seus produtos na Casa da Colônia, e não pagam nada por isso. Apenas contribuem com 10% da venda para a manutenção do espaço, que é totalmente gerenciado pela Prefeitura. Segundo Rosane, as vendas possuem um movimento satisfatório, mas com potencial de crescimento, que, na opinião dela, virá à medida que a divulgação do espaço for ampliada. Para Rosane, ainda há muitos rolantenses que não conhecem a Casa da Colônia.

Espaço fica bem no centro, próximo à prefeitura e à Praça da Matriz

O funcionamento da estrutura é diário, das 8h às 11h30min e das 13h às 18h. Aos sábados, a Casa atende das 8h ao meio-dia. São vendidos itens da colônia, como frango caipira, aipim congelado, pastéis, massas, capeletti, sucos, vinhos, geléias, compotas, schmier, entre outros produtos. Nas sextas, também ocorrem as feiras, em que os produtores levam as frutas e verduras, além de hortaliças, para comercializar na Casa da Colônia. Outro destaque do espaço é a oferta de um local para os artesãos trabalharem e venderem seus produtos. Denise Wingert, presidente

da associação da categoria, trabalhava acompanhada das artesãs Loiva Schwarz e Iraci Linden, na quarta-feira. Ela comentou que a Casa da Colônia é importante nas vendas de artesanato, mas poderia ter mais divulgação. Além de expor no espaço, as artesãs rolantenses ajudam ainda na decoração do município para os seus principais eventos festivos, entre eles a Kuchenfest, que terá decoração na próxima semana com o trabalho das artesãs. “Comecei depois de me aposentar no escritório de contabilidade em que trabalhava e o artesanato se constitui numa renda extra”, comentou Denise.


Os fatos que foram notícia ao longo da história deste jornal

Girardi é novo diretor do Daer

O ex-prefeito de Igrejinha, Elir Domingo Girardi, está atuando como novo diretoradministrativo do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Ele foi nomeado na semana passada pelo governador Tarso Genro. Girardi, que no atual governo do Estado também já ocupou a função de diretorsuperintendente da Metroplan, havia se licenciado do governo estadual para concorrer à Prefeitura de Igrejinha no ano passado, quando ficou na segunda colocação. Na quarta-feira da semana passada, foi recebido pelo secretário de Infraestrutura e Logística, Caleb de Oliveira, e pelo diretor-presidente do Daer, Carlos Eduardo Vieira. Na ocasião, o secretário destacou o compromisso do governo estadual com a modernização administrativa do Daer e pediu empenho com relação à execução do plano de obras do Estado. Girardi também já foi presidente da Famurs.

GERAL

PANORAMA

Morre o comunicador Darci Adão, da Rádio Taquara “Eu quero. Eu posso. Eu vou conseguir”. Assim, sugestivamente, Darci Adão abria a programação das tardes da Rádio Taquara há cerca de uma década. Aos 62 anos, o comunicador morreu na manhã de segunda-feira, vítima de um acidente vascular cerebral hemorrágico. O enterro aconteceu na terça-feira à tarde, no Cemitério Municipal de Taquara. Darci começou no rádio trabalhando na Amizade FM, de Igrejinha, como operador de áudio nas madrugadas. Aos poucos foi começando a intervir no programa e, alguns meses depois, estava atuando como locutor. Depois, teve passagens pela Itaramã, de Tramandaí, e pela Emoção FM, de Taquara. Há mais de uma década comandava diariamente, na Rádio Taquara, o programa “Tarde Alegre”, que começava por volta de 14 horas e se estendia até as 18 horas. Sempre de bom humor, Darci comandava programa

Locutor trabalhava há mais de uma década na emissora

marcado pela intensa participação dos ouvintes, que faziam dezenas de ligações à emissora e ao próprio telefone celular do comunicador solicitando músicas. Também tinha as charadinhas do Darci e uma hora diária com a comunicação no dialeto alemão. Mas um dos xodós de Darci Adão no rádio era o programa “Sábado à tarde em Alemão”, que ele comandava sempre nos finais de semana. Criado pelo próprio locutor há 13 anos, o programa ficava

três horas no ar, todo comunicado em alemão. Sempre preocupado com a preservação das origens germânicas, Darci também era um apaixonado pela Oktoberfest de Igrejinha, mantendo no programa do sábado o quadro “Momento da Oktober”. Pela Rádio Taquara, participou de praticamente todas as coberturas da festa igrejinhense nos últimos anos. Mais recentemente, Darci também expôs outra veia para o atendimento comunitário, além da comunicação. Passou a atuar no Corpo de Bombeiros Voluntários de Igrejinha, entidade que é comandada pelo seu filho, Joni Feltes. Apesar de não trabalhar diretamente no atendimento às ocorrências, Darci ficava no quartel da corporação, junto ao telefone, recebendo chamados e orientando a equipe nas ruas. No enterro, a amizade e o companheirismo dos bombeiros ficaram demonstrados pelo transporte do corpo até o Cemitério de

15

SEXTA-FEIRA, X DE X DE 2013

Prefeitura lacra a Boate Tatanka

Taquara, e com quase todos os colegas de Darci carregando o caixão. Pois foi no quartel dos bombeiros que Darci passou mal, na noite do dia 11 de fevereiro, a segunda-feira de Carnaval. Ele foi levado para o Hospital de Pronto-Socorro de Porto Alegre, sendo internado na UTI, de onde não mais saiu. Vítima de um AVC, Darci não resistiu na manhã de segunda-feira. O velório aconteceu na capela mortuária Martinho Lutero, de Igrejinha, e o sepultamento em Taquara foi na terçafeira. Por ironia do destino, ao entrevistar o representante de uma banda em seu programa no último dia em que esteve no ar, Darci revelou um desejo: que, no seu enterro, tivesse o som de uma banda. Pois esta vontade foi cumprida, e o Musical Real Madri, de Igrejinha, se apresentou no sepultamento, tocando duas das músicas mais executadas por Darci na programação da Rádio Taquara.

Riozinho - Alegando falta de segurança, a Prefeitura fechou, na última sexta-feira, o Bar Tatanka (foto), momentos antes de a boate realizar mais um evento. Segundo o prefeito Airton Trevizani da Rosa, há 20 dias a boate foi vistoriada e interditada, com a participação do Corpo de Bombeiros. Foram constatadas irregularidades como a falta do plano de prevenção contra incêndio (PPCI), inexistência de isolamento acústico, ausência de exaustor de fumaça e, principalmente, problemas relacionados à segurança dos frequentadores da boate. “No dia 19 de fevereiro os proprietários conseguiram o PPCI junto aos bombeiros. Entretanto, as demais irregularidades permanecem, principalmente no que diz respeito à segurança da boate”, justifica o prefeito. Por isso, Trevizani determinou a interdição do estabelecimento, ressaltando a ideia de evitar a repetição de tragédias como a de Santa Maria. Divulgação

Arquivo Panorama

Compra de equipamento para silagem Três Coroas - A Prefeitura adquiriu, na última semana, uma nova máquina colhedeira (foto). O equipamento irá auxiliar o trabalho dos produtores rurais. A máquina é acoplada a um trator e serve para a produção de silagem de milho, utilizada para alimentar o gado. A colhedeira, da marca Pinheiro, custou R$ 10,9 mil, tem 10 facas no rotor e bica giratória hidráulica. “Este é um período em que este serviço é muito solicitado. Mais de 100 proprietários serão beneficiadas. Hoje ajudamos a produzir aproximadamente 25 toneladas de silagem por dia”, revelou o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Claudiomiro Forti.

Sepultamento do comunicador marcado por emoção de familiares, amigos e colegas

Bandinha típica tocou durante o enterro, cumprindo último desejo de Darci

Titinho é o novo presidente da Ampara

Depois de um período de indefinição, uma vez que o prefeito de Três Coroas, Rogério Grade, desistiu de assumir o comando da entidade, a Associação dos Municípios do Vale do Paranhana (Ampara) tem novo presidente. O chefe do Executivo de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, foi eleito em assembleia realizada no último dia 21, na sede da entidade, que funciona junto às Faculdades Integradas de Taquara (Faccat). Na ocasião também foram eleitos os demais integrantes da diretoria. A Ampara foi fundada em 2009 pelos seis prefeitos do Vale do Paranhana da época, que decidiram deixar a As-

sociação dos Municípios do Vale dos Sinos. Desde 2010 a entidade está formalmente ligada à Federação das Associações dos Municípios (Famurs). O primeiro e único presidente da Ampara até então havia sido o ex-prefeito de Taquara, Délcio Hugentobler. Com

a decisão de que Tito será o novo presidente, o comando da entidade segue nas mãos do chefe do Executivo taquarense. Em entrevista à Rádio Taquara no dia seguinte à eleição, Titinho agradeceu a confiança dos seus colegas prefeitos. Para ele, a assun-

DIRETORIA Presidente: Tito Lívio Jaeger Filho (prefeito de Taquara) Vice-presidente: Rogério Grade (prefeito de Três Coroas) Secretário: Joel Wilhelm (prefeito de Igrejinha) Tesouraria: Cláudio Silva (prefeito de Parobé) O conselho fiscal tem como membros titulares Ademir Gonçalves (prefeito de Rolante), Airton Trevizani da Rosa (prefeito de Riozinho) e Dalciso Oliveira (vice-prefeito de Igrejinha). Os suplentes são Aixá Goulart (procuradora-jurídica de Três Coroas), Irton Feller (vice-prefeito de Parobé) e Régis Zimmer (vice-prefeito de Rolante).

Divulgação/Diego Land

Estação fará monitoramento das chuvas

Riozinho – A cidade foi beneficiada com uma estação pluviométrica no início de fevereiro. A iniciativa irá trabalhar a prevenção de desastres naturais que afetam os vales do Paranhana e Sinos, principalmente as enxurradas. O município ficará responsável por enviar in-

formações coletadas diariamente. Assim será feito o monitoramento hidrometerológico, citando o volume das chuvas, evaporação da água, nível e vazão dos rios, a quantidade de sedimentos e a qualidade das águas, disponibilizando informações importantes à sociedade.

ção ao comando da entidade regional lhe dará mais força política junto às mesas de negociação com as esferas estadual e federal, visando a tratar as questões importantes para Taquara e para todo o Vale do Paranhana. A assembleia contou com a participação de prefeitos, vices e procuradores-jurídicos dos seis municípios que mantêm a associação. Foi definido que, por enquanto, não será criada a função de secretário-executivo, atividade que vinha sendo exercida pelo ex-prefeito Délcio.

Reunião trata de obras

Igrejinha - O prefeito Joel Wilhelm, acompanhado de assessores, participou, no último dia 20, de reunião na gerência regional da Caixa Econômica Federal em Novo Hamburgo. Durante o encontro foram tratados diversos assuntos e apresentadas novas demandas. Entre os principais pontos abordados estiveram a construção de um novo palco no parque da Oktoberfest e as obras do Centro de Assistência Psicosocial (Caps), ambas já em fase de licitação. Joel também fez consulta sobre linhas de financiamento para outras obras.

Dr. Rui Beck

Cirurgião - Dentista - Ortodontista

ATM

CRO 1543

ORTODONTIA

COM A EXPERIÊNCIA DOS PRIMEIROS 40 ANOS DE PROFISSÃO Crianças e Adultos Rua Arnaldo da Costa Bard, 2940 Ed. Fleming Salas 305 e 306 - Centro - Taquara Fone: 3541.3939 - Celular: 8431.0101


16

PANORAMA

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Por Vanessa Wagner Magda Rabie

Felipe Feller

IGREJINHA – Gabriela Pedroso de Moraes e Ana Oliveira presentes à recente inauguração da loja Quem te viu, Quem te vê.

TAQUARA – Registro realizado durante o evento de abertura do ano letivo 2013, que contou com a apresentação da Cia de Dança Cadica Borghetti, reuniu o secretário municipal de Educação, Cultura e Esportes, Antônio Edmar Teixeira de Holanda, a diretora geral de Educação, Josiane Ferreira da Silva e Emily Borguetti, filha de Cadica e Borguetti.

SÃO PAULO – Semíramis Mello da Paixão esteve na capital paulista participando de congresso profissional, quando fez este registro junto ao edifício Altino Arantes, conhecido como Banespão, inspirado na arquitetura do famoso Empire State Building, de Nova York.

Casamento surpresa

RIO DE JANEIRO – Os taquarenses Adriani da Mota Meller e Eclair Melo Filho estiveram no camarote da Brahma conferindo o carnaval na Sapucaí.

BAHIA – Rosenara Broilo durante período de férias em Salvador, onde aproveitou belos cenários de praia para renovar energias na companhia do marido Rosnaldo Silva.

Um espetáculo só para elas TAQUARA – Unimed Encosta da Serra apresenta atração alusiva ao Dia Internacional da Mulher. A peça teatral Herta quer casar, interpretada pelo ator Carlos Alberto Klein, aborda a história uma senhora do interior em busca de um novo amor para a sua vida. Ela idealiza o homem perfeito e divide suas expectativas com o público – usando sempre o bom humor em suas falas. O espetáculo gratuito acontece no dia 6 de março, no Clube Comercial, a partir das 20 horas. Os ingressos são destinados somente para mulheres e estarão disponíveis para retirada na sede da Unimed (rua Federação, 2799, em Taquara). Esta iniciativa consagra-se em seu nono ano consecutivo como uma das atividades mais aguardadas do calendário de ações da Unimed Encosta da Serra para toda a comunidade, já tendo sido premiada pela Unimed do Brasil.

Pixel Produções

PAROBÉ – O empresário João Bühler surpreendeu a companheira Marcela, agora esposa por todas as formalidades legais, com uma cerimônia-surpresa para assinalar o casamento civil e religioso do casal. Para tanto, conseguiu secretamente que a cerimônia civil fosse antecipada por alguns dias, e somou a ela a bênção religiosa, que o casal nem havia combinado de realizar. Tudo ocorreu no último sábado, no Restaurante Foguinho, em Parobé, para onde João, com a ajuda de familiares cúmplices, conduziu Marcela sob o pretexto de participarem de um evento beneficente, de gala. Assim, estimulada por familiares “que também iriam ao tal evento”, Marcela compareceu com um belo longo rosa nude, maquiada e penteada com esmero, acompanhada do marido, também trajado com a formalidade que o momento pedia. Ainda na entrada da festa, Marcela argumentou a João que aquele deveria ser o lugar errado, pois parecia que ali se daria uma festa de casamento, e nem sequer reconheceu o filho de três anos (que atuou como pajem) e que já circulava pelo local. Foi só neste momento que recebeu a notícia do próprio João, informando que ali se daria realmente um casamento – o deles próprios. Atônita com os fatos que se sucederam, ainda na segunda-feira Marcela não havia assimilado tudo que acontecera. Na oportunidade, durante o chimarrão de todos os dias, perguntou ao marido quando se daria o casamento civil. Só então foi relembrada de que a união civil também já havia sido antecipada, na noite de sábado, com a presença de juiz de paz. Haja controle emocional para assimilar tanta surpresa!

JornalZinho Antonia Schnaider Rick, para a felicidade dos pais Carlos e Débora, completou o seu segundo aniversário.


17

PANORAMA

E-mail: social@jornalpanorama.com.br

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Por Vanessa Wagner e Ronaldo Siebel

Que tal curtir suas férias de julho na Bahia? Saída dia 21/07

Fone: (51) 3541.4300

Chico Paz

Foto Both

30 anos, é músico profissional e atua também como professor e produtor musical. Natural de Dionísio Cerqueira (SC), é filho de Roberto Elias da Rosa Paz (58) e Rosa Maria Pandolfo Paz (59).

O ponto G do seu rádio ROLANTE - Alice dos Passos completou 88 anos no dia 24 de fevereiro. A data foi assinalada com recepção para familiares e amigos na Confeitaria San´Dea. Na foto a aniversariante com o filho Marcos dos Passos.

prazer de ouvir

www.fm91.com.br Samuel Mota Fotografias

• CONTE UM POUCO SOBRE SEU INTERESSE NA MÚSICA. Desde pequeno, sempre fui muito ligado à música. Iniciei trabalhando na parte técnica, colaborando com outros músicos e bandas. Mas meu foco sempre foi atuar no palco. Aos 18 anos, iniciei minhas primeiras apresentações. Só fui estudar música aos 26 anos. Sempre atuei com produção, mas senti a necessidade de saber a teoria. Para viver de música é preciso ter alternativas. A agenda de shows tem seus altos e baixos. Hoje, além de me apresentar, dou aulas e produzo o trabalho de outros músicos. • COMO FOI O INÍCIO DE SUA TRAJETÓRIA MUSICAL? Foi um sonho de moleque que se tornou realidade. Sempre contei com o apoio de minha família. Iniciei como todo mundo, alternando entre uma banda e outra. Foi só quando escutei uma composição minha tocando no rádio é que caiu a ficha. Aquilo foi a conquista de um trabalho.

PAROBÉ - Guilherme Vieira e Marlene Pereira no Ponto Encontro Bar...

• COMO SE DEU SUA PARTICIPAÇÃO NO SARAU COM CAFÉ? Foi um convite feito pela Roseli Santos. Hoje, já faz sete anos que participo da parte musical do Sarau, que é um evento fantástico, com atrações diversas e a participação efetiva da comunidade. Além disso, o Sarau contribui para a divulgação de meu trabalho.

... Que também foi a escolha de Néia Machado e Fabio Leal. EUA – A taquarense Rayssa Beck, atualmente radicada em Caxias do Sul, está realizando intercâmbio nos Estados Unidos, no estado do Colorado, na cidade de Aspen. Seu retorno está previsto para o dia 21 de março.

• QUAL SUA OPINIÃO SOBRE TAQUARA? Moro em Taquara há mais de vinte anos e todos os meus amigos estão aqui. Eu gosto e acredito em Taquara. Senão já teria ido embora. O público precisa acreditar mais nos artistas locais. Como a cidade fica próxima à capital, muitas vezes as pessoas optam em procurar diversão em outros lugares. • O QUE GOSTA DE FAZER NAS HORAS VAGAS? Gosto de pescar com o meu pai. • COMO VOCÊ SE DEFINE? Persistente e teimoso. • O QUE O TIRA DO SÉRIO? Quando falam mal da vida alheia.

TAQUARA – Márcia Almeida reuniu grupo de amigas no Café Bistrô Doce & Delícia para comemorar seus 30 anos, dia 15 de fevereiro. A aniversariante aparece ao fundo, a direita do lustre.

Está chegando a hora da sua

APOSENTADORIA? Durante março, mês do nosso aniversário, faremos, sem custo, uma análise do seu tempo de serviço e contribuições. Aproveite! Elizabete Kohlrausch, especialista em Assessoria Previdenciária junto ao INSS desde 1984, e Marisa Winter esperam você para lhe assessorar.

Rua Tristão Monteiro, 1043 / 102 | Taquara | Fone 3542.2153 Horário de atendimento: Das 13h30min até às 17h30min

PORTO ALEGRE – A professora Raquel Caetano fez a defesa de tese de doutorado no dia 26 de fevereiro no Programa de PósGraduação em Educação da UFRGS, na linha de Políticas Públicas e Gestão da Educação. Na foto acompanhada do marido Jairo e da filha Mariana.

• ESTILO MUSICAL: Gosto de rock nacional como Paralamas do Sucesso e Cazuza, além do argentino Fito Paez, que influenciam meu trabalho. • UMA MANIA: Conversar sozinho. UM LUGAR: Litoral. • DEIXE UMA MENSAGEM AOS LEITORES DO JORNAL:

Algo que sempre considero desde quando comecei a tocar e trabalhar com música, que é a seguinte frase: "Faça você mesmo".

Marechal Floriano, 1248 Centro - Taquara 3542.6320


18

Tributo ao Queen no Teatro Feevale

A

apresentação da banda tributo God Save the Queen acontece no dia 15 de março no Teatro Feevale, às 21 horas, tocando na íntegra o disco ao vivo Alive at Wembley, de 1986. Durante os últimos 10 anos, a banda cover mais conhecida do Queen, apresentou-se

na América Latina, Europa e Austrália. Durante os 120 minutos do show, os músicos passeiam por clássicos como Bohemian Rhapsody, Radio Gaga, We will Rock You, We Are The Champions, entre outros. Todas as canções são executadas respeitando os arranjos originais.

Coro Faccat seleciona novas vozes

O

Coro Faccat, que recomeça suas atividades em março sob a regência do maestro Louis Illenser, fará duas audições para seleção de novos cantores. Os interessados em se inscrever podem fazer contato diretamente pelo telefone 9143-6202 ou comparecer na sala E 306, no campus da Faccat no próximo dia 7 das 18 horas às 21h30min.

Estudantes ganham kits escolares

O

s mais de quatro mil estudantes das escolas municipais de Três Coroas começaram a receber, na semana passada, os kits escolares que serão utilizados durante o ano letivo. O secretário de Educação e Cultura, Roque Werner, fez uma entrega simbólica dos materiais no dia 19, na Escola de Ensino Fundamental Rui Barbosa. Ao todo, estão sendo distribuídos 6.148 cadernos, 15.270 lápis, 3,4 mil apon-

DIET

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

tadores, 6.610 borrachas, 3.650 lápis de cor, 3.650 giz de cera, 3.650 tubos de cola, 3.282 tesouras, 1.470 pincéis, 1.470 massinhas de modelar, 2.600 escovas dentais, 3.200 réguas e 4.720 canetas. O investimento foi de R$ 63,5 mil. De acordo com Werner, os kits são distribuídos gratuitamente pela prefeitura para que todos os alunos tenham condições iguais para desenvolverem suas atividades escolares.

Espanhol radicado em Taquara ajudou na construção da Catedral de Canela

M

orador de Taquara há 50 anos, José Iglesias Guinarte, 87 anos, juntamente com outros dois conterrâneos, colaborou na construção de uma das mais importantes atrações turísticas da Serra Gaúcha, a Catedral de Pedra, em Canela. Trabalhando na construção civil desde os seus 16 anos, José veio para o Brasil em 1956, então com 26 anos, onde desembarcou no Rio de Janeiro. Após um ano, o espanhol se mudou para Taquara. De acordo com José, seu destino inicial seria a Venezuela, mas optou em ficar no País após a mudança para o Sul, já que o clima é mais parecido com o da Europa. “Saí da Espanha durante o inverno rigoroso, quando estava nevando muito, e vim direto para o verão do Rio de Janeiro. Foi um choque muito grande”, afirmou, relembrando ainda que seu pai, Jesus Iglesias Ribas, esteve por 20 anos morando no Brasil, após fugir da guerra civil espanhola. No Brasil, o espanhol reencontrou alguns conter-

Divulgação

José e a Catedral Nossa Senhora de Lourdes, que foi idealizada pelo cônego João Marchezzi

râneos seus, que também tinham decidido vir para o País. Entre eles estava uma jovem, que logo se tornou sua esposa. Enriquieta Iglesias Guinarte, 81 anos, está casada com José há 55 anos. Com os amigos conterrâneos, Ramiro Gil Portos e Eládio Basteiro Rodrigues,

José percorreu todo o Estado trabalhando em diversas construções, até ficarem conhecidos como “Os espanhóis”. Uma das obras de extrema importância, realizada por José e seus conterrâneos, foi a canalização do Arroio Taquara, feita com pedras basalto, na década

de 50. José lembrou que a Catedral Nossa Senhora de Lourdes, em Canela, foi idealizada pelo cônego João Marchezzi, após uma viagem para a Itália. Na Europa, o padre ficou fascinado com o estilo gótico inglês e, retornando para Canela, logo iniciou as tratativas para a construção de uma nova igreja nos moldes europeus, contando com o apoio da comunidade. A nova catedral foi construída em torno da antiga igreja, que logo depois foi demolida. Em 1955, ficou definido que a nova igreja seria revestida de pedras. Até hoje, José não sabe como o padre descobriu “Os Espanhóis” de Taquara, que foram convidados para revestirem a estrutura com basalto preto, trabalho que durou aproximadamente um ano. O sepulcro do padre Marchezzi está localizado no interior da Catedral, que possui uma torre com 65 metros de altura, além de 12 sinos de bronze oriundos da Itália. Em 2010, a Catedral de Pedra foi eleita uma das Sete Maravilhas do Brasil. Divulgação

Vigüela Pampa trabalha em composições próprias no estilo campeiro

Grupo nativista faz apresentação gratuita pra divulgar seu trabalho F

ormado há dois anos, o grupo Vigüela Pampa, composto por integrantes de Taquara, Parobé, Igrejinha e Três Coroas, opta por música gaúcha contemporânea, sem perder o vínculo com a tradição. O grupo iniciou de forma espontânea, quando amigos se reuniram para tocar no evento Festejos Farroupilhas, durante a Semana Farroupilha. O Vigüela Pampa se apresenta na próxima quarta-feira, dia 6, no Centro Educacional Índio Brasileiro Cézar, em Taquara, com entrada franca. Segundo o produtor Samuel Krummenauer, os integrantes vêm pensando em um projeto mais profissional, apostando em um repertório campeiro, que norteia o trabalho do grupo. Integrado por Mateus (violão solo) e Igor Krummenauer (baixo), Gabriel Barros (violão e vocal), Alex Barbosa (violão), Gabriel Santos (gaita) e

Gustavo Santos (percussão), o grupo planeja compor músicas próprias, ao estilo de Luiz Marenco e Joca Martins. Questionado sobre o significado do nome do grupo, Samuel explicou que vigüela é um termo castelhano que significa violão. De acordo com o produtor, o local da apresentação foi escolhido para divulgar o trabalho do grupo, com o objetivo de atingir um público novo, que não está acostumado a frequentar CTGs. “Além de não estar fazendo algo previsível, como tocar música gaúcha em um CTG, ou em outro local convencional ao estilo, estamos buscando derrubar o preconceito que recai sobre a música e a cultura gaúcha”, disse. Os interessados em assistir à apresentação do grupo devem confirmar presença através do Facebook ou pelo número 8139-0244.

Garota

PANORAMA de Verão

Acesse www.jornalpanorama.com.br


19

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Corais da Igreja Bom Jesus retomam atividades

PARALELAS

O

s corais da Paróquia Senhor Bom Jesus (Pequeninos de Jesus, Vocal Cântico Novo e Magnificat), de Taquara, estão retomando suas atividades no dia 4 de março, no centro de pastoral. Os ensaios ocorrem sempre às segundas-feiras, das 18h30min às 20 horas. Haverá ônibus para o transporte das crianças e adolescentes no itinerário programado. Os integrantes que desejarem aprender instrumentos musicais terão aulas gratuitas de violão, teclado e flauta aos sábado, das 14h às 16h30min, exceto no primeiro sábado do mês. As inscrições serão feitas às segundas-feiras, nos próprios horários dos ensaios. Mais informações pelo telefone 3542-1139, na igreja matriz.

Simples assim! Olá, queridos amigos uem me conhece sabe que um dos meus maiores acervos são as minhas amizades, sempre com trocas enriquecedoras, agradáveis e, no mínimo, divertidas. E com elas me dou conta das coisas mais importantes da vida. Em uma destas trocas com uma amiga, profissional da área da beleza, com grande conhecimento em estética, ouço a seguinte frase: - Não existe supertratamento estético, e nem creme milagroso, por mais caro que seja, se não bebermos ÁGUA. - Como assim? - Assim mesmo! - Beba água. Você pode responder: - Tomo muito suco ou chimarrão (aqui no sul). E, surpreendentemente segue, a sábia profissional: - Então lave os cabelos ou sua camisa branca com chimarrão. Não é a mesma coisa?! Sim, simples assim. Não tem substituição, precisamos de ÁGUA, A água limpa lava, acarinha, envolve, aquece e refresca. O equilíbrio vem do conjunto. Invista, sim, em bons tratamentos e cremes, mas faça a sua parte. Exercite-se, alimente-se bem, beba muita água e respire.

Q

É hábito! Simples, de baixíssimo custo e saudável. Quem consegue seguir coisas simples, que fazem muito bem, fortalece a estrutura pessoal para outras menos fáceis, porém possíveis. Lave a alma e beba mais, muito mais água!

Inge Dienstmann inge@tca.com.br

Do meu tuíter @Plinio_Zingano – Acho que não sou muito popular. As únicas mensagens que meu celular recebe são propagandas de “junte-se a nós e tenha mais amigos”.

ASSIM SEJA enho grande dificuldade Tticulações de entender certas arparolares. Você

captou o que eu quis dizer com esta minha articulação vernácula ou achou parolar demais? Se entendeu, obrigado, pois inventei a locução agora ao escrever este texto. Isto significa que estamos vibrando no mesmo nível de energia (aliás, esta é outra articulação – muito usada por aí –, principalmente, quando não se sabe bem o que deve ser dito, mas a gente quer entrar num clima, assim… sei lá, saca?). No meu dicionário digital Aulete, o verbete “parolar” não existe ainda. Entretanto, dei uma pesquisada em outros dicionários disponíveis na internete e encontrei, como supunha, “parolar”. Lá, apenas como verbo. Eu, usando das premissas permitidas pelo idioma, usei como adjetivo (tal como “capitular”, verbo, substantivo e adjetivo). Se você não compreendeu minhas palavras acima, então, aí sim, estamos no mesmo barco em relação à língua pátria, diante dessas bobagens vistas e ouvidas, diariamente, pelo rádio, televisão ou Facebook. Dentre tantas bobagens, destaco uma. Ela vai me levar à loucura. Tornou-se moda, neste início de segunda década do século, no Brasil, alguém desejar “um abençoado ano”, “um abençoado dia”, “um abençoado” não sei mais o quê. Era uma fórmula já usada em saudações mais, digamos, santificadas. Agora, não! Por qualquer toma lá, dá cá, sai um “abençoado”. Qual, realmente, o significado disso? Na verdade, não tem qualquer significado. É mais ou menos como o “te cuida”, tantas vezes empregado nas mais

diversas situações sociais e, creio, introduzida pelas dublagens dos filmes americanos. Se a intenção do falante fosse, realmente, dar um conselho útil ao interlocutor, deveria ser feita em outra circunstância, numa situação apropriada e não numa rápida saudação de despedida. Observações de tal magnitude, se sinceras, devem ser feitas mais formalmente, alertando sobre os possíveis danos à integridade de quem não se cuida, dissertando sobre todos os possíveis perigos à espreita daquele que descuida de sua integridade. Claro, conheço o significado de “abençoar”. O que me escapa é alguém desejar um dia, um almoço ou um sono com essa característica. Uma língua é feita de expressões, a maioria, conotativas, mas, vamos lá, há coisas das quais não devemos abusar. Seu uso excessivo as torna chatas. Será que alguém se imagina abençoado só por usar essas palavras sem nenhum controle? Provavelmente sim! Além do vício vocabular, neste caso específico, quem pronuncia a fórmula está tentando alertar o seu Deus – “olhai, Senhor!, eu tenho bons sentimentos, não vos esqueçais de mim”. Vamos lá! Paremos com isso! Se todos queremos a mesma coisa, por que incomodar os outros e, principalmente, Deus, com o excesso dessas manifestações? Nós todos (epa!) somos pessoas de boa índole e desejamos o bem-estar de todos os semelhantes. Não precisamos repisar essas fórmulas parolares. Sejamos todos abençoados! Se não pararem, passarei a contra-atacar, sempre, com o chatíssimo “beijo no coração”!

SINAIS SACROS

D

esde que assumiu, há três anos, o trabalho doméstico na casa paroquial, Das Dores arrasta uma curiosidade mais pesada que suas indolentes chinelas de mulher solitária: Por que padre Homero não lhe permite lavar as roupas de cama? No começo ele alegara poupar-lhe o esforço da lida com as pesadas peças. Afinal, o santo homem dormia suas celibatárias noites numa cama excepcionalmente grande. O pároco conduzia, pessoalmente, as peças para lavar no autosserviço da lavanderia, todas as quartas-feiras. Das Dores aceitou o piedoso gesto de bom grado até a chegada da máquina de lavar. As beatas da paróquia haviam tomado a iniciativa. - Agora não carece mais levar as roupas, padre. Ponho na máquina e pronto! - disse Das Dores, que estranhou a imediata reação. - Gosto de manter certas rotinas. Além do mais, vamos doar esta máquina à creche mais necessitada. Para minhas poucas roupas, não há necessidade destes luxos - retrucou o padre, irredutível. Das Dores fingiu que se convencera, não deixando de pensar nos caros vinhos que padre Homero consumia, nas cigarrilhas (sim, ele tragava usando uma piteira), nas longas viagens a Livramento, só para jogar no cassino. Fôra a gota d’água na curiosidade transbordante da doméstica. Na terça-feira seguinte, quando padre Homero saiu para a tradicional visita aos enfermos, Das Dores violou-lhe os aposentos. Ele sempre deixava a cama impecavelmente estendida, hábito anterior ao seminário, que aprendera ainda com a mãe. Hesitante, Das Dores deteve-se diante da enorme cama, imaginando por que um homem solitário precisaria de tudo aquilo. No instante seguinte, num gesto sôfrego, arrancou, de uma vez só, as cobertas que escondiam o irrevelável. Das Dores conhecia aquelas manchas, que o amor deixava escapar, quando o prazer explodia em êxtase, nas suas noites, há muito amanhecidas. Estranhou, no entanto, a falta de pudor daquelas marcas, em nada semelhantes aos comedidos sinais de suas melhores lembranças. Desejou muito perguntar a padre Homero sobre aquilo, mas sabia que jamais teria coragem. Só se ele... No instante seguinte, removeu os lençóis e retirou da cômoda um par limpo, que deixou colocado, o mais rápido que pôde. E se ele voltasse, esquecido da água benta ou das hóstias? Lavou aquelas manchas com devoção e uma inquietude que não conseguia acomodar no peito. Já ia guardando na cômoda os lençóis novamente puros, quando voltou-se e, depois de um rápido pensamento, deixou-os ostensivos sobre a cama, numa pergunta que não dispensava resposta. Para padre Homero, que não havia subido ao quarto ainda, o jantar transcorreu com a normalidade de sempre. Das Dores é que não conseguia controlar as mãos, nem o furor dos pensamentos. Uma travessa quebrada, padre Homero nem percebeu, absorto na leitura do jornal do dia. - Me serve mais um pouco de vinho, Das Dores - pediu o páraco, sem tirar os olhos da leitura, até que um movimento inabitual, nervoso, captou-lhe a percepção: As manchas! – exclamou o padre, dois tons acima do normal. Das Dores deixou de respirar por instantes, até ouvir a voz do padre: Melhor colocar logo esta toalha de molho. Vinho não é fácil de remover. Dito isto, o páraco apanhou a taça de vinho e dirigiu-se à sala para concluir a leitura, enquanto Das Dores terminava de retirar o jantar da mesa. Vendo que padre Homero já fechara o jornal e sorvia os últimos goles de vinho, a mulher decidiu deixar a louça na pia. Precisava sair logo, antes que ele subisse para o quarto. Ao se despedir, procurou disfarçar o nervosismo, mas o padre notou que Das Dores saia vestindo o avental de trabalho. Não achas que estás fazendo algo um tanto inadequado, Das Dores? Ela ouviu a frase, sentindo que o chão lhe faltava, no susto de ter sido descoberta sua indiscrição. Se temia ser apanhada, por que deixara, propositalmente, tanta evidência? A noite foi longa e inquieta para ambos. O que ele lhe diria na manhã seguinte? O que dizer a ela no dia que se anunciava? Das Dores chegou para o trabalho na hora de costume. Padre Homero não se levantou às sete, como de hábito. O coração dela se fechava, apertado, enquanto a porta do quarto não se abria. Colocou a mesa do café, lavou a louça dormida, andou sem direção pela casa, não conseguia pensar o almoço. A mancha de vinho persistia na toalha de mesa. O molho da noite não dera conta de removê-la, assim como as horas foram insuficientes para que padre Homero purgasse a revelação de suas manchas. Quando, já tardiamente, Das Dores colocou o almoço à mesa, padre Homero ainda não havia dado sinais de sua presença na casa paroquial. Teria saído, cedo da manhã, antes mesmo que Das Dores chegasse? Ela subiu a escadaria, quase levitando, chegou à porta sem fazer o menor ruído, exceto pelo coração a galope. No momento em que a porta se abriu, a ordem dos acontecimentos ganhou uma dimensão irreal. Parecia que se abrira antes dela bater. Parecia que entrara, antes da porta se abrir. Parecia que mal entrara, já era noite. O almoço esquecido fechou a quarta-feira sobre a mesa. A primeira quarta em que Padre Homero não foi à lavanderia. Imaculada quarta, da primeira comunhão das dores de Homero.


20

Sua casa é como seu rosto. A calçada é seu sorriso para quem passa.

PAROBÉ

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Ou prefere mostrar cara feia?

Ministro defende que indústria calçadista trabalhe a inovação Ponderando que o setor calçadista brasileiro não tem condições de vencer a disputa de produção e preço com o mercado asiático, o ministro interino do Desenvolvimento e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, defende que a indústria nacional trabalhe a inovação nos seus produtos. A declaração foi feita por ele durante participação no Seminário da Indústria Calçadista, realizado no último sábado, numa promoção da Prefeitura de Parobé. O encontro ocorreu na Câmara de Vereadores e reuniu lideranças do calçado de toda a região. O ministro iniciou sua palestra ressaltando a importância da indústria calçadista para o Brasil, lembrando que o setor possui mais de 15 mil empresas e emprega cerca de 400 mil pessoas. Contextualizando o cenário econômico nacional, Teixeira fez uma defesa da política implantada pelo atual governo, salientando que tem como foco o crescimento do país com a geração de renda, primando pelo lado social. Na avaliação do ministro, foi graças à implantação desta política que o Brasil sobreviveu às últimas cri-

Ministro Alessandro, prefeito Cláudio e deputado Paulo Ferreira durante evento no final de semana passado

ses econômicas da Europa, diminuindo, também, o número de pessoas que vivem em situação de pobreza. Teixeira prevê que, na próxima década, o Brasil estará entre as cinco maiores economias do mundo. Partindo destas considerações, o ministro defendeu que a indústria calçadista nacional precisa aproveitar as boas condições do mercado interno, com consumo aquecido, para atender bem a demanda produzida pelos próprios brasileiros. “Todas essas pessoas que saíram da condição de pobreza extrema, e também os que passaram para a classe média, se constituem hoje numa grande massa de consumo”, disse Alessandro.

Revelando os números de importação de calçados do Brasil, que hoje giram em cerca de US$ 400 milhões, o ministro disse que, atualmente, este volume não é alto. Mas destacou ser preocupante, principalmente porque este calçado que entra no país é basicamente produzido na Ásia e chega ao Brasil como formador de preço, puxando para baixo o valor do calçado produzido nacionalmente. Este cenário dificulta a competitividade das indústrias brasileiras. O ministro defendeu, com isso, que a indústria nacional foque em alternativas de inovação, com a fabricação de um calçado com maior valor agregado. Citou como exemplo a Hawaianas, mar-

ca de sandália que tem a maior produção brasileira na área calçadista. Segundo o ministro, o trabalho de inovação da empresa é tão grande, que chegam ao mercado, por ano, mais de 15 novas versões da sandália. Isso dificulta a cópia por parte dos asiáticos, mesmo sendo as Hawaianas um produto relativamente simples de ser produzido. O ministro também destacou iniciativas do governo federal de apoio ao setor, primeiramente com a defesa comercial. Segundo ele, a União está atenta às agressões no mercado internacional e pronta para aplicar políticas antidumping, entre as quais a prorrogação da vigente atualmente na área do calçado. Também disse que o governo quer fortalecer os grandes mercados, com apoio à organização de centros comerciais, e vai procurar ajudar as empresas na competitividade. Para tanto, oferece diversas linhas de crédito voltadas à inovação. O ministro também elencou desafios do governo para melhorar a competitividade da indústria, como os necessários investimentos em infraestrutura e na educação.

Cláudio Silva destaca projetos da Prefeitura para o calçado Ao abrir o Seminário do Desenvolvimento do Setor Calçadista, no último sábado, o prefeito de Parobé, Cláudio Silva, destacou iniciativas do seu governo voltadas à indústria. Segundo ele, a meta é valorizar este setor, não só pelas empresas de grande porte, mas também por outras fábricas que produzem em Parobé. Citou como exemplo os mais de 500 ateliers que funcionam atualmente no

município. O prefeito defendeu que um dos grandes desafios é a qualificação profissional, focando, principalmente, o aspecto social, com vistas à melhoria na vida do cidadão. Ressaltou que a Prefeitura também tem se colocado à disposição para apoiar iniciativas voltadas ao empreendedorismo. Cláudio Silva anunciou três metas do seu governo para o setor do cal-

çado. Uma delas é a implantação do distrito industrial, que ainda está em estudo. O prefeito também quer criar um centro comercial, às margens da ERS-239, que abrigue as vendas das indústrias de Parobé, e funcione como um ponto de desenvolvimento de novos produtos. A terceira meta do projeto é que Parobé passe a abrigar uma feira comercial regional para a comercialização de calçados.

Rádio Taquara e Jornal Panorama têm sucursal em Parobé A partir desta sexta-feira a Rádio Taquara AM estreita ainda mais os laços com a comunidade de Parobé, confirmando uma ligação de mais de meio século, quando começou a crescente projeção do então importante distrito de Taquara. Através de parceria firmada com a Criary Produtora Ltda., haverá transmissão do programa Parobé em Foco, de segundas às sextas-feiras, a partir das 10h30min, diretamente de estúdio montado na sede da produtora situada na rua Rio de Luz, 216, no centro da cidade. Com este espaço haverá um atendimento ainda mais efetivo e eficiente à população de Parobé, com a veiculação de suas notícias, reivindicações, avisos e realizações, tendo, inicialmente, uma hora de programação, espa-

Apresentador Barbosa Missioneiro coordena a sucursal

PANORAMA MAIS PERTO

Novo espaço em Parobé tem como objetivo dar atendimento mais efetivo à cidade

ço que poderá ser ampliado de acordo com as necessidades e receptividade local. A responsabilidade de produção e apresentação será do radialista Barbosa Missioneiro, um dos representantes da Criary Produ-

tora. No programa inaugural estarão presentes autoridades e convidados especiais, representando os vários segmentos da comunidade que poderão dispor do espaço para todas as suas veiculações.

No mesmo endereço da sede da Criary Produtora também estará funcionando a sucursal do Jornal Panorama para prestação de uma cobertura mais eficiente do dia-adia de Parobé, onde o semanário já está inserido ocupando o seu espaço há mais de 35 anos.

Cidade tem nova empresa para recolhimento de lixo Foi formalizado, no último dia 22, contrato da Prefeitura de Parobé com uma nova empresa de recolhimento de lixo. A Onze Construtora e Urbanizadora assumiu o serviço no município, tendo como primeiro desafio um mutirão para colocar a coleta de lixo em ordem, visto que Parobé vinha sofrendo desde o começo do ano com graves problemas de limpeza urbana. A contratação emergencial será válida por seis meses. A confirmação do rompimento do contrato foi feita pelo prefeito Cláudio Silva em entrevista à Rádio Taquara, ainda na sexta-feira passada. Na ocasião, elencou os vários problemas que a Prefeitura vinha administrando na coleta de lixo. Disse, porém, que o estopim foi uma entrevista dos garis que trabalhavam na empresa que prestava o serviço à Rádio Parobé. Na ocasião, os funcionários revelaram as precárias condições de trabalho, inclusive alguns deles que prestavam serviço sem carteira assinada. Anunciaram que estavam entrando em greve. Segundo Cláudio, esta foi a principal motivação que o levou a romper o contrato com a Komac Rental, empresa que estava executando o serviço desde o ano passado, quando teve contrato assina-

do ainda no governo de Gilda Kirsch. O prefeito disse que, a princípio, a contratação valeria até junho, prazo estipulado ainda na administração anterior, mas decidiu por rompê-la diante dos vários problemas no serviço. “A situação do lixo estava muito severa em Parobé, atrapalhando a vida das pessoas. Tomamos uma posição muito difícil, que é do rompimento, mas não tinha mais condição de continuar como estava”, comentou o prefeito. O contrato da Prefeitura com a Onze Construtora foi assinado na segunda-feira por Cláudio Silva com o gerente-administrativo da empresa, Vinícius Cardoso. O chefe do Executivo pediu um atendimento com qualidade à população parobeense. Destacou que, diante dos muitos problemas, a comunidade deposita muita expectativa nos serviços prestados pela nova empresa. O representante da Onze destacou que será cobrado dos funcionários um trabalho em silêncio, rápido e com higiene, evitando problemas. Disse, também, que a empresa oferecerá uniforme, carteira assinada e todos os equipamentos de proteção individual. A maior parte dos funcionários contratados, neste momento, é da antiga empresa que prestava o serviço.

Autoridades e dirigente da empresa fizeram demonstração dos caminhões na segunda-feira

Empresa diz que itinerário, por enquanto, seguirá o mesmo A Onze Construtora cobrará R$ 209 mil por mês da Prefeitura para o serviço de coleta, transporte e destinação final dos resíduos. Segundo a administração municipal, o valor é R$ 11 mil a menos do que o cobrado anteriormente. O itinerário, num primeiro momento, será o mesmo que vinha sendo executado. Vinícius Cardoso anunciou que será feito um levantamento das necessidades e a ideia da empresa é não trabalhar no período noturno, um dos horários que estava em vigor. O contrato assinado com a Prefeitura prevê a colocação de três caminhões em operação, um a mais do que o que trabalhava atualmente. Serão 17 funcionários no serviço em Parobé. O gerente administrativo da empresa destacou que a Onze atende atualmente Taquara, Igrejinha, Estância Velha e Campo Bom. Ele informou, também, que a comunidade terá o telefone 0800-647-1107 para o esclarecimento de dúvidas. Ainda na segunda-feira, o prefeito Cláudio Silva explicou que o prazo de seis meses da contratação é o necessário para que a administração municipal consiga realizar a licitação pública que definirá a empresa responsável pelos trabalhos. No final de semana passado, a Onze Construtora fez um mutirão para recolhimento do lixo, com seis caminhões na sexta-feira e nove no sábado. Todo o município recebeu o serviço até as 22h30min do sábado. Neste período, segundo Vinicius Cardoso, a equipe da empresa também presenciou atos de vandalismo, uma vez que sacolas de lixo foram rasgadas defronte aos caminhões.


Sua casa é como seu rosto. A calçada é seu sorriso para quem passa.

REGIONAL

Ou prefere mostrar cara feia?

Novo centro de referência da mulher

Parobé - O município terá em breve um novo espaço para o atendimento especializado às mulheres. O secretário municipal de Planejamento, Fernando Menezes, e a coordenadora das mulheres, Eleana Iohan, reuniram-se com a secretária estadual das Mulheres, Márcia Santana. O objetivo foi obter a garantia de construção do Centro de Referência para as Mulheres, bem como a apresentação de um novo terreno. De acordo com Eleana, este novo espaço que o município está oferecendo é mais centralizado, próximo aos prédios públicos e facilitará o encaminhamento de documentos e atendimentos integrados. “Queremos levar para Parobé a política do governo estadual, uma política que garanta os benefícios e os direitos das mulheres. Lutaremos pela paridade em todos os setores”, comentou a coordenadora. O secretário disse que será necessário realizar uma medição do novo local para adequação do projeto. “O município se compromete em agilizar ao máximo todas as suas atribuições neste projeto, pois sabemos que as mulheres parobeenses precisam conhecer as políticas públicas que defendam os seus direitos”, finalizou.

Câmara empossa suplente

Parobé - A Câmara de Vereadores de Parobé deu posse, na terça-feira, ao suplente Nilo Vargas (PT). Ele assumiu oficialmente a vaga no lugar da vereadora Maristela Toffoli (PT), que se licenciou para ocupar o cargo de Secretária de Educação. Vargas obteve 328 votos no último pleito, que marcou sua quarta tentativa de participar do Legislativo. “Tenho como lema trabalhar em defesa da participação popular”, afirmou Nilo (à direita na foto com o presidente da Câmara, Lindemar Hartz). Divulgação/Eduarda Rocha

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Oktoberfest confirma que não será feito repasse às entidades A direção da Associação de Amigos da Oktoberfest de Igrejinha (Amifest) realizou coletiva de imprensa, na terça-feira, para explicar o resultado financeiro da festa igrejinhense em 2012. No ano em que comemorou seu 25º aniversário, a Oktoberfest teve um reduzido lucro financeiro, que acabou amortizado por despesas não previstas pela organização. Com isso, a direção da Amifest confirmou que não serão feitos repasses às entidades de saúde e segurança. No ano passado, a entidade ainda esperava contar com uma emenda para este fim, mas ficou confirmado que o dinheiro não virá. A coletiva de imprensa contou com a presença dos presidentes da 25ª Oktoberfest, Sérgio Lampert, e da edição deste ano da festa, Clóvis Werb. Na ocasião, foi apresentado o relatório do Conselho Fiscal da Amifest. O documento aponta que o evento teve, no ano passado, receitas na ordem de R$ 3.717.842,35, enquanto as despesas ficaram em R$ 3.595.449,26, resultando num lucro de R$ 122.393,09. Contudo, outros gastos da Amifest, como a compra de um

Lampert e Clóvis explicaram o déficit nas contas do evento em 2012

terreno e investimentos no parque, entre outros, fizeram o saldo final ficar negativo em R$ 357.217,39. O parecer do Conselho Fiscal opina pela aprovação das contas da diretoria da 25ª Oktoberfest, mas faz referência “à existência de equívocos administrativos na condução dos eventos” e “em não observação de dispositivos do estatuto da Amifest”. Sérgio Lampert, que esteve à frente da Oktoberfest no ano passado, explicou as dificuldades da festa. Entre elas, citou o que considerou “um tropeço” com o show da cantora baiana Ivete Sangalo, no lançamento da Oktoberfest. Apesar de ter seu cachê pago pela Cervejaria Schincariol,

Ex-presidente destaca conquistas da festa em 2012

Na coletiva de imprensa de terça-feira, o ex-presidente da Oktoberfest, Sérgio Lampert, destacou alguns avanços obtidos pela maior festa popular da região no ano passado. Entre eles, citou os ganhos com a gincana de socialização, que possibilitou a integração de vários grupos em diversas atividades comunitárias. “Foram realizados tratamento de animais domésticos, de idosos, de pessoas carentes, instaladas bibliotecas, entre outras atividades realizadas pelos grupos da gincana”, comentou Lampert. O ex-presidente ainda enalteceu os valores obtidos pelas escolas, que tiveram lucro de R$ 600 mil com a comercialização de lanches durante a Oktoberfest. Foi revelado, durante a coletiva de imprensa, que a Amifest deverá receber

R$ 160 mil da Prefeitura, nos próximos dias, como restituição pelo pagamento, por parte da associação, da compra do terreno. A Amifest bancou no ano passado o valor que corresponde à administração municipal, que agora será devolvido. Este dinheiro, segundo o presidente da festa, Clóvis Werb, será depositado no fundo de reserva da Amifest. A coletiva serviu para explicar ainda que o conselho fiscal teve o suporte de uma auditoria, mas a direção da Amifest fez questão de ressaltar que este procedimento foi decidido em assembleia. Os diretores destacaram que o levantamento, feito na Assessoria Biason, em Taquara, garante mais transparência à análise das contas da festa, ressaltando que toda a documentação solicitada foi acostada ao processo.

PIM terá continuidade

Parobé - Em reunião no último dia 19, foi definido que o programa Primeira Infância Melhor (PIM) terá continuidade no município. O encontro foi coordenado pelo secretário de Saúde, Leonel Bernardo, além do secretário de Assistência Social, Jorge Martins. O programa consiste em orientar as famílias para que promovam o desenvolvimento integral das crianças, com visitas às casas e atividades comunitárias semanais. Três secretariais municipais vão se unir na execução do projeto. Como primeira medida está sendo estudado o espaço físico para a instalação da base do PIM, além de um mapeamento das áreas que precisam de atendimento.

todo o custo de produção da apresentação foi bancado pela Amifest, que esperava um público maior no show. Como o público foi decepcionante, a entidade organizadora arcou com um prejuízo de R$ 150 mil somente naquela noite. Depois, outro detalhe que atrapalhou a organização da Oktoberfest, segundo Lampert, foi a perda de duas emendas federais destinadas ao evento, no valor de R$ 200 mil cada. De acordo com o ex-presidente, como as emendas não são mais repassadas diretamente à Amifest e sim para a Prefeitura, que faz a transferência à associação, os recursos se perderam no cadastro errado das emendas

por parte da administração municipal. O ex-presidente também esclareceu que uma das infrações ao estatuto da Amifest diz respeito à compra do terreno para ampliação do parque, decisão tomada pela diretoria do ano passado. Para Lampert, se fosse aguardado todo o trâmite burocrático para a aquisição, talvez a Amifest teria perdido a chance de adquirir o terreno. O ex-presidente ainda pontuou que foram realizados diversos gastos na manutenção do Parque Almiro Grings, uma vez que, durante o ano, aconteceram várias depredações. Lampert destacou que o cuidado com o parque sempre teve prioridade por parte da diretoria, uma vez que a segurança dos visitantes da Oktoberfest está em primeiro lugar. O ex-presidente revelou ainda que, por pouco, também por cadastro errado, a Prefeitura não perdeu outra emenda parlamentar destinada ao parque de eventos, para a construção de um palco. A obra, que deverá custar cerca de R$ 200 mil, foi resgatada pela diretoria da Amifest na gerência de Novo Hamburgo da Caixa Federal, e está em vias de ir para licitação.

21

Plantão para cadastro da assistência Igrejinha - Neste sábado, das 9 às 17 horas, a Prefeitura fará plantão para a realização de novas inscrições no Cadastro Único do Município, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação. O cadastro é a ferramenta que identifica o público alvo das ações da secretaria, sendo um dos pré-requisitos para a participação nos projetos de habitação. Segundo o secretário Jefferson Müller, o plantão vai suprir a demanda das pessoas que não conseguem se dirigir à pasta durante a semana, em razão do horário de trabalho. Ele acrescenta que o plantão será somente para cadastros novos, uma vez que atualizações devem ser feitas no horário normal de funcionamento da secretaria.

GAROTA

PANORAMA DE VERÃO

Participe!

www.jornalpanorama.com.br


22

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Taquarenses no Circuito Verão Sesc As duplas Alexandre Chaves e Mauro Trems (vôlei de duplas masculino) e Letícia Nascimento Dias e Cássia dos Reis (vôlei de duplas feminino) representarão o município na final estadual do Circuito Verão Sesc de Esportes, que acontecerá neste sábado e domingo. A equipe Toko Tintas também representará o município na categoria Futebol de Areia. A atração cultural do evento, na noite deste sábado, será o show da banda RPM. COPA VERÃO - A Copa Verão de Fut­sal 2013 encerrou sua fase de classificação na noite da última segunda-feira, quando foram disputadas três partidas: Atlético do Vale 3 x 0 Real Madrid, Santos 4 x 3 ACBF/ Morbach e Riozinho 3 x 6 União São Chico. Hoje à noite, a partir das 19h45min, no Ginásio Municipal de Esportes, acontecem dois confrontos pelas quartas de final: Santos x Bola 8/ JoliMont e AUPF x Riozinho.

Acesse nosso Twitter

ESPORTES

@PanoramaNET

Divulgação

Equipe taquarense participou de corrida no litoral O grupo de corrida formado em Taquara, e denominado projeto de qualidade de vida Santa Ad Movere, possui um grande número de adeptos. Um dos objetivos do projeto, idealizado e coordenado pelo professor de educação física, Marcelo Ramos Raymundo, é criar um hábito saudável entre os integrantes do grupo, além de participar de competições de corrida no litoral. Em janeiro, os atletas participaram da prova “Atlântida/Xangri-lá Night Running”, e da “Capão da Canoa Summer Night Running”, em fevereiro. O grupo também esteve representado na

Divulgação

Marcelo Ramos Raymundo e José Alexandre Alves de Souza representarão Taquara em Rio Grande, amanhã

9ª Travessia Torres/Tramandaí, em 26 de janeiro, onde conquistou lugares no pódio nas categorias solo masculina e dupla feminina.

De acordo com Marcelo, o grupo tem como característica principal a reunião de pessoas em torno do exercício de corrida, possibilitando

aos participantes conhecerem novas pessoas e lugares. “O objetivo principal é que cada integrante possa superar seus próprios limites pessoais, além de estabelecer novos horizontes a cada conquista, melhorando, assim, sua condição física e qualidade de vida”, explicou Neste sábado os atletas Marcelo Ramos Raymundo e José Alexandre Alves de Souza representarão Taquara na 20ª Supermaratona de Rio Grande. Os atletas percorrerão 50 quilômetros, saindo do balneário de Cassino e indo até o centro da cidade, retornando pela beira-mar até a praia de Cassino.

Mais de 150 pilotos curtiram os bons ventos de Rolante A primeira etapa do Circuito Gaúcho de Paraglyder (foto) foi realizada em Rolante, no último domingo. O evento, que deveria acontecer também no sábado, acabou sendo realizado apenas no domingo em função das condições do vento no Morro Grande, que não permitiram decolagens. O circuito, organiza-

do pelo MG 10 Grupo de Voo Livre de Rolante, com apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, teve a participação de mais de 150 pilotos de diversas regiões do Estado, Santa Catarina e Paraná, que disputaram quatro categorias: Open, Serial, Sport e Sport Light. A premiação foi entre-

gue na tarde de domingo, na Praça da Matriz, pelo vice-prefeito Régis Zimmer (Geada), secretária Municipal de Turismo e Cultura, Simone Tadiotto, presiden-

te do MG 10, Márcio Stein, e demais integrantes do MG 10. Nenhum piloto do Vale do Paranhana sagrouse vencedor na primeira etapa.

Skatistas participam de prova

Canoas - Os skatistas Ewerton Dalosto (foto acima), de Taquara, e William Guilherme da Silveira (foto abaixo), de Igrejinha, estiveram participando do 1º Rail and Box, competição que reuniu cerca de 150 praticantes do skate, no último final de semana. Ewerton obteve o primeiro lugar na categoria amador, enquanto que William ficou na sexta colocação na categoria iniciante.

Divulgação/Jenifer Boniatti

PRAIANO - Foram realizados, no último sábado, no Balneário João Martins Nunes (Prainha), os quatro jogos válidos pelas quartas de final do Campeonato Praiano, disputado em Taquara. As partidas tiveram o seguinte resultado: Mercado Petrópolis 0 x 3 Fênix, União/Bar do Moacir 5 x 0 Bad Boys, Frigorífico Santo André 0 x 3 Madepinos e Cruzeiro 6 x 0 Bordô. Após estes resultados, a decisão do próximo sábado contará com os jogos da semifinal e final do campeonato. Na primeira partida da semifinal o Fênix enfrenta o Cruzeiro. Em seguida, as equipes União/Bar do Moacir e Madepinos buscam uma vaga na final da competição. Os confrontos iniciam às 14 horas.

TORNEIO DO LÁPIS - Promovido pelo vereador de Taquara Eduardo Kohlrausch, o Torneio do Lápis teve sua primeira edição no último final de semana. O evento, segundo o parlamentar, beneficiou 330 crianças, que receberam lanche e um kit escolar contendo um caderno, um jogo de canetinhas, uma régua, um estojo, dois lápis de escrever, uma borracha, um apontador, um tubo de cola, uma tesourinha e uma pastinha. As crianças também participaram de jogos de futebol, no bairro Empresa, em Taquara. Patrocinaram o evento a Citral, a Faccat, professor Edmar Teixeira de Hollanda, o arquiteto Joel Vargas e a Cootall.


Sua casa é como seu rosto. A calçada é seu sorriso para quem passa.

POLÍCIA

Ou prefere mostrar cara feia?

Três assaltos registrados na segunda

A segunda-feira foi marcada por três assaltos registrados na região. Em Taquara, João Batista Kelsch, 49 anos, estava saindo de sua casa, localizada próximo à Sociedade de Canto Concórdia, quando foi surpreendido por uma dupla que se aproximou e anunciou o assalto. Segundo a vítima, os bandidos chegaram num veículo vermelho e um deles, armado com um revólver, lhe agrediu com uma coronhada na cabeça, exigindo a chave do seu carro. Os criminosos fugiram levando o automóvel Peugeot, placas IFI-7406.

Assalto na rua Tristão Monteiro

Em Taquara, o segundo assalto da segunda-feira aconteceu por volta de 21 horas, na rua Tristão Monteiro. O condutor da motocicleta Honda Twister, placa IPD-3495, foi abordado por uma dupla que conduzia outra moto, próximo à esquina com a ERS-115. O caroneiro da moto agrediu a vítima com uma coronhada, exigindo a chave de sua moto, carteira e telefone celular. O assaltante fugiu em direção à rodovia estadual, seguido por seu comparsa.

Motorista foi vítima em Rolante

Em Rolante, um motorista de 34 anos foi vítima de assalto na noite de segunda-feira. Ele contou à Polícia Civil que, por volta de 21h30min, trafegava com o seu automóvel Honda Civic pela ERS239, próximo ao quilômetro 69, quando um veículo se aproximou por trás dando sinal de luz. Pensando se tratar de uma ação policial, o motorista parou no acostamento e foi abordado por um bandido armado, ordenando que entregasse seu carro. Os assaltantes fugiram em direção a Taquara.

MERCADO - Quatro bandidos armados assaltaram, na sexta-feira passada, um mercado às margens da ERS020, no interior de Taquara. Os assaltantes chegaram num automóvel prata e renderam o proprietário e um cliente. Fugiram levando R$ 800,00, em direção a Gravataí.

PANORAMA

SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

Vale do Paranhana teve mais de um assalto por dia em 2012

Dados estatísticos revelados nesta semana pela Secretaria Estadual de Segurança Pública revelaram uma escalada da violência no Rio Grande do Sul. Na região, os números não destoam, com o aumento dos casos de roubo em relação ao ano passado. Também aumentaram os homicídios, que chegaram a 33 no ano passado, contra 21 de 2011. Os roubos somaram 505 em 2012, contra 445 do ano retrasado. A escalada da violência preocupa, TOTAL POR MUNICÍPIO JAN - DEZ 2012

Homicídio

principalmente, em municípios como Taquara e Parobé, que seguem liderando o quadro de assaltos. Ao todo, os dois municípios respondem por 68% dos assaltos registrados na região, com mais de 345 ocorrências em 2012. A liderança fica com Taquara, com 215 assaltos no ano passado, enquanto Parobé teve 140 (veja os dados completos na tabela). Com todos os casos de roubos, é possível concluir que um assalto é registrado a cada 17 horas no Vale do Pa-

Furtos Furto de Roubos Veículo

ranhana, com mais de um caso por dia. No número de homicídios, a região também teve um crescimento significativo em 2012, com 33 ocorrências, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública. Até Riozinho, que não registrava crimes de morte há vários anos, teve um homicídio em 2012. Nos índices positivos, diminuíram o número de furtos na região. Os furtos de veículos também caíram, assim como os casos de estelionato.

Roubo de Veículo

Estelionato

Entorpecentes - Posse

Entorpecentes Tráfico

IGREJINHA

6

381

29

61

10

48

22

6

PAROBÉ

7

492

49

120

20

82

40

20

RIOZINHO

1

33

3

5

0

5

22

0

ROLANTE

7

158

4

37

9

10

22

2

TAQUARA

10

689

69

165

40

58

44

44

TRÊS COROAS

2

257

17

36

2

32

14

9

TOTAIS:

33

2.010

171

424

81

235

164

81

Caem os acidentes com vítimas fatais na região Um relatório tornado público pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), na última sexta-feira, evidenciou uma diminuição nos acidentes de trânsito na região em 2012. Os números do órgão mostram que, no ano passado, foram 43 ocorrências nos seis municípios da região, com 46 vítimas fatais. Em todo o ano de 2011, o total de acidentes ficou em 47, com 50 mortes. A queda nos acidentes foi de 9%, enquanto de vítimas fatais ficou em 8%. Ao todo, as rodovias estaduais continuam liderando o número de ocorrências no Vale do Paranhana. Foram 31 acidentes, fazendo 33 vítimas fatais em 2012. Neste cenário, o município mais problemático é Taquara, cortado por três vias estaduais (ERS’s 020, 239 e 115). O município teve 17 ocorrências nas ERS’s, contra quatro nas vias municipais. As rodovias mataram 18 pessoas em Taquara, contra quatro vítimas que morreram dentro das vias municipais. Taquara lidera as estatísticas do Detran em número de acidentes na região, com 21 ocorrências e 22 mortes. O segundo município da região com maior número de aci-

dentes é Parobé, que registrou cinco ocorrências nas rodovias estaduais e quatro nas vias municipais, totalizando nove fatos. Foram seis mortes nas vias estaduais e quatro nas municipais, somando 10 vítimas fatais. Igrejinha, com oito acidentes, aparece na terceira posição, com três ocorrências nas vias municipais e cinco nas estaduais. Foram quatro mortes nas vias de responsabilidade da Prefeitura, e cinco nas estaduais. Três Coroas teve três acidentes, com três mortes. Dois deles nas rodovias estaduais e um deles em via municipal. Também foram duas mortes na via do Estado e uma em rua municipal. Rolante teve dois acidentes, com duas vítimas, todos em rodovias estaduais. Por fim, Riozinho não teve acidentes com vítima fatal no ano passado. A redução da acidentalidade na região acompanha movimento verificado pelo Detran no Estado, em que houve uma redução de 4,3%. Os fins de semana concentram 39% dos acidentes fatais no Rio Grande do Sul, a maioria deles à noite, principalmente no sábado. Nos dias úteis, tarde e noite empatam no número de ocorrências fatais.

23

Motociclista preso por tráfico

Um motociclista foi preso por tráfico de drogas na região, na última sexta-feira, por volta de 18h30min. A ação ocorreu na rua Henrique Juergensen, no centro de Três Coroas, próximo à estação rodoviária. A Brigada Militar abordou uma dupla que tripulava uma motocicleta. Em revista pessoal no condutor, os policiais encontraram no bolso esquerdo da jaqueta 74 gramas de maconha. A motocicleta possuía alteração na placa da moto. O homem de 19 anos foi autuado em flagrante na Delegacia de Polícia de Taquara por tráfico de drogas. A motocicleta foi recolhida a depósito.

Tráfico rende detenções

A suspeita de tráfico de drogas motivou a prisão de uma dupla em Rolante, por volta de 13 horas de segunda-feira. Uma guarnição da Brigada Militar realizava patrulhamento no bairro Rio Branco, quando avistou dois indivíduos em atitudes suspeitas, na avenida Tenente Pedro von Mühlen. Ao abordá-los, os policias encontraram com um dos suspeitos, de 17 anos, uma quantia em dinheiro. Com o outro acusado, de 24 anos, foi apreendido um tijolo de maconha. Os dois foram apresentados na Delegacia de Polícia de Taquara.

O ponto G do seu rádio

Acidentes causam duas mortes no Paranhana Dois acidentes de trânsito deixaram saldo de duas vítimas fatais na região, na última semana. O mais grave aconteceu no sábado passado, quando um menino de 11 anos foi vítima fatal na ERS020. Já em Rolante, um jovem perdeu a vida ao capotar a caminhonete que conduzia. Segundo a Polícia Rodoviária, o acidente do sábado aconteceu por volta de quatro horas da madrugada, quando o motorista da Sprinter, placas CGS-9655, perdeu o controle do veículo e bateu contra uma árvore, na margem direita da ERS-020, próximo ao quilômetro 62, em Igrejinha. Com a colisão, o menino Humberto Luís de Mello Silva, 11 anos, foi projetado para fora do veículo e morreu no local. A Polícia Rodoviária informou que o

bombeiros voluntários até o Hospital de Rolante, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

prazer de ouvir

www.fm91.com.br

OBITUÁRIO Falecimentos comunicados pela Rádio Taquara de 21/02/2013 a 28/02/2013 Lucas de Castro morreu em acidente em Rolante

Sprinter bateu contra árvore em Igrejinha

garoto era morador do bairro Empresa, em Taquara, e, segundo consta, viajava com a família para o litoral. Outras sete pessoas sofreram ferimentos neste acidente e foram atendidas nos hospitais de Taquara, Igrejinha e Canoas. O segundo acidente com vítima fatal aconteceu por volta de 21h40min da noite do domingo, no quilômetro

77 da ERS-239, na localidade de Alto Rolante, em Rolante. Segundo a Brigada Militar, Lucas de Castro, de 18 anos, conduzia a camioneta Hyundai Tucson, placas IQJ-0029, quando perdeu o controle, bateu nas placas de sinalização e capotou. A polícia apurou que o corpo do jovem foi projetado para fora do veículo. Lucas ainda chegou a ser socorrido pelos

- 21/02 - Sérgio Lucas de Oliveira (Kelim), 51 anos. Cemitério de Santa Cruz da Concórdia. - 22/02 - Anildo Marcelino da Silva, 82 anos. Cemitério de Maracanã em Glorinha. - 22/02 - Iracema Sbardelotto, 70 anos. Cemitério Católico de Boa Esperança em Rolante. - 24/02 - Lucas de Castro, 18 anos. Cemitério Celita Lauck em Areia, Rolante. - 24/02 - José Luiz Maciel, 67 anos. Cemitério dos Martins em Santa Cruz da Concórdia. - 25/02 - João Dirceu de Souza, 66 anos. Cemitério São João Batista de Parobé. - 25/02 - Darci Adão Feltes, 62 anos. Cemitério Municipal de Taquara. - 27/02 - Rosa Elena Dias (Rosinha), 54 anos. Cemitério dos Martins em Santa Cruz da Concórdia.


QR CODE

PARA VOCÊ FICAR LIGADO NAS NOTÍCIAS DO VALE DO PARANHANA

PANORAMA SEXTA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2013

|

www.jornalpanorama.com.br

Família Rotária lança projeto “Lar Padilha Mais Iluminado” Surgida no ano passado, uma mobilização para viabilizar a reforma elétrica do Lar Padilha está começando a criar forma por meio de uma parceria firmada entre os clubes de serviço como Rotary, Rotaract, Interact e Casa da Amizade e a Escola Técnica Estadual Monteiro Lobato (Cimol). Na noite de terça-feira, o eletrotécnico e professor do Cimol, José Betim, apresentou aos integrantes da Família Rotária e ao diretor do Lar Padilha, Fernandes Vieira, o projeto elétrico que deverá ser implementado na estrutura da entidade. Preocupados com a precariedade do sistema atual, que compromete a segurança dos jovens e crianças acolhidos pelo Lar, os clubes de serviço já realizam, desde o ano passado, diversas campanhas com o intuito de buscar recursos que possam ser aplicados no projeto. Com esse mesmo propósito, na manhã deste sábado será dada a largada para a comercialização de uma

Reunião definiu campanha para realizar a reforma elétrica da entidade com parceria do Cimol

ação entre amigos, que terá o custo de R$ 2,00, e poderá ser adquirida com integrantes do Rotary, que estarão reunidos num ponto da rua Júlio de Castilhos para realizar as vendas. Além de ajudar a melhorar a estrutura da entidade que acolhe crianças em vulnerabilidade social, o participante da ação também concorre a cinco prêmios,

cujo sorteio será pela Loteria Federal, no dia 27 de abril. Para atuar na realização da reforma serão convidados os próprios alunos do Curso de Eletrotécnica do Cimol, que estão em fase de conclusão dos estudos e já trabalham na área. “Será um projeto feito dentro das normas regidas pela ABNT,

Taquara terá caminhada pedindo basta à corrupção Divulgação

com durabilidade estimada em mais de 30 anos”, ressalta o presidente do Rotary, Eroaldo Turmina, destacando a importância da participação da comunidade para que o projeto possa alcançar os três prédios que constituem o Lar Padilha e garantir maior segurança para as crianças e jovens acolhidos pela entidade. LIXO ELETRÔNICO Para oferecer um descarte adequado para materiais eletrônicos, recentemente a prefeitura de Parobé firmou um convênio com a OTSER. Segundo a Prefeitura, a empresa, com sede em Campo Bom, está qualificada para receber diversos materiais e aparelhos, como, por exemplo, aparelhos de DVD, calculadoras, Fax, impressoras, monitores, computadores, televisões, telefones e diversos outros materiais. A comunidade, pessoas físicas e jurídicas, pode levar os aparelhos a serem descartados às secretarias de Cultura e de Meio Ambiente, de segunda à sexta-feira, das 12h30min às 17 horas.

Evento de caráter nacional, que acontecerá em mais de 60 municípios do Brasil no mês de abril, também terá sua etapa em Taquara. Tratase do Dia do Basta Contra a Corrupção, que acontecerá na rua Júlio de Castilhos no dia 20 de abril, a partir das 10 horas, com saída defronte à Câmara de Vereadores. A organização é do professor do Cimol, Guilherme Duarte, em conjunto com profissional de tecnologia da informação Diogo Reinhardt, ambos taquarenses. Em entrevista ao Panorama, Guilherme disse que a iniciativa surgiu a partir de postagens suas nas redes sociais, criticando situações que não o agradavam no País. Diante disso, foi instado por uma pessoa sobre o por qual motivo não fazia alguma coisa para mudar a realidade. Com isso, surgiu a ideia de aderir ao movimento Dia do Basta, que já teve edições no ano passado em vários municípios do Brasil. Neste ano, a coordenação nacional da promoção pretende ainda que o evento seja realizado em Miami, nos Estados Unidos. Segundo Guilherme, a mobilização tem como foco o combate a corrupção em várias esferas, desde a municipal até a federal. O movimento prega o resgate da ética e da moralidade, para que o Brasil se torne um País livre da impunidade e

Guilherme: evento acontecerá em abril com foco nos jovens

da corrupção. Entre as recentes conquistas apoiadas pelo Dia do Basta, o professor cita a criação da lei da Ficha Limpa, como um dos resultados, destacando, ainda, que o movimento apoia outras iniciativas que visam à ética, como o fim do foro privilegiado e o voto aberto no Congresso Nacional. “Nossa ideia é sacudir a população”, comentou o professor taquarense, destacando que a caminhada é apartidária, assim como todos os organizadores. Ressaltou que o maior receio é de que participem políticos tentando se promover, mas ponderou que não será impedida a participação de nenhuma pessoa na caminhada do dia 20 de abril. “Todos podem participar, principalmente os jovens, nosso principal foco”, finalizou.

VISITA A PREFEITO - O prefeito de Rolante, Ademir Gonçalves (Dirão), recebeu, no último dia 21, a visita do deputado federal Dionilso Marcon (PT). Também participou da audiência o presidente da Câmara de Vereadores, Jair Silva Ainda esteve presente o ex-prefeito de Sapiranga, Nelson Spolaor. Marcon colocou seu gabinete à disposição de Rolante e se comprometeu a destinar emenda de R$ 250 mil para um posto de saúde.

PROMOÇÃO DE VERÃO

Diversos artigos de móveis e decoração na nossa PROMOÇÃO DE VERÃO. Aproveite! Última semana. SenseHomeDesign Rio Branco, 1120/102 | Taquara | 3541.5219

40

DESCONTOS DE ATÉ

%

2124  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you