Issuu on Google+

 [  Brasília,  11  a  15  de  Dezembro  de  2013  ]    

  DOCUMENTO  85   DA  CNBB     =  LINHAS  DE   AÇÃO  =   1. FORMAÇÃO   INTEGRAL  

2. ESPIRITUALIDADE  

3. PEDAGOGIA  DE   FORMAÇÃO  

4.  DISCÍPULOS/AS   PARA  A  MISSÃO  

5

ENCONTRO  DE  REVITALIZAÇÃO  DA  PASTORAL  JUVENIL  NO  BRASIL  

FICHA

   

 

PISTAS  DE  AÇÃO    

 

EM  NÍVEL  NACIONAL  

Nº   Regionais  

1.  Investir  na  formação  integral  permanente,  articulando  a   Rede  de  Institutos  de  Juventude  e  demais  experiências.   2.  Aproximar  e  ligar  a  Pastoral  Juvenil  à  Catequese,  em  vista   da  formação  integral.   1.  Assumir  uma  mística  centrada  na  missão  de  Jesus  Cristo   2.  Familiarizar  o  jovem  com  a  palavra  de  Deus  a  partir  da   leitura  orante.   1.  Tornar  nossas  atividades  cativantes  e  criativas,  se   utilizando  da  pedagogia  de  Jesus,  para  proporcionar  o   encontro  pessoal  com  Ele.   2.  Elaborar  um  processo  pedagógico  com  as  juventudes,   inspirados  nos  documentos  da  Igreja,    contemplando   espaços  de    vivência  e  partilha,  respeitando  a  complexidade   do  mundo  juvenil  e  sua  linguagem.   1.  Organizar,  dinamizar  e  acompanhar  o  discipulado   missionário  em  todas  as  instâncias  juvenis,  partindo  ao   encontro  do  outro,  em  comunhão  com  as  diversas   realidades  eclesiais.   2.  Despertar  e  assumir  uma  postura  missionária,  natureza   de  todo  cristão,  e  que  garanta  a  promoção  e  a  defesa  da   vida  em  sua  plenitude.  

 

Regionais  

Expressões  

4  

NORTE  2;  NORTE  3;     OESTE  2;  SUL  2  

PASTORAIS  DA  JUVENTUDE  

2  

NOROESTE;  NORDESTE  2  

-­‐  

-­‐  

-­‐  

-­‐  

3  

NOROESTE;  OESTE  1;   LESTE  1;  

NOVAS  COMUNIDADES  

-­‐  

-­‐  

-­‐  

3  

NORDESTE  1;  SUL  1;  SUL  4  

MOVIMENTOS  

2  

NORDESTE  1;  NORTE  2  

-­‐  

10  

LESTE  1;  LESTE  2;  OESTE  2   NORDESTE  3;  NORDESTE  4;   NORDESTE  5;  SUL  1;   CENTRO  OESTE;  SUL  3;  SUL  4    

NOVAS  COMUNIDADES     CONGREGAÇÕES  


[  Brasília,  11  a  15  de  Dezembro  de  2013  ]     DOCUMENTO  85   DA  CNBB     =  LINHAS  DE   AÇÃO  =  

5.  ESTRUTURAS  DE   ACOMPANHAMENTO  

6.  MINISTÉRIO  DA   ASSESSORIA    

7.  DIÁLOGO          FÉ-­‐RAZÃO  

8.  DIREITO  À  VIDA  

5

ENCONTRO  DE  REVITALIZAÇÃO  DA  PASTORAL  JUVENIL  NO  BRASIL  

FICHA

 

 

PISTAS  DE  AÇÃO    

 

EM  NÍVEL  NACIONAL  

Nº   Regionais  

Regionais  

Expressões  

1  

NORTE  3  

-­‐  

1.  Estimular  os  responsáveis  pelo  acompanhamento  da   pastoral  juvenil  a  estudar  os  materiais  existentes    sobre   juventude,  por  meio  de    Escolas  de  Formação.   2.  Organizar  e  articular  o  Setor  Juventude  conforme  o   documento  “Evangelização  da  Juventude”,  com  clareza  de   objetivos  e  funções,  respeitando  e  promovendo  as  diversas   expressões    e  o  protagonismo  juvenil  

10  

1.  Criar  equipe  de  assessores  em  rede,  garantindo  a   articulação,  a  capacitação,  animação,  e  formação  contínua   para  assessores  e  acompanhantes.  

11  

2.  Disponibilizar  assessores  como  opção  efetiva  pelas   juventudes.   1.  Criar  espaço  de  dialogo  sobre  o  tema  fé-­‐razão  nas   comunidades  e  no  mundo  acadêmico.  

CENTRO  OESTE;  LESTE  1;  SUL  2;   NORDESTE  3;  NORDESTE  4;   NORDESTE  5;  NOROESTE;     NORTE  1;  NORTE  3;  OESTE  1;   NORDESTE  1   CENTRO  OESTE;  LESTE  2;   NORDESTE  3;  NORDESTE  4;   NORTE  2;  OESTE  1;  OESTE  2;   NORDESTE  2;  SUL  2;  SUL  3;  SUL  4  

CONGREGAÇÕES     MOVIMENTOS   PASTORAIS  DA  JUVENTUDE     MOVIMENTOS  

-­‐  

-­‐  

CONGREGAÇÕES  

-­‐  

-­‐  

NOVAS  COMUNIDADES  

2.  Fomentar  o  Setor  Universidades,  articulando  as  diferentes   experiências  já  existentes.  

1  

NORDESTE  5  

-­‐  

1.  Articular  ações  contra  as  violências  que  atentam  ao   direito  a  vida  da  juventude.  

3  

NORTE  1;  NORDESTE  2;  SUL  1;    

PASTORAIS  DA  JUVENTUDE  

2.  Estimular  a  inserção  da  Igreja  nos  conselhos  de  direito  e   nos  espaços  de  decisão  política,  em  todas  as  suas  instâncias.  

3  

LESTE  2;  NORDESTE  5;  SUL  3  

-­‐  

 


ficha-5-tabela-pistas-regionais