Issuu on Google+

Edição nº01/ano 01

DIS

TR

IBU

GR

IÇÃ

ATU

JORNAL FATOS OFF ROAD

ITA

O jornal de quem não faz questão de asfalto!

FATOS...Tudo o que rolou nos Rallys de nossa Região P.2 Ivo Zangirolani conta como começou sua história no automobilismo.

P.03 VII Rally Cross Country de Barretos.

P.04 e 05 Confira o que rolou no Rally solidário e no Rally do Batom de Tanabi

P.6 Página do Batom com dicas e novidades voltadas para as mulheres, além de uma entrevista com Maristela Azem, navegadora que coleciona Troféus

P.7 Se mantenha informado através da pagina Classificados e saiba tudo sobre anúncios, peças e acessórios. Para anunciar é simples, entre em contato e anuncie gratuitamente com a gente.

P.8 Confira a página de Calendários e fique por dentro da programação. Conheça também a história de como nasceu o Rally.

Parabéns!!! Bill Zanelato 1º lugar na categoria motos marathon Temporada 2013 do campeonato brasileiro de Rally Cross Country de velocidade.

O


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Rallys

Entrevista com Especialista

Conheça a História do Dr Trânsito

Ivo Zangirolani Piloto e Palestrante

O Jornal Fatos Off Road não se responsabiliza por opiniões emitidas por colaboradores e entrevistados, conteúdo contido em anúncios e informes publicitários.

C

om apenas 9 anos de idade, sentado no colo do meu pai, tive o meu primeiro contato com um carro em um rancho de amigos da família. Não tinha mais volta, eu havia sido infectado por uma paixão como quem é infectado por um vírus. Em uma madrugada de 1979, aos 13 anos, meu pai me acordou pedindo que eu buscasse um médico para minha mãe, pois ela estava passando mal. O que eu ainda não sabia é que teria que fazer isso dirigindo. Eu não tinha experiência, a última vez que havia dirigido tinha sido há 2 anos, no mesmo rancho, e apenas algumas voltinhas no pomar. Assustado peguei as chaves do Maverick 4 cilindros do meu pai e sai em primeira marcha e só engatei a segunda na volta, ainda relutante. Por sorte tudo terminou bem, o médico salvou a vida da minha mãe e eu não bati o Maverick. Aos 15 anos ganhei meu primeiro carro, um Opala 4 cilindros, foi quando comecei a dar minhas primeiras voltas pela cidade. Naquela época tudo era mais simples, pois não havia tanto policiamento. Logo comecei a frequentar cidades da microrregião e até

cidades maiores. Em uma dessas idas quando eu passava pela Avenida Murchid um jovem me chamou para rachar. O convite me lembrou o chamado do meu pai de madrugada, a adrenalina que senti foi a mesma e – é claro – fui na mesma hora.Depois daquele dia comecei a rachar sempre, em Rio Preto, Ribeirão, Campinas, São Paulo entre outras cidades. Quando cheguei em São Paulo comecei a chamar atenção e consequentemente fui convidado a rachar na praça Panamericana, USP (Universidade de São Paulo) e posteriormente nas competições que saiam do Pandoro na Avenida Cidade Jardim. Também recebi convites para Uberaba, Uberlândia, Goiânia e Brasília. Muitas vezes eu ia apenas para duas arrancadas e voltava, correndo o risco de me machucar ou até mesmo ser assaltado, pois não existia celular e às vezes eu ia sem saber quem era a outra pessoa. Foi uma época complicada em que vi muita gente se machucando e dois conhecidos morrer. Em uma madrugada na década de 80 perdi meu “conhecido” mais próximo, digo conhecido porque nesse meio dificilmente você faz amigos. Foi um acidente terrível, todos sumiram e eu acabei ficando sozinho. Passei um longo tempo com o barulho da ambulância na minha cabeça. Após o ocorrido decidi parar de rachar e comecei a viajar muito. Eu morava em São Paulo e sempre que chovia eu pegava rodovias perigosas, como a Regis Bitencourt, Fernão Dias e a doAçúcar.

Em 1987 quatro conhecidos que rachavam comigo foram convidados para fazer uma escolinha de pilotagem em Interlagos e me chamaram para participar. Por fim eu me adaptei e eles desistiram, pois o negócio deles era acelerar em linha reta. Eles continuaram rachando e um deles veio a falecer depois. Eu comecei a correr em autódromos, abandonando definitivamente os rachas. Ainda em 87 corri a Fórmula Ford 1600 e no ano seguinte fui me aventurar na Europa, mais precisamente na Inglaterra. Lá corri a Fórmula Ford e Fórmula 3, conseguindo alguns resultados expressivos, mesmo sem muita experiência. No ano de 1989 voltei para o Brasil para assessorar a carreira de piloto do meu irmão Luciano. Foram várias vitórias e alguns títulos em países como Brasil, Alemanha, México, USA, Bélgica e Holanda. Voltei a correr em 2010, na Clássicos de Competição e na Classic Cup, com um Passat 74 todo preparado, foi então que consegui finalmente algumas vitórias. Mas, como o “fantasma do racha” ainda me perturbava resolvi criar junto com o meu irmão o Direção Para a Vida. Lá organizamos palestras sobre trânsito e treinamos jovens e adultos, alertando sobre os perigos e trabalhando as habilidades de cada um. Bom pessoal, essa é uma breve descrição da história da minha vida. Dedico essas palavras ao meu amigo, irmão e piloto Luis Gonzaga Tavares Júnior, morto em um acidente de carro perto da cidade de Goiânia.

Editorial É com imenso prazer que apresento para vocês a primeira edição de um projeto que idealizo já há algum tempo. O Jornal Fatos Off Road nasce com uma proposta diferente, nosso objetivo é unir todos os apaixonados pelo rally em um único projeto. Em linhas gerais, queremos agregar conteúdo, ideias e compartilhar emoções. Com uma ousadia a que poucos se atreveriam nossa equipe agradece a atenção de todos os interessados e os convida a trilhar conosco uma estrada de sucesso.

a o e

Joice Borges Colaboradores –Mani Jardim Maristela Azem Ivo Zangirolani Wilson Bicalho Design & Projeto Visual- Joice Borges ImpressãoTiragem- 13.000 exemplares Para anunciar - e-mail: fato_offroad@hotmail.com Informações: 017 9160-5185


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Eventos

Rallys

VII Cross Country de Barretos E

o chão tremeu no Barretão nos dias 9 e 10 do mês de março, foi a abertura do brasileiro de

cross country de rally de velocidade. Os melhores pilotos do Brasil estiveram na terra do peão. Motos, quadriciclos, utvs os multitarefas, carros e caminhões, mais de 70 competidores em dois dias de tirar o fôlego. Antes de pegar a estrada para quase 300 km de muita velocidade, todos os participantes enfrentaram uma espécie de mata mata em duas trilhas dentro do recinto de rodeio. Os pilotos largavam em dupla e contra o relógio para o público que não pode acompanhar as manobras nas pistas fechadas nos arredores de Barretos. A competição já é tradicional no calendário de eventos do município que, anualmente aguarda a prova e a chegada de pilotos e navegadores de todo o Brasil. O certame abriu a temporada 2013 do campeonato brasileiro de rally cross country de velocidade e colocou 34 carros e caminhões para acelerar . Além do forte calor típico da região, os competidores suaram o macacão para superar as erosões, lombadas e muitas curvas . . . e tudo isso com velocidade média que superou os 150 km/h. Para a organização, essa sétima edição trouxe um novo marco para o evento. O espetáculo foi bonito e para fechar o evento em grande estilo, o piloto riopretense Bill Zanelato faturou o 1º lugar na categoria motos marathon, alem de Bill, Rio Preto ainda levou os pilotos Téo Zanelado irmão de Bill e Evandro Guidini, os 3 pilotos são da equipe Tatu da Trilha Racing. Parabéns a todos os competidores e organizadores. A próxima etapa segue para o Paraná e você leitor vai conferir tudo o que rolou na segunda etapa do brasileiro de cross country aqui no seu JORNAL FATOS OFFROAD

Rota Radical O

s amantes dos esportes radicais tem também a opção de curtir o melhor dos esportes OFF ROAD todas as terças feiras às 9

da noite pela TV da Cidade canal 16 em Rio Preto, é o Programa ROTARADICAL, exibido desde março de 2010. A proposta do programa é mostrar tudo que acontece na região envolvendo esportes radicais ( ralyes, motoCross, enduros, montain bike, rafingtin, escaladas entre outros ). O programa ROTA RADICAL tem a duração de 30 minutos e dentro de cada um deles a gente encaixa o perfil de cada região visitada enfocando o eco turismo próprio junto às comunidades, despertando assim a conscientização e necessidade de se respeitar a natureza. O programa foi o primeiro a abraçar a causa do Rio Turvo e durante 1 ano e meio protestou contra a instalação de hidrelétricas no local. ROTARADICAL mostra a gente, cultura, costumes, histórias, estórias e “causos” em sua totalidade. Através do programa ROTA RADICAL o telespectador vai conhecer todas as modalidade off Road e cidades de nossa região. Embarque com a gente nessa aventura e veja também os paraísos ecológicos que temos em nosso país. O programa ROTA RADICAL é uma produção independente realizada pela empresa Arquivo de Imagem, empresa no mercado de comunicação desde março de 1998 na cidade de São José do Rio Preto. As competições pela região e outras por todo o país, são as principais atrações do programa ROTA RADICAL. O programa ainda está lado a lado junto com as entidades de assistência social numa verdadeira união de forças e ideais. A produção do ROTA RADICAL é totalmente digital, com câmeras e edição de alta definição, as imagens são de João Roberto Gonçalves, repórter cinematográfico com passagens pela TV Globo, SBT e Radiobrás ( presidência da república ), a produção e reportagens são de Jane Paula de Souza, formada como radialista profissional, formada pela universidade de Uberaba, nos cursos de comunicação e graduada em direito. A edição e videografismo é feita por Bruno Amorim, formado em propaganda e marketing na Unip de Rio Preto, é pesquisador musical, realiza projetos visuais e institucionais de grandes empresas da cidade. Portanto, uma equipe qualificada pra levar o melhor dos esportes off Road toda semana para vocês. Programa ROTA RADICAL, uma verdadeira aventura na terra, na água e no ar. Vamos juntos nessa aventura, seja nosso parceiro.


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Rallys

Eventos

1º Rally Solidário Rio Preto 23/02 "Rally Solidário de Rio Preto, um evento que vai continuar..."

E

sta foi a frase da organização do final da premiação com a grande certeza

que não será o único e que todos que ajudaram serão recompensados. 38 duplas fizeram uma das provas mais disputadas dos últimos tempos e, como sempre, com todos os atrativos que um bom rally de regularidade proporciona. Trilhas fantásticas e levantamento impecável (observações comuns aqui na região). Com quase duas horas de prova pudemos nos divertir pra valer. Sem os famosos aparelhos de navegação todos competiram em pé de igualdade e isso tornou a prova mais charmosa e peculiar. Afinal, todos gostam de relembrar as dificuldades de antigamente navegando com o odômetro original, cronômetro e calculadora de açougueiro. Este rally também marcou a volta do meu grande amigo Leandro Câmara ao banco do navegador. Há muito tempo (mais de 1 ano) ele não competia e não perdeu a mão. Resultado? Mais um 1º Lugar. O evento teve como grande destaque a mobilização de muitas pessoas na arrecadação de doações com o intuito de suprir as necessidades da família do meu irmão Daniel Lucas no tratamento de sua filha, a pequena Olívia. Eu, particularmente e em nome da minha famíla, quero agradecer aos amigos que de alguma forma colaboraram e se dedicaram para que este grande evento se tornasse realidade. Agradecimentos ao grande idealizador deste evento Gustavo da Edson Pneus e aos patrocinadores Maurício da Auto Peças Hirata, Jorge do Autoclub, Mariugo da Mussi Off-Road/Zurich, Rogério da Station Car, Osmair da Lider FM, Auto Posto Engenho Celeste, Fabrício da Sport Car, Paulão da Paulo Automóveis de Franca, Rodrigo da Sestini Seguros, Fernando da JA Bobinas, Oswaldo da Rio-Tech, Marcão do Rei da Coronel, Xuxu da Cafeteria Aurora, Rodolfo do Escritório Sta Paula, Loja Maçônica Luz do Universo, Alemão Auto Mecânica, Marcelo da Dias Prado Advogados, Bruno da TRP, Rodolfo da Fort Oil, Said da Madeireira Rio Preto, Fabiano da Distribuidora Shell e muitos outros que ajudaram. Um agradecimento especial ao Robson da RJP Rally e ao Paulo Cecílio (Caixa) da Adventure Trilhas pelo levantamento e pela apuração deste rally. Sem vocês nada disso teria acontecido com o sucesso que foi. Muitíssimo obrigado! Alexandre Pavão - Tio da Olívia. Resultado do rally 1º Alexandre Pavão e Leandro Câmara / Fiat Uno 1.6R - 19 pts 2º Alexandre Alem e David Rahd - Pajero TR4 - 26 pts 3º Zé Oreia e Ricardo Sassá - Cherockee - 28 pts 4º Marcelo Batata e Flávia Stareli - Fiat Strada - 28 pts 5º Benedito Lopes e Alan Lopes - Pajero - 30 pts

Fonte: http://rallynog.blogspot.com.br/2013/02/1-rally-solidario-sj-rio-preto-2302.html


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Eventos

4º Rally do Batom Tanabi Rally do Batom dobra o número de Participantes

Irreverência, beleza, charme, sensualidade, direção. Mas com muita adrenalina e criatividade. É o que foi registrado no Rally do Batom, evento automobilístico que tem à frente do volante, somente as madames. Criado em 2010, quando era assessora da então 1ª Dama Gláucia Cassim Casagrande de Matos, pela atual prefeita Bel Repizo (PT), para entreter, divertir e envolver as mulheres em uma prova que se tornou tradição no calendário de eventos do FUNSOL (Fundo Social de Solidariedade) o Rally do Batom chegou a sua IV edição no domingo dia 10 de março. Tudo transcorreu dentro do que estava previsto pelos organizadores, desde as 08h00 do domingo, quando saíram 54 veículos da Praça João de Melo Macedo, área central da cidade. Segundo a coordenadora do Rally do Batom Cristina Alves, a participação de 200 mulheres que estava prevista superou quase que o dobro, o total de camisetas confeccionadas e vendidas ultrapassou a casa de 350 unidades. O evento reúne médicas, jornalistas, engenheiras, donas de casa, artistas e estudantes que buscam, na aventura, uma maneira de interagir com a natureza e com uma oportunidade de viver, intensamente, muitas horas de pura adrenalina e emoção. No caminho, criativas trilhas montadas pela diretoria da prova. Paulo Rogério da Silva Cecilio, o Paulinho Caixa D’água, organizador da trilha com percurso de aproximadamente 70 quilômetros disse que teve inscrição de mais de 50 veículos e contou com 7 pontos de apoio instalados nas estradas rurais de divisa entre os municípios de Tanabi- Monte Aprazível-Sebastianópolis e Cosmorama. O Rally do Batom é um evento que conta com a presença marcante das mulheres, que mostram competência, força e resistência ao volante dos carros ou nas máquinas calculadoras, desbravando trilhas pelas belas regiões do município, este ano, especialmente na região da Fazenda Fortaleza, um dos pontos mais atraentes do município. Nessa brincadeira, o homem só entra como convidado para auxiliar as mulheres, uma vez que a prova além da categoria exclusivamente feminina, possibilita a presença de homens apenas para trabalhar. Além disso, o evento realiza um Ação Social que a cada ano arrecada dinheiro para uma série de apoio que o Fundo Social de Solidariedade presta às pessoas que procuram por ajuda o ano todo. A Prefeita Bel Repizo (PT), agradece os patrocinadores e todos os colaboradores que contribuíram para mais um ano de Rally do Batom em Tanabi.

TOP 10 do Rally do Batom 2013 1º Lugar: Carro nº 33 com Gabriela e Beatriz. 2º Lugar: Carro nº 17 com Sandra e Luana. 3º Lugar: Carro nº 42 com Fabiana e Luciana. 4º Lugar: Carro nº 08 com Geisi e Mariana. 5º Lugar: Carro nº 37 com Andréia e Maria. 6º Lugar: Carro nº 06 com Fernanda e Adriana. 7º Lugar: Carro nº 05 com Karla Repizo e Ana Luíza. 8º Lugar: Carro nº 49 com Maísa e Cecília. 9º Lugar: Carro nº 18 com Laisla e Milena. 10º Lugar: Carro nº 24 com Michele e Cláudia. Fonte: http://www.tanabi.sp.gov.br/Index.asp?Ir=Eventos

Rallys


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Dicas Mulheres Trilheiras _ _

P

á

g.

d

o

B

a

t

o m

Olá! é com muito prazer que apresentamos a você mulher e as pessoas que curtem ver mulheres no Rally a pagina do batom. Essa pagina tem por objetivo falar de mulher para mulher como funciona o rally, alguns segredos e dicas para os dias off road. Além de entrevistas com outras mulheres que tem o rally na veia e no coraçao; muito entreterimento, diversao e alegria, de mulher para mulher !!! A paixão pelo Rally sempre nasce pelo gosto de auto-controle, domínio e liberdade. Pode ser de moto ou de carro, a satisfação de chegar em lugares poucos explorados e de difícil acesso, pilotando ou navegando veículos off-road está conquistando cada vez mais espaço entre as mulheres. A aventura de vencer obstáculos e de estar em meio a natureza, proporciona a todas nós apreciação pelo esporte e em cada fim de prova a vontade de voltar para o próximo. Muito pelo contrário do que dizem, nós dirigimos, navegamos, coordenamos, corremos, nos emocionamos e nos irritamos e nem mesmo assim deixamos de ter irreverência, charme, determinação, beleza e originalidade... e é assim que fazemos a diferença. Com as mulheres, poder e liberdade vem acompanhados de muita trilha.

Joice Borges

Maristela Périco Azem, 52 anos, é advogada de formação, mas saiu um pouco da rotina dos fóruns e audiências por um cotidiano com mais adrenalina. Como navegadora de seu esposo, Milton Jorge Azem, chegou no rally em 2012, na Sexta etapa do Rally do Bode de Rio Preto, desprovida de informações e equipamentos de navegação. Mas logo foi socorrida pelo já amigo David Rahd que lhe emprestou seu cronômetro e depois recebeu valiosas orientações do experiente navegador Cassio sobre interpretação da planilha, que até então era, como ela traduz “um bicho de sete cabeças”. Resultado da primeira prova: quinto lugar na classificação da categoria rally, “A partir daí não paramos mais, pegamos gosto pelo rally”, diz a navegadora.Foram 04 provas com o “Bernardão”, nome do Jeep Willians amarelo, utilizado pelo casal nas provas. Motivados a ganharem mais provas, a navegadora trocou seu carro de passeio por um troller. “Mas o Bernardão eu não vendo, ficará para as trilhas com os amigos, faz parte da nossa história” Maristela¸ como nasceu sua paixão pelo off-road? Porque tenho espírito aventureiro e de liberdade, pelo amor à natureza, e principalmente porque envolve pessoas com os mesmos ideais, os quais se tornam mais que amigos, uma família. Qual foi a motivação para participar de provas de Rally? Porque gosto de vencer obstáculos e situações difíceis e por ser um evento diferente, com oportunidade de mostrar o poder feminino. As trilhas off-road e as competições de rally têm hoje uma participação maior das mulheres, como você vê isso? Na verdade temos em trilhas, rallys e eventos off roads diversas mulheres, mas em sua maioria estão acompanhando seus parceiros, namorados, maridos e filhos. Dando incentivos, brigando pelos seus e principalmente ajudando a organizar os eventos. Mas elas fazem a diferença, porque na hora de interpretar uma planilha, a intuição feminina supera qualquer cálculo matemático.

O que uma participante de Rally como você leva na bagagem? Maquiagem, água¸ energético, algumas guloseimas e muita alegria. Qual o look para o dia da trilha ou do Rally? Roupas leves e confortáveis, calçado fechado (tipo bota) - bem confortável - e acessórios, como um belo óculos de sol. Quais itens indispensáveis para uma mulher na trilha ou no rally? Protetor solar e batom. Quais cuidados com a beleza e saúde você prioriza? Abuso do protetor solar e ingestão de muito líquido, principalmente nos dias de muito sol e calor. A satisfação com o rally depende do bom resultado das provas? Não. Cada prova é sempre um aprendizado, por exemplo no Rally do Bode de Guapiaçu, que era em prol de uma menina que necessitava de uma cirurgia, nosso Jipe quebrou logo no início da prova, ainda no deslocamento inicial. Nós voltamos para o posto onde houve a largada e lá assumi o posto de leiloeira e consegui arrecadar mais de 3 mil reais com o leilão de um bode, valor este que completou o valor faltante para

a cirurgia. Aprendi neste dia que a solidariedade é uma das maiores qualidades do pessoal do rally e daí por diante vieram vários outros rallys solidários. Qual seu conselho para as mulheres que nunca acompanharam seus esposos nas trilhas? Vale a pena experimentar pelo menos uma vez e depois mais tarde ter a alegria de ouvir “se você for vai ser muito melhor” e ver como é valorizada a presença feminina no mundo off-road. E aí descobrirá que uma das coisas mais gostosas da vida é esquecer do mundo em uma trilha, rodeada de amigos!


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Rallys

PARA ANUNCIAR AQUI, ENVIE UM E-MAIL PARA FATO OFF ROAD

is t á

r

G

ANUNCIE AQUI

fato_offroad@hotmail.com

PARA ANUNCIAR AQUI, LIGUE PARA FATO OFF ROAD 17 9160-5185

VEÍCULOS, PEÇAS E ACESSÓRIOS OFF ROAD Se você está vendo esse espaço, mais de 15.000 pessoas também estão... Anuncie conosco e faça parte desse fantástico mundo OFF ROAD ANUNCIE!!! SANTANA GLS 89 ALCOOL ORIGINAL MOTOR E MECÂNICA PERFEITOS, IDEAL PARA RALLY VALOR R$ 2.900,00 Contato Wilson 17 9791-2616

NEMOM BUGGYE AMARELO, ORIG. GASOLINA, ANO 68, MOTOR E ELÉTRICA NOVO, MUITO BOM PARA QUEM AMA A LIBERDADE. R$8.900,00 Contato Wilson 17 9791-2616

ADAPTAÇÃO, TRANSFORMAÇÃO,MECÂNICA, CAIXAS E MOTORES. WWW.OFICINADODINHO.COM

Ricardo 17 9150-3616 17 3308-1606 *Confecção de Peças em geral e de veículos a Diesel *Solda em geral *Manutenção em Máquinas

Tudo pronto para o 3º Rally do Batom, neste Domingo O Fundo Social de Solidariedade de São José do Rio Preto realiza neste domingo, dia 24, a partir das 9 horas, o 3º Rally do Batom. A largada será no Centro Regional de Eventos. Toda a renda será revertida para os projetos educacionais das duas "Escolas Viva" e as nove creches AMOR do município. Serão 85 quilômetros de percurso, a maioria em estrada de terra – 50 km com chegada no Recinto de Exposições Alberto Bertelli Lucatto, no Distrito Industrial. Participe dessa Festa.


JORNAL FATO OFF ROAD RIO PRETO - SEXTA-FEIRA / 22 DE MARÇO DE 2013

Rallys

Calendário dos Proximos Rallys na Região

Junte os amigos, a familia e venha participar desse evento. Veja a baixo os dias, horários e os locais de largada. Não fique fora dessa festa!!! MARÇO

DIA 24 – RALLY DO BATOM - SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Rally de Regularidade para 4x4, 4x2 e motos Largada às 8:00 hr - Centro Regional de Eventos Informações - 3214-9010

ABRIL DIA 06 - 4º RALLY DO BODE - GUAPIAÇU - SP Rally de Regularidades para 4x4, 4x2 e motos Sábado 14:00 DIA 06 E 07 - FINAL COPA 2012 SP MINAS DE MOTOCROSS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Local circuito Molinão Informações - www.crossnaveia.com.br

Esperamos você!!!

1ª ETAPA COPA «RP» Interior Paulista de Rally de Regularidades para 4x4, 4x2 e motos DIA 23 - RALLY DE ABERTURA DA COPA - SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP Sábado- largada às 14:00 Planilha e apuração RJP Rally Informações - 17 9113-0588

DIA 14 - ENDURO A PÉ - SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Largada no Bar da Matinha às 09:00 hs da manhã Informações - Evandro Guidini 17 9155-4743 e Território Brasil 17 3304-2068 2ª ETAPA COPA «RP» Rally de Regularidade para 4x4, 4x2 e motos DIA 20 –SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP

Como Surgiu o Rally No passado, os ralis começavam com a reunião de um grupo de amigos em determinado local, onde era dado os itinerários. Era uma aventura diferente. Foi daí que surgiu o nome rally, que em Inglês significa reunião. O Rally é a modalidade automobilística mais antiga do mundo. Em 1875 entre Le Mans e Paris começaram a existir corridas mas a primeira prova de verdade aconteceu na França entre as cidades de Paris e Rouen em 1894, com aproximadamente 126 Km de distância, e as largadas eram dadas de minuto em minuto Em 1911 foi realizado o primeiro rally chamado de Monte Carlo, porque foi realizado na cidade de Monte Carlo, este rally acontece ainda hoje e é a prova mais tradicional do calendário mundial. Fonte http://rally-esff.tripod.com/id5.html


Fatos Off Road 1