Page 1

CURSO DE CALIGRAFIA

Caligrafia é uma arte quase vitoriana, mas hoje tem um papel um pouco diferente daquela época e o seu lugar na sociedade. Calígrafo antigamente se confundia com escrivão, era uma carreira respeitada e os nobres praticantes realizavam-se em Penmanship. Tudo mudou com a máquina de escrever. E tornou a mudar com o computador. Hoje, entrar no mundo da Caligrafia é adentrar um mundo de artes, cores e formas. Atualmente a caligrafia denota uma valorização do individual e do carinho pela pessoa manifestando-se na escrita estética e personalizada. Caligrafia vem de duas palavras gregas: kalli significando beleza e grafia, a escrita. Então caligrafia é a arte da escrita bela. A Caligrafia hoje em dia é considerada como uma expressão de arte. Caligrafar também pode ser um artesanato, onde paciência e atenção aos detalhes definem a qualidade e o bom gosto do trabalho. Porém, todos que aprendem a ler e a escrever, possuem a sua Caligrafia! Construída ao longo dos anos, é uma expressão pessoal. A Grafologia é o estudo da personalidade e da psique do indivíduo, que parte do princípio de que o formato da escrita é a expressão da própria personalidade do indivíduo. O que nós fazemos... Caligrafamos e manuscrevemos qualquer documento ou obra de arte para todas as finalidades. Envelopes ou outras Caligrafias Sociais, citações, orações, dedicatórias, Diplomas ou Certificados, Logotipos, Design Gráfico, Iniciais, Posters, Capas para Livros e Embalagens (até mesmo coisas para Sites na Internet). Todo o material utilizado é de primeiríssima qualidade, específico e geralmente importado. Certos bicos de penas são itens de coleção, coisa denominada "vintage". Resultados...


Peças Caligráficas, Sobrescrição de Convites para Casamentos, Bodas, Batizados. Também para eventos comerciais como Lançamento de Produtos, Artistas ou Datas Comemorativas Empresariais. A Caligrafia é minha profissão e uma parte importante da minha vida. Amo o poder da linguagem visível, como ela pode deixar as minhas mãos e entrar no seu coração e na sua mente. Apesar de todos os recursos mecânicos e eletrônicos que facilitaram muitíssimo a confecção da escrita, talvez até mesmo por isso, ainda hoje o Calígrafo tem o seu papel na sociedade. A valorização do individual, do carinho pela personalização é uma tendência real. A Terceira Onda ( Alvin e Heidi Toffler) sepultando os conceitos do industrialismo maciço, revaloriza o manual, não porque esta é a única forma de execução da tarefa, mas porque é uma opção, um luxo, uma expressão personalizada da vontade individual e a sublimação do pessoal. Mesmo que o convite seja numa linha econômica, não deixe de ter o cuidado de sobrescrever o nome do convidado no envelope com muito cuidado. Afinal, existem teorias de que a palavra que mais gostamos é o nosso próprio nome. .. Se a verba estiver realmente curta, compre uma canetinha com a cor da tinta semelhante utilizada para imprimir o convite, e escreva ou peça para alguém colocar o nome do convidado no envelope... E por favor, evite caneta esferográfica... Caligrafar um Convite Caligrafar ou sobrescrever um convite é a necessidade mais comum de se contactar uma calígrafa. Eventos finos geralmente têm os seus convites em envelopes sobrescritos com o nome do convidado. Isto denota uma atenção especial em personalizar o convite. O trabalho de caligrafia deve fazer parte de um conjunto harmonioso: design gráfico, papel, tipografia, cores e a caligrafia devem se tornar uma única mensagem, expressando o caráter do evento. Se o evento tem um caráter moderno, o convite deve expressá-lo com materiais e design gráfico inovador. O convite já faz parte do acontecimento e deve antecipadamente transmitir o "clima" do evento. Caligrafar um Convite de Casamento Casamentos e Bodas, Festa de 15 anos, batizados, são as ocasiões sociais onde convidamos nossos entes queridos e amigos para uma cerimônia, muitas vezes seguido de uma festa.


Uma boa parte dos eventos sociais seguem uma linha mais clássica e romântica. Pode ser fino ou rústico, quem escolhe geralmente são os noivos. É importante lembrar que estes acontecimentos vão fazer parte de uma memória familiar, da nossa história pessoal. Talvez por isso grande parte da escolha é por um evento clássico, que permita ser apreciado por todas as pessoas da família e lembrado com alegria e emoção até muito tempo depois. O Convite deve fazer parte disso tudo. E como manda a boa tradição, existem mensagens nas entrelinhas e algumas regrinhas. As boas maneiras sociais dizem que se a ocasião vai exigir um traje especial, o convite deve ser apresentado com pelo menos 25 dias de antecedência. Como é impossível entregar todos os convites simultâneamente, é ideal que a entrega tenha início algo como 40 ou 45 dias antes da data, encerrando-se duas semanas antes para os convidados importantes. Contagem regressiva. Para começar a entregar os convites cinco semanas antes da data, a caligrafia deve ser contratada algo como sete semanas antes. O convite deverá ser impresso então, com pelo menos dois meses de antecedência. Como as gráficas demoram até 30 dias para entregar, leve isto em consideração. Tudo isto significa que 3 meses antes, o convite deve estar entrando em impressão Apesar de todos os recursos mecânicos e eletrônicos que facilitaram muitíssimo a confecção da escrita, talvez até mesmo por isso, ainda hoje a escrita manual tem a sua importância. Veja a Matéria abaixo... Cuidado com a caligrafia Falar em manuscrever pode parecer estranho atualmente, já que vivemos numa época em que o computador toma conta de tudo. Mas se você pensa que nas entrevistas de trabalho o entrevistador não observa a sua caligrafia, está muito enganado. Uma pesquisa feita recentemente pela consultoria internacional Deloitte Touche Tohmatsu com 115 companhias brasileiras concluiu que uma em cada três delas costuma ficar de olho na letra e na forma como o candidato dispõe as palavras no papel. Ainda de acordo com o estudo, 42% das empresas analisam a letra dos concorrentes às vagas de administração, 34% usam o teste para os cargos executivos e 22% para os operacionais. Como funciona o teste?


Primeiramente, o candidato recebe uma folha em branco sem pauta, na qual ele deve redigir um texto de cerca de 20 linhas. O tema quase sempre está relacionado ao ambiente de trabalho ou ao seu histórico profissional. O que nunca se pode deixar passar Borrões: Não risque palavras, e, se errar, use termos que contornem a situação, como, por exemplo, digo ou melhor dizendo. Ponto no ¨i¨: Fique atento, não deixe nenhum ¨i¨ sem ser pontuado. Números: Não os escreva por extenso. Esse procedimento é interpretado como falta de objetividade. Margens: Deixe espaço suficiente nas margens esquerda, direita, superior e inferior. Isso poderá mostrar que você é uma pessoa equilibrada. Escreva em linha reta: Se não conseguir escrever em linha reta, faça com que a inclinação seja direcionada para cima. Assim, você estará transmitindo otimismo. Assinatura: Esqueça aquela assinatura ilegível. O seu nome precisa estar claro para que você possa passar a idéia de simplicidade e transparência. Mas, antes de se preocupar com a sua caligrafia, tente ser o mais espontâneo possível neste tipo de entrevista. A naturalidade e o seu curriculum vitae serão os principais quesitos para que você consiga o emprego tão almejado. Como ter uma boa Letra Não é difícil ter uma boa letra, por pior que seja o seu manuscrito. Se usa o controle remoto, tecla no computador e usa o abridor de latas (aqueles, que não precisam fazer força), não tem porque não ter uma letra legível. Precisa de paciência, força de vontade e disciplina. Precisa investir algum tempo da sua vida para que o seu garrancho melhore. Mas garanto que vale a pena! Tudo que precisa é de uma folha de caderno pautado e de um lápis. Pegue o lápis e primeiro faça um exercício para os seus punhos. Movimente o seu pulso. Cada mão tem seu próprio ritmo e faz seu próprio movimento. Tente encontrar o seu próprio ritmo e construir sua caligrafia em torno disso. Sente-se confortavelmente numa mesa. A cadeira não pode estar nem muito alta nem muito baixa. É ideal que tenha uma iluminação de forma


que possa ver claramente o que está escrevendo. Para destros, o melhor é uma iluminação frontal do lado esquerdo. Contrário para canhotos. Veja uma lição para escrever em Itálico

álico Pegue uma caneta ou lápis. Segurando-o levemente, faça um movimento para frente e para trás, com o seu punho. Cada punho tem seu ritmo e seu jeito. Agora pegue uma folha de papel pautado e faça alguns zig zags. Assim:

Procure exercitar-se, sem pressa. As linhas verticais devem ter os mesmos tamanhos, limitados pelas pautas horizontais. Procure também manter o espaço uniforme entre os bastões verticais. Naturalmente as linhas diagonais ficarão paralelas entre si. Coloque menos força nas linhas diagonais, de subida. Bastam meia dúzia de bastões verticais em cada grupo. Agora veja, você pode escrever em itálico, em linhas mais simples que os manuscritos cursivos.

Mesmo com a mudança no perfil dos noivos e da moda na Cerimônia de casamento, e nos momentos importantes e marcantes de nossas vidas, certas tradições ainda se mantêm intactas, e indispensáveis, como as festas e comemorações destas datas. O bolo de noiva, hoje mais frequentes nas festas, são com Pasta Americana, e divertidos adereços, tais, como os noivinhos em posições mais ousadas, bonecos simbolizando e personalizando alguma particularidade dos noivos, ou da debutante. Na música, além da tradicional Valsa dos Noivos e Padrinhos, estão sendo contratados DJ´s, Cantores Românticos Os convites, apesar de produzidos com materiais novos, ainda trazem os nomes dos convidados escritos pelas mãos delicadas e habilidosas de


Calígrafos; o convite é a primeira impressão seja esta, Casamento, Aniversário, Debutante, Bodas, bem como, eventos artísticos ou empresariais, por este motivo, devem estar perfeitos e cuidados com carinho e dedicação do começo ao fim. Quando uma pessoa recebe um convite, cujo envelope fora caligrafado manualmente, sentimos o carinho com que a festa está sendo preparada. Sentimos que será um acontecimentos "especial". CALIGRAFIA-O QUE É A CALIGRAFIA? A caligrafia é uma escrita manual, em que se destacam a beleza, a uniformidade e a elegância. Valoriza e dá requinte aos mais importantes acontecimentos de nossas vidas, seja ele pessoal ou profissional. SOBRESCRITO DE ENVELOPES É a caligrafia manual dos nomes dos convidados em cada um dos envelopes. Ela é executada á bico de pena, com tinta guache (nas mais variadas cores), sempre combinando com a cor da impressão dos convites e a cor do papel utilizado do convite e no envelope. Sobrescrito de envelopes para Convites de: Casamento, Aniversários, Bodas em geral, Eventos Empresariais, Vernissage e outros eventos. SERVIÇO DE ACABAMENTO Anexação de cartõezinhos (residência, R.S.V.P., mapinha de localização, de estacionamento, lista de presente dos noivos) aos convites, e acondicionamento em plástico Poly, e acabamento com selinhos adesivos de cores variadas. PREENCHIMENTO DE DIPLOMA OU CERTIFICADO É a caligrafia manual do nome do aluno ou formando, do curso de formação, data de conclusão, dados de uma pessoa, de um curso, de uma data, em um documento importante, que quase sempre ficará exposto como testemunho de uma data especial da experiência de vida. ELABORAÇÃO DE "ORIGINAIS" Caligrafia manual de CONVITES, MONOGRAMAS, CARTÕES DE AGRADECIMENTOS, MENÚS (como originais, nos referimos a elaboração dos textos manualmente com a caligrafia que préviamente hajam escolhido), para que posteriormente se imprimam em uma gráfica. Podemos utilizar a caligrafia manual em diversas situações em que ela venha a valorizar o seu objeto. Tais como: · Marcador de Página · Cartão de Apresentação na Festa · Displays de mesa · Menu de Buffet · Capa de Menu · Legenda de Fotografia enquadrada ou em Álbun · Dedicatória em livros e de qualquer gênero ou assunto


· Poema e texto de homenagem · O nome de uma pessoa especial para você · Textos de Livro Ouro, Livro de Presença, etc.

1.

Sou canhoto posso fazer o curso?

Ser canhoto é ter mais habilidade com a mão esquerda e isso nunca foi problema, este preconceito surgiu mais ou menos no século XV, onde a própria igreja os condenava, porque a palavra canhoto tem como significado: canhoto = diabo, por isso acreditavam que os canhotos eram pessoas do mau. Hoje em dia as pessoas não tem mais esta opinião, mais algumas pessoas acreditam que escreverem com mão esquerda prejudica sua escrita e isso não é verdade. Existe uma diferença entre o canhoto e o destro, a postura, a inclinação da folha e os exercícios aplicados são diferentes.

2.

Meu filho tem 08 anos de idade ele pode fazer o curso?

Não existe limites de idade para aprender o método do curso ABZ, o único problema é que a criança ainda esta sendo alfabetizada por outro professor e de forma diferente. O ideal é que tenha no mínimo 10 anos de idade quando a criança esta entrando na segunda fase de mudança da letra.

3.

Não tenho coordenação, o que faço?

Existem vários fatores que influenciam na falta de coordenação, o principal fator começa na infância quando a criança não desenvolve certo os seus reflexos. Mesmo quando adulto, apesar de ser mais difícil há possibilidade de melhorar sua coordenação, com exercícios específicos. 4.

Sinto dor quando escrevo, porque?

Não é normal sentir dor quando escreve, se sente dor tenha certeza que sua postura esta errada, veja o que pode influenciar: apertar muito a caneta (formando os tradicionais calos), não ter hábito de escrever, trabalho repetitivo (digitar), insegurança, falta de coordenação, stress, ansiedade e outros. O segredo é relaxar a musculatura com alongamentos e ter prazer de escrever. 5.

Porque, não tenho velocidade para escrever?

A velocidade como dizem -“é inimiga da perfeição”, só que certos momentos precisamos escrever rápido. Se não tem velocidade observe:


se aperta muito a caneta entre o dedos e contra o papel, segura a caneta errado, coloca todo o peso do corpo no braço que escreve, é preguiçoso, sofre de disgrafia, não gosta de escrever, principalmente se não tem coordenação. 6.

Minha letra é muito pequena, tem como aumenta-la?

A letra deve ter um tamanho razoável, e sua legibilidade é importante, não só para quem escreve mais para quem vai ler o que esta escreveu. No curso a professora fará com que sua letra fique do tamanho ideal conforme sua personalidade e gosto, só que não pode ser muito pequena. (apenas um verdadeiro profissional tem esta técnica). 7.

Minha letra é muito grande, tem como diminui-la?

A letra muito grande ocupa espaço no papel e entre linhas do caderno que se confundem, não tem uniformidade e seus traços são exagerados. O tamanho e a forma da letra esta ligado a personalidade, mais exageros não são necessários e com o curso ficará legível e uniforme, no tamanho ideal. 8.

Aperto muito a caneta e meus dedos marcam, porque?

Este vem a ser o mesmo caso de quem escreve e sente dor, e o apertar de mais a caneta acaba virando um vício, e para acabar com este incomodo, só com exercícios de coordenação e com uso de bolinhas especiais, que durante o curso a professora irá utiliza-lo, se for necessário. 9. Porque quase rasgo o papel quando escrevo, e não consigo tirar essa pressão? Como pode observar essa é uma questão que vem a ter o mesmo motivo de quem aperta a caneta, sendo que a pressão no papel é mais fácil de tirar, muitas vezes apenas com duas aulas. Em casos mais difíceis a professora utiliza as bolas terapêuticas com os alunos. 10. Tenho disgrafia, com o curso posso melhorar? Disgrafia, não tem idade para acontecer, mais a maior incidência esta entre as crianças. É um trabalho específico, deve ser acompanhado por um profissional e tem solução. 11. Quando pequeno era canhoto, meus pais me obrigaram a escrever com a direita e gostaria de escrever novamente com a esquerda, é possível? Sim é possível, desde que, o professor seja mesmo um profissional e faça com que se desenvolva a coordenação da mão esquerda, sem que a pessoa perca novamente a sua identidade. 12. Escrevo muito tempo com letra de forma, tem com aprender escrever cursivo em tão pouco tempo?


Claro que sim, mais é lógico que o aluno devera treinar bastante para adquirir um novo hábito e de qualquer forma, existem técnicas que a professora utiliza para facilitar o novo aprendizado, estes são exercícios extra lição e específicos para este tipo problema. 13. Sofri um acidente e uso platina na mão direita tem como volta a escrever? Para casos assim, leva-se mais tempo para solucionar o problema, são utilizados exercícios especiais e os resultados são ótimos, isto serve também para quem perdeu o braço ou a mão que tenha mais habilidade. 14. O que é letra de forma? Letra de forma como o próprio nome já diz: - letra de forma só utiliza-se para preencher formulário. É uma letra toda em caixa alta, quer dizer não tem letra minúsculas e todas possuem traços retos e mesmo tamanho. No curso lecionamos também a letra de forma, e existem técnicas para adquirir velocidade, proporção e segurança dando uma letra legível e sem vícios, na verdade ela não é tão fácil como parece. 15. O que é letra cursiva? A letra cursiva é uma letra que tem junção (uma letra é unida na outra), e toda a palavra é escrita de uma só vez para depois acentua-la, cortar os “t” e acrescentar o cedilha, de todas as letras é a que tem a melhor apresentação. A letra cursiva é letra mais utilizada e exigida em vestibulares e concursos, apesar de que hoje algumas faculdades e órgãos públicos estão aceitando a de forma ou a letra comercial diante de que tantas pessoas escreverem errado.

No início do curso, exercite no máximo duas horas por dia, após a primeira semana pode aumentar o tempo, desde que não exceda a três horas diárias. Repita em folha a parte os exercícios que apresentarem maior dificuldade. Obrigado e bom curso para você. Copiar os exercícios, usando lápis 5 B ou 6 B, observando inclinação e distância entre os traços.


Variar palavras com “A” maiúsculo e “ a” minúsculo


Variar palavras com “Q” maiúsculo e “q” minúsculo A partir deste exercício, use caneta esferográfica.


Exercícios com letras caixa alta – use lápis 5 ou 6B.


INFORMAÇÕES Com qualquer instrumento escritor, você consegue produzir traços fortes e fracos (pressão e progressão), basta pressionar o instrumento escritor quando estiver fazendo um traço de cima para baixo e suavizar, quando estiver fazendo um traço de baixo para cima. Após concluir os exercícios deste manual e desejar dedicar-se às atividades de calígrafo(a), adquira as penas e tintas, em livrarias ou casas especializadas em canetas, e observe as sugestões abaixo: - Antes de iniciar a atividade, treine com as penas, em folha a parte, as técnicas já assimiladas com lápis e caneta esferográfica, deste manual; - Para sobrescritar convites de casamento, formatura, aniversário, etc., use pena de nanquim escolar e tinta para pena de escrever. Existem várias marcas e cores no mercado;


- Ao iniciar os sobrescritos nos envelopes, passe dois traรงos paralelos a lรกpis, no sentido horizontal, geralmente centralizados, na largura que se deseja escrever; - Escreva o nome do convidado, utilizando pena acima especificada ou caneta tinteiro; - Apรณs secar a tinta, passe uma borracha macia para apagar os traรงos feitos anteriormente a lรกpis.

Caligrafia curso completo  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you