Page 1

PÓS-GRADUAÇÃO

1


2

PÓS-GRADUAÇÃO

Confira nesta edição

EDITORIAL

3

Pós-Graduação: uma exigência do mercado atual de trabalho Por Professor Marcos Antonio de Lima

ARTIGOS

4 5 6 7

A evolução das relações de trabalho Por Carlos Eduardo Gatti Petroni Gestão para redução de perdas Por Carlos Marliére Práticas organizacionais e gerenciais no foco da competitividade Por Robinson José Catalini e Lucíola M. Tretel Evolução na estratégia corporativa Por Gilberto Dilela Filho

DEPOIMENTOS

8

Alunos relatam mudanças na carreira e qualidade de ensino dos cursos da Fatep

CURSOS

10 11 12 13 14 15 16 17

MBA em Gestão Empresarial MBA em Gestão de Pessoas MBA em Finanças e Controladoria MBA em Gestão da Qualidade MBA em Gestão da Manutenção e Produção MBA em Logística e Produção MBA em Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental MBA em Gestão Comercial MBA em Gestão de Projetos MBA em Transporte Público e Tráfego Urbano Especialização em em Georreferenciamento de Imóveis Rurais e Urbanos Especialização em Planejamento e Gestão de Políticas Sociais Especialização em Gestão e Tecnologia da Construção Civil Especialização em Engenharia de Segurança Especialização em Direito Imobiliário Especialização em Ergonomia

TREINAMENTO & CONSULTORIA INFORMAÇÕES GERAIS


PÓS-GRADUAÇÃO

3

Editorial Pós-Graduação: uma exigência do mercado atual de trabalho

Temos observado por meio de pesquisas e do acompanhamento de carreiras que a pós-graduação é um diferencial que possibilita um bom posicionamento no mercado de trabalho. Cada dia mais as empresas exigem profissionais qualificados e atualizados, que ofereçam diferenciais aos contratantes. Neste cenário, os cursos de pós-graduação garantem o destaque e o reconhecimento acadêmico que os empregadores exigem, proporcionando vantagens na hora da seleção ou reposicionamento profissional. É indiscutível que a continuidade dos estudos por toda a vida é essencial ao bom desenvolvimento da carreira. Tanto para quem já está inserido quanto para quem está conhecendo agora o mercado de trabalho, um curso de pós-graduação vem sendo considerado o mínimo esperado como complemento aos currículos. O mercado está em busca de profissionais voltados para o autodesenvolvimento o tempo todo, isso porque o mundo assumiu uma trajetória acelerada de mudanças. Os paradigmas do passado não servem mais e as

organizações de sucesso serão aquelas capazes de se reinventar constantemente. Com isso, um curso de pósgraduação pode ser uma alternativa essencial, uma vez que os selecionadores observarão se existe no candidato a atitude de aprendizado permanente. Na Fatep, a Divisão de PósGraduação oferece cursos de MBA e Especialização em diversas áreas, com programas qualificados, adequados às necessidades de formação e desenvolvimento profissional dos alunos, com características de aplicação prática. As aulas são ministradas por especialistas, mestres e doutores com vasta experiência profissional, domínio acadêmico na área de concentração do curso e das disciplinas. Os conteúdos programáticos focam o desenvolvimento e a aplicação de competências exigidas pelo mercado. Neste informativo, você terá a oportunidade de conhecer todos os cursos da Fatep, o que oferecem e qual é o melhor para a sua carreira. Leia, também, artigos de profissionais e depoimentos de alunos que atestam a qualidade de ensino da nossa instituição.

_________________________ Professor Marcos Antonio de Lima Diretor Mantenedor da Fatep _________________________


4

PÓS-GRADUAÇÃO

Artigos A evolução das relações de trabalho Por Carlos Eduardo Gatti Petroni

Quero fazer um convite à evolução! Sim, é isso, faço um convite à evolução da relação de trabalho. Para tanto, precisamos pensar na relação de trabalho como algo maior, mais sublime e não com a simplicidade instrumental como vem sendo tratado. A gestão, ao longo de décadas, ficou focada nos recursos financeiros, tecnológicos e humanos. Assim, estávamos colocados nas condições de meros "elementos/componentes", o homem enquadrado na mesma categoria de recurso de prateleira. Algo e não alguém, utilizável para cumprir o que os processos e a "tecnologia" ditavam. Gestão não é mais "tocar o dia a dia", ou simplesmente reagir ao cotidiano, basear-se no "feeling", mas algo pensado, estruturado, com grande visão da realidade e de futuro. Nesse cenário não basta implantar esse ou aquele programa, contratar consultorias para propor soluções sobre "coisas" ou problemas isolados, ministrar um treinamento, enviar um gestor para fazer um curso sobre liderança, sem que tudo isso esteja num contexto integralizado, metodizado. As organizações precisam evoluir, acreditando verdadeiramente que precisam criar um ambiente propício à retenção dos talentos que "estão" e não "são" dela, pois é esse ser humano, comprometido, integrado, inteiro na relação de trabalho, que é fonte de geração de vantagem competitiva, já que a tecnologia está cada vez mais disponível. A grande "sacada" e difícil mudança é entender e acreditar que todos os gestores da empresa, independentemente do nível, faz gestão com pessoas, e dão resultados em suas áreas de eficácia, contribuindo para a excelência. Nós, seres humanos ávidos em busca de uma melhor qualidade de vida e da felicidade e que, muitas vezes, por não parar para analisar sobre esse sistema complexo "criado por nós e para nós", simplesmente colocamos nossas vidas nas mãos de terceiros (organizações). Precisamos, primeiramente, descobrir o que fazemos que nos faz feliz, nos conhecer com profundidade, saber por que pensamos

Carlos Eduardo Gatti Petroni é idealizador da Gatti Petroni, empresa especializada em projetos e programas na área de Gestão com Pessoas. É psicólogo, advogado e mestre em Educação. Desenvolveu suas competências nas áreas de Gestão com Pessoas e Desenvolvimento Organizacional. É atuante desde 1980, tendo passado por empresas nacionais e multinacionais e, desde 1997, trabalha como facilitador de desenvolvimento profissional e pessoal elaborando e conduzindo projetos com ênfase no desenvolvimento dos profissionais e das organizações. Também é professor universitário em cursos de graduação e pós-graduação na Fatep, coach de Carreira e de Vida.

e agimos desta ou daquela maneira; alguns mais racionais, outros mais emocionais; alguns criativos, flexíveis, ávidos por experimentar o novo, outros resistentes focados nas experiências de sucesso do passado; alguns com facilidade para expressar ideias e sentimentos, outros, embora com boas ideias, não conseguem transmiti-las e muito menos implementá-las; alguns visualizam os aspectos positivos do cotidiano e outros somente enxergam problemas; uns são articuladores e aglutinadores, favorecendo a criação de ambientes saudáveis, outros são fomentadores de "corredores improdutivos". A compreensão disso tudo é extremamente importante para que possamos nos articular nos ambientes organizacionais. Precisamos nos valorizar e atuar de forma a não deixar dúvidas, no tocante à ética, ao comprometimento e a competência (técnica e comportamental) para que sejamos valorizados e reconhecidos como seres humanos e não

como meros recursos no mundo do trabalho. Cabe, também, refletir sobre o significado do trabalho para cada um de nós, pois esta visão interferirá na forma como nós o encaramos e, consequentemente, como reagimos em relação a ele. O trabalho visto como peso, como castigo bíblico, noção muito presente na mentalidade dos trabalhadores submetidos a uma intensa doutrinação e controle, desde a colonização, parece conduzir apenas a um processo de adestramento e em conformidade com suas condições de exploração. E, nesse sentido também, o trabalhador se vê alienado frente ao seu trabalho - simplesmente executa algo. O trabalho precisa fazer, antes de tudo, sentido para quem realiza. É isso que modifica o "estado de espírito", a motivação para empreendermo-nos numa empreitada. Se o que fazemos não for significativo para nós mesmos, apenas cumpriremos um "contrato de trabalho", obrigações, e não estabeleceremos um "contrato psicológico" com nossa atividade e, muito menos, com a organização, ou seja, não estaremos "inteiros" na relação com o trabalho, não estaremos comprometidos. Diante da grandeza com que o tema é tratado, cabe a cada um nós desmistificarmos o significado da palavra trabalho e do trabalho em si, que historicamente nos remete a condições de "penosidade", para uma condição de realização. Claro que não podemos nos esquecer dos outros elementos que integram essa relação e que precisam, igualmente, evoluir, como, por exemplo, os governos, os sindicatos (ainda com uma mentalidade extremamente retrograda), todo o sistema Judiciário Trabalhista e a própria Legislação Trabalhista, engessada que dita os idos de 1943. Transformando a maneira de pensar e agir do homem, as relações do homem com o trabalho e os sistemas de gestão empresarial é que podemos contribuir para o desenvolvimento da sociedade. Para que este convite à evolução ocorra, precisamos de muitos estudos, conhe■ cimentos e boas "doses" de reflexões!

Expediente: O Guia de Pós-Graduação – Fatep é uma publicação com distribuição gratuita. Diretor Mantenedor: Marcos Antonio de Lima. Jornalista responsável: Luciane Anhão (MTb. 26.999). Créditos fotográficos: Comunicação e Assessoria de Imprensa Fatep. Criação e desenvolvimento: Simultânea Comunicação. Coordenação Editorial: Departamento de Marketing Institucional da Fatep Fale conosco: Mande um e-mail para pos@fateppiracicaba.edu.br com sua opinião sobre o Guia de Pós-Graduação – Fatep. Aguardamos sua crítica, elogio ou sugestão de assunto. Divida suas impressões com a gente!


PÓS-GRADUAÇÃO

5

Artigos Gestão para redução de perdas Por Carlos Marliére

Total Productive Maintenance (TPM) ou Manutenção Produtiva Total (MPT) em português tem como objetivo uma estrutura empresarial que vise a máxima eficiência do sistema produtivo, criando, no próprio local de trabalho, mecanismos para prevenir diversas perdas a partir da colaboração de todos os envolvidos, desde a alta direção até os operadores de primeira linha. Associada à otimização e à utilização dos ativos industriais (homem, máquina, material, métodos e tempo), o termo refere-se à eliminação de perdas, restauração das condições de uso, mudança de cultura e comportamento, capacitação técnica, maior eficiência administrativa, busca de "zero quebras", falhas e acidentes ou riscos ambientais e minimização das ineficiências em novos equipamentos, processos e produtos. Ele está diretamente relacionado ao conceito de manter processos confiáveis, enxutos, isentos de perdas. A implementação do TPM é suportada pelas atividades de oito pilares de sustentação, sendo cada pilar responsável por desenvolver um subsistema de gestão, de forma integrada aos demais subsistemas. São eles: Manutenção Autônoma; Manutenção Planejada; Melhoria Específica; Educação e Treinamento; Segurança, Saúde e Meio Ambiente; Manutenção da Qualidade; Controle Inicial; e Áreas Administrativas. Manutenção Autônoma: responsável pelo desenvolvimento dos operadores com o objetivo de tornálos aptos a estabelecerem e manterem as condições básicas e operacionais de seus equipamentos é uma das partes mais visíveis do TPM, em que o impacto visual e as mudanças no ambiente de trabalho são percebidas com o aumento do comprometimento dos operadores e manutentores.

Carlos Marliére é professor da Fatep no curso de MBA em Gestão da Manutenção e Produção - Módulo Manutenção Produtiva Total (MPT) e no curso de MBA em Gestão da Qualidade e Produtividade - Módulo Auditoria de Sistema da Qualidade. É diretor da Empresa Master Plan Desenvolvimento e Treinamento Empresarial e tem mais de 16 anos de experiência em gestão empresarial trabalhando em empresas multinacionais e nacionais. É Instrutor Internacional TPM ( Total Productive Maintenance), formado pelo JIPM - Japan Institute of Plant Maintenance e tem 10 anos de experiência em consultoria em gestão empresarial para melhoria de resultados e 20 anos de experiência em implantação de ferramentas metodológicas para melhoria de produtividade e redução de perdas. É engenheiro mecânico Formado pela UFU (Universidade Federal de Uberlândia) e pós-graduado em Gestão da Qualidade pelo IAT/UNICEP.

Manutenção Planejada: estruturado pelo departamento de manutenção da empresa, a fim de conduzir as intervenções planejadas, o gerenciamento das atividades técnicas, a eliminação das paradas imprevistas através de análises sistêmicas e a capacitação da Manutenção Autônoma, com o objetivo de transferir atividades técnicas de baixa complexidade. Melhoria Específica: atua em projetos para eliminar ou reduzir as perdas que influenciam na eficiência operacional máxima dos equipamentos e processos através das atividades de grupos de melhorias.

Educação e Treinamento: promove o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades dos colaboradores da empresa, para atingir um grau elevado de confiança para executar o trabalho, motivação, participação, orgulho profissional e, consequentemente, a maximização do rendimento operacional global. Segurança, Saúde e Meio Ambiente: atua no desenvolvimento das atividades produtivas sem acidentes e contaminação ao meio ambiente, por meio de conjunto de ações preventivas. Manutenção da Qualidade: desenvolve atividades que se destinam a definir condições do equipamento que excluam defeitos de qualidade, com base no conceito de manutenção do equipamento em perfeitas condições para que possa ser mantida a qualidade dos produtos processados. Controle Inicial: realiza ações que garantam a melhor performance do equipamento adquirido, por meio de abordagem sistemática, desde a especificação, projeto, construção e partida do equipamento, até o desenvolvimento de novos produtos. Áreas Administrativas: implementa melhorias para aumentar a velocidade e, principalmente, a qualidade das informações e reduzir a burocracia interna. Isso ajuda a elevar a eficácia do sistema produtivo por meio de melhorias nas atividades que apoiam a produção. O segredo do sucesso do TPM está no trabalho árduo e focado na redução de perdas. Ele não admite mais falhas humanas, de equipamentos e desperdício de materiais nos processos industriais. Produzir apenas não basta, é preciso competir com qualidade e baixos custos. Além disso, a flexibilidade operacional e menor tempo de resposta são fatores que conferem sucesso a uma organização, uma vez que garantem a sa■ tisfação do cliente.


6

PÓS-GRADUAÇÃO

Artigos Práticas organizacionais e gerenciais no foco da competitividade Por Robinson José Catalini e Lucíola M. Tretel

Com a ampliação dos mercados, as organizações vêm buscando meios de se tornar mais competitivas frente à concorrência. As práticas organizacionais e gerenciais são um fator central para a competitividade. Os ganhos resultantes das disputas entre podem ser medidos mediante redução de custos e também por seus efeitos qualitativos, como rapidez, flexibilidade e confiabilidade da produção. Todas as atividades que geram um produto ou um serviço na organização compõem os chamados processos organizacionais, que costumam se perder dentro das hierarquias e divisões da empresa fazendo com que os esforços de melhoria foquem apenas nas pessoas, tarefas ou estruturas, prejudicando o aproveitamento de resultados de forma completa. Portanto, na busca por uma estratégia mais efetiva para garantir o posicionamento frente à concorrência, devemos voltar nossos olhos a eles. A abordagem da gestão por processos reforça a importância dos papéis ligados a eles, que incluem a liderança do

grupo, a ligação entre as pessoas, a facilitação dos mecanismos grupais, o desenvolvimento de conhecimento, o gerenciamento das agendas de compromissos e o suporte ao funcionamento das equipes. Tomando como base o pensamento sistêmico, ela promove uma mudança frente à abordagem funcional, que foca nas partes, nas estruturas, na hierarquia, a gestão por processos entende a organização de forma total, focando em relações, processos e sustentabilidade. É importante salientar que dentro do conceito de gerência são criados padrões e indicadores de desempenho, desta forma os lideres não mais se preocupam com tarefas, mas sim com o processo completo, uma vez que este está estruturado de forma a atender as necessidades dos clientes interno/externos e a satisfação desses é o indicador primário de desempenho dos processos. A descrição de cada processo indica os seus objetivos, indicadores, clientes, produtos e resultados esperados. Alguns benefícios que tal conceito traz são: a) Habilita a organização a ter

Robinson Catalini é Engenheiro Químico com especialização pela Universidade Federal de Viçosa, MBA em Gestão de Negócios pela Esamc e Mestrando em Engenharia de Produção. Atua como professor há 20 anos nas áreas de Matemática\Estatística, Gestão de Operações e da Qualidade, Melhoria de processos e Melhoria Contínua e é especialista Black Belt Six Sigma. Lucíola Moraes Tretel é graduanda em Administração de Empresas com foco no estudo Financeiro na Escola Superior de Administração Marketing e Comunicação. Atualmente integra o departamento financeiro da empresa BRV BRASIL, empresa focada no mercado sucroenergético. Possui também experiência na área comercial ao integrar o departamento administrativo de vendas na empresa RPM Telas.

seu foco direcionado aos clientes, permitindo à organização antecipar e controlar mudanças; b) Dispõe meios de efetivar, mais rapidamente, mudanças complexas; c) Auxilia a organização a gerenciar efetivamente seus inter-relacionamentos; d) Concede uma visão sistêmica das atividades da organização; e) Mantém o foco no processo; f) Auxilia a organização a entender melhor a sua cadeia de valor; g) Desenvolve um sistema de avaliação completo para as áreas de negócios. A visão de uma organização por processos é a maneira mais eficaz para se escapar da abordagem funcional. Nesta, as organizações se estruturam como conjuntos de unidades verticais, que são isoladas umas das outras, trabalhando de maneira paralela, com pouca interligação. Neste modelo, os processos precisam passar pelas fronteiras criadas pelas divisões, o que leva à perda de tempo, qualidade e capacidade de atendimento. Os ambientes de mercado, políticos e econômicos, bem como as necessidades da demanda, comportam-se atualmente de maneira variável. Essas mudanças pressionam as empresas a buscar ferramentas para que se mantenham competitivas. A metodologia da gestão por processos se adapta às necessidades de mudança de cada organização, podendo ser a melhoria da qualidade, a redução de custos ou mesmo uma nova cultura. Isso é possível, pois, ao analisar os processos detalhadamente, estes podem ser remodelados ou até mesmo eliminados. Desta forma além de um aumento na qualidade, a gestão por processos permite à organização uma maior segurança quanto à invariabilidade na realização das tarefas, garantindo que o produto final corresponda às necessidades da organização bem como as do mercado. É válido salientar a necessidade de se manter os estudos focados neste tipo de gestão para aperfeiçoá-lo e difundi-lo dentro dos ambientes de negócio. ■


PÓS-GRADUAÇÃO

7

Artigos Evolução na estratégia corporativa Por Gilberto Dilela Filho

Há alguns anos, a estratégia das empresas era focada apenas no local e, no máximo, no mercado e ambiente regional. Com o advento da internet e o processo de globalização, a estratégia estende-se para além dos limites de outrora, participando de processos concorrenciais de várias partes do planeta, uma vez que, onde existir cliente, também existe ou existirá concorrência. Atualmente, com a força das mídias sociais e o processo participativo dos consumidores, o processo de estabelecimento da estratégia leva em consideração fatores adicionais de análise, pois o poder das redes sociais invade os mercados, quase que com o mesmo poder concorrencial. Com essa acelerada taxa de mudança no mundo dos negócios, fator de vida ou morte, torna-se necessário trabalhar com maior desempenho na montagem, estabelecimento e alinhamento estratégicos. A estratégia pode ser pensada conforme a linha da escola que é seguida, como a Escola do Planejamento, Escola do Design, Escola do Posicionamento, Escola Empreendedora, Escola Cognitiva, entre outras, ou até mesmo uma interposição entre duas ou mais Escolas. Em meio ao "Safari de Estratégias", podemos utilizar de várias ferramentas de análise para compô-la, entre as mais comuns a análise SWOT, as Cinco forças de Porter, a análise de ambiente externo, como Político, Econômico, Social, Tecnológico, Ambiental e Legal, a declaração de destino estratégico entre outros. No entanto, convém lembrar que alguns paradigmas da estratégia tornaram-se mutantes, gerando novos paradigmas. Um deles ditava que a estratégia era conhecida apenas da alta cúpula. Sabe-se que se não houver alinhamento estratégico em todos os níveis da empresa, ela muito provavelmente não será executada, ou terá menos eficiência do que se esperava. Outro paradigma ditava que a estratégia era apenas com foco externo, analisando mercados, clientes e concorrência. Hoje se percebe que a estratégia deve estar alinhada com toda a operação da empresa,

para que cada departamento possa dar suporte à estratégia e em conjunto, alterar o patamar de sobrevivência para um patamar de sustentabilidade financeira. Outro paradigma é o de investimentos apenas em ativos tangíveis, que atualmente abrem espaço para investimentos em ativos intangíveis, os quais, por meio da imagem e marca da empresa, cooperam para a credibilidade de seus serviços e produtos. Incluem-se e mesclam-se também o novo paradigma da sustentabilidade, pelo qual, dependendo do nível de maturidade sustentável, a empresa transita em um ou mais dos fatores seja social, ambiental, cultural e não apenas no financeiro. Com todas estas mudanças há uma mudança simples, mas de profundo significado para a estratégia. No passado, missão e visão, davam o norte para a estratégia e, assim, para a corporação. Valores eram analisados como complementares. Atualmente, o primeiro ponto analisado são os valores e, após, missão e visão. Isso, devido à concorrência global, participação efetiva e ativa das redes sociais, tecnologia avançada e inteligência artificial em constante crescimento gerando informações rápidas e eficientes a apenas um toque, a crescente geração Y no mercado mundial, entre tantos outros fatores, que interferem diretamente nesta "inversão" de análise estratégica, alteram a posição de criação dos valores para antes da missão e visão da empresa. Jovens talentosos analisam os valores das empresas em que querem trabalhar, procuram associar seus valores com os da empresa, analisam se há congruência, se os valores são reais e praticados. As redes sociais fiscalizam as ações que agregam valores ou não, expondo empresas e tornando mais forte a participação dos consumidores na vida das mesmas. A sustentabilidade também tem um viés muito forte nos valores instituídos pelas organizações. A saber, antes era o triple botton line: financeiro, ambiental e social. Hoje, adiciona-se o cultural, em que empresas devem valorizar a cultura, seja a interna, local, re-

Gilberto Dilela Filho é professor universitário há 10 anos e coordenador de cursos de graduação e MBAs no território nacional. É executivo com carreira gerencial, diretoria e vicepresidência em empresas nacionais e multinacionais Formado em Administração, tem pósgraduação em Administração de Marketing, Mestrado em Administração e em Educação e estudos iniciais no doutorado na FEA/USP e POLI/USP. É Master Black Belt Lean Six Sigma e Master Coach & Mentoring.

gional ou nacional. Neste sentido, quando se pensam os valores da empresa, também se leva em consideração a visão de sustentabilidade com suas matizes financeira, social, ambiental e cultural. Sendo assim, padrões definidos como curto, médio e longo prazo necessitam ser repensados em questão de tempo ideal para o negócio, devido aos vários fatores contemporâneos que interferem na composição da estratégia. Com isto, há necessidade de reuniões de acompanhamento e revisão da estratégia, diferentemente do pensamento de alguns líderes do passado, que pensavam a estratégia como fixa e inflexível. Ela é e sempre será o eixo norteador dos objetivos da empresa, no entanto, devido aos fatores citados acima, terá que ser mutante, sem perder a linha original de pensamento, adequando-se às constantes mudanças, abrindo espaço para a criatividade, pensamento e construção sistêmica, com visão holística, como fontes de informações para criação do conhecimento estratégico das corporações. ■


8

PÓS-GRADUAÇÃO

Depoimentos

Alunos relatam mudanças na carreira e qualidade de ensino dos cursos da Fatep Para quem deseja competir pelas melhores vagas do mercado, apenas a graduação não é mais suficiente. Promoções, salários maiores: quem se qualifica é recompensado. Em muitos casos, os cursos de pós-graduação funcionam como critério de desempate. Um estudo realizado pela empresa Catho Online, a Pesquisa Salarial e de Benefícios, indica que quem faz pós-graduação chega a receber até 70% mais do que outros profissionais. Dados de uma pesquisa realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), especificam que a cada ano de pós-graduação cursado, abrangendo também o MBA (Master Business Administration), acrescenta mais de 40% de aumento na renda mensal. O estudante que ingressar em um curso de especialização com duração de dois anos, por exemplo, pode adicionar ao holerite, após formado, 80% a mais que outros funcionários. Neste cenário, muitos empregadores exigem que os profissionais recém-formados estejam matriculados na pós-graduação. Quanto mais o profissional busca especializar-se, melhores oportunidades de crescimento surgem, incluindo cargos em níveis de gestão. Além de melhores salários, o profissional aprimora seu networking, se atualiza e pode, inclusive, mudar sua área de atuação. Confira abaixo alguns relatos de alunos matriculados em cursos de pós-graduação da Fatep:

"A confiança foi o fator mais decisivo para optar pela Fatep. Já conhecia a instituição por ter feito minha graduação aqui mesmo. Então, quando fui escolher uma instituição para completar os estudos, não pensei duas vezes em optar pelo MBA da Fatep. Como mudei de área, o curso vem agregando muito no trabalho que agora estou executando, pois os professores transmitem conhecimento, têm conteúdo atualizado e estão em consonância com o que tenho me deparado na prática".

Renata de Lucca é formada em Marketing e cursa MBA em Finanças e Controladoria na Fatep. "Como a área de segurança no trabalho está em franca expansão, me senti atraído a entender mais do assunto devido às novas exigências e uma fiscalização mais austera. O curso, que tem uma ótima base de legislação, me abriu uma gama de opções de outros serviços ao


PÓS-GRADUAÇÃO

me proporcionar uma nova perspectiva no mercado em que atuo, que é a de segurança em meio ambiente". Pedro Osório Germano é engenheiro agrônomo e cursa pósgraduação em Engenharia de Segurança na Fatep. "O MBA em Gestão de Projetos da Fatep tem um grande diferencial ao incluir em sua metodologia o PMI (Project Management Institute). Essa sigla, que poucas instituições oferecem, é como ter uma estrela no currículo, já esse conhecimento atualmente é uma exigência de mercado. Os temas aqui estudados dizem respeito aos assuntos vividos do dia a dia da empresa em que atuo e o nível dos professores é de altíssimo gabarito".

nha formação de origem, tenho aproveitado muito e de maneira prática o conhecimento transmitido pelos professores".

Marcele Gomes Trancoli é formada em Gestão Empresarial e cursa MBA em Logística e Produção na Fatep. "A opção pelo MBA em Gestão Empresarial da Fatep foi uma escolha certa. Tinha informações de que o curso agregaria muito em minha formação acadêmica, área em que atuo como professor universitário. Achei mais vantajoso essa especialização do que seguir para o mestrado. A parte teórica é moderna e o corpo docente é composto por profissionais qualificados e bem atualizados."

Hélio Emilio Delega é tecnólogo em projetos e cursa MBA em Gestão de Projetos na Fatep. "Emendei o MBA com a graduação, que acabei de concluir, por exigência pessoal e não me arrependi. Como líder de time na área de logística da Hyundai, me sinto desafiada a estar sempre atualizada. O curso é bastante amplo e, mesmo atuando em uma área próxima ao de mi-

Felipe Spadoti é formado em Administração de Empresas e cursa MBA em Gestão Empresarial na Fatep.

9


10

PÓS-GRADUAÇÃO

MBA em Gestão Empresarial OBJETIVOS Capacitar profissionais com formação em nível superior a atuarem nas atividades de gerência, possibilitando o uso de técnicas de liderança, de administração de pessoal, de marketing, de negócios, contabilidade de administração da produção com enfoque na qualidade e produtividade. Despertar a iniciativa, a determinação de busca e sistematização do conhecimento por meio da pesquisa estruturada, científica e tecnológica.

PÚBLICO-ALVO Profissionais com formação em nível superior que exercem ou pretendem exercer atividades voltadas à Gestão Empresarial. PROGRAMA „ Evolução do pensamento administrativo; „ Marketing; „ Gestão de Pessoas „ Desenvolvimento gerencial; „ Administração financeira e contábil; „ Métodos e técnicas de negociação; „ Gestão total de custos; „ Administração de recursos ambientais; „ Gestão estratégica de empresas; „ Metodologia do trabalho científico; „ Direito empresarial; „ Comunicação empresarial Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: Rua Silva Jardim, 1763- Bairro Alto - FATEP Horário: Sábados das 08h00 às 13h00 ou Terças e quintas-feiras das 19h15 às 22h50

MBA em Gestão de Pessoas OBJETIVOS Desenvolver competências e habilidades relacionadas ao gerenciamento de recursos humanos de forma a permitir o desempenho destas funções de maneira integrada, estratégica e alinhada às novas formas de gestão. PÚBLICO-ALVO Profissionais graduados que atuam ou que desejam atuar na área de gestão de pessoas. PROGRAMA „ Evolução do pensamento administrativo; „ Gestão estratégica de empresas;

„ Comunicação empresarial; „ Métodos e técnicas de negociação; „ Coaching; „ Direito empresarial; „ Cultura organizacional; „ Atração, adaptação e seleção por competência; „ Desenvolvimento pessoal e aprendizagem organizacional; „ Gestão estratégica de carreiras; „ Gestão de cargos e remuneração estratégica; „ Ética e responsabilidade social nas organizações; „ Metodologia do trabalho científico. Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00 ou Terças e quintas-feiras das 19h15 às 22h50


PÓS-GRADUAÇÃO

MBA em Finanças e Controladoria OBJETIVOS Capacitar profissionais com formação em nível superior nas principais atividades de gerenciamento das finanças corporativas, bem como em análise econômico-financeira de mercado PÚBLICO-ALVO Administradores e demais profissionais com formação em nível superior interessados nas áreas de Finanças e Controladoria.

Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00 ou Terças e quintas-feiras das 19h15 às 22h50

PROGRAMA „ Evolução do pensamento administrativo „ Gestão estratégica de empresas „ Comunicação empresarial „ Engenharia econômica „ Operações do mercado financeiro „ Gestão estratégica de custos „ Métodos e técnicas de negociação „ Economia „ Contabilidade fiscal e planejamento tributário „ Controladoria „ Contabilidade gerencial „ Metodologia do trabalho científico

MBA em Gestão da Qualidade OBJETIVOS Desenvolver nos profissionais a capacidade de implementar e gerenciar programas de qualidade nos diversos setores de atuação: comercial, serviços, industrial, bancários e outros. Atualizar e reciclar os conhecimentos dos profissionais já engajados em programas da qualidade. Formar profissionais qualificados e identificados com uma nova mentalidade de busca permanente de maiores padrões de qualidade em todas as suas atividades. PÚBLICO-ALVO Engenheiros, Tecnólogos, Administradores de Empresas e demais profissionais com formação em nível superior que atuem na área da qualidade. PROGRAMA „ 6 Sigma; „ Sistemas de garantia da qualidade; „ Gestão da qualidade em serviços; „ Gestão ambiental e qualidade; „ Métodos estatísticos aplicados ao controle da qualidade; „ Gestão de pessoas „ Técnicas em administração da qualidade; „ Qualidade na indústria automobilística; „ Metodologia do trabalho científico;

„ Comunicação empresarial; „ Auditoria de sistemas da qualidade; „ PNQ – Prêmio Nacional da Qualidade. Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00

11


12

PÓS-GRADUAÇÃO

MBA em Gestão da Manutenção e Produção OBJETIVOS Capacitar profissionais das áreas de manutenção e produção a atuarem dentro dos novos conceitos de gestão da produção e da manutenção, por meio do domínio de novas técnicas e metodologias gerenciais. Despertar a iniciativa e a determinação de busca e sistematização do conhecimento por meio da pesquisa científica e tecnológica.

„ Gestão de projetos; „ Produção enxuta; „ Gestão da cadeia de suprimentos; „ Desenvolvimento gerencial; „ Gestão de pessoas; „ Gestão total de custos; „ Metodologia do trabalho científico; „ Auditoria de sistemas da qualidade; „ Indicadores de desempenho e racionalização da produção.

PÚBLICO-ALVO Engenheiros, Tecnólogos, Administradores e demais profissionais com formação em nível superior que atuem nas áreas de manutenção e produção.

Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses

PROGRAMA „ Manutenção produtiva total; „ Gerenciamento da manutenção; „ Técnicas em manutenção;

LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00

MBA em Logística e Produção OBJETIVOS Capacitar profissionais das áreas de produção, planejamento e logística a atuarem nos novos conceitos de gestão da produção e da logística, por meio do domínio de novas técnicas e metodologias gerenciais. Despertar a iniciativa e a determinação de busca e sistematização do conhecimento por meio da pesquisa científica e tecnológica.

PÚBLICO-ALVO Engenheiros, Tecnólogos, Administradores e demais profissionais de nível superior que atuem nas áreas de logística e gestão da produção. PROGRAMA „ Produção enxuta; „ Gestão da cadeia de suprimentos; „ Desenvolvimento gerencial; „ Auditoria de sistemas da qualidade; „ Gestão total de custos; „ Metodologia do trabalho científico; „ Gestão de pessoas; „ Indicadores de desempenho e racionalização da produção; „ Transporte e distribuição; „ Controle de estoques e armazenagem; „ Licitações e contratos de fornecimento; „ Desenvolvimento de fornecedores. Carga horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00


PÓS-GRADUAÇÃO

13

MBA em Gestão, Auditoria e Perícia Ambiental OBJETIVOS Formar profissionais habilitados para desempenhar as funções de gestão, auditoria e perícia ambiental. PÚBLICO-ALVO Engenheiros, Tecnólogos e demais profissionais atuantes na área ambiental. PROGRAMA „ Direito ambiental „ Gestão de recursos hídricos „ Tratamento biológico e físico-químico de efluentes líquidos „ Gestão de resíduos „ Gestão da qualidade do ar „ Gerenciamento e controle ambiental „ Gerenciamento de riscos ambientais „ Desenvolvimento sustentável: industrialização e meio ambiente

MBA em Gestão Comercial

„ Licenciamento e avaliação de impactos ambientais „ Auditoria em meio ambiente „ Perícia ambiental judicial e extrajudicial „ Instrumentos de geociências em perícia ambiental „ Metodologia do trabalho científico „ Avaliação econômica de danos aos recursos ambientais Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00

NOVO OBJETIVOS Capacitar os profissionais da área comercial a aturem segundo as novas metodologias e técnicas de negócios visando maior eficiência nas vendas e maior lucratividade das empresas. Desenvolver a capacidade empreendedora dos participantes visando o desenvolvimento pessoal e as das suas relações interpessoais fundamentais para o sucesso profissional. PÚBLICO-ALVO Gestores da área comercial, empreendedores, profissionais de vendas e demais profissionais de nível superior que queiram se qualificar para atuar na área comercial.

PROGRAMA „ Evolução do Pensamento Administrativo „ Planejamento Estratégico „ Direito Empresarial „ Comunicação Empresarial „ Técnicas de Negociação „ Gestão Estratégica de Marketing „ Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos „ Liderança e Motivação de Equipes de Vendas „ E-commerce „ Gestão Financeira de Contábil „ Custos e formação de preços „ Metodologia do Trabalho Científico „ Gestão de Vendas e Atendimento „ Branding - Gestão de Marcas „ CRM - Gerenciamento do relacionamento com o cliente Carga Horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00 ou Terças e quintas-feiras das 19h15 às 22h50


14

PÓS-GRADUAÇÃO

MBA em Gestão de Projetos OBJETIVOS Capacitar profissionais de nível superior para utilização da metodologia de gestão de projetos, proporcionando uma formação sólida em gestão de projetos, além da compreensão da gestão como um processo empresarial e uma metodologia de múltipla aplicação organizacional. Incentivar a capacidade de tomada de decisões, a habilidade de trabalhar em equipes multidisciplinares, o pensamento estratégico e a liderança empresarial, formando profissionais diferenciados e com visão abrangente do negócio. PÚBLICO-ALVO Profissionais de nível superior, empreendedores graduados que desejam se capacitar para atuar profissionalmente como gerentes de projetos. PROGRAMA „ Gestão Estratégica de Empresas „ Gestão Estratégica de Empresas

„ Processos Organizacionais „ Comunicação Empresarial „ Negociação e Administração de Conflitos „ Ciclo de vida e organização do projeto „ Processos de gerenciamento de projetos: Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e controle Encerramento „ Gerenciamento de Projetos: Gerenciamento do Escopo do Projeto Gerenciamento de Riscos no Projeto Gerenciamento de tempo no Projeto Gerenciamento de Aquisição no Projeto Gerenciamento de Custos no Projeto Gerenciamento da Qualidade no Projeto Gerenciamento de Integração no Projeto Gerenciamento da Comunicação no Projeto Gerenciamento de Pessoas no Projeto „ Módulo Preparatório para o PMP „ Análise de Viabilidade de Projetos „ Metodologia do Trabalho científico

MBA em Transporte Público e Tráfego Urbano

Curso elaborado segundo a Resolução CESCNE nº 1 de 08/06/2007 Carga horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00

NOVO

OBJETIVOS Capacitar e desenvolver Gestores Públicos e Privados e demais profissionais, fornecendo conhecimentos e desenvolvendo habilidades necessárias ao gerenciamento do setor, de modo a lhes permitir formular, discutir e implementar políticas na área de transporte público e tráfego urbano. PÚBLICO-ALVO Profissionais Graduados que atuam na área de Planejamento e Operação do Sistema de Transporte. PROGRAMA „ Organização dos Sistemas de Transportes e Trânsito Urbano no Brasil „ Plano Diretor de Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana „ Engenharia de Tráfego: Planejamento e Gestão „ Organização do Sistema de Transporte Urbano de Passageiros „ Sistema de Tarifação „ Legislação Brasileira para Transporte Público Urbano e Tráfego Urbano „ Transportes Públicos I - Técnicas de Gestão do Transporte Público „ Transportes Públicos II- Gestão Empresarial „ Estudos de Impactos Viários

„ Gestão da Qualidade Aplicada ao Transporte Público „ Gestão Fundada em Sistemas de Informação; Gestão de Informações. „ Levantamentos e Pesquisas de Transporte e Tráfego „ Geoprocessamento Aplicado a Transportes e Trânsito „ Impactos Ambientais em Transporte Urbano „ Metodologia de Pesquisa

Carga horária: 360 horas Duração: 20 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 17h00 (aulas quinzenais)


15

PÓS-GRADUAÇÃO

Especialização em Georreferenciamento de Imóveis Rurais e Urbanos OBJETIVOS Formar profissionais capacitados para atuar em Georreferenciamento e se cadastrar junto ao INCRA-CNIR para execução de levantamentos georreferenciados de imóveis rurais. O curso atende as determinações da Lei Federal nº 10.267 de 2001 que regulamenta estes processos e a PL 2087 do CONFEA que estabelece as diretrizes para a formação dos profissionais habilitados a se cadastrar junto ao INCRA-CNIR. PÚBLICO-ALVO Engenheiros: Agrimensor, Agrônomo, Cartógrafo, Civil, de Estradas, de Fortificação, Florestal, Geógrafo, Geólogo, de Minas, de Petróleo, Arquitetos e Urbanistas e Tecnólogos e Técnicos de Agrimensura e áreas afins. Certificado: Os profissionais de nível superior receberão o certificado de Pós Graduação 'Lato Sensu" em Georreferenciamento de Imóveis Rurais e Urbanos e os de nível Técnico receberão o certificado de Aperfeiçoamento Técnico.

Especialização em Planejamento e Gestão de Políticas Sociais OBJETIVOS Formar especialistas em gestão e planejamento para as esferas públicas e privadas, qualificando-os como gestores de políticas sociais, atendendo às demandas de aprimoramento de recursos humanos da área para enfrentarem os desafios emergentes da complexidade existente na sociedade contemporânea. PÚBLICO-ALVO Graduados em nível superior que desenvolvam atividades profissionais na área de Políticas Sociais, como Assistentes Sociais, Psicólogos, Pedagogos, Administradores, Cientistas Sociais, entre outros que necessitem de conhecimentos especializados em planejamento e gestão de políticas sociais. PROGRAMA „ Políticas sociais no Brasil; „ Sociedade contemporânea e as alterações macroestruturais;

„ Planejamento e elaboração de políticas e programas sociais; „ Gestão social na contemporaneidade; „ Projetos sociais; „ Legislação social; „ Marketing social; „ Captação de recursos; „ SUAS – Sistema Único da Assistência Social; „ Gestão financeira e orçamentária; „ Método e técnicas de pesquisa. Carga horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 16h00 (aulas quinzenais)

NOVO

PROGRAMA „ Topografia Aplicada ao Georreferenciamento „ Cartografia „ Sistemas de Referencia „ Projeções Cartográficas „ Ajustamentos „ Métodos e Medidas de Posicionamento Geodésico „ Legislação Aplicada ao Georreferenciamento/topografia „ Noções de Geoprocessamento „ Metodologia do Trabalho Científico * Curso credenciado pelo CREA Carga horária: 360 horas Duração: 12 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sextas-feiras das 19h15 às 22h50 Sábados das 08h00 às 17h00 (aulas quinzenais)


16

PÓS-GRADUAÇÃO

Especialização em Gestão e Tecnologia da Construção Civil OBJETIVOS Capacitar e desenvolver profissionais da área de construção civil a utilizar novas tecnologias construtivas e adotar novas técnicas de planejamento e gestão buscando otimizar os processos produtivos com a redução de custos e garantia da qualidade. PÚBLICO-ALVO Engenheiros, arquitetos e outros profissionais de nível superior que atuem na área da construção civil. PROGRAMA „ Gestão de Projetos „ Sistemas Construtivos „ Segurança do Trabalho na Construção Civil „ Gestão da Qualidade na Construção Civil „ Gestão da Cadeia de Suprimentos na Construção Civil

„ Gestão de Pessoas „ Gestão de Operações na Construção Civil „ Construção Enxuta (Lean Construction) „ Custos na Construção Civil „ Novas Tendências da Indústria da Construção „ Sustentabilidade e Incorporações „ Metodologia do Trabalho Científico Carga horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: Rua Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 17h00 (aulas quinzenais)

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho OBJETIVOS Formar profissionais qualificados para o exercício da atividade de engenheiros de segurança, visando à preservação da integridade física dos trabalhadores, reformulação dos processos de trabalho com alta periculosidade, preservação do meio ambiente e melhoria das condições de trabalho e de vida. PÚBLICO-ALVO Engenheiros de todas as áreas e Arquitetos. PROGRAMA „ Introdução à engenharia de segurança do trabalho; „ Psicologia na engenharia de segurança, comunicação e treinamento; „ Legislação e normas técnicas; „ Gerência de riscos; „ Ergonomia; „ Prevenção e controle de riscos em máquinas, equipamentos e instalações; „ Proteção contra incêndios e explosões;

„ O ambiente e as doenças do trabalho; „ Higiene do trabalho; „ Proteção do meio ambiente; „ Administração aplicada à engenharia de segurança; „ Optativa 1; „ Optativa 2; „ Monografia - trabalho orientado de fim de curso. * Este curso é voltado somente a engenheiros e arquitetos e gera atribuição profissional de Engenheiro de Segurança do Trabalho, com registro do CREA. Carga horária: 680 horas Duração: 21 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 16h30


PÓS-GRADUAÇÃO

17

Especialização em Direito Imobiliário OBJETIVOS O curso tem como objetivo capacitar profissionais de nível superior para atuar na área de direito imobiliário, ampliando os conteúdos teóricos, com base na legislação e na prática, de modo a propiciar a necessária atualização/reciclagem para quem já atua no setor, além de preparar profissionais oriundos de diversas áreas de formação, para exercerem funções relacionadas ao direito imobiliário. PÚBLICO-ALVO Profissionais graduados em direito ou em outras áreas que atuem ou desejem atuar na área de direito imobiliário. PROGRAMA „ Direito das coisas „ Direito das obrigações „ Teoria Geral dos contratos

Especialização em Ergonomia OBJETIVOS Capacitar profissionais com formação em nível superior para a aplicação dos conceitos de ergonomia, em especial a Análise Ergonômica do Trabalho, com a finalidade de permitir a antecipação, identificação, avaliação e consequente controle dos fatores de riscos ergonômicos causadores de doenças ocupacionais (físicas e mentais) e acidentes de trabalho. Fornecer ferramentas para identificação dos elementos necessários para adaptação das condições psicobiofisiologicas dos trabalhadores, de modo a se obter máximo de conforto, saúde, segurança e desempenho eficiente nas atividades laborais.

„ Ergonomia e saúde; „ Saúde mental e trabalho; „ Biomecânica e saúde; „ Sistema de produção e organização do trabalho; „ Ergonomia cognitiva; „ Ergonomia, higiene e segurança do trabalho; „ Análise ergonômica de postos de trabalho; „ Auditoria e fiscalização em ergonomia; „ Metodologia do TCC em análise ergonômica do trabalho; „ Orientação do TCC em análise ergonômica do trabalho.

PÚBLICO-ALVO Profissionais com formação em nível superior da área de Administração, Engenharia, Arquitetura, Medicina, Psicologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Enfermagem, Ciências Sociais, Advogados e demais interessados.

Carga horária: 384 horas Duração: 24 meses

PROGRAMA „ Introdução à ergonomia e análise ergonômica do trabalho; „ Metodologia de análise ergonômica do trabalho e Cases;

LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: R. Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 16h00 (Aulas quinzenais)

„ Contratos imobiliários em espécie „ Sistema financeiro imobiliário „ Direito urbanístico „ Incorporações „ Direito registral „ Direito tributário imobiliário „ Relação de emprego na área imobiliária „ Responsabilidade civil e criminal „ Direito ambiental „ Métodos alternativos de resolução de conflitos „ Metodologia de pesquisa aplicada Carga horária: 360 horas Duração: 18 meses LOCAL DE REALIZAÇÃO Piracicaba-SP: Rua Silva Jardim, 1763- Bairro Alto Horário: Sábados das 08h00 às 13h00


18

PÓS-GRADUAÇÃO

Fatep Educação Executiva

A Fatep Educação Executiva é uma divisão da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba criada para proporcionar aperfeiçoamento contínuo aos profissionais das mais diversas áreas, oferecendo cursos de extensão, workshops e treinamentos personalizados dentro das empresas (Cursos in Company).

TREINAMENTO & CONSULTORIA Por meio de treinamentos e consultorias - inclusive dentro das empresas -, a Fatep trabalha no desenvolvimento de profissionais mais produtivos em ambientes multifuncionais e interdepartamentais, maximizando a eficácia corporativa.

A proposta é oferecer treinamentos e consultorias para formar agentes de mudança, combinando as habilidades de planejamento, execução e senso de urgência para buscar oportunidades e alcançar resultados mensuráveis para as organizações.

Para tanto, a Fatep desenvolve cursos focados no dinamismo do mundo executivo, com ensino de qualidade adequado às necessidades do mercado e rápida duração. Dentre os cursos já realizados estão Técnicas de Apresentação e Oratória, Libras, Excel, Formação de Green Belt, Auditoria da Qualidade entre outros. Os cursos presenciais fortalecem o aprendizado de quem já tem noções básicas e abre novos horizontes para as pessoas que estão em busca de conhecimentos profissionais. O corpo docente da Fatep Educação Executiva é formado por professores atuantes no mercado e com experiência acadêmica comprovada. E mais: os cursos apresentam investimentos financeiros acessíveis para todos os bolsos. Por serem de curta duração, os cursos de extensão concentram informações e noções gerais dos assuntos propostos.


PÓS-GRADUAÇÃO

19

Informações Gerais

CERTIFICAÇÃO Os concluintes receberão certificados da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba – Fatep, nos termos da resolução CNE-CES nº 1 de 8/06/2007, de especialistas ou MBA na área do curso, válido e reconhecido em todo o território nacional. O certificado de Pós-Graduação Lato-Sensu será fornecido aos que obtiverem médias iguais ou superiores a 7,0, frequência de 75% em todas as disciplinas e aprovação na monografia. MODALIDADE: PRESENCIAL Local do curso: Faculdade de Tecnologia de Piracicaba - Fatep Rua Silva Jardim, 1763 - Bairro Alto - Piracicaba/SP. CORPO DOCENTE Especialistas, mestres e doutores nas áreas de conhecimento. MATRÍCULA Para efetuar a matrícula, os documentos necessários são: ficha de inscrição preenchida, cópia do diploma do Ensino Superior, cópias do CPF e RG, duas fotos 3 x 4 e pagamento da taxa de inscrição. A matrícula pode ser realizada online, no site: www.fateppiracicaba.edu.br. CONDIÇÕES ESPECIAIS Para ex-alunos da Fatep, empresas conveniadas ou grupos fechados. (*) A Fatep reserva-se o direito de não abrir turmas sem o mínimo de alunos matriculados e o seu local de realização poderá ser mudado, mantendo-se o padrão de infraestrutura do curso. Será possível a união de turmas quando existir compatibilidade de conteúdo.

Secretaria da Pós-Graduação: Rua Alfredo Guedes, 1949 - Edifício Racz Center 1º andar - sala 105 - Bairro Alto - Piracicaba - SP Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h50 Telefones: (19) 3422-8681 ou 3434-5112 E-mail: pos@fateppiracicaba.edu.br


20

PÓS-GRADUAÇÃO


Revista fatep 2014  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you