Page 28

O ÚLTIMO DESEJO DE CATIRINA

ISBN: 978-85-904976-9-1 José Neres

Recuperar minhas forças E voltar a trabalhar. Página | 28

CHIQUINHO

Meu pai, peço mil desculpas Por assim eu lhe falar, Mas é que não gosto de ver Tanto calo em suas mãos, Tanto suor nos cabelos Tanta dor no coração... Vou voltando meu bom pai, Deve de ter passarinho No caminho me esperando... A janta vai ser melhor Que esse arroz com feijão. Só lhe peço sua bênção. Isso é tudo que preciso Pra ter força e ajudar Minha mãe em nossa casa, Já que na roça o senhor Não me deixa trabalhar.

www.joseneres.blogspot.com

O ùltimo Desejo de Catirina  

Peça teatral em verso que mostra algumas críticas sociais com a luta pela reforma agrária.

Advertisement