Issuu on Google+

SÉTIMO DOMINGO APÓS EPIFANIA 23 DE FEVEREIRO DE 2014

Amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem (Mateus 5.54)

PARÓQUIA CRISTO REDENTOR Cristo Redentor • DOIS VIZINHOS |Cristo Redentor • NOVA PRATRA DO IGUAÇU | Martinho • QUEDAS DO IGUAÇU | São Pedro • SÃO JORGE D’OESTE | Cristo • Centro - VERÊ | São Paulo • Pres. Kennedy - VERÊ


L Em nome do Pai e do T Filho e do Espírito Santo. C Amém. L Amados no Senhor. De coração sincero nos acheguemos de Deus nosso Pai e lhe confessemos os nossos pecados, suplicando-lhe em nome de nosso Senhor Jesus Cristo nos conceda o perdão. L O nosso socorro está em do nome do Senhor. C Que fez o céu e a terra. L Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões. C E tu perdoaste a maldade do meu pecado. L Onipotente Deus e misericordioso Pai, eu, pobre e miserável pecador, te confesso todos os meus pecados e iniquidades com que provoquei a tua ira, merecendo mui justamente o teu castigo temporal e eterno. Deploro de todo o coração estas minhas culpas e arrependo-me sinceramente. Suplico-te, mediante a tua profunda misericórdia e a santa, inocente e amarga paixão e morte de teu amado Filho Jesus Cristo, que tenhas piedade e misericórdia de mim, pobre pecador. Amém.

L C L C L

Ensina-me, SENHOR, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até ao fim. Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei; de todo o coração a cumprirei. Guia-me pela vereda dos teus mandamentos, pois nela me comprazo. Inclina-me o coração aos teus testemunhos e não à cobiça. Desvia os meus olhos, para que não vejam a vaidade, e vivifica-me no teu caminho. C Confirma ao teu servo a tua promessa feita aos que te temem. L Afasta de mim o opróbrio, que temo, porque os teus juízos são bons. C Eis que tenho suspirado pelos teus preceitos; vivifica-me por tua justiça. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora é e para sempre será - de eternidade a eternidade. Amém.


C Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra, tanto das coisas visíveis como das invisíveis. E em um só Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os mundos, Deus de Deus, Luz de Luz, verdadeiro Deus do verdadeiro Deus, gerado, não criado, de uma só substância com o Pai, por quem todas as coisas foram feitas; o qual por nós homens e pela nossa salvação desceu do céu e se encarnou pelo Espírito Santo na virgem Maria e foi feito homem; foi também crucificado por nós sob Pôncio Pilatos, padeceu e foi sepultado; e ao terceiro dia ressuscitou segundo as Escrituras, e subiu aos céus, e está sentado à direita do Pai e virá novamente em glória a julgar os vivos e os mortos, cujo reino não terá fim. E no Espírito Santo, Senhor e doador da vida, o qual procede do Pai de do Filho, que juntamente com o Pai e o Filho é adorado e glorificado; que falou pelos profetas. E numa única santa Igreja Cristã e Apostólica. Confesso um só Batismo para remissão dos pecados, e espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo vindouro. Amém.

L L L L

O Senhor seja convosco. C E com o teu espírito. Levantai os vossos corações. C Levantemo-los ao Senhor. Demos graças ao Senhor nosso Deus. C Assim fazê-lo é digno e justo. É verdadeiramente digno, justo e do nosso dever que em todos os tempos e em todos os lugares te demos graças, ó Senhor, Santo Pai, onipotente, eterno Deus, mediante Jesus Cristo Nosso Senhor. E agora te rendemos louvores por nos teres enviado o teu unigênito Filho, e por revelares nele a plenitude da tua glória, estando ele na forma de homem. Portanto, com toda a igreja na terra, e a multidão celestial, louvamos o teu glorioso nome, entoando com eles seu cântico eterno, dizendo:

C Santo, santo, santo é o Senhor Deus dos Exércitos. Os céus e a terra estão cheios de sua glória. Hosana, Hosana, Hosana nas alturas! Bendito, bendito, bendito aquele que vem em nome do Senhor! Hosana, Hosana, Hosana nas alturas!

L A Paz do Senhor seja convosco para sempre!

C Amém.


C Cordeiro divino, morto pelo pecador, sê compassivo Cordeiro divino, morto pelo pecador, sê compassivo. Cordeiro divino, morto pelo pecador, a paz concede. Amém. L Todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice: C Anunciais a morte do Senhor até que venha. L Demos graças ao Senhor e oremos: Onipotente Deus, nós te rendemos graças, porque nos reconfortaste por este dom da salvação. Suplicamos-te que concedas por tua graça que o mesmo nos fortaleça a fé em ti e nos dê ardente caridade para com o nosso próximo, mediante Jesus Cristo, teu Filho, nosso Senhor. Amém. L O Senhor te abençoe e te guarde. O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. O Senhor sobre ti T levante o seu rosto e te dê a paz. C Amém.

TTT SÉTIMO DOMINGO APÓS EPIFANIA – 23 DE FEVEREIRO DE 2014 Deus manifesta sua santidade perfeita em Cristo através da compaixão e do perdão Deus revela sua santidade perfeita na compaixão ao ponto que “ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos” (Mt 5.45). Por sua graça em Jesus Cristo somos santos como ele é santo (Lv 19.2 ) e nós somos “santuário de Deus”, em quem “o Espírito de Deus habita” (1 Co 3.16). Este dom da santidade começa com temer, amar e confiar em Deus acima de todas as coisas e nos leva a amar o nosso próximo como a nós mesmos (Lv 19.18). Já não devemos praticar a “injustiça no tribunal”, não favorecendo os humildes, nem agradando os poderosos, não devemos mais andar “como mexeriqueiro” entre o povo de Deus, não devemos mais vingar ou guardar ira (Lv 19.15-18). Embora nós fôssemos os seus inimigos, nosso Senhor Jesus Cristo nos amou e nos perdoou. Alimentados e sustentados por seu santo corpo e sangue sob o pão e o vinho da sua Santa Ceia, “santos sereis” (Lv 19.2) assim como o Senhor nosso Deus é santo. PRÓXIMO DOMINGO (02.03.2014): A Transfiguração de Nosso Senhor Leituras: Salmo 2.6-12; Êx 24.8-18; 2 Pe 1.16-21; Mt 17.1-9 | Cor: Branco


Culto Eucarístico - Sétimo Domingo após Epifania (Ano A)