Simulado Ciências Humanas - Enem

Page 1

Educacional

1 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Colégio Sagrado Coração de Jesus Avaliação: 1º SIMULADO DO ENEM 2010 - CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Professor(a): JOSE AUGUSTO FIORIN Aluno(a):___________________________________________________ Nº:___ Turma:_____________ Data:____/____/_______ Nota:______

Introdução: Essa avaliação compõe o Primeiro Simulado ENEM 2010 do Portal. Resolva as questões sem recorrer a nenhuma fonte de consulta. Com isso, você fará uma auto-avaliação mais precisa do seu nível de conhecimento. Não esqueça de clicar em ENCERRAR AVALIAÇÃO. Boa prova!

Questão 1 - Ciências Humanas (ENEM) - Relação homem-natureza, a apropriação dos recursos naturais pelas sociedades. Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH020 - Simples Escolha* Portal - 2010

A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 e 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue. A Secretaria de Vigilância em Saúde, em trabalho conjunto com as Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde, registrou 447.769 casos notificados de dengue até a semana 13 de 2010, no Brasil. A distribuição dos casos notificados de acordo com as regiões do País pode ser observada no gráfico abaixo.

BRASIL. Secretaria de Vigilância em Saúde. Informe Epidemiológico da Dengue. Análise de situação e tendências – 2010 Disponível em: <http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/informe_dengue_se_13_completo_final.pdf>. Acesso em: 28 maio 2010. De acordo com o gráfico e tomando como referência a dengue no Brasil, depreende-se que ( )A-

a dengue ocorre e dissemina-se principalmente em países de clima temperado; por isso, a Região Sul do Brasil é a oferece ambiente mais favorável à doença.

( )B-

a dengue é transmitida pela urina do rato, principalmente em épocas de enchentes, no verão.

03/09/2010 08:03


Educacional

2 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )C-

a maior parte dos casos notificados de dengue no País estão na Região Sudeste, na Região Centro-Oeste e na Região Norte. Geralmente, a maioria das larvas, nessas regiões, são encontradas em caixas d’água, tambores, tonéis, poços de água, lixo, vasos, pratos, ralos e piscinas sem uso.

( )D-

no Brasil, as epidemias de dengue começaram a surgir há alguns anos, mais precisamente na década de 2000.

( )E-

ocorrem mais casos na Região Nordeste, porque nessa região chove muito e encontra-se uma floresta propícia ao desenvolvimento da larva do transmissor da doença.

Questão 2 - Ciências Humanas (ENEM) - Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH038 - Simples Escolha* Portal - 2010

Volume da produção madeireira na Amazônia cai pela metade em 11 anos Levantamento feito pelo Serviço Florestal Brasileiro, ligado ao Ministério do Meio Ambiente, e pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) mostra que o setor madeireiro vem sofrendo forte retração na região amazônica nos últimos anos. Em 2009, cerca de 14,2 milhões de metros cúbicos de madeira em tora foram produzidos, contra 28,3 milhões em 1998, o que significa diminuição de praticamente 50%. Em 2004, o volume foi de 24,5 milhões de metros cúbicos. A análise foi feita com base em entrevistas em 846 madeireiras (38% do total da região). VOLUME da produção madeireira na Amazônia cai pela metade em 11 anos. Globo Amazônia. Disponível em:<http://www.globoamazonia.com/Amazonia/0,,MUL1598415-16052,00VOLUME+DA+PRODUCAO+MADEIREIRA+NA+AMAZONIA+CAI+PELA+METADE+EM+ANOS.html> Acesso em: 11 jun. 2010.

Entre os motivos principais para a queda da produção madeireira entre 2004 e 2009 na Amazônia estão ( )A( )B( )C( )D( )E-

diminuição da fiscalização da extração da madeira legal, aumento do número de empresas madeireiras e aumento da demanda no mercado latino-americano. substituição da madeira nobre por outros produtos, como forros de PVC e esquadrias de alumínio, aumento da fiscalização da extração da madeira ilegal e crise econômica internacional que afetou as exportações. o câmbio do dólar alto não permitindo a exportação, aumento da extensão das fronteiras agrícolas e a grilagem das terras. criação de reservas extrativistas, greve dos fiscais do IBAMA que atuam na região e a crise econômica que atingiu o Brasil em 2009, diminuindo o consumo interno de madeira tropical. a produção de carvão vegetal, para abastecer siderúrgicas locais, a expansão das áreas de pastagens e compra de grandes áreas por investidores externos.

Questão 3 - Ciências Humanas (ENEM) - Democracia direta, indireta e representativa. - Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH010 Simples Escolha* Portal - 2010

Cidadão em defesa da sociedade Diante da quantidade de denúncias de corrupção divulgadas recentemente – entre elas a dos atos secretos do Senado, da farra das passagens da Câmara dos Deputados e dos Diários Secretos da Assembleia Legislativa do Paraná –, o cidadão comum pode pensar que cabe a ele apenas lamentar. Mas isso não é verdade. A Constituição Federal traz um instrumento jurídico chamado ação popular, que permite ao cidadão agir contra o poder público quando este comete atos lesivos ao patrimônio público, à moralidade administrativa, ao meio ambiente, entre outros. (DEDA, Rhodrigo. Gazeta do Povo – Vida e Cidadania, Curitiba, 14 maio 2010. Disponível em: http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1002775&tit=Cidadaoem-defesa-da-sociedade. Acesso em: 14 maio 2010. Com base no texto e tomando como referência a ação popular, depreende-se que ( )A-

a ação popular permite ao cidadão tomar parte de todas as decisões do poder público, como, por exemplo, decidir como será gasto o dinheiro arrecadado pelo IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano).

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )B-

todos os cidadãos podem ingressar com a ação popular para evitar desvios na conduta pública, mesmo aqueles que não estejam em dia com suas obrigações eleitorais ou que sejam menores de idade.

( )C-

tanto a sociedade civil quanto o Estado podem fazer uso da ação popular.

( )D-

todo cidadão tem poderes que muitas vezes desconhece. O voto consciente é uma das formas de se evitarem fatos como os descritos no texto. A participação política por meio do acompanhamento dos acontecimentos políticos, o controle dos políticos eleitos pelos cidadãos, além das ações individuais e coletivas – caso da ação popular, mediante a qual o cidadão pode acionar a justiça contra políticos corruptos –, podem ajudar a acabar com as situações de corrupção que ocorrem no País.

( )E-

A ação popular constitui uma das formas de exercício soberano do Estado, pois permite ao poder público fiscalizar diretamente e com poder de polícia a ação dos cidadãos.

Questão 4 - Ciências Humanas (ENEM) - Globalização, as novas tecnologias de telecomunicações e suas consequências. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH024 - Simples Escolha* Portal - 2010

Tecnologia e (des)emprego: breve síntese do debate atual As inovações tecnológicas desenvolvidas nas últimas décadas do século XX foram fortes o bastante para promover mudanças qualitativas no padrão de desenvolvimento das sociedades capitalistas. [...] As transformações produzidas pelas inovações tecnológicas no âmbito das comunicações e dos transportes conformam uma nova realidade. Uma realidade marcada pelas estratégias globais e pela segmentação das cadeias produtivas. As decisões de investimento agora, nesse novo contexto, consideram as especificidades das economias locais, permitindo que as grandes corporações tenham um grau de mobilidade nunca antes verificado. Como consequência, num primeiro momento, as atividades mais simples foram deslocadas aos países periféricos e num segundo estágio também atividades mais complexas. Estes fatos aliados ao processo de ajustamento tecnológico corroboram para uma piora significativa do nível de emprego verificado nos países centrais do capitalismo. RAUEN, André Tortato. Tecnologia e (des)emprego: breve síntese do debate atual. Revista Espaço Acadêmico, n. 2, ano VI, maio 2007 (mensal). Disponível em: <http://www.espacoacademico.com.br /072/72rauen.htm>. Acesso em: 28 maio 2010. As transformações produzidas pelas inovações tecnológicas nos países subdesenvolvidos ocasionaram consequências como ( )A-

o desemprego estrutural e o crescimento do trabalho informal.

( )B-

aumento da produtividade e dinamismo da economia.

( )C-

criações de novos postos de trabalho e desaparecimento do desemprego.

( )D-

geração cada vez maior de emprego formal e inflexibilização da mão de obra.

( )E-

aumento da remuneração do emprego e diminuição do desemprego.

Questão 5 - Ciências Humanas (ENEM) - Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH026 - Simples Escolha* Portal - 2010

Megadiversidade Campeão absoluto de biodiversidade terrestre, o Brasil reúne quase 12% de toda a vida natural do planeta. Concentra 55 mil espécies de plantas superiores (22% de todas as que existem no mundo), muitas delas endêmicas; 524 espécies de mamíferos; mais de 3 mil espécies de peixes de água doce; entre 10 e 15 milhões de insetos (a grande maioria ainda por ser descrita); e mais de 70 espécies de psitacídeos: araras, papagaios e periquitos. Quatro dos biomas mais ricos do planeta estão no Brasil: Mata Atlântica, Cerrado, Amazônia e Pantanal. Infelizmente, correm sérios riscos. Muitas áreas mantêm apenas 3 a 8% do que existia inicialmente, como a Mata Atlântica, que hoje guarda 7% de sua extensão original e o Cerrado, que possui apenas 20% de sua área ainda intocados.

3 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

CONSERVAÇÃO INTERNACIONAL – Brasil. Disponível em: <http://www.conservation.org.br/como/index.php?id=11>. Acesso em: 20 maio 2010. Em relação aos biomas citados no texto, observa-se que ( )A-

a maior parte do bioma Floresta Amazônica é recoberto de gramíneas e arbustos, com uma população de cerca de dois milhões de pessoas. É uma região que foi ocupada de forma ordenada e com planejamento baseado em critérios científicos.

( )B-

os biomas Mata Atlântica e Cerrado são os que mais sofreram e sofrem ações antrópicas, como o desmatamento para a ocupação, crescimento de cidades e expansão da atividade agropecuária.

( )C-

o bioma do Pantanal está localizado numa área de clima semiárido, apresenta solos arenosos e sua principal vegetação é a caatinga. As ações antrópicas nesse bioma são as queimadas, principalmente.

( )D-

entre os biomas citados no texto, o menos ameaçado atualmente é o Cerrado, porque toda a área intocada (20% de acordo com texto) foi transformada em unidade de conservação, o que significa que o ser humano não poderá alterá-lo.

( )E-

existe no Brasil uma preocupação com a conservação dos biomas, principalmente da Floresta Amazônica e do Cerrado, onde o governo brasileiro proibiu o desmatamento em todas as suas dimensões.

Questão 6 - Ciências Humanas (ENEM) - Democracia direta, indireta e representativa. - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH012 Simples Escolha* Portal - 2010

Estrutura falha Pesquisa divulgada pelo IBGE mostra que a maioria das cidades brasileiras não conta com estrutura voltada aos direitos humanos. A tabela mostra a porcentagem de municípios brasileiros e paranaenses que possuem órgãos de defesa dos direitos humanos.

4 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

5 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

DH = Direitos humanos LDO = Lei das Diretrizes Orçamentárias Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/edicaododia/?data=2010-05-14 23:00:00>. Acesso em: 14 maio 2010. De acordo com a tabela e tomando como referência os direitos humanos, conclui-se que ( )A-

o Estado do Paraná possui maior representatividade em órgãos como defensoria pública e políticas de direitos humanos tratadas na lei orgânica.

( )B-

nos municípios brasileiros, é inexistente o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Igualdade Racial, sendo tratados em conjunto com outros conselhos temas sobre o assunto.

( )C-

os órgãos que têm maior representatividade, tanto no Brasil como no Paraná, são os voltados para as crianças e os adolescentes.

( )D-

os conselhos tutelares estão presentes em apenas 30% dos municípios brasileiros e em 23, 5% dos municípios paranaenses.

( )E-

Apesar de existirem pequenos problemas, os órgãos de direitos humanos relacionados aos mais diversos temas, tais como crianças e adolescentes, idosos, portadores de necessidades especiais, homossexuais e questão racial, atendem à maioria das demandas, tanto no âmbito municipal quanto no âmbito federal.

Questão 7 - Ciências Humanas (ENEM) - Globalização, as novas tecnologias de telecomunicações e suas consequências. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH014 - Simples Escolha* Portal - 2010

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Marco Civil da web: como disciplinar sem censurar? O Brasil está às voltas com uma daquelas questões que requerem vigilância máxima: a criação de um Marco Civil da Internet. Apresentado à sociedade em outubro pelo Ministério da Justiça, com colaboração da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a proposta de projeto de lei pretende estabelecer regras para a web brasileira, prevendo direitos e deveres de cidadãos, provedores de acesso e governo em relação às atividades realizadas na rede. [...] A liberdade de expressão na web. Como algumas nações lidam com a questão.

SBARAI, R. & HONORATO, R. Marco Civil na web: como disciplinar sem censurar? Veja.com. Ciência e Tecnologia. 14 maio 2010. Disponível em: http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia-tecnologia/marcocivil-web-como-disciplinar-censurar-559914.shtml. Acesso em: 15 maio 2010. De acordo com o Marco Civil da web e segundo o modo como algumas nações lidam com a questão, depreende-se que ( )A( )B-

a proposta do projeto de lei pretende que a web seja regulamentada do jeito como está hoje, ou seja, sem o controle de conteúdos nem do histórico dos usuários por nenhum órgão do governo federal, nem mesmo do provedor da Internet. a China, a Coreia do Norte e o Irã permitem que todo conteúdo da rede seja acessado pelos usuários sem nenhum controle prévio, e o governo dos Estados Unidos faz buscas em provedores atrás de conteúdos proibidos.

( )C-

a proposta do projeto de lei estabelece que o acesso à Internet corresponda apenas à navegação, que a produção de conteúdos, o uso de ferramentas on-line e as redes sociais não serão regulamentadas, permanecendo como estão na legislação atual.

( )D-

essa lei, se for aprovada, não irá alterar em nada os conteúdos da web brasileira, porque aqui no País já ocorre um prévio controle por parte do governo.

( )E-

a proposta do projeto de lei pretende estabelecer regras para o uso da Internet brasileira, diminuindo infrações atualmente comuns na rede, como pedofilia, discriminação, incitação à violência, entre outros crimes, aumentando o controle da web sem tirar a liberdade daqueles que a utilizam corretamente.

Questão 8 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH040 - Simples Escolha* Portal - 2010

Ao mesmo tempo em que milhões de pessoas apreciam a Copa Mundial de Futebol, existem cerca de 215 milhões de crianças que devem trabalhar para sobreviver. A educação e os jogos são luxos para elas. O avanço na diminuição do trabalho infantil está mais lento e ficou mais difícil o caminho para erradicar as piores formas em 2016*. Necessitamos recuperar a velocidade. “Tomara que o campeonato mundial sirva de inspiração e possamos enfrentar este desafio com a energia, as políticas

6 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

7 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

e o compromisso que são requeridos para atingir as metas”, disse o Diretor-Geral da OIT, Juan Somavia. *2016 foi o ano escolhido pelos membros da OIT para erradicar as piores formas de trabalho infantil: escravidão, prostituição, atividades ilícitas e trabalhos que prejudiquem a saúde, a segurança e a moral da criança. OIT diz “marque um gol”: erradique as piores formas de trabalho infantil. Organização Internacional do Trabalho. Disponível em: <http://www.oitbrasil.org.br/topic/ipec/news/news_172.php>. Acesso em: 12 jun. 2010. De acordo com o texto e com referência ao trabalho infantil, conclui-se que ( )A( )B( )C( )D( )E-

programas de transferência de renda não são a solução para a redução da pobreza e do trabalho infantil. não existe trabalho infantil, o que existe é uma legislação que permite que crianças menores de 10 anos trabalhem em vários países do mundo, inclusive no Brasil. a maioria das crianças que trabalham está no setor secundário, isto é, em indústrias e recebendo todos os direitos trabalhistas, como carteira assinada, férias e FGTS. o trabalho infantil só ocorre nas grandes cidades porque é o local onde mais tem empregos. a maior parte do trabalho infantil tem sua origem na pobreza. As famílias pobres contam com a renda das crianças para complementação do orçamento familiar.

Questão 9 - Ciências Humanas (ENEM) - Estado e direitos do cidadão a partir da Idade Moderna. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH019 - Simples Escolha* Portal - 2010

JOUVENET, Jean. Luís XIV curando a escrófula. 1 óleo sobre tela, 1690. Igreja Abacial de Saint-Riquier. In: BURKE, Peter. A fabricação do rei: a construção da imagem pública de Luís XIV.

03/09/2010 08:03


Educacional

8 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Tradução de Maria Luiza. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994. p. 179. Sobre o contexto da obra acima, assinale a alternativa correta: ( )A-

Retrata a busca da monarquia francesa de legitimar a sua permanência no poder diante das inúmeras insurreições populares que desencadearam a Revolução Francesa.

( )B-

Foi pintada após a morte do rei Luís XIV, buscando dar uma conotação de santidade cristã e igualando-o à imagem dos santos, vistos como capazes de operar o milagre da cura.

( )C-

Demonstrava a superioridade do poder espiritual, da Igreja, sobre o poder temporal, da monarquia.

( )D-

Buscava afirmar o “toque sagrado” do monarca, capaz de operar curas milagrosas, por este estar dotado do direito divino de governar.

( )E-

Era uma forma de tentar legitimar o poder do rei, que era visto como usurpador por não ter tido o seu poder concedido pelo povo.

Questão 10 - Ciências Humanas (ENEM) - A luta pela conquista, Direitos sociais e Políticas afirmativas. - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH015 - Simples Escolha* Portal - 2010

Nessas olimpíadas, que Hitler organizou para consagrar a superioridade de sua raça, a estrela mais brilhante foi um negro, neto de escravos, nascido no Alabama. Hitler não teve outro remédio a não ser engolir quatro sapos: as quatro medalhas de ouro que Jesse James conquistou em velocidade e salto em distância. O mundo inteiro celebrou essas vitórias da democracia sobre o racismo. Quando o campeão regressou ao seu país, não recebeu nenhuma felicitação do presidente, nem foi convidado a ir à Casa Branca. Voltou à vida de sempre: entrou nos ônibus pela porta de trás, comeu em restaurante para negros, usou banheiros para negros, hospedou-se em hotéis para negros. GALEANO, Eduardo. Espelhos: uma história quase universal. Tradução de Eric Nepomuceno. Porto Alegre: L&PM, 2009. p. 277.

O texto faz referência ao sistema de segregação racial nos EUA, que: ( )A-

Havia sido extinto em 1865, com o final da Guerra de Secessão, mas perdurou em alguns estados dos EUA.

( )B-

Foi legalizado após a Guerra de Secessão nos EUA.

( )C-

Foi extinto quando Rosa Parks, uma ativista negra, recusou-se a ceder o seu lugar em um ônibus para um branco.

( )D-

Foi estabelecido logo após a Independência dos EUA, quando foi formada a Ku Klux Kan.

( )E-

Excluía os negros do direito de representarem os EUA em eventos esportivos internacionais.

Questão 11 - Ciências Humanas (ENEM) - Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente - Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH047 - Simples Escolha* Portal - 2010

03/09/2010 08:03


Educacional

9 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Disponível em: <http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/iotd.html>. Acesso em: 08 jun. 2010. EUA dizem que limpeza de petróleo no Golfo pode levar anos A empresa British Petroleum tenta duplicar a quantidade de óleo recolhida do seu poço acidentado no Golfo do México, mas a costa sul dos Estados Unidos ainda levará anos para consertar o estrago ambiental causado, disse a Guarda Costeira nesta segunda-feira. O almirante Thad Allen, que coordena a supervisão das operações por parte do governo, disse que a BP pretende recolher 20 mil barris, ou 3,2 milhões de litros, de petróleo por dia na atual fase da sua operação contra o pior vazamento de petróleo na história do país, que já afeta quase 200 quilômetros de litoral norte-americano. EUA dizem que limpeza de petróleo no Golfo pode levar anos. Gazeta do Povo. Caderno Mundo. 07 junho 2010. Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/mundo/conteudo.phtml?tl=1& id=1011445&tit=EUA-dizem-que-limpeza-de-petroleo-no-Golfo-pode-levar-anos>. Acesso em: 08 jun.2010. Reunindo-se as informações contidas na imagem e no texto, infere-se que ( )A-

a mancha de óleo (oil slick) que aparece na imagem está se deslocando em direção ao delta do Rio Mississipi, podendo alcançar a cidade de Nova Orleans, a mesma atingida pelo furacão Katrina alguns anos antes.

( )B-

a mancha de óleo (oil slick) que aparece na imagem pode se deslocar em direção ao Caribe, alcançando países como a Guiana, o Suriname e até mesmo o Brasil.

( )C-

o único tipo de estrago ambiental a que o texto está se referindo é o do vazamento de petróleo, o qual já foi contido pela empresa British Petroleum e que não causará nenhum dano econômico.

( )D-

a mancha de óleo (oil slick) não causará danos ao ecossistema marinho, pois se mantêm na superfície do mar do Golfo do México.

( )E-

a pressão pública vem aumentando sobre o governo dos Estados Unidos, único culpado pelo vazamento, para que feche o poço no fundo do mar e assuma total responsabilidade pelos danos provocados.

Questão 12 - Ciências Humanas (ENEM) - Relação homem-natureza, a apropriação dos recursos naturais pelas sociedades. Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH046 - Simples Escolha* Portal - 2010

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Crédito: Taiwan National Airborne Service/AFP “Um deslizamento de terra cobriu ontem a segunda estrada mais importante de Taiwan. Uma camada de pedras equivalente a um prédio de cinco andares se espalhou ao longo de um trecho de 300 metros da rodovia, deixando pelo menos três veículos soterrados.” Caminho interrompido. Jornal Gazeta do Povo, Caderno Mundo, Curitiba, 24 abr. 2010. Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/anteriores/?chave=deslizamento+de+terra& dia=3&mes=1&ano=2010&dia2=9&mes2=5&ano2=2010>. Acesso em: 9 maio 2010. Entre os fatores que podem ocasionar os deslizamentos e suas possíveis consequências, estão ( )A-

Ação natural, como a quantidade de água na rocha ou no solo, que não influencia na instabilidade da encosta, tendo como consequência perdas humanas.

( )B-

Ação antrópica com a retirada da cobertura vegetal e a construção em áreas de encosta, e consequentes perdas humanas e econômicas.

( )C-

Ação natural, como em locais de clima tropical, onde as temperaturas são baixas e o volume de chuva é pequeno, e ação antrópica, como em aterro de grandes áreas de planície; consequentemente, têm-se perdas humanas.

( )D-

Ação gravitacional, como o relevo, porque quanto maior o declive, maior é sua estabilidade; a consequência é a perda da biodiversidade.

( )E-

Ação natural, como o corte da encosta para a construção da estrada; consequentemente, têm-se perdas econômicas.

Questão 13 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH006 - Simples Escolha* Portal - 2010

Todos contra o Arizona Há uma semana, o consulado do Brasil em Los Angeles levou seu posto itinerante para Phoenix, capital do Arizona, como regularmente faz nas áreas que estão sob a sua jurisdição. Entretanto, dessa vez, o que chamou a atenção dos funcionários da representação foi a quantidade de brasileiros que manifestaram a vontade ou mesmo confirmaram a decisão de voltar ao Brasil. O motivo é a aprovação, no Estado, da Lei n.º 1.070, que torna criminosos os imigrantes que estejam em situação irregular no país. Apesar de só entrar em vigor dentro de três meses, a severa lei, assinada há uma semana pela

10 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

11 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

governadora Jan Brewer, já conquistou opositores em todo o país, motivou pedidos de boicote ao Estado e gerou reações de vários governos, como os do México e do Equador. O Arizona é o quinto maior Estado com imigrantes ilegais dos Estados Unidos: cerca de 500 mil dos quase 12 milhões estimados em todo o território americano. Segundo o instituto Pew Hispanic Center, nove em cada dez pessoas em situação irregular no Estado que faz fronteira com o México têm origem nesse país. Os brasileiros — entre os que têm e não têm documentação legal — no Arizona somam entre 5 mil e 7 mil, segundo o Itamaraty. A maioria deles vive na chamada Grande Phoenix, em cidades como Chandler, que possui 240 mil habitantes. FLECK, Isabel. Todos contra o Arizona. Correio Braziliense – Mundo, Brasília, 2 maio 2010. Disponível em: <http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/05/02/mundo,i=189992 /TODOS+CONTRA+O+ARIZONA.shtml>. Acesso em: 14 maio 2010. Com base no texto e considerando os impactos causados pela lei de imigração, depreende-se que ( )A-

a nova legislação, que faz parte da reforma migratória que está acontecendo nos Estados Unidos nos últimos anos, prevê que todos os imigrantes ilegais poderão tornar-se cidadãos estadunidenses.

( )B-

Os imigrantes latino-americanos, por serem nativos do próprio continente americano, são menos discriminados que asiáticos e africanos, sendo permitida a regularização de sua condição no Arizona.

( )C-

com a nova lei, fica mais fácil para o imigrante relatar um crime. Por exemplo, um trabalhador explorado pelo patrão, por ser imigrante ilegal, pode buscar seus direitos na Justiça do Arizona.

( )D-

a nova legislação torna crime estadual a presença de imigrante ilegal no Estado e permite que qualquer pessoa que cause suspeita seja abordada pela polícia.

( )E-

a nova legislação surtirá pouco efeito sobre imigrantes brasileiros, pois no Estado do Arizona representam parcela insignificante do problema.

Questão 14 - Ciências Humanas (ENEM) - Estrutura interna da terra, do solo e do relevo. Agentes modeladores do relevo. Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH002 - Simples Escolha* Portal - 2010

As placas móveis e o vulcanismo, assim como a interação entre a hidrosfera, a biosfera, a atmosfera e a Terra sólida, são manifestações da natureza dinâmica da Terra. Os terremotos são também uma indicação de que a Terra é um planeta inteiramente ativo. Por serem fenômenos naturais, assustadores e destrutivos, os terremotos sempre suscitaram um sentimento de medo e têm sido objeto de mitos e lendas. (REED, Wicander; MONROE, James S. Fundamentos de Geologia. Tradução Harue Ohara Avritcher. Revisão técnica Mauricio Antônio Carneiro. São Paulo: Cengage Learning, 2009, p. 184.) Embora nenhum lugar da Terra esteja a salvo da ocorrência de atividades sísmicas, a maioria dos terremotos ocorre nos chamados cinturões sísmicos. Por serem áreas muitas vezes densamente povoadas, trazem enormes prejuízos materiais e humanos. O cinturão sísmico onde mais ocorrem terremotos no Planeta é ( )A-

O Cinturão Mediterrâneo Asiático.

( )B-

O Cinturão Ártico.

( )C-

O Cinturão do Atlântico.

( )D-

O Cinturão da Antártica.

( )E-

O Cinturão de Fogo do Pacífico.

Questão 15 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH030 - Simples Escolha* Portal - 2010

03/09/2010 08:03


Educacional

12 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

03/09/2010 08:03


Educacional

13 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

BRASIL FOODS TRENDS 2020. Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e Departamento do Agronegócio – Deagro e Instituto de Tecnologia de Alimentos – Ital. Disponível em: <http://www.brasilfoodtrends.com.br/Brasil_Food_Trends/index.html>. Acesso em: 30 maio 2010. De acordo com os gráficos e tomando como referência as populações urbana e rural dos países, conclui-se que ( )A-

a China apresenta uma população rural menor que a urbana desde a década de 1990.

( )B-

a Índia apresenta população urbana maior que a população rural desde a década de 1980.

( )C-

a partir de 1995, houve um acréscimo da população rural da China.

( )D-

desde a década de 1970, a população urbana do Brasil é maior do que a rural.

( )E-

em todos os países, desde a década de 1980, ocorre a diminuição da população rural.

Questão 16 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH032 - Simples Escolha* Portal - 2010

Ahmadinejad rejeita negociação se Irã for sancionado O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse nessa terça-feira (8), em uma reunião de cúpula em Istambul, que o acordo firmado com Brasil e Turquia sobre combustível nuclear "é único", e que "se ocorrerem sanções, não haverá nova negociação". O líder iraniano afirmou que seu país tem sido ameaçado pela comunidade internacional, o que aumenta o desejo do Conselho de Segurança (CS) da ONU de impor novas sanções a Teerã. "Nós ainda esperamos que eles entendam e aproveitem essa oportunidade única." AHMADINEJAD rejeita negociação se Irã for sancionado. Gazeta do Povo. Caderno Mundo. 08 jun. 2010. Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/mundo/conteudo.phtml?tl=1&id=1011565&tit=Ahmadinejadrejeita-negociacao-se-Ira-for-sancionado>. Acesso em: 08 jun. 2010. Entre as possíveis sanções que o Irã sofrerá pelo Conselho de Segurança da ONU estão ( )A-

( )B-

medidas contra bancos iranianos no exterior, caso haja suspeitas de ligação com o programa nuclear e de mísseis; vigilância em transações com qualquer banco iraniano, incluindo o Banco Central; além de empresas e pessoas listadas enfrentarem o congelamento de bens e viagens internacionais. medidas como permitir que o país comercialize com qualquer país materiais, equipamentos, bens e tecnologia que podem contribuir com o programa nuclear iraniano, desde que seja observado pelo Conselho de Segurança.

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )C( )D( )E-

medidas contra a exportação de armas nucleares, mas não a importação delas de países como a Rússia e a China, aliados tradicionais do Irã. medidas como impedir a importação de tecnologias, tanto para uso pacífico como para uso militar. nenhuma medida será tomada, pois o Irã afirma que o seu programa nuclear é para fins pacíficos, como geração de energia elétrica.

Questão 17 - Ciências Humanas (ENEM) - Democracia direta, indireta e representativa. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH029 Simples Escolha* Portal - 2010

Eleições, no Império, eram um acontecimento muito especial. Nesses dias sempre solenes, marcados por uma liturgia cívica, o mais modesto cidadão vestia sua melhor roupa, ou a menos surrada, e exibia até sapatos, peça do vestuário tão valorizada entre aqueles que pouco tinham. Em contraste com essa maioria de gente nada refinada no trajar, destacava-se uma minoria sempre vestida com pompa e circunstância. Vestimenta de gala de autoridades civis, militares e eclesiásticas, roupas importadas — tudo de bom e do melhor compunha a indumentária de quem era mais que um cidadão qualquer e queria exibir em público essa sua privilegiada condição. Esse desfile de contrastes mostrava que as eleições representavam um momento de afirmação de hierarquias e distinções sociais. [...] A renda é que definia o lugar de cada cidadão nas eleições. [...] Após a reforma de 1845, quando a renda exigida para os votantes e eleitores já havia dobrado de valor, calcula-se que um trabalhador de café, que ganhava, em média, dois mil-réis por dia, ao término de 100 dias de labuta já teria o suficiente para votar. CAVANI, Suzana. Às urnas, cidadãos! Revista de História da Biblioteca Nacional. Rio de Janeiro: SABIN, ano 3, n. 26, nov. 2007. p. 57.

O texto demonstra: ( )A-

A intensa participação popular no processo eleitoral durante o Império.

( )B-

Que durante o Império a cidadania se estendeu a todos os indivíduos e não considerava a renda destes como exigência eleitoral.

( )C-

Que, apesar de haver certa participação popular dos votantes, as eleições reafirmavam as hierarquias sociais porque poucos eram os eleitores.

( )D-

Que as pessoas de posse só podiam demonstrar sua distinção social por meio das roupas que utilizavam, já que o processo eleitoral criava a igualdade entre os indivíduos.

( )E-

A importância dos sapatos como fator de distinção social, pois apenas as autoridades civis, militares e eclesiásticas os possuíam.

Questão 18 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH036 - Simples Escolha* Portal - 2010

A análise do PIB e da PEA fornece fortes indicações sobre a produção (e organização) do espaço geográfico. A tabela mostra a população ativa por setor de atividade e o PIB por setor de atividade de quatro países: Brasil, África do Sul, China e Índia.

De acordo com a tabela e com referência a população ativa e o PIB por setor de atividade dos países citados, depreende-se que

14 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

15 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )A-

( )B( )C( )D( )E-

o Brasil e a África do Sul possuem a maior porcentagem do PIB no setor terciário, porque nos últimos anos passaram a abrir suas fronteiras ao fluxo internacional de comércio e investimentos, além do aumento da produtividade industrial e consequente automação. tanto a população ativa por setor de atividade quanto o PIB se concentram no setor terciário em todos os países. a Índia é o país que possui a menor população ativa no setor primário, demonstrando que o país, comparando-se com os outros três da tabela, é o mais urbanizado. a África do Sul, por ser a sede da Copa do Mundo de futebol em 2010, teve um aumento significativo de população no setor primário e secundário porque o país precisou produzir mais para atender as pessoas que foram assistir aos jogos. o Brasil e a China possuem população ativa no setor terciário muito similar, porque ambos os países dependem do setor secundário para seu desenvolvimento.

Questão 19 - Ciências Humanas (ENEM) - Diferentes formas de organização da produção e suas diferentes experiências. Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH027 - Simples Escolha* Portal - 2010

[...] o homem deve trabalhar à semelhança de Deus. Ora o trabalho de Deus é a Criação. Toda a profissão que não cria é, pois, nociva ou inferior. Como o camponês, há que criar a colheita ou, pelo menos, transformar, como o artesão, a matéria-prima em objetos. À falta de criar, é preciso transformar — mutare, modificar — emendare, melhorar — meliorare. Por isso se condena o mercador que nada cria. Aqui reside uma estrutura mental indispensável à sociedade cristã, alimentada por uma teologia e uma moral desenvolvidas em regime pré-capitalista. LE GOFF, Jacques. Para um novo conceito da Idade Média: tempo, trabalho e cultura no Ocidente. Lisboa: Estampa, 1979. p. 90.

O texto demonstra que: ( )A-

O trabalho era visto como atividade inferior dentro da estrutura social e deveria se destinar àqueles que não entendem a Criação divina.

( )B-

A hierarquia do trabalho considerava superiores aqueles que modificam a mercadoria (mutare) sobre aqueles que não criam e limitam-se à colheita dos produtos que a natureza cria.

( )C-

O mercador era aquele que se dedicava apenas a melhorar (meliorare) a mercadoria e, por isso, era visto como inferior às demais atividades.

( )D-

O trabalho definia a teologia e a moral da sociedade.

( )E-

A concepção do trabalho na Idade Média está intrinsecamente relacionada à produção material.

Questão 20 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH017 - Simples Escolha* Portal - 2010

“Há poucos dias, as picaretas, entoando um hino jubiloso, iniciaram os trabalhos de construção da Avenida Central, pondo abaixo as primeiras casas condenadas. [...] No abrir das paredes, no ruir das pedras, no esfarelar do barro, havia um longo gemido. Era o gemido soturno e lamentoso do Passado, do Atraso e do Opróbrio*. A cidade colonial, imunda, retrógrada, emperrada nas suas velhas tradições, estava soluçando no soluçar daqueles apodrecidos materiais que desabavam. Mas o hino claro das picaretas abafava esse protesto impotente. Com que alegria cantavam elas — as picaretas regeneradoras! E como as almas dos que ali compreendiam bem o que elas diziam, no seu clamor incessante e rítmico, celebrando a vitória da higiene, do bom gosto e da arte! (ano 1, nº 3, mar.1904. Kosmos).” Disponível em: <http://www.revistatemalivre.com/> Acesso em maio. 2010. *Opróbrio: vergonha, afronta, vexame, desonra.

O texto acima se refere à reforma urbana do Rio de Janeiro, empreendida durante o governo de Pereira Passos, também chamado de “Bota Abaixo”. Essa reforma buscava: ( )A-

Dentro do espírito da Belle Époque, dar ao Rio de Janeiro semelhanças aos contornos urbanos da cidade de Paris, que passara por uma reforma semelhante durante o governo de Napoleão III.

( )B-

O saneamento das regiões periféricas do Rio de Janeiro, onde a população pobre se concentrava em cortiços.

( )C-

O abandono das políticas agrárias para a prioridade das questões urbanas.

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )D-

A valorização do patrimônio histórico colonial, que deveria ser preservado e inserido nas novas construções.

( )E-

Definir os novos espaços urbanos e livrar-se do “Passado” e do “Atraso” que caracterizaram o Brasil colonial, quando esses espaços foram determinados sob a influência das culturas indígenas e africanas.

Questão 21 - Ciências Humanas (ENEM) - Grupos sociais em conflito no Brasil imperial e a construção da nação. - Valor: 2,00 ID: ENEM10CIH025 - Simples Escolha* Portal - 2010

Em terra onde todos são barões não é possível um acordo coletivo durável, a não ser por uma força exterior respeitável e temida. HOLANDA, Sérgio Buarque. Raízes do Brasil. Lisboa: Gradiva, 2000.

A República consolidou-se inclusive com o apoio de numerosos ex-monarquistas. O antigo regime, apesar de declarado oficialmente morto, ressurgiu e sobreviveu sob outras formas. Na prática o barão do Império desapareceu apenas simbolicamente, já que o governo republicano cassou todos os títulos nobiliárquicos* e comendas. A troca de regime não trouxe, em boa parte do país, necessariamente mudanças das famílias dominantes locais. A força da tradição persistiu, garantindo a continuidade das antigas práticas políticas. A terra continuava sendo a principal fonte de riqueza e poder. AMARAL, Sonia Guarita. O Brasil como Império. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009. p. 366. *Títulos nobiliárquicos: títulos de nobreza.

Comparando os dois fragmentos textuais acima e relacionando-os à mudança do governo monárquico para o republicano, podemos afirmar que: ( )A-

A República foi a força exterior, respeitável e temida, que extinguiu a sociedade hierárquica do Império.

( )B-

Os barões do Império eram monarquistas e, com o advento da República, perderam seus privilégios com a extinção dos títulos nobiliárquicos e das comendas.

( )C-

Os barões eram grandes proprietários de terra e estes, mesmo sem terem mais os títulos nobiliárquicos, formaram as oligarquias dominantes na República Velha.

( )D-

A República tentou remover o poder dos antigos barões, mas não era uma força suficientemente respeitável e temida.

( )E-

Os barões que eram monarquistas durante o Império perderam seus privilégios com a Proclamação da República.

Questão 22 - Ciências Humanas (ENEM) - Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH028 - Simples Escolha* Portal - 2010

Usinas no Rio Tapajós alagarão áreas protegidas As cinco hidrelétricas que o governo planeja construir na região do rio Tapajós, no Pará, afetarão diretamente 871 km² de áreas protegidas de floresta, uma área equivalente à metade da cidade de São Paulo. O cálculo foi feito pela Folha com base em dados do estudo de inventário hidrelétrico dos rios Tapajós e Jamanxim, produzido pela Eletronorte e pela Camargo Corrêa. Segundo o relatório, preliminar, deverão ser alagadas pelos reservatórios das usinas porções de dois parques nacionais e três florestas nacionais. Somados, os reservatórios das cinco hidrelétricas terão 1.979 km² de área. ANGELO, Cláudio. Usinas no Rio Tapajós alagarão áreas protegidas. Folha online – Ambiente. São Paulo, 15 maio 2010. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente/ult10007u735513.shtml>. Acesso em: 30 maio 2010. De acordo com o texto e tomando como referência os impactos ambientais produzidos pela construção

16 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

17 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

de usinas hidrelétricas, infere-se que ( )A-

a construção de barragens é muito bom para o desenvolvimento da região, pois não ocasiona nenhum tipo de impacto socioambiental.

( )B-

as pessoas atingidas pela construção das barragens saem de suas terras com o pagamento de indenizações justas e com uma outra área já destinada ao reassentamento.

( )C-

os principais impactos ocasionados pela construção de barragens são o desmatamento, o crescimento explosivo de cidades no entorno do lago, a perda de terras férteis para a agricultura e a perda de bens materiais das pessoas que vivem na região.

( )D-

essas áreas que serão alagadas pelas barragens, citadas no texto, não são áreas importantes do ponto de vista ecológico.

( )E-

o maior problema da construção dessas usinas na região é que toda a energia produzida será exportada para a Venezuela, ou seja, o impacto ambiental é aqui no Brasil, mas as vantagens da energia irão para outro país.

Questão 23 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH045 - Simples Escolha* Portal - 2010

Ratzel elabora o conceito de 'espaço vital'; este representaria uma proporção de equilíbrio de uma dada sociedade e os recursos disponíveis para suprir suas necessidades, definindo, portanto, suas potencialidades de progredir e suas premências territoriais. Disponível em: <http://www.webartigos.com/articles/31581/1/Ratzel-A-Geografia-Ratzeliana/pagina1.html>. Acesso em: 12 jun. 2010.

[...] Hitler salientava para seus companheiros apolíticos, chefes militares e funcionários a necessidade de a Alemanha obter espaço vital no leste da Europa, se necessário pela força. Numa seleta reunião em novembro de 1937, ele disse: ‘Não se trata de conquistar povos, mas sim de espaços agriculturáveis”. HENIG, Ruth. As origens da Segunda Guerra Mundial. São Paulo: Ática 1991. p. 55.

Ameaçado pela noção do “espaço vital”, uma das razões teóricas para a Segunda Guerra Mundial, o governo de Getúlio Vargas decide ocupar os vazios do Brasil Central. Em pleno século vinte, uma enorme parte do território ainda era desconhecida, hostil, mitológica para a maior parte dos brasileiros. Disponível em: <http://klepsidra23/colonização-ms.htm>. Acesso em: 01 jun. 2010.

Pela leitura dos três textos, podemos concluir que: ( )A-

O espaço vital foi um argumento utilizado pelos governos que não possuíam terras agriculturáveis e justificou a ocupação dos sudetos, por Hitler, e da Região Oeste, brasileira, por Getúlio Vargas.

( )B-

As anexações realizadas por Hitler foram questionadas pelas principais nações europeias, que consideravam acertadamente que a Alemanha não interromperia sua expansão caso concordassem com as primeiras ocupações.

( )C-

A teoria do “espaço vital” foi usada pelo governo de Getúlio Vargas para promover o povoamento e a exploração econômica de algumas regiões que poderiam ser consideradas desocupadas por outras nações.

( )D-

Hitler anexou no final da década de 1930 regiões como o Sudetos, Áustria e Tchecoslováquia, Polônia e URSS, usando o pretexto da necessidade de obter terras agriculturáveis para a Alemanha.

( )E-

Apenas a Alemanha tentou utilizar o argumento do “espaço vital” para legitimar as suas ocupações no princípio do século XX. As demais nações europeias seguiam o princípio de independência e autodeterminação dos povos.

Questão 24 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH043 - Simples Escolha* Portal - 2010

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

A Guerra do Vietnã, conduzida pelos Estados Unidos, também se inclui entre as guerras silenciosas. Depois de afirmar que a sorte do “mundo livre” estava sendo jogada no Sudeste Asiático segundo a “teoria do dominó”, os Estados Unidos se “desengajaram” nas condições que sabemos. A sombra do Vietnã pesou sobre toda a política americana ao longo da década que se seguiu à sua retirada inglória. [...] A Guerra do Vietnã alimenta o imaginário americano: em dez anos, foram-lhe dedicados duzentos romances, dezenas de documentários pela televisão, numerosos filmes, entre eles Apocalypse now e O franco- atirador. De volta da guerra, o herói dessas obras de ficção é, no máximo, um sobrevivente, quando não um louco. Mas o sistema americano recupera tudo, até os remorsos e a vergonha. Em maio de 1985, Rambo – Programado para matar chega às telas [...]. Justiceiro, vingador, reparador dos erros cometidos em relação aos ex-combatentes do Vietnã, o herói do filme Rambo extermina hordas de comunistas, vietnamitas e soviéticos, afirma que a derrota na guerra se deveu à “punhalada pelas costas” dos políticos, e desperta o entusiasmo do presidente Reagan. PROST, Antoine; VINCENT, Gérard. História da vida privada: da Primeira Guerra a nossos dias. Tradução de Denise Bottmann. São Paulo: Companhia das Letras, 2009. p. 194-195.

Qual a leitura que os estadunidenses fazem da Guerra do Vietnã, apreendida pelo texto: ( )A-

É considerada uma vergonha nacional, uma “punhalada pelas costas” pela maneira com que foi firmado o Acordo de Paris, em 1973, que incluiu a retirada imediata de todas as tropas estadunidenses do Vietnã.

( )B-

A guerra do Vietnã foi recuperada pela filmografia e, destituída de remorsos ou vergonha, mantém o sentimento de orgulho nacional.

( )C-

Não foi superado pela sociedade estadunidense por envolver uma derrota dos soldados estadunidenses para os soviéticos.

( )D-

Demonstra o destaque político que a Guerra do Vietnã teve, na década de 1970, quando se deu o retorno dos soldados envolvidos no conflito.

( )E-

Possui leituras contraditórias, enquanto grande parte da sociedade se identifica com filmes que retratam os combatentes como um sobrevivente ou como um louco, outros, como Rambo, enfatizam a coragem e a bravura dos soldados estadunidenses.

Questão 25 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH022 - Simples Escolha* Portal - 2010

Brasil é o campeão do lixo eletrônico entre emergentes O Brasil é o mercado emergente que gera o maior volume de lixo eletrônico per capita a cada ano. O alerta é da ONU, que nessa segunda-feira, 22, lançou seu primeiro relatório sobre o tema e advertiu que o Brasil não tem nem estratégia para lidar com o fenômeno, e o tema sequer é prioridade para a indústria. O Brasil é também o país emergente que mais toneladas de geladeiras abandona a cada ano por pessoa e um dos líderes em descartar celulares, TVs e impressoras. O estudo foi realizado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma).

18 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

CHADE, Jamil. Brasil é o campeão do lixo eletrônico entre emergentes. Estadão.com.br, São Paulo, 22 fev. 2010. Disponível em: <http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,brasil-e-o-campeao-do-lixoeletronico-entre-emergentes,514495,0.htm>. Acesso em: 28 maio 2010. De acordo com o gráfico e tomando como referência o lixo eletrônico, conclui-se que ( )A-

na China, o lixo eletrônico gerado é recolhido e reciclado para a recuperação de metais valiosos, como o ouro, tendo o país as mais altas taxas de reciclagem de produtos eletrônicos do mundo.

( )B-

no Brasil, todo o lixo eletrônico é recolhido e reciclado, porque é o único país dentre os emergentes que tem tecnologia de reciclagem de produtos perigosos, como mercúrio, chumbo, cádmio.

( )C-

a produção mundial de lixo eletrônico está caindo, porque todos os países, principalmente os emergentes, estão fazendo a reciclagem e o reaproveitamento da matéria-prima.

( )D-

o crescimento econômico dos países emergentes gerou um aumento do consumo de eletroeletrônicos; com isso, veio a geração de montanhas de resíduos perigosos e com consequências graves para o ambiente e a saúde pública.

( )E-

no Brasil, há anos existe legislação específica para o descarte de resíduos eletrônicos – a chamada Lei da Reciclagem de produtos eletroeletrônicos.

Questão 26 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH041 - Simples Escolha* Portal - 2010

Texto 1 Mas de repente o tumulto cessava. Todos se quedavam ofegantes, olhares presos no extremo da latada junto à porta do santuário, aberta e enquadrando a figura singular de Antônio Conselheiro. Este abeirava-se de uma mesa pequena. E pregava... Por que não pregar contra a República? Pregava contra a República; é certo. O antagonismo era inevitável. Era um derivativo à exacerbação mística; uma variante forçada ao delírio religioso.

19 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

20 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Mas não traduzia o mais pálido intuito político; o jagunço é tão inapto para apreender a forma republicana como a monárquico-constitucional. Ambas lhe são abstrações inacessíveis. É espontaneamente adversário de ambas. Está na fase evolutiva em que só é conceptível o império de um chefe sacerdotal ou guerreiro. Disponível em: <http://www.culturabrasil.pro.br/sertoes.htm#terra%20I>. Acesso em: 24 jun. 2010.

Texto 2

AGOSTINI, Ângelo. Antônio Conselheiro rechaça a República, in: Revista Ilustrada c. 1896. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Conselheiro_Revista_Ilustrada.jpg>. Acesso em: 24 jun. 2010.

A leitura dos textos acima permite a seguinte observação: ( )A-

Os textos 1 e 2 demonstram as perigosas convicções políticas que motivaram o levante de Canudos e a necessidade de intervenção do exército para conter a revolta.

( )B-

O texto 1 defende que os revoltosos de Canudos não eram republicanos ou monarquistas, por não terem condições de compreender o significado político dessas palavras, enquanto o texto 2 defende a visão oficial do movimento.

( )C-

Os dois textos buscam demonstrar a miséria da população de Canudos. Enquanto a charge retrata-os com vestimentas modestas, o texto 2 demonstra a carência econômica da população, por meio da simplicidade de seu mobiliário, como a mesa pequena de Antônio Conselheiro.

( )D-

O texto 1 enfatiza o fato de que o líder de Canudos, Antônio Conselheiro, possuía tendências políticas monarquistas.

03/09/2010 08:03


Educacional

21 de 31

( )E-

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

A charge ratifica a visão do texto, ao retratar Antônio Conselheiro como um chefe sacerdotal e guerreiro daquela população.

Questão 27 - Ciências Humanas (ENEM) - Globalização, as novas tecnologias de telecomunicações e suas consequências. Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH018 - Simples Escolha* Portal - 2010

Europa faz corte de 220 bi de euros contra a crise Em uma tentativa de dar sinais claros ao mercado de que vai lidar com seu déficit, a Europa já acumula um corte de 220 bilhões de euros em seus orçamentos nacionais em quatro anos. O valor seria equivalente a R$ 500 bilhões, um corte de mais de 50% do orçamento público brasileiro em um ano. [...] A crise que começou na Grécia não apenas se proliferou pela Europa como agora exige que até os países que se diziam imunes iniciem cortes profundos em seus gastos. Para sindicatos, é o “modelo social europeu” que está sendo atacado com os cortes em direitos conquistados nos últimos 50 anos. O valor de 220 bilhões de euros ainda pode aumentar nas próximas semanas diante da indicação de que um número cada vez maior de governos vem preparando planos de austeridade, como é o caso da Dinamarca. AGÊNCIA ESTADO. Europa faz corte de 220 bi de euros contra crise. Jornal Gazeta do Povo online – Economia, Curitiba, 26 maio 2010. Disponível em: <http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?tl=1&id=1007236&tit=Europafaz-corte-de-220-bi-de-euros-contra-crise>. Acesso em: 26 maio 2010. Com base no texto e tomando como referência a crise financeira que assolou a zona do euro, depreende-se que ( )A-

a Grécia já superou a crise e atualmente empresta dinheiro para países endividados, como a Alemanha.

( )B-

não há perigo de a crise chegar ao Brasil, porque não há ligação financeira entre as economias mundiais.

( )C-

países como Reino Unido, Portugal, Países Baixos e Itália também estão com endividamento alto, bem acima do limite imposto pela UE, e têm dificuldade de tirar as contas do vermelho.

( )D-

que a Grécia já está fora da zona do euro, porque a União Europeia, em sua Constituição, não permite países endividados.

( )E-

a Grécia gastou bem mais do que podia nas últimas décadas, pedindo empréstimos e aumentando sua dívida.

Questão 28 - Ciências Humanas (ENEM) - Conflitos político-culturais pós-Guerra Fria e reorganização política internac. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH016 - Simples Escolha* Portal - 2010

Riscos e oportunidades Dos fatores que deram forma ao atual Oriente Médio (o Islã, o Império Otomano, o colonialismo europeu, a fundação do Estado de Israel, o poder americano e o petróleo), a história só se encerrou para o Império Otomano e os impérios europeus. E, mesmo assim, seus legados continuam importantes. [...] Juntos, esses fatores geram potencial para conflitos violentos. São relativamente poucas as oportunidades de prosperidade mais compartilhada, mais liberdade e paz. SMITH, Dan. O atlas do Oriente Médio: conflitos e soluções. Tradução Mario Vilela. São Paulo: Publifolha, 2008. p. 106. De acordo com o texto e tomando-se como referência os conflitos no Oriente Médio, infere-se que ( )A-

o conflito entre Israel e a Palestina está relacionado à questão da terra, porque quem pode viver nela controla seu uso; ao uso israelense dos recursos hídricos; e a questões históricas, pois a cidade de Jerusalém é considerada sagrada por judeus, cristãos e muçulmanos.

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )B-

o conflito entre a Arábia Saudita e Israel é decorrente do antagonismo político, pois a Arábia Saudita é aliada à Rússia, e Israel, aos Estados Unidos.

( )C-

Irã e Iraque entraram em conflito várias vezes durante os últimos anos, tendo como motivo principal a democracia instalada no Irã após a Revolução de 1979.

( )D-

o conflito entre os curdos e os iraquianos foi vencido pelos curdos, que obtiveram o reconhecimento do seu território, criando um novo país ao norte do Iraque – o Curdistão.

( )E-

o conflito que ocorreu entre a Arábia Saudita e Israel no final do século XX foi causado pela tentativa dos árabes de reaver parte do território anexado por Israel.

Questão 29 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH039 - Simples Escolha* Portal - 2010

Texto 1 Quão distantes de nós estão os outros povos habitão o mesmo continente sul-americano... Quando nós descançamos, elles lutão. Quando nós nos irmanamos, elles se hostilisão... O governo-monarchicohereditário, que é sem dúvida um verdadeiro escolho*, onde se vem quebrar os desejos de ambição e por sua estabilidade se torna um poderoso alimento de ordem e de prosperidade.” *Escolho: obstáculo Domingos Antônio Raiol em seu O Brasil Político. Citado por MAXWELL. Kenneth. Mais malandros: ensaios tropicais e outros. Tradução de Mirtes Frange de Oliveira Pinheiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002. p. 192.

Texto 2 As guerras estrangeiras, como métodos políticos, sempre foram encaradas pelo país como importunas e até criminosas, e nesse sentido especialmente a Guerra do Paraguai não deixou de sê-lo; os voluntários que a ela acudiram em, de fato, muito pouco por vontade própria. LIMA, Oliveira. Citado em: HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Lisboa: Gradiva, 2000. p. 184.

Os dois textos evidenciam a projeção de uma ideia sobre o povo brasileiro que tem por princípio: ( )A-

A população brasileira é cordial e mesmo em situações de guerra, como aquela que se realizou contra o Paraguai, busca agir sem violência e de forma humanitária.

( )B-

A monarquia brasileira era considerada um sistema político superior à república das demais nações sul-americanas, já que conquistara, sem o uso da violência, a pacificação do território nacional.

( )C-

A nação brasileira é formada por um povo pacífico e brando.

( )D-

A cordialidade do povo brasileiro fazia com que o Brasil se mantivesse pacífico, mesmo trazendo tantas contradições como, por exemplo, a escravidão.

( )E-

O estado monárquico era valorizado como capaz de impedir ambições de enriquecimento e por isso promovia uma melhor distribuição da renda.

Questão 30 - Ciências Humanas (ENEM) - Mundo ocidental: Movimentos culturais e seus impactos na vida política e social. Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH023 - Simples Escolha* Portal - 2010

A atrofia da imaginação e da espontaneidade do consumidor cultural hoje não tem necessidade de ser explicada em termos psicológicos. Os próprios produtos, desde o mais típico, o filme sonoro, paralisam aquelas faculdades pela sua própria constituição objetiva. Eles são feitos de modo que a sua apreensão adequada, se exige, por um lado, rapidez de percepção, capacidade de observação e competência específica, por outro lado é feita de modo a vetar, de fato, a atividade mental do espectador, se ele não quiser perder os fatos que, rapidamente, se desenrolam à sua frente. Aquele que se mostra de tal forma absorvido pelo universo do filme, gestos, imagens, palavras [...] não estará, necessariamente por isso, no ato da representação, ocupado com os efeitos particulares da fita. Os outros filmes e produtos culturais, que necessariamente deve conhecer, tornam-se tão familiares às provas de atenção requeridas que estas se automatizam. A violência da sociedade industrial opera nos homens de vez por todas. Os produtos da indústria cultural podem estar certos de serem consumidos, mesmo em estado de distração.

22 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

23 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

ADORNO, Theodor. Indústria cultural e sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

Uma conclusão a que se pode chegar sobre o texto é: ( )A-

Da exigência da sociedade de que a cultura venha na forma de diversão.

( )B-

A absorção da cultura na sociedade atual exige percepção aguçada, rapidez de raciocínio e alto grau de concentração do espectador.

( )C-

De que a cultura é consumida como mercadoria.

( )D-

Que existe uma separação entre a cultura e o entretenimento, em uma sociedade que produz para diversos níveis intelectuais de consumidores.

( )E-

Que a distração com que os espectadores veem um filme, por exemplo, não lhes permite atingir toda a particularidade do espetáculo e, por isso, não conseguem apreender os elementos culturais ali envolvidos.

Questão 31 - Ciências Humanas (ENEM) - Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH042 - Simples Escolha* Portal - 2010

Crise financeira não diminuiu o ritmo da imigração mundial em 2009 O mundo pode estar passando pelo pior momento econômico dos últimos 70 anos, mas a migração internacional, uma força cada vez maior, dá poucos sinais de recuo. Globalmente, o número de migrantes não diminui, e no ano passado eles enviaram mais dinheiro para casa do que o previsto. Muitos migrantes perderam seus empregos, mas poucos decidiram voltar para casa, mesmo se alguém pagasse. Em alguns lugares, a demanda por mão de obra estrangeira cresceu. [...] PARLE, Jason de. Crise financeira não diminuiu o ritmo da imigração mundial em 2009. G1 Mundo. 12 jun. 2010. Disponível em: < http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/06/crise-financeiranao-diminuiu-o-ritmo-da-imigracao-mundial-em2009.html>. Acesso em: 12 jun. 2010. Com base nas informações contidas no texto e com referência à imigração mundial, depreende-se que

( )A( )B( )C( )D( )E-

países como o Japão e a Espanha pagaram a todos os imigrantes que entraram legalmente no país nos últimos anos para que retornassem ao seu país de origem. no mundo todo, a crise aumentou o crescimento da migração, mas o número de migrantes está diminuindo. apesar da crise econômica mundial a imigração continua fortemente em alguns países do mundo, como alguns da Europa e Estados Unidos. E a xenofobia cresceu em alguns lugares, às vezes chegando à violência, como na África do Sul em 2008. com a crise os imigrantes deixaram de enviar dinheiro para seus países natais. nos Estados Unidos e na Europa não há problemas de racismo ou xenofobia, pois os direitos dos imigrantes são respeitados, principalmente dos latino-americanos, africanos e asiáticos.

Questão 32 - Ciências Humanas (ENEM) - Conflitos político-culturais pós-Guerra Fria e reorganização política internac. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH021 - Simples Escolha* Portal - 2010

O presidente eleito nem tentou esconder seu ceticismo em relação a Gorbatchev. Reagan os havia apresentado nos últimos dias de sua Presidência. “Sei o que as pessoas estão lhe dizendo, agora que ganhou as eleições”, disse Gorbatchev ao novo líder americano durante um almoço na Governors Island. “Que você tem que ir devagar, tem de ser cauteloso, tem de rever tudo. Que não pode confiar em nós, que o que estamos fazendo é puro jogo.” Mas ele não estava jogando, disse o líder russo a Bush, olho no olho. “Você logo verá. Não vou enfraquecê-lo, surpreendê-lo ou ludibriá-lo. Estou fazendo isso porque preciso. Estou fazendo isso porque há uma revolução em andamento em meu país. Eu dei início a ela. E todos me aplaudiram em 1986, quando fiz isso, e agora não estão gostando muito. Apesar de tudo, será uma revolução.”

MEYER, MICHAEL. 1989: o ano que mudou o mundo: a verdadeira história da queda do Muro de Berlim. Tradução de Pedro Maia Soares. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009. p. 52. 03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

O texto faz referência a qual acontecimento da história russa? ( )A-

À revolução de Gorbatchev, que pretendia uma reformulação do socialismo na URSS e era visto com desconfiança pelo presidente dos EUA.

( )B-

À queda do Muro de Berlim, em 1989, após a derrocada da URSS.

( )C-

Às tensões e às desconfianças existentes na relação entre os presidentes dos EUA e da URSS no apogeu da Guerra Fria.

( )D-

À Revolução Russa de 1986, que alinhou a URSS ao socialismo.

( )E-

À Revolução Russa de 1986, quando o presidente russo Gorbatchev rompeu com o socialismo e estabeleceu o capitalismo na URSS, através da perestroika.

Questão 33 - Ciências Humanas (ENEM) - Globalização, as novas tecnologias de telecomunicações e suas consequências. Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH044 - Simples Escolha* Portal - 2010

'Webcidadania' avança no Brasil e muda o foco da participação política No momento em que as campanhas eleitorais no Brasil parecem acordar para o potencial da internet, montando estratégias e equipes para fisgar o voto na rede, iniciativas na web sem vínculo partidário ajudam o cidadão a participar da vida pública e fiscalizar a classe política. São ferramentas digitais que invertem o eixo da participação na vida pública: de simples receptores das mensagens de políticos e partidos, os cidadãos passam a ter voz ativa na organização de suas demandas. O que antes tomava papel, telefone, carros de som e horas de reuniões hoje pode ser feito em poucos cliques — de listar problemas do bairro a monitorar o trabalho de deputados e senadores em Brasília. GUIMARÃES, Thiago. G1 Eleições 2010. 13/06/2010. Disponível em: <http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/06/webcidadania-avanca-no-brasil-e-muda-o-foco-da-participacaopolitica.html>. Acesso em: 13 jun. 2010.

As ferramentas da rede nesse momento eleitoral são importantes porque ( )A-

podem ajudar o internauta a acompanhar projetos de lei em tramitação no Congresso, transformar o cidadão em fiscal da votação nas eleições e dar mais transparência a sites públicos.

( )B-

por meio delas há possibilidade de se checar todas as denúncias envolvendo políticos e retirá-los sumariamente de seus cargos. auxiliam o aumento de conflitos internos no país, portanto o governo está proibindo seu uso entre os cidadãos, demonstrando claramente um processo de democracia. como de norte a sul do país a rede abrange todos os lares, fica mais fácil reclamar sobre os direitos dos cidadãos, principalmente os relacionados com as eleições. na realidade, não há necessidade da utilização dessas ferramentas, porque aqui no país tudo é feito com transparência e seriedade, dispensando o uso delas.

( )C( )D( )E-

Questão 34 - Ciências Humanas (ENEM) - Industrialização brasileira, urbanização e as transformações sociais. - Valor: 2,00 ID: ENEM10CIH013 - Simples Escolha* Portal - 2010

O clima político transformou-se. Antes do suicídio havia uma atmosfera de hostilidade contra o presidente. Agora havia uma onda de indignação contra seus atormentadores. As ruas encheram-se de manifestantes pró-Getúlio, que atacaram a sede do jornal conservador O Globo. Lacerda passou de herói a homem caçado e logo deixou o Brasil para um prolongado exílio. Com seu suicídio, Getúlio virou o feitiço contra o feiticeiro contra seus inimigos da UDN e militares. Ele havia neutralizado o que eles planejaram ser uma esmagadora vitória política, pois não queriam apenas a remoção de Getúlio mas também a reversão da política e o desmantelamento de sua rede política. Essa agenda era agora impossível, dado o estado da opinião pública. Getúlio podia estar morto mas sua influência estava bem viva. SKIDMORE, Thomas E. Uma história do Brasil. São Paulo: Paz e Terra, 2003. p. 194-195.

24 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

25 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Assinale a alternativa que possui coerência com o momento histórico a que o texto se refere: ( )A-

O presidente Getúlio Vargas sofria pressões da sociedade para o restabelecimento das liberdades democráticas, suprimidas pelo Estado Novo, e os militares e os políticos da UDN eram porta-vozes desse clamor popular.

( )B-

A população oscilava entre o apoio a Getúlio Vargas, que havia dado aos trabalhadores urbanos e rurais inúmeros direitos trabalhistas, e a oposição ao Presidente, envolvido em um “mar de lama” de denúncias de corrupção.

( )C-

O presidente Getúlio Vargas foi pressionado a renunciar ao governo após o atentado contra o jornalista Carlos Lacerda, que liderava a UDN. Os militares estavam preparados para interceder, por meio de um golpe, para destituir o presidente.

( )D-

O gesto extremo de Getúlio Vargas propiciou a manutenção de sua influência política e garantiu a posse do seu vice, João Goulart.

( )E-

O Brasil vivia um momento de fragilidade de suas instituições democráticas, e a imprensa atuava de maneira conciliatória com o Estado.

Questão 35 - Ciências Humanas (ENEM) - Geopolítica e conflitos entre os séculos XIX e XX. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH011 Simples Escolha* Portal - 2010

Jamais a face do globo e a vida humana foram tão dramaticamente transformadas quanto na era que começou sob as nuvens em cogumelos de Hiroxima e Nagasaki. Mas como sempre a história tomou apenas consciência marginal das intenções humanas, mesmo as dos formuladores de decisões nacionais. A verdadeira transformação social não foi pretendida nem planejada. E de qualquer modo, a primeira contingência que se teve de enfrentar foi o imediato colapso da grande aliança antifascista. Assim que não mais houve um fascismo para uni-los contra si, capitalismo e comunismo mais uma vez se prepararam para enfrentar um ao outro como inimigos mortais. HOBSBAWM, Eric. Era dos extremos: o breve século XX: 1914-1991. Tradução de Marcos Santarrita. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 177.

O texto faz referência: ( )A-

À consciência desenvolvida pelos dirigentes das principais potências ao final da Segunda Guerra Mundial da necessidade de atitudes que impedissem o surgimento de uma nova guerra.

( )B-

Ao fim da política de coexistência pacífica entre URSS e EUA durante a Segunda Guerra Mundial.

( )C-

À situação de desequilíbrio mundial provocada pela derrota do fascismo europeu.

( )D-

Ao nascimento da Guerra Fria como consequência das explosões nucleares no Japão.

( )E-

Ao eminente descontrole das potências mundiais ao final da Segunda Guerra Mundial e que resultaram nas bombas atômicas lançadas em Hiroxima e Nagasaki.

Questão 36 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH037 - Simples Escolha* Portal - 2010

A metade do século XIX marca o começo da maior migração dos povos da História. Seus detalhes exatos mal podem ser medidos, pois as estatísticas oficiais, tais como eram feitas então, não conseguem capturar todos os movimentos dos homens e mulheres dentro dos países ou entre Estados: o êxodo rural em direção às cidades, a migração entre as regiões e de cidade para cidade, o cruzamento de oceanos e a penetração em zonas de fronteiras, todo esse fluxo de homens e mulheres movendo-se em todas as direções torna difícil uma especificação. Onde havia uma grande demanda por trabalho (ou terra) de um lado, uma população ignorante das condições no país escolhido de outro e uma longa distância pelo meio, o agente ou contratador prosperava. Tais indivíduos acumulavam seus lucros enviando gado humano para as companhias de navegação ansiosas por completar suas equipagens, para as autoridades públicas e companhias de estradas de ferro interessadas em povoar seus territórios vazios, para proprietários de minas, donos de siderúrgicas e outros empregadores de trabalho primário, que necessitavam de braços. HOBSBAWM. Eric J. A era do capital, 1848-1875. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005. p. 271-279.

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

O texto demonstra: ( )A-

Que os emigrantes do século XIX possuíam origem urbana e fugiam das péssimas condições de trabalho e moradias impostas pela industrialização em busca do trabalho nas lavouras do Novo Mundo.

( )B-

A atuação dos agentes de imigração, buscando trabalhadores especializados, que já tinham experiência no trabalho com o maquinário industrial para as nascentes economias industrializadas do Novo Mundo.

( )C-

Que o uso das novas tecnologias, como as companhias de estradas de ferro, favorecia que os emigrantes saíssem de seus lugares origem para os confortos de outras regiões.

( )D-

A movimentação provocada pelo desenvolvimento do capitalismo industrial, que por um lado expulsou a mão de obra, na maioria das vezes, das áreas rurais, e por outro criou oportunidades de trabalho no setor industrial.

( )E-

Que a migração que ocorreu em meados do século XIX verificou-se da Europa para as nações do Novo Mundo, como o Brasil, que recebeu emigrantes chineses.

Questão 37 - Ciências Humanas (ENEM) - Diferentes formas de organização da produção e suas diferentes experiências. Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH009 - Simples Escolha* Portal - 2010

O principal fato cultural da fase final da História Antiga foi a disseminação e o triunfo do cristianismo por todo mundo romano. A princípio o cristianismo era apenas uma dentre as várias manifestações da tendência geral no sentido do espiritualismo, mas no século IV foi adotado como religião oficial de Roma, e a partir de então se tornou uma das maiores forças que plasmaram* o desenvolvimento do Ocidente. Enquanto o cristianismo se propagava, o Império Romano estava indubitavelmente declinando. Um aspecto central desse declínio foi uma contração da vida urbana no qual o império se alicerçava. Tão logo o império começou a sofrer intensas pressões, era inevitável que a contração fosse mais pronunciada a noroeste da Europa, porque ali a civilização urbana tinha raízes menos profundas e porque a área estava distante das principais linhas de comércio e comunicações do império no Mediterrâneo. [...] Mesmo com o influxo dos germânicos, as instituições romanas continuaram a declinar aos poucos. Sobretudo em áreas à margem do Mediterrâneo, ou próximos deles, persistiu a vida citadina romana, ainda que com vigor cada vez menor, até o Mediterrâneo não ser mais um lago romano.

BURNS, Edward McNall. História da civilização ocidental: do homem das cavernas às naves espaciais. São Paulo: Globo, 2005. p. 172. *Plasmar: modelar O declínio do Império Romano teve como ponto central: ( )A-

A adoção do cristianismo como religião oficial no século IV.

( )B-

A redução da população urbana.

( )C-

A evasão da população rural para as áreas urbanas.

( )D-

O domínio do comércio no Mediterrâneo pelos “bárbaros” germânicos.

( )E-

O abandono, pelos romanos, das linhas de comércio do Mediterrâneo.

Questão 38 - Ciências Humanas (ENEM) - Os sistemas totalitários na Europa do século XX. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH007 Simples Escolha* Portal - 2010

Os marcianos estão chegando Uma das mais famosas radiodifusões da História foi realizada nos Estados Unidos como um especial de Halloween [30.10.1938]. Parte da série chamada “Mercury Theatre on the Air”, ela foi uma adaptação de A guerra dos mundos, o romance de H. G. Wells sobre uma invasão marciana da Terra. A direção de Orson Welles obteve um resultado tão verossímil que alguns ouvintes acreditaram que se tratava mesmo de uma invasão marciana da Terra. Durante uma hora, o programa forjou um concerto musical interrompido por uma sucessão de boletins. O primeiro foi o relato de estranhas explosões em Marte, seguido pela notícia da queda de um meteorito em uma fazenda de Nova Jersey. Então o meteorito se

26 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

prova um foguete marciano e os ETs (descritos como “indescritíveis”) disparam raios mortais contra os observadores. Mais espaçonaves aterrissam, lançando gás venenoso e derrubando linhas de força. Os acontecimentos são comentados por um suposto professor de Princepton e um “porta-voz do governo”. [...] No fim, eles são derrotados não por meio da força, mas por germes terrestres. A imprensa contemporânea exagerou ao comentar o pânico causado pela transmissão, mas Welles fez seu nome com o programa numa época em que os regimes totalitários em todo o mundo usavam o rádio para fazer propaganda. FURTADO, Peter. 1001 dias que abalaram o mundo. Rio de Janeiro: Sextante, 2009. p. 711.

O episódio protagonizado por Orson Wells denunciava: ( )A-

O temor dos estadunidenses de uma possível invasão da URSS.

( )B-

A insegurança gerada pela Guerra Fria, que produzia o pânico de um possível embate nuclear entre as potências.

( )C-

O medo de que uma guerra mundial, que se espalhava pela Europa, ameaçasse as fronteiras dos EUA.

( )D-

O desconhecimento do solo marciano e da impossibilidade de existência de vida naquele planeta.

( )E-

O uso do rádio como poderoso veículo de informação de que os Estados totalitários poderiam lançar mão para manipular a população.

Questão 39 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH035 - Simples Escolha* Portal - 2010

A própria destruição das máquinas só intervém como um último recurso. Aliás, convém distinguir entre o verdadeiro luddismo em luddismo simbólico, no qual a máquina é um refém e a destruição dela é um meio de pressão num conflito [...] Essa forma, porém, declina à medida que os instrumentos de produção se tornam mais caros e de substituição mais difícil, e os operários passam a respeitar mais a ferramenta de trabalho. O grevista de 1936, ao ocupar a fábrica e lustrar as máquinas, mantém com o local e o instrumento de trabalho um tipo totalmente diferente de relação da do luddista do início do século XIX, sem que por isso este possa ser tachado de “primitivo”. O luddismo propriamente dito, no qual é a própria máquina que está em jogo, reduz-se em si a pouca coisa. PERROT, Michele. Os excluídos da história: operários, mulheres e prisioneiros. Tradução de Denise Bottmann. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988. p. 37.

Utilizando o texto acima, assinale a alternativa correta. ( )A-

O ludismo propriamente dito teve origem na percepção, pelos trabalhadores, de que a destruição das máquinas poderia ser usada como forma de negociação para conseguir melhores condições de trabalho nas fábricas.

( )B-

O ludismo propriamente dito, do início do século XIX, buscava a destruição das máquinas, por considerar que esta era a responsável pelo desemprego.

( )C-

Os trabalhadores do início do século XX possuem uma preocupação com a manutenção correta das máquinas e esse é também um dos motivos dos movimentos grevistas.

( )D-

A revolta dos operários pela utilização das máquinas na indústria está na raiz dos movimentos dos operários ao longo do século XIX e XX.

( )E-

O ludismo simbólico utilizava as máquinas como pressão para suas reivindicações, mas sabiam que esse produto era de difícil substituição e, por isso, não as destruíam.

Questão 40 - Ciências Humanas (ENEM) - História cultural dos povos africanos. - Valor: 1,00 - ID: ENEM10CIH033 - Simples Escolha* Portal - 2010

O negro, sentindo-se aliviado da brutalidade que o mantinha trabalhando no eito,* sob a mais dura repressão [...], só queria a liberdade. Em consequência, os ex-escravos abandonavam as fazendas em que labutavam, ganhavam as estradas à procura de terrenos baldios em que pudessem acampar para viverem livres como se estivessem nos quilombos, plantando milho e mandioca para comer. Caíram, então, em tal condição de miserabilidade que a população negra reduziu-se substancialmente [...].

27 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

28 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Muito mais pela terrível miséria a que foram atirados não podiam estar em lugar algum, porque, cada vez que acampavam, os fazendeiros vizinhos organizavam e convocavam forças policiais para expulsá-los, uma vez que toda a terra estava possuída e, saindo de uma fazenda, se caía fatalmente em outra. *Eito: roça onde trabalhavam os escravos. RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 221.

Sobre a leitura do texto está correta a alternativa: ( )A-

Após a escravidão, houve uma preocupação do Estado na manutenção dos trabalhadores nas fazendas, mas os ex-escravos em busca de sua liberdade “ganhavam as estradas” e abandonavam as fazendas.

( )B-

A Lei de Terras de 1850 estimulava a compra de pequenos lotes de terras por ex-escravos, onde poderiam plantar o milho e a mandioca.

( )C-

A falta de espaços agriculturáveis no Brasil era resultado da produção do açúcar e do café, que necessitavam de grandes porções de terra e reduziam a sua oferta.

( )D-

Após a abolição, houve grande procura pela propriedade da terra, que não foi suficiente para atender a todos os ex-escravos.

( )E-

A inexistência de espaços possíveis de ocupação para os ex-escravos determinou a sua impossibilidade de ascensão social.

Questão 41 - Ciências Humanas (ENEM) - Cultura Material e imaterial; patrimônio e diversidade cultural no Brasil. - Valor: 3,00 ID: ENEM10CIH005 - Simples Escolha* Portal - 2010

Por definição as gentes na Colônia se dividem entre os colonizadores e os nativos: mas na colonização do Antigo Regime, nas áreas em que a compulsão do trabalho foi levada ao limite da escravidão, essa diversidade se acentuou com o tráfico negreiro, que carreou para o Novo Mundo os contingentes africanos. Se nos lembrarmos de que tanto ameríndios como africanos tinham também grande diversidade interna, começaremos a entender a complexidade do melting-pot* colonial. Do convívio e das inter-relações desse caos foi emergindo, no cotidiano, essa categoria de colonos que, depois, foi se descobrindo como “brasileiros”. “Brasileiros”, como se sabe, no começo e durante muito tempo designava apenas os comerciantes de pau-brasil. A percepção de tal metamorfose, ou melhor, essa tomada de consciência — isto é, os colonos descobrindo-se como “paulistas”; “pernambucanos”, “mineiros” etc., para afinal identificarem-se como “brasileiros” — constitui, evidentemente, o que há de mais importante na história da Colônia, porque situa-se no cerne da constituição de nossa identidade. Precisamente, isso decorre lentamente nos domínios da intimidade e do cotidiano, o que mostra, aliás, que longe de ser uma história de migalhas e futilidades, estamos aqui no núcleo fundamental de nossa trajetória, avistamos então o ponto central de nossa constituição como povo e nação, abrimos a possibilidade de compreender algo do nosso modo de ser. NOVAIS, Fernando A. Aproximações: estudos de história e de historiografia. São Paulo: Cosac Naify, 2005. p. 212.

*melting-pot: miscigenação cultural Segundo o autor, a identificação dos “brasileiros” surgiu: ( )A-

Com os primeiros colonos brasileiros, que diante de um verdadeiro caos de influências culturais e étnicas desenvolveram, em um primeiro momento, uma identificação territorial apenas regional.

( )B-

Apenas com aqueles que extraíam o pau-brasil nos primórdios da colonização e que originaram a riqueza cultural brasileira.

( )C-

Do momento em que os sentimentos de revolta pela exploração colonial definiram um sentido patriótico para a palavra.

( )D-

Da construção racial que os portugueses fizeram quando, ao incorporar a escravidão como mão de obra nos engenhos, trouxeram os africanos. Estes possuíam uma cultura homogênea e específica, que se juntou à dos portugueses e dos indígenas.

03/09/2010 08:03


Educacional

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

( )E-

Dos “pernambucanos”, “paulistas” e “mineiros”, por terem sido os senhores de engenho, os bandeirantes e os paulistas que tomaram consciência de que suas regiões eram fundamentais para a formação da nação.

Questão 42 - Ciências Humanas (ENEM) - A luta pela conquista, Direitos sociais e Políticas afirmativas. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH031 - Simples Escolha* Portal - 2010

Cidade de brancos na África do Sul ignora Copa FÁBIO ZANINI Enquanto vuvuzelas* se esgoelavam na África do Sul, uma cidade de brancos no meio do país ignorava solenemente o dia mais importante para o país desde o fim do apartheid, em 1994. Em Orânia, a 650 km de Johannesburgo, apenas nove pessoas acompanharam pela TV do único bar da cidade a bola rolar às 16h05 entre África do Sul e México. Os funcionários do local continuaram trabalhando. Do lado de fora, seis garotos jogavam um esporte muito mais interessante para eles, o rúgbi."Futebol? Não está em mim. Não é para nós", disse um deles, Kook Steenkamp, 10. "Nós" significa os africâners, descendentes de holandeses que vivem isolados nessa cidade de 720 habitantes. No país, são 6% da população, com interesse quase nulo no futebol, esporte "negro".Em Orania reúnem-se africâners radicais, que tentam manter a pureza da raça. Negros e mestiços são proibidos de morar ali. A maioria dos habitantes é abertamente saudosista do apartheid (há um museu dedicado a Hendrik Verwoerd, o primeiro-ministro que prendeu Nelson Mandela, nos anos 60). Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/esporte/749732-cidade-de-brancos-na-africa-do-sul-ignora-copa-veja-video.shtml> Acesso em: 12 jun 2010. *vuvuzelas: cornetas utilizadas em jogos de futebol na África do Sul.

A compreensão do texto só é possível a partir do conhecimento de que: ( )A-

Os bôeres, de origem holandesa, iniciaram a colonização da África do Sul. Desenvolveram, na região, um idioma próprio, o africâner. Após terem sido derrotados pelos ingleses na Guerra dos Bôeres, os africâners firmaram com estes um acordo que resultou em uma política de segregação racial, conhecida por apartheid.

( )B-

Os africâners de Orânia foram derrotados na Guerra dos Bôeres com os ingleses. De sua derrota nessa guerra resultaram as conquistas dos negros sul-africanos e o fim do apartheid. Os holandeses foram obrigados a viverem em espaços segregados e compõem, atualmente, 6% da população da África do Sul.

( )C-

Nelson Mandela, líder sul-africano do movimento contra a segregação racial, utilizou, desde o início de sua atividade política, os princípios da resistência pacífica e da não violência contra os colonizadores.

( )D-

A reportagem demonstra a grande diferença étnica existente na África do Sul, resultado do estabelecimento de fronteiras aleatórias, determinadas pelo Congresso de Berlim. Por esse motivo ficaram, em um mesmo país, holandeses, hutus e tútsis, que não conseguem criar uma identidade cultural capaz de unificar o país.

( )E-

A reportagem demonstra que o aparente final do regime de segregação racial na África do Sul não se realiza da prática e que ainda existem regiões exclusivas para o futebol dos brancos.

Questão 43 - Ciências Humanas (ENEM) - Industrialização brasileira, urbanização e as transformações sociais. - Valor: 1,00 ID: ENEM10CIH003 - Simples Escolha* Portal - 2010

A ilustração abaixo faz referência a um período em que a política econômica brasileira esteve voltada para:

29 de 31

03/09/2010 08:03


Educacional

30 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

O Cruzeiro, n.27, 16 abr. 1960 (CPDOC/FGV/r47) ( )A-

A criação de um parque industrial, destinado à produção de bens de consumo duráveis, estimulado pela euforia econômica provocada pelo “milagre econômico”.

( )B-

As Reformas de Base, que previam, entre outras medidas, uma reforma agrária.

( )C-

O desenvolvimento industrial, mesmo que para isso fosse necessário trazer para o Brasil grande quantidade de empresas de capital estrangeiro.

( )D-

Preocupação com a produção de veículos de transporte de massa e reativação das vias férreas, visando, com essa medida, estimular o setor de transporte coletivo no País.

( )E-

A negociação envolvendo o governo brasileiro e o governo estadunidense em prol da transferência de tecnologia para a construção da Companhia Siderúrgica Nacional.

Questão 44 - Ciências Humanas (ENEM) - Organismos multilaterais nos séculos XX e XXI. - Valor: 2,00 - ID: ENEM10CIH008 Simples Escolha* Portal - 2010

Brasil é primeiro país a contribuir com fundo de ajuda ao Haiti WASHINGTON (Reuters) - O Brasil se tornou o primeiro país a contribuir com um fundo de reconstrução do Haiti nesta terça-feira, e o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, exortou outros doadores a cumprirem suas promessas para ajudar a nação caribenha. [...] O Brasil, que comanda a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no país, disse que pagou 55 milhões de dólares ao fundo supervisionado pelo Banco Mundial. WROUGHTON, Lesley. Brasil é primeiro país a contribuir com fundo de ajuda ao Haiti. Último Segundo – Mundo, Rio de Janeiro/Brasília, 11 maio 2010. Disponível em: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/brasil+e+primeiro+pais+a+contribuir+com+fundo+de+ajuda +ao+haiti/n1237617086935.html. Acesso em: 14 maio 2010. Com base no texto e tomando como referência o Fundo de Reconstrução do Haiti, infere-se que ( )A-

o objetivo principal do fundo é reunir contribuições de diferentes doadores para financiar o desenvolvimento do Haiti após o terremoto de janeiro de 2010.

( )B-

o fundo foi criado para arrecadar doações em espécie e mercadorias para o Haiti após a passagem do furacão Hebe.

( )C-

o objetivo principal é transferir recursos de países ricos, como Estados Unidos, Reino Unido e Japão para o Haiti, para fortalecer o sistema bancário do país e, consequentemente, solidificar a economia haitiana.

( )D-

o Brasil, por ter sido o primeiro país a doar dinheiro para o fundo, coordenará a distribuição das verbas arrecadadas.

( )E-

O montante doado pelo Brasil é suficiente para a reconstrução da infraestrutura haitiana, sendo necessário, agora, doações para alimentos e medicamentos.

03/09/2010 08:03


Educacional

31 de 31

http://www.educacional.com.br/avaliacoes/Avaliacoes/visualizar.asp?...

Questão 45 - Ciências Humanas (ENEM) - Características e transformações das estruturas produtivas - Valor: 3,00 - ID: ENEM10CIH001 - Simples Escolha* Portal - 2010

Na coluna do ativo como na do passivo, seria difícil exagerar o papel desempenhado pelo açúcar na história do Brasil colonial. Se ele foi o produto que proporcionou a base inicial solidamente econômica para o esforço colonizador, foi também o que plasmou o regime de propriedade latifundiária, instalou o regime escravocrata na América portuguesa e, no seu exclusivismo, inibiu o desenvolvimento da policultura, com todas as consequências daninhas que tal associação acarretou, embora estimulando, em áreas apartadas, a pecuária e a lavoura de subsistência. Se o açúcar fez a colônia, até meados de seiscentos, o principal fornecedor do gênero ao mercado europeu, foi ele também que atraiu a cobiça estrangeira, seja sob a forma de guerra, como no quarto de século em que os holandeses ocuparam o Nordeste, seja sob a forma de diplomacia, como na aliança anglo-portuguesa que em 1654 e 1661 criou uma posição privilegiada para a Inglaterra nas suas relações políticas e comerciais com Portugal. O açúcar inventou uma paisagem originalíssima, marcada pelos canaviais e pelo decantado "triângulo rural", a casa-grande e a senzala, a capela e a fábrica, mas também depredou o meio físico, empobreceu o solo, poluiu as águas dos rios e devastou a mata atlântica. Ele desenvolveu um estilo de vida que marcou a existência de todas as camadas da população que integrou, reservando, contudo, seus privilégios a uns poucos. Disponível em: <www.epoca.globo.com/especiais/rev500anos/acucar.htm> Acesso em: 22 jul 2010.

De acordo com a leitura do texto, considere as alternativas abaixo: ( )A-

A produção açucareira definiu a estrutura econômica colonial, trazendo os benefícios da intensa atividade comercial açucareira e os prejuízos decorrentes da monocultura.

( )B-

A produção açucareira resultou em guerras e devastações, provocadas pela ambição holandesa e inglesa.

( )C-

A devastação da Mata Atlântica resultou do precário desenvolvimento de técnicas agrícolas nos engenhos.

( )D-

O interesse nos lucros advindos da produção açucareira impediu o desenvolvimento de uma cultura de subsistência.

( )E-

A estrutura montada pelos engenhos, baseada na casa-grande e na senzala, definiu uma organização social baseada na família patriarcal, que não se estendeu para outras estruturas econômicas.

* Observações: Questões simples escolha: Apenas uma alternativa deve ser assinalada. Questões múltipla escolha: Mais de uma alternativa pode ser assinalada. Questões somatório: Some os valores das alternativas que atendem ao enunciado. Questões verdadeiro/falso: Assinale V ou F em cada uma das alternativas. Questões discursivas: Responda de próprio punho.

03/09/2010 08:03