Page 1

Tudo que acontece no Brasil e Mundo que interfere direta e/ou indiretamente na igreja e corpo de Cristo

BRASIL, 2 semana 10 Julho 2015

ANO 2

Nº 30 www.jornal.comunicadoressemfronteiras.com.br

Cristã luta contra seita que tatua “666” em crianças no Peru O programa “Reporte Semanal” da TV peruana apresentou uma denúncia grave. A igreja Crescendo em Graça, uma seita que afirmava adorar o novo Jesus encarnado, esta tatuando o número 666 em crianças a partir de 5 anos de idade. Pag.04

TEOLOGIA DISCIPLINA: ÉTICA DECIMA OITAVA PARTE

FINAL PAG.08 Perseguição aos cristãos hoje é a maior da história O alerta já foi dado antes, mas pág 7 nenhuma providência em larga escala foi tomada. Como consequência, a perseguição aos cristãos está ultrapassando um recorde histórico.

LIVROS AGORA O JORNAL CSF LHE TRAS SEMANALMENTE 3 LIVROS PARA VOCE BAIXAR E LER EM SEU PORTATIL GRATIS Pacote 05

Filha de Billy Graham diz que Deus usa o terrorismo “para chamar nossa atenção” Anne Graham Lotz, filha de Billy Graham, deu uma declaração que está causando polêmica nos EUA. Ela afirmou que Deus permite que terroristas ataquem cidades na América, porque os americanos não buscam a Deus até que estejam desesperados.

Pag.02

Lei dá a pastores o direito de não celebrar casamento gay O governador Greg Abbott assinou em cerimônia pública a lei 2065, que marca uma vitória de um movimento que AGORA O JORNAL CSF uniu diversos movimentos evangélicos do Texas. A “Lei TEM UM MOMENTO DE de proteção ao Pastor” assegura aos ministros o direito PASSATEMPOS E de não celebrarem cerimônias de casamento homossexual HUMOR nas igrejas pelas quais são responsáveis.

PASSATEMPOS

PAG 06

Número de católicos cai e aumenta o de evangélicos no Brasil

Assista nossa TV 24hs com noticias, informações e muito mais 24 hs em seu computador, tvled, tablet e celular www.tvmissoes.com.br

PAG. 5

Uma pesquisa realizada pela Hello Research mostra a queda do catolicismo no Brasil e o avanço dos evangélicos e das pessoas sem religião. Os dados foram coletados em uma amostragem que ouviu 1.000 pessoas em 70 cidades de todo o país.

PAG 06


.

GERAL

2

Filha de Billy Graham diz que Deus usa o terrorismo “para chamar nossa atenção” Anne Graham Lotz, filha de Billy Graham, deu que em breve o juízo de Deus virá sobre a uma declaração que está causando polêmica Terra. Afirmou ainda que a sociedade como um todo nos EUA. Ela afirmou que Deus permite que terroristas ataquem cidades na América, porque está mais preocupada com a vida de artistas e campeonatos esportivos. “Não temos ideia que os americanos não buscam a Deus até que o mundo está desabando ao nosso redor… É estejam desesperados. por isso que Deus nos envia alertas como um “Nos dias de Noé, eles estavam comendo, bebendo, se casando. Não há nada de errado despertador. É por isso que ele permite que os com isso. Todos essas são atividades diárias terroristas ataquem ou um furacão destrua normais. Mas nos dias de Noé eles fizeram isso cidades”, asseverou. Pessimista, acredita que “Se não damos a tudo alheios a Deus”, disse Lotz. “Não havia reconhecimento de Deus. Deus era Deus a nossa atenção, Ele irá permitir que as irrelevante para eles… acho que é assim que coisas aconteçam para ficarmos cada vez mais desesperados e começarmos a clamar por Ele.” estamos hoje.” Lotz, 67, deu essas declarações no programa Na época dos atentados às Torres Gêmeas, de rádio “Compreendendo o Fim dos Tempos”, Anne Graham Lotz deu declarações parecidas e foi muito criticada. Para ela se aproxima o apresentado por Jan Markell. Nos últimos meses, a filha de Billy Graham, que lidera seu ponto “sem retorno”, onde Deus não vai mais ouvir pedidos de ajuda. Com informações de próprio ministério, afirmou acreditar que o arrebatamento acontecerá durante a sua vida e Christian Headlines

Cristãos têm de escolher Jesus ou sua família na Argélia Na Argélia, país ao norte da África onde 97% da população se declara muçulmana, se converter ao cristianismo pode representar o fim das relações sociais e familiares. Por lá, quem escolhe seguir a Cristo muitas vezes é confrontado a fazer uma opção: continuar a conviver com seus familiares ou continuar na nova religião. Foi isso que aconteceu com Hassina e seu esposo Djamel (nomes fictícios usados por motivos de segurança) que se tornaram cristãos após assistirem um programa de TV. “Os programas que eles transmitem me deram uma visão diferente sobre Deus e sobre o significado da vida”, disse ela. O marido de Hassina também se interessou pela mensagem e entrou em contato através do telefone para conhecer mais sobre a religião. Um líder da igreja local visitou o casal e respondeu as dúvidas deles a respeito de Deus, fé e salvação. “Eu imediatamente orei expressando a minha fé em Jesus e meu desejo em segui-lo. Quando fiz isso, senti como se Deus tivesse me salvado de um poço profundo e experimentei profunda paz em meu coração”, disse Hassina. Mas ao comentar com seus pais sobre a mudança de religião ela foi intimada a fazer uma escolha e no final optou por seguir a Cristo. “Eu não podia negar a Cristo. E, quando dei esta resposta, meu pai me mandou sair de casa.” A história desse casal foi relatada no site Portas

Abertas e assim como esta existem muitas outras de novos convertidos que são obrigados a se afastarem de suas famílias por conta da religião. “Os novos cristãos do Norte da África enfrentam consequências difíceis ao seguirem a Cristo”, diz nota do site pedindo oração para esses nossos irmãos que sofrem pressão pela escolha. Editorial: Produção Jornalismo Gospel Fonte de matérias www.jornalismogospel.com.br

jornalismo@ jornalismogospel.com.br Jornalista Responsável José Eduardo Viana MTB37.737 BR jornalismo@comunicadores semfronteiras. com.br

Apoio desta edição: Rádio Onu Portas Abertas Brasil Rede Amar Brasil entre outros Escritorio São Paulo SP 0055-11-3522-9908 skype Periodista Jose Eduardo CSF

Jornal Comunicadores Sem Fronteiras Edição On line em pdf SEMANAL Fechamento

4 semana Julho 10-08-2015


Rádios e TV`s Web’s

3

8 dicas para decolar sua Company Page no LinkedIn Estes e outros estão disponiveis no blog http://comotersuatvweb.blogspot.com/ Se a sua empresa não está no LinkedIn é bom se apressar. Hoje a rede possui mais de 364 milhões de perfis profissionais em todo mundo com uma média de 2 novos cadastros por segundo. No Brasil, estamos com 21 milhões de profissionais na rede social nos mais diversos nichos de mercado, e esses números só tendem a aumentar. Company Page x Perfil Pessoal Uma coisa não descarta a outra. Enquanto que seu perfil pessoal mostra todo o seu conhecimento, habilidades e contatos da sua carreira profissional, a Company Page mostra as características e diferenciais da sua empresa. A grande vantagem da Company Page é a possibilidade de gerenciar anúncios, capturar insights e obter diversos dados importantes sobre o seu público, além de aproximar sua empresa do público-alvo e apresentar seus produtos de forma direta e dinâmica. Requisitos para decolar sua Company Page Você só vai poder adicionar uma Company Page se tiver a todos os requisitos abaixo: 1 – Ter um perfil pessoal Você deve ter um perfil pessoal no LinkedIn configurado com seu nome e sobrenome verdadeiros. 2 – Ter um perfil ativo Seu perfil precisa estar ativo e com várias conexões. A força do seu perfil deve ser listada como Intermediário ou Perfil campeão. 3 – Estar trabalhando na empresa Você é um funcionário atual da empresa e seu cargo é listado na seção Experiência do seu perfil. 4 – Ter um endereço corporativo Você possui um endereço de email corporativo (ex.: hiram@nomedaempresa.com) adicionado e confirmado na sua

conta do LinkedIn. 5 – Ter domínio próprio da empresa O domínio de e-mail é exclusivo da sua empresa. Para criar uma Company Page não é possível usar domínios como gmail.com, yahoo.com ou outros serviços de e-mail genéricos uma vez que não são exclusivos de uma empresa. Se a sua empresa não possuir um domínio exclusivo de e-mail, considere criar um grupo. Para criar a sua Company Page siga o passo a passo aqui 8 dicas para turbinar sua Company Page 1 – Crie uma Showcase São páginas dentro do Linkedin que são acessadas ao lado direito na página principal da empresa. Nela, você pode promover um produto ou serviço específico. O layout é dividido basicamente em duas colunas, o que ajuda a sua empresa a criar um conteúdo com textos, imagens, vídeos, artigos e links e atingir com mais facilidade o público consumidor. Para mais informações acesse o nosso post sobre Showcase. 2 – Amplie o contato na rede com sua equipe Interligar todos os seus funcionários no LinkedIn faz com que a empresa amplie sua exposição orgânica. Essa é uma excelente tática, especialmente para empresas com muitos funcionários. Com uma novidade no ar é importante dar o “grito do escritório”, ou seja, fazer com que a equipe se mobilize a divulgar o conteúdo. Conversar em grupos distintos e fomentar boas discussões envolvendo temas relacionados a empresa pode ser uma forma que vai além do compartilhamento via perfil pessoal. Somando-se a isso, sua Company Page ainda

se torna um link clicável dentro do perfil de cada colaborador da empresa. 3 – Aumente o desempenho do SEO Uma Company Page é extremamente amigável para o Google. Isso ajuda você com sua estratégia de SEO. Certifique-se de que você está selecionando as palavras-chave certas e focando o conteúdo para o seu público-alvo. Adicionar palavras-chave relevantes na descrição da sua empresa pode aumentar suas chances de classificação no LinkedIn. Escreva sua descrição de forma concisa e impactante com as palavras-chave corretas, há grandes possibilidades de ser encontrado em buscas provenientes da “barra de pesquisa” do LinkedIn.. 4 – Otimize sua URL Quando a Company Page é criada gera-se uma URL padrão com um código numérico sem significado. Para personalizar a sua página entre em suas configurações do LinkedIn e clique em ‘perfil de público.” Crie uma URL simples e use o nome da empresa se estiver disponível ou mantenha a extensão de outros perfis de outras redes. 5 – Faça anúncios efetivos Diferente de um perfil pessoal, a Company Page permite você executar ações patrocinadas para promover melhor seu conteúdo com segmentação e foco muitas vezes superior a outras redes como Facebook, por exemplo. Essas são excelentes oportunidades para levar um tráfego de alta qualidade ao seu site em um curto período de tempo. 6 – Mensure o desempenho das suas publicações É possível ver a quantidade de

Afinal, os líderes de louvor da Hillsong são gays ou não? No caso de você não ter visto as manchetes, há uma história nas redes sociais que afirma a Hillsong Church tem um casal gay dirigindo um coro no campus da cidade de Nova York. É verdade ou não? Sim e não. A notícia certamente provocou polêmica e ataques contra a Igreja. Muitos acreditaram automaticamente na história, talvez porque o pastor sênior da Hillsong, Brian Houston disse uma certa vez que não iria tomar uma posição pública sobre questões gays e o pastor do campus de New York, Carl Lentz foi evasivo sobre a homossexualidade. Mas o pastor Houston esclarece o que aconteceu. "A posição da Hillsong sobre a

homossexualidade e o casamento gay não mudou e é consistente com a Escritura. Como já afirmei anteriormente, eu acredito que os escritos de Paulo são claros sobre este assunto. Alguns meses atrás, quando um de nossos diretores do coro fez uma declaração pública inesperada sobre seu noivado com um homem que, por vezes, cantava no coro, foi uma completa surpresa para nós também", diz Houston. "É meu entendimento que eles não se envolveram em nenhuma liderança ou ministério com papel ativo desde então", ele continua. "Dito isso, nós ainda iremos amá-los e reconhecer que eles são como todos nós, estão em uma jornada, e nosso papel como uma igreja é ajudá-los nesta jornada com muita graça e compaixão."

visualizações, cliques e engajamento que cada uma das últimas publicações gerou. Assim conseguimos identificar o que ressoou melhor com a audiência e ajustar o discurso para as próximas publicações. 7 – Tenha informações valiosas sobre seguidores Com a Company Page é possível visualizar qual o perfil de profissionais interessados em sua empresa. Há um painel que indica a demografia dos seguidores com várias informações relevantes (cargos, setor de atuação, porte das empresas, etc) e permitem entender se seus investimentos e conteúdo estão sendo efetivos para atrair o público desejado. 8 – Use os botões sociais Você pode ganhar seguidores através de botões sociais. Há diversos plug-ins que podem ser inseridos no seu site ou blog que levem o seu usuário a seguir a sua página no LinkedIn. Para finalizar Não fique apenas dentro da rede. Deixe seu endreço do LinkedIn em sua assinatura de e-mails, cartões de visita e tudo mais que achar válido para divulgar sua página. O LinkedIn é um dos melhores canais para sua empresa conversar com os profissionais ideais para consumir a sua marca. Foco na comunicação e no cliente dialogando com a plataforma é sucesso na certa.


MUNDO

4

Cristã luta contra seita que tatua “666” em crianças no Peru O programa “Reporte Semanal” da TV peruana apresentou uma denúncia grave. A igreja Crescendo em Graça, uma seita que afirmava adorar o novo Jesus encarnado, esta tatuando o número 666 em crianças a partir de 5 anos de idade. Conhecida como “Rei de Salém” desde a morte de seu fundador, o porto-riquenho José Luis de Jesus Miranda, a Crescendo em Graça passa por uma fase de transição, mas a prática de seus seguidores tatuarem o número permanece desde sua fundação. Veronica Pachas, que é enfermeira e diretora de uma ONG que cuida de crianças, luta há sete anos contra a seita, apelando que o governo a proíba no Peru. Jesus Miranda ensinava que o 666 é como um selo que marca a vida de seus fiéis e os seus filhos. As vezes substituído pelas iniciais SSS, isso seria um símbolo de prosperidade e amostra de amor à “papito” – apelido de seu fundador. Não teria nada a ver com a adoração a Satanás, afirmam os líderes da Rei de Salém. A luta de Pachas, que é evangélica, tem a ver com a doutrinação da seita que cultua a imagem de Jesus Miranda como um deus. Para os fiéis, ele não morreu. A viúva Lisbet de José Luis assumiu o controle do grupo religioso desde a morte de seu fundador em 2012. Segundo o site, ela está presente em vários países da América Latina, inclusive no Brasil. A mudança do nome tem a ver com a passagem de Gênesis, onde é citado o sacerdote Melquisedeque que seria a condição espiritual de Jesus Miranda. Ele envia do além mensagens para Lisbet que agora é Cristo, e ambos são Deus. Com informações de Acontecer Cristiano

Muçulmano encontra Jesus durante peregrinação a Meca O testemunho de um muçulmano natural da Turquia tem chamado atenção neste mês sagrado do Ramadã. Seu nome é Ali Pektash e ele teve um encontro sobrenatural com Jesus durante um sonho. Para um bom muçulmano, fazer a hajj – visita de peregrinação a Meca – é uma obrigação. A cidade-berço do Islã, na atual Arábia Saudita, foi onde nasceu Maomé. Ele conta que era fumante, alcoólatra e que costumava bater na sua esposa. Decidido a mudar de vida e encontrar a Deus, foi para a cidade santa dos muçulmanos esperando encontrar alguma resposta. Admite que estava desesperado quando chegou a Caaba, santuário máximo de sua religião. Deu as sete voltas tradicionais em torno da pedra, mas não sentiu nada. Quando todos se retiraram para as suas tendas de noite, ele preferiu dormir sob as estrelas, porque era muito quente. Foi quando recebeu uma visita de Jesus durante um sonho. A mensagem do Senhor é que ele largasse tudo e espalhasse o evangelho. Ali conta que Jesus tocou em seu peito e deixou uma marca na pele. Ela a exibe toda vez que conta seu testemunho.

Ali agora é pastor e sua história surpreendente tem servido para encorajar crentes em Cristo de todo o Oriente Médio. Ela sabe que muitos vem arriscando suas vidas por praticar sua fé. “Eu sabia que pertencia a Deus de alguma forma – ele era meu amigo – mas não pertencia a uma religião. Eu circulei a Caaba e observei todos beijarem a pedra negra. Mas eu caminhei para o outro lado, pois acreditava em um Deus vivo, não em uma rocha”, relata. Seu único pedido para Deus naqueles dias é que Ele o ouvisse. Apenas não estava pronto para a resposta que receberia. Um dos dez filhos de uma família de curdos, foi rejeitado por sua mãe e sempre teve uma vida sofrida. Hoje, Ali se emociona afirmando que vive uma vida plena no cristianismo. “No sonho, Jesus colocou o dedo na minha testa e sua mão no meu coração. Ele estava sorrindo para mim”. Ainda em Meca, explica que os primeiros dias foram muito difíceis. Achava que estava ficando louco e estava com muito medo. Explica que começou a ouvir uma voz em sua cabeça, que não o deixava em paz. A voz pedia que ele fosse embora daquele lugar.

Após tomar banho em um banheiro público no dia seguinte, observou que os pelos pretos de seu peito agora tinham uma marca no formato de uma mão, onde todos os pelos eram brancos. Quando contou aos amigos o que tinha acontecido, eles perguntaram: ‘O que Jesus tem a ver com Maomé?’. Alguns ficaram bravo com as coisas que ele começou a dizer. Retornando para a Turquia, contou à esposa que agora seguia a Jesus. “Ele está dentro de mim”, disse a ela, que também ficou confusa com a mudança do esposo. De acordo com a tradição, todos os seus vizinhos vieram comemorar que ele havia regressado da peregrinação a Meca. Durante a festa de boas-vindas, ele levantouse e contou a todos os presentes que havia se tornado um cristão. Alguns ficou chateados e brigaram com ele. Naquela noite, sua esposa Zehra aceitou a Jesus e os dois tem pregado em diversos lugares desde então. Ele nunca mais bebeu álcool nem fumou. Através de programas de rádio cristãos começou a aprender mais sobre Jesus. Demorou anos até que conseguisse uma Bíblia.

Durante o período de Ramadã, os mais de um bilhão de muçulmanos do mundo são obrigados a jejuar desde o nascer até o pôr do sol. O pedido de Ali Pektash é que os cristãos intercedam para que Jesus se revele a mais muçulmanos nesses dias, como fez com ele. Este ano, o Ramadã vai até 17 de julho. Recentemente, passou a ser divulgado o testemunho de um ex-soldado do Estado Islâmico que também teve um encontro sobrenatural com Jesus durante um sonho.

Gays, Dolce e Gabbana reafirmam defesa da família tradicional Os estilistas homossexuais se colocaram contra a adoção de crianças por casais gays e ainda falaram contra a fecundação in vitro, uma das formas utilizadas por gays para terem filhos. O cantor Elton John, que tem dois filhos por fecundação in vitro, se revoltou contra os estilistas e lançou um boicote contra a marca. Gabbana entendeu que foi uma atitude idiota. “Eu te condeno porque você não pensa como eu? Loucura! É como se eu boicotasse ele (Elton John)

porque teve dois filhos (com fecundação) in vitro! Não sou um idiota! Tolerância”, escreveu ele em seu Instagram. Dolce também comentou o caso e defendeu Gabbana, lembrando que foi criado por uma família formada por um homem, uma mulher e seus filhos. “Na minha visão da vida é o que me transmitiram”, disse. “Eu cresci assim, isso não quer dizer que eu não aprove outras opções. Eu falei por mim, sem julgar as decisões de outros”. “Nós não inventamos a família.

Converteu-a em um ícone a Sagrada Família. E não é questão de religião ou estado social, não tem jeito: você nasce e tem um pai e uma mãe. Ou ao menos deveria ser assim”, disse o estilista Dolce. Gabbana chegou a dizer ao jornal Corriere della Sera que Elton John é fascista e encarou de modo autoritário o que foi dito por eles. “Não esperava (esta reação) de uma pessoa a que considerava inteligente como Elton John. Mas, como pode? Prega-se compreensão, prega-se tolerância

e depois nos agridem? Só porque o outro pensa de forma diferente?”, questionou. Sem ter medo de reafirmar suas posições, o estilista afirmou que há muitos gays homofóbicos. “Existe diferentes opções, diferentes vidas. Igual respeito. Mas vejo que há, especialmente na Internet, alguns gays homofóbicos: aqueles que ofendem outros gays que expressam ideias diferentes”, disse Gabbana.


PASSATEMPOS

BAIXE OS LIVROS GRATIS NO SITE WWW.JORNAL.COMUNICADORESSEMFRONTEIRAS.CO M.BR/ NO LINK LIVROS E COLOQUE A SENHA missoescsf2015 (minusculos)

5

LIVROS DESTA SEMANA, MAIS DETALHES NO SITE pacote 11

Sudoku é um quebra-cabeça criado a partir da ordenação dos números. Seu objetivo é colocar um número (de 1 a 9) em cada quadrinho vazio do jogo, de maneira que não se repita nenhum algarismo nas colunas ou linhas. Será que você consegue resolver todos os quebra-cabeças de números?


MUNDO

6

Número de católicos cai e aumenta o de evangélicos no Brasil Uma pesquisa realizada pela Hello Research mostra a queda do catolicismo no Brasil e o avanço dos evangélicos e das pessoas sem religião. Os dados foram coletados em uma amostragem que ouviu 1.000 pessoas em 70 cidades de todo o país. Entre os entrevistados, 57% afirmaram que são católicos, o número é menor do que foi divulgado no Censo 2010 quando 64,6% dos brasileiros se declaravam fiéis da Igreja Católica Apostólica Romana. Se comparar com os dados de 2000, a queda foi de quase 20 pontos, quando o número de

católicos era de 73,6% e quase 30 pontos menor do que os 83% medidos pelo Censo de 1991. O número de evangélicos pela pesquisa da Hello Research é de 25%. A pesquisa não faz diferença entre pentecostais e neopentecostais, sendo 16% de pentecostais (somando membros de igrejas como Assembleia de Deus e Igreja Universal) e 9% das igrejas tradicionais. Em 2010 o Censo mostrou que 22,2% da população era evangélica, em 2000 era 15,4% e em 1991 não chegava nem a 9%. Além dos evangélicos, outro grupo que vem crescendo no

país é o de pessoas sem religião, pela pesquisa eles representam 12% da população brasileira, tendo maior representatividade entre jovens de 16 e 24 anos. No Censo de 2010 o número de sem religião era de 8%. Ainda de acordo com a pesquisa da Hello Research, adeptos do espiritismo, umbanda ou que responderam ter outra religião possuem 2% cada, enquanto os fiéis do candomblé e das demais crenças de matriz africana têm 1%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais. Com informações

Época

Lei dá a pastores o direito de não celebrar casamento gay O governador Greg Abbott assinou em cerimônia pública a lei 2065, que marca uma vitória de um movimento que uniu diversos movimentos evangélicos do Texas. A “Lei de proteção ao Pastor” assegura aos ministros o direito de não celebrarem cerimônias de casamento homossexual nas igrejas pelas quais são responsáveis. O imbróglio jurídico começou no ano passado, após o reconhecimento da legalidade do casamento gay em diversos estados norte-americanos. Seguindo a linha liberal da administração Obama, o governo federal fez pressão em vários níveis em favor da comunidade LGBT. Houve casos de empresas serem proibidas de se recusar a prestar serviço a casais homossexuais. No conservador Estado do Texas, a prefeita da cidade de Houston, Annise Parker, foi a primeira

prefeita abertamente gay eleita em uma grande cidade dos EUA. A prefeitura de Houston logo emitiu um decreto-lei permitindo que indivíduos transgêneros podiam fazer queixa-crime se sentirem-se discriminados de alguma maneira. Alguns pastores mostraram-se contrariados depois que surgiram denúncias que eles estavam promovendo “discurso de ódio” nas igrejas. A prefeitura pediu então que eles submetessem cópias de seus sermões para que autoridades investigassem se havia homofobia. O recado era claro: os pastores ou padres que se manifestarem do púlpito contra o público LGBT terão de responder juridicamente por discriminação. A pressão dos evangélicos do Estado inteiro forçou a prefeitura a voltar atrás. Iniciou-se então um embate legal no tocante aos limites da liberdade de expressão nos púlpitos. Os cerca de 400 pastores de Houston conseguiram a

suspensão do decreto municipal que limitaria sua liberdade. A partir de então um projeto de lei que recebeu o apoio de deputados dos dois partidos predominantes do sistema eleitoral começou a tramitar. Lobbies de organizações pró-LGBT como a ACLU, Iquality Texas e a Texas Freedom Network não tiveram sucesso. O embate ganhou força quando diversas igrejas e organizações religiosas e pró-família como o Conselho de Pastores do Texas, a Conferência Católica do Texas, Convenção Batista do Texas, Eagle Forum, Liberty Institute, Focus on the Family, Coalizão de Pastores Afro-americanos – entre outros – uniram forças. Com a aprovação da nova lei, nenhuma igreja ou organização religiosa do Texas poderá ser forçada a realizar um casamento e tampouco forçados a prestar serviços, acomodações, instalações ou ceder bens para

qualquer atividade que viole suas crenças religiosas. Uma vez que foi aprovado com dois terços dos votos, o projeto passou a ser lei imediatamente. Jonathan Saenz, presidente da Texas Values Action, ONG jurídica que defende a liberdade religiosa, comemorou: “Hoje comemoramos com pastores e membros do clero que são guiados por suas crenças religiosas sinceras e asseguramos que o Texas desfruta de liberdade religiosa sem interferência do governo”. Com informações de Texas Value


Geral

7

Afeganistão: 1.592 mortos e 3.329 feridos só no 1º semestre de 2015 O número de vítimas civis no conflito do Afeganistão voltou a aumentar no primeiro semestre de 2015 e alcançou a marca recorde de 1.592 mortos e 3.329 feridos, anunciou a ONU, sete meses depois do fim da missão de combate da Otan no país. Os combates terrestres estão provocando mais mortos e feridos que os artefatos explosivos de fabricação caseira, um sinal preocupante da ampliação do conflito, informou a Missão da ONU no Afeganistão (Unama), que destacou o sofrimento cada vez maior das mulheres e crianças. No total, o número de civis mortos e feridos aumentou 1% entre janeiro e junho de 2015 na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado é o maior desde 2009, quando os dados começaram a ser registrados. Os combates entre insurgentes e as forças de segurança representam a principal causa de morte de civis afegãos, segundo o relatório. A ONU destaca que 70% das vítimas são registradas em ações dos insurgentes. Os números

mostram que a ação dos talibãs segue para o norte, a partir de seus redutos tradicionais do sul e leste do país. Imagem: DivulgaçãoNa região nordeste, na província de Badakhshan, perto da fronteira com o Tadjiquistão, o número de civis mortos e feridos subiu de 311 no primeiro semestre de 2014 para 545 este ano. Mas “as estatísticas frias sobre vítimas civis não traduzem o horror da violência no Afeganistão, dos corpos despedaçados das crianças”, afirmou o diretor da Unama, Nicholas Haysom. O número de vítimas aumentou 23% entre as mulheres e 13% entre as crianças, indica o relatório, segundo o qual os civis estão cada vez mais presos no fogo cruzado dos beligerantes. Desde dezembro do ano passado, quando chegou ao fim a missão de combate da Otan no país, o exército e a polícia afegã enfrentam sozinhas os insurgentes islamitas, em sua maioria talibãs. A Otan mantém quase 13.000 soldados no Afeganistão, mas para tarefas de treinamento dos militares

afegãos e ações antiterroristas pontuais. Após a saída das forças estrangeiras, os talibãs mudaram de tática, “deixando de lado a guerrilha e atacando diretamente as forças afegãs, estão muito mais ousados”, afirmou Graeme Smith, do grupo de análise International Crisis Group (ICG). Os analistas consideram difícil prever as consequências militares das divisões provocadas entre os talibãs após a morte do mulá Omar. O anúncio de que o mulá Akhtar Mansur assumiu a liderança do movimento provocou a dissidência de alguns comandantes e da família de Omar, que se negam a aceitar o novo comando. A primeira consequência da divisão foi o adiamento de uma rodada negociações entre os talibãs e o governo, prevista para sexta-feira passada no Paquistão. Os analistas consideram muito difícil que os talibãs retomem rapidamente o caminho das negociações porque antes serão obrigados a superar as divergências e

restabelecer a unidade.

As últimas palavras dos doentes terminais são sobre amor Pesquisa mostrou que a maioria das pessoas no leito de morte tende a dar conselhos sobre relacionamentos aos familiares. A maioria dos parentes de doentes terminais recebe conselhos sobre família, amor e carreira. Mas alguns também foram aconselhados a viver a vida sem arrependimentos, a ser feliz e até a esquecer os erros do passado. As últimas palavras de doentes terminais a seus entes queridos geralmente são conselhos sobre amor, família e carreira. É o que diz

uma pesquisa realizada pela empresa britânica Escolha Perfeita Funerais e divulgada pelo jornal britânico The Daily Telegraph. O trabalho foi realizado com 2 198 pessoas que haviam perdido um parente recentemente. Os resultados mostraram que 83% delas haviam recebido algum tipo de conselho antes da morte de seus entes queridos. Destes, 62% eram sobre amor, 56% sobre carreira, seguido por família (43%) e educação (39%). Doentes terminais também dizem a seus entes queridos que eles sejam felizes (29%)

e outros 17% foram aconselhados a viver a vida sem arrependimentos. Além disso, 6% dos participantes disseram ter recebido algum tipo de lição e 21% ouviram que deveriam esquecer os erros do passado. "Muitos querem dar um último conselho a seus familiares antes de morrerem. Aqueles sobre amor são muito comuns nesta situação. Esta é a última chance de deixar seu amado saber o que você pensa e muitos aproveitam esta oportunidade de partilhar os últimos pensamentos", disse um

porta-voz da Escolha Perfeita Funerais, empresa responsável pelo estudo.


8

CURSO DE TEOLOGIA

DISCIPLINA: ÉTICA

4.9.6. Tratando das causas pessoais a) o pastor deve ser acessível e estar sempre disponível para atender os membros da igreja; b) mesmo que não esteja de acordo com o que ouve, mostre-se simpático com a pessoa ouvida; c) não atue de modo precipitado enquanto não estiver de posse de todos os fatos, para fazer um julgamento correto; d) deixe transparecer interesse e amor cristão, orando com as pessoas com quem trabalha; e) esteja preparado para agir de maneira corajosa; f) o verdadeiro problema nem sempre está na primeira queixa, sendo prudente isolar o problema, ao ouvi-lo; g) peça à pessoa interessada para lhe dizer o que ela pensa que seja a resposta ou solução do problema; h) porque o nosso falar deve ser sim, sim; não, não, devemos cumprir com a nossa palavra na solução de um problema de um membro da igreja. 4.9.7. O preço da liderança Toda liderança tem o seu preço, pois quanto maior for a conquista, maior será o preço a pagar. Vejamos alguns aspectos considerados de custo elevado para os que ostentam uma liderança, especialmente os que se dispõem ao exercício do ministério: 4.9.7.1. Abuso do poder Em qualquer organização, inclusive nos grupos cristãos, quando uma pessoa recebe autoridade, é colocada numa posição legítima para exercer controle e eficiência. Para muitas pessoas, entretanto, isso é uma exaltação do ego e leva à autocracia. O pastor, na sua condição de líder, é um condutor de almas, e não “dono” delas. Herodes, o Grande, subiu ao trono e o conservou por meio de crimes brutais; matou a esposa e dois filhos para não lhe sucederem. Matou também os meninos de Belém. Muitos, em posição de mando, estão a tratar as pessoas como objetos que podem ser manipulados de um para outro lado, a fim de satisfazer seus instintos de supremacia. Isto é um perigo, e há de se pagar o preço para se evitar cair nessa insidiosa tentação. 4.9.7.2. Crítica Se alguém não pode suportar a crítica, ainda está emocionalmente imaturo. Esse defeito virá à tona mais cedo ou mais tarde, e impedirá o

progresso do líder e do grupo em direção ao alvo comum. O líder amadurecido é capaz de aceitar a crítica e fazer as necessárias correções. 4.9.7.3. Competição Há um preço a pagar quando o líder sofre de uma “ansiedade de competição”, que assume a forma de fracasso ou medo do êxito. 4.9.7.4. Fadiga O cuidado adequado com a saúde, o descanso e o equilíbrio ajudarão o líder a manter a sua capacidade de resistência. Deve o líder buscar o equilíbrio a fim de reduzir o estresse em sua vida, tão prejudicial à continuação de seu desígnio. 4.9.7.5. Identificação Deve permanecer à frente do grupo e, ao mesmo tempo, caminhar com o povo que lidera. A linha divisória e tênue. Deve haver alguma distância entre o líder e seus seguidores. Isso significa que ele deve desejar ser humano aberto e honesto, e não ser visto como um autômato, com receio de que o seu verdadeiro ego apareça. Precisa identificar-se com o povo, gastar tempo em conhecê-lo, compartilhar suas emoções, vitórias e defeitos. 4.9.7.6. Orgulho e inveja Estes são irmãos gêmeos. A popularidade pode afetar o desempenho da liderança. Sentimento de infalibilidade pode corroer sua eficiência. O orgulho se torna egoísmo quando enaltecemos erros do que os outros. 4.9.7.7. Rejeição É preciso ter uma forte personalidade para o líder ser capaz de enfrentar a rejeição. Sempre há forte possibilidade de alguém ser caluniado por sua fé. Também às vezes o pastor precisa ser capaz de resistir ao louvor. As pessoas normais e ajustadas querem ser amadas. Pode tornar-se um caminho difícil para palmilhar se o pastor sente a indiferença dos membros de sua igreja ou a falta de afeição. Muitas pessoas rejeitadas só têm o reconhecimento de sua força depois que tenham deixado o cargo ou morrido (Lc 4.16-29). 4.9.7.8. Solidão O pastor deve ser capaz de aceitar amizades, mas deve ser suficientemente amadurecido e ter bastante força interior para estar só, mesmo

em face a grande oposição (Mt 27.46). 4.9.7.9. Tempo para pensar Muitos estão tão ocupados (Lc 10.41) que não têm tempo para pensar. Um tempo deve ser dedicado à meditação e ao pensamento criativo. 4.9.7.10. Tomar decisões desagradáveis O líder cristão muitas vezes tem problemas nessa questão, porque são naturalmente relutantes em ferir as pessoas. Todos os líderes devem estar bem dispostos a pagar este preço para o bem da igreja; mesmo frente ao procedimento de disciplina do membro. 4.9.7.11. Utilização do tempo Há preço a ser pago no uso de nosso tempo, porque parece que nós, seres humanos, nascemos com preguiça congênita. Administrar o nosso tempo significa administrarmo-nos a nós mesmos. Deve incluir um tempo para estar a sós com Deus, para orar, estudar a Palavra de Deus, examinar-se a si mesmo, tomar decisões e reanimar-se.

NA PRÓXIMA EDIÇÃO SUCESSO FINANCEIRO. EU QUERO. UM GUIA BIBLICO E PRATICO PARA VOCE COMPREENDER E ALCANÁR O SUCESSO FINANCEIRO.MATER IAL PRODUZIDO POR Paulo de Tarso distribuido gratuitamente pela internet

Jornal Csf port 2015 30  
Jornal Csf port 2015 30  

Nesta edição Edição 30 - 10/08/2015 Número de católicos cai e aumenta o de evangélicos no Brasil Cristã luta contra seita que tatua “666” em...

Advertisement