Page 1

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES ESCOLA BÁSICA PEDRO JACQUES DE MAGALHÃES

APROXIMAÇÕES ABUSIVAS E PREVENÇÃO DE MAUS TRATOS

TRABALHO REALIZADO POR :

-

Cátia Domingues-nº6 Diogo Neves-nº10 Inês Tavares-nº15 Miguel Paiva-nº21 Rodrigo Pinto-nº23

1


ÍNDICE

Capa.....................................................................................................pág. 1 Índice....................................................................................................pág. 2 Introdução............................................................................................pág. 3 Os maus tratos.....................................................................................pág. 4 Aproximações Abusivas.......................................................................pág 5 Bullying.................................................................................................pág.6,7 Abuso Sexual.......................................................................................pág.8 Violência Doméstica.............................................................................pág. 9 Roubo...................................................................................................pág.10 Conclusão............................................................................................pág.11

2


INTRODUÇÃO

Neste trabalho vamos falar sobre: -Maus tratos, -Aproximições abusivas, -Bullying, -Abusos sexuais, -Violência doméstica, -Roubo.

Dentro destes subtemas, vamos responder às questões: -O que são? -Como preveni-los? -Que tipos existem?

3


OS MAUS TRATOS Os maus tratos são: expor a perigo a vida ou a saúde de pessoa sobre sua autoridade, guarda ou vigilância, para fim de educação ou custódia, quer privando-a de alimentação ou cuidados indispensáveis, quer sujeitando-a a trabalho excessivo ou inadequado, quer abusando de meios de correção ou disciplina.

Exemplos de maus tratos são: - violência doméstica , - abusos sexuais , - bullying.

Podemos preveni-los estando alerta para os sinais de perigo, sintomas e indicadores de maus tratos quer físicos, quer psicológicos e emocionais que se manifestam nas vitímas, tais como: lesões físicas visíveis, alteração do comportamento...

4


APROXIMAÇÕES ABUSIVAS

As aproximações abusivas são um conjunto de comportamentos que o agressor utiliza para se aproximar da vítima para de seguida a molestar física ou sexualmente, solicitando favores sem o seu consentimento e na maior parte das vezes recorrendo à violência cuja única intenção é produzida conflitos de pavor e pânico e abuso de vários tipos sobre a vítima.

Podemos prevenir as aproximações abusivas: -

Saber dizer «não» ás situações que indiquem risco; Estar consciente e informada para a existência dos sinais de perigo; Saber pedir ajuda quando necessário; Aprender a defender-se em situações de risco; Denunciar situações de maus tratos ou aproximações abusivas.

5


BULLYING O Que é o Bullying O bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência ou psicológica. É uma forma de assédio em que alguém usa o seu poder sobre um grupo mais fraco. Tipos de Bullying Bullying direto: é a forma mais comum entre agressores do sexo masculino, em que existe violência física sobre as vitímas.

Bullying indireto: é a forma mais comum entre agressores do feminino e crianças pequenas podendo levar ao isolamento social da vítima usando varias técnicas: . espalhar comentários; . não se socializar com a vitima e não deixar outras pessoas fazê-lo; . ridicularizar o modo de vestir, de andar e a própria religião. Tipos de assédio escolar Enquanto a sociedade não resolve o problema do bullying nas escolas, dificilmente conseguirão reduzir as outras formas de comportamentos agressivos e destrutivos entre adultos. Os bullies assustam, humilham e chateiam as vitimas. Alguns exemplos da técnicas de assedio escolar: . insultar a vitima . acusar a vitima de não servir para nada . ataques físicos repetidos contra uma pessoa, seja contra o corpo dela, o livros ou material escolar e roupas, danificando-as; . espalhar rumores negativos sobre a vitima; . fazer com que a vitima faça o que ela não quer, ameaçando-a para seguir as ordens; . colocar a vitima em situação problemática com alguém (geralmente, uma autoridade) , ou conseguir uma acção disciplinar contra a vitima, por algo que ela não cometeu ou que foi exagerado pelo bully; . fazer comentários depreciativos sobre a família de uma pessoa (particularmente a mãe), sobre o local de moradia de alguém, aparência pessoal, orientação sexual, religião, etnia, nível de renda, nacionalidade ou qualquer outra inferioridade; 6


. isolamento social da vitima; . usar as tecnologias de informação para praticar o cyberbullying, falando mal de uma pessoa em blogue e em sites; .chantagem, . expressões ameaçadoras; . fazer que a vitima passe vergonha na frente de várias pessoas.

Bullying professor-aluno O assédio escolar pode ser praticado de um professor para um aluno. As técnicas mais comuns são: . meter medo ao aluno, rebaixando-o perante a turma e ofendendo sua autoestima; . ser mais exigente na correcção dos testes com o aluno do que com os outros; . ameaçar o aluno de que vai chumbar de ano; . proibir o aluno de ir á casa de banho ou beber água, expondo-o a tortura psicológica; . difamar o aluno perante outros professores e de atos que não cometeu; . tortura física, mais comuns em crianças pequenas, dando puxões de orelhas, palmadas e calduços.

Locais onde occorre bullying: . escola, falcudade e no local de trabalho; . no seu prédio; . na rua; . entre países. Consequência do bullying : . urinar na cama; . resistência/aversão em ir à escola; . ter insónias; demonstrações constantes de tristeza; . problemas de estômago; mau rendimento escolar; . dores e marcas de ferimentos; relatos de medos regulares; . síndrome do intestino irritável; atos deliberados de auto-agressão; . transtornos alimentares; . isolamento social/ poucos ou nenhum amigo; . tentativas de suicídio; . irritabilidade / agressividade; . transtornos de ansiedade.

7


ABUSO SEXUAL Considera-se abuso sexual as práticas sexuais, que consentimento, ou com o uso da violência, física ou moral.

ocorrem

sem

O abuso sexual é crime e pode causar traumas emocionais à pessoa que é abusada. São exemplos de abuso sexual, atos sexuais forçados ou outras formas psicológicas de abuso, sem contato físico, como acontece no assédio sexual e ainda na exploração sexual. O abuso sexual acontece quando o abusador já tem experiência e visa a sua satisfação sexual. Geralmente imposto à criança ou adolescente, através de violência física, ameaças ou convencendo-as. O abusador pode tocar a vítima sob a forma de beijos ou carícias no corpo, inclisivé nos orgãos genitais. O sexo oral é muito utilizado pelos abusadores, chegando às vezes a ter relações sexuais com a vítima. Há muitos casos de gravidez por abuso sexual, doenças ou até a morte. A criança é despertada para o sexo precocemente, ficando com marcas par o resto da vida e pode desenvolver certos comportamentos como consequência do abuso, como aversão a parceiros ou ter uma sexualidade descontrolada. As marcas e consequências do abuso sexual podem ser físicas ou psicológicas. Alguns abusadores limitam-se a olhar as suas vítimas a trocarem de roupa ou a tomarem banho, outros expõem os orgãos sexuais para as suas vítimas. Há ainda os que vêem filmes e revistas pornográficas com as suas vítima, alegando que precisam ensiná-las. Outra situação é o abusador recompensar a criança com dinheiro ou doces para que ela permita o abuso. A criança ao ser abusada é sexualmente desrespeitada como pessoa humana, na maioria das vezes, no seu próprio lar, por quem tem a obrigação de protegêla. Os adultos abusadores são muitas vezes parentes da criança ou adolescentes. Todos têm direito a viver uma vida livre de qualquer forma de violência, por isso quem está sendo vítima de abuso sexual deve falar sobre o que lhe está a acontecer e procurar ajuda.

8


VIOLÊNCIA DOMÉSTICA A violência doméstica acontece em casa ou num ambiente entre membros da família. Atinge ambos os sexos, idades e todas as classes sociais. As vítimas de violência doméstica sofrem em silêncio. Muitos casos de violência estão diretamente ligados com o consumo de álcool ou drogas.

Tipos de Violência: -A violência física é o uso da força com o objetivo de ferir, deixando ou não marcas visíveis. São comuns murros, estalos e agressões com objetos cortantes e queimaduras. -Aviolência psicológica ou emocional é, às vezes, tão má quanto a física. É uma violência que não deixa marcas no corpo, mas sim na cabeça. -A violência verbal normalmente acontece simultaneamente com a violência psicológica.

Prevenção da Violência Doméstica Para prevenir a violência doméstica, é necessário haver informação nas escolas e também na comunicação social, tais como televisão, rádio ou jornais.

Quais os problemas que podem surgir? Para além das marcas físicas podem surgir problemas como depressão, podendo levar ao suicídio. Um dos principais problemas que podem surgir é o homicídio.

9


ROUBO É um ato de tirar sem autorização coisas móveis para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência. -Como Prevenir o Roubo: Quando andamos na rua, não devemos andar com jóias à vista de todos. À noite, quando andamos na rua, devemos sempre escolher ruas bem iluminadas e com muitas pessoas. Quando vamos ao multibanco, não devemos levantar grandes quantias em dinheiro e devemos ver se não estamos a ser seguidos. -Quais as causas que podem surgir: O que pode surgir é : sofrimento, dor, perda de bens, medo, doenças psicológicas, querer estar sempre sozinho.

10


CONCLUSÃO Este trabalho ajudou-nos a compreender os cuidados a ter e ao mesmo tempo estar alerta para o que acontece à nossa volta. A ter cuidado com as pessoas que querem abusar ou maltratar-nos. Serviu também para sabermos como prevenir numa situação de abuso ou como agir perante essa situação ou outras como o bullying, a violência doméstica, o abuso sexual e o roubo. Também aprendemos uma lição: não batas, nem gozes com quem nunca te fez mal, ou seja mais fraco do que tu, pois essa pessoa não irá gostar do teu comentário, da tua atitude e ficará ofendida.

11

APROXIMAÇÕES ABUSIVAS E PREVENÇÃO DE MAUS TRATOS  

APROXIMAÇÕES ABUSIVAS E PREVENÇÃO DE MAUS TRATOS Trabalho escolar

Advertisement