Page 1

www.jornalvr.com.br www. ww w.jo w. jorn jo rnalvr.com rn om.b om .brr .b

Esporte Depois de vencer a SASE, ASIF Cotribá/Vence Tudo recebe mais um reforço e joga hoje contra a AES, no Ginasião Página 7

visao@jornalvr.com.br | Fone: (54)3324-1723 Edição nº 1464 Sábado, 14 de Abril de 2018 | R$ 4,00 Redação

Educação

IFRS forma Cursos Técnicos Integrados (Página 6)

R$ 4,50 Pontos de Venda

R$ 4,00 Redação

R$ 4,50 Pontos de Venda

Ibirubá sedia Fórum Regional do SUSAF-RS

Cidade

RGE mobiliza várias equipes para obra (Página 4)

Ambiente

Ampliada capacidade de licenciamento (Página 3)

PÁGINA 5


2

Geral

Sábado, 14 de Abril de 2018

Coluna do Élbio el.bito@globo.com

Materialista x Espiritualista Quantos, entre os que se declaram espiritualistas, comportam-se, na verdade, como os maiores materialistas! Ser materialista ou espiritualista corresponde a um nível de consciência. Não se é espiritualista só porque se vai à igreja, ou porque acredita na reencarnação, ou porque se interessa pelo mundo invisível. E não se é materialista só porque se interessa pela matéria. É o modo como se vive a relação entre espírito e matéria que faz de nós espiritualistas ou materialistas. A religião como é praticada por algumas pessoas, não passa de materialismo: não se sente nela nenhuma presença espiritual. Por isso, ao invés de criticar os materialistas, muitos ditos espiritualistas deveriam primeiro fazer um exame de consciência: eles constatariam que, prendendo-se apenas nas formas, nas aparências da religião, eles perdem o seu conteúdo e o seu sentido. Vocês querem ser verdadeiros espiritualistas? Coloquem o espírito que vivifica sempre em primeiro lugar. Um espiritualista pode ficar maravilhado diante de tudo o que o mundo material lhe apresenta como realizações, e pode também servir-se delas, mas jamais esquece que o essencial encontra-se dentro dele, e que o mundo exterior deve ser colocado a serviço do seu mundo interior. Tudo está em nós, ou seja a luz, a verdade, paz e o Reino de Deus e é aí que devemos procurá-los. Todos os objetos que são externos a nós são como a casca da realidade, a sombra da realidade. Em certas condições, eles podem ser úteis, eficazes, mas não são absolutamente reais. Eles podem se fragmentar, podem desaparecer, pois são imagens. E aquele que se agarra a eles, não encontra o espírito, mas a matéria; não encontra a verdade, mas ilusões. Omraam Mikhaël Aïvanhov

VISÃO REGIONAL

Direito como tópica Por Ricardo Lewandowski

A

crescente imprevisibilidade das decisões proferidas por juízes e tribunais vem alimentando uma visível descrença no Poder Judiciário. Esse fato traz de volta uma velha questão: o direito, afinal, é uma ciência ou simples técnica retórica? A resposta a essa pergunta tem suscitado acaloradas discussões ao longo de várias gerações de juristas. Tal debate não se colocava ao tempo dos antigos romanos. O direito para eles tinha cunho objetivo e eminentemente prático, empregado como instrumento para consolidar a paz social, inclusive nos vastos territórios que conquistaram. Após a queda do Império Romano, a jurisprudência latina incorporou os usos e costumes dos chamados “povos bárbaros”, dando origem a um sistema híbrido, que mesclava leis escritas e práticas ancestrais, o qual perdurou por toda a Idade Média. Com a prevalência dos ideais iluministas, surgiram as primeiras Constituições, concebidas para enquadrar o poder político, e também as grandes codificações, destinadas a racionalizar a intrincada legislação que sobreviveu à época medieval. Na crença de que esses novos textos esgotavam todo o direito, exigiu-se dos juízes que fossem aplicados literalmente, sendo-lhes vedada qualquer interpretação. O aprofundamento da Revolução Industrial fez com que as sociedades se tornassem mais complexas e dinâmicas, ficando logo evidente que os diplomas legais recém-editados não logravam abarcar a totalidade do direito. Como era de esperar, passaram a apresentar inúmeras

lacunas, que tiveram de ser preenchidas mediante o emprego da analogia e de outros expedientes. Várias escolas de hermenêutica, então, se sucederam. Algumas tentaram resgatar a imperatividade das leis escritas, a exemplo da positivista, cujo maior expoente foi o austríaco Hans Kelsen (1881-1973). Outras, de índole relativista, ao contrário, buscaram ampliar a criatividade dos juristas, como aquela chefiada pelo alemão Theodor Viehweg (1907-1988). Viehweg repudiava o tradicional método interpretativo, consistente em subsumir fatos a normas previamente selecionadas, segundo um raciocínio lógico-formal. É que ele concebia o direito como uma tópica, cujo significado somente poderia ser desvendado caso a caso, por meio de uma argumentação pontual. Críticos não tardaram a concluir que tal concepção, levada a extremos, geraria enorme insegurança. Parece que hoje alguns magistrados, sobretudo os da área penal, voltaram a considerar o direito uma mera tópica, da qual é possível extrair qualquer resultado. E o fazem pela adoção desabrida de teorias estrangeiras, em especial germânicas e anglo-saxônicas, quase sempre incompatíveis com nossa tradição pretoriana, que extrai o direito essencialmente de fontes formais. Chegou a hora de colocarmos um paradeiro nessa indesejável relativização do direito, a qual tem levado a uma crescente aleatoriedade dos pronunciamentos judiciais, retornando-se a um positivismo jurídico moderado, a começar pelo estrito respeito às garantias constitucionais, em especial da presunção de inocência, do devido processo legal, do contraditório e da ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes.

Ibirubá perde um dos seus inspetores de Polícia

O

policial aposentado Almerindo Soares Pires faleceu dia 2, aos 72 anos de idade. Natural de Itaqui, ele entrou na Polícia Civil em 1979, sendo sua primeira delegacia a de Ibirubá. Após, trabalhou em outras delegacias no estado, retornando a Ibirubá com a família, onde se aposentou em 2001. Ao todo, Pires trabalhou cerca de dez anos na Comarca de Ibirubá. Era conhecido na comunidade como Inspetor Soares. Casado com Ezedir Saggin Soares Pires, deixa esposa e os filhos Alex e Duani Saggin Pires. A missa de 7º dia acontece hoje, às 18h, na Igreja Católica Nossa Senhora de Lurdes, em Ibirubá.

J.L. Publicidades Ltda. CNPJ 93.393.783/0001-00 CGC/ICMS 064/0031110 Registrada sob nº 02 Livro B, fl . 1 e 2 no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas/Ibirubá Ibirubá: Serafim Fagundes, 1060, sala 1 - Fone: (54) 3324-1723 E-mail: visao@jornalvr.com.br Tapera: Rua Duque de Caxias, 460 - Fone: (54) 3385-2925 E-mail: tapera@jornaldaintegracao.com.br Circulação semanal aos sábados em Ibirubá, Quinze de Novembro e Fortaleza dos Valos. Os cadernos Social e Classificados circulam também em Tapera, Selbach, Lagoa dos Três Cantos, Victor Graeff e Colorado. Impressão: Cia da Arte - CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146. Fone: (55) 3331-0318 – Ijuí/RS Representante em Porto Alegre: Pereira de Souza & Cia. Ltda. Exemplar avulso: R$ 4,00 (Redação) Tiragem: 2.000 exemplares | Cadernos: 4.000 Jornal fi liado à Adjori Conceitos assinados não traduzem a opinião do jornal. São responsabilidade de seus autores. Primeira edição em 29/03/1989 Circulação ininterrupta desde 15/04/1990 Diretor Responsável: Gustavo Brenner - MTB 26010 Diagramação: Raquel Balin Corrêa - MTB 15867

É Fato

por Raquel Balin Corrêa

ABANDONO – E cresce o número de cães e gatos abandonados em nosso município. Diariamente as integrantes da ONG recebem chamados para recolher os animais pelas ruas da cidade. A ONG está sobrecarregada, e as voluntárias mais ainda. O abandono de animais de estimação é, infelizmente, um problema de todos os dias. Apelar à responsabilidade dos donos, aplicar as leis e realizar campanhas de educação e conscientização parece ser o caminho mais curto para reverter esta triste realidade. PRESOS – Os sucessivos incêndios em estabelecimentos penais aparentemente têm a mesma

motivação: o inconformismo dos presos pela situação catastrófica dos nossos presídios, na grande maioria. Agora acharam uma solução simples, incendiam os presídios e ganham de presente suas liberdades. Inconformismo e muita indignação é o que sinto a cada notícia dessas. Eu imagino o desalento dos responsáveis que tentam fazer com que os detentos paguem pelos seus crimes. LEITURA – Quantos livros você leu no ano passado? Tem lido seu jornal? Se você respondeu nenhum e não, comece a rever seus conceitos. Saia do Facebook, WhatsApp, etc... por favor. Mude seus hábitos, pelo

bem do nosso país, dedique uma hora para uma boa leitura de vez em quando. Estudos de renomadas universidades pelo mundo indicam ou comprovam que a leitura aprimora faculdades cognitivas – aumenta a inteligência, em outras palavras – e deixa as pessoas mais empáticas e com opiniões mais sólidas, além de melhorar a capacidade argumentativa e a tolerância a diferentes pontos de vista. Ou seja, transforma o cidadão em algo bastante diferente do que vemos cada vez mais em nossa sociedade. Eleger quem se não lemos nada sobre suas histórias e feitos? Está na hora de revermos nossos conceitos!


Ibirubá

VISÃO REGIONAL

Sábado, 14 de Abril de 2018

3

Vazamento de dados O pr presidente do Facebook foi chamado a depor no Congresso dos EUA

A Cambridge Analytica (CA) usou as informações em “publicidade personalizada” e influenciar eleições em todo o mundo

O programa de Mark Zuckerberg expôs os dad dados de mais de 70 milhões de norte-americanos (443 mil no Brasil) A “plataforma” Facebook tem mais de 2 bilhões de perfis

Ampliada capacidade de licenciamento

ambiental nos municípios

E

m fevereiro, o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) publicou a Resolução 372/2018, que revogou a de nº 288/2014, dando um novo entendimento sobre as competências dos municípios quanto à emissão de licenciamentos ambientais. Empreendimentos e atividades que se utilizam de recursos ambientais são passíveis de licenciamento ambiental no Rio Grande do Sul. Há regramentos que dispõem sobre a concessão de licenças quanto aos impactos que geram no meio ambiente, ora de competência do Estado do RS, ora de competência dos Municípios. “A Resolução 288/2014 substitui a Resolução 102/2005, ambas do Consema, que regrou, até o último 2 de abril, o porte e o potencial poluidor das atividades, classificando quais e até que porte os municípios poderiam licenciar. A partir do dia 2, este regramento é feito pela Resolução 372/208”, explicou o engenheiro florestal Nelson Nicolodi, da empresa Ibirubá Florestal, prestadora de serviços ambientais para a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente. Armazém de grãos com secador

até 70 mil m2 de área útil, bovinocultura de leite até 400 animais confi nados, bovinocultura semi-extensiva são exemplos de licenciamentos que poderão ser feito pelo Município a partir da nova Resolução. “Desde que regrado pelo Conselho Municipal do Meio Ambiente (Comdema), o Município poderá fazer o licenciamento daquelas atividades que julgar importantes e necessárias”, relatou Nelson.

Ibirubá

Para se adequar à nova Resolução, o Conselho Municipal reuniu os técnicos que trabalham na área ambiental e na Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente do município para fazerem um levantamento das atividades que julgam importantes e necessárias para Ibirubá. Com isso, o Comdema emitiu a Resolução 001/2018, em vigor a partir de 03/04/2018, que definiu quais atividades serão licenciadas no município. A nova Resolução chega para facilitar a vida do produtor rural com a emissão de licenciamento ambiental pelo Município. Entre-

tanto, o número de processos aumentará. Conforme ponderação do engenheiro Nelson, a legislação do Município precisará evoluir para não burocratizar e emperrar os processos. “Temos um grande objetivo futuro de chegarmos a um licenciamento único que abranja todas atividades de um empreendimento rural”, revelou ele. Paralelamente, a empresa Ibirubá Florestal foi contratada para também auxiliar na adequação e modernização da legislação ambiental como um todo em Ibirubá. “Produtores rurais e empreendedores têm condições de trabalhar em níveis ambiental, social e econômico produzindo e estando dentro da Lei”, argumentou Nelson. O Departamento de Meio Ambiente do município está à disposição dos interessados que desejem tomar conhecimento da própria Legislação e das alterações trazidas pela Resolução 372. “Estando a par da Lei, é possível evitar transtornos antes de acontecer um problema, uma denúncia ou uma fiscalização dos órgãos ambientais”, reiterou o engenheiro florestal. (Ascom PMI)

Inclusive na que teve como vencedor Donald Trump, em 2016 Altos executivos da empresa britânica afirmaram que “estão vindo para o Brasil participar da eleição de outubro”

Eleições 2018: atenção para o calendário

A

s Eleições Gerais de 2018 ocorre dia 7 de outubro, em primeiro turno, e em 28 de outubro, nos municípios onde há segundo turno. Os eleitores vão eleger presidente da República, governadores dos Estados, dois terços do Senado Federal, deputados federais e deputados estaduais ou distritais. As pessoas que desejam se candidatar tinham até o último sábado, 7 de abril, para filiar-se em algum partido, exatamente seis meses antes do pleito. O mesmo prazo valeu para o registro dos estatutos dos partidos políticos que pretendem entrar na disputa. O calendário eleitoral tem datas importantes a serem observadas. Por exemplo, 9 de maio é o último dia para o eleitor requerer o título, alterar dados cadastrais ou transferir seu domicílio eleitoral. A partir do dia 7 de julho, os agentes públicos ficam proibidos de praticar várias condutas – três meses antes das eleições –, como nomear, contratar ou demitir servidores, nomear aprovados em concursos públicos homologados até 07/07/2018; participar de inaugurações e contratar shows. As convenções partidárias ocorrerão entre 20 de julho e 5 de agosto. O último dia para o registro das candidaturas é 15 de agosto. No dia seguinte inicia o período no qual é permitida a propaganda eleitoral (comícios, carreatas, distribuição de impressos e propaganda na internet). A propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV será veiculada a partir de 31/8.


4

Geral

Sábado, 14 de Abril de 2018

VISÃO REGIONAL

Emater divulga balanço de ações da gestão de Clair Kuhn

O

Ex-prefeito desincompatibilizou-se da presidência da autarquia para concorrer à Assembleia Legislativa

balanço financeiro dos últimos quatro anos da Emater foi apresentado dia 6, ao Conselho Técnico Administrativo (CTA), em Porto Alegre. Em destaque para a saúde financeira da Emater, sob a administração do quinzenovembrense Clair Tomé Kuhn. O trabalho da gestão foi apresentada ao CTA da Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS) e ao Conselho Administrativo (CONAD) da Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural (Ascar), formados por integrantes de várias entidades, como Fetag, Via Campesina, Fetraf-Sul, CUT, Ceasa, Famurs, CESA, Fecoagro, Farsul, Banrisul, Federasul, Fiergs, Ocergs, Coceargs, Ufrgs e Asae, além do MDA e da SDR, entre outras. Entre as principais ações da gestão estão a renovação da filantropia da Emater, a forte atuação junto ao Governo Federal, o fortaleci-

RGE troca postes e comerciantes reclamam na Rua do Comércio

mento das parcerias com bancos e diversas entidades, com prestação de contas do convênio, acordo de resultados e monitoramento. Porém, o destaque foi realmente a manutenção das ações frente às restrições orçamentárias, ao mesmo tempo em que se recuperou o investimento da Extensão Rural, atividade-fim da Emater, de R$ 196,8 milhões em 2014 para R$ 205,7 milhões em 2018. Em tempo: os números deste ano são parciais, ou seja, não foram fechados até o final do exercício. Nos quatro anos foi economizado um total de R$ 120 milhões entre material de consumo e serviços, despesas de alimentação e hospedagem e combustível. Clair Kuhn foi sucedido pelo presidente do CTA, Iberê de Mesquita Orsi, que assumiu o cargo no mesmo dia. Natural de Vacaria, Iberê é ex-secretário adjunto da SDR e ex-extensionista da Acaresc-SC.

Canal Futura oferece projeto para Ibirubá

A

RGE formou uma força-tarefa para trocar 13 postes e quase 400 metros de cabos da rede elétrica na Rua do Comércio, no último sábado. O trabalho deveria estar concluído até o final da tarde, mas a energia voltou somente às 21h45min. Os empresários das imediações, de bares e restaurantes, reclamaram. A grita é pelo dia escolhido, o de maior movimento, e do rompimento dos cabos de fibra ótica, que os deixou sem internet. “Conforme o cronograma divulgado, a gente se preparou dia 2 e dia 6, mas ninguém apareceu (para o trabalho)”, falou um empresário, lembrando também que este poderia ter sido feito durante um dia da semana. Houve um imprevisto que fugiu ao planejamento inicial e a empresa destinou 14 equipes pesadas para atender a obra, inclusive de Santo Ângelo, Cruz Alta e Palmeira das Missões. Segundo a consultora de Negócios da RGE, Mari Lucia Santos, 750 clientes da região Central de Ibirubá estão sendo beneficiados de maneira direta. O investimento foi de R$ 84 mil. “Realizamos uma verdadeira força-tarefa para trocar os 13 postes num único dia. É uma obra bastante importante para Ibirubá e ficamos felizes em entregá-la à comunidade”, destaca a consultora, via Assessoria de Imprensa RGE e RGE Sul.

O

Canal Futura e o Cededica, de Passo Fundo, apresentaram dia 5 um projeto para um trabalho com uma parcela da juventude de Ibirubá na sala de reuniões do CRAS. Participaram da reunião a secretária de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Mariana Ribas Moraes, e um grupo de gestores vinculados à Prefeitura Municipal, que trabalham com jovens que se encontram numa situação diferenciada, como o EJA, através da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Teresinha, o Projovem, através do CRAS, e jo-

vens sob medida socioeducativa, através do Simase. O Canal Futura apresentou o projeto “Maletas Futura”, que oferece materiais temáticos para reflexões sobre determinados temas. “O Maletas Futura traz ferramentas para termos outro olhar sobre a juventude, para fazermos uma alteridade com eles, nos colocando no lugar deles e tentando ver, do ponto de vista deles, como encaram os modelos de educação, de sociedade, de cidadania, procurando atender as suas expectativas”, explicou a secretária Mariana. O Projeto contêm um

acervo recente e instigante do Canal Futura e indicações de outras fontes audiovisuais (filmes, documentários, sites etc.), valorizando o potencial provocador e reflexivo do acervo. Somam-se a esse material, textos inéditos e produtos lúdicos. “São mais de 60 vídeos elaborados por jovens sobre os mais diversos temas: homofobia, drogas, cidadania, política, meio ambiente, ecologia”, salientou a secretária. Pelo trabalho já desenvolvido pelo município nas áreas de Educação e Social, Ibirubá foi recomendado pelo Fórum local, através

do juiz de direito Dr. Ralph Langanke, para o Cededica - Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, de Passo Fundo, que tem parceria com o Canal Futura, do Rio de Janeiro. “Eles fizeram uma simulação do que seria esse novo trabalho com os jovens. Num primeiro momento, vai durar dois anos com monitoramento do Canal Futura regular. Conforme o desenvolvimento das atividades com os grupos de jovens, o projeto poderá render materiais para outros municípios, se o trabalho aqui for diferenciado”, revelou Mariana. (Ascom PMI)


Ibirubá

VISÃO REGIONAL

Fórum Regional

SUSAF vem regularizar produção agroindustrial Liderança de toda a região participaram de evento ontem

Sábado, 14 de Abril de 2018

5

Processo seletivo para agente do PIM será dia 22

A

té dia 17 podem ser feitas as inscrições para o cargo de Agente Educacional do Programa Primeira Infância Melhor (PIM), da Prefeitura de Ibirubá, junto a Assistência Social. Todas as informações constam no Edital 024/2018. Serão contratadas três agentes em caráter tempo-

rário, por 180 dias, tempo que pode ser prorrogado. O candidato deve recolher taxa de R$ 30 na tesouraria municipal. A prova escrita com 20 questões objetivas será realizada dia 22, na Escola Santa Teresinha (9h). Os aprovados serão classificados e vão para o banco de espera até serem chamados.

Ruas do Bairro Odila recebem limpeza

Para que os municípios obtenham, de forma voluntária, a adesão a ao Sistema, é necessária a comprovação da equivalência junto à SEAPA dos seus processos e procedimentos de inspeção e fiscalização

I

birubá sediou na manhã desta sexta-feira, 13, Fórum Regional do SUSAF - Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte. Lideranças de toda a região e pessoas ligadas às agroindústrias e pequenas propriedades rurais estiveram na Câmara Municipal para saber mais sobre o sistema de fiscalização sanitária integrada. O encerramento ocorreu por volta das 13h. A promoção foi da Secretaria Municipal da Agricultura Pecuária e Meio Ambiente e pelo Departamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal, tendo como proponentes a Prefeitura de Ibirubá, vereador Henrique Hentges, deputado estadual Edegar Pretto (PT) e o Conselho Regional de Medicina Veterinária - RS. O SUSAF-RS foi implantado no Estado a partir da apresentação da Lei 13.825, de 04/11/2011, apresentada pelo deputado Pretto. O Sistema SUSAF é uma lei que permite a comercialização, em todo o Estado, dos produtos de origem animal produzidos por agroindústrias familiares e inspecionadas pelo SIM – Serviço de Inspeção dos Municípios. “Permite aos estabelecimentos registrados nos Serviços de Inspeção Municipais e que estejam engajados

neste Sistema, o comércio em todo o território do Estado do RS, o que só caberia àqueles registrados na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (SEAPA) por meio do Serviço Estadual de Inspeção (CISPOA)”. Programação Foram servidos produtos da Agricultura Familiar no café e apresentado um vídeo institucional do SUSAF. Compuseram a mesa de honra o deputado Pretto, o prefeito Abel Grave, vereadores Henrique e Vagner Oliveira, secretário Erico Nogueira e Eduardo Dürr, Coordenador do Departamento de Inspeção Sanitária. Na abertura falaram Henrique, Vagner e o prefeito. Em seguida, o deputado fez uma ampla explanação sobre o programa. O médico veterinário Ivanir Born, coordenador do Serviço de Inspetoria de Victor Graeff, falou de como funciona o SUSAF em seu município. O SUSAF está ativo somente em 25 munciípiios gaúchos atualmente – por enquanto. Born afirmou que, ao passo que o Governo do Estado quer agilizar o SUSAF, os municípios não têm estrutura para fiscalizar, o que é um problema. A fiscal sanitária Cássia Vilarinho, supervisora da SEAPI – Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação – Regional Soledade (SEAPI), discorreu sobre as responsabilidades de cada ente no processo e sobre a execução e o modus operandi da Lei SUSAF. Por último falou José Pedro Soares Martins, de Porto Alegre, representante do Conselho Regional

A

inda na semana passada, uma equipe da secretaria de Obras fez uma limpeza na Rua Guaíba, no Bairro Odila, perto do Centro Espírita Lar de Jesus, perto do barranco do Rio Puxiretê. O local estava sendo usado como depósito de lixo clandestino, ocasionando todo tipo de transtorno. Foi recolhido todo o material jogado na área, cercado o local e instalada placa proibindo colocar lixo. de Medicina Veterinária do Estado. Seu tema f oi “A responsabilidade Técnica do Médico Veterinário nos Estabelecimentos Produtores/ Industrializadores de Produtos de Origem Animal”.

Casamento coletivo será dia 18 de maio

Avaliação O Vereador Henrique relata que, desde o ano passado, com o advento do SIM (e a contratação do médico veterinário responsável), tornou-se possível efetivar o credenciamento dos estabelecimentos junto ao SUSAF em Ibirubá. “Isso permitirá que os produtos de origem animal de Ibirubá sejam vendidos em todo os estado do RS”. Importante destacar que as agroindústrias devem cumprir todas as normas estabelecidas pelo programa. “Espera-se, a partir de agora, que o Estado faça, de fato, a desburocratização do SUSAF através de um decreto”. Participaram do Fórum pequenos empreendedores, agricultores familiares, empreendedores, secretários municipais, vereadores, representantes da Copreagri, IFRS Campus Ibirubá, Comusan e dos municípios de Colorado, Guarani das Missões, Victor Graeff, Não-Me-Toque, Campos Borges, Santa Bárbara, Quinze de Novembro e Lagoa dos Três Cantos.

rganizado pela Prefeitura/ Assistência Social, em parceria com a Sobeni e o Cartório de Registro Civil, está marcado para o dia 18 de maio um casamento coletivo, com cerimônia no Centro Social do Bairro Progresso. A ação se dá para auxiliar casais de baixa renda a oficializarem suas uniões. Um juiz de paz conduzirá a cerimônia. A secretária de Assistência Social, Primeira-dama Fabiana Grave, está pro-

O

curando parcerias para viabilizar o evento. Pelo menos um dos noivos deverá estar inscrito no Cadastro Único do CRAS. Após triagem das inscrições, os noivos serão encaminhados ao Cartório de Registro Civil. Haverá isenção das taxas cartoriais. O casamento coletivo integrará a programação da Semana da Solidariedade (14 a 19/5). Mais informações pelo fone 3324-8530, na Secretaria de Assistência Social.


6

Sábado, 14 de Abril de 2018

Cursos Técnicos Integrados formam turmas

Educação | Quinze de Novembro

VISÃO REGIONAL

Implantado estacionamento exclusivo para idosos A

O

s Cursos Técnico Integrados do IFRS Campus Ibirubá formaram suas turmas na noite de 6 de abril, na Casa de Cultura Osvaldo Krames de Ibirubá. As turmas de Agropecuária, Informática e Mecânica somaram aproximadamente 60 alunos. A solenidade contou com a presença de autoridades locais, como a secretária de educação municipal e autoridades da instituição, incluindo o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Eduardo Girotto, a diretora-geral, Migacir Trindade Duarte Flôres, a diretora de Ensino, Sandra Rejane Zorzo Peringer, os professores coordenadores dos cursos técnicos e os paraninfos e homenageados das turmas. A comunidade também esteve presente para prestigiar os novos técnicos. A noite foi cheia de emoções, especialmente no discurso dos formandos, que lembraram os bons momentos vividos ao longo dos três anos de curso técnico no Campus Ibirubá. (Ascom/IF)

administração municipal inaugurou dia 6 o primeiro estacionamento exclusivo para idosos da cidade. A medida visa proporcionar mais segurança e praticidade à população, mas a vaga poderá ser usada apenas por veículos identificados com o cartão de credenciamento. De forma simbólica, foi instalada uma placa em frente a Prefeitura – no decorrer do ano serão identificados mais pontos. Participaram do ato o vice-prefeito Paulo Prante, coordenadora da Assistência Social Julia Costa, a assessora de Manutenção Meridiana Gabriel, o assistente social Luciano Weber e integrantes do

Placa orienta sobre estacionamento Grupo de Idosos Renascer. O cartão pode ser obtido junto ao Departamento de Assistência Social e vale para todo o território nacional. Deve ser colocado

no painel do veículo, de forma visível. Será cadastrado somente um veículo por pessoa idosa. A credencial tem validade de dois anos.

O credenciamento está sendo feito pela Assistência. Devem ser apresentadas cópias do documento de identidade e do documento do veículo.

Presidente da Câmara esteve em Brasília Lair Blasi, Presidente do Legislativo de Quinze de Novembro, juntamente com o prefeito Gustavo Stolte, e Jair Lauxen, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Ibirubá, estiveram dia 3 no Ministério do Trabalho, em Brasília, para tratar de projetos que visam a qualificação dos trabalhadores da área industrial metal mecânica. Estes devem ser executados em parceria entre os municípios de Quinze de Novembro e Ibirubá.

Informativo da Prefeitura de Quinze de Novembro Segunda Caminhada Rumo ao Cristo acontece dia 21 No próximo final de semana, a Administração Municipal, juntamente com a Sociedade Esportiva Santa Clara, estarão realizando a Segunda Caminhada Rumo ao Cristo. O percurso é de 22 quilômetros, iniciando às 4h30min do dia 21 de abril, com saída na Tenda de Santa Clara do Ingaí, percorrendo até o Fundo dos Valos, em Fortaleza dos Valos. As inscrições podem ser feitas na sala do DMD, na Prefeitura Municipal, ou pelo telefone 99175-3394 (Evaldir) ou 99161-2517 (Vereador Cigano). Após a caminhada, será servido almoço em Santa Clara do Ingaí. Aos interessados, haverá transporte saindo da Praça Clara Saft, às 4h.


Policial | Esporte

VISÃO REGIONAL

Brigada Militar apreende armas em duas ocorrências

Um dos fatos ocorreu no final da madrugada de sábado, no Bairro Santa Helena

A

BM recebeu denúncia e deslocou efetivos até o Bairro Santa Helena às 5h do dia 7, último sábado. No local foram encontrados cinco pessoas na Rua Gre-Ju, Bairro Santa Helena: R.S, de 28 anos, R.P.S.L, 19, V.S.S, 31, V.D., 37, e a menor T.C.C, de 16 anos. Ao avistar a viatura, um deles dispensou um revólver calibre 38. Foi efetuada a abordagem, revista e identificação. A arma estava carregada com quatro munições e pertencia a R.S. O indivíduo é de Carazinho e tem ampla ficha criminal. Foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e levado para o Presídio de Espumoso. Os demais foram encaminhados à DP para os procedimentos. Casal – Na tarde daquele sábado, 14h40min, A.C.S.D.S. denunciou ter sofrido empurrões de seu esposo M.A.A.D.S, que também teria quebrado o vidro de seu veículo e teria uma arma de foto em casa. Esta foi entregue para a guarnição: era uma espingarda de cor prata, cabo amadeirado, sem marca ou numeração. O homem foi localizado na esquina próxima, foi abordado e conduzido ao quartel da BM.

Perturbação do sossego A BM recebeu denúncia de perturbação do sossego na Rua General Osório (centro) na madrugada de domingo, 8, onde uma camionete Saveiro branca estava com som alto. A fiscalização ocorreu por volta das 3h20min: havia até indivíduos “dançando, pulando e gritando” na caçamba do veículo. A Brigada Militar autuou o proprietário e confeccionou termo circunstanciado por perturbação do sossego (artigo 228 do CTB) e o veículo foi recolhido ao depósito do Detran, em Espumoso.

Òbitos ARCIRIO KAPPAUN 04/05/1944 03/04/2018 IRICA BODH 14/11/1930 08/04/2018 FABIANA WEBER GONÇALVES 26/03/1978 06/04/2018 JOSÉ GUILHERME BAGGIO 19/06/1950 10/04/2018

Polícia prende foragido Ibirubá - Policiais civis das DPs de Ibirubá e Selbach, coordenados pela delegada Diná Rosa Aroldi, prenderam ontem pela manhã P.S.S, 47 anos, no Bairro Hermany. Foragido do Presídio Estadual de Espumoso desde dezembro, ele cumpria pena pelo delito de ameaça nos termos da Lei Maria da Penha, fato ocorrido contra sua ex-companheira em 2012. Foi reconduzido ao Presídio Estadual de Espumoso.

Sábado, 14 de Abril de 2018

7

Copa Alto Jacuí

Depois de vencer em Selbach, ASIF recebe a AES Ibirubá – A ASIF Cotribá/Vence Tudo obteve vitória frente a SASE no último sábado 7, garantindo sua primeira vitória na 4ª Copa Alto Jacuí - Taça Sicredi na casa do adversário. Esta noite, a equipe recebe a AES, que venceu a SASE quarta-feira por 3 a 2, em Sobradinho. A equipe de Selbach recebe o América, no Módulo Esportivo. A ASIF veio com mudanças para a partida do sábado passado, com a estreia do goleiro

Schimia e de Lucas da Rosa. A SASE colocou o goleiro linha, o que já havia feito no jogo anterior. Em contra-ataque puxado por Henrique, Pitoko passou para o meio da área e Lucas da Rosa encontrou a bola perdida pela SASE, abrindo o placar para a ASIF com um chute direto. Na área do goleiro Felipe Maschio, em um erro de Marcelo Todeschini, Bruninho aproveitou mandando a bola no meio das pernas do goleiro, somando o placar do visitante, ASIF 2 a 0.

No segundo tempo, Caturra aproveitou a falha na saída de bola da ASIF que com um chute direto fez a bola espalmar nas mãos de Schimia. No rebote, Bié descontou para Selbach. Na sequência, Cliver chutou por baixo do goleiro Schimia, deixando tudo igual no placar. Restando poucos minutos para o fim de jogo, Jhow fez o seu e colocou a equipe de Ibirubá novamente na frente. A SASE ainda tentou com Léo no goleiro linha, mas o resultado ficou mesmo em 3 a 2.

Mais reforços: ASIF recebe o fixo Fabiano

O

atleta Fabiano Araújo integrou-se junto ao elenco da ASIF Cotribá/Vence Tudo quinta-feira à tarde (12). Natural de São Miguel do Oeste (SC), estreia hoje contra a AES, quando a equipe luta por vaga na semifinal da 4ª Copa Alto Jacuí. Vindo do Mafra, Fabiano é considerado jogador de muita raça. Iniciou a carreira em 2004 e já acumula diversos títulos pelas equipes nas quais atou: Joni Gool (São Miguel do Oeste - 2003/2008), Malwee Futsal (Jaraguá do Sul - 2009/2010), SCCP Corinthians Paulista (São Paulo -2011/2012), Caça e Tiro (Lages – 2013), CRE Xaxiense (Xaxim - 2014/2016) e Mafra Futsal (Mafra – 2017).

FUTSAL/SELBACH – Iniciou domingo, 8, em São Pascoal, o 5º Campeonato Intercomunidades Sicredi de Futsal. Os resultados foram Linha Floresta 2 x 2 Santa Terezinha, Santa Isabel 1 x 2 Arroio Grande, Linha Cristal 5 x 4 Passo do Padre e Bela Vista 7 x 4 Linha Santa Fé. Folgou o São Pascoal. Neste domingo os jogos ocorrem em Santa Isabel, a partir das 18oh45min, com Santa Fé x Linha Floresta, Passo do Padre x São Pascoal, Arroio Grande x Bela Vista e Santa Terezinha x Linha Cristal. Folga a equipe da casa. ARRANCADA – No próximo dia 21, o Clube Ibirubense de Automobilismo promove o II Racha Noturno do CIA. A Federação Gaúcha de Motociclismo

não autorizou a participação de motocicletas no evento, sob a alegação de que haverá outra prova no Estado no mesmo dia. O CIA disse, em nota, que compromete-se “em empregar todos os esforços para trazer carros e camionetas diferenciados para o evento, fazendo o melhor racha da região”. FESTA ESPORTIVA – Neste domingo, 15, ocorre a primeira festa esportiva da Sociedade Atlética (SASE), com almoço no Esporte Clube Canarinho (levar pratos e talheres). Informações com a diretoria do clube. BASE – Na próxima segunda-feira ocorre, em Quinze de Novembro, reunião sobre o Campeonato Regional Futsal das Categorias de Base.


A colheita de grãos da safra 2017/2018 deverá ser a segunda maior do país, com uma produção de 229,5 milhões de toneladas. Os números estão no 7º Levantamento da Safra de Grãos 2017/2018, divulgado terça-feira (10) pela Conab.

JORNAL COM VISÃO DE FUTURO

EDIÇÃO Nº 1464| Sábado, 14 de Abril de 2018

A atual safra teve redução de 3,4% em comparação ao ano passado, mas mesmo assim é recorde, ainda mais considerando-se o clima. A área plantada de soja atinge hoje 35,1 milhões de hectares, avançando sobre as lavouras de milho.

Circulação: Região do Alto Jacuí | www.jornalvr.com.br | visao@jornalvr.com.br

Sicredi Integração Rota das Terras RS tem assembleia geral

A

Sicredi Integração Rota das Terras RS realizou na segunda-feira (9), na Afuco, em Tapera, a sua assembleia geral ordinária (AGO), com a presença dos coordenadores de núcleo. O encontro foi conduzido pelo presidente Sérgio Tonello, com apoio do diretor executivo Luiz Fernando Scartezini. Entre as autoridades presentes, o prefeito de Tapera, Volmar Helmut Kuhn, a vice-prefeita de Selbach, Stelamaris Gobbi; e o presidente da Cotrisoja, Gilberto José Seibel. Mais de 7,6 mil associados estiveram presentes nas 16 assembleias realizadas entre 26/2 e 13/3, em Selbach, Colorado, Quinze de Novembro, Ibirubá, Lagoa dos Três Cantos e Tapera. Para os eventos, instituição financeira cooperativa fez parcerias com diversas entidades, as quais foram beneficiadas com os valores dos lanches servidos ao final dos encontros. Neste ano, foram distribuídos R$ 59.916,00 entre as seguintes entidades: Sport Club Guarany e Paróquia São Thiago (Selbach), Sociedade Recreativa Sempre Unidos (Lagoa dos Três Cantos), Hospital Roque Gonzalez e Apae de Tapera, Clube 25 de Julho (Quinze de Novembro), Círculos de Pais e Mestres das escolas municipais e escola

Assembleia reuniu os coordenadores de núcleo do Sicredi e autoridades estadual de Colorado e Distrito de Vista Alegre; e o Grupo Folclórico Die Lustigen (Ibirubá). Os coordenadores representaram os associados e apresentaram os votos do seu núcleo na assembleia geral. A prestação de contas de 2017, a proposta de destinação do resultado, as novas regras do Banco Central do Brasil sobre as políticas de sucessão, gerenciamento de risco de conformidade e as normas de auditoria interna, e a autorização para os coordenadores debaterem e deliberarem o projeto de expansão do Sicredi para Minas Gerais foram aprovados por todos os núcleos.

Novidades

Neste ano, a Sicredi Integração Rota das Terras RS trouxe três novidades nas assembleias: a apresentação do Relatório Anual em forma de vídeo; a realização da assembleia em dois horários, um à tarde e outro à noite, o que possibilitou ao associado optar por acompanhar em um dos dois horários, facilitando assim, a sua participação; e o sistema de votação eletrônico, onde o associado recebeu

um aparelho para votar nos assuntos da ordem do dia, o que trouxe mais transparência, agilidade e segurança nas votações. O presidente Sérgio Tonello destacou o modelo de gestão do Sicredi, que valoriza a participação dos associados e reforça os valores da cooperação. “Neste ano, reunimos 30% do quadro social nas assembleias. Um dos maiores índices de participação do Sistema Sicredi. Ficamos entusiasmados e felizes com esta grande mobilização, pois além de votarem e participarem de forma efetiva na gestão, os associados acompanharam os resultados da sua cooperativa e viram como ela contribuiu para desenvolvimento econômico e social da região”, disse. Para o presidente, a presença dos associados nas assembleias é fundamental para o crescimento e desenvolvimento da cooperativa. “Nós acreditamos que juntos tomamos as melhores decisões. E fazendo juntos, nós fazemos a diferença. É com a força dessa gestão compartilhada e colaborativa, em que todos participamos, que crescemos e evoluímos a cada ano”, salientou.

Visão regional 14 4 18 indd  

Visão regional 14 4 18 indd

Visão regional 14 4 18 indd  

Visão regional 14 4 18 indd

Advertisement