Page 1

Sábado | 29 de Outubro de 2011

EDIÇÃO Nº 1130

SÁBADO, 29 DE OUTUBRO DE 2011

1

Circ ulaç ão: Região do Alto Jac uí - R$ 2,50

Cidade Digital será implantado em cinco municípios da região Governo federa l escolheu Ta per a, Lagoa dos Três Cantos, Color ado, Victor Graeff e Ibirubá para pr ojeto pioneiro no país

O

Mini stéri o da C i ênc ia e T ec nol ogi a (MCT) decidiu quarta-feira des tinar recursos a cinco muni cí pios da região para a implantação do projeto Cidade Di gital: Lagoa dos Três Cantos, Tapera, Ibirubá, Colorado e Victor Graeff. A inform ação foi confirmada pelo secretárioexecut ivo da Amaja, J oão Ernesto Schemmer, e pelo as sess or de gabinete da Prefeit ura de Lagoa dos

Três Cantos, Edio Schräder. Ele estavam em Brasília para o Encontro Nacional de Tecnologia da Informação para os Municí pios Brasileiros. Os municípios representados pela As sociação dos M uni cípios do Al to Jacuí (Amaja) estão entre apenas 46 pré-s elecionados em t odo o país . Schrader explica que os cinco municípios atenderam aos requi si tos exigi dos pelo Programa de Fomento

Atenção colaboradores

à Elaboração e Implantação de Projetos de Inclusão Digital: Infraestrutura para Ci dade Digital, do MCT. “Esperamos que a população seja beneficiada com a moderni zação da ges t ão públ ic a, a viabilização de servi ços sociais básicos na Saúde como o Telemedicina; na Educação, como o Programa Um computador por Aluno (UCA); além de abrir novas possibilidades para geração de t rabalhos nas

áreas de cidadani a, inclusão social, s egurança públ ica, dentre outras”, antecipou o ex-prefeito de Lagoa Edi o Schräder. “Graças ao apoio do deputado federal Elvi no Bohn Gass (PT), incansável neste processo, obt ivemos êxito aliado a qualidade dos projetos cadas trados no Siconv (Sis tem a de Gestão de Convênios)”, di sse Schäder. João Schemmer revel a que o objetivo da Amaja é

levar i nternet banda larga a todos os municípios da região do Alto J acuí. A associação deve firmar uma parceria com a Telebrás, operadoras e provedores. O president e da Am aj a, Ernor Weber, e outros prefeitos da regi ão, vinham acompanhando de perto o processo que culminou esta s e ma na. Em s e te m bro Ibirubá sediou o projeto piloto do Estada Para o Futuro, no Inst ituto Federal do RS. No encontro em que

Schemmer e Schräder participaram foi criada uma comunidade virtual, já resultado daquela atividade. O diret or de Sis temas de Informação do M inistéri o do Pl a nej am ent o, Cori nto M affei, revelou que a int enção é fazer uma cam panha para aum entar o número de participant es da comunidade virtual e iniciar a agenda de atividades par a o s egm ent o de tecnol ogia da informação com os municípios.

Conferência estadual discute turismo da região em Quinze de Novembro

Em virtude do fe riado da próxima qua rtafeira, 2/11, solicitamos ante cipação na entrega do material à Reda ção. Visão Re gional

Clair Kuhn entr egou documento com as demandas da região para a secretári a Abgail

A Secretaria de do Turis mo do RS (Setur) promoveu quinta-fei ra em Qui nze de Novembro a 1ª Conferência Estadual de Turism o da 11ª M acrorregião Turís tica Rota das Terras. Li deranças de vários municípios debateram a t emática no Clube 25 de Jul ho, especi alment e a neces sidade de incentivos do governo para o setor. A s ecretária Abgail Rodri gues chegou quart a-feira à noit e em Ibirubá e se encontrou com autoridades. Na quint a, pela manhã, foi recepcionada pelo prefeito Clair Kuhn. Ela f ez um relato sobre o andam ento das atividades da Pasta. Afirmou que a Setur receberá 25% mais recurs os em 2012. Destacou a união entre os m uni cípi os da regi ão da Rota das Terras pel o des envolviment o do turis mo. Kuhn ent regou ofí ci os solicit ando es forço da secretária para as falt ar a es trada que demanda a Sede Aurora e para a perfuração de um poço de águas termais no muni cí pio. “Es sas dem andas não são im port antes s omente para Quinze de Novem bro, mas para toda a região. Podem ser o esforço inicial para a cons olidação do potencial turís tico de todos os municípios do Alt o J acuí”, declarou.


OPINIÃO

Sábado | 29 de Outubro de 2011 2

Sete bilhões de humanos. E a humanidade por construir O mundo es tá a poucos dias de atingir uma população de sete bilhões de habitantes. A previsão da ONU é de que esse divisor será alcançado no dia 31 de outubro, próxima segunda feira. A marca redonda, superlativa, leva água ao moinho dos apelos neomalthisianos que tem conquistado adept os aqui e al hures . Escudado na justa preocupação com o equilí brio a mbi ent al , o neomalt husianismo pega carona num boa causa para rejuvenescer um velho truque hist órico: atribuir a pobreza ao excesso de pobres. O planeta vive hoje uma crise endogâmica, ambiental e econômica. A s uperação de uma não se fará sem a equação da outra. Mas há hierarquia entre causas e efeitos . Não é a demografia que explica as conexões entre miséria, fome e devastação ecol ógica. Há uma de va s ta ção pre cedent e sempre omitida nas manchetes 'demografóbicas': a concentração histórica de poder econômico e político que acarreta a exploração

devastadora de ‘recursos’ humanos e naturais . Um dado resume todos os demai s: 20% da população mundial consome 80% dos recursos que formam as bases da vida na Terra. Ainda que os demais 80% da demografia 'excedente' foss em extermi nados, o padrão de consumo capitalista, e o desperdício intrínseco a ele, continuaria a fazer estragos estruturais no planeta. A desordem exacerbada pel o colapso neoliberal tende a acentuálos. Ela amplifica a miséria numa ponta e justifica a procrastinação temerária de acordos e m edi das caut elares para refrear a rapinagem ambiental na outra. A salvação das finanças ocupa as atenções e os recursos disponíveis na agenda do mundo: não há 'sobras' para acudir a fome, tampouco espaço para i nve s ti r em reordenação ambiental. Ess e segundo pl ano ameaça a relevância da Cúpula da Terra, a Rio 2012. Se rá nece ss ár io uma mobilização política contundente para romper a blin-

dagem financista predominante na agenda da crise e incorporar os reais interesses da humanidade e do planeta na reordenação da economia mundial. Isso não se faz com t ergivers aç ões demográficas que ofuscam em vez de iluminar a raiz dos problemas. Cerca de 1,1 bilhão de pess oas sobrevi vem com menos de 1 dólar por dia e 2,8 bilhões subs istem com menos de 2 dólares/ dia nesse mom ento. A infância da humanidade, formada por dois bil hões de crianças, tem a m etade de seus protagonistas apris ionados no redil da pobreza e da i nsegurança alimentar. A OIT (Organização Internacional do Trabalho) explica como s e dá a t ra ns mi s s ão geracional da excl us ão: quat ro em cada dez trabalhadores do m undo são pobres e a nat ali dade evolui na razão inversa da curva de renda. O colapso neol iberal adicionou m ais 30 milhões de desempregados às ruas : hoj e são m ais de 200 mil hões em todo o planeta. Entre os que est ão empregados, 1,3 bilhão ga-

nham at é dois dólares por dia; 489,7 milhões ganham menos de 1 dólar/dia. Dados da ONU e do Banco M undial i ndicam que 80% da humanidade vive com menos de dez dólares por dia. A especulação no mercado de commodities, que inflaciona os preços dos aliment os e multiplica a fome, reúne hoje recursos da ordem de US$ 400 bilhões de dólares . Quatrocentas vezes o orçamento anual da FAO, principal organis mo de cooperação voltado para o desenvolvimento agrícola e a segurança alimentar. Nos anos 80, a nte s da des re gul aç ão neoliberal, o volume total a pli cado e m c ont ra tos especulativos era inferior a US$ 20 bilhões. Esse é o pano de fundo sobre o qual será decidida a s orte de s ete bilhões de seres humanos . Não há solução demográfica para o seu destino. O verdadeiro desafio é humanizar a sociedade humana. Saul Leblon, no portal Carta Maior

PSD: o partido onde os ricos se encontram Por Edson Sardinha, do Congresso em Foco

E

le foi anunciado em março por seu criador como um partido que não é de direita, nem de esquerda, nem de centro. Sete meses após a famosa declaração do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o Partido Social Democrático (PSD) nasce oficialmente hoje (dia 26) no Congresso como uma legenda de ricos e empresários. A maioria deles, ruralistas. Mais da metade da nova bancada tem na atividade empresarial sua principal ocupação. A soma dos bens declarados à Justiça eleitoral pelos congressistas do PSD também faz dele o segundo partido mais rico do Parlamento, atrás apenas do PMDB. Entre titulares, suplentes e licenciados, o PSD havia arrebanhado 57 deputados e dois senadores até a última segunda-feira. Um número que ainda pode crescer. Desses 59 nomes, 42 (71%) são empresários urbanos ou rurais. Praticamente o mesmo número atua na defesa do agronegócio, como integrantes da bancada ruralista. Juntos, os discípulos do prefeito paulistano no Congresso acumulam umpatrimônio de R$ 367,6 milhões. Ou seja, embora representem apenas 8,8% dos congressistas, eles respondem por quase 20% do total de R$ 1,94 bilhão declarado em bens pelos 667 parlamentares que exerceram mandato na atual legislatura. OPSD abriga o parlamentar mais rico de todo o Congresso, o deputado João Lyra (AL), usineiro dono de uma fortuna declarada de R$ 240,4 milhões, acusado de trabalho escravo no Supremo Tribunal Federal (STF). Outros dois deputados do novo partido também somam mais de R$ 10 milhões em bens, Paulo Magalhães (BA) e Roberto Dorner (MT). Ao todo, 34 representantes do partido de Kassab no Congresso informaram à Justiça possuir mais de R$ 1 milhão em bens.

Plural e eclética O número de empres ários na bancada surpreendeu até o futuro líder do partido na Câmara, Guilherme Campos (SP), ele próprio empresário em Campinas. “Tudo isso? É s urpreendente. Temos também muitos representantes do agronegócio. A força da nossa representação está na pluralidade. É uma bancada eclética e diversa com gente de vários setores”, afirma o deputado, recém-desfiliado do DEM. Como exemplo dessa diversidade, Guilherme cita a presença dos deputados Ademir Camilo (MG), ex-PDT, e Roberto Santiago (SP), ex-PV, que têm origem no movi-

mento sindical e ligações com a União Geral dos Trabalhadores (UGT). “Não somos de direi ta, nem de esquerda. Nem temos perfil conservador. Somos de centro”, avalia o novo líder, destoando da célebre frase de Kassab. Embora rechace que a representação do PSD no Congres so seja cons ervadora, Guilherme Campos admite que o novo partido ainda não tem uma identidade bem definida. “Estamos em um processo de cons trução, que ainda vai definir a cara do partido. Mas isso, por enquanto, ainda não está claro”, reconhece.

Ruralistas A cara do novo partido concilia hoje traços urbanos e rurais. Atualmente, 28 parlamentares do novo partido fazem parte da Frente Parlamentar da Agropecuária. Entre eles, o presidente da frente, deputado Moreira Mendes (RO), e a presidenta da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), senadora Kátia Abreu (TO). Outros nove deputados do PSD também têm atuação destacada na defesa do agronegóci o, embora não façam parte da principal frente parlam ent ar dos ruralistas. Integrante da frente, empresário rural com patrimônio avaliado em R$ 12,5 milhões, o deputado Roberto Dorner vê em sua nova legenda um caminho para atuar com mais liberdade. “Não s omos a favor nem contra o governo”, diz o deputado, que se desfiliou do governista PP. “Não tenho nada contra meu ex-partido, mas precis ava de mais espaço para ter opinião e palavra”, afirma. O novo líder do PSD conta que trabalhará para conciliar eventuais divergências dentro da bancada. “Primeiro, t emos de acertar a estrutura do partido, com espaço físico e assessoria. Depois, teremos de respeitar a história de cada parlamentar quando tratarmos de questões que não forem consensuais”, expli ca. A formação da nova bancada será (foi) oficializada em ato na Câmara nesta quarta-feira (26). Guilherme Campos acredita que o PSD possa aumentar, nos próximos dias, s ua repres entação nas duas Casas. Só a numerosa bancada do PMDB é mais endinheirada que a do PSD. Os 110 peemedebistas acumulam R$ 408,29 milhões em patrimônio. A bancada ass umiu a liderança após ser reforçada, no último m ês, com a filiação do deputado Sandro Mabel (GO), ex-PR. O dono da fábrica de bolachas figura entre os dez congressistas mais ri cos , com mais de R$ 70 milhões em bens. Sem ele, o PMDB ficaria atrás do PSD em volume patrimonial.

Coluna do Élbio el.bito@globo.com

O cético e o lúcido N o ventr e de uma m ulher grávida e stavam dois bebê s. O primeiro pergunta ao outr o: - Você acredita na vida após o nascimento? - Ce rtam ente. Algo tem de haver após o nas cime nto. Talvez es te jamos aqui pr incipalmente porque nós precisamos nos preparar para o que s erem os m ais tar de . - Bobagem , não há vida após o nascimento. Como ve rdadeiramente ser ia essa vida? - Eu não s ei e xatame nte, mas cer tamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e come remos com a boca. - Iss o é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alim enta. Eu digo som ente uma coisa: A vida após o nas cimento está excluída – o cordão um bilical é muito curto. - Na ver dade , certamente há algo. Talvez se ja ape nas um pouco dife rente do que e stam os habituados a te r aqui. - Mas ninguém nunca voltou de lá, depois do nas cime nto. O par to apenas encer ra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angús tia prolongada na e scur idão. - Be m, eu não sei exatamente como se rá de pois do nascimento, mas com ce rteza ver emos a mamãe e ela cuidar á de nós. - Mamãe? Você acr edita na mamãe? E onde e la s upos tamente está? - Onde? Em tudo à nos sa volta! Nela e atr avé s dela nós vivemos. Sem e la tudo isso não e xistiria. - Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma m amãe, por iss o é claro que não e xiste nenhum a. - Bem, mas às ve zes quando estamos em s ilêncio você pode ouvi-la cantando, ou se ntir como e la afaga nosso mundo. Saiba, e u pens o que s ó então a vida r eal nos es per a e agora apenas es tamos nos preparando par a ela…

Em tempo Ocorreu um erro primário no gráfico sobre o orçament o, matéria de capa da última edição. Foi afirmado que entre 2005 e agosto deste ano a Prefeitura de Ibirubá arrecadou R$ 84,4 milhões, mas este valor refere-se somente à atual administração, ou s eja, des de 2009. Comparando com igual perí odo no governo anterior, este número significa que foram arrecadados R$ 31,5 milhões a mais, desprezadas correções e inflação.

J.L. PUBLICIDADES LTDA. CGC/MF 93.393.783/0001- 00 CG C/ICMS 064/0031110 Registrada sob nº 02 Livro B, fl. 1 e 2 no Cartório de Regi stro Civil de Pessoas Jurídicas/Ibirubá

Ibirubá: Rua Ser afim Fagundes, 1084 Fone: (54) 3324-1723 E-mail: visao@jor nalvr.com.br Tapera: Rua Duque de Caxias, 460 Fone: (54) 3385-2925 E-mail: jintegra@gmail.com Circ ulaçã o se manal aos sá bado s em Ibirub á, Qu inze de No vembro e Fo rtal eza d os Val os. Os cad erno s Social e Classi fi cado s circul am ta mbém em Tap era, Sel bach, La goa do sTrês Can to s, Victor Graeff e C olora do. Impr ess ão:Ci a da Arte - CNPJ 92.10 7.978/00 01-75 Rua Al bino Bre ndle r, 14 6. Fone : (55) 33 31-03 18 – Ijuí/R S Re pre sentante comerci al e m Po rto Al egre : Pere ira d e Souza & Ci a. Ltda. Exem plar avulso: R$ 2 ,5 0 Tir agem: 2.00 0 e xempla res Jorn al fil iad o à Adjo ri Con ceitos assin ados n ão traduze m n ecessaria mente a op ini ão do jorn al e são de intei ra resp onsab ili dad e de se us au to res. Prime ir a e diçã o em 29/03 /1 989 / Circ ulaç ão ininterr upta des de 15 /0 4/199 0 Diagram ação: Raque l Ba lin C or rêa Dir etor - Editor - Chefe de Re da ção: Gus tavo B renne r


GERAL

Stela Marys é recebida com festa Stela desfilou no Caminhão dos Bombeiros

A

vict orense Stela Marys Goellner, 13 anos, foi recebida terça-feira, 25, com uma grande homenagem no município de Victor Graeff. A pequena cantora ficou em segundo lugar na grande final do quadro Jovens Talentos Kids, do Programa Raul Gil (SBT), após 13 viagens a São Paulo para as apresentações. A final

foi gravada segunda-feira, 24, e vai ao ar hoje à tarde. Emocionada, Stela foi recebida pela família e amigos na entrada da cidade e levada no caminhão dos bombeiros em carreata até o Ginásio Municipal de Esportes, onde diversos alunos e comunidade em geral a esperavam. Houve ma ni fes taçã o de alegria dos fam iliares,

da s ecretária de Educação Jane Escher e da professora de canto Júlia Kuhn. Para finali zar ela cantou aos presentes. St ela é fil ha do agricultor e produtor de flores Mi rco Luiz Goel lner e da auxi liar de Ensi no da EMEI Cantinho do Am or, Irma. Ela estuda na 6ª sér ie da EM EF Le one l Brizola.

Sábado | 29 de Outubro de 2011

3

AGCO completa 2ª turma do Projeto Pescar Desde 2003 a empresa AGCO vem inves tindo no Projeto Pescar. A primeira turma foi formada em Santa Rosa, onde está sediada uma das fi liais da empresa, e atualmente a atividade também é desenvolvida em Canoas , Mogi das Cruzes (SP) e Ibirubá. Em Ibirubá o processo se encaminha para a segunda etapa, que é a visitação nas residências. Foram aplicadas provas s obre conhecimentos gerais dia 18 e dinâmicas em grupo também fazem part e do cronograma. De ac ordo com o gerente de recursos humanos da AGCO, Arno Duarte, o objetivo do Projeto Pes car é contribuir com a comunidade onde a

Feriado de Finados é na próxima semana Celebração acontece no cemitério às 8 horas de terça-feira. Em caso de chuva será realizada na Igreja. “A morte não é o fim, é uma passagem, é um começo, é um amanhecer” A próxima quarta-feira é dia de respeito aos mortos. O das flores. É uma forma carinhosa de demonstrar a saudaferiado de Finados, celebrado anualmente dia 2 de novem- de e o amor que ainda une àqueles que Deus chamou a Si. “As flores são símbolo e vitória da bro, surgiu como maneira da Igreja vida. A flor sobre uma sepul tura é lembrar de todos os que ajudaram a proclamação de fé, com a cert eza construir as famílias e que não estão de que a morte desabrocha tammais pres entes. “Faz-se também a bém para uma nova vida”. necess idade de pensar como pesAs velas são usadas “porque a soa humana, pois nós, seres humaluz afas ta as trevas, é sinal de vida, nos somos os únicos que sabemos de verdade e de esperança. A vela que vamos morrer”, explica o padre é símbolo usado no Batismo, na Eleandro Augusto da Silva. Primei ra Comunhão e no leito da No Dia de Finados celebra-se a agonia. No cemitério, a vela é um ress urreição e a esperança do enmodo de demons trar a fé”. contro na morada de Jesus. Os gesOpadre salienta ainda o cuidatos mais comuns para marcar a data do que a comunidade deve ter em é a visita ao cemitéri o, a participarelação aos vas os de flores para ção na Eucaristia e as devoções, evitar a dengue. “É necessário que como acender velas, oferecer flores c ada fam íl i a c uide de s e us e enfeitar os túmulos dos falecidos. túmulos”, finaliza. O Padre Eleandro fala o porquê Padre Eleandro da Silva

empresa es tá inserida e desenvolver atividades de apoio para jovens com vulnerabilidade social. “No decorrer do curso os alunos aprendem a manusear as máquinas , as técnicas de apresentação, entre outros itens que o auxili am para o desenvolvimento”. Em Ibirubá o projeto iniciou em 2010 com a primeira turma e agora terá início a segunda em 2012. Participam jovens de 17 a 19 anos que tenham o Ensino Médio.


Sábado | 29 de Outubro de 2011 4

IBIRUBÁ CURT CUR TAS IBIR IBIRUBÁ UBÁ ORÇAMENTO – Dia 7, s egunda-feira, ocorre a audiência pública para apresentação da Lei Orç am entár ia Anual do Município (LOA) – Exercício 2012, a partir das 18h, na Câmara. JEOVÁ –Cerca de 1.300 pess oas das regiões Noroeste e Planalto Médio s ão esperados amanhã para a Assembleia Especial das Testemunhas de J eová, em Sarandi. O encontro responderá divers as perguntas, entre elas Um grupo de cerca de 100 pes soas de Ibirubá participará. Informações pel os fones 9179-5007 e 3324-3617. PAC 2 – O gerente da Caixa Federal Wanderlei Luz informou o Município esta semana sobre a conclusão da análise do proj eto do Programa de Aceleração do Crescimento II, do governo federal (o PAC 2). Foi autorizada a cont ratação de obras orçadas em R$ 799.688,82: pavimentação, passeios, drenagem pluvial, sinalização, recuperação de área degredada no Bairro Chácara e

uma praça com quadra de futebol de areia, sanitários, arquibancada, quadra de vôlei, área de recreação infantil, academia ao ar livre e arborização. Serão reassentadas 19 famílias no Bairro Floresta. ROYALTIES – Dia 20 o ve rea dor S il ves t re Rebelato (PMDB) enviou ofício aos deputados federais gaúchos solicitando apoio para a aprovação do texto original do projeto que prevê a partilha dos royalties do petról eo entre todos os Estados e municípios do país, aprovado no Senado dia 19. “De acordo com o projeto, serão destinados 28,8% dos royalties e participação especial o que equivalerá em média a sete vezes o valor recebido atualmente pelos ent es fede rados . Em 2010 o fundo especial dest inou a todos os estados R$ 160 mi lhões . A previs ão no relatóri o é que até 2020 o fundo especial es teja distribui ndo cerca de R$ 16 bilhões para est ados e outros R$ 16 bi lhões para os municí pios”.

Lar do Idoso de Ibirubá

O

Lar do Idoso Aconchego de Ibirubá está ampliando sua est rutura para a construção da 2ª ala. O espaço terá mais quartos, uma s ala de enfermagem e uma cozinha, num total de 248m ². Os idos os e a diretoria convidam a comunidade para colaborar para este investimento, visando o bem estar dos idosos que no Lar Aconchego vivem.

Contas bancárias Banco do Brasil: Ag. 0677, c onta 10900-2 Banrisul: Ag. 0695, conta 410230561-2 Sicredi: Ag. 0222, c onta 05221-3 Caixa Feder al: Ag. 0482, conta 01329760-0

Taxista ainda briga na Justiça contra desapropriação de terreno Prefeitura ofereceu R$ 410 mil quando cidadão se acorrentou na praça em ato desesperado

O

Município de Ibirubá ingressou com uma ação de desapropriação do imóvel de Aristide Marques Ferreira, o taxista que se acorrentou na Praça Central em fevereiro. Na ocasião a Administração Jandrey/Rogério ofereceu R$ 355 mil para o terreno, menos da metade do valor de mercado, e m ais R$ 55 mil pela casa edificada no local, com a intenção de favorecer uma empresa privada, que precisa expandir. O advogado de Aristides, Leni Luiz Fior, falou sobre o caso esta semana. “Todos lem bram do epis ódi o em que o s r. Aristi des se acorrent ou na praça. A adm ini stração prometeu reavaliar o preço ofertado. Na época o secret ári o geral (Gustavo R oberto Schroeder, o Fucks ) informou que iriam aumentar a oferta para R$ 620 mil. O sr. Aris tides, que estava des es perado com a atitude da admi nis tração, e determinou que o seu advogado negoci as se um val or, pouco m ai or do que o compromis so ass umido pelo s ecretário”, rel at ou Fior. “Porém, mas nem a oferta de R$ 620 mil foi formalmente ofertada e cumprida e o municí pio ingress ou na Jus tiça para tirar del e a área”, lembrou. Leni Fior também esclareceu coment ári os de que Aris tides teria recebido a área do m unicípio. El e negou, class ificando-a como um a informação fal sa espal hada para confundi r a opinião pública. “O sr. Arist ides com prou a área da famí lia J andrey e pagou. A região teve um a supervalorização e o preço ofertado pelo municí -

Schiefelbein. O Consel ho F iscal traz Leda Behnen, M arcel o dos Santos , Renato Werlang, Emílio Kohl, S irl ei Ama ral, Rodrigo Hi lger, Tânia Neuland, M a nue l M . M a s t el l a , R os eli C lass e Avelino Alflen. O pre s i dent e J o ão Antenor explicou em ent revist a à Reportagem do J ornal VR que o principal obj et ivo da Uni ão é apoiar as entidades. Já há aproxi-

pi o é m uit o abai xo do mercado”. O processo corre no Fórum. “Antes do juiz apreciar o pedido da limi nar ingressamos com a contestação, demons trando o preço vil ofert ado e, pri ncipalment e, que o i móvel não se desti nava a ampliação da área industrial, porque al i já é área i ndust ri al”. O municí pio pode recorrer da deci são e tent ar obter a pos se i mediat a da área. Fior afi rm a que s eu client e determi nou que adot e todas as medidas legai s para que o município som ente obt enha a poss e da área quando efet ivamente ocorrer o pagamento do valor de mercado. Em contrário, será criado um passi vo para a adm inis tração futura, relativo a diferença entre o val or ofert ado e o valor real do imóvel.

Acesso via Pulador continua intransitável A

Adm ini s t raç ão J andre y/ R ogé rio realmente não se importa com a degra daçã o da infraes trutura da cidade de Ibirubá. A população convive com os buracos das ruas, mas o aces so s ecundário, via Linha Pulador Sul, é um caso à parte. O Trevo do Pulador, onde inicia a Rua Claudino Thiesen, está simplesmente intrafegável e muit a gente evi ta pass ar por aquela via, tal o estado de cons ervação. Paradoxalmente ao aumento da arrecadação da Prefeitura, o estado de um dos principais acess os à cidade de Ibi rubá só piora.

União das Associações de Bairros de Ibirubá forma diretoria A União das Associações de Bairros de Ibirubá (UAB I) t eve compost a sua diretori a dia 20, em reuni ão realizada no s alão católico do Bairro Progresso. O encontro tam bém teve prestação de contas. A diret ori a, eleit a e empossada, tem à frente o presidente J oão Antenor dos Santos e a vice Irací Fre ibe rg, m ai s Lurdes Novats ky, Pedro Garci a, Gl aci de Oli veira e Verno

Área em questão tem 14.530,93m²

m ação com a As soci ação dos Past ores e do B airro Apare cida, di scut ida a participação da Ass ociação do Bai rro Bangu e criada uma comi ssão para o centro da cidade. A e nt idade t am bé m pretende reativar a partici pação nos conselhos e pa rt ic ipar de dive rs os eventos. “Todas as decis ões da União são tomadas em ass embleia geral”, compl eta o pres idente.

Há algumas semanas foi então feit a uma espécie de operação tapa buracos: a Secretaria de Obras pre-

encheu os buracos com pedrisco e restos de asfalto. “É o legít imo s erviço porco”, diz um cidadão que

Sit uação piora em dias de chuva. Prefeit ura colocou restos de asfalto nos buracos

passou pelo local esta sem ana, indignado. Conforme o s ecretário Oneide Neuland explicou, o material foi doado s em custos ao m uni cípio. “E um t rabalho emergenci al t ambém , pri ncipalmente para es tes dias de chuva, e até que sejam real izados os remendos”. Neuland afirmou que es se trabalho de “rem endos ” deve acontecer nos próximos dias e que municí pio es pera retorno do governo do est ado para recapear t oda a rua. “Com umas duas ou t rês cargas o s erviço poderá ser feit o”, acredita.

RGE fez a iluminação do caminhódromo Na Rua General Osório em Ibirubá, onde se arrasta a construção do caminhódromo, foi realizado na última semana o trabalho de troca e alinhamento de postes para iluminação. A obra custou R$ 32.681,18 e foi executada pela empresa Veiga, através da RGE, contratada para o serviço. A empresa Dutra e Nicolodi, vencedora da licitação, é responsável pela continuidade do caminhódromo. Serviço foi efetuado dia 21


IBIRUBÁ

Sábado | 29 de Outubro de 2011

Secretaria da Saúde de Ibirubá responde ações na Justiça

Ibirubá sedia 3º Congresso Diocesano Juvenil Vocacional

Defensoria Pública ajuizou ação contra o Município e contra o Estado em casos de não fornecimento de medicamentos e serviços

Evento faz parte da caminhada de catequese em preparação à Crisma

O

aumento das reclamações com relação ao s erviço pres tado pela Secretaria de Saúde de Ibirubá, compras inadequadas , o remanejamento de servidores e o fechament o de pos tos de saúde dão bem noção porque há ci nco ações ajuizadas pela Defensori a Pública contra o m uni cípi o. Adefens ora Ana Emília Franke explica que a Constituição Federal prevê responsabilidade solidária no fornecimento de medicamentos e tratamentos médicos entre União, Estado e município. Is so significa que estes três entes públicos devem fornecer, conjunta ou i soladamente, tudo o que a população necessitar na área da s aúde. “A Defensoria, como instituição de assistência judicial e extrajudicial de pessoas carentes, passa atuar quando os cidadãos, após buscarem resolver o impasse relativo ao forneciment o de medicamentos, exames, consult as e tratamentos médicos, administrativamente não obtém resultado. Ass im, com as negativas admi nistrativas, não obt endo o que necessitam e diante da hipossuficiência financeira do cidadão, a Defensoria ajuíza ação judicial para obter o que

é de suma importância para a manutenção da vida e da saúde do cidadão”, relata Ana Franke. Adefensora Ana também reitera que cabe ao município fornecer à população os medi camenAna tos constantes na lis ta básica, porém, Emíli a não se isenta de cobrir o custo, em Fr anke conjunto com o Estado e a União.

As ações Em agosto foi ajuizada três ações: uma para aquisição de fraldas para uma idosa, cujo objeto tem custo de R$ 119,95 por mês, outra ação (R$ 203.077,00) se refere a caso de tratamento de câncer e uma terceira (R$ 202,20) ao fornecimento de medicamentos. Em setembro surgiram duas ações ajuizadas, uma para medicamentos (R$ 1.599,70) e outra para tratamento médico, no total de R$ 7.146,70. Todas as ações são contra o município e o Estado do RS. O juiz da comarca decidirá de quem é a responsabilidade – ou se é compartilhada. A defensora se limitou a fornecer apenas essas informações, sem detalhes sobre nomes, medicamentos, doenças ou quaisquer dados pessoais das partes.

5

Será reali zado amanhã, na Casa de Cul tura, o 3º Congres so Dioces ano Juvenil Vocacional, prom ovi do pela Diocese de C ruz Alt a. O tema trabal hado este ano será “Juventude: a es perança da famíl ia e da vocação”. O objeti vo é des pertar no j ovem o compromisso m issionári o e valorizar a participação do j ovem na comuni dade. A programação inicia às 8h30mi n e logo em se guida as sume os trabalhos o padre Nei mar Schuster, de Montenegro. Às 11h15min ocorre uma celebração eucaríst ica e logo após será s ervido almoço. Na parte da tarde as at ividades s erão ret omadas às 13h30m in, com apresentações. Ari José e Marta Schuster, tam bém de Montenegro, abordarão o tema do encontro e às 16h ocorre palest ra sobre evangeli zação da juventude, com a Irmã Zenil de Fontes, de Port o Alegre. Participam grupos de jovens, catequizandos, ani madores vocacionai s, equipes vocacionais paroquiai s e agentes de evangili zação.

VISÃO REGIONAL, NA INTERNET:

WWW.JORNALVR.COM.BR

Nova Gruta de Nossa Senhora de Lourdes inaugura em dezembro

PROGRAMAÇÃO: Q UI NT A- FEI RA 19 :30 Aber tu ra Ofici al da Feir a 21 :00 Band a C hei ro de Pa ixã o 00 :00 En cerra mento d as ati vid ade s.

SEXTA - FEIR A 10 :00 Ab ertura aos Sta nds 13 :30 Ab ertur a do Bal cão d e Ne gó cio s Agro pec uári os – Pavi lh ão Agrop ecuá rio. 14 :00 Ba il e Re gi on al d e Inte graçã o da Te rcei ra Id ade Grup o Tale ntu’ s 16 :00 Grup o Só Aleg ria 18 :00 Ba nd a Garo to s CIA Sh ow 20 :00 Ba nd a Do ce Pec ado 22 :30 Ba nda Formig os 00 :30 R ômul o & Mathe us 02 :30 En cerra mento d e ati vid ade s.

Nova Gruta em fase de conclusão

SÁ BA DO 10 :00 Ab ertura aos Sta nds 13 :30 Ab ertur a do Bal cão d e Ne góc ios Ag rop ecuá rio s e Co ncur so Jo vem Cr iad or – Pavi lh ão Agrop ecuá rio. 14 :0 0 Ban da N ova In te graçã o 16 :00 Orga ni zaçã o da áre a de sho ws. 17 :00 Gru po Ta len tu’s 18 :30 Th e Schn ei de r’s 20 :30 Fern and o e Mo tta 23 :00 Sho w Na ci ona l c om Ch itão zin ho & Xoror ó Espe cia l 40 an os 00 :30 D udu Ama ran te e Ban da 03 :00 En cerra mento d e ati vid ade s.

Q

uem passa pela Igreja Nossa Senhora de Lourdes de Ibirubá pode verificar que estão sendo finalizados os trabalhos da nova gruta para abrigar a Santa. De acordo com o padre Eleandro Augus to da Silva, a imagem precisava estar em um local com mais visibilidade e acessibilidade para que o povo pudesse fazer s uas orações, já que a gruta que tinha antes estava, de certa forma, escondi da. A obra está em fase de conclusão com o ajardinament o e colocação de vidros e terá l ocal para colocação de velas. Foram investidos cerca de R$ 30 mil, ao que a comunidade católica conta com colaborações (contatos pelo fone 3324-1630). A inauguração da gruta acontece dia 4 de A Gruta antiga está dezembro, com M issa às 10h, e almoço de confrabastante degradada ternização ao meio-dia.

DO MI NG O

Patrocínio OURO

Patrocí ni o BRONZE

APOIO: Câmara Municipal de Vereadores de Quinze de Novembro

Rea liza ção:

ACIQ

09 :00 Pass ei o C icl ístico 09 :30 N atal da C ria nça – Ass. Soci al 10 :00 En contro d e Ca rros An ti go s 11 :00 En tre ga Tro fé us – Jovem criador 13 :00 Grup o Guri zada Abe rtura do Balc ão d e Ne gó cio s Agr ope cuá rio s – Pavi lh ão Agrop ecuá rio. 14 :00 Ci rco d a Cu ltura 16 :30 En contro de Ba nd as 18 :00 Th e Schn ei de r’s 19 :30 Wil l e Ga bri el 21 :00 CIA Sho w 4


IBIRUBÁ

Sábado | 29 de Outubro de 2011 6

Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito celebra o desenvolvimento econômico e social

M

ais de 187 milhões de as sociados celebraram dia 20 de outubro o Di a Int erna cional do Cooperativismo de Crédito, evidenciando os diferenciais de um setor que fomenta a economia e o desenvolvimento social em mais de 100 países . Neste ano, o tema da Woccu (Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito) para a data: "Cooperativas de crédito constroem um mundo melhor" est á diretamente relacionado ao slogan do Ano Internacional das Cooperati vas, fest ejado em 2012 e proclamado pela Organização das Nações Unidas em razão do papel das cooperati vas na geração de emprego, na redução da pobreza e da fome e desenvolvim ento econômi co e

social nos cinco continentes. Atualmente, s egundo a Woccu, são mais de 53 mil cooperativas de crédito no mundo, que movimentaram, em 2010, 1,45 t rilhões de dólares em produtos, serviços e soluções financeiras. No Bras il, de acordo com a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), o setor agrega 5,1 milhões de as sociados e 4,5 mil pontos de atendimento. Em todo o mundo, as cooperativas de crédit o oferecem a seus associados mais do que serviços financeiros, pois incentivam o empreendedorismo, criam oportunidades de negócio, promovem cres cimento de sua atividade, a educação e o fort alecimento de sua região. Independentemente

do montante movimentado em uma cooperativa de crédito, cada associado tem voto nas decisões da cooperativa e, por meio de eleições democráticas, pode fazer parte de seu conselho fiscal ou da diretoria.

Números do cooperativismo de crédito A participação da população economicamente ativa no s etor é expressiva em vários países, como no Canadá, onde 46% pertencem a uma cooperativa de crédito; na Irlanda, o índice é de 70% e no Brasil, essa taxa é de 3%, caracterizando um cenário para cres cimento potencial. No País, a participação das coopera-

tivas de crédito no mercado financeiro de crédito é de 2,2% e o setor agrega 5,1 milhões de associados e 4,5 mil pont os de atendimento e atingiu, em 2010, segundo a OCB, um crescimento de 60% em seus ativos, se comparados a 2009, alcançando um desempenho recorde de R$ 15,9 bilhões e R$ 68,7 bilhões no total de ativos. Deste mont ante, cerca de 30% é movimentado pelo Sicredi , considerado um dos principais sistemas de cooperativas de crédito da América Latina e referência mundial em seu modelo de gestão. Hoje, o Sicredi agrega 1, 9 milhões de associados em 119 cooperativas, assistidos por mais de 1.100 pontos de atendimento em dez estados bras il eiros . (Ascom Sicredi)

Lions faz a doação do 1º par de óculos Começaram a receber óculos de grau as pessoas que o Lions Clube de Ibirubá levou para consultar em Passo Fundo. Com o apoio da entidade, oito pacientes foram ao Hospital de Olhos da UPF. Alguns apresentaram a necessidade do uso e os óculos serão doados pelo Lions . A presidente Teresinha Soares, acompanhada de alguns integrantes, entregou o 1º óculos à Daniela de Mello Krug no último dia 21. Teresinha Soares e integrantes no at o de entrega

Fotógrafos capacitam-se em Passo Fundo

Foto Magia qualifica-se em encontro A Foto Magia de Ibirubá es teve representada no 8º Encontro Profissional Scortegagna pelo fotógrafo Eliseu Feiten, Aline Pesamos ca e Michael Backes. O evento aconteceu em Pas so Fundo dia 19 e tratou sobre luz, cor e emoção.

Gilson, Gérson e Milton Var gas Fotógrafos de Ibirubá es tiveram em Passo Fundo dia 19, para se capacitar no 8º Encontro Profi ssi onal Scortegagna. Da Foto Arte participaram Gilson e Gérson Vargas e M ilton Vargas, da Foto Modelo. Os palestrantes foram Fábio Martins e Evandro Rocha.

Na Internet acesse:www.jornalvr.com.br

Mulheres a Mil Mulheres que não concluí ram o Ens ino Fundam ental , Médio ou mesm o nunca frequentaram um a sala de aul a poderão fazer cursos do programa Mulheres Mil , do governo federal, cujas i ns cri ções encerraram ontem . Em Ibirubá o Ins tit ut o Federal é responsável pe la re ali zaç ão dos c ur sos . As profes s oras Mil ena Quadros e Raquel Albert i já es tão coletando as fichas de inscrições nos bairros. Os cursos ainda serão definidos em reunião. São 100 vagas. Sabor Gaúcho – O IFR S s edi ou es ta sem ana reunião sobre des envolvi mento rural , com repres entante s do programa S abor Gaúc ho de Fom ent o à Agroindúst ria e do programa Leite Gaúcho. A ini ciati va é da Secretaria Es tadual de Des envolvi mento Rural. P art iciparam, além de alunos e agricul tores famil iares, repres entant es da Coopeagri , Em ater e MPA, i nclusi ve o ex-vereador Lecian Conrad. Simpósio – Di as 21 e 22/11 o IFRS sedia o I Si mpós io do Curso Técnico em Agropecuária, coordenado pelos professores Marcos Ludwi g e Eduardo Girot to. As inscri ções podem ser feit as de 4 a 17 de nove mbro no cam pus. Haverá palest ras com os es pecial ist as Vil son Roque Mayer, Rodri go de Mat tos Zam bon, Antoni o Mortari, Cícero Mogueira e Rubens Fiorin.


EDUCAÇÃO

Espetáculos adultos e infantis marcam o 13º Festiatro

A

13ª edição do Festiatro ocor reu na última semana, prom oção do IEE Edmundo Reower. A abertura aconteceu terça-feira, às 14h, com a peça infantil “Quant o vale um milhão”, do grupo teatral Chutes e Pontapés. Após o interval o foi apresentado espetáculo adult o “O dinheiro não é Tudo”, do Grupo Artes Cênicas do Premem e depois o grupo I9 encenou a peça adult a “Uma Família Muito Louca 2”. À noite foram apresentadas as peças “É assim que é” e “Ladrões de meia tigela”. Quarta-feira o evento seguiu pela m anhã com “Co Zé nem o diabo pode” e “Uma his tória bem gostosa de se ver”. Já na parte da tarde a programação teve “O outro lado das historinhas” (infantil), “Romeu e J ulieta” e Meu Primeiro Amor” (adulto) e à noite “Um Homem com um Leve Distúrbio Emocional”, do grupo Entrando em Cena, e “Luan, o M enino Sonhador”, do grupo Friendship’s. Dia 27 pela manhã foram apresentados “Uma família M uito Louca”, “Julieu e Romieta” e “Uma Comédia Ro-

mântica”; “Não é Mais uma História de Amor”, “Deu a Louca nos Contos de Fada” e “Um Mundo de Imaginação” à tarde e à noite “Hermatomeu na Terra de Godah”. Ontem houve apresentações s omente pela manhã: “Rádi o Opinião” (8h20min) e na sequência “Em Busca da Felicidade” e “E Hoje m e Deu Vontade de Chorar”.

Há algum tempo o s etor metal mecânico de Ibirubá vem buscando parcerias para qualificar mão de obra. Após algumas negociações, o Sindicato Patronal Mecânico firmou parceria com a Fut ura Curs os Profi ss ionali zant es, com apoio da Secretaria da Agricultura e Desenvolvimento, Instituto Federal do RS e empresas do setor. A escola de qualificação abriu as portas no último dia

21, sexta-feira, inicialmente disponibilizando curso de solda. A escola fica na frente do Pos tão (Rua M auá) e funcionará de segunda a sexta-feira, à noite. De acordo com o s ecretário Olindo de Campos, futurament e a es cola deve oferecer outras especialidades, como tornearia e pintura. Informações e inscrições no Sindicato Patronal Metal Mecânico ou pelo fone 3324-1488.

Aulas acontecem a noite, de segunda a sexta-feira

Piquenique para as crianças da Apae

CELEBRAÇÃO DE CULTOS: - Quartas-feiras (15h), Quintas-feiras (20h e Domingos (20h) . (54) 9154-5939 | General Osório -Ibirubá

7

Opinião De Sarney a Kátia Abreu: uma tragédia brasileira

Escola de qualificação pessoal para o setor metal mecânico

II Igreja do Evangelho Quadrangular

Sábado | 29 de Outubro de 2011

Em homenagem ao Dia das Crianças, a Apae de Ibirubá realizou dia 20 um piquenique na AABB, que patrocinou o almoço, enquanto que o cachorro quente foi colaboração do Cachorrão do Luís. Para alegrar a tarde Etwin Schweig tocou s eu bandonion.

Até aqui, coube a José Sarney o papel explícito de estorvo a ser aturado, crise após crise, pela presidenta Dilma, como o foi, em tempos recentes, pelo expresidente Lula. Sarney é, de certa forma, a única herança realmente maldita deixada por Lula para Dilma, e muito embora haja sempre certa disposição seletiva da velha mídia em avacalhar o ex-presidente, o fato é que, na maior parte do tempo, os jornalistas o deixam em paz. Sarney tem uma complexa rede de aliados e apadrinhados em vários setores da vida pública, inclus ive dentro das redações. Sarney também domina o bilionário setor elétrico, nomeia e desnomeia mini stros, é tratado com enorme deferência pelo Poder Judiciári o, tanto no Maranhão, onde ainda se mantém como senhor feudal, como nas altas cortes. No Superior Tribunal de Justiça, foi brindado, recentemente, com a anulação da Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, cujo principal alvo era, justamente, Fernando Sarney, o filho mais velho do coronel e seu principal operador nos negócios da família. Sarney tem sido, para des espero dos que ainda crêem na política como uma ação bas eada na ética e na decência, um a espécie de poder moderador entre as necessidades dos governos do PT e os velhos interess es das oligarquias no Senado e, por extensão, no Congresso Nacional. Não obstante estar na origem de todos os mecanismos de produção de miséria, violência e exclusão do Maranhão, Sarney, como de resto, todos os demais do clã, posa ainda de astuto líder político capaz de apaziguar e cooptar alas descontentes do PMDB e m esmo da oposição. Como se os pilares des sa elogiada performance não foss em, no fim das contas, o domínio puro e simples das estruturas partidárias e o controle da máquina fisiológica que é, no fim das contas, o chicote que o velho coronel brande, aqui e acol á, com enorme habilidade. A pres ença de José Sarney como protagoni sta de um governo popular nos envergonha a todos e, imagino, também a boa parte do PT, mas essa ques tão caminha para se tornar pequena diante do que vem por aí. Aos poucos, com a ajuda de colunis tas amigos e interlocutores impregnados de pragmatismo dentro do Palácio do Planalto, a senadora Kátia Abreu, exDEM de Tocantins, atualmente, às vésperas de integrar o probo PSD, de Gilberto Kassab, vai se tornando a nova aliada do governo Dilma. O fato é que nos falta a medida certa da indignação, acostumados a que estamos ficando em achar que basta juntar gente cheirosa em marchas contra a corrupção para, enfim, bradar por um país melhor. Mas essa simples perspectiva – a de um indivíduo como Kátia Abreu pert encer a um governo dito de esquerda, ainda que de forma periférica – deveria servir para tocar fogo nas ruas. Presidente da Confederação Nacional de Agricultura, líder da ultra-reacionária bancada ruralista no Congresso, Kátia Abreu é a face visível e supostamente moderna de uma ideologia que, desde o descobrimento, moldou as principais relações políticas, econômicas e sociais brasileiras. Moldura esta, é precis o que se diga, que ainda nos confere uma realidade cruel e desumana, bas eada numa doutrina escravocrat a e excludente, cimentada sob os interesses do latifúndio, da monocultura e da devastação ambiental. Kátia Abreu é a representação física e ins titucional dessa cultura perversa que produz resultados econômicos vibrant es nos campos de soja e miséria humana em tudo o mais. Ao admi ti-la como aliada, Dilma terá apunhalado cada uma das 70 mil bravas camponesas que, na Marcha das Margaridas, foram lhe prestar apoio e solidariedade, no mês pas sado, em Brasília. Leandro Fortes, no blog Brasília, eu vi


GERAL

Unicruz lança oficialmente o Vestibular de Verão

D

urante a VI Feira das Profissões, quar ta-feira à noite, foi apresentada a campanha do Vestibular de Verão 2012 da Univers idade de Cruz Alt a. O publici tário do Núcleo Integrado de Comuni cação (NIC ) e res pons ável pela c ampanha, J eis on C os ta, expli cou que há ce rca de ci nco mes es a univers idade des envolve uma nova form a de s e relaci onar com a comunidade regi onal, mais es pecifi camente com as escolas de Ensi no M édio, por mei o da competi ção ‘Des afio P apo Cabeça’. Numa das et apas os part icipantes produziram ví deos simulando campanha de vest ibula r da Uni cruz. São tr echos des tes vídeos que poderão s er vis tos nos VTs da cam panha. “É uma ati vi dade que, principalm ent e, va loriza a comuni dade regi onal . É o cam inho que prepara os j ovens para ingres s ar na univers idade ”, des tacou Je is on. A apresent ação da c ampanha do Vest ibular de Verão, produzida integralm ent e pelo NIC, ocorreu em

frent e ao Ginási o II, e reuni u repres entantes da im prensa regi onal, com unidade acadêmic a, est udantes e vi si tantes da VI Fei ra das Profis sões.

Universitários participam de bate papo sobre profissões

Atividade é contrapartida do centr o acadêmico para com a Prefeitura

Os terceiranistas do Ensino Médio da Escola M enino Deus ass istiram a um vídeo e conversaram dia 21 com membros do Centro Acadêmico de Quinze de Novembro (CEAQ), na 2ª edição do “Bate-papo sobre profissões”. Foi oportunidade de conhecer um pouco mais os cursos de nível técnico e superior. A vida acadêmica foi relatada pel os univers itários, que falaram também sobre meios de ingresso, cus tos, bols as, financiamento estudantil e transporte.

Sábado | 29 de Outubro de 2011 8

EST realiza semana da integração

Jantar festivo fez parte da programação Aprimorar conhecimentos e confraterni zar foi o objetivo da semana de i ntegração dos alunos da Educação de J ovens e Adultos (EJA) da Es c ola S ant a Teresinha. Entre os dias 17 e 20 foram realizadas pales tras com a participação do tenente M arcos Pons oni , que falou sobre a segurança pública no Brasi l. O Dr. Luiz Al ende abordou a saúde e o bem es tar e o pa dre El e andro Augusto da Silva valo-

res e a vida. As ativi dades encerram com jogos de bingo e futs al no ginásio da escol a e em seguida com uma j antar fes tivo. Dia 21 ocorreu a Noite Cultural 2011, com as turmas de 5ª a 8ª série. “Es tas at ivi dades ajudam a des envol ver um a relação de i dentidade da escola com os es tudantes e suas famílias, e incent ivam os alunos a aprimorarem seus tal ent os” , diz a di re tor a Taciana Basso Tolazzi .

Bombeiros orientam como proceder com gás A explosão ocorrida recentemente em um restaurante no Rio de Janeiro motivou os bombeiros da 4ª Seção de Combate a Incêndio de Ibirubá (4ª SCI) a orientar a população sobre como proceder com gás e equipamentos.

N

oRio Grande do Sul a Lei nº 10.987, de 11/81997, regulamentada pelo Decreto nº 37.380, de 28/4/ 1997 estabelece “critérios e requisitos indis pensáveis de proteção contra incêndio e outros sinistros às edificações nos Municípios do Estado do Rio Grande do Sul, levando-se em consideração a proteção à vida e ao patrimônio”, prevendo itens mínimos de segurança, tais como: extintores, iluminação e sinalização de emergência, portas corta-fogo, instalação de centrais de GLP, sistema hidráulico de combate a incêndio (hidrantes), entre outros. Contudo, além da obrigatori edade em obedecer às normas legais, alguns cuidados bás icos podem evitar acidentes, e consequentes danos materi ais, ambientais e sociais . Para evitar incêndios e explos ões tome as seguintes medidas: • Na instalação de botijão utilize s omente mangueira de pl ástico transparente com tarja amarela, cont endo a gravação da NBR 8613 e o seu prazo de validade. O regulador também deverá poss uir a gravação NBR, nunca use outro tipo de material. Nos casos de ‘central de gás’ obedeça a norma específica; • A cada dois anos s eu fogão deve ser regulado e revisado a fim de sanar qualquer defeito que ponha em risco sua segurança. • Quando não esti ver utilizando o fogão, mantenha o registro geral de gás fechado. • Não coloque cort inas , panos de prato ou outros

materiais que possam pegar fogo junto ao fogão ou sobre o botijão. • Não tente eliminar vazamento de maneira improvisada (com sabão, cera, etc). • Ao sentir cheiro de gás de cozinha (GLP), não risque fósforos, não acione interruptores de eletricidade e nem mesmo acenda a luz. Você poderá causar uma explosão. Abra imediatamente todas as portas e janelas para ventilar o ambiente e procure o local de vazamento, passando espuma de sabão nas válvulas e mangueiras. Nunca procure vazamentos com um fósforo. Se possível leve o botijão a um local ventilado e acione a empresa distribuidora de gás ; • Não permita que as crianças tenham acesso ao fogão. • Ao sair de casa nunca deixe panelas no fogo e feche o registro de gás. Em cas o de queimaduras mantenha a calma e apenas lave com água corrente, sem retirar qualquer roupa ou objeto que tenha ‘grudado’ à pele. Ligue i mediatamente para o Corpo de B ombeiros (193) ou para o SAMU (192), repas sando o máxim o de detalhes do acidente e não passe nenhum tipo de pom ada ou out ro crem e. Est as s ão orient ações fáceis de apli car e que podem salvar vidas . Não esqueça: ao ouvir sirene de viat uras de emergênci a dê sempre pass agem. O sinist ro pode ser na sua residência; a vítim a pode ser s eu ami go ou familiar. Br igada Militar 4ª Seção Mista de Combate a Incêndio de Ibirubá Fones 193 e 54-3324-1312 Para servir e proteger a comunidade local e regional

Emergências:

Brigada Militar de Quinze de Novembro: 9127-8455 ou 3322-1275 Brigada Militar de Ibirubá: 3324-1148 ou 190


QUINZE DE NOVEMBRO

Prefeitos vão a São Paulo para o Brooklinfest Lideranças acompanharam grupos musicais em busca de intercâmbio

Pr efeitos da Amaja com os diretores da Associação de Moradores e Empreendedores do Br ooklin (AMEB)

U

m a c om iti va de prefeit os da regi ão est eve em São Paulo ent re os dias 21 e 23 para “buscar int ercâmbi o pol ítico, administrati vo, cultural e empres ari al”. Eles represent aram a Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja) na XVII Brooklin Fest , fes ta alemã do tr adi c i onal bai r ro paul i s t ano p rom ovi da pel a as soci ação local de moradores. O Grupo Folc lórico Cultivo do Pas sado, de Lagoa dos Três Cant os, e a banda The Schneider’s ,

de Quinze de Novembro, se apresentaram na festa, que este ano teve mais de 150 mil vis itant es. Fizeram parte do grupo, além do prefeito de Lagoa dos Três C antos e presidente Ernor Weber, os pre fe i tos Vi l s on Robert o B as tos dos Santos (Cruz Al t a), C la ir Tomé Kuhn (Quinze de Nove mbr o) e Zi l m ar Varonês Han (B oa Vi sta do Incra), a diretora de Turi smo de Quinze de Novem br o, Lui za M a ri a Prante Budke; a Secretária de Educação de Lagoa,

Os The Schneider ’s em São Paulo. O casal Hai ni e Edelgar d Schneider também participou e fez suces so com seus trajes típicos C l aude t e F át i m a Borghett i; e o diret or do Comaja Gustavo Stolt e, Os gaúchos es tiveram na Assembl eia Legislativa de SP na sexta-feira, 21, e no dia s eguinte receberam no estande do Comaja o prefeito de São Paulo, Gi lberto Kass ab (PSD) e a esposa do governador do estado, Lu Alckm in. Dia 23 houve reuni ão com di retores do Cent ro das Indústri as do Es tado de São Paul o (CIESP) em bus ca de parceri as. P ara Cl ai r Kuhn, o Brookl in Fest representa

negóci os e contat os que podem beneficiar a regi ão. Ele des tacou o i nteress e do público pela região no es tande do Rota das Terras e a possi bil idade da form ação de profes sores na língua al emã em São Paulo. Amaja – A ass ociação de municípios teve reunião dia 21 em Victor Graeff, durante a 8ª ExpoVig. Foi tratado do campeonato regional de futebol de campo e o advogado Gladimir Chielli, da empresa CDP, palestrou falou sobre encerramento de exercício nas Prefeituras.

Sábado | 29 de Outubro de 2011

9

Novo coordenador no Departamento de Obras Lair Blasi assumiu dia 17 o cargo de Coordenador Departamento Municipal de Obras, Viação e Urbanismo de Quinze de Novembro, ele que vinha atuando como assessor de manutenção. Blasi substitui Sigmar Horbach, que est á em l icença saúde e após entrará em férias. Os trabalhos terão conti nuidade, especi- Lair Blas i almente no que se refere à 11ª ExpoQuinze. São atribui ção da Pasta trabalhos de infraestrutura na cidade, como pinturas , substituição de placas e limpeza de ruas. Na primeira semana de trabalho foram patroladas est radas do interior e fei tas melhorias no calçamento até Sede Aurora, além de terraplanagem e distribuição de cascal ho nas propri edades dent ro do Program a Agroforte. Segundo o gerent e de Infraestrutura Jaqueson Kempf, nes ta época do ano os t rabalhos se intensificam: além da colheita de trigo e do plantio da s oja, há grandes eventos (História de Natal e Expoquinze).

Incentivando a leitura de uma maneira criativa

Grupo de Idosos confraterniza em Ijuí

Em maio as escolas municipais de Quinze de Novembro aderiam ao Programa Escola Ativa e implantaram o projeto “Sacolas da Leitura” para incent ivar o hábi to na s fam íl ia s. A ges t ora do program a Tatiane Pause Santos, diretora da EMEF Santa Clara, explica que cada turma posOs grupos de idosos Renas cer e Alegria de Viver estiveram dia 19 em Ijuí para baile da 3ª idade ocorrido no parque de exposições da Expoijuí/Fenadi. Acompanha-

Não Fume!

ram-nos a diretora da Assistência Social Silvana Tomazini dos Reis , que também coordena os grupos, e a estagiária Márcia Schultz.

Cigarro faz mal até para quem não fuma.

sui uma sacola que circula semanalmente entre as famílias da comunidade. A iniciativa proporciona às famílias acesso a vários tipos de publ icações , como revis t as, j ornai s , encartes e livros. O retorno tem sido muito bom, na avaliação de profess ores e direções das escolas.


POLICIAL/ESPORTE

POLICIAL

Sábado | 29 de Outubro de 2011 10

ESPORTE

BM faz operação ‘pente fino’ na Floresta Cancha de Bocha é a nova atração da AABB

A Brigada Milit ar de Ibirubá, com o apoio do Pelotão Especial de Cruz Alta, realizou na tarde de quarta-feira uma operação de saturação de área nos bairros Chácara e Floresta. De acordo com o Sargento Graminho, 24 policiais realizaram o trabalho e um cão auxiliou nas buscas de objetos de furto e drogas. Os veículos foram retidos em barreiras. Entre quase 100 fiscalizados, apenas um foi autuado (falta de habilitação). Também foram feitas buscas, mas os policiais não encontraram ilícito. Policiais utilizaram cão farejador e revistaram veículos

Decisão sobre os bombeiros ficou para segunda-feira Está marcada para dia 31, as 17h, uma audiência em Porto Alegre entre o prefeito Ireneu Orth e o Comandante Geral da Brigada M ilitar do Estado, Sérgio Roberto de Abreu,

sobre a desativação da 3ª Seção de Combate a Incêndio de Tapera. Abreu é o autor da portaria com a medida. O Secretário da Administração de Tapera, Luiz Rena-

to dos Santos, acredita em uma definição. Ele destacou que a audiência foi marcada pelo gabinete do vi ce-governador Beto Grill (PSB). O caminhão que atendia outros sete municípios da

região (Lagoa dos Três Cantos , Selbach, Victor Gr aeff , C olor ado, Espumoso, Alto Alegre e Campos Borges), encontra-se à disposição da 4ª SCI de Ibirubá.

Campanha divulga coleta seletiva O serviço abrange também a área rural. Na cidade o material é recolhido nas segunda, quartas e sextas-feiras

Quinze de Novembr o tem coleta seletiva de lixo a mais de 10 anos

QUINZE – A Brigada Militar apoiou no último sábado a entrega de folhetos sobre a coleta seletiva de lixo aos motoristas da cidade. A iniciati va foi do Departamento Municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente (DTCMA), Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema) e Grêmio Estudantil da Escola Es tadual Menino Deus. O material explica como separar o lixo seco (garrafas , papéis, plásticos e vidros) do orgânico. Marcos Luciano Markendorf, presidente do conselho, des tacou a necessidade de informar permanente da comunidade para que a coleta seletiva siga bem. Para a assessora de meio ambiente, Mônica Leite, a s eparação do lixo estimula a reciclagem e a proteção ambiental, melhorando a qualidade de vida.

BRIGAD BRIGADA A MILIT MILITAR AR MERCADO – Dia 21 ocorreu roubo a um mercado da Rua Mauá, por volta das 21h. DIVERTIDO–A BM interveio em uma briga generali zada no Salão Divertido às 6h do dia 22. Os feridos foram levados ao hospital. DANO - A BM deslocou efetivos à Rua Valença por volta das 8h40mi n do último sábado, onde ocorreu dano em uma residência. SOCORRO - Por volta das 11h do dia 22 os PM s socorreram um senhor que pa ss ou m al na Rua Tiradentes. Já à noite (20h), atendeu um cidadão que estava embriagado em via pública na Rua Mauá. Mª DA PENHA – Foram r egis t rados doi s cas os M aria da Penha nos últimos dias. O primeiro ocorreu sábado, 23h, na Rua Ervino Rei chert, e o outro domingo, na Rua Rui Barbosa, às 15h.

VIZINHOS – Dois vizinhos estavam brigando domingo na R ua He nri que Roetger e foram contidos no domingo, 23. SOM ALTO – Uma festa na Rua Firmino de Paula perturbou vizinhos dia 23, que queixaram-se às 2hs45min. MENORES - Por volta das 11h30 do dia 30 os PMs foram até a Rua Fiorindo Cerviéri, onde menores jogaram pedras em uma residência. VEÍCULO - Por volta das 20h30min do dia 30, na rua General Osório, foi lavrado termo circunstanciado por desobediência (TC) para um indivíduo que se recusou a deixar revistar seu veículo. PERTURBAÇÃO – Por volta da 1h de segundafeira várias pessoas telefonaram à Brigada para reclamar de fogos de artifício e buzinaço pelas ruas da cidade, caso de perturbação

do s ossego. BRIGA –Por volta das 22h do dia 24 foi registrada ocorrência de vias de fato na Rua Diniz Dias. TRÂNSITO – Terça-feira a guarnição da Bri gada dirigiu-se à Rua Rio Branco por volta das 17h45min, onde atendeu acidente de trânsit o com danos materiais envolvendo um Fiat Palio e uma camionete Ford Ranger. RUA – A Rua Arnol do Wollmei ster (B. Chácara) regis trou terça-feira uma série de três ocorrências em poucas horas. Houve dano em veículo por volta das 18h30min, lesões corporais às 19h30min e um cas o de ameaça às 20h30min. AT RO PELAMENTO – Quarta-feira ocorreu um atropelamento na Rua General Osório, perto do meio dia, onde um Fiat Uno atingiu uma menina. INVASÃO – Um indivíduo

que invadiu res idência da Rua General Câmara na tarde do dia 26 foi encaminhado à DP. CASAL – Por volta das 11h30min do dia 27 a Brigada teve de intervir na Rua Tiradentes. Um casal es tá em processo de s eparação e o ex-marido quebrou vidros e a calçada. FAMÍLIA – Quinta-feira, na R ua Henri que R oet ge r (13h40min), um cidadão registrou agres são da madrasta após discussão com o pai. AMEAÇA – Uma senhora referiu ameaça e pert urbação de s eu companh ei ro na Rua Francisco Emilio Trein (B. Unida), fato ocorrido dia 27. FUTEB OL – A BM atendeu cas o de ameaça contra o árbitro após uma partida de futs al, quint a-feira, 23h, no Ginásio do Bairro Planal to. O autor s eri a um jogador.

Com a proximidade do ve rão, bal ne ári os e campings se preparam para receber quem bus ca descanso e lazer. Assim, a AABB de Ibirubá, além de preparar um lindo parque para receber seus associados, está construindo uma cancha de bochas. O auxíli o f inanc ei ro f oi conveniado com a Federação Naci onal das AABBs . Com a cancha, associa-

dos e familiares terão mai s uma opção de ati vidade esportiva, além das piscinas, campos de futebol e vôlei, quadra polies portiva, caminhódromo, bilhar, aquário e da área de camping. A abert ura da temporada 2011 s erá dia 11 próxim o. Est ão abert as inscrições para novos ass ociados . Informações na sec retari a, pe lo fone 543324-1132.

Hoje tem Futsal feminino e veterano IB IRUBÁ – A cat egoria Adulto Mas culi no do M unic ipal de Futs al dis put ou os j ogos da 2ª fas e es ta s emana. Os result ados de terça-fei ra foram Habili s 2 x 3 Arena Sports B , Liverpol 1 x 4 Sem Noção, Pal meiras 5 x 3 S hal ck 04 e Barcel ona 6 x 3 AFC. Na qui nt a, SER Grená 3 x 2 Athus F ut sal , AC DC 5 x 2 Anania s Chap Car, Azi as 4 x 2 Atal anta e Hermany 4 x 3 Racing Club. Hoje, às 18h30mi n, entram em quadra, pela Fem inino , Boa Vis ta x Herm any e Nutri Vi tal /São Lucas x Pulador. Às 20h j ogam pela Veteranos Polidur Tinta s x Canari nho e Amigos da B rigada x União Herm any. Na próxim a t erça, dia 1º, e quinta, di a 3, acontecem quartas de fi na l (3ª fas e) do Adul to Mas culino.

Óbitos Vivaldino de Abreu 22 de outubro de 2011 Salvador Camargo 25 de outubro de 2011


ESPORTE CUR C UR TA S AS AMÉRICA – A partir das 20h30min de hoje o América/ GF/Fepol de Tapera enfrenta no Pol iesporti vo o Acaf, de Cruz Alta, pela parti da de volta das quartas de final do Estadual Série Prata. A partida class ificará para a s emifinal. Sábado passado, na partida de i da, houve empate: 3 a 3, em Cruz Alta. BOCHA – Os jogos de ida da semifinal do Campeonato Regional de Bocha 2011, promovido pela LDAJ , ocorreram ontem, 28, com Selbach x Espumoso e Tapera x Ibirubá. Os jogos de volta ocorrem dia 4/11. Dia 21 aconteceram as disputas da 6ª rodada: Selbach 2 x 1 Ibirubá, Espumoso 3 x 0 Saldanha Marinho. BASE – Hoje enfrentam-se Recreativa e Celeiro pela 17ª rodada do Regional de Futsal das Categorias de Base. Na próxima segunda-feira, 31, jogam Sementinha x Celeiro e América x Recreativa pelas partidas atrasadas. Dia 3/11 disputam, também pela 17ª rodada, Russo Pret o e Sementinha. Confira os resultados dos jogos ocorridos nos dias 22, 23 e 24, respectivamente: América 0 x 12 Celeiro (Sub-9), 2 x 7 (Sub-11), 5 x 5 (Sub-13), 4 x 2(Sub-15), Aresenal 1 x 2 Russo Preto (Sub-11), 1 x 8 (Sub-13), 2 x 5 (Sub-15), Sementinha 0 x 3 Arsenal (Sub-9), 7 x 2 (Sub-11), 2 x 4 (Sub13) e 3 x 1 (Sub-15). PRINCESA – A final da 1ª Copa Princesa de Futebol J uvenil de Selbach será amanhã, a partir das 16h, no Estádio do M ourisco. Disputam o título Espumoso e Fortaleza dos Valos. Haverá cobrança de ingressos : R$ 3 (masculino) e R$ 2 (feminino). A semifinal da competição ocorreu dia 21, com Espumoso 5 x 2 Selbach, e dia 26, com Cruz Alta 0 x 1 Fortaleza dos Valos.

Q UINZE DE NO NOVEMBR VEMBRO VEMBR O FUTSAL – Quarta-feira ocorreram as primei ras partidas das finais do campeonato: Floresta 7 x 8 Sede Aurora (2ª Divisão) e Fl ores ta/ Asfuca 8 x 4 Progres so/Agrop LC (1ª). A decisão será terça-feira, dia 1º, com os jogos de volt a e ent re ga da premiação. BOLÃO - A partida de volta foi dia 21 em Fortaleza dos Valos . A equipe de Qui nze de Novembro perdeu por uma diferença de 60 pinos e está fora da final do Regi onal de Bolão. Fortal eza espera o vencedor de Saldanha Mari nho x Não me Toque. SINUCA – A 5ª rodada terá jogos dia 31 no Cachorrão do Luís e quinta-feira no Clube 25 de J ulho, EC 15 de Novembro e no Chico’s Bar. Alexandre Budke e Carlos Procknow lideram a class ificação. INTERFIRMA –OCampeonato de Bocha Interfirmas para duplas t eve a 4ª rodada sábado, dia 22, em Esquina Sete de Setembro. Os resultados: Lauri e Rogério 24 x 12 Granja do Pedro,

Construtora MEB 24 x 14 Taurus, Agrop. Ahlert 14 x24 Fábioe Dudu, Vemiller 24 x 10 Esquadrias Klein A, Met. 3 Palmeiras 24 x 0 Wi lke/Rações e Cel ita/ Vemiller 18 x 24 Saúde. A 5ª rodada ocorre hoje, a partir das 13h, em Sede Aurora. O Departam ento de Saúde lidera a competição na Chave A e a Taurus a Chave B. CAMPO – Na reunião entre pres identes e represent ant es das equi pe s foram entregues os questionários sobre o Municipal. Ficou decidido que dia 5 ocorre nova reunião sobre o regul am ento e definições (9h). Os fichários s erão liberados até dia 15. ESCOLINHA - A Escolinha Rec rea ti va e Desportiva de Quinze de Novembro joga hoje em casa contra a equi pe Celeiro de Fortaleza dos Valos, a partir das 13h, no Pavilhão Evangélico. Segunda-feira, 31, as categorias vão a Tapera (saída às 16h, em frente à Prefeitura).

NÃO CORRA. NÃO MATE. NÃO MORRA.

Sábado | 29 de Outubro de 2011 11

Juventude está na final do Amador Verdão foi Campeão 2003 e Vice 2004 Placar de 4 a 1 sobre o Sapiranga no último domingo garantiu a vaga. Primeiro jogo é domingo, em Panambi

O

Juventude deu um a lição de raça na últi ma semana. A temporada com eçou cont urbada, com derrotas segui das , ma s a e quipe cres ceu e com o puls o

fi rm e do té cni co Be to Gardino as segurou a vaga da fi nal do Est adual de Fut ebol Amador. O pri meiro jogo da semifinal deixou o time numa posição delicada: ficou na obr igaç ão de vencer o jogo de volta com dois gol s de diferença. M as fez melhor: fez 4 a 1 no Sapiranga domingo úl tim o, na casa do adversário. Fa bi ani nho abri u o pl acar logo no iníci o, aos

15 se gundos, e fez com que o adve rsári o acorda s s e pa r a o j ogo . Rona ldi nho i gual ou o pl acar pa ra o Sapiranga. Nos mi nutos fi nai s da pri m ei r a e t a pa Fabi ani nho vol tou a marcar e colocou novam ent e o Juve nt ude na frent e. O s egundo t empo foi mais equili brado, m as o Verdão acabou s e s obres saindo. Ti ago m arcou o terceiro e Didé fechou o

placar com o quarto gol. Amanhã o grupo vai a Panambi para a primeira partida da final contra o Flamengo de São Valentim, que eliminou o Gramadense com um empate de 0 x 0. O jogo será no Estádio João Marimon Junior do Piratini – como prevê o regulamento, em campo neutro. O jogo de volta , dia 6 de novem bro, deve s er real izado em B ent o Gonça lves.

Atletismo trouxe bronze das finais dos Jergs A final do Atletismo dos Jogos Escolares do RS ocorreu dia 11 em Porto Alegre, com mais de 400 atletas nas categorias miri m, infanti l e juvenil, masculino e feminino. A Escola Edison Quintana foi representada nas provas 4x50 metros mirim (masc e fem), 4x75 metros infantil (mas c e fem) e ainda nos 50 metros rasos (fem) e nos 75 metros rasos (masc). As alunas Bruna Dellay, Maria E. Pras s, Gabrielly Ulsefer, Lara Oppelt e Laris sa Lagemann (reserva) garantiram o bronze. “Foi uma competição de alto nível”, considerou a profes sora Naiara, que junto com a professora Lenir Roos, acompanharam a equipe.

Municipal começa em novembro IBIRUBÁ - Reunião com representantes de oito equipes definiu esta semana o Campeonato Municipal de Futebol de Campo 2011/2012, que tem data de início marcada para o dia 24 de novembro, no Estádio Francis co Emílio Trein. Abrem a competição o atual campeão Florestal vers us o vice-campeão Revel ação, partida definida através de sortei o. J á estão confirmadas também, nas categorias Aspirante e Principal, Atlético, Bangu, Cristal, Estrela do Norte, Hermany, São José e Vila Nova. Pela Veteranos só não participam Estrela do Norte e São José.

Os jogos serão realizados no Estádio Francisco Emílio Trein (Florestal e Vila Nova), Carlos Jacob Simon (São José e Estrela do Norte), Benno Francisco Kuffel (Revelação), Arroio Grande (Atlético), Linha 6 (Hermany), Santo Antônio do Bom Retiro (Cristal), e Alfredo Kunz (Bangu). A contratação da arbi tragem será definida nos próximos dias . Os demais cruzamentos do dia 24 são Atlético x Bangu, São José x Hermany, Estrela do Norte x Cristal. Da rodada será definido quem joga no sábado e no domingo.

Trilheiros do Mato estiveram em Mormaço

O Grupo Trilheiros do M ato esteve em Mormaço dia 23, onde foi percorrida uma trilha de 65 quilômetros, a maior parte em propriedades com mato, rios e morros. Participaram mais de 200 motos, dos quais 14 integrantes do grupo ibirubense,

que também inauguraram as novas camisas do grupo. “A tri lha foi cheia de des afios e adrenalina a mil”, dis se o presidente do grupo, Leandro Schweig. “Somos mais de 20 trilheiros que todos os sábados à tarde, faça chuva ou s ol,

frio ou calor, sai para andar”, disse. No próximo ano os Trilheiros do Mato devem participar novamente do maior encontro do gênero do mundo, em Corupá (SC), e convidam todos que gostam de aventura a fazer parte do grupo.


O relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime ( Unodc), ligado à ONU, revelou que em 20 09 o tráfico de drogas movimentou 2,7 % do PIB mundial, equivalente a US$ 1 ,6 bilhão. Destes, apenas menos de 1% está apreendido e congelado.

JORNAL COM VISÃO DE FUTURO

A população brasileira já chega a 19 0.7 milhões segundo os primeiros dados oficiais do Censo 2 010 do I BGE. O crescimento, porém, é o menor já registrado (1,12% ao ano) e ocorre de maneira desigual: as maiores taxas estão no Norte e Centro-Oeste.

SÁBADO, 29 DE OUTUBRO DE 2011

Comissão da AL discute em Tapera situação das rodovias ERS 223 e 332 Segunda-feira a Comissão de Segurança e S erviços P úbl i c os da A ssemb le i a Legi slati va do RS promove no salão comunit ári o de Vi la R aspa, em Tapera, uma audiênci a pública para debater a sit uação das rodovias da região, mais especificament e a ER S 223 e a ERS 332. A reunião ocorre a part ir das 19h e contará com o president e da comissão, deputado Luís Fernando Schmidt (PT). A solicitação de audiência partiu do vereador Adelar Gatto (PT) e obteve aprovação unânime na Câmara. A frequência dos acidentes na própria Vila R aspa denota a importância do encontro. A pauta tem temas de interesse regional, como o trecho entre Ibirubá e Victor Graeff da ERS 223, que recebeu

recapeamento em 2010. Os motori st as convivem novamente com os buracos, além de defeitos na pi sta e a falt a de guarda na pont e sobre o Rio Colorado, divisa entre Tapera e Selbach, derrubada por um c aminhão há vári os meses. O t recho entre Vi ctor Graeff e Tio Hugo, nem e sse r ec a pea me nt o fal ho recebeu. Na ERS 332 fal ta concl uir a ligação ent re Lagoa dos Três Cantos e Não Me Toque, onde a estrada est á liberada, mas falta pequeno trecho sem asfalto. O trevo que li ga a P erimetral Lest e de Tapera com a ER S 332, que demanda a Lagoa, t ambém regi stra vários acidentes graves. Já o estado entre Espumoso e Sol edade não é dos mel hores.

Justiça interdita aterro sanitário da Nova Era em Marau Vinte cidades ficam sem lugar para depositar seu lixo Poder Judi ciár io de Marau determinou a inter dição do aterr o sanitári o do município, que estari a recebendo resíduos de Passo Fundo desde quarta- feira. A juíza defer iu o pedido feito pel o MP, que apontou ir regularidades. A assessoria jur ídica da Nova Era, empr esa r esponsável pelo local, deve entrar com pedido de r econsi der ação ao judiciár io. A repor tagem é do di a 27, do jor nal O Nacional

G.Miranda/ON - O poder judiciário de Marau, através da juíza Caroline Subtil Elias, deferiu a liminar, requerida pelo Ministério Público do município, para interdição do aterro sanitário de propriedade da empresa Nova Era, que fica na localidade de São João Lamaison, interior de Marau. Além de ser a destinação final de resíduos de cerca de 20 cidades da região, o aterro pas saria a receber, desde quartafeira, 120 toneladas diárias de l ixo de Pass o Fundo, de acordo com contrato emergencial realizado com a empresa Nova Era e o Executivo. Com a decis ão, nenhum tipo de res íduo pode ser depositado no aterro. De acordo com informações da Codepas , na tarde d o dia 26 nenhum veículo da Nova Era foi até o Centro de Triagem do antigo aterro de Passo Fundo recolher o material. De acordo com a Ação Civil Pública ajuizada pelo MP foram realizadas vistorias no aterro pelo Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Marau

e pela Patrulha Ambiental de Passo Fundo (Patram), sendo constatada grande quantidade de lixo no local e a ausência de infraestrutura. Também foi relatado que havia grande quantidade de resíduos depos itada diretamente no solo, pois o talude, construído em 2009, já es tá saturado. As vistorias também verificaram que a área do aterro não é cercada e sinalizada e que as bacias de tratamento de chorume não estão sendo eficazes, existindo chances de contam inação de lençol freáti co. A juíza determinou que a empresa comprove, no prazo de 30 dias, o atendimento de exigências solicitadas pelo Ministério Público. Se a decisão judicial não for atendida, a empresa deve pagar multa di ária de R$ 3 mil que será revertida para o Fundo Estadual do Meio Am biente. O advogado Renat o de Lemos , sócio da Osm ar Teixeira Advogados , que assessora a Nova Era, informa que a si tuação do aterro em Marau é regular. De acordo com ele, há cerca de uma semana uma empresa de engenharia ambi ental, contratada pela Nova Era, realizou análise técnica no aterro e verificou que o local está em condições normais de operacionalidade. O relatório foi encaminhado para a Fepam. O advogado revelou que, na tarde de quarta-feira seria encaminhado ao Judiciário de Marau pedido de reconsideração da decisão, para que o aterro voltasse a funcionar normalmente ainda na quinta, 27.

Lançado em Espumoso o Natal Esperança 2011 Natal Esperança para Espumoso está em sua 13ª edição e envolve organizações, empresários e lideranças ONatal Esperança 2011 (26/11 a 6de janeiro) foi lançado quinta-

feira no Restaurante Cotriel pela Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de Espumoso (Acis e), Prefeitura de Espumoso e Cotriel. Estiveram pres entes o prefeit o Zeli ndo Signor Neto, associados, dirigentes da cooperativa e demais li deranças. O presidente da Acise, Delair Francisco Koch, coordenou os

t rabal hos e a pr es ent ou a mobi lização da comunidade em torno do evento, com destaque para os voluntários que atuam na decoração “A Cotriel es tá empenhada mais uma vez com a Casa do Papai Noel e a Praça, enquanto a Acise lidera a decoração de ruas, apoiada pela Assistência Social e pela Secretari a de Obras”, explicou.

O presidente da Cotriel, Léo Cezar Nicolini, destacou o empenho dos envolvidos no projeto e a presença da Cotriel como parceira no desenvolvimento do município. Já o prefeito Zelindo Signor Neto dis se que o Natal soma posit i va me nte para todos os munícipes e lem brou da união de esforços de entidades e pessoas para que mais uma vez Espumoso

seja notado no cenário regional. A programação cultural ainda não foi divulgada. Está definida a chegada do Papai Noel na noite do sábado, 26/11. De 2 a 4/12 acontece a 2ª Feira do Comércio ExpoNatal e entre os dias 9 e 11/12 o rodeio do Grupo Sepé Tiaraju. No dia 18 de dezembro acontece o Festival Regional da Canção e do Intérprete Estudantil.

Visão Regional, 29 de outubro de 2011  

Visão Regional, 29 de outubro de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you