Page 1

Ano VIII

32 Anos

Ed E dii ç çã ão o 405 5 R$ 2,50

( 54) 3385- 2925

E-mail: jintegra@gmail.com

SÁBADO, 24 DE SETEMBRO DE 2011

Selbach vive a X Blumenfest no final de semana Hoje a visitação dos estantes começa as 10h e o desfile histórico do município será à tarde. Para esta noite está previsto show com a Banda Danúbio Azul

Abertura simbólica da Feira abertura oficial da X Blumenfest aconteceu na tarde da quinta-feira (22), no palco construído na praça de alimentação, ao lado do Módulo Esportivo de Selbach. A solenidade iniciou com o chamamento das autoridades e apresentação do Coral São Gregório. Entre os pronunciamentos, o vice-prefeito Alcir Maldaner falou um pouco sobre da história do município e do significado do hino selbachense. O presidente da ACIS, Marcos Huppes, mencionou sua satisfação em presidir a f eira e comentou sobre a importância dessas iniciativas para fortalecer o comércio local e gerar renda. Em seguida o presidente do Câmara, Roque Naumann, fez um apanhado sobre as conquistas do município e do povo selbachense. Participaram ainda do ato os deputados estaduais Luciano Azevedo (PPS) e Pedro Westphalen (PP). O prefeito Rudi Seger enfatizou a qualidade de vida oferecida à comuni dade e relembrou através de uma parábola a história de trabalho, esforço, dedicação e vitória do povo selbachense. Paralelamente ocorreram apresentações da Banda Municipal, do Coral M unicipal São Gregório, regido pelo

A

Pr aça de alimentação estava lotada na s olenidade maestro Nei Leandro Schneider, e uma cena de teatro sobre mento dos sal ões ocorre às 23h, quando iniciará o show o começo da colonização alemã no município, com Guido com a Banda Danúbio Azul. Huppes e Anita Weber. O público também degustou 46 AX Blumenfest encerra amanhã, com farta gastronomia metros de cuca e salame, alusão aos 46 anos de emanci- alemã e ofertas especiais dos expositores . Às 9h ocorre pação do município. Mis sa de Ação de Graças na Igreja Matriz e às 18h se Nes ta edição a feira conta com m ais opções. Além da apres enta a Banda M ercosul. O fechamento dos salões expos ição de produtos de comércio, indústria, flores e será às 20h e o encerramento oficial às 22h. art es anato, haverá apresentações e serviços cons tantes, m úsi ca ao vivo, gastronomia típica e exposição de pequenos animais. Ontem a abertura da visitação iniciou às 10h e encerrou às 22h, com o show da Banda Brilha Som. Neste s ábado os estandes também abrem a partir das 10h. O desfile histórico do município de Selbach aconAutoridades pres ent es tecerá às 15h. Já o fecha-


Sábado, 24 de Setembro de 2011

OPINIÃO

COLUNA ESPÍRITA

Educação: reprovada

• Desdobramento Uma senhora encontrava-se mui to mal, à beira da morte. Ela já tinha se manifestado que não queria que sua filha, grávida e próxima ao parto, viesse s aber de seu estado, para não chocá-la e não por em risco sua saúde e a vida da criança que estava para nas cer. A mori bunda vinha piorando a cada momento, entrando em es tado de inconsciência. Quando já parecia morta aos olhos dos presentes, de repente, para espanto de todos, abriu os olhos e anunciou que a fil ha acabara de ter um bebê e que era um m enino. Acrescentou que agora podiam dar a notícia de seu es tado, pois não havia mais perigo. Dito isso, fechou os olhos e morreu. Verificou-se, em s eguida, que o parto t inha realmente ocorrido naquele momento e que o bebê era do sexo masculino. Para compreenderm os o ocorrido é necessário irmos de encontro o que os Espíritos Superiores nos informam: “Somos um Espírito, que tem por envoltório o Corpo Es piritual e o terceiro elemento é o corpo físico”. No momento da inconsciência, a doente ficou com o corpo físico na cama, mas o Espí rito envolto do Corpo Espiritual deslocou-se por desdobramento, indo até o local da filha no momento do parto, presenciou o ocorrido, voltando posteriormente ao corpo físico e informando o ocorrido. Soci edade Espír ita “Raios de Luz”

Retificação Na matéria “7ª ExpoTapera recebe R$ 100 mil do Município”, na última edição, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Tapera informou que Arl indo Bauermann seria o presidente da Paróquia Nossa Senhora do Rosário da Pompéia. Na verdade ele é o diretor de patrimônio; o presidente é Paulo Klassmann.

Por Lya Luft* Há quem diga que sou otimista demais. Há quem diga que sou pessimis ta. Talvez eu apenas tente ser uma observadora habit ante deste planeta, deste país. Uma colunista com t emas repetidos, ah, s im, os que me impactam mais, os que me preocupam mais , às vezes os que me encantam particularmente. Uma das grandes preocupações de qualquer s er pensante por aqui é a educação. Fala-se muito, grita-se, escreve-se, haja teorias e reclamações. Ação? Muito pouca, que eu perceba. Os males foram-se acumulando de tal jeito que é difícil reorganizar o caos. Há cois a de trinta anos, eu ainda professora universitária, recebíamos as primeiras levas de alunos saídos de es col as enfraquecidas pelas providências negativas : tiraram um ano de es tudo da meninada, tiraram latim, tiraram francês, foram tirando a seriedade: era a moda do “aprender brincando”. Nada de es forço, punição nem pensar, portanto recompens as perdera m o sentido. Contaram-me recentemente que em muitas escolas não se deve mais falar em “reprovação, reprovado”, poi s is s o pode traumatizar o aluno, marcálo desfavoravelmente. Então, por que estudar, por que lutar, por que tentar? “ Cans ei de fal as grandi loquent es sobre educação, enquanto não se faz quase nada. Falar já gastou, já cans ou, já des iludiu, já perde a graça” De todos os modos facilitamos a vida dos estudantes, deixando os cada vez mais despreparados para a vida e o mercado de trabalho. Empresas recla-

J.L. PUBLICIDADES LTDA.

CGC/MF 93. 393.783/0001-00 CGC/ ICMS 064/0031110 REGISTRAD A SOB Nº 02, L IV RO B, FL. 1 E 2 NO CAR TÓRIO DE R EGISTR O C IVIL D AS PE SSOA S JU RÍDICAS /IBIRU BÁ O Jornal Integração das Cidades está regis trado no Cartório de Regist ro Civil das Pessoas Jurídicas de Tapera sob o nº 4293, Liv ro A-2, FL. 089. A empresa J. L. Publicidades Ltda. é detentora das marcas Jornal da Integração e Jornal Cid ades, fundados em 07/12/1979 e 15/10/1999, respectivament e. Tapera: Rua Duque de Caxias 460 - CEP 99490-000 Fone (54) 3385-2925 - E-mail: jintegra@gmail.com I bi rubá: Rua Serafim Fagundes 1084 - CEP 98200-000 Fone (54) 3324-1723/1718 - E-mail: visao@jornalvr.com. br Ci rculação semanal aos sábados em Tapera, S elbach, Lagoa dos Três Cant os, V ict or Graef f e Colorado. Os cadernos S ocial e Classi ficados circulam t am bém em Ibirubá, Quinze de Novem bro e Fortaleza dos Valos. Impressão: Cia da Art e - CNPJ 92.107. 978/0001-75 Jorna Rua Albino B rendl er, 146. Fone: (55) 3331-0318 – Ijuí/RS l fil a à A dj oi do Representante em PoA: Pereira de Souza & Cia. Ltda. ri Exemplar avulso: R$ 2,50 - Exem plar de arquivo: R$ 2,50 Assi natura Anual: R$ 108, 50 Conceitos assinados não traduzem a opinião do jornal e são responsabilidade de seus aut ores. Diagramação: Maiara A. da Si lva - maimaisilva@yahoo.com.br Diretor responsável: Gustavo Brenner

mam da dificuldade de encontrar mão de obra qualificada, médicos e advogados quase não sabem escrever, alunos de universidade têm problemas para arti cul ar o pens amento, para argumentar, para escrever o que pens am. São, de certa forma, analfabetos. Aliás , o analfabetismo devasta este país. Não é alfabetizado quem s abe as sinar o nome, mas quem o sabe assinar embaixo de um texto que leu e ent endeu. Portanto, a porcentagem de alfabetizados é incrivelmente baixa. Agora sai na imprens a um relatório al arm ant e. Metade das crianças brasileira na terceira série do elementar não sabe l er nem escrever. Não entende para o que se a pontuação num texto. Não s abe ler horas e minutos num relógio, não sabe que cent ímetro é uma medida de comprimento. Quas e metade dos mais adiantados escreve m al, lê mal, quase 60 % têm dificuldades graves com números. Grande contingente de jovens chega às universi-

dades sem saber redigir um texto simples, pois não sabem pensar, muito menos expres sar-se por es crito. Parafraseando um es pecialista, estamos produzindo es t udante s anal fabetos . Naturalmente, a boa ou razoável escolarização é muito m aior em es col as particulares: professores menos mal pagos, instalações melhores, algum livro na bibliot eca, crianças mais bem alimentadas e saudáveis – pois o estado não cumpre seu papel de garantir a todo cidadão (es pecialmente a criança) a necessária condi ção de saúde, moradia e alimentação. Faxinar a miséria, louvável desejo da nossa president e, é essencial para a nossa dignidade. Faxinar a ignorância – que é outra forma de miséria – exigiria que nos orçamentos da união e dos estados a educação, com o a s aúde, tivesse uma posição privilegiada. Não há dinheiro, dizem. M as polí ticos aumentar seus salários de maneira vergonhosa, a coisa pública gasta nem se sabe di-

nheiro onde, enquanto preparamos gerações de ignorantes, criados sem limite, nada lhes é exi gido, devem aprender brincando. Não lhes impuseram a mais element ar disciplina, como se não soubéssemos que escol a, família, a vida sobretudo, se constroem em parte de erro e acerto, e esforço. Mas, se não podemos reprovar os alunos, se não temos m esas e cadeiras confortáveis e tet o sólido sobre nossa cabeça nas salas de aula, como exigir aplicação, esforço, disciplina e limites, para o natural cres cimento de cada um? Ca ns e i de fa la s gr andil oquent es s obre educação, enquanto não se faz quase nada. Falar já gastou, já cansou, já desiludiu, já perdeu a graça. Precisamos de atos e fatos, orçament os em que educação e saúde (para poder ir à escola, prestar atenção, estudar, render e crescer) tenham um peso considerável: fora disso, não haverá solução. A educação brasileira continuará, como agora, es candalosamente reprovada.

* Colunis ta da r evista Veja, publicada em 11 de setembr o de 2011

Charge

2


GERAL

Sábado, 24 de Setembro de 2011

3

Governo federal inicia reforma de Unidades de Saúde RS terá R$ 4,9 mil para melhorar atendimento do SUS O objetivo das ações de aprimoramento da Atenção Básica no SUS é incentivar os municípios a melhorar o padrão de qualidade da assistência oferecida nas UBS. Desde o início do ano o Ministério da Saúde realiza levantamento para identificar as reais necessidades dos estados em relação à estrutura e quantidade de UBS no país Z.Moreira/ Ag.Saúde - O Ministério da Saúde está qualificando o atendimento oferecido à população brasileira nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). O governo federal investirá R$ 4,9 milhões para reformar unidades no Rio Grande do Sul. A medida faz parte do Programa Brasil Sem Mis éria, lançado pela pres idente Dilma Rouss eff no início do ano, e reforça a estratégia do governo federal de reestruturar a Atenção Bás ica no Sistema Único de Saúde (SUS). Serão priorizados municípios localizados em regiões de extrema pobreza. Atualmente, 2.595 UBS estão em funcionamento no Rio Grande do Sul. Nelas, os usuários do SUS realizam consultas médicas, curati vos, vacinas, colet a de exames laboratoriais, tratamento odontológico, encaminhamentos para es pecialidades e fornecimento de medicação básica. As reformas incluirão obras estruturais , como adequação do espaço físico, cobertura das unidades, reformulação dos pisos e limpeza. “Com a Atenção Básica funcionando bem, até 80% dos problemas de saúde da população podem ser resolvidos. Isso sem precis ar ir ao hospital, o que desafoga o atendimento das emergências e garante um acompanhamento continuado”, afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A indicação das unidades que serão reformadas será feita pelos gestores estaduais nas Comissões Intergestores Bipartite (CIB). Municípios localizados em regiões de extrema pobreza ou com baixo Produto Interno Bruto (PIB) per capita têm prioridade.

Critérios UBS com porte entre 153m² e 293m² vão dispor de R$ 30 mil a R$ 150 mil e aquelas com mais de 293m² receberão entre R$ 30 mil e R$ 350 mil. Os recurs os serão repassados em duas parcelas, de 20% e 80% (a última somente após comprovado o início dos s erviços).

Participação Os municípios devem acessar a página do M inistério da Saúde (www.dab.saude.gov.br) para se habilitar às reformas. O s istema disponibilizado pelo M inistério calcula o valor de incentivo da reforma, conforme a necess idade de cada unidade. Após esta avaliação, a proposta é encaminhada ao ges tor es tadual para que sejam aplicados os critérios de prioridade.

Municípios podem cadastrar projetosde creches Também está aberto prazo para cadastro de projetos de creches e quadras (construções e coberturas) para prefeituras municipais e Secretarias Estaduais de Educação. A informação é do coordenador da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional, deputado federal Paulo Pimenta (PT), que a obteve junto do Ministro da Educação, Fernando Haddad.

A data limite para inscrição de projetos é até o próximo dia 30 de novembro. Serão aprovadas inicialmente 750 quadras, sendo realizado o empenho dos recurs os e liberação da primeira parcela até 31 de dezembro de 2011. Os gestores devem realizar o cadastram ent o no site de Sistema Integrado de M onitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (www.simec.mec.gov.br).

Cultura e Esportes Além dos recurs os para a área educacional, o deputado Pimenta lembra que os ministérios do Esporte e da Cultura também estão com editais abertos. No primeiro, os investimentos são para o “Programa Esporte e Lazer da Cidade”, que objetiva disponibilizar e modernizar áreas para a prática de esporte e lazer, assim com o ins talações e equipamentos adequados à prática esportiva. As inscrições serão aceitas até 14 de dezembro. J á no Ministério da Cultura, o objetivo é o treinamento e aperfeiçoamento profissional, por meio da realização de cursos, palestras, works hops, oficinas, seminários, bem como por meio da concessão de bolsas de es tudos para artistas, técnicos e produtores na área Audiovis ual. O prazo para cadastro encerra no di a 21 de novembro. O código do Programa Esporte e Lazer da Cidade é o 5100020080074, e o da Cul tura é o de númer o 4200020110006. Ambos devem ser cadastrados no Portal de Convênios – SICONV (www.convenios.gov.br).


4

COLUNA CRISTÃ/PARÓQUIA •

TAPERA

Sábado, 24 de Setembro de 2011

A Bíblia em nossa vida

Nossas meditações sobre a Bíblia têm por objetivo final fazer-nos compreender que nosso Livro Sagrado nos apresenta não apenas uma mensagem positiva para a nossa vida, mas um projeto de Salvação. Este protejo de salvação consiste no fato de que o próprio Deus “des ce do céu” em busca do homem e lhe oferece uma aliança eterna. Ou seja: nossa história da salvação gira em torno de um fato específico e de uma direção segura: Jes us Cris to. Ele é o nosso grande educador que, apesar de noss as fraquezas humanas, vai nos ensinando e fortalecendo com sua graça. Por isso, para assumir a história da salvação que a Bíblia nos oferece, precisamos fazer de Cristo, desde agora e para sempre, o centro de nos sa vida. E neste final de semana, J esus, noss o grande educador, nos quer ensinar com um trecho do Evangelho de Mateus 21, 28-32, onde está a parábola dos dois filhos com comportamentos diferentes. O pai mandou ambos trabalharem na vinha, mas, enquanto um disse que iria, mas não foi, o outro disse que não iria, mas acabou indo. Nes ta parábola Jesus quer nos ensinar que às vezes é melhor dizer não e depois arrepender-se e voltar atrás do que dizer um “s im” precipitado e depois não cumpri r o que prometeu. Ele quer também nos alertar para o fato de que o verdadeiro discípulo de Jesus, aquele que coloca Jesus no centro de sua vida, caracteriza-se por dizer o seu “Sim” e viver de maneira coerente com a resposta dada a Deus . Programação: Hoje: Miss a na Matriz (18h); amanhã: M issa na Matriz (8h30min)

Cobertura do quiosque tem prazo para conclusão

Momento da assinatura do contrato

A

e mpre sa Tecnolonas Ltda., de Porto Alegre, venceu nesta semana a licitação para a construção da cobertura do quiosque da praça Dr. Avelino Steffens, que atualment e est á com as obras paralisadas. A as sinat ura do contrato ocorreu na Prefeitura, na presença do prefei-

to Ireneu Ort h, Fábi o Luiz da Rosa, represent ante da Tecnolonas; a res ponsável pel o Setor de Licitações Marli Cerutt i, o arquiteto Joaquim Danielli e o secretári o da Administ ra ção Luiz Renato dos Sant os . O contrato para a cobertura do quiosque t em 60 dias para ser concluído e

devido à apli cação que coube ao m unicípi o (R$ 79.480,04). Segundo o prefeito, a estrutura para a cobert ura do quios que já começou a ser montada em Porto Alegre e logo será i mplantada na construção. “Quanto à verba federal , es peramos que venha até o final de outubro, dis se”.

A 51ª Romaria e a festa de Linha São Luis, ocorridas no dia 18, contaram com cerca de 500 pes soas. A programação iniciou às 9h com a prociss ão dos fiéis, vindos da Igreja Matriz e de São Luis , que se encontraram no Lar do Idoso. Após, houve a celebração da missa campal, que contou com a participação do Coral 8 de Maio. Segundo os organizadores, no almoço foram vendidos aproximadamente 700 quilos de carne. Já a reunião dançante, que contou com a presença do Grupo Animados da Melhor Idade, ficou a cargo da Banda Pecado Amor. Conforme o president e da comunidade, Luis Albino Corazza, foi uma das m aiores festas realizadas em São Luis.

PATROCÍNIO

Emater/Ascar Tapera - Ana Cassol • Temperos do bem-estar

Desinfetante de Eucalipto Ingr edientes : 1 litro de álcool, 1 punhado de folhas de eucalipto cheiroso, 3 litros de água morna, 1 xícara de s abão em pó ou sobras de sabonetes picados. Modo de fazer: Coloque as folhas no álcool e deixe em infusão por uma semana. Coe essa mistura, coloque numa vasilha maior, dissolva o sabão ou sabonete em um pouco da água morna. Quando este estiver bem dissolvido, acrescente o restante da água morna. Acondicione em frascos e use quando limpar banheiros, pisos e cozinhas (pouca quantidade diluída no balde utilizado).

totaliza R$ 79,4 mi l de investim ento do M unicípio, incluindo fornecimento de material e mão de obra. Conforme a Administração, a obra est á paralisada devi do ao at ras o do recurso do governo federal , de R$ 97,5 mil, que já deveri a ter sido liberado há mes es . A const rução chegou até o est ágio at ual

Romaria de Linha São Luis atraiu muitos fiéis

Cons elho Paroquial de Pastoral

Açafrão - reduz a irrigação sanguínea nas gorduras (tecido adipos o), enfraquecendo a reserva de gordura. Protege o fígado, facilita a digestão das proteínas e regula o metabolismo. Curry - mistura de temperos originários da Índia, acelera o metabolismo e atua como poderoso ant iinflamatório. Gengibre - aumenta a temperatura do corpo, obrigando o organismo a gastar mais energia. Auxilia no combate a artrite, cólicas, diarréias, enxaqueca e enjôos. Canela - as substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias da canela aceleram o metabolismo das gorduras. Manjericão - combate cólicas, vômitos e problemas gás tricos. Ajuda na digestão e elimina gases. Salsa - tem efeito diurético (forma de chá), ajudando a reduzir gases e inchaços abdominais. Pimentas - possuem s ubstâncias que di minuem a fome. A pimenta acelera a queima de gorduras, faz o corpo gastar mais energia na digestão e ajuda a eliminar toxinas do organismo. Orégano - tem o poder de estimular a produção de enzimas respons áveis pela digestão dos carboidratos, além de funcionar como tônico digesti vo.

Projeto da constr ução

Romeir os dirigiram-se até a comunidade

Tapera doa árvores no Dia do Meio Ambiente O Depart amento Muni ci pal de M ei o Ambiente de Tapera doou quart afeira, 21 (Dia Municipal do Meio Ambient e), diversas mudas de árvores nati vas frutíferas aos Supermercados Santa Cl ara e Regional, Super Gordo e M ercado Pouco Preço, que posteriormente s erão dis-

tribuí das aos cli entes , e ao 4º Ano do Ens ino Fundamental da EEEM Dionísi o Lothário Chas sot . O Dia Muni cipal do M ei o Ambient e foi estabelecido pel a Lei Municipal 2.205, de 30/11/2005, através da proposição dos vereadores Neri Nunes dos Sa nt os e Êni o Ant ôni o

Viero. Recomenda o art igo 2º da Lei que “anualmente nes se di a as autori dades cons ti tuí das , prof is si onai s da área e as s oci edades ci vi s poderão organizar palestras, s em inários, conferências e out ras ativi da de s obj e t i van do consci ent izar a popula-

ção com relação à preservação do meio ambi ente”. J á o art igo 3º di z que “as Escol as Ofi ciai s do M unicí pi o, em todos os níveis , com a parti cipação da comuni da de e scol ar, poderão programar at ivi da de s ext racl as se s comem orando a referida data” .

Semana Farroupilha comemorada na Dionísio A EEEM Di onísio Lothário Chas sot promoveu dia 16, no gi násio, j unt am ente com a Escola Pingo de Gente e EMEF Franci sca Cerutti, diversas ati vidades em comemoração à Semana Farroupi lha. Pela m anhã ocorreram apresent ações, com o: Grupo de Arte Dança Raízes do Sul, peça teatral “M ão amiga em frente ao cemi tério”, lenda do Negrinho do Pas toreio (EMEF Francis ca Cerutti), poes ias, músicas e danças do CTG Guido Mombelli, Grupo Folclórico Piazito Gaudério e Es cola Pi ngo de Gent e. Foram servi dos bolinhos de chuva e chi marrão. Durante a t arde, os al unos participaram de uma mateada. C onform e a di reçã o da es cola , as at i vi dades objeti varam culti var as tradições do RS e dest acar o sentimento de nati vis mo, res peit o e defesa das tradi ções.

Estudantes envolveram-se em apresentações artís ticas


TAPERA

Sábado, 24 de Setembro de 2011

Semana Farroupilha encerra com programação especial

Cavalarianos passaram pela Avenida XV de Novembro

A

programação da Semana Farroupi lha de Tapera encerrou terçafeira, 20, feriado do Dia do Gaúcho, com at ivi dades voltadas ao tradicionalismo. A cavalgada saiu do Parque de Exposições, passou pela Avenida XV de Novembro e retornou ao parque, dando início aos festejos . Ao meio dia foi servido o almoço no local. Durante a tarde, além da

“M ateada Farroupil ha”, houve diversas apresentações artísticas das escolas do m unic ípi o e das invernadas do CTG Gui do Mombelli e Grupo Folclórico Piazito Gaudério. Todos os educandários foram premiados pelas programações des envolvidas. Para encerrar as atrações do dia, houve um show com o Grupo Vanera. Na segunda-feira ocor-

Prendas e peões empossados do CTG Guido Mombelli reu ainda o jantar dnçante do CTG Guido Mombelli, com cerca de 450 pessoas. Na oc as iã o f oram empossados as novas prendas e peões da entidade, além da formatura do grupo de danças. A noite foi animada pelo Grupo Balança Campeiro. Conforme o patrão Bibiano de Matos, “o jantar foi excelente e o grupo entus iasmou a todos os presentes ”.

J á no sábado passado, 17, o GF Piazito Gaudério prom oveu o t radi cional Porco à Moda Gaúcha, que reuniu 300 pessoas. A programação da Semana Farroupil ha foi prom ovi da pela P refeit ura M unic ipal, CTG Guido M om be ll i , GF Pi az it o Gaudério, Sociedade Amigos do Cavalo e es colas municipais, estaduais e particulares.

5

COLUNA EVANGÉLICA DE CONFISSÃO LUTERANA Ilusão de ótica (Joel 3. 1-3, 9-21) É terrível a sensação de se dar um pass o à frente e sentir que o objeto que s e busca distancia-s e cada vez mais . Vivemos tempos de ilus ões . O virtual está tomando conta das relações humanas concretas. Não estam os livres de criar uma esperança virtual e, até mesmo, um Deus virt ual. Não será este um dos motivos pelos quais quanto mais o mundo progride tanto mais ele se vê engolido por diferenças s oci ais e conflitos ? É como dar um passo à frente e sentir que o bem sonhado e desejado fica cada vez mais distante. A profecia de Joel é esperança viva dos cristãos no mundo inteiro, que se concretizará no dia em que Deus s elará a sorte, o bem, a vida para os que são seus. Esta prom essa não é virtual, mas real. Ela não é uma ilusão de ótica! Qual s erá o dia em que “os morros estarão cheios de parreiras e muita água vai correr nos ribeirões...”? (v. 18) Quando chegará o dia em que não haverá mais violência nem dor? Tudo iss o acontecerá quando todos dobrarem seus joelhos perante Cristo. É o dia em que Deus conclui seu plano de redenção no mundo. Quanto ao dia e a hora não nos é permi tido fazer qualquer previsão. Isto é da competência de Deus. Enquant o esperamos por esse dia, é preciso estar vigilante contra as ciladas dos inimigos espirituais. O que is so significa você pode ler em Efés ios 6. 10 – 21. Ninguém, nem mesmo pes soas de fé, estão livres, de s e deixar iludir pelas coisas que vemos. No entanto, as prom ess as de Deus não são virtuais nem ilusão de ótica. Elas estão muito aci ma das profecias e promes s as humanas e, por is so, elas não falharão. Amém. Pastor a Mariza Eckhardt Neuberger

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE TAPERA COM EXTENSÃO EM LAGOA DOS TRÊS CANTOS

Apresentação das invernadas mirim e adulta do GF Piazit o Gaudério

ITR 2011 - O Sindicato já es tá fazendo a Declaração do Imposto Territorial Rural (ITR), que deve ser entregue anualmente e obrigatoriamente por todo o proprietário de imóvel rural. O prazo para entrega da declaração encerra dia 30 de setembro. SEMENTE DE MILHO - Todas as variedades de semente de milho do programa troca-troca já estão disponíveis para serem retiradas junto ao Sindicato. Temos ainda algumas vari edades à disposição.

Vilson Roque Hubne r P re side nt e

ASSINATURA ANUAL DO JORNAL DA INTEGRAÇÃO NOVA: 108,50 RENOVAÇÃO: R$ 98,50

Se não receber seu Jornal, ligue: ( 3385-2925


6

TAPERA

Sábado, 24 de Setembro de 2011

Santa Clara cultiva Revolução Farroupilha revisitada no Memorial tradições gaúchas

Painel dos principais líder es da Revolução

O

Rancho montado no l ocal O Supermercado Santa Clara promoveu s egundafeira, 19, no rancho montado no l ocal, diversas apresentações art ísti cas com a t ransmi ssão ao vivo do Programa Realidade. Di versas es colas, entidades e talentos do município parti ciparam: EEEM Di onís io Lothário Chas sot, Instituto Est adual de Educação Nos sa Senhora Im aculada, EMEFs J oão Batista Mocelin e EMEF Francisca Cerutti, EEEM 8 de Maio, APAE, Grupo Folclóri co Pi azi to Gaudério, Escolas Pingo de Gente e Pequenos Bril hantes, Angelino Martins Dias , Alessandro Volmer e Paulo César de Oliveira. Conforme a gerent e C irlei Gatto, o objetivo foi cultivar as tradições gaúchas através de músicas, poes ias, lendas e exposi ção de pratos da culinári a gaúcha. Ela dest acou ai nda sobre a importânci a de todos os parceiros que col aboraram para o suces so do event o, além do incentivo fei to aos jovens t alentos do município.

Curtas Tapera ESQUINA - A tradicional festa de Linha Esquina da Sorte é amanhã, no pavilhão da comunidade, a partir das 10h30min. A programação i nicia com celebração da missa e jogos da categoria Veteranos. Ao meio dia será servido o almoço (cartões à venda a R$ 25 por espeto). Durante a tarde haverá uma reunião dançante com o Grupo Sintonia. Mais informações pelo fone 9968-8273, com Neusa Machado de Souza. SÃO RAFAEL – A comuni dade de Linha São Rafael promove hoje, a partir das 20h30min, o tradicional jantar dançante. Será servido churrasco (linguiça, galeto, carnes suína e bovina) e depois se apres ent a a Banda Moinhos de Vento. Os cartões est ão à venda com a diretoria por R$ 36. Mais informações pelo fone 9123-5524, com Décio Ebert. RODEIO – O 17º Rodeio Cri oulo Interestadual do Grupo Folclórico Piazito

Gaudério e P refeit ura acontecerá dias 1º e 2/10, no Parque de Expos ições, com abertura às 13h. ASSESSORIA – A ACIT promove dia 28, a partir das 13h30min, a Ass essoria Individual Gratuita, mi ni st ra da pe la consul toria do Sebrae. Int eres s ados de vem agendar horário pelo fone 3385-1213. PMDB – Amanhã, a partir das 9h, na Câmara Municipal, ocorre a convenção do PMDB, quando o partido elege o novo Diretório Municipal . As chapas poderão ser apresentadas até 30 minutos antes do início da votação. VIOLINO – O Grupo de Violinos de Tapera gravará em Porto Alegre dia 27 uma part icipação para oprograma Galpão Crioulo especial do Dia da Criança. O grupo é coordenado pela SMECDL, apoiado pel o programa União faz a Vida, tem como rege nt es os profess ores Júlia e Daniel Kuhn e conta com 16 componentes .

Mem orial Taperense iniciou dia 21 uma exposição sobre a Revolução Farroupilha (1835-1845), que se prolongará até a próxima quinta, 29.

A mostra é composta de painéis vindos do Museu Olívio Otto, de Carazinho, que retratam os locais da guerra e os pri ncipais líderes . Estão expostos ainda

Visita do 2º Ano da EMEF Francis ca Cerutti divers os utens íli os gaúchos e antigas armas. Conforme a coordenadora do Mem orial , Roseli Galvagni, o objetivo da exposição é possibilitar ao vi-

sitante conhecer os fatos históricos mais relevantes e os membros do movimento. Oagendamento das visitas pode ser feito pelo fone 3385-3536.

Deputada estadual reúne-se com membros do PSDB Líderes do PSDB de Tapera reuniram-se no dia 15 com a deputada estadual Zilá Breitenbach (PSDB), na residência do taperense José Ilo Pereira Barbosa. A parlamentar esteve em visita ao município a fim de ajudar, ampliar e fortalecer o partido local. Participaram do encontro Alberto Huning, Osmar Casemiro e Alvinho Lauxen. Na oportunidade foi marcada uma nova reunião para hoje, a partir das 19h, no Grupo Folclórico Piazito Gaudério, onde a deputada estará presente para promover novas filiações. Momento do encontro

Caso da merenda escolar de Tapera é julgado O Poder Judiciário, através do juiz de Direito da Comarca de Tapera, Rodrigo de Azevedo Bortoli, julgou na última quarta-feira a ação civil sobre as supostas irregularidades no fornecimento da merenda escolar do município. O juiz deferiu que o

Município deve cessar imedi ata e completamente o fornecimento de produtos de carne e ovos adquiridos diretam ente dos pequenos produtores rurais via Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), bem como manter a suspensão já det erminada em relação

ao leite, devendo apresentar projeto que sat isfaça as exigências legais e regulamentares no prazo máximo de 60 dias. De acordo com a docum ent ação arrol ada concluiu-se que o M unicípio de Tapera está deixando de cumprir uma série de obri-

gações do PNAE. A polêmica surgiu após o Ministério Público (MP) receber denúncia anônima e se comprovar as irregularidades através de uma vistoria dos fiscais da Secretaria da Agricultura, Pecuária de Agronegócios do RS Regional de Cruz Alta.

Informativo P ingo de Ge nte

Escola Pingo de Gente, participação efetiva na Semana Farroupilha A Escola Pingo de Gente promoveu na última semana diversas at ividades em c ome moraç ão à S emana Farroupilha. Além dos trabalhos em sala de aula sobre a Revolução Farroupilha, tradições, mateadas, danças e declamações, houve ainda o tradicional Carreteiro, no pavilhão de Vila Raspa. A ocasião contou com apresentações gauchescas das turmas da Educação Infantil e Ensino Fundamental. Os presentes se emocionaram com a dramatização da mús ica “Eu s ó peço a Deus”, que também foi apresentada nas mateadas da EEEM Dionís io Lothário Chassot e da EMEF Francisca Cerutti. Nes ta segunda e terça-feira, o educandário foi representado nos eventos ocorridos dentro da programação da Semana Farroupilha pelo aluno Gabriel Leite Pértile, com a poesia “Obrigado Patrão Velho”, do taperens e Angelino Martins Dias .

Alunos participaram de diversas atividades na escola


Sábado, 24 de Setembro de 2011

SELBACH/TAPERA

Parceiros do UFV planejam ações voltadas à educação O

7

Regional Supermercados recepciona seus clientes na Semana Farroupilha

trio gestor do programa Uni ão faz a Vida Sicredi, Ulbra e Prefeitura (SMEC) -, juntamente com es colas municipais e estaduais , reuni ram -s e na Secretaria de Educação de Sel bach dia 9 para avaliar a propos ta do programa e pl anejar ações futuras para o segundo semest re de 2011. Conform e a SMEC , “o encont ro cont ou com a presença de li deranças de cada entidade que dá cons istência a estes nobres t rabalhos, vis ando, aci ma de tudo, o espírito cooperat ivo”. Reunião aconteceu na sede da SMEC

Alunos desenvolvem horta de planta bioativa Os alunos e professores do Ensino Fundamental do 1º ao 4º ano, séries iniciais da EEEM Adão Seger, trabalharam nas últi mas se ma na s s obre pl anta s bioativas. Es tas atividades foram elencadas num pro-

jet o ambiental, posto em prática há mais anos , sob responsabilidade do 3º ano e da profes sora J acinta Prediger Grassi. O t em a enfoca do é abrangent e e voltado especificam ent e à preservação

Momento da entrega das cal êndulas às agentes da Past oral da Saúde

do meio ambiente, principalmente à colet a s eletiva do l ixo orgâni co e inorgânico produzido no ambiente escolar e cult ivo de pl ant as bioativas. No estudo dos alunos, de staca-s e o cult ivo da calêndula, que é uma planta bioativa, ou seja, aproveita o adubo natural vindo do lixo orgânico. A planta é estimulante à imunidade, ajuda a combate r infecções , é antiinflamatória, digestiva, diurética, indicada para amigdalite, baixar a febre, auxilia na circulação do sangue, regula a menstruação, alivia as cólicas e queimaduras, é cicatrizante. Dessa forma, a escola começou a cultivar e colher

calêndulas no local, para posteriormente, fabricar o sabão medicinal, indicados para combater alergias de pele. Além disso, os sabões são comercializados entre a comunidade escolar a fim de suprir gastos do projeto, o res tante é doado à Pastoral da Saúde. Conforme a professora Jacinta Prediger Grassi, “a horta de plantas bioativas passou a ser um espaço pedagógico que auxilia muito na aprendizagemporque proporciona um resgate popular sobre a medicina alternativa e as informações obtidas em torno do assunto induzem os alunos às melhores produções textuais de conteúdo significativo”.

Supermercado recebeu diversas apr esentações No sábado pas sado, 17, o Programa Pago Santo foi transmitido ao vivo do Galpão Crioulo montado no Regional Supermercados de Tapera. Apresentado excepcionalmente pelo padre Geraldo Colet, o programa foi composto de diversas apresentações locais, como violeiros, gaiteiros, trovadores , cantores, declamadores, além da invernada artística do CTG Guido Mombelli. Conforme a gerente Claudete da Silva Grave, “além da programação do sábado para recepcionar os cli entes , os funcionários t rabal haram pilchados durante toda a s emana”.

Dionísio proporciona visita de estudos

Informe P ubli ci tá rio

Comercial Bortolan oferece almoço especial para Escola João Batista Mocelin na Semana Farroupilha A Comercial Agrícola Bortolan promoveu dia 16, no pavilhão de Vila Raspa, um a confraternização com emorati va à Semana Farroupilha desti nada aos alunos e professores da EMEF J oão Batista Mocelin, da Vila Paz. A ocasião contou também com a presença, colaboração e organização dos proprietários, familiares e funcionários da empresa. Na oportunidade, foi s ervido um almoço especial, composto de churrasco, saladas e sobremes a. Uma das professoras que coordenaram o evento, Elisângela Bortolan Paulus, destacou a part icipação dos 180 alunos , distribuídos da Educação Infantil à 8ª Série do Ens ino Fundam ental. Ela salientou que “a participação da Bortolan como patrocinadora já é uma empresa parceira des te educandário, graças ao carinho e a amizade que os proprietários dedicam aos alunos”, disse. Elis ângela falou ainda que no ano de 2010 o educandário contou com o incentivo da empresa no evento cultural da Gincana Farroupilha. A Comercial Agrícola Bortolan, sempre atenta aos rumos da economia e da realidade social do país , trabalha voltada para a questão da Responsabilidade Social.

Alunos na entr ada da Cotri soja Os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental da EEEM Dionísio Lothário C has sot, acompanhados das profes soras Fabrícia Griebeler, Alexandra Garaffa e Terezinha Haumpenthal, visitaram a Cotri soja de Tapera na última quarta-fei-

O programa envolve uma série de ações e iniciativas que já estão sendo adotadas, com o intuito de participar ativamente da vida econômica, cultural e social das comunidades e inst ituições que integram noss a cidade e principalmente das que formam o chamado entorno onde se local izam noss os colaboradores. Conforme os sócios da empres a, Mois és e Tiago Bortolan, a empresa entende a Responsabilidade Social como um univers o de inúmeras possibilidades e um proces so de contínuo desenvolvimento. “Muitas outras ações certamente ainda serão implantadas e incorporadas com o intuito de tornar cada vez mais a Comercial Bortolan uma verdadeira empresa-cidadã”, disseram.

ra, 21. A visita objetivou tornar prático o estudo sobre as principais atividades econômicas do município. Os estudantes conheceram ereceberam informações sobre o funcionamento da cooperativa, com ênfase na fábrica de rações.

Aprovada contratação de agente de combate a endemias O Legis lativo taperense reuniu-se para mais uma sessão ordinária na quarta-feira (21), quando os vereadores votaram e aprovaram por unanimidade dois Projetos de Lei e uma Propos ição. O PL nº 082/2011 autoriza a contratação de um agente de combate às endemias para a Secretaria de Saúde. O PL foi aprovado com parecer favorável da Comissão de Constituição, Redação, Bem Estar e Ação Social. O projeto 84 autoriza a cont ratação de auxil iar de ensino para a Secretaria de Educação. Já a Proposição 029, do vereador Adelar Gatto (PT), requer que a Prefeitura construa o pass eio público na Avenida Presidente Tancredo Neves, em frente aos prédios do Centro Administrativo e do Fórum.


8

SELBACH/LAGOA

Sábado, 24 de Setembro de 2011

Lagoa promove 1º Laboratório Municipal de Canto Coral

Sorteio Amanhã (25), durante a X Blumenfes t, acontecerá o 2º sorteio do Show de Prêmios da ACIS. Serão sort eados 13 vale-cheques: um de R$ 1 mil, dois de R$ 500 e os demais de R$ 200, totalizando R$ 4 m il em prêmios.

Paróquia São Tiago CELEBRAÇÕES – Hoje, missa na Matriz (18h); amanhã, na Matriz, missa de Ação de Graças pelos 46 anos de Selbach (9h); dia 28 não haverá missa às 7h. COLETA - Nas missas de hoje e amanhã será feita a coleta para auxiliar a Igreja Irmã da Diocese de B al s as (M A) . A Diocese de Passo Fundo adotou a Diocese de Balsas como sua Igreja Irmã e a ajuda com recursos humanos e econômicos. BATIZADOS - A próxima cel ebra ção de Ba ti za dos na Ma tr iz acont ece no di a 1º/10 (18h). Inscrições na s ecretaria. RETIRO - Dia 1º/10 haverá um di a de formação

e re ti ro para os crismandos da matriz e capelas, em Linha Floresta. Haverá ôni bus às 8h30min, em frente à Igreja Matriz. O retiro terá inicia às 8h45min e encerra às 16h30min, coordenado pelo CLJ, catequistas e pároco. ROMARIA - No dia 9/10 ocorre a 31ª Romaria de Noss a Senhora Apa reci da, e m Pas s o Fundo, sob o tema “Com a Mãe Maria, enviados para produzir frutos”! VISITA - Já foi definida a programação da Visita Past ora l do B is po da Diocese à Paróquia de Selbach (20 a 23/10). Dia 23/10 será celebrada a Crisma de 105 adolescentes e jovens.

Rádio Princesa completa um ano de transmissão A Rádio Princes a FM complet ará um ano de transmiss ão dia 11/10 e, para fes tejar, prom overá o B aile de Aniversário no Salão Paroquial, com início previs to para as 21h30min. Entre as atrações estarão as Bandas Os Guris, Bonde do Alemão, s how uni vers itário com Yan e Maurício e do cantor Renan Júnior. Na sequência terá o show com a Banda Luz do Luar, que será o des taque da noite. Além dis so, durante o baile haverá sortei o de brindes. Os ingres sos podem ser adquiridos antecipadament e na Rádio Princesa, pelo valor de R$ 10.

Participantes, organizadores e profes sores

N

o último final de semana aconteceu em Lagoa dos Três Cantos o 1º Laboratório Muni cipal de Canto Coral. As atividades, que aconteceram na Sociedade Recreativa Sempre Unidos, iniciaram na sextafeira (16) e prosseguiram até o domingo (18). O evento foi promovi do pel a P re fe it ur a – SM EC DT/Departam ent o de C ultura e Turismo em parceria com o Núcleo Cultural . A coordenação ficou a cargo do vice-prefe i t o Di oní s i o P edr o Wa gne r, e dos t re s ca nte ns es G eórg ia Walker e José Ilário Horn. Os exercícios foram coordenados pelo vice-presi dent e da Federação de Coros do Rio Grande do S ul (F ec or s) , re gen te Eduardo Al ves, pel o regente Manuel Fi guei redo de Abreu e pelos profess ore s de téc ni ca vocal Francis Padil ha e Suani Sonnntag Kohn. Participaram 76 coris tas jovens e adultos, 12 crianças do Coral Municipal Infanto Juvenil , além de seis regentes pertencentes à região da Amaja. Os par-

ticipantes ti veram aula teórica e prática de técnica vocal e também reali zaram exercícios de canto. Conform e o di retor de Cultura Alcides Arnhold, “o cant o é um elem ento im port ante para a preservação da cultura, da memória e da his tória dos antepassados que nos remete ao presente. Os imigrantes alemães encontraram

no canto coral um mot ivo para s e reunir e se unir para superar as dificul dades, renovar suas forças e manter a ligação com a t erra natal . Por isso, ess a preocupação em renovar e mel horar cada vez mais as apre sent ações dos oi to corais exi stent es no município”. Se gundo os orga nizadores, foram fi rmadas

par ce ri as i m por t ant e s para que o evento tives se sucess o com as empres as e e nt i dade s : C otr i j al , Sicredi, Dis fonte, Supermercados Regi onal e Santa Cl ara, Fruteira do Cl óvis , Soci edade Recreati va Sem pre Unidos, Res taurante Keil & Keil, Borghetti Panificadora, Res taurante Alegria, Hotel e Res taurante Landhaus Weber.

Francis Padilha, Manuel Figueiredo de Abreu, Eduardo Alves e Suani Sonnntag Kohn

Nota de serviços eletrônica será documento fiscal

LAGOA - Na sessão de segunda-feira os vereadores tres cantenses aprovaram por unanim idade três Proj et os de Lei (PLs). O nº 035/2011 dispõe s obre as Diretrizes Orçamentárias do município para o exercício de 2012. O PL nº 039/2011 institui a nota fiscal de s erviços eletrônica, como docum ento fis cal a ser emi tido pelos prest adores de serviços credenciados em Lagoa dos Três Cantos . Já o de nº 040/2011 reestrutura o Cons el ho Municipal de Alimentação Escolar (Comales).

Agrotecnoleite LAGOA - A Emater de Lagoa dos Três Cantos patrocina dia 29 uma excursão para a Agrotecnoleite, em

Passo Fundo. A saída será as 7h, em frente à Emater. Interessados devem inscrever-se no escritório local até dia 26.

ASSINATURA ANUAL DO JORNAL DA INTEGRAÇÃO NOVA: 108,50 RENOVAÇÃO: R$ 98,50


Sábado, 24 de Setembro de 2011

LAGOA/VICTOR GRAEFF

9

Jovens foram selecionados para o EB Escola de Educação

Infantil começa a ser construída

A

conteceu em Lagoa dia 14 a primeira seleção dos jovens aptos a prestarem o Serviço Militar em 2012, na EEEM Joaquim José da Si lva Xavier. Na mesma oportunidade ocorreu a solenidade de Juramento a Bandeira por 13 jovens nascidos em 1993. Destes, cinco foram dispensados. Conforme o secret ári o da Junta de Serviço M ilitar Jairo Cas sel, es tar apt o na prim eira seleção não significa neces sari amente que o jovem prest ará o serviço mil itar, pois ainda haverá duas et apas que não s ão de compet ência local e podem ocorrer mais dis pensas . Quem passar depois terá de se apresentar ao Exército Brasil eiro (EB) para a s el eção complementar. “A prest ação do Serviço M ilit ar é uma lição de ci dadania, nel a agrega-se m uitos valores culturais e morais, s em contar que é uma excelente oportunidade de segui r uma carreira no Exérci to, dependendo da força de

Obras foram iniciadas Juramento à bandeira ocorreu dia 14 vontade de cada um . Orgul hamo-nos de ter um exemplo recent e de nosso município, que é o Cabo Backes (Tiago Backes ), servindo no 29º GAC/ AP de Cruz Alt a”, diss e Cass el.

Secretaria de Educação adquire novos livros A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turism o, Desporto de Lazer de Lagoa dos Três Cantos adquiriu diversas obras literárias durante a 14ª Jornada Naci onal de Li teratura, que aconteceu em Pass o Fundo ent re os dias 22 e 26/ 8. Há t ítulos da l iteratura bras ileira infantil, infantojuvenil e romances americanos. Além disso, foram

comprados livros pedagógicos para estudos e formação continuada dos professores. As obras s erão entregues para as escolas da rede municipal de ensino e à Biblioteca Pública. Conforme a secretária de Educa ção C l audet e Borghett i, todos os anos novos títulos são adicionados ao acervo da Biblioteca Pública e das es colas municipais.

A nova Escola de Educação Infanti l de Vi ct or Gr aeff com eçou a s er cons truída nesta segundafei ra, 19, conforme programado pela Adminis tração Municipal. O educandário, que terá capacidade para a te nde r 120 al unos e 564,50m² de área, ficará ao lado da Prefeitura, na Rua Fridoldo Fischer, esquina com a Rua 17 de Março. A escola es tá sendo

cons truída pela empresa Boa Fé Construções Ltda., através de recursos do Programa Pró-Infância FNDE/ MEC, tipo “C”. O projet o totaliza R$ 753.426,91, sendo que R$ 527.398,84 equivalem ao material e R $ 226.028,07 à mão de obra. Segundo a Administração, “todos os alunos de 0 a 6 anos passarão a frequentar a nova ins tituição”.

Lar República Vida recebe constantes doações

Títulos foram entregues às es col as municipais e à Biblioteca Pública

Escola cultiva a tradição Farroupilha Durant e a S em ana Farroupilha professores da EEEM Joaquim Jos é da Silva Xavier desenvolveram com os alunos ati vidades variadas para relembrar e abordar importantes aspectos da c ult ura Riograndense. Foram trabalhados a história da Revolução Farroupilha, lendas e a vestimenta do gaúcho. Além disso os estudantes participaram de rodas de chimarrão e se divertiram com danças típicas e declamação de poesias. Já a merenda foi es pecial, feita com os pratos tradicionais da culinária gaúcha. Os al unos do turno da tarde tomaram o tradicional chá de chaleira.

Danças típicas f oram um dos des taques da semana

Muitos alimentos foram doados no dia 11 OLar República Vida, de Victor Graeff, que atualmente atende a sete idosos, recebeu 300 quilos de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza no dia 11. A doação ocorreu após os moradores Alaídes Lucas da Silva e Ida Ronilde Lucas da Si lva completarem 50 anos de casados no local. Eles pediram para que ninguém lhes pres enteasse, mas sim que doassem mantimentos à entidade, que enfrenta dificuldades. O Lar recebe ainda diversos donativos de empresas e da população, como da OASE de São José da Gl ória, dos Clubes de Mães, das comunidades Católica e Evangéli ca, e da Cotrijal, que cercou o terreno. Além dis so, Dirceu Hoffstaedter doou e instalou os postes de iluminação e Rudi Gehlen contribui mensalmente a farinha utilizada. As moradoras Erica Gehlen e Cecilia Shons, quando completaram 80 anos, também arrecadaram mantimentos para a entidade ao invés de receber presentes.

Informe-se e faça o seu grátis.


10 Sábado, 24 de Setembro de 2011

GERAL/VICTOR GRAEFF

Se você não está Victorenses passam por seleção militar confuso, é porque T está desinformado! Há uma nuvem es cura sobre a economia m undial, anunciadora de pos síveis dificuldades. Talvez a manifes tação m ai s t ípi ca dess a ameaça seja a procura dos papéi s do Tesouro das duas m ai ores economi as de mercado. Os EUA, com uma inflação anual da ordem de 3,6% ao ano e a Al em anha, com 2,4%, têm taxas de juros reais virtualment e nulas para papéis com m enos de um ano. Di ante das incert ezas que envolvem a economia mundial , há uma procura de abri go nos papéis do Tesouro das duas economias . A des peito do ridículo exibicionis mo da S& P, a demanda de papéis ameri canos tem aum entado com taxa de juro real cadent e... Si nal ai nda mais evidente da des esperada busca de segurança é o preço do ouro: US$ 1.873,9 por onça, em 19/8. Se você não e s t á co nfus o, é porq ue es t á desinform ado! São, no fundo, si nais de pânico no mundo em que prevalecem: 1º) a disfuncionalidade polít ica dos EUA; 2º) as com pli cações da admi nis tração da Comuni dade Europeia; 3º) o esgotamento das medi das t ocadas por tecnocratas (as políticas fis cal e m onet ári a) e 4º) m ais important e, a evidente fal ta de estadist as . O grave é que o problema se aut oalim enta. A fuga para a s egurança produz mais insegurança: destrói valor nas B ols as (particularment e dos bancos "sob s uspeita") e pode levar a outra i nterrupção do crédi to int erbancário, condição s uficiente para ampliar a crise da economia real. O Brasi l, como parte do mundo, também sentirá os efeit os da tempes tade. Noss a si tuação é melhor do que a da maioria dos país es , mas ainda temos a mai or taxa de juros real e a moeda mais s obrevalorizada do mundo! Talvez tenhamos a chance de iniciar a sol ução desses problemas, ao reduzi r substancialmente a taxa de juro real. O movim ento preli minar preparatório deve aproveitar a credi bi lidade do governo e es tabelecer um a política fi scal de longo prazo, cui dados a e crível: de crescimento de custei o abaixo do cres cimento do PIB; regras claras para a redução da taxa do financi ament o da dívida com LFT; colocação de papéis do Tes ouro em reai s no exteri or; polí ticas de es tím ul o à poupança; aumento do s uperavi t pri mário; atenção ao problema da aposentadoria do s ervi dor público; des indexação ampl a, geral e irrest rita; ajust amento da caderneta de poupança e medidas mi croeconômicas que reduzam o estres se do ajust amento do mercado de t rabalho. A curva de juros atual parece i ndicar que é hora de um program a fis cal bem conformado e ampl o, acompanhado de pol íticas m icroeconôm icas que ret irem do Banco Cent ral o pes o das i ncert ezas fis cais (vis tas pel o m ercado) e lhe deem mus cul atura e tranquil idade para, num prazo adequado, reduzi r a t axa de juros real a qualquer coi sa entre 2% e 3%. (Delfi m Nett o, na Folha de S. Paulo)

Bingo VICTOR - A EEEM Dr. José Maria de Castro (Jomac) promove hoje, no pavilhão Evangélico de Victor Graeff, um almoço e bingo. Ao meio dia será s ervido galeto com massa (cartões a R$ 12/adulto e R$ 6/infantil). As cartelas de bingo custam R$ 3.

ri nt a j ovens vi ct orenses nas ci dos em 1993 apresentaramse dia 13 na EMEF Leonel Brizola para a seleção de ingresso ao Serviço Mi litar. O ato contou com o vicepref ei to Sadi Paul o Menegaz e foi coordenado pelo presidente da Comis são de Cruz Alta, capitão Mat os , pel o te nente da Delegaci a de Serviço Mi litar de Carazinho, Alberto Morim, e pela secretária da Junt a M ili tar de Vi ctor Graeff, Cristina Berwig. Dos jovens, 21 estão aptos a servir ao Exército Brasileiro (EB): Alexandre Follmer, Alisson Ferreira, Amauri Lodi Nogueira, Daicon Bergmeis, Danton dos Santos Roessler, Diego Dewes, Djonatan Juarez Schu, Eduardo Luiz de Oliveira, Felipe Luiz Kollerausch, Gustavo Cristiano Junges, Gustavo Dahm Sipp, Hector Ariel Bender, Jackson Lottermann, João Luiz Groth, João Henrique Gomes Lammel, Júlio Cesar Rauber, Maicon Jeferson da Silva Krüger, Martin Alan Grahl, Otávio Osmar Kern, Vinícius

Castro da Silva e Willian Koch. Nove foram dispensados e fizeram o Juramento à Bandeira: Cleber Henrique Kerber, Diego Rafael Weber, Dinael dos Santos , Dionas Sanders, Douglas Felipe Gros s, Lui s Cristiano Rheinherimer, Marcos Roberto Fleck, Roiter Farias Dahm e Tatiel Henrique Zart.

Vice-prefeito de Victor visita Sobradinho Ovice-prefeito de Victor Graeff, Sadi Paulo Menegaz, juntamente com a esposa Glaris , visi tou o municípi o de Sobradinho no dia 7. Ele participou da visita oficial de uma comitiva da cidade de Cornedo Vicentino (Itália), composta de 50 pessoas, s ob a coordenação de Martino Montagna (prefeito italiano). A vinda dos italianos deu-s e em função de os m unic ípi os (S obradinho e C ornedo Vicentino) terem sido homol ogados oficial mente municípios-irmãos em 2003, através de uma Lei. Sadi acompanhado dos prefeitos Júlio e Martino e das Soberanas de Sobradinho

Victor representado na abertura da VII ExpoColorado O prefeit o de Victor Graeff, Paulo Lopes Godoi e a s ecretária de Educação, Cultura, Desporto e Turism o, J ane Rodrigues Es cher, pres ti gia ram a ab ert ur a da VII ExpoColorado realizada no di a 16. Conforme o prefei to vi ctorens e, a abertura da feira reuniu divers as lideranças de t oda a região.

Conheça nosso site:

www.jornaldaintegracao.com.br

Vice-prefeito no Juramento à Bandeir a

O evento reuniu lideranças


Sábado, 24 de Setembro de 2011

IBIRUBÁ/GERAL

11

Instituto Federal quer campus próprio Democracia real Vladimir Saf atle*

N

a abertura do Estrada para o Futuro, que ocorreu semana pas sada na Casa de Cultura, um grupo de alunos e professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologi a do RS – Cam pus Ibi rubá se m anifes tou durante a fala do representante do Ministério da Educação, M arco Antônio Juliato. O grupo ergueu bandeiras e fai xas e fez mui to barulho com apitos e vaias. A diretora Migacir Flôres explicou a reivindicação: t ornar a entidade um campus próprio e não ligado a outro – no cas o, Sertão. O professor M arcelo Calisto, coordenador da manifestação, foi questionado pela Reportagem do VR sobre quais os prejuízos do campus de Ibirubá na situação atual. A principal dem anda s eria o baixo número de servidores e profes sores. Uma das propos tas do MEC é colocar um professor para cada 20 alunos . Hoje o Campus Ibirubá tem 23 professores para mais de 800 al unos. “Ou

seja, estam os acima da m édia do MEC , e se o M EC colocar 60 profess ores que um Campus tem direito aqui serão colocados 1200 alunos. A part ir do moment o em que conseguir ser um campus próprio cons egue-s e verbas maiores . A verba poderá ser triplicada e com i sto poderão s er const ruídos mai s prédi os, bibl iot ecas , laborat órios. É um a mudança importante”. Ao ser quest ionado sobre o que é necess ári o para que o IF de Ibi rubá s e torne cam pus próprio Marcelo afirma que fal ta vontade políti ca. Ou seja, as l ideranças polít icas devem levar a document ação até o M EC e acompanhar a tramitação na Casa Civi l e depoi s na votação, no Congres so Nacional. “J á m andam os cartas Protesto ocorreu durante pronunciamento do para senadores e deputados e ninguém nos responde”, representante doque MEC noéEstrada para o Futuro afirma Calis to. “O falta alguém abraçar a caus a e trabalhar por el a”, fi naliza o coordenador de ensi no do Ins tituto Federal.

Unidade Uergs continuará em Ibirubá? Cumpri ndo deli berações para cedência de área para realocação da Unidade da Uergs em Ibirubá, esta semana a 9ª Coordenadoria Regi onal de Educação (9ª CRE Cruz Alta) foi oficiada pe l a P re fei t ur a de Ibirubá. A medida foi tomada como encaminhamento após reuni ão na Secretaria de Estado da Ciência, Inovação e Des e n v o l v i m e n t o Tecnológico (SCT). Participaram do encontro Gil mar Val adares e Luci ano Andre at t a da Cost a, diret ores Administrativo e Técnico da SC T, o ass es sor s uperior do gove rnador, Ne ls on J os é Gras sel li ; Carlos Alves Barroso (SEC), o prefeit o Carlos Jandrey, secretária Jus sara R odrigues , vereador Eloi Ferraz de Andrade (repres entando a Com issão Es pecial Pró-Uergs da Câm ara M unicipal ) e o coordenador da unidade local, Dr. Paulo Afonso Carval ho. Objeti vo: buscar uma s olução para permanênci a e pos sível ampliação da Uni dade de Ensino da Uergs na cidade. Um apanhado explicou a situação da Uergs em Ibirubá, que funci ona desde 2003 em estrutura física do m uni cípio, mas que foi doada ao Instit uto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RS (IFRS)

como garantia de instal ação dest a no município. Diante do fato, o IFRS encaminhou pedido de desocupaç ão dos pré di os até então ocupados pela Uergs, ficando a instit uição sem estrut ura física para o funcionamento a partir de 2012. Foi es tudada a viabi lidade de transferir a Uergs para prédi o públi co de um a das escolas est aduai s. Há i nteresse do Inst itut o Edmundo Roewer e da Escola General Osóri o. O parecer de Andreatta indicou que, em cumprimento às exigências para o

investimento de verbas federais advindas de emendas parlament ares para o crescimento da univers idade, parte da es trutura física ou um a área adjacente deveria ser doada ou pelo menos cedi da por no mínimo 30 anos para a Uergs . Barros o col ocou não ver impedimento para que esta solicitação fosse atendida ofi cialmente através dos canais compet entes. Valadares solicit ou então que a Prefeit ura de Ibirubá (Secretaria de Educação) envi as se ofí ci o à 9ª CRE solicitando a cedência da estrutura necessária para

real ocação da Uergs em Ibirubá. Agora a demanda deve ser encaminhada ao Secretário Est adual da Educação, J osé Cl óvis de Azevedo. De acordo com o diretor Gi lmar Valadares, uma vez feita es sa deliberação deve ser comuni cado o t it ul ar da S CT, Cl ebe r Cristi ano Prodonov, para que este enfim oficie o reit or da Ue rgs Fernando Guaragna Martins e tomadas as medidas necessárias para ces são de espaço físico da Secretaria do Estado da Educação para a Uergs.

As atuais manifes tações que s acodem a Europa trouxeram uma reivindicação que há muito não se ouvia em países como Reino Unido, Es panha, França: democracia real. Há algo de important e aqui. Pois poderíamos nos perguntar o que haveria de fictício na democracia de países que aprendemos a ver como exemplos de sistemas políticos cons olidados . Por que largas parcelas de sua população compreendem que há algo no jogo dem ocrático que parece ter se reduzido exatamente à condição de mero jogo? Talvez tais manifestantes entenderam que a democracia parlamentar é incapaz de impor limites e de resisti r aos interesses do sis tema financeiro. Ela é incapaz de defender as populações quando os agentes financeiros começam a operar, de modo cinicamente claro, a partir dos princípios de um capi talismo de espoliação dos recursos públicos. Não é por outra razão que se ouve, cada vez mais, a afirmação de que a alternância de partidos no poder não implica mais alternativas de modelos de compreens ão dos conflitos e políticas sociais. Por isso, o cansaço em relação aos partidos tradicionais não é sinal do esgotamento da política. Na verdade, ele é o sintoma mais evidente de uma demanda de política, de uma demanda de politização da economia. Em momentos as sim, devemos lembrar que a democracia parlamentar não é o último capítulo da democracia efetiva. A Isl ândia tem algo a nos ensinar sobre isso. Um dos primeiros países atingidos pela crise econômica de 2008, a Islândia decidiu que o us o de dinheiro público para indenizar bancos seri a objeto de plebiscito. Maneira de recuperar um conceito decisivo, mas bem es quecido, da democracia, a s aber, a s oberania popular. O result ado foi o apoio massivo ao calote. Mes mo sabendo dos riscos de tal decisão, o povo islandês preferiu realizar um princípio básico da soberania popular: quem paga a orquestra, escolhe a mús ica. Se a conta vai para a população, é ela quem deve decidir o que fazer, e não um conjunto de tecnocratas que terão seus empregos garantidos nos bancos ou de parlamentares cujas campanhas são financiadas por esses bancos. Como disse o presidente islandês, Ólafur Ragnar Grímsson: “A Islândia é uma democracia, não um sistema financeiro”. O interessante é que, com isso, saímos dos impasses da democracia parlamentar para dar um pass o decisivo em direção a uma dem oc rac ia pl ebi sci tária capaz de institucionalizar a manifestação necessária da soberania popular. É tal processo que nos coloca nas vias de uma democracia real. Ele é a condição primeira para s air da crise. Pois a verdadeira questão que tal crise nos coloca é política: que regime político é este que permitiu um descalabro deste tamanho na calada da noite? (*Pr ofessor de Filosof ia da USP. Publicado originalmente na Folha de S. Paulo)

Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB O Partido do Movimento Democrát ico Brasileir o – PMDB de T aper a convida todos os seus filiados par a eleição do novo Dir etório Municipal, dia 25 de setembro, das 9h às 11h, confor me edital afixado no mur al da Câmara Municipal de Ver eador es em Tapera. Chapas poderão ser apresentadas até 30 minutos antes do início da votação. Con tamo s com a presen ça d e to dos.

Grupo que participou, em POA, de encontro para resolver o problema da sede da Uergs Ibir ubá

YEDA GR EG OR Y Presid ent e do Di retóri o Muni cipal d o PMDB de Tap era


RURAL

12 Sábado, 24 de Setembro de 2011

Os protestos contra a corrupção De Marcos Coimbra (*) Nos primeiros dias de julho, o correspondente no Brasil do jornal espanhol El País es creveu um artigo que teve grande repercuss ão. Seu tít ulo era a pergunta: “Por que os brasileiros não reagem?”. Para o autor, seríamos um mistério. Como, passados seis mes es do início do governo Dilma Rouss eff, com dois ministros demit idos, “ambos caídos s ob os escombros da corrupção política”, não teríamos o fenômeno, “hoje em moda no mundo”, dos indignados? Por que não irrompe um movimento “capaz de limpar o país das escórias de corrupção que abraçam hoje todas as esferas do poder?”. Se volt ass e agora ao tema, sua perplexidade seria maior. Pois já são quatro os ministros que saíram em meio a questionamentos s obre sua conduta no cargo. Todos , de uma forma ou de outra, se comportaram de maneira inconveniente, mesmo se não seria justo dizer que sucumbiram “sob os escombros da corrupção” (para repetir uma expressão curiosa do jornalis ta, que sugere que a corrupção teria “desmoronado”, ou seja, s ido destruída). Aceitar carona no avião de empres ários (ou us ar um motorista da Câmara dos Deputados para funções domésticas) não é correto, mas es tá longe de ser evidência de andar abraçado com “as escórias da corrupção”. Não só aumentaram os casos de ministros flagrados fazendo coisas erradas como dezenas de funcionários graduados de divers os órgãos foram demitidos, muitos por suspeita de práticas criminosas. Alguns acabaram detidos e fotografados no xilindró. Mais combustível, portanto, para os indignados. Que deveria encontrá-los ainda mais dispostos a s e indignar, pois essa “moda” não terminou de julho para cá. Pelo contrário. Até em Wall Street, onde menos se esperaria vêlos, surgiram indignados. O pasmo do correspondente deveria cres cer se el e se lembrasse que, neste setembro, foram muitas as iniciativas de mobilizar as pessoas para ir às ruas protestar contra a corrupção. A começar pelo Sete de Setembro, quando a oportunidade parecia ótima: transformar a comemoração do anivers ári o do Grito do Ipiranga no dia do “grito cont ra os corrupt os”. A contabilidade do que ocorreu revela quão pequena foi a ades ão a o cham ame nt o dos organizadores. Embora falem em 30 mi l manifestantes, at é el es adm item que 25 mil eram de Bras ília (onde a irri tação era grande, dado o caso Jaqueline Roriz). Ou seja, nos outros lugares onde est avam convocados prot es tos - São Paulo, Rio de Janei ro, Belo Horizonte e Porto Alegre - teriam s ido apenas 5 m il pes soas , uma média de 1,25 mil por cidade. O que é pouco. Para quem es perava uma Praça Tahi r, uma decepção. A mobilização foi modes ta e fugaz. Não foi por eles não saberem usar a ferramenta básica dos indignados mundo afora: as redes sociais. Tanto no Sete de Setembro, quanto nos dias a seguir, muita gente se utilizou delas para disseminar ideias e convocar pessoas. A mídia deu a esses esforços es paço maior do que seu tamanho justificava. Tornaram-se assunto dos principais jornais, a televisão os cobriu, seus organizadores deram entrevistas às rádios e portais. M as não adiantou. Há quem continue a apostar que os indignados vão s urgir. São os que insistem em analogias sem sentido, torcendo para que os protes tos de agora ganhem corpo e reproduzam o que foram , nos anos 1980, as manifestações em favor das eleições diretas e, nos 1990, o impeachment de Collor. O problema é que as movimentações atuais carecem de algo es sencial. O ambiente pode lhes ser propício. Há es tímulos internac ionais . A m ídi a as tr ata com s im pa ti a. Seus organizadores conhecem os instrumentos para provocálas. Mas falta povo. E continuará a faltar-lhes enquanto forem claramente identificadas com a elite conservadora e os políticos da direit a. O povo é contra a corrupção, mas não é a favor de quem apenas por conveniência empunha a bandeira de acabar com ela. E continua a confiar em que o governo (no qual votou há menos de um ano) a enfrente. * Sociólogo e presidente do Instituto Vox Populi (publicado originalmente no Correio Braziliense)

Ireneu Orth é o novo presidente da Aprosoja/RS Aumentar a produção é o desafio dos sojicultores

O

prefeito de Tapera, Ireneu Orth, assumiu dia 16 a presidência da Aprosoja-RS, em uma solenidade ocorrida em Passo Fundo. Ele s ucede o produtor Pedro Reus Nardes. Tomaram poss e também os pres identes das regionais das Missões, Centro Oeste, Giruá, Cruz Alta e Planalto Médio. A cerimônia contou com a pres ença de repres ent antes da Secretaria Estadual de Agri cul tura, Fa rsul, Fetag, vice-presidente da Coperalfa Chapecó, Sergio Giacomelli, o prefeito de Pas so Fundo, Airton Dipp, deputados, políticos, representantes de si ndicatos, pres idente da Aprobil, diret or pres i dente da BSBIOS, Erasmo Carl os

Batistella, e o presidente da Apros oj a-B R, Gla ube r Silveira da Silva. Orth enfat izou a importância econômica da soja para o país, que tem uma capacidade enorme para aumentar a área de plantio e a produção. “O Bras il deve se voltar a partir de agora para o mercado africano, que terá um potencial enorme em decorrência do aumento da renda da população. Além disso, nosso país é terceiro maior produtor de soja do mundo, mas é o único em condições plenas de aumentar sua produção, de 150 milhões para 400 mil hões de tonel adas . À frente do Brasil estão Estados Unidos e China, pela ordem”, salientou. A Aprosoja está pre-

Prefeito de Tapera foi par abenizado por líderes polí ticos s ente em sete est ados bra- Mato Grosso do Sul, Ri o s ileiros , considerados os Gr ande do S ul , Ba hi a, pri ncipais produtores da Piauí, Pará, Rondônia e oleaginos a: Mato Grosso, Goiás.

RS pode dobrar a produtividade do milho até 2020 Os seminários com as câmaras setoriais que a Seapa instalou proporciona o debate entre os elos das cadeias produtivas, identificando os principais gargalos e apontando alternativas para orientar políticas públicas e planos de ações O Estado do Rio Grande do Sul quer dobrar a produtividade da lavoura de milho até o ano de 2020. Pelo menos este é o principal desafio estabelecido no Seminário de Alinhamento Es tratégico da Câmara Setorial do Milho, aberto na noite de quarta-feira e concluído na tarde dess a quinta, em Ijuí. Promovido pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, o s eminário reuniu, durante dois dias, os principais int egrantes desta cadeia produtiva. De acordo com o secretário da Agricultura, Pecuária

e Agronegócio (Seapa), Luiz Fernando Mainardi, o milho cum pre papel es tratégico para as criações de frangos e suínos , bem como para a produção de leite, já que é a base da alimentação. Com o aumento da demanda mundial por proteínas, deve, por exemplo, ampliar o mercado internacional de frangos. E o Rio Grande do Sul, na opinião do secretário, deve es tar preparado para dis put ar fat ias des te m ercado, para o que é fundamental tornar-s e autosustentável na produção de milho. “Como hoje produzimos cerca de 5,6 milhões de toneladas, mas consumimos quase sete milhões, precis amos importar de outros estados aproximadamente 1,57 milhão, o que acaba encarecendo a produção, diminuindo a nossa competitividade e provocando uma evasão fiscal de pelo menos 80 milhões de reais por ano”, diagnosticou o s ecretário. Com a irrigação é possível incrementar a produt ividade médi a do Estado, hoje es timada em 85 sacos por hectare. “Nos Es tados Unidos , por exemplo, eles alcançam uma produtividade média de 170 sacos por hectare, e aqui mesmo no Rio Grande do Sul, em algumas propriedades, já foram obtidos até de 200 sacos”, acrescenta M ai nardi. O secret ário defende a criação de linhas de financiam ento para sistemas de irrigação com mecanism os de rebate dos juros a partir dos ganhos de produtividade a s ere m r egi s tr ados . (M.Pérez /Secom)


POLICIAL

Sábado, 24 de Setembro de 2011

Mulher é esfaqueada e morre no centro de Tapera P

or volta das 3h da madrugada da última segunda-feira (19) a Brigada Militar de Tapera foi informada de uma briga em frente a um bar na esquina das Ruas Pedro Binni e Duque de Caxias, centro da cidade. No desl ocamento uma enfermeira comunicou que Vianês Campos Lopes, 49 anos, havi a dado entrada no Hospital Roque Gonzalez com um ferimento no peito e já estava sem vida. Quando chegaram ao hospital os polici ais c onst ataram o fato. Ela havia sido atingida no peito por uma facada de sf eri da por R ej ane Aparecida da Silva. Segundo uma testemu-

nha, ele e a vítima, que residia em Fortaleza dos Valos e es tava pass eando em Tapera, caminhavam em direção ao veículo quando a acusada surgiu e desferiu um golpe contra Vianês, fugindo em seguida. O del egado Si m on Bolívar Ávila representou ação contra a homicida e o pedido de prisão foi decretado no mes mo dia pelo Judiciário. J á na terça-feira (20) , por vol ta da s 21h30min, Rejane se apresentou na Brigada Militar e foi encaminhada ao Presídio Estadual de Espumoso. Conforme o delegado, a Polícia tem dez dias para ouvir todos os envolvidos e concluir o inquérito.

Vianês Campos Lopes foi vitimada por um único golpe

Fotos Fotolân dia

Cruzamento da Rua Rui Barbosa pede atenção de motoristas

13

Semana trágica no trânsito Feriadão da Se mana Farr oupilha teve dezenas de mor tes nas estr adas gaúchas Mesm o com efetivo e vigilância redobrados , as polícias rodovi árias não conseguiram evitar a tragédia nas est rada s do Ri o Grande do S ul durante o final de semana e feriado Acidente vitimou mai s uma de 20 de setempessoa na ERS 223 bro: foram registradas 28 mortes . Em 2010, quando o feriado foi segunda-feira, o balanço foi de 21 mortes. Ibirubá entrou nas estatísticas com um acidente fatal na ERS 223, onde perdeu a vida Bruno Gugel, de 22 anos. O fato ocorreu por volta das 10h do último domingo, no Km 55, perto do local conhecido por Granja Borhz. O Gol de Espumoso conduzido por Bruno chocou-s e contra um Hyundai Azera, de Cruz Alta. Bruno morreu na hora. O condutor do Azera foi encaminhado a Cruz Alta pela ambul ância da Unimed Alto Jacuí.

Homem é preso após furtar jóias em Tapera

Automóvel ficou com a fr ente totalmente destruída

Caminhão col idiu ainda com uma árvore

Por volta das 14h da últi ma segunda-feira ocorreu um acidente de trâns ito do ti po abalroam ento na R ua Rui Barbosa, em Tapera, entre o cam inhão Ford Cargo IMP 7502 e o Ford Focus IRM 9278. O caminhão trafegava pela Rua Rui Barbosa em direção ao trevo da saí da de Tapera quando foi abalroado na lateral direita pelo Focus , que trans itava na Rua Antôni o Libóri o Bervi an, s enti do bairro-centro. O motorista perdeu o control e e acabou subindo na calçada e colidi ndo com uma árvore.

Ambos condutores e o passageiro do caminhão fi caram feridos e foram encaminhados ao Hospi tal Roque G onza l ez . O s veí cu lo s f i ca ra m bas t an te dani fi cados. Os moradores próximos acredi tam que seria neces sário i nst alar um redutor de velocidade na rua, poi s o cruzam ento est á perigoso para trans itar depoi s de as fal tado - consi derando que os mot orist as não res peitam o limi te de velocidade, que é de 40 Km/ h.

Pelotão Mirim desfila em Carazinho Nesta terça-feira, os integrantes do Projeto Brigada Mirim de Tapera – Pelotão Mirim participaram do Desfile de 20 de Setembro no município de Carazinho. Re gis t r o do gr upo t aper ense

Na manhã de quinta-feira Estevão Rodrigues da Silva, 22 anos, natural de Espumoso, foi preso em flagrante após ter furtado jóias emuma residência emTapera e invadir outra tentando roubar um computador. Porém, surpreendido pela empregada, acabou fugindo. A Brigada M ilitar de Tapera foi acionada e loca-

lizou o meliante na Praça Central. Ele ofereceu o produto do furto nas joalherias da cidade. Ohomem foi detido pela Delegacia de Polí cia e encaminhado ao Presídio Estadual de Espumoso. O valor da fiança arbitrada pel o delegado Si mon Bolívar Ávila foi de cinco salários mínimos.

Taperenses fazem o juramento à Bandeira Os 25 jovens taperenses nascidos em 1993, dispens ados do serviço mi litar para o ano de 2012, fizeram o Juramento à Bandeira dia 15 no Poliesportivo. Outros 50 rapazes foram qualificados para servir o Exército Brasileiro (EB) no próximo ano. A soleni dade foi comandada pel o tenente Matos, do 29º Grupo de Artil haria de C ampanha Autopropul sado de Cruz Alta (29º GAC), e pelo tenente e del egado Ant ônio Alberto Morin, da 10ª Delegaci a do Servi ço M ilit ar, de Carazi nho. Também estiveram presentes o prefeito Ireneu Orth, o secret ário da Admini stração Luiz Renato dos Santos, o vereador Luiz Carlos dos Santos e o s ecretário da Junta do Serviço M ili tar de Tapera, Rogério Paulo Crest ani. Em s eus pronunciam entos, o t enent e M atos e o prefeit o Ireneu Ort h enfat izaram a im port ância de os jovens pres tarem o serviço militar. Eles lembraram ainda que, m esmo di spensados, terão o dever de contribuir para o crescim ento da nação.


14 Sábado, 24 de Setembro de 2011 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA DE VICTOR GRAEFF Portaria Retificatória nº 167/2011, 22 setembro de 2011 “Concede Pensão por Morte” Paulo Lopes Godoi, Pre feito Mu nicipal d e Victo r Grae ff/RS, no uso de suas atribuiçõe s le ga is que lhe co nf ere o Artigo 63 da Lei Orgânica Municipal, de 22/3 /19 90, consid erand o requerimento de pensão po r morte de Servidor Municipal Inativo, resolve: Art.1º: Conceder, em con formid ade com o dispost o n o art . 46, 47 inciso I e art.48 da Lei Municip al nº 467/2001, e a rtigo 40 § 7º, incisão I da Constit uição Federal e conforme redação da Emen da Constit ucional nº 041/2003, Pe nsão , a Renit a d e Lucca Roessler, viúva do servidor inativo I var José Roessler, mat rí cula 00158, Técnico em Contabilida de do qua dro P ermanente dos Servidores nível IV, com 5 triênios, sendo cad a u m no va lo r de 10% do salário básico totalizando 50% d o vencimento básico da Le i Municipal nº 235/98. Lotado na Secretaria Municipal de Administração, regido pelo regime jurídico Est atutário, com 40h semana is, servido r inativado através da Portaria nº 183/ 200 9 e ó bito o corrid o em 05/ 03/ 2005. Devendo a viúva recebe r o valor de R$ 1. 714, 30, corresp ondente a 100% do valor dos proventos proporcionais a 12.986/12775 dia s, que corresponde a 85% do valor integral do vencimento, que corre sponde aR$ 2.016, 83, quand o o servido r fale cid o e stava em at ividade. Art.2º: Est e benef icio é custeado pelo Fundo Próprio de Previdência do Servidor Municipal que b uscará a compensação financeira devida junto ao I NSS. Art.3º: Revoga as portarias 062/2005, 179/2005. Art.4º: E st a Portaria entrará em vigor na da ta de sua p ublicação com efeito retroat ivo a 05 de março de 200 5. Gabi nete do Prefei to, aos 22 de setembro de 2011. PAULO LOPE S GODOI Prefeito Municipal

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CÂMARA DE VEREADORES DE TAPERA Sessão Ordinária de 21 de setembro de 2011. O rdem d o Dia Projeto de Lei nº 082/2011: Autor iza a contratação de pessoal por tempo deter minado e de excepcional inter esse público para atender necessidade temporár ia da Secr etaria Municipal de Saúde e Ação Social e dá out ras pr ovidências. Apr ovado por unanimidade. Projeto de L ei nº 084/2011: Autoriza a contratação de pessoal por tempo deter minado e de excepcional inter esse público para atender necessidade temporária da Secretar ia Municipal de Educação, Cultura e Despor to e dá outras providências. Com solicitação de Regime de Ur gência. Apr ovado por unanimidade. Proposição nº 029/2011, do Ver eador ADELAR ANT ÔNIO G AT TO ( PT) : Requer o Executivo Municipal estude a possibilidade de construir o passeio público (calçada) na Avenida Presidente T ancredo Neves, em fr ente aos prédios do Centro Administrativo e do F órum. Aprovada por unanimidade.

Materias recebidas do executivo municipal: Projeto de Lei nº 084/2011: Autoriza a cont ratação de pessoal por tempo deter minado e de excepcional inter esse público para atender necessidade temporária da Secretar ia Municipal de Educação, Cultura e Despor to e dá outras providências. Com solicitação de Regime de Ur gên cia .

Trabalhos dos vereadores Prop osição nº 030/2011, do Ver eador ROGÉRIO LUIS KLOECKNER ( PP): Requer que o Executivo Municipal estude a possibilidade de conceder aos idosos com mais de 60 anos e deficientes físicos a marcação de consultas médicas através de telefone. JO ÃO RO QUE SIMON Presid ent e do Legi slat ivo

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CÂMARA DE VICTOR GRAEF Convite Audiência Pública

A Pr efeitur a Municipal de Victor Gr aeff, na pessoa do Pr efeito Paulo Lopes G odoi, tem o prazer de convidar a população em geral para uma impor tante AUDI ÊNCIA PÚBLICA, que terá por finalidade: - A demonstr ação e avaliação das metas fiscais do 2º quadr imestr e de 2011; - Analisar a pr oposta da Lei de Dir etr izes O rçamentárias (LDO ) par a o ano de 2012, que será encaminhada para o Poder Legislativo. A Audiência Pública será realizada no dia 30 de setembr o de 2011, às 9h, na Câmara de Ver eador es de Victor Gr aeff/RS. Adm inist ração Mu nici pal d e Vict or Graef f Aq ui o f ut uro aco ntece!

LEGAIS/POLICIAL

ACIT fornece curso de combate a incêndio A

s sociação Comercial Indus trial Agropecuária e de Prestação de Serviços de Tapera, em parceri a com a Unim ed Alto Jacuí, promoveu quarta-feira o segundo Curso Básico de Combat e a Incêndi o, na sala de cursos da ACIT. O curs o foi minis trado pelo técni co em Segurança do Trabalho Igor Knopf dos Santos e teve a part icipação de 25 pes soas de várias empresas da região. El as receberam orientações sobre o manuseio dos extintores , princípi os básicos, técnicas de prevenção de incêndios , manutenção adequada, cuidados com os extintores e orient ação prát ica. Os interes sados em partici par do próxim o curso devem inscrever-se j unto à ACIT.

Polícia Rodoviária IB IRUBÁ – Às 17h do dia 17 ocorreu um aci dent e de t râns ito tipo choque no Km 49 da ERS 223, envol vendo o Celta IMW 1357, de Ibirubá. O condutor perdeu o control e, saiu da pi sta e chocou-se contra uma árvore . O m ot ori s ta te ve ferim entos. IBIRUBÁ II– Às 8h50min

do dia 18 ocorreu uma colisão no Km 55 da ERS 223, entre o VW Gol IFJ 5681, de Espumos o, e o Hyundai JBW1551, de Cruz Al ta. O acidente res ultou na morte do motorista do Gol, Bruno Gugel, e em lesões corporais no condutor do outro autom óvel. TAPERA – Às 17h do di a 18 a camionete Dodge MET

2550 de Ibirubá capotou no Km 32 da ERS 223. O condutor do veícul o sofreu lesões corporais. SELB ACH – Às 17h do dia 20 ocorreu uma colisão no Km 38 da ERS 223, envolvendo o Ford KA ILT 8944. O motorista perdeu o cont role do veícul o, que transit ava senti do IbirubáSelbach, coli diu contra um

barranco e depoi s contra uma árvore. O motori sta ficou ferido. CO LO R ADO – Às 19h10min do dia 21 ocorreu uma colisão no Km 3 da VRS 819, entre o GM Cors a I J O 9019, de Carazinho, e o VW Fus ca IJL 2048, de Colorado. Ambos os motoristas ficaram feridos.

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA DE VICTOR GRAEFF Edital nº 002 /2011, de 14 de setembro de 2011 - Abre inscrição e est abelece critérios para a eleiç ão de Conselheiro Tut elar de V ictor Grae ff para 2012 A P residente do Conselho Municipal dos Direit os da Criança e do Adolescente, por ordem e delegação do Prefeito Municipal, no ato autorizatório da Port aria nº 084, de 18/5/2011, torna público para o conhecimento dos int eressados que estarão abert as as inscrições p ara can did at ar-se a o cargo de Con se lheiro Tut ela r de Vic tor Graeff , em conformidade com a Lei Municipal nº 085/ 90, que criou o conselho , e a Le i Mu nicip al nº 34 1/ 99 , q ue a ref ormou. As in scrições aconte cerão de 19/9/2011 a 18/ 10/20 11 ; a ele ição será dia 21 de março de 2012 e a posse dos eleitos no dia 12 de novembro d e 2012. Crit ério s: Número de vagas - Cinco tit ulares e cinco suplent es, conf orme artigo 16 da Lei nº 3 41 / 99. -Local para inscrições: Escola Municipal de Ensino Fundamental Leonel de Moura Brizola de Victor Graeff /RS, com Mart a De Negri; - Horário d as inscriçõ es: da s 13h às 16h. Requi sitos - Idade igual ou superior a 21 anos; -Ensino Fund amen tal completo; - Residir no município no mí nimo 1 ano; -Folha corrida de antecedent es; -S er brasileiro nato ou nat uralizado; - Estar em gozo de seus diretos polí ticos; - 1 f oto 3x4; - Comprovar saúde física e mental, não necessariament e por médico do trabalho. Documentação - Céd ula de I den tidade, expedida por aut oridade civil ou militar, ou carteira de trabalho e Previdência Social e Cartão de protocolo da solicitação da carteira de id entidade; - Prova d e q uitação do S erviço Militar (para ca ndidato s do sexo masculino); -Titu lo de ele it or com comp ro vant e de qu itaçã o das ob rigações eleitorais; - Comprovante de escolaridade exigia para o cargo; -Cópia do comprovante de residência (contas de telef one f ixo ou celular, de luz, de água, de condomínio, contrato de locação, certidão imob iliária);

- Folha corrida de antecedent es emitida pelo Fórum local comprovando a idoneidade moral; - Declaração do candidato, de próprio punho, sob penas da lei de que reside no Município. NOTA: No ato da inscrição apresentar original e cópia da documentação acima exigida. Data e Local da realização da eleição A eleição será realizada no dia 21/3/2012, das 9h às 16h, na Câmara de Vereadores de Victor Graef f. Disposições Fi nais A s atribuições do cargo de Conselheiro Tut elar são descritos na Lei Federal nº 8.069/ 90 (Est atuto da Criança e do Adolescent e) as quais lhe dão compet ência para zelar pelo at endimento dos direitos da criança e do adolescent e. O Consel ho Municipal da Criança e do A dolescente de V ictor Graef f, no dia 4/11/ 2011, homologará as i nscrições regulares e abrirá prazo de 05 (cinco) dias para recurso. A s eleições para o cargo de Conselheiro Tutelar serão na forma da Lei Municipal nº 341/ 99, onde votará um colégio eleit oral nomeado atrav és da Lei nº 1.350/2011, os quais representam a comunidade victorense para o ato. Cada membro votará uma única vez, em cédula própria, em 05 (cinco) nomes devida e legalmente inscritos para o pleit o, pelo mét odo de múl tipla escolha dentre os quais t iverem a sua inscrição homologada. P ara coordenar o proc esso eleit oral será const ituída uma comi ssão eleit oral composta por seis membros, do Conselho Municipal da Criança e do Adolescent e e cidadãos da comunidade, indic ados pelo Comdica, que estabelecerão, em reuni ão com os candidatos habilit ados, os restant es det alhes da eleição, os quais deverão ser reduzidos em at a, ficando a reunião para ser marcada através de circular do Comdica, após a homologação das inscrições e o decurso do prazo para recurso dos inabilitados. E para que chegue ao conheciment o dos interessados o present e edit al será afixado no local de cost ume e publicado na imprensa regional.

Victor Graeff/RS, 14 de Setembro de 2011. MARTA DE NE GRI Presidente do Comdi ca


ESPORTE

Sábado, 24 de Setembro de 2011

15

América/GF/Fepol Jogo entre Bombachudos e joga em casa hoje Engravatados termina empatado O Ginás io Poliesport ivo recebe nes te sábado, às 20h30min, América/ GF/Fepol x Acaf de Cruz Alta. É a 2ª rodada do 2º turno da 2ª fase do Cam peonato Estadual Série Prata. No úl tim o s ábado o

Copa Princesa tem duas partidas amanhã

Bombachudos

Engravatados

SELBACH - O Esporte Clube M ouri sco promoveu di a 18 últ im o a 3ª e di çã o da di sput a ent re os Bombachudos (tradi cionalist as) e Engravatados (represent antes de em presas).

A partida ocorreu às 10h no campo do Mourisco e terminou empat ada em 3 a 3. Logo após, at letas e convidados par ti ci pa ram de um a lm oço de c onfra ternização.

Futsal de Lagoa joga terça-feira Dia 27, a partir das 19h, acont ece a 7ª rodada do Campeonato Municipal de Futs al de Lagoa dos Três Cant os – Copa Sicredi. Pela Vet eranos se enfrentam Capri x Os Deuts ch. Já pela Força Livre s e enfrentarão Dem o Os Pontos x Gaviões , Galáti cos x E.C. Rea l e Suprem o x Os Deuts ch. Sábado (17) ocorreu a 4 ª rodada, que apresento u J uve nt us 4 x 3 Xurupi ta, Supremo 1 x 6 Skala (Sub-18), Higemex 3 x 0 Galáti cos e C el tic 2 x 2 Os Deuts ch (Força Livre). A 5ª rodada foi s egunda-

time taperense empatou em 2 a 2 com o Ajuc, em Júlio de Casti lhos . Com o resultado o AGFF permanece em 4º lugar da Chave 4, agora com 9 pontos. Na próxima semana a equi pe enfrenta o ASTF, em Teutônia.

A 6ª rodada da 1ª Copa Princes a de Futebol de Campo Juvenil de Selbach acont ece am anhã, no Estádio do Mourisco. A partir das 9h jogam Espumoso x Saldanha M arinho e Lagoa dos Três Cantos x Espumoso. No di a 18 aconteceu a 5ª rodada: Selbach 2 x 1 Fort aleza dos Valos, Lagoa dos Três Cantos 2 x 1 Santa Bárbara do Sul, Saldanha M ari nho 0 x 1 Cruz Alt a e Tapera 0 x 3 Espumoso.

Vôlei tem final hoje O Campeonato M unicipal de Voleibol de Tapera – Troféu Si credi 30 anos oc orr er á hoj e, no Poliesporti vo. A data foi defi nida nes ta qui nta-feira, pelo Departam ento de Desporto e Lazer do muni-

cípio. A primeira disputa s erá às 15h30min e definirá o 3º lugar, entre Sicredi e Instituto Imaculada. Logo após haverá o jogo principal, entre Academia Planeta Energia e Vila Raspa.

PLANTÃO CONSELHO TUTELAR: Supremo (Sub-18) fei ra, com Supremo 4 x 9 Capri (Vet eranos), Demo

Os Pont os 3 x 5 Celt ic e Higemex 6 x 0 Capri, E.C.

Real 5 x 1 Gaviões (F orça Livre).

Atletas do Futsal preparam-se para a 9ª rodada IBIRUBÁ - O últi mo sábado teve os jogos femininos do Municipal de Futsal de Ibi rubá. O primeiro, ent re Pulador e Hermany ficou empatado em 0 a 0. Na segunda partida o Azias venceu o Boa Vista com 3 gol s e Boa Vi sta não m arcou. Pela C have B, no Mas culino o ACDC venceu o Pulador por 6 a 2, o Arena Sports A venceu o Arena B por 4 a 2 e Liverpol marcou 8 em cim a do Athus Idiomas, que fez 6 gols. Terça-fei ra foi realizada a 7ª rodada, que ini ciou com jogo entre União Hermany x Canarinho pela Vet eranos, em pate de 5 a 5. Os demai s jogos realizados pela C have C, cat egori a M ascul ino, tiveram os s egui ntes res ult ados : América 4 x 5 Sem Noção, C et rem is 2 x 10 Azias e Ananias C hap Car 1 x 6 Palmei ras . Quinta-feira a rodada também ini ciou com um jogo dos Veteranos, entre Barcel ona e Pol idur Tint as, jogo que encerrou em 5 a 3 para o Barcelona. Shal ck 04 fez 2 em cima do C ereais Werl ang, a MPK/Vi dro Max não marcou e o Barcelona fez 5 e o União Herm any fez gols sobre 3 do Atalant a FC.

Hoj e s erá realizada a 9ª rodada. Os primei ros dois jogos s ão da categoria Femi nino e os demais pela Chave A da categori a M ascul ino.

18h30min 19h15min 20h 21h 22h

Neste sábado Hermany x Boa Vista Pulador x Nut./S.Lucas Juventus x AFC SER Grená x Habilis Racing Club x River Plate

Na próxima terça entram em quadra Canarinho x Pol idur Tintas (Vet erano), Arena Sports A x Athus Idiomas (Chave B), Liverpol x Pulador (Chave B) e Arena Sports B x ACDC. Qui nta-feira, já pela 11ª rodada: União Herm any x Amigos da Brigada (Veterano), Ananias Chap C ar x Azias (Chave C), Cetremis x América (Chave C) e Palmeiras x Sem Noção (C have C). Os jogos de terça e quint a-feira s ão reali zados às 19h, 20h, 21h e 22h.

Conheça nosso site:

www.jornadaintegracao.com.br

Lagoa: Vera Scheffel (9974-0675) Tapera: Cristiane Arenhardt (8432-753) Selbach: Roselene Naumann (9108-6411)

Curtas do Esporte BOCHA – O Campeonato Intercomunidades de Bocha de Tapera inicia dia 30 com Vila Ras pa x São Rafael e Barra do Colorado x São Luis. A competição terá quatro equipes em chave única, formadas por comunidades do interior, com turno e returno. Quem somar mais pontos será o campeão. VETERANOS – Os Veteranos do Lagoense jogam hoje em casa, a partir das 15h, contra o União, de Não Me Toque. Dia 18 o time ganhou de 3 a 0 do São Rafael, de Tapera. Os Veteranos do América enfrentam hoje o Cometa, em Ibirubá. O Juventude joga hoje contra o Canarinho, em Selbach. Dia 17 a equipe empatou em 1 a 1 com o Pôr do Sol e dia 18 perdeu de 1 x 0 para o Oriental, de Lagoa. INTEGRAÇÃO – Dia 16 ocorreu a 9ª rodada do

C ampeonat o Regional C opa Int e gra çã o de F uts al Ca te gor ia s de B a s e. R es ul t a dos : M ult iesportiva Lagoa 2 x 7 ADAJ Tapera (Sub9), 2 x 5 (Sub-11) e 3 x 2 (Sub-13). TAÇA – Ontem o DML Tapera/ Fepol/ Hi gemex e nfre nt ou o CM D C ar az in h o / R ed e Integração de Supermercados/Jarre Engenharia, no Pol iesport ivo, pela partida de volta do matam ata da Taça RBS de Futsal. BASE – Nesta terça-feira, 20, ocorreram os jogos pela 13ª rodada do Campe ona to R egi ona l de Fut sal das Categorias de Base, com Recreativa 6 x 3 Rus so Preto (Sub-11), 7 x 1(Sub-13) e 1 x 5 (Sub-15). Ontem, já pela 14ª rodada, enfrentaram-se Escolinha Esportes x Russo Preto e SER Djim x Ames.


A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) ap rovou q uarta-feira o projeto d e lei que altera o Código Florestal. O texto ainda tramitará em mais três comissões antes d e antes de seguir p ara apreciação do plenário.

Segundo o ME C, cerca de 200 mil joven s com def iciência estão fora da escola, qua se a metade das crianças e adolescentes (48%) com algum tipo d e deficiência que recebem o Benefício de Presta çã o Continuada (BPC).

SÁBADO, 24 DE SETEMBRO DE 2011

Festa da Melhor Idade tem público recorde C

erca de 500 pessoas partici param terça-feira do encontro da melhor idade organizado pela Administração de Lagoa (Assistência Social). A fes ta iniciou às 9h com a recepção dos convidados pelo prefeito Ernor Weber, primeira dama Loreni, vice Dionísio Pedro Wagner e sua esposa Sandra Meire, Soberanas do M unicípio e s ecretariado. Às 10h30min ocorreu o culto ecumênico, seguido de apresentações artísticas organizadas pelos grupos do CRAS. Ao meio dia foi servido um almoço gratuito. O baile acontece à tarde oc orreu o bai l e de integração. No final da festa todos os partici pantes receberam uma muda de Gerânio, a flor símbolo do

município. A Festa da Melhor Idade acontece des de os primei ros anos de implantação de Lagoa dos Três Cantos e foi criada pelo ex-prefeito Edio Schrader como forma de homenagear as pessoas da terceira idade por tudo que fizeram para o desenvolvimento das comunidades trescantense. Segundo Ernor Weber, a festa já é tradicional e as pessoas aguardam por esse momento de descontração. “O evento es tá amparado em Lei Municipal, portanto es tão as seguradas as próximas edições”, disse. O vice Dionísio Pedro Wagner salientou que a festa reúne parte da história de Lagoa dos Três Cantos. “Aqui estão as pessoas que fizeram o município, nós estamos dando conti-

nuidade e todos são responsáveis pelo futuro”, falou. Para o ex-prefeito Edio Schrader, a maciça pres ença é o mais claro sinal que o evento deu certo e deve continuar. A trescantense Ilaine Irani Lenhoardt, que acompanhava sua sogra Herta, definiu o encontro da melhor idade como “uma grande festa, oportuni dade para rever amigos de outras localidades e de se divertir”. Já Lurdes Hübner, que reside em Tapera e tem propriedades em Lagoa dos Três Cantos, afirmou que não perde o evento, “Todos os anos eu venho, nenhum município faz algo igual, e essa é uma das razões do meu orgulho de pert encer a esta terra de gente que tem compromisso com os mais velhos ”, di sse.

Baile ocorreu no Clube Sempre Unidos

CTG Estância do Imigrante encerra Semana Farroupilha com entrevero de gaiteiros

Jantar com o tradicional Costelão f oi uma das atrações

Apres ent ação de danças birivas

O CTG Estância do Imigrante de Selbachpreparou uma programação especial para festejar a tradição da Semana Farroupilha. As comemorações iniciaram dia 13, com o acendimento da Chama Crioula no túmulo do tradicionalista Adelir Zamboni, no Cemitério Municipal. À noite, a entidade promoveu um jantar típico. No dia 16 o CTG preparou o tradicional costelão, quando os homens da invernada adulta apresentaram danças birivas, entre elas o fandango e a dança das facas. Posteriormente a festividade continuou com o baile animado pelo Grupo Continental. No sábado ao meio-dia o Lions Clube organizou uma feijoada no CTG, seguida de apresentações das invernadas artísticas e do 1º Encontro de Violeiros de Selbach. No domingo as atividades i nici aram às 9h com Missa Crioula na Igrej a Mat riz e às 10h aconteceu o jogo entre Bombachudos x Engravatados no Esporte Clube Mourisco. No dia 19 aconteceu um jantar no Haras Pinno. Já no Dia do Gaúcho, 20 de setembro, a programação começou às 9h com o desfile dos cavalarianos, Missa Crioula e depois almoço no CTG. Às 13h30min ocorreram apresentações das invernadas artísticas e na parte da tarde entrevero de gaiteiros.

Jornal da Integração, 24 de setembro de 2011  

Jornal da Integração, 24 de setembro de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you