Page 11

Sábado, 7/4/2012

VISÃO & INTEGRAÇÃO

11

HORÓSCOPO Áries (21/3 a 20/4): Flexibilidade e comunicação são essenciais no amor. Aprendizados sobre a arte de se relacionar. Somente palavras, sem atitudes, não seduzem. Touro (21/4 a 20/5): Reflita sobre o que você valoriza e como tem lidado com o dinheiro e os recursos materiais. Lembre-se que você não é o que tem. Evite desperdício. Gêmeos (21/5 a 20/6): Questões afetivas, de relação e de valores pessoais ficam evidenciadas a partir de agora. Período indica tendência às ilusões, tenha cuidado. Câncer (21/6 a 21/7): Reflexão interior. Um velho estilo de amar e de se relacionar deve chegar ao final até agosto. Um longo aprendizado afetivo pela frente. Leão (22/7 a 22/8): A socialização é uma tendência, mas atenção para a dispersão emocional e a idealização. O desafio é intimidade x ampliação de relacionamentos. Virgem (23/8 a 22/9): Dificuldade de harmonizar propósitos profissionais e como as relações se encaixam nisso. Reavaliação de suas atitudes e motivações. Libra (23/9 a 22/10): Favorecida visão mais ampla do significado de amar e se relacionar. Acontecimentos emocionais importantes pela frente envolvendo estudo ou viagem. Escorpião (23/10 a 21/11): Importantes questões emocionais, sexuais e financeiras em pauta. Aumento na fantasia. Perceba que não tem o controle sobre tudo. Sagitário (22/11 a 21/12): Até agosto há ênfase nas questões emocionais e diálogo nas relações. Procure perceber a diferença entre idealizações e a realidade. Capricórnio (22/12 a 20/1): Evidenciadas questões emocionais no trabalho. Muito a ser aprimorado emocionalmente. Longo período de ajustes afetivos e nas relações. Aquário (21/1 a 19/2): Atenção com a tendência à superficialidade e às ilusões afetivas. Relacionamento com crianças e expressão da criatividade estão estimuladas. Peixes (20/2 a 20/3): Questões familiares e emocionais trazem importantes acontecimentos a partir de agora. Mergulho íntimo e profundo. Embeleze o lar, dialogue.

Ser exemplo não é a melhor forma de ensinar; é a única forma de ensinar Quando eu tinha 33 anos de idade decidi pôr de lado os meus pré-julgamentos e estudar sobre a vida daquele que provou que a missão é maior que tudo – inclusive a própria morte – e que considero o maior exemplo de sucesso que já pisou nesta Terra: Jesus. Muitas linhas têm sido escritas a respeito desse homem que passou sua infância com seus pais, José e Maria, e boa parte de sua vida num pequeno povoado da Galileia, chamado Nazaré, região situada ao norte da Palestina, e que, com 30 anos, deu início a uma organização centrada em sua vida e seus ensinamentos, denominada Cristianismo. Quem sabe se as pessoas daquela época que o conheciam criança e o viam sorrir, chorar, brincar, não discorriam entre si: “É somente um garoto sonhador!” Talvez, ainda hoje, até você se questione: “Francamente, Sérgio, você acredita mesmo que um anjo apareceu a uma virgem que, depois, ficou grávida sem fazer sexo e, depois, teve um bebê (num estábulo) que, depois, na véspera da Páscoa dos Judeus, foi pendurado numa cruz como um espantalho maltrapilho, morto e sepultado, mas ressuscitou e se transformou no Salvador do mundo?” Porém, se perguntar quem foi o homem mais importante da história? Quem mais influenciou o mundo? A quem Deus deu toda a autoridade no céu e na Terra?, as respostas serão unânimes: Jesus. Em um período curtíssimo de tempo, três anos e meio, sem os meios de comunicação e transporte atuais, esse rapaz foi capaz de mudar a história da humanidade de tal maneira que até o tempo cronológico se conta antes e depois dele. Por isso ninguém pode ser comparado a Jesus. Não houve outro que ousasse afirmar que era “a luz do mundo” ou “o caminho, a verdade e a vida” e dissesse: “Eu venci o mundo”. Sem falar que somente Jesus deu sua vida por seus seguidores (e ressuscitou). Um simples passeio histórico pela vida terrena do Nazareno nos mostra que, diferentemente dos políticos que fazem promessas ao povo antes das eleições, Jesus tinha a capacidade de oferecer aos seus ouvintes recompensas eternas. E, apesar de não ter escrito palavras no papel, gravou-as no coração dos seus seguidores. Portanto, nesta Páscoa, ao invés de ovos ou coelhos de chocolate, procure contar a seus filhos sobre o que Jesus foi e o que Jesus fez. E que ele veio ao mundo para mostrar que ser exemplo não é a melhor forma de ensinar; é a única forma de ensinar.

Reflexão Devemos aprender durante toda a vida, sem imaginar que a sabedoria vem com a velhice. (Platão)

Efemérides 08/4 - Dia de Santa Júlia Billiart; Dia do Desbravador; Dia Mundial da Luta Contra o Câncer; Dia da Natação; Dia do Correio; 09/ 4 - Dia de Santa Lidvina; Dia do Bibliotecário; Dia Nacional do Aço; 10/4 - Dia da Engenharia; 11/4 - Dia da Organização Internacional do Trabalho (OIT); 12/4 - Dia do Obstetriz; Dia dos Jovens; Dia da Carta Régia; 13/4 - Dia do Papa São Martinho I; 14/4 - Dia de São Júlio; Dia Pan-Americano.

Piada

Esses políticos...

Um político comprou uma Mercedes zeroquilômetro e decidiu testar... Foi para a estrada estralando até chegar aos 220km/h... Logo um policial avista... vai atrás e pede para parar... - Bonito a toda essa velocidade hein?! - diz o guarda -. Documento e habilitação por favor. - Documento? Não tenho não! – responde ele. - Como não tem? - Roubei este carro! – diz, na maior cara dura. - Ahn, como assim? Tá me dizendo que você roubou esse carro? - pergunta o guarda, já assustado. - Sim roubei! - reafirma o político. - Mas como? - interroga o policial. - Apontei a arma na cara do dono, peguei o carro e pronto - explica o político, com ar mais comum do mundo. - E o dono do carro? - Matei ele! - O quê?

- Matei e coloquei no porta mala... Que ver a arma? Tá no porta luva... O policial, tenso e indignado, pede reforço, explicando a situação. Logo o comandante chega junto. - Boa tarde! - diz ele. - Boa tarde! - responde o político. - Documentos por favor? - Claro, aqui estão. - Peraí? O veículo está em seu nome? – exclama o comandante. - Ué, claro, o carro é meu! - Abre o porta luva , por favor! (ele abre e está vazio). - Abre o porta mala, por favor! (novamente, vazio). - Olha senhor, tem coisa errada aqui... O policial disse que você roubou o carro, matou o motorista, escondeu o corpo na mala e que tinha uma arma no porta luvas. - Olha seu policial, esse guarda deve estar maluco, tadinho... Só falta falar que eu estava a duzentos por hora.

Social, 7 de abril de 2012  
Social, 7 de abril de 2012  

Social, 7 de abril de 2012

Advertisement