Page 1

Ano 3 - Edição 282013 de junho Lages,85 28 -deLages, junho de - Ano 3 de 2013

R$ 2,00

Saúde

Vacinação infantil segue até julho gilmarmarques.blogspot.com.br

Marcelo Vieira (Pakinha)

Estímulo à construção civil

15

LOJA EXCLUSIVA

CVC LAGES

Rua Emiliano Ramos, 395 Sala 1

3222-0887 lages@cvc.com.br

Feirão Caixa da Casa Própria reúne no Centro Serra construtoras e consumidores em busca de imóveis para comprar | PG 11

26

Esporte

Brasil enfrenta Espanha na final Robert Cianflone / Getty Images


Opinião

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Opinião do Leitor

Espaço reservado à opinião de nossos leitores. Caso você queira também se expressar, nos envie um email com sua opinião ou sugestão para:

O Brasil na vanguarda da crise

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), índice medido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, maio foi o melhor mês na geração de empregos com carteira assinada em 2009, com 131 mil novas vagas. Na verdade, esta informação passaria despercebida se fosse, por exemplo, em 2008. Naquele ano, quando caminhávamos para o recorde histórico da série do Caged, o Brasil gerou em maio mais de 200 mil novos empregos. Mas a notícia de que 131 mil novos brasileiros tiveram sua carteira de trabalho assinada não pode passar despercebida quando o mundo enfrenta a maior recessão da história moderna. Somente nos Estados Unidos, desde o início da crise, ainda no ano passado, mais de cinco milhões de postos de trabalho foram fechados, deixando a maior economia do mundo de joelhos perante o mercado internacional. Venho repetindo desde o final do ano passado, quando os índices apontavam um número de demissões bem acima do normal, que teríamos um primeiro trimestre preocupante. E esses números se confirmaram nos meses de dezembro e janeiro, quando o saldo entre contratações e admissões no mercado de trabalho ficou negativo. Fevereiro apontou uma ligeira alta, com índice positivo acima das nove mil contratações, e foi quando tive a certeza que o Brasil já havia deixado para trás a crise internacional. E afirmo isso porque maio foi o primeiro mês do ano em que todos os setores da economia, em todas as regiões do Brasil, cresceram.

E digo com a mais absoluta certeza de que esses índices não caíram do céu. Eles fazem parte de uma série de medidas adotadas pelo Governo Federal nos últimos meses e que colocaram o Brasil na vanguarda da crise. O foco no aumento de crédito para o setor produtivo e a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o carro zero e para a chamada linha branca de eletrodomésticos foi o ponta pé inicial para nortear as demais ações em conjunto - e rápidas - em toda Esplanada dos Ministérios. Aqui no Ministério do Trabalho, onde os dois principais fundos do governo estão - o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) -, que somados significam mais de R$ 350 bilhões em reservas, medidas de aberturas de crédito - como a linha recém lançada de R$ 100 milhões do FAT para trabalhadores que utilizam motocicletas até 150 cilindradas possam substituir seus veículos, equacionam uma fórmula muito simples: aumentar a procura e aquecer o setor produtivo, garantindo o crescimento e, consequentemente, o emprego. Outra medida recentemente divulgada, também com recursos do FAT, foi a de abertura de outra linha crédito, esta de R$ 200 milhões, para a modernização de pequenas agências de viagens. Uma medida que tem o objetivo de manter aquecido o turismo doméstico no Brasil. Participei da 98ª Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra, promovida pela Organização Internacional do Trabalho

Nossa Opinião A casa própria é um sonho dos brasileiros. Muitos desejam parar de pagar o aluguel e morar naquilo que é seu. Poucos conseguem ver uma forma de tornar o sonho realidade. Não queremos fazer propaganda da Caixa Econômica Federal ou de programas do governo. Mas talvez a oportunidade de começar a concretizar aquilo que até então estava só na vontade tenha surgido com a realização, em Lages, do primeiro Feirão Caixa da Casa Própria. A cidade estava merecendo um evento destes. Com o número de

redacao@vitrinelageana.com.br

(OIT). Os Ministros do Trabalho da Espanha e da Alemanha, além de outros países do continente americano, solicitaram à missão brasileira reuniões bilaterais com o Brasil. O principal assunto era o crescimento do emprego no Brasil, num momento em que a Europa se encontra em uma das piores recessões da história, fechando milhões de postos de trabalho. A minha resposta, em todas as reuniões, estava na ponta da língua: bancos públicos sólidos, fundos de investimentos públicos injetando milhões em créditos no mercado interno e medidas anticíclicas rápidas. São essas medidas e, consequentemente, os números atingidos pelo Brasil que me permitem ter uma visão otimista da economia brasileira. Nos últimos seis anos, entramos em um ciclo produtivo tão forte que minha perspectiva é que, mesmo com a crise internacional, o Brasil tenha solidez para continuar crescendo na adversidade e pelos próximos 10 anos. Este ano geraremos mais de um milhão de postos de trabalho e nosso Produto Interno Buto (PIB) irá crescer acima dos 2%, contrariando economistas pessimistas, que mesmo diante dos números positivos, insistem em dizer que o Brasil está no fundo do poço.

Carlos Lupi, Ministro do Trabalho

Casa própria

habitantes que possui, a importância que representa para a região e as muitas oportunidades que existem no município, o Feirão devia ter sido realizado em Lages antes. Agora basta saber se população e empresas concordam com esse pensamento e estão dispostos a colaborar. A população prestigiando o evento. As empresas gerando negócios. Na conversa que teve com o Vitrine Lageana a respeito do Feirão, o superintendente regional do banco, Robert Kennedy Lara da Costa, lembrou bem o fato de que a

indústria da construção civil é uma das que mais cresce e mais emprega. Nela, todos saem ganhando, as lojas de materiais de construção que vendem o seu produto, as construtoras que comercializam os imóveis e a comunidade que pode viver em um imóvel que lhe pertence de fato. Para que essa ‘roda’ gire e funcione de forma perfeita, só é preciso interessados em fazê-la girar. Isso, acredita-se, existe. O evento desta sexta-feira, 28 de junho, de sábado, 29, e domingo, 30, vai confirmar, ou não, essa crença.

02

Crime hediondo O plenário do Senado aprovou projeto de lei que inclui as práticas de corrupção ativa e passiva, concussão, peculato e excesso de exação na lista dos crimes hediondos. Com isso, as penas mínimas desses crimes ficam maiores e eles passam a ser inafiançáveis. Os condenados também deixam de ter direito a anistia, graça ou indulto e fica mais difícil o acesso a benefícios como livramento condicional e progressão do regime de pena. O projeto agora segue para a Câmara. O autor do projeto, senador

Pedro Taques (PDT-MT), justifica que esses crimes são delitos graves praticados contra a administração pública que “violam direitos difusos e coletivos e atingem grandes extratos da população”. “É sabido que, com o desvio de dinheiro público, com a corrupção e suas formas afins de delitos, faltam verbas para a saúde, para a educação, para os presídios, para a sinalização e construção de estradas, para equipar e preparar a polícia, além de outras políticas públicas”, diz o autor do projeto. Será resultado das manifestações ?

Redução de alíquota A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que reduz a zero as alíquotas das contribuições para o PIS/Pasep e a Cofins incidentes sobre os serviços de transporte público coletivo rodoviário municipal, metroviário, ferroviário e aquaviário de passageiros. A proposta será analisada pelo Senado. O projeto original, de autoria do deputado Mendonça Filho

(DEM-PE), propunha a isenção das contribuições somente para o transporte coletivo público terrestre. No entanto, um acordo entre as lideranças ampliou a abrangência da proposta e os deputados aprovaram uma emenda substitutiva que estendeu a desoneração ao transporte aquaviário. É, parece que ir para a rua dá resultado. Se vale mesmo, só o tempo dirá.

Novas regras políticas Após a convergência entre representantes dos Três Poderes e da sociedade em torno de um plebiscito para a elaboração de uma reforma política no país, o governo trabalha “intensamente” para viabilizá-lo, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O ministro disse que o governo trabalha para que todo o processo ocorra até outubro, um ano antes das eleições

do próximo ano e do prazo constitucional para que as novas regras, decididas no plebiscito, entrem em vigor já no pleito de 2014. “Estamos trabalhando para viabilizar, dentro desse prazo, mas depende da resposta do TSE [Tribunal Superior Eleitoral] para verificar se, operacionalmente, temos condições”. E aí, quem acredita que isso e possível?


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

03

Ruy Sardá Behling Economista

Evolução demográfica Diz com muita propriedade, o então Presidente da República, General João Batista de Oliveira Figueiredo, mais ou menos o seguinte: “É imperioso o controle da densidade demográfica, pois a população brasileira está crescendo assustadoramente, e também a população mundial, principalmente nos países subdesenvolvidos e emergentes. O ideal seria uma população mundial em torno de 1 bilhão e quinhentos milhões de habitantes, de maneira estável e equilibrada”. Depois deste ensinamento sábio, só resta a este pobre “escriba” concordar plenamente com esse companheiro de turma do finado General José Liberato Souto-Maior. O crescimento de Lages, do Estado de Santa Catarina e do Brasil, nos últimos anos, tem sido assustador. Quando cheguei aqui em Lages, em janeiro de 1952, o município de Lages era enorme. Pertenciam ao município de Lages os atuais municípios de Celso Ramos, Anita Garibaldi, Cerro Negro, Campo Belo do Sul, Capão Alto, São José do Cerrito, Correia Pinto, Otacílio Costa, Palmeira, Bocaina do Sul e Painel, com uma população total de aproximadamente 77.234 almas, enquanto a cidade de Lages tinha mais ou menos 17.500 habitantes e a área rural possuía tão somente 17.337 moradores urbanos. Retroagindo a 1940, constatamos que a população total do município de Lages era da ordem

de 53.697 habitantes, vivendo na zona rural cerca de 44.418 pessoas, enquanto a população urbana estava contabilizada em 9.279 viventes, donde se conclui que apenas 17,28% dos habitantes moravam na cidade e 82,72% da sua população estava distribuída no interior, quer nos distritos, vilas, povoados e fazendas. Agora, recentemente, em 2010, o município de Lages está com uma população de 156.727 habitantes, residindo na área urbana aproximadamente 153.937 pessoas, enquanto a zona rural, escassamente povoada, conta com apenas 2.790 almas, donde se conclui que atualmente 98,22% das pessoas residem na cidade, restando tão somente 1,78% da população habitando a zona rural do maior município do Estado de Santa Catarina em extensão territorial. Fenômeno importante a ser registrado é com relação ao município de Florianópolis. Em 1940, a população total era da ordem de 46.771 habitantes, residindo na área urbana 29.764 pessoas e 17.007 na área rural. Dez anos depois, a população total passou para 67.630 habitantes, residindo na área urbana cerca de 51.115 pessoas e na área rural 16.515 moradores. Um crescimento vertiginoso, e até mesmo assustador, ocorreu em 60 anos, ou seja, de 1950 a 2010, passando a população total para 421.240 habitantes. Um crescimento de

aproximadamente 623%, nesse período. É de meter inveja à China e à Índia. O Estado de Santa Catarina é um estado bem povoado, pois nós detemos apenas 1,12% do território nacional, enquanto a população atinge o índice de 3,23% comparada com a população total do Brasil. O crescimento demográfico tem sido preocupante, considerando que no primeiro censo demográfico de Santa Catarina, realizado em 1872, o Estado possuía 159.802 habitantes, sendo que 84% deles viviam na área rural, enquanto 16% habitavam a área urbana, passando para 6.248.000 habitantes agora em 2010, registrando um

crescimento vegetativo de aproximadamente 4.0OO%, ou seja, 40 vezes a mais, num período de 138 anos. O Brasil, no censo demográfico de 1940, registrou uma população total na ordem de 41.000.000 de pessoas, morando na área rural cerca de 32.000.000 de almas, numa relação de 80% para a população rural e de 20% para a população urbana. Foi enorme o salto dado com base no censo demográfico de 2010, registrando uma população de 186.500.000 pessoas, donde se conclui que num período de 70 anos a população brasileira teve um crescimento de 145.500.000 habitantes, que em percentuais

representa 453,65%. Vamos dar um basta a esse enorme crescimento demográfico, muitas vezes irresponsável. As autoridades competentes devem, através de mecanismos ao seu alcance, orientar certos pais irresponsáveis, no sentido de controlar a natalidade desenfreada, mantendo uma população equilibrada, onde todos possam gozar de boa assistência médico-odontológica e hospitalar, ter acesso à necessária e boa educação, segurança integral e moradia confortável para todos, mas para isso é necessário frear esse crescimento populacional exagerado, antes que o Brasil se torne uma China ou uma Índia. Divulgação


Política

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

04

Direitos da criança e do adolescente são debatidos em Lages O município de Lages, na Serra Catarinense, sediou na quinta-feira, 27 de junho, o 2º Encontro dos Atores do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente. O evento aconteceu no Sesc – Pousada Rural. Durante o evento os participantes apresentaram propostas para a elaboração do Plano Estadual dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. Outros quatro encontros estão previstos para este ano. Eles cumprem uma das resoluções da conferência de 2012. O encontro contou com representantes da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente (Cedca), do Tribunal de Justiça, Ministério Público, conselhos de direitos, conselhos tutelares e outros atores. “O Governo do Estado está preocupado em estabelecer políticas de proteção aos direitos das crianças e adolescentes”, ressaltou o Secretário da Assistência Social, João José Cândido da Silva. O consultor de ações sociais da

SST, padre Luís Antônio Caon, destacou que o plano ajudará na importante tarefa de assegurar os direitos de crianças e adolescentes catarinenses. “O sistema de garantias é a união de esforços para promoção, defesa e controle social dos direitos infanto-juvenis”, reforçou. Os encontros são financiados com recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) estadual de acordo com o Plano de Ação e Aplicação de recursos do fundo em 2013. Entre os temas das palestras estavam as medidas de proteção e medidas socioeducativas, os direitos fundamentais e as políticas públicas para crianças e adolescentes, e o direito à convivência familiar e comunitária. Sistema de garantias O sistema de garantia de direitos é formado por representantes do Poder Judiciário, Ministério Público, profissionais como psicólogos, assistentes sociais e operadores da Justiça, advogados, Defensoria Pública, Segurança Pública, Conselhos de Direito

da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Fóruns e Associações, além das Secretarias de Estado que integram o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca). O Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente é baseado em três eixos: Defesa dos Direitos Humanos, Promoção dos Direitos e Controle e Efetivação dos Direitos. O primeiro trata da atuação dos órgãos públicos Judiciais: Ministério Público, especialmente as Promotorias de Justiça, as Procuradorias Gerais de Justiça, Defensorias Públicas, Advocacia Geral da União e as Procuradorias Gerais dos Estados, Polícias, Conselhos Tutelares, Ouvidorias e Entidades de Defesa De Direitos Humanos que devem prestar proteção jurídico-social. Já a promoção dos direitos inclui a garantia dos direitos humanos para crianças e adolescentes por meio de serviços e programas das políticas públicas, como políticas sociais, serviços e programas de proteção de direitos humanos e de medidas

Pouca procura por cursos é um problema enfrentado pelo IFSC de Lages Atendendo ao convite do vereador Professor Domingos, a diretora geral do campus Lages do Instituto Federal de Santa Catarina, Raquel Cardenuto, e os chefes do Departamento Administrativo, Gean Werner, e do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão, Thiago Rodrigues, estiveram presentes na sessão desta terça (25), onde responderam as perguntas dos edis de Lages. A finalidade do IFSC é formar e qualificar profissionais no âmbito da educação profissional e tecnológica em diversos níveis e modalidades de ensino. O IFSC de Lages formou até hoje um total de 427 alunos. Além disso, o campus contribui também para geração de emprego na cidade. O campus emprega um total de 40 funcionários (19 docentes efetivos + 21 técnico-administrativo). Segundo Rodrigues, o campus de Lages é o terceiro com maior oferta de vagas no Estado. Somente para a região serrana são ofertadas

240, porém a falta de divulgação e de informação das pessoas faz com que a procura seja pequena. “A nossa dificuldade está no reconhecimento do instituto na região, são poucos que sabem do instituto e dos cursos que são oferecidos”, afirmou Cardenuto. Entre os cursos de qualificação ofertados, a diretora geral destacou Matemática Financeira, Inglês, Instalações Elétricas, Higiene e Ma-

nipulação de Alimentos, entre outros. A partir de 29 de julho, iniciam em Lages os cursos técnicos de Análises Químicas, Eletromecânica e Mecatrônica. “Fizemos uma pesquisa em empresas da região para saber qual a demanda de cursos de profissionalização que deveriam ser ofertados. Por este motivo, juntamos a mecânica com o eletro porque se notou uma necessidade de unir as duas áreas”, destacou Rodrigues.

Marcelo Vieira (Pakinha)

Programa que isenta cidades de juros em empréstimos sera apresentado em Lages pelo presidente do Badesc, João Paulo Kleinübing

socioeducativas e semelhantes. O controle e efetivação do direito devem ser realizados por meio dos conselhos dos direitos de crianças e adolescentes, conselhos setoriais de formulação e

controle de políticas públicas, e dos órgãos e poderes de controle interno e externo definidos na Constituição Federal. Além disso, o controle social também é exercido pela sociedade civil.

Condutor deve receber aviso até 30 dias antes de vencimento da Carteira de Habilitação A medida está prevista no projeto de lei 78/2013, do deputado estadual Manoel Mota, e tem o apoio da Câmara de Lages. A moção 156/13, de autoria do legislador Adilson Roza (Padeiro), aprova a iniciativa do parlamentar. Segundo Padeiro, devido à correria do dia -a-dia, os condutores de veículos acabam esque-

cendo o prazo de renovação da Carteira Nacional de Habilitação, o que faz com que muitas pessoas que sobrevivem trabalhando como motoristas sejam severamente punidas. “Às vezes a pessoa está na estrada viajando, trabalhando, não lembra e acaba sendo prejudicado”.

Vereador aplaude CDL pelos 45 anos de existência Aprovada na sessão do dia 24, a moção 157/13 parabeniza a Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages pelos seus 45 anos. A proposta é do vereador Marião, que destacou que entidades como a CDL devem ser cumprimentadas e respeitadas pelo trabalho que desenvolvem na comunidade. “A CDL é unida pelas coisas

de Lages. Trabalha e divulga as coisas e causas de nossa cidade”, comentou. Além da CDL Jovem, Marião lembrou ainda da instalação da cooperativa de crédito Credicomin, ligada à sede da CDL. “Ainda é uma semente muito pequena, mas provou que podemos acreditar no cooperativismo”, salientou.


Política

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

05

Após Japão, governo quer exportar para Coreia e EU Agência Adjori

Abertura do mercado japonês pode facilitar negociações com outros países, segundo o governador Raimundo Colombo (à direita)

O governador Raimundo Colombo está no Japão para selar o acordo de exportação da carne suína de Santa Catarina para aquele país. “Vamos fechar o negócio,

mas com o pensamento voltado em oferecer oportunidades aos japoneses de comprar produtos catarinenses”, disse o governador antes do embarque internacional.

O fechamento do acordo poderá garantir um aumento de 60% no total das exportações de carne suína catarinense. “Esta parceria garante estabilidade, já que os japoneses fazem contratos de longo prazo, e também maior rentabilidade, porque os japoneses compram cortes prontos para o consumo, o que agrega valor ao produto final”, disse Colombo, acrescentando que “o aval do Japão é importante também para a conquista de outros mercados internacionais, como a Coreia do Sul e a União Europeia”. Ele lembrou que a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) promove um Seminário que corre sexta-feira, 28 de junho, em Tóquio, sobre “A Carne Suína de Santa Catarina/Brasil no Japão” e que a entidade já tem vários canais de conhecimento para ampliar as relações comerciais naquele país. “Considero essa viagem como início de uma nova etapa de negócios com o Japão”, afirmou. O presidente do Sistema Fiesc, Glauco José Côrte,

já está em Tóquio. O governador destacou ainda que os japoneses “historicamente só importam carne quando todo o país está livre de aftosa, mas eles abriram uma exceção para Santa Catarina, um Estado que está livre da doença em virtude da alta qualidade do trabalho sanitário”. A última ocorrência da febre o rebanho catarinense foi há 20 anos. Em 2001 SC suspendeu a vacinação e seis anos depois garantiu a certificação como área livre de aftosa sem vacinação. Oito frigoríficos serão habilitados a exportar carne suína ao mercado japonês nesta etapa: BRF (com as unidades de Campos Novos e de Herval D’Oeste), Seara (frigoríficos de Seara e de Itapiranga), Pamplona (Rio do Sul e de Presidente Getúlio), Aurora (Chapecó) e o Sul Valle (São Miguel do Oeste). Santa Catarina é o maior produtor nacional de carne suína, respondendo por um quarto do total produzido no país. Das 800 mil toneladas produzidas por ano no Estado, o mercado inter-

nacional consome cerca de 200 mil toneladas (25%). Os maiores compradores são Rússia (30% das vendas catarinenses), Ucrânia (23%), Cingapura (7%), Argentina (7%) e, mais recentemente, China (desde 2011) e Estados Unidos (2012). O Japão é a mais nova conquista. A abertura do mercado japonês foi confirmada em maio e a expectativa é de que os primeiros embarques catarinenses ocorram no segundo semestre de 2013. A China já passou a comprar carne suína catarinense em 2011, e os Estados Unidos em 2012. Agora, após a conquista do Japão, Santa Catarina reforça as negociações com a Coreia do Sul e com a União Europeia. O presidente da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri, diz que em uma escala de 0 a 10, as negociações com a Coreia estão na escala 7, e as com a UE, na escala 5, ou seja, no meio do caminho. Mas a abertura do Japão promete agilizar essas negociações.


Cidade

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

06

Mais de três mil empregos serão gerados na cidade Por cerca de duas horas o prefeito de Lages, Elizeu Mattos, o vice, Toni Duarte, relataram aos membros da diretoria da Associação Empresarial de Lages (Acil), as ações desenvolvidas nos primeiros seis meses da administração. Elizeu das obras que estão em andamento, de outras planejadas e anunciou que o Instituto de Previdência de Lages (LagesPrevi) obteve o Certificado de Regularidade Previdenciária, documento que permitirá maior celeridade no repasse de recursos federais ao município. Para exemplificar obras que terão agilidade na liberação de verbas, citou os R$ 57 milhões da Ponte Grande, os R$ 12 milhões dos conjuntos habitacionais, os R$ 24 milhões do Complexo Araucária, os R$ 2 milhões para a construção de duas quadras, os R$ 2,7 milhões das creches, o R$ 1,8 milhão da praça do PAC, os R$ 3 milhões da UPA, os R$ 500 mil de emenda do senador Luiz Henrique da Silveira para compra do mobiliário das unidades de saúde e Central de Atendimento da Saúde e, ainda do senador, outros R$ 500 mil para recuperação de ruas, os R$ 250 mil para compra

Nilton Wolff

Elizeu confirmou que está sendo preparado um amplo estudo sobre a realidade de Lages, por meio do georreferenciamento

de ônibus escolar e os R$ 900 mil de emenda da deputada Carmen Zanotto para recuperação de ruas. O prefeito fez um alerta aos empresários presentes: devido a falta de projetos complementares e erros no projeto inicial, as obras de reurbanização da avenida Duque de Caxias vão se prolongar

por um bom tempo, não sendo possível determinar uma data para ser concluída. “Fatos alheios a nossa vontade, como a licitação que será feita pela Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina) para a retirada das redes de alta e baixa tensão, nos impede de dar prazo para entregar a Duque”, disse.

O prefeito repassou, entre as boas informações, o fato de estar bem adiantado o sistema de prontuário eletrônico na saúde, que permitirá ao médico conhecer todo o histórico do paciente quando este for consultar, o início efetivo das obras do Complexo Araucária, a maior obra de sanea-

mento básico da história da Serra catarinense, e falou que até o final do ano serão investidos cerca de R$ 140 milhões em obras gerais. “Temos projeções de que, nos próximos 18 meses, mais de três mil postos de trabalho serão abertos”, adiantou. Elizeu confirmou que está sendo preparado um amplo estudo sobre a realidade de Lages, por meio do georreferenciamento. “Já abrimos o processo de licitação para a escolha da empresa”, adiantou. “Com o georreferenciamento, serão identificados todos os imóveis existentes no município”. Até a população será contabilizada. “Não consigo entender que uma cidade como Lages tenha apenas 156 mil habitantes”, disse. “Se isso for verdade, temos um carro para cada duas pessoas”. Os empresários questionaram sobre alguns temas, entre eles o processo de reversão de imóveis. “Existe um grande número de empresas que querem se instalar em Lages e a prefeitura não tem área para elas e, ao mesmo tempo, empresários que receberam terreno e não utilizam, por isso estamos adotando critérios técnicos para fazer reversões”, garantiu.

Termina sexta prazo para aderir ao Refis Pode faltar água domingo Sandro Scheuermann

Podem participar todos os contribuintes com algum débito junto à prefeitura, mesmo que já tenha sido aberta a cobrança judicial

Para facilitar a vida do contribuinte que quer aproveitar os benefícios concedidos pelo Programa de Recuperação Fiscal (Refis), a prefeitura de Lages atende nesta sexta-feira, 28 de junho, em horário diferenciado nos setores de Tributação e Fiscalização. Eles vão operar das 9h às 19h, sem fechar ao meio-dia. O contribuinte que quer participar do Refis deve estar munido dos seguintes documentos: cópias do comprovante de residência do

devedor referente ao mês anterior da data do parcelamento; do comprovante do recolhimento correspondente à entrada do parcelamento; da carteira de identidade e do comprovante de inscrição no cadastro de pessoa física (CPF), do contribuinte devedor ou do procurador; cópia dos atos constitutivos da empresa; procuração com firma reconhecida em cartório, no caso da ausência do contribuinte devedor. Podem participar do Refis todos

os contribuintes com algum débito junto à prefeitura, mesmo que já tenha sido aberta a cobrança judicial. Para quem optar por pagamento em até três vezes, a redução dos valores correspondentes a correção monetária, juros de mora e multa chega a 100%. Para quem pagar em até 12 vezes, a redução é de 80%; até 24 parcelas, 60%; até 36 parcelas, 50%, e em 48 parcelas é de 40%. Para pessoas físicas a parcela mínima é de R$ 50,00 e pessoas jurídicas é de R$ 200,00.

Toninho Vieira / Arquivo

Até o final de agosto haverá mais suspensões a fim de realizar as melhorias necessárias no sistema de abastecimento no município

Devido a um processo de manutenção e melhorias no sistema de abastecimento da cidade, a direção da Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa) avisa a população que mora nas partes altas de Lages, que poderá faltar água no domingo, 30 de junho. O período estimado é das 4h às 9h. O abastecimento voltará ao normal imediatamente, assim que os serviços forem concluídos. O secretário Benjamin Schultz

solicita às pessoas que se previnam e armazenem água antecipadamente para diminuir os transtornos com a escassez. Ele afirma ainda que até o final de agosto haverá mais suspensões a fim de realizar as melhorias necessárias no sistema. “Contamos com a compreensão de todos, pois essas paradas são para dar mais qualidade ao serviço prestado e oferecer maior conforto aos moradores”, diz.


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

07


Cidade

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

08

Estudo apontará mudanças no trânsito Lixo compra câmera de vídeo Nilton Wolff / Arquivo

Secretário de Segurança, Paulo Dellajustina, diz que há possibilidade de a prefeitura firmar convênio com a Ufsc para reformular tráfego da cidade

O secretário de Segurança e Ordem Pública, Paulo Dellajustina, por determinação do prefeito Elizeu Mattos, esteve em Florianópolis para contato com o Núcleo Multidisciplinar de Estudos de Acidentes de Tráfego da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc). O objetivo é firmar convênio entre a prefeitura de Lages e a Ufsc para estudo do sistema de trânsito e, com

isso, elaborar projeto de melhoramento para o tráfego de veículos e pedestres na área urbana. Segundo o secretário, a procura pela universidade se deve ao fato de ser uma instituição isenta. “Se procurássemos uma empresa privada, poderíamos ser mal interpretados no sentido de estarmos favorecendo ‘A’ ou ‘B’”, explica. Dellajustina adianta que é preciso

uma reengenharia do sistema de trânsito, o que compreende também o questionamento sobre a quem compete o gerenciamento do sistema de tráfego urbano, incluindo aí a questão da sinalização – horizontal e vertical. O secretário diz que é preciso uma readequação às necessidades estruturais, funcionais e de gerenciamento desse sistema, que compete diretamente à área de Segurança e Ordem Pública, a qual está interligada à Diretoria de Trânsito (Diretran). “É preciso dizer que, embora haja esta demanda por estudo completo do nosso atual sistema de trânsito, o qual deverá ser iniciado de imediato, já desenvolvemos programa educativo e de conscientização, através dos agentes mirins, em cinco escolas municipais”, destaca. Ele acrescenta que não é por falta de sinalização e de fiscalização que tem ocorrido acidentes na cidade. “Todas as nossas avenidas são sinalizadas, com placas indicativas da velocidade permitida”, afirma. “Blitzes tem sido feitas regularmente, porém tem motoristas que ignoram o que é determinado por lei”. Já está pré-agendado, com o coordenador do Núcleo Multidisciplinar de Estudos de Acidentes de Tráfego, Wilson Pacheco, a vinda de uma equipe da Ufsc na quarta-feira, 3 de julho.

Sexta-feira é dia de comédia no Marajoara Divulgação

Cláudio Cunha interpreta o Analista e Denise Klauck, a recepcionista

O teatro municipal Marajoara será palco, nesta sexta-feira, 28 de junho, a partir das 21h, da comédia “O analista e a sexóloga de Bagé”, com Claudio Cunha e Denise Klauck. Os ingressos estão sendo vendidos na bilheteria do teatro a R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada) para idosos e estudantes. Também podem ser adquiridos pelo site www.c5producoes.com. O espetáculo já foi visto por mais de dois milhões de espectadores e é para maiores de 14 anos. Cláudio Cunha, na pele do Analista Gaúcho, assessorado pela sua recepcionista Margarida (Denise Klauck), recebe o público para uma palestra cujo tema é o riso. Num verdadeiro “Tratado do Humor”, o chamado “Freud dos Pampas” coloca o riso no divã, fazendo uma análise das suas propriedades, do público que ri e do humorista que faz rir, conforme detalha a produção.

Sandro Scheuermann

A ideia de vender lixo reciclável e reverter valor para a compra de câmeras surgiu em cidades maiores e foi adotada em Lages

Um projeto inovador, proposto pela Polícia Comunitária à Secretaria de Educação de Lages, possibilitará que o lixo reciclável recolhido pelos próprios alunos se transforme em dispositivos de segurança nas unidades escolares. O Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim) Conta Dinheiro é piloto no projeto Escola Segura. Além da conscientização ambiental, o objetivo é prevenir e inibir a violência nas unidades educacionais. Desde maio toda a comunidade escolar está envolvida com a iniciativa, recolhendo o lixo que pode ser reciclável e trazendo o material coletado em casa, com a colaboração dos pais dos alunos. Depois este material é vendido a uma cooperativa de reciclagem e o dinheiro arrecadado é revertido na compra de câmeras de segurança, que serão instaladas na escola. A diretora do Ceim, Terezinha de Fátima Pereira da Silva Cruz, afirma que a instituição já acumulou R$ 400,00 e em breve será possível comprar os dispositivos. “Pretendemos, a princípio, adquirir duas câmeras: uma será instalada no pátio da frente e a outra na entrada das salas de aula”, afirma. Ela enfatiza que o bairro não é tão violento, mas a câmera ajudará a aumentar a sensação de segurança nos pais, principalmente na hora

da saída da escola. “A ideia da conscientização ambiental também é muito bem-vinda: os alunos saberão a importância da reciclagem”, comenta. Como tudo começou A ideia surgiu em cidades maiores e logo foi adotada pela Polícia Comunitária de Lages. A princípio a proposta foi feita aos moradores dos conjuntos habitacionais Lili e Madruguinha, no bairro Várzea, onde foram instaladas 14 câmeras de segurança com o dinheiro da venda de lixo reciclável. O projeto fez tanto sucesso que foi apresentado às unidades educacionais. “Até agora apenas uma escola municipal (Ceim Conta Dinheiro) e outra da rede estadual aderiram, mas temos expectativa de que seja expandido para as demais, pois está tendo muita receptividade e nos telefonam, das instituições, pedindo informações”, afirma o coordenador regional da Polícia Comunitária, tenente Gabriel. No início, o videomonitoramento será interno, feito pela direção de cada escola, mas depois de algumas semanas haverá a instalação de um link, que vai possibilitar a Polícia Comunitária acompanhar tudo o que estiver ocorrendo. Assim, os policiais do setor poderão agir caso ocorram atitudes suspeitas.


Cidade

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Amor faz Maria continuar na cozinha Marcelo Vieira (Pakinha)

Apae realiza festa de São João no Kalavia A Apae de Lages fez uma festa de São João na quarta-feira, 26 de junho, na boate Kalavia. A organização foi do grupo da escola que organiza festas, que solicitou para a proprietária do Kalavia, Josiane Oliveira, ajuda. A empresária prontamente se dispôs a fazer a festa para os alunos da Apae, como em todos os anos. “Somos muito gratos à Josiane, que abriu as portas para os nossos alunos que esperam o ano todo por essa festa”, comenta a coordenadora pedagógica da Apae, Cristina Paim Drecher. “Para eles é uma oportunidade de estar in-

Maria Cruz é atração do restaurante em que trabalha. Muitos clientes o frequentam por causa dela

Maria Bernadete de Oliveira Cruz, uma senhora de 72 anos, trabalha há 21 anos como cozinheira no restaurante Butkaio. O ofício aprendeu ainda pequena. Natural da Coxilha Rica, começou a trabalhar nas fazendas da redondeza, onde sempre cozinhava para os fazendeiros. Cozinhar é o que Maria ama fazer. Antes de trabalhar no Butkaio, cozinhava em outro restaurante. Nele conheceu Rita de Casia Pereira e Lindoufo Besen Filho, conhecido como Kaio. Uma tarde ele foi visitá-la e a levou ao restaurante. Acertaram que no outro dia ela começaria a trabalhar. Assim iniciou a amizade que dura até hoje. Na época as filhas do dono, Kaiane e Fernanda, eram pequenas. Ela as viu crescer e nutre um carinho muito grande pelas duas. No começo Maria era a única cozinheira do Butkaio. Por algumas vezes tentou parar de cozinhar para desenvolver outras funções, sem sucesso. As cozinheiras que eram contratadas logo iam embora e Maria voltava para as

panelas. Hoje em dia ela consegue desempenhar outras funções. Faz doces e cuida das saladas. A cozinheira já está aposentada. Por isso, por quatro vezes tentou deixar o restaurante. Em todas, Kaio foi atrás dela. Agora ela diz que nunca mais sairá de lá. O Butkaio é o lugar em que permanecerá trabalhando enquanto puder. Um dos filhos, Juliano de Oliveira Cruz, também trabalhou muito tempo no restaurante. Maria o ensinou a cozinhar. Ela é a consultora dele. Sempre que ele tem uma dúvida, liga logo para a mãe. Juliano mora em Balneário Camboriú e ajuda na Casa de Massa Vovó Dilecta, pertencente aos donos do Butkaio. O rapaz é um dos cinco filhos de Maria. Além dele, há o Jonas, o Sidinei, a Isolete e o Fernando. Todos gostam de cozinhar e, segundo a mãe coruja, cozinham muito bem. Por um tempo a família viveu na chácara de Kaio. O marido bebia e, por conta do vício, era ela quem mantinha a casa. Foi quando o dono do res-

taurante resolveu ajudar. Depois de ceder a chácara como moradia, construiu uma casa para ela, no bairro Santa Cataria. “Hoje vivo tranquila junto com um filho, graças ao meu patrão e amigo, o seu Kaio”, reconhece. “Tenho um carinho muito especial pela dona Rita e pelo seu Kaio”. Eles sentem o mesmo por ela. “É uma pessoa excepcional, fora de série, que jamais se encontra nos dias de hoje”, elogia Kaio. “Ela já esta com mais de 70 anos, e a vontade que ela tem de trabalhar de lutar de zelar pelo bem dos outros é imensa”. Uma das colegas de trabalho de Maria, Viviane Lima, conta que há clientes que frequentam o restaurante por causa dela. “Ela é um amor de pessoa”, fala. “Sempre que pode está ajudando todo mundo”. A espontaneidade e o bom humor da cozinheira são as características que mais chama a atenção de outro colega. “Ela sempre recebe elogios, é bem verdadeira e sua comida é ótima”, revela o garçom Anderson Medeiros.

09

teragindo com a comunidade”. A festa contou com apresentação de quadrilha. Os alunos ensaiaram com o grupo da educação física, responsável pelos trajes caipiras. A diretora Vera Silveira da Silva agradece a comunidade lageana que sempre está apoiando e ajudando a Apae. Vera agradece principalmente à proprietária do Kalavia que tem sido parceira já há vários anos. “Todos os anos a Josiane oferece a festa aos nossos alunos e esta é a única oportunidade deles estarem em um clube como este”, diz. “O bem que esta moça está fazendo a eles não tem preço”. Fotos Marcelo Vieira (Pakinha)


Economia

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

10

Móveis planejados são opção para mobiliar o lar Marcelo Vieira (Pakinha)

Designer de interiores, Lilian Karen dos Santos, diz que vantagem do móvel planejado é a personalização

Oferecer móveis planejados de qualidade e confortáveis. É com esta proposta que a Daico entra no mercado mobiliário de Lages. A marca existe desde 1989 em Nova Erechim, cidade localizada no oeste de Santa Catarina, e há 24 anos tem crescido de forma singular. A loja em Lages é uma das mais de 400 existentes em todo o Brasil e no mundo. Com equipamentos e matéria prima atualizadas, a Daico produz o que existe de melhor qualidade em móveis planejados. E agora esses móveis podem estar na casa dos lageanos que preferem ter produtos de excelência no lar. A marca dispõe de cozinhas, dormitórios, salas, banheiros e lavanderias a home theater e home office que acompanham as tendên-

cias do mercado. O cliente que opta por obter um móvel Daico vai tê-lo para toda a vida se souber cuidar dele, de acordo com a designer de interiores da empresa em Lages, Lilian Karen dos Santos. “Além do diferencial de ter um móvel personalizado”, acrescenta. A Daico executa projetos exclusivos para cada cliente e esse é um dos diferenciais da marca, segundo a gerente da loja, Carla Broering. “Ter um móvel planejado é diferente de comprar um em uma loja que oferece o produto pronto”, compara. “Com o planejado, o cliente adquire algo personalizado, conforme o gosto e a necessidade dele”. Móveis planejados também têm agregados características como praticidade e organização, além

da segurança de o projeto ser feito por uma designer de interiores formada e capacitada para fazer o projeto seguindo as tendências e com exclusividade para cada cliente. “A Daico é uma marca conhecida e buscamos trazer essa qualidade para o cliente”, afirma a designer Lilian. Os interesses em conhecer ou até mesmo adquirir um móvel Daico pode ir conhecer o show room da marca, localizado na Avenida Presidente Vargas, 751, no bairro Sagrado Coração de Jesus, ou agendar uma visita no domicílio, conforme a disponibilidade de tempo da pessoa interessada, pelo telefone (49) 3222.1414. “Fazemos desde a medição até a montagem dos móveis”, reforça Lilian.

Móveis também seguem tendências Estofados de qualidade Falar sobre tendências de móveis é quase como falar sobre tendência de moda. A diferença maior entre o mundo fashion é que as novidades de mobiliário se estendem mais do que uma estação. O restante é parecido. Seguem estilos, linhas, cores, texturas, acabamentos, entre outros. “Procuramos sempre atender o estilo de cada cliente e isso pode variar muito”, diz a designer de interiores, Lilian Karen dos Santos. As cores sofrem grande influência nos móveis e objetos em tons pastéis, tendência marcante para 2013. Há quem prefira cores vibrantes como vermelho, azul e

amarelo, para dar ‘mais vida’ ao lar, presentes nos acabamentos em vidro e em laca. “A transparência, com vidros e luminosidade com espelhos, como o Reflecta, é aprovada por muitos clientes”, revela. Madeira em tons variáveis podem ser utilizadas em qualquer ambiente da casa, principalmente no home theater e na cozinha. “O animal print está presente em papéis de parede, tapetes e objetos”, reforça Lilian. Nos ambientes clássicos, o branco e o dourado predominam, dando uma certa leveza aos ambientes com muitos detalhes.

Marcelo Vieira (Pakinha)

Para quem gosta dos ambientes coloridos, uma opção podem ser os vidros em cores Marcelo Vieira (Pakinha)

Combinados com peças em outros tons, móveis com cores vibrantes são alternativa na decoração

Marcelo Vieira (Pakinha)

Um estofado confortável é imprescindível em dias frios, segundo a gerente Carla Broering

Um sofá que ‘te abrace’. Assim a gerente da loja Daico, em Lages, Carla Broering, descreve a linha de estofados DiBento disponibilizados aos clientes. “Hoje em dia, principalmente na região e no nosso clima frio, é preciso um sofá que tenha conforto”, diz. E essa é a principal característica dos estofados produzidos no Rio Grande do Sul. Há 18 anos no mercado moveleiro vendendo em todo território nacional e nos países do Mercado Comum do Sul (Mercosul), a empresa busca a cada dia a consolidação da marca no mercado brasileiro e internacional. Para isso, prima pela excelência, para manter a qualidade superior como diferencial competitivo. Segundo Carla, a DiBento tem conseguido manter a credibilidade entre os clientes. “Se você pegar um estofado da marca e abri-lo,

vai ver que o acabamento por dentro é tão caprichado quanto por fora”, descreve. Os estofados são feitos em madeira de eucalipto tratada e, conforme o modelo, detêm mola individual, trançada e em zigue-zague. A espuma usada tem procedência reconhecida no mercado e possui certificado ISO 9001:2000, sendo produzidas sem a emissão de CFC (cloro flúor carbono) na atmosfera, prejudicial à camada de ozônio. “Sem contar a questão do conforto”, destaca. Por tudo isso, a DiBento conquistou prêmios de qualidade como o 1º lugar no Prêmio SESI de Qualidade de Trabalho (PSQT), e participa atualmente do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP), para aprimorar a qualidade dos produtos e serviços.


Economia

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

11

Feirão oportuniza aquisição da casa própria Marcelo Vieira (Pakinha)

Superintendente da Caixa, Robert da Costa, e o gerente do banco, Luís de Andrade, acreditam que Feirão é boa oportunidade de negócios

O sonho das famílias lageanas de adquirir a casa própria pode se tornar realidade neste fim de semana. Pela primeira vez a Caixa Econômica Federal (CEF) realiza

em Lages o Feirão Caixa da Casa Própria nos dias 28, 29 e 30 de junho no Centro Serra. “O objetivo é despertar a indústria da habitação em Lages”, explica o superinten-

dente regional, Robert Kennedy Lara da Costa. A gerência regional do banco, localizada em Criciúma, no sul do Estado, tem recebido propostas de empresários de outras cidades interessados em investir na construção de imóveis em Lages que contemplem famílias com renda entre R$ 2.455,00 e R$ 5.000,00 capazes de adquirir a casa própria pelo programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) com subsídios do governo. “Proporcionalmente a outras regiões, há pouca procura por investimentos nessas faixas do Minha Casa Minha Vida”, afirma Robert. Na cidade, o programa já entregou três mil unidades habitacionais para famílias com renda mais baixa, de até R$ 2.455,00. “Há mercado para ampliar”, diz o superintendente. Propor ao empresário local acesso aos programas da Caixa direcionados à construção civil é um dos objetivos do Feirão. Outro é concentrar em um mesmo local a oferta de imóveis já existentes na cidade para as pessoas interessadas em comprar um imóvel, terrenos

ou móveis. “As empresas levam para o Feirão produtos com qualidade e preço”, observa Robert. Quem for ao Feirão poderá escolher aquele que deseja adquirir entre mais de mil imóveis ou contratar um consórcio imobiliário. E os expositores, prospectar e estimular novos negócios na cidade. “O valor do aluguel, hoje, não é barato”, contabiliza o superintende da Caixa. “Quase equivale ou supera o valor da prestação”. A conta pode ser verificada nos números. Em uma simulação, realizada no próprio site do banco – www.caixa.gov.br -, um imóvel que custa R$ 88.000,00 e for financiado em 30 anos, terá uma parcela inicial de R$ 627,00 e final de R$ 248,00. Os juros cobrados são fixos e variam de acordo com o financiamento realizado, ficando entre 4,5% a 8,5% ao ano. No último Feirão Caixa da Casa Própria realizado pela Superintendência Regional em Criciúma, foram comercializadas 237 unidades habitacionais, gerando um volume de negócios total de R$ 26 milhões. A expectativa para Lages, segun-

do maior município da região de abrangência, da Superintendência, é de que um grande número de pessoas participem. “O Feirão é para contribuir com a economia local, gerando emprego e renda”, declara o superintendente regional, Robert Kennedy da Costa. De acordo com ele, muitos negócios são realizados em decorrência dos contatos realizados durante o evento. Serviço Feirão Caixa da Casa Própria Data: 28, 29 e 30 de junho Local: Centro Serra Hora: Sexta-feira, 28 de junho, das 19h às 22 horas; sábado, 29 de junho, das 9h às 19 horas; e domingo, 30 de junho, das 10h às 17 horas O que levar: RG, CPF, comprovante de renda e residência, caso seja possível Quem estará participando: Construtoras, lojas de móveis e imobiliárias


Educação

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

12

Uniplac está com inscrições abertas Quadra poliesportiva está

em fase final de construção

Divulgação

Há vagas em oito cursos da universidade para o segundo semestre

Estão abertas as inscrições e matrículas do Processo de Seleção para ingresso de calouros no Ensino Superior para o segundo semestre de 2013 na Univesidade do Planalto Catarinense (Uniplac). O período para inscrições é de 18 de junho a 8 de agosto de 2013. Estão sendo disponibilizadas vagas em oito cursos de graduação: Administração; Educação Física

(Bacharelado); Engenharia de Produção; Engenharia Elétrica; Letras: Língua Portuguesa/Língua Inglesa; Música; Odontologia; e, Sistemas de Informação. As inscrições devem ser feitas na Unidade de Apoio onde o curso está vinculado, das 9h às 11h30, das 14h às 17h e das 18h às 21h. O candidato deve efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de

R$ 20,00 mais a mensalidade do curso e apresentar a documentação solicitada no edital 143/2013, disponível no site da Universidade (www.uniplac.net ). Transferências externas, transferências internas, reingressos de desistentes e reingressos de portadores de diploma de Ensino Superior também podem ser realizados durante o mesmo período do Processo Seletivo. A taxa de matrícula para estas categorias também é de R$ 20,00 mais a mensalidade do curso, exceto para as transferências externas, em que o candidato efetua o pagamento de R$ 45,00 mais a mensalidade do curso. Os interessados nesta categoria de inscrições devem apresentar também a documentação constante no edital 151/2012, igualmente publicado no site da Uniplac. A análise da documentação, apresentada conforme o edital, também é critério para preenchimento das vagas, assim como a ordem de inscrição, conforme o número de protocolo. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (49) 3251.1022.

Assessoria/SDR

Outras arenas com o mesmo padrão estão sendo construídas em escolas de Anita Garibaldi e Otacílio Costa

O piso da quadra poliesportiva da arena multiuso da escola estadual Melvin Jones foi concluído. O cronograma geral da obra está 90% concluído. O Governo do Estado está investindo mais de R$ 1 milhão na arena, que servirá para a prática de esportes, atividades de lazer, apresentações culturais e amostras científicas. A cobertura está pronta, e as paredes já foram revestidas com argamassa. A colocação das janelas e portas começa a ser feita. O assentamento dos pisos e azulejos nos banheiros está sendo finalizada, assim como as instalações hidrosanitárias. A rede elétrica também está sendo implantada.

A professora de Educação Física, Diane Cardoso, acredita que o ginásio representará melhores condições de trabalho. “É um espaço amplo, que dará mais mobilidade a escola, acabando com as aglomerações de turmas”, explica a professora. Localizada no bairro Morro do Posto, a escola Melvin Jones completou 50 anos em fevereiro deste ano. Atualmente, são mais de 500 alunos matriculados, oriundos de vários bairros do município. Outras oito arenas multiuso do mesmo padrão estão sendo construídas em escolas estaduais da região, sendo seis em Lages, uma em Anita Garibaldi e uma em Otacílio Costa.


Educação

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

ProUni oferece 90 mil bolsas de estudo Arquivo Pessoal

Renata Muller e a mãe na exposição Fotográfica, projeto do Curso de Comunicação Social

O Ministério da Educação (Mec) confirmou a oferta de mais de 90 mil bolsas de estudo nas instituições privadas de ensino superior para o Programa Universidade para Todos (ProUni) 2013, no segundo semestre. Em 2012, o Prouni beneficiou um milhão de alunos de baixa renda de todo o Brasil. A acadêmica Renata Muller, é um deles. O ano passado a jovem inscreveu-se no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por ser uma chance para ingressar no curso superior em que sonhava se graduar. “O Enem e o Prouni abrem caminhos para quem quer estudar, além de poder entrar em faculdades públicas e privadas”, comenta. Renata queria ingressar no curso de Publicidade e Propaganda. O plano B era Agronegócio. Para conquistar o sonho, diz ter estudado muito para o Exame. “A publicidade era o meu sonho desde pequena e graças ao Prou-

ni eu estou conseguindo realizar isso”. Natural de Tio Hugo (RS), a jovem mudou-se para Lages para concretizar o desejo de ser publicitária. Ela cursa Comunicação Social na Facvest. Caso não tivesse conseguido a bolsa de estudo, iria tentar uma vaga em alguma faculdade federal. Agora, ela projeta uma vida melhor. O sonho vivido por Renata está começando para muitos jovens. No dia 30 de junho o Ministério da Educação informará o resultado da primeira chamada do segundo semestre de 2013. O da segunda chamada será divulgado a partir do dia 16 de julho. Cada estudante teve o direito de escolher até duas opções de curso, podendo alterá-las durante o período de inscrição, destacando a bolsa que deseja (integral ou parcial) e a modalidade de concorrência. O sistema atualiza periodicamente a nota de corte em cada um dos cursos.

Cursos e instituições pelo ProUni em Lages Curso Administração Agronegócio Arquitetura e Urbanismo Biomedicina Ciência da Computação Ciências Biológicas Ciências Contábeis Direito Educação Física Enfermagem Engenharia Civil Engenharia Mecânica Engenharia Química Engenharia de Produção Farmácia Fisioterapia Fotografia Gestão Ambiental Gestão Financeira Gestão Pública Gestão da Produção Industrial Gestão de Cooperativas Gestão de Recursos Humanos História Jornalismo Letras - Língua Portuguesa e Libras Letras - Português Letras - Português e Inglês Logística Marketing Matemática Medicina Veterinária Negócios Imobiliários Pedagogia Processos Gerenciais Psicologia Publicidade e Propaganda Radiologia Segurança No Trabalho

Instituição Cesumar, Facvest, Uniasselvi e Unisul Cesumar Facvest Facvest Facvest Facvest e Uniasselvi Facvest Facvest e Unisul Facvest Facvest Facvest Facvest Facvest Facvest Facvest Facvest Facvest Uniasselvi Cesumar Cesumar Uninter Unisul Uniasselvi Facvest e Uniasselvi Facvest Facvest Uniasselvi Cesumar Cesumar Cesumar Facvest Facvest Cesumar e Uniasselvi Cesumar, Facvest e Uniasselvi Cesumar e Uninter Facvest Facvest Facvest Uniasselvi

13


Saúde

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

14

Hidratação ajuda a manter pele saudável no inverno Com a chegada do frio algumas pessoas sofrem com as chamadas “alergias ao frio”. A mais conhecida delas é a dermatite atópica. Simone, como quer ser chamada, conta que sofre com esse problema. “Tenho esse tipo de dermatite desde pequena, não me recordo há quantos anos”. Ela comenta que no inverno suas mãos começam a ficar cheias de bolhas e coçam muito. Após um tempo, as mãos começam a descamar. “Meus dedos ficam muito sensíveis e minha pele fica bem fina, algumas vezes chega a sangrar”, relata. A confeiteira diz que lidar com produtos de limpeza é um problema. “É como se queimasse minhas mãos”, descreve. “E também em contato com a água parece que piora a coceira”. A doença é agravada com o frio, porém ela está na pele o ano todo. Nos meses de inverno a pele tende a ficar mais seca naturalmente, o que a torna mais sensível e ressecada, suscetível à doença. Geralmente pessoas com dermatite atópica têm lesões mais avermelhadas que coçam bastante, que podem

Gessica Mendoça Pereira

Recomendação da médica Rubia Martins é também evitar banhos longos e muito quentes

ocasionar feridas. A dermatite atópica é uma hiper-reação da pele. É semelhante à asma, porém, a asma manifesta-se nos pulmões e a dermatite, na pele. As duas tem uma relação causal. O paciente já nasce com pré-disposição à doença. Uma pessoa que tem

pais com este tipo de dermatite tem uma chance muito maior de desenvolver a doença. “A hidratação da pele é muito importante para quem tem dermatite”, comenta a médica dermatologista Rubia Battisti Vequi Martins. ”Independente do tratamento a pele deve sempre ficar

hidratada no inverno”. Todo o tratamento baseia-se na hidratação da pele e na imuno-modulação, que serve para modular o sistema imune do paciente, com cremes a base de corticoide ou com outros imunomoduladores. “O tratamento sempre deve ser conduzido por um dermatologista”, alerta a

médica. “A pessoa nunca deve se automedicar”. As formas de deixar a pele mais hidratada são evitar banhos muito quentes, banhos muito longos, o uso excessivo de sabonete, pois ele é um sabão e desengordura a pele, e sempre usar creme hidratante de boa qualidade. Alguns produtos de beleza podem agravar a doença. Produtos com cheiro muito forte e produtos com muita cor podem causar irritação na pele. A médica fala ainda do uso de produtos de limpeza: “o uso de produtos de limpeza também pode ressecar a pele, agravando a doença, porém, não são a causa”. Os locais mais comuns da dermatite atópica são os membros, principalmente, e a face extensora (parte da frente do braço e parte de trás da perna), porém a doença pode aparecer em qualquer lugar que tenha pele. Este tipo de dermatite ocorre na maioria das vezes em crianças e bebês até os 15 anos, mas há casos da doença em adultos. A dermatite atópica não é transmitida de pessoa para pessoa. O paciente nasce com a doença.


Saúde

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Número de médicos vai aumentar

15

Prorrogado prazo de vacinação Atualfm.com.br

Divulgação

A residência médica é uma especialização em que o profissional se forma em uma área médica como cardiologia e pediatria, por exemplo

O Ministério da Saúde anunciou que até 2017 irá abrir 12 mil vagas de residência médica em todas as especialidades. A medida visa a ampliar o número de especialistas e zerar o déficit da residência médica em relação ao número de formados em medicina. As primeiras quatro mil vagas serão criadas até 2015. A ampliação iguala o número de

vagas de residência médica ao de postos na graduação. Na residência, o profissional se especializa em uma área médica como, por exemplo, cardiologia e pediatria. “A meta é chegar em 2018 com perspectiva de uma vaga de residência para cada médico formado no Brasil”, disse o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação

na Saúde, Mozart Sales. A medida integra o conjunto de ações do ministério para melhorar a saúde pública no país e faz parte do pacto anunciado pela presidenta Dilma Rousseff em resposta às reivindicações surgidas nas manifestações nos últimos dias. As medidas serão acompanhadas de um investimento anual de R$ 80 milhões em hospitais e unidades de saúde que expandirem programas de residência e R$ 20 milhões para infraestrutura, como reforma e estruturação de laboratórios e bibliotecas, e também para aquisição de material permanente. Mais R$ 60 milhões serão destinados à manutenção dos programas de residência e formações dos profissionais que irão orientar os residentes. Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, os investimentos na área de saúde vão abrir nos próximos anos 35 mil postos de trabalho. O edital que o Ministério da Saúde está construindo chama médicos brasileiros e as vagas que eles não preencherem serão destinadas a profissionais estrangeiros.

Imunização contra a poliomielite segue até o dia 5 de junho

A Campanha de Vacinação contra a Poliomielite foi prorrogada até o dia 5 de julho. As doses podem ser encontradas nas unidades de saúde do município, que ficam abertas das 8h às 12h e das 13h até às 17h, de segunda a sexta. Crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), podem ser vacinadas. Para que as crianças recebam a dose da vacina é indispensável que os pais apresentem a carteirinha de vacinação dos filhos. A polio-

mielite é uma doença infecciosa viral aguda, altamente contagiosa que afeta principalmente crianças menores de cinco anos. O vírus é transmitido através de alimentos e água contaminados e se multiplica no intestino, podendo invadir o sistema nervoso. Quando a infecção ataca o sistema nervoso, ela pode causar paralisia nos músculos da perna e até a morte, quando atinge músculos respiratórios. Não existe tratamento contra a pólio. Somente a prevenção é capaz de conter a doença.


Regional

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

16

Prefeito avalia primeiros meses de governo como bons Os primeiros seis meses de governo superaram as expectativas em Otacílio Costa. Esta é a avaliação do prefeito Luiz Carlos Xavier, o Tio Ligas, no balanço realizado por ele. “Este tempo foi suficiente para conhecimento da máquina pública, entretanto, seis meses não foram suficientes para fazer todas as mudanças necessárias”, reconhece. De acordo com o Tio Ligas, foi necessário tempo para ajustar a desorganização da prefeitura. “A partir de julho realmente vai começar a administração do Tio Ligas e do Silvano [Antunes Cardoso, vice-prefeito], ou seja, a partir de agora que as pessoas começarão a perceber as mudanças no município”, anuncia. Mesmo com as dificuldades apresentadas, o prefeito acredita que muito foi feito até o momento, sendo a centralização do setor de Compras um dos atos mais importantes, por permitir um planejamento financeiro e redução nos gastos. O controle maior sobre quem compra, quem recebe e quem paga fez o município recuperar a credibilidade com os fornecedores, segundo o Tio Ligas.

O prefeito também cita a criação do ticket alimentação para servidores que ganham até R$ 1.017,00 como um dos avanços. Outro é o pagamento da primeira parcela do 13° salário dos servidores no dia 30 de junho. “É um fato inédito e que considero positivo, pois esse dinheiro também circulará no comércio local”, diz. A aquisição de equipamentos e o retorno a Festa da Madeira também são lembrados por ele. “Com o resgate da festa voltamos a divulgar o potencial madeireiro que o município possui”, afirma. Quando assumiu a gestão pública de Otacílio Costa em janeiro deste ano, Tio Ligas herdou uma dívida de R$ 11, 5 milhões. Deste montante, aproximadamente R$ 400 mil já foram pagos, e ainda uma parcela de um precatório no valor de R$ 198 mil. “Estamos parcelando a maior dívida que é com o Ipam, no valor de R$ 4, 3 mlhões, e já parcelamos uma dívida de R$ 1,5 milhão com o INSS”, contabiliza. Os parcelamentos são necessários para que o município consiga retirar a Certidão Negativa Previdenciária. Para o prefeito o principal de-

safio até agora é ser um gestor público. “Essas condições adversas prejudicaram muito o nosso trabalho inicial, mas como tenho falado, não fomos eleitos para arranjar desculpas ou ficar arrumando justificativas para os problemas, e sim fomos eleitos para buscar soluções para os problemas do município e esse é o nosso desafio agora”, comenta. Tio Ligas adianta que os próximos passos serão firmes e bem planejados. Está sendo feita licitação dos aparelhos, equipamentos e mobiliários da nova unidade de saúde do bairro Igaras. O objetivo é inaugurar a unidade em setembro. Em breve deve iniciar a construção da quadra de futebol society, no bairro Poço Rico, e ser retomada a construção do Centro Ambiental e das creches dos bairros Fátima e Novo Mundo. “Na creche do bairro Fátima as obras estão 77% executadas e já conseguimos a liberação dos recursos para o mobiliário”, revela. Em julho será inaugurado um poço artesiano na Vila Aparecida. Há duas empresas trabalhando na obra. Uma delas irá investir R$ 50 milhões e a outra, R$ 25 milhões.

Arquivo VL

Prefeito Luiz Carlos Xavier afirma que administração dele e do vice, Silvano Cardoso, inicia no segundo semestre


Geral

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Autoescolas terão de oferecer aulas em simulador de direção Marcelo Vieira (Pakinha)

Medida é para formar melhor motorista e contestada por autoescolas

Alunos de autoescolas terão de praticar a direção em simuladores nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) antes de irem para as ruas para as aulas práticas em um veículo de verdade. A resolução do Conselho Nacional e Trânsito (Contran) entra em vigor no dia 30 de junho caso a proposta de prorrogação da exigência feita pelos CFCs não seja atendida. Até o fechamento da edição, nada a respeito da proposta havia sido definido. Cada aluno terá de realizar cinco horas de aulas individuais nos simuladores após o término do curso teórico, antes de partir para as ruas. De acordo com o presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Veículos de Santa Catarina (Sindemosc), Murilo dos Santos, nem um por cento dos CFCs no Brasil possui o equipamento. No país, apenas uma empresa teve o equipamento homologado pelo Contran para ser usado nas aulas “Não existe ainda um parque industrial para fabricação em série desses equi-

pamentos”, afirma Santos. Este é um dos motivos que o faz acreditar que o Conselho vai ter que prorrogar o prazo para início da vigência da resolução. “Diversas normas, introduzidas após o atual Código de Trânsito Brasileiro [CTB], tiveram de ser prorrogadas ou foram revogadas por serem construídas dentro de gabinetes, sem ter conhecimento técnico e específico sobre a área”, lembra. Para obter o simulador, as autoescolas terão de investir aproximadamente R$ 35 mil e arcar com os custos de uma manutenção mensal ainda não estabelecido. O fabricante do equipamento é quem irá capacitar os instrutores para que possam orientar os alunos durante as aulas. Praticar no simulador será obrigatório para quem iniciar o processo para retirada da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a partir do primeiro dia de mudança da legislação. Com isso, o valor pago para realizar 45 horas de aulas teóricas, cinco horas de prática no simulador e 20 horas de prática

nas ruas deve aumentar. Santos só não sabe calcular em quanto. “Não temos este valor mensurado tendo em vista que não temos nem o valor certo do equipamento e nem o valor de manutenção”. Não existe um exame que aprove ou reprove o aluno no simulador. A intenção é apenas preparar o aluno para se tornar um bom motorista. “Somente com esta ação não vai melhorar consideravelmente os novos condutores”, opina o presidente do Sindemosc, Murilo dos Santos. Ele não é contrário à nova medida. “Tudo que vem para melhorar a formação do condutor é bem-vinda”. Apenas acredita que a introdução do simulador de direção veicular para novos condutores não é suficiente para formar melhores motoristas. A mudança deve ser cultural. O presidente sugere que para se ter um condutor com mais preparo no Brasil é preciso ocorrer uma mudança significativa no sistema de formação (autoescolas) e no sistema de habilitação (Detran, que avalia e habilita o condutor).

17

Helder Violandi Estilo Barroco

A arte Barroca surgiu na Itália entre os séculos 16 e 17, mas não demorou muito para se expandir em outros países, predominando nas arquiteturas, pinturas e esculturas. Seu propósito é impressionar os sentidos do observador, buscar efeitos decorativos e visuais, contrastes de luz e sombra. Atualmente o estilo barroco está presente também no mundo da moda, mas aqui no Brasil vai despontar mesmo agora em 2013. Certamente, quando escutamos a palavra “barroco”, a primeira coisa que vem à cabeça é Europa, realeza, jóias e por aí vai, pois todas estas ideias se juntaram para fazer a moda deste inverno, apresentando peças decoradas com o estilo e super glamourosas. A moda barroca nos recorda os trajes usados no século 18. Caracterizam-se por serem roupas ostentosas e carregadas de adornos, soltas e ornamentadas, pelo uso de cores vivas, brocados de seda e rendas. A mistura de acessórios e desenhos também nos lembra desta tendência. Pois bem, neste inverno, podemos encontrar coleções que impõem esta tendência. O Barroco caracteriza-se pelo uso de bordados, arabescos e texturas. As cores mais marcantes são o preto, o dourado e o bordô. O excesso de acabamentos em materiais brilhantes e chamativos se apresenta com força total e dá as boas-vindas à temporada de outono/inverno 2013, que já virou furor na Europa. Esta tendência não é nova, mas volta bem marcante em 2013, com desenhos mais fortes, cores brilhantes e padrões luxuosos, como o bordado metálico e aplicações em pedras. E, não somente em vestidos e jaquetas, como também em camisas, bolsas, sapatos e acessórios. É um estilo que tem que chamar muita atenção, pois com estes trajes você não vai passar despercebida. Suas roupas têm um toque contemporâneo, mas cheio de adornos. A dica é incluir ao look uma peça nesta tendência e combiná-la com cores neutras, o que dará um toque de glamour à composição. Para aquelas que querem se vestir com um estilo barroco, mas de forma mais sutil, aposte em designs mais simples com estampas geométricas ou com toques medievais. Podemos ver colares e sapatos combinando com esse estilo de roupa. O barroco é tendência também nos sapatos! Ricos em detalhes e mais sofisticados, os sapatos desta coleção estão mais glamourosos, trabalhados com camurça, rendas e taxas, veludos escuros, bordados dourados e muita pedraria. Para deixar o look irresistível, é claro que você não pode deixar de investir em um belo sapato (como os slippers) para um visual elegante e sofisticado. Aposte na moda barroca com a combinação do preto e do dourado, desenhos carregados com enfeites e flores bordadas.

>> Quer investir em um visual glamouroso nesta temporada Outono/ Inverno 2013? Aposte na tendência barroca! Movimento artístico europeu influente entre os séculos 16 e 18.


Geral

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Consumo de drogas aumentou

mais de 50% em três anos descampado.wordpress.com

Número de casos de apreensão de maconha se mantém estável. O que aumentou é a quantidade de droga apreendida

Enquanto o consumo de drogas ilícitas se mantém estável em todo o mundo, o uso de novas substâncias psicoativas aumentou mais de 50% entre os anos de 2009 e 2012, informa relatório mundial sobre drogas divulgado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc). Na América Latina, o uso das novas substâncias psicoativas, substâncias manipuladas recentemente ou já existentes, mas consumidas de forma diferenciada, ainda é menor que na América do Norte e na Europa. O Brasil registrou o surgimento de três tipos dessas substâncias em seu mercado, informa o relatório. O documento acrescenta que o consumo no Brasil de substâncias à base de plantas, metanfetaminas, medicamentos com propriedades analgésicas e anestésicas, tomadas em doses elevadas, tem efeito alucinógeno. O representante do Unodc, Rafael Franzini, alerta que essas substâncias psicoativas surgem com grande velocidade e são vistas por muitos como pouco prejudiciais. “Essas novas substâncias psicoativas são consumidas de

forma pura ou preparadas e representam ameaça à saúde pública”, diz. “Diz-se que o consumo dessas substâncias é seguro, mas a realidade é muito diferente”. O coordenador-geral de Repressão às Drogas da Polícia Federal, Cézar Luiz Busto, disse que a Polícia Federal tem identificado novas substâncias psicoativas antes mesmo de sua chegada ao Brasil por meio da troca de informações com polícias da Europa, o que permite uma melhor prevenção à entrada no país. Segundo ele, essas substâncias têm sido incluídas na lista de elemento de entrada proibida. Enquanto o uso da cocaína diminuiu ou se manteve estável em muitos países sul-americanos, no Brasil houve aumento, segundo o relatório da Unodc. O país também foi apontado no texto como ponto de trânsito para remessa de cocaína a países da África e Europa em decorrência das fronteiras com grandes produtores de cocaína com Peru, Bolívia e Colômbia. O titular da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça, Vitori

Maximiano, explica que o crescimento do consumo de cocaína é motivado pelo crack e lembra que o governo brasileiro tem um programa, o Crack É Possível Vencer, para buscar combater o problema. “Temos realizado políticas consistentes em parceria com estados, municípios e sociedade civil para combater esses índices negativos do uso da cocaína”, recorda. “E temos ações estratégicas na área de segurança que deverão produzir os resultados que desejamos”. Cézar Luiz relata que o Brasil tem acordos de cooperação com os países citados, mais o Paraguai, para investigação e combate ao tráfico de cocaína que já resultou na apreensão de traficantes. “Somente com ações integradas e confiança entre governos e instituições policiais é possível avançar no combate à oferta de drogas”, considera. No caso da maconha, o número de casos de apreensão da droga no Brasil foi praticamente o mesmo em 2010 e 2011, com 885 e 878 casos, respectivamente. A quantidade, no entanto, cresceu, passando de 155 toneladas em 2010 para 174 toneladas em 2011.

18

231 casamen­tos homosexuais são celebrados em um mês Após resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que disciplinou a realização de casamentos gays no país, 231 uniões homoafetivas foram celebradas em cartórios de 16 capitais brasileiras. O levantamento da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen), entidade representativa dos cartórios de Registro Civil, foi feito entre os dias 16 de maio, quando a medida entrou em vigor, e 16 de junho. A capital paulista teve o maior número de casamento, com 43 registros. A média nacional chega a 10,5 uniões por capital. Goiânia é a segunda cidade com maior número de casamentos, com 22 celebrações, seguida por Curitiba, Fortaleza e pelo Rio de Janeiro, que tiveram 18 registros. Belo Horizonte e Salvador registraram 17 casamentos;

Campo Grande, 16; Porto Alegre, 15; Brasília, 14; Belém, 10; e Florianópolis, 7. No outro extremo estão Manaus (4), Boa Vista (3), Cuiabá (2), Recife (2) e Porto Velho (1). Em São Paulo, onde uma norma da Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça, editada no início deste ano, regulamentou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, o número de uniões na capital passou de nove em janeiro para 41 em março. A Resolução 175 do CNJ está baseada no julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que considerou inconstitucional a distinção do tratamento legal às uniões estáveis homoafetivas, e ainda na decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que julgou não haver obstáculos legais à celebração de casamento de pessoas do mesmo sexo.


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Homem do Campo

cesarmissioneiro@hotmail.com

A unificação alimentar da conquista da América Quando os conquistadores europeus chegaram à América, vinham com a ideia pré-concebida de que a riqueza estava nos metais e pedras preciosas, e não percebiam que o maior tesouro estava à flor da terra e em todos os lugares. Também não sabiam eles que, naquele momento histórico, estariam mudando para sempre o conforto alimentar e econômico do planeta. Trigo, arroz, café, cana-de-açúcar, abarrotaram os porões dos navios. Embora não fossem exatamente agricultores, os conquistadores se espantavam com

a alta produtividade das culturas europeias no clima tropical. Em contrapartida, surpreenderam as nações europeias com perus, tomate, milho, pimenta, pimentão, algodão e cacau da América Central, tomate, feijão, amendoim e batatas da América Andina, pimenta, pimentão, fumo, batata-doce, algodão, carás e mandioca da América do Sul. Os ameríndios conheciam o tomate, mas não a farinha. Os europeus tinham o trigo, mas não o molho. Macarrão e pizza com molho de tomate tornou-se fundamental na cozinha italia-

na. A Inglaterra e Irlanda adotaram a batata como alimento de tal importância na sua dieta, que o vegetal passou a ser chamado erroneamente de batata-inglesa. A batata andina era talvez a principal garantia alimentar dos ameríndios daqueles tempos. A pimenta, além de conservante junto com o sal, evita odor putrefato e gosto ruim. A mandioca, outro legado importante originário da Amazônia, gera uma série de subprodutos tais como farinha, polvilho, beiju, tapioca, bebidas fermentadas e doces, e foi para a África fazer parte de praticamente todos os pratos dos países africanos. Vale ainda ressaltar as frutas que invadiriam o mercado internacional como abacaxi, caju, maracujá, abacate, mamão. Os pertences do suíno europeu são componentes indispensáveis na deliciosa feijoada brasileira e o famoso chavão “arroz com feijão” define muito bem a cumplicidade do intercâmbio flora e fauna da era da conquista. O milho, planta de origem mexicana, é o cereal de maior relevância na base alimentar e econômica daqueles e destes tempos, pois no grande bojo da

humanidade, alimenta homens e animais que vão alimentar os homens. O anil também foi fundamental nas exportações para a Europa. A utilização como pigmento e o uso medicinal da planta consolidou o consumo. O fruto americano, com a participação mais doce em todos os cantos do planeta, é o amargo cacau. Do México à Amazônia este fruto exótico serviu até como moeda. Era servido para a nobreza e sacerdotes Astecas e Maias, chamado de alimento dos deuses, porém todos que cultivavam o cacau consumiam o fruto em grãos moídos. A índia Doña Marina, amante de Hernán Cortés, dava-lhe a bebida misturada com milho e

19

pimenta. Também era fornecida aos soldados para estimular e retardar a fome. Muitos soldados não suportavam o amargo e misturavam mel, baunilha ou açúcar e foi nos países dos Alpes Suíços que o uso do cacau criou fama, textura e sabor de chocolate (chocolatl – palavra de origem asteca). A conquista do Novo Mundo que, como todas as conquistas, foi sangrenta e cruel - o genocídio indígena, a escravidão dos africanos, a destruição das culturas, a expropriação das riquezas -, deixou marcas tão profundas quanto os abismos das cordilheiras. Mas o feito não foi estéril. Ficou a biodiversidade consolidada e “nosotros”.


Turismo

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

20 1 a 3 Bahiatur

Thinkstock

Bahia

Da Independência, Das belezas naturais e da Diversidade Cultural

1

O melhor da gastronomia tipicamente baiana é vendido nas ruas de Salvador

2

São as fachadas coloridas e cerca de 800 casarões dos séculos 17 e 18, que tornam o Pelourinho Patrimônio Histórico da Humanidade

3

Construído no interior do Forte de Santo Antônio da Barra, o Farol da Barra é considerado um ícone de Salvador

4

Na Praia de Porto de Dunas fica o maior parque aquático da América Latina

Fabiano Bachmann fabianobachmann@cvc.com.br Cento e noventa anos antes dos brasileiros saírem às ruas reivindicando redução de R$ 0,20 no preço do transporte coletivo, passe livre, mais investimentos em saúde e educação e o fim da corrupção, o povo brasileiro da Bahia, com armas em punho, levava a cabo a declaração feita meses antes, pacificamente, pelo Príncipe Regente do Brasil, às margens do Rio Ipiranga em São Paulo e que ficara conhecida como “o grito da independência”: Independência ou Morte! Muito sangue brasileiro e baiano foi derramado para expulsar as tropas portuguesas que insistiam em controlar regiões estratégicas do recém Brasil Independente, mesmo após o “famoso grito” que, na realidade, não garantira ao país muita coisa. D. Pedro I provavelmente se apressou para soltar o grito, presumo, assombrado pelo fantasma com a foice que seu pai, meses antes, pendurara sobre sua cabeça quando o aconselhou, antes de voltar a Portugal: “Pedro, o Brasil, eu temo, vai em breve se separar de Portugal; se isso acontecer, ponha a coroa na tua cabeça, antes que um aventureiro o faça!”. Quando o hino da Bahia sugere que o sol no dia dois de julho brilha mais que no

primeiro, refere-se ao primeiro dia da independência do Brasil, pacífico e oficial, em São Paulo, ao passo que o segundo representa a consolidação da independência na Bahia, após muita luta e mortes, culminando com a expulsão das tropas portuguesas em dois de julho de 1823. A Bahia, além de grande importância histórica para o país, hoje, pautada na sua riqueza e diversidade cultural, e belezas naturais, é um dos principais destinos turísticos do Brasil. Se você pretende conhecer a Bahia, comece por sua capital. Se você viajar em julho, talvez conheça a Festa da Independência da Bahia, ou Desfile do Dois de Julho, que é apenas um dos eventos que atrai turistas ao estado. Na capital bahiana, independente do período do ano que você viaja, um passeio panorâmico histórico com um guia local é obrigatório e lhe permitirá conhecer um pouco mais da história e atrações locais. As vistas do Porto e da Ladeira da Barra dão uma ideia de como será o passeio. Você ainda conhecerá museus, praças, igrejas e o centro histórico de Salvador - o Pelourinho - o mais

Brasil

5 dias / 4 noites

10X

10x sem juros.

R$

Hospedagem

Café da manhã

Traslados de chegada e saída

CVC LAGES

8 dias / 7 noites

86

SEM JUROS

Preço para saída 13/agosto no Hotel Brisa da Praia.

O que a CVC oferece nesses pacotes:

Passagem aérea

94,

10 quilômetros de praias com piscinas naturais, excelentes para as crianças brincarem e observarem os peixes coloridos, as tartarugas do projeto Tamar e as baleias jubarte. Já para a hospedagem você pode optar entre um resort com sistema tudo incluído ou uma aconchegante pousada da região. A Costa do Sauípe, por sua vez, também ao norte de Salvador, é um complexo turístico de quatro mil metros quadrados que concentra quadras poliesportivas, campo de golfe, quadras de tênis, spa, bares, restaurantes e lojas. Todos os tipos de hospedagem, inclusive as pousadas, contam com piscina. Os resorts possuem o sistema tudo incluído. A tirolesa, o pedalinho, o caiaque e as áreas de pesca podem render algumas experiências e recordações incríveis para você e sua família. A Bahia tem dezenas de outros destinos e atrações para oferecer ao turista. Por isso, a sua viagem precisa ser bem planejada, de acordo com seu perfil e seus interesses prioritários. Procure um consultor ou agente de viagens para planejar sua próxima viagem para a Bahia e volte com a mala cheia de lembranças e ótimas recordações. Tenha uma boa viagem!

RECIFE HISTÓRICO

PORTO SEGURO

Viaje com preços imbatíveis em até

Apoio da equipe CVC

importante conjunto da arquitetura colonial dos séculos 17 e 18. As praias de Salvador são uma atração à parte. Vale a pena um passeio pelo Farol da Barra, Ondina, Rio Vermelho, Amaralina, Pituba, Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Armação, Boca do Rio, Piatã e Itapuã. São muitas praias, cada uma com suas peculiaridades e, por isso, recomendo iniciar com passeios guiados pelas praias de Salvador e também ao litoral norte. Certamente você vai querer voltar e passar mais tempo em alguma das praias que conhecer! Mas a Bahia reserva muito mais do que as atrações e pontos turísticos da capital. Para curtir com os amigos, por exemplo, você pode escolher entre Morro de São Paulo e Porto Seguro. Se você prefere apreciar a natureza, que tal considerar Prado, Chapada Diamantina, Abrolhos e Santa Cruz de Cabrália? E se a sua intenção é viajar e aproveitar a Bahia com a família, as sugestões são a Praia do Forte e Costa do Sauípe. A primeira, um pequeno vilarejo ao norte de Salvador, lar de tartarugas marinhas, tem o apelido de “Polinésia Brasileira”. São mais de

Entrada de R$ 220, +

10X

R$

172,

00

SEM JUROS

Preço para saída 10/agosto no Boa Viagem Praia Hotel.

Passeio

Visite nossa loja Via gastronômica Rua Emiliano Ramos, 395 Sala 1

3222-0887 lages@cvc.com.br Horário: Diariamente das 8:30 às 19:00 Sábado das 9:00 às 13:00

GRUPO SAINDO COM GUIA CVC DESDE LAGES

Preços por pessoa em apartamento duplo saindo de Florianópolis. Consulte preços para outras saídas, destinos e hotéis. Recife Histórico: Inclui traslados Lages/Florianópolis/Lages em ônibus exclusivo. Taxas de embarque aeroportuárias já estão incluídas no preço da viagem. Parcelamentos no cartão de crédito com entrada e saldo em 10x iguais ou no boleto bancário com entrada e saldo em 9x iguais. Porto Seguro: Não inclui taxas de embarque. Parcelamentos no cartão de crédito em 10x iguais ou cheque pré-datado e boleto com entrada e saldo em 9x iguais no. A oferta dessa tarifa é limitada e os preços poderão variar sem prévio aviso, de acordo com a disponibilidade no ato da reserva.


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Andrea Bianchini & Mirella Bianchini

21

Evidência

Dicas de Mirella Bianchini Chapéu O chapéu é muito presente nos looks das gringas. Em Londres, por exemplo, é impossível não ver alguém usando por lá, acreditem! É impressionante como acrescenta charme no look. É uma terceira peça e um curinga, mesmo não sendo prático para o nosso dia a dia. E o fato de ser inverno não quer dizer que não pode ser usado, até mesmo com uma botinha que é mais fácil de combinar, pois cai bem na maioria dos looks.

Tênis casual O tênis casual feminino pode ser usado com diversos modelos de roupas, como blusas mais ajustadas ao corpo, blazers, coletes, cardigãs, jaquetas, calças, shorts e até vestidos. Nestes casos, um modelo de tênis casual poderá equilibrar o visual, o deixando mais moderno. Não tem regra para usá-lo, não importa o modelo. Se ele é simples ou chamativo, pode ser com saias estruturadas, shorts e até vestidinhos. Se o modelo for mais monocromático, por exemplo, dá para usar com um jeans mais moderno, uma legging com detalhes e até com shorts.

Hora da girafa Que os animal print não saem do guarda-roupa dos fashionistas, isso todo mundo sabe e há um bom tempo eles continuam despontando nas passarelas pelo mundo, sempre com uma abordagem diferente, ora naturais, ora estilizados, ora max. Desta vez não é a onça ou a zebra que devem reinar e sim a girafa, de acordo com o WGSN. E assim como os demais prints que já foram (ou continuam sendo) tendência, a girafa vai poder aparecer nas passarelas, na moda de rua e também em looks mais sofisticados, bem como em acessórios.

Ana Cristina Nath Garcia sempre de bem com a vida, comemora aniversário esta semana

Ana Paula Nath sempre sorrindo, comemora seu níver esta semana

Fotos Divulgação

Ivo Amarante Junior, de Curitiba

Mônica do Rego Barros Grisolia Mendes, sempre linda e elegante


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Vitrine Cultural

22

Rap de consciência Divulgação

Henrique Beling hbeling@hotmail.com

Música clássica Divulgação

O grupo lageano Lajaika Crew está organizando o evento “Rap para Conscientizar”, com a participação dos grupos Frajola, Jean Mascote e Mc Super Nigga. Será no dia 7 de julho, às 14h30, no Submundo Bar. O valor da entrada é R$ 5 reais inteira. Quem for participar deve levar um quilo de alimento ou um agasalho. As doações serão enregues para a campanha solidária Submundo Bar. É proibida a entrada de bebidas alcoólicas.

Prêmio para as artes visuais Divulgação

A Vivace Camerata apresenta-se domingo, 30 de junho, no Teatro Municipal Marajoara, às 20 horas. O espetáculo beneficente é em prol do Lar Menino Deus. Toda a renda será revertida à entidade.

O grupo de músicos está junto desde maio de 2008. O que antes eram encontros semanais de amigos que se reuniam para fazer música de vários estilos virou coisa séria. E desde então a orquestra acumula apresentações

em eventos importantes como o Brilho de Natal de 2008 e 2009, Teatro de Bolso Sesc Lages, em 2008, 2010 e 2011, e Cine Teatro Luz, em União da Vitória (PR), no ano de 2010, e no Cine Ópera, em Porto União (SC), em 2012.

Divulgação

Theatro São Pedro Entre os dias 27 de junho e 3 de julho as oficinas Poéticas do Corpo e o seminário A Dança Teatral sob Três Olhares serão realizados no Theatro São Pedro, em Porto

Alegre, em comemoração ao aniversário de 155 anos do tradicional espaço da Praça Marechal Deodoro. As oficinas têm parceria da Fundação Nacional de

Artes (Funarte), pelo programa Oficinas de Capacitação Artística e Técnica em Dança / 2013. A participação nas atividades é gratuita.

O Prêmio Marcantonio Vilaça apoia a produção e a difusão de obras de arte destinadas a compor o acervo dos museus brasileiros. Na edição deste ano serão premiados 15 projetos com valores que variam de R$ 70 mil a R$ 300 mil. O total de recursos do Fundo Nacional de Cultura (FNC) destinado a este edital é de R$ 2,9 milhões. O Prêmio Programa Rede Nacional Funarte de Artes Visuais é destinado a projetos de intercâmbio inter-regional que divulguem as artes visuais do país nas mais variadas formas de exibição – seminários, ofici-

nas, performances, instalações, intervenções artísticas, exposições, pesquisas de linguagem e atividades pedagógicas. O programa irá apoiar 22 projetos no setor, com recursos totais de R$ 2,2 milhões. Os editais são destinados a pessoas físicas ou jurídicas de natureza cultural, sem fins lucrativos. Para participar o proponente precisa fazer cadastro no SalicWeb e selecionar a opção Editais de Premiação, Artes Visuais e escolher o edital desejado. As inscrições foram prorrogadas para 11 de julho.


Variedades

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

23

Horóscopo semanal Áries 20/03 a 20/04 O seu signo solar se encontra particularmente envolvido na configuração astrológica atual, pois que a Lua Cheia dessa semana forma um aspecto tenso com seu signo. Esse aspecto potencializa suas emoções e as deixa à flor da pele. Touro 21/04 a 20/05 Esta será uma semana de intensas emoções para o taurino. A conjunção entre seu regente, Vênus, e o planeta Mercúrio, ambos em Câncer, estreitam os relacionamentos íntimos e familiares, onde você colherá as maiores satisfações. Gêmeos 21/05 a 20/06 Agora que o Sol já passou por seu signo e renovou as suas energias com seus benéficos raios, você, geminiano, está mergulhado num mar agitado, onde precisa saber nadar com agilidade e destreza para poder chegar ao seu destino. Câncer 21/06 a 21/07 Com a Lua Cheia desta semana você, canceriano, estará com as emoções à flor da pele e se sentirá emocionalmente estimulado a defender com unhas e dentes a sua intimidade, caso se sinta ameaçado! Leão 22/07 a 22/08 O leonino inicia um período de grande perturbação que poderá afetar seu bem-estar emocional e também físico. Mesmo se suas preocupações se concentram no âmbito profissional, as solicitações familiares precisarão também de muito empenho de sua parte. Virgem 23/08 a 22/09 O virginiano ainda não terminou seu período de provações, mas este período difícil servirá para fortalecer ainda mais seu caráter e o fará alcançar suas metas em breve tempo. Por esta razão e apesar dos obstáculos, você deve continuar com empenho.

Libra 23/09 a 22/10 O libriano está envolvido na atual configuração astrológica por quadratura, por isso podem acontecer algumas tensões estressantes em sua vida, especialmente porque você estará enfrentando situações limites que poderão escapar de seu controle. Escorpião 23/10 a 21/11 Negociações benéficas e amo escorpiniano está empenhado na luta corpo a corpo para derrubar as ultimas barreias que se interpõem entre ele e seu objetivo. Os colegas de trabalho devem apoiar seu empenho, mas também podem invejá-lo, não baixe a guarda e não alardeie suas conquistas. Sagitário 22/11 a 21/12 O sagitariano terá que enfrentar grandes tensões emocionais durante esta semana e será difícil ele manter a necessária calma para poder solucionar todos os desafios que a vida lhe apresenta! Capricórnio 22/12 a 21/01 Sua força de vontade nunca esteve mais testada como agora que Plutão, em seu signo, é desafiado pela quadratura de Urano. Você precisa de muita criatividade para driblar todos os obstáculos e conseguir alcançar suas metas. Aquário 21/01 a 18/02 O aquariano está sendo desafiado pelo destino, mas com tenacidade alcançará seus objetivos. Porém, nesse momento, você precisa de muita paciência e não deve, de maneira alguma, enfrentar o touro com as mãos: você acabara derrotado! Peixes 19/02 a 19/03 O pisciano consegue neste momento uma visão interior que é quase uma inspiração, graças ao trânsito de Netuno em seu signo. Esta presença o guia em suas decisões ajudando-o em seu dia a dia, e é por causa disso que seu caminho parece estar mais tranquilo e ameno.

Somos todos um

http://somostodosum.ig.com.


Utilidade Pública

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

24

(Perguntas ou sugestões enviem um e-mail para a Redação ou para cleber.s.borges@hotmail.com, ou visite o blog www.clebinho-oazedo.blogspot.com.br)

Cleber de Souza Borges Tenente Coronel PM

A segurança pública é um problema, mas você possui a solução - Filhos Todos nós sabemos que em muitos momentos há inúmeras razões para nos preocuparmos com a segurança de nossos filhos. A violência faz parte de todas as culturas, porque faz parte da natureza humana, apesar de assumir formas diferentes em cada lugar. Alguns dos riscos que as crianças correm são universais. Conhecê-los, e a forma de preveni-los e enfrentá-los, lhes dará instrumentos para garantir a segurança de seus filhos e a sua própria tranquilidade. Algumas dicas ajudam a prevenção de modo geral, pela conduta positiva que trazem. Vejamos: - Ouça com atenção. Por mais estranhas que possam ser as confissões feitas pelas crianças, devem ser ouvidas. Tente perceber o que é ou não coerente, mas fique atento a qualquer conversa fora do normal. - Ensine-os a rejeitar determi-

nados tipos de comportamentos. Nomeadamente, não aceitar falar com estranhos, recusar beijar, abraçar ou sentar no colo de desconhecidos, ou permitir atos de intimidade, mesmo que seja com familiares. - Ensine-os a dizer “não, obrigado”. Aconselhe as crianças e os jovens a recusarem entrar em automóveis desconhecidos (independentemente do pretexto), a não aceitarem guloseimas ou dinheiro oferecidos por desconhecidos. - Atenção aos atos de violência. Os pais devem estar atentos ao padrão de comportamento dos filhos. Atitudes como maior isolamento, agressividade, baixo rendimento escolar, devem ser conversadas com os filhos. A ajuda de um psicólogo pode ser elementar. -Se necessário, tome medidas. Se forem confrontados com denún-

cias graves, os pais têm o dever de avisar de imediato às autoridades e formalizar uma queixa-crime. Só assim se poderá abrir uma investigação. Segurança nas escolas Cabe aos pais e professores orientarem filhos e alunos a se protegerem corretamente, uma vez que é impossível estar com eles o tempo todo. O diálogo é essencial. Veja algumas recomendações: - Evite que seu filho pequeno vá para a escola sozinho. A companhia de um adulto é sempre necessária. - Quando for levar seu filho à escola, entregue-o somente ao monitor da escola na entrada. Caso utilize de serviço de transporte, informe-se muito bem sobre o condutor, pegando informações com outros pais e professores da escola.

- Sempre oriente seu filho a andar em grupo em qualquer trajeto e longas caminhadas. Nunca andar sozinho em locais isolados próximos à escola. - Toda criança deve saber seu endereço, telefone, nome dos pais ou responsáveis, ou de quem vai buscá-la na escola. Segurança no carro Lugar de criança é no banco de trás e na cadeirinha. A Resolução nº 277, de 28 de maio de 2008, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), conhecida como Lei da Cadeirinha, obriga o uso de dispositivos de retenção para o transporte de crianças em veículos. De acordo com a medida, crianças até 12 meses devem ser transportados no bebê-conforto. De um a quatro anos, devem viajar

em cadeirinhas. Já entre quatro e sete anos e meio, o ideal é que utilizem o booster -- assento elevatório. O cinto de segurança do veículo deverá ser usado por aquelas com idade superior a sete anos e meio e igual ou inferior a 10 anos. O descumprimento da norma prevê multa gravíssima de R$ 191,54, além da perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e retenção do veículo até que o assento seja colocado. A importância da cadeirinha está demonstrada nas estatísticas. De setembro de 2009 a agosto de 2010, o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde notificou a morte de 296 crianças nessa faixa etária. Entre setembro de 2010 e agosto de 2011, o número caiu para 227. Houve queda de 15% em comparação a média dos cinco anos anteriores.


Polícia

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Área de preservação é desmatada

25

(49) 3224-8368 (49) 9106-5620

Divulgação

Av. Carah, (Esq. com Benjamim Constant), Copacabana - Lages/SC

Maior parte das madeiras provenientes de araucárias haviam sido vendidas

A Polícia Militar Ambiental de Lages encontrou na Localidade de São João das Palmeiras, no interior de São José do Cerrito, um desmatamento de araucárias. Foi averiguado um corte seletivo

de 75 árvores em uma área de 1,62 hectares, sendo que 0,91 hectares de desmatamento foi em área de preservação permanente (APP). O proprietário já tinha vendido a maior parte das

madeiras. A polícia encontrou o local por meio de denúncia anônima. O proprietário foi autuado em R$ 18 mil e vai responder processo administrativo e criminal.

Ford KA - 2003 R$ 13.500

Celta - 2003 R$ 15.000

Pampa - 2004 R$ 9.000

Astra Ret - 1999 R$ 18.500

BMW 320I - 2005 R$ 55.000

Golf AP - 1996 Nacional Completo R$ 10.000

Uno - 2008 R$ 17.500

Uno 4P - 1996 R$ 8.000

Gol MI - 2003 R$ 14.000

Omega 4.1 - 1998 R$ 14.500

Vectra CLS - 1997 R$ 13.000

Moto Kawasaki Ninja 2001 - R$ 22.000

Polícia recebe veículo para trabalhar Divulgação

Procurador Jaime Perottoni, delegada Luciana Rodermel e juíza Andrea Bunn, na entrega do carro

A Polícia Civil de Lages, através da 8ª Delegacia Regional de Polícia, recebeu doação da

Justiça do Trabalho e Procuradoria do Trabalho da Comarca de Lages, em decorrência de acordo

judicial, um veículo Renault Duster Dynamique 2.0 4X4, ano e modelo 2013, para uso nas atividades policiais. A entrega foi feita na sexta-feira, 21 e junho, para a delegada Regional Luciana Rodermel, pela juíza do Trabalho, Andrea Cristina de Souza Haus Bunn, e pelo procurador do Trabalho, Jaime Roque Perottoni. O ato de entrega contou com a presença de policiais civis, ocasião em que a delegada Luciana agradeceu o gesto descrevendo a grande ajuda que este veículo trará aos serviços da Polícia Civil da região.

Morre mulher atropelada na faixa

Supletivo Expressão Termine seus estudos de forma rápida e com qualidade

fone: (49) 3225-4088 Uma mulher foi atropelada e morta na av. Dom Pedro II, em Lages, às 12h20min de terça, 25 de junho. Ela tentou fazer a travessia pela faixa de pedestres no momento do acidente. Com o impacto, o corpo foi arremessado cerca de 20 metros. Segundo a Polícia Militar, Leonora Siqueira da Costa, 28 anos, funcionária de uma malharia, havia saído da empresa para ir até a padaria quando

foi atravessar a faixa. O ex-deputado Sergio Godinho, motorista que trafegava pelo local, parou para que ela atravessasse, porém o carro da outra pista, em alta velocidade, não fez o mesmo. O veículo dirigido por Irineu Antunes Raiths, 25 anos, se arrastou por cerca de 40 metros depois da batida. Moradores da região disseram que não é a primeira vez que acontece esse tipo de aci-

dente no local e pedem que seja ligado o redutor de velocidade da via. O motorista que estava com a Carteira Nacional de Habilitação vencida foi preso e soto por falta de elementos que justificassem a prisão. Irineu vai responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Por volta das 19h do mesmo dia, moradores amigos reuniram-se para clamar por justiça.

APRESENTANDO ESTE CUPOM A MATRÍCULA É DE GRAÇA


Esporte

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Maracanã vira palco do futebol Erica Ramalho/ Governo do Rio de Janeiro

Torcida viverá no estádio emoções semelhantes às da final de 1950

Depois de uma vitória suada contra o Uruguai, na quarta feira, 26 de junho, por 2 x 1, com gols de Fred e Paulinho, no Mineirão, o Brasil carimbou o passaporte para a final da Copa das Confederações, que ocorrerá domingo, 30, no novo Maracanã. O Brasil, não só está na final como também, sob o comando de Felipão, recuperou a autoestima da seleção quee voltou a ser considerada uma das grandes favoritas a campeã do Mundo da Copa 2014.

Com uma base jovem e talentosa, e com a volta do futebol do craque Neymar, o Brasil foi exemplar em toda a primeira fase da competição, com três vitórias - 3 x 0 Japão, 2 x 0 México e 4 x 2 Itália. Em meio a manifestações de todas as ordens, em todo o Brasil, contra a corrupção, maus investimentos , descasos com a educação e saúde, entre outros, por parte do governo, a seleção postou-se de forma madura e os jogadores expressaram sentimentos solidários

a uma nação cansada de calotes e promessas com o profissionalismo e alegria do verdadeiro futebol brasileiro. Domingo, no Rio de Janeiro, naquele que já foi considerado o maior estádio do mundo, o Brasil terá uma grande chance de apagar da memória a fatídica final de 1950 entre Brasil x Uruguai, onde foi registrado o maior público de futebol até hoje, 199.854 pessoas, que se calou ao gol do atacante Ghiggia, aos 34 do segundo tempo

Decisão é entre Brasil e Espanha Tânia Rêgo / ABr

Final da Copa das Confederações deve levar 70 mil torcedores ao estádio

No domingo, 30 de junho, América do Sul e Europa brigam pelo título da Copa das Confederações. Os dois continentes sempre domi-

naram os gramados do mundo. De um lado o Brasil, ganhador de cinco copas do mundo, resgata toda a magia do país do futebol . Do ou-

tro, a sensação dos últimos cinco anos, a Espanha, campeã de duas Eurocopas, e Campeã do mundo em 2010, tenta conquistar a taça do campeonato de 2013. No gramado a torcida poderá ver um desfile de dois grandes craques do atual futebol: Iniesta e Neymar, futuros companheiros de equipe no poderoso Barcelona. A equipe brasileira, segundo Felipão já encontrou um estilo de jogo definido. A Espanha também vem sendo considerada uma seleção de toque de bola rápido e consciente. A disputa pela taça será com um futebol aberto e dinâmico, de jogadas de encantar os mais de 70 mil espectadores do Maracanã e mais de 200 milhões de brasileiros que estão com o nó na garganta para soltar o grito de gol.

26


Esporte

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Maxi analisa jogos do Grêmio Hector Werlang/Globoesporte.com

Maxi Rodríguez treina em intertemporada do Grêmio

É trabalhando dentro e fora de campo que Maxi Rodríguez pretende fazer sucesso no Grêmio. Além da preparação física especial e do começo dos treinos com o grupo, o uruguaio adotou a tática de analisar

vídeos de jogos passados para, ao conhecer a maneira de o time atuar, apressar a adaptação. Identificou ser necessário agregar ao futebol de força, característico do seu país, a qualidade técnica de ter a ‘bola no

pé’ para servir os atacantes. Maxi, contratado em 10 de maio, já era jogador do Grêmio enquanto os companheiros atuaram em seis partidas: uma pela Libertadores, cinco do Brasileirão. Para ele o time é muito bom e o futebol brasileiro é parecido com o uruguaio. “A principal diferença é que aqui os jogadores são mais técnicos”, diz. Dar assistências, aliás, deixa o jogador tão feliz quanto marcar gol – foram seis no último campeonato uruguaio pelo Montevideo Wanderes, no qual acabou eleito o melhor da posição pelo jornal El Observador. “Penso que os atacantes precisam estar felizes”, afirma. “Se eles fizerem gols e estiverem bem, eu também estarei”. O primeiro jogo do Grêmio na retomada do Nacional é dia 6 de julho contra o Atlético-PR.

Dunga arma meio-campo com três volantes http://sportv.globo.com

Ygor e Josimar estiveram entre os titulares, junto com Williams, na defesa

Novidades no Inter. O primeiro coletivo do grupo de Dunga durante o recesso no Brasileirão apresentou mudanças na equipe. O lateral Ednei e os volantes Ygor e Josimar estiveram entre os titulares. A dupla de marcadores, aliás, se juntou a Willians, num novo trio de proteção à defesa que também reservou alterações: como Rodrigo Moledo foi negociado com o Metalist, da Ucrânia, Índio, que já tinha atuado no empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, parece ter conquistado o lugar para compor a dupla com Juan, em detrimento de Ronaldo Alves,

outro postulante. O lateral Gabriel se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda, assim Ednei será o seu substituto. E o jogador de 27 anos mostrou as credenciais que o fizeram ser eleito o melhor da posição no Gauchão, pelo Veranópolis. Apresentou-se ao ataque, trocou passes com D’Alessandro, mandou uma bola no travessão e ainda obrigou Agenor a fazer uma complicada defesa em uma cobrança de falta. No meio, mais mudanças. Airton, contestado por parte da torcida, perdeu a posição para

Ygor, destaque em 2012, mas que recebeu poucas oportunidades na temporada. A negociação de Fred ao Shakhtar Donestk, do mesmo país do Metalist, abriu espaço para Josimar, compondo assim o setor com três volantes - Willians continua entre os 11. Otávio e D’Alessandro tinham a incumbência de municiar Rafael Moura, mas Otávio ficava mais livre à frente. Durante a segunda parte do exercício, Dunga promoveu mais alterações. Fabrício deu lugar a Kleber, enquanto Jorge Henrique ganhou a vaga de Willians.

27


Esporte

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Alterada forma de disputa do Estadual Divulgação

28

CA Esportes Por Celso Aurélio

100% de aproveitamento Marcos Reis, técnico da equipe Ki-Bola Futsal Sub 17, tem todos o motivos para esta feliz com a equipe. O time tem 100% de aproveitamento na competição até aqui, vitórias convincentes e está cotado entre os favoritos para conquistar

o título. Fruto de um trabalho sério, bem planejado e, acima de tudo, dentro de um ideal. O time da Ki-bola merece cada vez mais destaque no cenário regional e estadual. Pensemos nisso enquanto é tempo.

Sub-15 Somente um time não compareceu à reunião que definiu as regras da competição

Na terça-feira, 25 de junho, aconteceu na sede da Federação Catarinense de Futebol a terceira e definitiva reunião do Conselho Técnico do Campeonato Catarinense de Divisão de Acesso 2013. A reunião foi convocada pelo Presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Pádua Peixoto Filho, atendendo solicitação dos clubes, já que duas agremiações haviam saído da disputa. Representantes de clubes que disputarão a competição estiveram presentes na reunião. Apenas a Associação Maga, de Indaial, não compareceu.

Os clubes decidiram, de forma unânime, pela inclusão do Oeste Futebol Clube, que compareceu nas três reuniões e está confirmado na competição, por decisão dos membros do Conselho Técnico. Em seguida, o presidente da FCF colocou em votação a nova forma de disputa. Os clubes apresentaram duas hipóteses. Ambas seriam em pontos corridos, em turno e returno, com os campeões decidindo o título em confronto eliminatório, e dois jogos, de ida e volta. Porém, a primeira proposta, do Navegantes EC, inseria um

confronto eliminatório ao final de cada fase, que seria disputada entre os dois melhores colocados na respectiva etapa. Já na segunda proposta, do Pinheiros, não haveria os confrontos ao final do turno e returno. A primeira proposta, com a decisão de turno e returno, foi aprovada por cinco votos contra três. A competição inicia no dia 4 de agosto e termina dia 1º de dezembro. O Departamento de Competições da FCF irá emitir, nos próximos dias, os documentos oficiais da competição.

Neste final de semana a equipe sub- 15 do caça e Tiro Borba Gato Honolulu joga pelo campeonato Estadual da categoria aqui em Lages. Os

adversários são: Apama de Blumenau, Braço do Norte e Ibirama. As partidas acontecem no Ginásio de esportes do Sesi.

Em Foco Celso Aurélio

O Jogador Gustavo foi o destaque na artilharia da equipe da Ki-bola na rodada do final de semana do Sub-17. Ele marcou gols na rodada para a equipe Azurra.

Jogos da primeira rodada Pinheiros x Curitibanos, Jaraguá x Navegantes, Barra x Oeste Internacional x Blumenau Folga: Maga.

Valeu galera, até aproxima edição.


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

29


Esporte

Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

30

Copa de Xadrez acontece sábado no Bom Jesus Celso Aurélio

A competição ocorre em diversas faixas etárias

O Colégio Bom Jesus irá sediar a segunda etapa do Circuito Lageano de Xadrez 2013. A competição, intitulada Copa Bom Jesus de Xadrez, será no sábado, 29 de junho, a partir das 13h. O encerramento está previsto para as 18h. As inscrições são gratuitas e abertas à comunidade, no próprio local dos jogos. Os melhores colocados nas categorias Sub 8, 10, 12, 14, 16, adulto, veterano e ParaJasc receberão troféus e medalhas, tanto no masculino quanto no feminino. A com-

petição é uma realização do Lages Xadrez Clube e Colégio Bom Jesus, com apoio da Fundação Municipal de Esportes e Redosul Brindes. Para a Coordenadora de Educação Física do Bom Jesus, Andreia Borssatto, poder receber a comunidade lageana e abrir as portas da instituição é uma das funções do projeto educacional do colégio que, inserido cada vez mais na comunidade, pode contribuir para sua melhoria: “O esporte educa, trabalha valores e desenvolve virtudes e nossa missão

é de promover essas práticas na escola”, destaca. Segundo o Técnico da equipe Lages Xadrez Clube/FME, o Mestre Nacional Marco Cordeiro, o Circuito Lageano vem atraindo cada vez mais inscritos e isso deve-se ao trabalho que a cidade desempenha nessa área. “Nossos professores e escolas estão cada vez mais convencidos da importância pedagógica do xadrez aos jovens e adolescentes”, afirma. “É uma cultura que estamos implantando e com sucesso”.

Definido campeão do Futsuíço do Sindserv Ki-bola é favorita a título Celso Aurélio

No sábado, 22 de junho, aconteceu a final do campeonato de Futsal dos Servidores Públicos Municipais de Lages (Sindserv). A competição foi uma promoção do Sindicato da categoria e levou um bom número de pessoas para prestigiar o evento. A equipe lageana está cotada entre as favoritas ao título Classificação final da competição Campeão: União Vice: Educação 3º lugar: Diretran 4º lugar: Entre Amigos

Equipe União é a campeã dos jogos de 2013

A equipe de Futsal sub-17 da Ki-bola jogou no ginásio de Esportes Jones Minosso, em Lages, pelo Campeonato Estadual. O time manteve 100% de aproveitamento na competição ao vencer os três adversários. Marcou 21 gols e sofreu 4. O time da AERK venceu Pinhal-

zinho por 9x0, Cunha Porã por 8x1 e, em uma partida equilibrada, venceu o Futsal Seara por 4x3. O artilheiro da equipe nesta fase foi o jogador Gustavo, que marcou oito gols. A equipe aguarda a nova tabela a ser divulgada pela Federação Catarinense, que está fazendo o ranking da competição.


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

31

Vitrine do Pakinha marcelopakinha@vitrinelageana.com.br

Festa do Aldimor Coliseu no Club Caça e Tiro

Adriana Tridapalli com os pais, Clovis Antunes Ávila e Maria Madalena Batalha Ávila

Arraiá da Flex Academia

Proprietários da Daico, Carla Broering e João

Aniversariante Isadora com os pais, Max Marim e Daiane

Gean Guedes interagindo com as crianças

Visita do Jornal Vitrine ao grande amigo Juarez Mattos, diretor da SDR

Aniversário do Charlão

Visita do Jornal Vitrine ao amigão Gabriel Ribeiro, secretário da SDR

Lançamento do livro Contabilidade Ambiental, de Cristina Keiko Yamaguchi


Lages, 28 de junho de 2013 - Ano 3

Previsão do tempo

REAIS

SALVADOR

JOÃO PESSOA

10X SEM JUROS

59,

À vista R$ 590.

REAIS

4 dias - Saídas diárias A PARTIR DE

4 dias - Saídas diárias

10X SEM JUROS

63,

À vista R$ 630.

REAIS

Passagem aérea + 3 diárias no hotel Bahiamar com café.

Passagem aérea + 3 diárias no Lagoa Park Hotel com café.

NATAL

MACEIÓ

4 dias - Saídas diárias

10X SEM JUROS

65,

REAIS

Passagem aérea + 3 diárias no Natal Praia Hotel com café.

4 dias - Saídas diárias

10X SEM JUROS

65,

À vista R$ 650.

REAIS

Passagem aérea + 3 diárias na pousada Mahon Mar com café.

A PARTIR DE

52,

À vista R$ 520.

3 dias - Saídas diárias

10X SEM JUROS

55,

À vista R$ 550.

REAIS

Passagem aérea + 2 diárias no hotel Pouso Real com café.

FORTALEZA

4 dias - Saídas diárias A PARTIR DE

A PARTIR DE

A PARTIR DE

SEM JUROS

Passagem aérea + 3 diárias no Araruama Praia Hotel com café.

À vista R$ 650.

Aproveite, tem oferta para viajar para todo o Brasil

REAIS

10X

RIO DE JANEIRO

10X SEM JUROS

63,

À vista R$ 630.

REAIS

Passagem aérea + 3 diárias no Boreas Apart Hotel com café.

PORTO DE GALINHAS

4 dias - Saídas diárias A PARTIR DE

EXCLUSIVO: só na CVC você pode parcelar em até 10 vezes iguais sem juros no boleto. Assim, o limite do seu cartão de crédito fica livre pra você gastar durante a viagem.

49,

4 dias - Saídas diárias

A PARTIR DE

NA CVC A PASSAGEM AÉREA ESTÁ MUITO BARATA PARA VOCÊ VOAR DE GOL PARA TODO O BRASIL

SEM JUROS

ARACAJU

Passagem aérea + 3 diárias no hotel Riverside Farol com café.

A PARTIR DE

VOANDO

10X

À vista R$ 490.

A PARTIR DE

PROMOÇÃO GOL CVC

PORTO SEGURO

4 dias - Saídas diárias

32

10X SEM JUROS

72,

À vista R$ 720.

REAIS

Passagem aérea + 3 diárias na pousada Lusitana com café.

Prezado cliente: os preços são publicados por pessoa, com hospedagem em apartamento duplo para saídas de Florianópolis. Preços, datas de saída e condições de pagamento sujeitos a reajuste e disponibilidade. Condições de pagamento com parcelamento 1+9 vezes sem juros no boleto bancário ou 0+10 vezes sem juros no cartão de crédito. Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços e deverão ser pagas por todos os passageiros. Ofertas válidas até um dia após a publicação deste anúncio. Promoção CVC voando GOL válida para compras de 25 a 29/junho com embarques de junho até novembro. Preços anunciados para saída 1º/outubro. Consulte inclusões e roteiros detalhados com nossos vendedores.

VÁ ATÉ UMA LOJA CVC, TEM SEMPRE UMA PERTO DE VOCÊ, OU FALE COM UM AGENTE DE VIAGENS CREDENCIADO CVC. ARARANGUÁ.............................................(48) 3527-1717 BALNEÁRIO CAMBORIÚ ..................(47) 3405-6444 BLUMENAU ..............................................(47) 2102-5050 CHAPECÓ ..................................................(49) 3312-3700 CRICIÚMA................................................. (48) 2101-0303

FLORIANÓPOLIS BEIRAMAR SHOPPING ........................(48) 2108-2525 SHOPPING IGUATEMI .........................(48) 2108-6464 OSMAR CUNHA - CENTRO..............(48) 3202-9999 ITAJAÍ.......................................................... (47) 3046-3010

JOINVILLE GARTEN SHOPPING. ............................(47) 3043-9166 SHOPPING MUELLER.............................(47) 2101-1515 LAGES..........................................................(49) 3222-0887 RIO DO SUL ............................................. (47) 3521-2686

SÃO JOSÉ SHOPPING ITAGUAÇU....................... (48) 3202-8080 CONTINENTE PARK SHOPPING .... (48) 3094-9166 TUBARÃO.................................................. (48) 3052-3102

Edição 85  

A edição desta semana está repleta de boas informações para você. Aproveite para ficar bem informado.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you