Issuu on Google+

Ano 3 - Edição de -Maio Lages,81 31 -deLages, Maio de31 2013 Ano 3 de 2013

R$ 2,00

Zé Rabello / Divulgação

Lages tem mais três dias de Festa

Festa Nacional do Pinhão termina domingo. Até lá, lageanos e turitas ainda tem muito o que aproveitar | PG 06

10

Cidade

14

Sesc prepara uma semana de música e teatro Kiran

Educação

Programa mantém crianças na escola em tempo integral LOJA EXCLUSIVA

CVC LAGES

Marcelo Vieira (Pakinha)

Rua Emiliano Ramos, 395 Sala 1

CONFIRA NOSSA PROGRAMAÇÃO

3222-0887 lages@cvc.com.br


Opinião

Opinião do Leitor A política mais inteligente No livro “É urgente reeducar!”, escrevi: O Ecumenismo da Fraternidade será a razão de ser das criaturas humanas no transcurso do Terceiro Milênio. É uma questão de progresso (e de sobrevivência), no qual, de certa forma, acreditou boa parte de gerações e gerações que nos antecederam. Se assim não cressem e não agissem, onde estaríamos hoje? Talvez na era da pedra lascada!... O Amor não é degradação de corpos nem de mentes, e sim a Força de Deus, da Sabedoria Suprema em nós, ou lá como pensem os Irmãos ateus acerca dos assuntos mais elevados. Amar é um ato de coragem. Foi o exemplo que nos ofereceu Jesus. É a política mais inteligente que um indivíduo pode conceber. Ela contempla ainda o correto entendimento do axioma de Confúcio (551-479 a.C.): “Paga-se a Bondade com a Bondade, e o mal com a Justiça”. Ou seja, é imperioso ter bom senso. A providência de educar, reeducar, instruir, espiritualizar no caminho da paz, resultante da confraternidade das numerosas culturas que compõem a civilização que, em si mesma, é una, planetária. (E não esqueçamos jamais que a nossa existência não é unicamente física, porquanto começa no céu, ou mundo espiritual, antes

de sermos carne.) Do contrário, o que poderá vir a abater-se sobre a Terra será o doloroso inverso do amor, a exemplo desse ecocídio que provocamos por aí. Pois, na verdade, já que fazemos indissociável parte do esquema planetário de sobrevivência, estamos, então, cuidando, com contumácia, de nossa automatança coletiva. Talvez, ao descrever “A Grande Tribulação” (Evangelho segundo Mateus, 24:3 a 28; Marcos, 13:3 a 23; e Lucas, 21:7 a 24), Jesus esteja narrando a consequência desse esforço humano colérico. Diante disso, é flagrantemente necessário espiritualizar, dentro do Ecumenismo dos Corações, as pessoas. Somente assim, e com perseverança, os diversos segmentos da sociedade passarão a viver em harmonia, demore o tempo que for preciso até que isso venha a ocorrer. Cabe aqui, perfeitamente, este raciocínio profundo de Abraão Lincoln (1809-1865), que se encontrava exposto no gabinete de Alziro Zarur, na antiga Rádio Mundial, no Rio de Janeiro (RJ), Brasil, naquele tempo, de 1956 a 1966, Emissora da Boa Vontade: “O homem que se decide a parar até que as coisas melhorem verificará, mais tarde, que aquele que não parou e colaborou com o tempo estará tão adiante que jamais poderá ser alcançado”.

Nossa Opinião A prefeitura de Lages teve uma ideia simples, porém interessante para a 25ª Festa Nacional do Pinhão: o passeio de Bondinho pelos principais pontos turísticos da cidade. A oportunidade de poder conhecer a história de um lugar, contada por um guia turístico, é uma das formas mais interessantes de se conhecer o município que se está visitando. É dinâmico, confortável e prazeroso. Não é a toa que cidades como Buenos Aires, na Argentina, ou Londres, na Inglaterra, para citar algumas, usam os ônibus, sistemas de som com gravações em diversas línguas ou guias turísticos para permitir aos

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3 Espaço reservado à opinião de nossos leitores. Caso você queira também se expressar, nos envie um email com sua opinião ou sugestão para:

redacao@vitrinelageana.com.br

E quando digo seres espiritualizados, quero reiterar: revestidos do Amor Fraterno, que a humanidade precisa viver, também politicamente, com urgência. Como escreveu José Bonifácio (1763-1838), o patriarca da independência brasileira: “A sã política é filha da moral e da razão”. Assim é a ação religiosa e política do Ecumenismo dos Corações, aquele que levanta o caído; que não se precipita ante as ilusões das contendas filosóficas, quando estas ocorrem apenas pelo prazer de discutir assuntos, sem levar em conta o que padece à beira do caminho. Ele não se influencia pelas lucubrações do intelecto quando arrogante. Pelo contrário. Ilumina-o incansavelmente toda vez que é convocado a manifestar sua qualidade excelsa. Desconhece os ódios, isto é, não os vive nem os dissemina. É Amor Fraterno, que promove a Estratégia da Sobrevivência, que espiritualiza a economia e a disciplina. (...) É o Ecumenismo Irrestrito.

Preços justos Os preços cobrados pelo setor de turismo, considerados elevados em relação a outros países, ainda preocupam as autoridades brasileiras. De acordo com o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para que o Brasil aproveite o impulso proporcionado pelos eventos esportivos dos próximos anos e se consolide

como importante destino turístico mundial é fundamental que o empresariado se conscientize sobre a importância de cobrar preços justos, especialmente em relação às hospedagens. Em tempos de Festa do Pinhão, é melhor os gestores do turismo local se preocuparem com a mesma coisa.

Isentos de inscrição Mais de 65% dos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão isentos da taxa de inscriç ã o . D e a c o rd o c á l c u l o s feitos pela Agência Brasil, com base nos números divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), mais de 5,2 milhões de candidatos não terão de pagar a taxa. A isenção vale para estud antes concluintes do

ensino médio em escolas públicas ou que têm renda mensal per capita inferior a um salário mínimo e meio. Das 7,8 milhões de inscrições, 395 mil foram pagas e pouco mais de dois milhões ainda aguardam pagamento. A inscrição só é confirmada após o pagamento. É uma forma de impulsionar a educação, mas não é a única.

Despreparo dos recém-formados José de Paiva Netto é jornalista, radialista e escritor paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Uma boa ideia para o turismo

visitantes conhecer o lugar por que passeiam. Lages é uma cidade que tem muitas coisas bonitas para mostrar, mas que às vezes ficam escondidas pela falta de cuidado com a preservação ou de interesse em exibi-las, abrir as portas para quem está realmente interessado em um passeio completo, inclusive cultural. É uma pena que a iniciativa perdure somente durante a Festa do Pinhão e que depois, tudo volte a ser como era antes. A cidade que é para ser polo da Serra Catarinense merece o carinho de ter seus locais históricos, tombados e exuberantes visitados para serem guardados na memória das pesso-

02

as, tanto quanto nas das câmeras fotográficas. É uma maneira de encantar o turista. De fazer com que ele se sinta acolhido a ponto de deslumbrar-se e contar a boa experiência que teve para os familiares, amigos e conhecidos que ainda não conhecem Lages ou a Serra Catarinense para que se sintam atraídos para também visitar uma região não só ou apenas no frio, mas em outras épocas, por saber que há atrativos o ano todo e sempre especialmente pensado para eles. Não deve ser tão difícil assim. Ainda mais se pensarmos que toda conquista na vida exige que alguém dê o primeiro passo.

Uma pesquisa sobre educação para o mercado de trabalho, abrangendo nove países, indicou que quase 40% dos empregadores ouvidos apontam a falta de competência como o principal motivo para que vagas destinadas a recém-formados deixem de ser preenchidas. A pesquisa Educação para o Trabalho: Desenhando um Sistema que Funcione, foi apresentada pela consultoria McKinsey & Company.

Enquanto quase metade dos empregadores avalia que os recém-formados não estão bem preparados para cargos do nível iniciante, as instituições de ensino têm percepção mais otimista. De acordo com a pesquisa, 72% delas acreditam que os recém-formados estão prontos para trabalhar. Entre os que terminam os estudos, 45% acreditam que estão adequadamente preparados. Mas será que estão mesmo?


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

03

Ruy Sardá Behling Economista

Pequenos, porém grandes Dizia uma propaganda dos postos Atalantic: “Quem não é o maior, tem que ser o melhor”. E há quem cumpra rigorosamente esta assertiva. Hoje vou me deter em apenas três países europeus de pequenas dimensões territoriais, mas que são enormes na sua produção, produtividade e riqueza. Trata-se da Bélgica, Países Baixos e Suíça, que dispõem de apenas 30.513, 33.612 e 41.288 quilômetros quadrados de extensão territorial, respectivamente. Bélgica Três quintos do território belga são cultivados. O cultivo de flores ocupa 17% da produção agrícola. A pecuária também é uma das suas grandes riquezas. O trigo é a principal colheita, seguido de aveia, cevada e arroz. A batata e a beterraba ocupam também papel de destaque. (Fiquei impressionado, quando visitei oito países da Europa, em outubro de 2012, com o enorme consumo de batata inglesa. Para eles, os europeus, a batatinha é como para os brasileiros, o arroz, prato de todos os dias. No primeiro restaurante que fui em Paris, lá estava presente a batata inglesa. Nos difíceis tempos da Segunda Grande Guerra

Mundial, pejorativamente, os descendentes de alemães eram tachados de “alemão batata”.) A Bélgica é um dos países mais industrializados do mundo. Seu comércio exterior é praticado principalmente com a França, Alemanha, Itália, Luxemburgo e Países Baixos, seus ricos vizinhos. Cerca de 85% das importações consiste em matérias-primas e gêneros alimentícios. As exportações abrangem produtos manufaturados, hulha, coque, óleo refinado e gêneros alimentícios. A rede ferroviária belga (Societé Nacionale dês Chemins de Fers Belges) é uma das mais densas do mundo, enquanto o sistema rodoviário coloca-se entre os de mais elevado padrão na Europa. De imensa importância são suas vias de navegação interna, representadas pelos canais, como o de Alberto, o maior deles, que liga Antuérpia a Liège. (Em Bruges, cidade medieval, eu pude presenciar o início de uma filmagem de um filme épico.) Países Baixos Talvez seja o país mais denso da Europa. Agricultura e Pecuária – O progresso da agricultura holandesa deve-se mais à técnica avançada que à fertilidade do solo.

Cerca de 70% da área do país são ocupados por fazendas e horticulturas. Além de cereais (trigo, cevada, centeio e aveia), produz ainda beterraba, batata, linho, sementes olioginosas e cominho. Mais da metade do solo holandês é coberto de pastagens. Os rebanhos de gado destinam-se principalmente à produção de leite e de seus derivados. Sua produtividade é fator preponderante. É preciso controlar sua produção de queijo, pois se faz necessário observar o excedente para exportação, face ao rigoroso controle da sua cota de exportação para os países da União Européia, objetivando a não concorrência e também para não inf lacionar o mercado. A pesca de alto-mar desempenha importante papel na economia holandesa. O arenque é um dos peixes mais apreciados, além do linguado, bacalhau e cavala. A pesca costeira concentra-se nos mexilhões, ostras e camarões. Apesar de não possuir minérios, os Países Baixos conseguiram instalar sua indústria metalúrgica com matéria-prima importada, mantendo importantes setores, como a da construção de navios, maquinarias, aparelhos domésticos e veículos automotores. O setor têxtil é bastante desenvolvido (algodão, lã, rayon) e concentra-se

em Amsterdam. O comércio é a terceira grande fonte de renda do país. A situação privilegiada dos portos de Rotterdam e Amsterdam contribuiu para tornar a Holanda um importante entreposto do comércio internacional. O país importa principalmente linhaça, amendoim, milho, trigo, minerais, peles, borracha e madeira, que procedem predominantemente da Bélgica, Alemanha, Estados Unidos e Reino Unido. E exporta laticínios, vegetais, flores, toucinho, óleos, coque, fertilizantes, papel, produtos de madeira, têxteis, navios, equipamentos elétricos para a Alemanha, Bélgica Reino Unido e Estados Unidos da América”. “A necessidade de drenar as terras levou à construção de canais que, unidos aos rios, perfazem 6.374 quilômetros de vias navegáveis, dos quais 2.270 quilômetros com capacidade para barcos com mais de mil toneladas. A frota mercante fluvial é uma das maiores da Europa, com 20.810 embarcações (1965). A frota marítima constava, em 1966, com 1.643 navios totalizando 4.847.000 toneladas. Os principais portos do país são os de Rotterdam, Amsterdam, Delfzijl e Darlingen”. Passei por um túnel seis metros abaixo do nível do mar. “Deus fez o mundo e os holandeses, a Holanda”.

Suíça Faz lembrar a minha terra natal, Barracão, hoje impropriamente denominada de Alfredo Wagner (SC), terra que o seu “patrono” detestava, chegando às raias da ojeriza. Na Suíça a gente avista os Alpes e os inúmeros lagos, bem de pertinho. Ali imperam a calma e a tranqüilidade. Eu pude ver, ali, dois ursos pardos. Entre tantas coisas, eu vi também a casa onde morou o maior gênio da humanidade, Albert Einstein, extraordinário físico alemão, que estabeleceu a Lei da Relatividade. O relógio suíço é conhecido e famoso no mundo inteiro, bem como o queijo suíço. Mais da metade do território, na parte meridional, é ocupada pelos Alpes. O pico mais alto é o Pico Dufour (4.634 m), na fronteira da Itália. Dom (4.545 metros) é o ponto culminante em montanha inteiramente suíça. No Lago Maior acha-se a menor altitude (197). Grande parte do Planalto Suíço assenta-se sobre as rochas oligocênicas e miocênicas.”. “Com menos de dois terços de terras apropriadas ao cultivo, a economia agropastoril suíça tem seu esteio na pecuária e na produção de laticínios”.

Concorra a

R$ 40 mil por semana Premiação extra no mês de aniversário da Cooperativa:

R$ 40 mil

Quanto mais Sicredi você usar, mais chances de ganhar.

e R$ 250 mil no final da promoção.

Você pode comprar um carro, uma casa ou o que quiser.

Consulte o regulamento completo em milhoesempremiossicredi.com.br e participe. O regulamento da premiação extra está disponível nas Unidades de Atendimento da Cooperativa Altos da Serra RS/SC. O Título de Capitalização é garantido pela Icatu Capitalização S.A., CNPJ 74.267.170/0001-73, e aprovado pelos processos SUSEP nº 15414.900130/2013-82 e nº 15414.900207/2013-14. O valor dos sorteios é líquido de tributos incidentes. A aprovação dos Títulos de Capitalização pela SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua aquisição, representando, exclusivamente, sua adequação às normas em vigor. Promoção válida para os associados das cooperativas de crédito participantes. Consulte o regulamento completo da promoção em milhoesempremiossicredi.com.br ou nas cooperativas de crédito participantes. Produtos e serviços sujeitos à disponibilidade na sua cooperativa de crédito. Para informações sobre produtos e serviços e condições de contratação, dirija-se a uma de nossas unidades de atendimento. Imagens meramente ilustrativas, apenas como sugestão de uso da premiação. Prêmios pagos em moeda corrente nacional. SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.


Política

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

04

Colombo anuncia investimentos para a Inscrições já estão abertas construção de estrada na Coxilha Rica para encontro municipalista Jaqueline Noceti / SECOM

Governador Raimundo Colombo (centro) confirmou esta semana investimentos para a construção da estrada

O governador Raimundo Colombo confirmou esta semana investimentos para a construção de uma estrada na Coxilha Rica, na Serra Catarinense, que vai viabilizar a instalação de mais uma unidade de armazenagem de grãos da Copercampos. A empresa pretende investir cerca de R$ 10 milhões com a construção de uma unidade às margens da BR-116, na entrada da Coxilha Rica, e outra na comunidade São Jorge. O projeto para a construção da estrada com pavimentação asfáltica, que ligará a BR-116 até a comunidade São Jorge, estará concluído até o

final de julho deste ano. “Vamos dar condições para que, em momento estratégico, a empresa possa transportar os grãos”, explica Colombo. A intenção da empresa é aumentar a área de atuação com unidades estrategicamente localizadas, gerando empregos e renda, tanto para os produtores rurais quanto para a comunidade em geral. A unidade vai trabalhar com o recebimento, beneficiamento, secagem e armazenagem dos grãos de soja, milho e trigo. “O desenvolvimento da agricultura na nossa região está acontecendo em um nível acelerado”, comemora o governador. “Isso é muito bom

porque gera empregos e melhora o desenvolvimento”. O governante se diz contente com o nível que Santa Catarina alcançou na pecuária e na produção de grãos. “O potencial econômico é muito grande”, reforça. “Eu não tenho dúvida que esse vetor de crescimento e de geração de empregos para a Região Serrana, por meio do agronegócio, seja cada vez maior”. Participaram da reunião com o governador, os diretores da Copercampos, Luiz Carlos Chioca, Cláudio Hartmann e Clebi Renato Dias, e o vice-prefeito de Campos Novos, Jairo Luft.

As inscrições para a 16ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios já podem ser feitas no hot site do evento, no portal da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Por receber milhares de pessoas, o presidente da entidade, Paulo Ziulkoski, aconselha os gestores municipais a não deixarem para se inscrever na última hora. O encontro está agendado para os dias 8, 9, 10 e 11 de julho, na Capital Federal, e o acesso às instalações só será liberado mediante a confirmação da participação. “Vamos nos unir para reivindicar medidas e soluções”, diz o presidente da Confederação. A principal reivindicação da entidade é a revisão do Pacto Federativo. Durante a edição de 2012 da Marcha, Ziulkoski falou à presidente da República, Dilma Rousseff, a comitiva de ministros do Estado e a parlamentares: “enquanto não houver uma reforma da Federação, vamos assistir o estrangulamento das receitas dos

municípios”. Durante a Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios duas novas categorias serão lançadas no Prêmio Prefeito Empreendedor . Idealizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a premiação agora terá as modalidades Projetos Inovadores e Pequenos Negócios nos Eventos Esportivos. Na categoria Projetos Inovadores Planejamento para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios, propostas em fase de elaboração serão premiadas. De acordo com o Sebrae, isso vai permitir a participação de prefeitos em primeiro mandato, e pretende valorizar tanto o projeto concebido quanto a forma como ele será desenvolvido. Já no grupo Pequenos Negócios nos Eventos Esportivos, as melhores oportunidades de negócios geradas nos Municípios pela Copa das Confederações e pela Copa do Mundo serão reconhecidas.


Política

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

05

Comissão especial discutirá aumento de pena para menor de idade infrator

Gestores do SUS envolvidos em ilegalidades podem ser punidos

Uma comissão especial irá analisar propostas para ampliar medidas socieducativas para adolescentes infratores. Ao todo são 18 projetos que serão analisados no colegiado. O principal (PL 7197/12) muda o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, Lei 8.069/90) para permitir a aplicação de medidas socioeducativas previstas para os adolescentes infratores também para os que atingirem a maioridade penal (18 anos). Para ser oficialmente instalada, os membros da comissão precisam ser indicados pelos líderes partidários. O líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), foi indicado como relator. A discussão em torno de medidas mais rígidas para esses infratores e até a redução da maioridade penal voltou à tona após o assassinato de um jovem na porta do prédio onde morava em São Paulo no início de abril. Ele foi baleado por um garoto

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou um mecanismo legal mais específico e eficaz para punir gestores de políticas públicas de saúde no âmbito da União, dos estados e dos municípios envolvidos em ações fraudulentas. A responsabilização destes agentes públicos foi proposta no PLS 174/2011, do senador Humberto Costa (PT-PE), e contou com voto favorável do relator, senador Jorge Viana (PT-AC), mantido pelo relator ad hoc, Anibal Diniz (PT-AC). Atualmente, a única forma de enfrentar irregularidades no setor é suspender repasses do Ministério da Saúde a estados e municípios até que se comprove a efetiva prestação dos serviços. Humberto observou, entretanto, que a medida falha por não punir o mau gestor. Advertência e multa são as sanções recomendadas em caso de infração administrativa no setor. Deverão ser aplicadas, entre outras situações, quando o gestor deixar de estruturar o fundo de saúde;

que completou 18 anos três dias após o crime. Outro assassinato que fomentou o debate foi o da dentista queimada viva durante um assalto ao consultório dela, no dia 25 de abril, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Segundo a polícia, um adolescente detido teria confessado participação no crime que chocou o País. Um terceiro crime envolvendo menores com repercussão nacional aconteceu no dia 3 de maio. Uma mulher foi estuprada dentro de um ônibus no Rio de Janeiro. O suspeito, já reconhecido pela vítima, tem 16 anos e já havia sido acusado de roubo a ônibus. Propostas Entre as propostas que serão analisadas pela comissão especial, pelo menos duas ampliam o tempo máximo de reclusão para o menor infrator que cometer crime hediondo, como homicídio

qualificado ou estupro. Com o Projeto de Lei 5454/13, da deputada Andreia Zito (PSDB-RJ), o infrator poderá ficar internado até os 26 anos. A ampliação é de três para oito anos. Segundo ela, as alterações buscam adequar a legislação existente à realidade atual para criar “instrumentos eficazes no combate à crescente participação de menores de idade na prática de atos infracionais”. Já o Projeto de Lei 5524/13, do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), estabelece pena entre três a oito anos para o adolescente de 14 a 16 anos, e de oito a 14 anos para quem tem entre 16 e 18 anos. A Constituição estabelece a maioridade penal aos 18 anos. A internação dependerá de avaliação psicológica, que deve dizer se o menor tinha capacidade para entender o que praticou. Além disso, a proposta dobra a pena do adulto que participar de crime com um menor de idade.

não apresentar os planos de saúde e os relatórios de gestão; impedir o acesso às informações financeiras e administrativas relativas às políticas públicas em execução. O valor da multa vai variar entre dez e cinquenta vezes o valor do salário mínimo vigente na data da condenação (hoje de R$ 6.780 a R$ 33.900), fixado em função da gravidade da infração e da extensão do dano causado à saúde da população. Em caso de reincidência, o valor da primeira condenação poderá ser ampliado de dez a vinte vezes. O PLS 174/2011 também cuida de enquadrar os gestores de saúde infratores na Lei dos Crimes de Responsabilidade (Lei 1.079/1950). Dentre as práticas classificadas como crime de responsabilidade sanitária, destacam-se a transferência de recursos do fundo de saúde para outra conta, mesmo que vinculada ao setor público; a não execução de ações previstas no plano de saúde; e a inserção de informações falsas no relatório de gestão.


06 Lageanos e turistas aproveitam os Samt oferece o melhor últimos dias de Festa do Pinhão da gastronomia serrana Cidade

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Sandro Scheuermann

A 25ª edição da Festa Nacional do Pinhão termina neste fim de semana. Em seis dias de Festa mais de 100 mil pessoas estiveram no evento. E muitas outras devem aproveitar as atrações desta sexta-feira, 31 de maio, de sábado e domingo, dias 1º e 2 de junho. Quem for à Festa na sexta-feira poderá assistir, no Palco Nacional, ao show do baiano Gilberto Gil e, depois, da banda catarinense Dazaranha. Os nativistas serão embalados pelo som do Grupo Canto e Alma, Integração, Arthur Mattos, Buenas e Me Espelho, e Baile Sinuelo Pampeano. No sábado é o grupo Sambô que deve animar ao público presente à Festa. Logo depois, Thiaguinho cantará os sucessos da carreira. Academia Magistral, Leo Morais & Grupo Gaúcho, Oscar Massita, Jones Andrei Vieira, Elton Saldanha, Família Ortaça e Baile Tchê Kakareco são os artistas que sobem ao Palco Nativista. O show do Padre Fábio de Melo encerra a programação do Palco Nacional da 25ª Festa Nacional do Pinhão no domingo. Neste dia as atrações do Palco Nativista serão Vamos Fazer Arte (Show Infantil), Locomotiva Campeira, Dante Ramom Ledesma, e Baile Os Filhos do Rio Grande.

Horário Palco Nativista 19:00 20:30 22:00 23:00 00:30

Grupo de Canto e Alma Grupo Integração Arthur Mattos Buenas e Me Espalho Baile Sinuelo Pampeano

Sexta-feira 31 de maio

Horário Palco Nacional 22:30 00:00

Gilberto Gil Dazaranha

Horário Palco Nativista 16:00 17:30 18:30 20:00 21:00 22:30 00:30

Academia Magistral Leo Morais & Grupo Gaúcho Oscar Massita Jones Andrei Vieira Elton Saldanha Família Ortaça Baile Tchê Kakareco

Para atrair o público, o box da Samt trabalha com os preços mínimos da tabela

Sábado 1º de julho

Horário Palco Nacional 22:00 00:00

Sambô Thiaguinho

Horário Palco Nativista 15:30 17:00 20:00 00:00

Vamos Fazer Arte (Show Infantil) Locomotiva Campeira Dante Ramom Ledesma Baile Os Filhos do Rio Grande

Horário Palco Nacional 18:00

Padre Fábio de Melo

Domingo 2 de julho

O Pavilhão do Bem, na Festa do Pinhão, foi direcionado às entidades beneficentes do município, dentre elas a Associação de Assistência Social, Trabalho e Cidadania (Samt) que está comercializando pratos e bebidas típicas serranas. Os produtos são preparados pelos colaboradores da associação e, para isso, um time muito afinado está empenhado em trabalhar e atender bem todas as pessoas que passam pelo box. Entre os produtos mais vendidos está a paçoca de pinhão, ponche, quentão e chocolate quente. “Queremos ‘esquentar’ o visitante, oferecendo nossa receptividade e culinária serrana”, explica a presidenta Rosa Abou Hatem. Todos os valores arrecadados pelo box da Associação, além da feira de artesanato e do estacio-

namento, serão revertidos em matéria-prima para os grupos de artesanato espalhados por 50 bairros de Lages. “O recurso contribuirá no desenvolvimento do projeto de artesanato Ciranda, oferecido pela Samt e idealizado pela primeira-dama de Lages, Cristiane Garcez”, conta. Para atrair o público, o box da Samt trabalha com os preços mínimos da tabela geral que, segundo Rosa, é um valor que está de acordo para suprir as necessidades e garantir lucro. “Queremos oferecer o melhor ao visitante sem ter que explorá-lo”, afirma. A sede da Samt está localizada na rua Frei Gabriel, Centro, e trabalha com confecção e venda de artesanato, sendo esta mais uma forma de garantir condições para manter e administrar os três abrigos públicos.

Casa Catarina comercializa produtos de artesanato serrano Uma das atrações do Shopinhão na 25ª Festa Nacional do Pinhão é o estande Casa Catarina, que comercializa produtos confeccionados por artesãos da região serrana. “Hoje estamos com 150 associados e contamos com o auxílio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da prefeitura, por meio da Fundação Cultural”, informa a artesã Margarete Merkle. O estande apresenta variedade de doces caseiros: bolachas decoradas, geleias, compotas, cocadas, licores, doces à base de pinhão, como bombons, trufas, cupcakes e alfajors de pinhão, tudo cuidado-

samente preparado manualmente. Além disso, o turista encontra lembranças da região, como nó de pinho pintado à mão, com paisagens serranas, porcelana pintada, ímãs de geladeira, canecas, lenços, panos de prato, aventais e pegadores de panela artesanais. Também objetos de decoração: móbiles, chaveiros, galinhas pintadas, casinhas. E vestuário em lã: palas, ponchos, cachecóis e toucas. Margarete explica que dez artesãs estão se revezando no box e que a comercialização é boa. “As vendas estão ótimas”. Ela comenta que os doces são os mais procurados.

Cao Ghiorzi

Artesãs contam com o apoio da prefeitura e do Sebrae


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

07


Cidade

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Recanto do Pinhão conta com trabalho de entidades Sandro Scheuermann

Seis entidades beneficentes atendem ao público na praça João Costa

Seis entidades beneficentes atendem ao público no Recanto do Pinhão Aracy Paim, na praça João Costa, vendendo comidas e bebidas típicas do inverno serrano de Santa Catarina. São elas a Cáritas, Garra, Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano (Adevips), Orfanato Nossa Senhora das Graças, Lions Copacabana e Associação dos Deficientes Físicos. Nesses boxes, além do quentão, ponche, chocolate quente, pinhão cozido e paçoca de pinhão são

vendidos lanches e bebidas mais convencionais como X Burguer, cachorro-quente, crepes, cerveja e refrigerante. Os doces também fazem a diferença, especialmente os de gila. Neste ano, uma novidade é o ponche e quentão sem álcool, feito com suco de uva. Um dos boxes que comercializa esta especialidade é o da Cáritas. Sebastião Rogério, que trabalha no boxe da Adevips, e Hugo Carvalho, na Casa do Turista, destacam a presença de muitos turistas, que fazem muitas perguntas sobre a

gastronomia, a história de Lages e os artistas que se apresentam. Tanto Sebastião quanto Hugo elogiam o trabalho de limpeza do Recanto do Pinhão feito por equipes da Secretaria do Meio Ambiente. “Está excelente e o de segurança pública também”, acrescenta Sebastião. “E os banheiros públicos estão muito bem cuidados”. observa Ele é pai e sogro de deficientes visuais e há vários anos colabora no atendimento do boxe de gastronomia da Adevips.

Creas faz abordagem social Sandro Scheuermann

Assistência Social também está presente no parque de exposições Conta Dinheiro

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), órgão da Secretaria de Assistência Social, está fazendo a abordagem

social na Festa Nacional do Pinhão. “Estamos trabalhando com nove profissionais, organizados em escala, para fazer a abordagem social no

parque de exposições e também no Recanto do Pinhão”, informa o diretor de Média e Alta Complexidade da Secretaria de Assistência Social, Joatan Pereira. A abordagem social faz o atendimento de crianças perdidas, ou em situação de mendicância, assim como adolescentes e adultos nas mesmas condições. Além disso, faz o encaminhamento de migrantes, ou seja, pessoas que se deslocam para Lages sem dinheiro, familiares ou lugar para ficar. “Desde quarta-feira (22) até domingo (26), sete migrantes foram encaminhados de volta aos seus municípios, por não terem condições de permanecerem em Lages”, finaliza Joatan.

08

Passeio de bondinho mostra pontos turísticos de Lages A partir de uma parceria da prefeitura com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a 25ª Festa Nacional do Pinhão oferece aos lageanos e turistas mais uma alternativa de cultura e lazer: o passeio de bondinho pelos principais pontos turísticos de Lages. O diretor de Bens Culturais da Fundação Cultural de Lages (FCL), Felipe Xafranski, informa que todos os dias, até o final da festa, ocorrerão estes passeios, que custarão apenas R$ 3,00 por pessoa. “Aos sábados e no feriado de Corpus Christi serão realizados entre às 10h e 21h, e nos outros dias, das 15h às 21h, sempre acompanhados por um guia de turismo”, explica. O bondinho tem capacidade para 42 pessoas e o trajeto dura cerca de uma hora e trinta minutos. O ponto de partida é a praça João Costa, ao lado do Recanto

do Pinhão Aracy Paim. A cada ponto turístico, o bondinho reduz a velocidade ou para e o guia de turismo explica um pouco da sua história. O bondinho sai do Recanto do Pinhão e passa em frente à praça da Catedral. Depois desce à praça do Terminal, quando o turista tem a oportunidade de conhecer o monumento “Carro de Mola”, do escultor José Cristóvão Batista. Continuando o passeio, segue para o Museu Malinverni Filho, Cacimba, Praça da Santa Cruz, ao pé do Morro Grande, e para o monumento em homenagem ao Boi de Botas, no Conte. Em seguida, o bondinho vai até a praça Joca Neves, Museu Thiago de Castro, Casa do Artesão, Catedral e prefeitura, parque Jonas Ramos (Tanque), Monumento do Boi de Botas do Coral e parque de exposições Conta Dinheiro.

Espaços de memória e teatro abrem em horário especial Com a realização da 25ª Festa Nacional do Pinhão, que ocorre do dia 24 de maio a 2 de junho, a Fundação Cultural de Lages estabeleceu horários diferenciados para a abertura dos espaços de memória e teatro. Isso para melhor atender aqueles que visitam

a cidade e querem conhecer um pouco da história da região. Os Museus Malinverni Filho e Thiago de Castro, Memorial Nereu Ramos e teatro Marajoara atendem ao público em regime de plantão. Esses locais estarão abertos aos sábados, domingos e feriado.

Horários especiais de visitação Museu Thiago de Castro Data Sexta-feira, 31 de maio Sábado, 1º de junho Domingo, 2 de junho

Horário de funcionamento 13h às 17h 11h às 15h 13h às 19h

Museu Malinverni Filho Data Sexta-feira, 31 de maio Sábado, 1º de junho Domingo, 2 de junho

Horário de funcionamento 9h às 17h 9h às 17h30 9h às 17h30

Memorial Nereu Ramos Data Sexta-feira, 31 de maio Sábado, 1º de junho Domingo, 2 de junho

Horário de funcionamento 9h às 19h 9h às 19h 9h às 19h

Teatro Marajoara Data Sexta-feira, 31 de maio Sábado, 1º de junho Domingo, 2 de junho

Horário de funcionamento 13h às 20h 13h às 20h 13h às 20h


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

09


Cidade

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Música e teatro integra intensa programa­ção do Palco Giratório Sesc O espetáculo “O Filho Eterno”, da Cia. Atores de Laura (RJ) terá duas apresentações em Lages, na programação do Palco Giratório 2013 - Rede Sesc de Intercâmbio e Difusão de Artes Cênicas. A peça é uma adaptação do livro homônimo, de Cristóvão Tezza, que conquistou oito prêmios literários nacionais e internacionais e foi adaptado para o palco por Bruno Lara Resende. No dia 31 de maio a produção dirigida por Daniel Herz será apresentada no Sesc Pousada Rural, às 20h, e no dia 2 de junho, no Teatro do Serviço Social do Comércio (Sesc), às 21h. O espetáculo mostra o drama de um pai, interpretado por Charles Fricks, que recebe a notícia que seu tão esperado filho nasceu com Síndrome de Down. A histó-

ria se passa nos anos 80, quando não havia muita informação sobre o assunto. O monólogo aborda a luta diária para lidar com as decepções que o filho pode trazer, focando no desafio das limitações, sem perder o olhar elegante. Frases de impacto e inesperadas dão o tom poético dessa trama, em que vem à tona muitas questões que as pessoas pensam, mas que não têm coragem de dizer em voz alta. A chegada do primeiro filho com síndrome de down é apenas uma das diversas reflexões que envolvem a paternidade e são abordadas na história. As apresentações são gratuitas e o grupo ainda ministrará oficinas de teatro no dia posterior às apresentações, ou seja, no dia 1º de junho, das 14h às 21h,

no teatro do Sesc. Quem tiver interesse em participar tem de se inscrever antecipadamente no setor de Cultura da entidade. Há 15 vagas disponíveis para maiores de 12 anos. Na oficina será abordada a singularidade das características da peça O Filho Eterno, especialmente o estilo da linguagem, o discurso na terceira pessoa e como é possível o ator criar uma aproximação do discurso que se coloca na terceira pessoa com o arrebatamento das experiências que ele mesmo vive daquilo que ele narra. Os exercícios que tocam essa experiência são associados a outros exercícios específicos sobre o esfacelamento narcísico que passamos em determinados momentos da vida.

Programação do Palco Giratório Sesc Todas as atividades são gratuitas e acontecem no Teatro do Sesc, em Lages Sexta-feira, 31 de maio Teatro: “Dilema de Artie” Grupo: Menestrel Faze-dô (Lages/SC) Hora: 10h e 15h Classificação etária: Livre Sábado, 1º de junho Oficina de Teatro: “O ator da 1ª a 3ª pessoa” Grupo: Cia. Atores de Laura (Rio de Janeiro/RJ) Hora: 14h às 21h (com intervalo de uma hora) Classificação etária: 12 anos Domingo, 2 de junho Teatro: “O Filho Eterno”

Grupo: Cia. Atores de Laura (Rio de Janeiro/RJ) Hora: 20h Classificação etária: 12 anos Segunda-feira, 3 de junho Música: “Badi Assad” (São Paulo/SP) Hora: 20h Classificação etária: Livre Terça-feira, 4 de junho Teatro: “Tecnópolis a cidade sem livros” Grupo: Colher de Pau Cia de Teatro (Jaraguá do Sul/SC) Hora: 10h e 15h Classificação etária: Livre Música: Projeto Sonora Brasil: “Octeto do Polyphonia Khoros” (Florianópolis/SC)

Hora: 20h Classificação etária: Livre Quarta-feira, 5 de junho Teatro: “Terra de Ninguém” Grupo: Colher de Pau Cia de Teatro (Jaraguá do Sul/SC) Hora: 20h Classificação etária: 12 anos Quinta-feira, 6 de junho Teatro: “Praga de Mãe” Grupo: Menestrel Faze-dô (Lages/SC) Hora: 10h e 15h Classificação etária: Livre Música: “Banda Scalifórnia” (Otacílio Costa/SC) Hora: 20h Classificação etária: Livre

10

Apae ganha carro do Instituto Guga Kuerten Marcelo Vieira (Pakinha)

Carro ganho pela Apae será usado também para o transporte de alunos

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Lages (Apae), recebeu um carro, modelo Uno, do Instituto Guga Kuerten. Esta é a segunda vez que o Instituto beneficia a Associação por meio do Fundo de Apoio a Projetos Sociais (FAPS). Em 2008 a escola foi convidada a participar do programa, sendo contemplada com um parque adaptado que conta com quiosque, alguns brinquedos, corrimão, entre outros brinquedos que ajudam na reabilitação de alunos. A primeira vez que participou do FAPS a Apae soube do projeto por intermédio do próprio Instituto Guga Kuerten. O Fundo é um programa do Instituto que busca apoiar financeira e tecnicamente projetos de Organiza-

ções sociais de Santa Catarina que desenvolvam ações voltadas para integração da pessoa com deficiência. É criado a partir de cotas doadas por parceiros. Cada parceiro é convidado a investir uma cota anual, que é utilizada para financiar diretamente os projetos selecionados e para custear o processo de acompanhamento técnico destes projetos. Para poder fazer uso do carro a escola tem que se compromoter a participar de capacitações. Uma delas aconteceu no dia 18 de abril. A próxima será dia 17 de Junho e mais quatro ainda estão programadas, todas em Criciúma. De cada capacitação participam três pessoas da Apae de Lages, sendo uma pedagoga e duas pessoas da área administrativa.


Cidade

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Segurança é reforçada no Parque Cao Ghiorzi

Polícias e órgãos de segurança avaliam os primeiros dias da Festa como calmos, em termos de segurança

oito boletins de ocorrência (BO) nos primeiros dias da Festa. Os BOs referiam-se a perdas de documentos e crianças extraviadas. Instalada próximo às catracas de entrada ao Parque, a Polícia Civil está mantendo no Conta Dinheiro quatro agentes policiais, um escrivão e um delegado em todos os dias de Festa. A Secretaria de Segurança e Ordem Pública do município de Lages vem trabalhando com 36 agentes na segurança patrimonial e ronda tática. Há ainda 51 agentes de trânsito atuando em turnos nas imediações do Parque. IGP presente na Festa do Pinhão

Polícias e órgãos de segurança avaliam os primeiros dias da 25ª Festa Nacional do Pinhão como calmos, em termos de segurança. “A PM (Polícia Militar) vem trabalhando no equacionamento do fluxo do trânsito, que está fluindo, e garantindo a segurança dentro do Conta Dinheiro com 100 po-

liciais no interior do parque e 60 nos arredores”, informa o major Fernando dos Anjos. Ele explica que está recebendo o apoio de 70 policiais da região para auxiliar na operação, que envolve mais de 300 PMs, trabalhando no sistema de revezamento. A Polícia Civil registrou apenas

O Instituto Geral de Perícias (IGP) da Secretaria Estadual de Segurança Pública também está presente na Festa do Pinhão, de 24 de maio a 2 de junho, para facilitar a ação da polícia, conforme a necessidade. O IGP dá apoio à Polícia Civil.

11

Novo Cartão Nacional do SUS pode ser feito durante a Festa Cao Ghiorzi

O cartão é confeccionado na hora e não tem nenhum custo

Muitos serviços são oferecidos dentro do parque de exposições Conta Dinheiro durante a 25ª Festa Nacional do Pinhão. Um deles é a confecção do Cartão Nacional de Saúde, ou Cartão SUS (Sistema Único de Saúde), principal documento para que qualquer pessoa possa receber atendimento médico em hospitais e postos de saúde. O turista ou o lageano que adentram ao parque de exposições Conta Dinheiro e que ainda não possuem o

cartão, podem dirigir-se até a Central de Atendimento da Vigilância Epidemiológica, munidos de documentos pessoais como Carteira de Identidade, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de residência. O cartão é impresso na hora e não tem nenhum custo. O cartão de papel possui validade regional e o novo, o magnético, tem validade nacional. O horário de atendimento deste serviço dentro do parque durante a 25ª Festa Nacional do Pinhão é das 19h às 22h.


Economia

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

12

Programa Economia Verde classifica três Parceria facilita entrada propostas de Lages para próxima etapa dos alunos no Geração TEC Sandro Scheuermann

Samt, incentivador dos projetos Mãos que fazem e Ciranda, é um dos beneficiados

O programa Economia Verde e Solidária, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), classificou 56 propostas das 145 recebidas, para a próxima etapa, onde será realizada uma visita técnica. “Este número é surpreendente e certamente se tornará referência para outros estados brasileiros trabalharem a temática da Economia Verde e Solidária”, declara o secretá-

rio da SDS, Paulo Bornhausen. A Sociedade Apoio ao Menor Trabalhador (Samt), A Associação Arte Serrana e a Associação de Artesanato Tramatusa são as três entidades de Lages selecionadas para a próxima fase. A lista com as propostas aprovadas na primeira etapa está no site www.evs.sc.gov.br. Os outros projetos submetidos ao programa que não constam na listagem apresentada

foram incluídos em um banco de projetos da SDS/Fapesc. Com o objetivo de fomentar empreendimentos produtivos coletivos que visem a geração de trabalho e renda no Estado, o programa é uma parceria entre SDS, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (sebrae/SC) e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O investimento total será de até R$ 20 milhões, sendo que os R$ 10 milhões em recursos do BNDES serão destinados aos projetos, enquanto os outros R$ 10 milhões, valor investido pela SDS e Sebrae/SC, são para diagnósticos setoriais, estudos de viabilidade técnica e econômica, capacitações, consultorias e participações em feiras e rodadas de negócios.

O Governo do Estado e o Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina (IEL/SC) trabalharão em conjunto para facilitar o ingresso dos alunos do Geração TEC no mercado de trabalho. O IEL/SC atuará na gestão de estágio não obrigatório e supervisionado do programa da Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) que capacita jovens e adultos para o setor de tecnologia da informação e comunicação (TIC). A parceria entre o Geração TEC e o IEL/SC tem como objetivo principal inserir os alunos nas empresas e polos tecnológicos do Estado, para que eles tenham embasamento prático e conheçam o dia a dia do setor de tecnologia. O estágio deve iniciar a partir do segundo mês de curso e não poderá ultrapassar dois meses após o término das aulas. Atividades, duração, frequência e remuneração do estágio serão acordadas entre o estagiário e a empresa, conforme o Termo de Contrato de Estágio (TCE). “Vemos, nesta parceria, além da

oportunidade de aprimoramento e fixação dos conhecimentos teóricos a perspectiva de inserção do aluno no mundo do trabalho”, destaca a coordenadora do programa e diretora de administração Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Alba Schlichting. O Geração TEC busca formar profissionais e empreendedores para trabalhar com tecnologia e inovação em Santa Catarina. Jovens e adultos a partir de 17 anos, com no mínimo o ensino médio completo ou cursando o último ano e que não estejam empregados em atividades relacionadas à programação, podem se inscrever. Para participar, é preciso fazer a inscrição pelo site e ser aprovado no processo seletivo. As fases de seleção são definidas de acordo com as peculiaridades de cada curso e da cidade atendida pelo programa. Mais informações no http://www. geracaotec.sc.gov.br.


Economia

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Agronegócio terá R$1 bilhão para investir em tecnologia O governo federal lançou o edital do Programa Inova Agro, voltado aos setores agropecuário e agroindustrial. Com valor inicial de R$ 1 bilhão, o programa tem o objetivo de impulsionar a produtividade e a competitividade do agronegócio brasileiro por meio da inovação tecnológica. As operações serão contratadas no período de 2013 e 2014. O dinheiro do Inova Agro chega a R$ 3 bilhões e sairá da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os planos de negócio devem ter valor mínimo de R$ 10 milhões, com prazo de execução de até 60 meses. Os projetos devem ser desenvolvidos integralmente no Brasil. Segundo o presidente da Finep, Glauco Arbix, o programa enfrenta um dos maiores entraves na área tecnológica do país, a

obtenção de recursos para o desenvolvimento de projetos. “Esse é o principal gargalo da economia brasileira, é o ponto-chave para a gente quebrar a dependência de produtos valorizados, entrar em áreas mais intensivas de conhecimento e alto valor agregado”, explica Arbix. O programa vai apoiar empresas no desenvolvimento de cadeias produtivas de insumo para a agropecuária, incluindo os agroquímicos, o melhoramento genético animal e vegetal e as tecnologias associadas à saúde animal. Entre os exemplos, estão o melhoramento genético de peixes, produtos fitossanitários para controle de pragas, doenças e plantas daninhas, fertilizantes, medicamentos e vacina para saúde animal. Estão previstos também o apoio ao desenvolvimento de produtos e processos das indústrias

de alimentos e o desenvolvimento de máquinas e equipamentos para a agropecuária e processamento de produtos, incluindo rastreabilidade, novas tecnologias de armazenamento e logística. A cultura de cana-de-açúcar não está incluída por ter sido contemplada no Inova Energia. Podem participar do processo de seleção empresas brasileiras que tenham interesse em atividades relacionadas às tecnologias para produção e comercialização de produtos e serviços ligados ao agronegócio. O programa faz parte do Inova Empresa lançado em março, para tornar as empresas brasileiras mais competitivas no mercado global por meio da inovação tecnológica e aumento da produtividade. Serão usados R$ 32,9 bilhões em 2013 e 2014 para incentivar empresas dos setores industrial, agrícola e de serviços.

13

Vendas nos supermercados caem 3,8% no mês de abril Arquivo VL

O resultado de abril é influenciado pela Páscoa de 2012

As vendas do setor supermercadista caíram 3,84% em abril de 2013, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em relação a março, as vendas do setor registraram queda de 14,06%. Os dados já deflacionados são da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). No entanto, no acumulado de janeiro a abril, em comparação a igual período de 2012, as vendas apresentaram alta de 1,65%. “O setor supermercadista continua confiante no bom desempenho das vendas neste ano, em que acumula resultados positivos nos quatro

primeiros meses”, diz o primeiro vice-presidente da Abras, João Sanzovo Neto. “As vendas no mês de abril foram influenciadas pelos bons resultados da Páscoa de 2012, mas no decorrer dos próximos meses acreditamos que os indicadores sejam ainda melhores”. No acumulado do ano, a Abrasmercado teve crescimento de 4,74%. Os produtos com as maiores altas em abril, na comparação com março, foram carne (7,88%), batata (6,94%) e farinha de mandioca (5,71%). As maiores quedas foram registradas no tomate (-6,27%); açúcar (-3,72%) e queijo prato (-3,22%).


Educação

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

14

Escolas de Lages participam do Mais Educação O prazo para as escolas públicas pré-selecionadas aderir ao programa Mais Educação termina nesta sexta-feira, 31 de maio. A meta do governo federal é atingir 45 mil escolas este ano e 60 mil em 2014. As escolas que vão participar do projeto, precisam integrar, no mínimo, cinco das 70 atividades previstas nos dez macro campos do programa que são: acompanhamento pedagógico; educação ambiental; esporte e lazer; direitos humanos em educação; cultura e artes; cultura digital; promoção da saúde; comunicação e uso de mídias; investigação no campo das ciências da natureza; e educação econômica. As escolas das redes públicas estaduais e municipais fazem a adesão e, de acordo com o projeto educativo em curso, optam por desenvolver atividades nos macro campos do programa. Um dos critérios de pré-seleção é o baixo índice de

desenvolvimento da educação básica (Ideb). O Mais Educação teve início em 2008. O programa amplia a jornada escolar nas escolas públicas para, no mínimo, sete horas diária e garante aos estudantes do primeiro ao nono ano do ensino fundamental a participação em atividades orientadas no contraturno, além de reforço escolar. Em Lages, 16 escolas aderiram ao programa em 2011, e algumas permanecerão no Mais Educação este ano. Uma delas é a escola de educação básica Jorge Augusto Neves Vieira. Segundo a administradora escolar, Mara Varela, a escola fez o cadastro de adesão porque sentia a falta de pessoal para trabalhar. “O trabalho é voluntário, pois o salário pago é muito baixo, então contratamos pessoas da própria comunidade, com alguma formação, que estavam em casa sem ocupação”, conta. Os contratados ministram ofici-

nas de informática, Português, Matemática, Artes e Fanfarra. A partir da aprovação da adesão, o governo federal repassa os recursos para a compra dos materiais necessários para as oficinas ou envia os materiais, como no caso da Fanfarra. “O Ministério da Educação nos enviou os instrumentos”, relata. Os alunos participam das atividades no contraturno escolar. “Quem estuda à tarde, vem para a escola de manhã, participa das atividades, almoça na escola e, à tarde, segue para a aula do ensino regular”, explica a administradora. Após a implantação do projeto Mara percebeu que a maior dificuldade é conseguir profissionais, por causa da baixa remuneração. “Caso tivéssemos profissionais mais preparados, obteríamos melhores resultados”, acredita. “Com uma remuneração maior contrataríamos pessoas mais qualificadas”. A curto prazo, o melhor resul-

Marcelo Vieira (Pakinha)

Crianças participam de oficinas financiadas pelo Programa no contraturno escolar

tado foi o resgate das crianças da rua. A comunidade em que está localizada a escola, no bairro Pisani, é muito carente. “Com as atividades na escola, as crianças permanecem no ambiente escolar, se alimentam, cuidamos delas na escola”,

afirma. Agora, basta melhorar a questão da aprendizagem. “Temos muito no que avançar”, confirma. “Nosso resultado no Ideb foi muito baixo e em termos pedagógicos ainda não atingirmos a meta que é recuperar os alunos”.


Saúde

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

População masculina é a que mais fuma Mais de 300 pessoas morrem por dia no Brasil em consequência do hábito de fumar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê que, se nada for feito, em 2020 o vício do cigarro levará mais de 10 milhões de pessoas à morte, por ano. A frequência de fumantes é maior entre homens (18,1%) do que entre as mulheres (12%). No entanto, a população masculina lidera a redução do hábito de fumar – 25% dos homens pararam de fumar. A diminuição no número de fumantes é um bom cenário para celebrar o Dia Mundial sem Tabaco, lembrado em 31 de maio. A ex-fumante Alba das Graças Mendonça, conta que começou a fumar por que achava bonito ver as pessoas fumando. Antes de parar, consumia cerca de três carteiras de cigarros por dia. Quando acabavam, sem poder comprar, às vezes saía à procura de xepas de cigarros. “Até que um dia criei vergonha na cara e resolvi parar de fumar”, diz. No começo não foi fácil. “Por várias vezes fraquejei e

voltei a fumar escondido das pessoas, até que entrei em uma igreja e aceitei Jesus”, relata. “Parei de fumar de vez”. Segundo o médico pneumologista Cássio Melo, a motivação para uma pessoa parar de fumar é fundamental. “Um fumante que quer parar precisa procurar um médico”, orienta. O profissional avalia qual é o melhor método para um fumante deixar o cigarro. “Há casos em que o fumante tem a dependência da nicotina”, lembra o médico. Pessoas dependentes da nicotina geralmente são aquelas que fumam de 20 a 30 cigarros por dia e acordam no meio da noite para fumar. “Esses fumantes em geral têm grandes dificuldades em parar e quando param, tem uma abstinência igual a qualquer outra droga”, revela. Para esse tipo de caso o mais indicado são os adesivos de nicotina. Assim as doses de nicotina vão baixando no corpo. Já o medicamento é pra tratar a dependência psíquica e a maioria tem ação antidepressiva. Neste

caso, são indicados àquelas pessoas que só fumam quando ficam nervosas ou ansiosas. Uma das doenças causadas pelo cigarro é a mais temida: o câncer de pulmão. Mas não é apenas essa que está associada ao hábito de fumar. Existem mais de 130 doenças causadas ou agravadas pelo cigarro como, por exemplo, as doenças cardiovasculares como infarto, angina, pressão alta e outras. Fumar também aumenta o risco das doenças pulmonares como bronquites crônicas. No caso da asma, a pessoa em contato com a fumaça piora o quadro. E pode ainda causar diversos tipos de tumores como de boca, de língua, da faringe, de esôfago, de estômago entre outros mais. O cigarro pode causar ainda o envelhecimento precoce da pele. “Quando uma pessoa para de fumar, em questão de minutos a pressão dessa pessoa já reduz”, comenta o pneumologista. “As consequências do cigarro são irreversíveis, porém podem ser

amenizadas”. Cássio Melo relata que uma pessoa que parou de fumar, após 15 anos, volta a ter a saúde equiparada a de uma pessoa que nunca fumou. “O risco cardiovascular reduz bastante”. Na fumaça do cigarro existem mais de 4,4 mil substâncias químicas. Dessas, a nicotina não é a pior. “É a que causa dependência”, explica. Entre as outras substâncias, existem muitas que são cancerígenas. “Podemos dizer que o cigarro afeta de uma maneira ou de outra todo o nosso corpo”. As consequências do cigarro são imediatas. Enquanto está com o cigarro aceso na mão, entre uma tragada e outra, a pressão arterial do fumante já começa a subir por conta da nicotina e a taxa de oxigênio do sangue cai um pouco. “O cigarro é muito prejudicial à saúde”, alerta o médico. “Não é fácil deixá-lo, também não existe uma forma milagrosa”, ressalta. “Parar de fumar é algo que só o fumante pode fazer por ele mesmo”.

15

QUANTO VOCÊ GASTA COM O CIGARRO?

MAÇOS DE CIGARRO POR DIA

X CUSTO DE 1 MAÇO DE CIGARRO

X 365

=

TOTAL DE GASTO COM CIGARRO EM 1 ANO.


Regional

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

16

Tio Ligas assina convênio com a Casan Municípios devem publicar

receitas e despesas na rede

Divulgação

Valor repassado pela Casan à prefeitura de Otacílio Costa ajudará na recuperação do asfalto do município

O prefeito de Otacílio Costa, Luiz Carlos Xavier, o Tio Ligas, firmou um convênio com a Companhia Catarinense de Água e Saneamento (Casan) para viabilizar a recomposição da pavimentação que foi removida em decorrência das obras de manutenção de redes de abastecimento de água e coleta de esgoto sanitário realizado pela Casan.

O mesmo convênio que contempla Otacílio Costa beneficiará outros 39 municípios, de acordo com o assessor do presidente da Companhia, José Cláudio Gonçalves, e consiste em um programa de cooperação interação. “Este convênio é realizado conforme o artigo 173 da Constituição Federal, Lei Federal n° 8.666 de 21/06/93, que disponi-

bilizou o valor de R$ 30.000,00 para realizar estes trabalhos”, explica. O valor disponibilizado é insuficiente, segundo o secretário de Obras, Otacílio Farias dos Santos. Por isso, haverá participação da prefeitura. Segundo o prefeito, o primeiro passo para o início das obras consiste em realizar um estudo detalhado no município para informar os pontos em que foram feitos as obras de recuperação de redes ou onde se pretende realizar obras de expansão de redes de abastecimento de águas ou de coletas de esgoto. “Este convênio é muito significativo para a administração municipal, pois irá melhorar o tráfego nestes pontos que precisam ser reconstituídos”, diz. A Secretaria de Obras é a responsável pelo estudo e, de acordo com Farias, já detém o relatório especificando os pontos a serem reparados. Em 60 dias as obras devem ser concluídas.

O prazo para municípios com menos de 50 mil habitantes se adequarem à Lei da Transparência terminou esta semana. A partir de agora, todas as prefeituras que se enquadram nesta situação precisam divulgar pela internet todas as despesas e receitas. No caso do não cumprimento, as prefeituras podem ser punidas com a suspensão das transferências voluntárias de recursos, como as emendas parlamentares e o dinheiro de programas dos ministérios. As prefeituras das cidades com até 50 mil habitantes tiveram quatro anos para se adequar à Lei Complementar 131 (Lei da Transparência). Desde 2010, a União, estados e municípios com mais de 100 mil habitantes já são obrigados a cumprir a regra. Já as cidades com população entre 50 e 100 mil habitantes cumprem a determinação desde 2011.

A publicação das informações deve ser em meio eletrônico de acesso público e em tempo real. Prefeituras que não possuam sites devem se adequar para cumprir o prazo. A Lei da Transparência tem como objetivo promover e expandir a fiscalização das administrações públicas e assim evitar casos de corrupção. Por meio da adesão ao programa Brasil Transparente, da Controladoria-Geral da União, os municípios podem obter apoio sobre capacitação e implantação do Portal da Transparência. No último mês, a Controladoria-Geral da União tem participado dos encontros estaduais de prefeitos e prefeitas promovido pela Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República para divulgar os canais e os programas de apoio aos municípios na adoção desses sistemas.


Geral

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Programação aluvisa ao Dia do Meio Ambiente está definida No mês de junho comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente e em virtude disso a Secretaria do Meio Ambiente e Serviços Públicos, juntamente com a Secretaria da Educação, o Instituto José Pascoal Baggio,

a Polícia Militar Ambiental e o Comitê Rio Canoas promovem uma série de atividades de cunho ecológico-educacional, que se estenderão de 5 a 29 de junho, a exemplo do I Seminário Ambiental da Bacia do Rio

Canoas. Quem estiver interesse em assistir as palestras programadas para o dia 5 de junho, durante o seminário sobre o rio Canoas, poderá se inscrever no dia do evento.

Programação Mês do Meio Ambiente Quarta-feira, 5 de junho 1ºSeminário Ambiental da Bacia do Rio Canoas Local: Teatro Municipal Marajoara 8h30 – Credenciamento 9h – Abertura 9h30 – Fortalecimento dos Comitês de Bacia de Santa Catarina Palestrante: César Rodolfo Seibt (Diretoria de Recursos Hídricos – SDS) 10h10 - Projeto Nascentes do Futuro Palestrante: Nádia Ribeiro (Amures) 10h50 – Protetores Ambientais Mirins Palestrantes: Janaina e Enoc (Polícia Militar Ambiental) 14h – Programa Matas Legais Palestrante: Leandro Casanova (Klabin/Apremavi) 14h40 – Caiubi de Educação Ambiental Palestrante: Mireli Moura P. Floriani (Klabin) 15h20 – Carbono Social em Rede Palestrante: José Luiz Carraro (Vianei) 16h – Gestão Ambiental Palestrante: Karina Turci (Ambev) 16h40 – Plano Intermunicipal de Ges-

tão Integrada de Resíduos Sólidos Palestrante: Selênio Sartori (Cisama –Cav/Udesc) 17h20 – Selo Escola Protetora do Meio Ambiente Palestrante: Edite Moraes (IJPB) 10 à 14 de junho Local: Parque Natural Trilha Ecológica (Escolas Municipais e Polícia Militar Ambiental) 11 de junho Local: Apae 15h - Cão Terapia (para estudantes da entidade) 19 de junho Local: Uniasselvi 19h – Palestra sobre Gestão Ambiental 25 de junho Local: Centro Ambiental 14h – Fórum de Proteção Animal 29 de junho Local: ao lado da Rodoviária 10h às 17h – Feira de Adoção de Animais 1º a 3 de julho Local: Uniasselvi 8 às 17h – Formação para professores de Ciências

Mais informações: Michelle Pelozato - Secretaria de Meio Ambiente - (49) 3222-8275

17

Helder Violandi Jaqueta de couro: dicas incríveis para usar a peça com estilo! Se tiver que escolher um casaco para o inverno, essa é a opção do momento. As cores são infinitas. Basta escolher uma que mais combine com você! A jaqueta de couro é uma peça de vestuário efêmera no guarda-roupa de qualquer mulher que adora estar na moda. É a peça chave para este inverno. Existem em vários formatos e das mais variadas formas e cores, mas a grande tendência são as jaquetas ligeiramente mais curtas e cintadas que valorizam e acentuam as formas femininas e que conferem um ar rock ao coordenado. O grande êxito destas jaquetas se deve ao fato de combinarem na perfeição com quase tudo e facilmente poder se enquadrar como agasalho, num visual mais leve e simples e num visual mais requintado e sofisticado! É fundamental para a confiança e autoestima da mulher que ela se sinta elegante e bonita em qualquer situação, e a jaqueta de couro é aquela peça versátil e prática que se consegue usar no trabalho ou numa festa! Para usá-la, vale prestar atenção em algumas dicas: -Se tiver quadris estreitos, aposte em uma parte de baixo mais clara que a jaqueta; -Se tiver muito busto, combine a jaqueta com blusa de decote em “v”; -Se tiver barriguinha, invista em uma peça mais acinturada e blusa mais larguinha por baixo. A jaqueta de couro curta não só confere um estilo elegante e protege do frio, mas também irá adicionar um toque fashion no look. Esta peça pode complementar todos os vestidos, independentemente do seu padrão ou comprimento. Vestidos drapeados, bem como modelos bandage, ficam lindos com uma jaqueta de couro curta. Além disso você pode combinar as peças, usando uma mistura de vários padrões através de uma jaqueta colorida curta com um vestido fashion com cores semelhantes.

DICA: Essa peça coringa é essencial na estação mais fria do ano. Aprenda como usá-la e arrase em qualquer ocasião!


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Homem do Campo

cesarmissioneiro@hotmail.com

Cavalo de Tróia – Cavalos da conquista Dizem os paleontólogos que há 58 milhões de anos o antecessor primitivo do cavalo era do tamanho de um pequeno cachorro, tinha quatro dedos nas patas da frente e três nas posteriores. Este pequeno herbívoro foi batizado pelos cientistas, de “Eohipo”. Conseguiu sobreviver aos predadores, evoluindo até atingir a forma mais ou menos de hoje. O cavalo que conhecemos atualmente tem mais ou menos um milhão de anos, sempre sofrendo alguma mudança evolutiva, seja por características do ambiente ou por força de cruzamentos. A importância do cavalo na vida dos humanos é men-

cionada nas pinturas rupestres dos pré-históricos, nas civilizações da Mesopotâmia. Foi na era cristã que o cavalo sofreu as maiores mudanças raciais – homens podiam contar com a resistência e velocidade do cavalo árabe (dizem ser a raça mais antiga), a robustez para suportar cavaleiro e armadura na Bélgica, a super robustez para puxar carroças na França, a rapidez para caça e esporte na Inglaterra e assim as raças foram se confirmando e outras sendo criadas sob o instinto abstrato do homem, o de sempre buscar novos resultados. Ao longo da imensa história da

humanidade, cavalos e cavaleiros ficaram imortalizados nos granitos do tempo. Acredito que o mais famoso existiu há quase 2.800 anos e foi imortalizado pelo grande Homero na Ilíada como “Cavalo de Tróia”, que em seu ventre carregava a morte grega. Homem e cavalo formam um centauro bélico de espetacular beleza e alta destruição. O foco desse texto trata da importância do cavalo na conquista da América. “...não tínhamos, depois de Deus, outra segurança senão a dos cavalos...” “...no teníamos después de Dios outra seguridad sino la de los caballos...” (Hernán Cortés). Assim como “los perros”, os cavalos chegaram à América (ilha La Espanhola), nas naves da segunda viagem de Cristóvão Colombo, em 1493. Logo que reconhecida sua importância, raras expedições ibéricas não traziam cavalos em suas naus. Nos dias de hoje é difícil imaginar o assombro e o terror que os cavalos provocavam nos índios, presenciando e ouvindo o relincho daqueles animais enormes saindo das caravelas (o maior mamífero das América era a anta). Os emissários de Montezuma, ao regressarem do encontro com Hernán Cortés, disse-

ram: “ ...seu tamanho é da altura do teto das casas”. Os espanhóis souberam explorar não apenas a vantagem bélica dos cavalos, mas principalmente o efeito psicológico. Os índios acreditavam que homem e cavalo eram o mesmo ser, uma só pessoa indissolúvel e monstruosa. Acreditavam que o relincho era a comunicação entre os dois seres e cavalos que sangravam a boca nas batalhas, acreditavam que eram carnívoros. D. Álvar Núñez Cabeza de Vaca, na travessia por Santa Catarina, relatou que os índios, ao verem os cavalos relinchando, pensavam estarem irados e para aplacar a “fúria divina” traziam presentes como mel, aves e outros víveres. Além dos mantimentos, traziam as famílias para verem aquele povo e seus estranhos animais chamados de cavalos. Pediam ao “adelantado” que dissessem aos cavalos que não iriam molestá-los para não serem maltratados por eles. D. Álvar, já em território paraguaio, encontrou os temíveis guaicurus que, na primeira investida do espanhol, fugiram para as montanhas. Mas nos confrontos seguintes tentavam, a todo custo, matar um cavalo. Muitos morreram agarrados ao pescoço do animal tentando cortar as rédeas com os dentes.

18

Hernán Cortés aterrorizou os caciques de Tabasco usando uma égua no cio e os relinchos de um garanhão, dizendo-lhes que o animal estava colérico com a última batalha, e o alemão Nicolás Federmann, conquistador da Venezuela, responsabilizou a ira dos cavalos pelos danos impetrados nas batalhas. As cartas de relação que eram diários escritos por ditos cronistas, afim de informar à Vossa Majestade, os acontecimentos nos territórios da conquista, também teciam elogios, como a superior habilidade que Cortés possuía como cavaleiro, que um cavaleiro conseguia matar aproximadamente 200 índios em um só dia e que na terrível batalha que chamaram de “matança de Cholula” está escrito: “...atacamos com tal força que em duas horas morreram mais de três mil índios”. Destes remotos tempos de conquista sobrou para os dias de hoje a mescla da cultura ibérica e ameríndios, a rotatividade de alimentos, o gado bovino, ovino e suíno, e o mais fascinante dos animais, o “cavalo”, o maior amigo do homem. No lombo do cavalo de confiança me sinto suficiente, me sinto completo, me sinto um monarca. Enquanto existir uma égua criando, os homens não abandonam o campo.


Turismo

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

19 Fotos Setur/RN

Natal

Cidade Sol, o mar, enamorado, colar de praias te presenteou. Praieira dos meus amores. Encanto do meu olhar!

Fabiano Bachmann fabianobachmann@cvc.com.br

O título é uma tentativa de apresentar esta bela cidade, misturando as duas composições mais representativas de Natal: “Praieira dos Meus Amores”, de Othoniel Menezes, e o Hino a Natal, composto pelo professor Waldson José Bastos Pinheiro e oficializado em 2001. Embora a cidade tenha sido despertada efetivamente para o turismo há pouco mais de 20 anos, atualmente Natal é um dos destinos turísticos mais visitados do Brasil por brasileiros e estrangeiros. Lá o sol brilha praticamente o ano inteiro, com temperaturas que variam entre 20 e 30 graus. Por isso Natal é um convite para você relaxar e curtir as inúmeras atrações e belezas naturais em qualquer época do ano. Ao conhecer o litoral norte, não deixe de desbravar de bugue as belas dunas de Genipabu, de passear de dromedário e de mergulhar na lagoa de Jacumã, tanto de “esquibunda”, onde você desliza sentado numa prancha de madeira até o mergulho na lagoa, quanto de “aerobunda”, que é uma espécie de tirolesa sustentada por um cabo de aço até o meio da lagoa. Aproveite o dia para conhecer também a Fortaleza dos Reis Magos, monumento histórico mais importante de Natal, construída

pelos portugueses entre o mar e a foz do Rio Potengi para evitar o domínio dos franceses. Hoje abriga o Marco dos Touros, símbolo da chegada e posse dos portugueses no território. Ainda no litoral norte, a cinco minutos do centro, fica a Praia dos Artistas que, badalada e repleta de bares e restaurantes, atrai para suas areias um público jovem, inclusive à noite, agitando a região. Já ao sul, o Morro do Careca, uma duna de 120 metros, é o principal marco de Ponta Negra, uma belíssima praia com muitos hotéis, pousadas, restaurantes, bares e quiosques. O calçadão, adornando a belíssima praia de águas sempre limpas e tranquilas, é o ponto de encontro de quem curte uma corrida ou caminhada à beira mar. Em continuação à praia, a Via Costeira abriga alguns dos melhores hotéis da cidade e também o Centro de Convenções. Se a sua agenda permitir um passeio até a Praia de Pipa, que fica ao sul de Natal, é uma opção muito interessante. A praia com águas mornas é destaque internacional por sua beleza natural, incluindo a Baía dos Golfinhos, as falésias cobertas pela mata atlântica e os imensos coqueirais. Para completar

o passeio, recomendo uma visita ao Chapadão, às falésias da Praia de Cacimbinhas e Praia do Vilarejo. Vale a pena! E se você aprecia a história e a cultura dos destinos que visita, de volta à Natal, reserve um tempo para os vários museus, teatro e centros culturais da cidade. O Museu Câmara Cascudo, por exemplo, abriga exposições de fósseis, arte sacra e popular, arqueologia, entre outras. Já o Museu de Arte Sacra de Natal, instalado na Igreja de Santo Antônio, conhecida também como a Igreja do Galo, possui peças datadas do século 17. O Museu de Cultura Popular, por sua vez, permite você admirar o acervo de mais de 1,5 mil peças de 400 artistas populares potiguares. Para se aprofundar um pouco mais na história local, numa visita ao Memorial Câmara Cascudo você poderá conhecer o acervo de mais de 10 mil itens do maior historiador e folclorista do estado,

1

Vista aérea das dunas de Genipabu

2

O Forte dos Reis dos Magos recebeu esse nome devido o início de sua construção ter acontecido bem no dia de Reis

3

Famosa entre as receitas de Natal, a caranguejada é feita a base de ingredientes regionais

composto por livros, móveis, cartas e documentos relacionados à sua trajetória. Já a Capitania de Artes e o Solar Bela Vista são dois centros culturais que, juntamente com o Teatro Riachuelo, dispõem de espaços versáteis para apresentações de peças teatrais, danças, shows e espetáculos musicais e exposições. Confira as programações antes de visitá-los. Não deixe de conhecer o maior cajueiro do mundo que, embora não seja uma árvore alta, devido a uma anomalia genética, os galhos crescem para os lados e, ao alcançarem o chão, se enraízam e crescem novamente. Esta única árvore, produzindo entre 70 e 80 mil frutos ao ano, faz os visitantes, durante o passeio, sentirem-se verdadeiramente abraçados e aconchegados nos braços da mãe-natureza. Há quem diga recordar-se, à sombra do cajueiro, do filme Avatar! Já para apreciar a culinária local,

minha sugestão é o restaurante Camarões Potiguar, que apresenta um cardápio com muitas e ótimas opções da culinária local, em ambiente aconchegante e sofisticado, com vista para a Praia de Ponta Negra e o Morro do Careca. Outra opção é o famoso restaurante Mangai, que dispõe de cardápio tipicamente nordestino com mais de 60 pratos e ambiente que remete a uma fazenda de interior do nordeste brasileiro. Que tal planejar sua próxima viagem para Natal? As férias de julho e o feriado de agosto estão chegando! Mas, para você guardar boas lembranças de sua viagem, busque sempre assessoria especializada de um agente ou consultor de viagens. Cuidados especiais devem ser tomados em relação à documentação para a viagem, transporte aéreo, transporte local, hospedagem e guias locais. Tenha uma Boa Viagem!


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

20

Evidência

Andrea Bianchini & Mirella Bianchini

Dicas de Mirella Bianchini Adeus a skinny A temporada do aperto skinny está sendo ameaçada pela ascensão de um tipo de corte mais confortável e sofisticado. Estamos falando do modelo de calças flare, uma opção bem mais democrática que as justinhas skinny e muito mais elegante que as boyfriend. O principal conselho para as baixinhas, ao optar por calças flare, é sempre dar preferência aos saltos. No street style, a calça flare aparece sempre em produções bastante sofisticadas e perfeitas para o dia a dia. De t-shirts descontraídas a camisas sociais, as opções de tops que combinam com o modelo flare são inúmeras.

Tem trend nova na área: pelúcia! Primeiro chegaram nas unhas e muita gente aderiu. Depois foi a vez dos sapatos, com a coleção 2013 da Cèline. E agora, nos últimos desfiles das novas coleções europeias, a pelúcia apareceu nos casacos e com muito volume. Em solo nacional, em meio ao clima frio menos rigoroso, a pelúcia apresenta-se aplicada às golas, punhos, peitoral – formato colete – e a capuzes volumosos combinados a outros materiais, do denim aos pontos de tricô.

Blazer branco Já era o tempo em que frio e inverno eram sinônimos de produções escuras, com roupa preta, vinho ou marrom. Hoje, a tendência é buscar pontos de luz, cores ou claridade aos dias cinzentos e gelados. E uma tendência que veio com tudo são os blazers brancos. Muita gente pode torcer o nariz por não conhecer, mas não sabe o poder que ele tem e que pode ser combinado com praticamente tudo. Prefira colares em vez de pulseiras, já que eles alongam um pouco mais a silhueta. Fotos Divulgação

Nubia Rodrigues, Luciane Letti, Valci Vieira, Luiz Vieira e Marise Zappelini cópia

A linda rainha da XXV Festa Nacional do Pinhão e o charme de Gabriel Borba Duarte

Bruna Paim, André Vasco, apresentador do Programa Astros, Fernando & Sorocaba com nossa rainha, Caroline Isabela do Sbt, e Suelen Chaves na Festa do Pinhão Costa, e as princesas, Flávia Burigo e Kamila Ghiorzi


21 Sesc traz Badi Assad a Santa Catarina Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Vitrine Cultural

Na abertura do Show Nacional de Fábio Jr., sexta-feira, 24 de maio, a presença do nosso grande destaque e ícone musical de Lages, Daniel Lucena, com a Banda Catarinense Expressso Rural.

Henrique Beling hbeling@hotmail.com

Daniel Lucena Divulgação

Essa semana aconteceu o lançamento do trailer do documentário “Certos Amigos”, que retrata a história de Daniel Lucena, músi-

co e compositor mais gravado no Estado, nas redes sociais. A produção, direção e roteiro é de Jhonatan Matos e Luiz Maffei,

em parceria com o cineasta Gustavo Remor Moritz e a fotógrafa Lenka Baranenko, da Degugas Produções.

Nos palcos, a brasileira Badi Assad revela-se uma das artistas mais completas e virtuoses do momento. Com o encanto de uma diva, ela canta, toca violão, dança e transforma seu próprio corpo numa percussão – tudo ao mesmo tempo. Em junho, Badi Assad se apresenta nos teatros do Sesc. A apresentações é gratuita. Com mais de oito CDs lançados pelo mundo e 20 anos de carreira, Badi também já foi eleita uma das melhores violonistas do planeta pela revista americana Guitar Player. Em 2012, Badi Assad lançou seu esperado 11º álbum, “Amor e outras ma-

nias crônicas”. Este primeiro trabalho, totalmente autoral, traz no repertório composições (acústicas e/ou eletrônicas) com melodias diferenciadas e letras intensas, cotidianas ou existenciais, transbordam vida, arte, amor e algumas outras manias. Serviço: Rede Sesc de Teatros – Badi Assad Data: 3 de junho de 2013 Cidade: Lages Local: Sesc Teatro Horário: 20h Endereço:Av. Dom Pedro II, 1693

Sebastião Salgado monta exposição Sebastião Salgado

Concerto do Octeto do Polyphonia Khoros Cris Prim

Sebastião Salgado montou uma exposição depois de oito anos de pesquisa. São 245 fotos com temas relacionados à natureza. O fotógrafo brasileiro, radicado em Paris, viajou durante oito anos a mais de 30 regiões remotas do mundo. O trabalho do fotógrafo pode ser visto numa exposição no Museu do Meio Ambiente no Rio: http://www.youtube.com/embed/hmX_F0Y18iw

Fórum Catarinense O Octeto do Polyphonia Khoros, formado por uma representação do grupo catarinense regido maestrina Mércia Mafra Ferreira, será o primeiro circular pelo estado no

Sonora Brasil do Sesc. O grupo apresentará repertório para coro que contempla a música de “Edino Krieger e das Bienais de Música Brasileira Contemporânea”, um

dos temas desta 16ª edição do projeto, em concertos gratuitos. A apresentação em Lages acontece no dia 4 de junho no Teatro do Sesc.

O presidente da FCC, Joceli de Souza, fala na abertura do Fórum Catarinense do Livro e da Leitura. O evento tem a intenção de promover um ambiente de participação, criação e construção do Plano Estadual do Livro e da Leitura, representando um esforço organizado de atuação entre a sociedade civil e o poder público.


Variedades

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Horóscopo semanal Áries 20/03 a 20/04 Momento que favorece contatos, negociações, comunicação, projetos mentais e ampliação de horizontes emocionais, ariano. Esta semana também favorece a resolução de pendências financeiras, com a percepção do que é valioso e importante para você. Touro 21/04 a 20/05 Nesta semana teremos uma conjunção entre o seu planeta regente Vênus e Júpiter, o que é um indício muito favorável aos taurinos, especialmente em questões financeiras, no reconhecimento e valorização dos seus talentos, e na possibilidade de desenvolver as suas habilidades. Gêmeos 21/05 a 20/06 Uma promissora e expansiva conjunção entre o planeta Vênus, que está se movimentando em seu signo, e Júpiter é um indicativo favorável para a vida afetiva e os relacionamentos geminianos. É um sinal de boas novas que se aproximam, de notícias que trazem expansão de horizontes e alegria. Câncer 21/06 a 21/07 O momento atual enfatiza um período de reflexão e de interiorização aos cancerianos, caracterizado pelo movimento de vários planetas no signo anterior ao seu. É um momento oportuno para refletir sobre o que tem ocorrido desde o seu último aniversário, nesta fase de colheita e de preparação a um novo ciclo. Leão 22/07 a 22/08 O momento atual favorece a percepção de quem são seus verdadeiros amigos e companheiros de jornada evolutiva, leonino. É uma fase que favorece projetos realizados junto a outras pessoas e ideias inovadoras. Virgem 23/08 a 22/09 Este é o momento de expandir os seus conceitos e atitudes em relação à carreira e ao desenvolvimento profissional. Nesta semana teremos uma benéfica conjunção de Vênus e Júpiter no setor de carreira, o que pode ser um símbolo de novas oportunidades que estão relacionadas a conhecimentos e a contatos.

Libra 23/09 a 22/10 O planeta regente libriano, Vênus, faz nesta semana uma conjunção favorável com Júpiter, indicando um momento oportuno para ampliar seus horizontes mentais, culturais, para viagens e conhecimentos que possam trazer uma nova perspectiva para sua vida afetiva e os relacionamentos. Escorpião 23/10 a 21/11 Esta semana favorece questões emocionais e financeiras, escorpiano, sendo inclusive um bom momento para renegociação de dívidas, para recursos materiais que são compartilhados e para uma abertura de mentalidade em relação ao amor e à sexualidade. Sagitário 22/11 a 21/12 Semana favorável aos relacionamentos e parcerias sagitarianas, o que está simbolizado astrologicamente pela conjunção entre Vênus e Júpiter. É um momento oportuno para abrir a mentalidade em relação à maneira como você encara as suas relações, como vivencia os sentimentos e como compartilha o que pensa e sente. Capricórnio 22/12 a 21/01 Contatos, estudos e viagens relacionados à atividade profissional estão estimulados nesta semana para os capricornianos. É um momento também importante para repensar a qualidade de vida, para mudar de hábitos e para perceber as melhorias e curas necessárias em suas relações. Aquário 21/01 a 18/02 Continua atuante uma tendência favorável à vida afetiva dos aquarianos, sobretudo nesta semana em que teremos uma conjunção entre o planeta do amor e dos relacionamentos, Vênus e Júpiter, o que é um indicativo de alegrias e bênçãos relacionadas ao amor e a questões que envolvem filhos e criatividade. Peixes 19/02 a 19/03 Questões familiares, emocionais e imobiliárias estão estimuladas nesta semana, inclusive com a possibilidade de novidades positivas, que podem chegar por meio dos membros da família.

22

Sonhos BR Sonhosbr.com.br


Utilidade Pública Cleber de Souza Borges Tenente Coronel PM

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

(Perguntas ou sugestões enviem um e-mail para a Redação ou para cleber.s.borges@hotmail.com, ou visite o blog www.clebinho-oazedo.blogspot.com.br)

Conselhos Comunitários de Segurança Conselhos Comunitários de Segurança (Conseg) são instituições jurídicas de direito sem fins lucrativos com o objetivo principal de organizar as comunidades e fazê-las interagir com as polícias estaduais (Policia Militar e Policia Civil), e se vinculam, por adesão, às diretrizes emanadas da Secretaria da Segurança Pública, por intermédio do Coordenador Estadual e os Coordenadores locais. Um Conselho Comunitário de Segurança não é um conselho formado por pessoas que cuidarão da segurança pública como se fossem policiais. Também não se trata de um conselho no qual pessoas irão se reunir para identificar traficantes e outros criminosos, e dedurá-los para a polícia. O principal objetivo dos Conseg’s é a prevenção, e para prevenir é preciso identificar problemas e controlar fatores de risco de múltiplas origens. Para isso, é necessário integrar e organizar as populações das comunidades, desenvolver ações de fortalecimento comunitário e iniciativas de cultura, e formação para a prevenção de maneira que, através da união

23

e interação de seus membros (diretoria, membros natos e comunidade), como também com o Estado e a prefeitura (seus órgãos, departamentos e setores públicos competentes envolvidos direta ou indiretamente com a segurança pública), seja possível a existência de sistemas de segurança comunitários preventivos que contribuam para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. A participação em um Conseg compete a todo cidadão que assume a sua parcela na responsabilidade de buscar ativamente soluções para os problemas de segurança pública e esteja disposto a colaborar com o bem-estar da comunidade da qual faz parte. Em Lages, os oito Presidentes dos Conseg´s foram empossados no dia 26 de abril de 2013, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Lages (Acil), a solenidade de posse das novas diretorias do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) dos setores 1, 2, 3, 5, 6, 8 e dos setores Norte (antigo Setores 4 e 10) e Leste ( antigo Setores 7 e 9) da Polícia Comunitária de Lages.

Foram empossados como novos presidentes: Setor 01 – Antônio Vilmar de Jesus. Setor 02 – Carlos Alberto Arruda. Setor 03 – Graciema de Souza Turcat. Setor 05 – Darci de Oliveira. Setor 06 – Maria Auxiliadora Guedes Setor 08 – Sônia Teresinha dos Santos Setor Norte – Áurea Pereira Setor Leste – Aloísio Santos Corrêa

Os trabalhos desenvolvidos pela Polícia Comunitária na cidade de Lages terão nos Conseg´s relevante apoio, pois a importância da integração e participação dos membros das diretorias nas ações promovidas pela Polícia Comunitária é que determinará o sucesso do fim a que se destinam.


Polícia

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Desarticulada quadrilha que agia na região serrana de SC A Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Lages, desarticulou, esta semana, a “quadrilha de Gargamel”, suspeita de ser responsável por diversos assaltos nas cidades catarinenses de Lages, Anita Garibaldi, Vargem e Cerro Negro. Com a prisão desta quadrilha, nove crimes ocorridos na região Serrana foram solucionados. Na segunda-feira, 27 de maio, foram presos, em Correia Pinto, Alexandre Garcia Farias, 43 anos, Eduardo de Carvalho, vulgo “Jhon, Careca ou Gargamel”, 45 anos, e Marlon Queiroz, vulgo “Mailon”, 20 anos. No domingo, 26, a Polícia Militar havia detido Kelvin Marlon Muniz Guedes, 21 anos. Jeferson da Silva, vulgo “Foge, Feje ou Cheguinha”, 25 anos, foi preso em março por porte ilegal de arma de fogo. Desde o final de dezembro de 2012, a DIC começou a investigar uma quadrilha especializada em praticar roubos a mão armada. Foram apurados vários roubos praticados pela quadrilha, e, depois

de constatada a participação dos autores, foi solicitado ao Poder Judiciário a prisão cautelar de Guedes, “Cheguinha”, “Gargamel” e Farias. Estes dois últimos já eram foragidos da justiça dos Estados de Santa Catarina e Paraná, respectivamente. Jeferson foi preso em 7 de março por porte ilegal de arma de fogo, porém Marlon Queiroz não tinha sua identificação completa, sendo conhecido apenas pela alcunha de “Mailon”. No último domingo, 26, Kelvin foi preso pela Polícia Militar. No dia seguinte, na segunda-feira, 27, por volta das 7h30, após apurada investigação, Farias foi preso pela DIC de Lages na cidade de Correia Pinto, quando estava consertando um pneu da motocicleta, de placas MHP2471. Com ele foram encontrados uma CNH falsa, um RG falso, 16 munições calibre .38 e uma munição calibre .32. Segundo Farias, a munição era uma encomenda de Marlon, até então conhecido por Mailon. Após a DIC identificar “Mailon”, como sendo

Marlon Queiroz , ele foi localizado na casa da sogra, local onde os Policiais Civis conseguiram prendê-lo. As equipes da DIC se deslocaram até o local e conseguiram prendê-lo. Em posse de “Gargamel” foram apreendidos diversos objetos de origem ilícita e materiais utilizados na prática de assaltos, a bolsa tiracolo de cor preta, na qual guardava a arma, balaclavas, rolos de fita estilo silvertape, máquina de choque, um revólver calibre .38, além de vasta munição e vários objetos subtraídos das vítimas da quadrilha. Depois da prisão de todos os integrantes da quadrilha de “Garmagel”, foram recuperados três veículos roubados na região, que estavam sendo utilizados para os crimes. Os envolvidos vão responder pelos crimes de roubo, receptação, dirigir sem permissão, adulteração de veículo, estatuto do desarmamento, formação de quadrilha, uso de documentação falsa e furto.

Drogas são apreendidas pela polícia em bairros da cidade Divulgação

Repressão ao tráfico aconteceu nos bairros Passo Fundo, Santa Helena, Dom Daniel e Habitação

Policiais Civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Lages, em conjunto com a Polícia Militar, realizaram nos dias 23, 24 e 25 de maio a Operação Gralha Azul, que tinha o objetivo de reprimir o tráfico de drogas nos bairros Passo Fundo, Santa Helena, Dom Daniel e Habitação. A operação resultou na condução de 14 pessoas à delegacia de Polícia, além

da apreensão de quase um quilo de entorpecentes, uma balança de precisão e munições. Oito pessoas foram presas. No total, foram cumpridos 40 mandados de busca e apreensão e três de prisão. Um adolescente também foi apreendido. As diligências foram realizadas nos bairros Passo Fundo, Santa Helena, Dom Daniel e Habitação.

24

Supletivo Expressão Termine seus estudos de forma rápida e com qualidade

fone: (49) 3225-4088 APRESENTANDO ESTE CUPOM A MATRÍCULA É DE GRAÇA


Grêmio

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Gremistas vivem expectativa de conhecer nova camisa Divulgação

Torcedores poderão adquirir camisa ao valor de R$ 209,90

A venda antecipada da nova camisa do Grêmio segue com a pré-venda disponibilizada pelo Grêmio. Os associados e torcedores podem comprar a camisa por R$209,90, acrescida de descontos que variam de 5% a 15%. A peça só poderá ser retirada quando o uniforme for oficial-

mente apresentado aos torcedores, no dia 8 de junho, nas lojas em que foram adquiridas. Para quem optar pela compra na loja virtual do Grêmio, a entrega será feita pelos Correios. Sócios gremistas recebem desconto de 5%, além dos 10% aplicados normalmente. Torce-

dor cadastrado ganha os 5% da venda antecipada, mais os 5% próprios da categoria. Já para os torcedores em geral serão oferecidos 5%. A equipe de marketing do Clube promete mexer com o imaginário coletivo, provocando a curiosidade da torcida.

Os símbolos do Clube O brasão e as estrelas O clube teve em sua história dois distintivos, o primeiro em 1904, ano que o clube disputou sua primeira partida. E seu desenho original permaneceu até 1963, ano em que a palavra “Foot-Ball” foi substituída por “Grêmio”, e o ano da fundação foi incluído. Já em 1985 foi acrescentado três estrelas – de bronze, prata e ouro, que simbolizam as conquistas do Campeonato Brasileiro, da Libertadores da América e do Mundial Interclubes. Já na bandeira oficial há uma estrela dourada, que é uma homenagem ao gremista Everaldo, o primeiro e único jogador de um clube gaúcho a ser Campeão Mundial com a Seleção Brasileira de 1970. O brasão faz alusão a uma bola de futebol, com suas linhas de costura, como as bolas eram fabricadas antes. A camisa tricolor Para a primeira camisa foram escolhidas as cores azul e havana, em tecido listrado horizontalmente, que compunham o uniforma com a gravata e a faixa na cintura em branco, com calção e meia em preto. Porém, havana não era uma cor muito comum e logo se percebeu que não haveria quantidade suficiente de tecido para atender a necessidade. Então, ainda em 1904, o modelo listrado foi substituído pelo azul e preto dividindo verticalmente a camisa. Em anos seguintes, a combinação de azul, preto e branco coloriu o uniforme em várias combinações, até 1928, quando surgiu o modelo definitivo que vemos até hoje: listas verticais azuis, pretas e brancas.

25


Internacional

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Colorada ganha presente de representantes do Internacional Divulgação

Irmã Inah (sentada) ganhou dos representes do Internacional diversos presentes

A colorada mais antiga que se tem conhecimento é a Irmã Inah e em comemoração ao seu aniversário, o Internacional, representado pelo secretário-geral, Gelson Pires, o ex-volante Caçapava, o vice-presidente de comunicação social, Norberto Guimarães, e a diretora feminina, Helena Lacher, fizeram uma visita à Congregação das Irmãs Terezianas a fim de presentear a torcedora. A Irmã Inah é uma colorada das

mais fanáticas que já se viu. É uma devota proativa e cheia e histórias para contar. Nascida em 1908, a freira é um ano mais velha que o próprio Inter (fundado em 4 de abril de 1909). Quando perguntada sobre qual o segredo para manter-se tão “inteira” aos 105 anos, rebateu: “Segredo? Se é segredo não posso contar”. Ao receber pelas mãos de Gelson Pires um kit com produtos do Inter, incluindo uma miniatura do novo

Beira-Rio, que a deixou extasiada, Irmã Inah logo disparou: “Eu sou do Inter porque ele é o Clube do Povo. Seja branco, negro, pobre, rico, católico ou não, o Inter agrega todos. É um clube universal”. Depois, retribuiu os presentes com um cartão para cada, com direito a dedicatória, e ofereceu um café caprichado. E, é claro, muitas histórias e causos que, além do carisma, são as especialidades da freira mais colorada do mundo.

Inter está entre as marcas mais valiosas do futebol mundial O Internacional está na 46ª lugar entre as 50 marcas mais valiosas entre os clubes de futebol do mundo, segundo uma pesquisa realizada pela Brand Finance. De acordo com o levantamento, que avaliou a marca do clube gaúcho, ele está avaliado em US$ 55 milhões (cerca de R$ 114,4 milhões).

Além do Inter, mais quatro clubes brasileiros também fazem parte desse ranking: Corinthians, Flamengo, Santos e São Paulo. Esses cinco times brasileiros são os únicos a fazerem parte do ranking de clubes fora da Europa. A pesquisa revelou ainda que o Inter teve uma valorização de US$ 4 milhões em relação ao

ranking divulgado em 2012. “As marcas de clubes brasileiros tiveram grande evolução graças ao crescimento da economia e à crescente paixão de seus torcedores”, indicou a empresa que fez a pesquisa, em comunicado oficial a respeito dos bons resultados apresentados pelos times brasileiros no ranking deste ano.

26


Esporte

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

SC receberá 1,1 mil atletas para os JABs No período de 30 de maio a 4 de junho, 1,1 mil atletas de oito estados brasileiros estarão em Criciúma para a disputa da 22ª edição dos Jogos Abertos Brasileiros (JABs). Participarão desta edição, além da anfitriã Santa Catarina, os estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Ceará. Estarão na disputa os títulos do atletismo, natação, judô, bas-

quete futsal, handebol e vôlei. Os JABs têm a finalidade de promover o intercâmbio esportivo entre os estados, proporcionar boas relações entre dirigentes, técnicos e atletas e apontar o surgimento de novos talentos no cenário desportivo nacional. No ano passado, a competição foi realizada em Vitória (ES) tendo São Paulo como campeão geral. Os JABs em Santa Catarina

são organizados pelo Governo do Estado, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Criciúma. Para Marcelo Kowaslki, diretor técnico do evento, a realização dos JABs em solo catarinense é muito importante. “É sempre bom para Santa Catarina ter um evento deste nível”, diz. “São atletas de outros estados desfilando seus talentos em nossas quadras e isso agrega valor ao esporte local.

Enxadristas participam de Copa local Celso Aurélio

A Biblioteca Municipal de Lages foi palco da 2ª Copa Edézio Caon de Xadrez, no sábado, 25 de maio, válida pela primeira etapa do Circuito Lageano de Xadrez 2013. A competição reuniu 84 enxadristas de Lages, Ponte Alta, Chapecó e Blumenau. Os melhores colocados receberam

troféus e medalhas em 15 categorias. A competição é uma realização do Lages Xadrez Clube e secretaria municipal de Educação, por meio da Biblioteca Pública, com apoio da Fundaqção Municipal de Esportes de Lages (FME). A arbitragem foi do professor Lu-

CA Esportes Por Celso Aurélio

Já conhece o adversário O Caça e tiro Honolulu já conhece o adversário para a primeira rodada do Campeonato estadual da Divisão Especial. Trata-se da poderosa Krona, de Joinville. A partida está marcada para terça-feira, 4 de junho, em Lages, no Ginásio de Esporte Jones Minosso. Pelo potencial da

equipe e pelo clima que vive o futsal de Lages, pela conquista recente do título da Copa Santa Catarina 2013, esperamos mais uma vez o engajamento da torcida local em favor do nosso representante. Pensemos nisso enquanto é tempo.

Inter Futsal O Inter Futsal jogou sábado, 25 de maio, em Videira e foi derrotada pelo AD Videira por 5x4, pelo campeonato Estadual da primeira Divisão de Futsal.

Esta foi a segunda partida e derrota da equipe lageana na competição. Na próxima semana a equipe colorada joga em Lages, no Jones Minosso.

Em Foco A dupla Seleco e Roney foi destaque na Copa Sesi de Futsuíço. Ambos os atletas s ã o d a e q u i p e C o re m a x ,

c a m p e ão d a com p e t iç ão. Seleco, goleiro menos vazado, e Roney, artilheiro da competição. Celso Aurélio

Cerca de 90 enxadristas participaram do evento

ciano Justi Antunes, Árbitro Nacional. Para o presidente do Lages Xadrez Clube, Técnico de Lages e Coordenador do Circuito, o Mestre Nacional Marco Cordeiro, lembrar-se de pessoas tão importantes para o xadrez em outras épocas é uma maneira de mostrar aos mais jovens que fazem parte de uma história de muito esforço e iniciativa. “O Xadrez de Lages vem se construindo com pessoas de bem, com preocupação social e educativa”, diz. O xadrez lageano vem se fortalecendo entre as crianças, o que é positivo, pois o jogo contribui na organização e planejamento do praticante e para a criança é ainda melhor. Quem joga xadrez antecipa ações e consequências, por é bom às crianças a prática do jogo. A próxima etapa do Circuito Lageano de xadrez será no mês de junho, em local ainda a ser definido.

27

Valeu galera, até aproxima edição.


Esporte

Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

28

Coremax é campeão da Copa Sesi de Futsuíço Celso Aurélio

A final da Copa Sesi de Futsuíço 2013 aconteceu no sábado, 25 de maio, no Campo do Centro de Atividades do Serviço Social da Indústria de Lages (Sesi). A final envolveu as equipes da Klabin-SI e Coremax, revivendo uma velha e histó-

rica rivalidade em termos de competições sesianas em nível local. Numa partida bem disputada, a vitória foi da equipe da Coremax, pelo placar de 5x2. Com este resultado, a Coremax sagrou-se campeã e teve o artilheiro da competição e o goleiro menos vazado.

Classificação Final Campeão: Coremax Vice-campeão: Klabin SI Artilheiro: Roney (Coremax), com 10 gols Goleiro menos vazado: Seléco (Coremax) A equipe vencedora vai representar Lages na etapa Regional

Pilotos de Lages conquistam bons resultados em Estadual No domingo, 26 de maio, foi realizada em Rio do Sul a segunda etapa do campeonato Catarinense de Bicicross. A piloto lageana Alessandra Antunes de Souza venceu a categoria de que participa e segue liderando o estadual. É o décimo título consecutivo da

carreira. Outro piloto de Lages que conquistou os primeiros pontos na temporada foi Matheus Dettofol da Luz, que ficou na quinta colocação. Havia mais de três anos que ele não participava de uma prova na pista de Rio do Sul.

Celso Aurélio

Os lageanos estão em alta na competição de Bicicross


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

29


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Flashes da 25ª Festa Nacional do Pinhão

30


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Vitrine do Pakinha marcelopakinha@vitrinelageana.com.br

Flashes da 25ÂŞ Festa Nacional do PinhĂŁo

31


Lages, 31 de Maio de 2013 - Ano 3

Previs達o do tempo

32


Edicao 81