Issuu on Google+

Edição 993

Pinheiro Machado, Piratini, Bagé, Aceguá, Pedras Altas, Candiota e Hulha Negra

Venda Avulsa: R$ 2,75 17 a 20 de fevereiro de 2017

DESINTERESSE PELO CARVÃO

Engie busca comprador para a UTE Pampa Sul Pág. 7

PONTE DO COSTA EM PIRATINI Daer RS/Especial TP

PINHEIRO MACHADO

Prefeito consegue renegociar vale-refeição com o Banrisul Pág. 4

HULHA NEGRA

Licitação concluída Antigo sonho da comunidade piratiniense, parece ganhar um alento importante, com o anúncio, por parte do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (Daer), da conclusão da licitação para a construção da nova Ponte do Costa, na ERS 702 - principal via de acesso a Primeira Capital Farroupilha. A obra está orçada em R$ 6,3 milhões.

Págs. 8 e 9

Associação Comecial reivindica reabertura do posto da BM Pág. 12


2

17 a 20 de fevereiro de 2017

OPINIĂƒO

MURAL

Folador conversa com a fundadora do municipalismo DivulgaçãoTP

VENDA DA PAMPA SUL 1 Nos bastidores e aqui mesmo no TP jå foi comentado que desde que a Engie assumiu o controle da antiga Tractebel em nível mundial haveria este reposicionamento em relação as energias geradas com as chamadas fontes não limpas como o carvão. A tendência Ê que um grupo chinês ou com a participação de investidores chineses venha a assumir tanto a UTE Pampa Sul como a Usina Jorge Lacerda, em Santa Catarina. É aguardar e ver. VENDA DA PAMPA SUL 2 Algum gaiato pode associar a greve ao fato da venda, porÊm não hå qualquer relação. Outra situação impossível Ê a obra não ser terminada e a usina não entrar em operação. Aliås, ela só tem valor de mercado se gerar energia. Do contrårio, praticamente não vale nada.

Folador conversou com a professora Dalva obre sua prĂŠ-candidatura a presidente

VIAGEM A BRASĂ?LIA - Folador segue programando uma espĂŠcie de caravana de sua prĂŠ-candidatura atĂŠ a capital federal. A ideia ĂŠ fazer um trajeto de Candiota a BrasĂ­lia de bicicleta durante 23 dias, no sentido de divulgar a sua prĂŠ-candidatura. Conforme ele, o motor home doado e que o acompanharĂĄ no trajeto, jĂĄ estĂĄ sendo reparado mecanicamente e deve ser adesivado nos prĂłximos dias.

SALA DO INVESTIDOR 1

O ex-prefeito e empresårio de Candiota Marcelo Gregório, esteve esta semana junto com o vereador Fabricio Moraes, o Bibi (PMDB) em Porto Alegre, na Sala do Investidor – criada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia para auxiliar empresårios e entidades empresariais sobre a implantação ou a ampliação de empreendimentos no Rio Grande do Sul. Na oportunidade (foto), Marcelo apresentou o projeto do Condomínio Passo Real do Candiota, que pretende construir 240 leitos às margens do arroio Candiota e que foi lançado recentemente na cidade. Ele e Bibi foram recebidos foram recebidos pelo assessor do secretårio Fåbio Branco, Luis Cezar Campos, pelo diretor da Sala do Investidor, Adriano Boff e tambÊm o pelo gerente adjunto de Operaçþes do Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE), AndrÊ Gotler.

Diretor-proprietĂĄrio JoĂŁo AndrĂŠ Lehr

ASFALTO EM HULHA O prefeito de Hulha Negra Renato Machado (PP), aposta muito na sua relação antiga com o atual secretĂĄrio de Transportes do Estado, deputado estadual Pedro Westfhalen, para que as avenidas Hugo Canto e GetĂşlio Vargas, recebam em breve uma nova camada asfĂĄltica. A obra contemplaria desde a entrada da cidade na BR-293 atĂŠ prĂłximo ao posto de gasolina, em toda ĂĄrea central da cidade. ATO CONTRA PRIVATIZAÇÕES A Frente em Defesa das Empresas PĂşblicas, composta por entidades representativas e funcionĂĄrios da CEEE, SulgĂĄs, CRM, Banrisul e Corsan, promoverĂĄ um ato contra a privatização das estatais gaĂşchas nesta sexta-feira, 17, a partir das 19h, na Câmara de Vereadores de BagĂŠ. O evento serĂĄ aberto Ă  comunidade e estĂĄ sendo convocado pelas redes sociais e atravĂŠs de contatos diretos nas empresas que serĂŁo atingidas pelo pacote de privatizaçþes do governo do Estado. AlĂŠm de representantes de sindicatos e da população de BagĂŠ e da regiĂŁo, o ato contarĂĄ com a participação do deputado estadual Luiz Fernando Mainardi (PT). CONTRA A PRIVATIZAĂ‡ĂƒO O deputado estadual, Bombeiro Bianchini (PPL), esteve nesta quinta-feira (16), visitando Camdiota para conhecer a importância econĂ´mica e social das empresas CRM e CGTEE para o municĂ­pio e tambĂŠm para a regiĂŁo, tendo em vista que existe um projeto na Assembleia prevendo a possibilidade de privatização GDV PHVPDV 3DUD R GHSXWDGR DSyV D YLVLWD ÂżFRX reforçada sua posição de defender a permanĂŞncia das empresas como estatais. Na ocasiĂŁo, tambĂŠm foi debatido sobre a atual situação dos bombeiros no municĂ­pio, FRQVLGHUDQGRTXHRGHSXWDGRpERPEHLURGHSURÂżVVmR “Com certeza vamos buscar intermediar uma solução SDUDDVLWXDomR´DÂżUPRX(OHYLVLWRXDLQGDR6LQGLFDWR dos Mineiros.

SALA DO INVESTIDOR 2 O atual prefeito de Candiota Adriano dos Santos (PT), pretende em breve tambÊm implantar no município algo semelhante a Sala do Investidor do Estado. Adriano, que pensa em estimular uma mudança de comportamento, qual seja, de Candiota tambÊm ser uma cidade

Esta Ê uma publicação da

De Marca Jornal e Editora Ltda CNPJ.: 10.582.703/0001-29

Divulgação TP

FIM DO RECESSO Após 45 dias de recesso parlamentar, a Câmara de Vereadores de Candiota promoverå na próxima segunda-feira, 20, a primeira sessão ordinåria do ano. A reunião iniciarå às 17h.

RaĂ­ssa Vargas/EspecialTP

o ex-prefeito de Candiota Luiz Carlos Folador, segue se articulando com vistas a sua prĂŠ-candidatura a presidente da RepĂşblica, divulgada com exclusiviGDGHDTXLQR73QRÂżQDOGRPrVGHGH]HPEUR )RODGRUYLDMRXQR~OWLPRÂżPGHVHPDQDSDUDD cidade de SĂŁo Paulo, quando participou das homenagens pelos 80 anos da mulher que ĂŠ considerada a fundadora do municipalismo brasileiro, a professora paulista Dalva Christofoletti Paes da Silva. A bandeira do municipalismo ĂŠ erguida por Dalva hĂĄ mais de 60 anos, sendo ela uma das criadoras da Confederação Nacional dos MunicĂ­pios (CNM). Atualmente ela ĂŠ diretora-presidente do Centro de Estudos e Apoio aos MunicĂ­pios e Empresas (CEAME). Segundo Folador, a conversa foi bastante produtiva, quando ele pediu conselhos Ă  experiente lĂ­der municipalista sobre sua prĂŠ-candidatura. “Ela achou interessante a minha disposição, entretanto nĂŁo declarou apoio, pois possui um compromisso com o atual governador de SĂŁo Paulo, Geraldo $OFNPLQ 36'%  &RQWXGR ÂżFRX DFHUWDGR D SRVVLbilidade de novos encontros num futuro prĂłximoâ€?, contou Folador. Em SĂŁo Paulo, Folador tambĂŠm participou, junto com Dalva, da Assembleia Geral da Associação Paulista de MunicĂ­pios (APM), ele que foi presidente da Associação das Federaçþes dos MunicĂ­pios do RS (Famurs) nos perĂ­odo 2015-2016.

VENDA DA PAMPA SUL 3 A decisão da Engie em vender a UTE Pampa Sul precisa ser lamentada pela região, em certa medida, pois como jå podemos desfrutar nesses cerca de três anos que a empresa estå por aqui (antes Tractebel), tivemos a certeza em se tratar de um grupo empresarial da mais alta seriedade e que possui uma relação, tanto com a comunidade como com o meio ambiente, de total respeito e comprometimento. Vamos torcer para que os futuros proprietårios tenham a mesma linha de pensamento e ação.

de empreendedores e não apenas de funcionårios de empreiteiras e estatais, deverå em breve enviar para a câmara de vereadores, um projeto de lei criando o Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico, que destinarå parte do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) para incentivar novos e ampliar os atuais negócios no município.

Direção Geral e Editor João AndrÊ Lehr (Mtb 16.025) Jornalismo Claudenir Munhoz (Mtb 17.657) Simone Gasparoni (DRT/RS 9.707) Administrativo, Circulação e Cobrança Adriana Pereira Projeto Gråfico e Diagramação De Marka Comunicação Impressão Logic Press Brasil (Cachoeira do Sul-RS)

jornalismo.tribunadopampa@gmail.com comercial.tribunadopampa@gmail.com

www.tribunadopampa.com.br R. AcĂĄcio das Neves, 125 - Apto 03 Centro - Candiota/RS - CEP 96.495-000

VALORES DE ASSINATURA:

Mensal: R$ 26 Trimestral: R$ 67 (ou em 2x de R$ 33,50) Semestral: R$ 112 (ou em 2x de R$ 56) Anual: R$ 200 (ou em 3x de R$ 67)

Fones: (53) 3245-8112 9.9958-1402 (wathsapp)

Os artigos, colunas e a pedidos com assinatura aqui publicados são a título de colaboração ou matÊria paga, sendo de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião deste veículo.


GERAL

3

17 a 20 de fevereiro de 2017

HULHA NEGRA

Divulgação TP

Diretor comercial da Cesa visita o município Simone Gasparoni TP

“A potencial operação está em linha com a estratégia de descarbonização da Engie em todo o mundo” Mauricio Bähr - CEO da Engie no Brasil e presidente do Conselho da Engie Brasil Energia, empresa controladora dos dois ativos, em relação a venda UTE Pampa Sul

Arquivo TP

Renato com Brandt Acosta, membro do Diretório Municipal do PP, Nunes e a vereadora progressista Elizângela Coitinho (Mana do Mutuca)

O

prefeito de Hulha Negra, Renato Machado (PP), recebeu, na manhã de terça-feira, 14, a visita do diretor técnico comercial da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa), Lúcio do Prado Nunes. “A

gente tem compromisso com a cidade, com a região”, disse Nunes, que se colocou à disposição da administração municipal para intermediar ações junto ao governo do Estado. Renato mencionou

que uma das demandas do município é o recapeamento das avenidas Hugo Canto e Getúlio Vargas. “É o que eu quero do Estado”, ressaltou o chefe do Executivo. Nunes é suplente de deputado estadual pelo PP.

PEC que regulamenta rodeios e vaquejadas é aprovada pelo Senado

N

esta sexta e sábado (17 e 18) tem muita diversão em Candiota, com o tradicional Carnaval Fora de Época. vem se divertir na Capital Nacional do Carvão!

Divulgação TP

Deputado Afonso Hamm é um dos defensores da medida

Nesta terça-feira (14), o Senado aprovou a proposta de emenda constitucional (PEC) 50/2016, que permite a realização de rodeios e vaquejadas no Brasil. A PEC segue agora para apreciação na Câmara dos Deputados. Vice-presidente da Frente Parlamentar em defesa dos rodeios, o deputado Afonso Hamm comemorou a decisão. “Os

rodeios e as vaquejadas representam lazer e culto às tradições, especialmente nas regiões do país em que essas manifestações têm mais de um século de história. O Brasil tem que ser respeitado nas suas diversas formas de culturas e tradições”, D¿UPRX Ainda de acordo com o parlamentar, durante a realização das provas o bem-estar dos animais é uma

permanente preocupação dos organizadores. Hamm, que também é criador de cavalo crioulo, apresentou projetos de lei que reconhecem a Marcha de Resistência do Cavalo Crioulo do Rio Grande do Sul e o Freio de Ouro como manifestação da cultura nacional. Também fez uma indicação ao Ministério da Cultura, sugerindo o registro da competição “Freio de Ouro” como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. O deputado reiterou seu apoio ao projeto, destacando que o objetivo é garantir que as provas continuem sendo realizadas no país, considerando que as mesmas movimentam o turismo, a economia e o setor agropecuário, além de promoverem a geração de empregos.

Divulgação TP

D

ia desses, em rede social, um morador de Candiota postou a situação da imagem. Segundo ele, um cidadão andou por várias metros com um trator sem pneus (apenas nas rodas), sobre o asfalto da rua Astrogildo Sobrosa (próximo ao Hotel Dal Cortivo). O ato, que podemos chamar de vandalismo, ocasionou uma valeta no pavimento. Cuidar da cidade é obrigação de todos e não apenas da prefeitura.

Participe destas seções enviando fotos através do e-mail

jornalismo.tribunadopampa@gmail.com


4

POLÍTICA

17 a 20 de fevereiro de 2017

PINHEIRO MACHADO

Zé Antônio consegue renegociar vale-refeição com o Banrisul Prefeito esteve em Porto Alegre nesta semana e cumpriu agendas também na Casa Civil, na Funasa, na Fundergs e no Corpo de Bombeiros DivulgaçãoTP

Zé Antônio durante reunião com Biolchi

N

esta semana, o prefeito de Pinheiro Machado, Zé Antônio (PDT), cumpriu várias agendas em Porto Alegre. Uma delas foi no Banrisul, onde conseguiu renegociar

o vale-refeição dos 386 funcionários da administração municipal. “Já está tudo acertado”, afirmou o prefeito, acrescentando que será necessário apenas GH¿QLUFRPD3URFXUDGRULD

Jurídica da prefeitura como serão pagos os vales aos ex-funcionários. O vale deixou de ser pago ao funcionalismo em novembro de 2016. Na renegociação estão incluídos o parcela-

mento da dívida do vale, que gira em torno de R$ 360 mil, e o fornecimento mensal do benefício, que é de R$ 180 por funcionário. Na capital gaúcha, Zé Antônio conversou com o secretário da Casa Civil, Márcio Biolchi, que, segundo o prefeito, se comprometeu em apoiar a prefeitura na questão da renegociação do vale-alimentação. O chefe do Executivo pinheirense também esteve na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), para tratar sobre a possibilidade de ser liberado o restante dos recursos para construção de redes de água no interior de Pinheiro Machado. O convênio foi assinado em 2012, quando Zé era prefeito, e a verba total é de cerca de R$ 1 milhão. Segundo Zé Antônio, já foram liberados dois terços dos recursos.

“Temos boas possibilidades. Temos até maio para resolver esse impasse”, informou o prefeito, que cumpriu também agendas no Corpo de Bombeiros e na Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (Fundergs). No Corpo de Bombeiros, ele solicitou que seja instalada uma unidade do órgão em Pinheiro Machado. “Pela estrutura que nós oferecemos, temos grandes possibilidades”, acredita Zé Antônio. O prefeito sugeriu que a unidade funcione no antigo posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-293. Já na Fundergs ele tratou sobre a dívida de R$ 100 mil da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), referente a uma prestação de contas. “A Apae precisa se livrar dessa situação”, ressaltou o prefeito, mencionando

que o processo está bem encaminhado. Zé Antônio foi a Porto Alegre acompanhado do secretário municipal da Saúde, Eliton Rodrigues, do presidente da Câmara de Vereadores, Jaime Lucas (PMDB), e do diretor geral do Legislativo, Paulo Fernando Martins (Nonô). SEMINÁRIO – Na quarta-feira, 15, Zé Antônio participou do Seminário dos Novos Gestores, promovido pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), no centro de eventos do hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre. O evento abordou o tema “Reconstruindo o Brasil a partir dos municípios”. “Foi importante, voltado para um novo pacto federativo. Acho que é um assunto que tem que se desenvolver”, avaliou o prefeito.

Condema elege novo presidente em Hulha Negra O coordenador do Departamento de Desenvolvimento Rural de Hulha Negra, Luis Fernando Rehling de Lima, é o novo presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Condema). Lima foi escolhido durante reunião do órgão que aconteceu na Câmara de Vereadores, na manhã de terça-feira, 14. Foi o primeiro encontro promovido pelo Conselho Lima estará à frente do órgão pelos próximos dois anos

neste ano. A próxima reunião está agendada para o dia 14 de março, às 9h, na sede do Legislativo. Na oportunidade, será IRUPDGDR¿FLDOPHQWHDQRYDGLUHWRULDGRyUJmRSDUDRELrQLR 2017-2018, destaca o presidente. De acordo com ele, as reuniões do Condema serão trimestrais. O Conselho reúne lideranças políticas e representantes da sociedade civil, e atua, junto com a equipe do Departamento de Meio Ambiente do município, em questões referentes a queimadas, defensivos agrícolas e poluição sonora, entre outros.


GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

REGIĂƒO

O futuro da Lava Jato no Supremo ĂŠ uma incĂłgnita

Prefeito de Pedras Altas Ê eleito presidente do Copes Prefeito de Piratini, Vítor Ivan assumiu uma das vices-presidências Divulgação TP

Com a trĂĄgica morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, vĂ­tima de um acidente aĂŠreo na quinta-feira passada, no Rio de Janeiro, o futuro do andamento dos processos envolvendo a Operação /DYD-DWRQDPDLVDOWD&RUWHGR3DtVÂżFRXLQFHUWR,VVR porque Zavascki era relator da ação, e sua morte abre dĂşvidas a respeito de quem irĂĄ comandar o processo. No entanto, existe a possibilidade de o processo ser redistribuĂ­do e ir parar na mĂŁo de outro ministro. Pode *LĂŠo L. Vieira haver uma saĂ­da para que nĂŁo seja esse caminho, mas a presidente do STF, CĂĄrmem Lucia, teria de enfrentar uma briga para que a regra tivesse outra interpretação e, assim, um atual ministro do Supremo poder assumir a relatoria. Para o professor, a lĂłgica aponta que os nomes mais indicados seriam os jĂĄ revisores da Lava Jato, LuĂ­s Roberto Barroso ou Celso de Mello, seria o nome mais indicado pelo seu afastamento do mundo polĂ­tico, mas estava em seu planejamento se aposentar. “NĂŁo serĂĄ um caminho fĂĄcilâ€?, diz o acadĂŞmico. Pela regra, ainda segundo Glizer, apenas dois nomes estariam totalmente vetados! O da presidente do STF, CarmĂŠm LĂşcia, e o do ministro Gilmar Mendes. “O que nĂŁo poderia acontecer seria fragilizar as instituiçþes e o novo relator da Lava Jato ser alguĂŠm indicado pela presidĂŞncia interinaâ€? opina. A determinação de que o novo ministro a ser indicado assuma a relatoria consta no artigo 38 do regimento interno do Supremo, que aponta que o relator de determinado processo ĂŠ substituĂ­do “em casos excepcionaisâ€?, o presidente do Tribunal redistribua os processos se a indicação do novo ministro nĂŁo for feita pelo presidente em atĂŠ 30 dias. Outra opção, seria a escolha de um ministro da Segunda Turma do STF, da qual Teori Zavascki fazia parte, *JORNALISTA, para relatar o processo. Caso o STF, decida pela DELEGADO E redistribuição para um integrante que jĂĄ compĂľe o CONSELHEIRO DA tribunal, apĂłs 30 dias de vacância do cargo, a Lava ASSOC. RIOGRANDENSE Jato andaria mesmo sem um novo ministro. DE IMPRENSA Os anunciantes abaixo sĂŁo exclusivos da coluna do jornalista LĂŠo L. Vieira

Vitor Ivan Rodrigues, Bebeto Perdomo, Eduardo Morrone (ex-presidente do ConsĂłrcio) e Alexandre Lindenmeyer

N

R ÂżQDO GH MDQHLUR R SUHIHLWR GH 3HGUDV $OWDV %HEHWR 3HUGRPR IRL HOHLWR SUHVLGHQWH GR &RQVRUFLR 3~EOLFR GR ([WUHPR 6XO &RSHV  $ QRYD JHVWmR HOHLWD SDUD R ELrQLRWHPFRPR YLFHSUHVLGHQWHVRVSUHIHLWRV $OH[DQGUH 'XDUWH /LQGHQPH\HU GH 5LR *UDQGH H 9LWRU ,YDQ *RQoDOYHV 5RGULJXHVGH3LUDWLQLÂł,UHPRV SDXWDU R QRVVR WUDEDOKR QD

PDQXWHQomR GDV FRQTXLVWDV Mi HIHWLYDGDV H DXPHQWDU DV PHVPDV)D]HUXPWUDEDOKR PXLWR IRUWH GH XQLmR H SDUFHULD FRP D$]RQDVXO $VVRFLDomRGRV0XQLFtSLRVGD =RQD6XO HID]HUSURMHWRVHP FRQMXQWRFRPRVPXQLFtSLRV SDUDYLUUHFXUVRVSDUDWRGDV DViUHDVSULQFLSDOPHQWHSDUD UHFXSHUDomRGHHVWUDGDVPXQLFLSDLV´HQXPHUD%HEHWRDV PHWDV GD QRYD GLUHWRULD GR &RQVyUFLR

 2&RSHVpIRUPDGR SRUPXQLFtSLRV6mRHOHV $FHJXi$PDUDO )HUUDGRU $UURLR *UDQGH$UURLR GR 3DGUH &DQJXoX &DSmR GR /HmR&HUULWR&KXt+HUYDO -DJXDUmR 0RUUR 5HGRQGR 3HGUDV$OWDV3HGUR2VyULR 3HORWDV3LQKHLUR0DFKDGR 3LUDWLQL5LR*UDQGH6DQWD 9LWyULDGR3DOPDU6mR-RVp GR1RUWH6mR/RXUHQoRGR 6XO6DQWDQDGD%RD9LVWDH 7XUXoX

COMUNICADO IMPORTANTE Período de Recesso Parlamentar A Mesa Diretora informa que desde o dia 1º atÊ o dia 28 de fevereiro de 2017, a Câmara de Vereadores de Pinheiro Machado estarå em recesso parlamentar. PorÊm, neste período a Casa Legislativa (Administrativo e Assessores de Bancadas) segue seu trabalho normalmente. Obs: As Sessþes Ordinårias estão suspensas atÊ o tÊrmino do referido recesso.

5


6

GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

PARALISAĂ‡ĂƒO

Greve na UTE Pampa Sul completa 11 dias nesta sexta Em torno de 1,4 mil trabalhadores paralisaram as atividades J.AndrĂŠ TP

GH¿QLWLYR´GHVWDFD6DQWRV AtÊ a liminar ser expedida, os operårios que estão construindo a UTE Pampa Sul estavam vinculados ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e Mobiliårio de BagÊ (STICM BagÊ).

O canteiro de obras parou no Ăşltimo dia 7

A

s obras da Usina TermelÊtrica Pampa Sul (Miroel Wolowski) seguem paradas. A paralisação dos trabalhadores que atuam na construção do empreendimento chega ao 11º dia nesta sexta-feira (17). Dos cerca de 1,8 mil operårios contratados, entre 1,3 mil e 1,4 mil paralisam as atividades nesta semana. A informação Ê do presidente do Sindicato da Indústria da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem em Geral no Estado do Rio Grande do Sul (Siticepot), Isabelino Garcia dos Santos.

Entre as principais reivindicaçþes da categoria, cuja data-base Ê 1º de maio, estão reajuste salarial de, no mínimo, 9%; aumento de mais de 100% do vale-alimentação, que hoje Ê de R$ 220, e que o mesmo não seja descontado nos dias em que os funcionårios faltarem o trabalho, bem como que a maior parte dos trabalhadores sejam moradores da região. Na tarde de terça-feira (14), a direção do sindicato se reuniu pela primeira vez com os representantes da SDEPCI, empresa chinesa contratada

pela Engie Brasil Energia para construir em Candiota a UTE Pampa Sul. No entanto, os representantes da empresa chinesa e da entidade sindical nĂŁo chegaram a nenhum acordo. Santos menciona que o sindicato apresentou as reivindicaçþes da categoria Ă  empresa, porĂŠm ele destaca que a mesma nĂŁo reconhece a liminar concedida pela Justiça do Trabalho ao sindicato, na segunda-feira, 13, autorizando-o a representar os trabalhadores das obras da nova usina. “Eles (SDEPCI) querem uma decisĂŁo em carĂĄter

CENSO DOS TALĂ•ES DE PRODUTOR EM HULHA NEGRA A Secretaria de Administração e Finanças de Hulha Negra informa que os produtores rurais inscritos no municĂ­pio deverĂŁo comparecer ao setor de talĂľes e controle de ICMS para apresenWDomR GRV WDO}HV GH QRWDV ÂżVFDLV GH SURGXWRU UXUDO DWp R GLD  GH PDUoR$ GRFXPHQWDomRpQHFHVViULDSDUDR&HQVRTXHWHPFRPRDQREDVH 2VSURGXWRUHVGHYHPDSUHVHQWDURVWDO}HVHPXVRFRPQRWDVHPLWLGDVHP FRP DV FRQWUDQRWDV H FDVR KDMD WDO}HV WHUPLQDGRV FRP R UHVXPR SUHHQFKLGR 2VGDGRVGR&HQVR,&06VmRLQGLVSHQViYHLVSDUDRFiOFXORGRĂ‹QGLFHGH3DUWLFLSDomR GRV 0XQLFtSLRV TXH GHWHUPLQD R UHWRUQR GR LPSRVWR DR PXQLFtSLR

NOVA REUNIĂƒO – Uma nova reuniĂŁo estĂĄ agendada para a tarde de segunda-feira (20) entre a SDEPCI e o Siticepot, conforme o vice-presidente do sindicato, Luiz Gonzaga Vidal da Silva. “A negociação jĂĄ HVWiDEHUWD´GHVWDFD6LOYD Segundo ele, a entidade marcou para quarta-feira (22) uma assembleia com os trabalhadores. O vice-presidente informa ainda que o juiz do Trabalho, Jorge Xavier de Lima, esteve no canteiro de obras da UTE Pampa Sul na manhĂŁ de quinta-feira (16), acompanhado de um promotor HGHXPRÂżFLDOGH-XVWLoD A UTE Pampa Sul começou a ser erguida na localidade de Seival no inĂ­cio do segundo semestre de 2015. Essa ĂŠ a segunda paralisação dos trabalhadores. A primeira ocorreu em junho do ano passado e durou seis dias. COLETIVA – No inĂ­cio da manhĂŁ desta quarta-feira, 15, a SDEPCI chegou a convocar uma coletiva de imprensa no escritĂłrio da empresa em Seival para falar da situação. Contudo, cerca de uma hora depois, resolveu cancelar, informando que a empresa optou em emitir uma nota sobre o assunto – o que nĂŁo ocorreu atĂŠ o fechamento desta edição, na tarde de quinta-feira (16).

UTE Pampa Sul emite novo comunicado Arquivo TP

A UTE Pampa Sul emitiu um comunicado na tarde desta terça-feira, 14. Na nota, o gerente socioambiental da empresa, Hugo Roger Stamm (foto), destaca que a Pampa Sul estĂĄ acompanhando os desdobramentos das manifestaçþes dos trabalhadores envolvidos nas obras da usina por meio da sua contratada, a empresa chinesa SDEPCI. “Por tratar-se de funcionĂĄrios de empresas subcontratadas pela SDEPCI para a execução de serviços na obra da UTE Pampa Sul, as negociaçþes com os representantes dos trabalhadores precisam ser estabelecidas com as empresas envolvidas, TXHDJXDUGDPDGHÂżQLomRMXUtGLFDVREUHDOHJLWLPLGDGHGD UHSUHVHQWDomRVLQGLFDO´H[SOLFD6WDPP(ODUHVVDOWDDLQGD que a UTE Pampa Sul tem buscado inteirar-se da situação com o objetivo de auxiliar no diĂĄlogo entre os trabalhadores HDVHPSUHVDVDÂżPGHTXHDVLWXDomRSRVVDVHUUHVROYLGD o mais rapidamente possĂ­vel, preservando o bem-estar dos trabalhadores envolvidos e o andamento da obra. O executivo lembra que como parte da polĂ­tica de responsabilidade social da Engie Brasil Energia, empresa responsĂĄvel pela UTE Pampa Sul, ĂŠ compromisso com a comunidade regional a valorização da mĂŁo de obra local. “Embora tenha contratado a empresa chinesa SDPECI para a construção da usina, a UTE Pampa Sul atua no canteiro GHREUDVFRPRÂżVFDOL]DGRUDGDVXDDWXDomR1HVVHVHQWLGR acompanha todas as atividades realizadas pela SDPECI e suas contratadas, estando atenta para que todos os elementos que compĂľem o acordo coletivo sindical de 2016 entre as representaçþes sindicais e as empresas envolvidas na obra da UTE Pampa Sul permaneçam sendo rigorosamente FXPSULGRV´DÂżUPD No que diz respeito Ă  utilização correta e frequente de equipamentos de segurança (EPIs), Stamm diz que a 3DPSD6XOUHDÂżUPDTXHDVHJXUDQoDGHREUDpXPGRVLWHQV PDLVLPSRUWDQWHVHÂżVFDOL]DGRVYLVDQGRHYLWDUDFLGHQWHVH preservando a saĂşde e integridade de todos os trabalhadores, sem exceção. “A obediĂŞncia da legislação brasileira vigente, como nĂŁo poderia ser de outra forma, ĂŠ seguida rigidamenWHHPFRQMXQWRFRPR&yGLJRGHeWLFDGR*UXSR(QJLH´ conclui o gerente.


GERAL

7

17 a 20 de fevereiro de 2017

ECONOMIA

Engie não se interessa mais por carvão e busca compradores para UTE Pampa Sul AlÊm do usina em Candiota, tambÊm a multinacional opera o Complexo Jorge Lacerda cidade catarinense de Capivari de Baixo informados sobre os passos que a Engie tem dado na direção da descarbonização�, comenta.

Divulgação TP

Futura Usina TermelĂŠtrica Pampa Sul deverĂĄ ter novo dono

S

em qualque relação com a paralisação das obras em Candiota, a Engie iniciou no Brasil um processo de sondagem de mercado para identificar potenciais compradores para o Complexo TermelĂŠtrico Jorge Lacerda, de 857 megawatts (MW), localizado em Santa Catarina, e da Usina TermelĂŠtrica Pampa Sul, de 340 MW, em implantação em Candiota, seguindo a estratĂŠgia global da Engie de sair da geração de energia proveniente do carvĂŁo. A Engie mandatou o banco Morgan Stanley, que vai SUHVWDUDVVHVVRULDÂżQDQFHLUD nessa sondagem de mercado. “A potencial operação estĂĄ em linha com a estratĂŠgia de descarbonização da Engie em todo o mundo, focada em atividades de baixa emissĂŁo de carbono, com geração de

energia limpa e renovĂĄvel de fontes hĂ­drica, eĂłlica, biomassa e solar, alĂŠm da cadeia do gĂĄs natural, infraestrutura e serviçosâ€?, comenta o CEO da Engie no Brasil e presidente do Conselho da Engie Brasil Energia, empresa controladora dos dois ativos, Mauricio Bähr. A diretoria da Companhia esclarece ainda que o atual estĂĄgio do processo de saĂ­da da geração a carvĂŁo no Brasil ĂŠ de prospecção de potenciais compradores. “No momento, estamos sondando a disposição de investidores para a compra das duas termelĂŠtricas, ainda nĂŁo estamos na fase GHYHQGDGHDWLYRV´DÂżUPD Bähr. A empresa enxerga na potencial venda uma oportunidade tambĂŠm de investir ainda mais em energia de fontes renovĂĄveis, que tĂŞm

sido o drive de crescimento da Engie Brasil nos 20 anos de presença no PaĂ­s. Bähr destaca a transparĂŞncia no processo que envolve, principalmente, o Complexo Jorge Lacerda, que estĂĄ em plena operação. “Tomamos o cuidado de comunicar os investidores da Engie Brasil Energia, que ĂŠ de capital aberto e tem açþes na Bovespa, jĂĄ que essa sondagem de mercado levaria a informação de nossa intenção de sair do carvĂŁo a potenciais compradores, inclusive a bancos e fundos de investimentoâ€?, diz. O executivo ressalta ainda o zelo com que a empresa tem tratado do assunto junto a seus colaboradores. “A Engie Brasil Energia tem sido transparente e deixado os funcionĂĄrios de Jorge Lacerda e de Pampa Sul

ENGIE NO BRASIL – No Brasil, a Engie Ê a maior produtora privada de energia elÊtrica no país, operando uma capacidade instalada de 10.212 MW em 28 usinas em todo o Brasil, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. O grupo possui 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes limpas, renovåveis e com baixas emissþes de gases de efeito estufa, posição que tem sido reforçada pela construção de novas eólicas no nordeste do país e por uma das maiores hidrelÊtricas do País, Jirau (3.750 MW), localizada no rio Madeira e que foi inaugurada em dezembro de 2016. O grupo tambÊm atua na årea geração solar

distribuída e oferece serviços relacionados à energia, engenharia e integração de sistemas, atuando no desenvolvimento de sistemas de telecomunicação e segurança, iluminação pública e mobilidade urbana para cidades inteligentes, infraestruturas e a indústria de óleo e gås. Contando com 3.000 colaboradores, a Engie teve no país em 2015 um faturamento de R$ 7 bilhþes. ENGIE NO MUNDO – A Engie desenvolve suas atividades (eletricidade, gås natural e serviços) em torno de um modelo baseado em crescimento sustentåvel a ¿PGHHQIUHQWDURVJUDQGHV GHVD¿RV GD WUDQVLomR HQHUgÊtica para uma economia de baixo carbono: acesso a energia renovåvel, atenuação e adaptação às mudanças climåticas, segurança de abastecimento e uso racional

dos recursos naturais. O grupo fornece soOXo}HV DOWDPHQWH HÂżFLHQWHV e inovadoras para pessoas, cidades e empresas atravĂŠs GH IRQWHV GLYHUVLÂżFDGDV GH fornecimento de gĂĄs, produomRGHHOHWULFLGDGHĂ€H[tYHOH com baixa emissĂŁo de CO2 e conhecimento tĂŠcnico em quatro setores-chave: enerJLDV UHQRYiYHLV HÂżFLrQFLD energĂŠtica, gĂĄs natural liquefeito e tecnologias digitais. A Engie possui 154.950 funcionĂĄrios em todo o mundo e obteve receitas de â‚Ź 69,9 bilhĂľes em 2015. Cotado nas bolsas de Bruxelas, Luxemburgo e Paris, o Grupo estĂĄ representado nos principais Ă­ndices internacionais: CAC 40, BEL 20, DJ Euro Stoxx 50, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe, DJSI World, DJSI Europe e Euronext Vigeo (Eurozone 120, Europe 120 e France 20).

Miriam Zomer/Especial TP

Complexo Jorge Lacerda em Santa Catarina


8

GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

9

PONTE DO COSTA

Daer conclui licitação para construção de nova ponte em Piratini Antiga reivindicação da comunidade local, a obra jå estå licitada e Ê orçada em R$ 6,3 milhþes Divulgação TP

Ponte atual ĂŠ de mĂŁo Ăşnica, tem capacidade de 24 toneladas e seguidamente precisa ser reparada

O

s problemas constantes com a Ponte do Costa - localizada no km 19 da ERS-702, que ĂŠ a principal via de acesso e liga Piratini a BR293 -, parecem estar com os dias contatos. Assim ĂŠ o que informa o Departamento AutĂ´nomo de Estradas de Rodagem (Daer). A atual ponte, de mĂŁo Ăşnica e com

capacidade de apenas 24 WRQHODGDVVHFRQ¿JXURXDR longo do tempo, um problema para a Primeira Capital Farroupilha. Isolada pelo ImpÊrio após a Revolução Farroupilha, atualmente, Piratini ainda padece com sua situDomRJHRJUi¿FDHGHDFHVVRV não muito privilegiados. O principal, a ERS-702, ganhou uma nova camada

asfåltica hå cerca seis anos. Apesar do aparecimento constante de buracos e falta sinalização, ainda Ê possível considerar como uma via em regular condição. PorÊm, a Ponte do Costa ainda Ê uma espÊcie de barreira para o desenvolvimento. Conforme informou ao TP a assessoria de comunicação do Daer, a construção de uma ponte nova

jå estå licitada,tendo como vencedora a empresa vencedora Ê a Traçado Construçþes e Serviços Ltda. A nova ponte, que deverå começar suas obras em breve, serå de concreto e metal, com extensão de 159 metros. Conforme o Daer, essa ponte funcionarå em substituição à atual e serão executadas tambÊm, a pavimentação e a sinalização dos acessos.

Antiga reivindicação da comunidade, a nova ponte terĂĄ trĂĄfego em duas vias, assim como capacidade ampliada para 45 toneladas ante aos 24 atuais. A obra estĂĄ orçada em R$ 6,3 milhĂľes. Para o diretor-geral do Daer, RogĂŠrio Uberti, esta ĂŠ mais uma obra que demonstra o novo momento pelo qual o Daer estĂĄ passando. Segundo ele, ela representa o resgate do protagonismo do ĂłrgĂŁo na melhoria da infraestrutura rodoviĂĄria do Rio Grande do Sul. “Juntamente com o secretĂĄrio dos Transportes Pedro Westphalen e com o governador Sartori, estamos recuperando demandas antigas das comunidades e superando todos os gargalos para a execução de projetos importantesâ€?, assinala. Para Uberti, a nova Ponte do Costa certamente uma obra que representa este novo momento do Daer, alĂŠm de ser uma conquista para a população de Piratini. “JĂĄ temos a empresa vencedora da licitação e, agora, faltam detalhes para que possamos iniciar, de fato, a construĂ­-la.â€?, assina-

lou o diretor. ‘ REPAROS - A rotina de reparos na precĂĄria ponte ĂŠ uma constante. No ano passado, por duas ocasiĂľes o Daer, atravĂŠs da 7ÂŞ SuperintendĂŞncia Regional de Pelotas realizou consertos. A estrutura passou por manutenção no mĂŞs de março, mas, em razĂŁo da alta incidĂŞncia de chuvas e do excesso de peso de veĂ­cuORVGHFDUJDIRLGDQLÂżFDGD novamente e mais uma vez em abril teve que ser reparada. Na ocasiĂŁo o trânsito SDUDYHtFXORVSHVDGRVÂżFRX interrompida. Contudo, em plena Semana Farroupilha - evento tradicional no RS, porĂŠm em Piratini ainda mais, a veOKDSRQWHYROWRXDVHGDQLÂżcar. Na oportunidade, houve abalo nos tabuleiros da HVWUXWXUD H R WUkQVLWR ÂżFRX interrompido para todos os tipos de veĂ­culos. Na ĂŠpoca, as alternativas de desvios foram atravĂŠs de rodovia municipal (que aumenta o trajeto em 20 km) e pela ERS-265 (via Canguçu), sendo que ambas as estradas nĂŁo sĂŁo pavimentadas.

Comunidade comemora o anúncio e aguarda ansiosa pelas obras A comunidade piratiniense hå muito espera por esta obra. Os transtornos e prejuízos causados pela atual estrutura são enormes e atÊ incalculåveis. A situação, muitas vezes, fere o sagrado princípio constitucional de ir e vir dos cidadãos.

JĂĄ o presidente da câmara de vereadores, Alex Matos, destacou sua felicidade e disse que o Legislativo estĂĄ marcando uma reuniĂŁo com os representantes em Porto Alegre, para saber mais informaçþes sobre o assunto. “Fico muito feliz em saber que em breve começarĂĄ a construção. É uma obra muito importante para o municĂ­pio que hĂĄ muitos anos estĂĄ na previsĂŁo. Estaremos nos informando sempre que possĂ­vel para acompanhar o processoâ€?, promete.

Para o vice-prefeito Gilson Gomes, a construção da obra da Ponte do Costa terĂĄ papel fundamental na geração de emprego no municĂ­pio. “JĂĄ tentamos trazer muitas indĂşstrias para Piratini, mas diante das dificuldades que a ponte se encontra nĂŁo conseguimos viabilizar esse processoâ€?, salienta. AlĂŠm disso, o Gilson Gomes ressalta a luta intensa que foi travada durante anos. De acordo com ele, o projeto que hĂĄ tempos ĂŠ discutido, nunca foi motivo para descrença, mas sim de muita luta. O vice-prefeito afirma que o governo continuarĂĄ em vigilância. Para Marta Weege, sĂłcia-gerente do supermercado Weege, esta ĂŠ uma obra muito importante sem dĂşvidas. A empresĂĄria evidencia que sem o acesso dificulta muito, inclusive atĂŠ na hora em que chega as mercadorias. “JĂĄ tivemos muitos problemas de mercadoria que nĂŁo chegaram no dia ou algum representante de determinada empresa que nĂŁo pode vir nos abastecer devido a ponte estar interditada. Toda a semana precisamos buscar frutas e as vezes dificulta bastante o acesso, alĂŠm de o custo ser bem maior, jĂĄ que temos que optar por outras rotasâ€?, aponta.


10

GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

EDUCAĂ‡ĂƒO

Estudantes voltam às aulas a partir da próxima semana Na rede estadual, o ano letivo iniciarå no dia 6 de março Raíssa Vargas/Especial TP

O

s alunos da rede municipal de ensino de Candiota e de Hulha Negra retornarão às aulas na próxima segunda-feira (20). Em Hulha Negra, o ano letivo iniciarå no dia 20 para os estudantes do Ensino Fundamental e dia 22 para quem estå matriculado na Educação Infantil (PrÊ I e PrÊ II). Ao todo são 719 alunos. Na rede municipal de Candiota, as aulas começarão no dia 20. Na quinta-feira (16), a Secretaria Municipal de Educação realizou R HQFRQWUR GH DEHUWXUD R¿cial do ano letivo de 2017. O evento aconteceu em duas etapas e reuniu cerca de 150 profissionais da educação municipal, entre professores, orientadores pedagógicos, gestores e vice-gestores.

Pela manhĂŁ e Ă  WDUGH RV SURÂżVVLRQDLV HVWLveram reunidos no Centro de Tradiçþes GaĂşchas (CTG) Candeeiro do Pago para a cerimĂ´nia de abertura das atividades. Na ocasiĂŁo, a presidente do Conselho Municipal de Educação, Maria InĂŞs Farias, e o vice-prefeito, Gil Deison Pereira, que representou o prefeito Adriano dos Santos (que estĂĄ cumprindo agenda em Porto Alegre), abriram a programação, dando boasYLQGDVDRVSURÂżVVLRQDLV  $SDOHVWUDÂżFRXSRU conta do terapeuta holĂ­stico RamĂŁo da Costa Chagas, que abordou o tema “Ensinar e aprender em tempos difĂ­ceis, RGHVDÂżRGRPDJLVWpULRSDUD o sĂŠculo XXIâ€?. Chagas ĂŠ escritor, tendo jĂĄ publicado 10 livros, poeta, palestran-

te, consultor de empresas e mĂĄster em neurolinguĂ­stica. Ele ĂŠ especialista nas ĂĄreas de motivação e gestĂŁo comportamental de pessoas. O diferencial da abertura do ano letivo deste ano ĂŠ que Ă  noite foi ministrada uma palestra voltada aos pais dos alunos. Chagas foi o palestrante. Ele falou sobre o tema “Erros e acerWRV QD HGXFDomR GRV ÂżOKRV a difĂ­cil arte de formar o carĂĄterâ€?. Na rede estadual, o ano letivo estĂĄ programado para iniciar no dia 6 de março. PEDRAS ALTAS – O prefeito de Pedras Altas, Bebeto Perdomo, destaca que a administração municipal estĂĄ trabalhando para que as aulas na rede municipal iniciem no dia 6 de março.

$DEHUWXUDGRDQROHWLYRHP&DQGLRWDUHXQLXHPWRUQRGHSURĂ€VVLRQDLVGDHGXFDomR

De acordo com ele, a rede municipal conta com aproximadamente 420 alunos, sendo que desses cerca de 220 estudam na zona rural.

PINHEIRO MACHADO – A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto (Smec) de Pinheiro 0DFKDGRDLQGDQmRGH¿QLX

quando serå aberto o ano letivo. A previsão Ê que os estudantes da rede municipal pinheirense retornem às aulas no dia 6 de março.

(VFRODGHVDPED*DPEDGDpDWUDomRQD DYHQLGDHQRVDOmRHP3LUDWLQL

CARNAVAL 2017

(QFDUUHJDGRVGHGHIHQGHUHPRVtPERORGDDVVRFLDomR-XOLVVRQH&DUROLQHSURPHWHPWUDQVERUGDUFDULQKRHGHGLFDomRDRS~EOLFR

Divulgação TP

O

mestre-sala Julison Alves e a porta estandarte Caroline Rodrigues, da escola de Samba Gambada, irĂŁo interpretar os soberanos do Egito no carnaval deste ano. O enredo ‘O sonho’, estĂĄ ligado a todas as fantasias infantis e ao encanto do imaginar, que se apresentarĂĄ na avenida MaurĂ­cio Cardoso no

É o segundo ano consecutivo que o casal irå se apresentar pela escola

dia 25 de fevereiro. HĂĄ seis anos Julisson ĂŠ o mestre-sala e destaque da escola de samba. â€œĂ‰ um sentimento que nĂŁo tem como explicar, muito emocionante receber o carinho e os aplausos das pessoas que saem de suas casas para nos prestigiar,â€? salienta. De acordo com o passista, aos nove anos recebeu a oportunidade de participar de ala da Gambada, onde o enredo era sobre “Alice nos paĂ­s das maravi-

lhasâ€?. No ano seguinte foi convidado a ser o mestre-sala da escola. JĂĄ para a porta-estandarte Caroline Rodrigues, que participa desde 2015, o sentimento ĂŠ o melhor do mundo. O carnaval segundo ela, ĂŠ uma das festas que mais reĂşnem pessoas e esse fato a motiva muito. Desde que interpretou a personagem Xica da Silva, nunca mais parou. “Se o convite tivesse vindo muito antes, a resposta seria

sim�, ressalta. Desde 1991, a escola de samba Gambada se apresenta ao público. Em 2017, não serå diferente. Na próxima sexta-feira (25), inicia suas atividades saindo em frente ao histórico prÊdio do Hotel da Cila e vai atÊ a Praça Inåcia Machado da Silveira, o Palanque. A Gambada continua suas apresentaçþes no dia seguinte, na Sociedade e Recreio Piratiniense (Clube SRP), e volta à avenida de noite.


GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

11

NEGĂ“CIOS

Qualidade e experiência serão marcas na reabertura de farmåcia em Candiota Com nova direção, a FarmaVida volta a atender público das comunidades da Vila Operåria, São Simão, João Emílio e Vila Umbus Fotos: J.AndrÊ TP

D

esde os 12 anos de idade, Paula Waiss Bunick, a Paulinha, 31, estĂĄ dentro de uma farmĂĄcia. Seu padastro, o empresĂĄrio candiotense do ramo farmacĂŞutico, ClĂĄudio Silveira Moreira (Drogaria Pires), foi sempre o grande incentivador para que ela tomasse gosto pelo setor. “Ele fazia eu ler os livros de medicamentos, que continham as fĂłrmulas e os princĂ­pios ativos desde criança. Se hoje sou uma SURÂżVVLRQDO GD iUHD GHYR D eleâ€?, faz questĂŁo de frisar. Incentivada tambĂŠm pelo marido, FabrĂ­cio Bunick, Paulinha nĂŁo perdeu a oportunidade que apareceu em realizar um dos sonhos de sua vida, que era ser dona da sua prĂłpria farmĂĄcia. A entĂŁo proprietĂĄria da FarmaVida, na Vila OperĂĄria, a enfermeira padrĂŁo CeloĂ­ Vieira, ofereceu o negĂłcio a ClĂĄudio, que nĂŁo pensou duas vezes em fazer uma parceria com a filha

/RMDÀFDQDUXDQžQD9LOD2SHUiULD

do coração para a compra. “Vi a grande oportunidade de realizar o sonho delaâ€?, lembra ele. Com a experiĂŞncia desde criança e tendo passado por grandes redes gaĂşchas como Mais EconĂ´mica e SĂŁo JoĂŁo, Paulinha agora,

em sociedade com a Drogaria Pires, estĂĄ reabrindo a FarmaVida, no mesmo local, na rua 3 nÂş 1083. A farmĂĄcia atendeu a comunidade durante os Ăşltimos quatro anos e agora seguirĂĄ servindo, principalmente a Vila OperĂĄria , SĂŁo SimĂŁo, Vila Um-

A empresĂĄria Paulinha Waiss Bunick jĂĄ trabalhou em grandes redes de farmĂĄcias no RS

bus (FĂĄbrica de Cimento) e JoĂŁo EmĂ­lio. Sou apaixonada pelo ramo. Minha vida inteira praticamente foi sentindo o cheiro dos perfumes, dos medicamentosâ€?, relata. Segundo a nova proprietĂĄria, a ideia ĂŠ oferecer o que hĂĄ de melhor para os clientes, inclusive descontos de grandes laboratĂłrios em medicamentos de uso contĂ­nuo, bem como, toda a linha de remĂŠdios e tambĂŠm de perfumaria e higiene pessoal. SerĂĄ, ela garante, uma farmĂĄcia completa. JĂĄ com as portas abertas desde esta quinta-feira (16), a farmĂĄcia atenderĂĄ de segunda a sĂĄbado das 9 Ă s 12h e das 14 Ă s 21h. “Como disse, estou realizando um sonho e vou colocar toda minha experiĂŞncia e dedicação para melhor servir a nossa comunidade. Esperamos a visita de todosâ€?, convida a empresĂĄria.

ANIVERSĂ RIO No Ăşltimo dia 3, a eletricitĂĄria aposentada Cenira Langort, reuniu a famĂ­lia e amigos em sua casa na sede de Candiota, para comemorar seus 76 anos. Participante ativa da vida comunitĂĄria do municĂ­pio, Cenira foi mimada na data pelos ÂżOKRV-RDTXLQD0DULDGD*UDoD&DUORV %RWLQKD SHORFRPSDQKHLUR0DJDLYQHWRVQRUD genro e tambĂŠm pelo ex-prefeito Luiz Carlos Folador.


12

17 a 20 de fevereiro de 2017

GERAL

HULHA NEGRA

Associação Comecial reivindica reabertura do posto da BM Simone Gasparoni TP

Nesta semana, os diretores da entidade debateram o assunto com os vereadores

JP: “Estamos preocupados com a onda de assaltos no interior do Estado e nĂłs estamos sem segurança no municĂ­pioâ€?

A

diretoria da Associação Comercial, Industrial, Serviços e AgropecuĂĄria de Hulha Negra (Acihune) se reuniu com os vereadores na tarde de segunda-feira, 13, para solicitar providĂŞncias para que o posto da Brigada Militar seja reaberto no municĂ­pio. A unidade foi fechada hĂĄ cerca de cinco meses. “Estamos preocupados com a onda de assaltos no interior do Estado e nĂłs estamos sem segurança no municĂ­pioâ€?, queixa-se o presidente da Acihune, JoĂŁo Pedro Quadros Silveira, o JP. O lĂ­der empresarial conta que, no final de dezembro de 2016, os

diretores da entidade, acompanhados dos vereadores da legislatura passada e do prefeito eleito Renato Machado (PP) – que reassumiu o cargo em janeiro deste ano, estiveram no 6Âş Regimento de PolĂ­cia Montada (RPMon) da Brigada Militar, em BagĂŠ, e abordaram o assunto com o comandante do ĂłrgĂŁo, tenente-coronel SĂŠrgio Alex Laydner Medina. “Ele foi taxativo. Disse que o efetivo estĂĄ pouco e nĂŁo tem como reativar (o posto em Hulha Negra). NĂŁo tivemos ĂŞxitoâ€?, lamenta Silveira. “Estamos inseguros, tanto o comĂŠrcio TXDQWR D SRSXODomR´ DÂżUma.

O presidente do Legislativo hulhanegrense, Marcus Leitzke (PDT), que participou da reuniĂŁo com os diretores da Acihune nesta semana, destaca que, primeiramente, a Câmara estĂĄ agendando uma reuniĂŁo com o comandante do 6Âş RPMon. “Posteriormente, vamos a Porto Alegre ao Comando Geral da Brigada Militarâ€?, informa o parlamentar. FIQUE POR DENTRO – O jornal Tribuna do Pampa publicou, na edição do dia 13 de dezembro de 2016, matĂŠria onde o comandante do 6Âş RPMon, tenente-coronel SĂŠrgio Alex Laydner Medina, disse que o posto da BM de Hulha Negra havia passado por uma readequação. Segundo ele, durante o dia, das 8h Ă s 20h, trĂŞs policiais atendem na unidade. ApĂłs esse horĂĄrio, a cidade conta reforço policial de BagĂŠ ou Candiota que faz o patrulhamento na sede do municĂ­pio. Na ocasiĂŁo, ele informou que, atĂŠ entĂŁo, nĂŁo haviam sido apresentados problemas relacionados Ă  segurança pĂşblica devido ao fechamento do posto durante a noite. Na tarde de quarta-feira, 15, o TP tentou falar com o comandante para saber se havia alguma mudança no quadro, entretanto nĂŁo consegui contatĂĄ-lo.

Prefeitura de Pinheiro Machado Extrato do Edital N° 014/2017 O PREFEITO MUNICIPAL DE PINHEIRO MACHADO, no uso de suas atribuiçþes legais, TORNA PÚBLICO aos interessados que estå publicado no site: www.pinheiromachado.rs.gov.br, o Edital nº 014/2017, PUBLICA E HOMOLOGA OS TITULOS, visando a contratação de Professores para Educação Infantil, Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental, por prazo determinado, amparado em excepcional interesse publico, de acordo com Art. 37, inciso II da CF. JosÊ Antônio Duarte Rosa Prefeito Municipal

Prefeitura de Pinheiro Machado Extrato do Edital N° 013/2017 O PREFEITO MUNICIPAL DE PINHEIRO MACHADO, no uso de suas atribuiçþes legais, TORNA PÚBLICO aos interessados que estå publicado no site: www.pinheiromachado.rs.gov.br, o Edital nº 013/2017, PUBLICA OS RESULTADOS – RESULTADO PRELIMINAR, visando a contratação de Auxiliar Administrativo de Escola, por prazo determinado, amparado em excepcional interesse publico, de acordo com Art. 37, inciso II da CF. . JosÊ Antônio Duarte Rosa Prefeito Municipal

EXTRAVIO DE TALÕES DE PRODUTOR O produtor rural Nilson Blanck Buss, perdeu em local e data incertos, o talão de produtor nº 162763081 - Inscrição Estadual nº 487/100505. Da mesma, a produtora Claudete Maria Reichert Buss, perdeu em local e data incertos,o talão de produtor nº 147888681 - Inscrição Estadual nº 487/1012360. Foram realizados os devidos registros policiais.


GERAL

17 a 20 de fevereiro de 2017

13


12 14

17 a 20 de fevereiro de 2017

SEGURANÇA/VARIEDADES

CARNE ILEGAL

Operação apreende carne clandestina em Candiota Fotos: Divulgação TP

30 quilos de carne sem procedĂŞncia foram encontradas

N

a manhã desta quinta-feira (16), das 8h30 às 13h, o grupo de Açþes Integradas de Segurança Rural (Acinser) realizou uma operação de ¿VFDOL]DomRGHSURGXWRVGH origem animal na Vila Residencial, sede do município e Seival, em Candiota, apreendendo aproximadamente 30 quilos de carne bovina e suína. A carne, segundo o Acinser, foi encontrada dentro de uma churrasqueira, escondida e ainda congelada, sendo na hora tomadas as providências pela vigilância sanitåria. Existem em Candiota apenas dois estabelecimentos cadastrados e fiscalizados pelo Serviço de Inspeção Municipal (SIM), sendo que na fiscalização, num deles foram encontrados produtos sen-

do comercializados sem o devido rĂłtulo, tambĂŠm sendo tomadas as providĂŞncias legais. Foram fiscalizados mercearias, supermercados, fĂĄbrica de linguiça e restaurantes. “Na questĂŁo de higiene jĂĄ houve avanços desde a Ăşltima a operação, porĂŠm ainda hĂĄ muito o que fazerâ€?, assinalou a nota divulgada pelo grupo. Participaram da operação a PolĂ­cia Civil de Candiota, Vigilância SanitĂĄria e Brigada Militar. REGULARIZAĂ‡ĂƒO Como citado na reportagem, apenas dois estabelecimentos candiotenses possuem o o Sistema de Inspeção Municipal (SIM). Neste sentido que estĂĄ sendo solicitado que os proprietĂĄrios de estabelecimentos instalados no

município e que comercializam produtos de origem animal (carne, linguiça, charque e correlatos) entrem em contato com o órgão para se regularizarem. O coordenador do SIM, mÊdico veterinårio Paulo Ricardo Pinto Motta, destaca que a regularização dos estabelecimentos Ê uma das açþes realizadas pelos órgãos de segurança pública da região para combater o abigeato. Motta ressalta que em Candiota a iniciativa Ê desenvolvida em parceria com o Sindicato Rural. O SIM Ê vinculado à Secretaria Municipal de Agropecuåria e Agricultura Familiar. Os interessados em se regularizar junto ao órgão devem ir à secretaria de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h56 e das 13h30 às 16h10.

2VDVVLQDQWHVGRMRUQDOLPSUHVVRTXHTXLVHUHPDFHVVR

COMUNICADO LUUHVWULWRDRTP'LJLWDO VLWH GHYHPHQFDPLQKDUHPDLOSDUD constando nome, IMPORTANTE comercial.tribunadopampa@gmail.com HQGHUHoR&3)WHOHIRQHHHPDLOVROLFLWDQGRRVHUYLoR

# Almoço promovido pelo CTG Candeeiro do Pago, na Vila Residencial, em Candiota, acontece neste dia 12 de março (domingo) a partir das 11h30. Pode almoçar no local ou somente buscar a refeição. Convites a venda com integrantes da invernada artística da entidade. # Víspora Crioula de variados no CTG Candeeiro do Pago, na Vila Residencial, em Candiota, no dia 12 de março (domingo) a partir das 15h30.

Ă“BITOS Alcinda Borges Fernandes $QRV YL~YD 'HL[D FLQFR ÂżOKRV 5HVLGLDHP&DQGLRWDHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Francisca Eleonar Costa da Silva (VĂł Kika), 86 anos, viĂşva. Deixa GRLVÂżOKRV5HVLGLDHP3LQKHLUR0DFKDGRHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Jesus da Silva Bandeira (Zizi),DQRVGLYRUFLDGR'HL[DFLQFRÂżOKRV5HVLGLD HP3LQKHLUR0DFKDGRHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH * Informaçþes fornecidas pela FunerĂĄria Santa Clara, de Pinheiro Machado. AdĂŁo Marques de Quadros,DQRVIHUURYLiULRDSRVHQWDGRFDVDGR'HL[DVHLV ÂżOKRV5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Antonio Ferreira de Melo,DQRVDJULFXOWRUVHSDUDGRMXGLFLDOPHQWH'HL[DWUrV ÂżOKRV5HVLGLDQRDVVHQWDPHQWR6DQWR$QWRQLRHP+XOKD1HJUDHIDOHFHXHP GHIHYHUHLURGH Caetano Nunes RangelDQRVDSRVHQWDGRFDVDGR'HL[DXPÂżOKR5HVLGLD HP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Carlos Alberto BarbachanDQRVSHFXDULVWDLQDWLYRFDVDGR'HL[DGRLVÂżOKRV 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Evani Saraiva RodriguesDQRVGRQDGHFDVDYL~YD'HL[DTXDWURÂżOKRV5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Guilherme Batista Delgado  DQRV DSRVHQWDGR FDVDGR 'HL[D VHWH ÂżOKRV 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Jaci Pereira de AbreuDQRVDJULFXOWRUVROWHLUR'HL[DXPDÂżOKD5HVLGLDHP +HUYDOHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Jorge LuĂ­s Vieira Domingues  DQRV SURIHVVRU FDVDGR 'HL[D GRLV ÂżOKRV 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH JosĂŠ Carlos Codevila BuenoDQRVPRQWDGRUGHDQGDLPHVROWHLUR'HL[DWUrV ÂżOKDV5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH JosĂŠ Gasparino Moreira dos SantosDQRVDJULFXOWRULQDWLYRFDVDGR'HL[D VHLVÂżOKRV5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Jureima de Oliveira VeigaDQRVGRQDGHFDVDGLYRUFLDGD'HL[DXPDÂżOKD 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Loemy Vasconcellos Bezerra  DQRV DSRVHQWDGD YL~YD 'HL[D WUrV ÂżOKRV 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Odorico Malaguez BriĂŁo  DQRV SHGUHLUR LQDWLYR FDVDGR 'HL[D GRLV ÂżOKRV 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH OtĂ­lia MendesDQRVDSRVHQWDGDVROWHLUD'HL[DVHLVÂżOKRV5HVLGLDHP*UDPDGRHIRLVHSXOWDGDHP%DJpHPGHIHYHUHLURGH Santo Alberto Moura AntunesDQRVFDUSLQWHLURFDVDGR'HL[DFLQFRÂżOKRV 5HVLGLDHP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Sidney Cardoso RosaDQRVDSRVHQWDGRFDVDGR'HL[DGRLVÂżOKRV5HVLGLD HP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Veny dos Santos SilvaDQRVGRQDGHFDVDVROWHLUD'HL[DXPÂżOKR5HVLGLD HP%DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH Zelvio MĂŠrcio NunesDQRVHPSUHViULRFDVDGR'HL[DGXDVÂżOKDV5HVLGLDHP %DJpHIDOHFHXHPGHIHYHUHLURGH * Colaboração Anderson Ribeiro/BagĂŠ


CLASSIFICADOS em geral e casas novas. Trabalhamos na cidade e no interior. Fazemos aramados, cercas novas e reformas de mangueiras, bretes e serviços em geral. Tratar pelos fones

RENOVACAR - chapeamento, pintura e mecânica. Geometria, freios, carburadores, suspensão e revisão geral. Agora tambÊm trabalhando com venda de carros usados e serviços de injeção eletrônica. Fones (53) 99355841 e 8107-3402. Av. Luiz Chirivino, 690 - Candiota. ---------------------------------KIOSQUE LANCHES - Em Candiota não deixe de nos visitar. Atendimento dos novos proprietårios: Irmão Camargo e família. Fone (53) 9706-2841.

------------------------------------LANCHERIA PONTO X - Tele-entrega (53) 3245-7168. ------------------------------------LeG VARIEDADES localizada na rua Aracy Martins da Silva, 368, na sede de Candiota. Fone (53) 9143-2746. ------------------------------------RELOJOARIA E JOALHERIA A HORA - Relógios, joias, semijoias, bombas e cuais em prata, ouro e aço inox, vendas e consertos. Rua 7 de Setembro, 271 - P. Machado - Fone (53) 8414-4100. ------------------------------------OFERECEMOS nossos serviços de pedreiro, instalação hidråulica, carpinteiro e eletricista. Fazemos reformas

VENDE

Uma fração de campo com 338 ha localizada a 30 km de distância desta cidade de Pinheiro Machado. Campo próprio para agricultura e pecuåria. Aceitamos propostas para parcelamento . Valor: R$ 3 milhþes. Uma casa com 202m² constituída de 15 peças, construída sobre um terreno com 700m², localizada no Bairro Dario Lassance, Município de Candiota. Aceitamos outro imóvel de menor valor no negócio. Valor R$ 400 mil. 03 ha. situada no 1º distrito do Município de Pinheiro Machado (1 km da cidade) valor R$ 85.000,00; 02 ha. 38 a.50 ca , situada à 1 Km da Escola Municipal do Passo do Machado, contendo uma casa com 13 peças e outras benfeitorias, valor R$ 55.000,00; 30 ha, situada no 2º distrito de Piratini junto a BR 293. contendo casa com 10 peças em ótimo estado de conservação, sala de ordenha, galpão com dependências para empregados e demais estruturas necessårias para criação bovina e ovina. Valor R$ 250.000,00 12.4 ha, situada à 14 km de distancia da cidade de Pinheiro Machado, próximo ao ColÊgio pólo do Passo do Machado. Contendo galpão com 16 m2, quinta, instalaçþes para pecuåria e uma casa com 120 m2. Propriedade muita rica em ågua e em aproveitamento. R$ 170.000,00. 5.8 ha, situada no Passo do Sabugueiro, contendo 2 galpþes, mangueira, carregador, outras instalaçþes e uma casa com 3 quartos, sendo um com suíte, 2 banheiros, sala/ cozinha, sala de jantar, toda gradeada, com ar condicionado e toda com tabua corrida. Aceita

15

17 a 20 de fevereiro de 2017

(53) 9966-1459 ou 9704-9044. VENDE-SE um lavatório de salão cabeleireiro (R$ 600), uma cadeira de corte de cabelo (R$ 500) e uma cadeira de manicure (R$ 250). Tratar pelo fone (53) 9960-5856 c/ Carlos Alberto. ------------------------------------VENDE-SE cavalo manso de 11anos e serve para rodeio. Valor: R$1.100,00. Mais informaçþes pelo telefone:999-72-3254. ------------------------------------VENDE-SE Uno, ano 95,cor preta, em bom estado,bom de motor e caixa. Aceito carro no negócio. Tratar com Vladimir pelo telefone: (53)9.8105-

4768. ------------------------------------VENDO uma tornearia completa, com torno de última geração, fresadora para eixos e toda a ferramentaria necessåria. Pronta para seguir trabalhando. Preço de avaliação: R$ 40 mil. Negociação imediata: R$ 22 mil. Aceita carro no negócio. Tratar pelo (53) 99952-4121. ------------------------------------VENDO BULLDOG FRANCÊS machos/fêmeas com Pedigree. Linda raça, companheira, brincalhona, dócil com crianças e na moda. Informaçþes/fotos/reservas no WhatsApp (53) 98461-4535. Aceita dinheiro/cartão.

VENDE-SE trĂŞs terrenos medindo 15x45m, na localidade de Seival, em Candiota. Um localizado na Rua Floriano da Rosa e os outros dois na Rua Adalto Nunes

imóvel urbano nas cidades de Piratini, Pelotas ou Pinheiro Machado, R$ 300.000,00 300 ha, situada na 2º zona do Municipio de Pinheiro Machado, próprio para pecuåria, Valor R$ 3.500,00 o hå; 380 ha., situada no 2º distrito do Município de Pinheiro Machado, próSULRSDUDSHFXiULDHUHÀRUHVWDPHQWRFRQWHQGRHVWUXWXUDSDUDPDQHMR pecuårio, valor R$ 6.000,00, o hå; 160 ha., situada no Município de Pedras Altas, contendo 100 hå de mato de acåcia com 8 anos ( mato licenciado), valor R$ 15.000,00 o hå; 10 ha., situada no 1º distrito deste Municipio ( 7 km da cidade) contendo casa para moradia. Campo para pecuåria e agricultura. Valor R$ 11.000,00 o hå. Aceita permuta por casa na cidade de Pinheiro Machado. 150 ha, situada no 2º distrito de Pinheiro Machado, campo próprio SDUDUHÀRUHVWDPHQWRHSHFXiULD&RQWHQGRKiSODQWDGRVGHHXFDlipto ( mato com 8 anos). Valor R$ 350.000,00 4ha., localizado no lugar denominado São Joao Batista, contendo uma casa nova com aproximadamente 50 m2 e um galpão. Valor R$ 110.000,00 105 ha., localizado no lugar denominado Serra das Asperezas, contendo uma casa antiga e mangueira. Todo roçado. Valor : R$ 560.000,00 Um imóvel urbano com 1 ha localizado na Estrada RS 608 . Imóvel pronto para lotear, próximo a saída para o parque charrua, valor R$ 250.000,00; Uma casa com 3 dormitórios, suíte, garagem, sala de jantar, sala de estar. Contem outras benfeitorias no terreno. Próximo ao cemitÊrio. Valor R$ 280.000,00; Uma casa com 3 dormitórios, 2 copas, 1 garagem, 2 banheiro , 1 sala de jantar, casa toda com lage, próximo à saída para a RS 608. Valor R$ 220.000,00; Um casa contendo 2 dormitórios, garagem, sala de jantar, sala de estar, copa, próximo ao Banco do Brasil. Aceita parcelamento. Valor R$ 280.000,00 Uma casa com 6 dormitórios, 2 suítes, copa, garagem coberta para 6 carros, piscina e outras benfeitorias, próximo ao ColÊgio Hipólito Ribeiro. Valor R$ 500.000,00; Uma casa com 2 dormitórios, copa, banheiro, sala de estar e cozinha, årea central, valor R$ 120.000,00; Um terreno de esquina contendo 1 casa com 1 dormitório, copa, banheiro, cozinha e garagem, próximo à escola 2 de Maio. valor R$ 110.000,00 Um casa contendo 2 dormitórios, garagem, banheiro, sala de estar e sala de jantar e copa. Próximo ao cemitÊrio, valor R$ 160.000,00; Uma casa com 3 dormitórios, garagem, cozinha, sala de estar e banheiro, com påtio amplo, próximo ao Balinhas Materiais de constru-

Pereira. Valor de cada terreno R$ 20 mil. Tratar pelo fone (53) 9958-8729. ------------------------------------BARBADA – Vende-se uma casa com 5peças e påtio fechado na Rua Aracy Martins, 3057, na sede de Candiota (Dario Lassance). Por apenas R$ 47 mil. Tratar: (053)9.9959-9921. ------------------------------------TROCO duas casas de alvenaria no bairro João Emílio por campo, tendo ou não casa. Tratar pelo telefone 53-9995.6762 com RogÊrio. ------------------------------------VENDO ponto comercial com mais de 25 anos de

existência (Mercearia Machado), na sede de Candiota. É entrar e seguir trabalhando. Clientela fidelizada. Motivo da venda Ê impossibilidade de seguir no negócio por questþes de saúde. Tratar pelo fone (53) 9922-0839 c/ Gleci. -----------------------------------ALUGA-SE uma casa no bairro João Emílio, em Candiota, c/ 3 quartos, sala, cozinha, banheiro, churrasqueira, com 130 metros de årea construída e påtio murado.Tratar c/ RogÊrio pelo fone (53) 99995-6762 ou na rua Epitåcio Cunha, 299, João Emílio.

ANUNCIAR AQUI É GARANTIA DE NEGÓCIO. TODAS AS SEXTAS-FEIRAS

ção. Valor R$ 150.000,00; Uma casa com 2 dormitórios, garagem, dispensa, banheiro, sala e cozinha, próximo ao Ginåsio de Esportes, Valor R$ 110.000,00. Aceita veiculo, gado ou terreno no negócio. Uma casa com 156 m2, contendo 4 dormitorios, copa, garagem, banheiro e sala de jantar, localizada na årea central e próximo a estação rodoviåria. Valor R$ 300.000,00. Um terreno com 360 m2, contendo 2 casas, sendo uma com 50,29 m2 e a outra com 102,37 m2 , perfazendo uma årea total com 152,66 m2 em ótimo estado de conservação, próximo ao Balinhas matÊrias de construção. Valor R$ 244.000,00 Um terreno com 248 m2, contendo uma casa com 100 m2 com 2 dormitorios, 1 suite, garagem, sala de estar, 2 banheiros e copa. Muito bem localizada, próximo ao posto Texaco. Valor R$ 320.000,00 Um salão de 204 m2 e uma casa com 48 m2. Antigo salão Arco Iris, próximo a piscina do Clube Luz e Ordem. R$ 270.000,00. Com uma årea total de 252 m2. Aceita casa de moradia de menor valor. Um terreno próximo ao MinistÊrio Publico, com 1.721 ,70 m2, contendo uma casa e outras construçþes. Valor R$ 380.000,00 Um terreno medindo 14 metros de frente por oitenta metros de frente a fundos, de frente para RS 608. Valor R$ 50.000,00 Um terreno com uma årea de 191 m2 , com uma årea construída de 22,00 m2. Valor R$ 65.000,00 Um terreno com uma årea de 422,40 , com uma årea construída de 54,56 m2, localizado na Av. Jose Bonifåcio e com espera para construção de garagens ao fundo. Valor R$: 210.000,00 Um imóvel central, localizado uma quadra do Banco do Brasil, com uma årea construída aproximadamente de 70 m2. Valor R$ 170.000,00 Um terreno com 248 m2, localizado na rua Dutra de Andrade, em frente a Escola Hipolito Ribeiro, contendo uma årea construída de 107,00 m2. Valor R$ 220.000,00 ( Comercial) Um terreno com uma årea de 225,m2, localizado próximo ao $$%%FRPXPDiUHDFRQVWUXtGDGHP3DUD¿QVUHVLGHQFLDLV ou comerciais. Aceita imóvel de menor valor. Valor R$ 295.000,00 Um terreno com uma årea de 480m2, localizado próximo ao HosSLWDOORFDOFRPXPDiUHDFRQVWUXtGDGHP3DUD¿QVUHVLdenciais ou comerciais. Valor R$ 300.000,00 Um sobrado com 3 andares e projeto para mais um, espera de elevalor, com uma årea construída de 400 m2 localizado na cidade de 3HORWDV SUy[LPRD%HQH¿FLHQFLD3RUWXTXHVD 9DORU5PLO Um terreno com aproximadamente 350 m2, contendo uma excelente casa com escritório para atendimento na frente e outras benfeitorias com uma årea construída aproximadamente de 100 m2. Valor R$ 350.000,00.


www.tribunadopampa.com.br 17 a 20 de fevereiro de 2017

FOLIA 2017

Sexta e såbado tem Carnaval Fora de Época em Candiota

O

tradicional Carnaval Fora de Época de Candiota acontecerĂĄ nas noites desta sexta-feira, 17, e sĂĄbado, 18, na Praça Dario Lassance, a partir das 22h. A festa FRQWDUiFRPRGHVÂżOHGHEORFRVFDUQDYDlescos, inclusive de municĂ­pios vizinhos. A DQLPDomRÂżFDUiSRUFRQWDGD%DQGD5HFDQWR de Carnaval. No local tambĂŠm haverĂĄ praça de alimentação. O secretĂĄrio municipal de Cultura, Esporte e Juventude, Fabiano Aquere, acredita que cerca de trĂŞs mil pessoas prestigiarĂŁo a folia durante as duas noites. “Nossa festa jĂĄ uma referĂŞncia na regiĂŁo, mas estamos mantendo o mesmo nĂ­vel de qualidade dentro da QRVVDUHDOLGDGHÂżQDQFHLUD´DÂżUPD

Arquivo TP

TRANSPORTE Assentamentos: Saída às 21h do assentamento Paraíso, passando pelos assentamentos Companheiro João Antônio, 22 de Dezembro, Oito de Agosto e pelas estradas principais atÊ a Praça Dario Lassance. Seival: Saída às 21h30 da frente da Escola Estadual Seival, passando pela Escola Municipal Neli Betemps, no bairro João Emílio.

ORDEM DOS DESFILES 1 - EsquadrĂŁo Suicida 2 - Expulsos 3 - Negrinho do Pastoreio 4 - Cazueira 5 - Boca de Brete

6 - Forever Alone 7 - Netos do Velho Barreiro 8 - NĂłis Trupica 9 - PĂŠ na Porta 10 - Beko do Bokinha

A folia ĂŠ garantida para todas as idades


Jornal Tribuna do Pampa - Edição 993